Índice Conteúdo do pacote Requisitos mínimos do Sistema Introdução Características e benefícios Visão Geral do Hardware

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice Conteúdo do pacote Requisitos mínimos do Sistema Introdução Características e benefícios Visão Geral do Hardware"

Transcrição

1

2 Índice Conteúdo do pacote...4 Requisitos mínimos do Sistema...4 Introdução...5 Características e benefícios...6 Visão Geral do Hardware...7 Conexões...7 Led's...8 Começando...9 Utilizando o Menu de Configuração...10 Home...11 Wizard...11 WAN...12 Port Options...14 LAN...16 DHCP...16 DHCP Client List...17 Setting Static DHCP...18 Load Balance...19 IPsec...20 Advanced...25 Host IP...25 Static Routing...27 Virtual Server...28 Applications...29 Multi-DMZ...30 Filters...31 QoS...33 QoS Set Policy...34 NAT...35 Tools...37 Admin...37 Time...38 System...38 Firmware Alert...40 SNMP...41 DDNS

3 UPnP...43 Misc...44 Status...46 Device Info...46 Log...47 Log Settings...48 Stats...49 NAT Status...51 NAT Connection List...52 Troubleshooting...53 Especificações técnicas

4 Conteúdo do Pacote Cabo CAT-5 Ethernet (DI-LB604 todas as portas Ethernet são Auto-MDIX) Fonte de energia (5.0V, 2A) CD-ROM com Software e Manual Guia de instalação rápida Observação: Utilizando uma fonte de alimentação com uma tensão diferente do que a inclusa com o produto, irá causar danos e perderá a garantia do equipamento. Se qualquer um dos itens acima estiver faltando, entre em contato com o revendedor. Modem ADSL ou Cable Modem; Requisitos mínimos do Sistema: Computadores com Windows, Macintosh, Linux ou baseados em sistemas operacionais com placa de rede Ethernet instalada e unidade de CD-ROM; Internet Explorer versão 6,0 ou superior, Netscape Navigator versão 7,0 ou superior; 4

5 Introdução O DI-LB604 permite aos usuários de forma rápida e fácil compartilhar uma conexão à Internet de alta velocidade. O DI-LB604 também incorpora muitos recursos avançados, tradicionalmente encontrados em roteadores mais caros. Após concluir as etapas descritas no Guia de instalação rápida (incluso na caixa do equipamento) você poderá compartilhar uma única conexão à Internet, bem como compartilhar informações e recursos, tais como arquivos e impressoras. O DI-LB604 é compatível com os sistemas operacionais mais populares, como o Macintosh, Linux e Windows, e podem ser integrados em uma rede existente. Este manual foi confeccionado para ajudá-lo a conectar o DI-LB604 para uma ligação à Internet de alta velocidade e de 4 conexões Ethernet. Este manual fornece uma breve introdução ao roteador de banda larga, Firewalls e Redes Locais. Reserve alguns minutos para ler este manual e se familiarizar a esta tecnologia. 5

6 Características e benefícios Conecta vários computadores de uma banda larga (cable modem ou ADSL) para compartilhar a conexão à Internet. Permite de forma rápida e fácil compartilhar uma conexão à Internet com vários computadores e dispositivos. Apoia múltiplas e concomitantes sessões de IPSec e PPTP pass-through, de modo que múltiplos usuários por trás do DI-LB604 possam acessar redes corporativas através de VPN's seguras. Com interface baseada na web, exibe uma série de funcionalidades avançadas de gestão de rede, incluindo: Filtro por Mac Address, Endereço IP, URL e / ou nome de domínio. Estes filtros também podem ser programados de modo a ficarem ativos em alguns dias ou por um período de horas ou minutos. NAT lhe permite compartilhar um único endereço IP e o protege de possíveis tentativas de invasão à sua rede privada. Todos os computadores da rede podem adquirir o IP automaticamente através do TCP/IP a partir do DI-LB604. O DI-LB604 é configurável através de qualquer rede de computadores usando o navegador. Permite-lhe atribuir diferentes direitos de acesso aos diferentes usuários. Permite-lhe expor www, FTP e outros serviços em sua LAN para ser acessível aos utilizadores da Internet. Aplicações especiais que requerem múltiplas conexões, como a jogos de internet, video-conferência, telefonia via Internet e assim por diante. O DI-LB604 pode perceber o tipo de aplicação e abrir um túnel multi-porta para ele. Permite que um computador da rede tenha acesso total à Internet. Essa função é usada quando um recurso especial é insuficiente para permitir uma aplicação de funcionar corretamente. 6

7 Visão Geral do Hardware Conexões 7

8 Led's 8

9 Começando 9

10 Utilizando o Menu de Configuração Sempre que você desejar configurar o seu DI-LB604, você pode acessar o Menu de Configuração abrindo o navegador e digitando o endereço IP padrão do DI-LB604, como mostrado a seguir: Abra o Navegador. Digite o endereço de IP no navegador ( ). Observação: se você mudou o IP padrão atribuido ao DI-LB604, tenha certeza de digitar o endereço de IP correto. Digite admin para o nome de usuário (User name). Deixe o campo Password em branco. Clique em OK. 10

11 Home A guia Home oferece as seguintes opções de configuração: Wizard, WAN, LAN, DHCP e Load Balance. Wizard Em Home irá aparecer a opção Wizard. Por favor, consulte o Guia de instalação rápida para mais informações sobre o Setup Wizard. Home > Wizard Estes botões aparecem na maioria das telas de configuração nesta seção. Por favor clique no botão apropriado na parte inferior da cada tela depois de você ter efetuado uma configuração. Clicando em Apply, irá salvar as mudanças feitas na configuração. Clicando em Cancel, irá limpar as mudanças feitas na página. Clicando em Help, irá abrir as informações úteis relativas à página. 11

12 WAN Connection Connection Mode: Há três modos de conexão para cada porta WAN: Enable, Disable e Backup. Marque Disable se não houver um modem conectado à porta WAN. Se ambas as portas WAN são usadas, uma fica configurada como Enable e a outra como Backup. O Backup será automaticamente usado quando a outra linha for desligada. As duas conexões ficam Enable quando se quer usar o Load Balance. Static IP: selecione esta opção caso você utilize endereço de IP fixo. Dynamic IP: selecione esta opção caso você utilize endereço de IP de um servidor DHCP (Cable Modem). PPPoE: selecione esta opção caso você utilize IP de um servidor PPPoE (ADSL). PPTP Connection: serve para ativar ou desativar uma conexão PPTP. L2TP Connection: serve para ativar ou desativar uma conexão L2TP. Backup of: indica qual porta WAN está como Backup. Obs.: os tipos de conexões PPTP e L2TP não são utilizadas no Brasil. 12

13 Address Information: se você escolher Static IP, então você terá que preencher as informações de endereço IP, Máscara de sub-rede e Gateway, fornecido pela sua operadora de banda larga. PPPoE Dialup (Username/Password): esses dois campos devem ser preenchidos se você estiver utilizando uma conexão discada (ADSL). DNS (Domain Name Server): há três entradas disponíveis. É necessário para aqueles que estão usando Static IP na conexão com a Internet. É opcional para quem utiliza PPPoE e Dynamic IP. Optional: se você tiver problemas na conexão com a Internet, pode ser necessário preencher esta informação opcional. Esta informação é mais usada pelos serviços de Cable modens. Host Name: o nome deste dispositivo. Domain Name: o nome específico deste dispositivo na internet. MAC Address: não existe um padrão de endereço MAC para cada porta WAN deste dispositivo e pode ser modificado pelo usuário, se necessário. (Cable modem pode precisar usar esta opção). 13

14 Port Options Home > WAN > Port Options Interface WAN Port: selecione a porta WAN que você quer utilizar. MTU: a maior quantidade de dados que podem ser transferidos através de uma determinada rede física. Connection Health Check Connection Health Check: existem três métodos, ICMP, HTTP e Traffic, dispositivo previsto para verificar se as interfaces WANs estão conectadas a Internet ou não. Uma boa resposta de qualquer método significa que a conexão está OK. Se o método escolhido falhar, não há conexão. 14

15 Method ICMP: a verificação da performance é realizada através do envio de uma solicitação ICMP para um destino específico. O destino específico ( Alive Indicator ) poderia ser: 1- se a caixa de entrada está cheia (nome ou endereço IP): o host é usado. 2- se a caixa de entrada é deixada em branco: Gateway de interface Wan será usado. Se uma resposta ICMP é recebida, a ligação é considerada OK. Se não houver resposta após 4 tentativas, não há conexão. HTTP: o dispositivo recebe uma conexão TCP com o Alive Indicator. Em seguida, o dispositivo envia pacotes HTTP HEAD para o Alive Indicator. Se qualquer informação a partir do HTTP para Alive Indicator é recebida, a conexão é considerada OK. Se não houver resposta recebida após 5 tentativas, então não há conexão. Traffic: se não há tráfego na porta WAN no intervalo de tempo, a conexão é considerada nula. Interval Período para verificar se a porta WAN está ativa ou não. Alive Indicator É usado para os métodos ICMP ou HTTP para determinar se a conexão à Internet está ativa ou não. (Você pode escolher entre endereço IP ou nome do host). PPPoE / PPTP Connection Auto Dialup: para ativar ou desativar o Auto Dialup para uma conexão PPPoE/PPTP. Se você decidir usar o Auto Dialup, terá que conectar/desconectar manualmente. Disconnect After Idle: tempo que o roteador irá aguardar antes que ele se desconecte quando não houver tráfego. Digite 0 (zero) para permitir a discagem por desencadeamento. Digite -1 para a conexão ficar sempre ativa. Echo Time: determina quantas vezes um pedido é enviado para o servidor PPPoE. Normalmente, deixe esta configuração com o seu valor padrão. Echo Retry: para determinar a maioria das vezes que um pedido é autorizado a ser enviado para o servidor PPPoE, até obter uma resposta. Normalmente, deixe esta configuração com o seu valor padrão. 15

16 LAN Home > LAN LAN Settings IP Address: este é o endereço de IP do roteador de banda larga para este dispositivo. Outros computadores sobre esta LAN iram vê-lo como seu gateway. Subnet Mask: a Máscara de sub-rede deve ser a mesma no computador e na rede LAN. O endereço padrão da Máscara de sub-rede é DHCP Home > DHCP DHCP Server: ativa a função de Servidor DHCP. Se você tem um outro servidor DHCP disponível na sua rede LAN ou seu IP é estático, você deverá desativar a função DHCP Server. Starting IP Address: o range de IP inicial dos IPs que serão utilizados na rede. Ending IP Address: o range de IP final dos IPs que serão utilizados na rede. 16

17 Lease Time: é o intervalo de tempo que o roteador atualiza sua tabela de DHCP. DNS Server 1 IP for Client: endereço IP do primeiro servidor de DNS padrão para o cilente solicitando DHCP. DNS Server 2 IP for Client: endereço IP do segundo servidor de DNS padrão para o cilente solicitando DHCP. View DHCP List: este botão está ligado à lista de DHCP utilizados pelos computadores. Setting Static DHCP: clique aqui para configurar os DHCP estáticos. DHCP Client List Home > DHCP > View DHCP List DHCP Client List Help DHCP Client List: apresenta as informações sobre os hosts que tenham obtido um endereço IP a partir deste servidor DHCP do router. 17

18 Setting Static DHCP Static DHCP Host Name: o nome do computador. MAC Address: este é o endereço da placa de rede do seu computador. Você pode encontrar esse endereço digitando ipconfig /all no prompt de comando no Windows NT/2000/XP, ou winipcfg no Windows 95/98/Me. Reserved IP Address: o endereço IP que você deseja atribuir a determinado host. 18

19 Load Balance Load Balance Configuration Home > Load Balance Load Balance: para determinar a forma como o tráfego é compartilhado entre as portas WAN. Enable: isso permitirá que você ative ou desative o recurso de Load Balance. Load Balance Base on: essa opção definirá o parâmetro no qual o equipamento fará o balanceamento de carga. Loading Share: digite a porcentagem de tráfego desejada para cada porta WAN. NAT Statistics NAT Statistics: as estatísticas sobre o tráfego NAT para as portas WAN. Interface Statistics: as estatísticas sobre o tráfego das portas WAN. 19

20 IPsec Home > IPsec Tunnel Settings Tunnel Name: digite um nome para o túnel. Tunnel State: marque o Enable para habilitar o túnel. Connection Type: selecione o tipo de Internet da rede remota (Static ou Dynamic). WAN Binding: selecione por qual porta WAN o túnel da VPN vai passar (WAN1 ou WAN2). Obs.: se cair a conexão de Internet da porta selecionada, será necessário alterar manualmente (em Tools > Misc. > Set Protocol & Port Binding) para a outra porta WAN reestabelecer a conexão com a VPN. Local Net Local Net/Subnet: digite o endereço de IP e sub-rede da rede local. Remote Gateway/Client ID: selecione a opção IP Adress para digitar o IP de Internet remoto ou Domain Name quando for utilizar um serviço de DDNS no menu suspenso. (Somente quando for selecionado a opção Dynamic em Connection Type). Remote Net Remote IP/Subnet: digite o endereço IP e Máscara da rede remota. Obs.: Este campo deve ser preenchido com o IP da rede (ex.: , , etc). 20

21 Remote Gateway Gateway IP/Domain: digite o endereço de IP de Internet da rede remota (Somente no modo Static). Remote Gateway/Client ID: selecione o endereço de IP no qual o túnel será fechado (Somente para Dynamic). Obs.: Essa opção deve ser escolhida somente no caso do Servidor de Internet remoto ter mais de um número IP. Key Management Key Method: selecione o tipo de criptografia do túnel (AutoKey (IKE) ou Manual Key). Authentication Preshared Key: defina uma senha de autenticação. (Somente para AutoKey (IKE)). Local ID (Option): selecione uma opção no menu ao lado. (Somente na opção Static). Remote ID (Option): selecione uma opção no menu ao lado. (Somente na opção Static). Depois de configurar as definições IPsec nesta página, clique no botão Continue Setup na parte inferior da página para ir para a última página de configuração de IPsec. A última página irá mostrar opções para Manual Key ou AutoKey, dependendo do que foi selecionado. 21

22 Home > IPsec > Continue Setup (AutoKey (IKE) only) Phase 1 Negotiation Type: selecione a forma de conexão do túnel (Main Mode ou Aggressive Mode) no menu ao lado. DH Group: selecione um grupo de autenticação em DH Group no menu ao lado. Encryption Method: selecione o tipo de criptografia que será utilizada no túnel (DES ou 3DES) no menu ao lado. Authentication Method: selecione o tipo de autenticação que será utilizada no túnel (MD5 ou SHA1) no menu ao lado. SA Lifetime: digite o tempo de duração do túnel no SA lifetime (em segundos). Phase 2 Encapsulation Format: selecione o tipo de encapsulamento dos dados dentro do túnel (ESP ou AH) no menu ao lado. Encryption Method: selecione um método de criptografia (NULL, DES ou 3DES) no menu ao lado. Authentication Method: selecione o tipo de autenticação que será utilizada dentro do túnel (NULL, MD5 ou SHA1) no menu ao lado. Perfect Forward Secrecy: selecione o grupo de autenticação (NO PFS ou escolha um dos DH Group) no menu ao lado. Key Lifetime: digite o tempo de renovação da criptografia dentro do túnel. Obs.: nessa configuração, o usuário tem como escolher renovar a criptografia dentro do túnel por tempo em segundos (Time) ou quantidade de dados trocados em Kbytes (Volume). Advanced NetBIOS Broadcast: marque o Enable para ativar o NetBIOS Broadcast. NAT Traversal: marque Enable para ativar a conversão de IPs Públicos. Auto Reconnected: marque Enable para ativar a reconexão automática. Passive Mode: marque Enable para ativar o modo passível do túnel. IKE Keep Alive (Ping): digite o endereço de IP para manter ativo o ping passando pelo túnel (IKE ping). Action Tunnel Test: clique no botão para fazer um teste de conexão do túnel. 22

23 Home > IPsec > Continue Setup (Manual Key) Encapsulation Format: selecione o tipo de encapsulamento dos dados dentro do túnel (ESP ou AH) no menu ao lado. Encryption Method: selecione um método de criptografia (NULL, DES ou 3DES) no menu ao lado. Authentication Method: selecione o tipo de autenticação que será utilizada dentro do túnel (NULL, MD5 ou SHA1) no menu ao lado. Encryption Key: digite a senha de criptografia. Authentication Key: digite a senha de autenticação. Inbound SPI: digite o valor para Inbound SPI (Security Parameters Index). Outbound SPI: digite o valor para Outbound SPI (Security Parameters Index). 23

24 Advanced NetBIOS Broadcast: marque o Enable para ativar o Broadcast do nome de domínio. Action Tunnel Test: clique no botão para fazer um teste de conexão do túnel. 24

25 Advanced A guia Advanced fornece as seguintes opções: Host IP, Static Routing, Virtual Server, Applications, Multi DMZ, Filters, QoS e NAT. Host IP Advanced > Host IP Host IP: o principal objetivo desta seção é para definir hosts em sua rede LAN, e associá-los a grupos. Os grupos são utilizados pelo Access Filters e as características de Block URL. Você também pode vincular várias sessões PPPoE para cada host na LAN. Host Network Identity Host Name: este deve ser o nome do seu computador. MAC Address: este é o endereço da placa de rede do seu computador. Você pode encontrar esse endereço digitando ipconfig /all no prompt de comando no Windows NT/ 2000/XP, ou winipcfg no Windows 95/98/Me. Select Group: selecione um grupo para atribuir o host. Reserved IP Address: o endereço IP que você deseja atribuir a este host. 25

26 Host Network binding Host Network binding: é usado somente se você tiver várias sessões de PPPoE. Use esta função a fim de garantir que um determinado host sempre use a mesma sessão PPPoE. Strict Binding: só a interface vinculada é permitida enviar pacotes para o host específico. Se a interface vinculada não está disponível, nenhum pacote especificado poderá ser enviado. Loose Binding: em caso normal, os pacotes dos hosts especificados serão enviados através da interface vinculada. Se a interface vinculada não está disponível, as outras interfaces são alternativas. Host & Group List Host & Group List: todos os hosts que você entrou serão listados aqui. 26

27 Static Routing Advanced > Static Routing Static Routing Static Routing: se houver mais de um roteador em uma rede, este quadro deve ser configurado porque o roteador precisa saber qual pacote vai para cada router. A entrada de roteamento é exigida para cada segmento da rede LAN. Network Address: é o endereço de destino do segmento de rede. Netmask: a máscara de sub-rede utilizada para selecionar os bits de um endereço IP que corresponde à sub-rede. Gateway: o IP do roteador que os pacotes destinados à rede serão enviados. Interface: o dispositivo da porta que os pacotes destinados à rede terão passagem. Metric: o número de roteadores que devem ser percorridos para chegar ao destino da rede. 27

28 Virtual Server Advanced > Virtual Server Virtual Server Virtual Server: esse recurso permite que os servidores (web server, servidor de , servidor FTP, DNS, etc...) em sua LAN possam ser acessados a partir da Internet. Enable: serve para ativar ou desativar a entrada atual. Server Name: um nome exclusivo para identificar o virtual server. Private IP: digite o endereço IP do dispositivo da LAN. Os hosts usados com o virtual server devem ter um endereço IP estático ou um endereço IP reservado. Protocol Type: selecione o protocolo(tcp ou UDP) utilizados pelo software do servidor. Private Port Range: a série de números de portas usadas pelo servidor. Se apenas um número de porta é utilizada, peencher o mesmo número em ambos os campos com início e fim. Interface Binding: porta WAN que é obrigatória no virtual server. 28

29 Public Port Range: range de portas públicas. Se apenas um número de porta for utilizada, preencher o mesmo número em ambos os campos, início e fim. Allowed Remote IP: o intervalo de endereços IP que estão autorizados a acessar o virtual server. Applications Special Application Advanced > Applications Special Application: existem muitas aplicações especiais de rede que normalmente não funcionam por trás de um firewall. Devido a considerações de segurança de rede, só algumas portas estão abertas. O tráfego usando outras portas é bloqueado. Aqui você pode escolher abrir outras portas e permitir o tráfego que utiliza essas portas. Special Application Configuration Special Application Configuration: esta seção permite que você digite os dados de configuração para a aplicação especial. Enable: ativa ou desativa a entrada atual. Name: o nome de identificação da aplicação. Trigger Port Range: o range de portas que deseja adicionar na Special Application. 29

30 Trigger Type: o protocolo utilizado na Special Application. Public Port Range: o range de porta utilizado na conexão com o servidor de Special Application. Public Type: o protocolo utilizado na conexão com o servidor de Special Application. Special Application List Special Application List: enumera todas as entradas que foram criadas. Multi DMZ Advanced > Multi DMZ Multi DMZ (De-Militarized Zone): esta função especial permite que múltiplos hosts em sua rede local possam ser expostos à Internet sem quaisquer restrições. Isso é útil para algumas redes, jogos, ou aplicações especiais. Para habilitar estas funções, você deverá associar um IP de LAN a um IP de WAN. No entanto, devido ao risco de segurança, você deve ativar estas funções apenas se forem necessárias. Enable: ativa ou desativa o DMZ. 30

31 WAN: a porta WAN aplicada para o DMZ. Name: nome para identificar a regra de DMZ. PPPoE Sess: a conexão de PPPoE que a regra atual de DMZ está vinculada. Private IP (LAN): o endereço de IP do servidor na DMZ. Access Group: serve para especificar quais grupos serão aplicados. Cada grupo tem suas próprias regras de acesso. Direction: serve para especificar quais grupos serão aplicados de que forma. Filters Advanced > Filters URL Blocking URL Blocking: caso as URL's, endereços de IP ou palavras-chave aqui adicionadas forem digitadas no navegador pelos usuários da rede, a página será bloqueada. Você pode ter diferentes restrições para diferentes grupos. (Use o Host IP para atribuir aos grupos). Access Filters Access Filters: serve para controlar o acesso à Internet dos usuários na rede. 31

32 Select One Group: o grupo que é aplicada a regra. No Filtering: permite aos usuários da LAN o acesso à Internet. Allow Selected Access only: para aplicar as regras definidas em User-Defined Ports. Block All Access: proíbe o acesso à Internet a todos os usuários na rede. Block Selected Items: para bloquear as regras definidas em User-Defined Ports. ICMP Filters ICMP Filters: para limitar as atividades ICMP inicializado na LAN. Block Selected Packet Types: proíbe determinados tipos de pacotes ICMP a partir da LAN para ser aprovada através do dispositivo. Packet Types: os tipos de pacotes ICMP que podem ser bloqueados. User-defined Ports To Filter User-defined Ports To Block: permite que você defina as portas para serem filtradas. Enable: ativa ou desativa a regra. Name: nome para identificar a regra. Protocol Type: o protocolo a ser bloqueado. Port No. Range: número de range da porta a ser bloqueada (apenas para TCP e UDP). Se apenas um número de porta for utilizada, digite o mesmo número de porta em ambos os campos. 32

33 QoS Advanced > QoS QoS Setup Enable QoS: ativa o QoS (Quality of Service). Se marcado o Enable, a QoS permitirá passar a maior quantidade de pacotes através do equipamento. Queuing Method: o método de gestão da sua fila. Priority Queuing é uma das primeiras filas a ser amplamente aplicada. É baseado no conceito de que certos tipos de tráfego podem ser identificados e passados para a frente da fila de saída, para que alguns pacotes de dados passem à frente de outros pacotes de dados. Process TOS Field: um campo com 8 bits no cabeçalho IP destinado para conter valores indicando como cada pacote deve ser tratado na rede. Se você escolher Enable, então ele irá ativar essa função TOS (Type of Service). Overwrite Policy Priority: marque o Yes para permitir que os pacotes TOS tenham prioridade para substituir a prioridade definida na configuração da política. 33

34 QoS Set Policy Advanced > QoS > Set Policy Definir a política de QoS pode atribuir aos pacotes uma maior/menor prioridade (com base na sua configuração). Você pode definir algumas políticas para classificar pacotes recebidos baseados no local/remoto dos endereços IP, portas ou tipo de protocolos. Esse recurso é útil quando o link da WAN está muito ocupado, congestionado ou quando utilizar aplicações especiais que precisam de tempo real, seviços como telefone por Internet, video conferência etc... QoS Policy Policy Name: nome da política que é utilizada para classificar os pacotes recebidos com base nas seguintes regras. Local/Remote Address: especifique um pacote local / remoto baseado no endereço IP. Por padrão, o endereço é , que representa todos os endereços IP. Tipo de porta e protocolo definem todos os pacotes para aplicações especiais. Protocol Type: este campo é definido para cada tipo de pacote. Ele tem alguns valores, como IP, TCP e UDP. Source/Destination Port: especifique os ranges das portas e o protocolo. Priority Queue: este dispositivo suporta quatro filas. Quando um pacote responde a uma regra, ele será colocado em uma fila de resposta. Caso contrário, é a mais baixa prioridade atribuída a passar. 34

35 NAT Advanced > Nat NAT Configuration NAT Routing: para ativar ou desativar a verificação ou encaminhamento NAT, marque ou desmarque a caixa de seleção. Se você desativar o encaminhamento NAT, este dispositivo irá funcionar como Bridge ou Router Static. A maior parte dos recursos, incluindo Load Balance, não estará disponível. Se alguns pacotes cujo número de porta não podem ser levadas para aplicações especiais, você deve-rá digitar o range de porta no Disable Port Translation. TCP Timeout: tempo que o TCP espera para receber o aviso a partir do destino. UDP Timeout: tempo que o UDP espera para receber o aviso a partir do destino. TCP Window Limit: o número máximo de pacotes pendentes antes do TCP receber um aviso. TCP MSS Limit: a maior quantidade de dados que pode ser transmitida em um pacote TCP. 35

36 NAT Port Options Port Range: o número da porta TCP e UDP. Non-Port-Translation: mantem inalterado o número de porta de origem TCP/UDP um range de porta especificado. Algumas aplicações especiais não permitem que o número de portas sejam transferidos. Specific TCP / UDP Timeout: para definir o tempo limite específico para TCP/UDP nos ranges de portas especificadas. Set NAT Alias Set NAT Alias: link para a página de configuração de NAT Alias. NAT Alias: para cada entrada, o IP de WAN funciona como IP do host com o IP de LAN com a Internet através da porta WAN especificada para o protocolo especificado i.e. 1-1 NAT. Enable: ativa ou desativa a função. Local Lan IP: o IP da máquina na LAN que pretende utilizar o IP de WAN como fonte de IP. Wan IP: o endereço de IP usado como fonte de IP para pacotes de saída a partir do host especificado. Protocol: o protocolo que a regra será aplicada. WAN: a porta wan que a regra será aplicada. Back: link para a página de configuração NAT. 36

37 Tools Na guia Tools temos as seguintes opções: Admin, Time, System, Firmware, Alert, SNMP, DDNS, UPnP e Misc. Admin Tools > Admin Administrator Settings New Password / Confirm Password: este administrador de senha protege a configuração deste roteador. É recomendável que você defina uma senha para impedir que outras pessoas mudem a configuração do router. Remote management Remote Upgrade: serve para permitir ou bloquear usuários de atualizar a firmware do dispositivo através da página web remotamente. Marque o Enable para ativar esta opção. Remote Setup: serve para permitir ou bloquear usuários para acessar a configuração do dispositivo através da página web remotamente. Marque o Enable para ativar esta opção. Allowed Remote IP: apenas os pedidos de acesso remoto que estiverem configurados dentro deste range de IP estarão autorizados a acessar a configuração e atualização do equipamento. Access Port: o número específico da porta utilizada pelos usuários para que possa ser acessada a tela de configuração e realizada a atualização remotamente. 37

38 Time NTP Configuration Time Zone: para especificar um fuso horário a partir do fuso horário na lista que enumera todos os tempos e as diferenças entre GMT de cada fuso horário local. NTP Servers: até 3 servidores NTP podem ser usados para o dispositivo de receber a hora e a data em Greenwich Mean Time (GMT), você pode digitar o seu endereço IP ou domínio. System Tools > System 38

39 System Setting Save Settings To Local Hard Driver: você pode salvar a configuração atual do sistema como um arquivo de texto em um disco rígido local e, em seguida, usar o arquivo de configuração salva e atualizar mais tarde em um outro dispositivo. Load Settings Load Settings: você pode carregar as definições através desta página da web. (Se você estiver usando Remote Load, você tem que permitir o Remote Upgrade e Remote Setup a partir da primeira página de Admin). User Name / Password: digite uma senha que será usada para acessar a tela de configuração do roteador. Load Settings From Local Hard Drive: selecione o arquivo de configuração no disco rígido. Restore To Factory Default Settings: restaura as configurações. Firmware Tools > Firmware Upgrade Firmware Upgrade Firmware: você pode atualizar uma nova versão de firmware através desta página. (Se você estiver usando o acesso remoto para atualizar, você deverá permitir o Remote Upgrade e Remote Setup ). User Name / Password: a senha será autenticada para a atualização de firmware. Upgrade Software From Local Hard Drive: selecione o arquivo da firmware no disco rígido. 39

40 Alert Tools > Alert Global Settings Notification on Alert Enable: para ativar ou desativar o alerta de em caso de desligamento de umas das portas WAN. Excessive Ping: esta função é útil para evitar ataques de pacotes ICMP, a partir da LAN ou WAN. Irá liberar os pacotes se o tempo do ping for maior que o limiar configurado em Max. Pings Before Notification. Com isso, irá enviar um para o administrador, caso o Alert estiver ativado. Alert Configuration Alert Configuration: o objetivo do Alert é quando uma das portas WAN estiver desconectada ou com mau funcionamento, ele irá enviar uma mensagem de e- mail para informar ao administrador da rede. (SMTP) Server Address: o endereço do servidor de . User Name: o nome de usuário do endereço de utilizado para autenticação. Password: a senha do endereço de utilizado para autenticação. Sender Address: o endereço de do remetente. 40

41 Recipient Address: o endereço de do receptor. Send Test clicando neste botão, irá enviar um de teste, a fim de verificar se as configurações estão corretas. SNMP Tools >SNMP SNMP (Simple Network Management Protocol) SNMP: esta opção só será útil se você utilizar um programa SNMP com o qual você pode usar para acessar o roteador e receber mensagem de alerta. System Information: este é o sistema de informação que irá identificar este dispositivo. Community: trata-se de uma relação entre um agente SNMP e um conjunto de gestores SNMP que definem autenticação, controle de acesso, proxy e características. Trap Targets: até 3 endereços de IP podem ser inscritos. Informações serão enviadas para estes endereços. 41

42 DDNS Tools > DDNS Dynamic DNS Dynamic DNS: esta é uma tecnologia que as pessoas podem utilizar para se conectar ao roteador usando um nome de domínio, em vez de um endereço IP, mesmo se você tiver um endereço de IP dinâmico de seu provedor (em vez de um endereço IP estático). Dynamic DNS Service Service: para especificar o prestador de serviços. Server Name: o nome do servidor de DDNS. Use Name: o nome de usuário para acessar o servidor DNS. Password: a senha para acessar o servidor DNS. Verify Password: digite novamente a senha para confirmação. Domain Name: o nome completo do host. Additional Settings Enable Wildcard: se ativado, todos os subdomínios do seu nome de domínio iram para o seu endereço de IP atual. Se desativado, os subdomínios do seu nome de domínio não terão endereço de IP. 42

43 Enable Backup MX: ative o Backup para permitir a utilização de Mail Exchanger. Mail Exchanger: define um endereço para um nome de domínio. Se omitido, o Mail Exchanger será definido com o nome de domínio. WAN Port Binding WAN Port Binding: se vinculado sobre a porta WAN, o nome de domínio será mapeado para o endereço de IP da porta WAN. UPnP Tools >UPnP UPnP Option: com a função UPnP (Universal Plug & Play), você pode facilmente configurar uma rede inteira, permitir descoberta e controle de dispositivos de rede e de serviços. UPnP Port Mapping List: você pode definir as portas dinâmicas mapeando o gateway via UPnP do Windows XP. Isso permitirá que você faça uma ligação entre as aplicações e os dispositivos definidos. 43

44 Misc Tools >Misc External Filters Configuration External Filters Configuration: serve para limitar os pacotes passando através do equipamento pela porta WAN para LAN. IDENT Port: esta porta fornece um meio para determinar a identidade de um usuário em particular em uma conexão TCP. Block Selected ICMP Types: proíbe determinados tipos de pacotes ICMP passarem através do equipamento pela porta WAN. 44

45 Packet Types: tipos de pacotes ICMP que podem ser bloqueados. System Restart System Restart: botão para que o roteador seja reiniciado. DNS Loopback DNS Loopback: se houver qualquer domínio na sua rede privada. Você pode configurar o mapeamento na tabela nos campos Domain Name e Private IP. Interface Binding SMTP Binding: para determinar se os pacotes SMTP estão vinculados sobre a porta WAN. SMTP Binding Port: para especificar a porta WAN que seu tráfego de SMTP é transmitido. Pode ser que você tenha duas contas de dois ISP diferentes, é melhor usar apenas um. IPsec/PPTP Passthrough: ative esta função para permitir que o tráfego de IPsec/ PPTP percorram o dispositivo através da porta WAN. Set Protocol & Port Binding Set Protocol & Port Binding: para determinar se os pacotes SMTP estão vinculados sobre a porta WAN. Enable: ativa ou desativa a regra. Source IP: os endereços de IP dos pacotes que serão verificados. Dest. IP / IP Address: o range de IP específico do destino dos pacotes que serão verificados. Existem duas formas de Dest. IP: se for selecionado o Subnet, os campos IP Address e Subnet Mask deveram ser preenchidos. Se for selecionado o IP Range, os campos From e To deveram ser preenchidos. Protocol: o protocolo que os pacotes serão verificados. Port Range: o range de portas especificadas que os pacotes de destino serão verificados. WAN: a porta WAN específica que os pacotes serão obrigados a verificar se todos os itens sejam cumpridos. Back Back: o link para a página principal do Advanced Feature. 45

46 Status A guia Status fornece as seguintes opções: Device Info, Log e Stats. Device Info Device Information Status > Device Information Device Information: esta página descreve a interface do dispositivo (portas LAN e WAN) e as configurações. Connect/Disconect: conecta ou desconecta a conexão PPPoE imediatamente. Force Renew: renova o DHCP imediatamente. 46

47 Log Status > Log View Log View Log: o equipamento mantém o log executando conforme as atividades que ocorrem no dispositivo. Seram exibidos até 100 registros recentes. Os registros antigos serão substuídos pelos novos. Quando o equipamento é reiniciado, os registros são apagados automaticamente. Log Settings 47

48 Status > Log > Log Settings Syslog Delivery Sending Out: se marcada, o equipamento irá enviar mensagens para outras máquinas (servidores log). Obervação: mesmo que você deixe desmarcado, o sistema irá gerar logs de mensagens. Keep Sent Messages: se marcada, as mensagens serão mantidas no equipamento, caso contrário, a mensagem será excluída. Syslog Servers IP Address: Até 3 servidores de syslog podem ser utilizados. Enable: Se marcada, a mensagem de log será enviada para o servidor. Você pode ativar ou desativar temporariamente cada servidor. Port: Se o seu servidor syslog não utilizar a porta padrão (514), altere-a. Log Priority Level: As mensagens são agrupadas em 8 níveis de prioridade, a partir de Debug até Emergency. Debug é o nível mais baixo em relação à prioridade, e o Emergency é o mais alto. Portanto, definir a prioridade Debug, irá enviar todas as mensagens geradas. Log Priority for Modules Log Priority for Modules: esta função exibe e controla o log atual de cada módulo. Para um módulo com prioridades diferentes, há diferentes níveis de mensagens que serão geradas no syslog. O menor nível de prioridade do módulo irá gerar mais mensagens. DEBUG é o mais baixo nível de prioridade dos logs. Message Status: as mensagens enviadas serão mantidas apenas quando estiver marcado a opção Keep Sent Messages. Atualmente mantemos os 100 últimos logs em memória RAM. Caso reinicie ou desligue o equipamento, irá perder os logs. Clear All: utilize este botão para apagar todas as mensagens não enviadas. Submit: vai validar as novas configurações. Reset: vai reservar as configurações atuais em flash. View Syslog: irá mostrar as mensagens em syslog. 48

49 Stats Status > Statistics Refresh Refresh: obtenha os mais recentes dados estatísticos. Restart Counters Restart Counters: apaga todas as estatísticas. Check NAT Detail: link para a página de Status. NAT Statistics Connection Status: verifique se as portas WAN1 e WAN2 estão ligados ou desligados. Default Loading Share: mostra o tráfego padrão entre as portas WAN1 e WAN2. Current Loading Share: mostra o tráfego atual entre as portas WAN1 e WAN2. Current Loading: o número de sessões, Bytes e Pacotes que atualmente serão processados em cada porta. Current bandwidth: atual velocidade de Download e Upload em cada porta WAN. 49

50 Interface Statistics Interface Statistics: esta seção exibe estatísticas cumulativas. Load Share Received: tráfego recebido em KByte, incluindo o tráfego para o próprio equipamento, em cada porta WAN. Transmited: tráfego enviado em KByte, incluindo o tráfego para o próprio equipamento, em cada porta WAN. Total: tráfego total carregado em KByte, incluindo o tráfego para o próprio equipamento, em cada porta WAN. 50

51 NAT Status Status > Statistics > NAT Status NAT Status Refresh: verifique as últimas informações do Status. View Connection List: link para verificar Nat Connection List. NAT Timeouts: mostra os valores de timeout nas conexões de TCP e UDP. 51

Neste manual apresentaremos a configuração de uma VPN IPSec com dois equipamentos, (DI-LB604 e um DI-804HV). Vamos simular uma Filial e uma Matriz

Neste manual apresentaremos a configuração de uma VPN IPSec com dois equipamentos, (DI-LB604 e um DI-804HV). Vamos simular uma Filial e uma Matriz Neste manual apresentaremos a configuração de uma VPN IPSec com dois equipamentos, (DI-LB604 e um DI-804HV). Vamos simular uma Filial e uma Matriz geograficamente distantes. Exemplo: (São Paulo Rio de

Leia mais

Neste manual apresentaremos a configuração de uma VPN IPSec com dois equipamentos DI-LB604. Vamos simular uma Filial e uma Matriz geograficamente

Neste manual apresentaremos a configuração de uma VPN IPSec com dois equipamentos DI-LB604. Vamos simular uma Filial e uma Matriz geograficamente Neste manual apresentaremos a configuração de uma VPN IPSec com dois equipamentos DI-LB604. Vamos simular uma Filial e uma Matriz geograficamente distantes. Exemplo: (São Paulo Rio de janeiro). Antes de

Leia mais

Procedimento para configuração de Redirecionamento de Portas

Procedimento para configuração de Redirecionamento de Portas 1 Procedimento para configuração de Redirecionamento de Portas 1- Para realizar a configuração de redirecionamento de portas o computador deve estar conectado via cabo Ethernet em uma das portas LAN do

Leia mais

Gateway TT211S/S+/O/O+/SO/SO+

Gateway TT211S/S+/O/O+/SO/SO+ Guia Rápido de Instalação TT211S/S+/O/O+/SO/SO+ v120511 Índice Introdução 2 Procedimentos para Instalação 2 Conectando o Hardware 2 Configuração Inicial 3 Configuração Network 3 Configuração do DNS (Domain

Leia mais

Advertência - Normas FCC

Advertência - Normas FCC ÍNDICE Advertência- Normas FCC CAPÍTULO - INTRODUÇÃO - DESCRIÇÃO DO PRODUTO - ESPECIFICAÇÕES E FUNÇÕES -- FUNÇÕES -- ESPECIFICAÇÕES CAPÍTULO - INSTALAÇÃO DE HARDWARE - DESCRIÇÃO DO PRODUTO - PASSOS PARA

Leia mais

Manual para configuração. Siemens Roteador VoIP SpeedStream 3610

Manual para configuração. Siemens Roteador VoIP SpeedStream 3610 Manual para configuração Siemens Roteador VoIP SpeedStream 3610 Indice Guia Rápido de Instalação customizado... 3 Tipo de acesso banda larga... 4 Procedimentos de configuração... 5 Conexões do Painel traseiro...

Leia mais

Índice. 8. Como habilito a criptografia WEP para que meus dispositivos mais antigos possam se conectar?..24

Índice. 8. Como habilito a criptografia WEP para que meus dispositivos mais antigos possam se conectar?..24 Índice 1. Como configuro e instalo o meu roteador?...1 2. Como altero a senha de Administrador no meu roteador?...9 3. Esqueci minha senha wireless, como faço para recuperá-la?...11 4. Como altero o Endereço

Leia mais

Laboratório Configuração de um Roteador e um Cliente Sem Fio

Laboratório Configuração de um Roteador e um Cliente Sem Fio Topologia Configurações do Roteador Linksys Nome da Rede (SSID) Senha da rede Senha do Roteador CCNA-Net cisconet cisco123 Objetivos Parte 1: Configurar Definições Básicas em um Roteador da Série Linksys

Leia mais

Manual Motorola SBG900 Wireless Cable Modem Gateway. Manual Motorola SBG900 Wireless Cable Modem Gateway

Manual Motorola SBG900 Wireless Cable Modem Gateway. Manual Motorola SBG900 Wireless Cable Modem Gateway Iniciando o Programa de Configuração do SBG900 1 Em um computador ligado ao SBG900 pela Ethernet ou USB, abra um navegador. Não tente configurar o SBG900 em uma conexão sem fio. 2 No campo de endereço,

Leia mais

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Para usuários de conexão banda larga do tipo PPPoE (autenticação por usuário e senha) Capítulo 1 Conectando-se à Internet Alguns provedores

Leia mais

W-R2000nl Guia de instalação

W-R2000nl Guia de instalação W-R2000nl Guia de instalação Sumário Introdução...3 Instalação...5 Configurando seu computador...6 Acessando a tela de configurações...7 Configuração de Roteamento...8 Trocando senha de sua rede sem fio...13

Leia mais

Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3

Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3 Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3 http://www.dslink.com.br/ Índice Como conectar o modem DSLink 260E ao meu computador?... 3 Configurando o modem como

Leia mais

Manual para configuração. Linksys RT31P2

Manual para configuração. Linksys RT31P2 Manual para configuração Linksys RT31P2 Indice Guia de Instalação ATA Linksys RT31P2... 3 Conhecendo o ATA... 4 Antes de Iniciar... 6 Analisando o seu acesso à Internet... 6 Configuração... 9 Configuração

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Página 1 de 14 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo a instalar o seu ATA,

Leia mais

Manual de Configuração de Ipsec

Manual de Configuração de Ipsec Manual de Configuração de Ipsec Versão 0 BRA-POR Definições de observações Utilizamos o ícone a seguir ao longo deste Manual do Usuário: Os ícones de ensinam como agir em determinada situação ou fornecem

Leia mais

Manual para configuração. Linksys/Sipura SPA-2102

Manual para configuração. Linksys/Sipura SPA-2102 Manual para configuração Linksys/Sipura SPA-2102 Indice Guia de Instalação Sipura - Modelo SPA-2102... 3 Conhecendo o SPA... 4 Conectando a SPA... 5 Instruções para conectar a SPA... 5 Usando o menu interativo

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do

Leia mais

CPE Soft Manual. 125/400mW 2.4GHz. CPE Soft

CPE Soft Manual. 125/400mW 2.4GHz. CPE Soft CPE Soft Manual 125/400mW 2.4GHz CPE Soft Campinas - SP 2010 Indice 1.1 Acessando as configurações. 2 1.2 Opções de configuração... 3 1.3 Wireless... 4 1.4 TCP/IP 5 1.5 Firewall 6 7 1.6 Sistema 8 1.7 Assistente...

Leia mais

Como utilizar a central de gerenciamento VPN.

Como utilizar a central de gerenciamento VPN. Como utilizar a central de gerenciamento VPN. Construir conexões VPN entre vários roteadores pode ser uma tarefa demorada. Em cada um dos roteadores há diversos parâmetros que precisam ser sincronizados,

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router Dynamic IP

Procedimentos para configuração em modo Router Dynamic IP O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais

PHONE. manual do usuário. Version 1.0 FPP 010001

PHONE. manual do usuário. Version 1.0 FPP 010001 Version 1.0 FPP 010001 índice CONTEÚDO DO KIT FLIP ESPECIFICAÇÃO TERMINAL FUNÇÕES DO TERMINAL COMO INSTALAR O TERMINAL ANEXO I ANEXO II 5 5 5 6 9 12 17 CONTEÚDO DO KIT FLIP RC Terminal FLIP Phone Fonte

Leia mais

Índice. 8. Como habilito a criptografia WEP para que meus dispositivos mais antigos possam se conectar?... 30

Índice. 8. Como habilito a criptografia WEP para que meus dispositivos mais antigos possam se conectar?... 30 Índice 1. Como configuro e instalo o meu roteador?... 1 2. Como altero a senha de Administrador no meu roteador?... 9 3. Como recupero minha senha de rede wireless?... 10 4. Como altero o Endereço IP do

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

PHONE. manual do usuário Version 1.1 FPP 011001

PHONE. manual do usuário Version 1.1 FPP 011001 Version 1.1 FPP 011001 CONTEÚDO DO KIT FLIP ESPECIFICAÇÃO FUNÇÕES DO TERMINAL COMO INSTALAR O TERMINAL ANEXO I ANEXO II ANEXO III ÍNDICE 5 5 6 9 12 17 18 3 CONTEÚDO DO KIT FLIP Terminal FLIP Phone ESPECIFICAÇÃO

Leia mais

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice Manual B.P.S ATA 5xxx Índice 1. Conectando o Adaptador para Telefone Analógico (ATA)...02 2. Configurações básicas...05 2.1 Configuração dos parâmetros de usuário e senha para acessos de banda larga do

Leia mais

Certifique-se de que você possui todas as informações necessárias e equipamento em mãos antes de iniciar a instalação.

Certifique-se de que você possui todas as informações necessárias e equipamento em mãos antes de iniciar a instalação. Este produto pode ser configurado utilizando qualquer navegador web atual, como por ex. Internet Explorer 6 ou Netscape Navigator 7 ou superior. DSL-2730B Roteador ADSL Wireless Antes de começar Certifique-se

Leia mais

1. DHCP a. Reserva de IP

1. DHCP a. Reserva de IP Configuração de recursos do roteador wireless Tenda 1. DHCP a. Reserva de IP Ao se conectar uma rede que possua servidor DHCP, o host recebe um IP dentro da faixa de distribuição. A cada conexão, o host

Leia mais

Tutorial de como configurar o Roteador DIR-600 Wireless 150

Tutorial de como configurar o Roteador DIR-600 Wireless 150 Tutorial de como configurar o Roteador DIR-600 Wireless 150 Para começar a configurar sua rede sem fio, conecte o cabo de rede do seu computador ao roteador em uma porta LAN, e outro cabo do seu modem

Leia mais

DVG-5121SP. 3. Após realizar o login, aparecerá no canto esquerdo (figura 4) o menu do aparelho.

DVG-5121SP. 3. Após realizar o login, aparecerá no canto esquerdo (figura 4) o menu do aparelho. DVG-5121SP A configuração deste ATA consiste em acessar o seu software de configuração por meio do seu navegador web (browser). O IP de seu D-Link DVG-5121SP por padrão é 192.168.1.1 Figura 1 1. Para acessá-lo,

Leia mais

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Manual do Nscontrol Principal Senha Admin Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Aqui, você poderá selecionar quais programas você quer que

Leia mais

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas 1 Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas O DIR 635 tem duas opções para liberação de portas: Virtual server: A opção Virtual Server permite que você defina uma única porta pública

Leia mais

Configurando 500B (Router) 1. INSTALE SEU MODEM

Configurando 500B (Router) 1. INSTALE SEU MODEM Configurando 500B (Router) A GVT pensa em você, por isso criou um passo a passo que facilita a instalação e configuração do seu modem ADSL DLink 500B. Você mesmo instala e configura, sem a necessidade

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TDM-C500 TDM-C504 1.01

Guia de Instalação Rápida TDM-C500 TDM-C504 1.01 Guia de Instalação Rápida TDM-C500 TDM-C504 1.01 Índice Português 1 1. Antes de Iniciar 1 2. Instalação de Hardware 3 3. Configure o Modem 4 Troubleshooting 7 Version 10.22.2010 1. Antes de Iniciar Português

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep Secure em um

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Terra VOIP PAP2 Rev. 1 Ago/06 1 de 15 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo

Leia mais

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Equipamento compacto e de alto poder de processamento, ideal para ser utilizado em provedores de Internet ou pequenas empresas no gerenciamento de redes e/ou no balanceamento

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Introdução: Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Prezados leitores, esta é a primeira parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo

Leia mais

BIT. Boletim de Informação Técnica

BIT. Boletim de Informação Técnica Produto W-R2000g v1.1 Nº. 003/2010 Referência Configuração do roteador Responsável Leandro Martins Data 23.Abril.2010 Este documento descreve os passos básicos para a configuração do roteador C3Tech W-R2000g

Leia mais

Roteador Wireless 150Mbps 4 Portas

Roteador Wireless 150Mbps 4 Portas Roteador Wireless 150Mbps 4 Portas Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router Static IP.

Procedimentos para configuração em modo Router Static IP. O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 WPS Roteador Wireless 300N GWA-101 5dBi Bi-Volt GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 Roteador Wireless 300Mbps Guia de Instalação Rápida REV. 2.0 1. Introdução: O Roteador Wireless 300Mbps, modelo 682-0

Leia mais

DSL-500B Configuração modo Router PPPoE

DSL-500B Configuração modo Router PPPoE DSL-500B Configuração modo Router PPPoE 1- Antes de iniciar qualquer procedimento de configuração verifique se os cabos estão conectados conforme o diagrama de instalação abaixo: Se você possui uma tomada

Leia mais

Access Point. Autor: Enilda Silva De Souza

Access Point. Autor: Enilda Silva De Souza Access Point Autor: Enilda Silva De Souza CONFIGURANDO UM ACCESS POINT DWL-1000AP+ Há diversos métodos de controlar sua rede com o DWL-1000AP+. Você pode usar a configuração ilustrada nesta seção. Para

Leia mais

2- Instale no seu computador o programa Installation Wizard que você encontra no CD da câmera ou no site http://www.dlink.com.br/suporte.

2- Instale no seu computador o programa Installation Wizard que você encontra no CD da câmera ou no site http://www.dlink.com.br/suporte. Este manual mostra a maneira de configurar as seguintes câmeras IP: DCS-5300, DCS-5300G, DCS-5300W, DCS-6620 e DCS-6620G. Utilizaremos como exemplo a câmera DCS-5300W. 1- Antes de iniciar a configuração

Leia mais

6.8.3.10 Lab - Configurar o Roteador Sem Fio no Windows XP

6.8.3.10 Lab - Configurar o Roteador Sem Fio no Windows XP IT Essentials 5.0 6.8.3.10 Lab - Configurar o Roteador Sem Fio no Windows XP Introdução Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você vai configurar e testar as configurações sem fio no

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo WDS

Procedimentos para configuração em modo WDS Procedimentos para configuração em modo WDS 1- WDS (Wireless Distribution System) permite o acesso de um DAP-1353 com o outro DAP-1353 de um modo padronizado. Dessa forma pode simplificar a infraestrutura

Leia mais

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR.

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR. TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR. Neste senário temos um roteador de internet que vai ser nosso gateway do MK1,

Leia mais

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende:

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: 1 1- Para configurar o DPR-1260 conecte um cabo de rede na porta LAN do DPR-1260 até

Leia mais

ATA. manual do usuário. Version 1.0 ATA 010001

ATA. manual do usuário. Version 1.0 ATA 010001 Version 1.0 ATA 010001 CONTEÚDO DO KIT FLIP ATA - Adaptador de Analógico (Terminal FLIP) Fonte de energia elétrica AC/DC Cabo de Cabo de Rede Manual do Usuário ESPECIFICAÇÃO LED RING LNK/ACT STATUS PWR

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep

Leia mais

Manual para configuração D-LINK DVG - 1402S

Manual para configuração D-LINK DVG - 1402S Manual para configuração D-LINK DVG - 1402S Indice Guia de instalação D-LINK DVG-1402S... 3 Qual a função de cada equipamento:... 4 Visualizando Hardware... 5 LIGAÇÕES DO VOIP ROUTER DVG-1402S... 6 Configuração

Leia mais

Acesso Remoto Geovision

Acesso Remoto Geovision Inviolável Segurança Acesso Remoto Geovision Manual de apoio para configuração do acesso remoto no sistema Geovision no Windows e Internet Explorer. Luan Santos da Silva luan@w7br.com versão: 1.0 By: Luan

Leia mais

Utilizando License Server com AnywhereUSB

Utilizando License Server com AnywhereUSB Utilizando License Server com AnywhereUSB 1 Indice Utilizando License Server com AnywhereUSB... 1 Indice... 2 Introdução... 3 Conectando AnywhereUSB... 3 Instalação dos drivers... 3 Configurando AnywhereUSB...

Leia mais

Configurações para utilização de IPv6.

Configurações para utilização de IPv6. Configurações para utilização de IPv6. Devido a escassez de endereços IPv4 muitos países começaram a utilizar o IPv6 para solucionar este problema. Entretanto, para continuar utilizando os recursos do

Leia mais

AVISO IMPORTANTE REFERENTE AOS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA

AVISO IMPORTANTE REFERENTE AOS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA AVISO IMPORTANTE REFERENTE AOS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA A sua operadora, e não o fabricante do equipamento, é responsável pela oferta de serviços telefônicos através deste equipamento. Quaisquer serviços

Leia mais

Load Balance / Route Policy (para series Vigor 2860 / Vigor 2925)

Load Balance / Route Policy (para series Vigor 2860 / Vigor 2925) Load Balance / Route Policy (para series Vigor 2860 / Vigor 2925) Route Policy (também conhecido como PBR, policy-based routing) é um recurso que permite configurar estratégias de roteamento. Os pacotes

Leia mais

RO002/RO002UK Sweex Broadband Router. Não existe nenhum aparelho ligado a esta porta

RO002/RO002UK Sweex Broadband Router. Não existe nenhum aparelho ligado a esta porta RO002/RO002UK Sweex Broadband Router Introdução Não exponha o Sweex Broadband Router a temperaturas extremas. Não coloque o dispositivo directamente ao sol ou perto de elementos de aquecimento. Não utilize

Leia mais

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação O ProApps Security O ProApps Security é um componente da suíte de Professional Appliance focada na segurança de sua empresa ou rede. A solução pode atuar como gateway e como solução IDS/IPS no ambiente.

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router PPPOE

Procedimentos para configuração em modo Router PPPOE O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais

Se você possui uma tomada de telefone no padrão TeleBrás siga este diagrama:

Se você possui uma tomada de telefone no padrão TeleBrás siga este diagrama: 1- Antes de iniciar qualquer procedimento de configuração verifique se os cabos estão conectados conforme o diagrama de instalação abaixo: Se você possui uma tomada de telefone no padrão Americano siga

Leia mais

Agradeço a todos, que colaboraram ou colaboram direta ou indiretamente pela realização deste.

Agradeço a todos, que colaboraram ou colaboram direta ou indiretamente pela realização deste. Introdução Configuração Mikrotik Busquei neste passo a passo, ajudar, de certa forma, aqueles que sentem dificuldade para realizar simples tarefas neste SO, Mikrotik. Basicamente a estrutura de todo este

Leia mais

Procedimentos para configuração de Filters

Procedimentos para configuração de Filters 1 Procedimentos para configuração de Filters 1- Para realizar o procedimento de configuração de Filters, acesse agora a página de configuração do Roteador. Abra o Internet Explorer e digite na barra de

Leia mais

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP Obrigado por utilizar os produtos Dimy s. Antes de operar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual para obter um desempenho adequado. Por favor,

Leia mais

OIW-5817CPE 802.11a/n 150Mbps Wireless CPE Router

OIW-5817CPE 802.11a/n 150Mbps Wireless CPE Router Manual do Usuário OIW-5817CPE 802.11a/n 150Mbps Wireless CPE Router Este manual também pode ser usado para configuração do produto OIW-5817CPE-PCBA. Versão 1.1 Última atualização Março/2012. 1 Introdução

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

Manual do Usuário Modem ADSL Router NM200

Manual do Usuário Modem ADSL Router NM200 Manual do Usuário Modem ADSL Router NM200 Índice I - Introdução Características Requisitos do Sistema II - Entendendo o funcionamento do NM200 Desempacotando Painel Frontal Painel Traseiro III -Início

Leia mais

Seu manual do usuário ASUS RX-3041 V2 http://pt.yourpdfguides.com/dref/4204313

Seu manual do usuário ASUS RX-3041 V2 http://pt.yourpdfguides.com/dref/4204313 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para ASUS RX-3041 V2. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a ASUS RX-3041

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

Índice. 1. Conexão do Hardware...03. 2. Configuração do computador...05. 2.1. Sistema Operacional Windows 2000 ou Windows XP...05

Índice. 1. Conexão do Hardware...03. 2. Configuração do computador...05. 2.1. Sistema Operacional Windows 2000 ou Windows XP...05 Índice 1. Conexão do Hardware...03 2. Configuração do computador...05 2.1. Sistema Operacional Windows 2000 ou Windows XP...05 2.2. Sistema Operacional Windows Vista ou Windows 7...07 3. Assistente de

Leia mais

PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION

PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION Parabéns por instalar o CRACKIT MV! Agora chegou a hora de configurá-lo e administrá-lo. Todo o ambiente de administração do CRACKIT MV é web, ou seja via Browser

Leia mais

Índice. www.mymax.ind.br 2

Índice. www.mymax.ind.br 2 Índice Recursos...4 Configuração do Roteador...5 1. Assistente de Configuração...6 1.1 Modo de Operação...6 1.2 Configuração de Fuso Horário...7 1.3 Configuração da Interface de Rede (LAN)...7 1.4 Configuração

Leia mais

GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO. Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS

GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO. Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS Guia Rápido Suplemento da câmera AXIS M5013/M5014 Página 3 AXIS M5013/M5014 Guia Rápido Suplemento

Leia mais

Conceptronic C100BRS4H Guia de Instalação Rápida. Parabéns pela compra do seu Router de Banda Larga com 4 portas da Conceptronic.

Conceptronic C100BRS4H Guia de Instalação Rápida. Parabéns pela compra do seu Router de Banda Larga com 4 portas da Conceptronic. Conceptronic C100BRS4H Guia de Instalação Rápida Parabéns pela compra do seu Router de Banda Larga com 4 portas da Conceptronic. O seguinte Guia de Instalação de Hardware explica-lhe passo-a-passo como

Leia mais

Access Point Router 150MBPS

Access Point Router 150MBPS Access Point Router 150MBPS Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Router VPN DrayTek. Cliente VPN IPSec TheGreenBow. Guia de Configuração. http://www.thegreenbow.com support@thegreenbow.com

Router VPN DrayTek. Cliente VPN IPSec TheGreenBow. Guia de Configuração. http://www.thegreenbow.com support@thegreenbow.com Cliente VPN IPSec TheGreenBow Guia de Configuração Router VPN DrayTek WebSite: Contact: http://www.thegreenbow.com support@thegreenbow.com IPSec VPN Router Configuration Property of TheGreenBow Sistech

Leia mais

Configurando o DDNS Management System

Configurando o DDNS Management System Configurando o DDNS Management System Solução 1: Com o desenvolvimento de sistemas de vigilância, cada vez mais usuários querem usar a conexão ADSL para realizar vigilância de vídeo através da rede. Porém

Leia mais

O CD-ROM possui um software de configuração passo a passo para o D810R.

O CD-ROM possui um software de configuração passo a passo para o D810R. GUIA DE CONFIGURAÇÃO Instalação de hardware 1. Conecte o adaptador de energia (incluso) na entrada PWR do modem e ligue-o na tomada de energia. 2. Utilize o cabo Ethernet RJ45 (incluso) para conectar a

Leia mais

OBJETIVO: Informar ao cliente como instalar e configurar o equipamento D-Link DVG-1402s para operar com o serviço da rede PhoneClub

OBJETIVO: Informar ao cliente como instalar e configurar o equipamento D-Link DVG-1402s para operar com o serviço da rede PhoneClub ASSUNTO: Manual de instalação do equipamento D-Link DVG-1402s OBJETIVO: Informar ao cliente como instalar e configurar o equipamento D-Link DVG-1402s para operar com o serviço da rede PhoneClub PÚBLICO:

Leia mais

Procedimento para Configuração de Internet em modo Router

Procedimento para Configuração de Internet em modo Router Procedimento para Configuração de Internet em modo Router 1- Para realizar o procedimento de configuração em modo Router o computador deve estar conectado via cabo Ethernet em uma das portas LAN do DSL-2640B

Leia mais

2010 Encore Electronics, Inc. All rights reserved.cover

2010 Encore Electronics, Inc. All rights reserved.cover 2010 Encore Electronics, Inc. All rights reserved.cover 2011 Encore Electronics, Inc. Especificações de produtos, tamanhos e formas estão sujeitos a alterações sem aviso prévio e aparência real do produto

Leia mais

Manual de Configuração

Manual de Configuração Manual de Configuração Linksys SPA 2102 Versão 1.4 Guia de instalação do Linksys SPA 2102 O Linksys SPA 2102 possui: 01 Entrada de alimentação DC 5V (100-240V~) 01 Porta Ethernet (LAN) conector RJ 45 01

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO VOIP

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO VOIP MANUAL DE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO VOIP 1 INDICE 1. Identifique seu tipo de conexão à internet:... 3 1.1 Como Identificar sua Conexão Banda Larga... 3 1.1.1 Conexão ADSL... 3 1.1.2 Conexão a Cabo... 3

Leia mais

1.1 Conteúdo da Embalagem...3. 1.2 Descrição...3. 1.3 Principais Recursos...4. 1.4 Especificações...5. 2.1 Conexão do Hardware...6

1.1 Conteúdo da Embalagem...3. 1.2 Descrição...3. 1.3 Principais Recursos...4. 1.4 Especificações...5. 2.1 Conexão do Hardware...6 Índice 1. Introdução 1.1 Conteúdo da Embalagem...3 1.2 Descrição...3 1.3 Principais Recursos...4 1.4 Especificações...5 2. Instalação 2.1 Conexão do Hardware...6 2.2 Configuração do Computador...8 3. Assistente

Leia mais

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows 2000

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows 2000 Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows 2000 O Express First Net Internet Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório com o mundo, compartilhe o acesso à Internet com grande

Leia mais

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows XP

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows XP Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows XP O Express First Net Internet Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório com o mundo, compartilhe o acesso à Internet com grande

Leia mais

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro)

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) 1 HTVix HA 211 1. Interfaces Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) Conector RJ11 para conexão de aparelho telefônico analógico ou o adaptador para telefone e rede de telefonia convencional

Leia mais

AP OIW-2415CPE 802.11g 54Mbps Wireless CPE Router

AP OIW-2415CPE 802.11g 54Mbps Wireless CPE Router Manual do Usuário AP OIW-2415CPE 802.11g 54Mbps Wireless CPE Router Este manual também pode ser usado para configuração do produto OIW-2415CPE-PCBA. Versão 1.2.10 Última atualização Dezembro/2010. 1 Introdução

Leia mais

Índice. 5. Como acesso a mídia do Cartão USB/SD que está conectado ao meu roteador?... 17

Índice. 5. Como acesso a mídia do Cartão USB/SD que está conectado ao meu roteador?... 17 Índice 1. Como configuro e instalado o meu roteador?... 1 2. Como altero a senha de administrador no meu roteador?...8 3. Esqueci minha senha wireless, como faço para recuperá-la?... 9 4. Como altero o

Leia mais

Manual de Instalação Rápida

Manual de Instalação Rápida Modelo:FI8919W Manual de Instalação Rápida Câmera IP Wireless Pan/Tilt Externa Para Windows OS ------1 Para MAC OS ------17 ShenZhen Foscam Intelligent Technology Co., Ltd Manual de Instalação Rápida Para

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

Configuração de VPN IPSec

Configuração de VPN IPSec Configuração de VPN IPSec Estas configurações têm como propósito integrar soluções VPN utilizando protocolo IPSec para tunelamento entre equipamentos D-Link Internet Gateway com função de VPN. Utiliza-se

Leia mais

GUIA RÁPIDO de INSTALAÇÃO e CONFIGURAÇÃO

GUIA RÁPIDO de INSTALAÇÃO e CONFIGURAÇÃO GUIA RÁPIDO de INSTALAÇÃO e CONFIGURAÇÃO ROTEADORES WIRELESS 802.11G Modelos s: TL-WR541G/ TL- -WR542G/ TL- -WR641G/ TL- -WR642G 1. 2. 3. 4. 5. As 1. 2. 3. 4. 5. As 1. 2. 3. 4. 5. As As As s s ções ções

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

300Mbps Wireless N VPN Router

300Mbps Wireless N VPN Router 300Mbps Wireless N VPN Router TEW-659BRV ŸGuia de Instalação Rápida (1) ŸTroubleshooting (7) 1.01 PORTUGUÊS 1. Antes de Iniciar Conteúdo da Embalagem Ÿ TEW-659BRV Ÿ CD-ROM de Guia do Usuário Ÿ Guia de

Leia mais

Tornado 830 / 831 ADSL Router - 4 port Ethernet switch - Wireless 802.11G - Access Point - Firewall - USB printer server

Tornado 830 / 831 ADSL Router - 4 port Ethernet switch - Wireless 802.11G - Access Point - Firewall - USB printer server Tornado 830 / 831 ADSL Router - 4 port Ethernet switch - Wireless 802.11G - Access Point - Firewall - USB printer server Tornado 830 Annex A Tornado 831 Annex B 1 1.1 Arrancar e iniciar sessão Active o

Leia mais

RX3041 V2. Manual do Utilizador

RX3041 V2. Manual do Utilizador RX3041 V2 Manual do Utilizador PG5315 Edição Revista v1 Janeiro 2010 Copyright 2010 ASUSTeK Computer Inc. Reservados todos os direitos. Nenhuma parte deste manual, incluindo os produtos e software aqui

Leia mais

Manual do Usuário. Roteador Greatek. Leia este guia com atenção e garanta uma utilização correta do produto. E guarde-o para uma referência futura.

Manual do Usuário. Roteador Greatek. Leia este guia com atenção e garanta uma utilização correta do produto. E guarde-o para uma referência futura. Manual do Usuário Roteador Greatek Leia este guia com atenção e garanta uma utilização correta do produto. E guarde-o para uma referência futura. Índice 1 - Visão Geral... 1.1 - Características de Hardware

Leia mais