Data: (interior) Tipologia do monumento: Arquitectura religiosa

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Data: (interior) Tipologia do monumento: Arquitectura religiosa"

Transcrição

1 Identificação do Monumento: Igreja da Misericórdia de Viana do Castelo Localização: Praça da República Viana do Castelo, Viana do Castelo, Portugal Data: (interior) Photograph: João Paulo Artistas: Mestre de obras: Manuel Pinto de Vila Lobos (n.d. 1734); entalhador: Ambrósio Coelho; pintores de azulejo: António de Oliveira Bernardes, Policarpo de Oliveira Bernardes; pinturas do tecto estilo brutesco: Manuel Gomes de Andrade; organeiro: Frei Manuel Lourenço da Conceição, cujas datas são desconhecidas. Tipologia do monumento: Arquitectura religiosa Encomendado por: Irmandade da Misericórdia de Viana do Castelo. Historial: A Misericórdia de Viana foi criada em 1523, no seguimento de um pedido da Câmara ao Rei. A sua sede e a capela foram construídas na praça aberta, junto às muralhas (hoje Praça da República). Em 1557, estava em ruínas, tendo o provedor João Jácome Luna apresentado um desenho notável para um novo edifício, com influências das loggias italianas. Como em 1714 a capela original estava em muito mau estado, foi decidida a construção de uma nova, condizente com a dignidade do edifício entretanto construído. O seu risco foi encomendado ao engenheiro militar Manuel Pinto de Vila Lobos, que o projectou em 1716, tendo as obras terminado em 1722, decorridos apenas oito anos. O conjunto Igreja e Hospital foi considerado Monumento Nacional por decreto de 16 de Junho de Descrição: A originalidade deste edifício deve-se ao seu carácter laico, uma vez que a capela, embora anexa, era independente, funcionando nele o hospital e a gestão da Santa Casa. A simplicidade exterior da igreja contrasta com a exuberância do seu interior que, apesar da planta simples, de nave única, o converte num pequeno feérico museu de ornamentação barroca. As paredes são revestidas de painéis de azulejos, apresentando, junto ao altar-mor, cenas da vida de Jesus e de Maria e, no corpo da Igreja, as catorze obras de Misericórdia, enquanto no painel do arco central, uma magnífica imagem da Nossa Senhora da Misericórdia como que protege toda a assembleia com o seu manto aberto. Tanto o retábulo mor como os altares, da autoria de Ambrósio Coelho, são de talha dourada, num barroco nacional com um efeito de simetria, sem repetição. Os altares são coroados por sanefas rococó. O tecto em abóbada foi pintado ao brutesco por Manuel Gomes, com medalhões que representam a Santíssima Trindade, a Assunção de Nossa Senhora e a Fuga para o Egipto. No coro alto, existe um órgão ibérico, composto por dois corpos simétricos.

2 View Short Description A simplicidade exterior da igreja contrasta com a exuberância do seu interior que, apesar de ter uma planta simples, de nave única, é um magnífico exemplo de uma obra de arte totalmente barroca. O altar-mor e as paredes da nave são revestidos de painéis de azulejos, assinados por Policarpo de Oliveira Bernardes, magnificamente combinados com as pinturas em brutesco do tecto e os retábulos de talha dourada. Como foi estabelecida a datação: O arquivo da Misericórdia está tratado e depositado no Arquivo Distrital de Viana do Castelo e foi a base do estudo. Bibliografia seleccionada: Azevedo, C. de, Baroque Organ Cases of Portugal, Amsterdam, Araújo, J. R. de, A Igreja da Santa Casa da Misericórdia de Viana do Castelo, 2ª edição, Viana, Ferreira-Alves, N. M., A escola de talha portuense e a sua influência no Norte de Portugal Artistas e clientela, materiais e técnicas, Lisboa, Meco, J., O Azulejo em Portugal, Lisboa, Botelho, J. A., "A representação das Obras da Misericórdia nos Azulejos da Igreja da Santa Casa da Misericórdia de Viana do Castelo" in Pereira, M. O. A., et al. (coord.), 1º Encontro das Misericórdias do Alto Minho, Viana do Castelo, Serrão, V., O Barroco, Lisboa, Direitos de autor (designação completa): Direitos de autor fotografias "Casa da Misericordia Viana do Castelo": Santa Casa da Misericórdia de Viana do Castelo. Citation: João Alpuim BotelhoIgreja da Misericórdia de Viana do Castelo in Discover Islamic Art, Museum With No Frontiers,2017 id=monument;bar;pt;mon11;3;pt Autoria da ficha: João Alpuim Botelho Número interno MWNF: PT 03 Altar de estilo barroco nacional Capela-mor Ambrósio Coelho [n.d.] Altar-mor da Igreja, de talha barroca, em estilo nacional.

3 Tecto em abóbada pintado ao brutesco Tecto 1721 Manuel Gomes de Andrade, nascido em Guimarães, [n.d.] Tecto em abóbada, pintado ao brutesco com medalhões sobre o coro alto, que representam a Santíssima Trindade, a Assunção de Nossa Senhora e a Fuga para o Egipto. Painéis de azulejos com cenas da vida da Virgem e de Jesus Capela-mor Policarpo de Oliveira Bernardes [n.d.] As paredes da capela-mor são totalmente revestidas de painéis de azulejos, representando cenas da vida de Jesus e de Nossa Senhora, assinados por Policarpo de Oliveira Bernardes.

4 Revestimento azulejar do corpo da Igreja representando as catorze Obras de Misericórdia Nave da Igreja Atribuído a António e Policarpo Oliveira Bernardes [n.d.] O corpo da Igreja é totalmente revestido por painéis de azulejos representando as catorze Obras de Misericórdia, ilustradas por passagens bíblicas. Do lado do Evangelho, as obras espirituais e, do lado da Epístola, as corporais. No painel do arco central, uma imagem de Nossa Senhora da Misericórdia que, com o seu manto aberto, como que protege toda a assembleia.

5 Órgão Ibérico do Coro Alto Coro Alto 1721 Órgão: Frei Manuel Lourenço da Conceição [n.d.]; caixas do órgão: Manuel Pinto de Vila Lobos (n.d. 1634) No coro alto, está colocado um órgão, composto por dois corpos simétricos: o do lado do Evangelho alberga apenas os foles, estando o verdadeiro instrumento do lado da Epístola. O seu autor foi o padre Lourenço da Conceição, do Porto, em 1721, usando peças de um anterior, sendo o desenho das caixas de Manuel de Vila Lobos.

Vista geral de Ouro Preto com a igreja de N. S. da Conceição de Antônio Dias. Ouro Preto/ MG.

Vista geral de Ouro Preto com a igreja de N. S. da Conceição de Antônio Dias. Ouro Preto/ MG. Vista geral de Ouro Preto com a igreja de N. S. da Conceição de Antônio Dias. Ouro Preto/ MG. Igreja de Santa Efigênia. Ladeira do Vira Saia. Igreja N. S. do Carmo. 1766 1772. Arquiteto Manoel Francisco

Leia mais

A AZULEJARIA BARROCA NOS CONVENTOS DA ORDEM DO CARMO E DA ORDEM DOS CARMELITAS DESCALÇOS EM PORTUGAL

A AZULEJARIA BARROCA NOS CONVENTOS DA ORDEM DO CARMO E DA ORDEM DOS CARMELITAS DESCALÇOS EM PORTUGAL A AZULEJARIA BARROCA NOS CONVENTOS DA ORDEM DO CARMO E DA ORDEM DOS CARMELITAS DESCALÇOS EM PORTUGAL Suzana Andreia do Carmo Carrusca Tese apresentada à Universidade de Évora para obtenção do Grau de Doutor

Leia mais

Locais a Visitar na Vila de Almodôvar

Locais a Visitar na Vila de Almodôvar Locais a Visitar na Vila de Almodôvar Igreja Matriz de Almodôvar A matriz é o monumento mais visitado do Concelho de Almodôvar e é dedicada a Santo Ildefonso, sendo que D. Dinis doou-a à Ordem de Santiago,

Leia mais

Barroco Mineiro. Prof. Percival Tirapeli, Instituto de Artes da UNESP

Barroco Mineiro. Prof. Percival Tirapeli, Instituto de Artes da UNESP Barroco Mineiro Prof. Percival Tirapeli, Instituto de Artes da UNESP Mapa da Estrada Real, por onde escoava o ouro encontrado pelos bandeirantes paulistas em 1692. O Caminho Velho iniciava NO Rio de Janeiro

Leia mais

ÍNDICE P3 > MAPA P4 > IGREJA DE S. PEDRO P5 > IGREJA DE SÃO FRANCISCO P6 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO E SANTOS PASSOS

ÍNDICE P3 > MAPA P4 > IGREJA DE S. PEDRO P5 > IGREJA DE SÃO FRANCISCO P6 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO E SANTOS PASSOS ÍNDICE P3 > MAPA P4 > IGREJA DE S. PEDRO P5 > IGREJA DE SÃO FRANCISCO P6 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO E SANTOS PASSOS P7 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DA OLIVEIRA P8 > IGREJA DE NOSSA SENHORA DO

Leia mais

COMPOSIÇÃO II CASA DE BLAS ALBERTO CAMPO BAEZA. Trabalho I realizado por: Jorge Manuel Monteiro Sequeira

COMPOSIÇÃO II CASA DE BLAS ALBERTO CAMPO BAEZA. Trabalho I realizado por: Jorge Manuel Monteiro Sequeira COMPOSIÇÃO II CASA DE BLAS ALBERTO CAMPO BAEZA Trabalho I realizado por: Jorge Manuel Monteiro Sequeira LOCALIZAÇÃO - Sevilha La Nueva Madrid ARQUITECTURA Alberto Campo Baeza COLABORAÇÃO Raul del Valle

Leia mais

António Furtado Gráfica Eborense Évora 1969 24,5 x 19 cm 12 p. 4. Lda Lisboa 1949 26 x 19,5 cm 183 p. 10 sua História: Vol. 1

António Furtado Gráfica Eborense Évora 1969 24,5 x 19 cm 12 p. 4. Lda Lisboa 1949 26 x 19,5 cm 183 p. 10 sua História: Vol. 1 A abolição da pena de morte António Furtado 1969 24,5 x 19 cm 12 p. 4 dos Santos A Família Pousão em Elvas (Elementos para a Eurico Gama Minerva Comercial, 24,5 x 19 cm 29 p. 5 Biografia do Pintor Henrique

Leia mais

PASSAGENS BÍBLICAS. O julgamento de Salomão Mar Vermelho

PASSAGENS BÍBLICAS. O julgamento de Salomão Mar Vermelho PASSAGENS BÍBLICAS O julgamento de Salomão Mar Vermelho ESPAÇO CATÓLICO Os espaços católicos têm diferentes denominações e cada uma tem significado próprio e um sentido para os fiéis. O mais comum é a

Leia mais

RENASCIMENTO ITALIANO

RENASCIMENTO ITALIANO ARTES / 2º ANO PROF.MÍLTON COELHO RENASCIMENTO ITALIANO Contexto histórico O termo significa reviver os ideais greco-romanos; na verdade o Renascimento foi mais amplo, pois aumentou a herança recebida

Leia mais

A Tradição Islâmica I Século XVI

A Tradição Islâmica I Século XVI A Tradição Islâmica I Século XVI As primeiras utilizações conhecidas do azulejo em Portugal, como revestimento monumental das paredes, foram realizadas com azulejos hispanomouriscos, importados de Sevilha

Leia mais

PARCEIROS NACIONAIS DO PROJECTO ASPIRE

PARCEIROS NACIONAIS DO PROJECTO ASPIRE PARCEIROS NACIONAIS DO PROJECTO ASPIRE Conselho Português para os Refugiados (CPR) O CPR, associação de solidariedade social e organização não governamental para o desenvolvimento (ONGD), foi constituído

Leia mais

Igreja da Misericórdia de Mangualde

Igreja da Misericórdia de Mangualde Igreja da Misericórdia de Mangualde Fig. 126 - Esquema da planta da igreja da Misericórdia de Mangualde, com a indicação da representação das obras de misericórdia 116 1. A fundação da Misericórdia de

Leia mais

Agrupamento de Escolas Febo Moniz - 171293 Escola Sede Escola Básica 2º e 3º Ciclos Febo Moniz. Arquitectura. Paço Real

Agrupamento de Escolas Febo Moniz - 171293 Escola Sede Escola Básica 2º e 3º Ciclos Febo Moniz. Arquitectura. Paço Real Arquitectura Paço Real Deste paço nada resta hoje que nos fale do passado faustoso da corte em Almeirim, considerada a Sintra de Inverno. O seu fogão de sala em mármore, obra de Miguel Ângelo e oferta

Leia mais

Igrejas paulistas: barroco e rococó

Igrejas paulistas: barroco e rococó Igrejas paulistas: barroco e rococó Vanessa Proença Título da obra: Igrejas paulistas: barroco e rococó. Autor: Percival Tirapeli 1 Um grande catálogo: é essa a impressão que o livro nos passa. A proposta

Leia mais

RESOLUÇÃO SES/MG Nº 4.083, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013.

RESOLUÇÃO SES/MG Nº 4.083, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013. RESOLUÇÃO SES/MG Nº 4.083, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013. Altera a Resolução SES nº 2.946, de 21 de Setembro de 2011, que dispõe sobre as normas gerais do incentivo financeiro complementar de custeio das equipes

Leia mais

Índice das imagens. Antiga igreja da Misericórdia de Estremoz 8. Igreja da Misericórdia de Évora

Índice das imagens. Antiga igreja da Misericórdia de Estremoz 8. Igreja da Misericórdia de Évora Índice das imagens Antiga igreja da Misericórdia de Estremoz 8 Fig. 1 - Esquema da planta da antiga igreja da Misericórdia de Estremoz, com a indicação da representação das obras de misericórdia... 9 Fig.

Leia mais

Convento de Nossa Senhora do Carmo. IPA Monumento Nº IPA PT010303490087. Designação Convento de Nossa Senhora do Carmo

Convento de Nossa Senhora do Carmo. IPA Monumento Nº IPA PT010303490087. Designação Convento de Nossa Senhora do Carmo Page 1 of 6 Convento de Nossa Senhora do Carmo IPA Monumento Nº IPA PT010303490087 Designação Convento de Nossa Senhora do Carmo Localização Braga, Braga, São Vicente Acesso R. do Carmo, Tv. do Carmo,

Leia mais

O Barroco no Brasil. Capitulo 11

O Barroco no Brasil. Capitulo 11 O Barroco no Brasil Capitulo 11 O Barroco no Brasil se desenvolveu do século XVIII ao início do século XIX, época em que na Europa esse estilo já havia sido abandonado. Um só Brasil, vários Barrocos O

Leia mais

A partir da década de 70 do século XVII e durante quase cinquenta anos, importaram-se dos Países Baixos conjuntos monumentais de azulejos.

A partir da década de 70 do século XVII e durante quase cinquenta anos, importaram-se dos Países Baixos conjuntos monumentais de azulejos. As importações da Holanda I O Azul e Branco A partir da década de 70 do século XVII e durante quase cinquenta anos, importaram-se dos Países Baixos conjuntos monumentais de azulejos. Concebidos por pintores

Leia mais

Índice das imagens Fig. 1 - Saltério da rainha Melisenda, c. 1131-1144 Fig. 2 - Benedetto Antelami, Porta ocidental do Baptistério de Parma

Índice das imagens Fig. 1 - Saltério da rainha Melisenda, c. 1131-1144 Fig. 2 - Benedetto Antelami, Porta ocidental do Baptistério de Parma Índice das imagens Fig. 1 - Saltério da rainha Melisenda, c. 1131-1144 (imagem retirada de Geoffrey BARRACLOUGH, coord., The Christian World A Social and Cultural History of Christianity, 1981, p. 125)

Leia mais

POSTO TERRITORIAL DA G.N.R. RESENDE

POSTO TERRITORIAL DA G.N.R. RESENDE D.G.I.E.- DIRECÇÃO GERAL DE INFRA-ESTRUTURAS E EQUIPAMENTOS POSTO TERRITORIAL DA G.N.R. RESENDE VOLUME 1 - ARQUITECTURA MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA PROJECTO DE EXECUÇÃO DOCUMENTO Nº : 30165 PE AR

Leia mais

Estação de Aveiro. 1 http://www.trainlogistic.com

Estação de Aveiro. 1 http://www.trainlogistic.com Estação de Aveiro 1 http://www.trainlogistic.com A Estação Ferroviária de Aveiro, também conhecida como Estação de Aveiro, é uma interface ferroviária da Linha do Norte, que serve a localidade de Aveiro,

Leia mais

IPA Nº IPA Designação Localização Acesso Protecção Enquadramento Descrição

IPA Nº IPA Designação Localização Acesso Protecção Enquadramento Descrição Page 1 of 5 Igreja Paroquial de São Vicente IPA Monumento Nº IPA PT010303490038 Designação Igreja Paroquial de São Vicente Localização Braga, Braga, São Vicente Acesso R. de São Vicente Protecção IIP,

Leia mais

A Vila. Na vila de Barrancos

A Vila. Na vila de Barrancos Locais a visitar A Vila Na vila de Barrancos podem ainda encontrar-se belos exemplares do típico casario alentejano, de arquitectura popular: casas caiadas de branco, de piso térreo, construídas em taipa,

Leia mais

Filosofia dos Gregos

Filosofia dos Gregos ARQUITETURA GREGA Parte de nossa cultura e valores artísticos vem dos gregos. Vemos a arquitetura grega sob uma perspectiva especial e consequências que resultaram dos gregos. O projetista medita sobre

Leia mais

Casa do Mundo Rural de Prados

Casa do Mundo Rural de Prados Casa do Mundo Rural de Prados A Casa do Mundo Rural de Prados, pretende retratar uma época em que a agricultura, associada à pastorícia eram as principais actividades económicas da população, praticando

Leia mais

Às 19h30 Procissão comunidade Nossa Senhora Aparecida Interdição parcial: Rua Brás Antônio Falco, Rua Humberto Berzoine, Avenida Santa Luzia.

Às 19h30 Procissão comunidade Nossa Senhora Aparecida Interdição parcial: Rua Brás Antônio Falco, Rua Humberto Berzoine, Avenida Santa Luzia. PARÓQUIA DE SÃO MATEUS Às 19h30 Procissão com a Imagem de Nossa Senhora das Dores Interdição parcial: Rua Imaculada Conceição, Rua João Manata, Rua Araguari, Rua Cruzador Bahia, Rua Monsenhor Gustavo Freire

Leia mais

CASAS RELIGIOSAS DE SETÚBAL E AZEITÃO

CASAS RELIGIOSAS DE SETÚBAL E AZEITÃO LIGA DOS AMIGOS DE SETÚBAL E AZEITÃO CASAS RELIGIOSAS DE SETÚBAL E AZEITÃO COLÓQUIO 26, 27 e 28 de Novembro de 2014 Baluarte de Nossa Senhora da Conceição, Setúbal (Ex- RI 11) Avenida Luísa Todi, Baluarte

Leia mais

https://www.portaldaempresa.pt/registoonline/services/certidaopermanente/consult...

https://www.portaldaempresa.pt/registoonline/services/certidaopermanente/consult... Page 1 of 6 Acesso à Certidão Permanente Certidão Permanente de Registos Voltar Sair Certidão Permanente Código de acesso: 8745-6681-3612 A entrega deste código a qualquer entidade pública ou privada dispensa

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR PREÂMBULO A Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro, diploma que estabelece, entre outros, o regime jurídico das autarquias locais, veio atribuir, no

Leia mais

40 Anos da Independência de Cabo Verde- O Olhar da Diáspora

40 Anos da Independência de Cabo Verde- O Olhar da Diáspora 40 Anos da Independência de Cabo Verde- O Olhar da Diáspora Na grande marcha da nossa história, um novo capítulo vai começar, vamos recheá-lo de vitórias pelo nosso esforço e sacrifício, no combate aos

Leia mais

APARÊNCIA E CONTEXTO DO UNIFORME DA ENFERMAGEM DESCRIÇÃO DE UM CENÁRIO HISTÓRICO

APARÊNCIA E CONTEXTO DO UNIFORME DA ENFERMAGEM DESCRIÇÃO DE UM CENÁRIO HISTÓRICO Código do trabalho 28 APARÊNCIA E CONTEXTO DO UNIFORME DA ENFERMAGEM DESCRIÇÃO DE UM CENÁRIO HISTÓRICO Sandra Valéria Martins Pereira 1 Fernando Gualberto Martins Pereira 2 Glaucy Lopes Sakai Passos 3

Leia mais

CONVENTO DE SANTA MARIA DE MOSTEIRÓ

CONVENTO DE SANTA MARIA DE MOSTEIRÓ CONVENTO DE SANTA MARIA DE MOSTEIRÓ Fig. 269 Localização e orientação do Convento de Santa Maria de Mosteiró. Fig. 270 - Planta do Convento de Santa Maria de Mosteiró, primeiro piso, 1980. IHRU: DGEMN/DREMN,

Leia mais

CMY. Calçada de SantʼAna, 180 1169-062 Lisboa tel. 210 027 000 fax: 210 027 027 e-mail: inatel@inatel.pt www.inatel.pt

CMY. Calçada de SantʼAna, 180 1169-062 Lisboa tel. 210 027 000 fax: 210 027 027 e-mail: inatel@inatel.pt www.inatel.pt horizontal.ai 29-09-2009 23:03:35 C M Y CM MY CY CMY K Calçada de SantʼAna, 180 1169-062 Lisboa tel. 210 027 000 fax: 210 027 027 e-mail: inatel@inatel.pt www.inatel.pt REJUVENESCER REINVENTAR Sinto-me

Leia mais

Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos Mosteiro dos Jerónimos Guia de visita dos 6 aos 12 anos Serviço Educativo do Mosteiro dos Jerónimos/ Torre de Belém Bem-vindo ao Mosteiro dos Jerónimos A tua visita de estudo começa logo no Exterior do

Leia mais

PEDDY PAPER. carta de prova. à descoberta do centro histórico de Beja. centro histórico. facebook.com/camaramunicipaldebeja

PEDDY PAPER. carta de prova. à descoberta do centro histórico de Beja. centro histórico. facebook.com/camaramunicipaldebeja PEDDY PAPER à descoberta do centro histórico de Beja carta de prova PEDDY PAPER centro histórico www.cm-beja.pt facebook.com/camaramunicipaldebeja Esta aventura tem como ponto de partida o Núcleo Museológico

Leia mais

Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina

Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina Simpósio Nacional : Bicentenário da Restauração da Companhia de Jesus (1814-2014) Parte II Prof. Dr. Percival Tirapeli Instituto

Leia mais

PINTURAS DE TREZENTOS ANOS DESCOBERTAS NAS PARIETAIS DA CAPELA-MOR DA IGREJA MATRIZ DE CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO

PINTURAS DE TREZENTOS ANOS DESCOBERTAS NAS PARIETAIS DA CAPELA-MOR DA IGREJA MATRIZ DE CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO PINTURAS DE TREZENTOS ANOS DESCOBERTAS NAS PARIETAIS DA CAPELA-MOR DA IGREJA MATRIZ DE CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO SENRA, Dulce Azeredo (1); DIAS, Tereza (2); GODOY, Sandra (3) 1 - dulce.azeredo@gmail.com

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------------------------- GOVERNA DA CIDADE DE MAPUTO DIRECÇÃO DE TURISMO DA CIDADE. As 10 Maravilhas da Cidade de Maputo

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------------------------- GOVERNA DA CIDADE DE MAPUTO DIRECÇÃO DE TURISMO DA CIDADE. As 10 Maravilhas da Cidade de Maputo REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------------------------- GOVERNA DA CIDADE DE MAPUTO DIRECÇÃO DE TURISMO DA CIDADE As 10 Maravilhas da Cidade de Maputo Igreja de Santo António da Polana A Igreja de Santo António

Leia mais

DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DA IGREJA DE SÃO JOSÉ DO GORUTUBA

DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DA IGREJA DE SÃO JOSÉ DO GORUTUBA DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DA IGREJA DE SÃO JOSÉ DO GORUTUBA PORTEIRINHA MG MARÇO DE 2002 INTRODUÇÃO Nesse dossiê foram sistematizadas as as informações históricas, a partir de fontes bibliográficas e orais,

Leia mais

As vossas propostas devem ser-nos remetidas, por fax ou correio eletrónico, até às 24h do dia 5 de junho de 2015.

As vossas propostas devem ser-nos remetidas, por fax ou correio eletrónico, até às 24h do dia 5 de junho de 2015. Porto, 1 de junho de 2015 Assunto: Consulta para ajuste direto para serviços de Deslocações e Alojamento do promotor e dos representantes das empresas participantes na ação de prospeção a Marrocos de 13

Leia mais

assunto descricao data

assunto descricao data assunto descricao data SEGUNDA-FEIRA da semana I Missa da féria, pf, I do Advento, Toma-se o Leccionário ferial (Advento IV), L 1 Is 4, 2-6; Sal 121 (122),1-2,3-4ab,4cd-5,6-7,8-9 Ev Mt 8, 5-11 * Na Diocese

Leia mais

Universidade Brasileira de. TEOLOGIA Conteúdo do Curso de Capelania Civil

Universidade Brasileira de. TEOLOGIA Conteúdo do Curso de Capelania Civil Conteúdo do Curso de Capelania Civil Capelania: (s.f.) Cargo, Dignidade ou Benefício de Capelão. Capelão: (s.m.) 1 Pastor ou Padre encarregado de ofício na Capela 2 Responsável pela assistência espiritual

Leia mais

proposta quaresmal para a Paróquia do Candal

proposta quaresmal para a Paróquia do Candal proposta quaresmal para a Paróquia do Candal Conhecer para viver, HOJE, as Obras de Misericórdia «As obras de misericórdia são acções caridosas em ajuda do próximo, nas suas necessidades corporais e espirituais.

Leia mais

CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE GEOTECNIA CONGRESSO NACIONAL DE GEOTECNIA BOLETIM Nº 1. www.geo2008.uc.pt DE 7 A 11 DE ABRIL 2008 COIMBRA, PORTUGAL

CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE GEOTECNIA CONGRESSO NACIONAL DE GEOTECNIA BOLETIM Nº 1. www.geo2008.uc.pt DE 7 A 11 DE ABRIL 2008 COIMBRA, PORTUGAL BOLETIM Nº 1 Departamento de Engenharia Civil Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra CONGRESSO NACIONAL DE GEOTECNIA CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE GEOTECNIA DE 7 A 11 DE ABRIL 2008

Leia mais

A linguagem como representação

A linguagem como representação Letras Profª. Drª Andréa da Silva Pereira Fundamentos da linguística estrutural: A linguagem como representação A linguagem como representação Objetivos da aula: 1. Apresentar algumas noções da teoria

Leia mais

A pintura do azulejo em Portugal [1675-1725]. Autorias e biografias - um novo paradigma

A pintura do azulejo em Portugal [1675-1725]. Autorias e biografias - um novo paradigma UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA A pintura do azulejo em Portugal [1675-1725]. Autorias e biografias - um novo paradigma Anexo A Maria do Rosário Salema Cordeiro Correia

Leia mais

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É?

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Escola de Maria: Escola da Fé FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Formação Litúrgica: Liturgia: conceito O que é Liturgia? Termo de origem grega. ERGON (OBRA, AÇÃO, EMPREENDIMEN TO) (PÚBLICO) LEITON

Leia mais

TOUR FÁTIMA 13 DE OUTUBRO PEREGRINAÇÃO FÁTIMA PORTUGAL. Partidas dos locais de origem 09 de Outubro de 2015

TOUR FÁTIMA 13 DE OUTUBRO PEREGRINAÇÃO FÁTIMA PORTUGAL. Partidas dos locais de origem 09 de Outubro de 2015 TOUR FÁTIMA 13 DE OUTUBRO PEREGRINAÇÃO FÁTIMA PORTUGAL Partidas dos locais de origem 09 de Outubro de 2015 Partidas para os locais de origem 16 de Outubro de 2015 ITINERÁRIO PROGRAMA 8 DIAS DESTAQUE PORTUGAL

Leia mais

www.autoresespiritasclassicos.com

www.autoresespiritasclassicos.com www.autoresespiritasclassicos.com A Importância da Bíblia para a Doutrina Espírita Astrid Sayegh Filósofa, é Diretora de Cursos Básicos da Federação Espírita do Estado de São Paulo A Humanidade já foi

Leia mais

Roteiros Turísticos. [arte colonial]

Roteiros Turísticos. [arte colonial] Roteiros Turísticos [arte colonial] Ouro Preto [Arte Colonial] A Praça Tiradentes é o ponto central da cidade, como se fosse um divisor. A partir dela, podem-se programar as visitas. Como Ouro Preto possui

Leia mais

Alguns elementos estruturais e decorativos do retábulo da Sagrada Família da Igreja matriz de Mondim da Beira, Tarouca *

Alguns elementos estruturais e decorativos do retábulo da Sagrada Família da Igreja matriz de Mondim da Beira, Tarouca * CARLA SOFIA FERREIRA QUEIRÓS 503 Revista da Faculdade de Letras CIÊNCIAS E TÉCNICAS DO PATRIMÓNIO Porto 2006-2007 I Série vol. V-VI, pp. 503-508 Alguns elementos estruturais e decorativos do retábulo da

Leia mais

DESENHO TÉCNICO. Solda - Representações

DESENHO TÉCNICO. Solda - Representações Acadêmicos: Beatriz Goulart Daniel Olska Eduardo Pipino Joana Caroline Larissa Nascimento Mario Roberto Dutra Pereira DESENHO TÉCNICO Solda - Representações SOLDAGEM Def. 1: A soldagem é usada para unir

Leia mais

Portugal. Norte de Portugal. Porto

Portugal. Norte de Portugal. Porto Portugal Com mais de oito séculos de história, Portugal tem um património cultural único que se insere numa impressionante diversidade de paisagens. Aqui, encontramos um território rico e variado, concentrado

Leia mais

Prefácio. 2. As lições são programadas para pessoas que cumpram os seguintes requisitos:

Prefácio. 2. As lições são programadas para pessoas que cumpram os seguintes requisitos: Prefácio 1. Este curso foi preparado pelo Seminário por Extensão às Nações (SEAN). Para que se obtenha o máximo benefício de um seminário por extensão, é recomendável estudar sob a direção de um orientador,

Leia mais

Palácios, Fortificações, Casas, Conjuntos urbanos, Pontes, Estações Ferroviárias, etc.

Palácios, Fortificações, Casas, Conjuntos urbanos, Pontes, Estações Ferroviárias, etc. PATRIMÔNIO EDIFICADO Patrimônio Histórico Edificado são todos os bens herdados d de gerações passadas, cujos valores advêm da importância histórica. São construções em pedra e cal e outras técnicas construtivas

Leia mais

Santa Casa da Misericórdia da Vila do Crato

Santa Casa da Misericórdia da Vila do Crato Regulamento 1. Intenção do concurso Design de um símbolo e/ou logótipo, de um cartaz e de um flyer de divulgação das comemorações dos 495 anos de existência da Instituição,. 2. Destinatários O presente

Leia mais

BARROCO BRASILEIRO séc. XVIII - XIX

BARROCO BRASILEIRO séc. XVIII - XIX Campus São Cristóvão II Coordenador pedagógico de disciplina: Shannon Botelho 8º ano. TURMA: NOME: nº BARROCO BRASILEIRO séc. XVIII - XIX O barroco brasileiro desenvolve-se principalmente em Minas Gerais,

Leia mais

Publicações Municipais

Publicações Municipais Publicações Municipais Caderno da Cultura N.º 1 - Memória Histórico-Topográfica das Caldas do Gerês DIAS, José dos Santos- Caderno da Cultura N.º 1 - Memória Histórico-Topográfica das Caldas do Gerês.

Leia mais

Mosteiro de São Bento da Vitória Dossier de Apresentação

Mosteiro de São Bento da Vitória Dossier de Apresentação Mosteiro de São Bento da Vitória Dossier de Apresentação Índice I II III Nota histórica Informação sobre o espaço Descrição Planta Capacidade Equipamento disponível Outras informações úteis Localização

Leia mais

Lda. Rua Diogo Bernardes, 10 A/B 2700 238 Amadora Tel: 214945554 Tlm.: 919142208 / 916276611

Lda. Rua Diogo Bernardes, 10 A/B 2700 238 Amadora Tel: 214945554 Tlm.: 919142208 / 916276611 CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Sede REAPTE, LDA. Rua Diogo Bernardes nº 10 A/B 2700-238 Amadora, PORTUGAL Contactos Telm. 919142208 / 916276611 Tel. 214945554 / Fax. 214945554 Correio electrónico

Leia mais

Jose Maria da Silva Um mestre entalhador de Braga na Comarca do Rio das Mortes

Jose Maria da Silva Um mestre entalhador de Braga na Comarca do Rio das Mortes PROJETO COMPARTILHAR Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira www.projetocompartilhar.org Como centenas de reinóis, José Maria da Silva, português de Braga, veio para o Brasil na segunda metade

Leia mais

Património cultural Museus. http://www.cmpedrogaogrande.pt/index.php?option=com_content&view=a. rticle&id=132&itemid=123. rticle&id=132&itemid=123

Património cultural Museus. http://www.cmpedrogaogrande.pt/index.php?option=com_content&view=a. rticle&id=132&itemid=123. rticle&id=132&itemid=123 Atelier Túllio Victorino Sertã / Cernache do Bonjardim CASA MUSEU COMENDADOR MANUEL NUNES CORRÊA MUSEU PEDRO CRUZ MUSEU DE ARTE SACRA (Misericórdia) Museu Arqueologia Mação Centro Geodésico de Portugal

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E PROGRAMAS

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E PROGRAMAS 4. a EDIÇÃO 1 O CICLO ENSINO BASICO ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E PROGRAMAS EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA EVANGÉLICA PROGRAMA DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO À DESCOBERTA DE UM MUNDO DIFERENTE OBJECTIVOS GERAIS:

Leia mais

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT)

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) A FMT-Escola oferece este Curso para aqueles que tem um chamado para a obra de missões, mas que também queiram servir na igreja local. O CURSO A) CURSO

Leia mais

Paula Bessa Departamento de História, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho Investigadora do CITCEM PINTURA MURAL NA ROTA DO ROMÂNICO

Paula Bessa Departamento de História, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho Investigadora do CITCEM PINTURA MURAL NA ROTA DO ROMÂNICO Paula Bessa Departamento de História, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho Investigadora do CITCEM PINTURA MURAL NA ROTA DO ROMÂNICO 1º CONGRESSO INTERNACIONAL DA ROTA DO ROMÂNICO Setembro

Leia mais

de São V. 3 LUSÍ U NIVE Faculd Sociais a da Arte Lisboa 2011 Realizado por: ão do Júri: Constituiçã Presidente Orientador r e Vogal: Arguente e Vogal:

de São V. 3 LUSÍ U NIVE Faculd Sociais a da Arte Lisboa 2011 Realizado por: ão do Júri: Constituiçã Presidente Orientador r e Vogal: Arguente e Vogal: U NIVE RSID ADE LUSÍ ADA DE L ISBO A Faculd ade d e Ciências Humanas e Sociais Doutoo rame nto e m Hii stóri a Área Científica de História a da Arte As Ordens Terceiras de São Francisco na Zona da Mata:

Leia mais

SOBRE A IGREJA DE SÃO FRANCISCO/CONVENTO DE SANTO ANTONIO JOÃO PESSOA - PB

SOBRE A IGREJA DE SÃO FRANCISCO/CONVENTO DE SANTO ANTONIO JOÃO PESSOA - PB SOBRE A IGREJA DE SÃO FRANCISCO/CONVENTO DE SANTO ANTONIO JOÃO PESSOA - PB O conjunto arquitetônico da Igreja de São Francisco/ Convento de Santo Antônio é formado pelo Adro, Igreja, Convento e Cruzeiro,

Leia mais

Ficha de Caraterização dos Troços Concelhios do Caminho Português Interior de Santiago

Ficha de Caraterização dos Troços Concelhios do Caminho Português Interior de Santiago Ficha de Caraterização dos Troços Concelhios do Caminho Português Interior de Santiago 1. CARATERIZAÇÃO GERAL Município Freguesias atravessadas do troço concelhio (paisagens atravessadas, enquadramento

Leia mais

Assunto: Consulta Prévia para Prestação de Serviços de Consultoria-formativa e formação no âmbito do Programa CONVITE. Exmos. Senhores.

Assunto: Consulta Prévia para Prestação de Serviços de Consultoria-formativa e formação no âmbito do Programa CONVITE. Exmos. Senhores. Associação Portuguesa de Comerciantes de Materiais de Construção Assunto: Consulta Prévia para Prestação de Serviços de Consultoria-formativa e formação no âmbito do Programa Formação PME - Norte e Centro

Leia mais

Um Passeio pela Cidade

Um Passeio pela Cidade Um Passeio pela Cidade Possuidora de um rico património histórico, Beja convida todos os que a visitam a calcorrear calmamente as suas ruas. Não hesite em aceitar este convite e descubra tudo o que esta

Leia mais

A Influência Do Cinema No Videoclipe: Uma Análise A Partir do Videoclipe De Janie s Got A Gun

A Influência Do Cinema No Videoclipe: Uma Análise A Partir do Videoclipe De Janie s Got A Gun A Influência Do Cinema No Videoclipe: Uma Análise A Partir do Videoclipe De Janie s Got A Gun Autoria: Luana Vitorino Sampaio Passos Resumo Este trabalho busca comprovar, não só a existência, mas como

Leia mais

Assunto. 1 Ata nº 14/2015, da reunião de câmara de 2015/06/17 Aprovação

Assunto. 1 Ata nº 14/2015, da reunião de câmara de 2015/06/17 Aprovação ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL Melros, Freguesia de Alverca do e Sobralinho, pelas 9h30, do dia 2015/07/15 1 Ata nº 14/2015, da reunião de câmara de 2015/06/17 Pág. 1 2 Parque Linear Ribeirinho - Sistema de iluminação

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 30 DE JANEIRO SEDE DA PREFEITURA

Leia mais

ACORDO ENTRE O REINO DA BÉLGICA E A REPÚBLICA PORTUGUESA SOBRE A SEGURANÇA SOCIAL DOS EMPREGADOS DO CONGO E DO RUANDA-URUNDI.

ACORDO ENTRE O REINO DA BÉLGICA E A REPÚBLICA PORTUGUESA SOBRE A SEGURANÇA SOCIAL DOS EMPREGADOS DO CONGO E DO RUANDA-URUNDI. Decreto-Lei n.º 46279 Acordo entre Portugal e a Bélgica sobre a segurança social dos empregados do Congo e do Ruanda-Urundi, assinado em Bruxelas a 13 de Janeiro de 1965 Usando da faculdade conferida pela

Leia mais

A REAL FÁBRICA DO RATO (1767 1834)

A REAL FÁBRICA DO RATO (1767 1834) A REAL FÁBRICA DO RATO (1767 1834) Tomás Brunetto. Sebastião de Almeida ( filho do conhecido pintor Valentim de Almeida). João Anastácio Botelho de Almeida. Alexandre António Vandelli. Palácio Pombal,

Leia mais

Índice. 1 O Nascimento do Porto...30

Índice. 1 O Nascimento do Porto...30 Índice Parte I O Porto da Penaventosa...15 1 Introdução...16 2 O Portuense...18 3 A Cidade e as suas Mensagens...22 4 As Armas da Cidade...23 5 O Solo e os Recursos Hídricos do Porto...24 Capítulo I Da

Leia mais

11814909 de 09.01.2001, emitido pelo Arquivo de Identificação de Lisboa

11814909 de 09.01.2001, emitido pelo Arquivo de Identificação de Lisboa MODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL NOME MORADA CORREIO ELECTRÓNICO TELEMÓVEL 917 485 660 NACIONALIDADE BILHETE DE IDENTIDADE Mariana Alexandra Carneiro Azevedo Rua Poeta Cesário Verde,

Leia mais

Arte e Arquitetura Sacra

Arte e Arquitetura Sacra Arte e Arquitetura Sacra A história da Festa do Divino, considerada uma das festas de caráter popular mais antigas do Brasil, tem a sua origem nas festas religiosas da Europa, mais especificamente na tradição

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS - SEJUDH EDITAL SEC/SADH/SEJUDH Nº. 004/2016

SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS - SEJUDH EDITAL SEC/SADH/SEJUDH Nº. 004/2016 SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS - SEJUDH EDITAL SEC/SADH/SEJUDH Nº. 004/2016 EDITAL DE ELEIÇÃO DOS MEMBROS DA SOCIEDADE CIVIL DO CONSELHO ESTADUAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA PESSOA COM

Leia mais

IVA - REGIME ESPECIAL DE ISENÇÃO PREVISTO NO ARTIGO 53.º DO CÓDIGO DO IVA

IVA - REGIME ESPECIAL DE ISENÇÃO PREVISTO NO ARTIGO 53.º DO CÓDIGO DO IVA Classificação: 020.01.10 Seg.: P úbli ca Proc.: 2012 004921 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO IVA Of.Circulado N.º: 30138/2012 2012-12-27 Entrada Geral: N.º Identificação Fiscal (NIF): 770 004 407 Sua Ref.ª: Técnico:

Leia mais

Património e Turismo

Património e Turismo Património e Turismo Locais Visitáveis: - Cidade de Moura - CASTELO DE MOURA O castelo de Moura encontra-se implantado na zona mais alta da Cidade, em posição inter-fluvial. Edificado sobre um grande povoado

Leia mais

Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo

Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo Prefeitura do Município de São Paulo Secretaria Municipal de Cultura Departamento do Patrimônio Histórico Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São

Leia mais

VI FESTIVAL DE XADREZ DE GAIA. Academia de Xadrez de Gaia - Organização de Actividades (em parceria) A decorrer em Vila Nova de Gaia

VI FESTIVAL DE XADREZ DE GAIA. Academia de Xadrez de Gaia - Organização de Actividades (em parceria) A decorrer em Vila Nova de Gaia VI FESTIVAL DE XADREZ DE GAIA Academia de Xadrez de Gaia - Organização de Actividades (em parceria) A decorrer em Vila Nova de Gaia IX PROFIGAIA OPEN de 18 a 26 de Julho (GaiaHotel ****) 3º TORNEIO INTERNACIONAL

Leia mais

Clero oriundo de Bemposta no tempo

Clero oriundo de Bemposta no tempo Clero oriundo de Bemposta no tempo José Pereira(www.bemposta.net) É de lembrar que famílias de Bemposta, desde há muito tempo, têm contribuído com os seus filhos para engrossar o clero. Muitos deles têm

Leia mais

Mapa de Vagas para ingresso em área de especialização - Concurso IM 2015

Mapa de Vagas para ingresso em área de especialização - Concurso IM 2015 23.11.2015 Mapa de Vagas para ingresso em área de especialização - Concurso IM 2015 Anatomia Patológica Centro Hospitalar de São João, EPE 2 Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil,

Leia mais

PROVEDORES. 2011/14 Honorina Maria Pereira Silvestre 2008/11 Honorina Maria Pereira Silvestre 2005/08 Honorina Maria Pereira Silvestre

PROVEDORES. 2011/14 Honorina Maria Pereira Silvestre 2008/11 Honorina Maria Pereira Silvestre 2005/08 Honorina Maria Pereira Silvestre PROVEDORES 2011/14 Honorina Maria Pereira Silvestre 2008/11 Honorina Maria Pereira Silvestre 2005/08 Honorina Maria Pereira Silvestre 2002/05 António José Nunes Moutinho 1999/2002 Jerónimo José Jesuíno

Leia mais

O barroco O caso Francês e o barroco no mundo

O barroco O caso Francês e o barroco no mundo O barroco O caso Francês e o barroco no mundo O caso Francês Em França, as concepções renascentistas permaneceram até mais tarde, pois houve uma grande resistência ao Barroco por parte das academias. Quando

Leia mais

DIRECÇÃO-GERAL DOS EDIFÍCIOS E MONUMENTOS NACIONAIS

DIRECÇÃO-GERAL DOS EDIFÍCIOS E MONUMENTOS NACIONAIS DIRECÇÃO-GERAL DOS EDIFÍCIOS Página 1 de 7 Igreja e edifício da Misericórdia de Proença-a-Velha IPA Monumento Nº IPA PT020505110016 Designação Igreja e edifício da Misericórdia de Proença-a-Velha Localização

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 1822006 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR HISTÓRIA E PATRIMÓNIO CULTURAL HISTORY AND CULTURAL HERITAGE 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica:

Leia mais

Município de Albufeira

Município de Albufeira Património arquitetónico religioso Município de Albufeira Igreja Matriz de Santa Maria antiga Igreja Matriz de Albufeira Localização: Rua do Cemitério Velho, Albufeira Elementos arquitetónicos e painel

Leia mais

EDITAL Nº 16, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2013

EDITAL Nº 16, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE PESQUISA

Leia mais

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar ACTIVIDADES 2014-2015 Público Escolar de Actividades 2014-2015 Actividades de Ano Lectivo de actividades desenvolvidas de acordo com os objectivos preconizados nos programas escolares em vigor para cada

Leia mais

Decreto Regulamentar n. º 10/2009, de 29 de Maio

Decreto Regulamentar n. º 10/2009, de 29 de Maio Decreto Regulamentar n. º 10/2009, de 29 de Maio 1 Decreto Regulamentar n.º 10/2009, de 29 de Maio Fixa a cartografia a utilizar nos instrumentos de gestão territorial, bem como na representação de quaisquer

Leia mais

Elas: mulheres artistas no acervo do MAB

Elas: mulheres artistas no acervo do MAB CARTA DO SETOR EDUCATIVO MAB/FAAP ÀS ESCOLAS Exposição Elas: mulheres artistas no acervo do MAB Ação Educativa entre 23 de abril e 26 de junho de 2016 Alice Brill, Sem título, 1983. Acrílica sobre tela

Leia mais

OS FOTÓGRAFOS DA COMPANHIA AGRÍCOLA E COMERCIAL DOS VINHOS DO PORTO (AAF, SA.)

OS FOTÓGRAFOS DA COMPANHIA AGRÍCOLA E COMERCIAL DOS VINHOS DO PORTO (AAF, SA.) OS FOTÓGRAFOS DA COMPANHIA AGRÍCOLA E COMERCIAL DOS VINHOS DO PORTO (AAF, SA.) Paula Montes Leal e Carlos Jorge Barreira Arquivo Histórico da A. A. Ferreira No seguimento da comunicação apresentada ao

Leia mais

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico.

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico. CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL 8 de Abril a 1 de Julho (interrupção no dia 10 de Junho que é feriado) 4ª feira, das 18h 30m às 20h 30m 24h, 12 sessões PROGRAMA 1. A Idade Média 1.1.

Leia mais

Anúncio de adjudicação de contrato

Anúncio de adjudicação de contrato 1/ 18 ENOTICES_icmartins 27/10/2011- ID:2011-149873 Formulário-tipo 3 - PT União Europeia Publicação no suplemento do Jornal Oficial da União Europeia 2, rue Mercier, L-2985 Luxembourg Fax (352) 29 29-42670

Leia mais

NUNCIO. 2. 0 referido im6vel esta em via de classificac;ao, de acordo com o n. 0 5 do artigo 25. 0 da Lei n. 0 107/2001, e 8 de setembro.

NUNCIO. 2. 0 referido im6vel esta em via de classificac;ao, de acordo com o n. 0 5 do artigo 25. 0 da Lei n. 0 107/2001, e 8 de setembro. Recebido: MPL-2 0131030Tl24233-22 I 754-130276105530468750 GOVERNO DE DE ESTAOO P PORTUGAL d~ 0Jr~fk)-Gt. n l do PatrinlOnio Cl1lcuroJ SECRETARJO OACUllURA NUNCIO Abertura de novo procedimento de classificaoao

Leia mais

SISTEMA DE NUMERAÇÃO NA FORMAÇÃO DO ALUNO UTILIZANDO MATERIAL CONCRETO

SISTEMA DE NUMERAÇÃO NA FORMAÇÃO DO ALUNO UTILIZANDO MATERIAL CONCRETO 1 SISTEMA DE NUMERAÇÃO NA FORMAÇÃO DO ALUNO UTILIZANDO MATERIAL CONCRETO Ariana Oliveira Gomes - ariana_emanuelle@hotmail.com-uesb Christiano Santos Lima Dias - khristiano_dias@hotmail.com-uesb Evaneila

Leia mais