COLEÇÃO SINOPSES PARA CONCURSOS GUIA DE LEITURA DA COLEÇÃO AGRADECIMENTOS NOTA À 5ª EDIÇÃO APRESENTAÇÃO PREFÁCIO...

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COLEÇÃO SINOPSES PARA CONCURSOS GUIA DE LEITURA DA COLEÇÃO AGRADECIMENTOS NOTA À 5ª EDIÇÃO APRESENTAÇÃO PREFÁCIO..."

Transcrição

1

2 Sumário Sumário COLEÇÃO SINOPSES PARA CONCURSOS GUIA DE LEITURA DA COLEÇÃO AGRADECIMENTOS NOTA À 5ª EDIÇÃO APRESENTAÇÃO PREFÁCIO Capítulo I SUJEITOS NO PROCESSO PENAL Noções gerais Juiz Breves noções O papel do juiz moderno O princípio da identidade física do juiz (art. 399, 2º, CPP) Regularidade do processo e princípio do impulso oficial (art. 251 CPP) Causas de impedimento da atuação do juiz (arts. 252 e 253 CPP) Causas de suspeição da atuação do juiz (art. 254 CPP) Cessação e manutenção do impedimento ou suspeição (art. 255 CPP) Criação proposital de animosidade por má-fé (art. 256 CPP) A incompatibilidade do juiz (art. 112 CPP) Juiz sem rosto (Lei nº /12) Ministério Público O Ministério Público como parte imparcial ou formal na relação processual (art. 257 CPP) Impedimento e suspeição do membro do Ministério Público (art. 258 CPP) Princípio do promotor natural e imparcial ou promotor legal Acusado

3 LEONARDO BARRETO MOREIRA ALVES 4.1. O acusado como parte na relação processual (art. 259 CPP) Condução coercitiva do réu (art. 260 CPP) Indisponibilidade do direito de defesa (art. 261 CPP) Curador (art. 262 CPP) Defensor A nomeação do defensor (arts. 263 e 264 CPP) Afastamento e ausência da causa (art. 265 CPP) Constituição do defensor e impedimento (arts. 266 e 267 CPP) Assistente de acusação Funcionários da justiça Denominação Suspeição (art. 274 CPP) Peritos e intérpretes Perito (arts. 275 a 280 CPP) Intérprete (art. 281 CPP) Capítulo II PRISÃO, MEDIDAS CAUTELARES E LIBERDADE PROVISÓRIA Noções gerais sobre prisão e medidas cautelares O judiciário como fiscal da legalidade da prisão (art. 5º, LXV, CF e art. 310, I a III, CPP) Formalidades da prisão (arts. 283 A 300 CPP) Modalides de prisão cautelar Prisão temporária (Lei nº 7.960/89) Prisão em flagrante (arts. 301 a 310 CPP) Noções gerais Flagrante facultativo e flagrante obrigatório ou compulsório (art. 301 CPP) Prisão em flagrante nos crimes de ação penal pública condicionada à representação do ofendido e de ação penal privada Espécies de prisão em flagrante (art. 302 CPP) Flagrante próprio ou propriamente dito ou perfeito ou real ou verdadeiro (art. 302, I e II, CPP) Flagrante impróprio ou imperfeito ou irreal ou quase flagrante (art. 302, III, CPP)

4 Sumário Flagrante presumido ou ficto ou assimilado (art. 302, IV, CPP) Flagrante preparado ou provocado (Súmula 145 STF) Flagrante forjado Flagrante esperado Flagrante diferido ou retardado ou prorrogado ou postergado ou ação controlada (art. 53, II, da Lei nº /06, art. 4º-B da Lei nº 9.613/98 e arts. 8º e 9º da Lei nº /13) Flagrante nos crimes permanentes (art. 303 CPP), habituais e continuados Formalidades para a lavratura do auto de prisão em flagrante delito (arts. 304 e 305 CPP) Controle jurisdicional da prisão em flagrante (arts. 306 a 308 CPP) Prisão preventiva Noções gerais Momento de decretação e prazo (art. 311 CPP) Requisitos para a decretação da prisão preventiva (art. 312 CPP) Circunstâncias legitimadoras e circunstâncias impeditivas da prisão preventiva (arts. 313 e 314 CPP) Fundamentação da prisão preventiva (art. 315 CPP) Caráter provisório da decisão acerca da prisão preventiva (art. 316 CPP) Apresentação espontânea do acusado Prisão domiciliar (arts. 317 e 318 CPP) Prisão decorrente de decisão de pronúncia (art. 413, 3º, CPP) Prisão decorrente de sentença condenatória recorrível (art. 387, 1º, CPP) Inconstitucionalidade da execução provisória ou antecipada da pena privativa de liberdade Outras medidas cautelares (arts. 319 e 320 CPP) Liberdade provisória Noções gerais Liberdade provisória com fiança

5 LEONARDO BARRETO MOREIRA ALVES Hipóteses que vedam a fiança (arts. 323 e 324 CPP) Valor da fiança (arts. 325 e 326 CPP) Condições da fiança (arts. 327 e 328 CPP) Fiança definitiva (art. 330 CPP) Consequências possíveis da fiança Liberdade provisória sem fiança Capítulo III CITAÇÕES E INTIMAÇÕES Conceito de citação Espécies de citação Citação por mandado ou pessoal (arts. 351 a 357 CPP) Citação do militar (art. 358 CPP) Citação do funcionário público (art. 359 CPP) Citação do réu preso (art. 360 CPP) Citação por edital (arts. 361 a 366 CPP) Citação por hora certa (art. 362 CPP) Suspensão do processo (art. 366 CPP) A revelia no processo penal (art. 367 CPP) Conceito de intimação Procedimento para as intimações (arts. 370 a 372 CPP) Capítulo IV SENTENÇA Atos jurisdicionais Conceito de sentença Classificação das sentenças Conteúdo da sentença (art. 381 CPP) Embargos de declaração (art. 382 CPP) Emendatio libelli ou modificação da definição jurídica do fato (art. 383 CPP) Mutatio libelli (ART. 384 CPP) Independência do juiz na sentença (art. 385 CPP) Sentença absolutória (art. 386 CPP) Sentença condenatória (art. 387 CPP) Sentença declaratória da extinção da punibilidade Forma da sentença (art. 388 CPP) Publicação e intimação da sentença (arts. 389 a 392 CPP) Capítulo V PROCEDIMENTOS Procedimento comum e procedimento especial 12

6 Sumário (art. 394, Caput, e 1º e 2º, CPP) Procedimento comum ordinário (arts. 395 a 405 CPP) Procedimento comum sumário (arts. 531 a 538 CPP) Procedimento comum sumaríssimo (lei nº 9.099/95) Fase preliminar audiência preliminar (arts. 72 a 76 da Lei nº 9.099/95) Procedimento sumaríssimo propriamente dito audiência de instrução e julgamento (arts. 77 a 83 da Lei nº 9.099/95) Suspensão condicional do processo (art. 89 da Lei nº 9.099/95) Procedimento especial do tribunal do júri (arts. 406 a 497 CPP) Competência Composição Princípios constitucionais (art. 5º, XXXVIII, CF) Procedimento bifásico Pronúncia (art. 413 CPP) Impronúncia (art. 414 CPP) Absolvição sumária (art. 415 CPP) Desclassificação (art. 419 CPP) Fase do julgamento Desaforamento (arts. 427 e 428 CPP) Jurados O julgamento Debates orais Quesitos Procedimento dos crimes falimentares (lei nº /05) Procedimento dos crimes de responsabilidade dos funcionários públicos (arts. 513 a 518 CPP) Procedimento dos crimes contra a honra (arts. 519 a 523 CPP) Procedimento dos crimes contra a propriedade imaterial (arts. 524 a 530-I CPP) Procedimento dos crimes praticados mediante violência doméstica e familiar contra a mulher (lei nº /06 Lei Maria Da Penha) Procedimento dos crimes de tóxicos (lei nº /06 Lei de tóxicos) Procedimento dos crimes de abuso de autoridade (lei nº 4.898/65)

7 LEONARDO BARRETO MOREIRA ALVES 13. Procedimento da ação penal originária dos tribunais (lei nº 8.038/90) Procedimento para restauração de autos extraviados (arts. 541 a 548 CPP) Capítulo VI NULIDADES Noções gerais Atos inexistentes e atos irregulares Espécies de nulidades Princípios regentes das nulidades Não há nulidades sem prejuízo (art. 563 CPP) Não há nulidade provocada pela parte (art. 565 CPP) Não há nulidade por omissão de formalidade que só interesse à parte contrária (art. 565 CPP) Não há nulidade de ato irrelevante para o deslinde da causa (art. 566 CPP) Princípio da causalidade (art. 573, 1º, CPP) Espécies de nulidade absoluta Incompetência Impedimento e suspeição Suborno do juiz Ilegitimidade de parte Ausência de denúncia ou queixa e representação Ausência do exame de corpo de delito Ausência de defesa ao réu e de nomeação de curador Falta de citação, ampla defesa e contraditório Falta da decisão de pronúncia, do libelo e da entrega da sua cópia Ausência do réu e realização da sessão Quorum para a instalação da sessão do Júri Sorteio do conselho de sentença em número legal e incomunicabilidade dos jurados Inexistência dos quesitos e suas respostas Ausência de acusação e defesa no julgamento do Tribunal do Júri Ausência da sentença Ausência de processamento ao recurso de ofício Ausência de intimação para recurso Falta do quorum legal para a decisão

8 Sumário Quesitos ou respostas deficientes e contradição entre elas Espécies de nulidade relativa Infringência à regra de prevenção Falta de intervenção do Ministério Público Falta de concessão de prazos à acusação e à defesa Falta de intimação do réu para a sessão de julgamento pelo Tribunal do Júri, quando a lei não permitir o julgamento à revelia Falta de intimação das testemunhas arroladas no libelo e na contrariedade Ausência da forma legal dos atos processuais Momento para a arguição das nulidades relativas (art. 571 CPP) Convalidação das nulidades relativas Capítulo VII RECURSOS Teoria geral dos recursos Noções gerais Características Efeitos Recurso de ofício (art. 574 CPP) Desvio da administração pública no processamento do recurso (art. 575 CPP) Vedação de desistência do recurso pelo Ministério Público (art. 576 CPP) Múltipla legitimidade recursal (art. 577 CPP) Pressupostos de admissibilidade dos recursos Princípio da fungibilidade dos recursos (art. 579 CPP) Apelação Noções gerais Interposição Cabimento Processamento Julgamento Recurso em sentido estrito Noções gerais Interposição Hipóteses de cabimento (art. 581 CPP) Processamento

9 LEONARDO BARRETO MOREIRA ALVES 3.5. Julgamento Embargos de declaração Noções gerais Interposição Hipóteses de cabimento Processamento Julgamento Embargos infringentes e de nulidade Noções gerais Interposição (art. 609, parágrafo único, CPP) Hipóteses de cabimento Processamento Julgamento Carta testemunhável Noções gerais Interposição (art. 640 CPP) Hipóteses de cabimento (art. 639 CPP) Processamento (art. 643 CPP) Julgamento Recurso ordinário constitucional Recurso especial e recurso extraordinário Agravo em execução Correição parcial Protesto por novo júri Agravo regimental ou inominado Reclamação constitucional Embargos de divergência Capítulo VIII AÇÕES AUTÔNOMAS DE IMPUGNAÇÃO Noções gerais Revisão criminal Noções gerais Hipóteses de cabimento (arts. 621 e 622 CPP) Legitimidade ad causam (art. 623 CPP) Competência (art. 624 CPP) Forma de propositura e rito (arts. 625 e 628 CPP) Sucessores (art. 631 CPP) Julgamento e indenização (arts. 626, 627, 629 e 630 CPP)

10 Sumário 3. Habeas corpus Noções gerais Hipóteses de cabimento (arts. 647 e 648 CPP) Transgressão disciplinar (art. 647 CPP) Competência (art. 650 CPP) Legitimidades ativa e passiva Forma de propositura (art. 654, 1º, CPP) Rito processual (arts. 655 a 664 CPP) Julgamento Recursos Mandado de segurança em matéria criminal Noções gerais Hipóteses de cabimento Competência Legitimidades ativa e passiva Procedimento Julgamento REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

SUJEITOS NO PROCESSO PENAL

SUJEITOS NO PROCESSO PENAL SUMÁRIO Sumário Coleção Sinopses para Concursos... 17 Guia de leitura da Coleção... 19 Agradecimentos... 21 Nota à 4ª edição... 23 Apresentação... 25 Prefácio... 27 Capítulo I SUJEITOS NO PROCESSO PENAL...

Leia mais

A EQUIPE DO DIREITO CONCENTRADO ESTÁ COM VOCÊ!

A EQUIPE DO DIREITO CONCENTRADO ESTÁ COM VOCÊ! Olá CONCENTRADOS! Como está a sua preparação para a 2ª fase da OAB? Muito estudo e dedicação? Sabemos como é difícil conseguir conciliar tudo nesta fase, o período é curto, a matéria longa e você precisa

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE 1 Teoria Geral da Constituição / Separação de Poderes 2 Direitos e deveres individuais e coletivos 3 Nacionalidade 4 Direitos políticos/ Partidos Políticos 5 Organização Político-Administrativa 6 Poder

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11 Capítulo I PROVAS... 13 1. Introdução... 13 2. Das provas aspectos gerais (arts. 155 a 157 do CPP)... 13 3. Ônus da prova, provas antecipadas e provas de ofício... 14 4. Prova

Leia mais

1. PRINCÍPIOS DOS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS art. 62 da Lei 9.009/95 2. OBJETIVOS DO JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL

1. PRINCÍPIOS DOS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS art. 62 da Lei 9.009/95 2. OBJETIVOS DO JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL 1 PROCESSO PENAL PROCESSO PENAL PONTO 1: Princípios dos Juizados Especiais Criminais PONTO 2: Objetivos PONTO 3: Competência PONTO 4: Fase Policial PONTO 5: Fase Judicial PONTO 6: Recursos PONTO 7: Atos

Leia mais

CNEF FASE DE FORMAÇÃO INICIAL SUMÁRIOS DE PRÁTICA PROCESSUAL PENAL. Proposta de programa a desenvolver em sumários:

CNEF FASE DE FORMAÇÃO INICIAL SUMÁRIOS DE PRÁTICA PROCESSUAL PENAL. Proposta de programa a desenvolver em sumários: CNEF FASE DE FORMAÇÃO INICIAL SUMÁRIOS DE PRÁTICA PROCESSUAL PENAL Proposta de programa a desenvolver em sumários: I Do inicio do processo o crime e sua natureza. - Crimes públicos, semi-públicos e particulares;

Leia mais

TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL

TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL ELIMI JUIZADOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE 547 Seção Cível 1385 Cartas 1450 Carta de ordem 1451 Carta Precatória 1455 Incidentes 10969

Leia mais

Teoria Questões comentadas Questões de concursos separadas por tópicos

Teoria Questões comentadas Questões de concursos separadas por tópicos PARA OS CONCURSOS DE ANALISTA E TÉCNICO DOS TRIBUNAIS Teoria Questões comentadas Questões de concursos separadas por tópicos LEONARDO BARRETO MOREIRA ALVES Promotor de Justiça do Ministério Público do

Leia mais

Capítulo 1 Notas Introdutórias... 1. Capítulo 2 Direito Processual Penal e Garantias Fundamentais... 3

Capítulo 1 Notas Introdutórias... 1. Capítulo 2 Direito Processual Penal e Garantias Fundamentais... 3 Sumário Capítulo 1 Notas Introdutórias... 1 Capítulo 2 Direito Processual Penal e Garantias Fundamentais... 3 Capítulo 3 Aplicação da Lei processual penal... 9 Capítulo 4 Princípios do Processo Penal...

Leia mais

PROCESSO PENAL RESUMO DE PROCESSO PENAL 3 Rosivaldo Russo 1) AÇÃO PENAL: 2. INÍCIO DA AÇÃO PENAL

PROCESSO PENAL RESUMO DE PROCESSO PENAL 3 Rosivaldo Russo 1) AÇÃO PENAL: 2. INÍCIO DA AÇÃO PENAL PROCESSO PENAL RESUMO DE PROCESSO PENAL 3 Rosivaldo Russo 1) AÇÃO PENAL: 2. INÍCIO DA AÇÃO PENAL AÇÃO PENAL PÚBLICA tem início através de uma peça que se chama denúncia. Essa é a petição inicial dos crimes

Leia mais

RECURSOS NO PROCESSO PENAL

RECURSOS NO PROCESSO PENAL ESTUDO RECURSOS NO PROCESSO PENAL RECURSOSRE Ribamar Soares Consultor Legislativo da Área II Direito Civil e Processual Civil, Direito Penal e Processual Penal, de Família, do Autor, de Sucessões, Internacional

Leia mais

Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS )

Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS ) Manual de Prática Penal Sumário Manual de Prática Penal Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS ) Fundamento Legal... 33

Leia mais

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO...

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...19 DEDICATÓRIA...21 CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 23 1. Antecedentes históricos da função de advogado...23 2. O advogado na Constituição Federal...24 3. Lei de

Leia mais

Sumário. Capítulo 10 Sistemas processuais... 59 Capítulo 11 Aplicação da lei processual penal no espaço... 63

Sumário. Capítulo 10 Sistemas processuais... 59 Capítulo 11 Aplicação da lei processual penal no espaço... 63 Capítulo 1 Introdução e evolução histórica... 3 Capítulo 2 Direito processual penal no Brasil... 9 Capítulo 3 Conceito e terminologias... 13 Capítulo 4 Conexões do direito processual penal com as demais

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV AULA DIA 25/05/2015 Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA E-mail: tiago_csouza@hotmail.com DIREITO PROCESSUAL PENAL IV Procedimento Sumaríssimo (Lei 9.099/95) - Estabelece a possibilidade de conciliação civil,

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 PREFÁCIO... 17 INTRODUÇÃO... 19 Capítulo I FLEXIBILIZAÇÃO... 21 1.1. Definição... 21 1.2. Flexibilização da norma... 23 1.3. Flexibilizar a interpretação e

Leia mais

Sumário. Nota do autor para a terceira edição... 31

Sumário. Nota do autor para a terceira edição... 31 Nota do autor para a terceira edição... 31 APRESENTAÇÃO... 33 ABREVIATURAS E SIGLAS... 35 Capítulo I Introdução ao direito eleitoral... 37 1. Introdução ao Direito Eleitoral... 37 1.1. Conceito de Direito

Leia mais

GRUPO I DIREITO PENAL

GRUPO I DIREITO PENAL CONTEÚDO DA APOSTILA GRUPO I DIREITO PENAL MODELOS DE DIREITO PENAL. ESCOLAS DE DIREITO PENAL. PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS PENAIS. RELAÇÃO ENTRE DIREITO PENAL, CRIMINOLOGIA E POLÍTICA CRIMINAL. TEORIAS

Leia mais

Juizados Especiais. Aula 13 (21.05.13) Vinicius Pedrosa Santos (magistrado e professor) e-mail: vinipedrosa@uol.com.br.

Juizados Especiais. Aula 13 (21.05.13) Vinicius Pedrosa Santos (magistrado e professor) e-mail: vinipedrosa@uol.com.br. Juizados Especiais Aula 13 (21.05.13) Vinicius Pedrosa Santos (magistrado e professor) e-mail: vinipedrosa@uol.com.br Ementa da aula Juizado Especial Criminal Competência Princípios JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL

Leia mais

DIREITO PENAL APLICAÇÃO DA LEI PENAL

DIREITO PENAL APLICAÇÃO DA LEI PENAL DIREITO PENAL APLICAÇÃO DA LEI PENAL Súmula 711: A Lei penal mais grave aplica-se ao crime continuado ou ao crime permanente, se a sua vigência é anterior à cessação da continuidade ou da permanência.

Leia mais

Cód. VALOR (R$) CUSTAS (Atos da Secretaria do Tribunal): Classes processuais - Justiça Estadual (2ºGRAU) - Cód.

Cód. VALOR (R$) CUSTAS (Atos da Secretaria do Tribunal): Classes processuais - Justiça Estadual (2ºGRAU) - Cód. CUSTAS (Atos da Secretaria do Tribunal): Classes processuais - Justiça Estadual (2ºGRAU) - Cód. Cód. Pai Artigo VALOR (R$) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS 1198 1 Correição Extraordinária 1303 1198 Isento

Leia mais

EDITAL Nº 18/2011 01* 01* OBS: O professor ao se inscrever deverá ter disponibilidade nos turnos indicados.

EDITAL Nº 18/2011 01* 01* OBS: O professor ao se inscrever deverá ter disponibilidade nos turnos indicados. EDITAL Nº 18/2011 Processo Seletivo de Docentes da Estácio FIC 2011. A DIRETORA GERAL da Faculdade Estácio do Ceará - Estácio FIC, no uso de suas atribuições e regimentais, torna pública a abertura de

Leia mais

1.5 Abrigo em entidade...162 1.6 Abrigo temporário...164 2. Competência para aplicação das medidas de proteção...165

1.5 Abrigo em entidade...162 1.6 Abrigo temporário...164 2. Competência para aplicação das medidas de proteção...165 SUMÁRIO DOUTRINA CAPÍTULO I INTRODUÇÃO... 3 1. Breve evolução histórica dos direitos dos idosos no Brasil... 3 2. Perfil Constitucional dos direitos dos idosos... 5 3. Princípios norteadores dos direitos

Leia mais

CONTEÚDO / ATIVIDADES Data CH

CONTEÚDO / ATIVIDADES Data CH 1 SOPECE-FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE PERNAMBUCO-PINTO FERREIRA CURSO DE DIREITO-Ética Geral e Profissional-2º Ano-Manhã-2016 Professora: Sueli Gonçalves de Almeida Site: www.loveira.adv.br/material

Leia mais

VOLUME I CAPÍTULO I. Administrativo

VOLUME I CAPÍTULO I. Administrativo Sumário -~ VOLUME I CAPÍTULO I Administrativo Contestação à reclamação administrativa... Defesa administrativa em notificação por falta de alvará de licença de localização... Defesa administrativa à Secretaria

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Procuradoria Geral de Justiça

Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Procuradoria Geral de Justiça CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE PROMOTOR DE JUSTIÇA SUBSTITUTO (EDITAL Nº 001/2014/MP-MT) (publicado no DOE em 14/02/2014 páginas 183 a 188) ANEXO I PROGRAMAS DOS GRUPOS TEMÁTICOS PARA O CONCURSO

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39 SUMÁRIO Apresentação da Coleção...15 CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 1. Antecedentes históricos da função de advogado...19 2. O advogado na Constituição Federal...20 3. Lei de regência da

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARTE I PROCEDIMENTO ORDINÁRIO

PROCEDIMENTOS PARTE I PROCEDIMENTO ORDINÁRIO PROCEDIMENTOS PARTE I PROCEDIMENTO ORDINÁRIO PROCEDIMENTOS PROCESSO instrumento utilizado para resolução dos conflitos de interesses, formado por um conjunto de atos, exige a conjugação de dois fatores:

Leia mais

1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER

1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER Tabela de honorários de advogados dativos - 2013 (Resolução-Conjunta TJMG/AGE/ OAB 001/2013) ANEXO I - PARTE ESPECIAL 1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER Salvo outra disposição

Leia mais

SÚMULAS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL SÚMULAS PENAIS E PROCESSUAIS PENAIS POR ASSUNTO

SÚMULAS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL SÚMULAS PENAIS E PROCESSUAIS PENAIS POR ASSUNTO SÚMULAS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL SÚMULAS PENAIS E PROCESSUAIS PENAIS POR ASSUNTO Ação Penal... 2 Aplicação Da Lei Penal... 3 Atos De Comunicação Processual... 3 Competência... 3 Concurso De Pessoas...

Leia mais

GABARITO SIMULADO WEB 1

GABARITO SIMULADO WEB 1 GABARITO SIMULADO WEB 1 PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL No dia 10 de outubro de 2014, Caio, na condução de um ônibus, que fazia a linha Centro Capão Redondo, agindo com imprudência, realizou manobra

Leia mais

TJ/RJ. Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ANALISTA JUDICIÁRIO

TJ/RJ. Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ANALISTA JUDICIÁRIO Edição 1ª 7 8 9 8 4 8 1 9 2 4 2 9 7 Inclui questões gabaritadas! TJ/RJ Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ANALISTA JUDICIÁRIO Data de fechamento desta edição: 08/08/2011 O conteúdo desta apostila é

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES INICIAIS...

SUMÁRIO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES INICIAIS... SUMÁRIO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 13 Processo X procedimento... 13 Ritos no processo de cognição... 13 Procedimento comum... 14 Procedimento especial... 14 Atividade jurisdicional estrutura...

Leia mais

Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco

Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco 2016 Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco O Focus Concursos Online oferece aos que desejam se preparar, um curso teórico, atualizado, com todas

Leia mais

APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade...

APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade... Sumário Título I APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL Capítulo I APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade... 35 Capítulo II APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL

Leia mais

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA Regras Básicas para as Atividades de Prática Jurídica a partir do ano letivo de 2010 Visitas Orientadas 72 Horas 36 horas para atividades

Leia mais

1. Introdução: - RMS 21.884 (STF) Questão do preso em regime fechado que passou no vestibular e matriculou-se no curso de direito na Universidade.

1. Introdução: - RMS 21.884 (STF) Questão do preso em regime fechado que passou no vestibular e matriculou-se no curso de direito na Universidade. 1 DIREITO PROCESSUAL PENAL PONTO 1: Introdução PONTO 2: Recursos em espécie continuação: - Recurso em Sentido Estrito - Apelação - Protesto por Novo Júri - Embargos Infringentes - Embargos Declaratórios

Leia mais

PARECERES JURÍDICOS. Para ilustrar algumas questões já analisadas, citamos abaixo apenas as ementas de Pareceres encomendados:

PARECERES JURÍDICOS. Para ilustrar algumas questões já analisadas, citamos abaixo apenas as ementas de Pareceres encomendados: PARECERES JURÍDICOS Partindo das diversas obras escritas pelo Prof.Dr. AURY LOPES JR., passamos a oferecer um produto diferenciado para os colegas Advogados de todo o Brasil: a elaboração de Pareceres

Leia mais

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA Regras Básicas para as Atividades de Prática Jurídica a partir do ano letivo de 2013 Visitas Orientadas 72 Horas Obrigatórias Visitas Justiça

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre. CH total: 108h

DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre. CH total: 108h DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 108h CÓDIGO: DIR160 1. EMENTA: Organização da Justiça do Trabalho. Princípios gerais do processo

Leia mais

CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA:

CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: COMENTÁRIOS DA PROVA Questões da prova de Oficial de Justiça PJ-H/2014 Questão 48 (art. 325) Questão 47 (art. 312 parágrafo segundo) QUESTÃO 48 - GABARITO: D QUESTÃO 47 - GABARITO: C CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

1.2. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO (artigos 581 a 592 do CPP)

1.2. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO (artigos 581 a 592 do CPP) 1.2. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO (artigos 581 a 592 do CPP) 1.2.1. Conceito O Recurso em Sentido Estrito para Espínola Filho se constitui (por ato da parte interessada ou em virtude de determinação legal)

Leia mais

COMPETÊNCIA CAPÍTULO VIII 1. NOÇÕES GERAIS

COMPETÊNCIA CAPÍTULO VIII 1. NOÇÕES GERAIS COMPETÊNCIA CAPÍTULO VIII COMPETÊNCIA SUMÁRIO 1. Noções gerais; 2. Competência territorial (ratione loci); 2.1. O lugar da infração penal como regra geral (art. 70 CPP); 2.2. O domicílio ou residência

Leia mais

DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 1 DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 2

DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 1 DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 2 DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 1 O candidato deverá discorrer sobre os conceitos dos elementos do tipo penal (objetivos, normativos e subjetivos), dando os exemplos constantes no Código

Leia mais

DEFENSOR - AM - 2011 c) Cabe revisão criminal das sentenças absolutórias impróprias, mas não cabe da sentença de pronúncia do réu.

DEFENSOR - AM - 2011 c) Cabe revisão criminal das sentenças absolutórias impróprias, mas não cabe da sentença de pronúncia do réu. DEFENSOR - AM - 2011 Julgue as alternativas sobre revisão criminal e assinale a correta. a) Poderá ser requerida em qualquer tempo, desde que antes da extinção da pena. b) A absolvição em sede de revisão

Leia mais

Capítulo 1 Crimes Hediondos Lei 8.072/1990

Capítulo 1 Crimes Hediondos Lei 8.072/1990 Sumário Prefácio... 11 Apresentação dos autores... 13 Capítulo 1 Crimes Hediondos Lei 8.072/1990 1. Para entender a lei... 26 2. Aspectos gerais... 28 2.1 Fundamento constitucional... 28 2.2 A Lei dos

Leia mais

ESCOLA DO DIREITO. CARGA HORÁRIA: - 40(quarenta) horas. - Reconhecidas integralmente, como atividade complementar, para aluno UnP.

ESCOLA DO DIREITO. CARGA HORÁRIA: - 40(quarenta) horas. - Reconhecidas integralmente, como atividade complementar, para aluno UnP. CURSO PRÁTICO DE LICITAÇÕES - FILIPE GUSTAVO BARBOSA MAUX Advogado militante e Consultor Jurídico na área de Licitações e Contratos. Professor de Direito Administrativo da graduação e da pós-graduação

Leia mais

CAP 01 - Princípios...15

CAP 01 - Princípios...15 Sumário CAP 01 - Princípios...15 1.1. PRINCÍPIOS BÁSICOS:...16 1.1.1. Princípio da Supremacia do Interesse Público Sobre o Privado...16 1.1.2. Princípio da Indisponibilidade do Interesse Público...16 1.2.

Leia mais

MATERIAL DE APOIO. *segundo o STF o MP tem poder de investigação, ou seja, pode o MP investigar além da polícia.

MATERIAL DE APOIO. *segundo o STF o MP tem poder de investigação, ou seja, pode o MP investigar além da polícia. Escrivao P.F Nível Superior DISCIPLINA:D.Proc.Penal Professor: Guilherme Madeira Aula 01 MATERIAL DE APOIO Processo Penal Professor Madeira Dicas: -Apenas caderno e lei na reta final! -Fazer uma prova

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL DR. WILSON DIAS

DIREITO PROCESSUAL PENAL DR. WILSON DIAS ESMEG ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO ESTADO DE GOIÁS Prof. e Des. Romeu Pires de Campos Barros DIREITO PROCESSUAL PENAL DR. WILSON DIAS PONTO V - PROCESSO PENAL, SISTEMAS PROCESSUAIS PENAIS E PRINCÍPIOS

Leia mais

4. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL NO ESPAÇO E NO TEMPO - INTERPRETAÇÃO DO DIREITO PROCESSUAL

4. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL NO ESPAÇO E NO TEMPO - INTERPRETAÇÃO DO DIREITO PROCESSUAL 1. SOCIEDADES E TUTELA JURÍDICA 1.1 Sociedade e direito 1.2 Conflitos e insatisfações 1.3 Solução dos conflitos e insatisfações 1.3.1 Conceito de lide 1.3.2 Formas de composição dos litígios 1.3.2.1 Autodefesa

Leia mais

A Tutela Provisória no Novo Código de Processo Civil SUMÁRIO

A Tutela Provisória no Novo Código de Processo Civil SUMÁRIO A Tutela Provisória no Novo Código de Processo Civil SUMÁRIO PARTE 1 A TUTELA PROVISÓRIA PREVISTA NO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL A PARTIR DE UMA PERSPECTIVA CRÍTICA... 23 CAPÍTULO I TEORIA GERAL DA TUTELA

Leia mais

Os processos criminais em segunda instância são submetidos à análise da Douta Procuradoria de Justiça para a elaboração de parecer.

Os processos criminais em segunda instância são submetidos à análise da Douta Procuradoria de Justiça para a elaboração de parecer. SÚMULA ABERTURA DE VISTA DOS AUTOS, EM SEGUNDA INSTÂNCIA, PARA A DEFENSORIA PÚBLICA APÓS A APRESENTAÇÃO DO PARECER PELO MINISTÉRIO PÚBLICO PARIDADE DE ARMAS - HOMENAGEM AO CONTRADITÓRIO E À AMPLA DEFESA

Leia mais

Ambos os recursos de estrito direito têm a sua causa de pedir prevista na Constituição Federal

Ambos os recursos de estrito direito têm a sua causa de pedir prevista na Constituição Federal Interposição: perante o órgão prolator da decisão Recurso Especial Nomenclatura: REsp Competência: Superior Tribunal de Justiça STJ Prazo para interposição 15 dias; Recurso Extraordinário Nomenclatura:

Leia mais

PROCEDIMENTO SUMÁRIO e SUMARÍSSIMO

PROCEDIMENTO SUMÁRIO e SUMARÍSSIMO PROCEDIMENTO SUMÁRIO e SUMARÍSSIMO 1. Procedimento Sumário e Sumaríssimo 1.1 Generalidades I. Processo de Conhecimento (artigo 272 Livro I): b) Comum: a.1) Ordinário (regra geral) a.2) Sumário (275) b)especiais

Leia mais

SUJEITOS PROCESSUAIS: JUIZ E MINISTÉRIO PÚBLICO

SUJEITOS PROCESSUAIS: JUIZ E MINISTÉRIO PÚBLICO SUJEITOS PROCESSUAIS: JUIZ E MINISTÉRIO PÚBLICO Sujeitos processuais são as pessoas que atuam no processo, ou seja, autor, réu e juiz, existem outros sujeitos processuais, que podem ou não integrar o processo,

Leia mais

ENUNCIADOS. Suspensão Condicional do Processo. Lei Maria da Penha e Contravenções Penais

ENUNCIADOS. Suspensão Condicional do Processo. Lei Maria da Penha e Contravenções Penais ENUNCIADOS Suspensão Condicional do Processo Enunciado nº 01 (001/2011): Nos casos de crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher não se aplica a suspensão condicional do processo. (Aprovado

Leia mais

PROCESSO PENAL RESUMO DE PROCESSO PENAL 1 Rosivaldo Russo

PROCESSO PENAL RESUMO DE PROCESSO PENAL 1 Rosivaldo Russo PROCESSO PENAL RESUMO DE PROCESSO PENAL 1 Rosivaldo Russo ESPÉCIES DE PRISÃO: 1. P. Penal sentença condenatória transitada em julgado 2. P. Processuais, cautelares ou provisórias antes da formação da culpa

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Í N D I C E Código Disciplina Página DIR 06-00231 Teoria Geral do Processo I 2 DIR 06-00404 Teoria Geral do Processo II 3 DIR 06-00896 Direito Processual Civil I 4 DIR 06-01080

Leia mais

Coleção Sinopses para Concursos... 15 Guia de leitura da Coleção... 17 Apresentação da 2ª edição... 19 Apresentação... 21

Coleção Sinopses para Concursos... 15 Guia de leitura da Coleção... 17 Apresentação da 2ª edição... 19 Apresentação... 21 Sumário Sumário Coleção Sinopses para Concursos... 15 Guia de leitura da Coleção... 17 Apresentação da 2ª edição... 19 Apresentação... 21 Capítulo I LIÇÕES PRELIMINARES... 23 1. Introdução... 23 2. Proteção

Leia mais

PROCESSO PENAL - DPU. PONTO 1: Inquérito policial. PONTO 2: Ação Penal

PROCESSO PENAL - DPU. PONTO 1: Inquérito policial. PONTO 2: Ação Penal PROCESSO PENAL aula I Professor: David Data: 20.01.1020 PONTO 1: Inquérito policial PONTO 2: Ação Penal Artigos 4º a 23º do CPP 1. CONCEITO/NATUREZA. Trata-se de espécie de procedimento administrativo,

Leia mais

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DIFUSO

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DIFUSO CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DIFUSO I) CONCEITO: Também chamado de controle pela via de exceção ou de defesa ou controle aberto, o controle difuso pode ser realizado por qualquer juiz ou tribunal.

Leia mais

Súmulas em matéria penal e processual penal.

Súmulas em matéria penal e processual penal. Vinculantes (penal e processual penal): Súmula Vinculante 5 A falta de defesa técnica por advogado no processo administrativo disciplinar não ofende a Constituição. Súmula Vinculante 9 O disposto no artigo

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAPÁ PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAPÁ PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA 1 V CONCURSO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAPÁ DIREITO CIVIL Anexo I PROGRAMA DO CONCURSO 1 DAS PESSOAS. DA PERSONALIDADE. CAPACIDADE JURÍDICA E DE FATO. DA PESSOA NATURAL

Leia mais

Crimes praticados por militares estaduais contra civis Procedimentos a serem adotados, CPP ou CPPM?

Crimes praticados por militares estaduais contra civis Procedimentos a serem adotados, CPP ou CPPM? Crimes praticados por militares estaduais contra civis Procedimentos a serem adotados, CPP ou CPPM? A Justiça Militar Estadual por força de expressa vedação contida no art. 125, 4º, da CF/88, não tem competência

Leia mais

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual.

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Legitimidade - art. 499 CPC: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. Preposto é parte? Pode recorrer? NÃO.

Leia mais

- PARA CRIMES CUJA PENA MÁXIMA SEJA IGUAL OU SUPERIOR A QUATRO ANOS: PROCEDIMENTO ORDINÁRIO;

- PARA CRIMES CUJA PENA MÁXIMA SEJA IGUAL OU SUPERIOR A QUATRO ANOS: PROCEDIMENTO ORDINÁRIO; ESQUEMA DE ESTUDO PROCEDIMENTOS PENAIS PROFESSOR: PIETRO CHIDICHIMO JUNIOR NOVA FORMA DE ESCOLHA DOS PROCEDIMENTOS COMUNS COM O ADVENTO DA LEI N.º 11.719/08. EXCEÇÕES: PROCEDIMENTO DE FUNCIONÁRIO E HONRA

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Processo Penal II Código

Leia mais

PRÁTICA DA ADVOCACIA EM DISTRITO POLICIAL (04/05/2013-1. O

PRÁTICA DA ADVOCACIA EM DISTRITO POLICIAL (04/05/2013-1. O PRÁTICA DA ADVOCACIA EM DISTRITO POLICIAL (04/05/2013 - Dr. Reynaldo Fransozo Cardoso) 8h30m às 13h30m 1. O Inquérito Policial. (arts. 4º ao 23º do Código de Processo Penal) 1.1. Formalidades para instauração

Leia mais

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição SUMÁRIO Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição Apresentação - Marco Antonio Araujo Junior Sobre os autores 1.1 Introdução princípios e poderes 1.2 Ato administrativo 1.3 Organização da Administração

Leia mais

Apostila Exclusiva Direitos Autorais Reservados www.thaisnunes.com.br 1

Apostila Exclusiva Direitos Autorais Reservados www.thaisnunes.com.br 1 Direito - Técnico do TRF 4ª Região É possível estudar buscando materiais e aulas para cada uma das matérias do programa do concurso de Técnico do TRF 4ª Região. Basta disciplina e organização. Sugestão

Leia mais

SUSPENSÃO CONDICIONAL DO PROCESSO: momento processual para a aceitação do benefício MARCIO FRANCISCO ESCUDEIRO LEITE

SUSPENSÃO CONDICIONAL DO PROCESSO: momento processual para a aceitação do benefício MARCIO FRANCISCO ESCUDEIRO LEITE SUSPENSÃO CONDICIONAL DO PROCESSO: momento processual para a aceitação do benefício MARCIO FRANCISCO ESCUDEIRO LEITE PROMOTOR DE JUSTIÇA ASSESSOR DO CENTRO DE APOIO OPERACIONAL CRIMINAL DO MINISTÉRIO PUBLICO

Leia mais

Prof. Cristiano Lopes

Prof. Cristiano Lopes Prof. Cristiano Lopes CONCEITO: É o procedimento de verificar se uma lei ou ato normativo (norma infraconstitucional) está formalmente e materialmente de acordo com a Constituição. Controlar significa

Leia mais

Proposta de Razão Recursal

Proposta de Razão Recursal Concurso: Banca examinadora: Proposta de Razão Recursal Oficial Escrevente FAURGS Questões recorríveis: 46, 47, 48, 49 e 52 Professor: Davi André Costa Silva Objeto de recurso Questão Motivo 46 Objeto

Leia mais

O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO E O JULGAMENTO POR E-MAIL

O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO E O JULGAMENTO POR E-MAIL O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO E O JULGAMENTO POR E-MAIL Ana Victoria de Paula Souza Souza, Ana Victoria de Paula. O tribunal de justiça do Estado de São Paulo e o julgamento por e-mail.

Leia mais

SUMÁRIO. Informativos de Jurisprudência... 46

SUMÁRIO. Informativos de Jurisprudência... 46 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS... 19 1. Princípios básicos... 19 1.1. Princípio da Supremacia do Interesse Público sobre o privado... 19 1.2. Princípio da Indisponibilidade do Interesse Público... 19 2.

Leia mais

5º PROCESSO SELETIVO ANABB PARA A FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA - 08/2015 ASSESSORIA JURÍDICA 27/08/2015 EDITAL 01/2015

5º PROCESSO SELETIVO ANABB PARA A FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA - 08/2015 ASSESSORIA JURÍDICA 27/08/2015 EDITAL 01/2015 5º PROCESSO SELETIVO ANABB PARA A FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA - 08/2015 ASSESSORIA JURÍDICA 27/08/2015 EDITAL 01/2015 A Assessoria Jurídica da ANABB torna público o presente Processo Seletivo para

Leia mais

O PANORAMA DAS NULIDADES NO PROCESSO PENAL BRASILEIRO. Palavras-chave: Nulidades, Processo Penal brasileiro, nulidade absoluta e relativa.

O PANORAMA DAS NULIDADES NO PROCESSO PENAL BRASILEIRO. Palavras-chave: Nulidades, Processo Penal brasileiro, nulidade absoluta e relativa. O PANORAMA DAS NULIDADES NO PROCESSO PENAL BRASILEIRO RESUMO Stenio Souza Marques 1 Objetiva-se com o presente artigo apresentar os conceitos de nulidades no Processo Penal brasileiro, a partir do posicionamento

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 830.395 RIO GRANDE DO SUL RELATOR : MIN. LUIZ FUX RECDO.(A/S) :BIG WALL COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS LTDA ME : CRISTIANO PRESTES BRAGA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S)

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA

PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA INÍCIO análise inicial Verificar a existência de demonstrativo de débito e contrato

Leia mais

ALTERAÇÃO NO CÓDIGO PENAL: O DELITO DE FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO OU DE OUTRA FORMA DE EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE OU DE VULNERÁVEL

ALTERAÇÃO NO CÓDIGO PENAL: O DELITO DE FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO OU DE OUTRA FORMA DE EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE OU DE VULNERÁVEL ALTERAÇÃO NO CÓDIGO PENAL: O DELITO DE FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO OU DE OUTRA FORMA DE EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE OU DE VULNERÁVEL. Nomen juris: a Lei nº 12.978/2014 alterou o nome

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Gilberto, quando primário, apesar de portador de maus antecedentes, praticou um crime de roubo simples, pois, quando tinha 20 anos de idade, subtraiu de Renata, mediante

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL. 7. Funções essenciais à justiça. Do Ministério Público. Da Advocacia e da Defensoria Pública. Da Advocacia-Geral da União.

DIREITO CONSTITUCIONAL. 7. Funções essenciais à justiça. Do Ministério Público. Da Advocacia e da Defensoria Pública. Da Advocacia-Geral da União. DIREITO CONSTITUCIONAL 1. Constituição. Conceito. Classificação. Elementos. Poder constituinte: originário e derivado. O constitucionalismo brasileiro. A ordem constitucional vigente. Emendas à Constituição.

Leia mais

GUIA RÁPIDO PRODUTIVIDADE MAGISTRADOS SEGUNDO GRAU

GUIA RÁPIDO PRODUTIVIDADE MAGISTRADOS SEGUNDO GRAU MESA DIRETORA DO TJBA DES. MARIO ALBERTO HIRS Presidente DES. ESERVAL ROCHA 1º Vice-presidente DESA. VERA LÚCIA FREIRE DE CARVALHO 2ª Vice-presidente DESA. IVETE CALDAS SILVA FREITAS MUNIZ Corregedora-geral

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Petição inicial: Queixa-crime. Endereçamento: Vara Criminal da Comarca de São Paulo SP. Vara criminal comum, visto que as penas máximas abstratas, somadas, ultrapassam dois anos. Como

Leia mais

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador);

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador); Turma e Ano: Flex B (2014) Matéria / Aula: Processo do Trabalho / Aula 04 Professor: Leandro Antunes Conteúdo: Procedimento Sumário, Procedimento Sumaríssimo. A competência para julgar acidente de trabalho:

Leia mais

MPE Direito Penal Aplicação da Lei Penal no Tempo e no Espaço Emerson Castelo Branco

MPE Direito Penal Aplicação da Lei Penal no Tempo e no Espaço Emerson Castelo Branco MPE Direito Penal Aplicação da Lei Penal no Tempo e no Espaço Emerson Castelo Branco 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 1. APLICAÇÃO DA LEI PENAL NO TEMPO E NO

Leia mais

Direito Processual Penal

Direito Processual Penal Direito Processual Penal Índice Artigos 251 a 258-261 a 267 e 274 Pg. Do Juiz / Do Ministério Público / Dos Funcionários da Justiça... 02 Artigos 351 a 372 Das Citações... 05 Das Intimações... 16 Artigos

Leia mais

MEDIDA DE SEGURANÇA MACAPÁ 2011 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE DIREITO MATERIAL DIDÁTICO

MEDIDA DE SEGURANÇA MACAPÁ 2011 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE DIREITO MATERIAL DIDÁTICO MEDIDA DE SEGURANÇA DIREITO PENAL 4º SEMESTRE PROFESSORA PAOLA JULIEN OLIVEIRA DOS SANTOS ESPECIALISTA EM PROCESSO. MACAPÁ 2011 1 MEDIDA DE SEGURANÇA 1. Conceito: sanção penal imposta pelo Estado, na execução

Leia mais

1ª AULA: TEORIA GERAL DO PROCESSO PENAL - CONSTITUIÇÃO FEDERAL: Art. 1º, Único da CF: FONTES DO DIREITO PROCESSUAL PENAL:

1ª AULA: TEORIA GERAL DO PROCESSO PENAL - CONSTITUIÇÃO FEDERAL: Art. 1º, Único da CF: FONTES DO DIREITO PROCESSUAL PENAL: 1ª AULA: TEORIA GERAL DO PROCESSO PENAL - CONSTITUIÇÃO FEDERAL: Art. 1º, Único da CF: Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal,

Leia mais

pessoa que pretendia ofender, atinge pessoa diversa, responde DIREITO PENAL: 1) Não é causa excludente da ilicitude:

pessoa que pretendia ofender, atinge pessoa diversa, responde DIREITO PENAL: 1) Não é causa excludente da ilicitude: DIREITO PENAL: 1) Não é causa excludente da ilicitude: a) Estado de necessidade b) Legítima Defesa c) Inexigibilidade de conduta diversa d) Estrito cumprimento do dever legal 2) Qual dos seguintes institutos

Leia mais

2ª AULA INQUÉRITO POLICIAL

2ª AULA INQUÉRITO POLICIAL 2ª AULA INQUÉRITO POLICIAL O inquérito policial é um procedimento (não é processo) que tem por escopo a produção de provas, tudo para abalizar a denúncia (se for o caso) do membro do Ministério Público.

Leia mais

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR PRISÃO REALIZADA PELA GUARDA MUNICIPAL Denis Schlang Rodrigues Alves - Delegado de Polícia do Estado de Santa Catarina. Pós- Graduado em Direito Penal pela Universidade Paulista. Professor de Direito Penal

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 DIREITO ADMINISTRATIVO...17 Fernando Ferreira Baltar Neto e Ronny Charles Lopes de Torres 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo...17

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E:

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E: ESTADO DO PARANÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 O Desembargador Fernando Wolff Bodziak, 2º Vice-Presidente e Supervisor-Geral dos Juizados Especiais, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO o

Leia mais