Alufá-Licutã Oxorongá ÚTERO DE PEDRA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Alufá-Licutã Oxorongá ÚTERO DE PEDRA"

Transcrição

1 1

2 2

3 ÚTERO DE PEDRA 3

4 4

5 Alufá-Licutã Oxorongá ÚTERO DE PEDRA 5

6 Copyright Alufá-Licutã Oxorongá Direitos desta edição reservados à Alufá-Licutã Oxorongá Recife Pernambuco - Brasil 6

7 Alufá-Licutã Oxorongá ÚTERO DE PEDRA 7

8 ÚTERO DE PEDRA Capa: Alufá-Licutã Oxorongá Digitação: Alufá-Licutã Oxorongá Editoração: Alufá-Licutã Oxorongá Revisão: Alufá-Licutã Oxorongá Ficha catalográfica: Oxorongá, Alufá-Licutã ÚTERO DE PEDRA Recife Pernambuco Brasil - América Literatura Brasileira - poesia 8

9 ÚTERO DE PEDRA 9

10 Imago Dei, Reservas de salvação Leopoldo & Teodora, Fio de prumo Suzanne Christinne, Tangências de nuvens Joshua Reuel & Rebecca Elisama, Sonhadores por excelência Recife, Monótona mesmice Oxorongá, Alufá-Licutã Útero de Pedra Apresentação, Alufá-Licutã 110p.; il. Recife-Pernambuco 10

11 Não me presto a mais nada. Não prometo, não recebo, não entrego, não abençoo, não recuso. Nada além do que trabalhar a minha pedra. Sei que há muitos homens no mundo, sei que há muitas crianças no mundo, sei que há muitas mulheres no mundo, sei que há jovens e velhos no mundo, sei dos sofrimentos, das dores, dos pecados, dos desejos, dos encontro e dos desencontros do mundo. Eu os sei todos. Sei dos lugares, das tempestades, da natureza toda. E sei de todo o concreto e do abstrato, sei da história e do futuro. Sei das cidades, dos espaços, e do mimetismo. Sei da saúda, da alegria, das horas e de todo o céu que há sobre e sob o mundo. Sei de tudo e trabalho a minha pedra. É que, de resto, ninguém e nada fará por mim, o que a mim sempre coube por convenção ou desatino: trabalhar a minha pedra. José Gomes Sobrinho 11

12 12

13 APRESENTAÇÃO Por mais curioso, estranho, absurdo e paradoxal que possa parecer, nasci de um útero de pedra. A mais tênue lembrança que me veem à memória entrecruza a alguma experiência de pedra. Isto significou para mim, desde muito cedo, como único projeto de vida possível (e alcançável), um viver pela educação da pedra. Oficialmente, nasci na primavera de sessenta e seis, diz isto, ou melhor, testifica o registro civil; contudo, fui gerado muito antes. A minha alma traz traços vulcânicos de remotas eras das quais eu mesmo não sei, só tenho leves lembranças, no entanto, quando vem-me me encontra violentamente ativo ou, silenciosamente perigoso. Por isto, pouquíssimo caso faço dos meus nódulos de pedra. Pensando nisto, nestas vivências de pedra que o cotidiano doméstico ou o viver burocrático exuma para além de nossos labirintos sentimentais é que resolvi escrever o meu Útero de Pedra. Afinal de contas, um poeta tem sempre mais de Ícaro que de Dédalo. Tem sempre uma estruturação a ser inventada ou, um cenário imaginário a verbalizar. Útero de Pedra é, acima de tudo, uma busca incessante por verdades que, por algum motivo ou circunstâncias, tinham sido deixadas de lado, tinham sido relegadas ao esquecimento, mas que sempre emergem em momentos de solidão e dor. Útero de pedra foi escrito nestes dias difíceis em que passo. Quando digo difíceis é bom 13

14 que se explique: Papai, meu âncora para toda a vida, meu exemplo a ser seguido, meu guardião desde meus tempos de menino resolveu que estes dias era uma boa hora para se deixar esta baixa terra e ir correr em outras pradarias, de galopar pelos campos sagrados de Deus. Resolveu me deixar quando mais eu precisava dele. Quantas dúvidas, quantas interrogações, quantas vivências ainda a ser vivida. Mas, tudo isto, nestes dias difíceis em que passo é matéria para memória. É semente lançada ao vento outonal, é imagem gravada para futuras lembranças. É sol que ainda não me está posto. Foi passando por momentos tão difíceis que terminei de compor este Útero de pedra. Não sei se outro título cairia tão bem. Se outro título sugestionaria tão bem a dor que sinto em meu peito, o vazio que corta a minha entranha. Não conheço os propósitos de minha poesia, ela é dona de si mesma, quando a lanço ao papel ela caminha por conta própria, toma direções opostas ao meu querer. Talvez por isto nasceu Útero de pedra. Ela (a poesia) me conhece tão bem, às vezes mais que eu mesmo. Conhece a minha vivência e as minhas ausências. Conhece-me e me faz conhecer. E, certamente, ela sabe dos dias difíceis em que passo. Sabe que estes dias em que termino o Útero de pedra são dias em que eu mesmo me queria petrificado. Eu tinha combatido todos os meus melhores combates e imaginava que minha carreira estivesse completa, contudo, ainda não tinha me guardado da poesia. Ela ainda permeava, esperançosamente, insoluvelmente, em minha alma de poeta. 14

15 E assim nasceu o Útero de Pedra. Em cada linha, em cada verso, em cada poema do livro há uma infinita necessidade de construção poética. Há nele, no Útero de Pedra, toda a indumentária de um vestíbulo decorrente de uma vida e de sua inequívoca petrificação. Há nele um homem que se veste de pedra antes mesmo de seu nascimento. O autor 15

Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a

Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a meditar sobre a Bíblia Sagrada, com Fé, Esperança e Caridade

Leia mais

Música: O Caminho. Compositor: Daniel Feitosa. Estreito é o caminho da glória duplicado e asfaltado é o caminho da perdição

Música: O Caminho. Compositor: Daniel Feitosa. Estreito é o caminho da glória duplicado e asfaltado é o caminho da perdição Música: O Caminho Compositor: Daniel Feitosa Estreito é o caminho da glória duplicado e asfaltado é o caminho da perdição Não vá se enganar se quiser se salvar o homem penitente este sim passará Pelos

Leia mais

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA Objectivos: 1. Descobrir na entrega da vida de Jesus a plenitude da Sua relação com Deus Pai. 2. Acolher a fidelidade de Jesus a esta relação como geradora de vida

Leia mais

Conheça o seu Cão. Um guia prático para donos de cães, adestradores e amantes da espécie.

Conheça o seu Cão. Um guia prático para donos de cães, adestradores e amantes da espécie. 1 Conheça o seu Cão Um guia prático para donos de cães, adestradores e amantes da espécie. Rodrigues, Tiago. Conheça o seu cão: 1ª Edição, São Paulo, 2014. Copyright todos os direitos reservados 2 Conheça

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA Colégio Estadual José Bonifácio Xambioá-TO Projeto Boniarte: Xambioá-TO, 25 de outubro de 2007. Apresentação. O Projeto Boniarte nasceu quando os professores

Leia mais

Tânia Abrão. Deixo meus olhos Falar

Tânia Abrão. Deixo meus olhos Falar Tânia Abrão Deixo meus olhos Falar 1 Biografia Tânia Abrão Mendes da Silva Email: Tania_morenagata@hotmail.com Filha de Benedito Abrão e Ivanir Abrão Nasceu em 09/08/1984 Natural da Cidade de Lapa Paraná

Leia mais

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las.

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las. FICHA DA SEMANA 5º ANO A e B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 73 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

Ensaio sobre a Amizade

Ensaio sobre a Amizade Ensaio sobre a Amizade Post (0257) Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma. A gente só conhece bem as coisas que cativou. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos,

Leia mais

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO 1 Capa: Leonardo Paixão Digitação: Leonardo Paixão Permitida a reprodução desde que citada a fonte, conforme Lei 9.610, de 19 de Fevereiro

Leia mais

Medida Multidimensional Breve de Religiosidade/Espiritualidade BMMRS-p

Medida Multidimensional Breve de Religiosidade/Espiritualidade BMMRS-p Medida Multidimensional Breve de Religiosidade/Espiritualidade BMMRS-p A) Experiências espirituais diárias As seguintes questões lidam com as possíveis experiências espirituais. Com que frequência você

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) 2015-16 3 º ANO Unidade Letiva 1 A Dignidade das Crianças 1. Tomar consciência de que as crianças

Leia mais

*O Amor é o principal tema de toda a lírica camoniana - como é n'os Lusiadas, uma das grandes linhas que movem, organizam e dão sentido ao universo,

*O Amor é o principal tema de toda a lírica camoniana - como é n'os Lusiadas, uma das grandes linhas que movem, organizam e dão sentido ao universo, * *O Amor é o principal tema de toda a lírica camoniana - como é n'os Lusiadas, uma das grandes linhas que movem, organizam e dão sentido ao universo, elevando os heróis à suprema dignidade de, através

Leia mais

A & C. Agradecemos confirmação até ao dia de Maio de 2012. A & C. Foi num momento especial que nos cruzamos,

A & C. Agradecemos confirmação até ao dia de Maio de 2012. A & C. Foi num momento especial que nos cruzamos, Primeiro foi o conhecimento, depois a amizade, seguiu-se um encontro, depois outro e outros mais e finalmente o amor, que nos une agora e para sempre. Será com a palavra sim que daremos início aquele que

Leia mais

Especulações sobre o amor

Especulações sobre o amor Especulações sobre o amor Janete Luiz Dócolas, Psicanalista O amor é um mistério que há muito tempo, talvez desde que fora percebido, os homens vem tentando compreender, descrever ou ao menos achar um

Leia mais

Magistério profético na construção da Igreja do Porto

Magistério profético na construção da Igreja do Porto Magistério profético na construção da Igreja do Porto Excertos do pensamento de D. António Ferreira Gomes entre 1969-1982 A liberdade é sem dúvida um bem e um direito, inerente à pessoa humana, mas é antes

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO SENHOR DE JUDEUS E. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO SENHOR DE JUDEUS E. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida GENTIOS07 LIÇÃO SENHOR DE JUDEUS E O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 07 INTRODUÇÃO esboço Israel não era o único povo com o qual Deus Se importava.seria por

Leia mais

Mário de Sá-Carneiro

Mário de Sá-Carneiro André Cabral Carina Goulart Poetas do século XX Mário de Sá-Carneiro Débora Melo Joana Costa Quando eu morrer batam em latas, Rompam aos saltos e aos pinotes - Façam estalar no ar chicotes, Chamem palhaços

Leia mais

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda IDENTIFICAÇÃO Nome: Cidade: Estado: País: Formação: Profissão: Local de Trabalho: Local de Estudo: Contatos: Santa Maria RS Brasil Mestrado

Leia mais

ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS

ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS Momento com Deus Crianças de 7 a 9 anos NOME: DATA: 09/06/2013 ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS Versículos para Decorar 1- Quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo. Marcos 10:43b

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

UM OLHAR SOBRE O DOENTE

UM OLHAR SOBRE O DOENTE UM OLHAR SOBRE O DOENTE Dizem que os olhos são as janelas da alma. É nisso em que minha mente se fixa a cada instante desde que você adoeceu. Parece-me tão próximo, e ainda me lembro: um dia, de repente,

Leia mais

Organização da Disciplina. Técnicas de Negociação e Mediação. Aula 1. Contextualização. O Conflito. Instrumentalização

Organização da Disciplina. Técnicas de Negociação e Mediação. Aula 1. Contextualização. O Conflito. Instrumentalização Técnicas de Negociação e Mediação Aula 1 Prof. Me. Fernando Eduardo Mesadri Organização da Disciplina Conceitos de conflitos Dificuldades para lidar com os conflitos Movimentos de rompimento dos paradigmas

Leia mais

O INÍCIO DA TRISTEZA DO HOMEM

O INÍCIO DA TRISTEZA DO HOMEM Bíblia para crianças apresenta O INÍCIO DA TRISTEZA DO HOMEM Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Byron Unger; Lazarus Adaptado por: M. Maillot; Tammy S. O texto bíblico desta história é extraído ou

Leia mais

PRA TE LOUVAR. Como é precioso viver o seu amor Sentir a alegria que vem do Senhor É maravilhoso poder te louvar E saber que ao meu lado sempre está

PRA TE LOUVAR. Como é precioso viver o seu amor Sentir a alegria que vem do Senhor É maravilhoso poder te louvar E saber que ao meu lado sempre está PRA TE LOUVAR Como é precioso viver o seu amor Sentir a alegria que vem do Senhor É maravilhoso poder te louvar E saber que ao meu lado sempre está Tudo que eu preciso é estar bem junto a ti Viver a alegria

Leia mais

Como Criar uma. Autobiografia

Como Criar uma. Autobiografia Como Criar uma Autobiografia Estratégia de Trabalho A mediadora: Vera Ramos A Abordagem (Auto)biográfica aproxima-se das Histórias de Vida como método, na medida em que visa a construção de um sentido

Leia mais

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática.

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Fim de semana Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Dois programas diferentes 1. Complete as lacunas

Leia mais

C E L E S T E P E R E I R A 2ª EDIÇÃO

C E L E S T E P E R E I R A 2ª EDIÇÃO C E L E S T E P E R E I R A 2ª EDIÇÃO Bordar a Vida Pego em letras, estéreis quando isoladas, e tricoto-as cuidadosamente, compondo velhas palavras. Arranjo as palavras, muito delicadamente, bordando

Leia mais

De repente um homem viu-se no meio de um campo verde, deserto, sem nada nem ninguém no horizonte, além do céu azul que se encontrava com o solo.

De repente um homem viu-se no meio de um campo verde, deserto, sem nada nem ninguém no horizonte, além do céu azul que se encontrava com o solo. O Nada Rafael Bezerra Simão O NADA De repente um homem viu-se no meio de um campo verde, deserto, sem nada nem ninguém no horizonte, além do céu azul que se encontrava com o solo. - Morri! pensou o homem,

Leia mais

1. Verificar a Validade de silogismos: - Em cada caso identifique os termos, as figuras e os modos.

1. Verificar a Validade de silogismos: - Em cada caso identifique os termos, as figuras e os modos. 1 Exercícios de Lógica: 1. Verificar a Validade de silogismos: - Em cada caso identifique os termos, as figuras e os modos. 1.a Nenhum palhaço é feliz Alguns comediantes não são felizes Alguns comediantes

Leia mais

O Estranho Homem. S. Esteves

O Estranho Homem. S. Esteves O Estranho Homem S. Esteves [ 2 ] O conteúdo desta obra literária inclusive as imagens, está protegido pela legislação autoral vigente no Brasil, e pelas regras internacionais estabelecidas na Convenção

Leia mais

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014.

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. Adoração Acolhida Leitura Bíblica: Zacarias 9.9; 16-17. Sugestões de Cânticos: - HE 105 - Louvemos ao Senhor [Ademar de Campos]-

Leia mais

Paulo. O sofrimento de Paulo

Paulo. O sofrimento de Paulo Paulo O sofrimento de Paulo Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós. De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados;

Leia mais

Projeto de Leitura da Biblioteca 2015 Biblioteca do CEU Azul da Cor do Mar Prof. Jossei Toda

Projeto de Leitura da Biblioteca 2015 Biblioteca do CEU Azul da Cor do Mar Prof. Jossei Toda Biblioteca do CEU Azul da Cor do Mar Prof. Jossei Toda Inserida no Projeto Quem Lê Sabe Por quê, Encontro Polo, 25 de novembro de 2014 Secretaria Municipal de Educação-SP Coordenação Território CEU / Projetos

Leia mais

Produção de Videoaulas

Produção de Videoaulas Produção de Videoaulas Etapas da Produção Prof. Eduardo Barrére Nossas videoaulas são no estilo bricolagem. Por isso, não temos condições de elaborá-las com todas as etapas de produção de um material profissional

Leia mais

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque

Leia mais

CONFISSÕES DE UMA MENTE FÉRTIL. Deborah Zaniolli

CONFISSÕES DE UMA MENTE FÉRTIL. Deborah Zaniolli CONFISSÕES DE UMA MENTE FÉRTIL Deborah Zaniolli Confissões de uma mente fértil Título da obra: CONFISSÕES DE UMA MENTE FÉRTIL Gênero literário da obra: Não Ficção Copyright 2014 por Deborah Zaniolli Todos

Leia mais

Ficar atentos ao calendário das Avaliações para melhor organização de estudos juntamente com CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES - 2º BIMESTRE 2016

Ficar atentos ao calendário das Avaliações para melhor organização de estudos juntamente com CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES - 2º BIMESTRE 2016 Ficar atentos ao calendário das Avaliações para melhor organização de estudos juntamente com seu filho (a). CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES - 2º BIMESTRE 2016 01/06/2016-1ª Avaliação PORTUGUÊS 03/06/2016-1ª Avaliação

Leia mais

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe Coração de Mãe Coração De Mãe Página 1 Coração De Mãe 1º Edição Agosto de 2013 Página 2 Coração De Mãe 1º Edição È proibida à reprodução total ou parcial desta obra, por Qualquer meio e para qualquer fim

Leia mais

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire Este questionário foi aplicado durante o mês de Outubro a 105 alunos do 7º e 8º ano e pretende avaliar o nível de conhecimento que os alunos têm sobre Direitos da Criança. This questionnaire has been applied

Leia mais

TRATE SEU NEGÓCIO COMO UM NEGÓCIO DE 1 MILHÃO! Damiani Januario Iniciadora Estrela Mary Kay

TRATE SEU NEGÓCIO COMO UM NEGÓCIO DE 1 MILHÃO! Damiani Januario Iniciadora Estrela Mary Kay TRATE SEU NEGÓCIO COMO UM NEGÓCIO DE 1 MILHÃO! Damiani Januario Iniciadora Estrela Mary Kay QUEM NUNCA SONHOU EM SER MILIONÁRIO????? ABRINDO UMA FRANQUIA!!! Franquia pequena ou de médio porte; Alto investimento

Leia mais

Índice. Dia 1 - COMPAIXÃO PELA HUMANIDADE Dia 2 - COMPAIXÃO PELOS INCURÁVEIS Dia 3 - COMPAIXÃO FRENTE À MORTE...06

Índice. Dia 1 - COMPAIXÃO PELA HUMANIDADE Dia 2 - COMPAIXÃO PELOS INCURÁVEIS Dia 3 - COMPAIXÃO FRENTE À MORTE...06 Índice Apresentação... 03 Dia 1 - COMPAIXÃO PELA HUMANIDADE...04 Dia 2 - COMPAIXÃO PELOS INCURÁVEIS...05 Dia 3 - COMPAIXÃO FRENTE À MORTE...06 Dia 4 - COMPAIXÃO PELOS IMPERDOÁVEIS...07 Dia 5 - COMPAIXÃO

Leia mais

Proposta do Projeto de Desenvolivmento

Proposta do Projeto de Desenvolivmento Kara Miller RA: 074652 Métodos e Técnicas de Pesquisa em Midialogia Professor José A. Valente Introdução: Proposta do Projeto de Desenvolivmento Agradecer a alguém é algo que muitas pessoas fazem sem pensar.

Leia mais

Igreja - Uma face em construção Parte I: Lançando os fundamentos

Igreja - Uma face em construção Parte I: Lançando os fundamentos Parte I: Lançando os fundamentos 1. Obediência - mesmo em contexto de perigo 2. Nada há a fazer sem serem cheios do Espírito 3. Nem tudo entendemos - Nem tudo saberemos 4. Uma visão local precisa dar lugar

Leia mais

Mini Curso Fé Espartana

Mini Curso Fé Espartana Mini Curso Fé Espartana Todos os Direitos Reservados à SegredosdaFe.com 2014 Este produto pode ser distribuído livremente, desde que não seja alterado. Autor José Fernando, 44 anos, servo do Senhor, casado,

Leia mais

CRISTINA UMPIERRE THESAURUS

CRISTINA UMPIERRE THESAURUS CRISTINA UMPIERRE THESAURUS by Cristina Umpierre 2014 Ficha Técnica Capa: Salomão Filho Arte Final da Capa Ana Salles Ilustrações Salomão Filho Revisão Cláudia Emir Vieira Galante Diagramação Ana Salles

Leia mais

É HORA DE INVESTIR EM VOCÊ

É HORA DE INVESTIR EM VOCÊ 01 É HORA DE INVESTIR EM VOCÊ Como inovar na carreira e se dar bem no mercado. Lídice da Matta 02 03 Sumário Introdução... 4 Não tenha medo de errar... 7 Veja mudanças como oportunidades... 8 Busque referências...

Leia mais

Um chamado à oração. Letras. Editora. j. c. RyLE. Tradução Rodrigo Silva

Um chamado à oração. Letras. Editora. j. c. RyLE. Tradução Rodrigo Silva Um chamado à oração Um chamado à oração j. c. RyLE Tradução Rodrigo Silva Editora Letras Título Original: A Call to Prayer por J. C. Ryle Copyright Editora Letras 1ª edição em português: outubro de 2012

Leia mais

Tudo o que você precisa saber e fazer para Iniciar Consultoras e Formar sua Equipe!

Tudo o que você precisa saber e fazer para Iniciar Consultoras e Formar sua Equipe! Tudo o que você precisa saber e fazer para Iniciar Consultoras e Formar sua Equipe! A Sessão de Cuidados com a Pele é a base para qualquer negócio bem sucedido na Mary Kay, e eu sei que realizando Sessões

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE BAURU ROBERTA ESBERARD BROSCO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE BAURU ROBERTA ESBERARD BROSCO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE BAURU ROBERTA ESBERARD BROSCO Análise comparativa dos níveis de proteína C-reativa altamente sensível entre indivíduos portadores e não portadores

Leia mais

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Prof. Denilson A. Rossi O que se entende por Nova Evangelização? Quais são as luzes dos documentos conciliares para a Nova Evangelização? Em que

Leia mais

a) Qual das formas verbais destacadas nas frases transmite a ideia de uma ação completamente concluída?

a) Qual das formas verbais destacadas nas frases transmite a ideia de uma ação completamente concluída? VERBO CONTINUAÇÃO III FLEXÃO DE TEMPO TEMPOS VERBAIS A) Modo Indicativo Leia esta piada: Chovia há três dias sem parar e o campo de futebol estava completamente inundado. Era domingo e sem futebol o pessoal

Leia mais

Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso.

Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. 1 INSTRUÇÕES Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. 2 3 4 Caso se identifique em qualquer outro local deste Caderno,

Leia mais

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República Palavras do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na Escola Municipal de Rio Largo, durante encontro para tratar das providências sobre as enchentes Rio Largo - AL, 24 de junho de 2010 Bem,

Leia mais

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE PROJETO HAE - WEB www.cpscetec.com.br/hae *NÃO DEVERÃO ser lançados os projetos de Coordenação de Curso, Responsável por Laboratório, Coordenação de Projetos Responsável

Leia mais

Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985):

Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985): Cinema na escola: O Tempo e o Vento Desde 1895, filmes foram feitos para emocionar, alegrar e surpreender seu público. Muitos deles mostram personagens com características bem marcadas. Características

Leia mais

Consumo como alcance da felicidade Julho/2015

Consumo como alcance da felicidade Julho/2015 Consumo como alcance da felicidade Julho/2015 Seis em cada dez consumidores consideram-se felizes O estudo O consumo como alcance da felicidade, conduzido pelo SPC Brasil e Meu Bolso feliz, busca compreender

Leia mais

FERNANDO PESSOA ORTÓNIMO

FERNANDO PESSOA ORTÓNIMO FERNANDO PESSOA ORTÓNIMO Quando as crianças brincam E eu as oiço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar. E toda aquela infância Que não tive me vem, Numa onda de alegria Que não foi

Leia mais

Festa Sagrada Família

Festa Sagrada Família Festa Sagrada Família Homilia para a Família Salesiana (P. J. Rocha Monteiro) Sagrada Família de Jesus, Maria e José 1. No Domingo, dentro da oitava do Natal, celebra-se sempre a festa da Sagrada Família.

Leia mais

Pensamento e Sentimento

Pensamento e Sentimento Pensamento e Sentimento Pensar - Sentir - Fazer Espiritualidade e Evolução Amor-sabedoria Verdade -- Justiça A Conexão com a Consciência Superior Instr. Eliseu Mocitaíba da Costa Pensamento e Sentimento

Leia mais

Teste de Avaliação n.º 2 - Correção

Teste de Avaliação n.º 2 - Correção Teste de Avaliação n.º - Correção 0.º CT fevereiro/0 GRUPO I A. F. F. V 4. V 5. F 6. V 7. V B 7 X 5 pontos. 5 pontos. Era rara a correspondência mantida entre Camões e destinatário da carta.. Depreende-se

Leia mais

PLANEJANDO UMA VIAGEM DE SUCESSO SABRINA MAHLER

PLANEJANDO UMA VIAGEM DE SUCESSO SABRINA MAHLER PLANEJANDO UMA VIAGEM DE SUCESSO SABRINA MAHLER \ As viagens podem ter objetivos diversos, estilos variados e orçamentos infinitamente distintos..você pode ir sozinho, com amigos, com marido ou namorado,

Leia mais

Av. Sagitário, 138 Sala 1908 Torre London Alphaville SP

Av. Sagitário, 138 Sala 1908 Torre London Alphaville SP Av. Sagitário, 138 Sala 1908 Torre London Alphaville SP 11-4195-5110 www.simonesilverio.com.br Sobre mim Fotografo desde a adolescência e sou absolutamente apaixonada pelo que faço. Sou casada, tenho quatro

Leia mais

V edição do Concurso Literário de Prosa e Poesia

V edição do Concurso Literário de Prosa e Poesia V edição do Concurso Literário de Prosa e Poesia ENSINO SECUNDÁRIO 1º Prémio Ser poeta é Saber ser cada letra de um poema É sentir cada palavra a bater É entregar-se a um texto como à vida. Ser poeta é

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quarta-feira da 5ª Semana da Quaresma Ó Deus de

Leia mais

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!!

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! Conhecimento gera Crescimento!! Porque você pode! 1 - Dizer SIM ao convite da Oportunidade Perfeita 2 - Ter sempre

Leia mais

CONCURSO LITERÁRIO COLÉGIO DE ALFRAGIDE

CONCURSO LITERÁRIO COLÉGIO DE ALFRAGIDE CONCURSO LITERÁRIO COLÉGIO DE ALFRAGIDE REGULAMENTO Artigo 1º Instituição e finalidade 1. O presente regulamento define as normas que regem a edição do Concurso Literário Colégio de Alfragide, através

Leia mais

Como você descreveria uma pessoa piedosa, um santo, um homem de Deus?

Como você descreveria uma pessoa piedosa, um santo, um homem de Deus? Como você descreveria uma pessoa piedosa, um santo, um homem de Deus? C.S. Lewis Peso de Glória Se você perguntasse a vinte homens íntegros dos nossos dias qual acreditam ser a maior das virtudes, dezenove

Leia mais

JESUS, O GRANDE MESTRE

JESUS, O GRANDE MESTRE Bíblia para crianças apresenta JESUS, O GRANDE MESTRE Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Byron Unger; Lazarus Adaptado por: E. Frischbutter; Sarah S. O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado

Leia mais

As transformações num mundo digital

As transformações num mundo digital As transformações num mundo digital Todos os seus sonhos podem se realizar, se você tiver a coragem de persegui-los! Walt Disney O início das transformações. A partir do meio do século XX as mudanças estão

Leia mais

21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da

21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da 21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que

Leia mais

PASSAGENS BÍBLICAS. O julgamento de Salomão Mar Vermelho

PASSAGENS BÍBLICAS. O julgamento de Salomão Mar Vermelho PASSAGENS BÍBLICAS O julgamento de Salomão Mar Vermelho ESPAÇO CATÓLICO Os espaços católicos têm diferentes denominações e cada uma tem significado próprio e um sentido para os fiéis. O mais comum é a

Leia mais

Epígrafe. "O tempo é algo que não volta atrás. Por isso plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.

Epígrafe. O tempo é algo que não volta atrás. Por isso plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. Epígrafe "O tempo é algo que não volta atrás. Por isso plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. William Shakespeare Poetas desafio dia da criança Alex Kid Anna

Leia mais

Departamento do 1.º Ciclo Português 2.º Ano. Agrupamento de Escolas Silves Sul. PGA - Prova Global do Agrupamento. Direção de Serviços Região Algarve

Departamento do 1.º Ciclo Português 2.º Ano. Agrupamento de Escolas Silves Sul. PGA - Prova Global do Agrupamento. Direção de Serviços Região Algarve Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Silves Sul PGA - Prova Global do Agrupamento Departamento do 1.º Ciclo Português 2.º Ano Prova: A Nome: Ano: Turma: Nº.: Data: Assinatura do Professor

Leia mais

Visite:

Visite: Visite: http://mensagensdefenocelular.com.br/ Introdução: Um objetivo tão nobre como o de perder a gordura abdominal é antes de tudo, um passo importantíssimo para se conquistar mais saúde e qualidade

Leia mais

3º ANO PROF.ª DINANCI SILVA

3º ANO PROF.ª DINANCI SILVA 3º ANO PROF.ª DINANCI SILVA AULA 08 Conteúdo: Interpretação de texto e elementos coesivos. Habilidade: D06 - Inferir o assunto principal de um texto. D15 - Estabelecer relações entre partes de um texto,

Leia mais

ALQUIMIA (Batista/Bousada/Córdova) Mesmo o coração mais fechado Possui algumas frestas Por essas pequenas passagens É que o amor inicia a festa

ALQUIMIA (Batista/Bousada/Córdova) Mesmo o coração mais fechado Possui algumas frestas Por essas pequenas passagens É que o amor inicia a festa ALQUIMIA Mesmo o coração mais fechado Possui algumas frestas Por essas pequenas passagens É que o amor inicia a festa Esse coração tão calado Vive escutando a voz da razão Aprenda com os erros passados

Leia mais

CÉU, A BELA CASA DE DEUS

CÉU, A BELA CASA DE DEUS Bíblia para crianças apresenta CÉU, A BELA CASA DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Sarah S. Traduzido por: Judith Menga Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

António Gedeão. Relógio D'Água. Notas Introdutórias de Natália Nunes. A 383134 Obra Completa

António Gedeão. Relógio D'Água. Notas Introdutórias de Natália Nunes. A 383134 Obra Completa António Gedeão A 383134 Obra Completa Notas Introdutórias de Natália Nunes Relógio D'Água ÍNDICE Notas Introdutórias de Natália Nunes 19 Poesia POESIAS COMPLETAS (1956-1967) A Poesia de António Gedeão

Leia mais

MÉTODO DE ARUK DIMON

MÉTODO DE ARUK DIMON MÉTODO DE ARUK DIMON Sinopse : Aruk Dimon é um cientista inventor marroquino, nascido no ano de 3435. Hoje ele possui 44 anos de idade. Aruk Dimon ficou famoso por ter descoberto a tecnologia dos órgãos

Leia mais

TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA INICIAR TESTE

TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA INICIAR TESTE TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA INICIAR TESTE TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA O ciclo da resposta sexual da mulher é composto por três fases: Desejo, excitação e orgasmo. Ao responder

Leia mais

Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley

Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley John Wesley Não poderia deixar de colocar aqui este servo de Deus, não especialmente ministro de curas, na verdade um dos primeiros avivalistas da história.

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: 1 OBSERVE SUA SALA E SEUS COLEGAS E PINTE OS QUADRADINHOS:

ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: 1 OBSERVE SUA SALA E SEUS COLEGAS E PINTE OS QUADRADINHOS: ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: 1 OBSERVE SUA SALA E SEUS COLEGAS E PINTE OS QUADRADINHOS: CONTE QUANTAS MENINAS TEM NA SUA SALA DE AULA. PINTE OS QUADRADINHOS. QUANTAS MENINAS SÃO?

Leia mais

A MENINA DO MAR Introdução do léxico

A MENINA DO MAR Introdução do léxico A MENINA DO MAR Introdução do léxico Actividade oral: com ajuda de flash-card (um peixe, um cavalo marinho, uma estrela do mar, um caranguejo, um búzio, um polvo, uma concha). Os alunos nomeiam, repetem

Leia mais

5º SEMINÁRIO PARA EDUCADORES ACADEMIA DA AMAZÔNIA DE TREINAMENTO ESPIRITUAL DA SEICHO-NO-IE

5º SEMINÁRIO PARA EDUCADORES ACADEMIA DA AMAZÔNIA DE TREINAMENTO ESPIRITUAL DA SEICHO-NO-IE 5º SEMINÁRIO PARA EDUCADORES 6 e 7 de julho de 2013 ACADEMIA DA AMAZÔNIA DE TREINAMENTO ESPIRITUAL DA SEICHO-NO-IE Educação da Vida: O mundo se move quando eu me movo 06/07/2013: 1 º dia: 05:15 - Despertar

Leia mais

CANOSAONE. Um filme de Fellipe Gamarano Barbosa

CANOSAONE. Um filme de Fellipe Gamarano Barbosa CANOSAONE Um filme de Fellipe Gamarano Barbosa Seleção Oficial Curta Cinema Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro, 2008 Menção Honrosa do Júri, 1ª Janela Internacional de Cinema do Recife,

Leia mais

TUDO COMEÇA POR UM COMEÇO.

TUDO COMEÇA POR UM COMEÇO. TUDO COMEÇA POR UM COMEÇO. Michel Silveira 1 2 TUDO COMEÇA PELO COMEÇO Dedico a você: 3 4 TUDO COMEÇA PELO COMEÇO Sumário. Primeira fase Namoro pg. 29 Segunda fase Noivado pg.39 Terceira fase Casamento

Leia mais

Nº 35 C Domingo XXX do Tempo Comum

Nº 35 C Domingo XXX do Tempo Comum Nº 35 C Domingo XXX do Tempo Comum-27.10.13 Se eu for como o fariseu, rezo só a falar em mim: EU...EU...EU... Eu, Senhor, sou o melhor de todos. Eu não sou mentiroso, como os meus colegas. Eu digo bom-dia

Leia mais

Carlos de Assumpção. Textos selecionados MÃE

Carlos de Assumpção. Textos selecionados MÃE Textos selecionados Carlos de Assumpção MÃE Os anos já pintaram de luar os teus cabelos, No entanto, tudo parece estar acontecendo agora, Neste instante. Após tantos anos, Neste momento, Vejo tudo diante

Leia mais

O futuro da aposentadoria Um ato de equilíbrio. Relatório do Brasil

O futuro da aposentadoria Um ato de equilíbrio. Relatório do Brasil O futuro da aposentadoria Um ato de equilíbrio Relatório do Brasil A pesquisa O futuro da aposentadoria é uma pesquisa independente de referência mundial sobre tendências globais de aposentadoria realizada

Leia mais

Turmas: 171 e 172. vbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq. Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Maria Anita

Turmas: 171 e 172. vbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq. Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Maria Anita qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq wertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyui opasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfg

Leia mais

INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. Aula 3.2 Conteúdo: A escola Platônica

INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. Aula 3.2 Conteúdo: A escola Platônica Aula 3.2 Conteúdo: A escola Platônica 2 Habilidades: Conhecer os principais pontos das ideias de Platão para interpretar a realidade diária. 3 REVISÃO Sócrates: o homem Grande questão: o que é a essência

Leia mais

Portefólio de português

Portefólio de português Portefólio de português Professora: Rosa Silva Sara Boisseau 8ºC Nº27 Índice 1. O meu perfil de leitor 2. Atividades em que participei 3. O livro da minha vida 4. Sugestões de livros 5. Contrato de leitura

Leia mais

ENTENDENDO O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR

ENTENDENDO O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR ENTENDENDO O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR UMA LEITURA GLOBAL 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Consumidor Destinatário dos produtos e serviços que as empresas produzem, distribuem e

Leia mais

DESAFIOS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NO 1º ANO DO PROGRAMA BÁSICO DE

DESAFIOS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NO 1º ANO DO PROGRAMA BÁSICO DE DESAFIOS E POSSIBILIDADES NAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS ATUANDO COM CRIANÇAS NO 1º ANO DO PROGRAMA BÁSICO DE ALFABETIZAÇÃO CILIANE C. FABRI NÃO É NO SILÊNCIO QUE OS HOMENS SE FAZEM, MAS NAS PALAVRAS, NO TRABALHO,

Leia mais

Sejam Bem-Vindos! Mary Kay Ash

Sejam Bem-Vindos! Mary Kay Ash Sejam Bem-Vindos! Vislumbrei uma companhia na qual qualquer mulher poderia ter tanto sucesso quanto desejasse. As portas estariam abertas às oportunidades para as mulheres que estiverem dispostas a pagar

Leia mais

BEM VINDOS ALUNOS DA GRADUAÇÃ ÇÃO. GESTÃO INTEGRADA PESSOAS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃ ÇÃO O QUE O MUNDO TEM A VER COM MARKETING?

BEM VINDOS ALUNOS DA GRADUAÇÃ ÇÃO. GESTÃO INTEGRADA PESSOAS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃ ÇÃO O QUE O MUNDO TEM A VER COM MARKETING? BEM VINDOS ALUNOS DA TURMA DE PÓS-GRADUA P GRADUAÇÃ ÇÃO. GESTÃO INTEGRADA PESSOAS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃ ÇÃO PROF. PAULO NETO FIB - 2011 O QUE O MUNDO TEM A VER COM MARKETING? O QUE EU TENHO A VER COM

Leia mais

Times Auto-gerenciáveis

Times Auto-gerenciáveis Times Auto-gerenciáveis Uma visão moderna sobre alta performance e a felicidade de sua equipe Victor Hugo Germano This book is for sale at http://leanpub.com/timesautogerenciaveis This version was published

Leia mais

Como fazer perguntas para o seu anjo da guarda

Como fazer perguntas para o seu anjo da guarda Como fazer perguntas para o seu anjo da guarda Há uma maneira antiga e muito interessante de fazer perguntas e receber as respostas do anjo guardião: usando velas! Eu vou te explicar uma maneira simples

Leia mais