MINUTA DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA ENTRE TRACTEBEL ENERGIA E DISTRIBUIDORA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINUTA DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA ENTRE TRACTEBEL ENERGIA E DISTRIBUIDORA"

Transcrição

1 MINUTA DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA ENTRE TRACTEBEL ENERGIA E DISTRIBUIDORA

2 ÍNDICE TÍTULO I - Objeto...4 CLÁUSULA 1ª...4 TÍTULO II - Das Definições e Premissas Aplicáveis ao Contrato...4 CLÁUSULA 2ª...4 TÍTULO III - Do Prazo do Contrato...8 CLÁUSULA 3ª...8 TÍTULO IV - Da Quantidade, da Sazonalização e da Modulação da Energia Contratada...8 CLÁUSULA 4ª...8 TÍTULO V - Do Registro e da Disponibilização da Energia Contratada...10 CLÁUSULA 5ª...10 TÍTULO VI - Do Preço, do Faturamento, do Pagamento e do Reajuste...11 CLÁUSULA 6ª...11 CLÁUSULA 7ª...11 CLÁUSULA 8ª...12 CLÁUSULA 9ª...13 CLÁUSULA 10ª...14 CLÁUSULA 11ª...15 CLÁUSULA 12ª...15 TÍTULO VII - Do Racionamento...16 CLÁUSULA 13ª...16 TÍTULO VIII - Da Garantia de Pagamento e Fiel Cumprimento das Obrigações...18 CLÁUSULA 14ª...18 TÍTULO IX - Do Equilíbrio Econômico-Financeiro...20 CLÁUSULA 15ª...20 TÍTULO X - Do Caso Fortuito ou Força Maior...20 CLÁUSULA 16ª...20 TÍTULO XI - Das Penalizações...22 CLÁUSULA 17ª...22 CLÁUSULA 18ª...22 CLÁUSULA 19ª

3 CLÁUSULA 20ª...23 CLÁUSULA 21ª...24 TÍTULO XII - Da Rescisão...25 CLÁUSULA 22ª...25 CLÁUSULA 23ª...26 CLÁUSULA 24ª...27 CLÁUSULA 25ª...27 TÍTULO XIII - Das Declarações das Partes...28 CLÁUSULA 26ª...28 TÍTULO XIV - Da Arbitragem...28 CLÁUSULA 27ª...28 CLÁUSULA 28ª...29 TÍTULO XV - Das Condições Gerais...32 CLÁUSULA 29ª...32 CLÁUSULA 30ª...32 CLÁUSULA 31ª...33 CLÁUSULA 32ª...33 CLÁUSULA 33ª...33 CLÁUSULA 34ª...34 CLÁUSULA 35ª...34 CLÁUSULA 36ª...34 CLÁUSULA 37ª...34 CLÁUSULA 38ª...35 CLÁUSULA 39ª...35 CLÁUSULA 40ª...35 ANEXO I...36 ANEXO II...37 ANEXO III

4 Contrato de Compra e Venda de Energia Elétrica que entre si fazem Tractebel Energia S.A. e TRACTEBEL ENERGIA S.A., pessoa jurídica de direito privado, geradora de energia elétrica na condição de produtor independente, com sede na Rua Antônio Dib Mussi nº 366, na cidade de Florianópolis, Estado de Santa Catarina, inscrita no CNPJ/MF sob o nº / , com Inscrição Estadual de n. o , representada, nos termos do seu Estatuto Social, por seus Diretores ao final qualificados e assinados, doravante denominada simplesmente VENDEDORA e, concessionária de serviço público de distribuição de energia elétrica, com sede na Rua nº, Bairro, na Cidade de, Estado de, inscrita no CNPJ/MF sob o nº, com Inscrição Estadual de n. o representada, nos termos de seu Estatuto Social ou Contrato Social, por seus Diretores ao final qualificados e assinados, doravante denominada simplesmente COMPRADORA, denominadas também, VENDEDORA e COMPRADORA, conjuntamente como PARTES e individualmente como PARTE e CONSIDERANDO: a) as definições e premissas constantes da CLÁUSULA 2ª; b) que a VENDEDORA e a COMPRADORA são agentes do Mercado Atacadista de Energia Elétrica - MAE; c) que a VENDEDORA é autorizada a comercializar energia elétrica na qualidade de produtor independente; d) que a COMPRADORA é autorizada a explorar serviços públicos na qualidade de distribuidora de energia elétrica; e) que a Lei n.º 9.648, de 27 de maio de 1998, regulamentada pelo Decreto n.º 2.655, de 2 de julho de 1998, determinou, entre outras matérias, que dentro das condições previstas nas REGRAS DO MERCADO, as transações de compra e venda de energia elétrica passem a ser negociadas no âmbito do MAE; 3

5 f) que a VENDEDORA deseja vender determinada quantidade de energia elétrica, conforme CLÁUSULA 4ª e que os Contratos de Venda de Energia Elétrica registrados no MAE deverão estar lastreados por energias asseguradas das usinas da VENDEDORA e/ou por contratos de compra de energia também registrados no MAE; g) que a COMPRADORA deseja adquirir da VENDEDORA a quantidade de energia elétrica referida na alínea f, sob a forma de contrato bilateral registrado no MAE, em consonância com o disposto na Lei nº 9.648/98; h) as PARTES pretendem tratar este instrumento como um contrato de obrigações de natureza financeira entre as PARTES; i) que a VENDEDORA e a COMPRADORA manterão esta relação contratual adequada à legislação pertinente, à regulamentação da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL, à CONVENÇÃO DE MERCADO, às REGRAS DO MERCADO e/ou a quaisquer outras que venham a sucedê-las, têm as PARTES entre si, justo e acordado o presente Contrato de Compra e Venda de Energia, doravante denominado simplesmente CONTRATO, mediante as seguintes cláusulas e condições: TÍTULO I - OBJETO CLÁUSULA 1ª O presente CONTRATO, celebrado entre a VENDEDORA e a COMPRADORA, tem por objeto estabelecer os termos e condições referentes à compra e venda de ENERGIA CONTRATADA, conforme quantidades constantes do ANEXO I, a ser fornecida pela VENDEDORA no PONTO DE ENTREGA durante o PERÍODO DE FORNECIMENTO. TÍTULO II - DAS DEFINIÇÕES E PREMISSAS APLICÁVEIS AO CONTRATO CLÁUSULA 2ª No presente CONTRATO, serão utilizados expressões e termos técnicos, cujo significado, exceto onde for especificado em contrário, corresponde ao a seguir indicado: 4

6 AGENTE(S) DO MERCADO ANEEL CONTRATO CONVENÇÃO DO MERCADO ENERGIA CONTRATADA - Qualquer empresa detentora de concessão, autorização ou permissão para geração, comercialização, importação, exportação ou distribuição de energia elétrica ou consumidor livre, que assine o Termo de Adesão à CONVENÇÃO DE MERCADO. - Agência Nacional de Energia Elétrica, autarquia sob regime especial, vinculada ao Ministério de Minas e Energia, com sede no Distrito Federal, criada pela Lei nº 9.427/96, responsável por regulamentar e fiscalizar a geração, a transmissão, a distribuição, a importação, a exportação e a comercialização de energia elétrica. - O presente instrumento de Compra e Venda de Energia Elétrica, seus anexos, assim como eventuais adendos e modificações acordadas e assinadas pelas PARTES. - Documento instituído pela Resolução ANEEL nº 102, de 1º de maio de 2002, por determinação da Medida Provisória n o. 29, de 8 de fevereiro de 2002, convertida na Lei nº , de 24 de abril de 2002, que define as condições para a instituição e o funcionamento do Mercado Atacadista de Energia Elétrica - MAE, firmado por todos os AGENTES DO MERCADO. - Quantidade de energia elétrica ativa vendida pela VENDEDORA à COMPRADORA, no PONTO DE ENTREGA, mediante entrega simbólica, conforme quantidades constantes da CLÁUSULA 4ª, expressa em MWh ou MW-médio, que se relacionam da seguinte forma: ENERGIA CONTRATADA (MW-médio) = ENERGIA CONTRATADA (MWh) / N o de horas de um intervalo de tempo e ENERGIA CONTRATADA (MWh) = ENERGIA CONTRATADA (MW-médio) x N o de horas de um intervalo de tempo. LEI - Todas as leis, disposições constitucionais, estatutos, medidas, medidas provisórias, decretos, medidas cautelares, licenças, autorizações, resoluções, portarias, permissões, concessões, aprovações, instruções, ordens, declarações, determinações, contratos, regulamentos e interpretações oficiais de qualquer autoridade governamental que tenha jurisdição sobre o assunto em questão. 5

7 MAE ONS PERÍODO(S) DE COMERCIALIZAÇÃO PERÍODO DE FORNECIMENTO - Mercado Atacadista de Energia Elétrica, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, atuando segundo as REGRAS DO MERCADO e os PROCEDIMENTOS DO MERCADO, estabelecidos pela ANEEL com a finalidade de viabilizar as transações de energia elétrica entre os AGENTES DO MERCADO, tanto por meio de contratos bilaterais, como no mercado de curto prazo, restritas aos sistemas interligados Sul/Sudeste/Centro- Oeste e Norte/Nordeste. - Operador Nacional do Sistema Elétrico, pessoa jurídica de direito privado, sob a forma de associação civil, instituída pela Lei nº 9.648/98 e regulamentada pelo Decreto nº 2.655/98, responsável pela coordenação, controle e operação do SISTEMA INTERLIGADO e pelo estabelecimento dos PROCEDIMENTOS DE REDE, que determinam as condições de conexão e acesso ao referido sistema. - Menor intervalo de tempo para contabilização das transações de energia elétrica a serem liquidadas no MAE, correspondente(s) a 1 (uma) hora cheia ou conforme definido pelas REGRAS DO MERCADO. - Período de meses, a contar da 00:00 h do dia até as 24:00 hs do dia, durante o qual a VENDEDORA disponibilizará e venderá a ENERGIA CONTRATADA para a COMPRADORA, nos termos deste CONTRATO. PONTO DE ENTREGA - Ponto virtual do SISTEMA INTERLIGADO, denominado Centro de Gravidade do SUBMERCADO ou outro que vier a substituí-lo, onde a ENERGIA CONTRATADA será disponibilizada e vendida, através de entrega simbólica, pela VENDEDORA à COMPRADORA e onde será contabilizada pelo MAE. PREÇO - O preço da ENERGIA CONTRATADA, em Reais por MWh (R$/MWh), conforme referido na CLÁUSULA 6ª, compreende todos os custos incorridos pela VENDEDORA para disponibilizar a ENERGIA CONTRATADA no PONTO DE ENTREGA. 6

8 PROCEDIMENTOS DE M ERCADO PROCEDIMENTOS DE REDE RACIONAMENTO REDE BÁSICA REGRAS DO MERCADO SISTEMA INTERLIGADO SUBMERCADOS - Conjunto de normas operacionais que definem os requisitos e prazos necessários ao desenvolvimento das atribuições do MAE, incluindo as estabelecidas nas REGRAS DO MERCADO. - É o documento elaborado pelo ONS, com a participação dos agentes, e aprovado pela ANEEL, que estabelece os procedimentos, os padrões e os requisitos técnicos para o planejamento, a implantação, o uso e a operação do Sistema de Transmissão, as penalidades pelo descumprimento dos compromissos assumidos pelos diversos agentes, bem como sobre as responsabilidades do ONS e de todos os usuários. - É a redução temporária e compulsória do consumo de energia elétrica decretada por LEI para o SUBMERCADO ou região elétrica onde a COMPRADORA estiver inserida. - Sistema elétrico interligado constituído pelas linhas de transmissão, barramentos, transformadores de potência e equipamentos com tensão igual ou superior a 230 kv (duzentos e trinta quilovolts) ou instalações em tensão inferior, quando especificamente definidas pela ANEEL. - Conjunto de regras comerciais e suas formulações algébricas, definidas pela ANEEL e de cumprimento obrigatório pelos AGENTES DO MERCADO. - Conjunto de instalações de geração, de transmissão e de distribuição, responsáveis pelo fornecimento de energia elétrica a todas as regiões do país eletricamente interligadas. - são as subdivisões do SISTEMA INTERLIGADO correspondentes a áreas de mercado para as quais o MAE estabelecerá preços diferenciados e cujas fronteiras são definidas em função da presença e duração de restrições relevantes no Sistema de Transmissão, de acordo com as REGRAS DO MERCADO. 7

9 TRIBUTOS Parágrafo Único - Todos os impostos, taxas, arrecadações, retenções, lançamentos fiscais, deduções, contribuições e outros encargos impostos por LEI, existentes ou que venham a ser criados, incidentes sobre o objeto deste CONTRATO, excluídos quaisquer impostos, taxas, arrecadações, retenções, lançamentos fiscais, deduções, contribuições e outros encargos impostos por LEI, existentes ou que venham a ser criados, incidentes sobre a movimentação financeira e/ou sobre o lucro líquido (ajustado ou não), abrangendo, esta exclusão, o imposto sobre a renda da pessoa jurídica, a contribuição social sobre o lucro. - Todos os termos acima definidos, quando usados na forma singular, no âmbito deste CONTRATO e seus anexos significarão sua forma plural e vice-versa. TÍTULO III - DO PRAZO DO CONTRATO CLÁUSULA 3ª O prazo de vigência deste CONTRATO é de... (...) meses contados a partir de sua assinatura pelas PARTES. TÍTULO IV - DA QUANTIDADE, DA SAZONALIZAÇÃO E DA MODULAÇÃO DA ENERGIA CONTRATADA CLÁUSULA 4ª Para o cumprimento do objeto deste CONTRATO, a COMPRADORA contrata com a VENDEDORA as quantidades de ENERGIA CONTRATADA constantes da Tabela do ANEXO I deste CONTRATO, expressas em MW-médio, observadas as seguintes condições: Parágrafo Primeiro - As condições para contabilização da ENERGIA CONTRATADA obedecerão ao disposto nas REGRAS DO MERCADO e nos PROCEDIMENTOS DE MERCADO. 8

10 Parágrafo Segundo - Para efeito deste CONTRATO a ENERGIA CONTRATADA será considerada em base anual e com patamar único. Parágrafo Terceiro - Até 1 (um) mês antes do início de cada ano calendário do PERÍODO DE FORNECIMENTO, a COMPRADORA deverá informar por escrito à VENDEDORA as ENERGIAS CONTRATADAS mensais, expressas em MWh, para o referido ano calendário. Parágrafo Quarto Parágrafo Quinto Parágrafo Sexto Parágrafo Sétimo - As quantidades mensais de ENERGIA CONTRATADA, expressas em MW-médio, poderão variar entre 85% (oitenta e cinco por cento) e 110% (cento e dez por cento) da ENERGIA CONTRATADA anual, também expressa em MW-médio. - Na sazonalização de que trata o Parágrafo Quarto desta cláusula, a COMPRADORA deverá preservar a ENERGIA CONTRATADA anual. - Até 15 (quinze) dias antes do início de cada mês calendário do PERÍODO DE FORNECIMENTO, a COMPRADORA deverá informar por escrito à VENDEDORA, as ENERGIAS CONTRATADAS hora a hora para o mês, expressas em MWh. - As quantidades hora a hora de ENERGIA CONTRATADA, expressas em MWh/h, poderão assumir valores entre 50% (cinqüenta por cento) e 145% (cento e quarenta e cinco por cento) da ENERGIA CONTRATADA no respectivo mês. Parágrafo Oitavo - Na modulação de que trata o Parágrafo Sétimo desta cláusula, a COMPRADORA deverá preservar a ENERGIA CONTRATADA mensal, expressa em MW-médio. Parágrafo Nono - Caso a COMPRADORA não informe a sazonalização prevista no Parágrafo Quarto desta cláusula ou a modulação prevista no Parágrafo Sétimo desta cláusula, a contabilização e o faturamento serão efetuados considerando quantidades constantes. Parágrafo Décimo - Caso ocorram alterações na definição do PERÍODO DE COMERCIALIZAÇÃO, serão observadas as seguintes condições: a) se a duração do PERÍODO DE COMERCIALIZAÇÃO for mantida em 1 (uma) hora cheia, a ENERGIA CONTRATADA em cada PERÍODO DE COMERCIALIZAÇÃO será igual a ENERGIA CONTRATADA horária; 9

11 b) se a duração do PERÍODO DE COMERCIALIZAÇÃO no âmbito do MAE for inferior a 1 (uma) hora cheia, a quantidade de ENERGIA CONTRATADA para a hora cheia será dividida pelo número de PERÍODOS DE COMERCIALIZAÇÃO compreendidos em 1 (uma) hora cheia e o resultado será considerado como a quantidade de ENERGIA CONTRATADA para todos os PERÍODOS DE COMERCIALIZAÇÃO compreendidos na referida hora, para efeito de contabilização no âmbito do MAE; c) se a duração do PERÍODO DE COMERCIALIZAÇÃO no âmbito do MAE for superior a 1 (uma) hora cheia, serão somadas as ENERGIAS CONTRATADAS de tantas horas cheias, consecutivas ou não, quantas forem necessárias para completar o PERÍODO DE COMERCIALIZAÇÃO e esta soma será considerada como a quantidade de ENERGIA CONTRATADA no referido PERÍODO DE COMERCIALIZAÇÃO, para efeito de contabilização no âmbito do MAE. TÍTULO V - DO REGISTRO E DA DISPONIBILIZAÇÃO DA ENERGIA CONTRATADA CLÁUSULA 5ª Em conformidade com as REGRAS DO MERCADO e com os PROCEDIMENTOS DE MERCADO, a VENDEDORA registrará no MAE a venda para a COMPRADORA das quantidades de ENERGIA CONTRATADA em cada PERÍODO DE COMERCIALIZAÇÃO, desde que a COMPRADORA não se encontre inadimplente por mais de XX (...) dias com sua obrigações financeiras neste CONTRATO, e a COMPRADORA validará o registro feito pela VENDEDORA, desde que tal registro esteja compatível com o disposto neste CONTRATO, observadas as eventuais reduções decorrentes do previsto no TÍTULO VII (RACIONAMENTO) e no TÍTULO X (CASO FORTUITO OU FORÇA MAIOR). Parágrafo Primeiro - Este CONTRATO constitui instrumento para a liquidação financeira da compra e venda da ENERGIA CONTRATADA no PONTO DE ENTREGA, não implicando em entrega física da ENERGIA CONTRATADA, considerando-se que a VENDEDORA terá entregado a ENERGIA CONTRATADA à COMPRADORA e a COMPRADORA terá recebido a ENERGIA CONTRATADA da VENDEDORA, independentemente do montante de energia elétrica que a VENDEDORA ou a(s) fonte(s) geradora(s) contratada(s) pela VENDEDORA tenha(m) gerado ou sido instruída(s) a gerar. 10

12 Parágrafo Segundo - As variações de consumo da COMPRADORA e de geração das usinas da VENDEDORA e/ou das quantidades objeto dos contratos de compra de energia da VENDEDORA em relação aos volumes de ENERGIA CONTRATADA, em cada PERÍODO DE COMERCIALIZAÇÃO, serão contabilizadas pelo MAE de acordo com as REGRAS DO MERCADO, não sendo objeto deste CONTRATO. Parágrafo Terceiro - A ENERGIA CONTRATADA a ser disponibilizada pela VENDEDORA no PONTO DE ENTREGA é líquida, isto é, já está descontada do consumo interno das unidades geradoras da VENDEDORA, quando for o caso, e das perdas atribuídas à geração no SUBMERCADO referente ao PONTO DE ENTREGA, conforme previsto nas REGRAS DO MERCADO. TÍTULO VI - DO PREÇO, DO FATURAMENTO, DO PAGAMENTO E DO REAJUSTE CLÁUSULA 6ª O PREÇO da ENERGIA CONTRATADA é de R$.../MWh (... por megawatt hora), referido a agosto de Parágrafo Único - O PREÇO da ENERGIA CONTRATADA constante do caput desta cláusula será ajustado pela variação do IGPM entre agosto de 2002 e janeiro de 2003, passando este PREÇO a ser o PREÇO de venda da ENERGIA CONTRATADA, para efeito deste CONTRATO. CLÁUSULA 7ª O PREÇO de venda da ENERGIA CONTRATADA, ajustado conforme previsto no Parágrafo Único da CLÁUSULA 6ª, será reajustado anualmente de acordo com a fórmula a seguir: IGPM PEC n = PEC0 IGPM Onde: n 0 PEC n = PREÇO de venda da ENERGIA CONTRATADA reajustado para o mês n, contado a partir de janeiro de

13 PEC 0 = PREÇO de venda da ENERGIA CONTRATADA ajustado conforme previsto no Parágrafo Único da CLÁUSULA 6ª. IGPM n = Índice Geral de Preços do Mercado, publicado pela Fundação Getúlio Vargas, relativo ao mês do reajuste, conforme definido no Parágrafo Primeiro desta cláusula. IGPM 0 = Índice Geral de Preços do Mercado, publicado pela Fundação Getúlio Vargas, conforme definido no Parágrafo Primeiro desta cláusula. Parágrafo Primeiro - Os índices de ordem 0 são os correspondentes ao mês de janeiro de 2003 e os de ordem n correspondem aos índices do 12º, 24º, 36º meses e assim sucessivamente, a contar do mês de janeiro de Parágrafo Segundo - A periodicidade dos reajustes de que trata a presente cláusula poderá ocorrer em prazo inferior a 1 (um) ano, caso a legislação aplicável assim o permita, adequando-se a data de reajuste à nova periodicidade estipulada e, conforme o caso, aplicada em base pro rata temporis. Parágrafo Terceiro - Caso a legislação aplicável permita reajuste em prazo inferior a 1 (um) ano, sem, todavia definir a periodicidade, as PARTES acordam que adotarão a mesma periodicidade utilizada pela ANEEL no reajuste das tarifas de venda de energia da COMPRADORA, o qual poderá ser aplicado em base pro rata temporis. Parágrafo Quarto - Se o IGPM for extinto, deixar de ser publicado ou sua utilização for proibida, sem que haja designação, por LEI, de um índice para substituí-lo, as PARTES acordarão, dentro de 30 (trinta) dias, a contar do conhecimento de qualquer destas hipóteses, outro índice ou parâmetro que reflita adequadamente a inflação nos preços de mercado da mesma forma que o IGPM, ou da forma mais próxima possível a tal índice. Caso as PARTES não cheguem a um acordo no prazo previsto, será aplicada, até o estabelecimento de um novo índice, a última variação divulgada do IGPM. CLÁUSULA 8ª O Faturamento da ENERGIA CONTRATADA será mensal e calculado aplicando-se a seguinte fórmula: F = EC PEC n n n 12

14 Onde: F n EC n = Faturamento da ENERGIA CONTRATADA no mês n. = ENERGIA CONTRATADA no mês n, expressa em MWh. PEC n = PREÇO reajustado de venda da ENERGIA CONTRATADA no mês n, conforme CLÁUSULA 7ª. CLÁUSULA 9ª O faturamento da ENERGIA CONTRATADA será objeto de uma única fatura, dividida em 3 (três) parcelas iguais, com as seguintes datas de vencimento: a) Primeira parcela - no dia 15 (quinze) do mês seguinte ao do faturamento; b) Segunda parcela - no dia 25 (vinte e cinco) do mês seguinte ao do faturamento; e c) Terceira parcela - no dia 5 (cinco) do segundo mês seguinte ao do faturamento. Parágrafo Primeiro - Caso qualquer das datas de vencimento ocorra em dia não útil, o pagamento poderá ser efetuado no primeiro dia útil subseqüente. Parágrafo Segundo - A VENDEDORA apresentará a fatura à COMPRADORA, no prazo limite de até 5 (cinco) dias úteis anteriores a data do vencimento da primeira parcela. Parágrafo Terceiro - Em caso de atraso na apresentação da fatura, por motivo imputável à VENDEDORA, a data de vencimento da primeira parcela será automaticamente postergada por período igual ao do atraso verificado, não sendo alterado o vencimento das demais parcelas, desde que mantido um intervalo mínimo de 5 (cinco) dias entre cada vencimento. Parágrafo Quarto Parágrafo Quinto - Caso este intervalo não possa ser mantido em função do atraso na entrega da fatura, as demais datas de vencimento serão alteradas para manter o intervalo previsto no Parágrafo Terceiro desta cláusula. - Os pagamentos da fatura mencionada nesta cláusula deverão ser livres de quaisquer ônus e deduções não autorizadas e serão efetuados até o dia do vencimento de cada parcela da fatura, através de crédito em conta corrente a ser indicada pela VENDEDORA na respectiva fatura, processado por TED (Transferência Eletrônica de Disponível) no STR (Sistema de Transferência de Reservas). 13

15 Parágrafo Sexto Parágrafo Sétimo Parágrafo Oitavo Parágrafo Nono - Correm por conta da COMPRADORA todos os encargos bancários decorrentes dos pagamentos da fatura, conforme previsto no Parágrafo Quinto da presente cláusula. - As faturas deverão ser enviadas para o seguinte endereço: Endereço da COMPRADORA Departamento responsável pelo pagamento Pessoa responsável pelo pagamento - Caso haja alteração nos dados constantes do Parágrafo Sétimo desta cláusula, a COMPRADORA fica obrigada a informar os novos dados, por escrito, à VENDEDORA, com antecedência suficiente para que a VENDEDORA possa considerar a modificação no envio da próxima fatura, sem prejuízo dos prazos contratuais. - A COMPRADORA aceitará o envio de cópia da fatura original através de fac-símile ou outro meio seguro previamente acordado entre as PARTES, apenas para agilizar o processo de pagamento, devendo a VENDEDORA encaminhar o documento original até a data de vencimento da primeira parcela da respectiva fatura. CLÁUSULA 10ª Caso a COMPRADORA não efetue os pagamentos da fatura mensal nas datas dos respectivos vencimentos e não proceda conforme previsto na CLÁUSULA 12ª, a VENDEDORA se reserva o direito de acionar a garantia de pagamento prevista na CLÁUSULA 14ª, no dia seguinte ao do vencimento da parcela não paga. Parágrafo Primeiro - Caso a garantia de pagamento se revele inexeqüível ou insuficiente, a VENDEDORA deverá notificar a COMPRADORA, observado o procedimento estabelecido na CLÁUSULA 37ª, para sanar o inadimplemento, no prazo de até 15 (quinze) dias contados a partir do recebimento da notificação pela COMPRADORA. Parágrafo Segundo - Transcorrido o prazo previsto no Parágrafo Primeiro desta cláusula, a VENDEDORA executará novamente a garantia e caso esta ainda se mostre inexeqüível ou insuficiente, a VENDEDORA se reserva o direito de rescindir este CONTRATO, conforme estabelecido na alínea a da CLÁUSULA 22ª. 14

16 CLÁUSULA 11ª Qualquer quantia devida pela COMPRADORA à VENDEDORA ou pela VENDEDORA à COMPRADORA, nos termos deste CONTRATO, e não paga ou compensada até a data em que o pagamento era devido, estará sujeita aos seguintes acréscimos moratórios: a) correção monetária pró rata temporis baseada na variação do IGPM do mês anterior; b) multa moratória no valor de 2% (dois por cento) da quantia não paga; e c) juros pró rata de 1% (um por cento) ao mês sobre o total da quantia não paga. Parágrafo Único - Caso o atraso de pagamento seja igual ou inferior a 30 (trinta) dias, para os efeitos da aplicação da atualização prevista na alínea a desta cláusula, será considerada nula qualquer variação negativa do IGPM. CLÁUSULA 12ª Se a COMPRADORA quiser contestar qualquer item ou parte de um item de qualquer fatura mensal entregue pela VENDEDORA, deverá notificar por escrito a VENDEDORA, conforme previsto na CLÁUSULA 37ª, dentro do prazo máximo de 2 (dois) dias contados do recebimento da respectiva fatura, em documento que consigne à VENDEDORA a discordância da COMPRADORA, demonstrando os motivos concretos da não aceitação da fatura ou de parte da mesma, indicando o item ou a parte do item da fatura que está sendo contestada, juntamente com uma estimativa do valor que a COMPRADORA considera apropriado para tal item ou para a parcela contestada do mesmo. Parágrafo Primeiro - Ocorrendo o disposto no caput desta cláusula, a COMPRADORA deverá, independentemente do questionamento apresentado por escrito à VENDEDORA, efetuar o pagamento da parcela inconteste, na respectiva data de vencimento, sob pena de, em não o fazendo, caracterizar-se o inadimplemento da COMPRADORA, conforme previsto na CLÁUSULA 10ª. Parágrafo Segundo - Se as PARTES não solucionarem a controvérsia relacionada à contestação de qualquer fatura dentro de até 15 (quinze) dias úteis, contados do recebimento da notificação pela VENDEDORA, qualquer PARTE poderá encaminhar a questão para arbitragem, conforme estabelecido no TÍTULO XIV. 15

17 Parágrafo Terceiro - Caso a controvérsia relacionada à contestação de faturas seja solucionada em favor da VENDEDORA, a VENDEDORA fará jus: a) ao pagamento, pela COMPRADORA, do valor da parcela controversa, no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas após a solução da controvérsia; b) a juros de 1% (um por cento) ao mês, calculados pró rata temporis, incidentes sobre o valor da parcela controversa, para o período compreendido entre a data de vencimento original da parcela e a data do efetivo pagamento. Estes juros serão pagos pela COMPRADORA à VENDEDORA, através de fatura emitida especificamente para esse fim. Parágrafo Quarto - Transcorrido o prazo estabelecido na alínea a do Parágrafo Terceiro e/ou vencida a fatura de que trata a alínea b do Parágrafo Terceiro e não tendo sido efetuado(s) o(s) correspondente(s) pagamento(s), a VENDEDORA poderá executar a Garantia de Pagamento prevista na CLÁUSULA 14ª. TÍTULO VII - DO RACIONAMENTO CLÁUSULA 13ª Em caso de RACIONAMENTO, a ENERGIA CONTRATADA em cada mês em que vigorar o RACIONAMENTO será reduzida aplicando-se o percentual resultante da ponderação dos percentuais de redução de carga estabelecidos na legislação para cada classe ou categoria, tipo, localização ou qualquer outra forma de classificação e tipificação do consumo que vier a ser adotada pela legislação, com a respectiva participação percentual de cada uma destas tipificações de consumo no mercado da COMPRADORA, com o objetivo de representar o efetivo decréscimo a ser sofrido da COMPRADORA com o cumprimento das metas de redução estabelecidas no RACIONAMENTO. Parágrafo Primeiro - Durante a vigência do RACIONAMENTO, o cálculo do percentual ponderado de redução da ENERGIA CONTRATADA em função do RACIONAMENTO, conforme estabelecido no caput desta cláusula, deverá ser modificado, sempre que necessário, para contemplar as alterações legais nos critérios de RACIONAMENTO. 16

18 Parágrafo Segundo - Para todos os efeitos deste CONTRATO, a ENERGIA CONTRATADA reduzida passará a ser a nova ENERGIA CONTRATADA, em todos os PERÍODOS DE COMERCIALIZAÇÃO do(s) mês(es) em que se verificar o RACIONAMENTO, sendo que a ENERGIA CONTRATADA no mês passará a ser obtida pela soma das ENERGIAS CONTRATADAS reduzidas em todos os PERÍODOS DE COMERCIALIZAÇÃO do mês, preservado o perfil original das quantidades de ENERGIA CONTRATADA horária. Parágrafo Terceiro - Durante o RACIONAMENTO, a COMPRADORA deverá fornecer à VENDEDORA os percentuais de participação no seu mercado, de cada uma das tipificações de consumo adotadas na legislação do RACIONAMENTO, verificados no período adotado na legislação como base para o estabelecimento da redução de consumo. Parágrafo Quarto Parágrafo Quinto Parágrafo Sexto Parágrafo Sétimo - Os dados previstos no Parágrafo Terceiro desta cláusula deverão ser informados, por escrito, pela COMPRADORA à VENDEDORA, com antecedência suficiente para que a VENDEDORA possa efetuar o registro da ENERGIA CONTRATADA reduzida no MAE, observados os prazos estabelecidos nos PROCEDIMENTOS DE MERCADO vigentes à época do RACIONAMENTO. - Caso a COMPRADORA não informe ou informe extemporaneamente os dados previstos no Parágrafo Terceiro desta cláusula, a VENDEDORA adotará, como percentual de redução de consumo para efeito do cálculo da ENERGIA CONTRATADA reduzida, o maior percentual de redução de consumo entre aqueles estabelecidos na LEI para cada uma das tipificações de consumo. - Caso a legislação venha a estabelecer um percentual de redução de consumo específico para a COMPRADORA, a ENERGIA CONTRATADA, em cada mês em que vigorar o RACIONAMENTO será reduzida aplicando-se o referido percentual. Neste caso, somente será aplicável o previsto no Parágrafo Primeiro, Parágrafo Segundo e Parágrafo Sétimo desta cláusula, tornando-se inaplicáveis os demais parágrafos. - O disposto nesta cláusula, será aplicado somente enquanto perdurar o RACIONAMENTO. 17

19 TÍTULO VIII - DA GARANTIA DE PAGAMENTO E FIEL CUMPRIMENTO DAS OBRIGAÇÕES CLÁUSULA 14ª Para garantir o pagamento e o fiel cumprimento das obrigações previstas neste CONTRATO, a COMPRADORA deverá apresentar à VENDEDORA, no prazo máximo de até 30 (trinta) dias antes da data de início do PERÍODO DE FORNECIMENTO, uma garantia escolhida entre as três alternativas apresentadas a seguir: Parágrafo Primeiro - Alternativa 1: Contrato de Constituição de Garantia CCG, conforme modelo constante no ANEXO II, observado que, caso o Mecanismo de Garantia previsto no Contrato de Constituição de Garantia CCG seja utilizado por 3 (três) vezes consecutivas ou 5 (cinco) vezes alternadas, num período de 12 (doze) meses, a COMPRADORA ficará obrigada a apresentar, num prazo máximo de 15 (quinze) dias, a contar respectivamente da data da terceira ou da quinta utilização, uma Carta de Fiança Bancária, conforme modelo constante do ANEXO III, a qual deverá vigorar por um período mínimo de 6 (seis) meses, emitida por instituição financeira de primeira linha autorizada a funcionar no País, em valor correspondente a 3 (três) vezes o faturamento médio mensal associado à ENERGIA CONTRATADA previsto para o período de 12 (doze) meses, contados a partir do início de vigência da fiança, podendo a COMPRADORA voltar a utilizar o Mecanismo de Garantia caso não apresente atraso de pagamento neste período. Parágrafo Segundo - Alternativa 2: Carta de Fiança Bancária, conforme modelo constante no Anexo IV, emitida por instituição financeira de primeira linha autorizada pelo Banco Central a funcionar no País, previamente aprovada pela VENDEDORA, observado que: a) a Carta de Fiança Bancária deverá ser mantida sempre no valor equivalente 3 (três) vezes o faturamento médio mensal associado à ENERGIA CONTRATADA, previsto para o período de 12 (doze) meses, contados a partir do início de vigência da garantia; b) o valor da Carta de Fiança Bancária deverá ser automaticamente reajustado de acordo com o reajuste do PREÇO da ENERGIA CONTRATADA, conforme previsto na CLÁUSULA 7ª, de modo a corresponder, em qualquer data dentro da vigência contratual, a 3 (três) vezes o faturamento médio mensal associado à ENERGIA CONTRATADA, previsto para o período de 12 (doze) meses contados a partir da data de reajuste; 18

20 c) a Carta de Fiança Bancária deverá ter prazo de validade de, no mínimo, 1 (um) ano, a contar da data de início de sua vigência, devendo ser renovada, anualmente, por períodos adicionais de pelo menos 1 (um) ano, até 30 (trinta) dias antes da data do término de sua validade ou de cada uma de suas subseqüentes renovações, independentemente de aviso ou notificação. Parágrafo Terceiro - Alternativa 3: Seguro Garantia emitido por Seguradora de primeira linha autorizada a funcionar no País e previamente aprovada pela VENDEDORA, observado que: a) o Texto do Seguro Garantia deverá ser previamente aprovado pela VENDEDORA e deverá ser mantido sempre no valor equivalente 3 (três) vezes o faturamento médio mensal associado à ENERGIA CONTRATADA, previsto para o período de 12 (doze) meses, contados a partir do início de vigência da garantia; b) o valor do Seguro Garantia deverá ser automaticamente reajustado de acordo com o reajuste do PREÇO da ENERGIA CONTRATADA, conforme previsto na CLÁUSULA 7ª, de modo a corresponder, em qualquer data dentro da vigência contratual, a 3 (três) vezes o faturamento médio mensal associado à ENERGIA CONTRATADA, previsto para o período de 12 (doze) meses contados a partir da data de reajuste; c) o Seguro Garantia deverá ter prazo de validade de, no mínimo, 1 (um) ano, a contar da data de início de sua vigência, devendo ser renovado, anualmente, por períodos adicionais de pelo menos 1 (um) ano, até 30 (trinta) dias antes da data do término de sua validade ou de cada uma de suas subseqüentes renovações, independentemente de aviso ou notificação. Parágrafo Quarto Parágrafo Quinto - A COMPRADORA obriga-se, durante o prazo de vigência deste CONTRATO, a manter em vigor a garantia escolhida entre as alternativas constantes nesta cláusula. - O inadimplemento culposo do disposto nesta cláusula, por parte da COMPRADORA, caracteriza hipótese de rescisão do CONTRATO, conforme previsto na alínea a da CLÁUSULA 22ª. 19

ANEXO III - Padrão de CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA PARA CONSUMIDOR LIVRE NÃO AGENTE DO MAE

ANEXO III - Padrão de CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA PARA CONSUMIDOR LIVRE NÃO AGENTE DO MAE ANEXO III - Padrão de CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA PARA CONSUMIDOR LIVRE NÃO AGENTE DO MAE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA,

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE CPS n º / Por este instrumento particular, as Partes, , sociedade empresária

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM E VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE ENERGIA S.A

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM E VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE ENERGIA S.A CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM E VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE ENERGIA S.A Pelo presente Instrumento: De um lado, VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE ENERGIA S.A E

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE ENERGIA S.A E CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE ENERGIA S.A E Pelo presente Instrumento: De um lado, VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA - CP Produto 1

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA - CP Produto 1 CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM BTG PACTUAL COMERCIALIZADORA DE ENERGIA LTDA. E PROPONENTEVENDEDOR. Pelo presente Instrumento: De um lado, o BTG PACTUAL COMERCIALIZADORA

Leia mais

denominadas individualmente PARTE e, quando em conjunto, PARTES,

denominadas individualmente PARTE e, quando em conjunto, PARTES, Pelo presente Instrumento: CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE, QUE ENTRE SI CELEBRAM Digite o nome do Comprador E Digite o nome do Vendedor. De um lado, Nome do Comprador, empresa

Leia mais

TERMO DE AJUSTE DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

TERMO DE AJUSTE DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA LEILÃO ACL Nº 02/2015 ANEXO V MINUTA DO TERMO DE AJUSTE DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA TERMO DE AJUSTE DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CHESF X EMPRESA. TACVEE XXX / 2015 TERMO DE AJUSTE DE

Leia mais

denominadas individualmente PARTE e, quando em conjunto, PARTES,

denominadas individualmente PARTE e, quando em conjunto, PARTES, Pelo presente Instrumento: CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE, QUE ENTRE SI CELEBRAM BTG PACTUAL EMPRESA OPERADORA DO MERCADO ENERGÉTICO LTDA. E Digite o

Leia mais

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO - CCEAR CCEAR Nº / 08 PRODUTO 2008/2012

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO - CCEAR CCEAR Nº / 08 PRODUTO 2008/2012 CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO - CCEAR CCEAR Nº / 08 PRODUTO 2008/2012 CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO CCEAR, NA MODALIDADE QUANTIDADE

Leia mais

MINUTA DO CONTRATO DE COMPRA DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI CELEBRAM QUANTA GERAÇÃO E [.]

MINUTA DO CONTRATO DE COMPRA DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI CELEBRAM QUANTA GERAÇÃO E [.] MINUTA DO CONTRATO DE COMPRA DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI CELEBRAM QUANTA GERAÇÃO E [.] São partes neste instrumento, de um lado: QUANTA GERAÇÃO S.A., inscrita no CNPJ/MF sob no 07.642.982/0001-64,

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL Pelo presente instrumento, as Partes VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE ENERGIA S/A, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

Leilão de Venda de Energia Elétrica ANEXO III DAS DEFINIÇÕES

Leilão de Venda de Energia Elétrica ANEXO III DAS DEFINIÇÕES EDITAL Nº: 25/2015_lp AGENTES Leilão de Venda de Energia Elétrica ANEXO III DAS DEFINIÇÕES Objetivando o perfeito entendimento e a precisão da terminologia técnica empregada no EDITAL 25/2015_LPe n o CONTRATO,

Leia mais

a VENDEDORA e a COMPRADORA são membros da CCEE;

a VENDEDORA e a COMPRADORA são membros da CCEE; CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE, QUE ENTRE SI CELEBRAM [ ] E DELTA COMERCIALIZADORA DE ENERGIA LTDA. De um lado, [ ], concessionária de serviço público de geração

Leia mais

CONTRATO DE CONEXÃO AO SISTEMA DE TRANSMISSÃO

CONTRATO DE CONEXÃO AO SISTEMA DE TRANSMISSÃO CONTRATO DE CONEXÃO AO SISTEMA DE TRANSMISSÃO 1. T Í T U L O I ÍNDICE Das Definições e Premissas Aplicáveis ao Presente CONTRATO TÍ T U L O I I Do Objeto e Do Prazo de Vigência Capítulo I - Do Objeto Capítulo

Leia mais

EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL - 1-0-2014. ANEXO IV EVENTO DE xx/xx/xxxx

EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL - 1-0-2014. ANEXO IV EVENTO DE xx/xx/xxxx EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL - 1-0-2014 ANEXO IV EVENTO DE xx/xx/xxxx MINUTA DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONTRATO DE COMPRA

Leia mais

1. O 8º do art. 2º da Lei nº 10.848, de 15 de março de 2004, permite que a COMPRADORA

1. O 8º do art. 2º da Lei nº 10.848, de 15 de março de 2004, permite que a COMPRADORA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA PROVENIENTE DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA CCVEE GD, QUE ENTRE SI FAZEM A XXXXXXXXXX E A CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A. Pelo presente instrumento, de um lado, CELESC DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

COMPRADORA e VENDEDORA denominadas, também, individualmente Parte e coletivamente Partes ; e

COMPRADORA e VENDEDORA denominadas, também, individualmente Parte e coletivamente Partes ; e CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI CELEBRAM [.] e [.]. Pelo presente instrumento que entre si celebram, de um lado, [.], com sede na [endereço completo], cidade de [.], Estado

Leia mais

ANEXO IV MINUTA DE CCVEE CHAMADA PÚBLICA GERAÇÃO DISTRIBUÍDA

ANEXO IV MINUTA DE CCVEE CHAMADA PÚBLICA GERAÇÃO DISTRIBUÍDA ANEXO IV MINUTA DE CCVEE CHAMADA PÚBLICA GERAÇÃO DISTRIBUÍDA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO CONTRATO DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

Leia mais

TÍTULO I - DAS DEFINIÇÕES

TÍTULO I - DAS DEFINIÇÕES CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE CELEBRAM A XXXXXXXXX E A XXXXXXXX. xxxxxxxxxxxx, neste ato representado nos termos de seu Estatuto Social, devidamente autorizada a firmar este Contrato,

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 531, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2012.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 531, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2012. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 531, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2012. Altera a metodologia de cálculo das garantias financeiras associadas ao mercado de curto prazo, estabelece

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA INCENTIVADA CP

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA INCENTIVADA CP CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM Nome do Comprador E Nome do Vendedor. Pelo presente Instrumento: De um lado, Nome do Comprador, empresa com sede na Nome da rua, número

Leia mais

ANEXO IV MINUTA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N 0X/2015 PRODUTO 2015/2015

ANEXO IV MINUTA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N 0X/2015 PRODUTO 2015/2015 ANEXO IV MINUTA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N 0X/2015 PRODUTO 2015/2015 CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA, QUE ENTRE SI CELEBRAM A XXXXXX E A XXXXX.

Leia mais

ANEXO III A EDITAL DO LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_02-14

ANEXO III A EDITAL DO LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_02-14 ANEXO III A EDITAL DO LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_02-14 CONTRATO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE CELEBRAM A BRASIL COMERCIALIZADORA DE ENERGIAS S.A. E A xxxxxxxx. A BRASIL COMERCIALIZADORA

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO CONTRATO DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO CONTRATO DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO CONTRATO DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA Nº, FIRMADO ENTRE A E A Espírito Santo Centrais Elétricas

Leia mais

denominadas individualmente PARTE e, quando em conjunto, PARTES,

denominadas individualmente PARTE e, quando em conjunto, PARTES, Pelo presente Instrumento: CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM BOLT SERVIÇOS E COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIAS LTDA. E XXXXXXXXXXXXXXXXXX. De outro lado, XXXXXXXXXX, empresa com

Leia mais

(iv) a CGTEE promoveu Leilão de COMPRA e VENDA de Energia Elétrica através do Edital nº 002/2014;

(iv) a CGTEE promoveu Leilão de COMPRA e VENDA de Energia Elétrica através do Edital nº 002/2014; CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE, QUE ENTRE SI CELEBRAM COMPANHIA DE GERAÇÃO TÉRMICA DE ENERGIA ELÉTRICA CGTEE E XXXXXXXXX. Pelo presente Instrumento: De

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_03-15

EDITAL DE LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_03-15 EDITAL DE LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_03-15 A BRASIL COMERCIALIZADORA DE ENERGIAS LTDA (VENDEDORA), com sede na Rua Helena, 260, conjunto 72, CEP 04552-050, Bairro Vila Olímpia, Cidade de São

Leia mais

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO - CCEAR. CCEAR Nº... / 05 PRODUTO.. (INÍCIO e TÉRMINO DO SUPRIMENTO)

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO - CCEAR. CCEAR Nº... / 05 PRODUTO.. (INÍCIO e TÉRMINO DO SUPRIMENTO) CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO - CCEAR CCEAR Nº... / 05 PRODUTO.. (INÍCIO e TÉRMINO DO SUPRIMENTO) CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE REGULADO

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N XX/XXXX PRODUTO XXXX/XXXX

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N XX/XXXX PRODUTO XXXX/XXXX CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N XX/XXXX PRODUTO XXXX/XXXX CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA, QUE ENTRE SI CELEBRAM A DME ENERGÉTICA S.A.- DMEE E A

Leia mais

ECOM ENERGIA LTDA. LEILÃO CP ECOM nº 04/2015 EDITAL DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA DE CURTO PRAZO NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE - ACL

ECOM ENERGIA LTDA. LEILÃO CP ECOM nº 04/2015 EDITAL DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA DE CURTO PRAZO NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE - ACL ECOM ENERGIA LTDA. LEILÃO CP ECOM nº 04/2015 EDITAL DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA DE CURTO PRAZO NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE - ACL APRESENTAÇÃO e OBJETO 1.1. A ECOM ENERGIA LTDA. ( ECOM ), autorizada

Leia mais

MODELO DO CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE REDE INTERNA

MODELO DO CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE REDE INTERNA CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE REDE INTERNA São partes no presente instrumento, de um lado, (i) o usuário dos serviços de telecomunicações da Brasil Telecom S.A., doravante individualmente

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DEFINIÇÕES

CAPÍTULO I DAS DEFINIÇÕES CLM: CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL, QUE ENTRE SI CELEBRAM E Pelo presente Instrumento: De um lado, a VOTENER VOTORANTIM COMERCIALIZADORA DE ENERGIA LTDA., com sede Av. Eusébio

Leia mais

CONTRATO DE CONEXÃO AO SISTEMA DE TRANSMISSÃO ÍNDICE. Das Definições e Premissas Aplicáveis ao Presente CONTRATO

CONTRATO DE CONEXÃO AO SISTEMA DE TRANSMISSÃO ÍNDICE. Das Definições e Premissas Aplicáveis ao Presente CONTRATO CONTRATO DE CONEXÃO AO SISTEMA DE TRANSMISSÃO ÍNDICE I Das Definições e Premissas Aplicáveis ao Presente CONTRATO II Do Objeto e Do Prazo de Vigência II.I Do Objeto II.II Do Prazo III Submissão às Normas

Leia mais

ANEXO IV MINUTA DO CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N XXX/2011 PRODUTO 2011/2011

ANEXO IV MINUTA DO CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N XXX/2011 PRODUTO 2011/2011 ANEXO IV MINUTA DO CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N XXX/2011 PRODUTO 2011/2011 CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA, QUE ENTRE SI CELEBRAM A DME ENERGÉTICA

Leia mais

Contrato nº XXX/2015 Chamada Pública nº XXX/2015 CONTRATO DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA N.º 000/2015 QUE ENTRE SI FAZEM A E, NA FORMA ABAIXO:

Contrato nº XXX/2015 Chamada Pública nº XXX/2015 CONTRATO DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA N.º 000/2015 QUE ENTRE SI FAZEM A E, NA FORMA ABAIXO: A CONTRATO DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA N.º 000/2015 QUE ENTRE SI FAZEM A E, NA FORMA ABAIXO:, com sede na cidade de, Endereço, inscrita no CNPJ/MF sob o n., doravante denominada DISTRIBUIDORA, neste ato

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL Pelo presente instrumento, de um lado a CLARO S.A., com sede na Rua Flórida, 1970, São Paulo/SP, inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_02-15

EDITAL DE LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_02-15 EDITAL DE LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_02-15 A BRASIL COMERCIALIZADORA DE ENERGIAS LTDA (VENDEDORA), com sede na Rua Helena, 260, conjunto 72, CEP 04552-050, Bairro Vila Olímpia, Cidade de São

Leia mais

denominadas individualmente PARTE e, quando em conjunto, PARTES,

denominadas individualmente PARTE e, quando em conjunto, PARTES, Pelo presente Instrumento: CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA, QUE ENTRE SI CELEBRAM BTG PACTUAL COMERCIALIZADORA DE ENERGIA LTDA. E XXXXXXXXX. De um lado, BTG PACTUAL COMERCIALIZADORA DE ENERGIA

Leia mais

Definições e Premissas Aplicáveis ao Edital e Contrato

Definições e Premissas Aplicáveis ao Edital e Contrato ANEXO III AO EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL 5-1-2014 Definições e Premissas Aplicáveis ao Edital e Contrato a) Agência Nacional de Energia Elétrica

Leia mais

ANEXO III MINUTA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N 0X/2014 PRODUTO 2014/2014

ANEXO III MINUTA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N 0X/2014 PRODUTO 2014/2014 ANEXO III MINUTA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N 0X/2014 PRODUTO 2014/2014 CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA, QUE ENTRE SI CELEBRAM A DME DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE. CCEAL N xx/2013

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE. CCEAL N xx/2013 ANEXO III MINUTA DO CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CCEAL N xx/2013 CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA, QUE ENTRE SI CELEBRAM A DME DISTRIBUIÇÃO SA. E A XXXXXX.

Leia mais

c) a VENDEDORA e a COMPRADORA são membros da CCEE;

c) a VENDEDORA e a COMPRADORA são membros da CCEE; Contrato de Compra e Venda de Energia Elétrica Convencional que entre si celebram TRACTEBEL ENERGIA COMERCIALIZADORA LTDA. E. TRACTEBEL ENERGIA COMERCIALIZADORA LTDA., pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL COM POTÊNCIA ASSOCIADA ENTRE TRACTEBEL ENERGIA COMERCIALIZADORA LTDA.

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL COM POTÊNCIA ASSOCIADA ENTRE TRACTEBEL ENERGIA COMERCIALIZADORA LTDA. CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL COM POTÊNCIA ASSOCIADA ENTRE TRACTEBEL ENERGIA COMERCIALIZADORA LTDA. E Contrato firmado em de de 2014. MINUTA CONTRATO TBLC-. -CVE-C ÍNDICE

Leia mais

MODELO DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI FAZEM BTG PACTUAL EMPRESA OPERADORA DO MERCADO ENERGÉTICO LTDA. - COOMEX E [ ].

MODELO DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI FAZEM BTG PACTUAL EMPRESA OPERADORA DO MERCADO ENERGÉTICO LTDA. - COOMEX E [ ]. MODELO DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI FAZEM BTG PACTUAL EMPRESA OPERADORA DO MERCADO ENERGÉTICO LTDA. - COOMEX E [ ]. Pelo presente instrumento, as Partes BTG PACTUAL EMPRESA

Leia mais

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE Contrato de Comercialização de Energia Elétrica no Ambiente Livre, que entre si celebram Santo Antônia Energia S.A.. e xxxxxx Pelo presente

Leia mais

LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL

LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL LEILÃO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL ANEXO III MINUTA DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TELEFONIA VOIP

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TELEFONIA VOIP CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TELEFONIA VOIP TRANSVOIP TELECOMUNICAÇÕES LTDA, com sede na Avenida Protásio Alves n.º 2.657, Porto Alegre, RS, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 09.571.024/0001-75, doravante

Leia mais

MODELO DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI FAZEM BTG PACTUAL EMPRESA OPERADORA DO MERCADO ENERGÉTICO LTDA. - COOMEX E [ ].

MODELO DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI FAZEM BTG PACTUAL EMPRESA OPERADORA DO MERCADO ENERGÉTICO LTDA. - COOMEX E [ ]. MODELO DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI FAZEM BTG PACTUAL EMPRESA OPERADORA DO MERCADO ENERGÉTICO LTDA. - COOMEX E [ ]. Pelo presente instrumento, as Partes BTG PACTUAL EMPRESA

Leia mais

CONTRATO PERSONAL CARD VALE CULTURA

CONTRATO PERSONAL CARD VALE CULTURA CONTRATO PERSONAL CARD VALE CULTURA SUL CARD ADMINISTRADORA DE CARTÕES S.A., inscrita no CNPJ sob nº 04.376.768/0001-15, com sede à Rua Deodoro, nº 181, 5 andar, bairro Centro, cidade de Florianópolis,

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA INCENTIVADA. Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, as partes:

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA INCENTIVADA. Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, as partes: CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA INCENTIVADA Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, as partes: De um lado, XXXXXXXXXXX, com sede na Cidade de XXXXXXXXX, Estado

Leia mais

EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL - 5-1-2014. ANEXO IV EVENTO DE xx/xx/xxxx

EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL - 5-1-2014. ANEXO IV EVENTO DE xx/xx/xxxx EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL - 5-1-2014 ANEXO IV EVENTO DE xx/xx/xxxx MINUTA DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONTRATO DE COMPRA

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA DE FONTE CONVENCIONAL CCVEE-Nº XXX- Leilão 06/2014

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA DE FONTE CONVENCIONAL CCVEE-Nº XXX- Leilão 06/2014 CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA DE FONTE CONVENCIONAL CCVEE-Nº XXX- Leilão 06/2014 Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, a IBS COMERCIALIZADORA LTDA., sociedade

Leia mais

ANEXO III MINUTA DE CONTRATO DE COMPRA VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

ANEXO III MINUTA DE CONTRATO DE COMPRA VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA ANEXO III MINUTA DE CONTRATO DE COMPRA VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA [CCVEE Nº...] CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA QUE ENTRE SI CELEBRAM A MONEL MONJOLINHO ENERGÉTICA S/A E [EMPRESA]. MONEL

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA INCENTIVADA. Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, as partes:

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA INCENTIVADA. Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, as partes: CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA INCENTIVADA Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, as partes: De um lado, XXXXXXXXXXXXXXX., sociedade empresária limitada, com

Leia mais

ANEXO IV DO EDITAL DO LEILÃO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NA MODALIDADE SWAP ELETRONORTE 001/2014 MINUTA DE CONTRATO

ANEXO IV DO EDITAL DO LEILÃO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NA MODALIDADE SWAP ELETRONORTE 001/2014 MINUTA DE CONTRATO ANEXO IV DO EDITAL DO LEILÃO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NA MODALIDADE SWAP ELETRONORTE 001/2014 MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE,

Leia mais

MODELO CONTRATO DE USO DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO. Arquivo: CUST Modelo 25mai10.doc

MODELO CONTRATO DE USO DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO. Arquivo: CUST Modelo 25mai10.doc MODELO CONTRATO DE USO DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO Arquivo: Motivo: Adequação à Resolução 399/10 - Contratação do Uso do Sistema de Transmissão Modelo aplicado a: Distribuidores conectados à Rede Básica;

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA DE FONTE INCENTIVADA CCVEI-Nº XXX- Leilão 07/2014

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA DE FONTE INCENTIVADA CCVEI-Nº XXX- Leilão 07/2014 CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA DE FONTE INCENTIVADA CCVEI-Nº XXX- Leilão 07/2014 Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, a IBS COMERCIALIZADORA LTDA., sociedade

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº /

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, (Nome da empresa CONTRATANTE), pessoa jurídica de direito privado com

Leia mais

Leilão de Venda de Energia Elétrica. CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA NO AMBIENTE LIVRE INCENTIVADA 50% QUE ENTRE SI FAZEM A CELESC GERAÇÃO S.A. e.

Leilão de Venda de Energia Elétrica. CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA NO AMBIENTE LIVRE INCENTIVADA 50% QUE ENTRE SI FAZEM A CELESC GERAÇÃO S.A. e. EDITAL Nº: 18/2015_cp CONSUMIDORES FINAIS Leilão de Venda de Energia Elétrica CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA NO AMBIENTE LIVRE INCENTIVADA 50% QUE ENTRE SI FAZEM A CELESC GERAÇÃO S.A. e. Pelo presente instrumento,

Leia mais

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE LIVRE Contrato de Comercialização de Energia Elétrica no Ambiente Livre, que entre si celebram e COPEN COMPANHIA DE PETRÓLEO E ENERGIA S/A Pelo

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO 02/2014 LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA

EDITAL DO LEILÃO 02/2014 LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DO LEILÃO 02/2014 LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA O LEILÃO DE COMPRA e os procedimentos a ele relativos serão regidos pelas disposições deste EDITAL e seus Anexos. ÍNDICE Capítulo 1 Informações

Leia mais

b) o COMPRADOR promoveu CHAMADA PÚBLICA VP002/2013 PARA COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA, de 10 de Julho de 2013;

b) o COMPRADOR promoveu CHAMADA PÚBLICA VP002/2013 PARA COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA, de 10 de Julho de 2013; CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM E VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA DE ENERGIA S.A.. Pelo presente Instrumento: De um lado, VENTOS POTIGUARES COMERCIALIZADORA

Leia mais

Plano Jurídico Diamond

Plano Jurídico Diamond Plano Jurídico Diamond CONTRATO DE ADESÃO DO PLANO JURÍDICO DIAMOND CLÁUSULA PRIMEIRA: Do Objeto. 1.1 - A Contratada, PLANO JURÍDICO DIAMOND, é uma operadora de serviços, com sede na Rua Teixeira Leal,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO (STFC)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO (STFC) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO (STFC) Pelo presente instrumento particular ( Contrato ), de um lado, ALGAR TELECOM S/A, prestadora de serviços de telecomunicações, inscrita no

Leia mais

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011 CONTROLE DE VERSÃO EILD PADRÃO BRASIL TELECOM S.A. ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011 1. Alterações realizadas no corpo do contrato: Alteradas as qualificações da CONTRATADA e CONTRATANTE O Anexo

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTES E OUTRAS AVENÇAS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTES E OUTRAS AVENÇAS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTES E OUTRAS AVENÇAS Pelo presente instrumento, as Partes Termos e Condições Reserva Online Usuário do Sistema de Reserva Online FastPass, doravante denominada

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_03-14

EDITAL DE LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_03-14 EDITAL DE LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA BRC_03-14 A BRASIL COMERCIALIZADORA DE ENERGIAS S/A (COMPRADORA), com sede na Rua Helena, 260, conjunto 72, CEP 04552-050, Bairro Vila Olímpia, Cidade de

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO Nº 003/2015

EDITAL DE LEILÃO Nº 003/2015 EDITAL DE LEILÃO Nº 003/2015 LEILÃO PÚBLICO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BTG PACTUAL COMERCIALIZADORA DE ENERGIA LTDA., pessoa jurídica de direito privado, com sede na Avenida Brigadeiro Faria Lima, n.º

Leia mais

SEGURO GARANTIA - SETOR PÚBLICO MANUAL DO SEGURADO CONDIÇÕES GERAIS Processo SUSEP Nº 15414.900183/2014-84 CNPJ: 61.383.493/0001-80 1.

SEGURO GARANTIA - SETOR PÚBLICO MANUAL DO SEGURADO CONDIÇÕES GERAIS Processo SUSEP Nº 15414.900183/2014-84 CNPJ: 61.383.493/0001-80 1. 1. OBJETO 1.1. Este contrato de seguro garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo Tomador perante o Segurado, conforme os termos da apólice e até o valor da garantia fixado nesta, e de acordo

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTO(S) COM OPÇÃO DE COMPRA

INSTRUMENTO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTO(S) COM OPÇÃO DE COMPRA I PARTES: I.1. WI2BE TECNOLOGIA S.A., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CPNJ/MF sob o nº 11.013.389/0001-26, com sede em Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Padre Anchieta, nº 2310, 4º andar,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom São partes deste Contrato o CLIENTE, qualificado na Proposta Comercial ou Termo de Adesão ao Serviço, e a Operadora

Leia mais

EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL - 12-0-2012 ANEXO IV

EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL - 12-0-2012 ANEXO IV EDITAL PÚBLICO DE AQUISIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE ACL - 12-0-2012 ANEXO IV CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA Nº,

Leia mais

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal PREGÃO SESC Nº 15/0018 PG ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO, O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO/SESC ESTÂNCIA ECOLÓGICA SESC PANTANAL, NA QUALIDADE

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA DE LONGO PRAZO QUE ENTRE SI CELEBRAM A BIO ENERGIAS COMERCIALIZADORA LTDA. E A

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA DE LONGO PRAZO QUE ENTRE SI CELEBRAM A BIO ENERGIAS COMERCIALIZADORA LTDA. E A CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA INCENTIVADA DE LONGO PRAZO QUE ENTRE SI CELEBRAM A BIO ENERGIAS COMERCIALIZADORA LTDA. E A [---------------------------------------------------] Número do Contrato

Leia mais

CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, a COOPERATIVA, doravante designada simplesmente COOPERATIVA, neste ato devidamente representada na forma de seu Estatuto

Leia mais

CONTRATO Nº xx-xxx-xxxx

CONTRATO Nº xx-xxx-xxxx CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE QUE CELEBRAM ENTRE SI A NC ENERGIA S.A E A xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx De um lado, e doravante

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 514, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 514, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 514, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012. Texto Compilado Voto Estabelece as condições para a contratação de Cotas de Garantia Física de Energia e

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EMISSÃO E ADMINISTRAÇÃO DO CARTÃO BRB TICKET ALIMENTAÇÃO.

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EMISSÃO E ADMINISTRAÇÃO DO CARTÃO BRB TICKET ALIMENTAÇÃO. CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EMISSÃO E ADMINISTRAÇÃO DO CARTÃO BRB TICKET ALIMENTAÇÃO. Pelo presente contrato a CARTÃO BRB S.A., sociedade anônima de capital fechado, com sede

Leia mais

Regulamento. do Programa de Empréstimo Pessoal

Regulamento. do Programa de Empréstimo Pessoal Regulamento do Programa de Empréstimo Pessoal 2 Regulamento do Programa de Empréstimo Pessoal Índice CAPÍTULO I DA FINALIDADE... 4 CAPÍTULO II DOS PARTICIPANTES ELEGÍVEIS... 4 CAPÍTULO III DOS LIMITES

Leia mais

Módulo 3 Contratação de Energia e Potência

Módulo 3 Contratação de Energia e Potência Submódulo3.1 Contratos do ambiente livre Módulo 3 Contratação de Energia e Potência Submódulo 3.1 Contratos do Ambiente Livre Revisão 1.0 Vigência 12/11/2012 1 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. OBJETIVO 3. PREMISSAS

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA DE FONTE CONVENCIONAL CCVEE Nº XX/2015- Leilão nº 03/2015

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA DE FONTE CONVENCIONAL CCVEE Nº XX/2015- Leilão nº 03/2015 CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA DE FONTE CONVENCIONAL CCVEE Nº XX/2015- Leilão nº 03/2015 Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, a XXXXXX., sociedade empresária

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CCVEE

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CCVEE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CCVEE EE-CCVEE N.º XXX/2013 Por este instrumento, as PARTES: (VENDEDORA)., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob o nº XX.XXX.XXX/XXXX-XX,

Leia mais

Contrato de Prestação de Serviços

Contrato de Prestação de Serviços Contrato de Prestação de Serviços Das Partes I. A sociedade por quotas de responsabilidade limitada INTELIG TELECOMUNICAÇÕES LTDA., com sede na Praia de Botafogo nº 370, na Cidade do Rio de Janeiro, Estado

Leia mais

Parágrafo Quinto Integram este CONTRATO de forma inseparável os seguintes Anexos, devidamente rubricados pelas PARTES:

Parágrafo Quinto Integram este CONTRATO de forma inseparável os seguintes Anexos, devidamente rubricados pelas PARTES: CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA INCENTIVADA, QUE ENTRE SI CELEBRAM AMÉRICA ENERGIA S.A. E [COMPRADOR] Pelo presente Instrumento: De um lado, AMÉRICA ENERGIA S.A., com sede na Rua Olimpíadas, 200 5º andar

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO Nº 01/2014 PARA VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

EDITAL DE LEILÃO Nº 01/2014 PARA VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO Nº 01/2014 PARA VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA A LIGHTCOM Comercializadora de Energia S.A, doravante denominada LIGHTCOM, em conformidade com a regulamentação em vigor no Sistema Elétrico Brasileiro

Leia mais

neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS

neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS 1. DAS PARTES 1.1. A constituição e o funcionamento de grupos de consórcio formados pela empresa Sponchiado Administradora de Consórcios Ltda., pessoa neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS promovida

Leia mais

CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NO MERCADO A TERMO

CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NO MERCADO A TERMO São partes neste instrumento: I CORRETORA: CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NO MERCADO A TERMO ALFA CORRETORA DE CÂMBIO E VALORES MOBILIÁRIOS S.A., com sede no Município de São Paulo, Estado de São

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAUCAIA

MUNICÍPIO DE CAUCAIA LEI N 1765, DE 25 DE AGOSTO 2006. Institui o Programa de Recuperação Fiscal - REFIS no Município de Caucaia, e dá outras providências. A PREFEITA MUNICIPAL DE CAUCAIA, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA Por este instrumento, em que são partes: de um lado a TELEFÔNICA BRASIL S.A., concessionária do Serviço Telefônico

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE,

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE, CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE, QUE ENTRE SI CELEBRAM, LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A, DE UM LADO, E XXXXXXXXX, DE OUTRO LADO. LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO PARA A PRESTAÇÃO DO SERVIÇO DE TELEFONIA FIXA COMUTADA, MODALIDADE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL

CONTRATO DE ADESÃO PARA A PRESTAÇÃO DO SERVIÇO DE TELEFONIA FIXA COMUTADA, MODALIDADE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL CONTRATO DE ADESÃO PARA A PRESTAÇÃO DO SERVIÇO DE TELEFONIA FIXA COMUTADA, MODALIDADE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL A INTELIG TELECOMUNICAÇÕES LTDA., com sede na Cidade do Rio de Janeiro - RJ, à Praia de Botafogo,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LETHALLHOST TEAMSPEAK

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LETHALLHOST TEAMSPEAK CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LETHALLHOST TEAMSPEAK CONTRATO: CN-613XXXXXXXXXXXX A LETHALLHOST NETWORKING, Provê serviços de aluguel de servidor de TeamSpeak. Tem a responsabilidade de proteger cada

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO COM CRÉDITO PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO COM CRÉDITO PRÉ-APROVADO PÁGINA 1/7 CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Dados do Contratante Nome: CPF: - Carteira de Identidade: Órgão: Matrícula: - Endereço: Bairro: Cidade: UF: CEP: - Estado Civil: Profissão: Empresa: Lotação: Banco: Agência:

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE FIAÇÃO INTERNA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE FIAÇÃO INTERNA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE FIAÇÃO INTERNA Pelo presente instrumento particular, a A.TELECOM S.A. inscrita no CNPJ/MF sob o nº 03.498.897/0001-13, com sede na Alameda Campinas, 1070

Leia mais