Bem-aventurados os pobres!

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Bem-aventurados os pobres!"

Transcrição

1 4º DOMINGO DO TEMPO COMUM - 29 de janeiro de 2017 Bem-aventurados os pobres! Leituras: Sofonias 2, 3; 3,12-13; Salmo 145 (146), 7.8-9a.9bc-10; Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1, 26-31; Mateus 5, 1-12a. COR LITÚRGICA: Verde Animador: Jesus nos reúne em torno de si para ouvirmos sua proposta de felicidade. É pondo nossa esperança n Ele que caminhamos, na contramão do mundo, rumo à vida feliz, apesar das inevitáveis aflições e tribulações. A páscoa do Senhor se manifesta nas pessoas e comunidades que procuram viver as bem-aventuranças. 1. Situando-nos brevemente Vimos, no domingo passado, Jesus iniciando sua atividade missionária pregando entre os pobres da região da Galileia. Convertam-se, porque o Rei dos Céus está próximo (Mt 4,17), conclamava Ele. E ouvimos que Jesus andava por toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, pregando Evangelho do Reino e curando todo tipo de doença e enfermidade do povo (v.23). É muito bom estarmos de novo aqui reunidos para ouvir a sua Palavra e celebrar sua Ceia Pascal. Uma verdadeira graça de Deus! Nosso mestre Jesus, Ele mesmo, está aqui e nos ensina um pouco mais sobre os segredos do Reino de Deus. Para tanto, Ele nos inicia hoje nas bemaventuranças deste Reino. O que será que Ele está a nos dizer? Vale a pena conferir e refletir. 2. Recordando a Palavra Estamos ouvindo o Evangelho de Mateus, que tem como objetivo de fundo mostrar que Jesus é o verdadeiro Messias-salvador esperado. Não um Messias segundo a mente humana, mas um Messias segundo o pensamento de Deus: Filho de Deus. E qual é o pensamento de Deus? A justiça em favor dos pequenos, os fracos, os pobres, os oprimidos, os 1

2 abandonados da sociedade. É Jesus é a concreta encarnação desta sabedoria de Deus. Razão pela qual Ele nasceu, viveu e morreu pobre, totalmente humilde e desprendido, para estar com os pobres desta terra. Esta sabedoria de Deus é o segredo da verdadeira felicidade humana: Reino dos Céus. Por isso que hoje (Mt 5,1-12a) Jesus proclama felizes, precisamente, os pobres em espírito, os aflitos, os mansos, os famintos e sedentos de justiça, os misericordiosos, os puros de coração, os promotores da paz, os perseguidos por causa da justiça, os injuriados, perseguidos e caluniados por causa de Jesus. Deles é o Reino dos Céus, eles serão consolados, possuirão a terra, serão saciados, alcançarão misericórdia, verão a Deus, serão chamados filhos de Deus, enfim, de novo, deles é o Reino dos Céus. A estes Jesus diz em alto e bom som: Alegrem-se e exultem, porque vai ser grande a recompensa de vocês nos céus (v.12a). Com a vinda de Jesus se cumpre, pois, o que já fora anunciado pelo profeta Sofonias, como ouvimos na primeira leitura (Sf 2,3; 3,12-13). Sofonias profetizou nos anos a.c., precisamente em um tempo de muita corrupção, jogo de poder e opressão das classes dominantes pondo em sério perigo o futuro da sociedade de então. Dentro deste contexto, o profeta estimula os homens humildes e pobres a buscarem o Senhor pela prática da justiça e da humildade, pois estes serão apascentados e repousarão, e ninguém os molestará (v.13). Por isso, cantamos hoje com o Salmo 145 a fidelidade de Deus para com os oprimidos, os famintos, os aprisionados, os cegos, o caído, o justo, o estrangeiro, a viúva e o órfão, fidelidade essa que, assim, confunde os caminhos dos maus. Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus, repetimos como refrão. Dito e feito! A partir do evento Cristo é que Paulo, como ouvimos na segunda leitura (1Cor 1,26-31), faz ver à jovem comunidade cristã de Corinto que, de fato, Deus escolheu o que o mundo considera estúpido, para assim confundir os sábios; Deus escolheu o que o mundo considera como fraco, para confundir o que se acha forte (v.27). 3. Atualizando a Palavra Retomemos o Evangelho de hoje. Sua chave está na primeira bemaventurança: Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus. Esta bem-aventurança se dirige aos que, no modo hebraico de 2

3 falar, são os curvados no seu alento, pobres até a alma, como a Bíblia diz dos pobres de Deus. A bem-aventurança não se dirige ao pobre com mania de rico, mas às pessoas que assumem sua pobreza, sabendo que Deus tem outros critérios de felicidade do que nós. E quando se trata dos que têm fome e sede, que tenham, antes de tudo, fome e sede da justiça de Deus, incomparável com a justiça humana. Pois só essa justiça fará com que tudo seja radicalmente bom. Assim, o estado de espírito dos que são aqui felicitados torna-se um programa de vida para todos os que querem ser do Reino (...) A pobreza, quando assumida de coração, é a situação privilegiada para reconhecer a justiça de Deus. Riqueza e poder tornam cego. Mas quem vive a situação de pobreza como uma procura da justiça de Deus, esse tem chance de a encontrar. Por isso, os pobres são o sacramento da justiça de Deus (J. Konings. Op., cit., p ). Levando isso para a prática, podemos dizer que Jesus anuncia o Reino de Deus, como dom e missão, aos que têm o espírito dos pobres de Deus : os que não pretendem dominar os outros pelo poder e a riqueza, mas se dispõem a colaborar na construção do reino de amor, justiça, paz, tornando-se pobres, colocando-se do lado dos pobres e confiando antes de tudo no poder de Deus e no valor de justiça, que é a sua vontade, seu plano de salvação. Os pobres de Deus assumem atitudes inspiradas por Deus e seu Reino: pobreza (não apenas forçosa, mas no espírito e no coração), paciência (com firmeza), justiça (com garra), paz (na sinceridade) etc. Aos que vivem assim, Jesus anuncia a felicidade ( bem-aventurança ) do Reino. Esses são cidadãos do Reino, os herdeiros da terra prometida. E, de fato, o manso, o não violento tem mais condições de usar a terra que o grileiro. Os pobres solidários constroem uma sociedade melhor que os ricos egoístas. Há quem diga que as Bem-aventuranças não visam os pobres materialmente, porque esses não podem ser promotores da paz aos quais se refere a sétima bem-aventurança (Mt 5,9). Mas será que a verdadeira paz, fruto da justiça, não é promovida pelos pobres e os quem em solidariedade com eles lutam pelo direito de todos? (Ibidem, p.138) Enfim, à luz da Palavra de Deus hoje ouvida, podemos chegar a esta conclusão prática: Devemos optar, na vida, pelos valores do Reino e não pelo poder baseado na opressão, na exploração... Devemos optar pelos pobres e não pelos que os empobrecem! Para isso, precisamos do desprendimento, pobreza até no nosso íntimo ( no espírito ). A Bemaventurança não vale para o pobre com mania de rico! Os pobres no espírito são os que não apenas queriam, mas efusivamente querem e 3

4 optam por formar povo de Deus com os oprimidos e empobrecidos, porque têm fome e sede do Reino de Deus e de sua justiça (Idem) 4. Ligando a Palavra com ação litúrgica Jesus, o verdadeiro Messias-salvador, nos ensina hoje que ter a riqueza, o capital, o poder, como sendo a coisa mais importante da vida, a felicidade, um verdadeiro deus, não é o segredo da plena realização humana. O segredo está no Reino de Deus e sua sabedoria encarnada no pobre e humilde Jesus. Por isso, logo no início desta celebração, como que nos preparando para ouvir a Palavra, fizemos este significativo pedido: Concedei-nos, Senhor nosso Deus, adorar-vos de todo o coração, e amar todas as pessoas com verdadeira caridade (Oração do dia). Esta é a nossa fé cristã. A dimensão do Reino de Deus encarnado na pessoa de Jesus, acima de tudo! Logo mais, depois de celebrarmos o mistério desta fé (paixão, morte, ressurreição de Jesus), comendo e bebendo juntos do seu Corpo entregue e do seu Sangue derramado, concluímos com esta belíssima oração: Renovados pelo sacramento da nossa redenção, nós vos pedimos, ó Deus, que este alimento da salvação eterna nos faça progredir na verdadeira fé. Por Cristo, nosso Senhor. E todos respondem: Amém! (Oração depois da Comunhão). Que a Palavra de Deus hoje ouvida e refletida, assimilada, juntamente com a Eucaristia celebrada, nos animem e fortaleçam no mistério das bemaventuranças. Amém! Oração dos fiéis: Presidente: Peçamos ao Senhor o espírito das bem-aventuranças para todos nós, dizendo: T.: Ouvi, Senhor, a nossa prece! 1. Para que a Igreja viva com fidelidade as bem-aventuranças e sempre proclame como caminho de salvação, rezemos: T.: Ouvi, Senhor, a nossa prece! 2. Para que as autoridades se deixem imbuir dos valores do evangelho e defendam os direitos dos fracos e desprezados, rezemos: 3. Para que os oprimidos e perseguidos encontrem nos cristãos solidariedade e empenho pela sua libertação, rezemos: 4

5 4. Para que nossa comunidade assimile as propostas das bemaventuranças e faça a experiência da felicidade que elas anunciam, rezemos: 5. Para que Deus acolha a prece que está no coração de cada fiel aqui presente (em silêncio cada um representa a sua prece), rezemos: (Outras intenções) Presidente: Tudo isso vos pedimos, ó Pai, por Cristo, nosso Senhor. III. LITURGIA EUCARÍSTICA ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS: Presidente: Para vos servir, ó Deus, depositamos nossas oferendas em vosso altar; acolhei-as com bondade a fim de que se tornem o sacramento da nossa salvação. Por Cristo, nosso Senhor. ORAÇÃO APÓS A COMUNHÃO: Presidente: Renovados pelo sacramento da nossa redenção, nós vos pedimos, ó Deus, que este alimento da salvação eterna nos faça progredir na verdadeira fé. Por Cristo, nosso Senhor. RITO FINAL BÊNÇÃO E DESPEDIDA: Presidente: O Senhor esteja convosco. Todos: Ele está no meio de nós. Presidente: (dá a bênção e despede a todos). 5

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não crentes, dizendo (ou: cantando), cheios de esperança: R. Cristo,

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos B. Scalabrinianas Centro de Estudos Migratórios Cristo Rei-CEMCREI Rua Castro Alves, 344 90430-130 Porto Alegre-RS cemcrei@cpovo.net www.cemcrei.org.br

Leia mais

Apresentação relativa ao Novo Testamento Evangelhos, Atos, Cartas e Apocalipse. A Bíblia é

Apresentação relativa ao Novo Testamento Evangelhos, Atos, Cartas e Apocalipse. A Bíblia é Apresentação relativa ao Novo Testamento Evangelhos, Atos, Cartas e Apocalipse A Bíblia é Pois é, após um longo percurso de descoberta do Antigo Testamento, chegou a vez de descobrir um pouco mais acerca

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

Paulo. O sofrimento de Paulo

Paulo. O sofrimento de Paulo Paulo O sofrimento de Paulo Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós. De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados;

Leia mais

...Festa do Credo 2000 FESTA DO CREDO RITOS INICIAIS

...Festa do Credo 2000 FESTA DO CREDO RITOS INICIAIS FESTA DO CREDO RITOS INICIAIS Entrada: Comentador: Boa tarde a todos e benvindos a esta celebração. De livre vontade e cheios de alegria vamos ao encontro do Senhor imitando as multidões que outrora seguiam

Leia mais

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Louvar a Deus 1. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César Tu és Amor. Tu és Trindade. Tu és Sabedoria. Tu és segurança. Tu és alegria e paz.

Leia mais

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim 5º DOMINGO DA PÁSCOA 18 de maio de 2014 Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim Leituras: Atos 6, 1-7; Salmo 32 (33), 1-2,4-5.18-19; Primeira Carta de Pedro 2, 4-9; João

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista:

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista: Guião da celebração Festa do Pai-Nosso Núcleo seminário passionistas 2º Ano de catequese 2 Junho de 2012 Saudação inicial: Catequista: Boa tarde A nossa comunidade está hoje em festa, porque as crianças

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso.

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. Evangelho de Lucas O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. A Dimensão Bíblica da Missão Verbita Brasil Norte SVD Referente: Benjamin Eber Barrios (Gigio) SVD Material

Leia mais

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É?

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Escola de Maria: Escola da Fé FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Formação Litúrgica: Liturgia: conceito O que é Liturgia? Termo de origem grega. ERGON (OBRA, AÇÃO, EMPREENDIMEN TO) (PÚBLICO) LEITON

Leia mais

Cântico: Dá-nos um coração

Cântico: Dá-nos um coração Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos que vivem

Leia mais

Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011

Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011 Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011 Mensagem 01 Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele, 02 e ele começou a ensiná-los, dizendo: 03 Bem-aventurados os

Leia mais

SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO

SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO Ano A - XXIV - Nº 1482-34º Domingo do Tempo Comum - cor branca ou dourada - 23/11/2014 SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO Dia Nacional dos Leigos(as) Preparar o espaço celebrativo

Leia mais

Classificação de hinos do HPD e cânones por assuntos

Classificação de hinos do HPD e cânones por assuntos Classificação de hinos do HPD e cânones por assuntos 1 Advento e Natal 2 Ano Novo 3 Epifania 4 Entrada Triunfal 5 Paixão 6 Páscoa 7 Ascensão 8 Pentecostes 9 Trindade 10 Morte e Vida Eterna, Juízo Final

Leia mais

Juventude Mariana Vicentina Recitação do Terço

Juventude Mariana Vicentina Recitação do Terço Juventude Mariana Vicentina Recitação do Terço S Maria, a Senhora Missionária... Outubro de 2010 Introdução: Ritos Iniciais: C/. Deus, vinde em nosso auxílio. A/. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos. C/.,

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes

Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes 17º DOMINGO DO TEMPO COMUM 26 de julho de 2015 Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes Leituras: Segundo Livro dos Reis 4, 42-44; Salmo 144 (145),

Leia mais

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo.

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo. Adoração Eucarística Subsídios Pastorais www.fatima.pt/documentacao André Batista BATISTA, André Adoração Eucarística. Em VAZ, Carla Abreu, coord. Envolvidos no amor de Deus pelo mundo: Itinerário Temático

Leia mais

Ansiedade. Ansiedade de alerta. Uma reação normal que nos permite enfrentar pressões externas. Ansiedade Traumática

Ansiedade. Ansiedade de alerta. Uma reação normal que nos permite enfrentar pressões externas. Ansiedade Traumática t O que é ansiedade? A ansiedade é a emoção que aparece quando você sente que se aproxima uma ameaça, quando visualiza o futuro de maneira negativa e, em consequência, tenta se preparar para enfrentá-lo.

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR CANTO 1 - LOUVOR DA CRIAÇÃO D Bm G Em A7 D Bm G Em A7 Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! D F#m G Em A7 1. Javé o nosso Deus é poderoso, seu nome é grande em todas as nações D F#m G Em A7 Na boca das crianças

Leia mais

www.gruporuah.com LETRAS E CIFRAS DO CD VAI COMEÇAR A MISSA

www.gruporuah.com LETRAS E CIFRAS DO CD VAI COMEÇAR A MISSA www.gruporuah.com LETRAS E CIFRAS DO CD VAI COMEÇAR A MISSA 2010 1 1 VAI COMEÇAR A MISSA (Entrada) Intr.: F#7 D B7 E A B7 E Vai começar a missa e o amor de Deus está A E F#7 B7 Bem junto a nós, inundando

Leia mais

Seguindo a Verdade em Amor Gálatas 5:22-26 Introdução:

Seguindo a Verdade em Amor Gálatas 5:22-26 Introdução: Seguindo a Verdade em Amor Gálatas 5:22-26 Introdução: Observações Preliminares: Fruto do Espírito aparece no singular porque na visão de Paulo ele é conjunto de qualidade morais que caracterizam o cristão.

Leia mais

Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor!

Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor! 16º DOMINGO DO TEMPO COMUM - 19 de julho de 2015 Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor! Leituras: Jeremias 23, 1-6; Salmo 22 (23), 1-3a.3b-4.5.6 (R/1.6a); Efésios 2, 13-18;

Leia mais

Festa Sagrada Família

Festa Sagrada Família Festa Sagrada Família Homilia para a Família Salesiana (P. J. Rocha Monteiro) Sagrada Família de Jesus, Maria e José 1. No Domingo, dentro da oitava do Natal, celebra-se sempre a festa da Sagrada Família.

Leia mais

OS VALORES DO REINO DE DEUS É A VERDADEIRA SABEDORIA

OS VALORES DO REINO DE DEUS É A VERDADEIRA SABEDORIA Ano A - XXIV - Nº 1464-17º Domingo do Tempo Comum - cor verde - 27/07/2014 OS VALORES DO REINO DE DEUS É A VERDADEIRA SABEDORIA Preparar o espaço celebrativo colocando em destaque um símbolo do dízimo

Leia mais

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa)

BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa) BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa) Cântico de Entrada SAUDAÇÃO E MONIÇÃO INICIAL DIÁLOGO COM OS PAIS E PADRINHOS Que nome escolhestes para o vosso filho? Pais: (dizem o nome do filho). Que pedis à Igreja

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

Escola Bíblica Ano Pastoral 2013-2014

Escola Bíblica Ano Pastoral 2013-2014 Escola Bíblica Ano Pastoral 2013-2014 Paróquia do Candal Um jugo suave 8.º encontro 8 de janeiro de 2014-21:30 horas - Cripta da igreja Que procuramos neste encontro? ü Hoje, escutaremos o convite que

Leia mais

Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade

Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade Anésio Rodrigues Salmo 23 Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade Salmo 23 O SENHOR é o meu pastor; e nada me faltará. Salmo 23 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.

Leia mais

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos Servos de Maria e ficou conhecido como o protetor contra o câncer.

Leia mais

Permanecei em mim e eu permanecerei em vós!

Permanecei em mim e eu permanecerei em vós! CELEBRAÇÃO DO 5º DOMINGO DA PÁSCOA 03 de maio de 2015 Permanecei em mim e eu permanecerei em vós! Leituras: Atos 9, 26-31; Salmo 22; Primeira Carta de João 3, 18-24; João 15, 1-8. COR LITÚRGICA: BRANCA

Leia mais

19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos?

19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos? 19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos? GUIA PROTECTOR Sens, 1862 Essas pessoas têm mais egoísmo do

Leia mais

Serro 300 anos de História

Serro 300 anos de História MISSA DO 3º DOMINGO DO TEMPO COMUM E EM AÇÃO DE GRAÇA PELOS 300 ANOS DA VILA DO PRINCIPE. LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO TODOS: Para sempre seja louvado ACOLHIDA: COM: Um dia, Jesus passou pelo

Leia mais

Festa da Palavra. 4ºano. Catequese Missionários Passionistas

Festa da Palavra. 4ºano. Catequese Missionários Passionistas Festa da Palavra 4ºano Catequese Missionários Passionistas 5 de Novembro de 2011 Coral Confessionários A Mónica Leite reserva 6 bancos em cada uma das 4 filas. Na primeira fila, do lado do órgão, ficam

Leia mais

AMARÁS O SENHOR TEU DEUS E A TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO (Mt 22,37)

AMARÁS O SENHOR TEU DEUS E A TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO (Mt 22,37) Ano A - XXIV - Nº 1477-30º Domingo do Tempo Comum - cor verde - 26/10/2014 AMARÁS O SENHOR TEU DEUS E A TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO (Mt 22,37) Dia Nacional da Juventude e Dia Mundial de Oração pela Paz

Leia mais

1. De novo reunidos ( / / ) 1. De novo reunidos ( / / ) Jesus está no meio de Nós! Jesus está no meio de Nós!

1. De novo reunidos ( / / ) 1. De novo reunidos ( / / ) Jesus está no meio de Nós! Jesus está no meio de Nós! 1. De novo reunidos ( / / ) Jesus está no meio de Nós! Onde dois ou três estiverem reunidos em Meu nome, Eu estou no meio deles! Mt 18,20 -O Senhor esteja convosco! - Ele está no meio de Nós! Desenha o

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

ROTEIROS PARA A VIGÍLIA

ROTEIROS PARA A VIGÍLIA ROTEIROS PARA A VIGÍLIA - PREPARAÇÃO: dividir funções entre leitor, dirigente, equipe de acolhida (dependendo do local e da quantidade de pessoas), equipe de música, se possível um ministro da eucaristia

Leia mais

Mês. Mariano UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. PAPA FRANCISCO

Mês. Mariano UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. PAPA FRANCISCO Mariano PARÓQUIA SÃO PEDRO PESCADOR Mês UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. UM CRISTÃO PRECISA DESTAS DUAS MULHERES, DUAS MULHERES MÃES, DUAS MULHERES VIRGENS: A

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA Objectivos: 1. Descobrir na entrega da vida de Jesus a plenitude da Sua relação com Deus Pai. 2. Acolher a fidelidade de Jesus a esta relação como geradora de vida

Leia mais

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim!

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim! Page 1 of 6 GUIÃO DA CELEBRAÇÃO DA 1ª COMUNHÃO 2006 Ambientação Irmãos: Neste Domingo, vamos celebrar e viver a Eucaristia com mais Fé e Amor e também de uma maneira mais festiva, já que é o dia da Primeira

Leia mais

Jubileu de Prata 25 ANOS

Jubileu de Prata 25 ANOS Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos B. Scalabrinianas Centro de Estudos Migratórios Cristo Rei-CEMCREI Rua Castro Alves, 344 90430-130 Porto Alegre-RS cemcrei@cpovo.net www.cemcrei.org.br

Leia mais

SANTA BEATRIZ DA SILVA

SANTA BEATRIZ DA SILVA SANTA BEATRIZ DA SILVA Filha de pais portugueses, nasceu em Ceuta em 1424. viveu por algum tempo na corte da Rainha Isabel, mas, sofrendo perseguições invejosas, retirou-se da corte para um Mosteiro em

Leia mais

Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano)

Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano) Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano) Na catequese encontramos essencialmente uma Pessoa: Jesus, Filho único do Deus, que sofreu e morreu por nós e que agora, ressuscitado, vive connosco

Leia mais

CELEBRAÇÃO DO AMOR Paróquia São Pedro e São Paulo - Toledo PR

CELEBRAÇÃO DO AMOR Paróquia São Pedro e São Paulo - Toledo PR CELEBRAÇÃO DO AMOR Paróquia São Pedro e São Paulo - Toledo PR O que Deus uniu o homem não separe! ACOLHIDA Comentarista: Estamos reunidos para celebrar o Amor. Do amor desses dois jovens. N e N vai nascer

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP-

ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP- 1 ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP- DIA 15.06.2010 MOMENTO ORANTE ECUMÊNICO PELA PASSAGEM DO 59º ANIVERSÁRIO DA ACHUAP (para propiciar momento de silêncio e

Leia mais

ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS. Caminhada do Advento e Natal 2015 DIOCESE DE AVEIRO

ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS. Caminhada do Advento e Natal 2015 DIOCESE DE AVEIRO ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS Caminhada do Advento e Natal 2015 DIOCESE DE AVEIRO INTRODUÇÃO «ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS» ANO DA MISERICÓRDIA PORTA SANTA INTRODUÇÃO «ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS»

Leia mais

20ª Hora Santa Missionária

20ª Hora Santa Missionária 20ª Hora Santa Missionária Tema: Missão é Servir Lema: Quem quiser ser o primeiro seja servo de todos Preparação do ambiente: cartaz do Mês missionário, Bíblia e fitas nas cores dos continentes, cruz e

Leia mais

CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO

CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO Assinatura do Registo A assinatura do Registo será colocada na Liturgia, conforme prática local ou critério do Oficiante. Celebração da Santa Ceia No caso de ser pedida a Celebração

Leia mais

Vem, Senhor Jesus! (Apc 22,20)

Vem, Senhor Jesus! (Apc 22,20) DEZEMBRO 2014 Editorial Chegamos ao último mês do ano, um mês especial onde ainda temos a oportunidade de nos aproximarmos mais Dele, que é o Natal, período de nascimento de Cristo. O movimento Pólen nos

Leia mais

Os fariseus ouviram falar que Jesus estava fazendo e batizando mais discípulos do que João, embora não fosse Jesus quem batizasse, mas os seus

Os fariseus ouviram falar que Jesus estava fazendo e batizando mais discípulos do que João, embora não fosse Jesus quem batizasse, mas os seus Os fariseus ouviram falar que Jesus estava fazendo e batizando mais discípulos do que João, embora não fosse Jesus quem batizasse, mas os seus discípulos. Quando o Senhor ficou sabendo disso, saiu da Judéia

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014.

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. Adoração Acolhida Leitura Bíblica: Zacarias 9.9; 16-17. Sugestões de Cânticos: - HE 105 - Louvemos ao Senhor [Ademar de Campos]-

Leia mais

CÉU, A BELA CASA DE DEUS

CÉU, A BELA CASA DE DEUS Bíblia para crianças apresenta CÉU, A BELA CASA DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Sarah S. Traduzido por: Judith Menga Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Bem - Aventuranças Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Eu estou à tua porta a bater, Eu estou à tua porta a bater, Se me abrires a porta entrarei para enviar. Eu preciso

Leia mais

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ SEIA 23 DE JUNHO 2013 ENTRADA NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, POVO SACERDOTAL, IGREJA SANTA

Leia mais

FESTA DO BATISMO DO SENHOR 12 de janeiro de 2014

FESTA DO BATISMO DO SENHOR 12 de janeiro de 2014 FESTA DO BATISMO DO SENHOR 12 de janeiro de 2014 Tu és o meu Filho amado: Eu hoje te gerei! Leituras: Isaías 42, 1-4.6-7; Salmo 28 (29); Atos dos Apóstolos 10, 34-38; Mateus 3, 13-17. COR LITÚRGICA: BRANCA

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

Missa - 10/5/2015. Entrada

Missa - 10/5/2015. Entrada Missa - 10/5/2015 ntrada m F#m 1. Todos unidos formamos um só corpo, um povo que na Páscoa nasceu. G Membros de Cristo, no sangue redimidos, Igreja peregrina de eus. m F#m Vive conosco a força do spírito,

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

COPYRIGHT 2016 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT 2016 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta disciplina é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 ORAÇÃO DE ABERTURA CANTO (REPOUSAR EM TI) Música de Tânia Pelegrino baseada na obra Confissões, de

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu.

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu. O Pão da Vida Na solenidade de Corpus Christi, queremos recordar que os atos redentores de Cristo, que culminam na sua morte e ressurreição, atualizam-se na Eucaristia, celebrada pelo Povo de Deus e presidida

Leia mais

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica A unidade na fé a caminho da missão Nossa Visão Manifestar a unidade da igreja por meio do testemunho visível

Leia mais

Diocese de Guaxupé. Hora Santa. Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes

Diocese de Guaxupé. Hora Santa. Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes Diocese de Guaxupé Hora Santa Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes para exposição do Santíssimo Sacramento Glória a Jesus na Hóstia Santa (ou outro a escolha) Dirigente: Graças e louvores se

Leia mais

Eucaristia V Domingo do Tempo Comum Dinamiza 5º ano

Eucaristia V Domingo do Tempo Comum Dinamiza 5º ano Eucaristia V Domingo do Tempo Comum Dinamiza 5º ano Entrada: Em nome do Pai Refrão: Em nome do Pai, em nome do Filho, em nome do Espírito Santo, estamos aqui (BIS) 1- Para louvar e agradecer, bendizer

Leia mais

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO O que é uma pessoa cristã? É a pessoa que acredita que o Deus vivo é revelado em e por meio de Jesus Cristo, que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, que

Leia mais

Jesus Missionário JESUS MISSIONÁRIO EM MARCOS A PRÁTICA DE JESUS DE NAZARÉ

Jesus Missionário JESUS MISSIONÁRIO EM MARCOS A PRÁTICA DE JESUS DE NAZARÉ Jesus Missionário JESUS MISSIONÁRIO EM MARCOS A PRÁTICA DE JESUS DE NAZARÉ Como foi a missão de Jesus de Nazaré? Viveu o anúncio Anunciou o que viveu Para entender a missão de Jesus Entender o contexto

Leia mais

CRUZEIRINHO DO MESTRE IRINEU

CRUZEIRINHO DO MESTRE IRINEU CRUZEIRINHO DO MESTRE IRINEU 1 2 1. Dou Viva a Deus Nas Alturas waltz Dou viva a Deus nas alturas E a Virgem Mãe nosso amor Viva todo Ser Divino E Jesus Cristo Redentor Eu peço a Deus nas alturas Para

Leia mais

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO ORIENTAÇÕES GERAIS Bem-vindos à nova estação dos GFs: a estação do evangelismo! Nesta estação queremos enfatizar pontos sobre nosso testemunho de vida

Leia mais

YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos

YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos 4.12) Quando você se arrepende dos seus pecados e crê

Leia mais

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe.

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe. NOVENA O verdadeiro crente deve conscientizar-se da importância da oração em sua vida. O senhor Jesus disse : Rogai sem cessar ; quando fazemos uma novena que é uma de oração, estamos seguindo um ensinamento

Leia mais

NOME DO CURSO ORAR É AÇÃO EBA. Nome do professor

NOME DO CURSO ORAR É AÇÃO EBA. Nome do professor ORAR É AÇÃO EBA Aprendendo a ORAR com Paulo Ef. 1:15-19. Por isso também eu, tendo ouvido da fé que há entre vós no Senhor Jesus e o amor para com todos os santos, não cesso de dar graças por vós, fazendo

Leia mais

NOSSA SENHORA DAS DORES Padroeira principal da Ordem

NOSSA SENHORA DAS DORES Padroeira principal da Ordem 15 de setembro NOSSA SENHORA DAS DORES Padroeira principal da Ordem Solenidade Para nós Servos de Maria, a devoção a Nossa Senhora das Dores está ligada ao simbolismo do hábito preto e evoca um episódio

Leia mais

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA Introdução: A devoção à Sagrada Família alcançou grande popularidade no século XVII, propagando-se rapidamente não só na Europa, mas também nos países da América. A festa, instituída

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã;

O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã; Pastoral do Batismo Sacramentos Batismo O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã; Consiste em derramar

Leia mais

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT)

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) A FMT-Escola oferece este Curso para aqueles que tem um chamado para a obra de missões, mas que também queiram servir na igreja local. O CURSO A) CURSO

Leia mais

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 27ºDOMINGO DO TEMPO COMUM (02/10/11) Parábola dos Vinhateiros Poderia ser feito um mural específico para esta celebração com uma das frases: Construir a Igreja

Leia mais

AS VIRTUDES TEOLOGAIS. A VIRTUDE DA FÉ. Catecismo de São Pio X.

AS VIRTUDES TEOLOGAIS. A VIRTUDE DA FÉ. Catecismo de São Pio X. 1 AS VIRTUDES TEOLOGAIS. A VIRTUDE DA FÉ. Catecismo de São Pio X. Precisamos aprender como devemos agir. Já que Deus nos deu tantas coisas boas, é normal que procuremos viver dentro de Sua Lei, praticando

Leia mais

Belo Horizonte/2013 Festa da Assunção de N. Senhora. Queridas Irmãs,

Belo Horizonte/2013 Festa da Assunção de N. Senhora. Queridas Irmãs, Belo Horizonte/2013 Festa da Assunção de N. Senhora Queridas Irmãs, Semeemos, na nossa fé, a alegria da caminhada de Emaús feita neste 16º Capítulo Provincial! Mais um passo demos juntas e é visível a

Leia mais

Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas

Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas Uma breve meditação sobre Mudança de Estruturas O objetivo desta meditação é redescobrir a dimensão espiritual contida na metodologia de mudança

Leia mais

Magistério profético na construção da Igreja do Porto

Magistério profético na construção da Igreja do Porto Magistério profético na construção da Igreja do Porto Excertos do pensamento de D. António Ferreira Gomes entre 1969-1982 A liberdade é sem dúvida um bem e um direito, inerente à pessoa humana, mas é antes

Leia mais

Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública.

Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública. Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública. No BATISMO DE JESUS, no Rio Jordão, revela-se o Filho amado de Deus,

Leia mais

V DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO B

V DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO B CUROU MUITAS PESSOAS ATORMENTADAS POR VÁRIAS DOENÇAS V DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO B EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 8º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial Já se ouvem nossos passos

Leia mais

F C G Am Meu coração se alegra com cantos e palmas celebro F C Bb C Dm Ao Deus Uno Santo e Trino, vivendo bem a fé que professo.

F C G Am Meu coração se alegra com cantos e palmas celebro F C Bb C Dm Ao Deus Uno Santo e Trino, vivendo bem a fé que professo. DIA DO SENHOR (Letra e Música André Cruz) Faixa 1 Intro: : Am G F G : Am G Am F G Hoje é o dia do senhor Am G Am F G Quero celebrar com a Igreja Am G Am F G Bom é adentrar pelos teus átrios Am G Am Pois

Leia mais