A influência do rock no comportamento social.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2014-15. A influência do rock no comportamento social."

Transcrição

1 A influência do rock no comportamento social. 1

2 2

3 Viva, viva, viva a sociedade alternativa Faz o que tu queres Há de ser tudo da lei 3

4 ÍNDICE Apresentação Histórico Concepção Artística Anunciando a mudança O Rocn n Roll Modificando a psicologia social... Os efeitos... Uma nova ordem... Atitude... A maior revolução... 4

5 5

6 6

7 APRESENTAÇÃO TEMA: A influência do rock no comportamento social. O QUE É: Celebração dos 60 anos do Rock Nacional com um Show Conceitual de 2 horas, incluindo 10 bicicletas geradoras de energia na apresentação com o conceito que englobe toda a história do últimos 60 anos do rock com o conceito: Da lamparina ao Led (Zeppelin). JUSTIFICATIVA: Percebemos que o rock sempre esteve presente nas grandes mudanças sociais da sociedade brasileira, desde a sua chegada à 60 anos atrás. Queremos confrontar a opinião de especialistas e profissionais nas áreas da história, psicologia, filosofia e semântica para comprovar a mudança de comportamento da sociedade desde então. OBJETIVO: Apresentar um show itinerante de Rock n Roll nas praias paulistanas durante o verão de METAS: Desenvolver um site para alimentar com toda a pesquisa histórica, filosófica, psicológica e semântica, realizada durante o projeto e que sirva de consulta e base de dados para outros pesquisadores. Iniciar o projeto no dia 20 de dezembro de 2014 em Cananéia - SP e terminar as apresentações em Paraty - RJ no dia 08 de março de Percorrer por 12 praias com um caminhão intinerário de rock. Shows gratuitos para a população para apresentar os conceitos desenvolvidos através da música, dança e video. Comunicar-se diretamente com pessoas dentre as 6 milhões de pessoas que descem para o litoral no verão, segundo a polícia militar. Apresentar a relação histórica do rock e do comportamento social durante estes últimos 60 anos, pela visão de profissionais e especialistas nas áreas de história, filosofia, psicologia e semântica. 7

8 8

9 HISTÓRICO Rock Bike surgiu em 2007 com o intuito de arrecadar fundos para entidades benificentes, principalmente às que atuam no tratamento do câncer infantil. À princípio com o nome de Rock and Spinning, a primeira edição ofereceu dois dias de eventos, no Festival de Inverno de Parapiacaba em Santo André - SP. Ainda, no mesmo ano, esteve presente na estréia da Virada Esportiva de São Paulo na programação do Parque da Aclimação e nas edições seguintes. Agora em 2014, o projeto ganhou uma dimensão muito maior: - agregou um show conceitual de rock and roll com duas horas de duração executado ao vivo em celebração aos 60 anos da chegada do rock no Brasil. - desenvolveu um plano de aula extremamente profissional, seguro, intenso, dividido em blocos que. - proporcionará ao participante a maior experiencia de bike indoor de sua vida. 9

10 CONCEPÇÃO ARTÍSTICA: Para apresentar o resultado da pesquisa e toda a mudança do comportamento social com a chegada do rock, montamos uma pré lista de músicas divididas em 7 partes históricas, que também repesentamos por ícones e simbolos (*) a seguir. 10 Parte 1: Anunciando a mudança - Tema instrumental (abertura) - Nós vamos invadir sua praia / Ultraje a Rigor - Eu sou terrível / Erasmo e Roberto Carlos Parte 2: O Rocn n Roll - Enrolando o Rock / Betinho e seu conjunto - Rock and roll em Copacabana / Cauby Peixoto Parte 3: Modificando a psicologia social - Biquini de Bolinha Amarelinho / Ronnie Cord - Broto Legal / Sérgio Murilo - Sérgio Murilo / Celly Campello - Splish Splash / Erasmo e Roberto Carlos - O Bom / Eduardo Araújo - O Vira / Secos e Molhados Parte 4: Os efeitos - Vital e sua moto / Paralamas do Sucesso - Manguetown / Nação Zumbi - Ando meio desligado / Mutantes - Vem quente que eu estou fervendo / Erasmo Carlos - Mulher de fases / Raimundos Parte 5: Uma nova ordem - Rádio Blá Blá / Lobão - Proibida pra mim / Charlie Brown Jr - Exagerado / Cazuza - Indignação / Skank - Núcleo Base / Ira - Me Deixa / O Rappa - Sociedade Alternativa / Raul Seixas Parte 6: Atitude - Rádio Pirata / RPM - Geração Coca-Cola / Legião Urbana - Até Quando Esperar / Plebe Rude - Vossa Excelência / Titãs - Fátima / Capital Inicial Parte 7: A maior revolução - Somos quem podemos ser / Engenheiros do Hawaí - Estou a dois passos do paraíso / Blitz - Toda forma de amor / Lulú Santos

11 MUDANÇA DE COMPORTAMENTO DA MULHER Mulher antes do Rock n Roll Mulher depois do Rock n Roll 11

12 MUDANÇA DO COMPORTAMENTO FAMILIAR Família antes do Rock n Roll Família com a chegada do Rock n Roll Família depois do Rock n Roll 12

13 MUDANÇA DO COMPORTAMENTO POLÍTICO Sociedade antes do Rock n Roll Sociedade depois do Rock n Roll 13

14 14 COMPORTAMENTO PÓS ROCK N ROLL

15 MÚSICAS ROCK BIKE 1 - Nós vamos vadir in sua praia - Ultraje igor a R 12 - Manguetown - Nação Zumb i 22 - Sociedade Alternativa aul - RSeixas 2 - Eu sou terrível - Erasmo e Robe rto Carlos 13 - Ando meio desligado - Mutantes 23 - Rádio Pirata - RPM 3 - Enrolando o Rock - Betinho e seu conjunt o 14 - Vem quente que eu estou fervendo - Erasmo Carlo s 24 - Geração Coca-Cola - Legião Urbana 4 - Rock and roll em opacabana C - Cauby eixoto P 15 - Mulher de fases aimundos - R 25 - Até Quando Esperar - Plebe erud 5 - Biquini de Bolinha Amarelinho - Ronnie Cord 16 - Rádio Blá blá Lobão Vossa Excelência -Titãs 6 - Broto Legal - Sérgio Muril o 17 - Proibida pra mim - Charlie Brown Jr 27 - Fátima - Capital Inicial 7 - Estúpido Cupido - Celly Campello 18 - Exagerado - Cazuza 28 - Somos quem podemos ser - Engenheiros do ihawa 8 - Splish Splash - Erasmo e Robe rto Carlos 19 - Indignação - ank Sk 29 - Toda forma de amor - ulú L Santos 9 - O Bom - Eduardo Araúj o 20 - Núcleo Base - air 30 - Estou a dois passos do paraíso - Blitz 10 - OVira - Secos e Molhados 21- Me Deixa - O appa R 31 - Brasil Rock - Rock and Roll - Carolina de Almeida 11 - Vital e sua moto Paralamas - do Sucesso 15

16 PESQUISA: ANUNCIANDO A MUDANÇA Parte 1: ANUNCIANDO A MUDANÇA 16

17 HISTÓRIA SEMIÓTICA FILOSOFIA PSICOLOGIA 17

18 PESQUISA: ANUNCIANDO A MUDANÇA Nós vamos invadir sua praia Daqui do morro dá pra ver tão legal O que acontece aí no seu litoral Nós gostamos de tudo, nós queremos é mais Do alto da cidade até a beira do cais Mais do que um bom bronzeado Nós queremos estar do seu lado Banda/Grupo: Ultraje a Rigor Autor: Roger Rocha Moreira Data: 1985 VISÃO GERAL 18 Nós tamo entrando sem óleo nem creme Precisando a gente se espreme Trazendo a farofa e a galinha Levando também a vitrolinha Separa um lugar nessa areia Nós vamos chacoalhar a sua aldeia Mistura sua laia Ou foge da raia Sai da tocaia Pula na baia Agora nós vamos invadir sua praia Agora se você vai se incomodar Então é melhor se mudar Não adianta nem nos desprezar Se a gente acostumar a gente vai ficar A gente tá querendo variar E a sua praia vem bem a calhar Não precisa ficar nervoso Pode ser que você ache gostoso Ficar em companhia tão saudável Pode até lhe ser bastante recomendável A gente pode te cutucar Não tenha medo, não vai machucar

19 19

20 PESQUISA: ANUNCIANDO A MUDANÇA Eu sou terrível Eu sou terrível e é bom parar Que desse jeito me provocar Você não sabe de onde eu venho O que eu sou e o que tenho Eu sou terrível, vou lhe dizer Que ponho mesmo pra derreter Estou com a razão no que digo Não tenho medo nem do perigo Minha caranga é máquina quente Eu sou terrível, e é bom parar Porque agora vou decolar Não é preciso nem avião Eu vôo mesmo aqui do chão Banda/Grupo: Erasmo e Roberto Carlos Autor: Erasmo e Roberto Carlos Data: 1967 VISÃO GERAL 20 Eu sou terrível, vou lhe contar Não vai ser mole me acompanhar Garota que andar do meu lado Vai ver que eu ando mesmo apressado Minha caranga é máquina quente Eu sou terrível, eu sou terrível Eu sou terrível e é bom parar De desse jeito me provocar Você não sabe de onde eu venho O que eu sou e o que tenho Eu sou terrível, vou lhe dizer Que ponho mesmo pra derreter Estou com a razão no que digo Não tenho medo nem do perigo Minha caranga é máquina quente Eu sou terrível, Eu sou terrível Eu sou terrível

21 21

22 PESQUISA: O ROCK N ROLL Parte 2: O ROCK N ROLL 22

23 HISTÓRIA SEMIÓTICA FILOSOFIA PSICOLOGIA 23

24 PESQUISA: O ROCK N ROLL Enrolando o Rock É quando a gente esquenta e o calor aumenta O Rock and Roll avança e a gente entra na dança Quando o Rock enrola eu pulo feito bola E fico que não posso parar É quando a gente esquenta e o calor aumenta O Rock and Roll avança e a gente entra na dança Quando o Rock enrola eu pulo feito bola E fico que não posso parar Eu pulo pulo pulo pulo Até estourar E digo que não posso parar Banda/Grupo: Betinho e seu conjunto Autor: Data: VISÃO GERAL 24

25 25

26 PESQUISA: O ROCK N ROLL Rock and roll em Copacabana Foi lá na porta do cinema, começou dançando Rock n Roll Era de dia, ninguém via, mas fazi um sinal do sou Foi lá na porta do cinema, começou dançando Rock n Roll Revira o corpo, estica o braço, encolhe a perna e joga para o ar Eu quero ver, qual é o primeiro que essa dança vai aluçinar E continua a garotada, na calça a se desabafar Eu vou cantando até agora não parei nem para respirar Eu quero ver, quero saber onde essa dança doida vai chegar Revira o corpo, estica o pé, agente vai dobrar Até eu mesmo nessa dança não parei sem me recordar E todo mundo, nesse rock vão desencanar Revira o corpo, estica o pé, agente vai dobrar Até eu mesmo nessa dança não parei sem me recordar E todo mundo, nesse rock vão desencanar Rock n Roll, vou dançar, Rock N Roll vou vibrar Banda/Grupo: Cauby Peixoto Autor: Data: VISÃO GERAL 26

27 27

28 PESQUISA: O ROCK N ROLL Parte 3: Modificando a psicologia social 28

29 HISTÓRIA SEMIÓTICA FILOSOFIA PSICOLOGIA 29

30 PESQUISA: O ROCK N ROLL Biquini de Bolinha Amarelinho Ana Maria entrou na cabine E foi vestir um biquíni legal Mas era tão pequenino o biquíni Que Ana Maria até sentiu-se mal Ai, ai, ai, mas ficou sensacional Era um biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Mal cabia na Ana Maria Biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Que na palma da mão se escondia Ana Maria toda envergonhada Não quis sair da cabine assim Ficou com medo que a rapaziada Olhasse tudo tim-tim por tim-tim Ai, ai, ai, a garota tá pra mim Era um biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Que na palma da mão se escondia Era um biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Mal cabia na Ana Maria Biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Que na palma da mão se escondia Era um biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Mal cabia na Ana Maria Biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Que na palma da mão se escondia Acabou toda folia Da mocinha da cabine Mas quem é que não queria ver a moça do biquíni Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Era um biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Mal cabia na Ana Maria Biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Que na palma da mão se escondia Ana Maria olhou-se no espelho E viu-se quase despida afinal Ficou com rosto todinho vermelho E escondeu o maiô no dedal Era um biquíni de bolinha amarelinha tão pequenininho Mal cabia na Ana Maria Itsy Bitsy Teenie Weenie Yellow Polkadot Bikini Que na palma da mão se escondia 30

31 31

32 PESQUISA: O ROCK N ROLL 32 Broto Legal Oho, que broto legal Garota fenomenal Fez um sucesso total E abafou no festival. Eu logo que entrei O broto focalizei Ela olhou, eu pisquei E pra dançar logo tirei. O broto, então, se revelou Mostrou ser maioral A turma toda até parou no rock n roll nós dois demos um show. Puxei o broto pra cá Virei o broto pra lá A turma toda gritou: Rock n roll E o rock continuou. Oho, que broto legal Garota fenomenal Fez um sucesso total E abafou no festival. O broto, então, se revelou Mostrou ser maioral A turma toda até parou no rock n roll nós dois demos um show. Puxei o broto pra cá Virei o broto pra lá A turma toda gritou: Rock n roll E o rock terminou. Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL

33 33

34 PESQUISA: O ROCK N ROLL Estúpido Cúpido Oh! Cupido, vê se deixa em paz ( oh oh cupido ), Meu coração que já não pode amar ( oh oh cupido), Eu amei há muito tempo atrás ( oh oh cupido ), Já cansei de tanto soluçar ( oh oh cupido ). Hei, hei, É o fim, Oh, cupido vá longe de mim ( oh oh cupido ), Não quer saber de mais uma paixão ( oh oh cupido ), Por favor, vê se me deixa em paz ( oh oh cupido ), Meu pobre coração já não agüenta mais( oh oh cupido ). Hei,hei,É o fim, Oh oh cupido vá longe de mim (bis) Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Eu dei meu coração a um belo rapaz ( oh oh cupido ), Que prometeu me amar e me fazer feliz ( oh oh cupido ), Porém ele me passou pra trás ( oh oh cupido ), Meu beijo recusou ( oh oh cupido ), E o meu amor não quis ( oh oh cupido ). Hei, hei, É o fim, oh oh, cupido Vá longe de mim ( oh oh cupido ). Eu vi um coração, Cansado de chorar. A flecha do amor, Só traz angústia e a dor. Mas, seu cupido o meu coração ( oh oh cupido ). Não quer saber de mais uma paixão ( oh oh cupido ), Por favor, vê se me deixa em paz ( oh oh cupido ), Meu pobre coração já não agüenta mais ( oh oh cupido ). Hei, hei, É o fim, Oh oh, cupido vá longe de mim... ( oh oh cupido ). Mas, seu cupido o meu coração ( oh oh cupido ), 34

35 35

36 PESQUISA: O ROCK N ROLL Splish Splash Splish Splash Fez o beijo que eu dei Nela dentro do cinema Todo mundo olhou me condenando Só porque eu estava amando Agora lá em casa Todo mundo vai saber Fez o tapa que eu levei Dela dentro do cinema Todo mundo olhou me condenando Só porque eu estava apanhando Agora lá em casa todo mundo vai saber Que tapa que eu levei Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Que o beijo que eu dei nela Fez barulho e fez doer Fez barulho sem querer Iêa Iêa Splish Splash Splish Splash Todo mundo olhou Todo mundo olhou Mas com água na boca E com água na boca Muita gente ficou Iê, Iê, Splish Splash Iê, Iê, Splish Splash Splish Splah Ninguém mais ficou Iê, Iê, Splish Splash Iê, Iê, Splish Splash Splish Splah Iê, Iê, Splish Splash Iê, Iê, Splish Splash Splish Splash Splish Splash Splish Splah 36

37 37

38 PESQUISA: O ROCK N ROLL O Bom Ele é o bom, é o bom, é o bom Ele é o bom, é o bom, é o bom Ele é o bom, é o bom, é o bom Ele é o bom, é o bom, é o bom Meu carro é vermelho Não uso espelho pra me pentear Botinha sem meia E só na areia eu sei trabalhar Cabelo na testa sou o dono da festa Pertenço aos dez mais Se você quiser experimentar Sei que vai gostar Quando eu apareço O comentário é geral Ele é o bom é o bom demais Ter muitas garotas para mim é normal Eu sou o bom entre os dez mais Ele é o bom, é o bom, é o bom Ele é o bom, é o bom, é o bom Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 38

39 39

40 PESQUISA: O ROCK N ROLL O Vira O gato preto cruzou a estrada Passou por debaixo da escada. E lá no fundo azul na noite da floresta. A lua iluminou a dança, a roda, a festa. Vira, vira, vira Vira, vira, vira homem, vira, vira Vira, vira, lobisomen Vira, vira, vira Vira, vira, vira homem, vira, vira Bailam corujas e pirilampos entre os sacis e as fadas. E lá no fundo azul na noite da floresta. A lua iluminou a dança, a roda, a festa. Vira, vira, vira Vira, vira, vira homem, vira, vira Vira, vira, lobisomen Vira, vira, vira Vira, vira, vira homem, vira, vira Bailam corujas e pirilampos entre os sacis e as fadas. E lá no fundo azul na noite da floresta. A lua iluminou a dança, a roda, a festa. Vira, vira, vira Vira, vira, vira homem, vira, vira Vira, vira, lobisomen Vira, vira, vira Vira, vira, vira homem, vira, vira Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 40

41 41

42 PESQUISA: O ROCK N ROLL Parte 4: Os efeitos 42

43 HISTÓRIA SEMIÓTICA FILOSOFIA PSICOLOGIA 43

44 PESQUISA: O ROCK N ROLL Vital e sua moto Vital andava a pé e achava que assim estava mal De um ônibus pra outro aquilo para ele era o fim Conselho de seu pai: Motocicleta é perigoso, Vital. É duro de negar, filho, mas isto dói bem mais em mim. Mas vital comprou a moto e passou a sentir total Vital e sua moto mas que união feliz Corria e viajava era sensacional A vida em duas rodas era tudo que ele sempre quis Vital passou a se sentir total 2x Com seu sonho (de metal) SOLO Vital passou a se sentir total 2x Com seu sonho de (metal) Os Paralamas do Sucesso iam tentar tocar na capital E a caravana do amor então pra lá também se encaminhou Ele foi com sua moto, ir de carro era baixo astral Minha prima já está lá e é por isso que eu também vou Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 44

45 45

46 PESQUISA: O ROCK N ROLL Manguetown Estou enfiado na lama. É um bairro sujo. Onde os urubus têm casas. E eu não tenho asas. Mas estou aqui em minha casa, Onde os urubus têm asas Vou pintando, segurando as paredes no mangue do meu quintal Manguetown Andando por entre os becos, Andando em coletivos Ninguém foge a vida suja nos dias da Manguetown Fui no mangue catar lixo, pegar caranguejo e conversar com urubu. Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Andando por entre os becos Andando em coletivos. Ninguém foge ao cheiro sujo Da lama do Manguetown Andando por entre os becos, Andando em coletivos Ninguém foge a vida suja nos dias da Manguetown Esta noite sairei Vou beber com meus amigos e com asas que os urubus me derem ao dia Eu voarei por toda a periferia Vou sonhando com a mulher Que talvez eu possa encontrar Ela também vai andar Na lama do meu quintal. Manguetown Andando por entre os becos, Andando em coletivos Ninguém foge ao cheiro sujo Da lama do Manguetown 46

47 47

48 PESQUISA: O ROCK N ROLL Ando meio desligado Ando meio desligado Eu nem sinto meus pés no chão Olho e não vejo nada Eu só penso se você me quer Eu nem vejo a hora de lhe dizer Aquilo tudo que eu decorei E depois o beijo que eu já sonhei Você vai sentir, mas... Por favor, não leve a mal Eu só quero que você me queira Não leve a mal Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 48

49 49

50 PESQUISA: O ROCK N ROLL Vem quente que eu estou fervendo Se você quer brigar E acha que com isso estou sofrendo Você pode tirar o seu time de campo Pois o meu coração é do tamanho de um trem Iguais a você eu já peguei mais de cem Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Se enganou meu bem, Pode vir quente que eu estou fervendo Pode tirar o seu time de campo Pois o meu coração é do tamanho de um trem Iguais a você eu já peguei mais de cem Pode vir quente que eu estou fervendo Pode vir quente que eu estou fervendo Pode vir quente que eu estou fervendo Pode vir quente que estou fervendo Se você quer brigar E acha que com isso estou sofrendo Se enganou meu bem, Pode vir quente que eu estou fervendo Pode vir quente que eu estou fervendo Pode vir quente que eu estou... Pode tirar o seu time de campo Pois o meu coração é do tamanho de um trem Iguais a você eu já peguei mais de cem Pode vir quente que eu estou fervendo 50

51 51

52 PESQUISA: O ROCK N ROLL Mulher de fases Que mulher ruim Jogou minhas coisa fora Disse que em sua cama eu não deito mais não A casa é minha, você que vá embora Já pra saia da sua mãe e deixa meu colchão Ela é pró na arte de pentelhar e aziar É campeã do mundo A raiva era tanta que eu nem reparei que a lua diminuia A doida tá me beijando há horas Disse que se for sem eu não quer viver mais não Me diz, Deus, o que é que eu faço agora? Se me olhando desse jeito ela me tem na mão Meu filho, aguenta. Quem mandou você gostar Dessa mulher de fases? Complicada e perfeitinha, Você me apareceu. Era tudo que eu queria, Estrela da sorte. Quando à noite ela surgia, Meu bem, você cresceu... Meu namoro é na folhinha, Mulher de fases. Que lá vem chumbo quente! Complicada e perfeitinha, Você me apareceu. Era tudo que eu queria, Estrela da sorte. Quando à noite ela surgia, Meu bem você cresceu... Meu namoro é na folhinha, Mulher de fases! Complicada e perfeitinha, Você me apareceu. Era tudo que eu queria, Estrela da sorte. Quando à noite ela surgia, Meu bem você cresceu... Meu namoro é na folhinha Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Põe fermento, põe as bomba Qualquer coisa que aumente e a deixe bem maior que o Sol Pouca gente sabe que, na noite, o frio é quente e arde e eu acendi Até sem luz dá pra te enxergar o lençol fazendo congo-blue É pena, eu sei, amanhã já vai miar... Se aguente, 52

53 53

54 PESQUISA: O ROCK N ROLL Parte 5: Uma nova ordem 54

55 HISTÓRIA SEMIÓTICA FILOSOFIA PSICOLOGIA 55

56 PESQUISA: O ROCK N ROLL Rádio Blá Blá Ela adora me fazer de otário Para entre amigas ter o que falar É a onda da paixão paranóica Praticando sexo como jogo de azar Uma noite ela me disse quero me apaixonar Como quem pede desculpas a si mesmo A paixão não tem nada a ver com a vontade Quando bate é o alarme de um louco desejo Não dá para controlar, não dá Não dá pra planejar Eu ligo o rádio E blá, blá, blá, blá, blá, blá Eu te amo Sua vida burguesa é um romance Um roteiro de intrigas Pra Fellini filmar Cercada de drogas, de amigos inúteis Ninguém pensaria que ela quer namorar Reconheço que ela me deixa inseguro Sou louco por ela e não sei o que falar O que eu quero é que ela quebre a minha rotina Que fique comigo e deseje me amar. Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 56

57 57

58 PESQUISA: O ROCK N ROLL Proibida pra Mim Ela achou meu cabelo engraçado Proibida pra mim no way Disse que não podia ficar Mas levou à sério o que eu falei Eu vou fazer de tudo que eu puder Eu vou roubar essa mulher pra mim Eu posso te ligar a qualquer hora Mas eu nem sei seu nome! Se não é eu, quem vai fazer você feliz? Se não é eu, quem vai fazer você feliz?...guerra! (bis) Eu me flagrei pensando em você Em tudo que eu queria te dizer Numa noite especialmente boa Não há nada mais que a gente possa fazer Eu vou fazer tudo o que eu puder Eu vou roubar essa mulher pra mim Eu posso te ligar a qualquer hora Mas eu nem sei seu nome! Se não é eu, quem vai fazer você feliz? Se não é eu, quem vai fazer você feliz?... Guerra! Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 58

59 59

60 PESQUISA: O ROCK N ROLL Exagerado Amor da minha vida Daqui até a eternidade Nossos destinos foram traçados Na maternidade Até nas coisas mais banais Pra mim é tudo ou nunca mais Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Paixão cruel, desenfreada Te trago mil rosas roubadas Pra desculpar minhas mentiras Minhas mancadas Exagerado Jogado aos teus pés Eu sou mesmo exagerado Adoro um amor inventado Eu nunca mais vou respirar Se você não me notar Eu posso até morrer de fome Se você não me amar Por você eu largo tudo Vou mendigar, roubar, matar Até nas coisas mais banais Pra mim é tudo ou nunca mais Exagerado Jogado aos teus pés Eu sou mesmo exagerado Adoro um amor inventado Que por você eu largo tudo Carreira, dinheiro, canudo 60

61 61

62 PESQUISA: O ROCK N ROLL Indignação Amor da minha vida Eu fiquei indignado Ele ficou indignado A massa indignada Duro de tão indignado A nossa indignação É uma mosca sem asas Não ultrapassa as janelas De nossas casas (REFRÃO) Indignação, indigna Indigna, inação Lazzo Matumbe, Araketu, Iiê Ayê - a Bahia indignada. Carlos Cachaça, Morenguera,Ivo Meirelles - o samba indignado. Vila Dias, Papagaio, Cafezal, Pendura Saia, Pau Comeu, Pai Tomás, Santa Marta-o morro indignado. Ramiro, Lúcio Flávio e Escadinha, o crime indignado. Cafuringa,Natal e Jairzinho lá na ponta indignados. Satã e Seus Asseclas, Imigrantes da Abissínia, Boca Branca, Os Inocentes e os Leões da Lagoinha indignados. Jaguarão, Oiapoque e Guaicurus - a zona indignada. Ginga, Mão Branca, Negrinhos de sinhá- a capoeira indignada, Gaviões, Galoucura, Máfia Azul, Young Flu, Mancha Verde,Flamante, Independente - a massa indignada. Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 62

63 63

64 PESQUISA: O ROCK N ROLL Núcleo Base Meu amor eu sinto muito, muito, muito, mais vou indo Pois é tarde, muito tarde e eu preciso ir embora Sinto muito meu amor mas acho que já vou andando Amanhã acordo cedo e preciso ir embora Eu queria ter você mas acho que já vou andando Outro dia pode ser mas não vai dar pra ser agora...la lala la lalala Eu tentei fugir não queria me alistar Eu quero lutar mas não com essa farda Eu tentei fugir não queria me alistar Eu quero lutar mas não com essa farda E já esta ficando tarde e eu estou muito cansado Minha mente está tão cheia e estou me transbordando Você pensa que sou louco mas estou só delirando Você pensa que sou tolo mas estou só te olhando la lala la lalala Eu tentei fugir não queria me alistar Eu quero lutar mas não com essa farda Eu tentei fugir não queria me alistar Eu quero lutar mas não com essa farda Mas não com essa farda. Mas não com essa farda Mas não com essa farda... Mas não!!!!!! Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 64

65 65

66 PESQUISA: O ROCK N ROLL Me Deixa Pode avisar, podem avisar Invente uma doença que me Deixe em casa pra sonhar Com o novo enredo outro dia de folia Com novo enredo outro dia de folia Eu ia explodir Eu ia explodir Mas eles não vão ver os Meus pedaços por aí Me deixa que hoje eu to de Bobeira, bobeira Me deixa que hoje eu tô de Bobeira, bobeira Dando um tempo, tempo, tempo Pra cantar Me deixa, que hoje eu tô de Bobeira, bobeira Me deixa, que hoje eu tô de Bobeira, bobeira Me deixa, vê se me deixa, Que hoje eu to de bobeira, Bobeira, bobeira Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL La la la.. Hoje eu desafio o mundo Sem sair da minha casa Hoje eu sou um homem mais sincero E mais justo comigo Hoje eu desafio o mundo sem sair da minha casa Hoje eu sou um homem mais sincero e Mais justo comigo Podem os homens vir que não vão me abalar Os cães farejam o medo, Logo não vão me encontrar Não se trata de coragem Mas meus olhos estão distantes Me camuflam na paisagem 66

67 67

68 PESQUISA: O ROCK N ROLL Sociedade Alternativa Viva, viva, viva a sociedade alternativa (Viva! Viva!) Viva, viva, viva a sociedade alternativa (Viva o novo aeon) Viva, viva, viva a sociedade alternativa (Viva! Viva!) Viva, viva, viva a sociedade alternativa Se eu quero e você quer Tomar banho de chapéu Ou esperar Papai Noel Ou discutir Carlos Gardel Tomar banho de chapéu Ou discutir Carlos Gardel Ou esperar Papai Noel Então vá Faça o que tu queres Pois é tudo Da lei, da lei Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Então vá Faça o que tu queres Pois é tudo Da lei, da lei Viva, viva, viva a sociedade alternativa Viva, viva, viva a sociedade alternativa O número 666 chama-se Aleister Crowley Viva Viva, viva, viva a sociedade alternativa Faz o que tu queres há de ser Tudo da lei, da lei Todo homem, toda mulher É uma estrela Viva Viva, viva, viva a sociedade alternativa (Viva! Viva!) Viva, viva, viva a sociedade alternativa Viva, viva, viva a sociedade alternativa Faz o que tu queres Há de ser tudo da lei Viva, viva, viva a sociedade alternativa Viva A lei de Thelema Viva, viva, viva a sociedade alternativa A lei do forte, essa é a nossa lei, e a alegria do mundo. Viva, viva, viva a sociedade alternativa Mas se eu quero e você quer 68

69 69

70 PESQUISA: O ROCK N ROLL Parte 6: Atitude 70

71 HISTÓRIA SEMIÓTICA FILOSOFIA PSICOLOGIA 71

72 PESQUISA: O ROCK N ROLL Rádio Pirata Abordar navios mercantes Invadir, pilhar, tomar o que é nosso Pirataria nas ondas do rádio Havia alguma coisa errada com o rei Preparar a nossa invasão E fazer justiça com as próprias mãos Dinamitar um paiol de bobagens E navegar o mar da tranquilidade Toquem o meu coração Façam a revolução Que está no ar, nas ondas do rádio No submundo repousa o repúdio E deve despertar Disputar em cada freqüência Um espaço nosso nessa decadência Canções de guerra, quem sabe canções do mar Canções de amor ao que vai vingar Toquem o meu coração Façam a revolução Que está no ar, nas ondas do rádio No underground repousa o repúdio E deve despertar Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 72

73 73

74 PESQUISA: O ROCK N ROLL Geração Coca-Cola Quando nascemos fomos programados A receber o que vocês Nos empurraram com os enlatados dos USA, de 9 às 6. Desde pequenos nós comemos lixo Comercial e industrial Mas agora chegou nossa vez Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês. Somos os filhos da revolução Somos burgueses sem religião Somos o futuro da nação Geração Coca-Cola. Depois de vinte anos na escola Não é difícil aprender Todas as manhas do seu jogo sujo Não é assim que tem que ser? Depois de vinte anos na escola Não é difícil aprender Todas as manhas do seu jogo sujo Não é assim que tem que ser? Vamos fazer nosso dever de casa E aí então, vocês vão ver Suas crianças derrubando reis Fazer comédia no cinema com as suas leis. Somos os filhos da revolução Somos burgueses sem religião Somos o futuro da nação Geração Coca-Cola Geração Coca-Cola Geração Coca-Cola Geração Coca-Cola. Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Vamos fazer nosso dever de casa E aí então, vocês vão ver Suas crianças derrubando reis Fazer comédia no cinema com as suas leis. Somos os filhos da revolução Somos burgueses sem religião Somos o futuro da nação Geração Coca-Cola Geração Coca-Cola Geração Coca-Cola Geração Coca-Cola. 74

75 75

76 PESQUISA: O ROCK N ROLL Até Quando Esperar Não é nossa culpa nascemos já com uma benção Mas isso não é desculpa pela má distribuição Com tanta riqueza por aí, onde é que está Cadê sua fração? (2x) Até quando esperar? E cadê a esmola que nós damos Sem perceber? que aquele abençoado Poderia ter sido você Com tanta riqueza por aí, onde é que está cadê sua fração? (2x) Até quando esperar até me ajoelhar (2x) Esperando a ajuda de Deus Posso vigiar teu carro te pedir trocados Engraxar seus sapatos (2x) Não é nossa culpa nascemos já com uma benção mas isso não desculpa pela má distribuição Com tanta riqueza por aí, onde é que está cadê sua fração? Até quando esperar a plebe ajoelhar esperando a ajuda de Deus Até quando esperar a plebe ajoelhar esperando a ajuda de um divino Deus Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL 76

77 77

78 PESQUISA: O ROCK N ROLL Vossa Excelência Estão nas mangas dos Senhores Ministros Nas capas dos Senhores Magistrados Nas golas dos Senhores Deputados Nos fundilhos dos Senhores Vereadores Nas perucas dos Senhores Senadores Senhores! Senhores! Senhores! Minha Senhora! Senhores! Senhores! Filha da Puta! Bandido! Corrupto! Ladrão! Filha da Puta! Bandido! Corrupto! Ladrão! Banda/Grupo: Ronnie Cord Autor: Data: VISÃO GERAL Sorrindo para a câmera Sem saber que estamos vendo Chorando que dá pena Quando sabem que estão em cena Sorrindo para as câmeras Sem saber que são filmados Um dia o sol ainda vai nascer Quadrado Isso não prova nada! Sob pressão da opinião pública É que não haveremos de tomar nenhuma decisão! Vamos esperar que tudo caia no esquecimento Aí então... Faça-se a justiça! Estamos preparando vossas acomodações, Excelência. 78

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU MULHER SOLTEIRA REFRÃO: Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir (Essa música foi feita só prás mulheres

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter Distribuição digital, não-comercial. 1 Três Marias Teatro Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter O uso comercial desta obra está sujeito a direitos autorais. Verifique com os detentores dos direitos da

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

FUGA de Beatriz Berbert

FUGA de Beatriz Berbert FUGA de Beatriz Berbert Copyright Beatriz Berbert Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 FUGA FADE IN: CENA 1 PISCINA DO CONDOMÍNIO ENTARDECER Menina caminha sobre a borda

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque Fantasmas da noite Uma peça de Hayaldo Copque Peça encenada dentro de um automóvel na Praça Roosevelt, em São Paulo-SP, nos dias 11 e 12 de novembro de 2011, no projeto AutoPeças, das Satyrianas. Direção:

Leia mais

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real Alencastro e Patrícia CD: Ao Sentir 1- Ao Sentir Jairinho Ao sentir o mundo ao meu redor Nada vi que pudesse ser real Percebi que todos buscam paz porém em vão Pois naquilo que procuram, não há solução,

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

O Menino do futuro. Dhiogo José Caetano Uruana, Goiás Início da história

O Menino do futuro. Dhiogo José Caetano Uruana, Goiás Início da história O Menino do futuro Dhiogo José Caetano Uruana, Goiás Início da história Tudo começa em uma cidade pequena do interior de Goiás, com o nome de Uruana. Havia um garoto chamado Dhiogo San Diego, um pequeno

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

Álbum: O caminho é o Céu

Álbum: O caminho é o Céu Álbum: O caminho é o Céu ETERNA ADORAÇÃO Não há outro Deus que seja digno como tu. Não há, nem haverá outro Deus como tu. Pra te adorar, te exaltar foi que eu nasci, Senhor! Pra te adorar, te exaltar foi

Leia mais

Amar Dói. Livro De Poesia

Amar Dói. Livro De Poesia Amar Dói Livro De Poesia 1 Dedicatória Para a minha ex-professora de português, Lúcia. 2 Uma Carta Para Lúcia Querida professora, o tempo passou, mas meus sonhos não morreram. Você foi uma pessoa muito

Leia mais

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento Eu e umas amigas íamos viajar. Um dia antes dessa viagem convidei minhas amigas para dormir na minha casa. Nós íamos para uma floresta que aparentava ser a floresta do Slender-Man mas ninguém acreditava

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem.

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem. Pais e filhos 1º cena: música ambiente (início da música pais e filhos legião urbana - duas pessoas entram com um mural e começam a confeccionar com frases para o aniversário do pai de uma delas (Fátima),

Leia mais

O Menino do Futuro. Dhiogo José Caetano

O Menino do Futuro. Dhiogo José Caetano O Menino do Futuro Dhiogo José Caetano 1 Início da história Tudo começa em uma cidade pequena do interior de Goiás, com o nome de Uruana. Havia um garoto chamado Dhiogo San Diego, um pequeno inventor que

Leia mais

Domingo. Acorda, seu dorminhoco, está na hora de levantar! De manhã? Meus pais esqueceram que os zumbis pegam fogo com a luz do sol?

Domingo. Acorda, seu dorminhoco, está na hora de levantar! De manhã? Meus pais esqueceram que os zumbis pegam fogo com a luz do sol? Domingo Cocoricóóó! Acorda, seu dorminhoco, está na hora de levantar! Urrggghhoquefoi? Eu disse que já é de manhã e está na hora de você sair da cama. De manhã? Meus pais esqueceram que os zumbis pegam

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Tempo para tudo. (há tempo para todas as coisas por isso eu preciso ouvir meus pais)

Tempo para tudo. (há tempo para todas as coisas por isso eu preciso ouvir meus pais) Tempo para tudo (há tempo para todas as coisas por isso eu preciso ouvir meus pais) Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da

Leia mais

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME CENA 1. HOSPITAL. QUARTO DE. INTERIOR. NOITE Fernanda está dormindo. Seus pulsos estão enfaixados. Uma enfermeira entra,

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Laranja-fogo. Cor-de-céu

Laranja-fogo. Cor-de-céu Laranja-fogo. Cor-de-céu Talita Baldin Eu. Você. Não. Quero. Ter. Nome. Voz. Quero ter voz. Não. Não quero ter voz. Correram pela escada. Correram pelo corredor. Espiando na porta. Olho de vidro para quem

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Escola Municipal de Ensino Fundamental David Canabarro Florianópolis, 3892 Mathias Velho/Canoas Fone: 34561876/emef.davidcanabarro@gmail.com DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Stefani do Prado Guimarães Ano

Leia mais

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL

Leia mais

A Última Carta. Sempre achamos que haverá mais tempo. E aí ele acaba. (The Walking Dead)

A Última Carta. Sempre achamos que haverá mais tempo. E aí ele acaba. (The Walking Dead) A Última Carta Sempre achamos que haverá mais tempo. E aí ele acaba. (The Walking Dead) E la foi a melhor coisa que já me aconteceu, não quero sentir falta disso. Desse momento. Dela. Ela é a única que

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO Roteiro para curta-metragem Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO SINOPSE Sérgio e Gusthavo se tornam inimigos depois de um mal entendido entre eles. Sérgio

Leia mais

QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com

QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com Antônio, Sara, Vânia e César. Sala da casa de Antônio e Sara. 1 Um longo silêncio. ANTÔNIO. Vai me deixar falando sozinho? Sara o fita e fica

Leia mais

CEGO, SURDO E MUDO (porque nao?) LETRA: Ricardo Oliveira e Mário F.

CEGO, SURDO E MUDO (porque nao?) LETRA: Ricardo Oliveira e Mário F. FRUTO PROIBIDO FRUTO PROIBIDO 1 Cego, surdo e mudo (porque não?) 2 Mundo inteiro 3 Acordo a tempo 4 Contradição 5 A água não mata a fome 6 Quem és é quanto basta 7 Nascer de novo (és capaz de me encontrar)

Leia mais

PACIENTE DO OUTRO MUNDO

PACIENTE DO OUTRO MUNDO PACIENTE DO OUTRO MUNDO Os dois médicos conversavam e um queria ser mais importante que o outro. Diz o primeiro: O colega há de ouvir que eu sou realmente um grande cirurgião. Só pra você ter uma idéia,

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

www.rockstarsocial.com.br

www.rockstarsocial.com.br 1 1 Todos os Direitos Reservados 2013 Todas As Fotos Usadas Aqui São Apenas Para Descrição. A Cópia Ou Distribuição Do Contéudo Deste Livro É Totalmente Proibida Sem Autorização Prévia Do Autor. AUTOR

Leia mais

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br Alô, alô Quero falar com o Marcelo. Momento. Alô. Quem é? Marcelo. Escuta aqui. Eu só vou falar uma vez. A Adriana é minha. Vê se tira o bico de cima dela. Adriana? Que Adriana? Não se faça de cretino.

Leia mais

Neste mês Festinclã 2001

Neste mês Festinclã 2001 Neste mês Festinclã 2001 No ano de 2001, a atividade estadual de Guias teve como tema Cantando a Vida. Os clãs de São Paulo soltaram a criatividade e o talento que incluiu além das tradicionais músicas

Leia mais

Encarte e letras disponíveis em www.encartedigital.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro

Encarte e letras disponíveis em www.encartedigital.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Encarte e letras disponíveis em www.encartedigital.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro BRUNA KARLA NA ETERNIDADE Eyshila - MK EDIÇÕES ISRC BR MKP 1300644 Quero

Leia mais

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série.

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. EE Bento Pereira da Rocha HISTÓRIA DE SÃO PAULO Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. História 1 CENA1 Mônica chega

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

ALENCASTRO E PATRICIA CD: NOSSO ENCONTRO. 1 - Nosso encontro - Sérgio Lopes. 2- Família - Twila Paris Versão: Aline Barros e Ronaldo Barros

ALENCASTRO E PATRICIA CD: NOSSO ENCONTRO. 1 - Nosso encontro - Sérgio Lopes. 2- Família - Twila Paris Versão: Aline Barros e Ronaldo Barros ALENCASTRO E PATRICIA CD: NOSSO ENCONTRO 1 - Nosso encontro - Sérgio Lopes Me traz em tuas mãos o teu amor Eu trago em minhas mãos o meu amor E faz do teu abraço o meu abrigo Meu coração te ama e chama

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

APÊNDICE A - Músicas

APÊNDICE A - Músicas APÊNDICE A - Músicas Músicas 1 GUT GUT SEM PARAR Adaptação ao meio líquido Bebeu a água da piscina toda Fui ver quem era, era o João Ele bebia a água da piscina Ele fazia gut gut gut gut gut sem parar

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

TALVEZ TE ENCONTRE AO ENCONTRAR-TE

TALVEZ TE ENCONTRE AO ENCONTRAR-TE TALVEZ TE ENCONTRE Vivaldo Terres Itajaí /SC Talvez algum dia eu te encontre querida Para renovarmos momentos felizes, Já que o nosso passado foi um passado lindo, Tão lindo que não posso esquecer Anseio

Leia mais

Saudades. Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti!

Saudades. Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti! Durante as aulas de Português da turma 10.º 3, foi lançado o desafio aos alunos de escolherem poemas e tentarem conceber todo um enquadramento para os mesmos, o que passava por fazer ligeiras alterações

Leia mais

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto.

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto. O Coração Sujo Personagens - Tuca - Teco - Tatá - Tia Tuca e Tatá estão conversando. Teco chega. Teco Oi, meninas, sobre o que vocês estão falando? Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse?

Leia mais

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons.

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons. Olá, você esta acessando um dos materiais vencedores no concurso InternÉtica 2011, realizado pela SaferNet Brasil e o Instituto Childhood Brasil. Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet

Leia mais

A Vida Passada a Limpo. Ayleen P. Kalliope

A Vida Passada a Limpo. Ayleen P. Kalliope A Vida Passada a Limpo Ayleen P. Kalliope 2011 Este livro é dedicado ao meu querido filho, Pedro Paulo, que ao nascer me trouxe a possibilidade de parar de lecionar Inglês e Português, em escolas públicas

Leia mais

SEGREDO NO CAIR DA TARDE

SEGREDO NO CAIR DA TARDE SEGREDO NO CAIR DA TARDE Ele chegou a galope, num alazão que eu não conhecia. Depois o alazão ergueu-se em duas patas e desapareceu e meu irmão também desapareceu. Fazia tempo que eu o chamava e ele não

Leia mais

Super.indd 5 6/1/2010 17:05:16

Super.indd 5 6/1/2010 17:05:16 Super é o meu primeiro livro escrito inteiramente em São Paulo, minha nova cidade. A ela e às fantásticas pessoas que nela vivem, o meu enorme obrigado. E esse livro, como toda ficção, tem muito de realidade.

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM Roteiro para curta-metragem Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM SINOPSE José é viciado em drogas tornando sua mãe infeliz. O vício torna José violento, até que

Leia mais

Os primeiros passos de uma Geisy que não tinha como não acontecer

Os primeiros passos de uma Geisy que não tinha como não acontecer Como tudo comecou ~ Os primeiros passos de uma Geisy que não tinha como não acontecer Entrei com o fichário numa mão, a bolsa na outra, e todo mundo na minha sala ficou sem entender nada. Caraca, você

Leia mais

RECADO AOS PROFESSORES

RECADO AOS PROFESSORES RECADO AOS PROFESSORES Caro professor, As aulas deste caderno não têm ano definido. Cabe a você decidir qual ano pode assimilar cada aula. Elas são fáceis, simples e às vezes os assuntos podem ser banais

Leia mais

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA letreiro 1: Sem o modernismo dos tempos atuais, o samba sertanejo era uma espécie de baile rústico, que ia noite à dentro até o raiar do dia, com seus matutos dançando e entoando

Leia mais

PRIMEIRO ATO ARGUMENTO

PRIMEIRO ATO ARGUMENTO PRIMEIRO ATO ARGUMENTO Entrando numa horta, procurando um falcão de sua propriedade, Calisto encontra Melibéia. Empolgado de amor por ela, põe-se a falar. Rechaçado por ela volta para casa angustiado.

Leia mais

- Mas eu, gosto. Feliz aniversário! Luis já estava com uma nova namorada, e Cecília já estava pensando em ir embora, quando encontrou Nilo.

- Mas eu, gosto. Feliz aniversário! Luis já estava com uma nova namorada, e Cecília já estava pensando em ir embora, quando encontrou Nilo. NILO Esta história que vou lhes contar é sobre paixões. A paixão acontece, não se sabe quando nem porquê, e não podemos escolher os protagonistas da história. Seria tão bom se mandássemos no coração! Mas

Leia mais

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta Copyright Betina Toledo e Thuany Motta Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 MERGULHO FADE IN: CENA 1 PRAIA DIA Fotografia de

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

PEDRO, TIAGO E JOÃO NO BARQUINHO ISRC BR MKP 1300330 Domínio Público

PEDRO, TIAGO E JOÃO NO BARQUINHO ISRC BR MKP 1300330 Domínio Público PEDRO, TIAGO E JOÃO NO BARQUINHO ISRC BR MKP 1300330 Domínio Público Pedro, Tiago, João no barquinho Os três no barquinho no mar da Galiléia Jogaram a rede Mas não pegaram nada Tentaram outra vez E nada

Leia mais

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro Acólitos São João da Madeira Cancioneiro Índice Guiado pela mão...5 Vede Senhor...5 Se crês em Deus...5 Maria a boa mãe...5 Quanto esperei por este momento...6 Pois eu queria saber porquê?!...6 Dá-nos

Leia mais

WebNovela Ligadas pelo Coração Capítulo 21

WebNovela Ligadas pelo Coração Capítulo 21 WebNovela Ligadas pelo Coração Capítulo 21 Cena 17 Jardim da casa dos Di Biasi/ Dia/ Externa O noivo já está no altar junto com os padrinhos e seus pais. Eis que a marcha nupcial toca e lá do fundo do

Leia mais

JANELA SOBRE O SONHO

JANELA SOBRE O SONHO JANELA SOBRE O SONHO um roteiro de Rodrigo Robleño Copyright by Rodrigo Robleño Todos os direitos reservados E-mail: rodrigo@robleno.eu PERSONAGENS (Por ordem de aparição) Alice (já idosa). Alice menina(com

Leia mais

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado POESIAS Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado A flor amiga O ser mais belo e culto Emoções e corações Sentimentos envolvidos Melhor amiga e amada O seu sorriso brilha como o sol Os seus

Leia mais

CD EU QUERO DEUS. 01- EU QUERO DEUS (Irmã Carol) 02- SIM, SIM, NÃO, NÃO (Irmã Carol)

CD EU QUERO DEUS. 01- EU QUERO DEUS (Irmã Carol) 02- SIM, SIM, NÃO, NÃO (Irmã Carol) CD EU QUERO DEUS 01- EU QUERO DEUS (Irmã Carol) EU QUERO DEUS \ EU QUERO DEUS SEM DEUS EU NÃO SOU NADA EU QUERO DEUS Deus sem mim é Deus \ Sem Deus eu nada sou Eu não posso viver sem Deus \ Viver longe

Leia mais

Ideionildo. E a Chave Azul. Pelo Espírito Vovó Amália. Robson Dias

Ideionildo. E a Chave Azul. Pelo Espírito Vovó Amália. Robson Dias Ideionildo E a Chave Azul Robson Dias Pelo Espírito Vovó Amália Livrinho da Série - As Histórias Que a Vovó Gosta de Contar (http:\www.vovoamalia.ubbi.com.br - Distribuição Gratuita) - A venda deste produto

Leia mais

Nas páginas a seguir, encontram-se as letras de todas as canções do CD Natal Brincante. Cante com o Bando de Brincantes!

Nas páginas a seguir, encontram-se as letras de todas as canções do CD Natal Brincante. Cante com o Bando de Brincantes! Nas páginas a seguir, encontram-se as letras de todas as canções do CD Natal Brincante. Cante com o Bando de Brincantes! Adquira seu CD nas Lojas Multisom ou entre em contato com a gente. Bate o Sino (folclore

Leia mais

Ato Único (peça em um ato)

Ato Único (peça em um ato) A to Ú nico Gil V icente Tavares 1 Ato Único (peça em um ato) de Gil Vicente Tavares Salvador, 18 de agosto de 1997 A to Ú nico Gil V icente Tavares 2 Personagens: Mulher A Mulher B Minha loucura, outros

Leia mais

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN "Pr. Williams Costa Jr.- Pastor Bullón, por que uma pessoa precisa se batizar? Pr. Alejandro Bullón - O Evangelho de São Marcos 16:16 diz assim: "Quem crer e for batizado,

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

CIFRAS - CUKA FRESCA

CIFRAS - CUKA FRESCA INTRODUÇÃO: D9 A/C# Bm7/11 G7+ D9 A/C# G7+ G/A A/C# CIFRAS - CUKA FRESCA EU VOU TE AMAR Bm7/11 G7+ G/A A/C# QUANDO SENTIR TRISTEZA E NÃO PUDER TE ACALMAR Bm7/11 G7+ G/A QUANDO HOUVER UM VAZIO QUE NÃO POSSA

Leia mais

Cartilha das Brincadeiras

Cartilha das Brincadeiras Cartilha das Brincadeiras Amarelinha (academia, escada, macaca, sapata) Primeiro desenhe no chão um diagrama como este aí ao lado. Quem for jogar fica no inferno e lança uma pedra, mirando no número 1.

Leia mais

INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009

INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009 INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS COPYRIGHT MIKAEL SANTIAGO mikael@mvirtual.com.br RUA ITUVERAVA, 651/305 JACAREPAGUÁ RIO DE JANEIRO - RJ (21)9879-4890 (21)3186-5801

Leia mais

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu 5 L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu subir monte, pés d Eu molhados em erva fria. Não haver erva em cima em monte. Só haver terra, em volta, monte como cabeça de homem sem cabelo.

Leia mais

POEMAS DE JOVITA NÓBREGA

POEMAS DE JOVITA NÓBREGA POEMAS DE JOVITA NÓBREGA Aos meus queridos amigos de Maconge Eu vim de longe arrancada ao chão Das minhas horas de menina feliz Fizeram-me estraçalhar a raiz Da prima gota de sangue Em minha mão. Nos dedos

Leia mais

SARAMAU. Carolina Pereira Rodrigues e Milena da Silva

SARAMAU. Carolina Pereira Rodrigues e Milena da Silva SARAMAU Carolina Pereira Rodrigues e Milena da Silva CENA 1 Saramau entra no palco leve e com um ar de alegria e paz. ela acaba de compreender que ama de verdade José o seu marido. Ela entra chamando pelo

Leia mais

YEMANJA 01 MÃE DÁGUÁ RAIMHA DAS ONDAS SEREIA DO MAR MÃE DÁGUA SEU CANTO É BONITO QUANDO FAZ LUAR..(.BIS)

YEMANJA 01 MÃE DÁGUÁ RAIMHA DAS ONDAS SEREIA DO MAR MÃE DÁGUA SEU CANTO É BONITO QUANDO FAZ LUAR..(.BIS) YEMANJA 01 MÃE DÁGUÁ RAIMHA DAS ONDAS SEREIA DO MAR MÃE DÁGUA SEU CANTO É BONITO QUANDO FAZ LUAR..(.BIS) YEMANJA, YEMANJA...(BIS) RAINHA DAS ONDAS SEREIA DO MAR...BIS É BONITO O CANTO DE YEMANJA SEMPRE

Leia mais

ANTES DO FIM EPISÓDIOS 3 E 4. E-MAIL: gilfnascimento@hotmail.com

ANTES DO FIM EPISÓDIOS 3 E 4. E-MAIL: gilfnascimento@hotmail.com ANTES DO FIM EPISÓDIOS 3 E 4 E-MAIL: gilfnascimento@hotmail.com EPISÓDIO 03 Anteriormente: Célia bofeteia Álvaro e chora, mas fica para ajudá-lo, Leandro defende Laila de Caio, Marques encontra a mãe com

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Como você pode se livrar da Depressão, Surpreenda-se! SUMÁRIO

Como você pode se livrar da Depressão, Surpreenda-se! SUMÁRIO 1 SUMÁRIO A História... 2 Vários pensamentos... 2 Ódio... 2 Pena de MIM... 3 Sem controle sobre a minha mente... 4 Tristeza Profunda... 4 Falta de compreensão... 5 A cura... 6 Basta este dia... 8 Um novo

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli DIANA + 3 Roteiro de Henry Grazinoli EXT. CALÇADA DO PORTINHO DIA Sombra de Pablo e Dino caminhando pela calçada do portinho de Cabo Frio. A calçada típica da cidade, com suas ondinhas e peixes desenhados.

Leia mais

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE Versão adaptada de Eugénio Sena para Wir Bauen Eine Stadt de Paul Hindemith 1. MARCHA (Entrada) Uma cidade nossa amiga Não queremos a cidade antiga. Nós vamos pensar tudo de

Leia mais

USO DE DEDOCHES NO REPASSE DAS RECOMENDAÇÕES DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA CRIANÇAS

USO DE DEDOCHES NO REPASSE DAS RECOMENDAÇÕES DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA CRIANÇAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LABORATÓRIO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE USO DE DEDOCHES NO REPASSE DAS RECOMENDAÇÕES DE

Leia mais

Anexo II - Guião (Versão 1)

Anexo II - Guião (Versão 1) Anexo II - Guião (Versão 1) ( ) nº do item na matriz Treino História do Coelho (i) [Imagem 1] Era uma vez um coelhinho que estava a passear no bosque com o pai coelho. Entretanto, o coelhinho começou a

Leia mais

WebNovela Ligadas pelo coração Capítulo 6

WebNovela Ligadas pelo coração Capítulo 6 WebNovela Ligadas pelo coração Capítulo 6 Cena 1 Casa de Carolina/ Dia/ Interna Os tios de Carolina ainda estão na varanda junto com ela e o marido, o telefone toca e Carolina vai atender Carolina: Alô,

Leia mais

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Oração Pai Nosso Ave Maria Chave Harmonia Hinos da ORAÇÃO Consagração do Aposento Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Pai Nosso - Ave Maria Prece

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

Depressão na Gravidez

Depressão na Gravidez De Depressão na Gravidez Um relato de uma mulher com Depressão na Gravidez O E-mail enviado por Gabriela, uma mulher que teve depressão durante a Gravidez e as respostas de apoio e ajudar à essa mulher.

Leia mais

O porco é fisicamente incapaz de olhar o céu. ( 7 )

O porco é fisicamente incapaz de olhar o céu. ( 7 ) O porco é fisicamente incapaz de olhar o céu. Isso o Ricardo me disse quando a gente estava voltando do enterro do tio Ivan no carro da mãe, que dirigia de óculos escuros apesar de não fazer sol. Eu tinha

Leia mais

Entrevistado: Data da Entrevista: Entrevista: 1- Como você percebe o processo de criação de marcas?

Entrevistado: Data da Entrevista: Entrevista: 1- Como você percebe o processo de criação de marcas? Entrevistado: Guto Lacaz Data da Entrevista: 19 de Julho de 2011 Entrevista: Pessoalmente Formado em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura de São José dos Campos, faculdade onde também realizou cursos

Leia mais

Nada de telefone celular antes do sexto ano

Nada de telefone celular antes do sexto ano L e i n º1 Nada de telefone celular antes do sexto ano Nossos vizinhos da frente estão passando uma semana em um cruzeiro, então me pediram para buscar o jornal e a correspondência todos os dias, enquanto

Leia mais

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares BOLA NA CESTA Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares 25/04/2012 SINOPSE Essa é a história de Marlon Almeida. Um adolescente que tem um pai envolvido com a criminalidade. Sua salvação está no esporte.

Leia mais