Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas"

Transcrição

1 Introdução: Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Prezados leitores, esta é a primeira parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo que eu classifiquei como Introdução ao TCP/IP. O objetivo deste módulo foi apresentar o TCP/IP, mostrar como é o funcionamento dos serviços básicos, tais como endereçamento IP e Roteamento e fazer uma apresentação dos serviços relacionados ao TCP/IP, tais como DNS, DHCP, WINS, RRAS, IPSec, Certificados Digitais, ICS, compartilhamento da conexão Internet e NAT (assunto desta parte, ou seja Parte 20 do tutorial). No decorrer de 2004 serão disponibilizados mais 20 tutoriais de TCP/IP (de 21 a 40), nas quais falarei mais sobre os aspectos do protocolo em si, tais como a estrutura em camadas do TCP/IP e detalhes um maior detalhamento sobre cada um dos protocolos que formam o TCP/IP: TCP, IP, UDP, ARP, ICMP e por aí vai. Roteiro para detecção e resolução de problemas de rede Nesta parte do tutorial apresentarei uma seqüência lógica a ser seguida, para a detecção e resolução de problemas relacionados a conectividade de rede, para estações de trabalho e servidores, de uma rede baseada no protocolo TCP/IP. A cada passo, eu acrescentarei comentários, para detalhar os pontos mais importantes. Situação prática: Um usuário liga para o suporte técnico e informa que não está conseguindo acessar outros computadores e os servidores da rede. Você vai até a seção do usuário e faz o logon com a conta Administrador local. Siga os passos indicados a seguir, para tentar identificar o problema e solucioná-lo: 1. Verificar se o TCP/IP está corretamente instalado no micro: Abra um Prompt de comando e execute o seguinte comando: ping Este comando serve para verificar se o protocolo TCP/IP está corretamente instalado e funcionando no computador. Se o TCP/IP estiver OK, você deverá obter um resultado semelhante ao indicado a seguir: ping Disparando contra com 32 bytes de dados: Estatísticas do Ping para : Mínimo = 0ms, Máximo = 0ms, Média = 0ms Se este comando retornar uma mensagem de erro, o problema é com a instalação do protocolo TCP/IP. Uma opção é acessar as propriedades da conexão de rede local e remover o protocolo TCP/IP, reiniciar o computador e depois reinstalar o TCP/IP novamente. Outra opção que pode ser tentada, antes de desinstalar a reinstalar novamente o TCP/IP é clicar com o

2 botão direito do mouse na conexão de rede local e, no menu de opções que é exibido, clicar em Reparar. Outro teste para verificar se o TCP/IP está OK é utilizar o comando ping para pingar para o próprio IP do computador. Por exemplo, se você está no micro com IP , use o seguinte comando: Ping Se o TCP/IP estiver corretamente configurado, você deverá obter uma mensagem de sucesso para este comando ping. 2. Verificar a conectividade com a rede local: No passo 1 você verificou se o protocolo TCP/IP está corretamente instalado no micro. O próximo passo é usar o comando ping para verificar se o micro consegue se comunicar com os outros micros da rede local. Vamos supor que o micro tem o número IP e que ele faz parte da rede Experimente usar o comando ping, para testar a conectividade com outro computador da rede, conforme exemplo a seguir: ping se o micro estiver conseguindo se comunicar na rede local, você deverá receber um resultado semelhante ao indicado a seguir: ping Disparando contra com 32 bytes de dados: Estatísticas do Ping para : Mínimo = 0ms, Máximo = 0ms, Média = 0ms Se o micro não estiver conseguindo se comunicar com a rede local, você receberá uma mensagem de erro, semelhante a indicada a seguir: ping Disparando contra com 32 bytes de dados: Estatísticas do Ping para : Pacotes: Enviados = 4, Recebidos = 0, Perdidos = 4 (100% de perda),

3 Neste caso, podem existir diferentes causas para o problema. Obviamente que, a primeira coisa a verificar é se o cabo de rede está conectado (pode parecer uma verificação muito óbvia, mas vocês não imaginam o número de chamados, onde o problema é simplesmente um cabo de rede desconectado). Estando o cabo de rede corretamente conectado, a segunda causa mais provável é um número de máscara de sub-rede incorretamente configurado. No nosso exemplo, o computador faz parte da rede e usa como máscara de sub-rede: Caso o computador esteja com uma máscara de sub-rede incorreta, como por exemplo: é como se ele estivesse em outra rede e ele não conseguirá se comunicar com a rede local. Nestes casos, você deve acessar as propriedades do TCP/IP e configurar a máscara corretamente. Se o micro recebe as configurações do TCP/IP via servidor DHCP, você deve entrar em contato com o administrador da rede e solicitar que ele verifique e corrija as configurações no servidor DHCP, o qual poderá estar com uma configuração incorreta, para a máscara de sub-rede a ser fornecida para os micros da rede. Muito bem, se o comando ping funcionar nesta etapa, significa que o micro está conseguindo se comunicar com a rede local. O próximo passo é verificar se o roteador (default gateway) da rede está OK. 3. Verificar se o roteador está disponível e funcionando: No passo 2 você verificou se o micro está conseguindo se comunicar com a rede local. O próximo passo é verificar se o Roteador (default gateway) da rede está funcionando. Normalmente, o IP 1 é usado para o roteador. Por exemplo, na rede , o IP do roteador será: Este não é um padrão obrigatório. Para informações sobre o número IP do roteador da sua rede, entre em contato com o administrador da rede. Experimente usar o comando ping, para testar se o roteador está disponível, conforme exemplo a seguir: ping se o roteador estiver OK, você deverá receber um resultado semelhante ao indicado a seguir: ping Disparando contra com 32 bytes de dados: Estatísticas do Ping para : Mínimo = 0ms, Máximo = 0ms, Média = 0ms Caso o roteador esteja com problemas, você receberá uma mensagem de erro. Neste caso você deve entrar em contato com o Administrador da rede, para que ele tome as medidas necessárias, para normalizar o funcionamento do roteador. Lembre-se que o número IP do roteador é configurado no parâmetro Gateway padrão (Default Gateway), das propriedades do TCP/IP. Este parâmetro é configurado manualmente, quando você configura o IP manualmente em cada micro, ou é configurado no servidor DHCP, se a rede usa um servidor DHCP para fazer as configurações do TCP/IP, das estações de trabalho.

4 Quando o roteador está com problemas, você conseguirá se comunicar normalmente com os demais computadores e servidores da sua rede local, mas não conseguirá acessar nenhum recurso em redes externas, tais como a Internet ou recursos que estão em servidores de outras redes da empresa, redes estas em filiais e localidades remotas, ligadas através de links de WAN. O problema neste caso pode ser com o próprio roteador ou pode ser que o número IP do Default Gateway esteja incorreto. Neste caso, você pode usar o comando ping para ver se o roteador está OK e acessar as propriedades do TCP/IP, para ver se o número IP do Default Gateway está corretamente configurado. Se o micro estiver sendo configurado via DHCP, você pode usar o comando ipconfig/all, para exibir qual o número IP do Default Gateway, que está sendo fornecido pelo DHCP. 4. Pingar para um computador de outra rede: No passo 3 você verificou se está tudo OK com o roteador. O próximo passo é verificar se você consegue dar um ping para um computador de uma rede remota. Por exemplo, suponhamos que você esteja na rede e vai usar o seguinte comando ping, para testar se você consegue se comunicar com um computador da rede : ping se a comunicação estiver OK, você deverá receber uma mensagem, semelhante a indicada a seguir: ping Disparando contra com 32 bytes de dados: Resposta de : bytes=32 tempo=37ms TTL=126 Resposta de : bytes=32 tempo=36ms TTL=126 Resposta de : bytes=32 tempo=35ms TTL=126 Resposta de : bytes=32 tempo=35ms TTL=126 Estatísticas do Ping para : Mínimo = 35ms, Máximo = 37ms, Média = 35ms Caso você não obtenha uma resposta da máquina remota, pode ser que a máquina remota esteja desligada ou indisponível na rede. 5. Testar a resolução de nomes: Os computadores com o Windows XP tem dois nomes: Nome de host e o nome NetBIos. Por incrível que pareça, em versões anteriores do Windows, estes dois nomes eram configurados em locais diferentes e, o mais incrível ainda: podiam ser diferentes. No Windows XP, você configura este nome na guia Identificação de rede, acessada através do ícone Sistema do Painel de Controle. Obviamente que o nome NetBios e o nome de host deve ser o mesmo. Esta confusão de dois nomes tinha a ver mais com as antigas versões do Windows, principalmente Windows 95/98/Me, as quais são dependentes do WINS para a resolução de nomes. Já o Windows 2000 e Windows XP se baseiam no DNS, para a resolução de nomes. Você pode usar o comando ping para fazer alguns testes e verificar se existe um problema com a resolução de nomes.

5 Por exemplo, se você dá um ping para o número IP de um computador e obtém uma resposta positiva, porém ao dar o ping usando o nome do computador, você não obtém resposta, certamente é um erro de resolução de nomes. Você pode dar um ping usando apenas o nome de host do computador ou usando o nome completo. Por exemplo, vamos imaginar um computador com o nome micro01, o qual pertence ao domínio DNS abc.com.br. O nome de host deste computador é micro01. O nome DNS completo (FQDN Full Qualiffied Domain Name) é micro01.abc.com.br. Você pode usar os comandos a seguir, para dar um ping neste computador: ping micro01 ou ping micro01.abc.com.br Quando um usuário consegue acessar um recurso compartilhado, em um micro ou servidor, usando o número IP, mas não consegue acessar usando o nome, muito provavelmente é um problema de resolução de nome. Você deve verificar se o número IP de um ou mais servidores DNS estão corretamente configurados nas propriedades do TCP/IP. Caso a rede use um servidor DHCP para fazer a configuração do TCP/IP, você deve entrar em contato com o Administrador da rede, para que ele verifique e corrija, se for o caso, as configurações do servidor DHCP. Dica: Pode acontecer de você ter servidores baseados em Linux, UNIX ou Macintosh em sua rede, servidores estes configurados para compartilhar recursos com clientes baseados no Windows. Nestas situações, pode ocorrer de os usuários não conseguirem acessar estes servidores, pelo nome. O problema é que os computadores com o Linux, UNIX ou Macintosh não irão se registrar, dinamicamente, com o DNS do Windows 2000 Server ou Windows Server Para solucionar este problema, você deve entrar em contato com o Administrador da rede e solicitar que ele crie entradas estáticas no DNS, para os servidores Linux, UNIX ou Macintosh. A seguir coloco um resumo retirado da ajuda do Windows XP, no qual está o resumo dos passos a serem utilizados, usando o comando ping, para detectar problemas relacionados a conectividade de rede, passos estes que foram comentados e exemplificados neste tutorial: Para testar uma configuração TCP/IP usando o comando ping, siga as seguintes etapas: 1. Para obter rapidamente a configuração TCP/IP de um computador, abra o Prompt de comando e digite ipconfig. Na tela do comando ipconfig, assegure-se de que o adaptador de rede para a configuração TCP/IP que você está testando não está no estado Mídia desconectada. 2. No prompt de comando, de um ping no endereço de loopback (o qual a ajuda traduz, maravilhosamente, como auto-retorno) digitando ping Dê um ping no endereço IP do computador. 4. Dê um ping no endereço IP do gateway padrão. 5. Se o comando ping falhar, verifique se o endereço IP do gateway padrão está correto e se o gateway (roteador) está operacional. 6. Faça o ping no endereço IP de um host remoto (um host que esteja em uma sub-rede diferente). 7. Se esse comando falhar, verifique se o endereço IP do host remoto está correto, se o host remoto está operacional e se todos os gateways (roteadores) entre este computador e o host remoto estão operacionais. 8. Faça o ping no endereço IP do servidor DNS.

6 9. Se ele falhar, verifique se o endereço IP do servidor DNS está correto, se o servidor DNS está operacional e se todos os gateways (roteadores) entre este computador e o servidor DNS estão operacionais. Observações: Se o comando ping não for localizado ou falhar, você pode usar o recurso Visualizar eventos para verificar o log do sistema e procurar problemas relatados pelo serviço Protocolo Internet (TCP/IP) ou pela instalação do protocolo TCP/IP. O comando ping usa mensagens de solicitação e resposta de eco do protocolo ICMP. As diretivas dos filtros de pacotes em roteadores, firewalls ou outros tipos de gateways de segurança podem impedir o fluxo desse tráfego. Nestas situações o comando ping não irá retornar uma resposta, não porque o computador de destino esteja com problemas, mas sim porque o protocolo ICMP, no qual o ping é baseado, está sendo bloqueado nos roteadores do caminho. Nota: O comando ipconfig é uma linha de comando equivalente ao comando winipcfg, que está disponível no Windows Millennium Edition, no Windows 98 e no Windows 95. O Windows XP não inclui um equivalente gráfico ao comando winipcfg; no entanto, você pode obter a funcionalidade equivalente para exibição e renovação de um endereço IP abrindo Conexões de rede, clicando com o botão direito do mouse em uma conexão da rede, clicando em Status e, em seguida, clicando na guia Suporte. Se usado sem parâmetros, o comando ipconfig exibe o endereço IP, a máscara da sub-rede e o gateway padrão para todos os adaptadores. Para executar esse comando, abra o prompt de comando e digite ipconfig. Para abrir Conexões de rede, clique em Iniciar, clique em Painel de controle e, em seguida, clique duas vezes em Conexões de rede. Conclusão Nesta parte do tutorial, a qual inaugura a segunda fase dos Tutoriais de TCP/IP, fase esta que vai da Parte 21 a Parte 40, falei sobre a detecção e resolução de problemas, relacionados a conectividade de rede. Apresentei uma seqüência de passos, os quais podem ser utilizados para, rapidamente, identificar a causa do problema, que está impedindo a correta comunicação de uma estação de trabalha com a rede local ou com redes remotas. Na próxima parte deste tutorial, segundo dentro da filosofia de apresentar ações práticas, você aprenderá sobre a instalação do Servidor DNS no Windows 2000 Server. Nota: Não deixe de conferir os dois últimos livros deste autor: Windows Server 2003 Curso Completo, 1568 páginas, Axcel Books. De minha autoria, lançado em Setembro 2003.

7 Manual de Estudos Para o Exame , 712 páginas, Axcel Books. De minha autoria, lançado em Setembro Neste livro você terá um curso completo sobre os serviços de rede do Windows 2000 Server, tais como DNS, DHCP, WINS, RRAS, IPSec e assim por diante. Detalhado, repleto de exemplos práticos, passo-a-passo.

Aula pratica 4 Testar Conexões TCP/IP em Redes Industrias Usando os comandos Ping e Net View (1.a Parte)

Aula pratica 4 Testar Conexões TCP/IP em Redes Industrias Usando os comandos Ping e Net View (1.a Parte) 1 Aula pratica 4 Testar Conexões TCP/IP em Redes Industrias Usando os comandos Ping e Net View (1.a Parte) Objetivo: Esta aula tem como objetivo apresentar aos alunos como testar a conectividade de uma

Leia mais

Tutorial TCP/IP DHCP Configurando e Administrando Escopos

Tutorial TCP/IP DHCP Configurando e Administrando Escopos Prezados leitores, esta é a décima oitava parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo que eu classifiquei como Introdução ao TCP/IP. O objetivo do primeiro

Leia mais

Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP

Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP 1 Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP Objetivo: Esta aula tem como objetivo apresentar aos alunos como configurar equipamentos em redes Ethernet com os protocolos TCP/IP.

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Configuração TCP/IP no Windows 7

Professor: Macêdo Firmino Configuração TCP/IP no Windows 7 Professor: Macêdo Firmino Configuração TCP/IP no Windows 7 Se você tem mais que um computador ou outros dispositivos de hardware, como impressoras, scanners ou câmeras, pode usar uma rede para compartilhar

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 26 Criando Registros

Tutorial de TCP/IP Parte 26 Criando Registros Introdução Tutorial de TCP/IP Parte 26 Criando Registros Prezados leitores, esta é a sexta parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo que eu classifiquei

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 25 Criando Zonas Reversas

Tutorial de TCP/IP Parte 25 Criando Zonas Reversas Tutorial de TCP/IP Parte 25 Criando Zonas Reversas Introdução Prezados leitores, esta é a quinta parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo que eu classifiquei

Leia mais

Na Figura a seguir apresento um exemplo de uma "mini-tabela" de roteamento:

Na Figura a seguir apresento um exemplo de uma mini-tabela de roteamento: Tutorial de TCP/IP - Parte 6 - Tabelas de Roteamento Por Júlio Cesar Fabris Battisti Introdução Esta é a sexta parte do Tutorial de TCP/IP. Na Parte 1 tratei dos aspectos básicos do protocolo TCP/IP. Na

Leia mais

QUAL O PROCEDIMENTO PARA CONFIGURAR AS IMPRESSORAS DE REDE BROTHER EM UM SISTEMA DEC TCP / IP para VMS (UCX) Procedimento

QUAL O PROCEDIMENTO PARA CONFIGURAR AS IMPRESSORAS DE REDE BROTHER EM UM SISTEMA DEC TCP / IP para VMS (UCX) Procedimento Procedimento Visão geral Antes de usar a máquina Brother em um ambiente de rede, você precisa instalar o software da Brother e também fazer as configurações de rede TCP/IP apropriadas na própria máquina.

Leia mais

WinGate - Passo a passo

WinGate - Passo a passo WinGate - Passo a passo Configurando os Computadores de sua rede Nesta etapa, mostraremos como preparar os computadores de sua rede para a instalação do WinGate. 1ª Parte É necessário que os computadores

Leia mais

Resolução de Problemas de Rede. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite

Resolução de Problemas de Rede. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Resolução de Problemas de Rede Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Ferramentas para manter o desempenho do sistema Desfragmentador de disco: Consolida arquivos e pastas fragmentados Aumenta

Leia mais

Recuperando a comunicação com o seu Modem DSL-500G

Recuperando a comunicação com o seu Modem DSL-500G Recuperando a comunicação com o seu Modem DSL-500G Sugestões e correções para melhoria deste Documento devem ser enviadas para o e_mail dsl-500gowner@yahoogrupos.com.br, mencionando no campo Assunto (Subject),

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View www.cali.com.br - Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View - Página 1 de 29 Índice INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (FIREBIRD E

Leia mais

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO.

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. 1. Compartilhar a máquina servidor clicando com o botão direito do mouse em disco local e no menu de contexto não pção Propriedades.

Leia mais

Aula prática. Objetivo IPCONFIG. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br. Informa a configuração atual de rede da máquina;

Aula prática. Objetivo IPCONFIG. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br. Informa a configuração atual de rede da máquina; Aula prática Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Objetivo Nesta aula, você aprenderá a utilizar alguns utilitários de rede que podem ajudá-lo a identificar problemas na rede. No windows existem

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº2

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº2 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. de Electrónica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº2 Configuração de TCP/IP numa rede de computadores Utilização de Ipconfig, Ping e Tracert

Leia mais

Passo a Passo da instalação da VPN

Passo a Passo da instalação da VPN Passo a Passo da instalação da VPN Dividiremos este passo a passo em 4 partes: Requisitos básicos e Instalação Configuração do Servidor e obtendo Certificados Configuração do cliente Testes para saber

Leia mais

Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio

Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio Muitos tutoriais iniciam a explicação do processo em uma fase adiantada, ou seja, considerando que o leitor já sabe algumas

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Entendendo como funciona o NAT

Entendendo como funciona o NAT Entendendo como funciona o NAT Vamos inicialmente entender exatamente qual a função do NAT e em que situações ele é indicado. O NAT surgiu como uma alternativa real para o problema de falta de endereços

Leia mais

1 Realizando testes de conexão

1 Realizando testes de conexão Manual para Instalação do Terminal de Acesso ao SIAFEM 2006 Última atualização: 16/março/2012 1 Realizando testes de conexão O computador que será usado para acesso ao SIAFEM, deve ter o servidor DNS configurado.

Leia mais

Laboratório 1.1.7 Usando ping e tracert a partir de uma Estação de Trabalho

Laboratório 1.1.7 Usando ping e tracert a partir de uma Estação de Trabalho Laboratório 1.1.7 Usando ping e tracert a partir de uma Estação de Trabalho Objetivo Aprender a usar o comando TCP/IP Packet Internet Groper (ping)a partir de uma estação de trabalho. Aprender a usar o

Leia mais

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito GUIA RÁPIDO DARUMA Viva de um novo jeito Dicas e Soluções para IPA210 Leia atentamente as dicas a seguir para configurar seu IPA210. Siga todos os tópicos para que seja feita a configuração básica para

Leia mais

6.3.2.7 Lab - Configurando uma placa de rede para usar DHCP no Windows 7

6.3.2.7 Lab - Configurando uma placa de rede para usar DHCP no Windows 7 5.0 6.3.2.7 Lab - Configurando uma placa de rede para usar DHCP no Windows 7 Introdução Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você irá configurar uma placa de rede Ethernet para usar

Leia mais

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice Manual B.P.S ATA 5xxx Índice 1. Conectando o Adaptador para Telefone Analógico (ATA)...02 2. Configurações básicas...05 2.1 Configuração dos parâmetros de usuário e senha para acessos de banda larga do

Leia mais

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc. Endereços IP Endereços IP IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.) precisam ter endereços. Graças

Leia mais

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens:

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens: Caro cliente, atendendo a sua solicitação de auxílio no processo de configuração da placa VoIP na central Impacta, segue um passo-a-passo para ajudar a visualização. Abra o software de programação. Clique

Leia mais

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual de Rede Interna ===== Manual. Rede Interna

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual de Rede Interna ===== Manual. Rede Interna 1 Manual Rede Interna 01 COLOCANDO O COMPUTADOR EM REDE 2 01.01 Entenda como funciona o processo de conexão em rede do sistema U3: a) SERVIDOR DE DADOS é o computador da sua rede interna que será designado

Leia mais

guia do usuário instalação do aparelho configuração do computador ativação do serviço efetuando ligações

guia do usuário instalação do aparelho configuração do computador ativação do serviço efetuando ligações guia do usuário instalação do aparelho ativação do serviço efetuando ligações instalação do aparelho montagem inicial 1. Retire o cabo da internet ligado ao seu computador e ligue à porta WAN do aparelho

Leia mais

Compartilhamento de internet usando recursos do Windows XP

Compartilhamento de internet usando recursos do Windows XP Compartilhamento de internet usando recursos do Windows XP Valença-Ba, 17 de outubro de 2010. Identificação IFBA- Campus Valença Curso: Informática subseqüente Disciplina: Redes de Computadores Turma:

Leia mais

BIT. Boletim de Informação Técnica

BIT. Boletim de Informação Técnica Produto W-R2000g v1.1 Nº. 003/2010 Referência Configuração do roteador Responsável Leandro Martins Data 23.Abril.2010 Este documento descreve os passos básicos para a configuração do roteador C3Tech W-R2000g

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO VOIP

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO VOIP MANUAL DE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO VOIP 1 INDICE 1. Identifique seu tipo de conexão à internet:... 3 1.1 Como Identificar sua Conexão Banda Larga... 3 1.1.1 Conexão ADSL... 3 1.1.2 Conexão a Cabo... 3

Leia mais

6.8.3.10 Lab - Configurar o Roteador Sem Fio no Windows XP

6.8.3.10 Lab - Configurar o Roteador Sem Fio no Windows XP IT Essentials 5.0 6.8.3.10 Lab - Configurar o Roteador Sem Fio no Windows XP Introdução Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você vai configurar e testar as configurações sem fio no

Leia mais

Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003

Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003 Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003 Como instalar o Serviço DHCP Antes de poder configurar o serviço DHCP, é necessário instalá lo no servidor. O DHCP não é instalado por padrão durante

Leia mais

AULA 7: SERVIDOR DHCP EM WINDOWS SERVER

AULA 7: SERVIDOR DHCP EM WINDOWS SERVER AULA 7: SERVIDOR DHCP EM WINDOWS SERVER Objetivo: Instalar e detalhar o funcionamento de um Servidor de DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) no sistema operacional Microsoft Windows 2003 Server.

Leia mais

DVR - CONFIGURAÇÃO DE ACESSO VIA REDE LOCAL

DVR - CONFIGURAÇÃO DE ACESSO VIA REDE LOCAL DVR - CONFIGURAÇÃO DE ACESSO VIA REDE LOCAL São José, 25 de maio, 2012. Este tipo de acesso permite que o DVR seja acessado através de qualquer computador que esteja conectado na mesma rede que ele. 1

Leia mais

1 Apresentação. 2 Antes de iniciar. O objetivo deste guia é auxiliar o usuário no processo de conexão e configuração do Prestige.

1 Apresentação. 2 Antes de iniciar. O objetivo deste guia é auxiliar o usuário no processo de conexão e configuração do Prestige. 1 Apresentação O objetivo deste guia é auxiliar o usuário no processo de conexão e configuração do Prestige. 2 Antes de iniciar Configuração Default O Prestige é enviado com os seguintes padrões de fábrica:

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH Introdução Procedimentos para configurar uma conexão VPN com a Bematech, para possibilitar Acesso Remoto para Suporte do ambiente

Leia mais

ATA. manual do usuário. Version 1.0 ATA 010001

ATA. manual do usuário. Version 1.0 ATA 010001 Version 1.0 ATA 010001 CONTEÚDO DO KIT FLIP ATA - Adaptador de Analógico (Terminal FLIP) Fonte de energia elétrica AC/DC Cabo de Cabo de Rede Manual do Usuário ESPECIFICAÇÃO LED RING LNK/ACT STATUS PWR

Leia mais

Antes da popularização da Internet existiam diferentes protocolos sendo utilizados nas redes das empresas. Os mais utilizados eram os seguintes:

Antes da popularização da Internet existiam diferentes protocolos sendo utilizados nas redes das empresas. Os mais utilizados eram os seguintes: Introdução ao TCP/IP Esta é a primeira parte de um total de 100 partes, deste tutorial de TCP/IP. Este curso de Introdução ao TCP/IP é formado pelas partes de 01 a 20. O objetivo da Parte 1 é apresentar

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1

Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1 Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1 Sobre o Fiery Extended Applications O Fiery Extended Applications (FEA) 4.1 é um pacote dos seguintes aplicativos para uso

Leia mais

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL Documento: Tutorial Autor: Iuri Sonego Cardoso Data: 27/05/2005 E-mail: iuri@scripthome.cjb.net Home Page: http://www.scripthome.cjb.net ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

Leia mais

DHCP - ESAF. 1- Prova: ESAF - 2005 - SET- RN - Auditor Fiscal do Tesouro Estadual - Prova 2

DHCP - ESAF. 1- Prova: ESAF - 2005 - SET- RN - Auditor Fiscal do Tesouro Estadual - Prova 2 DHCP - ESAF 1- Prova: ESAF - 2005 - SET- RN - Auditor Fiscal do Tesouro Estadual - Prova 2 Um protocolo é um conjunto de regras e convenções para envio de informações em uma rede. Essas regras regem, além

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Uma Rede de Computadores consistem em dois ou mais dispositivos, tais como computadores, impressoras e equipamentos relacionados, os

Leia mais

Como instalar Windows XP

Como instalar Windows XP Como instalar Windows XP 1 Como instalar Windows XP Existem 2 opções para instalar XP: Opção A: para micro novo sem Sistema Operacional instalado (Exemplo de sistema operacional:windows 98, Windows 2000,

Leia mais

Sumário. Nós chegamos onde você nem imagina! 1. Criar Conexão PPPOE Windows XP ------Pag.1. 2. Criar Conexão PPPOE Windows 7 -------Pag.

Sumário. Nós chegamos onde você nem imagina! 1. Criar Conexão PPPOE Windows XP ------Pag.1. 2. Criar Conexão PPPOE Windows 7 -------Pag. Sumário 1. Criar Conexão PPPOE Windows XP ------Pag.1 2. Criar Conexão PPPOE Windows 7 -------Pag.6 3. Entendendo os erros mais comuns no Windows XP / Seven -------------Pag.9 4. Desativar Protocolo TCP/IP

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700.

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. Neste STK mostraremos como comunicar com o conversor Serial/Ethernet e instalar o driver Genérico Somente Texto

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE REDES E FIREWALL

CONCEITOS BÁSICOS DE REDES E FIREWALL Secretaria Municipal de Educação SME Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação CTIC Núcleo de Tecnologia Municipal NTM CONCEITOS BÁSICOS DE REDES E FIREWALL Amauri Soares de Brito Mário Ângelo

Leia mais

2 de maio de 2014. Remote Scan

2 de maio de 2014. Remote Scan 2 de maio de 2014 Remote Scan 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. Conteúdo 3 Conteúdo...5 Acesso ao...5

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010 PROCEDIMENTOS DE CONFIGURAÇÃO DO AD, DNS E DHCP COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

ManualdeInstalação. Win

ManualdeInstalação. Win ManualdeInstalação 10100101010 101010101010101010101 1100110101100101101010001011 + 55 (61) 3037-5111 suporte@thinnet.com.br www.thinnet.com.br Skype: thinnetworks Skype2: thinnetworks1 SAAN Quadra 2 Número

Leia mais

Configurando o sistema em rede Local

Configurando o sistema em rede Local O SHOficina, SHPet e o SHSap podem ser utilizados como monousuário ou em rede de até 3 computadores (1 Servidor + 2 estações). Se você tem conhecimento intermediário em informática conseguirá seguir este

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Na aula de hoje iremos conhecermos e relembrarmos duas ferramentas do Windows, chamadas de ipconfig e nslookup. Além disso, iremos discutirmos

Leia mais

Tutorial Sobre Redes e Roteamento de Modens

Tutorial Sobre Redes e Roteamento de Modens Tutorial Sobre Redes e Roteamento de Modens Autor: Paulo Ricardo de Oliveira Capítulo I - Introdução ao Protocolo IP Uma visão geral do protocolo TCP/IP Para que os computadores de uma rede possam trocar

Leia mais

Roteiro 4: Replicação/Active Directory DHCP e Wins

Roteiro 4: Replicação/Active Directory DHCP e Wins Roteiro 4: Replicação/Active Directory DHCP e Wins Objetivos: Explorar as configurações para replicação de domínios com Active Directory; Configurar os serviços DHCP e WINS em servidores Windows; Ferramentas

Leia mais

O que é conexão de área de trabalho remoto?

O que é conexão de área de trabalho remoto? O que é conexão de área de trabalho remoto? Conexão de Área de Trabalho Remota é uma tecnologia que permite sentar-se ao computador e conectar-se a um computador remoto em um local diferente. Por exemplo,

Leia mais

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Manual do Suporte LZT LZT Soluções em Informática Sumário VPN...3 O que é VPN...3 Configurando a VPN...3 Conectando a VPN... 14 Possíveis erros...16 Desconectando

Leia mais

Ajuda das opções Fiery 1.3 (cliente)

Ajuda das opções Fiery 1.3 (cliente) 2015 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. 29 de janeiro de 2015 Conteúdo 3 Conteúdo...5 Ativar uma opção Fiery...6

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede O sistema de nome de domínio (DNS) é um sistema que nomeia computadores e serviços de rede e é organizado em uma hierarquia de domínios.

Leia mais

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross Redes Pablo Rodriguez de Almeida Gross Conceitos A seguir serão vistos conceitos básicos relacionados a redes de computadores. O que é uma rede? Uma rede é um conjunto de computadores interligados permitindo

Leia mais

Redes Ponto a Ponto. Os drivers das placas de rede devem estar instalados.

Redes Ponto a Ponto. Os drivers das placas de rede devem estar instalados. Redes Ponto a Ponto É fácil configurar uma rede ponto-a-ponto em qualquer versão do Windows. Antes entretanto é preciso tomar algumas providências em relação ao hardware: Todos os computadores devem estar

Leia mais

1. DHCP a. Reserva de IP

1. DHCP a. Reserva de IP Configuração de recursos do roteador wireless Tenda 1. DHCP a. Reserva de IP Ao se conectar uma rede que possua servidor DHCP, o host recebe um IP dentro da faixa de distribuição. A cada conexão, o host

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO Modem 4G

GUIA DE INSTALAÇÃO Modem 4G GUIA DE INSTALAÇÃO Modem 4G INSTALANDO O MODEM 4G SKY 1 Coloque o modem em uma superfície plana. 2 Conecte o cabo do alimentador de energia ao modem. WPS RESET SIM 3 Ligue a fonte de alimentação de energia

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

Caro cliente. Guia do cliente. Página 1

Caro cliente. Guia do cliente. Página 1 Caro cliente. Os procedimentos a seguir se destinam somente em resolver problemas referentes á internet, não servindo para resolver qualquer outro problema no computador, como por exemplo, um computador

Leia mais

O que se tem, na prática, é a utilização do protocolo TCP/IP na esmagadora maioria das redes. Sendo a sua adoção cada vez maior.

O que se tem, na prática, é a utilização do protocolo TCP/IP na esmagadora maioria das redes. Sendo a sua adoção cada vez maior. Introdução ao TCP/IP(TCP (Transmission Control Protocol) e IP(InternetProtocol) ) Objetivo Para que os computadores de uma rede possam trocar informações entre si é necessário que todos os computadores

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

10.3.1.10 Lab - Configurando o Firewall do Windows XP

10.3.1.10 Lab - Configurando o Firewall do Windows XP 5.0 10.3.1.10 Lab - Configurando o Firewall do Windows XP Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você irá explorar o Firewall do Windows XP e definir algumas configurações avançadas. Equipamento

Leia mais

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 1. Antes de começar A tabela a seguir lista as informações que você precisa saber antes de configurar um servidor VPN de acesso remoto. Antes de

Leia mais

Guia de Instalação de Software

Guia de Instalação de Software Guia de Instalação de Software Este manual explica como instalar o software por meio de uma conexão USB ou de rede. A conexão de rede não está disponível para os modelos SP 200/200S/203S/203SF/204SF. Fluxograma

Leia mais

Instalando e usando o Document Distributor 1

Instalando e usando o Document Distributor 1 Instalando e usando o 1 O é composto por pacotes de software do servidor e do cliente. O pacote do servidor deve ser instalado em um computador Windows NT, Windows 2000 ou Windows XP. O pacote cliente

Leia mais

Aula 1 Sistema Operacional Windows. Prof.: Roberto Franciscatto

Aula 1 Sistema Operacional Windows. Prof.: Roberto Franciscatto Sistemas Operacionais 2 Aula 1 Sistema Operacional Windows Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Porque é preciso saber gerenciar/administrar o sistema operacional Windows? Quais versões encontrarei no

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 02. Prof. Gabriel Silva

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 02. Prof. Gabriel Silva FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 02 Prof. Gabriel Silva Temas da Aula de Hoje: Revisão da Aula 1. Redes LAN e WAN. Aprofundamento nos Serviços de

Leia mais

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco).

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco). Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 2 Criando e compartilhando uma pasta - Prática Autor: Júlio Battisti - Site: www.juliobattisti.com.br Neste tópico vamos criar e compartilhar uma pasta chamada

Leia mais

Redes de Computadores II INF-3A

Redes de Computadores II INF-3A Redes de Computadores II INF-3A 1 ROTEAMENTO 2 Papel do roteador em uma rede de computadores O Roteador é o responsável por encontrar um caminho entre a rede onde está o computador que enviou os dados

Leia mais

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende:

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: 1 1- Para configurar o DPR-1260 conecte um cabo de rede na porta LAN do DPR-1260 até

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS Se todos os computadores da sua rede doméstica estiverem executando o Windows 7, crie um grupo doméstico Definitivamente, a forma mais

Leia mais

Parâmetros de configuração válidos para todos os clientes na conexão entre redes.

Parâmetros de configuração válidos para todos os clientes na conexão entre redes. DHCP - 1 Introdução aos servidores DHCP Um servidor de protocolo de configuração dinâmica de hosts (DHCP, Dinamic Host Configuration Protocol) é um computador que está executando o Windows NT Server, o

Leia mais

Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores

Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Tutorial de compartilhamento de pastas e impressoras na rede Conteúdo Pág. Configuração da rede para

Leia mais

Gateway TT211S/S+/O/O+/SO/SO+

Gateway TT211S/S+/O/O+/SO/SO+ Guia Rápido de Instalação TT211S/S+/O/O+/SO/SO+ v120511 Índice Introdução 2 Procedimentos para Instalação 2 Conectando o Hardware 2 Configuração Inicial 3 Configuração Network 3 Configuração do DNS (Domain

Leia mais

Leia-me do Licenciamento em Rede

Leia-me do Licenciamento em Rede Leia-me do Licenciamento em Rede Trimble Navigation Limited Divisão de Engenharia e da Construção 935 Stewart Drive Sunnyvale, California 94085 EUA Fone: +1-408-481-8000 Ligação gratuita (nos EUA): +1-800-874-6253

Leia mais

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB.

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-301U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Í n d i c e Considerações Iniciais...2 Rede TCP/IP...3 Produtos para conectividade...5 Diagnosticando problemas na Rede...8 Firewall...10 Proxy...12

Leia mais

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA AULA 07 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA O Utilitário de configuração do sistema, o famoso "msconfig" está disponível nas versões recentes do Windows. Para abrir o

Leia mais

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Para usuários de conexão banda larga do tipo PPPoE (autenticação por usuário e senha) Capítulo 1 Conectando-se à Internet Alguns provedores

Leia mais

manual do usuário ATA Version 2.3 ATA 024001

manual do usuário ATA Version 2.3 ATA 024001 Version 2.3 024001 INDEX KIT FLIP ESPECIFICAÇÃO DO TERMINAL COMO INSTALAR O TERMINAL ANEXO I 5 5 6 9 3 KIT FLIP (Adaptador de Analógico) Fonte de energia elétrica AC/DC Cabo de Cabo de Rede Manual do

Leia mais

1 Procedimento de atualização de firmware do modem D-Link modelo DSL-G604T com o firmware DESATUALIZADO

1 Procedimento de atualização de firmware do modem D-Link modelo DSL-G604T com o firmware DESATUALIZADO 1 Procedimento de atualização de firmware do modem D-Link modelo DSL-G604T com o firmware DESATUALIZADO 1.1 Antes de começar, você deve fazer o download do arquivo Utilitario_DSL- G604T_V2.00B01T01.BR.20060626.zip,

Leia mais

MANUAL CRIAÇÃO E CONFIGURAÇÃO ACESSO VPN REDE CIASC ATRAVÉS DE UM WINDOWS 7

MANUAL CRIAÇÃO E CONFIGURAÇÃO ACESSO VPN REDE CIASC ATRAVÉS DE UM WINDOWS 7 MANUAL CRIAÇÃO E CONFIGURAÇÃO ACESSO VPN REDE CIASC ATRAVÉS DE UM WINDOWS 7 Acessar o Painel de Controle. PASSOS PARA CRIAR CONEXÃO VPN No ítem Rede e Internet clique em Exibir o status e as tarefas da

Leia mais

O endereço IP (v4) é um número de 32 bits com 4 conjuntos de 8 bits (4x8=32). A estes conjuntos de 4 bits dá-se o nome de octeto.

O endereço IP (v4) é um número de 32 bits com 4 conjuntos de 8 bits (4x8=32). A estes conjuntos de 4 bits dá-se o nome de octeto. Endereçamento IP Para que uma rede funcione, é necessário que os terminais dessa rede tenham uma forma de se identificar de forma única. Da mesma forma, a interligação de várias redes só pode existir se

Leia mais

1. Um servidor rodando Windows 7 (um computador onde o SIPAR ficará instalado e com os dados neste computador);

1. Um servidor rodando Windows 7 (um computador onde o SIPAR ficará instalado e com os dados neste computador); Manual informativo para configuração do SIPAR por acesso via Área de Trabalho Remota (ATR) do Windows 7 Página: 1 / 5 COMO CONFIGURAR O SIPAR PARA ACESSO VIA INTERNET Você vai precisar de: 1. Um servidor

Leia mais

Tutorial feito por Michell MGS TI Ensinando e Aprendendo (O Dia de amanhã a Deus pertence).

Tutorial feito por Michell MGS TI Ensinando e Aprendendo (O Dia de amanhã a Deus pertence). 1 - Instalando o Windows Server 2003 Enterprise Edition R1 e R2. 2 - Criando um nome para o Servidor. 3 - Adicionando IP fixo ao servidor. 1 - Insira o CD do Windows Server 2003 no drive de CD ROM e siga

Leia mais

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 ÍNDICE 1. Considerações...3 2. Introdução...3 3. Arquitetura...3 3.1. Topologia Básica...4 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 3.3. Sistemas Operacionais...5 4. Configurações Necessárias...6 4.1. Nas

Leia mais

Protocolo TCP/IP. Neste caso cada computador da rede precisa de, pelo menos, dois parâmetros configurados:

Protocolo TCP/IP. Neste caso cada computador da rede precisa de, pelo menos, dois parâmetros configurados: Protocolo TCP/IP Neste caso cada computador da rede precisa de, pelo menos, dois parâmetros configurados: Número IP Máscara de sub-rede O Número IP é um número no seguinte formato: x.y.z.w Não podem existir

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

Guia de Configuração Rápida de Conexão da Rede

Guia de Configuração Rápida de Conexão da Rede Xerox WorkCentre M118/M118i Guia de Configuração Rápida de Conexão da Rede 701P42689 Este guia contém instruções para: Navegação pelas telas do visor na página 2 Configuração da rede usando o servidor

Leia mais