Outra designação: Santuário dos Remédios

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Outra designação: Santuário dos Remédios"

Transcrição

1 Identificação do Monumento: Santuário da Nossa Senhora dos Remédios Outra designação: Santuário dos Remédios Localização: Santuário de Nossa Senhora dos Remédios Lamego, Lamego, Portugal Data: Igreja: ; escadaria Photograph: Artistas: Arquitectos: António Mendes Coutinho (act. 1750); Domingos Francisco Rente (act. 1750); Augusto Matos Cid (act. 1880); mestres de obras: Manuel Faustino Loureiro (act. 1782), João de Castro Nunes (act ), Manuel Domingues Barreira (act ); desenho da Fonte dos Remédios: Nicolau Nasoni ( ); entalhadores: Frei José de Santo António Ferreira Vilaça (act ) e Luís Manuel da Silva (act. 1766) e Manuel José da Silva (act ). Restantes datas desconhecidas. Tipologia do monumento: Arquitectura religiosa. Santuário de peregrinação Encomendado por: Irmandade de Nossa Senhora dos Remédios. Historial: A devoção a Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego, recua a 1564, quando o Bispo D. Manuel de Noronha ordenou a reconstrução de uma capela do século XIV no local do actual santuário. Em , o arquitecto Nicolau Nasoni desenhou a Fonte dos Remédios para o Pátio dos Reis. Em 1750, António Mendes Coutinho desenhou o Santuário. A escadaria foi desenhada em 1777 e a sua construção arrastouse ao longo de cerca de 200 anos, entre 1781 e Descrição: A enorme escadaria de acesso à Igreja do Santuário, localizado no topo da serra, tem nove patamares e 691 degraus, profusamente decorados com pirâmides e estátuas, nomeadamente o Pátio dos Reis e algumas das fontes. A fachada da igreja, a um nível mais alto, é decorada com pináculos no topo das torres sineiras que, tal como as esculturas que coroam o frontão, conferem equilíbrio e harmonia à estrutura. As janelas frontais são decoradas com molduras e aventais de onde pendem grinaldas. Sob uma pequena abóbada de berço, um nicho guarda a imagem de Nossa Senhora dos Remédios, que coroa a porta, no centro da fachada, decorada com elementos vegetalistas. No interior da Igreja, de nave única e painéis historiados de azulejo azul e branco, existem dois retábulos colaterais em talha dourada, de José António Vilaça, um dedicado a Santa Ana e outro a S. Joaquim. No topo da nave, um arco triunfal abre-se sobre a capela-mor com planta octogonal, coberta por uma cúpula, sob a qual se encontra o altar-mor em talha dourada, também desenhado por Vilaça.

2 View Short Description Localizado no topo de uma colina, em frente a Lamego, o Santuário dos Remédios é composto por uma igreja e uma enorme escadaria, inseridos num parque arbóreo, com grande variedade de espécies ibéricas, mediterrâneas e exóticas. A igreja tem uma planta longitudinal, com uma nave central e uma capela-mor hexagonal, numa posição mais elevada. O interior está decorado com três retábulos de talha dourada e painéis de azulejos. Como foi estabelecida a datação: Pela inscrição no frontão do edifício. Bibliografia seleccionada: Marrana, Cón. J. A., História do Culto de Nossa Senhora dos Remédios em Lamego, Porto, Alves, A., Subsídios para a História do Santuário de Nossa Senhora dos Remédios - O Pátio dos Reis e o Pátio de Jesus Maria e José. Separata da Revista da Beira Alta, Viseu, Borges, N., História da Arte em Portugal, Vol. 9, Lisboa, Alves, N. M. F., De arquitecto a entalhador. Itinerário de um artista nos séculos XVII e XVIII, in Actas do I Congresso Internacional do Barroco, vol. I, Porto, 1991, pp Pinto, L. B., O Santuário de Nossa Senhora dos Remédios em Lamego - contributo para o estudo da sua construção /69, Lamego, Citation: Rui Oliveira LopesSantuário da Nossa Senhora dos Remédios in Discover Islamic Art, Museum With No Frontiers, id=monument;bar;pt;mon11;8;pt Autoria da ficha: Rui Oliveira Lopes Número interno MWNF: PT 08 Altares colaterais Interior Frei José de Santo António Ferreira Vilaça (act ) Os altares colaterais são em talha dourada, e muito parecidos entre si, com tribunas ladeadas por pilastras decoradas com folhas de acanto.

3 Altar-mor Capela-mor Frei José de Santo António Ferreira Vilaça (act ), Luís Manuel da Silva (act. 1766) O altar-mor é decorado em talha dourada no estilo rococó, apresentando várias semelhanças com o que se encontra no Mosteiro de Tibães, se bem que adaptado a um espaço mais exíguo. O trono, sobre cinco degraus, eleva a estrutura e o espaço onde a imagem de Nossa Senhora está sob um baldaquino. Fonte dos Remédios Pátio dos Reis Nicolau Nasoni ( ) O centro do Pátio dos Reis é ocupado por uma fonte, para onde se sobe por seis degraus recortados e em círculo. No meio da fonte, ergue-se um soberbo obelisco com cerca de 14 metros.

4 Fachada do templo Vista obtida a partir do Pátio dos Reis C. 1750; torres: 1848; desenho final da fachada: c. 1880; frontão: c Igreja: António Mendes Coutinho (act. 1750); escadaria: Manuel Faustino Loureiro (act. 1782); torres: Augusto de Matos Cid (act. 1880) A fachada, de estilo rococó dos finais do século XVIII, tem um corpo central, ladeado por duas torres. Os três panos são divididos por pilastras coríntias, ornamentadas por capitéis. É encimada por um magnífico frontão construído posteriormente. As duas torres, desenhadas em 1848, foram construídas já no início do século XX. Na imagem, pode observar-se o topo da escadaria.

5 Escadaria Exterior Desenho: 1777; início da construção: 1781; conclusão: Manuel Faustino Loureiro (act. 1782) Visão global da escadaria, já com os lanços construídos nos anos 60 do século XX, que ligam o Santuário à cidade.

Outra designação: Basílica da Estrela. Data: Encomendado por: Rainha D. Maria I.

Outra designação: Basílica da Estrela. Data: Encomendado por: Rainha D. Maria I. Identificação do Monumento: Basílica do Sagrado Coração de Jesus Outra designação: Basílica da Estrela Localização: Largo da Estrela, 1200-667 Lisboa, Lisboa, Portugal Data: 1779 1790 Photograph: Artistas:

Leia mais

Identificação do Monumento: Casa do Corpo Santo

Identificação do Monumento: Casa do Corpo Santo Identificação do Monumento: Casa do Corpo Santo Outra designação: Casa do Corpo Santo (Museu do Barroco) Localização: Terreiro de Santa Maria, Setúbal, Portugal Data: 1714 (palácio primitivo do século

Leia mais

Outra designação: Casa da Livraria. Data: Tipologia do monumento: Biblioteca, civil

Outra designação: Casa da Livraria. Data: Tipologia do monumento: Biblioteca, civil Identificação do Monumento: Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra Outra designação: Casa da Livraria Localização: Largo da Porta Férrea 3000-447 Coimbra, Coimbra, Portugal Data: 1728 Photograph:

Leia mais

Casa e Igreja da Misericórdia de Vila do Conde

Casa e Igreja da Misericórdia de Vila do Conde VILA DO CONDE QUINHENTISTA Casa e Igreja da Misericórdia de Vila do Conde Descrição Casa do Despacho: A Casa do Despacho e Arquivo situam-se num corpo em L de dois pisos, articulado com o corpo da igreja

Leia mais

Convento de Nossa Senhora do Carmo. IPA Monumento Nº IPA PT010303490087. Designação Convento de Nossa Senhora do Carmo

Convento de Nossa Senhora do Carmo. IPA Monumento Nº IPA PT010303490087. Designação Convento de Nossa Senhora do Carmo Page 1 of 6 Convento de Nossa Senhora do Carmo IPA Monumento Nº IPA PT010303490087 Designação Convento de Nossa Senhora do Carmo Localização Braga, Braga, São Vicente Acesso R. do Carmo, Tv. do Carmo,

Leia mais

Recolhimento de Santa Maria Madalena e São Gonçalo / IPA Monumento Nº IPA PT

Recolhimento de Santa Maria Madalena e São Gonçalo / IPA Monumento Nº IPA PT Page 1 of 5 Recolhimento de Santa Maria Madalena e São Gonçalo / IPA Monumento Nº IPA PT010303510076 Designação Recolhimento de Santa Maria Madalena e São Gonçalo / Localização Braga, Braga, São Vítor

Leia mais

Enquadramento Rural, adossada. Implantada a meia encosta, tendo adossada a N. uma construção, e a S. o cemitério. Insere-se em pequeno adro murado.

Enquadramento Rural, adossada. Implantada a meia encosta, tendo adossada a N. uma construção, e a S. o cemitério. Insere-se em pequeno adro murado. Page 1 of 5 Igreja de São Vicente de Sousa IPA Monumento Nº IPA PT011303260008 Designação Igreja de São Vicente de Sousa Localização Porto, Felgueiras, Sousa Acesso Lug. de Passal Protecção MN, Dec. nº

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque. 8.junho.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque. 8.junho. ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A 10º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque Duração da ficha: 15 minutos. Tolerância: 5 minutos 3 páginas 8.junho.2012 NOME:

Leia mais

Locais a Visitar na Vila de Almodôvar

Locais a Visitar na Vila de Almodôvar Locais a Visitar na Vila de Almodôvar Igreja Matriz de Almodôvar A matriz é o monumento mais visitado do Concelho de Almodôvar e é dedicada a Santo Ildefonso, sendo que D. Dinis doou-a à Ordem de Santiago,

Leia mais

CONVENTO DE SÃO FRANCISCO DE ORGENS

CONVENTO DE SÃO FRANCISCO DE ORGENS CONVENTO DE SÃO FRANCISCO DE ORGENS Fig. 607 Localização e orientação da Igreja de São Francisco de Orgens. Porta para o claustro 1 Capela-mor 2 Capelas colaterais3 Grades dos confessionários Capela lateral

Leia mais

Igreja dos Terceiros. IPA Monumento Nº IPA PT Designação Igreja dos Terceiros. Localização Braga, Braga, São João do Souto

Igreja dos Terceiros. IPA Monumento Nº IPA PT Designação Igreja dos Terceiros. Localização Braga, Braga, São João do Souto Page 1 of 10 Igreja dos Terceiros IPA Monumento Nº IPA PT010303410109 Designação Igreja dos Terceiros Localização Braga, Braga, São João do Souto Acesso Lg. de São Francisco; R. dos Capelistas; R. do Castelo

Leia mais

Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo

Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo Porto Praça Gonçalves Zarco 4100-274 Porto Tel: 22 618 10 67 3ª a Domingo : 13.00 às 18.00 Encerra: 2ª Fª Escolas, reformados e deficientes: gratuito. Restante

Leia mais

CRUZEIROS. referência cartográfica. Património Edificado CÂMARA MUNICIPAL DA MAIA

CRUZEIROS. referência cartográfica. Património Edificado CÂMARA MUNICIPAL DA MAIA CRUZEIROS Z0 CÂMARA MUNICIPAL DA MAIA CRUZEIRO EM SÃO PEDRO DE AVIOSO Z01 FOTO-REFERÊNCIA 95_5 de Quiraz Igreja São Pedro de Avioso Encontra-se num largo em frente a uma casa. Séc.XIX Soco quadrangular

Leia mais

Vista Geral de Tiradentes/MG.

Vista Geral de Tiradentes/MG. Vista Geral de Ladeira do Chafariz. Rua Padre Toledo e Matriz, Tiradentes/ MG. Beco da Rua Direita para Rua Jogo de Bola. Rua da Câmara, Largo do Ó, Passinho do Largo do Ó. Passo ao lado do Fórum. Trilha

Leia mais

Vila Cova de Alva. São Pedro do Sul

Vila Cova de Alva. São Pedro do Sul Pinhel Vila Cova de Alva São Pedro do Sul Fig. 895 Tipologias das fachadas principais, com três variantes, duas com um eixo de vãos, uma rematando em empena e outra em frontão triangular, vazado por óculo,

Leia mais

Circuito Pedonal e Cultural da freguesia de Romãs

Circuito Pedonal e Cultural da freguesia de Romãs Romãs A atual freguesia de Romãs, data do século XVI, em resultado do desmembramento, da grande Paróquia de Santa Maria de Gulfar que formou ainda Decermilo, Vila Longa, Silvã de Baixo e Silva de Cima,

Leia mais

A MÚSICA NA SÉ DE CASTELO BRANCO APONTAMENTO HISTÓRICO E CATÁLOGO DOS FUNDOS MUSICAIS

A MÚSICA NA SÉ DE CASTELO BRANCO APONTAMENTO HISTÓRICO E CATÁLOGO DOS FUNDOS MUSICAIS MARIA LUÍSA FARIA DE SOUSA CERQUEIRA CORREIA CASTILHO A MÚSICA NA SÉ DE CASTELO BRANCO APONTAMENTO HISTÓRICO E CATÁLOGO DOS FUNDOS MUSICAIS FACULDADEDE LETRAS COIMBRA, 1992 ÍNDICE Pag. Nota introdutória........

Leia mais

PROPOSTA DE RESTAURAÇÃO PARA A IGREJA DE SANTO ANTÔNIO EM BELÉM/PA. Aluna: Stephanie Mendes Orientadora: Profa. Dra. Thais Sanjad

PROPOSTA DE RESTAURAÇÃO PARA A IGREJA DE SANTO ANTÔNIO EM BELÉM/PA. Aluna: Stephanie Mendes Orientadora: Profa. Dra. Thais Sanjad PROPOSTA DE RESTAURAÇÃO PARA A IGREJA DE SANTO ANTÔNIO EM BELÉM/PA Aluna: Stephanie Mendes Orientadora: Profa. Dra. Thais Sanjad Século XVIII Brasil disseminação da a arquitetura Barroca Construções Religiosas

Leia mais

Igreja de Santa Eulália do Mosteiro de Arnoso / Igreja de São Salvador. IPA Monumento Nº IPA PT

Igreja de Santa Eulália do Mosteiro de Arnoso / Igreja de São Salvador. IPA Monumento Nº IPA PT Page 1 of 6 Igreja de Santa Eulália do Mosteiro de Arnoso / Igreja de São Salvador IPA Monumento Nº IPA PT010312370002 Designação Igreja de Santa Eulália do Mosteiro de Arnoso / Igreja de São Salvador

Leia mais

ÍNDICE P3 > MAPA P4 > IGREJA DE S. PEDRO P5 > IGREJA DE SÃO FRANCISCO P6 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO E SANTOS PASSOS

ÍNDICE P3 > MAPA P4 > IGREJA DE S. PEDRO P5 > IGREJA DE SÃO FRANCISCO P6 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO E SANTOS PASSOS ÍNDICE P3 > MAPA P4 > IGREJA DE S. PEDRO P5 > IGREJA DE SÃO FRANCISCO P6 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO E SANTOS PASSOS P7 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DA OLIVEIRA P8 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DO

Leia mais

Alguns elementos estruturais e decorativos do retábulo da Sagrada Família da Igreja matriz de Mondim da Beira, Tarouca *

Alguns elementos estruturais e decorativos do retábulo da Sagrada Família da Igreja matriz de Mondim da Beira, Tarouca * CARLA SOFIA FERREIRA QUEIRÓS 503 Revista da Faculdade de Letras CIÊNCIAS E TÉCNICAS DO PATRIMÓNIO Porto 2006-2007 I Série vol. V-VI, pp. 503-508 Alguns elementos estruturais e decorativos do retábulo da

Leia mais

Casa do Mundo Rural de Prados

Casa do Mundo Rural de Prados Casa do Mundo Rural de Prados A Casa do Mundo Rural de Prados, pretende retratar uma época em que a agricultura, associada à pastorícia eram as principais actividades económicas da população, praticando

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho. ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque Duração da ficha: 15 minutos. Tolerância: 5 minutos 3 páginas 8.junho.2012 NOME:

Leia mais

Visita a Samora Correia 2ºF. Ano letivo: 2011/2012 Professora: Susana Mendes

Visita a Samora Correia 2ºF. Ano letivo: 2011/2012 Professora: Susana Mendes Visita a Samora Correia 2ºF Ano letivo: 2011/2012 Professora: Susana Mendes Para vos dar a conhecer a zona histórica da nossa cidade, fomos visitá-la. Para aprender alguma coisa da história de Samora Correia,

Leia mais

Mosteiro de Vila Boa do Bispo. IPA Monumento Nº IPA PT Designação Mosteiro de Vila Boa do Bispo

Mosteiro de Vila Boa do Bispo. IPA Monumento Nº IPA PT Designação Mosteiro de Vila Boa do Bispo Page 1 of 12 Mosteiro de Vila Boa do Bispo IPA Monumento Nº IPA PT011307300016 Designação Mosteiro de Vila Boa do Bispo Localização Porto, Marco de Canaveses, Vila Boa do Bispo Acesso A4 (Porto - Penafiel),

Leia mais

A Arquitetura. As matrizes fazem parte da primeira fase da arquitetura mineira, com construções de adobe

A Arquitetura. As matrizes fazem parte da primeira fase da arquitetura mineira, com construções de adobe A Arquitetura Primeira fase Segunda fase Terceira fase Bibliografia Igreja de São Francisco em Ouro Preto Igreja de São Francisco em São João Del Rey Igreja Nossa Senhora do Carmo em Sabará O surto construtivo

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Arte gótica Renascimento Barroco

HISTÓRIA DA ARTE. Arte gótica Renascimento Barroco HISTÓRIA DA ARTE Arte gótica Renascimento Barroco ARTE GÓTICA O Gótico foi notadamente a expressão artística mais importante do final da Idade Média. Seu auge ocorre na Baixa Idade Média. Sua importância

Leia mais

Vista geral de Ouro Preto com a igreja de N. S. da Conceição de Antônio Dias. Ouro Preto/ MG.

Vista geral de Ouro Preto com a igreja de N. S. da Conceição de Antônio Dias. Ouro Preto/ MG. Vista geral de Ouro Preto com a igreja de N. S. da Conceição de Antônio Dias. Ouro Preto/ MG. Igreja de Santa Efigênia. Ladeira do Vira Saia. Igreja N. S. do Carmo. 1766 1772. Arquiteto Manoel Francisco

Leia mais

IPA Nº IPA Designação Localização Acesso Protecção Enquadramento Descrição

IPA Nº IPA Designação Localização Acesso Protecção Enquadramento Descrição Page 1 of 5 Igreja Paroquial de São Vicente IPA Monumento Nº IPA PT010303490038 Designação Igreja Paroquial de São Vicente Localização Braga, Braga, São Vicente Acesso R. de São Vicente Protecção IIP,

Leia mais

Município de Albufeira

Município de Albufeira Património arquitetónico religioso Município de Albufeira Igreja Matriz de Santa Maria antiga Igreja Matriz de Albufeira Localização: Rua do Cemitério Velho, Albufeira Elementos arquitetónicos e painel

Leia mais

Prof. Hélder Pereira

Prof. Hélder Pereira Prof. Hélder Pereira Pergunta 1 Em que país da Europa surgiu o Renascimento? Itália Portugal França Pergunta 2 Em que séculos este movimento se afirmou? XIII e XIV XV e XVI XVII e XVIII Pergunta 3 Qual

Leia mais

Fig. 1. Aspecto geral do território da freguesia da Luz de Tavira. (foto do autor)

Fig. 1. Aspecto geral do território da freguesia da Luz de Tavira. (foto do autor) Fig. 1. Aspecto geral do território da freguesia da Luz de Tavira. Fig. 2. Aspecto geral do sítio do Brejo. Fig. 3. Representação esquemática do actual território da freguesia da Luz de Tavira, com as

Leia mais

O Barroco Colonial e o Mosteiro de São Bento no Rio de Janeiro

O Barroco Colonial e o Mosteiro de São Bento no Rio de Janeiro O Barroco Colonial e o Mosteiro de São Bento no Rio de Janeiro Roberto Hofmann, São Bento, Rio de Janeiro, 23 de Junho 2002 O Barroco Colonial Principais intenções dos colonizadores portugueses: Tomar

Leia mais

Rio Abaixo. Patrimônio Cultural Bens Tombados e Registrados

Rio Abaixo. Patrimônio Cultural Bens Tombados e Registrados do lo a c n o G o Sa Rio Abaixo Patrimônio Cultural Bens Tombados e Registrados Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante Igreja construída em terreno doado por José de Holanda Braga, em 1733. O retábulo

Leia mais

O retábulo no mundo português: tipologias e modelos compositivos Francisco Lameira FCHS, Universidade do Algarve, CHAIA, Universidade de Évora

O retábulo no mundo português: tipologias e modelos compositivos Francisco Lameira FCHS, Universidade do Algarve, CHAIA, Universidade de Évora O retábulo no mundo português: tipologias e modelos compositivos Francisco Lameira FCHS, Universidade do Algarve, CHAIA, Universidade de Évora Neste breve ensaio debruçamo-nos sobre dois aspectos pouco

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã 2 Habilidades: Reconhecer as manifestações artísticas relacionadas ao período da arte: Roma Antiga e primitiva Cristã. 3 4 5 Todos os caminhos levam à Roma:

Leia mais

O Barroco no Brasil. Capitulo 11

O Barroco no Brasil. Capitulo 11 O Barroco no Brasil Capitulo 11 O Barroco no Brasil se desenvolveu do século XVIII ao início do século XIX, época em que na Europa esse estilo já havia sido abandonado. Um só Brasil, vários Barrocos O

Leia mais

C. C. S. Moçambique Tete - Fingoé 1972 a 1974

C. C. S. Moçambique Tete - Fingoé 1972 a 1974 C. C. S. Batalhão de Caçadores 3885 Companhia de Comandos e Serviços Moçambique Tete - Fingoé 1972 a 1974 Lista de Militares à data do regresso a Lisboa Posto Nome Coronel José da Silva Pinto Ferreira

Leia mais

Fig. 189 Sé de Elvas, fachada lateral poente em 1942, IHRU/DGEMN, Sistema de Informação, Fontes Documentais, Fotografias e Desenhos, Sé de Elvas/Igreja de Nossa Senhora da Assunção, FOTO.0178427, N.º IPA

Leia mais

Name of Monument: Church and Tower of the Clergymen. Also known as: Igreja e Torre dos Clérigos. Date:

Name of Monument: Church and Tower of the Clergymen. Also known as: Igreja e Torre dos Clérigos. Date: Name of Monument: Church and Tower of the Clergymen Also known as: Location: Igreja dos Clérigos Rua S. Filipe Neri 4050-546 Porto, Parish of Porto, Porto, Portugal Date: 1745 1763 Photograph: Artists:

Leia mais

PENA PARQUE E PALÁCIO

PENA PARQUE E PALÁCIO PARQUE E PALÁCIO PENA O Palácio da Pena ergue-se no ponto mais alto da serra de Sintra, de onde se desfruta uma paisagem sublime sobre as colinas circundantes e sobre o Oceano Atlântico. O Palácio foi

Leia mais

INSCRIÇÕES MEDIEVAIS

INSCRIÇÕES MEDIEVAIS B 43709 INSCRIÇÕES MEDIEVAIS NO CASTELO DE OLIVENÇA DEIXADAS POR MÃOS PORTUGUESAS NA TORRE DE MENAGEM DO SÉCULO XIV AUMENTADA PELO "PRÍNCIPE PERFEITO" DOM JOÃO II publicadas por ALFREDO PINHEIRO MARQUES

Leia mais

Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos Mosteiro dos Jerónimos Guia de visita dos 6 aos 12 anos Serviço Educativo do Mosteiro dos Jerónimos/ Torre de Belém Bem-vindo ao Mosteiro dos Jerónimos A tua visita de estudo começa logo no Exterior do

Leia mais

HISTÓRIA das ARTES VISUAIS

HISTÓRIA das ARTES VISUAIS A um 1º período, de reconstrução e reparação (com construções de pedra de pequenas dimensões ligadas por muita argamassa e cobertura em madeira e telha), surge um 2º período de Maturidade com novas propostas:

Leia mais

Os Arquivos da Inquisição

Os Arquivos da Inquisição A/495306 Maria do Carmo Jasmins Dias Farinha Os Arquivos da Inquisição Série IDD's Arquivo Nacional da Torre do Tombo Serviço de Publicações e Divulgação Lisboa -1990 Nota prévia 7 Prefácio Introdução

Leia mais

Livros Recomendados. Apoio a projetos História de Portugal. Autores Títulos Editoras ISBN

Livros Recomendados. Apoio a projetos História de Portugal. Autores Títulos Editoras ISBN AA. VV. (Coord. Maria Fernanda Rollo / Fernando Rosas) História da Primeira República Portuguesa Edições Tinta-da-china 978-989-671-051-4 Abecassis, Maria Isabel Braga A Real Barraca - A residência na

Leia mais

Lista de Manuais Escolares Adotados - 5.º ANO. Ano Letivo 2015/2016

Lista de Manuais Escolares Adotados - 5.º ANO. Ano Letivo 2015/2016 Disciplina Ano ISBN Título Editora Autores Preço Ciências Naturais 5.º Ano 978-972-47-4867-2 Educação Musical 5.º Ano 978-972-47-4729-3 Educação Tecnológica 5.º Ano 978-972-47-4736-1 Educação Visual 5.º

Leia mais

Património e Turismo

Património e Turismo Património e Turismo Locais Visitáveis Monumentos: - Freguesia de Amareleja - IGREJA MATRIZ DE Nª SRª DA CONCEIÇÃO A Igreja Matriz da Amareleja, cuja padroeira é Nª Srª da Conceição, ergue-se nesta notória

Leia mais

CONJUNTOS RELIGIOSOS. referência cartográfica. Património Edificado CÂMARA MUNICIPAL DA MAIA

CONJUNTOS RELIGIOSOS. referência cartográfica. Património Edificado CÂMARA MUNICIPAL DA MAIA CONJUNTOS RELIGIOSOS CJR0 CÂMARA MUNICIPAL DA MAIA IGREJA DE BARCA E CAPELA DE N. SRa. DA STA CRUZ E CAPELAS DO CALVÁRIO CJR1 FOTO-REFERÊNCIA 143, 144 da Igreja, do Calvário, Avenida Sr. da Santa Cruz

Leia mais

Mosteiro da Batalha. Pequeno glossário de termos usados. Página 1 de 16

Mosteiro da Batalha. Pequeno glossário de termos usados. Página 1 de 16 Mosteiro da Batalha Pequeno glossário de termos usados Página 1 de 16 Abóbada Construção arqueada de pedras aparelhadas, destinada a cobrir um espaço entre duas paredes paralelas. A parte exterior da abóbada

Leia mais

TEORIA, HISTÓRIA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO II TH 2

TEORIA, HISTÓRIA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO II TH 2 TEORIA, HISTÓRIA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO II TH 2 Pontificia Universidade Católica de Goiás Escola de Artes e Arquitetura Curso de Arquitetura e Urbanismo Profª. Ana Paula Zimmermann EVOLUÇÃO

Leia mais

Lda. Rua Diogo Bernardes, 10 A/B 2700 238 Amadora Tel: 214945554 Tlm.: 919142208 / 916276611

Lda. Rua Diogo Bernardes, 10 A/B 2700 238 Amadora Tel: 214945554 Tlm.: 919142208 / 916276611 CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Sede REAPTE, LDA. Rua Diogo Bernardes nº 10 A/B 2700-238 Amadora, PORTUGAL Contactos Telm. 919142208 / 916276611 Tel. 214945554 / Fax. 214945554 Correio electrónico

Leia mais

Pautas de chamada. Testes comuns Português (91) 9.º Ano. Sala :25 h

Pautas de chamada. Testes comuns Português (91) 9.º Ano. Sala :25 h Sala 211 26-01 - 2016 14:25 h 1 D Afonso Amorim França 2 E Ana Catarina da Silva Martins 3 C Ana Catarina Maia Silva 4 C Ana Francisca Silva Vidal 5 A Ana Margarida Vilas Boas Alves 6 E Ana Rita Teixeira

Leia mais

Duração do teste: 90 minutos

Duração do teste: 90 minutos Escola Secundária/3 da Rainha Santa Isabel, Estremoz Duração do teste: 90 minutos Ano Letivo 2011/2012 HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES 10º F+H Teste de Avaliação nº 3 7-Fev-2012 Utilize apenas caneta ou

Leia mais

HISTÓRIAS DE CIENTISTAS. Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República Ciência Hoje Jornal de Ciência

HISTÓRIAS DE CIENTISTAS. Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República Ciência Hoje Jornal de Ciência HISTÓRIAS DE CIENTISTAS Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República Ciência Hoje Jornal de Ciência Cientistas da I República ALMEIDA, Manuel Lacerda de (1890-?) e Astronomia Horta

Leia mais

ENGENHARIA BARROCA ICCC1. André Vieira, Alexsandro S. Nunes, Matheus Rafael. Verônica Freitas

ENGENHARIA BARROCA ICCC1. André Vieira, Alexsandro S. Nunes, Matheus Rafael. Verônica Freitas ENGENHARIA BARROCA ICCC1 Verônica Freitas André Vieira, Alexsandro S. Nunes, Matheus Rafael Introdução : No final do século XVI surgiu na Itália uma nova expressão artística, que se contrapunha ao maneirismo

Leia mais

DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DA IGREJA DE SÃO JOSÉ DO GORUTUBA

DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DA IGREJA DE SÃO JOSÉ DO GORUTUBA DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DA IGREJA DE SÃO JOSÉ DO GORUTUBA PORTEIRINHA MG MARÇO DE 2002 INTRODUÇÃO Nesse dossiê foram sistematizadas as as informações históricas, a partir de fontes bibliográficas e orais,

Leia mais

Porta Fora Lisboa aos nossos pés. http://www.museudacidade.pt/coleccoes/gravura/cml_pecas_suporte/mc.gra.1404.jpg

Porta Fora Lisboa aos nossos pés. http://www.museudacidade.pt/coleccoes/gravura/cml_pecas_suporte/mc.gra.1404.jpg Porta Fora Lisboa aos nossos pés http://www.museudacidade.pt/coleccoes/gravura/cml_pecas_suporte/mc.gra.1404.jpg PONTO DE PARTIDA MNHNC 1. Edifício MNHNC Observação dos fósseis existentes nas cantarias

Leia mais

Arquitetura Colonial

Arquitetura Colonial Arquitetura Colonial Introdução l Arquitetura colonial corresponde ao período de 1500 até 1822 l os colonizadores adaptaram as correntes estilísticas da Europa ao Brasil: l condições materiais e sócio-econômicas

Leia mais

DIRECÇÃO-GERAL DOS EDIFÍCIOS E MONUMENTOS NACIONAIS

DIRECÇÃO-GERAL DOS EDIFÍCIOS E MONUMENTOS NACIONAIS DIRECÇÃO-GERAL DOS EDIFÍCIOS Página 1 de 7 Igreja e edifício da Misericórdia de Proença-a-Velha IPA Monumento Nº IPA PT020505110016 Designação Igreja e edifício da Misericórdia de Proença-a-Velha Localização

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2015

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2015 14511846 ALEXANDRA RODRIGUES PAIS Colocada em 5402 9007 14157296 ANA CAROLINA FERREIRA MENDES Colocada em 1103 9223 14508883 ANA RITA BARBOSA DE SOUSA Colocada em 1110 9813 15375156 ANA RITA MADANÇOS VILAÇA

Leia mais

Caminhe ao som da Melodia da Água

Caminhe ao som da Melodia da Água Caminhe ao som da Melodia da Água PERCURSO 3 Caminhe entre Fontes, Chafarizes, Tanques e Lavadouros Percurso: Circular Duração: 2h Distância: 4 km Dificuldade: Baixa Inicie o percurso no Chafariz D. Maria

Leia mais

de São V. 3 LUSÍ U NIVE Faculd Sociais a da Arte Lisboa 2011 Realizado por: ão do Júri: Constituiçã Presidente Orientador r e Vogal: Arguente e Vogal:

de São V. 3 LUSÍ U NIVE Faculd Sociais a da Arte Lisboa 2011 Realizado por: ão do Júri: Constituiçã Presidente Orientador r e Vogal: Arguente e Vogal: U NIVE RSID ADE LUSÍ ADA DE L ISBO A Faculd ade d e Ciências Humanas e Sociais Doutoo rame nto e m Hii stóri a Área Científica de História a da Arte As Ordens Terceiras de São Francisco na Zona da Mata:

Leia mais

A CULTURA DO MOSTEIRO. Alta Idade Média ao Românico

A CULTURA DO MOSTEIRO. Alta Idade Média ao Românico A CULTURA DO MOSTEIRO Alta Idade Média ao Românico O ROMÂNICO: tópicos ENQUADRAMENTO HISTÓRICO A arte românica corresponde ao período medieval da história da Europa desde, sensivelmente, o séc. X/XI até

Leia mais

Agrupamento de Escolas Matilde Rosa Araújo / 2017 LISTAS DE MANUAIS ESCOLARES ADOTADOS 2º e 3º CICLOS

Agrupamento de Escolas Matilde Rosa Araújo / 2017 LISTAS DE MANUAIS ESCOLARES ADOTADOS 2º e 3º CICLOS Agrupamento de Escolas Matilde Rosa Araújo 2016 / 2017 LISTAS DE MANUAIS ESCOLARES ADOTADOS 2º e 3º CICLOS Ciências 5º Ano 978-989-767- Novo CSI 5 Ciências Areal Editores, S.A. Adriana Ramos 30,08 160

Leia mais

Arte Cristã Primitiva. Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1

Arte Cristã Primitiva. Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1 Arte Cristã Primitiva Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1 2 Arte Paleocristã (séc. II séc V) Desenvolveu-se dentro do Império Romano; Perseguidos pelos imperadores;

Leia mais

Locais a visitar no Concelho de Almodôvar

Locais a visitar no Concelho de Almodôvar Locais a visitar no Concelho de Almodôvar Freguesia de Gomes Aires Igreja Paroquial de S. Sebastião Monumento originário do séc. XVI, como documenta a fonte baptismal e o portal lateral, o edifício foi

Leia mais

A Vila. Na vila de Barrancos

A Vila. Na vila de Barrancos Locais a visitar A Vila Na vila de Barrancos podem ainda encontrar-se belos exemplares do típico casario alentejano, de arquitectura popular: casas caiadas de branco, de piso térreo, construídas em taipa,

Leia mais

Barroco Mineiro. Prof. Percival Tirapeli, Instituto de Artes da UNESP

Barroco Mineiro. Prof. Percival Tirapeli, Instituto de Artes da UNESP Barroco Mineiro Prof. Percival Tirapeli, Instituto de Artes da UNESP Mapa da Estrada Real, por onde escoava o ouro encontrado pelos bandeirantes paulistas em 1692. O Caminho Velho iniciava NO Rio de Janeiro

Leia mais

ARTE BARROCA SÉCULO XVII

ARTE BARROCA SÉCULO XVII ARTE BARROCA SÉCULO XVII O Barroco surgiu na Itália, deve-se a uma série de mudanças econômicas, religiosas e sociais ocorridas na época. O grande império cristão começou a fragmentarse. Contra-Reforma

Leia mais

Igreja do Convento de Santa Clara

Igreja do Convento de Santa Clara VILA DO CONDE QUINHENTISTA Igreja do Convento de Santa Clara Descrição Planta de cruz latina composta por nave única e larga, com um transepto de grandes dimensões e uma cabeceira poligonal, tripla, com

Leia mais

Agrupamento de Escolas Padre Vitor Melícias Escola Pe Vítor Melícias Lista de manuais adotados

Agrupamento de Escolas Padre Vitor Melícias Escola Pe Vítor Melícias Lista de manuais adotados Ano letivo 2016/2017 5º Ano 5.º Ano - Ciências Cientic 5 - Ciências 978-972-0-20689-3 Ana Lemos, Cristina Cibrão, José Salsa, Rui Cunha Porto Editora, S.A. 19.02 Física Fair Play - Educação Física 5.º/6.º

Leia mais

Brasil, um itinerário Barroco: Ouro Preto e Bom Jesus de Matosinhos, Patrimônios Culturais da Humanidade, eternizam Aleijadinho

Brasil, um itinerário Barroco: Ouro Preto e Bom Jesus de Matosinhos, Patrimônios Culturais da Humanidade, eternizam Aleijadinho Brasil, um itinerário Barroco: Ouro Preto e Bom Jesus de Matosinhos, Patrimônios Culturais da Humanidade, eternizam Aleijadinho Desenhos de um arquiteto José Maria Plaza Escrivá Mosaicos de uma arquiteta

Leia mais

A arte medieval Estilo românico e estilo gótico

A arte medieval Estilo românico e estilo gótico A arte medieval Estilo românico e estilo gótico Das imagens que aqui se apresentam, quais relacionas com o estilo românico? E com o estilo gótico? A B C Estilo românico A D E Sainte-Chapelle, Paris, séc.

Leia mais

Introdução a Construção Civil I

Introdução a Construção Civil I Introdução a Construção Civil I Professor(a): Verônica Freitas Grupo: Arquitetura Barroca Integrantes: Lucilene Rafael Thaís Introdução: Barroco O barroco se desenvolve após o processo de Reformas Religiosas,

Leia mais

O Melhor de Portugal I - 8 noites/9 dias Pacote Terrestre

O Melhor de Portugal I - 8 noites/9 dias Pacote Terrestre O Melhor de Portugal I - 8 noites/9 dias Pacote Terrestre Pacote Inclui: - Assistência telefônica 24h; - Ônibus turístico; - Guia em Espanhol; - Traslado; - Seguro Assistência; - Café Buffet; - Almoços/Jantares.

Leia mais

igreja IGREJA DE SANTA MARIA DE AIRÃES

igreja IGREJA DE SANTA MARIA DE AIRÃES igreja IGREJA DE SANTA MARIA DE AIRÃES IGREJA DE SANTA MARIA DE AIRÃES 1. A Igreja na Época Medieval 87 A Igreja de Santa Maria, situada no lugar do Mosteiro, freguesia de Santa Maria de Airães, no concelho

Leia mais

CONVENTO DE NOSSA SENHORA DA GLÓRIA E SÃO BENTO DE MONÇÃO

CONVENTO DE NOSSA SENHORA DA GLÓRIA E SÃO BENTO DE MONÇÃO CONVENTO DE NOSSA SENHORA DA GLÓRIA E SÃO BENTO DE MONÇÃO Fig. 207 Planta do Forte de Monção, pormenor do Convento de Nossa Senhora da Glória e São Bento e respectiva cerca no interior. BPP, BRANDÃO, Gonçallo

Leia mais

Arte no Brasil Colonial. Arquitetura e urbanismo. 8º ano

Arte no Brasil Colonial. Arquitetura e urbanismo. 8º ano Arte no Brasil Colonial Arquitetura e urbanismo 8º ano - 2013 A arte no Brasil colonial (1500 a 1808) foi marcada pela forte influência européia. O principal estilo que surge neste período é o BARROCO,

Leia mais

MANUAIS ESCOLARES ADOTADOS PARA 2014/ º CICLO

MANUAIS ESCOLARES ADOTADOS PARA 2014/ º CICLO 2º ANO 1º ANO 1.º CICLO Português Mundo da Carochinha LP 1ºAno Carlos A. Letra Edições Gailivro Pasta Mágica 1 - Angelina Rodrigues, Cláudia Pereira, Isabel Borges e Luísa Azevedo Areal Editores SA Pasta

Leia mais

Igrejas paulistas: barroco e rococó

Igrejas paulistas: barroco e rococó Igrejas paulistas: barroco e rococó Vanessa Proença Título da obra: Igrejas paulistas: barroco e rococó. Autor: Percival Tirapeli 1 Um grande catálogo: é essa a impressão que o livro nos passa. A proposta

Leia mais

A AZULEJARIA BARROCA NOS CONVENTOS DA ORDEM DO CARMO E DA ORDEM DOS CARMELITAS DESCALÇOS EM PORTUGAL

A AZULEJARIA BARROCA NOS CONVENTOS DA ORDEM DO CARMO E DA ORDEM DOS CARMELITAS DESCALÇOS EM PORTUGAL A AZULEJARIA BARROCA NOS CONVENTOS DA ORDEM DO CARMO E DA ORDEM DOS CARMELITAS DESCALÇOS EM PORTUGAL Suzana Andreia do Carmo Carrusca Tese apresentada à Universidade de Évora para obtenção do Grau de Doutor

Leia mais

CASAS RELIGIOSAS DE SETÚBAL E AZEITÃO

CASAS RELIGIOSAS DE SETÚBAL E AZEITÃO LIGA DOS AMIGOS DE SETÚBAL E AZEITÃO CASAS RELIGIOSAS DE SETÚBAL E AZEITÃO COLÓQUIO 26, 27 e 28 de Novembro de 2014 Baluarte de Nossa Senhora da Conceição, Setúbal (Ex- RI 11) Avenida Luísa Todi, Baluarte

Leia mais

COLÉGIO. S. PEDRO da TERCEIRA ORDEM

COLÉGIO. S. PEDRO da TERCEIRA ORDEM ARQUIVO DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA COLÉGIO de S. PEDRO da TERCEIRA ORDEM Ludovina Cartaxo Capelo 2010 1. FUNDO 2. CÓDIGO DE REFERÊNCIA: TÍTULO: PT/AUC/MC/CSPTOCBR Colégio de S. Pedro da Terceira Ordem

Leia mais

Palavra de origem portuguesa que designava uma pérola de forma irregular.

Palavra de origem portuguesa que designava uma pérola de forma irregular. Palavra de origem portuguesa que designava uma pérola de forma irregular. ?... O que terá sido essa história do Barroco?!... O Barroco foi um movimento artístico que se iniciou nos finais do século XVI

Leia mais

CONVENTO DE SANTA MARIA DE MOSTEIRÓ

CONVENTO DE SANTA MARIA DE MOSTEIRÓ CONVENTO DE SANTA MARIA DE MOSTEIRÓ Fig. 269 Localização e orientação do Convento de Santa Maria de Mosteiró. Fig. 270 - Planta do Convento de Santa Maria de Mosteiró, primeiro piso, 1980. IHRU: DGEMN/DREMN,

Leia mais

À descoberta do barroco

À descoberta do barroco À descoberta do barroco SOBRE Foto: José Manuel À descoberta do barroco Percorremos o país de norte a sul, com uma incursão aos arquipélagos da Madeira e Açores, para conhecer os fascinantes ícones que

Leia mais

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico.

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico. CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL 8 de Abril a 1 de Julho (interrupção no dia 10 de Junho que é feriado) 4ª feira, das 18h 30m às 20h 30m 24h, 12 sessões PROGRAMA 1. A Idade Média 1.1.

Leia mais

António Furtado Gráfica Eborense Évora 1969 24,5 x 19 cm 12 p. 4. Lda Lisboa 1949 26 x 19,5 cm 183 p. 10 sua História: Vol. 1

António Furtado Gráfica Eborense Évora 1969 24,5 x 19 cm 12 p. 4. Lda Lisboa 1949 26 x 19,5 cm 183 p. 10 sua História: Vol. 1 A abolição da pena de morte António Furtado 1969 24,5 x 19 cm 12 p. 4 dos Santos A Família Pousão em Elvas (Elementos para a Eurico Gama Minerva Comercial, 24,5 x 19 cm 29 p. 5 Biografia do Pintor Henrique

Leia mais

Mariana [alternativa]

Mariana [alternativa] Mariana [alternativa] Para quem tem um dia a mais, pode planejar outras visitas ou até mesmo combinar com as sugestões do outro roteiro, ou de acordo com os interesses pessoais. No Centro Histórico, pode-se

Leia mais

Aldeia de Açores. Os pontos de Interesse de Açores: Igreja Matriz Monumento de Nossa Senhora de Açor Pelourinho Largo Casas Brasonadas

Aldeia de Açores. Os pontos de Interesse de Açores: Igreja Matriz Monumento de Nossa Senhora de Açor Pelourinho Largo Casas Brasonadas Aldeia de Açores A aldeia dos açores fica a cerca de 10 km de Celorico da Beira. Em tempos foi sede de um Episcopado Visigótico, manteve outrora o estatuto de vila. Durante séculos tem sido local de peregrinação

Leia mais

Colóquio Internacional Arquitectura assistencial luso-brasileira da Idade Moderna à contemporaneidade: espaços, funções e protagonistas

Colóquio Internacional Arquitectura assistencial luso-brasileira da Idade Moderna à contemporaneidade: espaços, funções e protagonistas Colóquio Internacional Arquitectura assistencial luso-brasileira da Idade Moderna à contemporaneidade: espaços, funções e protagonistas 9 DE NOVEMBRO FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DE LISBOA 9h30

Leia mais

Bairros Ferroviários

Bairros Ferroviários O Caminho de Ferro, com a construção de quilómetros e quilómetros de vias, foi o grande empregador da segunda metade do século XIX, dando origem a uma nova classe profissional, o ferroviário. A concentração

Leia mais

Alfama. Avenida da Liberdade. Bairro Alto. Baixa Chiado. Casino de Lisboa. Castelo de São Jorge. Centro Cultural de Belém

Alfama. Avenida da Liberdade. Bairro Alto. Baixa Chiado. Casino de Lisboa. Castelo de São Jorge. Centro Cultural de Belém Alfama É um dos bairros mais antigos de Lisboa. Este é por excelência o bairro das festas populares. Nas Portas de Sol há uma boa oferta de restaurantes e cafés e ainda um bonito Miradouro. O Fado é uma

Leia mais

Fig. 1 - Portal e ajimeces da sala capitular da Colegiada de Nossa Senhora de Guimarães

Fig. 1 - Portal e ajimeces da sala capitular da Colegiada de Nossa Senhora de Guimarães Fig. 1 - Portal e ajimeces da sala capitular da Colegiada de Nossa Senhora de Guimarães Fig. 2 Porta do Paço Episcopal de Coimbra Fig. 3 Porta do Castelo do Alandroal Fig. 4 Abóbada do andar nobre da torre

Leia mais

Agrupamento de Escolas Febo Moniz - 171293 Escola Sede Escola Básica 2º e 3º Ciclos Febo Moniz. Arquitectura. Paço Real

Agrupamento de Escolas Febo Moniz - 171293 Escola Sede Escola Básica 2º e 3º Ciclos Febo Moniz. Arquitectura. Paço Real Arquitectura Paço Real Deste paço nada resta hoje que nos fale do passado faustoso da corte em Almeirim, considerada a Sintra de Inverno. O seu fogão de sala em mármore, obra de Miguel Ângelo e oferta

Leia mais

Paula Bessa Departamento de História, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho Investigadora do CITCEM PINTURA MURAL NA ROTA DO ROMÂNICO

Paula Bessa Departamento de História, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho Investigadora do CITCEM PINTURA MURAL NA ROTA DO ROMÂNICO Paula Bessa Departamento de História, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho Investigadora do CITCEM PINTURA MURAL NA ROTA DO ROMÂNICO 1º CONGRESSO INTERNACIONAL DA ROTA DO ROMÂNICO Setembro

Leia mais

10. Património Arquitetónico nelas plano diretor municipal

10. Património Arquitetónico nelas plano diretor municipal 10. Património Arquitetónico nelas plano diretor municipal setembro 2013 câmara municipal de nelas lugar do plano, gestão do território e cultura Í n d i c e Índice... 2 A. Introdução... 3 B. Património

Leia mais

PATRIMÓNIO Freguesias do Concelho

PATRIMÓNIO Freguesias do Concelho PATRIMÓNIO Freguesias do Concelho PEDRÓGÃO DO ALENTEJO Da origem desta povoação nada se sabe, podendo o seu topónimo estar relacionado com as enormes pedras que se encontravam nas ruas anteriormente às

Leia mais

Anexo V Tribunais Judiciais de Comarca

Anexo V Tribunais Judiciais de Comarca Anexo V Tribunais Judiciais de Comarca Tribunal (Círculo / Distrito) Arquitecto projectista Data de conclusão ou de inauguração Tipo de cobertura Abrantes (Abrantes / Évora) Arq. António Madeira Portugal

Leia mais