LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A"

Transcrição

1 LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A Orações do Domingo IV do Tempo Comum (Missal Romano, p. 398); Prefácio dos Domingos do Tempo Comum IV (Missal Romano, p. 479); Oração Eucarística III (Missal Romano, p. 529ss); Bênção solene para o Tempo Comum V (Missal Romano, p. 562); CONTEMPLAR A ALEGRIA DO EVANGELHO - Começou a ensiná-los dizendo: «Bem-aventurados ELEMENTOS CELEBRATIVOS A DESTACAR Durante a proclamação do Evangelho, poder-se-á acender 8 velas mais pequenas (colocadas junto do Círio), uma por cada bem-aventurança; ZELADORAS Oito velas na frente do altar, juntamente com o círio pascal. ITINERÁRIO SIMBÓLICO - Atitude mariana: Louvor ACOLHIMENTO ATO PENITENCIAL GLÓRIA ORAÇÃO COLETA Concedei, Senhor nosso Deus, que Vos adoremos de todo o coração e amemos todos os homens com sincera caridade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. CREDO ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO Fortalecidos pelo sacramento da nossa redenção, nós Vos suplicamos, Senhor, que, por este auxílio de salvação eterna, cresça sempre no mundo a verdadeira fé. Por Nosso Senhor. 1

2 LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A ORAÇÃO UNIVERSAL [Sacerdote] Irmãs e irmãos: num só coração e numa só alma, peçamos ao Senhor o espírito das Bem-aventuranças para todas as pessoas de boa vontade, cantando com alegria: Ouvi-nos Senhor! 1. Para que o nosso Arcebispo Jorge e seus bispos auxiliares, os presbíteros e os diáconos vivam com alegria a mensagem libertadora das bem-aventuranças e ensinem aos cristãos o caminho da vida, oremos. 2. Para que os responsáveis pelo governo das nações se inspirem nos valores do Evangelho e defendam os direitos dos mais pobres, oremos. 3. Para que os refugiados, que anseiam pela igualdade e estão prontos a sofrer por ela, vejam realizadas as esperanças que os animam, oremos. 4. Para que todos os discípulos de Cristo se ponham ao lado dos que são perseguidos, por defenderem os valores do Evangelho, nomeadamente as vítimas de guerras e atentados, oremos. 5. Para que aprendamos em comunidade a viver em atitude de ação de graças e de louvor, tendo a consciência de que a alegria é característica da nossa identidade cristã, oremos. [Sacerdote] Senhor, fonte de alegria, escutai as orações da vossa Igreja e fazeinos acolher o que nada vale aos olhos do mundo, para permanecermos fiéis ao espírito das Bem-aventuranças. Por Cristo Senhor nosso. 2

3 LEITURA I Sof 2, 3; 3, Leitura da Profecia de Sofonias Procurai o Senhor, vós todos os humildes da terra, que obedeceis aos seus mandamentos. Procurai a justiça, procurai a humildade; talvez encontreis protecção no dia da ira do Senhor. Só deixarei ficar no meio de ti um povo pobre e humilde, que buscará refúgio no nome do Senhor. O resto de Israel não voltará a cometer injustiças, não tornará a dizer mentiras, nem mais se encontrará na sua boca uma língua enganadora. Por isso, terão pastagem e repouso, sem ninguém que os perturbe. Palavra do Senhor. Cuidados na proclamação da Palavra: Proclamar com segurança e com alegria, num tom interpelativo. SALMO RESPONSORIAL Salmo 145 (146) Refrão: Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o reino dos Céus O Senhor faz justiça aos oprimidos, dá pão aos que têm fome e a liberdade aos cativos. Refrão O Senhor ilumina os olhos dos cegos, o Senhor levanta os abatidos, o Senhor ama os justos. Refrão O Senhor protege os peregrinos, ampara o órfão e a viúva e entrava o caminho aos pecadores. Refrão O Senhor reina eternamente. O teu Deus, ó Sião, é Rei por todas as gerações. Refrão LEITURA II 1 Cor 1, Leitura da Primeira Epístola do apóstolo S. Paulo aos Coríntios Irmãos: Vede quem sois vós, os que Deus chamou: não há muitos sábios, naturalmente falando, nem muitos influentes, nem muitos bem-nascidos. Mas Deus escolheu o que é louco aos olhos do mundo para confundir os sábios; escolheu o que é fraco, para confundir o forte; escolheu o que é vil e desprezível, o que nada vale aos olhos do mundo, para reduzir a nada aquilo que vale, a fim de que nenhuma criatura se possa gloriar diante de Deus. É por Ele que vós estais em Cristo Jesus, o qual Se tornou para nós sabedoria de Deus, justiça, santidade e redenção. Deste modo, conforme está escrito, «quem se gloria deve gloriar-se no Senhor». Palavra do Senhor. 3

4 Cuidados na proclamação da Palavra: Continuamos a escutar a Primeira Carta aos Coríntios. Ter presente que se trata de uma leitura a fazer num tom coloquial, dando destaque à última frase, lendo-a, pausadamente, mas com convicção. EVANGELHO Mt 4, Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus Quando Jesus ouviu dizer que João Baptista fora preso, retirou-se para a Galileia. Deixou Nazaré e foi habitar em Cafarnaum, terra à beira-mar, no território de Zabulão e Neftali. Assim se cumpria o que o profeta Isaías anunciara, ao dizer: «Terra de Zabulão e terra de Neftali, estrada do mar, além do Jordão, Galileia dos gentios: o povo que vivia nas trevas viu uma grande luz; para aqueles que habitavam na sombria região da morte, uma luz se levantou». Desde então, Jesus começou a pregar: «Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos Céus». Caminhando ao longo do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André, que lançavam as redes ao mar, pois eram pescadores. Disse-lhes Jesus: «Vinde e segui-me e farei de vós pescadores de homens». Eles deixaram logo as redes e seguiram-n O. Um pouco mais adiante, viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João, que estavam no barco, na companhia de seu pai Zebedeu, a consertar as redes. Jesus chamou-os e eles, deixando o barco e o pai, seguiram-n O. Depois começou a percorrer toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, proclamando o Evangelho do reino e curando todas as doenças e enfermidades entre o povo. Palavra da salvação. 4

5 ORAÇÃO UNIVERSAL [Sacerdote] Irmãs e irmãos: num só coração e numa só alma, peçamos ao Senhor o espírito das Bemaventuranças para todas as pessoas de boa vontade, cantando com alegria: Ouvi-nos Senhor! 1. Para que o nosso Arcebispo Jorge e seus bispos auxiliares, os presbíteros e os diáconos vivam com alegria a mensagem libertadora das bem-aventuranças e ensinem aos cristãos o caminho da vida, oremos. 2. Para que os responsáveis pelo governo das nações se inspirem nos valores do Evangelho e defendam os direitos dos mais pobres, oremos. 3. Para que os refugiados, que anseiam pela igualdade e estão prontos a sofrer por ela, vejam realizadas as esperanças que os animam, oremos. 4. Para que todos os discípulos de Cristo se ponham ao lado dos que são perseguidos, por defenderem os valores do Evangelho, nomeadamente as vítimas de guerras e atentados, oremos. 5. Para que aprendamos em comunidade a viver em atitude de ação de graças e de louvor, tendo a consciência de que a alegria é característica da nossa identidade cristã, oremos. [Sacerdote] Senhor, fonte de alegria, escutai as orações da vossa Igreja e fazei-nos acolher o que nada vale aos olhos do mundo, para permanecermos fiéis ao espírito das Bem-aventuranças. Por Cristo Senhor nosso. 5

LITURGIA DOMINICAL III DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

LITURGIA DOMINICAL III DOMINGO TEMPO COMUM ANO A LITURGIA DOMINICAL III DOMINGO TEMPO COMUM ANO A INDICAÇÕES PRÁTICAS: Orações próprias do domingo III do Tempo Comum (Missal Romano, p. 397). Oração Eucarística V/D (Missal Romano, p. 1175). Bênção sobre

Leia mais

DOMINGO IV DO TEMPO COMUM- ANO A

DOMINGO IV DO TEMPO COMUM- ANO A BEM-AVENTURADOS OS POBRES EM ESPÍRITO DOMINGO IV DO TEMPO COMUM- ANO A Paroquia de S. Joao Baptista de Vila do Conde Eucaristia dinamizada pelo 7º ano de catequese 1. Admonição de entrada (os catequizados

Leia mais

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum-26.1.2014 Vinde comigo! - Quem irá anunciar a toda a gente a Boa Nova da ternura de Deus? - Quem irá falar de Jesus Cristo vivo a quem busca razões para viver? - Quem

Leia mais

LITURGIA DOMINICAL VII DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

LITURGIA DOMINICAL VII DOMINGO TEMPO COMUM ANO A LITURGIA DOMINICAL VII DOMINGO TEMPO COMUM ANO A Orações próprias do VII Domingo do Tempo comum (Missal Romano, p. 401); Prefácio dos Domingos do Tempo Comum VIII (Missal Romano, p. 483); Oração Eucarística

Leia mais

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis.

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Sede felizes! Combatei a miséria e reparti do que é vosso com os outros. Sede pacientes, tolerantes, dialogantes, humildes. Tende esperança no meio da escuridão, aguardando a aurora. Conservai essa vossa

Leia mais

LITURGIA DOMINICAL VI DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

LITURGIA DOMINICAL VI DOMINGO TEMPO COMUM ANO A LITURGIA DOMINICAL VI DOMINGO TEMPO COMUM ANO A Orações próprias do VI Domingo do Tempo comum (Missal Romano, p. 400) Oração Eucarística V/D com Prefácio próprio (Missal Romano, p. 1175ss) CONTEMPLAR A

Leia mais

Domingo IV do Tempo Comum Ano A. Bem-aventurados. ados...

Domingo IV do Tempo Comum Ano A. Bem-aventurados. ados... Domingo IV do Tempo Comum Ano A Bem-aventurados ados... 57 58 4.º Domingo do Tempo Comum (O Projecto do Reino: Bem-aventuranças) 1.ª Leit. Sof 2, 3; 3, 12-13; Salmo Sal 145, 7. 8-9a. 9bc-10; 2.ª Leit.

Leia mais

Relação entre: Natal Luz

Relação entre: Natal Luz Relação entre: Natal Luz Relação entre: Natal Luz Na Sabedoria Bíblica: Escuridão Ausência de Deus e consequente caos e confusão Relação entre: Natal Luz Na Sabedoria Bíblica: Luz Presença de Deus e consequente

Leia mais

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 10º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial: Filho de Deus 1. Somos

Leia mais

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA)

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) Hoje encontramo-nos aqui reunidos para celebrar a Festa das Bem-Aventuranças. Bem Aventurado quer dizer FELIZ e buscar a vontade de Deus é ser Bem-Aventurado. Eis que Jesus, ao

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças)

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) Admonitor 1- Jovem da Maria da Luz Admonitor 2- Jovem da Jovem Bússola- Jovem da Mónica/Fátima ADMONIÇÃO INICIAL

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

Bem-aventurados os pobres!

Bem-aventurados os pobres! 4º DOMINGO DO TEMPO COMUM - 29 de janeiro de 2017 Bem-aventurados os pobres! Leituras: Sofonias 2, 3; 3,12-13; Salmo 145 (146), 7.8-9a.9bc-10; Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1, 26-31; Mateus

Leia mais

Missa no Dia de Páscoa

Missa no Dia de Páscoa Missa no Dia de Páscoa LEITURA I Actos 10, 34a.37-43 «Comemos e bebemos com Ele, depois de ter ressuscitado dos mortos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro tomou a palavra e disse: «Vós

Leia mais

FOI MORAR EM CAFARNAUM, PARA SE CUMPRIR O QUE FOI DITO PELO PROFETA ISAÍAS - Comentário de Pe. Alberto Maggi OSM ao Evangelho.

FOI MORAR EM CAFARNAUM, PARA SE CUMPRIR O QUE FOI DITO PELO PROFETA ISAÍAS - Comentário de Pe. Alberto Maggi OSM ao Evangelho. III DOMINGO do TEMPO comum 26 de janeiro de 2014 FOI MORAR EM CAFARNAUM, PARA SE CUMPRIR O QUE FOI DITO PELO PROFETA ISAÍAS - Comentário de Pe. Alberto Maggi OSM ao Evangelho. Mt 4,12-23 12 Ao saber que

Leia mais

Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum Sede felizes!

Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum Sede felizes! Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum-2.2.2014 Sede felizes! Combatei a miséria e reparti do que é vosso com os outros. Sede pacientes, tolerantes, dialogantes, humildes. Tende esperança no meio da escuridão,

Leia mais

Leitura do Livro do Êxodo

Leitura do Livro do Êxodo 339 DOMINGO XXX LEITURA I Ex 22, 20-26 Leitura do Livro do Êxodo «Se fizerdes algum mal à viúva e ao órfão, inflamar-se-á a minha ira contra vós» Eis o que diz o Senhor: «Não prejudicarás o estrangeiro,

Leia mais

Paróquia de Barco, 10 Fevereiro de º Ano de Catequese

Paróquia de Barco, 10 Fevereiro de º Ano de Catequese Celebração das Bem-Aventuranças Paróquia de Barco, 10 Fevereiro de 2013 7º Ano de Catequese Entrada Solene Cântico de entrada Senhor, quero cantar a manhã e o sol, Escuta o meu louvor por mais um dia.

Leia mais

D - Senhor, que nos mandastes perdoar mutuamente A antes de nos aproximarmos do vosso altar. D A/C# D Gmaj7 A D Senhor, tende piedade de nós!

D - Senhor, que nos mandastes perdoar mutuamente A antes de nos aproximarmos do vosso altar. D A/C# D Gmaj7 A D Senhor, tende piedade de nós! ATO PENITENCIAL Domingos da Quaresma OPÇÃO 1 D - Senhor, que nos mandastes perdoar mutuamente A antes de nos aproximarmos do vosso altar. D A/C# D Gmaj7 A D Senhor, tende piedade de nós! (bis) Bm E A -

Leia mais

DOMINGO VI DA PÁSCOA

DOMINGO VI DA PÁSCOA 237 DOMINGO VI DA PÁSCOA LEITURA I Actos 10, 25-26.34-35.44-48 «O Espírito Santo difundia-se também sobre os pagãos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro chegou a casa de Cornélio. Este

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento

Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento 14 1 INTRODUÇÃO CÂNTICO DE COMUNHÃO É o Meu Corpo Possivelmente estamos habituados a procurar Deus nas grandes coisas da vida, boas ou menos boas, e esquecemo-nos

Leia mais

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese VI Domingo TC Ano A Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese Admonição Inicial - Cântico Inicial - Sou Feliz 1- Sopra o vento de mansinho

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I ORAÇÃO UNIVERSAL Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar

Leia mais

Ministério dos leitores PREPARAR PARA PROCLAMAR

Ministério dos leitores PREPARAR PARA PROCLAMAR Ministério dos leitores PREPARAR PARA PROCLAMAR Os fiéis, de acordo com o Livro dos Atos dos Apóstolos, quando se reúnem dominicalmente, no dia do Senhor têm como finalidade primeira escutar a Palavra

Leia mais

Capela Nª Sª Das Graças

Capela Nª Sª Das Graças Capela Nª Sª Das Graças Santa Missa Dominical 1-Saudação I PR: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. AS: Amém. PR: A vós, irmãos e irmãs, paz e fé da parte de Deus, o Pai, e do Senhor Jesus Cristo.

Leia mais

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Paróquia de Barco Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Missa com crianças Entrada: Linda noite, Linda noite Linda noite de Natal (bis) Introdução A imagem de Maria está aqui ao lado, porque hoje celebramos

Leia mais

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s O Reino de Deus Mateus 3:1,2 Naqueles dias surgiu João Batista, pregando no deserto da Judéia. Ele dizia: Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo. Mateus 4:17 Daí

Leia mais

Ministério dos leitores PREPARAR PARA PROCLAMAR

Ministério dos leitores PREPARAR PARA PROCLAMAR Ministério dos leitores PREPARAR PARA PROCLAMAR Os fiéis, de acordo com o Livro dos Atos dos Apóstolos, quando se reúnem dominicalmente, no dia do Senhor têm como finalidade primeira escutar a Palavra

Leia mais

DOMINGO IV DO ADVENTO

DOMINGO IV DO ADVENTO 65 DOMINGO IV DO ADVENTO LEITURA I 2 Sam 7, 1-5.8b-12.14a.16 O reino de David permanecerá eternamente na presença do Senhor Leitura do Segundo Livro de Samuel Quando David já morava em sua casa e o Senhor

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles»

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles» ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos «Elevou-Se à vista deles» No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, desde

Leia mais

9º Domingo do Tempo Comum 10º Domingo do Tempo Comum 11º Domingo do Tempo Comum ANO C

9º Domingo do Tempo Comum 10º Domingo do Tempo Comum 11º Domingo do Tempo Comum ANO C CIFRAS DO FOLHETO 1 SANTUÁRIO DIOCESANO DE SÃO SEBASTIÃO 9º Domingo do Tempo Comum 10º Domingo do Tempo Comum 11º Domingo do Tempo Comum ANO C 29 DE MAIO DE 2016 05 DE JUNHO DE 2016 12 DE JUNHO DE 2016

Leia mais

DOMINGO V DA QUARESMA

DOMINGO V DA QUARESMA DOMINGO V DA QUARESMA LEITURA I Ez 37, 12-14 «Infundirei em vós o meu espírito e revivereis» Leitura da Profecia de Ezequiel Assim fala o Senhor Deus: «Vou abrir os vossos túmulos e deles vos farei ressuscitar,

Leia mais

Domingo XXXIV e último NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO

Domingo XXXIV e último NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO 353 Domingo XXXIV e último NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO Solenidade LEITURA I Ez 34, 11-12.15-17 «Quanto a vós, meu rebanho, hei-de fazer, justiça entre ovelhas e ovelhas» Leitura da Profecia

Leia mais

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA:

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Faz muito tempo, mas parece que foi ontem. Cada criança que nasce é uma mensagem de que Deus acredita nos homens. Deus acreditou em nós e nos deu a alegria e a responsabilidade

Leia mais

Nesta liturgia de todos os santos, muito mais do que sempre acontece em todas as liturgias que celebramos no decorrer do ano, o céu e a terra se

Nesta liturgia de todos os santos, muito mais do que sempre acontece em todas as liturgias que celebramos no decorrer do ano, o céu e a terra se Nesta liturgia de todos os santos, muito mais do que sempre acontece em todas as liturgias que celebramos no decorrer do ano, o céu e a terra se tocam. Com o apóstolo João na ilha de Patmos, e ao mesmo

Leia mais

«Vai, profeta, ao meu povo»

«Vai, profeta, ao meu povo» Perdão, Senhor. «Vai, profeta, ao meu povo» Leitura da Profecia de Amós Amós 7, 12-15 Naqueles dias, Amasias, sacerdote de Betel, disse a Amós: «Vai-te daqui, vidente. Foge para a terra de Judá. Aí ganharás

Leia mais

LITURGIA DOMINICAL II DOMINGO TEMPO COMUM ANO A Renovação das promessas batismais

LITURGIA DOMINICAL II DOMINGO TEMPO COMUM ANO A Renovação das promessas batismais INDICAÇÕES PRÁTICAS: Orações próprias do Domingo II do Tempo comum (Missal Romano, p. 396). Oração Eucarística V/C com prefácio próprio (Missal Romano, pp. 1169ss). CONTEMPLAR A ALEGRIA DO EVANGELHO -

Leia mais

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA HORA 2010-2011 P = Presidente: Aquele que preside à oração. Qualquer pessoa o pode fazer, desde que tenha gosto e capacidade para tal.

Leia mais

V. Sabendo Jesus que tinha chegado sua hora de passar deste mundo ao Pai, tendo amado os seus que estavam neste mundo, amou-os até o fim. Aleluia.

V. Sabendo Jesus que tinha chegado sua hora de passar deste mundo ao Pai, tendo amado os seus que estavam neste mundo, amou-os até o fim. Aleluia. Memória Facultativa O culto ao Coração Eucarístico de Jesus não difere substancialmente do culto que a Igreja tributa ao Sagrado Coração de Jesus. Ela venera com respeito, amor e gratidão, o símbolo do

Leia mais

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA PADROEIRA DE MOÇAMBIQUE E PORTUGAL Solenidade

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA PADROEIRA DE MOÇAMBIQUE E PORTUGAL Solenidade IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA PADROEIRA DE MOÇAMBIQUE E PORTUGAL Solenidade LEITURA I Gen 3, 9-15.20 «Estabelecerei inimizade entre a tua descendência e a descendência dela» Leitura do Livro

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

Festa da 1ª Comunhão e Profissão de Fé

Festa da 1ª Comunhão e Profissão de Fé JESUS DE NAZARÉ Um certo dia à beira mar Apareceu um jovem Galileu Ninguém podia imaginar Que alguém pudesse amar do jeito que ele amava. Seu jeito simples de conversar Tocava o coração de quem o escutava

Leia mais

XXXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO

XXXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO É COMO DIZES: SOU REI XXXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 9º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial Vamos caminhando

Leia mais

JESUS, REI DO UNIVERSO

JESUS, REI DO UNIVERSO DOMINGO XXXIV DO TEMPO COMUMM NOSSO SENHOR JESUS, REI DO UNIVERSO 22 de novembro de 2015 Eucaristia das 12h00 Igreja Matriz de Vila do Conde 1. Admonição de entrada 2. Entrada: Olá, Deus está aqui (236)

Leia mais

Festa da Palavra (inserida na Eucaristia Dominical) 5 de Junho de 2005 Domingo X do Tempo Comum

Festa da Palavra (inserida na Eucaristia Dominical) 5 de Junho de 2005 Domingo X do Tempo Comum Fornelos, 5 de Junho de 2005 Festa da Palavra (inserida na Eucaristia Dominical) 5 de Junho de 2005 Domingo X do Tempo Comum 1. Ritos iniciais Saudação Inicial:...Fórmula A [MR p. 440] Introdução: De facto,

Leia mais

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar Entrada: Deixa a Luz do céu entrar TU ANSEIAS EU BEM SEI POR SALVAÇÃO, TENS DESEJO DE BANIR A ESCURIDÃO ABRE POIS DE PAR EM PAR TEU CORAÇÃO, E DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR. (DEIXA

Leia mais

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este COMO FAZER? A. Empenha-te a encontrar o Senhor. Contempla com os teus olhos a presença de Deus em todas as coisas, e vê que Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da Celebração Eucarística,

Leia mais

CELEBRAÇÃO EXEQUIAL 14 DE SETEMBRO 2010

CELEBRAÇÃO EXEQUIAL 14 DE SETEMBRO 2010 1 CELEBRAÇÃO EXEQUIAL 14 DE SETEMBRO 2010 SIGNAÇÃO : P- Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo: Ass: Àmen. SAUDAÇÃO INICIAL: P- A graça de N.S.J. Cristo, o amor do Pai e a consolação do Espírito

Leia mais

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017 02 de julho de 2017 13º Domingo do Tempo Comum Sejam bem-vindos à celebração eucarística. Convocados pelo Pai, incorporados a Cristo e movidos pelo Espírito Santo, tornamo-nos assembleia celebrativa para

Leia mais

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 História da Igreja Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 1. O que é a Igreja? É um edifício construído com pedras vivas. Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes

Leia mais

1. Diálogo com os pais e Padrinhos. 2. Celebração da Palavra de Deus

1. Diálogo com os pais e Padrinhos. 2. Celebração da Palavra de Deus 1. Diálogo com os pais e Padrinhos Que nome dais ao vosso filho? Pais N. Que pedis à Igreja de Deus para N.? Pais - O Baptismo. Caríssimos pais: Pedistes o Baptismo para os vossos filhos. Deveis educá-los

Leia mais

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar Entrada: Deixa a Luz do céu entrar TU ANSEIAS EU BEM SEI POR SALVAÇÃO, TENS DESEJO DE BANIR A ESCURIDÃO ABRE POIS DE PAR EM PAR TEU CORAÇÃO, E DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR. (DEIXA

Leia mais

Como Elias e Eliseu, Jesus não é enviado somente aos Judeus

Como Elias e Eliseu, Jesus não é enviado somente aos Judeus Como Elias e Eliseu, Jesus não é enviado somente aos Judeus DOMINGO IV DO TEMPO COMUM- ANO C Paróquia de S. Joao Baptista de Vila do Conde Eucaristia dinamizada pelo 6ºano de catequese 1. Admonição de

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA 1 2 ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS DOCUMENTO DA CNBB - 52 3 SENTIDO LITÚRGICO DA CELEBRAÇÃO

Leia mais

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano LII - Brasília, 2 de novembro de 2017 COMEMORAÇÃO DE TODOS OS FIÉIS DEFUNTOS ANO A Cor Litúrgica: Roxo ou Preto A.: Meus irmãos, neste dia de

Leia mais

Porque a loucura de Deus é mais sábia que os homens. I Coríntios 1:25

Porque a loucura de Deus é mais sábia que os homens. I Coríntios 1:25 A Porque a loucura de Deus é mais sábia que os homens. I Coríntios 1:25 Vejamos o contexto: I Coríntios 1:18-31 Porque a palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos,

Leia mais

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Admonição inicial Nós, os jovens do 8º ano, estamos hoje em festa. O nosso catecismo tem como titulo SOMOS + e serviu para crescermos na fé (o jovem deve mostrar o catecismo).

Leia mais

Quanto a você, siga-me. Jesus de Nazaré, em João Você está admitido!

Quanto a você, siga-me. Jesus de Nazaré, em João Você está admitido! Quanto a você, siga-me. Jesus de Nazaré, em João 21.22 Você está admitido! A Grande Comissão Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os

Leia mais

Festa do Baptismo do Senhor Ano C Missa com a Catequese

Festa do Baptismo do Senhor Ano C Missa com a Catequese Festa do Baptismo do Senhor Ano C 2010 Missa com a Catequese Cântico de Entrada Monição Inicial: Percorremos o nosso caminho, desde o Advento, até chegarmos ao Presépio de Belém, guiados por uma Estrela.

Leia mais

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus»

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Ascensão do Senhor «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Perdão, Senhor. Leitura dos Actos dos Apóstolos Actos 1, 1-11 No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

1ª Leitura - Lv 19,

1ª Leitura - Lv 19, 1ª Leitura - Lv 19,1-2.11-18 Julga teu próximo conforme a justiça. Leitura do Livro do Levítico 19,1-2.11-18 1 O Senhor falou a Moisés, dizendo: 2 'Fala a toda a comunidade dos filhos de Israel, e dize-lhes:

Leia mais

Paróquia de Nossa Senhora da Lapa. Póvoa de Varzim. Leituras Dominicais. Tempo da Quaresma. Ano C

Paróquia de Nossa Senhora da Lapa. Póvoa de Varzim. Leituras Dominicais. Tempo da Quaresma. Ano C Paróquia de Nossa Senhora da Lapa Póvoa de Varzim Leituras Dominicais Tempo da Quaresma Ano C Paroquia da Lapa Póvoa de Varzim Ano 2016 DOMINGO I DA QUARESMA LEITURA I Deut 26, 4-10 Leitura do Livro do

Leia mais

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus:

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: CRISTELO 24 de Maio de 2009 Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: Pedro e João impuseram-lhes as mãos e

Leia mais

Festa do Batismo do Senhor Ano C Dom, 17 de Maio de :24 - Última atualização Dom, 10 de Janeiro de :07

Festa do Batismo do Senhor Ano C Dom, 17 de Maio de :24 - Última atualização Dom, 10 de Janeiro de :07 Is 42,1-4.6-7 Sl 28 At 10,34-38 Lc 3,15s.21-22 A Festa de hoje encerra o sagrado tempo do Natal: o Pai apresenta, manifesta a Israel o Salvador que ele nos deu, o Menino que nasceu para nós: Tu és o meu

Leia mais

Riconciliados para reconciliar

Riconciliados para reconciliar Riconciliados para reconciliar VIGÍLIA DE ORAÇÃO PARA A FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS 2013. INTRODUCÃO Na solenidade do Coração de Jesus, somos convidados a contemplar a Cristo, o homem de coração

Leia mais

Cânticos para Missa Advento/2016

Cânticos para Missa Advento/2016 Santuário das Almas/Icaraí Cânticos para Missa Advento/2016 Data 17/12 www.oficinademusica.org Procissão de Entrada: Vamos Celebrar Todos reunidos na casa de Deus Com cantos de alegria e grande louvor

Leia mais

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010 FESTA DO ESPIRITO "É este o fruto do Espírito Santo: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e auto-domínio." Gl, 5,22 Espírito Santo ajuda-nos a ter estes Teus frutos!

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA VINDE A MIM, VÓS QUE ESTAIS AFLITOS E EU VOS ALIVIAREI Mt 11, 28-30 EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 15ª Semana

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO 333 PARA A PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO rmãos e irmãs: A nossa família espiritual está hoje em festa por este(s) servo(s) de Deus, que se consagra(consagram) ao serviço de

Leia mais

Wagner Fonseca

Wagner Fonseca 16.06.13 Wagner Fonseca Elementos da Maturidade Introdução Medidor de Maturidade!?! Roupas Linguajar Face Tempo de Igreja Tempo na Igreja 9 E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais

Leia mais

II DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO A

II DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO A «Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo» II DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO A ADMONIÇÃO DE ENTRADA Cântico de Entrada: Sou Feliz Sopra o vento de mansinho numa brisa fugaz Canto hinos no silêncio,

Leia mais

Igreja é lugar de recolhimento, de oração. Jesus ia ao Templo com seus pais e apóstolos.

Igreja é lugar de recolhimento, de oração. Jesus ia ao Templo com seus pais e apóstolos. POR QUE IR À IGREJA? Certo dia, Jesus contou a seguinte parábola a alguns que se consideravam justos e desprezavam os outros."dois homens foram ao Templo para orar. Um era fariseu e o outro, publicano.

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração 30 DE DEZEMBRO Deus eterno e todo-poderoso, que

Leia mais

23º Domingo do Tempo Comum. 24º Domingo do Tempo Comum. 25º Domingo do Tempo Comum. 26º Domingo do Tempo Comum

23º Domingo do Tempo Comum. 24º Domingo do Tempo Comum. 25º Domingo do Tempo Comum. 26º Domingo do Tempo Comum CIFRAS DO FOLHETO 1 SANTUÁRIO DIOCESANO DE SÃO SEBASTIÃO 23º Domingo do Tempo Comum 04 DE SETEMBRO DE 2016 24º Domingo do Tempo Comum 11 DE SETEMBRO DE 2016 25º Domingo do Tempo Comum 18 DE SETEMBRO DE

Leia mais

Consolidação: Uma Responsabilidade da Igreja Local

Consolidação: Uma Responsabilidade da Igreja Local Consolidação: Uma Responsabilidade da Igreja Local SEJA DESAFIADO A CONSOLIDAR Mateus 4:18 a 22 18 Caminhando junto ao mar da Galiléia, viu dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, que lançavam as redes

Leia mais

DOMINGO II DEPOIS DO NATAL. (entre 2 e 5 de Janeiro) Vésperas I

DOMINGO II DEPOIS DO NATAL. (entre 2 e 5 de Janeiro) Vésperas I DOMINGO II DEPOIS DO NATAL (entre 2 e 5 de Janeiro) Nas regiões onde a Epifania se celebra a 6 de Janeiro. Semana II do Saltério Hi n o. Vésperas I Sa l m o d i a Salmos e cântico do Domingo II. Ant. 1

Leia mais

TRÍDUO PASCAL DA PAIXÃO E MORTE, SEPULTURA E RESSURREIÇÃO DE JESUS. Quinta-Feira Santa, 21h30 Missa da Ceia do Senhor, com rito do lava-pés

TRÍDUO PASCAL DA PAIXÃO E MORTE, SEPULTURA E RESSURREIÇÃO DE JESUS. Quinta-Feira Santa, 21h30 Missa da Ceia do Senhor, com rito do lava-pés Como Paulo e com Cristo, subamos a Jerusalém!...Gal.1,18; Mc.10,33 Semana Santa 2009 na Paróquia de Nossa Senhora da Hora DOMINGO DE RAMOS 09h45 (Bênção dos Ramos) e Missa (10h00) na Igreja Paroquial 11h00

Leia mais

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral ORAÇÃO Refrão meditativo: Vem, vem, vem! Vem Espírito Santo de amor! Vem a nós, traz à Igreja um novo vigor! 1. ABERTURA - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar, (bis) - Vem, não demores mais, vem nos libertar.

Leia mais

DOMINGO XXXII DOMINGO XXXII. «O Rei do universo ressuscitar-nos-á para a vida eterna»

DOMINGO XXXII DOMINGO XXXII. «O Rei do universo ressuscitar-nos-á para a vida eterna» 397 DOMINGO XXXII LEITURA I 2 Mac 7, 1-2.9-14 «O Rei do universo ressuscitar-nos-á para a vida eterna» Leitura do Segundo Livro dos Macabeus Naqueles dias, foram presos sete irmãos, juntamente com a mãe,

Leia mais

MOMENTO CÂNTICO LIVRO PÁGINA

MOMENTO CÂNTICO LIVRO PÁGINA PROGRAMA DE CÂNTICOS TEMPO COMUM DEPOIS DA PÁSCOA ANO C SÉRIE 3 VIII DOMINGO SANTÍSSIMA TRINDADE 22 V 2016 Entrada Pai, Filho, Espírito Santo CEC II 162 S. Resp. Digno de louvor e glória SRML 174 Ofertório

Leia mais

XXVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM. Ide às encruzilhadas dos caminhos e convidai todos os que encontrardes.

XXVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM. Ide às encruzilhadas dos caminhos e convidai todos os que encontrardes. XXVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM Ide às encruzilhadas dos caminhos e convidai todos os que encontrardes. Leitura do Livro de Isaías Is 25, 6-10a Sobre este monte, o Senhor do Universo há-de preparar para

Leia mais

LITURGIA DOMINICAL EPIFANIA ANO A. [Sacerdote] Senhor, a quem pertence o tempo, Senhor, misericórdia.

LITURGIA DOMINICAL EPIFANIA ANO A. [Sacerdote] Senhor, a quem pertence o tempo, Senhor, misericórdia. INDICAÇÕES PRÁTICAS: Orações próprias da Epifania do Senhor. Prefácio da Epifania (Missal Romano, p. 460). Oração Eucarística III (pelo destaque do início da Oração que de um extremo ao outro da terra

Leia mais

ABRIL. 2 de Abril S. Francisco de Paula, eremita. 4 de Abril S. Isidoro, bispo e doutor da Igreja. 5 de Abril S. Vicente Ferrer, presbítero

ABRIL. 2 de Abril S. Francisco de Paula, eremita. 4 de Abril S. Isidoro, bispo e doutor da Igreja. 5 de Abril S. Vicente Ferrer, presbítero ABRIL 2 de Abril S. Francisco de Paula, eremita Comum dos Santos (Religiosos): pp. 562 ss. LEITURA I Filip 3, 8-14: p. 598 SALMO RESPONSORIAL Salmo 15 (16), 1-2a e 5.7-8.11: p. 562 EVANGELHO Lc 12, 32-34:

Leia mais

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA. Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra.

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA. Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra. IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra. LEITURA DO LIVRO DE GÉNESIS Gen 3, 9-15.20 Depois de Adão ter comido da árvore, o Senhor Deus chamou-o

Leia mais

DOMINGO I DA QUARESMA

DOMINGO I DA QUARESMA DOMINGO I DA QUARESMA LEITURA I Gen 2, 7-9; 3, 1-7 A criação e o pecado dos nossos primeiros pais Leitura do Livro do Génesis O Senhor Deus formou o homem do pó da terra, insuflou em suas narinas um sopro

Leia mais

Rito do Baptismo. O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança:

Rito do Baptismo. O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança: Rito do Baptismo DIÁLOGO COM OS PAIS E OS PADRINHOS O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança: Que nome dais ao vosso filho? ou: Que nome escolhestes para o vosso filho? Pais:

Leia mais

O REINO. Deus, escolheu o conceito de reino para nos comunicar seu propósito, sua vontade e seu plano para a humanidade. Pra Ivonne Muniz 2

O REINO. Deus, escolheu o conceito de reino para nos comunicar seu propósito, sua vontade e seu plano para a humanidade. Pra Ivonne Muniz 2 REINO DE DEUS O REINO Deus, escolheu o conceito de reino para nos comunicar seu propósito, sua vontade e seu plano para a humanidade. Pra Ivonne Muniz 2 O que é reino? Governo ou domínio Um reino é a influencia

Leia mais

D Em A. Em A D. D7 G Gm. Em A D A7. Em A D. 1-Tu anseias, eu bem sei, por salvação. tens desejo de banir a escuridão

D Em A. Em A D. D7 G Gm. Em A D A7. Em A D. 1-Tu anseias, eu bem sei, por salvação. tens desejo de banir a escuridão D Em A 1-Tu anseias, eu bem sei, por salvação Em A D tens desejo de banir a escuridão D7 G Gm Abre, pois, de par em par teu coração D Em A D A7 e deixa a luz do céu entrar D A Deixa a luz do céu entrar

Leia mais

BAPTISMO DO SENHOR. Vésperas I

BAPTISMO DO SENHOR. Vésperas I Hi n o: como nas Vésperas II. Sa l m o d i a Domingo depois do dia 6 de Janeiro BAPTISMO DO SENHOR Festa Vésperas I Salmos e cântico das Vésperas I da Epifania. Ant. 1 João Baptista apareceu no deserto,

Leia mais

Nº 9 C 3º Domingo do Tempo Comum O Espírito de Deus está sobre mim

Nº 9 C 3º Domingo do Tempo Comum O Espírito de Deus está sobre mim Nº 9 C 3º Domingo do Tempo Comum-24.1.2016 O Espírito de Deus está sobre mim Quando me levanto para um novo dia e dou graças ao Senhor pelo dom maravilhoso da vida, o Espírito de Deus está sobre mim. Quando

Leia mais

Eu Creio, Senhor! Entrega do Credo 5.º Ano Alvarelhos, 10 de Junho de 2012

Eu Creio, Senhor! Entrega do Credo 5.º Ano Alvarelhos, 10 de Junho de 2012 Eu Creio, Senhor! Entrega do Credo 5.º Ano Alvarelhos, 10 de Junho de 2012 INTRODUÇÃO Somos o grupo de crianças do 5º ano de catequese. Ao longo deste ano, fomos descobrindo que Deus tem um projeto para

Leia mais

redenção de todos» XXIX DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO B 18/10/2015 S.JOÃO BAPTISTA DE VILA DO CONDE 27 de Setembro de 2015

redenção de todos» XXIX DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO B 18/10/2015 S.JOÃO BAPTISTA DE VILA DO CONDE 27 de Setembro de 2015 «O Filho do homem veio para dar a vida pela redenção de todos» XXIX DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO B 18/10/2015 DINAMIZAÇÃO DO 3º ANO DE CATEQUESE PARÓQUIA DE S.JOÃO BAPTISTA DE VILA DO CONDE Admonição Inicial

Leia mais

REFRÃO ORANTE LUZ QUE ILUMINA

REFRÃO ORANTE LUZ QUE ILUMINA REFRÃO ORANTE LUZ QUE ILUMINA D Bm G A 7 1. Luz que ilumina os caminhos do amor D Bm G A7 Luz que nos revela a mensagem do Senhor. G A 7 D Bm G A 7 G Luz és Tu, Jesus. Luz és Tu, Senhor. D Bm G A 7 2.

Leia mais