CASOS EM QUE OCORRE A CRASE

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CASOS EM QUE OCORRE A CRASE"

Transcrição

1 CASOS EM QUE OCORRE A CRASE A crase ocorre, obrigatoriamente, em três casos: 1º) O termo regente deve exigir complemento regido da preposição a, e o termo regido deve admitir o artigo feminino a(s): Pedi informações à secretária (=a +a). prep. art. Refiro-me às novelas de ontem. (=a +as) prep. art. Iremos à Bahia. (= a +a) prep. art.

2 2º) A letra a dos pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo e a(s) [= aquela(s)] também receberá acento grave se o termo regente exigir complemento regido da preposição a: Dei pão àqueles pobres. (= a + aqueles) prep. pron.demonstrativo 3º) A letra a que inicia uma locução feminina recebe o acento grave: a) locuções adverbiais: às vezes, à noite, à tarde, às ocultas, à vontade, às pressas, etc. Em certas locuções adverbiais (de instrumento), embora não ocorra a crase, admite-se o acento grave se o contexto o exigir: à máquina, à mão, etc. Ex.: O livro foi escrito a máquina. Ex.: O artista desenhou à mão.

3 b) locuções adjetivas: (fato) à toa, (soldado) à paisana, (baile) à fantasia, etc. c) locuções prepositivas: à beira de, à espera de, à procura de, à frente de, à moda de, etc. OBS.: A locução prepositiva "à moda de" tem uma peculiaridade: nela se costuma observar a elisão do substantivo feminino "moda", mas, mesmo nos casos em que isso ocorre, mantém-se o acento de crase. Ex.: "Saiu à francesa". Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em "Saiu a francesa", "a francesa" é o sujeito da oração. Independentemente da possibilidade de surgir uma leitura diversa daquela pretendida, é obrigatório o uso do acento grave no "a" de expressões como "filé à milanesa" ou "filé à Oswaldo Aranha", por exemplo, nas quais está subentendida a palavra feminina "moda".

4 d) locuções conjuntivas: à proporção que, à medida que (apenas essas duas). OBSERVAÇÕES A locução adverbial a distância não deve ser acentuada: Observávamos a queima de fogos a distância. Porém, se a palavra distância aparecer determinada, teremos locução prepositiva, e não locução adverbial. Nesse caso, ocorrerá a crase: Observávamos a queima de fogos à distância de cem metros.

5 Em locuções adverbiais formadas de palavras repetidas não ocorre a crase: Estávamos frente a frente. Salvou-o a respiração boca a boca. As indicações de horas sempre são antecedidas de artigo. Ex.: Virei às 10h.

6 Quando, entretanto, a intenção é exprimir uma quantidade de horas (e não a hora em si), não se usa o artigo. Ex.: Estarei lá daqui a duas horas. OBS.: Nas construções em que uma preposição diferente do "a" antecede as horas, não ocorre a crase (lembre-se de que a crase é a fusão da preposição "a" com os artigos "a" ou "as"). Assim, não há crase em frases do tipo "Estarei aqui até** as 23h" (preposição "até" + artigo "as"), "Estou aqui desde as 16h" (preposição "desde" + artigo "as"), "O início do espetáculo está marcado para as 20h" (preposição "para" + artigo "as").

7 OCORRÊNCIA FACULTATIVA DA CRASE Quando o pronome possessivo for empregado de forma absoluta (pronome substantivo), ocorrerá a crase: O professor deu mais valor a (à) minha (pronome adjetivo) redação do que à sua (pronome substantivo) **Após a preposição até, desde que o termo regente exija a preposição a: Iremos até a (à) biblioteca.

8 CASOS EM QUE NÃO OCORRE A CRASE Algumas palavras não admitem artigo. Portanto, não se coloca o acento grave: Antes da palavra casa não determinada: Voltei tarde a casa ontem. Se a palavra casa aparecer acompanhada de um adjunto adnominal, ocorrerá a crase: Irei à casa de meus primos. Estou em casa. Saí de casa. Estou na casa... Saí da casa...

9 Antes da palavra terra empregada no sentido de chão firme, opondo-se a bordo: Os marinheiros desceram a terra para fazer compras. Os marinheiros regressaram a terra ao amanhecer. OBS.: Se a palavra terra estiver seguida de um determinante ou referir-se ao planeta Terra, ocorrerá a crase: Irei à terra de meus avós. Os astronautas retornaram à Terra no dia previsto.

10 Antes de pronomes que repelem o artigo: Eu mesmo levarei a notícia a ela. (pronome pessoal) Ela sentou-se junto a mim. (pronome pessoal) Você é a pessoa a quem sempre obedecerei. (pronome relativo quando o a anterior for uma preposição) Estes documentos pertencem a Vossa Senhoria. (expressões de tratamento)

11 OBSERVAÇÕES 1ª) Os pronomes senhora, senhorita, dona e madame admitem artigo. Assim, coloca-se o acento grave no a que os antecede, quando o termo regente exige a preposição a: Levarei flores à senhora Madalena. Dedico estes versos à dona Iracema. CASO ESPECIAL Em certas construções, deve-se empregar o acento grave para evitar ambiguidade: Venceu a equipe do Brasil à da Argentina. (A equipe do Brasil venceu.) ou Venceu à equipe do Brasil a da Argentina. (A equipe da Argentina venceu.)

12 O rapaz cheirava à cola. (exalava, emanava) ou O rapaz cheirava a cola. (aspirava, inalava)

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em "Saiu a francesa", "a francesa" é o sujeito da oração.

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em Saiu a francesa, a francesa é o sujeito da oração. OBS.: A locução prepositiva "à moda de" tem uma peculiaridade: nela se costuma observar a elisão do substantivo feminino "moda", mas, mesmo nos casos em que isso ocorre, mantém-se o acento de crase. Ex.:

Leia mais

5 - Assinale a opção que apresenta a regência verbal incorreta, de acordo com a norma culta da língua: a) Os sertanejos aspiram a uma vida mais

5 - Assinale a opção que apresenta a regência verbal incorreta, de acordo com a norma culta da língua: a) Os sertanejos aspiram a uma vida mais 5 - Assinale a opção que apresenta a regência verbal incorreta, de acordo com a norma culta da língua: a) Os sertanejos aspiram a uma vida mais confortável. b) Obedeceu rigorosamente ao horário de trabalho

Leia mais

USO DA CRASE. Bruna Camargo

USO DA CRASE. Bruna Camargo USO DA CRASE Bruna Camargo Conceito Fusão entre duas vogais idênticas. A + A = À Justificativa Sua correta utilização é, sobretudo, sinal de competência linguística em regência nominal e verbal, em se

Leia mais

PROFESSORA: VERBENE LIMA

PROFESSORA: VERBENE LIMA PROFESSORA: VERBENE LIMA É a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo e o pronome demonstrativo

Leia mais

rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo

rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo Crase É a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo

Leia mais

CRASE é a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos

CRASE é a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos CRASE é a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo e o pronome demonstrativo a. A crase

Leia mais

Crase. Condições para ocorrência de crase

Crase. Condições para ocorrência de crase Profº FCO Holanda Crase É a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo e o pronome demonstrativo

Leia mais

O QUE É A CRASE? (preposição exigida pelo verbo ir + artigo acompanha o substantivo cidade)

O QUE É A CRASE? (preposição exigida pelo verbo ir + artigo acompanha o substantivo cidade) CRASE O QUE É A CRASE? Crase é a união, a fusão de duas vogais iguais. A crase é representada pelo acento grave (`). Observe com atenção as construções abaixo: Ex.: Hoje você irá A + A cidade. (preposição

Leia mais

Crase. Professora Raysa

Crase. Professora Raysa Crase Professora Raysa Conceito Processo de contração entre a preposição a e o artigo definido feminino a. Exemplo: Vou à festa. Casos Obrigatórios 1. Em locuções adverbiais femininas: O culto ecumênico

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais UFMG Faculdade de Letras FALE. Oficina de Leitura e Produção de Textos

Universidade Federal de Minas Gerais UFMG Faculdade de Letras FALE. Oficina de Leitura e Produção de Textos Universidade Federal de Minas Gerais UFMG Faculdade de Letras FALE Oficina de Leitura e Produção de Textos Orientadora: Ana Cristina Fricke Matte Orientanda : Karlla Andrea Leal Cruz Crase A crase é a

Leia mais

Crase é a fusão de duas vogais iguais: A + A. Para marcar sua ocorrência, usamos o acento grave (` ). Casos em que o acento aparece: a + as = às

Crase é a fusão de duas vogais iguais: A + A. Para marcar sua ocorrência, usamos o acento grave (` ). Casos em que o acento aparece: a + as = às Crase Crase é a fusão de duas vogais iguais: A + A. Para marcar sua ocorrência, usamos o acento grave (` ). Casos em que o acento aparece: a + as = às (preposição + artigo) a + aquela(s) = àquela(s) (preposição

Leia mais

CRASE PROFESSOR JAILTON

CRASE PROFESSOR JAILTON CRASE PROFESSOR JAILTON WWW.PROFESSORJAILTON.COM.BR CRASE Fusão --- Mistura Preposição a + artigo a (visita à praia) Preposição a + pronome aquele (superior àquele) Preposição a + demonstrativo a (voz

Leia mais

CRASE. Prof. Samuel KühnK

CRASE. Prof. Samuel KühnK Prof. Samuel KühnK Definição e condições para a ocorrência: CRASE é uma palavra de origem grega que significa fusão, mistura. Em língua portuguesa, é esse o nome da fusão de dois sons idênticos, duas vogais

Leia mais

Crase. Manoel Francisco Guaranha

Crase. Manoel Francisco Guaranha Crase Manoel Francisco Guaranha Crase: fusão da preposição mais: Refiro-me à mulher de azul Artigo feminino a Aquele(s) Refiro-me àquele(s) senhor(es). Refiro-me àquela(s) senhora(s) Aquela(s) Aquilo Refiro-me

Leia mais

quarta-feira, 29 de agosto de

quarta-feira, 29 de agosto de quarta-feira, 29 de agosto de 2012 1 CRASE Conceito: crase é a fusão de a (preposição) + a (artigo). Ex.: Ele vai a + o teatro = Ele vai ao teatro. Ele vai a + a igreja = Ele vai à igreja. Regra prática:

Leia mais

Este, esta, esse ou essa: como usar?

Este, esta, esse ou essa: como usar? Este, esta, esse ou essa: como usar? Respondido por Reinaldo Passadori, do Instituto Passadori Educação Corporativa No mundo da informação é indiscutível que a língua escrita faz toda a diferença no momento

Leia mais

Crase Preposição a + artigo feminino a

Crase Preposição a + artigo feminino a CRASE Crase Preposição a + artigo feminino a Vamos à piscina Quem vai, sempre vai a algum lugar. Piscina é um substantivo feminino antecedido do artigo do mesmo gênero. Portanto, neste caso constitui-se

Leia mais

Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com o acento grave (`). Observe:

Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com o acento grave (`). Observe: CRASE Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com o acento grave (`). Observe: Obedecemos ao regulamento ( a + o ) Não há crase, pois o encontro ocorreu entre

Leia mais

Estudo de Crase Professor Bruno Luiz

Estudo de Crase Professor Bruno Luiz A crase possui uma importância enorme no entendimento do texto. Toda a interpretação de uma informação pode ser alterado com o uso (ou não) da crase. Veja: Exemplo 1: O menino cheira a gasolina. Exemplo

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA CRASE

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA CRASE A CRASE INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA CRASE Dizem que a crase não foi inventada para humilhar ninguém. No entanto, sabemos muito bem que seu uso adequado dá um certo trabalho a todos que escrevemos. O primeiro

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA CRASE

LÍNGUA PORTUGUESA CRASE LÍNGUA PORTUGUESA CRASE Professora Sônia Aparecida de Souza Cotrim Centro de Ensino Médio 02 de Ceilândia www.professorasonia.com.br professorasonia.com.br 1 CRASE = FUSÃO/ MISTURA Fenômeno marcado com

Leia mais

QUERIDO ALUNO! Sumário CRASE... 3 Gabarito... 7

QUERIDO ALUNO! Sumário CRASE... 3 Gabarito... 7 QUERIDO ALUNO! Sumário CRASE... 3 Gabarito... 7 Este é um material de acompanhamento de Aulas Gratuitas transmitidas pelo AlfaCon em seu Canal Oficial no Youtube. Inscreva-se para receber o melhor conteúdo

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Crase

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Crase Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Crase Crase É a fusão da preposição A mais o artigo A; preposição A mais os pronomes demonstrativos A ou AS; ou ainda a preposição A mais as iniciais dos pronomes

Leia mais

Emprego da crase. Cheirar à gasolina (feder a) Cheirar a gasolina (aspirar)

Emprego da crase. Cheirar à gasolina (feder a) Cheirar a gasolina (aspirar) Emprego da crase A palavra crase é de origem grega e significa "fusão", "mistura". Na língua portuguesa, é o nome que se dá à "junção" de duas vogais idênticas. É de grande importância a crase da preposição

Leia mais

Crase. Crase é a fusão de duas vogais idênticas. Deve ser assinalada com o acento grave (`).

Crase. Crase é a fusão de duas vogais idênticas. Deve ser assinalada com o acento grave (`). 1 Crase Crase é a fusão de duas vogais idênticas. Deve ser assinalada com o acento grave (`). Princípios básicos para o emprego da crase: a) Antes de palavra feminina, clara ou subentendida; Dirijo-me

Leia mais

Crase - Emprego e Casos crase acento grave

Crase - Emprego e Casos crase acento grave Crase Crase - Emprego e Casos A crase é uma palavra com origem grega que denota "fusão". O sinal indicador deste fenômeno gramático é o acento grave. A crase ocorre quando a preposição "a" fundese com:

Leia mais

Gramática Eletrônica. Uma dificuldade relacionada com a regência refere-se ao fenômeno da crase. A crase só ocorre quando há a fusão de duas vogais:

Gramática Eletrônica. Uma dificuldade relacionada com a regência refere-se ao fenômeno da crase. A crase só ocorre quando há a fusão de duas vogais: Lição 12 Crase Uma dificuldade relacionada com a regência refere-se ao fenômeno da crase. A crase só ocorre quando há a fusão de duas vogais: a + a = à preposição artigo ou pronome demonstrativo a + aquele

Leia mais

Crase ENTENDENDO O CONCEITO DA CRASE (DE VERDADE) Observe a seguinte frase: "vou ao museu".

Crase ENTENDENDO O CONCEITO DA CRASE (DE VERDADE) Observe a seguinte frase: vou ao museu. Crase Hoje, Monster Guerreiros, nós vamos falar sobre a tal da crase, um assunto bem interessante e legal. Você não acha? (por favor, diga "sim" para eu não ficar sem graça). A crase não tem nada de misterioso

Leia mais

Língua Portuguesa Mara Rúbia

Língua Portuguesa Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Regência nominal é o nome da relação existente entre um nome (substantivo, adjetivo ou advérbio) e os termos regidos por esse nome. Determina se os seus complementos são acompanhados

Leia mais

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL AULA IV

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL AULA IV COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL AULA IV Profª. Helena Damélio Funções da Linguagem Revisão Crase Processo de Comunicação CONTEXTO EMISSOR => MENSAGEM => RECEPTOR CANAL CÓDIGO Portanto - Quem? - O quê? - Para quem?

Leia mais

Língua Portuguesa. Fusão de duas vogais. É representada pelo acento grave ( ` ). Refiro-me àquelas garotas.

Língua Portuguesa. Fusão de duas vogais. É representada pelo acento grave ( ` ). Refiro-me àquelas garotas. Língua Portuguesa Polícia DIREITO Militar SP Prof. Pablo Alex L. Gomes CONSTITUCIONAL Fusão de duas vogais. É representada pelo acento grave ( ` ). Preposição + Artigo A + A = À Irei a cidade. - Irei a

Leia mais

Nivelamento de Português. Crase. Profa. Ivanilda Maria e Silva Bastos 2015

Nivelamento de Português. Crase. Profa. Ivanilda Maria e Silva Bastos 2015 Nivelamento de Português Crase Profa. Ivanilda Maria e Silva Bastos 2015 Crase é: Fusão de uma preposição A com : artigo definido feminino ( a, as): Refiro-me a + a prova de ontem. Refiro-me à prova de

Leia mais

Por. Raphael Hormes Monitor: Bruna Saad

Por. Raphael Hormes Monitor: Bruna Saad Por. Professor: Eduardo Valladares e Raphael Hormes Monitor: Bruna Saad Crase - regras básicas 19/21 jun RESUMO sinalizada com o acento grave I. Regra Geral: Haverá crase quando for possível cumprir os

Leia mais

CRASE 3 EXERCÍCIOS DE TREINAMENTO

CRASE 3 EXERCÍCIOS DE TREINAMENTO SUMÁRIO CRASE 3 EXERCÍCIOS DE TREINAMENTO 9 2 CRASE CRASE é um fenômeno fonético e sintático; fonético, porque simboliza a soma de dois sons iguais (A + A), sintático, porque sua ocorrência depende da

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 14 O uso da crase I

Bárbara da Silva. Português. Aula 14 O uso da crase I Bárbara da Silva Português Aula 14 O uso da crase I A palavra crase é de origem grega e significa "fusão", "mistura". Na língua portuguesa, é o nome que se dá à "junção" de duas vogais idênticas. É de

Leia mais

ACENTUAÇÃO. Crase Crase é a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave.

ACENTUAÇÃO. Crase Crase é a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave. ACENTUAÇÃO Crase Crase é a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave. Fomos à piscina à artigo e preposição Ocorrerá a crase sempre que houver um termo que exija

Leia mais

CURSO DE LÍNGUA PORTUGUESA

CURSO DE LÍNGUA PORTUGUESA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA CURSO DE LÍNGUA PORTUGUESA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

COLÉGIO MONJOLO QUIZ N / 3 BIMESTRE PORTUGUÊS ELIANE Aluno(a): Série:9

COLÉGIO MONJOLO QUIZ N / 3 BIMESTRE PORTUGUÊS ELIANE Aluno(a): Série:9 Data da entrega: 01/09/2017. COLÉGIO MONJOLO QUIZ N 19 2017 / 3 BIMESTRE PORTUGUÊS ELIANE Aluno(a): Série:9 Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com o

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos EMPREGO DO SINAL INDICATIVO DE CRASE Aula 5 1 Ocorre Crase

Leia mais

Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com

Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com TUDO SOBRE CRASE Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com o acento grave (`). Observe: Obedecemos ao regulamento. ( a + o ) Não há crase, pois o encontro

Leia mais

PORTUGUÊS SEM FRESCURA PARA A PM-PE AULA 00 CRASE

PORTUGUÊS SEM FRESCURA PARA A PM-PE AULA 00 CRASE PORTUGUÊS SEM FRESCURA PARA A PM-PE AULA 00 CRASE Apresentação: Se você não dispõe de muito tempo para estudar, deseja um material barato e de excelente qualidade, este curso é ideal para você. O nosso

Leia mais

PORTUGUÊ S SEM FRESCURA AULA 00 PARA A PM-MS

PORTUGUÊ S SEM FRESCURA AULA 00 PARA A PM-MS PORTUGUÊ S SEM FRESCURA PARA A PM-MS AULA 00 CRASE Apresentação: Se você não dispõe de muito tempo para estudar, deseja um material barato e de excelente qualidade, este curso é ideal para você. O nosso

Leia mais

CRASE. NUNCA SE USA CRASE USA-SE CRASE

CRASE.  NUNCA SE USA CRASE USA-SE CRASE CRASE GRAMÁTICA CRASE A crase é um acento grave: A (preposição) + A (artigo) = À. Lembre-se de que a crase está relacionada às questões de regência verbal e nominal, portanto é muito importante relembrar

Leia mais

Crase. Prof. Dr. Alexandre D. S. Feldman

Crase. Prof. Dr. Alexandre D. S. Feldman Crase Prof. Dr. Alexandre D. S. Feldman Vamos estudar a crase sem crise de niervos! Oh, não! Crase!! Nãaooo! Aaaahhh!!! O Grito O grito (1893), obra do norueguês Edvar Munch, é uma das mais importantes

Leia mais

Português Prof.ª Paula Barreto. Aula 7 : Crase

Português Prof.ª Paula Barreto. Aula 7 : Crase Português Prof.ª Paula Barreto Aula 7 : Crase EMENTA PORTUGUÊS 1. Acentuação gráfica. 2. Pontuação. 3. Estrutura e Formação de Palavras. 4. Classes de Palavras. 5. Frase, Oração e Período. 6. Termos da

Leia mais

Crase. A + A = À A + Aquele = Àquele

Crase. A + A = À A + Aquele = Àquele Crase A + A = À A + Aquele = Àquele Explicação etimológica Do grego κρᾶσις (ação de misturar, mistura de elementos que se combinam num todo, temperamento, fusão de sons), adaptado ao latim tardio crásis

Leia mais

Crase. Casos proibitivos

Crase. Casos proibitivos Crase Crase não é acento, e sim superposição de dois as. O primeiro é uma preposição, o segundo, pode ser um artigo definido, um pronome demonstrativo a(as) ou aquele(a/s), e aquilo. O acento que marca

Leia mais

SEDF / CESPE Gramática

SEDF / CESPE Gramática GRAN ONLINE SEDF / CESPE Gramática EMPREGO DO SINAL INDICATIVO DE CRASE Fusão de duas vogais idênticas. Representa-se a crase graficamente por meio do acento grave. -Pediu à mãe que o ajudasse. -Referiu-se

Leia mais

Português. Crase. Professor Carlos Zazmbeli.

Português. Crase. Professor Carlos Zazmbeli. Português Crase Professor Carlos Zazmbeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português CRASE Eles foram à praia no fim de semana (A prep. + A artigo) A aluna à qual me refiro é estudiosa (A prep. + A do pronome

Leia mais

CRASE. Prof. Flaverlei A. Silva

CRASE. Prof. Flaverlei A. Silva CRASE Prof. Flaverlei A. Silva Crase é a fusão da preposição a com o artigo definido feminino a, ou com determinados pronomes iniciados pela vogal a. Na escrita, é marcada pelo acento grave (à). Casos

Leia mais

ÁREA PROIBIDA CRASE. doses mais altas, a ausência de crase no a se deve ao fato de o verbo resistir não exigir preposição.

ÁREA PROIBIDA CRASE. doses mais altas, a ausência de crase no a se deve ao fato de o verbo resistir não exigir preposição. PALAVRA A PALAVRA A Preposição a Artigo a, as Classifique o A A duas empresas foi oferecida a mesma proposta. A pedido dos pais, a criança poderá faltar a todas as aulas A governabilidade começou a existir

Leia mais

MPU Português Crase Eli Castro Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

MPU Português Crase Eli Castro Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. MPU Português Crase Eli Castro 2013 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Crase O uso do acento grave é, às vezes, produto da contração de duas vogais idênticas; em outras,

Leia mais

Como é necessário artigo feminino, só há crase antes de palavra feminina. Regra prática: trocar a palavra feminina por masculina e ver se aparece ao.

Como é necessário artigo feminino, só há crase antes de palavra feminina. Regra prática: trocar a palavra feminina por masculina e ver se aparece ao. CRASE Prof. Daniel Do grego krasis : mistura. É a fusão entre preposição a e artigo a : Fui a a praia = Fui à praia Fui a o mar = Fui ao mar Como é necessário artigo feminino, só há crase antes de palavra

Leia mais

PORTUGUÊS IBFC. Professor Marco Antonio Macarrão

PORTUGUÊS IBFC. Professor Marco Antonio Macarrão PORTUGUÊS IBFC Professor Marco Antonio Macarrão QUESTÃO 01: IBFC COMLURB MÉDIO 2016 Leia o texto abaixo e identifique qual das alternativas apresenta correta aplicação de crase, seguindo a mesma lógica

Leia mais

Como é necessário artigo feminino, só há crase antes de palavra feminina. Regra prática: trocar a palavra feminina por masculina e ver se aparece ao.

Como é necessário artigo feminino, só há crase antes de palavra feminina. Regra prática: trocar a palavra feminina por masculina e ver se aparece ao. CRASE Prof. Daniel Do grego krasis : mistura. É a fusão entre preposição a e artigo a : Fui a a praia = Fui à praia Fui a o mar = Fui ao mar Como é necessário artigo feminino, só há crase antes de palavra

Leia mais

Por. Raphael Hormes Monitor: Bruna Saad

Por. Raphael Hormes Monitor: Bruna Saad Por. Professor: Fernanda Vicente Raphael Hormes Monitor: Bruna Saad Crase - casos particulares 19/21 jun RESUMO Existem casos que merecem bastante atenção em relação ao uso da crase. Vamos conferi-los?

Leia mais

Português. Aula 05. Professor: Ulisses Coelho Blog:

Português. Aula 05. Professor: Ulisses Coelho   Blog: Português Aula 05 Professor: Ulisses Coelho Email: ulisses.1986@hotmail.com Blog: http://entre-palavras-e-acordes.webnode.com/ Pronomes Substantivos: Eu sou professor. Adjetivos: Minha prima chega hoje

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA NOTAS: 1) Vale ressaltar que essa regra se estende às palavras de mesmo valor sintático. PROF. MARCELO BERNARDO MÓDULO 9 CRASE

LÍNGUA PORTUGUESA NOTAS: 1) Vale ressaltar que essa regra se estende às palavras de mesmo valor sintático. PROF. MARCELO BERNARDO MÓDULO 9 CRASE LÍNGUA PORTUGUESA PROF. MARCELO BERNARDO MÓDULO 9 CRASE. Em sentido restrito, o termo crase designa a contração da preposição a (do termo regente) com o artigo a (pl. as) ou com os pronomes demonstrativos

Leia mais

Existem casos difíceis de resolver. sujeito MAS: Havia casos difíceis de resolver. objeto Teve casos difíceis de resolver objeto

Existem casos difíceis de resolver. sujeito MAS: Havia casos difíceis de resolver. objeto Teve casos difíceis de resolver objeto 88 6ª ª UNIDADE: CONCORDÂNCIA / CRASE / REGÊNCIA 6. CONCORDÂNCIA: Problemas mais encontrados 6.1. Quando o do verbo é factual (não humano), há tendência a não efetuar a concordância do com o verbo porque

Leia mais

Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira

Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira 1º CURSO DE REDAÇÃO Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira Programa de Educação Tutorial Ciência, Tecnologia e Inovação Grupo PET- CTI pet-grupocti@ufabc.edu.br CRASE

Leia mais

Crase. Regra Geral. Maria vai a + a festa. Maria vai à festa

Crase. Regra Geral. Maria vai a + a festa. Maria vai à festa Crase Regra Geral prep artigo Maria vai a + a festa Maria vai à festa 1. Em locuções adverbiais de que participam palavras femininas: às vezes à toa à vontade às cegas à tarde / à noite / à beça / às moscas

Leia mais

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada.

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada. PREPOSIÇÃO Ordem Direta da Oração: Sujeito + verbo + Complemento Ex.: Todos gostam de carnaval. Todos gostam carnaval. PREPOSIÇÃO QUEM ALGO ALGUÉM ALGUMA COISA SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO

Leia mais

PORTUGUÊS. aula. Crase II

PORTUGUÊS. aula. Crase II PORTUGUÊS aula Crase II Casos facultativos a) Antes de pronome possessivo feminino (singular): Ela pagou o curso a minha secretária. Ela pagou o curso à minha secretária. Casos facultativos b) Nomes de

Leia mais

PORTUGUÊS OBJETIVO EMPREGO DA CRASE PROFESSOR: MARCIO COELHO. À = ao / Às = aos. 1. Sou contrário métodos adotados. 11. Dirigi-me Senhor Paulo.

PORTUGUÊS OBJETIVO EMPREGO DA CRASE PROFESSOR: MARCIO COELHO. À = ao / Às = aos. 1. Sou contrário métodos adotados. 11. Dirigi-me Senhor Paulo. 1º CASO À = ao / Às = aos Avaliação teórica 01 Na 1ª frase, coloque ao (s), a (s), o (s) Na 2ª frase, coloque a, as, com ou sem acento. 1. Sou contrário métodos adotados. 11. Dirigi-me Senhor Paulo. Sou

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Professor Jailton.

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br Artigo Damos o nome de artigo às palavras o e um (e suas flexões) que se antepõem a um substantivo determinando-o de modo preciso (0 e suas flexões) ou vago (um e flexões),

Leia mais

ARTIGO. PROFESSORES: Karen(PUXA-SAKÚ) CARLOS(HOBBIT) MONITOR: leonardo(du-contra)

ARTIGO. PROFESSORES: Karen(PUXA-SAKÚ) CARLOS(HOBBIT) MONITOR: leonardo(du-contra) ARTIGO PROFESSORES: Karen(PUXA-SAKÚ) CARLOS(HOBBIT) MONITOR: leonardo(du-contra) ARTIGO Artigo é a palavra que precede o substantivo, servindo para classificá-lo quanto ao gênero e ao número. O artigo

Leia mais

CRASE. Queixo-me às rosas, mas que bobagem, as rosas não falam, simplesmente as rosas exalam o perfume que roubam de ti (Cartola)

CRASE. Queixo-me às rosas, mas que bobagem, as rosas não falam, simplesmente as rosas exalam o perfume que roubam de ti (Cartola) CRASE Queixo-me às rosas, mas que bobagem, as rosas não falam, simplesmente as rosas exalam o perfume que roubam de ti (Cartola) 1 Conceito Crase é o fenômeno da contração de dois "as". Na escrita, a fusão

Leia mais

ÁTILA ABIORANA LÍNGUA PORTUGUESA

ÁTILA ABIORANA LÍNGUA PORTUGUESA ÁTILA ABIORANA LÍNGUA PORTUGUESA No que se refere às ideias e aos aspectos linguísticos do texto acima, julgue os itens subsequentes. 1) Não haveria prejuízo à correção gramatical ou alteração o sentido

Leia mais

CRASE. CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`).

CRASE. CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`). CRASE CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`). A crase pode ocorrer entre: 1) Preposição A e os artigos A, AS Há limites a+a tolerância humana

Leia mais

DÉCIMA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco. 1. Definição e condições para a ocorrência.

DÉCIMA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco. 1. Definição e condições para a ocorrência. DÉCIMA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Crase 1. Definição e condições para a ocorrência. 2. Exercícios. 1. Definição e condições para a ocorrência CRASE é uma palavra de origem grega

Leia mais

Colégio Cândido Portinari Professora Anna Frascolla 2010 CRASE

Colégio Cândido Portinari Professora Anna Frascolla 2010 CRASE Colégio Cândido Portinari Professora Anna Frascolla 2010 CRASE 1º caso: Preposição A + artigo feminino A Ela irá à festa. (Ela irá ao parque.) 2º caso: Preposição A + pronome demonstrativo Aquela Fomos

Leia mais

Português. Crase. Professor Arthur Scandelari.

Português. Crase. Professor Arthur Scandelari. Português Crase Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português CRASE PARTE 1 1. (CESPE TCE-PA 2016) O verdadeiro problema é a dificuldade do setor público de adaptar suas despesas

Leia mais

ARTIGOS. Profa Giovana Uggioni Silveira

ARTIGOS. Profa Giovana Uggioni Silveira ARTIGOS Profa Giovana Uggioni Silveira O artigo é um elemento determinante na construção de um sintagma nominal. Seu papel é acessório, funcionando, portanto, como uma palavra adjunta de um nome nuclear

Leia mais

Aula 10 Pronomes: relativos, indefinidos e interrogativos. Professor Guga Valente

Aula 10 Pronomes: relativos, indefinidos e interrogativos. Professor Guga Valente Aula 10 Pronomes: relativos, indefinidos e interrogativos Professor Guga Valente Na frase do escritor brasileiro Monteiro Lobato, a palavra quem é usada em quatro orações e, em cada uma delas, ela faz

Leia mais

Vou a Fortaleza - Voltei de Fortaleza Vou àfortaleza bela - Voltei da Fortaleza bela

Vou a Fortaleza - Voltei de Fortaleza Vou àfortaleza bela - Voltei da Fortaleza bela Todos iriam à reunião. Todos iriam ao encontro. Vou àbahia - Voltei dabahia Vou a Fortaleza - Voltei de Fortaleza Vou àfortaleza bela - Voltei da Fortaleza bela 1-Em locuções prepositivas, adverbiais ou

Leia mais

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui.

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. 4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. Obs.: Na inversão, aparecerá a vírgula se houver predicativo pleonástico. Ex.: Professor, eu já o fui. predicativo: professor.

Leia mais

Crase. Regra geral à = a (preposição) + a (artigo) Termo regente exige preposição a e termo regido exige artigo a.

Crase. Regra geral à = a (preposição) + a (artigo) Termo regente exige preposição a e termo regido exige artigo a. Crase Regra geral à = a (preposição) + a (artigo) Termo regente exige preposição a e termo regido exige artigo a. Dirigiam-se à cidade. artigo a Agradecemos à moça. artigo a Obedeceram às leis. artigo

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

Resoluções de Atividades

Resoluções de Atividades Resoluções de Atividades Sumário Aula 24 Período composto por subordinação I...1 Aula 25 Período composto por subordinação II Período composto misto e reduzido...2 Aula 26 Regência verbal e nominal...

Leia mais

Estudo dos pronomes. Professora: Raysa Ferreira

Estudo dos pronomes. Professora: Raysa Ferreira Estudo dos pronomes Professora: Raysa Ferreira Por que utilizá-los? Os pronomes possuem a função de substituir um nome (substantivo) ou fazer referência a ele, por isso é importante no processo de coesão

Leia mais

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular CRASE. Profª Raquel Sampaio

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular CRASE. Profª Raquel Sampaio PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular CRASE Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA CRASE Profª. Raquel Freitas Sampaio CRASE Nome correto: ACENTO GRAVE INDICATIVO DE CRASE A palavra crase provém do

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21

SUMÁRIO. Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21 SUMÁRIO Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21 1.1. Tipos de texto, 22 1.2. Gênero de texto, 26 1.3. Tipos de discurso, 27 1.3.1. Discurso direto, 27 1.3.2. Discurso indireto, 28 1.3.3. Discurso indireto

Leia mais

CRASE. Professor Guilherme Medeiros Honorato

CRASE. Professor Guilherme Medeiros Honorato CRASE Professor Guilherme Medeiros Honorato Crase Palavra de origem grega que significa fusão. Nos estudos da Língua Portuguesa, é a fusão que se dá à união de duas vogais idênticas. A crase é a junção

Leia mais

4ª edição revista, ampliada e atualizada. Nogueira -Lingua Portuguesa p conc-4ed.indb 3 22/11/ :23:55

4ª edição revista, ampliada e atualizada. Nogueira -Lingua Portuguesa p conc-4ed.indb 3 22/11/ :23:55 4ª edição revista, ampliada e atualizada 2017 Nogueira -Lingua Portuguesa p conc-4ed.indb 3 22/11/2016 17:23:55 543 CRASE SINTAXE CAPÍTULO 8 CRASE SUMÁRIO 1. Introdução 2. Regra geral 3. Casos em que sempre

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PRONOMES PRONOMES INDEFINIDOS Os pronomes indefinidos são palavras que se referem a 3ª pessoa gramatical de modo vago, sem precisão, indeterminado. Alguém telefonou para você. Algumas pessoas tumultuaram

Leia mais

A PARTÍCULA SE pode ser:

A PARTÍCULA SE pode ser: A PARTÍCULA SE pode ser: 1. Pronome reflexivo 2. Pronome recíproco 3. Pronome apassivador 4. Índice de indeterminação do sujeito 5. Parte integrante do verbo 6. Conjunção condicional 7. Palavra expletiva

Leia mais

Análise sintática: Adjuntos e Complemento Nominal

Análise sintática: Adjuntos e Complemento Nominal Análise sintática: Adjuntos e Complemento Nominal ANÁLISE SINTÁTICA Analisar sintaticamente uma oração significa dividi-la em partes e estudar a relação existente entre elas. Dessa forma, torna-se possível

Leia mais

Comentário: Comentário:

Comentário: Comentário: 4 Por iminente, (L.79), entende-se (A) importante. (B) próximo. (C) insigne. (D) conspícuo. (E) impelente. A questão aborda a significação da palavra dentro do contexto, o que tem sido muito frequente

Leia mais

PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO

PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; APOSTO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS OU ADJUNTOS. ORAÇÕES

Leia mais

Lista de exercícios 2ºTRIMESTRE - 8ºA. PROFESSORA: Heloisa Coelho MATÉRIA: Português

Lista de exercícios 2ºTRIMESTRE - 8ºA. PROFESSORA: Heloisa Coelho MATÉRIA: Português Lista de exercícios 2ºTRIMESTRE - 8ºA PROFESSORA: Heloisa Coelho MATÉRIA: Português ALUNO: Nº: CONTEÚDO: Crase. CRASE A crase como a fusão de duas vogais idênticas numa só. Trata-se da junção da preposição

Leia mais

Prof. André Moraes CRASE

Prof. André Moraes CRASE Prof. André Moraes CRASE CRASE = MISTURA DE SONS VOCÁLICOS IDÊNTICOS. A (PREPOSIÇÃO) + A(S) ARTIGO Ex.: Entreguei a caneta à filha de Jonas. A (PREPOSIÇÃO) + A QUAL / AS QUAIS Ex.: Conheço poucas pessoas

Leia mais

Emprego de palavras e expressões

Emprego de palavras e expressões Emprego de palavras e expressões Livro 01 Prof. Eugênio Torres Módulo 02 POR QUE POR QUÊ PORQUE PORQUÊ o Por que- Emprega-se quando equivale a por qual motivo ou a pelo qual. Usado também no início ou

Leia mais

Red. Bernardo Soares

Red. Bernardo Soares Professor: Eduardo Valladares Bernardo Soares Uso da crase: regra geral, casos especiais e exercícios 10 ago RESUMO Você já conhece todas as competências de análise da sua redação do ENEM, não é mesmo?

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu.

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. - Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. COMPLEMENTO NOMINAL É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo. Assim, pode referir-se

Leia mais

EEAR/AFA/EFOMM

EEAR/AFA/EFOMM EEAR/AFA/EFOMM 22-04-2015 MUSTELLA PORTUGUÊS NUMERAL É a palavra que indica a quantidade de elementos ou sua ordem de sucessão. Dependendo do que o numeral indica, ele pode ser: Cardinal: É o numeral que

Leia mais

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário DATA 05/07/2016. DISCIPLINA Português - Gramática. PROFESSOR Ricardo Erse. MONITORA Paula Moura

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário DATA 05/07/2016. DISCIPLINA Português - Gramática. PROFESSOR Ricardo Erse. MONITORA Paula Moura CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário DATA 05/07/2016 DISCIPLINA Português - Gramática PROFESSOR Ricardo Erse MONITORA Paula Moura AULA 03/07 Ementa: Ponto e vírgula (continuação)... 1 Período

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais