UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE ODONTOLOGIA COLEGIADO DE CURSO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE ODONTOLOGIA COLEGIADO DE CURSO"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE ODONTOLOGIA COLEGIADO DE CURSO O curso de Odontologia da UFPel, criado em 21/09/1911, reconhecido em 21/10/1941, está em fase de mudança curricular, seguindo os objetivos das diretrizes curriculares, ou seja, formação de um profissional...generalista, humanista, crítico e reflexivo, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, (...) com base no rigor técnico e científico, pautado em princípios éticos, legais e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade.

2 Ementas das Unidades 1 PRIMEIRO SEMESTRE Unidade de Fisiologia Geral e Aplicada I O ensino da unidade abrange exposições teóricas e demonstrações práticas sobre a fisiologia celular, sistema nervoso [neurofisiologia, sensibilidade geral e sensibilidade dolorosa (algiestesia)], fisiologia muscular e fisiologia do sangue. Unidade de Anatomia Humana Geral O ensino da unidade abrange exposições teóricas e demonstrações práticas sobre a anatomia humana, abordando a construção e divisão do corpo humano, a osteologia, artrologia, miologia, angiologia, os sistemas nervoso, respiratório, digestivo, urinário, genital masculino e feminino, tegumentar e os órgãos dos sentidos. Unidade de Histologia Geral A Unidade de Histologia geral abrange noções fundamentais de citologia, histogênese, histologia e histofisiologia dos tecidos (epitelial, conjuntivo, muscular e nervoso) e do sistema hematopoiético. Disciplina de Bioquímica A unidade de Bioquímica para o Curso de Odontologia aborda num primeiro momento os aspectos estruturais e funcionais das moléculas orgânicas visando a compreensão dos principais processos bioquímicos dos seres vivos. O enfoque desta etapa estabelece parâmetros químicos e biológicos indispensáveis para o entendimento das principais implicações metabólicas gerais e seus aspectos odontológicos específicos, procurando dar ao conteúdo programático uma abordagem interdisciplinar. Unidade de Metodologia do Aprendizado e Pesquisa I A unidade de Metodologia do Aprendizado e Pesquisa I pretende fornecer noções da estrutura Universitária Brasileira, sua gênese e desenvolvimento e o papel do profissional

3 Ementas das Unidades 2 formado na sociedade. Orientará os alunos acerca de estratégias que facilitem a aprendizagem e sobre a utilização de bases bibliográficas e eletrônicas como ferramentas essenciais do processo de aprendizado. Unidade de Fundamentos das Ciências Humanas e Sociais I Ementa A Unidade começa por estabelecer condições de ensino-aprendizagem que facultem aos alunos a aprendizagem das diferenças básicas entre o conhecimento científico e outros tipos de conhecimento, passando à identificação dos objetos de estudo formal e material da sociologia e da antropologia e à abordagem dos aspectos básicos de duas das principais diferentes concepções teóricas (e respectivos conceitos) de cada uma dessas duas ciências sobre a sociedade humana, seus componentes, características, formação e transformação. SEGUNDO SEMESTRE Unidade de Fisiologia Geral e Aplicada II A disciplina consiste em exposições teóricas e demonstrações práticas sobre a fisiologia cardiovascular, renal, respiratória, digestória e endócrina. Unidade de Anatomia Humana da Cabeça e Pescoço O ensino da unidade abrange exposições teóricas e demonstrações práticas sobre a anatomia humana da cabeça e pescoço, abordando os caracteres gerais dos dentes, cavidade bucal, cavidades e condutos do maxilar e mandíbula, seio maxilar, músculos da cabeça, articulação temporo-mandibular, artérias, veias, linfáticos e nervos da cabeça, glândulas salivares, vias de divusão das infecções dentárias e involução senil do aparelho mastigador. Unidade de Histologia bucal e Embriologia A unidade propõe um conhecimento geral dos sistemas que compõem o organismo humano e um conhecimento pormenorizado da histofisiologia da cavidade oral, glândulas salivares e, principalmente das estruturas dentárias e paradentárias, preparando o discente para outras disciplinas básicas do currículo, interrelacionando-as com as disciplinas profissionalizantes.

4 Ementas das Unidades 3 Unidade de Microbiologia básica e Imunologia Esta unidade abordará o conhecimento do mundo microbiano. Morfologia, estrutura e ultraestrutura dos microrganismos, sua fisiologia, metabolismo energético e genética. Controle de microrganismos, interações parasita-hospedeiro, resistência inespecífica, iimunidade celular e humoral. Hipersensibilidades, microrganismos patogênicos de interesse médico-odontológico - bactérias, fungos e vírus. Unidade de Metodologia do Aprendizado e Pesquisa II A disciplina de Metodologia do Aprendizado e Pesquisa II busca discutir os pressupostos epistemológicos e instrumentais da produção do conhecimento científico desenvolvendo noções de ciência, de metodologia, de pesquisa e, também, dos diferentes paradigmas utilizados pela ciência. A partir dessa fase introdutória, serão discutidas diferentes fases do desenvolvimento de um projeto de pesquisa, procurando instrumentalizar os alunos na formulação de seus projetos de TCC. Unidade de Fundamentos das Ciências Humanas e Sociais II Ementa Esta Unidade visa proporcionar aos alunos a experiência da utilização de procedimentos simples com aproximação ao científico, na produção de conhecimento social via pesquisa, sobre aspectos da realidade de Pelotas no que diz respeito às características e problemas da prática da odontologia nos serviços públicos e privados de atendimento à população (e entre os profissionais que os desenvolvem) e, também, no que diz respeito aos hábitos e crenças de saúde bucal (formação destes hábitos e crenças, práticas quotidianas, formas, práticas, recursos e problemas de tratamento bucal usuais) em diferentes classes sociais da mesma população. A análise e a interpretação desses conhecimentos produzidos pelos próprios alunos à luz dos principais instrumentos teóricos adquiridos na primeira parte da disciplina e da tentativa de vislumbrarem as implicações dos mesmos tendo em vista a realidade social e a futura prática profissional, constituem o momento final da disciplina.

5 Ementas das Unidades 4 TERCEIRO SEMESTRE Unidade de Genética e Evolução A unidade desenvolver-se-á a partir de um processo cumulativo de aprendizado que proporcione ao aluno o conhecimento das Bases Moleculares e Cromossômicas da Hereditariedade e sua relação com o desenvolvimento de características normais e patológicas do ser humano, bem como o processo de Evolução, com ênfase na estrutura crâniofacial. Unidade de Microbiologia Oral Esta unidade abordará a microbiota da cavidade oral, com destaque para saliva e placa dental. Participação microbiana na cárie, alterações da polpa e periápice. Prevenção em odontologia. Unidade de Farmacologia A unidade de Farmacologia abordará os princípios de farmacologia, grupos específicos de fármacos que atuam no sistema nervoso autônomo e central. Princípios e mecanismos da antibioticoterapia. Unidade de Patologia Geral Ementa A disciplina trata dos principais fenômenos patológicos básicos que explicam as etiopatogenias em doenças específicas. Unidade de Diagnóstico Estomatológico I A unidade de ensino visa instrumentalizar o aluno nos conhecimentos de semiotécnica e exames complementares (particularmente radiográficos) necessários ao diagnóstico estomatológico e de base para o exercício da odontologia operatória. Unidade Pré-Clinica I A unidade aborda os princípios ergonômicos e de biossegurança que regem o trabalho do Cirurgião-Dentista. Os conteúdos científicos básicos referentes à etiopatogenia, epidemiologia e

6 Ementas das Unidades 5 diagnóstico da cárie e doença periodontal. Envolve aulas de laboratório para exames salivares e microbiológicos com finalidade de diagnóstico. Além disso, inclui o conhecimento do material odontológico relacionado com o controle do biofilme bacteriano. Unidade de Dinâmica das Relações em Odontologia I A unidade abrange os conhecimentos de psicologia referentes a formação do vínculo no atendimento Odontológico, a subjetividade na relação Odontólogo-Paciente; Técnicas de controle do comportamento, desenvolvimento Humano e a dinâmica familiar no atendimento Odontológico. Os desvios psíquicos e o modelo Psiconeuroendocrinológico do estresse. QUARTO SEMESTRE Unidade de Diagnóstico Estomatológico II A unidade trata das principais doenças que acometem o complexo bucomaxilofacial, abordando os aspectos epidemiológicos, etiopatogenéticos, comportamento biológico, diagnóstico, tratamento e prognóstico. Unidade Pré-Clinica II A unidade estuda a oclusão normal e pequenos ajustes aclusais, o tratamento invasivo da lesão cariosa, conhecendo a nomenclatura das cavidades, seus princípios gerais, instrumentais e técnicas de preparo das cavidades e a proteção do complexo dentino-pulpar. As propriedades e manipulação dos materiais protetores e restauradores. O controle da dor nos procedimentos clínicos, abordando a anestesiologia e farmacologia aplicada. Unidade Saúde Bucal Coletiva I A disciplina trata de trabalhar conceito de saúde e doença e suas implicações conforme os determinantes sociais onde aborda os indicadores de saúde doença, suas perspectivas e abordagem. Unidade de Dinâmica das Relações em Odontologia II

7 Ementas das Unidades 6 A unidade abrange os conhecimentos de psicologia referentes a formação do vínculo no atendimento Odontológico, a subjetividade na relação Odontólogo-Paciente; O atendimento Odontológico nas diferentes especialidades: Psicologia aplicada à Ortodontia e à Odontopediatria, ao atendimento clínico do adulto, pacientes com problemas de articulação temporomandibular, prótese dentária, necessidades de cirurgia oral (fissurados palatinos), implantologia e a psico-oncologia em odontologia. QUINTO SEMESTRE Unidade Pré-Clinica III Esta unidade aborda a patologia da polpa e periápice e os princípios e técnicas para tratamento endodôntico: instrumental endodôntico, acesso a câmara pulpar, preparo biomecânico, medicação intracanal, obturação do canal radicular, acidentes de procedimentos, avaliações de sucessos e insucessos, retratamentos, urgências endodônticas. Unidade Saúde Bucal Coletiva II A disciplina trata de trabalhar com conceito de epidemiologia,e com os modelos de estudo e sua utilização nos trabalhos epidemiológicos com noções de bioestatística e sua aplicação Unidade Clinica Odontológica I Esta unidade de ensino tem como campo de estudo a aplicação clínica dos atendimentos integrados visando o restabelecimento e manutenção da saúde bucal dos indivíduos, centrado em procedimentos de controle da placa dentária, procedimentos cirúrgico restauradores menos complexos, somados com o conteúdo teórico de situações mais complexas envolvendo a dentística restauradora e periodontia: planejamento da atenção integral em odontologia, tratamento conservador da polpa dentária, hiper-sensibilidade dentinária, substituição das restaurações: critérios para a sua indicação, inter-relação dentística / periodontia,periodontite, defeitos ósseos alveolares, controle químico do biofilme, princípios de estética aplicado às restaurações, amálgama pins e canaletas, amálgama adesivo e princípios de oclusão aplicados à dentística restauradora.

8 Ementas das Unidades 7 Unidade de Cirurgia Buco-Maxilar I A formação cirúrgica do acadêmico de Odontologia se dá em três Unidades Cirúrgicas seqüenciais e em ordem crescente de complexidade. Os conteúdos são orientados, preferencialmente, para o ensino da propedêutica e técnica cirúrgica, bem como a formação e adestramento de trabalho em nível teórico e pratico em ambulatório, compreendendo o exame, o diagnostico e o tratamento das lesões da área buco-maxilar. Unidade de Filosofia e Ética na Odontologia Ementa A unidade abrange os conhecimentos referentes a atitude filosófica, a filosofia e a ciência, antropologia filosófica e cultura, moral e ciência, a questão dos valores e o relativismo ético, a ética, poder e política, liberdade e Direitos Humanos. A Bioética: Fundamentos teóricos e questões práticas relevantes: aborto, eugenia, eutanásia, clonagem, manipulação genética, préseleção de sexo e Situações e conflitos éticos na prática odontológica. SEXTO SEMESTRE Unidade Pré-Clinica IV A unidade Pré-Clínica IV abrange o estudo dos tecidos duros do dente: diagnóstico, planejamento, tratamento biomecânico e tratamento restaurador através do uso de restaurações indiretas em Odontologia. Estudo do material odontológico para obtenção de modelos de estudo e trabalho; conceito de preparos protéticos, finalidade e relação com as demais Disciplinas. Nomenclatura e classificação dos preparos. Instrumentais cortantes rotatórios e manuais. Princípios gerais do preparo dentário. Técnicas e preparos de cavidades para Restaurações Tipo MOD metálicas (RMF). Técnicas e preparos de cavidades para Restaurações Tipo Inlays e Onlays cerâmicas. Técnicas e preparos protéticos para Restaurações Tipo Coroa total metálica. Técnicas e preparos protéticos para Restaurações Tipo Coroas Totais Metalo-Cerâmicas. Técnicas e preparos protéticos para Restaurações Tipo Coroas Totais Metalo-Plásticas. Técnicas e preparos protéticos para Restaurações Tipo Prótese Adesiva Direta e Indireta. Unidade Saúde Bucal Coletiva III

9 Ementas das Unidades 8 A disciplina trata de trabalhar o processo de calibração e o conhecimento de planejamento propiciando, através destes conhecimentos, a elaboração de projetos de saúde bucal coletiva para a comunidade. Unidade Clinica Odontológica II Esta unidade de ensino tem como campo de estudo a aplicação clínica dos atendimentos integrados, visando o restabelecimento e manutenção da saúde bucal dos indivíduos, executando procedimentos de educação, motivação, periodontia, endodontia e dentística. Os conteúdos teóricos voltados a abordagem integrada dos traumatismos dento-alveolares na dentição permanente. Unidade de Cirurgia Buco-Maxilar II A formação cirúrgica do acadêmico de Odontologia se dá em três Unidades Cirúrgicas seqüenciais e em ordem crescente de complexidade. Os conteúdos são orientados, preferencialmente, para o ensino da propedêutica e técnica cirúrgica, bem como a formação e adestramento de trabalho em nível teórico e pratico em ambulatório, compreendendo o exame, o diagnostico e o tratamento das lesões da área buco-maxilar. Unidade de Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares A unidade de Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares tem como finalidade o aprendizado da oclusão normal e quaisquer desvios desse padrão, através do reconhecimento e diagnóstico destes. Desenvolver habilidades de manuseio e escolha dos aparatos para correção dos desvios de normalidade em pacientes com dentição decídua e mista. Desenvolver no aluno / futuro profissional a capacidade de eleição do tratamento indicado entre os diversos existentes, o qual ao ser empregado dê longevidade as estruturas dentárias dentro dos requisitos de restauração da saúde, função e estética. SÉTIMO SEMESTRE Unidade Saúde Bucal Coletiva IV

10 Ementas das Unidades 9 A disciplina trata de conhecer as políticas de saúde, a evolução histórica das politicas de saúde no Brasil e os modelos de programas odontológicos aplicados ao longo tempo. Unidade Clinica Odontológica III Esta unidade visa treinar o aluno para integrar conhecimentos, habilidades aumentando a complexidade clínica envolvendo conteúdos clareamento dentário vital e não vital de lesões endo-pério, acidentes e complicações nos procedimentos clínicos, retratamento endododôntico, aumento de coroa clínica e estudos de diferentes situações clínicas. Unidade De Cirurgia Buco-Maxilar III A formação cirúrgica do acadêmico de Odontologia se dá em três Unidades Cirúrgicas seqüenciais e em ordem crescente de complexidade. Os conteúdos são orientados, preferencialmente, para o ensino da propedêutica e técnica cirúrgica, bem como a formação e adestramento de trabalho em nível teórico e prático em ambulatório, compreendendo o exame, o diagnóstico e o tratamento das lesões da área buco-maxilar. O conteúdo programático é dividido em parte formativa e informativa. Na parte informativa o aluno deverá ser capaz de diagnosticar e encaminhar para tratamento especializado. Unidade De Prótese Dentária I a Unidade de Prótese Dentária I propicia o estudo da reabilitação oral de pacientes desdentados parciais e totais em duas etapas simultâneas: Introdução ao Universo de Próteses Parciais Fixas. Desta forma, estudar-se-á o emprego de técnicas de restaurações em dentes extensamente destruídos e a construção de próteses unitárias e provisórios em laboratório. Tais procedimentos serão realizados em manequim. Em uma etapa simultânea, os alunos serão introduzidos ao universo das próteses totais. Procedimentos de moldagem, modelagem e relacionamento maxilo-mandibulares serão abordados visando à reabilitação estética e funcional do paciente edentado através de próteses totais duplas. Finalmente, serão ministrados conteúdos de Oclusão afins às diferentes etapas. Em todas as fases, os alunos aplicarão os conhecimentos teóricos e práticos adquiridos na Unidade e Unidades afins no atendimento de pacientes nas Clínicas da Unidade. Unidade de Clínica Infantil I

11 Ementas das Unidades 10 A Disciplina de Odontopediatria propicia a iniciação do aluno de odontologia no atendimento do paciente infantil, sendo fundamental, no primeiro momento, o conhecimento de psicologia aplicada à odontopediatria, para posterior abordagem da importância do exame, diagnóstico da situação da cavidade bucal em relação aos tecidos moles, cárie dentária e oclusão, seguida do planejamento do tratamento a ser executado para manter ou restabelecer saúde bucal. Também é objetivo realçar algumas diferenças relacionadas ao controle da dor, terapias pulpares e reabilitação bucal envolvendo a criança. OITAVO SEMESTRE Unidade de Clínica Odontológica IV A unidade Clínica IV, ministrada no 8º semestre, atua fornecendo condições práticas para que os alunos exercitam seus conhecimentos de Dentística, Endodontia e Periodontia de forma integrada. Também proporcionará aos alunos novos conhecimentos teóricos, especialmente na área de Odontologia Legal, envolvendo ducumentos odontológicos, perícia odontológica, datiloscopia, odontoscopia, rugoscopia palatina, código de ética odontológica, exercício da profissão: direitos e deveres, honorários e responsabilidade profissionais, especialização em odontologia. Unidade de Prótese Dentária II A Unidade de Prótese Dentária II propicia o estudo da reabilitação oral de pacientes desdentados parciais e totais em três etapas simultâneas: continuação do estudo de Próteses Parciais Fixas e Próteses Totais e Introdução ao Universo de Próteses Parciais Removíveis. Desta forma, estudar-se-á o emprego de técnicas para a Reabilitação Oral de desdentados parciais e totais. Em um primeiro momento, tais procedimentos serão realizados em manequim e, a seguir, em pacientes. Em uma simultânea etapa, os alunos continuarão com o estudo de próteses totais onde executarão procedimentos de remonte e ajuste oclusal, acabamento e polimento, instalação e revisão de dentaduras, Consertos e Reembasamentos, Próteses Unimaxilares, Próteses Imediata, Oclusais metálicas sobre próteses totais, Variações de Oclusão, Estética e prótese total e Odontogeriatria. Em todas as fases, os alunos aplicarão os conhecimentos teóricos e práticos adquiridos na Unidade e nas Unidades afins no atendimento de pacientes nas Clínicas da Unidade.

12 Ementas das Unidades 11 Unidade de Clínica Infantil II A Unidade de Clínica Infantil II complementa o conteúdo da Unidade de Clínica Infantil I, direcionando as ações para a dentição decídua e, consequentemente, manejo de crianças com idades entre 2 e 6 anos. Inicialmente, é abordada a terapêutica para crianças, seguido do conhecimento detalhado dos traumatismos dento-alveolares da dentição decídua e suas seqüelas na dentição permanente. Também, é necessário destacar situações cirúrgicas em clínica infantil, atenção aos pacientes de 0 a 3 anos e alertar para o papel do odontológo frente ao quadro de maus tratos na criança e demais condições que a caracterizem com especial. NONO SEMESTRE Unidade de Prótese Dentária III A Unidade de Prótese Dentária III propicia o estudo da reabilitação oral de pacientes desdentados parciais em duas etapas simultâneas: continuação do estudo de Próteses Parciais Fixas e Próteses Parciais Removíveis. Desta forma, estudar-se-á o emprego de técnicas para a Reabiltação Oral de desdentados parciais. Serão realizados, em pacientes, procedimentos restauradores protéticos a nível a nível de prótese parciais fixas complexas (até 03 elementos) e unitárias como coroas totais metálicas e metalo-cerâmicas, coroas totais cerâmicas, Prótese adesivadas indiretas, restaurações do tipo inlays/onlays cerâmicas e restaurações metálicas fundidas. Serão ministrados conteúdos teóricos de Implantodontia de referência protética Próteses sobre implantes. Em todas as fases, os alunos aplicarão os conhecimentos teóricos e práticos adquiridos na Unidade e Unidades afins no atendimento de pacientes nas Clínicas da Unidade. Unidade de Traumatologia e Prótese Buco-Maxilo-Facial A Unidade de Traumatologia e Prótese Buco-Maxilo-Facial destina-se a informar os traumatismos faciais, desenvolvendo no estudante a capacidade para o seu diagnóstico (através de recursos clínicos e complementares) e atenção urgencial provisória. Classificação dos materiais. Requisitos. Fases técnicas. Próteses: nasal, auricular, extensas perdas faciais,

13 Ementas das Unidades 12 radíferas, ocular, óculo palpebral, perdas da maxila e mandíbula e fissuras congênitas. Moldagens e modelagens faciais, Moldagem e modelagens nasais. Moldagens e modelagens auriculares. Goteiras tipo férula de Stout. Prótese ocular. Modelagens e ceroplastias indiretas. Demonstrações e atendimentos ambulatoriais. DÉCIMO SEMESTRE Unidade de Diagnóstico, Planejamento e Controle A Unidade de Diagnóstico, Planejamento e Controle propicia ao aluno de odontologia a visão do paciente como um todo, abordando desde a importância do exame, diagnóstico da situação da cavidade bucal em relação aos tecidos moles, cárie dentária e oclusão, seguida do planejamento do tratamento a ser executado para manter ou restabelecer saúde bucal. ATIVIDADES COMPLEMENTARES À GRADUAÇÃO As atividade complementares são os estágios voluntários em projetos de ensino ou extensão, projetos de pesquisa e monitorias. Estágios Voluntários: Os estágios são em projetos de ensino ou extensão, classificados e extra e intra-muros. Estágios extra-muros: Nome Local Número de vagas Materno-Infantil Unidade de saúde do Município 04 (PY Crepo) Projeto "Dentinho Feliz" Creche Santo Antônio 02 Atenção aos Adolescentes CEFET 06 Promoção de Saúde Bucal: Presídio Municipal 12 Atenção Integral à Saúde de Adultos Atenção à Saúde Bucal à Laranjal 02 Comunidade do Laranjal Cirurgia e Traumatologia Buco- Hospital Universitário 08 Maxilo-Facial em nível Hospitalar TOTAL 34

14 Ementas das Unidades 13 Estágios intra-muros: Nome Disciplinas Número de vagas Atenção Odontológica Materno- Infantil Odontopediatria/ Periodontia /Endodontia/ Dentística 12 operadores 12 auxiliares Centro de Diagnóstico e Histopatologia (CDH) Patologia, semiologia, Radiologia, e Cirurgia 06 operadores 06 auxiliares Núcleo de Estudos e Tratamento dos traumatismos Alvéolo Dentários na dentição decídua Odontopediatria I e II 06 operadores 06 auxiliares Atendimento Especial de Pacientes com disfunção da Articulação têmporo-mandibular Prótese parcial I e II 06 operadores 06 auxiliares Serviço Central de Radiologia Radiologia 02 operadores Implante Cirurgia BMF e Traumatologia BMF 06 operadores 06 auxiliares SERDEF - Serviço de Reabilitação de Deformidades Faciais Atendimento Especial para Desdentados Parciais Serviço de Manutenção das Prótese Totais da Faculdade de Odontologia de Pelotas TOTAL Prótese Buco-Maxilo-Facial Prótese parcial I e II Prótese total 02 auxiliares 02 operadores 04 operadores 04 auxiliares 44 operadores 36 auxiliares Pesquisa: Embora o número de bolsistas de iniciação científica ainda seja pequeno, no curso de odontologia, a cada dia, há um aumento significativo dos docentes a alunos envolvidos em pesquisas. A maioria dos docentes estiveram envolvidos em orientações de alunos na 40 a Semana Acadêmica Odontológica. Bolsistas de iniciação científica Agencias de Fomento PROGRAMA ESPECIAL DE TREINAMENTO (PET- SESu) Número de bolsistas 12 BOLSISTAS CNPq FAPERGS 06 BOLSISTAS 04 BOLSISTAS

15 Ementas das Unidades 14 Programa Especial de Treinamento (PET) Início: março de 1992 Participantes: 12 alunos bolsistas 02 alunos voluntários Objetivo: Formação Integral: Ensino/Pesquisa /Extensão PROIN: Programa de Integração entre a pós-graduação e graduação Início: 1996 Participantes: alunos da graduação Professora Coordenadora: Ms Carmen Jacques Lemes Números de pesquisas cadastradas, monitores por Departamento Departamento NÚMERO DE PROFESSORES TOTAL DE PESQUISAS CADASTRADAS NO NÚMERO DE MONITORES EFETIVOS COCEPE SEMIOLOGIA E CLÍNICA ODONTOLOGIA RESTAURADORA TRAUMATOLOGIA E CIRURGIA BMF ODONTOLOGIA SOCIAL E PREVENTIVA TOTAL Programas de Monitoria A presença de alunos monitores é importante para disciplina, alunos e para o próprio monitor. Atualmente, o curso de Odontologia tem 22 monitores nas Ciências Odontológicas, distribuído conforme o quadro acima e outros nas ciências biológicas.

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE ODONTOLOGIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE ODONTOLOGIA 3º período 2º período 1º período MATRIZ CURRICULAR - FADBA Período Núcleos Componente curricular Créditos Básica Anatomia geral 4 36 36 72 Bioquímica Citologia, Histologia e Embriologia Humanas 5 72 18

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Departamento de Odontologia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Departamento de Odontologia PERÍODO DISCIPLINA C.H. TEÓR. PRÁT. Nº. CÓ-REQUISITOS Anatomia Descritiva e Topográfica 64 32 32 02 Bioquímica e Biologia Molecular 80 62 18 02 Biologia Celular e dos tecidos 80 62 18 02 1º Embriologia

Leia mais

Relatório de versão curricular

Relatório de versão curricular UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Configuração Curricular Relatório de versão curricular Curso: 19001 - ODONTOLOGIA Versão curricular: D-20132 Situação: Liberada Carga horária mínima para mudança de

Leia mais

GRADE CURRICULAR DE ODONTOLOGIA INTEGRAL

GRADE CURRICULAR DE ODONTOLOGIA INTEGRAL SIGLA MULTIVIX GRADE CURRICULAR DE ODONTOLOGIA INTEGRAL 2016-1 CÓDIGO DISCIPLINAS Primeiro Período CARGA HORÁRIA SEMESTRAL ODO0002 EDUCAÇÃO EM SAÚDE 40 ODO0003 PSICOLOGIA APLICADA A SAÚDE 40 ODO0020 COMUNICAÇÃO

Leia mais

EXAME DE SELEÇÃO PARA MONITORIA DE GRADUAÇÃO

EXAME DE SELEÇÃO PARA MONITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL N 01/2017/CATHEDRAL EXAME DE SELEÇÃO PARA MONITORIA DE GRADUAÇÃO 2017.1 1.Da Monitoria 1. 1. Entende-se por Monitoria a atividade de caráter didático-pedagógica, desenvolvida pelo aluno e orientada

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais ICBS ODONTOLOGIA/NOITE HORÁRIO DE AULA 1º SEMESTRE DE 2017

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais ICBS ODONTOLOGIA/NOITE HORÁRIO DE AULA 1º SEMESTRE DE 2017 1º PERÍODO Currículo Novo (513) 13:30 07:40 15:20 1) Introdução à 1) Introdução à Bioquímica e Biologia Molecular Bioquímica e Biologia Molecular Embriologia Geral e da Face Embriologia Geral e da Face

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 268/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 268/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 268/2014 Altera a Deliberação CONSEP Nº 105/2014, que dispõe sobre o Currículo do Curso de Odontologia, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

ODONTOLOGIA-522 Nível:Graduação Início: Fim: Legislação: RECONHECIMENTO: PORTARIA MINISTERIAL Nº 348 DE 03/03/94 D.O.U. 07/03/94 Currículo

ODONTOLOGIA-522 Nível:Graduação Início: Fim: Legislação: RECONHECIMENTO: PORTARIA MINISTERIAL Nº 348 DE 03/03/94 D.O.U. 07/03/94 Currículo 1 de 5 Nível:Graduação Início: 19861 01 - - - Biologia Molecular - Ativa desde: - E.I. II - Anatomia, Histologia e Embriologia - Teórica 90 BIO428 - Bioquímica - Ativa desde: 20/09/2011 CHF823 - E.I. I

Leia mais

Grade do Curso. 16A - ODONTOLOGIA Currículo: DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 9 2 ANA013 ANATOMIA APLICADA À ODONTOLOGIA II

Grade do Curso. 16A - ODONTOLOGIA Currículo: DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 9 2 ANA013 ANATOMIA APLICADA À ODONTOLOGIA II Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional - CGCO Sistema Integrado de Gestão Acadêmica - SIGA CDARA - COORDENADORIA DE ASSUNTOS E REGISTROS ACADÊMICOS

Leia mais

* MÉTODOS DE PESQUISA E AVALIAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA EM OFERTA VIRTUAL ( ). (*) ATENÇÃO PRÁTICAS quinzenais

* MÉTODOS DE PESQUISA E AVALIAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA EM OFERTA VIRTUAL ( ). (*) ATENÇÃO PRÁTICAS quinzenais 1º PERÍODO 13:30 07:40 15:20 17:10 19:00 20:50 1) Introdução à 1) Introdução à Bioquímica e Biologia Molecular Bioquímica e Biologia Molecular Embriologia Geral e da Face Embriologia Geral e da Face 2)

Leia mais

* MÉTODOS DE PESQUISA E AVALIAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA EM OFERTA VIRTUAL ( ). (*) ATENÇÃO PRÁTICAS quinzenais

* MÉTODOS DE PESQUISA E AVALIAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA EM OFERTA VIRTUAL ( ). (*) ATENÇÃO PRÁTICAS quinzenais 1º PERÍODO 13:30 07:40 15:20 17:10 19:00 20:50 1) Introdução à 1) Introdução à Bioquímica e Biologia Molecular Bioquímica e Biologia Molecular Embriologia Geral e da Face Embriologia Geral e da Face 2)

Leia mais

EDITAL DC/BP 19/2016 E D I T A L

EDITAL DC/BP 19/2016 E D I T A L EDITAL DC/BP 19/2016 ABRE INSCRIÇÕES PARA O EXAME DE PROFICIÊNCIA PARA ALUNOS REGULARMENTE MATRICULADOS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CAMPUS BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, NO SEGUNDO

Leia mais

Disciplinas 13 de December de 2012 Última Atualização 04 de January de 2013

Disciplinas 13 de December de 2012 Última Atualização 04 de January de 2013 13 de December de 01 Última Atualização 04 de January de 013 e créditos 17/1/01 SISTEMA DE CRÉDITOS ADOTADOS PELO PPGO-UNIOESTE: Um (1) crédito = quinze (15) h/aulas; Número total de créditos: 44 (660

Leia mais

CONSIDERANDO os pronunciamentos contidos no Processo nº 24740, de 22/08/2007;

CONSIDERANDO os pronunciamentos contidos no Processo nº 24740, de 22/08/2007; DELIBERAÇÃO - CÂMARA DE GRADUAÇÃO Nº002/2008 Estabelece adequações curriculares para o curso de graduação em Odontologia, a vigorar a partir do ano letivo de 2008. CONSIDERANDO os pronunciamentos contidos

Leia mais

CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: ANATOMIA DO SISTEMA LOCOMOTOR Terminologia Anatômica. Sistema Esquelético. Sistema Articular. Sistema Muscular. DISCIPLINA: SISTEMAS BIOLÓGICOS

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR 2014/2 Aprovada pela Resolução nº 15 CONSEPE, de 18 de junho de 2014.

ESTRUTURA CURRICULAR 2014/2 Aprovada pela Resolução nº 15 CONSEPE, de 18 de junho de 2014. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE MEDICINA DO MUCURI FAMMUC CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA ESTRUTURA CURRICULAR 2014/2 Aprovada pela Resolução

Leia mais

Estrutura Curricular de Enfermagem Vigência a partir do 1º semestre de Aprovada pela Resolução nº 36 CONSEPE 18/12/2009.

Estrutura Curricular de Enfermagem Vigência a partir do 1º semestre de Aprovada pela Resolução nº 36 CONSEPE 18/12/2009. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM Estrutura Curricular de Enfermagem Vigência

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ODONTOLOGIA 402590 Atividades Complementares Ementa: construção ampla e geral do conhecimento da Odontologia, em prática discente livre, no que se incluem

Leia mais

Curso: ODONTOLOGIA Curriculo: 0004-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de NOT

Curso: ODONTOLOGIA Curriculo: 0004-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de NOT Curriculo: 0004-B GR01918 GR02151 GR01905 GR01921 GR01909 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Anatomia Humana 72.00 Cíntia Bovi Binotti / Marcelo Cesar Zanesco Atividade Pró-ativa - Clínica Odontológica

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Enfermagem

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Enfermagem MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM GRADE 5 Currículo Pleno aprovado pelo Conselho de Curso para o ano de 2012 Cód. Disc. DISCIPLINAS 1º SEMESTRE CRÉD. CH TOTAL TEÓRICA PRÁTICA 6501-1 Anatomia I *

Leia mais

Enfermagem 1 SEMESTRE. Biologia 60h

Enfermagem 1 SEMESTRE. Biologia 60h Enfermagem 1 SEMESTRE Biologia 60h Ementa: Biologia celular: composição, estrutura, ultraestrutura e função da célula e de seus componentes. Divisão celular: meiose e mitose. Reprodução: tipos e diversidade

Leia mais

T P PRÉ-REQUISITO T P PRÉ-REQUISITO

T P PRÉ-REQUISITO T P PRÉ-REQUISITO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2012.2 1º SEMESTRE Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Relações Étnico-raciais, Cultura e Saúde

Leia mais

PERFIL DE FORMAÇÃO - INTEGRALIZAÇÃO MATRIZ CURRICULAR

PERFIL DE FORMAÇÃO - INTEGRALIZAÇÃO MATRIZ CURRICULAR PERFIL DE FORMAÇÃO - INTEGRALIZAÇÃO Período 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º CH/total Carga horária/semestre 582 659 597 615 630 532 596 545 -- -- -- -- 4756 h Estágio Supervisionado em Regime de

Leia mais

BACHARELADO EM ENFERMAGEM

BACHARELADO EM ENFERMAGEM BACHARELADO EM ENFERMAGEM PRIMEIRO PERÍODO LETIVO Comunicação Oral e Produção de Textos Científicos PRÉ REQUIITO EQUIVALÊNCIA 04 80 1.Português Instrumental 2.Português Instrumental para Produção de Textos

Leia mais

UNIODONTO PORTO ALEGRE

UNIODONTO PORTO ALEGRE UNIODONTO PORTO ALEGRE CÓDIGO PROCEDIMENTO U.S. Flex 30% GRUPO Valor da US 0,32 Coeficiente 0,30 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS 72,00 R$ 6,91 CONSULTAS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR FUNÇÃO: Recuperação / Reabilitação SUBFUNÇÃO OU COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

CODIGO DISCIPLINA PERÍODO BA027 Acupuntura 6º PERÍODO BA031 Anatomia Médica I 1º PERÍODO BA033 Neuroanatomia 2º PERÍODO BA034 Esplancnologia 2º

CODIGO DISCIPLINA PERÍODO BA027 Acupuntura 6º PERÍODO BA031 Anatomia Médica I 1º PERÍODO BA033 Neuroanatomia 2º PERÍODO BA034 Esplancnologia 2º CODIGO DISCIPLINA PERÍODO BA027 Acupuntura 6º PERÍODO BA031 Anatomia Médica I 1º PERÍODO BA033 Neuroanatomia 2º PERÍODO BA034 Esplancnologia 2º PERÍODO BA045 Anatomia Humana Prática com Dissecação 4º PERÍODO

Leia mais

Ementas das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética

Ementas das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética Ementas das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética 1º SEMESTRE 802310 - ANATOMOFISIOLOGIA APLICADA À ESTÉTICA Ementa: Estudo de conhecimentos de anatomia integrados à fisiologia

Leia mais

EDITAL N.º 232/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 230/2015

EDITAL N.º 232/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 230/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 230/2015 O VICE-REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, retifica o Edital nº 230/2015, de 25 de setembro de 2015, publicado no

Leia mais

A) ESTRUTURA CURRICULAR A elaboração da estrutura curricular do curso de Graduação em Odontologia seguiu os seguintes critérios: # Atender às

A) ESTRUTURA CURRICULAR A elaboração da estrutura curricular do curso de Graduação em Odontologia seguiu os seguintes critérios: # Atender às A) ESTRUTURA CURRICULAR A elaboração da estrutura curricular do curso de Graduação em Odontologia seguiu os seguintes critérios: # Atender às Diretrizes Curriculares Nacionais(DCN) estabelecidas pela RESOLUÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 455/2012

RESOLUÇÃO N.º 455/2012 MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 455/2012 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em, Grau: Bacharelado, sediado no Pólo Universitário de Rio

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular CICLO GERAL OU CICLO BÁSICO AN001- ANATOMIA 1 OBRIGATÓRIO 1 30 60 90 4 ESTUDO DA MORFOLOGIA DOS DIVERSOS ÓRGÃOS QUE CONSTITUEM OS SISTEMAS DO CORPO HUMANO. BQ001- BIOQUIMICA 1 OBRIGATÓRIO 1 30 30 60 3

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA PRIMEIRO SEMESTRE INTRODUÇÃO À PRÁTICA MÉDICA I 45 ANATOMIA SISTÊMICA APLICADA I 90 BIOFÍSICA E FISIOLOGIA I 90 SOCIOLOGIA CULTURA E ÉTICA 45 BIOLOGIA CELULAR, TECIDUAL

Leia mais

Prótese parcial fixa em metalo cerâmica. Prótese parcial fixa em metalo plástica. Paciente com grande perda de estrutura dentária.

Prótese parcial fixa em metalo cerâmica. Prótese parcial fixa em metalo plástica. Paciente com grande perda de estrutura dentária. Resumo de especialidades: Plano PLUS, Prótese parcial fixa em metalo cerâmica As coroas e próteses em metalocerâmica são uma opção para pessoas que perderam um ou mais dentes. Prótese parcial fixa em metalo

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Fisioterapia Campus: Niterói Missão O curso de Fisioterapia da Universidade Estácio de Sá, através de uma estrutura embasada em princípios contemporâneos, tem por missão

Leia mais

Disciplina. 1 ano - 2 Semestre. Disciplina

Disciplina. 1 ano - 2 Semestre. Disciplina 1 ano - 1 Semestre Anatomia Humana I 60 4 Estudo da Genética e da Evolução 60 4 Necessidades Educacionais Especiais 60 4 História e Fundamentos da Fisioterapia 45 3 Antropologia 30 2 Fisiologia 60 4 Saúde

Leia mais

EDITAL Nº 004/2016 (FACULDADE SETE LAGOAS CURSOS DE ODONTOLOGIA e FISIOTERAPIA)

EDITAL Nº 004/2016 (FACULDADE SETE LAGOAS CURSOS DE ODONTOLOGIA e FISIOTERAPIA) EDITAL Nº 004/2016 (FACULDADE SETE LAGOAS CURSOS DE ODONTOLOGIA e FISIOTERAPIA) O Diretor Acadêmico da Faculdade Sete Lagoas torna público que estão abertas as inscrições para o Programa de Monitorias

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogando a Resolução CONSEACC/BP 13/2016, e demais disposições contrárias.

R E S O L U Ç Ã O. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogando a Resolução CONSEACC/BP 13/2016, e demais disposições contrárias. RESOLUÇÃO CONSEACC/BP 33/2016 ALTERA O ROL DE DISCIPLINAS INSUSCETÍVEIS AO PROGRAMA DE FORMAÇÃO GERAL PFG DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CAMPUS BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF. A Presidente

Leia mais

FACULDADE VERDE NORTE - FAVENORTE

FACULDADE VERDE NORTE - FAVENORTE ESTRUTURA CURRICULAR DE ENFERMAGEM 1º PERÍODO INTRODUÇÃO À ENFERMAGEM 40 00 40 33:20 ANTROPOLOGIA/SOCIOLOGIA 80 00 80 66:40 FUNDAMENTOS DA SAÚDE 60 00 60 50:00 PÚBLICA SAÚDE PÚBLICA PESP I METODOLOGIA

Leia mais

FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA A PARTIR DE JANEIRO DE 2016 PRIMEIRO PERÍODO

FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA A PARTIR DE JANEIRO DE 2016 PRIMEIRO PERÍODO PRIMEIRO PERÍODO CBS002 CHS009 CBS004 CBS005 FIS001 CHS012 CHS006 CHS015 FIS043 Anatomia Humana I 20 20 40 Português I 40-40 Genética 40-40 Biologia Celular 40-40 História da Fisioterapia 40-40 Métodos

Leia mais

Elementos Constitutivos da Estrutura Curricular por Semestre

Elementos Constitutivos da Estrutura Curricular por Semestre Elementos Constitutivos da Estrutura Curricular por Semestre 1º SEMESTRE Competências e Habilidades Específicas para Atuação Profissional promover estilos de vida saudáveis, conciliando as necessidades

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA. Curso: Odontologia Período de oferta da disciplina: 2 o P.

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA. Curso: Odontologia Período de oferta da disciplina: 2 o P. UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: HISTOLOGIA BUCO DENTAL Código da Disciplina: ODO110 Curso: Odontologia Período de oferta da disciplina: 2 o P. Faculdade

Leia mais

Cobertura RN 338 Lei 9656/98:

Cobertura RN 338 Lei 9656/98: Cobertura RN 338 Lei 9656/98: CÓDIGO PROCEDIMENTO GRUPO 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS CONSULTAS 81000030 CONSULTA ODONTOLÓGICA CONSULTAS 81000073 CONSULTA

Leia mais

CURSOS ICMDS RESIDÊNCIA CLÍNICA EM DENTISTERIA BIOMIMÉTICA

CURSOS ICMDS RESIDÊNCIA CLÍNICA EM DENTISTERIA BIOMIMÉTICA CURSOS ICMDS RESIDÊNCIA CLÍNICA EM DENTISTERIA BIOMIMÉTICA OBJECTIVOS O objectivo de mimetizar ou copiar a natureza (biomimética) só é possível graças à crescente evolução dos materiais dentários e do

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA. 1. Identificação: 2. Ementa: 3. Objetivo Geral: Departamento: Ciências Básicas

PLANO DE DISCIPLINA. 1. Identificação: 2. Ementa: 3. Objetivo Geral: Departamento: Ciências Básicas PLANO DE DISCIPLINA 1. Identificação: Departamento: Ciências Básicas Disciplina: Microbiologia I Cód.: FCB00010 Período Ministrado / Semestre / Ano : 2ºP/ 1ºSem/2010 Corpo Docente: Prof. Dr. Renato Varges

Leia mais

ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. FAHESA

ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. FAHESA ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. FAHESA Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e de Saúde de Araguaína Av. Filadélfia,568 - Setor Oeste - Araguaína - TO Fone: (63) 3411

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Disciplinas em Oferta do 2º semestre de 2013

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Disciplinas em Oferta do 2º semestre de 2013 Disciplinas em Oferta do 2º semestre de 213 1º Período CH Cred. Turmas ANATOMIA HUMANA (45724) 68 3 238.1.1-9 CITOLOGIA E HISTOLOGIA (45723) 85 5 2381.1.1-7 2381.1.2-7 FILOSOFIA: RAZÃO E MODERNIDADE (47551)

Leia mais

Módulo Opcional de Aprendizagem

Módulo Opcional de Aprendizagem Anexo 09 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA 1. Identificação Módulo Opcional

Leia mais

EDITAL Nº 002/2017 (FACULDADE SETE LAGOAS CURSOS DE ODONTOLOGIA e FISIOTERAPIA)

EDITAL Nº 002/2017 (FACULDADE SETE LAGOAS CURSOS DE ODONTOLOGIA e FISIOTERAPIA) EDITAL Nº 002/2017 (FACULDADE SETE LAGOAS CURSOS DE ODONTOLOGIA e FISIOTERAPIA) O Diretor Acadêmico da Faculdade Sete Lagoas torna público que estão abertas as inscrições para o Programa de Monitoria Voluntária

Leia mais

Resolução UNESP 75, de dezembro de 2004 alterada pela Resolução UNESP 63/06

Resolução UNESP 75, de dezembro de 2004 alterada pela Resolução UNESP 63/06 Resolução UNESP 75, de dezembro de 2004 alterada pela Resolução UNESP 63/06 1ª Série Anatomia Humana 432 Anatomia Radiológica 36 Bioestatística I 30 Bioestatística II 36 Biofísica 108 Biologia Celular

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM Missão Objetivo Geral Objetivos Específicos

CURSO: ENFERMAGEM Missão Objetivo Geral Objetivos Específicos CURSO: ENFERMAGEM Missão Formar para atuar em Enfermeiros qualificados todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema Único de Saúde e do sistema

Leia mais

ANEXO I TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS DA UNIODONTO CATARINENSE MARFIM EMPRESARIAL

ANEXO I TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS DA UNIODONTO CATARINENSE MARFIM EMPRESARIAL ANEXO I TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS DA UNIODONTO CATARINENSE MARFIM EMPRESARIAL Produto Nº 463.787/11-9 Edição outubro/2011 - Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS) Essa tabela é

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO A criação da Escola de Pharmacia e Odontologia de Araraquara, em 2 de fevereiro de 1923, fez parte de um conjunto de empreendimentos da Prefeitura Municipal de Araraquara. Bento

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA (INTA) PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 1º SEMESTRE

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA (INTA) PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 1º SEMESTRE 1 2.7. ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 2015.2 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 90 60 30 06 2. Antropologia Teológica 30 30 02 3. Biologia (Citologia/Genética) 60 45 15 04 4. Educação

Leia mais

1. MATRIZ CURRICULAR. C/H SEMESTRAL Pré-Requisito. C/H Sem. Nº DISCIPLINA - 1 SEMESTRE

1. MATRIZ CURRICULAR. C/H SEMESTRAL Pré-Requisito. C/H Sem. Nº DISCIPLINA - 1 SEMESTRE INÍCIO DO CURSO: 01/02/2011 AUTORIZAÇÃO: N 1.562 de 24 de setembro de 2010. DURAÇÃO DO CURSO: 5 anos TURNOS: Diurno TÍTULO DE GRADUAÇÃO: Fisioterapeuta O perfil do profissional a ser formado é de um fisioterapeuta

Leia mais

Edital de MONITORIA DOS CURSOS DA SAÚDE

Edital de MONITORIA DOS CURSOS DA SAÚDE Edital de MONITORIA DOS CURSOS DA SAÚDE 2013.1 Período de inscrição para monitoria: 25/02 A 01/03/2013 Local: SALA 20/BLOCO E/CAMPUS II (DIREÇÃO DA SAÚDE) Horário: de segunda à sexta-feira das 08 às 12

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso: ENFERMAGEM SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão Formar Enfermeiros qualificados para atuar em todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema

Leia mais

Estrutura Curricular - vigência a partir de 2008 (Alteração homologada pela Resolução nº 36 CONSEPE, de 12/12/2008).

Estrutura Curricular - vigência a partir de 2008 (Alteração homologada pela Resolução nº 36 CONSEPE, de 12/12/2008). MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE GRADUÇÃO EM NUTRIÇÃO Estrutura Curricular - vigência a partir de 2008

Leia mais

HORÁRIO AV1 ENFERMAGEM

HORÁRIO AV1 ENFERMAGEM TURMA: 113-1 MANHÃ (1º Semestre) 7:30 AS 12:45 INFORMÁTICA (GRUPO A E GRUPO B) 7:30 AS 10:00 ANATOMIA HUMANA (PRÁTICA) 7:30 AS 10:00 BIOQUÍMICA 10:15 AS 11:55 CITOLOGIA E HISTOLOGIA (TEÓRICA) 26/03/15

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Professoras: Adriana A. Depieri, Patrícia Ruiz Spyere.

PLANO DE ENSINO. Professoras: Adriana A. Depieri, Patrícia Ruiz Spyere. ! PLANO DE ENSINO. IDENTIFICAÇÃO: Curso: Odontologia Disciplina: Endodontia I Carga Horária: 60h/a Professoras: Adriana A. Depieri, Patrícia Ruiz Spyere. 2. EMENTA: Estudo dos Princípios básicos em Endodontia.

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 076/81 Autoriza a criação do Curso de Mestrado em Odontologia O Reitor da UERJ: Faço saber que o Conselho Superior de Ensino e Pesquisa aprovou, conforme o Processo nº 1798/81, e eu promulgo

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA DA FIBRA PRIMEIRO PERÍODO - EIXO TEMÁTICO: O HOMEM COMO SER BIOLÓGICO E SOCIAL

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA DA FIBRA PRIMEIRO PERÍODO - EIXO TEMÁTICO: O HOMEM COMO SER BIOLÓGICO E SOCIAL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA DA FIBRA PRIMEIRO PERÍODO - EIXO TEMÁTICO: O HOMEM COMO SER BIOLÓGICO E SOCIAL ANATOMIA HUMANA FISIOLOGIA HUMANA BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR PROFISSIO

Leia mais

TABELA DE PROCEDIMENTOS UNIODONTO - Catarinense Produto ANS nº: e BRILHANTE INTEGRAL OPERACIONAL

TABELA DE PROCEDIMENTOS UNIODONTO - Catarinense Produto ANS nº: e BRILHANTE INTEGRAL OPERACIONAL TABELA DE PROCEDIMENTOS UNIODONTO - Catarinense Produto ANS nº: 463.788.11.7 e 463.720.11.8 BRILHANTE INTEGRAL OPERACIONAL Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição janeiro/2014 - Terminologia Unificada da

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM EMENTAS º PERÍODO

CURSO: ENFERMAGEM EMENTAS º PERÍODO CURSO: ENFERMAGEM EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: ANATOMIA DO SISTEMA LOCOMOTOR Terminologia Anatômica. Sistema Esquelético. Sistema Articular. Sistema Muscular. DISCIPLINA: SISTEMAS BIOLÓGICOS

Leia mais

COD DESCRIÇÃO Us Local Us Interc Critérios Técnicos e Observações

COD DESCRIÇÃO Us Local Us Interc Critérios Técnicos e Observações UNIODONTO ARARAQUARA COOPERATIVA DE TRABALHO ODONTOLÓGICO TABELA UNIODONTO TUSS 01 de Julho de 2013 COD DESCRIÇÃO Us Us Interc Critérios Técnicos e Observações DIAGNÓSTICO - ATIVIDADES 81000030 Consulta

Leia mais

Curso: ODONTOLOGIA Curriculo: 0004-B DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT

Curso: ODONTOLOGIA Curriculo: 0004-B DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT GR01918 GR02151 GR01905 GR01921 GR01909 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Anatomia Humana 72.00 - Atividade Pró-ativa - Clínica Odontológica 72.00 - Epidemiologia 72.00 - Histologia Humana 72.00 - Saúde

Leia mais

TABELA DE MEDICINA DENTÁRIA ANEXO I

TABELA DE MEDICINA DENTÁRIA ANEXO I TABELA DE MEDICINA DENTÁRIA ANEXO I PROTOCOLO - INATEL TRATAMENTOS PARTICULAR INATEL Consulta 30,00 20,00 DENTISTERIA Restauração amálgama e compósitos Em cavidade c/ compromisso de 1 só face 60,00 25,00

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág. CURSO DE ODONOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: Anatomia Humana II: Cabeça e Pescoço Código: - Ch: 60h Pré-requisito:

Leia mais

FORMAÇÃO DE AUXILIARES DE CLÍNICA DENTÁRIA

FORMAÇÃO DE AUXILIARES DE CLÍNICA DENTÁRIA FORMAÇÃO DE AUXILIARES DE CLÍNICA DENTÁRIA Lecionado pela Equipa Clínica da MALO CLINIC SINOPSE O curso destina-se a todos os que estejam interessados na área da Medicina Dentária e que pretendam vir a

Leia mais

CURSO DE ODOONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

CURSO DE ODOONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 CURSO DE ODOONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: Microbiologia Oral Código: ODO-018 Pré-requisito: Microbiologia

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIRURGIA E TRAUMATOLOGIA BUCOMAXILOFACIAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIRURGIA E TRAUMATOLOGIA BUCOMAXILOFACIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIRURGIA E TRAUMATOLOGIA BUCOMAXILOFACIAL OBJETIVO DO CURSO: Desenvolver a capacidade técnica e científica voltadas ao diagnóstico, planejamento e execução de tratamento de patologias

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Farmácia Campus: Campos dos Goytacazes Missão O curso tem como missão formar profissionais farmacêuticos com visão generalista e humanista capazes de exercer atividades

Leia mais

Curso: ODONTOLOGIA Curriculo: 0004-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de DIU

Curso: ODONTOLOGIA Curriculo: 0004-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de DIU 1º Semestre de 2017 - DIU GR01918 GR02151 GR01905 GR01921 GR01909 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Anatomia Humana 72.00 Cíntia Bovi Binotti / Marcelo Cesar Zanesco Atividade Pró-ativa - Clínica Odontológica

Leia mais

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, CEP Tel. 0** (42) Ponta Grossa Pr. -

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, CEP Tel. 0** (42) Ponta Grossa Pr. - CURSO DE ODONTOLOGIA Turno: INTEGRAL Reconhecido pelo Decreto n 40.445, de 30.11.56, D.O.U. de 30.11.56. Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação em Odontologia, o acadêmico deverá

Leia mais

FACULDADE DE JAGUARIÚNA

FACULDADE DE JAGUARIÚNA Noturno 01 1 1090249 Bioestatística 20 20 40 1 1090309 Citologia e Genética 40 20 1 1090250 Comunicação e Relacionamento Interpessoal 20 20 40 1 1090026 Educação e Atenção Integral a Saúde I 40 40 1 1090211

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 01/2005 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em, do Centro

Leia mais

Integralização Curricular anterior

Integralização Curricular anterior 4.7 Integralização Curricular A seguir apresentamos a matriz de integralização do curso de das Faculdades Integradas Pitágoras, onde é possível identificar, por meio da representação gráfica a proposta

Leia mais

Planos Médicos x Planos Odontológicos

Planos Médicos x Planos Odontológicos Bradesco Dental Planos Médicos x Planos Odontológicos Do ponto de vista negocial, o mercado privado de saúde no Brasil esta em expansão e o setor de odontologia particularmente vem apresentando maiores

Leia mais

2004 Política Nacional de Saúde Bucal. Ações de promoção, prevenção, recuperação e manutenção da saúde bucal dos brasileiros

2004 Política Nacional de Saúde Bucal. Ações de promoção, prevenção, recuperação e manutenção da saúde bucal dos brasileiros 2004 Política Nacional de Saúde Bucal Ações de promoção, prevenção, recuperação e manutenção da saúde bucal dos brasileiros AS POLITICAS PÚBLICAS condicionam Os determinantes sociais da saúde Inclusão

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR- CURSO DE MEDICINA DA PUC-GOIÁS

MATRIZ CURRICULAR- CURSO DE MEDICINA DA PUC-GOIÁS 6.2.1. Matriz Atual MATRIZ CURRICULAR- CURSO DE MEDICINA DA PUC-GOIÁS TOTAL DE CRÉDITOS: 544 CRÉDITOS TOTAL DE HORAS: 8.160 HORAS (67% pratica e 33% teoria) MÓDULO = PERÍODO 1 o CICLO MÓDULO I Bioquímica/Biofísica

Leia mais

Confiabilidade em saúde bucal

Confiabilidade em saúde bucal Planos Odontológicos Assistência odontológica empresarial PLANOS PME - A partir de 05 vidas Dental Confiabilidade em saúde bucal Confiabilidade A MetLife é a empresa Top of Mind Estadão de RH 2010. Planos

Leia mais

UFSC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PROGRAMA DE ENSINO

UFSC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PROGRAMA DE ENSINO UFSC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PROGRAMA DE ENSINO DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Semestre 2011/2 Nome da disciplina ODT- 7008 - Prótese Parcial Pré Clínica Identificação

Leia mais

ANEXO II - RESOLUÇÃO Nº 282/2006-CEPE PLANO DE ENSINO

ANEXO II - RESOLUÇÃO Nº 282/2006-CEPE PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO: 2008 ANO DO CURSO: 1º Curso: Odontologia Modalidade: Anual Turno: Integral Centro: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Campus: Cascavel APCC 4 Total Disciplina

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Farmácia Campus: Petrópolis Missão O curso tem como missão formar profissionais farmacêuticos capazes de exercer atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos,

Leia mais

C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: RADIOLOGIA Código: ODO-014 Pré-requisito: ANATOMIA

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA CURRÍCULO MEDICINA

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA CURRÍCULO MEDICINA CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA CURRÍCULO MEDICINA Duração Mínima do Curso: 12 Semestres Duração Máxima do Curso: 24 Semestres Duração Média do Curso: 12 Semestres Duração Curricular do Internato:

Leia mais

28 E 29 DE OUTUBRO DE 2016 TEATRO EROTIDES DE CAMPOS - PIRACICABA SP

28 E 29 DE OUTUBRO DE 2016 TEATRO EROTIDES DE CAMPOS - PIRACICABA SP 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2016 TEATRO EROTIDES DE CAMPOS - PIRACICABA SP Sinopse do Evento A odontologia restauradora atual está vivendo uma era nobre. Com a evolução dos sistemas cerâmicos e a confirmação

Leia mais

ANEXO II TABELA DO IAMESC. Valor do CHO em reais- R$0,32 CLÍNICO GERAL

ANEXO II TABELA DO IAMESC. Valor do CHO em reais- R$0,32 CLÍNICO GERAL ANEXO II TABELA DO IAMESC Valor do CHO em reais- R$0,32 CLÍNICO GERAL COD PROCEDIMENTOS CHO Valor seg. Valor inst. Valor total 01 70110000 Consulta Inicial 157 15,07 35,16 50,24 02 70115000 Profilaxia

Leia mais

Í ndice. Surge Uma Nova Era J. Schmidseder Envelhecer: permanecer jovem Aspectos da odontologia estética Entre no caminho do futuro!

Í ndice. Surge Uma Nova Era J. Schmidseder Envelhecer: permanecer jovem Aspectos da odontologia estética Entre no caminho do futuro! Í ndice Surge Uma Nova Era J. Schmidseder Envelhecer: permanecer jovem Aspectos da odontologia estética Entre no caminho do futuro! Conceito de Beleza Beleza: essência de perfeição Bases da Odontologia

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína. ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

Curso de Medicina da Universidade Iguaçu Campus Itaperuna

Curso de Medicina da Universidade Iguaçu Campus Itaperuna Curso de Medicina da Universidade Iguaçu Campus Itaperuna Estrutura Curricular do Curso de Medicina da Universidade Iguaçu - Itaperuna A construção da estrutura curricular do Curso de Medicina da Universidade

Leia mais

Áreas Curso Serie Vigência Vagas Seleção Pré-Requisito. Ago, set, Out, Nov. Ago, Set, Out, Nov 2. Ago, Set, Out, Nov 2. Ago, Set, Out, Nov 2

Áreas Curso Serie Vigência Vagas Seleção Pré-Requisito. Ago, set, Out, Nov. Ago, Set, Out, Nov 2. Ago, Set, Out, Nov 2. Ago, Set, Out, Nov 2 Edital/ DERCA nº 03 de 30 de Junho de 0 A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre torna público que estarão abertas as inscrições para o Programa de Monitoria

Leia mais

Resolução CNE/CES 2, de 19 de fevereiro de DCN - Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de

Resolução CNE/CES 2, de 19 de fevereiro de DCN - Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Ensino baseado em competências Diretrizes Curriculares e as Práticas Farmacêuticas Hissachi Tsuji e-mail: htsuji@famema.br Famema - Faculdade de Medicina de Marília Resolução CNE/CES 2, de 19 de fevereiro

Leia mais

TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS

TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS TABELA DE S ODONTOLÓGICOS VALOR Dente ou Região Dente/face/ Região Raio-X Periodicidade AutorizaçãoEspecial 81000030 Consulta odontológica R$ 29,58 R ASAI N 6 MESES N N N 81000065 81000073 81000111 81000138

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA. Carga Horária Total / Teórica / Prática: 80h / 40h / 40h Dia da semana / horário: 3ª feira : 8h 10h (Teórica) 10h 12h (Prática)

PLANO DE DISCIPLINA. Carga Horária Total / Teórica / Prática: 80h / 40h / 40h Dia da semana / horário: 3ª feira : 8h 10h (Teórica) 10h 12h (Prática) PLANO DE DISCIPLINA 1. Identificação: Departamento: Ciências Básicas Disciplina: Microbiologia II Cód.: FCB00011 Período Ministrado / Semestre / Ano : 3ºP/ 2ºS/2010 Corpo Docente: Prof. Dr. Renato Varges

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 1ª SÉRIE ANUAL MANHÃ 07h30min Imunologia o Anatomia Humana Laboratório de Anatomia Humana Fisiologia Humana e Biofísica TA e TB Microbiologia TA Parasitologia TB SALA 6 BLOCO 1 08h20min Imunologia o Anatomia

Leia mais

Currículo do Curso de Nutrição

Currículo do Curso de Nutrição Currículo do Curso de Nutrição Bacharelado ATUAÇÃO O Nutricionista é um profissional de saúde, legal e tecnicamente habilitado para planejar, organizar, dirigir, supervisionar e avaliar unidades de alimentação

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ODONTOLOGIA

CATÁLOGO DO CURSO DE ODONTOLOGIA CATÁLOGO DO CURSO DE ODONTOLOGIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Odontologia Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45 Bairro

Leia mais

CONCURSO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

CONCURSO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO CONCURSO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO ÁREA: ODONTOLOGIA SUB-ÁREA: ODONTOPEDIATRIA REGIME: 40HS TITULAÇÃO MÍNIMA PARA O CONCURSO: Graduação em Odontologia, Mestrado em Odontologia (áreas de concentração Clínica

Leia mais

TABELA DE COBERTURA 01. DIAGNÓSTICO

TABELA DE COBERTURA 01. DIAGNÓSTICO Garante a manutenção da estética de seu sorriso e a funcionalidade de sua mastigação, através de acesso a todos os tratamentos do PLANO MASTER, além de coberturas exclusivas ARM como clareamento dentário,

Leia mais