CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO DE VIÇOSA. Resolução nº 01

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO DE VIÇOSA. Resolução nº 01"

Transcrição

1 CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO DE VIÇOSA Resolução nº 01 Dispõe sobre o credenciamento das entidades que recebem subvenção do Município, bem como regulamenta a formalização da devida prestação de contas. A Controladoria Geral do Município de Viçosa no exercício de suas atribuições legais e regimentais insculpidas na Lei nº 1.534/2008, com fim de regulamentar o procedimento de repasse de subvenções por parte da municipalidade previsto em Lei Municipal e na Lei nº 8.666/1993, resolve: Art. 1º - Determinar o prévio cadastramento das entidades subvencionadas à Secretaria Municipal atrelada ao objeto social a ser desempenhado. Art. 2º - O cadastro engloba a comprovação da regularidade jurídica e fiscal das entidades, nos moldes da Lei nº 8.666/1993, sendo necessária a apresentação da seguinte documentação: I - ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, acompanhado de documentos que comprovem a eleição de seus administradores, bem como a regularidade de seus mandatos, incluindo a comprovação de seus dados pessoais, consubstanciada na prova do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e no Registro Geral; II - declaração de regular funcionamento nos últimos dois anos, emitida por autoridade local, bem como declaração de utilidade pública devidamente reconhecida por lei; III - prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ); IV - prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal, se houver, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com a destinação da subvenção; V - prova de regularidade para com a Fazenda Federal, Estadual e Municipal, ou outra equivalente; VI - prova de regularidade relativa à Seguridade Social (INSS) e ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), demonstrando situação regular no cumprimento dos encargos sociais instituídos por lei; Art. 3º - O montante a ser destinado a cada entidade ficará condicionado à apresentação, com a consequente aprovação do plano de trabalho encaminhado à respectiva Secretaria até 31 de agosto do ano anterior ao exercício em que vai ser utilizado, devendo conter:

2 I - Metas a serem atingidas: expressar qual a finalidade do convênio, de modo a demonstrar qual o interesse público que o justifique, bem como qual o benefício social trazido pela instituição e o público a ser atingido; II - Etapas ou fases de execução: definir a atuação da instituição, demonstrando quais atividades serão desenvolvidas, em quais dias da semana, em qual horário, em qual local, ou seja, definir como, onde e quando as atividades serão desempenhadas; III - Plano de aplicação dos recursos financeiros: demonstrar a necessidade dos recursos, demonstrando e justificando a origem dos valores a serem aplicados. Por exemplo, a estimativa a ser aplicada com despesas de água e luz deve ser acompanhada das contas antigas, bem como o montante destinado ao pagamento de salários deve estar de acordo o piso da categoria, devidamente demonstrado; IV - Cronograma de desembolso: deve demonstrar, de acordo com a estimativa dos valores acima mencionados, a previsão das datas em que os pagamentos serão efetivamente efetuados; Art. 4º - Qualquer irregularidade na documentação exigida para o credenciamento implicará na não assinatura do convênio. Art. 5º - Para o devido repasse da subvenção será exigida a abertura de uma conta corrente bancária em nome da entidade, específica para movimentar, única e exclusivamente, os recursos repassados pelo Poder Público. Art. 6º - Para a prestação de contas é indispensável a apresentação de extrato mensal, acompanhado dos respectivos comprovantes de despesa, conforme modelo em anexo. Art. 7º - A não aprovação da prestação de contas implica na devolução do recurso aos cofres públicos, devidamente atualizado. Viçosa, 14 de outubro de 2010 GLÓRIA APARECIDA RODRIGUES DO SANTOS CONTROLADORA GERAL DO MUNICÍPIO Gabriel Gori Abranches Estagiário

3 ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO, de de. Senhor(a) Controlador(a): Submetemos à aprovação de V.Sa. a Prestação de Contas do Convênio nº. /, no valor de R$ ( ), firmado entre a (nome da Instituição) e a Prefeitura Municipal de Viçosa, objetivando. Objeto do Convênio Encaminhamos, anexado à primeira folha da prestação de contas, o cheque de restituição do saldo não utilizado, no valor de R$ ( ), Atenciosamente, Presidente Ilmo.(a). Sr.(a). Controladoria Geral do Município Prefeitura Municipal de Viçosa Viçosa Minas Gerais

4 ANEXO II RELATÓRIO DA EXECUÇÃO FÍSICA DO PROJETO (nome da Instituição) Convênio nº., Aditivo nº. Objeto: Período de aplicação dos recursos: de / / a / / Valor dos recursos recebidos: R$ Valor da Contrapartida: R$ (Este espaço será utilizado pela instituição para descrever com clareza e objetividade a execução do projeto), / / Assinatura do(a)presidente Assinatura da Controladoria Geral do Município Nome: MASP:

5 ANEXO III DEMONSTRATIVO FINANCEIRO DA RECEITA E DA DESPESA (nome da Instituição) Convênio nº. Aditivo nº. Período de vigência: de / / a / / DESCRIÇÃO RECEITA DESPESA Recurso liberado pela PMV/ MG. Contrapartida Subtotal Saldo Total, / / Presidente: Assinatura CPF Contador : Assinatura CRC

6 ANEXO IV CONCILIAÇÃO BANCÁRIA (nome da Instituição) Convênio nº. Aditivo nº. Mês: Ano / referência: IDENTIFICAÇÃO DA CONTA Banco: Agência: Número da Conta: VALORES (A) Saldo conforme o extrato (B) Cheques em trânsito Saldo Contábil ( A-B ) Observações:, Contador : Assinatura CRC

7 ANEXO V RELAÇÃO DE PAGAMENTOS EFETUADOS (nome da Instituição) Convênio nº. Valor: R$ ( ) Aditivo nº. Valor: R$ ( ) Nº. do Documento Nome da Firma Data Nº. Cheque valor, / / Contador Assinatura do Contador CRC

8 ANEXO VI RELAÇÃO DE BENS ADQUIRIDOS (nome da Instituição) Convênio nº. Seq. Descrição Nº. da Nota Fiscal Qte. Valor Unitário Valor Total, / / Contador Assinatura do Contador CRC

ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS. Ofício nº /. -MG, de de. Assunto: Prestação de Contas de Transferência Voluntária

ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS. Ofício nº /. -MG, de de. Assunto: Prestação de Contas de Transferência Voluntária ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS Ofício nº /. -MG, de de. Assunto: Prestação de Contas de Transferência Voluntária SENHOR PRESIDENTE, A (NOME DA ENTIDADE), por seu representante

Leia mais

COORDENADORIA FINANCEIRA. Prestação de Contas

COORDENADORIA FINANCEIRA. Prestação de Contas COORDENADORIA FINANCEIRA Prestação de Contas Prestar contas é dever de qualquer pessoa física ou jurídica, pública ou privada, que utilize, arrecade, guarde, gerencie ou administre dinheiros, bens e valores

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS NÚCLEO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS NÚCLEO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA APRESTAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS CONVÊNIO TODOS COM A NOTA 1. Ofício de encaminhamento da Prestação de Contas à Secretária Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

Leia mais

1. DO OBJETO: 2. ESPECIFICAÇÕES:

1. DO OBJETO: 2. ESPECIFICAÇÕES: Cotação Prévia de Preço n 28/2016 Convênio nº 792864/2012 MTE/CAMP. Projeto: Fortalecimento e Expansão das Iniciativas de Fundos Solidários na Região Sul Critério: Menor Preço e Melhor Técnica. Cotação

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 A Comissão de Licitação do Conselho Nacional do SESI vem por meio desta

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO A na forma do art. 34, 1 da Lei n 8.666/93, torna público que para fornecimento de materiais e prestações de serviços ao Município de Caicó / RN, os interessados deverão

Leia mais

Procedimentos para a prestação de contas junto ao FUMPROARTE PESSOA FÍSICA

Procedimentos para a prestação de contas junto ao FUMPROARTE PESSOA FÍSICA Procedimentos para a prestação de contas junto ao FUMPROARTE PESSOA FÍSICA 1 Instrução Normativa 004/2014 A prestação de contas de cada projeto acontecerá conforme o estabelecido na INSTRUÇÃO NORMATIVA

Leia mais

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde AÇÕES E SERVIÇOS EM SAÚDE, NAS ÁREAS DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR, DE ATENÇÃO AMBULATORIAL, DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICO, DE CARÁTER ELETIVO E URGÊNCIA/EMERGÊNCIA

Leia mais

ANEXO IV - DECLARAÇÃO DE RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA IGUAL OU INFERIOR A 1,5 SALÁRIO-MÍNIMO (TERMO DE COMPROVAÇÃO DE RENDA)

ANEXO IV - DECLARAÇÃO DE RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA IGUAL OU INFERIOR A 1,5 SALÁRIO-MÍNIMO (TERMO DE COMPROVAÇÃO DE RENDA) ANEXO IV - DECLARAÇÃO DE RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA IGUAL OU INFERIOR A 1,5 SALÁRIO-MÍNIMO (TERMO DE COMPROVAÇÃO DE RENDA) Eu,, portador(a) do CPF:, aprovado(a) dentro das vagas reservadas

Leia mais

I - DOS RECURSOS ORIUNDOS DOS ACORDOS DE EMPRÉSTIMOS OU CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS NÃO REEMBOLSÁVEIS

I - DOS RECURSOS ORIUNDOS DOS ACORDOS DE EMPRÉSTIMOS OU CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS NÃO REEMBOLSÁVEIS INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 06, DE 27 DE OUTUBRO DE 2004. Dispõe sobre os procedimentos de movimentação de recursos externos e de contrapartida nacional, em moeda ou bens e/ou serviços, decorrentes dos acordos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SETOR DE LICITAÇÕES

PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SETOR DE LICITAÇÕES PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SETOR DE LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 009/2011 Secretaria Municipal de Administração Processos: 100094/2011 ROMILDO BOLZAN

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 1.098/ DS/CMDCA

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 1.098/ DS/CMDCA CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 1.098/2014 - DS/CMDCA Dispõe sobre a seleção do Projeto EDUCAGENTE Núcleo Comunitário da São Martinho, apresentado pela Entidade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO C O N V Ê N I O Nº 044/2013 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

LEI MUNICIPAL N de 15 de julho de 2014

LEI MUNICIPAL N de 15 de julho de 2014 LEI MUNICIPAL N 4.962 de 15 de julho de 2014 Autoriza o município a efetuar repasse de recursos oriundos do passe livre estudantil às associações que tiverem alunos beneficiários e diretamente aos alunos

Leia mais

Resolução Nº. 011/2008

Resolução Nº. 011/2008 ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE Resolução Nº. 011/2008 Dispõe sobre o registro

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE PROPOSTA TRABALHOS DE PROCEDIMENTOS PREVIAMENTE ACORDADOS NBC TSC 4400

SOLICITAÇÃO DE PROPOSTA TRABALHOS DE PROCEDIMENTOS PREVIAMENTE ACORDADOS NBC TSC 4400 SOLICITAÇÃO DE PROPOSTA TRABALHOS DE PROCEDIMENTOS PREVIAMENTE ACORDADOS NBC TSC 4400 1. OBJETO Contratação de empresa de auditoria independente para prestação de serviços de trabalhos de procedimentos

Leia mais

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA INFORMAÇÕES GERAIS: a) Para a comprovação da renda deverão ser entregues os documentos constantes neste anexo,

Leia mais

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA INFORMAÇÕES GERAIS: a) Para a comprovação da renda deverão ser entregues os documentos constantes neste anexo,

Leia mais

D.O.U. de 05/10/1992. INSTRUÇÃO NORMATIVA DpRF Nº 109, DE 2 DE OUTUBRO DE 1992

D.O.U. de 05/10/1992. INSTRUÇÃO NORMATIVA DpRF Nº 109, DE 2 DE OUTUBRO DE 1992 D.O.U. de 05/10/1992 INSTRUÇÃO NORMATIVA DpRF Nº 109, DE 2 DE OUTUBRO DE 1992 O Diretor do Departamento da Receita Federal, no uso de suas atribuições, e tendo em vista a necessidade de uniformizar os

Leia mais

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40 EDITAL PARA SELEÇÃO DE FORNECEDOR - AUDITORIA CONTÁBIL EXTERNA O Centro de Estudos e Pesquisas 28 (Organização Social em Saúde), entidade privada de utilidade pública, inscrito no, torna pública a realização,

Leia mais

Inscrição Bolsa de Estudo - Lei /09

Inscrição Bolsa de Estudo - Lei /09 Inscrição Bolsa de Estudo - Lei 12.101/09 Nome do Aluno Nome do Pai Nome da Mãe Turma/Série Data Nascimento Data Nascimento Data Nascimento Endereço N Bairro Telefones INFORMAÇÕES GERAIS Você recebeu Bolsa

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

Documentação do Candidato

Documentação do Candidato Documentação do Candidato Documentos de identificação do candidato: Apresentar um dos documentos abaixo para fins de identificação Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016 - SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E RECOMENDAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PORTFÓLIO DE SERVIÇOS ( SMART CAMPUS ) PARA

Leia mais

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO 1. PESSOA FÍSICA CONSORCIADO / DOCUMENTAÇÃO Ficha Cadastral atualizada*; Cópia de RG e CPF; Comprovante de

Leia mais

Critério: MENOR PREÇO GLOBAL.

Critério: MENOR PREÇO GLOBAL. Cotação Prévia de Preço n 25/2016 Convênio nº 775707/2012 MTE/SENAES Projeto: Centro de Formação e Apoio a Assessoria Técnica em Economia Solidária da Região Sul CFES Regional Sul. Critério: MENOR PREÇO

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO DE FORNECEDORES O Município de Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins, com fundamento nos artigos 34 a 37 da Lei nº 8.666/93 e demais alterações, torna público

Leia mais

Documentação do Candidato

Documentação do Candidato Documentação do Candidato Documentos de identificação do candidato: Apresentar um dos documentos abaixo para fins de identificação Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das

Leia mais

Orientações por natureza das despesas: 2.1. Pagamento de pessoal e encargos:

Orientações por natureza das despesas: 2.1. Pagamento de pessoal e encargos: Cartilha de orientações para a aplicação e prestação de contas dos recursos relativos aos convênios da SMGL com entidades não governamentais, oriundos do FUNCRIANÇA. Esta cartilha traz orientações para

Leia mais

Prefeitura Municipal de Itiuba-BA

Prefeitura Municipal de Itiuba-BA Edição Nº 030/2912 00091 Quarta-Feira Quit-Feira 0815 de de Março Maio de 2013 2012 1 A Prefeitura Municipal de Itiuba, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. INSTRUÇÃO NORMATIVA

Leia mais

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017.

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017. Gabinete do Praça Duque de Caxias nº 39 Centro Areal/RJ Tel.:(24)2257-399 Cep.: 25.845-000 E-mail: governo@areal.rj.gov.br DECRETO Nº.508 DE 02 DE JANEIRO 207. Altera 3º do Artigo 2 do Decreto nº 86, de

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto de Constituição Comprovante de renda

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 07/03

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 07/03 INSTRUÇÃO NORMATIVA N 07/03 Ver também Alerta 001/2005 (MG de 22.03.05 ); Alerta 002/2008; IN 2/10 Estabelece normas de fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial nas Administrações

Leia mais

Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita

Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita 1. A renda familiar bruta mensal per capita, para fins de verificação da Ação Afirmativa 1A e Ação Afirmativa 1B será apurada

Leia mais

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE 2016. Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO Desejo receber comunicações da GEOS/SAS, via Correios, no endereço da sede social da empresa.

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA DAC N o 192/DGAC, DE 14 DE MARÇO DE 2002 Aprova a Instrução de Aviação Civil que dispõe sobre os Procedimentos para Celebração

Leia mais

O QUE É PRESTAÇÃO DE CONTAS?

O QUE É PRESTAÇÃO DE CONTAS? PRESTAÇÃO DE CONTAS O QUE É PRESTAÇÃO DE CONTAS? É UMA RELAÇÃO DE DOCUMENTOS, RELATÓRIOS E AFINS QUE DETALHAM E COMPROVAM OS GASTOS REALIZADOS POR UM OBJETIVO DE REPASSE FINANCEIRO. QUEM DEVE PRESTAR CONTAS?

Leia mais

ANEXO IV - Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita

ANEXO IV - Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita ANEXO IV - Procedimentos para cálculo e apuração da renda familiar bruta mensal per capita 1. A renda familiar bruta mensal per capita, para fins de verificação da Ação Afirmativa 1A e Ação Afirmativa

Leia mais

Guia para comprovação de investimentos FINEP Inovacred

Guia para comprovação de investimentos FINEP Inovacred Guia para comprovação de investimentos FINEP Inovacred 1 2 4 5 Introdução Acompanhamento na Fase de Análise ETAPA 1 Comprovação Financeira ETAPA 2 Comprovação Física ETAPA Comprovação Jurídica ETAPA 4

Leia mais

PESQUISA FUNDEPES CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 003/2015

PESQUISA FUNDEPES CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 003/2015 FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO DE EXTENSÃO E PESQUISA FUNDEPES CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 003/2015 DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE SUPRIMENTO DE FUNDOS PELA FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

COTAÇÃO DE PREÇOS N.º 002/2011

COTAÇÃO DE PREÇOS N.º 002/2011 COTAÇÃO DE PREÇOS N.º 002/2011 Fundação Interuniversitária de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho UNITRABALHO. Convênio UNITRABALHO Ministério do Desenvolvimento Agrário/SDT MDA/SDT Contrato 0321.685-67/2010

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 041/2016

C O N V Ê N I O Nº 041/2016 C O N V Ê N I O Nº 041/2016 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE REPUBLICADA NO DOE DE 04-02-2014 SEÇÃO I PÁG 63-64 RESOLUÇÃO SMA Nº 03, DE 24 DE JANEIRO DE 2014. Estabelece orientações para a instrução de processos de convênios com municípios e entidades da sociedade

Leia mais

Convênios. Controle e Prestação de Contas

Convênios. Controle e Prestação de Contas Convênios Controle e Prestação de Contas Etapas para celebração e andamento do Convênio 1ª Etapa Plano de trabalho Plano de Aplicação 2ª Etapa Aprovação do Órgão Concessor Formalização e assinatura do

Leia mais

REFORMA OU CONSTRUÇÃO

REFORMA OU CONSTRUÇÃO Ficha Cadastral Cópia simples do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal REFORMA OU CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO

PROCEDIMENTO PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO PROCEDIMENTO PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO 1. Abertura de processo pelo COORDENADOR DO PROJETO, sendo juntados os seguintes documentos: 1.1. Ofício de encaminhamento do projeto, assinado por seu COORDENADOR,

Leia mais

10. Instrução Normativa AGE Nº 001, de 25 de Abr. de DOE

10. Instrução Normativa AGE Nº 001, de 25 de Abr. de DOE 10. Instrução Normativa AGE Nº 001, de 25 de Abr. de 2008. DOE 28.04.2008 Instrução Normativa AGE nº 001, de 25 de abril de 2008. Institui normas e rotinas para padronização e uniformização dos procedimentos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO CONVÊNIO Nº 047/2013 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, inscrito no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com sede na Av. Queiroz Júnior, 635, Bairro Praia, Itabirito- MG, neste ato

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE ESTATÍSTICA, no uso de suas atribuições legais, expede a seguinte orientação aos CONRE:

O CONSELHO FEDERAL DE ESTATÍSTICA, no uso de suas atribuições legais, expede a seguinte orientação aos CONRE: INSTRUÇÃO CONFE Nº 23, de 26 de janeiro de 1977 ORIENTA OS CONSELHOS REGIONAIS DE ESTATÍSTICA QUANTO NOS PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS PREVISTOS NA RESOLUÇÃO CONFE Nº 70, DE 06 DE JANEIRO DE 1977. O CONSELHO

Leia mais

FUNEPU Demonstrações Contábeis 2009. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS em 31 de dezembro de 2009 acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes

FUNEPU Demonstrações Contábeis 2009. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS em 31 de dezembro de 2009 acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS em 31 de dezembro de 2009 acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes 1 FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DE UBERABA - FUNEPU CNPJ 20.054.326/0001-09 BALANÇO PATRIMONIAL PARA

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 031, DE 07 DE MAIO DE 2015. GABINETE DO PREFEITO

PROJETO DE LEI Nº 031, DE 07 DE MAIO DE 2015. GABINETE DO PREFEITO PROJETO DE LEI Nº 031, DE 07 DE MAIO DE 2015. GABINETE DO PREFEITO Autoriza subvenção para o CONSEPRO - CONSELHO DE DEFESA E SEGURANÇA COMUNITÁRIA e dá outras providências. Art. 1º. Fica o Poder Executivo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ- REITORIA DE GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ- REITORIA DE GRADUAÇÃO ATENÇÃO: O cadastro/matrícula para os cursos dos Campi I (João Pessoa), II (Areia), III (Bananeiras) e IV (Mamanguape e Rio Tinto), será realizado em João Pessoa- PB, no auditório da Reitoria. SERVIÇO

Leia mais

Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais Minas Gerais - APIMEC - MG

Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais Minas Gerais - APIMEC - MG Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais Minas Gerais - APIMEC - MG Demonstrações Financeiras referentes aos exercícios findos em 31 de dezembro de 2004 e de 2003

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/11 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREA GESTÃO DE COMPRAS/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: CADASTRAR/ATUALIZAR FORNECEDOR (PESSOA FÍSICA, JURÍDICA E ONG S) SICAF/SICONV

Leia mais

Documentos para calouros cotistas

Documentos para calouros cotistas Documentos para calouros cotistas O estudante que optou por reserva de vagas (Lei de Cotas) deverá além da apresentação dos documentos acima descritos, apresentar documentação comprovatória de renda e/ou

Leia mais

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA VALIDAÇÃO DO FIES 2017/1

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA VALIDAÇÃO DO FIES 2017/1 DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA VALIDAÇÃO DO FIES 2017/1 Os candidatos selecionados pelo FIES Seleção deverão comparecer a CPSA do UniFOA para validação das informações, no período determinado pelo FNDE. Confira

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO E REGISTRO NO QUADRO DE FORNECEDORES DESTA PREFEITURA Endereço: Av. Antonio Pires Pimentel, n 2015 CEP: 12.914.000 Bragança

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CMAS RESOLUÇÃO 02/2011

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CMAS RESOLUÇÃO 02/2011 CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CMAS RESOLUÇÃO 02/2011 Dispõe sobre os requisitos necessários para a obtenção de inscrição dos serviços, programas, projetos e benefícios socioassistenciais no

Leia mais

PORTARIA N 003/2014, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014.

PORTARIA N 003/2014, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014. PORTARIA N 003/2014, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014. Dispõe sobre a concessão de Suprimento de Fundos pela Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba FUNETEC-PB. O SUPERINTENDENTE da Fundação de

Leia mais

Aos clientes VISÃO CONSULTORIA Tarumã,SP, 09 de Janeiro de MEMO nº 01/2017.

Aos clientes VISÃO CONSULTORIA Tarumã,SP, 09 de Janeiro de MEMO nº 01/2017. Aos clientes VISÃO CONSULTORIA Tarumã,SP, 09 de Janeiro de 2017. MEMO nº 01/2017. Assunto: DECRETO QUE ALTERA O DECRETO Nº 6.170 DE 5 DE JULHO DE 2007. Prezados (as) Senhores (as): Dispõe sobre as normas

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 Raul Camilo Isotton, Prefeito em exercício de Dois Vizinhos/PR, no uso de suas atribuições, em especial o contido na Lei Federal n.º

Leia mais

ANEXO III DECLARAÇÃO DE EGRESSO DE ESCOLA PÚBLICA (TERMO DE ESCOLA PÚBLICA)

ANEXO III DECLARAÇÃO DE EGRESSO DE ESCOLA PÚBLICA (TERMO DE ESCOLA PÚBLICA) ANEXO III DECLARAÇÃO DE EGRESSO DE ESCOLA PÚBLICA (TERMO DE ESCOLA PÚBLICA) Eu,, portador(a) do CPF:, aprovado(a) dentro das vagas reservadas para o curso, câmpus, do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO CONTROLADORIA GERAL MUNICIPAL ATO DE APROVAÇÃO

GABINETE DO PREFEITO CONTROLADORIA GERAL MUNICIPAL ATO DE APROVAÇÃO GABINETE DO PREFEITO CONTROLADORIA GERAL MUNICIPAL ATO DE APROVAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA CGM Nº 003/2011 VERSÃO 02 UNIDADE RESPONSÁVEL Controladoria Municipal de Guamaré I FINALIDADE Dispor acerca do requerimento

Leia mais

Demonstrativo do Fluxo de Caixa Financeiro do Exercício Associação Rede Nacional de Ensino e Pesquisa- RNP

Demonstrativo do Fluxo de Caixa Financeiro do Exercício Associação Rede Nacional de Ensino e Pesquisa- RNP Demonstrativo do Fluxo de Caixa Financeiro do Exercício Associação Rede Nacional de Ensino e Pesquisa- RNP Findo em 31 de dezembro de 2012 Acompanhado do Relatório de Asseguração Limitada dos Auditores

Leia mais

EDITAL Nº 068/2016 ERRATA

EDITAL Nº 068/2016 ERRATA 1 EDITAL Nº 068/2016 ERRATA PROCESSO SELETIVO DISCENTE DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS SOCIAIS, DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS, CAMPUS DE BELO HORIZONTE No cabeçalho

Leia mais

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA Solicitamos o Cadastro de Fornecedores da UniRV - Universidade de Rio Verde, nos termos da Lei nº 8666/93 Art. 27,28 e 29 atualizada, conforme informações

Leia mais

Anexo I. Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS e o questionário socioeconômico em envelope lacrado.

Anexo I. Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS e o questionário socioeconômico em envelope lacrado. Anexo I Universidade Federal Fluminense Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS e o questionário socioeconômico em envelope lacrado. PARA O ESTUDANTE SOLTEIRO SEM CÔNJUGE E/OU COMPANHEIRO (A)

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DE DOCUMENTOS Obrigatório para todos os membros da família

ANEXO I RELAÇÃO DE DOCUMENTOS Obrigatório para todos os membros da família Página 4 de 8 ANEXO I RELAÇÃO DE DOCUMENTOS Obrigatório para todos os membros da família Não serão analisados processos com documentação incompleta e/ou ficha socioeconômica incompleta e/ou rasurada. Nesses

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 066/2015

C O N V Ê N I O Nº 066/2015 C O N V Ê N I O Nº 066/2015 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

INFORMAÇÕES, RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE BOLSA E FICHA DE INSCRIÇÃO NA INSTITUIÇÃO FEAD

INFORMAÇÕES, RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE BOLSA E FICHA DE INSCRIÇÃO NA INSTITUIÇÃO FEAD INFORMAÇÕES, RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE BOLSA E FICHA DE INSCRIÇÃO NA INSTITUIÇÃO FEAD FEAD Faculdade de Estudos Administrativos de MG FEAD Faculdade de Estudos Superiores de MG CANDIDATOS

Leia mais

EDITAL 11/2016 SRI/UFF Programa Fórmula de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades e

EDITAL 11/2016 SRI/UFF Programa Fórmula de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades e EDITAL 11/2016 SRI/UFF Programa Fórmula de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades 2017.1 e 2017.2 Anexo VII Documentação comprobatória Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS

Leia mais

Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento

Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento 1 Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento Instituto Federal Catarinense Novembro de 2014 2 Sumário 1- Pessoa Física...3 2- Pessoa Jurídica...4 2.1- Órgão Público...4 2.2- Autarquias e Fundações

Leia mais

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 02/2016. CADASTRAR EXPOSITORES PARA

Leia mais

EDITAL DE CARTA CONVITE Nº 013/2016 Tipo de julgamento: menor preço por item Processo Administrativo nº

EDITAL DE CARTA CONVITE Nº 013/2016 Tipo de julgamento: menor preço por item Processo Administrativo nº EDITAL DE CARTA CONVITE Nº 013/2016 Tipo de julgamento: menor preço por item Processo Administrativo nº045.2016 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PSICOLOGO(A) PARA ATUAR JUNTO AO PROGRAMA NAAB- Nucleo De Apoio

Leia mais

Os candidatos aprovados devem comparecer para a matrícula respeitando o cronograma e a documentação exigida para matrícula.

Os candidatos aprovados devem comparecer para a matrícula respeitando o cronograma e a documentação exigida para matrícula. Os candidatos aprovados devem comparecer para a matrícula respeitando o cronograma e a documentação exigida para matrícula. DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA (TODOS OS CANDIDATOS): a) Certificado de Conclusão

Leia mais

Segunda chamada matrícula Cursos Técnicos

Segunda chamada matrícula Cursos Técnicos Segunda chamada matrícula Cursos Técnicos 2016.2 O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação de São Paulo Câmpus Avançado Tupã, no uso de suas atribuições legais, torna pública, a segunda chamada

Leia mais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha 525 Belo Horizonte MG NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE A COMPANHIA DE

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 005/2006/GS/SEDUC/MT Limite máximo de R$ ,00

INSTRUÇÃO NORMATIVA 005/2006/GS/SEDUC/MT Limite máximo de R$ ,00 RECURSO EMERGENCIAL EXECUÇÃO DO RECURSO INSTRUÇÃO NORMATIVA 005/2006/GS/SEDUC/MT Limite máximo de R$ 14.500,00 Conta corrente específica Emergência- situação anormal caracterizada pelo desgaste natural

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES PARECER DA COMISSÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS Projeto de Lei nº 149 de 25 de setembro de 2013 AUTOR: Poder Executivo PARECER: Favorável, sem apresentação de emendas EMENTA: Autoriza o Poder Executivo a conceder

Leia mais

D E C R E T O Nº DE 21 DE JANEIRO DE 2015.

D E C R E T O Nº DE 21 DE JANEIRO DE 2015. D E C R E T O Nº. 5364 DE 21 DE JANEIRO DE 2015. Regulamenta a aplicação da Lei nº 4.133, de 19 de dezembro de 2014 - Lei da mais valia e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICIPIO DE TRÊS RIOS no

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 087/2014

C O N V Ê N I O Nº 087/2014 C O N V Ê N I O Nº 087/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

DETALHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO DO FIES

DETALHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO DO FIES DETALHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO DO FIES DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR A CPSA deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes

Leia mais

1. Acesso ao Agilis Elaborar Prestação de contas Inclusão do Material Permanente Inclusão do Material de Consumo...

1. Acesso ao Agilis Elaborar Prestação de contas Inclusão do Material Permanente Inclusão do Material de Consumo... TUTORIAL PRESTAÇÃO DE CONTAS DOCENTES SUMÁRIO 1. Acesso ao Agilis...2 2. Elaborar Prestação de contas...3 3. Inclusão do Material Permanente...5 4. Inclusão do Material de Consumo...7 5. Inclusão de Serviços

Leia mais

que cursou todo o ensino médio em Escola Pública Histórico Escolar do Ensino Médio, mesmo para candidatos que já tenham curso superior.

que cursou todo o ensino médio em Escola Pública Histórico Escolar do Ensino Médio, mesmo para candidatos que já tenham curso superior. Item 8 do Edital nº 02/2015 1 ANÁLISE DOCUMENTAL (Check-list)/ Processo Seletivo de Ingresso em Cursos de Graduação da UFT por meio do SISU para o 1º semestre de 2015 GRUPO L1:Lei nº 12.711/12; Renda Familiar

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 031/2016

C O N V Ê N I O Nº 031/2016 C O N V Ê N I O Nº 031/2016 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

Cadastro Proponente e Inclusão de Proposta

Cadastro Proponente e Inclusão de Proposta Cadastro Proponente e Inclusão de Proposta Atualizar os dados na Receita Federal Copiar os dados da Receita no SICONV Informar os dados do novo mandato do Prefeito Incluir/Excluir ou Atualizar dados usuários

Leia mais

contrato social, comprovando que o requerente está legalmente constituído para o exercício da atividade de transporte de pessoas;

contrato social, comprovando que o requerente está legalmente constituído para o exercício da atividade de transporte de pessoas; Relação de documentos exigidos para empresa: contrato social, comprovando que o requerente está legalmente constituído para o exercício da atividade de transporte de pessoas; comprovante de inscrição no

Leia mais

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014 EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N 813037/2014 CONTRATAÇÃO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE WEBDESIGN NO AMBITO DO CONVÊNIO N 813037/2014 ENTRE O INSTITUTO DH E A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 010/2016

C O N V Ê N I O Nº 010/2016 C O N V Ê N I O Nº 010/ Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida Queiroz

Leia mais

CARTILHA DE INFORMAÇÕES SOBRE O BENEFÍCIO CREDITÍCIO

CARTILHA DE INFORMAÇÕES SOBRE O BENEFÍCIO CREDITÍCIO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUBSECRETARIA DE PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo do Distrito Federal CARTILHA DE INFORMAÇÕES SOBRE

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 016/2013

PROCESSO SELETIVO Nº 016/2013 PROCESSO SELETIVO Nº 016/2013 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a Contratação de Empresa especializada

Leia mais

saber-fazer a partir da inclusão socioeconômica e

saber-fazer a partir da inclusão socioeconômica e Cotação Prévia de Preço Nº. 27/2016 Convênio Nº 811902/2014 - MTE/SENAES CAMP Projeto: Economia Solidária e População em Situação de Rua: estratégias de valorização do saber-fazer a partir da inclusão

Leia mais

PORTARIA DA DIRETORA GERAL DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS Nº 33 / 2016

PORTARIA DA DIRETORA GERAL DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS Nº 33 / 2016 PORTARIA DA DIRETORA GERAL DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS Nº 33 / 2016 A DIRETORA GERAL DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS, no uso das suas atribuições regimentais. Conforme Ministério da Educação

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO EDITAL Nº 005/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA. De conformidade com o disposto no artigo 34 da Lei Federal nº 8666, de

Leia mais

MUNICÍPIO DE MARATAÍZES ESPÍRITO SANTO

MUNICÍPIO DE MARATAÍZES ESPÍRITO SANTO Página 1 de 5 LEI N 1187 de 04 de maio de 2009 AUTORIZA O CHEFE DO EXECUTIVO MUNICIPAL A REPASSAR AJUDA FINANCEIRA À ASSOCIAÇÃO CASA DE DAVI - ACD E DÁ OUTRAS PROVIDENCIAS. O de Marataízes, Estado do Espírito

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO AUDITORIA GERAL DO ESTADO ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010

ESTADO DE MATO GROSSO AUDITORIA GERAL DO ESTADO ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010 ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010 UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS: NÚCLEO SISTÊMICO: TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS TODOS OS NÚCLEOS SISTÊMICOS FINANCEIRO. PROCESSO DE PAGAMENTO. ASSUNTO: CONSÓRCIO. EXIGÊNCIA DE

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. O Prefeito Municipal de Guabiju, no uso de suas atribuições legais, em especial o art. 34, 1º da Lei 8.666/93 e suas posteriores alterações e em virtude da realização

Leia mais

ANEXO I (Redação dada pela Portaria Normativa 22/2014/MEC)

ANEXO I (Redação dada pela Portaria Normativa 22/2014/MEC) ANEXO I (Redação dada pela Portaria Normativa DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS NA CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento) FACULDADE - IES 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO

Leia mais