As Bem-Aventuranças. Roteiro 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "As Bem-Aventuranças. Roteiro 1"

Transcrição

1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus As Bem-Aventuranças Roteiro 1

2 Objetivo Explicar as bem-aventuranças à luz do entendimento espírita. Roteiro 1

3 Se se perdessem todos os livros sacros da Humanidade, e só se salvasse O SERMÃO DA MONTANHA, nada estaria perdido. MAHATMA GANDHI

4 Bem-aventurados é uma expressão de Jesus que significa os felizes, sob o aspecto espiritual. Do ponto de vista material, porém, está mais relacionada às pessoas que possuem bens, poder ou posição de destaque na sociedade.

5 Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus (Mt 5:3). Reino dos céus planos vibratórios elevados. Pobres pelo espírito. Em grego: tô pneumati (3º caso, dativo). Em latim: spiritu, (6º caso, ablativo). Humildade e simplicidade. Desprendimento dos bens terrenos, por livre e espontânea escolha espiritual.

6 Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus (Mt 5:3). Ninguém abandona algo sem ser por algo melhor. Iluminação interna e sabedoria. Não somos possuidores e sim possuídos. O que importa é saber possuir. Quem serve ao dinheiro é escravo dele e idólatra. Escoras requeridas pelo pequeno ego humano. O Eu divino é forte e seguro pela força do espírito. A diferença entre possuidor e possuído. Quem é desapegado tem o reino dos céus.

7 Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados (Mt 5:4). Aparente paradoxo. Quem são os que choram. A dor é benção depurativa. Porque são bem-aventurados. Quitação!

8 Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados (Mt 5:4). Bem-aventurados os aflitos pode então traduzir-se assim: Bem-aventurados os que têm ocasião de provar sua fé, sua firmeza, sua perseverança e sua submissão à vontade de Deus, pois terão centuplicada a alegria que lhes falta na Terra, porquanto, após o trabalho virá o repouso. KARDEC, Alan. O evangelho segundo o espiritismo. Cap. V, item 18.

9 Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a Terra (Mt 5:5). Mansidão Não significa passividade ou apatia. Desistência de qualquer violência. A violência é recurso dos fracos de espírito. Os animais e o homem. Descobrir em si as potências divinas renúncia definitiva da violência física e mental. O manso é silenciosamente poderoso e os outros são ruidosamente fracos.

10 Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a Terra (Mt 5:5). Herdar a Terra Terra regenerada, habitação dos mansos. O espírito da força tem posse efêmera; a força do espírito, posse definitiva.

11 Bem-aventurados os misericordiosos, porque encontrarão misericórdia (Mt 5:7). Ser misericordioso Compadecer-se da dor do semelhante. Compreender as necessidades de seus semelhantes. Saber perdoar. Não basta dar objetos, é preciso ser bom, dar de si. Dar objetos é amar o semelhante, e ser bom é amar a Deus. Pode-se fazer o bem sem ser bom, mas é impossível ser bom sem fazer o bem.

12 Bem-aventurados os misericordiosos, porque encontrarão misericórdia (Mt 5:7). Receber misericórdia O que se dá para a vida, a vida retorna. A atitude doadora na horizontal cria as condições necessárias para se receber verticalmente. Os misericordiosos receberão misericórdia, não necessariamente dos homens, mas de Deus.

13 Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus (Mt 5:8). Impureza Egoísmo (Ghandi e livros sacros) Demônios do Evangelho, espíritos impuros. Teologia cristã abusos sexuais. Egoísmo é a origem de todos os males. Deus é amor puríssimo, e a egolatria é cegueira mental. Puros libertos do pseudobem interior, o ego. Os puros de coração verão a Deus. Treinamento: querer servir e servir sempre.

14 Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus (Mt 5:9). Pacificar - mais do que restabelecer a paz alheia; estar em paz consigo mesmo. Fora disso, há apenas armistício precário. A verdadeira paz. Dou-vos a minha paz.... Vivenciar o Cristo. O homem desabrido e intolerante não tolera a si mesmo.

15 Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus (Mt 5:9). A plenitude do ser dispensa a abundância do ter. O homem só é verdadeiramente dono do que é. O pacificador irradia paz em torno de si, que dispensa palavras. Deus é a paz eterna, infinita, absoluta. Por isso, aquele que conquistou a paz interior é chamado filho de Deus. A conquista da paz dá-se pela guerra...

16 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus (Mt 5:10). O que é a justiça Atitude justa e reta do homem para com Deus. Porque o justo sofre perseguição. A perseguição nem sempre decorre dos maus. Vós devíeis ser como eu, mas não o sois, e isto é culpa vossa. O homem pouco espiritualizado compara a sua espiritualidade à dos outros. O pigmeu e o gigante; o impuro e o puro. Paulo e Estêvão.

17 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus (Mt 5:10). São bem-aventurados justamente por serem justos. É desses o reino dos céus, porque são puros.

18 Reflexões [...] Vendo a multidão, o Mestre sobe a um monte e começa a ensinar... É imprescindível empenhar as nossas energias, a serviço da educação. Ajudemos o povo a pensar, a crescer e a aprimorarse. Auxiliar a todos para que todos se beneficiem e se elevem, tanto quanto nós desejamos melhoria e prosperidade para nós mesmos, constitui-nos a felicidade real e indiscutível. (continua)

19 Reflexões Ao leste e ao oeste, ao norte e ao sul da nossa individualidade, movimentam-se milhares de criaturas, em posição inferior à nossa. Estendamos os braços, alonguemos o coração e irradiemos entendimento, fraternidade e simpatia, ajudando-as sem condições. Quando o cristão pronuncia as sagradas palavras Pai Nosso, está reconhecendo não somente a Paternidade de Deus, mas aceitando também por sua família a Humanidade inteira. XAVIER, Francisco Cândido. Fonte viva. Pelo Espírito Emmanuel. Cap.104.

20 Atividade Complementar o estudo das bem-aventuranças com os esclarecimentos existentes em O evangelho segundo o espiritismo, capítulos 5 e 7 até 10. Utilizar também como recurso didático o texto do Irmão X, intitulado Versão moderna, o qual consta no livro Cartas e crônicas, psicografia de Francisco Cândido Xavier, capítulo 39, edição FEB.

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM egunda-feira da 10ª Semana do Tempo Comum S 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis.

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Sede felizes! Combatei a miséria e reparti do que é vosso com os outros. Sede pacientes, tolerantes, dialogantes, humildes. Tende esperança no meio da escuridão, aguardando a aurora. Conservai essa vossa

Leia mais

Evangelho. As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12

Evangelho. As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12 Evangelho As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12 12 As Bem Aventuranças 1. Bem Aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus. 2. Bem Aventurados os que choram, porque eles serão consolados.

Leia mais

Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum Sede felizes!

Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum Sede felizes! Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum-2.2.2014 Sede felizes! Combatei a miséria e reparti do que é vosso com os outros. Sede pacientes, tolerantes, dialogantes, humildes. Tende esperança no meio da escuridão,

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo III Ensino por Parábolas A CANDEIA

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo III Ensino por Parábolas A CANDEIA FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo III Ensino por Parábolas A CANDEIA Roteiro 5 Objetivo Interpretar a parábola da candeia

Leia mais

FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA

FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA 1 Deus quer nos tornar sagrados. Ele nos chama para crescer em santidade. Em sua providência, ele nos deu uma maneira de triunfar: a Sociedade de São Vicente de Paulo. 2 A Sociedade

Leia mais

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças)

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) Admonitor 1- Jovem da Maria da Luz Admonitor 2- Jovem da Jovem Bússola- Jovem da Mónica/Fátima ADMONIÇÃO INICIAL

Leia mais

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA)

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) Hoje encontramo-nos aqui reunidos para celebrar a Festa das Bem-Aventuranças. Bem Aventurado quer dizer FELIZ e buscar a vontade de Deus é ser Bem-Aventurado. Eis que Jesus, ao

Leia mais

Roteiro 8 Os discípulos de Jesus

Roteiro 8 Os discípulos de Jesus FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 8 Os discípulos de Jesus Objetivos Identificar as características

Leia mais

O Homem de bem. Roteiro 7

O Homem de bem. Roteiro 7 O Homem de bem Roteiro 7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Objetivos Relacionar

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de Jesus Objetivos Explicar, à luz da Doutrina Espírita, o

Leia mais

AUTA DE SOUZA CUR U S R O S : : N OÇÕES S B ÁS Á I S C I A C S A

AUTA DE SOUZA CUR U S R O S : : N OÇÕES S B ÁS Á I S C I A C S A CURSO: NOÇÕES BÁSICAS DOUTRINA ESPÍRITA EDITORA 1 / 12 Moisés e a 1º Grande Revelação 2 / 12 No Séc. 12 ac.libertou os Hebreus do Egito onde ficaram 500 anos como escravos. Conhecedor de toda a ciências

Leia mais

A Missão de Jesus. guia e modelo da Humanidade. Roteiro 4

A Missão de Jesus. guia e modelo da Humanidade. Roteiro 4 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 4 A Missão de Jesus guia e modelo da Humanidade Objetivos Explicar

Leia mais

Explicar o que caracteriza amor a Deus e amor ao próximo. Apresentar ações que favoreçam o seu desenvolvimento.

Explicar o que caracteriza amor a Deus e amor ao próximo. Apresentar ações que favoreçam o seu desenvolvimento. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Roteiro 2 Explicar o que caracteriza amor

Leia mais

7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA

7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de Jesus Roteiro 7 Objetivo Interpretar, à luz da Doutrina

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as Profecias Objetivos Explicar a sentença do Cristo de que

Leia mais

Coragem na doença. Adriana Pizzutti dos Santos

Coragem na doença. Adriana Pizzutti dos Santos Adriana Pizzutti dos Santos Minha experiência de quase morte! Por que isso comigo? Não era a taturana! dos ro os v i O L spírit E n Alla c e Kard Josué Psicografado em 17.08.12 Mesmo o mais forte e saudável

Leia mais

O amigo importuno. Roteiro 9

O amigo importuno. Roteiro 9 O amigo importuno Roteiro 9 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III - Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo III Ensinos por Parábolas Objetivo Explicar, à

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 23ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS.

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS. ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS MÓDULO 8 O SIGNIFICADO DAS LEIS DE LIBERDADE, RESPONSABILIDADE E CAUSA E EFEITO EM NOSSAS VIDAS O SIGNIFICADO DAS PROVAS E

Leia mais

O Cristo consolador. Roteiro 1

O Cristo consolador. Roteiro 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, O Consolador Prometido por Jesus Módulo I Esperanças e Consolações Roteiro 1 O Cristo consolador Objetivo Explicar

Leia mais

Evangelho. O maior mandamento Mateus 22:34

Evangelho. O maior mandamento Mateus 22:34 Evangelho O maior mandamento Mateus 22:34 :34-40 40 Mateus 22 34 Sabendo os fariseus que Jesus reduzira ao silêncio os saduceus, reuniram-se 35 e um deles, doutor da lei, fez-lhe esta pergunta para pô-lo

Leia mais

Em busca da felicidade

Em busca da felicidade Em busca da felicidade Contribuição de Pr. Sergio Mascarenhas 28 de outubro de 2010 Em busca da felicidade (MT 5:1-12) (1) A felicidade segundo o consenso do mundo, é insana e fantasiosa; já segundo o

Leia mais

Análise. analisa linguisticamente o texto tal e qual como está, no seu presente.

Análise. analisa linguisticamente o texto tal e qual como está, no seu presente. Análise Sincrónica analisa linguisticamente o texto tal e qual como está, no seu presente. Diacrónica analisa o texto na sua evolução, procurando reconstruir o seu processo redaccional. Autógrafos Transmissão

Leia mais

44º MIEP - MOVIMENTO DE INTEGRAÇÃO ESPÍRITA NA PARAÍBA

44º MIEP - MOVIMENTO DE INTEGRAÇÃO ESPÍRITA NA PARAÍBA PROGRAMAÇÃO MIEP 2017 Sábado 25/02/2017 14:30 20:00 05:30 Secretaria do Evento Credenciamento 20:00 20:30 00:30 Salão Emmanuel Abertura do 44º MIEP 20:30 21:30 01:00 Salão Emmanuel Conferência de abertura

Leia mais

A vinda do reino. Roteiro 3

A vinda do reino. Roteiro 3 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III - Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo V Aprendendo com os fatos cotidianos A vinda do reino Roteiro 3 OBJETIVOS Explicar

Leia mais

A CAMINHO DE EMAÚS ROTEIRO 5

A CAMINHO DE EMAÚS ROTEIRO 5 A CAMINHO DE EMAÚS ROTEIRO 5 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo V Aprendendo com Fatos Cotidianos Objetivo Analisar os ensinamentos

Leia mais

JESUS MODELO E GUIA DA FAMÍLIA

JESUS MODELO E GUIA DA FAMÍLIA JESUS MODELO E GUIA DA FAMÍLIA Qual o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem, para lhe servir de guia e modelo? JESUS L.E.Questão 625 Para o homem, JESUS constitui o tipo da perfeição moral

Leia mais

FEB - EADE - Livro III - Módulo I - Roteiro 3 - A pedra angular

FEB - EADE - Livro III - Módulo I - Roteiro 3 - A pedra angular Esclarecer, à luz do Espiritismo, por que o Cristianismo é considerado pedra angular. Realizar análise espírita destas palavras do Cristo: O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar

Leia mais

CEIC Centro Espírita Ildefonso Correia. - Programa de Estudos Sistematizados INSTRUMENTO DA PAZ. Ecos da mensagem inesquecível de Francisco de Assis

CEIC Centro Espírita Ildefonso Correia. - Programa de Estudos Sistematizados INSTRUMENTO DA PAZ. Ecos da mensagem inesquecível de Francisco de Assis 1 CEIC Centro Espírita Ildefonso Correia - Programa de Estudos Sistematizados INSTRUMENTO DA PAZ Ecos da mensagem inesquecível de Francisco de Assis Annibale Carracci, 1560-1609 I - principal: CAMILO (Espírito),

Leia mais

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR PROJETO O CONSOLADOR TEMÁRIO PARA PALESTRAS DO TRIMESTRE JULHO, AGOSTO e SETEMBRO/2016 no HOSPITAL REGIONAL DE SÃO JOSÉ MÊS DE JULHO/2016 Dia 01/07/16 DIFERENTES ESTADOS DA ALMA NA ERRATICIDADE 1) O Evangelho

Leia mais

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este COMO FAZER? A. Empenha-te a encontrar o Senhor. Contempla com os teus olhos a presença de Deus em todas as coisas, e vê que Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da Celebração Eucarística,

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III - Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III - Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III - Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de Jesus OBJETIVO FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro

Leia mais

CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO

CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO 2017 PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - 1 ANO Livro de preparo : Agenda Cristã Chico Xavier Livro de Férias: E a vida Continua...

Leia mais

As epístolas de Paulo (1)

As epístolas de Paulo (1) FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 14 As epístolas de Paulo (1) Objetivos Assinalar características

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo I Metodologia para o Estudo do Evangelho à luz da Doutrina Espírita Roteiro 1 Objetivo

Leia mais

CEIC CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA AS LEIS MORAIS BIBLIOGRAFIA

CEIC CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA AS LEIS MORAIS BIBLIOGRAFIA CEIC CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA AS LEIS MORAIS BIBLIOGRAFIA 01. Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal I Faculdade de penetrar nossos pensamentos Influência oculta Afeição a certas pessoas

Leia mais

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "ELE te declarou, ó homem, o que é bom;

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. ELE te declarou, ó homem, o que é bom; O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "ELE te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR requer de ti, 1 / 6 senão que pratiques a justiça, e ames a

Leia mais

A humanidade regenerada

A humanidade regenerada A humanidade regenerada Roteiro 9 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Objetivos

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus Roteiro 7 Objetivo Fazer uma análise espírita das instruções

Leia mais

Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição.

Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição. Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição. 1º Expectativa de Vida (estamos vivendo mais) 2º Apoio social (significa ter com quem contar em situações problemáticas).

Leia mais

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI O CRISTO CONSOLADOR O JUGO DO CRISTO Vinde a mim todos os que estais cansados sob o peso do vosso fardo e vos darei descanso. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de

Leia mais

A natureza do povo do reino

A natureza do povo do reino A natureza do povo do reino Aqui está a descrição da natureza de um vencedor, alguém que está debaixo do domínio e do governo do Rei; Os nove aspectos da natureza dos filhos do reino são acompanhados da

Leia mais

Área da Mediunidade. Mediunidade Desafios e Possibilidades

Área da Mediunidade. Mediunidade Desafios e Possibilidades Área da Mediunidade ENCONTRO MICRORREGIONAL Fortaleza - CE 02-03/09/2017 Mediunidade Desafios e Possibilidades MEDIUNIDADE COMO FERRAMENTA PARA A BUSCA DE DEUS Mediunidade Qualidade da pessoa que, segundo

Leia mais

O SERMÃO DA MONTANHA

O SERMÃO DA MONTANHA Rodolfo Calligaris O SERMÃO DA MONTANHA à luz da Doutrina Espírita O sermao da montanha 2014.indd 3 28/04/2014 10:55:57 Sumário 1 Bem-aventurados os pobres de espírito......9 2 Bem-aventurados os mansos......11

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico

Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico Propedêutica Bíblica 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico 24* Este é o discípulo que dá testemunho destas coisas e que as escreveu. E nós sabemos bem que o seu testemunho é verdadeiro. 25 Há ainda muitas

Leia mais

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO Aula Conteúdo da Aula Referências 1 TEMA: O CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - Integração Ficha do aluno - preencher e entregar o programa - Objetivos,

Leia mais

- Você pode ficar feliz quando alguém caçoa de vc por estar agindo certo?

- Você pode ficar feliz quando alguém caçoa de vc por estar agindo certo? AULA: As bem-aventuranças DESENVOLVIMENTO: Apresentar cartaz colorido com a bem-aventurança a ser estudada e desenvolver o tema. O Mestre Jesus consola aos que são perseguidos e incompreendidos por crerem

Leia mais

Jesus à luz da visão espírita. CEEFA.2017 Roberto S. Adam

Jesus à luz da visão espírita. CEEFA.2017 Roberto S. Adam Jesus à luz da visão espírita CEEFA.2017 Roberto S. Adam Jesus à luz da visão espírita Site: www.ceefa.org.br Face: www.fb.com/ceefacuritiba _ Estrutura _Definições _Reflexões _ Estrutura _Definições _Reflexões

Leia mais

CEIC Centro Espírita Ildefonso Correia. - Bibliografia Parte 2 INSTRUMENTO DA PAZ. Ecos da mensagem inesquecível de Francisco de Assis

CEIC Centro Espírita Ildefonso Correia. - Bibliografia Parte 2 INSTRUMENTO DA PAZ. Ecos da mensagem inesquecível de Francisco de Assis 1 CEIC Centro Espírita Ildefonso Correia - Parte 2 INSTRUMENTO DA PAZ Ecos da mensagem inesquecível de Francisco de Assis Annibale Carracci, 1560-1609 I - principal: CAMILO (Espírito), TEIXEIRA, J. R.

Leia mais

Objetivos. Destacar a importância e benefícios da prece. Identificar as características da prece.

Objetivos. Destacar a importância e benefícios da prece. Identificar as características da prece. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo III Os vícios e as virtudes Roteiro 5 Objetivos Destacar a importância

Leia mais

Objetivos. Explicar as características de o Consolador Prometido por Jesus, à luz do entendimento espírita.

Objetivos. Explicar as características de o Consolador Prometido por Jesus, à luz do entendimento espírita. Roteiro 1 Objetivos Explicar as características de o Consolador Prometido por Jesus, à luz do entendimento espírita. Esclarecer por que a Doutrina Espírita é entendida como sendo o Consolador. Ideias principais

Leia mais

Sesquicentenário da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo

Sesquicentenário da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo Sesquicentenário da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo Em 2014 comemoramos os 150 anos de lançamento da obra que contém a essência do ensino moral de Jesus e serve de consolo para os adeptos de todas

Leia mais

Roteiro 4 O Espírito imortal

Roteiro 4 O Espírito imortal FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo II A Morte e seus Mistérios Roteiro 4 O Espírito imortal Objetivo Analisar

Leia mais

Capítulo 15 de "O Evangelho Segundo o Esiritismo, de Allan Kardec" - Fora da caridade não há salvação, itens 4 e 5, O MAIOR MANDAMENTO.

Capítulo 15 de O Evangelho Segundo o Esiritismo, de Allan Kardec - Fora da caridade não há salvação, itens 4 e 5, O MAIOR MANDAMENTO. Autor: André Martinez REFLEXÕES ESPÍRITAS: O Maior Mandamento Capítulo 15 de "O Evangelho Segundo o Esiritismo, de Allan Kardec" - Fora da caridade não há salvação, itens 4 e 5, O MAIOR MANDAMENTO. Este

Leia mais

O LEGADO DO CRISTO PROGRAMA DE ESTUDO As lições do Mestre através dos textos de Amélia Rodrigues

O LEGADO DO CRISTO PROGRAMA DE ESTUDO As lições do Mestre através dos textos de Amélia Rodrigues PROGRAMA DE ESTUDO 2017 O LEGADO DO CRISTO As lições do Mestre através dos textos de Amélia Rodrigues Coordenação: Angelo J M Baptista Cristina Andrade e Silva Kleber Lucio v. 08/02/2017 Módulos V a VII

Leia mais

A CURA DA SOGRA DE PEDRO E DOS ENDEMONIADOS

A CURA DA SOGRA DE PEDRO E DOS ENDEMONIADOS FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo IV Aprendendo com as Curas A CURA DA SOGRA DE PEDRO E DOS ENDEMONIADOS Roteiro 3 Objetivo

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

O tesouro e a pérola. Roteiro 7

O tesouro e a pérola. Roteiro 7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo III Ensinos por Parábolas O tesouro e a pérola Roteiro 7 Objetivo Interpretar

Leia mais

Prefácio. Santo Tomás de Aquino. Suma Teológica, II-II, q. 28, a. 4.

Prefácio. Santo Tomás de Aquino. Suma Teológica, II-II, q. 28, a. 4. Prefácio A vida de São Francisco de Assis foi e continua sendo fonte de inspiração para tantos homens e mulheres de boa vontade que, percebendo a beleza que emana do amor, desejam experimentar também a

Leia mais

Mas o fruto do Espírito é amor (Gálatas 5:22)

Mas o fruto do Espírito é amor (Gálatas 5:22) Lição 7 para 18 de fevereiro de 2017 Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. (João 15:1-2)

Leia mais

2 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA

2 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA * Roteiro 2 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo VI Aprendendo com Fatos Extraordinários * Interpretar, à luz do Espiritismo,

Leia mais

Virtudes: conceito e classificação

Virtudes: conceito e classificação Virtudes: conceito e classificação Roteiro 6 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo III Os vícios e as virtudes

Leia mais

Centro Espírita. Fé, Esperança e Caridade. Informes. Vem ai!! Atualmente. Edição Especial de Aniversário. Pag.

Centro Espírita. Fé, Esperança e Caridade. Informes. Vem ai!! Atualmente.  Edição Especial de Aniversário. Pag. Centro Espírita Fé, Esperança e Caridade www.feesperanca.ni.org.br Jul. 2017 Rua Bernardino de Mello, 1579 - Centro - N.I - Tel.: 2668-3070 Edição Especial de Aniversário Informes Reunião deliberativa

Leia mais

Amar como Jesus amou Um dia uma criança me parou Olhou-me nos meus olhos a sorrir Caneta e papel na sua mão Tarefa escolar para cumprir E perguntou no meio de um sorriso O que é preciso para ser feliz?

Leia mais

PRECE X EVANGELHO NO LAR. Apresentação disponível em

PRECE X EVANGELHO NO LAR. Apresentação disponível em PRECE X EVANGELHO NO LAR Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br PRECE A prece é a maneira pela qual as pessoas se comunicam com Deus. PRECE A prece ou oração é um dos modos de nos comunicar-mos

Leia mais

Módulo I AS DUAS ESFERAS DE AÇÃO. Módulo II - A VONTADE SELF E EGO Conceitos O ser essencial (Self) O Ego O mito de Prometeu

Módulo I AS DUAS ESFERAS DE AÇÃO. Módulo II - A VONTADE SELF E EGO Conceitos O ser essencial (Self) O Ego O mito de Prometeu Programa de Estudos: AS POTÊNCIAS DE NOSSA ALMA Baseado na Terceira parte do Livro: O Problema do Ser, do Destino e da Dor, de Leon Denis. Organização: Maria Aparecida Vieira e Karina Greca Módulo I AS

Leia mais

Dia de Todos os Santos

Dia de Todos os Santos 1 «Vinde a Mim, vós todos os que andais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei, diz o Breve comentário: As Bem-aventuranças revelam a realidade misteriosa da vida em Deus, iniciada no Baptismo. Aos olhos

Leia mais

HOMILIA CATEQUEÉ TICA PARA A PAÁ SCOA DE 2016

HOMILIA CATEQUEÉ TICA PARA A PAÁ SCOA DE 2016 HOMILIA CATEQUEÉ TICA PARA A PAÁ SCOA DE 2016 DE S. S. BARTOLOMEU I, ARCEBISPO DE CONSTANTINOPLA-NOVA ROMA E PATRIARCA ECUMEÊ NICO PROTOCOLO Nº 450 BARTOLOMEU PELA MISERICÓRDIA DE DEUS ARCEBISPO DE CONSTANTINOPLA-NOVA

Leia mais

Curso de Teologia de Leigos

Curso de Teologia de Leigos Curso de Teologia de Leigos O MISTÉRIO DA CRIAÇÃO; DEUS MANTÉM E SUSTENTA A CRIAÇÃO; DEUS REALIZA O SEU PROJETO: A DIVINA PROVIDÊNCIA; A DIVINA PROVIDÊNCIA E AS CAUSAS SEGUNDAS; A DIVINA PROVIDÊNCIA E

Leia mais

AUTA DE SOUZA CURSO S N OÇÕES

AUTA DE SOUZA CURSO S N OÇÕES CURSO NOÇÕES BÁSICAS DOUTRINA ESPÍRITA EDITORA 1 / 10 2 / 10 A Melhor Escola Qual a melhor escola de preparação das almas reencarnadas, na terra? A MELHOR ESCOLA AINDA É O LAR, ON A CRIATURA VE RECEBER

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA VINDE A MIM, VÓS QUE ESTAIS AFLITOS E EU VOS ALIVIAREI Mt 11, 28-30 EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 15ª Semana

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA GRÃO DE MOSTARDA- FERMENTO DA MULHER - Mateus 13,31-35 EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Segunda-feira da 17ª Semana do Tempo

Leia mais

Grupos de estudos 2017

Grupos de estudos 2017 Fundamentos ACOLHIMENTO da Doutrina Espírita I Grupos de estudos 2017 Recebe os que vem ao Centro Espírita pela primeira vez. Fundamentos ACOLHIMENTO da Doutrina Espírita I Visão geral Recebe os que vem

Leia mais

Etapas de realização da reunião mediúnica

Etapas de realização da reunião mediúnica FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Etapas de realização da reunião mediúnica Tema 2 O que define o êxito de uma atividade

Leia mais

Estudo do Espiritismo da FEB, na modalidade à distância.

Estudo do Espiritismo da FEB, na modalidade à distância. Estudo do Espiritismo da FEB, na modalidade à distância. O Estudo do Espiritismo da Federação Espírita Brasileira, na modalidade à distância, está com inscrições abertas para os cursos básicos. O período

Leia mais

Palestra 04 Reencarnações dolorosas

Palestra 04 Reencarnações dolorosas Palestra 04 Reencarnações dolorosas Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Reencarnações dolorosas Bem aventurados os que sofrem perseguição por amor a justiça, porque deles

Leia mais

Estes dons são: Sabedoria: comunica-nos o desejo pelas coisas de Deus.

Estes dons são: Sabedoria: comunica-nos o desejo pelas coisas de Deus. Sabedoria: comunica-nos o desejo pelas coisas de Deus. Sabedoria: É o dom de perceber o que favorece e o que prejudica o projeto de Deus. Ele nos fortalece nossa caridade e nos prepara para uma visão plena

Leia mais

Moisés, o mensageiro da primeira revelação

Moisés, o mensageiro da primeira revelação Roteiro 5 Moisés, o mensageiro da primeira revelação FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo I Antecedentes do Cristianismo Objetivos

Leia mais

SUMÁRIO 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017

SUMÁRIO 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017 CURSO DE RESPONSABILIDADE DO DEPARTAMENTO DE ENSINO DO CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES DE CATANDUVA DIRIGENTE NAZIK BAUAB DE ALMEIDA SILVA SUMÁRIO 1ª AULA

Leia mais

A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita

A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita Facilitadora: Mônica Oliveira / Mônica Urbano Data: 22/09/2012 Doutrina = Do latim Doctrina 1 - Conjunto de princípios em que

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo I Antecedentes do Cristianismo

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo I Antecedentes do Cristianismo FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo I Antecedentes do Cristianismo Roteiro 1 Elaborar uma linha histórica da evolução da ideia

Leia mais

Quantos querem uma família feliz? Certamente, todos. Olhemos a felicidade segundo Jesus, nas bem-aventuranças (Mt ).

Quantos querem uma família feliz? Certamente, todos. Olhemos a felicidade segundo Jesus, nas bem-aventuranças (Mt ). FAMÍLIAS BEM-AVENTURADAS Mensagem pregada pelo Pr Luciano R. Peterlevitz, na Igreja Batista Novo Coração, em 14 de maio de 2017. Mateus 5.3-12. INTRODUÇÃO Quantos querem uma família feliz? Certamente,

Leia mais

A CARTA DE TIAGO. Um estudo comparativo das bases da teologia católica e protestante

A CARTA DE TIAGO. Um estudo comparativo das bases da teologia católica e protestante Jörg Garbers Ms. De Teologia 47 8835 5801 jorggarbers@gmail.com www.talmidpalestras.com.br A CARTA DE TIAGO Cap. 3.1-18 Um estudo comparativo das bases da teologia católica e protestante Tiago 3.1-18 Estrutura

Leia mais

Imitação de Cristo: sensibilidade à dor humana!

Imitação de Cristo: sensibilidade à dor humana! Imitação de Cristo: sensibilidade à dor humana! DESTAQUE DO DIA: Queridos filhos, os sinais extraordinários que Meu Filho vos oferece, certamente são obras do Seu poder divino, mas principalmente frutos

Leia mais

Espiritismo. Jörg Garbers, Ms. de Teologia

Espiritismo. Jörg Garbers, Ms. de Teologia Espiritismo Jörg Garbers, Ms. de Teologia Aspectos Históricos As raízes são muito antigas. O racionalismo estragou o ambiente espírita. As irmãs Fox nos EUA e outros reavivaram sob novas perspectivas uma

Leia mais

Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas.

Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. 1 Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo 5 5.3 Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. Você se considera mais crente que seu irmão? Acha que sua fé

Leia mais

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. 5 Introdução A devoção ao Imaculado Coração de Maria é uma das mais belas manifestações

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA INTRODUTÓRIO

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA INTRODUTÓRIO LIVRO DE PREPARO: Sinal Verde André Luiz/Chico Xavier Aula 1 Integração: Promover o acolhimento e a integração dos alunos Apresentar do Programa Aula 2 O que é o Centro Espírita Apresentar o Centro Espírita

Leia mais

Egmon Pereira. 22 de Junho de 2016

Egmon Pereira. 22 de Junho de 2016 Igreja Presbiteriana do Brasil 22 de Junho de 2016 Por que estudar o Sermão do Monte? Por que estudar o Sermão do Monte? 1 - Por se tratar da descrição pessoal do que Jesus Cristo desejava que seus seguidores

Leia mais

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

Conduta, uma manifestação comportamento do indivíduo, esta pode ser boa ou má, dependendo do código moral, ético do grupo onde aquele se encontra.

Conduta, uma manifestação comportamento do indivíduo, esta pode ser boa ou má, dependendo do código moral, ético do grupo onde aquele se encontra. CONDUTA ESPÍRITA CONCEITO DE CONDUTA Conduta, é uma manifestação de comportamento do indivíduo, esta pode ser boa ou má, dependendo do código moral, ético do grupo onde aquele se encontra. CONCEITO DE

Leia mais

LIÇÃO 02: SÓ A GRAÇA O PREÇO DE DEUS. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi,

LIÇÃO 02: SÓ A GRAÇA O PREÇO DE DEUS. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, LIÇÃO 02: SÓ A GRAÇA O PREÇO DE DEUS TEXTO BÁSICO: Marcos 10:48 E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim! INTRODUÇÃO Graça quer

Leia mais

Fundamentos bíblicos comprovando ser a vontade de Deus que seus discípulos exerçam o ministério da capelania:

Fundamentos bíblicos comprovando ser a vontade de Deus que seus discípulos exerçam o ministério da capelania: Fundamentos bíblicos comprovando ser a vontade de Deus que seus discípulos exerçam o ministério da capelania: CAPELANIA EM GERAL: Mateus 25: 31 a 46 CAPELANIA JUDICIAL: em especial o vs. 37 de Mateus 25

Leia mais

Objetivo Interpretar a parábola do bom samaritano, segundo o entendimento espírita.

Objetivo Interpretar a parábola do bom samaritano, segundo o entendimento espírita. Objetivo Interpretar a parábola do bom samaritano, segundo o entendimento espírita. Jerusalém a Jericó: 23 Km Ruínas de Jericó JERUSALÉM Habitada desde o terceiro milênio a. C. Dominada pelos romanos no

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

Consciência E Conveniência. Adriana Pizzutti dos Santos

Consciência E Conveniência. Adriana Pizzutti dos Santos Consciência E Conveniência Adriana Pizzutti dos Santos Como designar a mesma estação de destino a viajantes de cultura, posição e bagagem tão diversas? Estarão distanciados entre si, pela conduta individual,

Leia mais

Consciência. que muda a História

Consciência. que muda a História Consciência que muda a História A consciência da brevidade e fragilidade da vida torna bem mais claro o que de fato importa, transformando nossas intenções em atitudes. Sermão do Monte Altamente desafiador

Leia mais

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA HORA 2010-2011 P = Presidente: Aquele que preside à oração. Qualquer pessoa o pode fazer, desde que tenha gosto e capacidade para tal.

Leia mais