Trabalhando com objetos browser

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Trabalhando com objetos browser"

Transcrição

1 Trabalhando com objetos browser Já aprendemos sobre o suporte do JavaScript para objetos, que permite armazenar dados em todos os tipos de caminhos interessantes. Entretanto, a maneira como você mais utilizará objetos é acessando os objetos browser, que permitem que seus script manipulem páginas da Webm janelas e documentos. Entendendo os objetos browser Uma vantagem do JavaScript em relação a linguagens mais sofisticadas é que os scripts podem manipular o navegador da Web. O script pode carregar uma nova página no navegador, trabalhar com partes da janela e do documento do navegador e até abrir novas janelas. A fim de trabalhar com o navegador e os documentos, o JavaScript utiliza uma variedade de objetos browser. Cada objeto representa parte de uma página da Web (uma janela, um documento ou uma imagem). Os objetos browser têm propriedades, que descrevem a página ou o documento da Web, e métodos, que permitem trabalhar com partes da página da Web. Os objetos browser estão organizados em uma hiearquia de objetos pai e filho. Quando referencia um objeto, você utiliza o nome do objeto pai seguido pelo nome ou nomes do objeto filho, separados por pontos. Por exemplo, o JavaScript armazena objetos para representar imagens em um documento como filhos do objeto document. O seguinte refere-se ao objeto image9, um filho do objeto document, que é filho do objeto window: window.document.image9 O objeto window está na parte superior da hierarquia de objeto browser. A figura abaixo mostra os objetos básicos de um navegador; a hierarquia do objeto e uma variedade de seus objetos. document links[ ] anchoc rs[ ] window (parent, frames[],self, top) history images[ ] forms[ ] location forms elements E Nemer 1 / 13

2 Utilizando objetos window Na parte superior da hierarquia do objeto browser está o objeto window, que representa uma janela do navegador. Já utilizamos alguns métodos e propriedades do objeto window: Já utilizamos a propriedade window.status para alterar o conteúdo da linha de status do navegador; Os métodos window.alert, window.confirm e window.prompt exibem caixas de diálogo de mensagem para o usuário. obs: Podem haver vários objetos window por vez, cada um representando uma janela de navegador aberta. Os frames são também representados por objetos window. Trabalhando com documentos da Web O objeto document representa um documento ou página da Web. os documentos da Web são exibidos dentro das janelas do navegador, então, pode-se concluir que o objeto document é filho do objeto window. Como o objeto window sempre representa a janela atual (aquela contendo o script), você pode utilizar a window.document para referenciar o documento atual. Você também pode referenciar document, que automaticamente se refere à janela atual. obs: Já utilizamos o método document.write para exibir texto dentro de um documento da Web. Os exemplos vistos utilizaram somente uma única janela e documento, então foi desnecessário utilizar window.document,write mas essa sintaxe mais longa funcionaria igualmente bem. Se múltiplas janelas ou frames estiverem em utilização, talvez haja vários objetos window, cada um com seu próprio objeto document. Para utilizar um desses objetos document, você utiliza o nome da janela e o nome do documento. Obtendo informações sobre o documento Várias propriedades do objeto document incluem informações sobre o documento atual em geral: A propriedade URL especifica o URL do documento. Esse é um campo de texto simples. Você não pode alterar essa propriedade. Se precisar enviar o usuário para uma localização diferente, utilize o objeto window.location, descrito mais adiante; A propriedade title lista o título da página atual, definido pela tag HTML <TITLE>; A propriedade referrer é o URL da página que o usuário estava visualizando antes da página atual normalmente, a página com um link para a página atual; A propriedade lastmodified é a última data em que o documento foi modificado. Essa data é enviada do servidor junto com a página. Outras propriedades do objeto document são utilizadas para se configurar um documento, como, por exemplo, as cores do fonte e de fundo de uma página. Um exemplo é mostrado a seguir. E Nemer 2 / 13

3 <html> <head> <title> Exemplo de utilização do objeto 'document' </title> </head> <body> <h1> Exemplo de utilização do objeto 'document' </h1> <script> with(document) { write("o URL deste documento é "+URL+ "<br>"); bgcolor="silver"; fgcolor="blue"; write("este documento foi modificado em "+lastmodified+"<br>"); write("o título deste documento é "+title+"<br>"); } </script> </body> </html> A saída para o script acima poderia ser a seguinte: E Nemer 3 / 13

4 Obs: É importante observar que a propriedade document.lastmodified traz a data recebida do servidor da Web e alguns servidores não mantêm datas de modificação corretamente. Utilizando links e âncoras Outro filho do objeto document é o objeto link. De fato, podem haver múltiplos objetos link em um documento. Cada um inclui informações sobre um link para outra localização ou âncora. Você pode acessar objetos link com o array links. Cada membro do array é um dos objetos link na página atual. Uma propriedade do array, document.links.length, indica o número de links da página. Cada objeto link (ou membro do array links) tem uma lista de propriedades que definem o URL. Você pode referir-se a uma propriedade indicando o número do link e o nome da propriedade. Por exemplo, a seguinte instrução atribui o URL inteiro do primeiro link à variável link1: link1 = document.links[0].href; Um exemplo da utilização do objeto link é apresentado a seguir: <html> <head> <title> Utilizando links e âncoras </title> </head> <body> <p><a href="http://www.microsoft.com.br">microsoft</a></p> <p><a href="http://www.yahoo.com">yahoo</a></p> <p><a href="http://www.domain.com.br">psi</a></p> <p><a href="http://www.netscape.com">netscape</a></p> <p><a href="http://www.oglobo.com.br">o Globo</a></p> <p> </p> <script language="javascript"> NumLinks = document.links.length; document.write ("O número de links da página é "+NumLinks+"<br>"); for(i=0;i<numlinks;i++) { document.write("os links da página são os seguintes "+ document.links[i].href+"<br>"); } </script > </body> </html> E Nemer 4 / 13

5 Uma possível tela para o script seria a seguinte: Os objetos anchor são também filhos do objeto document. Cada objeto anchor representa uma âncora no documento atual uma localização particular para a qual se pode pular diretamente. Como os links, você pode acessar âncoras com um array: anchors. Cada elemento desse array é um objeto anchor. A propriedade document.anchors.length fornece o número de elementos no array anchors. Acessando o histórico do navegador O objeto history é outro filho (propriedade) do objeto window. Esse objeto armazena as informações sobre os URLs que foram visitados antes e depois do atual e inclui métodos para ir para as localizações anteriores ou próximas. O objeto history tem quatro propriedades: history.length monitora o comprimento da lista de histórico em outras palavras, o número de localizações diferentes que o usuário visitou; history.current contem o valor da entrada de história atual o URL da página que o usuário atualmente está olhando; history.next é o valor da próxima entrada na lista de histórico o URL ao qual o usuário será enviado se ele pressionar o botão Forward do navegador. Como o botão Forward somente funciona quando você já utilizou o botão Back, nem sempre pode haver um valor para a propriedade history.next; E Nemer 5 / 13

6 history.previous é a entrada anterior do histórico o URL ao qual o usuário será enviado se ele utilizar o navegador de botão Back. Você também pode tratar o objeto history como um array. Cada entrada contém um dos URLs na lista de histórico, com history[0] sendo a entrada atual. Por último, mas não menos importante, o objeto history tem três métodos: history.go abre um URL da lista de histórico. Para utilizar esse método, especifique um número positivo ou negativo entre parênteses. Por exemplo, history.go(-2) é equivalente a pressionar o botão Back duas vezes; history.back carrega o URL anterior na lista de histórico o equivalente a pressionar o botão Back; history.forward carrega o próximo URL na lista de histórico, se disponível. Isso é equivalente a pressionar o botão Forward.; Obs: Os métodos hsitory.back e history.forward não funcionam corretamente em algumas versões do Nestcape Navigator. Por essa razão, é melhor em vez disso utilizar history.go(-1) e history.go(1). Trabalhando com o objeto Location Um terceiro filho do objeto window é o objeto location. Esse objeto armazena as informações sobre o URL atual armazenado na janela. Por exemplo, a seguinte instrução carrega um URL na janela atual: window.location. href = A propriedade href utilizada nessa instrução contém o URL inteiro da localização atual da janela. O objeto location tem dois métodos: location.reload recarrega o documento atual. Isso é o mesmo que o botão Reload na barra de ferramentas do Netscape; location.replace substitui a localização atual por uma nova. Isso é semelhante a configurar as propriedades do próprio objeto location. A diferença é que o método replace não afeta o histórico do navegador. Em outras palavras, o botão Back não pode ser utilizado para ir para a localização anterior. E Nemer 6 / 13

7 Criando botões Back e Forward Uma utilização comum para o método go do objeto history é adicionar seus próprios botões Back e Forward a um documento da Web. Isso pode aprimorar a interface com o usuário de suas páginas. Como um exemplo do uso do objeto history, você agora criará um script que exibe os botões Back e Forward e utiliza esses métodos para o navegador. Você utilizará imagens gráficas do Windows para os botões Back e Forward. A parte do script que tratará o botão Back é a seguinte: <a href="javascript:history.go(-1);"> <img border=0 src="desktop.gif" width="26" height="26"> </a> Isso utiliza um URL javascript: para executar um comando quando o usuário dá um clique em um link. O código do botão Forward é quase idêntico: <a href="javascript:history.go(1);"> <img border=0 src="drive.gif" width="26" height="26"> </a> A listagem completa é mostrada abaixo: <html> <head> <title> Exemplo de botões Back & Forward </title> </head> <body> <h1> Exemplo de botões Back & Forward </h1> <hr> Esta página permite que você avance e recue para páginas na lista history. Estes comandos são equivalentes aos botões Back e Forward na barra de menus do browser. <hr> <script> document.write("o número de sites visitados é "+ window.history.length+"<br>"); </script> <hr> <a href="javascript:history.go(-1);"> <img border=0 src="desktop.gif" width="26" height="26"> </a> <a href="javascript:history.go(1);"> <img border=0 src="drive.gif" width="26" height="26"> </a> <hr> </body> </html> E Nemer 7 / 13

8 A tela seria a seguinte: E Nemer 8 / 13

9 Object document Description Represents the HTML document in a given browser window. Remarks You use the document object to retrieve information about the document, to examine and modify the HTML elements and text within the document, and to process events. The document object is available at all times. You can retrieve the object by applying the document property to a window or an element object. If used by itself, document represents the document in the current window. Examples The following example checks for a document title and displays the title (if not null) in an alert (message) box. if (document.title!="") alert("the title is " + document.title) The following example shows an event handler function that displays the current position of the mouse (relative to the upper-left corner of the document) in the browser's status window. <HTML> <HEAD><TITLE>Report mouse moves</title> <SCRIPT LANGUAGE="JScript"> function reportmove() { E Nemer 9 / 13

10 window.status = "X=" + window.event.x + " Y=" + window.event.y; } </SCRIPT> <BODY onmousemove="reportmove()"> <H1>Welcome!</H1> </BODY> </HTML> Properties activeelement, alinkcolor, bgcolor, body, charset, cookie, defaultcharset, domain, expando, fgcolor, lastmodified, linkcolor, location, parentwindow, readystate, referrer, selection, title, URL, vlinkcolor Collections all, anchors, applets, children, embeds, forms, frames, images, links, plugins, scripts, stylesheets Methods clear, close, createelement, createstylesheet, elementfrompoint, execcommand, open, querycommandenabled, querycommandindeterm, querycommandstate, querycommandsupported, querycommandtext, querycommandvalue, ShowHelp, write, writeln Events onafterupdate, onbeforeupdate, onclick, ondblclick, ondragstart, onerrorupdate, onhelp, onkeydown, onkeypress, onkeyup, onmousedown, onmousemove, onmouseout, onmouseover, onmouseup, E Nemer 10 / 13

11 onreadystatechange, onrowenter, onrowexit, onselectstart links Description Retrieves a collection of all A elements that specify the HREF= attribute and all AREA elements in the document. Syntax object.links(index) Parameter Description object (index) The document object. Optional. An integer or a string specifying the index value of the element to retrieve. Integer indexes are zero-based, meaning the first element in the collection has index 0. A string index is valid only if the string is a name or identifier of at least one element in the document. Remarks This collection is indexed first by name, then by identifier. If duplicate names are found, a collection of those named items is returned. Collections of duplicate names must subsequently be referenced by ordinal position. This collection includes A elements that have a NAME= or ID= attribute as long as they also have an HREF= attribute. E Nemer 11 / 13

12 Example The following example displays the HREF= attribute of the third link defined in the document. alert(document.anchors(2).href); Property length Methods item, tags Applies To document anchors Description Retrieves a collection of all A elements that have a NAME= and/or ID= attribute. Elements in this collection are in HTML source order. Syntax object.anchors(index) Parameter Description object (index) The document object. Optional. An integer or a string specifying the index value of the element to retrieve. Integer indexes are zero-based, meaning the first element in the collection has index 0. A string index is valid only if the string is a name or identifier of at least one element in the document. E Nemer 12 / 13

13 Remarks This collection is indexed first by name, then by identifier. If duplicate names are found, a collection of those named items is returned. Collections of duplicate names must subsequently be referenced by ordinal position. Example The following example displays the NAME= attribute of the third anchor defined in the document. alert(document.anchors(2).name); Property length Methods item, tags Applies To document E Nemer 13 / 13

$XOD2VREMHWRVGRQDYHJDGRU

$XOD2VREMHWRVGRQDYHJDGRU $XOD2VREMHWRVGRQDYHJDGRU Nesta aula continuaremos a tratar dos objetos em JavaScript. Veremos agora detalhes sobre a KLHUDUTXLD GRV REMHWRV GH ZLQGRZ, que funciona como REMHWR JOREDO. Depois você aprenderá

Leia mais

Utilizando Janelas e Frames

Utilizando Janelas e Frames Utilizando Janelas e Frames Aprenderemos agora algumas técnicas mais específicas para fazer o JavaScript trabalhar com várias partes das páginas e navegadores da Web. Controlando janelas com objetos Já

Leia mais

JavaScript Eventos e Objetos Nativos

JavaScript Eventos e Objetos Nativos JavaScript Eventos e Objetos Nativos Ferramentas para Internet Marx Gomes Van der Linden ( Material baseado no original de Marcelo José Siqueira Coutinho de Almeida ) Eventos Um evento é um acontecimento

Leia mais

$XOD2V2EMHWRVdocumentHnavigator

$XOD2V2EMHWRVdocumentHnavigator $XOD2V2EMHWRVdocumentHnavigator Nesta aula continuaremos a tratar dos objetos em JavaScript. Veremos agora detalhes sobre os objetos document e navigator. 2EMHWLYRV Aprender: - as características e métodos

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações para Internet

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 03 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula de hoje... Javascript: introdução, operadores lógicos e matemáticos, comandos condicionais. Javascript:

Leia mais

DHTML - MÓDULO 1: VISÃO GERAL E INTRODUÇÃO Por Marcelo Camargo Visão geral

DHTML - MÓDULO 1: VISÃO GERAL E INTRODUÇÃO Por Marcelo Camargo Visão geral Apostila retirada de http://www.ibestmasters.com.br DHTML - MÓDULO 1: VISÃO GERAL E INTRODUÇÃO Por Marcelo Camargo Visão geral A tecnologia DHTML (Dynamic HTML) foi apresentada inicialmente como um conjunto

Leia mais

4. A Linguagem JavaScript

4. A Linguagem JavaScript 4. A Linguagem JavaScript! A linguagem XHTML, por não ser uma linguagem de programação e sim uma linguagem de marcação, não permite interação entre o usuário e a página, além de clicar em um link, fazendo

Leia mais

As janelas do browser

As janelas do browser Capítulo 5 As janelas do browser 5 As janelas do browser A JANELA DO BROWSER é manipulável de várias formas através da linguagem JavaScript. Pode-se alterar dinamicamente várias de suas características

Leia mais

Tecnologias para Web Design

Tecnologias para Web Design Tecnologias para Javascript e DOM Introdução à Scripts Um script do lado cliente é um programa que acompanha um documento HTML Pode estar incluído no próprio documento embutido ou acompanha-lo num arquivo

Leia mais

O que é o Javascript?

O que é o Javascript? O que é o Javascript? JavaScript é uma linguagem para criação de Home-Pages. Funções escritas em JavaScript podem ser embutidas dentro de seu documento HTML. Com JavaScript você tem muitas possibilidades

Leia mais

Respondendo a eventos

Respondendo a eventos Respondendo a eventos Até agora, a maioria dos scripts que você escreveu foi executado de uma forma tranqüila e ordenada, movendo-se da primeira instrução para a última. Agora aprenderemos a utilizar a

Leia mais

Criando um script simples

Criando um script simples Criando um script simples As ferramentas de script Diferente de muitas linguagens de programação, você não precisará de quaisquer softwares especiais para criar scripts de JavaScript. A primeira coisa

Leia mais

JavaScript. Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) Notas de Aula Aula 12 1º Semestre - 2011. UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação

JavaScript. Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) Notas de Aula Aula 12 1º Semestre - 2011. UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) JavaScript Notas de Aula Aula 12 1º Semestre - 2011 Tecnologias Web jgw@unijui.edu.br Introdução Com JavaScript implementamos

Leia mais

Programação Web Aula 5 - Javascript Parte 2 - Javascript e HTML

Programação Web Aula 5 - Javascript Parte 2 - Javascript e HTML Programação Web Aula 5 - Javascript Parte 2 - Javascript e HTML Departamento de Informática UFPR 17 de Março de 2014 1 Javascript e HTML 2 Ambiente Hierarquia Propriedades de Document 3 DOM Denição Hierarquia

Leia mais

Java Script Pág: 1. Índice

Java Script Pág: 1. Índice Java Script Pág: 1 Índice Índice... 1 Introdução ao JavaScript Básico... 2 Configurações... 2 Usando o Java Script.... 2 Comandos: script language - alert - /script... 3 Variáveis... 4 Regras para criar

Leia mais

Conteúdo. DHTML tópicos Hamilton Lima - 2002-2004

Conteúdo. DHTML tópicos Hamilton Lima - 2002-2004 DHTML tópicos Hamilton Lima - 2002-2004 Conteúdo 1. meu primeiro script... 2 2. DOM Document Object Model...2 3. tipo de execução de scripts...2 4. resposta a um evento... 3 5. tipos de dados, variaveis

Leia mais

Programação WEB I DOM (Document Object Manager)

Programação WEB I DOM (Document Object Manager) Programação WEB I DOM (Document Object Manager) DOM Significa Modelo de Objetos de Documentos e tem por finalidade descrever e padronizar os objetos e seus relacionamentos em uma aplicação. Tem a finalidade

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. JavaScript

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. JavaScript Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES JavaScript Desenvolvimento de Sistemas para WEB Site:

Leia mais

Primeiro contato com JavaScript

Primeiro contato com JavaScript Primeiro contato com JavaScript Visão Geral JavaScript É uma linguagem em formato script; Permite dinamizar funções do site e criar interatividade em páginas web. O JavaScript permite: Coletar dados dos

Leia mais

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários)

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Linguagem de Programação para Web JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Prof. Mauro Lopes 1-31 23 Objetivos Iremos avançar um pouco mais em nosso estudo sobre o JavaScript. Iremos

Leia mais

Incorporando JavaScript em HTML

Incorporando JavaScript em HTML Incorporando JavaScript em HTML Existem quatro maneiras de incorporar JavaScript em HTML. Vamos abordar as três primeiras, por ser mais comum: Entre as tags dentro do código HTML. A partir

Leia mais

Para acessar o NVU clique em Iniciar >> Programas >> Editor de Internet, iniciando aparecerá a seguinte tela:

Para acessar o NVU clique em Iniciar >> Programas >> Editor de Internet, iniciando aparecerá a seguinte tela: 1 APOSTILA NVU Cobra Tecnologia, www.cobra.com.br Última revisão em 12 de Julho de 2005 DESCRIÇÃO: O NVU é uma ferramenta que foi criada para web designers e para desenvolvedores de aplicações para o ambiente

Leia mais

Introdução a JavaScript

Introdução a JavaScript 1 Introdução a JavaScript A LINGUAGEM HTML HYPERTEXT MARKUP LANGUAGE, foi criada exclusivamente para definir a estrutura de uma página. Esforços para usar HTML como linguagem de formatação de página, visando

Leia mais

JavaScript. JavaScript é uma linguagem de script usada em navegadores web. É uma linguagem dinâmica, estruturada e orientada em objetos.

JavaScript. JavaScript é uma linguagem de script usada em navegadores web. É uma linguagem dinâmica, estruturada e orientada em objetos. JavaScript JavaScript é uma linguagem de script usada em navegadores web. É uma linguagem dinâmica, estruturada e orientada em objetos. Pode ser usada dentro do próprio arquivo HTML ou estruturada em um

Leia mais

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção de páginas de internet e é responsável

Leia mais

O código JavaScript deve ser colocado entre tags de comentário para ficar escondido no caso de navegadores antigos que não reconhecem a linguagem.

O código JavaScript deve ser colocado entre tags de comentário para ficar escondido no caso de navegadores antigos que não reconhecem a linguagem. 1 - O que é JAVASCRIPT? É uma linguagem de script orientada a objetos, usada para aumentar a interatividade de páginas Web. O JavaScript foi introduzido pela Netscape em seu navegador 2.0 e posteriormente

Leia mais

Aula de JavaScript 05/03/10

Aula de JavaScript 05/03/10 Objetos Sabe-se que variável são contêiners que podem armazenar um número, uma string de texto ou outro valor. O JavaScript também suporta objetos. Objetos são contêiners que podem armazenar dados e inclusive

Leia mais

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção

Leia mais

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com JavaScript: Validação de Formulários Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com Validação de Formulários Um dos usos mais frequentes do JS é a validação de formulários. Além de garantir

Leia mais

Índice. 1 Introdução ao Javascript...1 1.1 HTML e Javascript...1 1.2 Resumo do capítulo...2

Índice. 1 Introdução ao Javascript...1 1.1 HTML e Javascript...1 1.2 Resumo do capítulo...2 Índice 1 Introdução ao Javascript...1 1.1 HTML e Javascript...1 1.2 Resumo do capítulo...2 2 Elementos da Linguagem...3 2.1 Variáveis...3 2.2 Tipos de dados...4 2.3 Operadores...4 2.4 Comparação...5 2.5

Leia mais

JavaScript Aplicações Interativas para a Web

JavaScript Aplicações Interativas para a Web JavaScript Aplicações Interativas para a Web ADRIANO GOMES LIMA BELO HORIZONTE 2006 INTRODUÇÃO A LINGUAGEM JAVASCRIPT...9 JAVA E JAVASCRIPT...9 VBSCRIPT E JAVASCRIPT... 10 AS VERSÕES DO JAVASCRIPT... 10

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web

Introdução à Tecnologia Web Introdução à Tecnologia Web JavaScript Sintaxe da Linguagem: Eventos Profª MSc. Elizabete Munzlinger www.elizabete.com.br JavaScript Eventos Índice 1 Eventos JavaScript... 2 a) Relacionados a Janela...

Leia mais

Informática I. Aula 6. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 6-12/09/2007 1

Informática I. Aula 6. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 6-12/09/2007 1 Informática I Aula 6 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 6-12/09/2007 1 Ementa Noções Básicas de Computação (Hardware, Software e Internet) HTML e Páginas Web Internet e a Web Javascript e

Leia mais

$XOD0DQLSXODomRGH-DQHODVH)UDPHV

$XOD0DQLSXODomRGH-DQHODVH)UDPHV $XOD0DQLSXODomRGH-DQHODVH)UDPHV As formas de programação que vimos até aqui envolviam apenas uma janela ou frame. Aplicações reais, geralmente, envolvem múltiplas janelas ou frames. Nesta aula explicaremos

Leia mais

Linguagem Javascript. Referências. Capacidades de Javascript. O que é JavaScript? Tipos de JavaScript. Versões de Javascript

Linguagem Javascript. Referências. Capacidades de Javascript. O que é JavaScript? Tipos de JavaScript. Versões de Javascript Linguagem Javascript João Sérgio S. Assis Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ Tel. (021) 2598-3214 Fax. (021) 2 270-8554 e-mail: joao@nce.ufrj.br Slides originais: Maurício Bomfim Referências Bibliográficas:

Leia mais

Tecnologias para apresentação de dados - Java Script. Aécio Costa

Tecnologias para apresentação de dados - Java Script. Aécio Costa Tecnologias para apresentação de dados - Java Script Aécio Costa Foi originalmente implementada como parte dos navegadores web para que scripts pudessem ser executados do lado do cliente e interagissem

Leia mais

Lista de operadores de comparação - > Maior que - < Menor que - <= Menor ou igual a - >= Maior ou igual a - === Igual a -!

Lista de operadores de comparação - > Maior que - < Menor que - <= Menor ou igual a - >= Maior ou igual a - === Igual a -! Página1 Javascript JavaScript (JS) é uma linguagem de programação client side Funciona no navegador do usuário. É uma linguagem baseada em objetos. "Walmir".length; 6 Para que serve - fazer websites responder

Leia mais

Programação para web JavaScript

Programação para web JavaScript Programação para web JavaScript Professor: Harlley Lima E-mail: harlley@decom.cefetmg.br Departamento de Computação Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais Belo Horizonte, 4 de maio 2016

Leia mais

JavaScript Aplicações Interativas para a Web

JavaScript Aplicações Interativas para a Web JavaScript Aplicações Interativas para a Web ADRIANO GOMES LIMA BELO HORIZONTE 2006 INTRODUÇÃO A LINGUAGEM JAVASCRIPT...9 JAVA E JAVASCRIPT...9 VBSCRIPT E JAVASCRIPT... 10 AS VERSÕES DO JAVASCRIPT... 10

Leia mais

Exercícios Práticos de HTML e JavaScript.

Exercícios Práticos de HTML e JavaScript. <FORM ACTION=mailto:teste@gmail.com METHOD=POST ENCTYPE=text/plain NAME=cadastro> Exercícios Práticos de HTML e JavaScript Exercício 1: Formulário Padrão HTML SEM JavaScript

Leia mais

Home Page da Estação Automática do IF-SC

Home Page da Estação Automática do IF-SC Home Page da Estação Automática do IF-SC Ana Paula Jorge Fraga Email: anaa_fraga@hotmail.com Artur da Silva Querino E-mail: arturquerino@gmail.com Kathilça Lopes de Souza E-mail: kathii16@hotmail.com Rayana

Leia mais

Como implementar Cache Busting nas tags da Atlas. O que são tags? O que é Cache Busting?

Como implementar Cache Busting nas tags da Atlas. O que são tags? O que é Cache Busting? Guia de implementação de cache busting e teste de tags Atlas Ad Server http:///operacoes/guia_implementacao_cachebusting_teste_tags_atlas_aunica.pdf Este documento é destinado à orientação e ao suporte

Leia mais

Programação WEB I BOM (Browser Object Manager)

Programação WEB I BOM (Browser Object Manager) Programação WEB I BOM (Browser Object Manager) Objetos Window Métodos já conhecidos: Window.alert( Texto ); Window.prompt( Digite algo, ); Window.confirm( Deseja mesmo fazer isso ); Window Abrir uma Janela

Leia mais

Introdução ao Javascript

Introdução ao Javascript Programação WEB I Introdução ao Javascript Apresentação da Disciplina,Introdução a linguagem Javascript Objetivos da Disciplina Apresentar os principais conceitos da linguagem Javascript referente à programação

Leia mais

> Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com

> Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com Curso HTML & CSS > Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com Sumário > Apresentação > Introdução ao HTML História Começando a Programar > Tags em HTML Headings (Cabeçalhos) Parágrafos Formatação

Leia mais

Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos

Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos Linguagem de Programação para Web Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos Prof. Mauro Lopes 1-31 20 Objetivo Iremos aqui apresentar a estrutura básica de um documento HTML e iremos também apresentar

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região DIMI - Divisão de Microinformática e Redes Índice: O que é a Internet? 3 O que são Intranets? 3 Sobre o Nestcape Navigator 3 Para iniciar o

Leia mais

Dicas para Javascript (parte1)

Dicas para Javascript (parte1) <style TYPE=text/css><!--a.menu {color:000000;}a.menu:hover {color:cc0000;}-- ></style> Dicas para Javascript (parte1) 1 - DETECTANDO A RESOLUÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML

Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML Objetivos Detalhar conceitos sobre TAGS HTML: elementos, atributos, elemento vazio, links. Implementar páginas de internet com uso da linguagem HTML; Ferramentas Necessárias

Leia mais

1. HTML - Introdução. Hyper Text Markup Language. É uma linguagem de formatação de conteúdos. Portável. Ficheiros de pequena dimensão

1. HTML - Introdução. Hyper Text Markup Language. É uma linguagem de formatação de conteúdos. Portável. Ficheiros de pequena dimensão 1. HTML - Introdução Hyper Text Markup Language É uma linguagem de formatação de conteúdos Não é uma linguagem de programação Portável Não depende da plataforma em que é vizualizado Ficheiros de pequena

Leia mais

Módulo: Criação de Páginas WEB

Módulo: Criação de Páginas WEB Módulo: Criação de Páginas WEB 50 Horas - Sessão 05/13 TEXTO ANIMADO O comando MARQUEE orienta o browser a definir o efeito de texto/imagem a passar no ecrã. Deve ser utilizado quando queremos dar destaque

Leia mais

Programação web Prof. Wladimir

Programação web Prof. Wladimir Programação web Prof. Wladimir Linguagem PHP Cookie e Sessão @wre2008 1 Sumário Header; Cookie; Sessão; Exemplos. @wre2008 2 Header Esta função permite que um script php redirecione para outra página.

Leia mais

SIMULADOS & TUTORIAIS

SIMULADOS & TUTORIAIS SIMULADOS & TUTORIAIS TUTORIAIS HTML Como criar links em HTML Copyright 2013 Todos os Direitos Reservados Jorge Eider F. da Silva Proibida a reprodução deste documento no todo ou em parte por quaisquer

Leia mais

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 1 Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 HTML BÁSICO: O que é uma página WEB? Uma página WEB, também conhecida pelo termo inglês webpage, é uma "página" na World Wide Web, geralmente em formato

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Listas A HTML permite definir três categorias distintas de listas: Ordenadas Sem ordenação Lista de definição 2/28 Listas

Leia mais

Projeto de Agenda Telefônica. Cleyton Tsukuda Kano (kanoct@br.ibm.com)

Projeto de Agenda Telefônica. Cleyton Tsukuda Kano (kanoct@br.ibm.com) Projeto de Agenda Telefônica Cleyton Tsukuda Kano (kanoct@br.ibm.com) Objetivo Conhecer o elemento de designs XPages, componente da ferramenta Lotus Domino Designer, através da criação de uma aplicação

Leia mais

O que é JavaScript? O que JavaScript é capaz de Fazer?

O que é JavaScript? O que JavaScript é capaz de Fazer? IMPORTANTE: este material não deve ser utilizado como única fonte de estudos. Os alunos deverão estudar toda a matéria vista em aula, realizar as práticas de laboratório e consultar a bibliografia do curso.

Leia mais

Bool setcookie (string nome [, string valor [, int validade [, string caminho [, string dominio [, int seguro]]]]] )

Bool setcookie (string nome [, string valor [, int validade [, string caminho [, string dominio [, int seguro]]]]] ) Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

O que é o JavaScript?

O que é o JavaScript? JavaScript Introdução O JavaScript é utilizado por milhões de páginas na web para melhorar o design, validar forms, e muito mais O JavaScript foi inicialmente desenvolvido pela Netscape e é a linguagem

Leia mais

Nota de aplicação: Desenvolvimento de Páginas no PO9900 - WebGate

Nota de aplicação: Desenvolvimento de Páginas no PO9900 - WebGate Nota de aplicação NAP080 Desenvolvimento de Páginas no PO9900 - WebGate Altus Sistemas de Informática S.A. Página: 1 Sumário 1. Introdução...3 1.1 Páginas do WebGate... 3 2. Árvore de Navegação...3 3.

Leia mais

Como criar uma página WEB

Como criar uma página WEB Como criar uma página WEB Utilização de comandos HTML Luís Manuel Borges Gouveia versão 1.1 Dezembro, 1996 Requisitos necessários para criar ou editar uma página Web um navegador (browser): Netscape ou

Leia mais

4.14 - Imagens: src único atributo que não pode ser omitido neste TAG Nota: img

4.14 - Imagens: <img src=...> src <img src=tecnologia.jpg> único atributo que não pode ser omitido neste TAG Nota: img 4.14 - Imagens: O TAG utilizado para a inclusão de imagens em páginas html é o: O atributo src especifica o local onde está a imagem e o seu nome. Nas páginas pessoais é mais comum o uso

Leia mais

Algoritmia e Programação APROG HTML. Introdução. Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2014/15) 1/15

Algoritmia e Programação APROG HTML. Introdução. Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2014/15) 1/15 APROG Algoritmia e Programação HTML Introdução Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2014/15) 1/15 O que é o HTML? Sumário Geral Documento HTML Elemento HTML Estrutura Básica de Documento HTML Elementos Títulos

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB I - 7122

DESENVOLVIMENTO WEB I - 7122 6.2 - Formulários: Um dos recursos mais fascinantes da linguagem HTML é a possibilidade de criar formulários eletrônicos. Usando um formulário o usuário pode interagir com o servidor, enviando dados que

Leia mais

4.14 - Imagens: SRC único atributo que não pode ser omitido neste tag Nota: img

4.14 - Imagens: <IMG SRC=...> SRC <IMG SRC=tecnologia.jpg> único atributo que não pode ser omitido neste tag Nota: img 4.14 - Imagens: O tag utilizado para a inclusão de imagens em páginas html é o: O atributo SRC especifica o local aonde está a imagem e o seu nome. Nas páginas pessoais é mais comum o uso

Leia mais

6.2 - Formulários: form ... form action method POST GET exceto outros formulários form

6.2 - Formulários: form <form action=url_de_script method=método>...</form> form action method POST GET exceto outros formulários form 6.2 - Formulários: Um dos recursos mais fascinantes da linguagem HTML é a possibilidade de criar formulários eletrônicos. Usando um formulário o usuário pode interagir com o servidor, enviando dados que

Leia mais

Claudio Damasceno. Avançar

Claudio Damasceno. Avançar Claudio Damasceno Conteúdo Alinhamento Âncoras, Links Tabelas Formatação Próximo Capítulo HTML prof.claudiodamasceno@hotmail.com 2 Recapitulando - Estrutura básica título DA PÁGINA

Leia mais

Prof Evandro Manara Miletto. parte 2

Prof Evandro Manara Miletto. parte 2 Prof Evandro Manara Miletto parte 2 Sumário Estruturas de Controle Eventos Estruturas de controle características Estruturas de controle (ou condicionais) são executadas caso um teste seja atendido Permite

Leia mais

José Frazão Scripts Página 2 de 22

José Frazão Scripts Página 2 de 22 Página 2 de 22 Índice Página 1. Introdução 4 2. O que são? 5 3. Linguagens 5 3.1. ShellScript 5 3.1.1. Estrutura 6 3.1.1.1. Exemplos de alguns caracteres 6 3.1.1.2. Variáveis 7 3.2. JavaScript 9 3.2.1.

Leia mais

Linguagem Javascript. Referências. Aula 1. O que é JavaScript? Capacidades de Javascript. Tipos de JavaScript

Linguagem Javascript. Referências. Aula 1. O que é JavaScript? Capacidades de Javascript. Tipos de JavaScript Referências Linguagem Javascript João Sérgio S. Assis Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ Tel. (021) 2598-3214 Fax. (021) 2270-8554 e-mail: joao@nce.ufrj.br Slides originais: Maurício Bomfim Bibliográficas:

Leia mais

Scriptlets e Formulários

Scriptlets e Formulários 2 Scriptlets e Formulários Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Permitir ao aluno aprender a criar um novo projeto Java para web no Netbeans IDE,

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Felippe Scheidt IFPR Campus Foz do Iguaçu 2014/2

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Felippe Scheidt IFPR Campus Foz do Iguaçu 2014/2 Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Felippe Scheidt IFPR Campus Foz do Iguaçu 2014/2 Objetivo. O objetivo da disciplina é conhecer os princípios da programação de

Leia mais

Web Design. Prof. Felippe

Web Design. Prof. Felippe Web Design Prof. Felippe 2015 Sobre a disciplina Fornecer ao aluno subsídios para o projeto e desenvolvimento de interfaces de sistemas Web eficientes, amigáveis e intuitivas. Conceitos fundamentais sobre

Leia mais

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax permite construir aplicações Web mais interativas, responsivas, e fáceis de usar que aplicações Web tradicionais. Numa aplicação Web tradicional quando se prime

Leia mais

Javascript. Javascript

Javascript. Javascript Javascript 1 1 INTRODUÇÃO...3 2 JAVASCRIPT...3 2.1 O QUE É JAVASCRIPT...3 2.1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS...3 2.1.2 O QUE JAVASCRIPT NÃO É...4 2.1.3 PARTICULARIDADES E LIMITAÇÕES...4 2.2 ELEMENTO SCRIPT...5

Leia mais

Mini-curso de PHP. Aulas ministradas por: André Luis de Paula Arthur Kalsing Diego Silva

Mini-curso de PHP. Aulas ministradas por: André Luis de Paula Arthur Kalsing Diego Silva Mini-curso de PHP Aulas ministradas por: André Luis de Paula Arthur Kalsing Diego Silva Aula 1 Breve introdução de HTML, Conceitos básicos de PHP, Sintaxe, Separador de instruções e Comentários (Cap 1

Leia mais

Apostila sobre Java Script

Apostila sobre Java Script Apostila sobre Java Script 1 Java Script Básico... 3 1. Introdução... 3 1.1 O que é Java Script?... 3 1.2 Qual é a diferença entre Java e JavaScript?... 3 1.3 Um pequeno exemplo do uso de scripts... 4

Leia mais

Prof. Vania Gimenez- Aula de Hoje Caro aluno- Este material é só um apoio as aulas, os livros devem ser utilizados para o aprimoramento de seu estudo.

Prof. Vania Gimenez- Aula de Hoje Caro aluno- Este material é só um apoio as aulas, os livros devem ser utilizados para o aprimoramento de seu estudo. Prof. Vania Gimenez- Aula de Hoje Caro aluno- Este material é só um apoio as aulas, os livros devem ser utilizados para o aprimoramento de seu estudo. Como defino e escrevo uma classe? Classe é um seletor

Leia mais

AULA 12 RELATÓRIOS PDF O QUE É UM FORMATO PDF

AULA 12 RELATÓRIOS PDF O QUE É UM FORMATO PDF AULA 11 PHP AVANÇADO AULA 12 RELATÓRIOS PDF O QUE É UM FORMATO PDF PDF é um formato de arquivo que tem sido muito usado na Internet quando é necessário garantir que a impressão de um texto (com ou sem

Leia mais

A INTERNET COMO FERRAMENTA AUXILIAR NO ENSINO DE MECÂNICA COMPUTACIONAL

A INTERNET COMO FERRAMENTA AUXILIAR NO ENSINO DE MECÂNICA COMPUTACIONAL A INTERNET COMO FERRAMENTA AUXILIAR NO ENSINO DE MECÂNICA COMPUTACIONAL Manoel Theodoro Fagundes Cunha Sergio Scheer Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Centro de Estudos de Engenharia

Leia mais

Simão Pedro P. Marinho

Simão Pedro P. Marinho Simão Pedro P. Marinho Para uso exclusivo por alunos da PUC Minas Numa web page podemos encontrar, basicamente, 3 (três) tipos de links, além do que permite abrir o software de e-mail para enviar uma mensagem.

Leia mais

Métodos da classe Applet Criando applets Passando parâmetros de uma página HTML Migrando de uma aplicação para uma applet Applets vs.

Métodos da classe Applet Criando applets Passando parâmetros de uma página HTML Migrando de uma aplicação para uma applet Applets vs. Applets Métodos da classe Applet Criando applets Passando parâmetros de uma página HTML Migrando de uma aplicação para uma applet Applets vs. Segurança l Objetivos Migrar de uma aplicação para uma applet

Leia mais

Programação WEB II. Sessions e Cookies. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. Sessions e Cookies. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza Sessions e Cookies progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Cookies e Sessions Geralmente, um bom projeto

Leia mais

jquery Apostila Básica

jquery Apostila Básica jquery Apostila Básica INTRODUÇÃO 3 CAPÍTULO 1 POR ONDE INICIAR 3 CAPÍTULO 2 MEU PRIMEIRO SCRIPT! 4 EXERCÍCIOS...5 CAPÍTULO 3 ADICIONANDO CSS 6 EXERCÍCIOS...7 CAPÍTULO 4 MODIFICANDO APENAS PARTE DO DOCUMENTO

Leia mais

Programação web Prof. Wladimir

Programação web Prof. Wladimir Programação web Prof. Wladimir HTML @wre2008 1 Sumário Histórico; Resumo XHTML; Tags; Edição de documentos HTML; Publicação de um documento; Estrutura básica de um documento HTML; Edição de documentos

Leia mais

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira WEBDESIGN Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira 1 CDI - Curso de Webdesign - Prof. Paulo Trentin Objetivos para esta aula Debater sobre

Leia mais

Apostila de criação de website

Apostila de criação de website Apostila de criação de website "Webnode" OBS: Informações e imagens retiradas do webnode O que é o WebNode : O WebNode é um sistema de criação de sites de fácil utilização. # Grátis. Sem burocracias, #

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0

DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0 DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0 Índice 1 - Objetivo 2 - Descrição do ambiente 2.1. Tecnologias utilizadas 2.2. Estrutura de pastas 2.3. Bibliotecas já incluídas 3 - Características gerais 4 - Criando

Leia mais

Guia de Consulta Rápida XHTML. Juliano Niederauer. Novatec Editora. www.novateceditora.com.br

Guia de Consulta Rápida XHTML. Juliano Niederauer. Novatec Editora. www.novateceditora.com.br Guia de Consulta Rápida XHTML Juliano Niederauer Novatec Editora www.novateceditora.com.br Guia de Consulta Rápida XHTML de Juliano Niederauer Copyright 2002 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos

Leia mais

Guia de Consulta Rápida. PHP com XML. Juliano Niederauer. Terceira Edição. Novatec

Guia de Consulta Rápida. PHP com XML. Juliano Niederauer. Terceira Edição. Novatec Guia de Consulta Rápida PHP com XML Juliano Niederauer Terceira Edição Novatec Copyright 2002 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

Construindo portais com Plone. Módulo 3 Templates

Construindo portais com Plone. Módulo 3 Templates Construindo portais com Plone Módulo 3 Templates Templates l Quando o Plone vai mostrar uma página, duas perguntas precisam ser respondidas: Ø O que será mostrado? Isto é, quais conteúdos serão buscados

Leia mais

Programação para Internet I. 8. JavaScript. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I. 8. JavaScript. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 8. JavaScript Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Trata-se de uma linguagem de programação bastante completa! No entanto, é geralmente conhecida como linguagem

Leia mais

Desenvolvendo Websites Interativos com JavaScript. Helder da Rocha

Desenvolvendo Websites Interativos com JavaScript. Helder da Rocha Desenvolvendo Websites Interativos com JavaScript Helder da Rocha Rev.: JS11-01-1999/01 A4 (AB05) Janeiro de 1999 Copyright 1997, 1998, 1999 por Helder Lima Santos da Rocha. Este livro é parte integrante

Leia mais

Personalizando o Dreamweaver

Personalizando o Dreamweaver Personalizando o Dreamweaver - Acessando o painel de Preferências: O painel de preferências possui todas as configurações que o Dreamweaver oferece. Para quem é usuário de PC, poderá acessar pelo menu

Leia mais

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword Linux Educacional Tutorial Buzzword Para trabalhar com o programa Buzzword online, é necessário que crie uma conta no site. Para isso acesse o endereço - https://buzzword.acrobat.com/ Para criar uma conta

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Conceitos de HTML Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Definição de HTML Linguagem de marcadores (tags).

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4 Sumário Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito de Celta Informática, poderá ser reproduzida total ou parcialmente,

Leia mais

Tecnologias para apresentação de dados - HTML. Aécio Costa

Tecnologias para apresentação de dados - HTML. Aécio Costa Tecnologias para apresentação de dados - HTML Aécio Costa Apresentação de Dados na Web Tecnologias client-side HTML CSS JavaScript HyperText Markup Language Uma linguagem de marcação utilizada para produzir

Leia mais