Lista de Fotossíntese biozell

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lista de Fotossíntese biozell"

Transcrição

1 Lista de Fotossíntese biozell 01. (FUVEST) O gás carbônico e o oxigênio estão envolvidos no metabolismo energético das plantas. A respeito desses gases pode-se dizer: (A) O oxigênio é produzido apenas à noite e depende dos cloroplastos. (B) O oxigênio é produzido apenas durante o dia e depende dos cloroplastos. (C) O gás carbônico é produzido apenas à noite e não depende dos cloroplastos. (D) O gás carbônico é produzido apenas durante o dia e não depende dos cloroplastos. (E) O oxigênio e o gás carbônico são produzidos dia e noite. 02. (UEL) Qual das alternativas abaixo representa corretamente algumas das condições essenciais para a realização da fotossíntese? (+ fator essencial; fator não essencial). CO 2 Água O 2 (A) (B) + + (C) + + (D) + + (E) (FUVEST) Na fotossíntese há separação de água em seus componentes (oxigênio e hidrogênio) e posterior formação de carboidratos, por ligação do hidrogênio com o dióxido de carbono. Sabe-se que se formam e libertam-se 6 moléculas de oxigênio. Sabe-se, também, que todo o oxigênio liberado provém da água. Diante disso, diga qual é a equação que representa a fotossíntese: (A) 6 CO H 2 O C 6 H 12 O O 2 (B) C 6 H 12 O O 2 6 CO H 2 O (C) 6 CO H 2 O C 6 H 12 O H 2 O + 6 O 2 (D) C 2 H 12 O H 2 O 6 CO H 2 O (E) C 6 H 12 O O 2 2 C 2 H 5 OH + 2 CO 2

2 04. (PUCSP) O ponto de compensação fótico de uma planta é a intensidade de luz em que o volume de CO 2 produzido na respiração é exatamente igual àquele consumido pela fotossíntese. Assim, pode-se dizer que a planta (A) morre quando exposta à intensidade luminosa inferior à de seu ponto de compensação fótico, ainda que por pouco tempo. (B) só consegue sobreviver com intensidades luminosas iguais ao seu ponto de compensação fótico. (C) morre quando exposta à intensidade luminosa acima de seu ponto de compensação fótico, ainda que por pouco tempo. (D) só consegue sobreviver com intensidades luminosas iguais e superiores ao seu ponto de compensação fótico. (E) só consegue sobreviver com intensidade luminosa igual ou inferior ao seu ponto de compensação luminoso. 05. (UNICAMP 00) No século XVIII foram feitos experimentos simples mostrando que um camundongo colocado em um recipiente de vidro fechado morria depois de algum tempo. Posteriormente, uma planta e um camundongo foram colocados em um recipiente de vidro, fechado e iluminado, e verificou-se que o animal não morria. a) Por que o camundongo morria no primeiro experimento? b) Que processos interativos no segundo experimento permitem a sobrevivência do camundongo? Explique. c) Quais as organelas celulares relacionadas a cada um dos processos mencionados na sua resposta ao item b?

3 06. (UEL 99) Os cientistas que estudaram a seqüência de reações químicas que ocorre na fotossíntese usaram cloroplastos isolados das células porque (A) outras reações celulares, ocorrendo simultaneamente, dificultaria a pesquisa. (B) esses corpúsculos contêm parte dos pigmentos necessários para converter energia luminosa em energia química. (C) sabiam que apenas nessas organelas formam-se carboidratos. (D) eles contêm a maior parte da clorofila existente na célula. (E) nessas organelas estão todas as enzimas necessárias para síntese de substâncias orgânicas. 07. (UEL 98) Pesquisadores forneceram à alga verde Chlorella moléculas de água cujos átomos de oxigênio eram mais pesados que os do oxigênio comum. Após o processo de fotossíntese, esses átomos marcados foram detectados primeiramente (A) no gás carbônico. (B) no gás oxigênio. (C) na clorofila. (D) na glicose. (E) na água. 08. (UEL 98) Considere a tabela abaixo. Fotossíntese Respiração Organela celular onde ocorre total ou parcialmente Matéria prima usada I III II IV Ela será corretamente completada, se substituirmos I, II, III e IV, respectivamente, por (A) cloroplasto - mitocôndria - glicose - CO 2 e H 2 O (B) cloroplasto - mitocôndria - CO 2 e H 2 O - glicose (C) mitocôndria - cloroplasto - CO 2 e H 2 O glicose (D) mitocôndria - cloroplasto - glicose - CO 2 e H 2 O (E) cloroplasto - mitocôndria - CO 2 e H 2 O - CO 2 e H 2 O

4 09. (UEL 95) Assinale a alternativa da tabela abaixo que classifica corretamente os processos de fotossíntese e respiração das plantas. FOTOSSÍNTESE (A) Endotérmico; anabólico (B) Endotérmico; catabólico (C) Exotérmico; anabólico (D) Exotérmico; catabólico RESPIRAÇÃO Exotérmico; catabólico Exotérmico, catabólico Endotérmico; catabólico Endotérmico; anabólico (E) Endotérmico; anabólico Exotérmico; Anabólico 10. (UEL 96) No esquema abaixo, os números correspondem a substâncias que as plantas utilizam ou produzem no processo da fotossíntese. Os números 1,2 e 3 indicam, respectivamente, (A) CO 2, O 2 e H 2 O (B) H 2 O, O 2 e C 6 H 12 O 6 (C) H 2 O, CO 2 e O 2 (D) C 6 H 12 O 6, CO 2 e O 2 (E) O 2, CO 2 e C 6 H 12 O 6

5 11. (UEL 96) Medidas do volume de gás carbônico que uma planta absorve do ambiente, em determinado intervalo de tempo, não correspondem à taxa de fotossíntese real porque (A) além do CO 2 absorvido, a planta consome também o liberado na respiração celular. (B) além de CO 2, a planta utiliza vapor d água na fotossíntese. (C) nem todo o CO 2 absorvido é consumido na fotossíntese (D) o cálculo dessa taxa baseia-se exclusivamente no volume de oxigênio produzido pela planta. (E) o cálculo dessa taxa inclui, necessariamente, o volume de oxigênio eliminado pela planta. 12. (MACK 01) A respeito do processo de fotossíntese, é correto afirmar que: (A) além da clorofila, outros pigmentos participam. (B) o gás oxigênio produzido é proveniente do gás carbônico. (C) necessita da presença de cloroplasto. (D) em todas as suas etapas há necessidade de luz. (E) sempre tem a participação dos estômatos. 13. (FATEC 02) O equilíbrio da vida no planeta é conseqüência das relações de interdependência entre seres autótrofos e heterótrofos. Assim, é correto afirmar que (A) os seres autótrofos produzem, por meio da fotossíntese, alimento e oxigênio que serão utilizados só pelos seres heterótrofos no processo de respiração. (B) os seres autótrofos produzem, por meio da fotossíntese, alimento e oxigênio que serão utilizados por eles e pelos seres heterótrofos no processo de respiração. (C) os seres autótrofos e heterótrofos trocam entre si o alimento e o oxigênio necessários para a realização do processo de respiração. (D) os seres heterótrofos produzem, por meio da respiração, a energia necessária para a manutenção do processo de fotossíntese realizado pelos autótrofos. (E) os seres heterótrofos produzem, por meio da fotossíntese, o alimento necessário para a sobrevivência dos autótrofos.

6 14. (FGV 00) Os processos de respiração e fotossíntese são complementares e fundamentais para os seres vivos. Assinale as correspondências de letras (da tabela) e números (do esquema) que demonstram esta interação. (A) I a; II d; III c; IV f; V e; VI b. (B) I a; II d; III c; IV e; V b; VI f. (C) I f; II d; III a; IV b; V e; VI c. (D) I b; II a; III c; IV f; V e; VI d. (E) I a; II e; III c; IV d; V b; VI f. 01. (PUCSP) Em um tubo de ensaio fechado e protegido da luz, encontramos água, uma substância indicadora de ph (substância A) e um ramo de Elodea. Sabe-se que o meio está rico em ácido carbônico e que sua coloração é amarela, indicada pela substância A. Quando é iluminado nota-se que a coloração do meio passa a ser azul. O que ocasionou a mudança de cor quando a luz incidiu no tubo? 02. (PUCCAMP) A solução de vermelho de cresol pode apresentar coloração rósea (quando em contato com a concentração normal de CO 2 atmosférico). amarela (quando em contato com altas concentrações de CO 2 ). arroxeada (quando em contato com baixas concentrações de CO 2 ). Para um certo experimento, 4 tubos de ensaio contendo solução vermelho de cresol foram montados da seguinte maneira: I II III IV Rósea Rósea Rósea Rósea

7 Os tubos I e II foram submetidos a alta luminosidade e os tubos III e IV a completa escuridão. Qual deverá ser a cor da solução em cada tubo após algumas horas? I II III IV (A) Rósea Amarela Rósea Arroxeada (B) Rósea Arroxeada Rósea Amarela (C) Arroxeada Rósea Amarela Rósea (D) Arroxeada Arroxeada Amarela Amarela (E) Amarela Amarela Arroxeada Arroxeada 03. (UEL 01) A fotossíntese em vegetais superiores é um processo complexo que ocorre no interior de organelas conhecidas como cloroplastos. Esse processo compreende duas séries de reações químicas: reações de claro e reações de escuro. Sobre tais reações, considere as afirmativas a seguir. I - As reações de claro são assim denominadas por ocorrerem apenas na presença de luz. II - As reações de escuro são assim denominadas por ocorrerem apenas na ausência de luz. III - As reações de claro produzem energia que é normalmente consumida durante as reações de escuro. IV - Das reações de escuro resulta o 0 2 liberado durante o processo de fotossíntese. Das afirmativas acima, estão corretas apenas: (A) I e II (B) I e III (C) II e IV (D) I, II e III (E) II, III e IV 04. (UEL 93) A figura abaixo mostra três fases de um experimento. Nesse experimento, o processo intensificado e o gás acumulado no tubo de ensaio são, respectivamente: (A) fotossíntese e oxigênio. (B) respiração e dióxido de carbono. (C) fermentação e dióxido de carbono. (D) fotossíntese e dióxido de carbono. (E) respiração e oxigênio.

8 05. (MACK 01) O processo de fotossíntese é considerado em duas etapas: a fotoquímica ou fase de claro e a química ou fase de escuro. Na primeira fase NÃO ocorre: (A) produção de ATP (B) produção de NADPH 2 (C) produção de O 2 (D) fotólise da água (E) redução do CO (PUCSP 02) No interior de uma célula vegetal, a quebra de moléculas de água que se dá na etapa fotoquímica do processo de fotossíntese fornece íons hidrogênio, elétrons e oxigênio. Com relação a esses produtos, pode-se afirmar que (A) o oxigênio é utilizado na atividade dos cloroplastos e os íons hidrogênio e os elétrons na atividade das mitocôndrias. (B) os íons hidrogênio e os elétrons são utilizados na atividade dos cloroplastos e o oxigênio na atividade das mitocôndrias. (C) o oxigênio e os elétrons são utilizados na atividade dos cloroplastos e os íons hidrogênio na atividade das mitocôndrias. (D) o oxigênio e os íons hidrogênio são utilizados na atividade dos cloroplastos e os elétrons na atividade das mitocôndrias. (E) os três produtos são utilizados na atividade dos cloroplastos e das mitocôndrias. 07. (UFMS 02) As plantas são consideradas autotróficas, porque produzem os componentes orgânicos necessários ao seu metabolismo, através de um processo chamado fotossíntese, que tem corretamente, as seguintes etapas: (A) dependente de luz: produção de carboidrato; independente de luz: produção de oxigênio. (B) de glicólise: produção de carboidrato; de ciclo das pentoses: fixação da água. (C) de fotorredução: produção de oxigênio; de fotofosforilação: produção de elétrons. (D) independente de luz: fixação do CO 2 ; de glicólise: produção de oxigênio. (E) dependente de luz: produção de oxigênio; independente de luz: produção de carboidrato.

9 08. (VUNESP 03) Sobre o processo de fotossíntese, é correto afirmar que (A) o CO2 é fonte de carbono para a síntese de matéria orgânica e fonte de O2 para a atmosfera. (B) a água é fonte de H para a síntese de NADPH2 e de O2 para a atmosfera. (C) o NADPH2 é fonte de energia para a conversão do CO2 em matéria orgânica. (D) o ATP é doador de energia para a quebra da molécula de água, que por sua vez fornece O2 para a atmosfera. (E) a conversão do CO2 em matéria orgânica produz energia que é acumulada pelo ATP. 09. (FUVEST 97) Um pesquisador forneceu a uma cultura de algas gás carbônico marcado com o isótopo 18 O do oxigênio. A uma segunda cultura de algas foi fornecida água com esse mesmo isótopo. As culturas foram mantidas iluminadas por um certo tempo, após o que as substâncias químicas presentes no meio e nas células das algas foram analisadas. a) Além de gás carbônico, que outras substâncias apresentarão o isótopo 18 O na primeira cultura? Justifique sua resposta. b) Além da água, que outras substâncias apresentarão o isótopo 18 O na segunda cultura? Justifique sua resposta. 10. (FMTM 05) Os esquemas a seguir reproduzem as estruturas internas de um cloroplasto e de uma mitocôndria, ambos presentes nas células dos vegetais superiores.

10 Em relação a essas organelas e suas funções, pode-se afirmar que (A) na organela I só ocorrem reações que liberam energia, enquanto que na organela II, todas as reações consomem energia. (B) na organela II o O 2 produzido é proveniente da quebra do CO 2 no ciclo das pentoses, e na organela I este gás é usado na cadeia respiratória como aceptor de elétrons. (C) as enzimas que catalisam as reações de produção de compostos orgânicos ricos em energia encontram-se nas regiões A e C. (D) a água é a substância fornecedora de elétrons na organela I e aceptora de elétrons na organela II. (E) em ambas ocorre produção de ATP por meio do processo de fosforilação na presença de uma cadeia de transportadores de elétrons. 01. (FUVEST) Um pesquisador forneceu a uma cultura de algas gás carbônico marcado com o isótopo 18 O do oxigênio. A uma segunda cultura de algas foi fornecida água com esse mesmo isótopo. As culturas foram mantidas iluminadas por um certo tempo, após o que as substâncias químicas presentes no meio e nas células das algas foram analisadas. a) Além de gás carbônico, que outras substâncias apresentarão o isótopo 18 O na primeira cultura? Justifique sua resposta. b) Além da água, que outras substâncias apresentarão o isótopo 18 O na segunda cultura? Justifique sua resposta. 02. (UNIRIO) A fase luminosa e a fase escura da fotossíntese ocorrem, respectivamente, (A) nas lamelas e no estroma dos cloroplastos. (B) no estroma e nas lamelas dos cloroplastos. (C) nas lamelas dos cloroplastos e no citoplasma. (D) no estroma dos cloroplastos e no citoplasma. (E) no citoplasma e nas lamelas dos cloroplastos.

11 03. (UEL) A fotossíntese compreende duas seqüências de reações, que constituem a etapa fotoquímica e a etapa química. Na etapa química ocorre (A) transformação do gás carbônico em glicose. (B) transformação de energia luminosa em energia química. (C) transformação de açúcares em proteínas. (D) liberação de oxigênio. (E) ionização das moléculas de água. 04. Diferencie fotossíntese de quimiossíntese..05. (F.M.ABC) Algumas sulfobactérias fotossintetizantes utilizam ácido sulfídrico, ao invés de água, como fonte de elétrons (hidrogênio). Neste tipo de processo fotossintético não ocorre (A) liberação de oxigênio molecular. (B) utilização de CO 2 como fonte de carbono. (C) formação de carboidratos como produto. (D) utilização da luz como energia. (E) formação de água como produto. 06. (UEL) Medidas do volume de gás carbônico que uma planta absorve do meio ambiente, em determinado intervalo de tempo, não correspondem à taxa de fotossíntese real porque (A) além do CO 2 absorvido, a planta consome também o liberado na respiração celular. (B) além de CO 2, a planta utiliza vapor d água na fotossíntese. (C) nem todo o CO 2 absorvido é consumido na fotossíntese. (D) o cálculo dessa taxa baseia-se exclusivamente no volume de oxigênio produzido pela planta. (E) o cálculo dessa taxa inclui, necessariamente, o volume de oxigênio eliminado pela planta.

12 07. (PUCSP) Dá-se o nome de organismo autótrofo àquele que (A) é capaz de sintetizar seus próprios alimentos a partir de glicose e aminoácidos. (B) não realiza fotossíntese. (C) depende de outro organismo vivo para a obtenção de alimento. (D) é capaz de utilizar substâncias em decomposição para a sua alimentação. (E) é capaz de sintetizar seus próprios alimentos a partir de substâncias químicas inorgânicas. 08. (VUNESP) A velocidade da fotossíntese I - não depende da temperatura em baixa intensidade luminosa. II - não depende da concentração de CO 2. III - em altas intensidades luminosas pode ser afetada por baixas concentrações de CO 2. Responda (A) se todas as proposições estão corretas. (B) se nenhuma das proposições estão corretas. (C) se somente I e II são corretas. (D) se somente I e III são corretas. (E) se somente II e III são corretas. 09. (PUCSP) Os trechos I e II, a seguir, referem-se ao processo de fotossíntese. I - Em 1937, Robin Hill, da Universidade de Cambridge, trabalhou com cloroplastos isolados em lugar de plantas intactas. Forneceu às organelas mantidas in vitro, água, luz e um aceptor de hidrogênio. II - Na década de 1940, Melvin Calvin, da Universidade da Califórnia, forneceu a uma alga, gás carbônico marcado com isótopo 14. Esse carbono radioativo foi encontrado em moléculas orgânicas 30 segundos após iniciada a fotossíntese. Ao ler atentamente os trechos indicados por I e II, um estudante do Ensino Médio fez cinco afirmações. Assinale a única incorreta. (A) Em I temos resumida uma etapa denominada fotólise da água. (B) Em I descreve-se uma etapa onde há desprendimento de oxigênio. (C) Em II descreve-se uma etapa onde há produção de glicose. (D) Em I e II temos resumidas etapas da fotossíntese que obrigatoriamente se realizam em presença de luz. (E) Em I e II temos resumidas etapas que ocorrem no interior de cloroplastos.

13 10. (PUCSP) As plantas fabricam glicose através da fotossíntese. Para que utilizam a glicose? 01. (FUVEST 03) Em determinada condição de luminosidade (ponto de compensação fótico), uma planta devolve para o ambiente, na forma de gás carbônico, a mesma quantidade de carbono que fixa, na forma de carboidrato, durante a fotossíntese. Se o ponto de compensação fótico é mantido por certo tempo, a planta (A) morre rapidamente, pois não consegue o suprimento energético de que necessita. (B) continua crescendo, pois mantém a capacidade de retirar água e alimento do solo. (C) continua crescendo, pois mantém a capacidade de armazenar o alimento que sintetiza. (D) continua via, mas não cresce, pois consome todo o alimento que produz. (E) continua viva, mas não cresce, pois perde a capacidade de retirar do solo os nutrientes do solo os nutrientes de que necessita. 02. (FUVEST 00) Foi realizado um experimento com o objetivo de verificar o efeito da intensidade luminosa sobre a massa de carboidratos produzida e armazenada por determinada espécie de plantas, mantida em um ambiente com temperatura constante. Os resultados obtidos foram os seguintes (unidades arbitrárias): a) No quadriculado impresso a seguir, desenhe um gráfico que mostre a relação entre a intensidade luminosa e o armazenamento de carboidrato. b) Indique a posição provável do ponto de compensação fótico, ou seja, o valor de intensidade luminosa em que as taxas de fotossíntese e de respiração se equivalem.

14 03. (FUVEST 99) Em vegetais, as taxas de fotossíntese e de respiração podem ser calculadas a partir da quantidade de gás oxigênio produzido ou consumido num determinado intervalo de tempo. O gráfico ao lado mostra as taxas de respiração e de fotossíntese de uma planta aquática, quando se varia a intensidade luminosa. a) Em que intensidade luminosa, o volume de gás oxigênio produzido na fotossíntese é igual ao volume desse gás consumido na respiração? b) Em que intervalo de intensidade luminosa, a planta está gastando suas reservas? c) Se a planta for mantida em intensidade luminosa r, ela pode crescer? Justifique. 04. (VUNESP 00) Observando-se as reações de uma planta à iluminação, em condições experimentais, foi possível construir um gráfico, onde a linha pontilhada representa a respiração e a linha cheia, a fotossíntese.

15 A análise do gráfico permite concluir que a tendência da planta é (A) desenvolver fototropismo. (B) reproduzir-se. (C) acumular reservas nutritivas. (D) definhar-se por falta de alimento disponível. (E) crescer. 05. (UEL 02) Os vegetais não realizam fotossíntese na ausência da luz. Portanto, a luz é um fator limitante da atividade fotossintética. Com respeito ao assunto, pode-se afirmar: (A) A fotossíntese não ocorre entre os organismos que habitam os mares. (B) As plantas do interior das florestas realizam fotossíntese mesmo recebendo pouca luz. (C) A taxa fotossintética de qualquer vegetal aumenta de acordo com o aumento da intensidade luminosa. (D) ponto de compensação lumínico corresponde à intensidade luminosa em que a planta realiza fotossíntese máxima. (E) Na ausência de luz, a taxa de fotossíntese das plantas é igual à de respiração.

16 06. (UEL 99) No ponto de compensação fótico de uma planta, a taxa de (A) fotossíntese é nula. (B) respiração é nula. (C) fotossíntese é igual à de respiração. (D) fotossíntese é maior que a de respiração. (E) respiração é maior que a de fotossíntese. 07. (UEL 97) Mantendo-se plantas no ponto de compensação fótico, espera-se que elas (A) morram por falta de nutrientes e de água. (B) continuem vivas enquanto dispuserem de substâncias de reserva. (C) aumentem a concentração de amido nos seus parênquimas clorofilianos. (D) cresçam mais rapidamente por estarem na intensidade luminosa mais vantajosa. (E) eliminem todo o CO 2 produzido pela respiração através dos estômatos. 08. (UEL 98) O gráfico abaixo mostra a taxa de fotossíntese em função da intensidade luminosa. Taxa de fotossíntese B A intensidad e lumin osa

17 Sobre o gráfico fizeram-se as seguintes afirmações: I - O ponto de saturação luminosa da planta está representado em B. II - Quanto maior a intensidade luminosa, maior será a taxa de fotossíntese. III - No ponto A, a intensidade luminosa inibiu a fotossíntese. Dessas afirmações, apenas (A) I é correta. (B) II é correta. (C) III é correta. (D) I e II são corretas. (E) I e III são corretas. 09. (MACK 03) A respeito do ponto de compensação dos vegetais são feitas as seguintes afirmações: conc.co 2 I - No ponto de compensação vale a relação 1. conc.o II - Plantas heliófilas têm ponto de compensação maior do que as plantas umbrófilas. III - O ponto de compensação está relacionado à intensidade luminosa. Assinale: (A) se apenas I e II estiverem corretas. (B) se apenas II e III estiverem corretas. (C) se apenas I e III estiverem corretas. (D) se nenhuma estiver correta. (E) se todas estiverem corretas. 2.

18 10. (MACK 01) No gráfico acima, o ponto de compensação está representado por: (A) A (B) B (C) C (D) D (E) E

Aula 10 Fotossíntese

Aula 10 Fotossíntese Aula 10 Fotossíntese A fotossíntese é um importante processo nutritivo, que ocorre desde os seres vivos mais simples, como as algas unicelulares e cianobactérias, até os organismos complexos. O processo

Leia mais

Metabolismo Energético. Professora: Luciana Ramalho 2017

Metabolismo Energético. Professora: Luciana Ramalho 2017 Metabolismo Energético Professora: Luciana Ramalho 2017 Metabolismo Energético Respiração celular Exergônica Catabolismo Produção de energia Ocorre na Mitocôndria Fotossíntese Endergônica Anabolismo Produção

Leia mais

Processo pelo qual a energia luminosa é captada e convertida em energia química;

Processo pelo qual a energia luminosa é captada e convertida em energia química; Processo pelo qual a energia luminosa é captada e convertida em energia química; Presente em procariotos e eucariotos; Mais de metade de toda a fotossíntese do planeta ocorre nas algas unicelulares. O

Leia mais

Metabolismo Energético das Células. Fotossíntese Quimiossíntese Respiração Celular Fermentação

Metabolismo Energético das Células. Fotossíntese Quimiossíntese Respiração Celular Fermentação Metabolismo Energético das Células Fotossíntese Quimiossíntese Respiração Celular Fermentação 1. Introdução Reações endotérmicas - Característica: Precisam receber energia - Ex.:Fotossíntese e quimiossíntese

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 10 CÉLULAS: FOTOSSÍNTESE E QUIMIOSSÍNTESE

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 10 CÉLULAS: FOTOSSÍNTESE E QUIMIOSSÍNTESE BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 10 CÉLULAS: FOTOSSÍNTESE E QUIMIOSSÍNTESE ENERGIA LUMINOSA CLOROPLASTRO H 2 O CO 2 MITOCÔNDRIA respiração celular FOTOSSÍNTESE GLICOSE O 2 ATP energia química Glicose + O 2 ATP

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ METABOLISMO ENERGÉTICO DAS

Leia mais

Biologia. Fotossíntese. Professor Enrico Blota.

Biologia. Fotossíntese. Professor Enrico Blota. Biologia Fotossíntese Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Biologia FOTOSSÍNTESE Processo de formação de matéria orgânica (principalmente a glicose) a partir de gás carbônico e água. Essa

Leia mais

FOTOSSÍNTESE MÓDULO 2 CITOLOGIA

FOTOSSÍNTESE MÓDULO 2 CITOLOGIA MÓDULO 2 CITOLOGIA Jovem, se você ainda não viu a aula de Respiração eu sugiro que você pare e vá dar uma olhada. Isso, pode ir agora mesmo, sem problemas. Eu espero. Isso porque a fotossíntese fica muito

Leia mais

Obtenção de nutrientes pelos seres vivos

Obtenção de nutrientes pelos seres vivos Professora Priscila F Binatto Agosto/ 2015 ENERGIA Obtenção de nutrientes pelos seres vivos Autótrofos Realização de fotossíntese Heterótrofos Obtenção da glicose pronta a partir de outra fonte RESPIRAÇÃO

Leia mais

Questões de vestibulares - Fotossíntese

Questões de vestibulares - Fotossíntese Questões de vestibulares - Fotossíntese 1. (ESAL-MG) A fotossíntese é um dos mais importantes fenômenos que ocorrem na Natureza, pois todos os seres vivos dependem direta ou indiretamente desse processo.

Leia mais

Fotossíntese e Quimiossíntese. Natália Paludetto

Fotossíntese e Quimiossíntese. Natália Paludetto Fotossíntese e Quimiossíntese Natália Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Fotossíntese Os seres que a realizam são conhecidos como autotróficos. É processo pelo qual os seres clorofilados sintetizam

Leia mais

Lista Respiração aeróbica e fermentação BioZell

Lista Respiração aeróbica e fermentação BioZell Lista Respiração aeróbica e fermentação BioZell 01. (FUVEST 00) Em uma situação experimental, camundongos respiraram ar contendo gás oxigênio constituído pelo isótopo 18 O. A análise de células desses

Leia mais

Obtenção de nutrientes pelos seres vivos

Obtenção de nutrientes pelos seres vivos Professora Priscila F Binatto Setembro/ 2016 ENERGIA Obtenção de nutrientes pelos seres vivos Autótrofos Realização de fotossíntese Heterótrofos Obtenção da glicose pronta a partir de outra fonte RESPIRAÇÃO

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ METABOLISMO ENERGÉTICO DAS

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 1º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 1º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 1º ALUNO(a): Lista No Anhanguera você é + Enem Justificar as questões de múltipla escolha. TEXTO: 1 - Comum à questão: 1 As células podem oxidar aminoácidos

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 3º EM Biologia A Josa Av. Dissertativa 25/05/16 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

FT - Fotossíntese 10º BG. Fotossíntese e a relação com a respiração: Localização da fotossíntese: Estrutura do Cloroplasto.

FT - Fotossíntese 10º BG. Fotossíntese e a relação com a respiração: Localização da fotossíntese: Estrutura do Cloroplasto. Fotossíntese e a relação com a respiração: Localização da fotossíntese: Estrutura do Cloroplasto Os principais acontecimentos da fotossíntese são: A absorção da energia da luz pela clorofila; Oxidação

Leia mais

Metabolismo Celular: Nutrição. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Metabolismo Celular: Nutrição. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Metabolismo Celular: Respiração e Fotossíntese Nutrição Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto MAR/2011 Aspectos Gerais da Fotossíntese Fotossíntese ntese: do grego, photos, luz, e syntithenai,

Leia mais

Organelas Produtoras de energia

Organelas Produtoras de energia Professora Priscila F Binatto Citologia - Maio/2015 CAP. 9 METABOLISMO ENERGÉTICO: RESPIRAÇÃO AERÓBIA E FERMENTAÇÃO Organelas Produtoras de energia Mitocôndrias Organização Morfológica Função Respiração

Leia mais

METABOLISMO CELULAR PROCESSOS E MOLÉCULAS ESPECÍFICAS 06/08/2015. Oxidação: ocorre a saída de um átomo H; Redução: envolve o ganho de um átomo H.

METABOLISMO CELULAR PROCESSOS E MOLÉCULAS ESPECÍFICAS 06/08/2015. Oxidação: ocorre a saída de um átomo H; Redução: envolve o ganho de um átomo H. METABOLISMO CELULAR É o conjunto de reações químicas que ocorrem na célula para que ela possa desempenhar suas atividades. + Pi + Energia As moléculas de não podem ser estocadas, desse modo, as células

Leia mais

Fotossíntese. Importância da fotossíntese

Fotossíntese. Importância da fotossíntese Fotossíntese É um processo de formação de substâncias orgânicas a partir de substâncias inorgânicas como CO 2 e H 2 O, realizado pela plantas, algas e algumas bactérias na presença de energia que pode

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 20 PLASTOS E FOTOSSÍNTESE

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 20 PLASTOS E FOTOSSÍNTESE BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 20 PLASTOS E FOTOSSÍNTESE Como pode cair no enem? Um molusco, que vive no litoral oeste dos EUA, pode redefinir tudo o que se sabe sobre a divisão entre animais e vegetais.

Leia mais

Respiração celular, Fermentação e fotossíntese. 1) Numa comunidade terrestre ocorrem os fenômenos I e II, esquematizados abaixo.

Respiração celular, Fermentação e fotossíntese. 1) Numa comunidade terrestre ocorrem os fenômenos I e II, esquematizados abaixo. Respiração celular, Fermentação e fotossíntese 1) Numa comunidade terrestre ocorrem os fenômenos I e II, esquematizados abaixo. Analisando-se o esquema, deve-se afirmar que a) somente as plantas participam

Leia mais

BIOENERGÉTICA. Equipe de Biologia Leonardo da Vinci

BIOENERGÉTICA. Equipe de Biologia Leonardo da Vinci BIOENERGÉTICA Equipe de Biologia Leonardo da Vinci Conceito METABOLISMO ENERGÉTICO Conjunto de reações metabólicas (catabolismo + anabolismo) envolvidas nos processos de transformação de energia. Energia

Leia mais

Ficha de Trabalho de Biologia e Geologia - 10º Ano Fotossíntese

Ficha de Trabalho de Biologia e Geologia - 10º Ano Fotossíntese Ficha de Trabalho de Biologia e Geologia - 10º Ano Fotossíntese Nome: N º: Turma: Data: Professor: Encarregado(a) de Educação: 1. Lê atentamente as seguintes afirmações relativas ao ATP e indica o respectivo

Leia mais

1. Pelos seres heterotróficos. 2. Pelos seres autotróficos.

1. Pelos seres heterotróficos. 2. Pelos seres autotróficos. Unidade 1 Obtenção de matéria 1. Pelos seres heterotróficos. 2. Pelos seres autotróficos. O que são seres autotróficos? Seres vivos que sintetizam matéria orgânica a partir de matéria mineral, recorrendo

Leia mais

Lista de Exercícios (BIO-LEO)

Lista de Exercícios (BIO-LEO) Lista de Exercícios (BIO-LEO) 1. As principais substâncias que compõem o sêmen humano são enzimas, ácido cítrico, íons (cálcio, zinco, e magnésio), frutose, ácido ascórbico e prostaglandinas, essas últimas

Leia mais

Que diferenças existem entre a célula vegetal e animal? Características da célula vegetal e fotossíntese.

Que diferenças existem entre a célula vegetal e animal? Características da célula vegetal e fotossíntese. Que diferenças existem entre a célula vegetal e animal? Características da célula vegetal e fotossíntese. Parte da Célula Principais diferenças: Componente Célula Animal Célula Vegatal Membrana Parede

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 3º EM Biologia A Marli Av. Trimestral 16/09/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova

Leia mais

A energética celular:

A energética celular: A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos Capitulo 13 (p 427 a 444) e Capitulo 14 Fundamentos da Biologia Celular- Alberts- 2ª edição A energética celular Como já vimos anteriormente

Leia mais

Citoplasma organelas energéticas

Citoplasma organelas energéticas Citoplasma organelas energéticas luz cloroplasto CO2 + H2O C6H12O6 + O2 mitocôndria ENERGIA (ATP) ATP a moeda energética das células Respiração Dicas... A primeira etapa da respiração (glicólise) é anaeróbica

Leia mais

A energética celular:

A energética celular: A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos Capitulo 13 (p 427 a 444) e Capitulo 14 Fundamentos da Biologia Celular- Alberts- 2ª edição A energética celular Como já vimos anteriormente

Leia mais

Metabolismo energético das células

Metabolismo energético das células Metabolismo energético das células Medicina Veterinária Bioquímica I 2º período Professora: Ms. Fernanda Cristina Ferrari Como a célula produz energia? Fotossíntese Quimiossíntese Respiração Adenosina

Leia mais

CITOLOGIA IV (UECE/ENEM) Profa Eduarda de Souza

CITOLOGIA IV (UECE/ENEM) Profa Eduarda de Souza CITOLOGIA IV (UECE/ENEM) Profa Eduarda de Souza Alimentos e Energia Ligações químicas Metabolismo Metabolismo capacidade de transformar substâncias de acordo com o interesse Anabolismo: produção de novas

Leia mais

Exercitando Ciências - Temas: Fotossíntese e Respiração Celular

Exercitando Ciências - Temas: Fotossíntese e Respiração Celular Exercitando Ciências - Temas: Fotossíntese e Respiração Celular Esta lista de exercícios aborda os conteúdos curriculares: Fotossíntese e a Respiração Celular. 1) A fotossíntese inicia-se com a captação

Leia mais

Professor Fernando Stuchi. Fermentação Respiração Celular Fotossíntese

Professor Fernando Stuchi. Fermentação Respiração Celular Fotossíntese Fermentação Respiração Celular Fotossíntese Alimento e Energia ENERGIA QUIMICA (ATP) Carboidratos Lipídios Proteínas Substância pouco energética Respiração Celular Fermentação Todos alimentos energéticos

Leia mais

26 Por que as plantas precisam da luz?

26 Por que as plantas precisam da luz? A U A UL LA Por que as plantas precisam da luz? O agricultor sabe que um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento das plantas que cultiva é a luz. Você já deve ter percebido que as plantas deixadas

Leia mais

BC.04: Fundamentos de bioenergética BIOLOGIA

BC.04: Fundamentos de bioenergética BIOLOGIA 1. (PUC 2004) ATIVIDADES b) água oxigênio dióxido de glicídio carbonoo c) clorofila oxigênio citocromos monossac arídeo d) água citocromos dióxido de hexose carbono e) dióxido de arbono oxigênio água glicídio

Leia mais

BIOQUÍMICA GERAL. Prof. Dr. Franciscleudo B. Costa UATA/CCTA/UFCG. Aula 10 Metabolismo Geral FUNÇÕES ESPECÍFICAS. Definição

BIOQUÍMICA GERAL. Prof. Dr. Franciscleudo B. Costa UATA/CCTA/UFCG. Aula 10 Metabolismo Geral FUNÇÕES ESPECÍFICAS. Definição Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Unidade Acadêmica de Tecnologia de Alimentos BIOQUÍMICA GERAL Campus de Pombal Pombal - PB Definição Funções específicas

Leia mais

Obtenção de matéria pelos seres autotróficos

Obtenção de matéria pelos seres autotróficos Obtenção de matéria pelos seres autotróficos - Fotossíntese: seres fotoautotróficos (plantas, algas e algumas bactérias, por ex. cianobactérias) - Quimiossíntese: seres quimioautotróficos (algumas bactérias)

Leia mais

Fisiologia do Exercício

Fisiologia do Exercício Fisiologia do Exercício REAÇÕES QUÍMICAS Metabolismo inclui vias metabólicas que resultam na síntese de moléculas Metabolismo inclui vias metabólicas que resultam na degradação de moléculas Reações anabólicas

Leia mais

Fotossíntese Biologia

Fotossíntese Biologia Fotossíntese Licenciatura em Ciências Exatas Biologia 3-2017 Fotossíntese x Respiração Fotossíntese cianobactérias Bactérias vermelhas sulfurosas Plantas verdes Histórico Aristóteles: pensava que as plantas

Leia mais

Citologia Exercícios Dissertativos. (a) A afirmação apresentada pode ou não ser considerada válida? (b) Justifique sua resposta.

Citologia Exercícios Dissertativos. (a) A afirmação apresentada pode ou não ser considerada válida? (b) Justifique sua resposta. Exercícios Dissertativos 1. (2002) Devido ao fato de serem muito simples em termos de organização, podemos afirmar que os vírus provavelmente tiveram sua origem antes do surgimento das primeiras células

Leia mais

CIÊNCIAS. Prof. Diângelo

CIÊNCIAS. Prof. Diângelo CIÊNCIAS Prof. Diângelo TABELA PERÍODICA Aula 18 Respiração Celular Respiração celular é o processo de conversão das ligações químicas de moléculas ricas em energia que poderão ser usadas nos processos

Leia mais

FOTOSSÍNTESE COLÉGIO DELTA PROFESSOR FLÁUDIO

FOTOSSÍNTESE COLÉGIO DELTA PROFESSOR FLÁUDIO FOTOSSÍNTESE COLÉGIO DELTA PROFESSOR FLÁUDIO A fotossíntese é o processo pelo qual a planta sintetiza compostos orgânicos a partir da presença de luz, água e gás carbônico. Ela é fundamental para a manutenção

Leia mais

Aula: 09 Temática: Metabolismo das principais biomoléculas parte I. Na aula de hoje, irei abordar o metabolismo das principais biomoléculas. Veja!

Aula: 09 Temática: Metabolismo das principais biomoléculas parte I. Na aula de hoje, irei abordar o metabolismo das principais biomoléculas. Veja! Aula: 09 Temática: Metabolismo das principais biomoléculas parte I Na aula de hoje, irei abordar o metabolismo das principais biomoléculas. Veja! Respiração Celular: Parte do metabolismo celular ocorre

Leia mais

Biologia. Respiração Celular. Professor Enrico Blota.

Biologia. Respiração Celular. Professor Enrico Blota. Biologia Respiração Celular Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Biologia RESPIRAÇÃO CELULAR A bioenergética é o estudo dos processos do metabolismo celular de produção e quebra de energia

Leia mais

Fotossíntese O 6 C 6 H 12 C 18 O 2 C 16 O 2 O 2 H 2 6CO 2 + 6H 2 O C 6 H 12 O 6 + 6O 2 6CO H 2 O C 6 H 12 O 6 + 6O 2 + 6H 2 O. Luz.

Fotossíntese O 6 C 6 H 12 C 18 O 2 C 16 O 2 O 2 H 2 6CO 2 + 6H 2 O C 6 H 12 O 6 + 6O 2 6CO H 2 O C 6 H 12 O 6 + 6O 2 + 6H 2 O. Luz. Fotossíntese Fotossíntese 6CO 2 + 6H 2 O C 6 H 12 O 6 + 6O 2 Luz Clorofila C 18 O 2 C 6 H 12 18 O 6 C 16 O 2 C 6 H 12 16 O 6 H 2 16 O 16 O 2 H 2 18 O 18 O 2 Luz 6CO 2 + 12H 2 O C 6 H 12 O 6 + 6O 2 + 6H

Leia mais

Professor Antônio Ruas

Professor Antônio Ruas Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Componente curricular: BIOLOGIA GERAL Aula 4 Professor Antônio Ruas 1. Temas: Macromoléculas celulares Produção

Leia mais

a) O gene 1 codifica uma proteína para exportação, e o gene 2, uma proteína para ser utilizada no citoplasma.

a) O gene 1 codifica uma proteína para exportação, e o gene 2, uma proteína para ser utilizada no citoplasma. PARA A VALIDADE DO QiD, AS RESPOSTAS DEVEM SER APRESENTADAS EM FOLHA PRÓPRIA, FORNECIDA PELO COLÉGIO, COM DESENVOLVIMENTO E SEMPRE A TINTA. TODAS AS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA DEVEM SER JUSTIFICADAS.

Leia mais

e) O O 2 é o aceptor final de elétrons na respiração aeróbia.

e) O O 2 é o aceptor final de elétrons na respiração aeróbia. PROCESSOS ENERGÉTICOS RESPIRAÇÃO, FOTOSSÍNTESE E FERMENTAÇÃO. 01) (FUNREI/98) Na respiração celular, o oxigênio intervém: a) Na glicólise e como aceptor final de hidrogênio. b) Somente na glicólise. c)

Leia mais

Prof. Francisco Hevilásio F. Pereira Cultivos em ambiente protegido

Prof. Francisco Hevilásio F. Pereira Cultivos em ambiente protegido A planta: características morfológicas, anatômicas e fisiológicas POMBAL PB A PLANTA Grande diversidade de tamanhos e formas vegetais Tamanho: 1,0 cm até 100m de altura Formas: herbácea (melancia) até

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 18 RESPIRAÇÃO CELULAR AERÓBIA

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 18 RESPIRAÇÃO CELULAR AERÓBIA BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 18 RESPIRAÇÃO CELULAR AERÓBIA glicose 2NAD 2(ADP + P) 2NAD 2 2 ATP ácido pirúvico (3C) ácido pirúvico (3C) Como pode cair no enem? (UFF) Mediu-se, em diferentes instantes

Leia mais

AGRICULTURA GERAL. O ambiente e a planta POMBAL PB

AGRICULTURA GERAL. O ambiente e a planta POMBAL PB AGRICULTURA GERAL O ambiente e a planta POMBAL PB O AMBIENTE E A PLANTA A PLANTA Grande diversidade de tamanhos e formas vegetais Tamanho: 1,0 cm até 100m de altura Formas: herbácea (melancia) até arbóreas

Leia mais

Universidade de São Paulo Instituto de Física Energia em Sistemas Biológicos Edi Carlos Sousa

Universidade de São Paulo Instituto de Física Energia em Sistemas Biológicos Edi Carlos Sousa Universidade de São Paulo Instituto de Física Energia em Sistemas Biológicos Edi Carlos Sousa edisousa@if.usp.br Metabolismo Celular Cada reação que ocorre em um organismo vivo requer o uso de energia

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Recuperação do 3 Bimestre disciplina :Biologia Conteúdo: Evolução Biológica II: teoria sintética ou moderna da evolução, mutação, isolamento geográfico, isolamento

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 08 CÉLULAS: RESPIRAÇÃO CELULAR ANAERÓBIA

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 08 CÉLULAS: RESPIRAÇÃO CELULAR ANAERÓBIA BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 08 CÉLULAS: RESPIRAÇÃO CELULAR ANAERÓBIA Como pode cair no enem A biodigestão anaeróbia, que se processa na ausência de ar, permite a obtenção de energia e materiais que podem

Leia mais

e) respiração aeróbia, pois necessitam do gás oxigênio para promover a transformação da

e) respiração aeróbia, pois necessitam do gás oxigênio para promover a transformação da 1. (Fatec 2016) Um dos problemas enfrentados atualmente pelas cidades é o grande volume de esgoto doméstico gerado por seus habitantes. Uma das formas de minimizar o impacto desses resíduos é o tratamento

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Ciências 7 o ano Unidade 2 5 Unidade 2 Nome: Data: 1. As cores das flores e o período do dia em que elas abrem são duas adaptações importantes das plantas e que facilitam a sua

Leia mais

Bio. Semana 15. Rubens Oda Alexandre Bandeira (Hélio Fresta)

Bio. Semana 15. Rubens Oda Alexandre Bandeira (Hélio Fresta) Semana 15 Rubens Oda Alexandre Bandeira (Hélio Fresta) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Vida: uma evolução química

Vida: uma evolução química Vida: uma evolução química Eis as questões... Se a vida não surge espontaneamente, então, qual teria sido a origem dos primeiros seres vivos? Em outras palavras, como teria surgido a vida na Terra? A hipótese

Leia mais

Semana 12 Respiração Celular

Semana 12 Respiração Celular Semana 12 Respiração Celular Prof. Saul Carvalho Respiração Celular Extração de energia química de substâncias orgânicas (carboidratos e lipídios) Principalmente quebra da Glicose Gera energia celular

Leia mais

Figura 1 Fotossíntese Fonte: Wikipédia

Figura 1 Fotossíntese Fonte: Wikipédia FOTOSSÍNTESE Figura 1 Fotossíntese Fonte: Wikipédia CONTEÚDOS Compreendendo a fotossíntese Onde a fotossíntese ocorre Etapas da Fotossíntese A importância da fotossíntese para a planta Fatores que influenciam

Leia mais

Introdução ao Metabolismo Microbiano

Introdução ao Metabolismo Microbiano Introdução ao Metabolismo Microbiano METABOLISMO DEFINIÇÃO: Grego: metabole = mudança, transformação; Toda atividade química realizada pelos organismos; São de dois tipos: Envolvem a liberação de energia:

Leia mais

Introdução ao Metabolismo Celular Nutrição

Introdução ao Metabolismo Celular Nutrição Introdução ao Metabolismo Celular Nutrição Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto MAR/2011 Energética básicab Energia é a capacidade de realizar trabalho, que ocorre quando uma força age sobre

Leia mais

O processo fotossintético

O processo fotossintético O processo fotossintético Comecemos por rever a equação geral da fotossíntese: Ou seja, partindo de Dióxido de Carbono e água, as plantas produzem glicose e Oxigénio. Agora a questão é: como? A fotossíntese

Leia mais

Obtenção de matéria pelos seres autotróficos

Obtenção de matéria pelos seres autotróficos Obtenção de matéria pelos seres autotróficos A aquisição de matéria e energia pelos sistemas vivos é feita de formas muito variadas. Ao nível da autotrofia, a fotossíntese é o principal processo, estando

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Respiração celular Prof. Enrico blota

Matéria: Biologia Assunto: Respiração celular Prof. Enrico blota Matéria: Biologia Assunto: Respiração celular Prof. Enrico blota Biologia 1. Moléculas, células e tecidos - Fotossíntese e respiração - Respiração celular Fermentação Organismos que só vivem na presença

Leia mais

Fosforilação Oxidativa e Fotossíntese são dois processos de captação de energia pelos organismos vivos relacionados pelo ciclo de energia entre os

Fosforilação Oxidativa e Fotossíntese são dois processos de captação de energia pelos organismos vivos relacionados pelo ciclo de energia entre os Fosforilação Oxidativa e Fotossíntese são dois processos de captação de energia pelos organismos vivos relacionados pelo ciclo de energia entre os organismos vivos e que apresentam semelhanças e diferenças.

Leia mais

Biologia Prof. Edgard Manfrim

Biologia Prof. Edgard Manfrim Metabolismo Celular conjunto de reações químicas que ocorrem no organismo. Energia Reagentes Produtos Metabolismo Celular A energia necessária para a realização de reações químicas do organismo vem da

Leia mais

FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO Fotossíntese C4 e Ciclo de Krebs

FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO Fotossíntese C4 e Ciclo de Krebs FISIOLOGIA VEGETAL APLICADA EM CANA-DE-AÇÚCAR Paulo Castro STAB CANAOESTE - Sertãozinho SP FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO Fotossíntese C4 e Ciclo de Krebs Prof. Dr. Paulo A. M. de Figueiredo Engenheiro Agrônomo

Leia mais

UERJ 2016 e Hormônios Vegetais

UERJ 2016 e Hormônios Vegetais UERJ 2016 e Hormônios Vegetais Material de Apoio para Monitoria 1. O ciclo de Krebs, que ocorre no interior das mitocôndrias, é um conjunto de reações químicas aeróbias fundamental no processo de produção

Leia mais

MATRÍCULA: EXERCÍCIOS SOBRE METABOLISMO ENERGÉTICO. Questões objetivas

MATRÍCULA: EXERCÍCIOS SOBRE METABOLISMO ENERGÉTICO. Questões objetivas MATRÍCULA: Lista de Exercícios Biologia Geral e Evolução Código 120162 SOBRE METABOLISMO ENERGÉTICO Questões objetivas 1) UMC-SP) A fórmula abaixo representa a reação simplificada da fotossíntese: 6 CO

Leia mais

Com base nessa teoria, sobre os cloroplastos e as mitocôndrias, analise os itens a seguir:

Com base nessa teoria, sobre os cloroplastos e as mitocôndrias, analise os itens a seguir: Lista de Exercícios (BIO-LEO) 1. (Upe-ssa 1 2016) As células, menores unidades estruturais e funcionais de um ser vivo, foram descobertas pelo cientista inglês Robert Hooke em 1665 e são consideradas a

Leia mais

Professor Antônio Ruas

Professor Antônio Ruas Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Componente curricular: BIOLOGIA GERAL Aula 4 Professor Antônio Ruas 1. Temas: Macromoléculas celulares Produção

Leia mais

A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos

A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos A energética celular ATP: captura e transfere energia livre nos sistemas biológicos Hidrólise do ATP: libera energia para suprir processos

Leia mais

Luz. Reacção geral da fotossíntese. Luz

Luz. Reacção geral da fotossíntese. Luz Os organismos fotossintéticos utilizam a luz solar como fonte de energia para a biossíntese de ATP e NADPH, que são utilizados para produção de glícidos e outros compostos orgânicos, a partir de CO 2 e

Leia mais

Hipóteses: Oparin e Haldane. a) Origem por criação divina (criacionismo) b) Origem extraterrestre (panspermia)

Hipóteses: Oparin e Haldane. a) Origem por criação divina (criacionismo) b) Origem extraterrestre (panspermia) Professora Catarina Hipóteses: a) Origem por criação divina (criacionismo) b) Origem extraterrestre (panspermia) c) Origem por evolução química: a hipótese de Oparin e Haldane. Antiguidade - séc. XIX.

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento 2015 Bio - Fotossíntese

Exercícios de Aprofundamento 2015 Bio - Fotossíntese 1. (Uerj 2015) Em um experimento, os tubos I, II, III e IV, cujas aberturas estão totalmente vedadas, são iluminados por luzes de mesma potência, durante o mesmo intervalo de tempo, mas com cores diferentes.

Leia mais

BASES CONCEITUAIS DA ENERGIA Bacharelado de Ciência e Tecnologia Profa. Iseli L. Nantes Universidade Federal do ABC. Fotossíntese: reações luminosas

BASES CONCEITUAIS DA ENERGIA Bacharelado de Ciência e Tecnologia Profa. Iseli L. Nantes Universidade Federal do ABC. Fotossíntese: reações luminosas Fotossíntese: reações luminosas A luz do sol é a fonte de energia mais importante para quase todos seres vivos. Com a ajuda da fotossíntese, a energia luminosa é usada para produzir substâncias orgânicas

Leia mais

FOTOSSÍNTESE. Prof. Fabio Nogueira

FOTOSSÍNTESE. Prof. Fabio Nogueira FOTOSSÍNTESE Prof. Fabio Nogueira Definição: Processo que ocorre em plantas, algas e alguns procariotos e que utiliza diretamente a energia luminosa para sintetizar compostos orgânicos Importância:produção

Leia mais

Características dos seres vivos

Características dos seres vivos Necessidades Básicas dos Seres Vivos Módulo 1 AULA 3 Professora: Andréa Rodrigues Características dos seres vivos Composição química mais complexa Organização celular Capacidade de nutrição Reação a estímulos

Leia mais

Fotossíntese- Fase independente da luz Plantas C3, C4 e CAM PROF. ANA PAULA JACOBUS

Fotossíntese- Fase independente da luz Plantas C3, C4 e CAM PROF. ANA PAULA JACOBUS Fotossíntese- Fase independente da luz Plantas C3, C4 e CAM PROF. ANA PAULA JACOBUS Sumário Ciclo de Calvin-Reações de Assimilação de CO2 (C3) Fixação do CO2 Redução 3-fosfoglicerato Regeneração da ribulose

Leia mais

FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO DA VIDEIRA

FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO DA VIDEIRA FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO DA VIDEIRA aaa a Fotossíntese (Fase Bioquímica) Fase escura Prof. Leonardo Cury Bento Gonçalves, RS 1 Reações Fase bioquímica da Fotossíntese Reações do Carbono (Fase Escura) 2 !

Leia mais

Ciclos Biogeoquímicos

Ciclos Biogeoquímicos Ciclos Biogeoquímicos CICLOS BIOGEOQUÍMICOS Ciclos: troca e circulação de matéria entre os fatores bióticos e abióticos. Bio: síntese orgânica e decomposição dos elementos. Geo: o meio terrestre (solo)

Leia mais

Botânica Ecologia e suas interações.

Botânica Ecologia e suas interações. Profº Leonardo Eduardo Ferreira Fozdo Iguaçu, 28 de Julho, 2017. Botânica Ecologia e suas interações. Fotossíntese, Fase Clara, Fase Escura. Bioenergética Autótrofos: Sintetizam alimento orgânico a partir

Leia mais

Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho (UESPI)

Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho (UESPI) Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho (UESPI) Visão termodinâmica Alfred J. Lotka trabalhou populações e comunidades em sistemas termodinâmicos. Cada sistema apresenta um conjunto de transformações e

Leia mais

BIOSFERA E SEUS ECOSSISTEMAS Cap.2

BIOSFERA E SEUS ECOSSISTEMAS Cap.2 BIOSFERA E SEUS ECOSSISTEMAS Cap.2 Conceitos Básicos ECOLOGIA Oikos =casa; logos= ciência É a ciência que estuda as relações entre os seres vivos entre si e com o ambiente onde eles vivem Estuda as formas

Leia mais

Introdução ao Metabolismo. Profª Eleonora Slide de aula

Introdução ao Metabolismo. Profª Eleonora Slide de aula Introdução ao Metabolismo Profª Eleonora Slide de aula Metabolismo Profª Eleonora Slide de aula Relacionamento energético entre as vias catabólicas e as vias anabólicas Nutrientes que liberam energia Carboidratos

Leia mais

Conversão de energia Mitocôndria - Respiração

Conversão de energia Mitocôndria - Respiração Universidade de São Paulo (USP) Escola de Engenharia de Lorena (EEL) Engenharia Ambiental Organelas: Cloroplasto e Mitocôndria Obtenção de energia para a célula a partir diferentes fontes: Conversão de

Leia mais

Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. Antoine de Lavoisier

Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. Antoine de Lavoisier Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. Antoine de Lavoisier Transferência de elementos químicos entre os seres vivos e o ambiente. Ciclo da Água Ciclo do Oxigênio Ciclo do Fósforo

Leia mais

BIOQUÍMICA FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO CELULAR Resumo final FOTOSSÍNTESE

BIOQUÍMICA FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO CELULAR Resumo final FOTOSSÍNTESE EE PROF.ª SUELY MARIA CAÇÃO AMBIEL BATISTA Rua Onório Novachi, 410 Jardim Colonial- Indaiatuba SP CEP 13345-806 FONE: 3834 1820-3801 1046 BIOLOGIA SEGUNDA SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Wéliton Ribeiro Rodrigues

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DOS SERES VIVOS

CARACTERÍSTICAS DOS SERES VIVOS CARACTERÍSTICAS DOS SERES VIVOS Composição química muito complexa; Organização celular; Capacidade de nutrição; Reação a estímulos do ambiente; Capacidade de manter o seu meio interno em condições adequadas,

Leia mais

Fisiologia Vegetal. Curso de Zootecnia Prof. Etiane Skrebsky Quadros

Fisiologia Vegetal. Curso de Zootecnia Prof. Etiane Skrebsky Quadros Fisiologia Vegetal Curso de Zootecnia Prof. Etiane Skrebsky Quadros Unidade: Fotossíntese Fase química ou de fixação/redução de carbono da fotossíntese: Todos os organismo que fotossintetizam precisam

Leia mais

Figura 1 Fotossíntese Fonte: Alunos online

Figura 1 Fotossíntese Fonte: Alunos online FOTOSSÍNTESE Figura 1 Fotossíntese Fonte: Alunos online CONTEÚDOS Evolução da composição da atmosfera terrestre Processo da fotossíntese Representação química da fotossíntese Importância da fotossíntese

Leia mais

Transformação e utilização de energia respiração aeróbia

Transformação e utilização de energia respiração aeróbia Transformação e utilização de energia respiração aeróbia A maioria dos seres vivos é capaz de aproveitar com maior eficácia a energia dos compostos orgânicos realizado respiração aeróbia. Na respiração

Leia mais

A ORGANIZAÇÃO DO SER VIVO

A ORGANIZAÇÃO DO SER VIVO A ORGANIZAÇÃO DO SER VIVO PRINCIPAIS ELEMENTOS QUE CONSTITUEM OS SERES VIVOS Carbono CHONPS Compõe as principais cadeias das moléculas orgânicas (lipídios, carboidratos e proteínas) presentes em nosso

Leia mais

Ecologia I -Conceitos

Ecologia I -Conceitos Ecologia I -Conceitos -Pirâmides ecológicas -Fluxo de energia Professora: Luciana Ramalho 2017 Introdução Ecologia é uma ciência que estuda os seres vivos e suas interações com o meio ambiente onde vivem.

Leia mais