Introdução à Informática

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução à Informática"

Transcrição

1 Introdução à Informática ESCOLA Introdução à Informática 1

2 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo Sumário Introdução à Informática 1 AS GERAÇÕES DE COMPUTADORES CRONOLOGIA DA EVOLUÇÃO DA MICROINFORMÁTICA CONHECENDO O HARDWARE O que é um computador? Tipos de computadores Quanto à forma de utilização Quanto às características de utilização: Quanto ao porte: O computador (pc) básico e seus periféricos O Gabinete do computador As portas (interligando as partes) Proteção do equipamento O que acontece quando ligamos o computador? Dispositivos de entrada e saída Processamento Memórias Armazenamento SISTEMAS NUMÉRICOS Sistema decimal (ou sistema de base 10) Sistema binário (ou sistema de base 2) O que é bit O que é byte Unidades de medidas Sistema octal (ou sistema de base 8) Sistema hexadecimal (ou sistema de base 16) CONVERSÃO DE SISTEMAS NUMÉRICOS (OU CONVERSÃO DE BASES) Sistema decimal para binário (10 2) Sistema binário para decimal (2 10) Sistema decimal para octal (10 8) Sistema octal para decimal (8 10) Sistema decimal para hexadecimal (10 16) Sistema hexadecimal para decimal (16 10) Tipos de softwares Software de sistema operacional (SO) Algumas funções do sistema operacional Tipos de sistemas operacionais O MS-DOS (interface de caracteres) O MS-WINDOWS OS/2 WARP IBM: Fabricado pela IBM MAC/OS: UNIX: LINUX Softwares utilitários Softwares aplicativos Aplicativos de uso específico Aplicativos de uso geral Linguagem de programação Vírus de computador BIBLIOGRAFIA

3 Introdução à Informática 1 AS GERAÇÕES DE COMPUTADORES A partir do momento que surgiram os primeiros computadores na acepção popular da palavra, divide-se a história dos computadores em cinco gerações distintas. O pulo para a geração seguinte se dá com o advento de um nova tecnologia que possibilita grandes avanços do poder de cálculo ou descobertas que modificam a base de um computador. Os computadores da primeira geração serão analisados em separado, visto que cada novo modelo apresentava diferenças substanciais. Da segunda geração em diante, serão analisadas características gerais dos computadores, já que eles eram muitos e observá-los em separado renderia várias páginas. Embora existam diferenças e discordâncias quanto às datas das gerações de computadores, será usada aqui aquela mais amplamente aceita. (1ª GERAÇÃO): TECNOLOGIA DE VÁLVULAS ( ) MARK I Numa parceria da IBM com a marinha Norte-Americana, o Mark I era totalmente eletromecânico: ele tinha cerca de 17 metros de comprimento por 2 metros e meio de altura e uma massa de cerca de 5 toneladas. O Mark I continha nada menos que partes unidas por aproximadamente 80 km de fios. Ele foi o primeiro computador totalmente automático a ser usado para fins bélicos ENIAC A segunda Grande Guerra estava no seu auge e a demanda por computadores cada vez mais rápidas vinha crescendo. Os britânicos criavam a menos famosa Colossus para decifrar os códigos nazistas e os americanos apresentavam o ENIAC (Eletronic Numerical Integrator and Calculator). O modelo utilizava válvulas eletrônicas e os números eram manipulados na forma decimal. Apesar da alta velocidade para a época, era extremamente difícil mudar as instruções contidas dentro do computador, já que a programação era feita por meio de válvulas e fios que eram trocados de posição de acordo com o que se desejava. A demora ainda era maior porque o computador utilizava o sistema decimal. 3

4 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo Eniac (Americano) Colossus (Inglês) O sucessor do ENIAC O EDVAC (Electronic Discrete Variable Computer), apesar de ser mais moderno, não diminuiu de tamanho e ocupava 100% do espaço que o ENIAC ocupava. Todavia, ele era dotado de cem vezes mais memória interna que o ENIAC - um grande salto para a época. As instruções já não eram passadas ao computador por meio de fios ou válvulas: elas ficavam em um dispositivo eletrônico denominado linha de retardo. Esse dispositivo era um tubo contendo vários cristais que refletiam pulsos eletrônicos para frente e para trás muito lentamente. Um outro grande avanço do EDVAC foi o abandono do modelo decimal e a utilização dos códigos binários, reduzindo drasticamente o número de válvulas. Seus criadores, Mauchly e Eckert, começaram a trabalhar neste modelo logo após o lançamento do ENIAC UNIVAC I Baseado na revolucionária teoria de Von Neumann (pensada por ele a partir do funcionamento do EDVAC), o UNIVAC I (Universal Automatic Computer) era bem menor que seus predecessores. Tinha apenas vinte metros quadrados e um massa de cerca de cinco toneladas. O computador recebia as instruções de cartões magnéticos e não mais de cartões perfurados. Foram construídas nos anos seguintes máquinas muito semelhantes, como o MANIAC-I (Mathematical Analyser Numerator, Integrator and Computer), MANIAC-II e o UNICAC-II. Foram produzidas quinze unidades do UNIVAC I e ele foi o primeiro computador comercial da história. 4

5 Introdução à Informática IBM 650 O computador IBM 650 foi disponibilizado publicamente nos USA pela IBM em Dezembro de Media 1,5 m X 0,9 m X 1,8 m e tinha uma massa de 892 Kg. O IBM 650 era indicado para resolver problemas comerciais e científicos. A empresa projetou a venda de 50 exemplares do computador (mais do que todos os computadores do mundo juntos) - o que foi considerado um exagero. Apesar do pessimismo, em 1958, duas mil unidades do IBM 650 estavam espalhadas pelo mundo. O IBM 650 era capaz de fazer em um segundo somas e 100 multiplicações de números de dez dígitos. (2ª GERAÇÃO): A UTILIZAÇÃO DO TRANSISTOR ( ) Em 1952 surgiu um novo componente que apresentava inúmeras vantagens em relação às antigas válvulas: ele tinha características como menor aquecimento, maior poder de cálculo e confiabilidade e um consumo de energia bem menor - com o adicional de que não necessitava de tempo para aquecer. A Bell Laboratories inventava o transistor. Os cálculos passaram a ser medidos de segundos para microssegundos. As linguagens utilizadas para esses computadores eram normalmente a FORTRAN, COBOL ou ALGOL. A partir desse momento, devido à maior facilidade e praticidade do transistor, muito modelos de computador surgiram. O primeiro modelo de computado 100% transistorizado foi o TRADIC, da Bell Laboratories. Outro modelo dessa época era o IBM 1401, com uma capacidade memória base de bytes operando em ciclos de memória de 12 microsegundos. A instalação de um IBM 1401 ocupava uma sala e o tamanho dos computadores ainda era bastante grande. IBM1401 5

6 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo TRADIC Existiam também outros modelos, como o sofisticado IBM O IBM TX-0, de 1958, tinha um monitor de vídeo de alta qualidade, além de ser rápido e relativamente pequeno. IBM7094 Um outro modelo de computador virou mania no MIT era o PDP-1: alunos utilizavam o computador para jogar Rato-no- Labirinto e Spacewar utilizando o auxílio de uma caneta óptica e um joystick. No entanto, os elevados custos destas máquinas restringiam sua utilização a aplicações estratégicas do governo, grandes empresas e universidades. PDP-1 6

7 Introdução à Informática (3ª GERAÇÃO): OS CIRCUITOS INTEGRADOS ( ) A terceira geração inicia-se com a introdução dos circuitos integrados (transistores, resistores, diodos e outras variações de componentes eletrônicos miniaturizados e montados sobre um único chip) aos computadores. Em 1960, a IBM lança o IBM/360, cuja série marcou uma nova tendência na construção de computadores com o uso de CI (circuito integrado), ou pastilhas, que ficaram conhecidas como Chips. Esses chips incorporavam, numa única peça de dimensões reduzidas, várias dezenas de transistores já interligados, formando circuitos eletrônicos complexos. IBM-360 Após o surgimento desses circuitos, no final da década de 50, eles foram aprimorando-se até chegar ao estágio de adaptação aos computadores. Os custo de produção de um computador começavam a cair, atingindo uma faixa de mercado que abrangia empresas de médio porte, centros de pesquisa e universidades menores. Uma nova linguagem foi desenvolvida pelo Grupo de Cambridge: a CPL. O Burroughs B-2500 foi um dos primeiros modelos dessa geração. O PDP-5, produzido pela DEC, foi o primeiro minicomputador comercial e o INTEL 4004 o primeiro microprocessador (circuito integrado que contém todos os elementos de um computador num único local). Eram alguns de seus componentes a unidade calculadora e a memória. Além disso, diversos modelos e estilos foram sendo lançados nessa época: IBM-PC, Lotus 1-2-3, Sinclair ZX81/ZX Spectrum, Osborne1 e os famosos IBM PC/XT. O PC/XT usava o sistema operacional PC/MS-DOS, uma versão do MS-DOS desenvolvida para a IBM pela Microsoft. PC-XT 4ª GERAÇÃO): CIRCUITOS DE LARGA ESCALA ( ) Ainda mais avançados que os circuitos integrados, eram os circuitos de larga escala (LSI - mil transistores por chip ) e larguíssima escala (VLSI - cem mil transistores por chip ). O uso desses circuitos na construção de processadores representou outro salto na história dos computadores. As linguagens mais utilizadas eram a PROLOG, FP, UNIX e o início da utilização da linguagem C. Logo em 1981 nasce o PC286 utilizando slots ISA de 16 bits e memórias de 30 pinos. Quatro anos mais tarde era a vez do PC386, ainda usando memórias de 30 pinos mas com maior velocidade de processamento. Ao contrário do PC286, era possível rodar o Windows 3.11 no 386. Introduziu-se no mercado as placas VGA e suporte a 256 cores. Em 1989, eram lançados os primeiros PC486-DX: eles vinham com memórias de 72 pinos (muito mais rápidas que as antigas de 30 pinos) e possuíam slots PCI de 32 bits - o que representava o dobro da velocidade dos slots ISA. Os três últimos computadores citados popularizaram tanto o uso dessas máquinas que foi cunhado o conceito de PC, ou Personal Computer (Computador Pessoal em português). 7

8 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo Pentium I Pentium II Pentium III Pentium IV Processadores (5ª GERAÇÃO): ULTRA LARGE SCALE INTEGRATION ( FUTURO) Basicamente são os computadores mais modernos. Ampliou-se drasticamente a capacidade de processamento de dados, armazenamento e taxas de transferência. Também é nessa época que os processos de miniaturização são iniciados, diminuindo o tamanho e aumentando a velocidade dos agora populares PC s. O conceito de processamento está partindo para os processadores paralelos, ou seja, a execução de muitas operações simultaneamente pelas máquinas. Crescimento e evolução das redes de computadores. Surge o primeiro processador Pentium em 1993, dotado de memórias de 108 pinos, ou DIMM. Depois vem o Pentium II, o Pentium III e mais recentemente o Pentium IV (sem contar os modelos similares da concorrente AMD). Nesse meio tempo iam surgindo o slot AGP de 64 bits, memórias com mais pinos e maior velocidade, HD s cada vez mais rápidos e com maior capacidade, etc. Os chips vêm diminuindo tanto de tamanho, fazendo com que seja possível a criação de computadores cada vez menores, como é o caso da microminiaturização do microprocessador F-100, que mede somente 0,6 cm quadrados e é pequeno o suficiente para passar pelo buraco de uma agulha! Os especialistas são unânimes em dizer que o futuro da Informática depende fortemente da expansão da Internet, e do desenvolvimento de máquinas cada vez menores, cada vez mais potentes, e cada vez mais baratas. O uso de fibras óticas e de satélites para acessar a Internet será cada vez mais comum, eventualmente dispensando as ligações telefônicas. A implementação de redes de satélites (200 ou mais) cobrindo todo o planeta, com o Iridium e o Teledesic, facilitará em muito as telecomunicações virtuais de qualquer ponto. As velocidades de transmissão serão 200 a 300 vezes maiores do que hoje, e permitirão a transmissão de programas de radio e TV, videoconferências, etc., através da Internet. Os softwares também ficarão cada vez mais sofisticados, e algumas características da Inteligência Artificial, como o reconhecimento automático de voz, a tradução automática, etc. serão comuns no futuro, em computadores pessoais. 8

9 Introdução à Informática 2 CRONOLOGIA DA EVOLUÇÃO DA MICROINFORMÁTICA A partir da década de 70 que começa a história da Microinformática A Intel lança o microprocessador Intel 4004, o qual era um único chip com todas as partes básicas de um processador central. Esse processador era a CPU (Sigla inglesa para Central Processing Unit - Unidade Central de Processamento. É a parte do computador que controla todas as suas funções fundamentais, responsável pelo processamento e execução dos dados inseridos) de um computador de 4 bits. Sendo desenvolvido para máquinas calculadoras Os disquetes de 5 1/4 aparecem pela primeira vez O processador Intel 8080, um descendente dos 4004, foi então desenvolvido. A Empresa Radio Eletronic lança o Mark-8, que utilizava o processador Intel 8008 com 256 de memória RAM (Sigla inglesa para Random Access Memory. É um dos dois tipos básicos de memória. RAM é a memória que pode ser alterada pelo operador do equipamento. A memória RAM também é chamada, em inglês, Read/Write Memory). Foi introduzido em julho de 1974, sendo produzidas em torno de 1000 a 2000 unidades, considerado como o primeiro computador pessoal realmente a ser comercializado. Microcomputador Mark-8 Brian Kernighan e Dennis Ritchie desenvolvem a linguagem C. Ed Roberts, do MITS (Micro Instrumentation and Telemetry Systems) em Albuquerque - Novo México- EUA, constrói um microcomputador chamado ALTAIR 8800 (o nome Altair se deve a uma estrela, pois consideravam o lançamento da máquina um evento estelar ). Foi o primeiro microcomputador baseado na CPU Intel 8080, com 256 bytes de memória RAM. O ALTAIR tornou-se o maior sucesso, marcando o início de uma indústria multibilionária, pois Roberts esperava vender uns oitocentos ALTAIR por ano e acabou tendo dificuldades para satisfazer pedidos! 1975 Paul Allen e Bill Gates Altair 8800 Os estudantes William (Bill) Gates e Paul Allen criam o primeiro software para microcomputador, o qual era uma adaptação do BASIC (Beginners All-Purpose Symbolic Instruction Code, ou Código de Instruções Simbólicas para todos os Propósitos dos Principiantes ) para o ALTAIR Anos mais tarde, Gates e Allen fundaram a Microsoft, uma das mais bem sucedidas companhias de software para microcomputadores. 9

10 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo Em 01 de abril de 1976, Steve Jobs e Steve Wozniak desenvolveram o Micro Apple I, no porão de suas casas. Embora tenha sido um fracasso, seu sucessor se tornou o primeiro computador popular residencial. Steve Wozniak tinha na época 26 anos, e era funcionário da HP (Hewlett Packard), onde exercia a função de projetista de calculadoras. Tentou vender seu projeto à HP que o rejeitou. Woznialk abandonou a empresa e começou a trabalhar com o colega de escola, Steve Jobs. Nasce então a Apple Computer Corp. em Palo Alto/California-EUA Apple I A marca comercial Microsoft é registrada O Apple II se torna um sucesso no mercado de microcomputadores, passa a ter monitor e teclado, junto com 16 Kb de memória RAM e 16 Kb de Memória ROM. O Apple Computer Corp. muda-se para Cupertino/California-EUA, fazendo um sucesso atrás do outro, inovando com disquetes para o Apple II. Veja abaixo a família de micros Apple II: 1978 Apple II c Apple II e Apple II gs Apple III Neste meio tempo em que a IBM ainda não havia se decidido a entrar no mercado dos microcomputadores pessoais, a Apple lança diversos periféricos para seu Apple II, como pranchetas gráficas, impressoras e outras centenas de produtos. E o mercado de software cresce assustadoramente, tornando o Apple II um dos micro com mais Softwares produzidos até hoje. A microsoft começa a desenvolver o BASIC para processador Intel

11 Introdução à Informática O primeiro Software de Aplicação de Microcomputador popular foi lançado, tratava-se do processador de textos WordStar, seguido do dbase, para administração de dados e o Visicalc para planilhas eletrônicas de cálculo. Estes foram os primeiros programas principais de interesse aos não programadores Editor de textos Banco de dados Tela do Visicalc Um capítulo importante da história da informática ocorre quando a IBM vê a necessidade de criar um microcomputador. A empresa chamou um executivo da companhia, o administrador de laboratório Bill Lowe, que aceitou o desafio. A IBM tinha muita pressa, pois a indústria de micros crescia muito, e eles corriam um sério risco de não vir a dominá-la, se não fosse algo feito em um ano. Naquela época qualquer projeto na IBM demorava em média quatro anos para ser feito. O presidente da empresa, apoiou a idéia e Bill Lowe para construir um microcomputador em um ano, contrariando toda a direção. Dentre as idéias apresentadas por Bill Lowe, uma era singular, pois seria utilizada a open arquitetura (arquitetura aberta), sem software e tecnologia, apenas serviço de vendas e assistência técnica. Para poder funcionar, o The floridian Project (como era conhecido o projeto do Personal Computer da IBM) necessitaria de dois sofwtares: linguagem de computador e Sistema Operacional. A IBM procura a Microsoft de Bill Gates, que era então a maior empresa distribuidora de linguagem para a indústria de microcomputadores, mas não tinha um (SO) Sistema Operacional1. Então por meio de Paul Allen, a Microsoft contatou a Seattle Computer Product, que havia criado um SO, chamado de QDOS, desenvolvido por Tim Petterson, e comprou-o por US$ 50, o direito sobre o QDOS, licenciado-o por US$ por PC. A Seagate Technology desenvolveu o primeiro Hard Disk Drive para microcomputadores. A Philips e a Sony criam o padrão CD-Áudio para armazenamento em disco óptico de áudio digital A Sony Eletronics lança a unidade leitora de disco e o Disco Flexível de 3 1/2. A Motorola desenvolveu sua Microprocessador de 16 Bits que, quatro anos mais tarde apareceria no competidor mais importante do IBM PC a Apple. 11

12 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo A Microsoft compra todos os direitos do DOS de Seattle Computer Products e adota o nome de MS-DOS Finalmente, em 1981, a IBM resolve entrar no mercado de microcomputadores com o IBM-PC, baseado no Intel 8088, correndo a 4.77 mhz e com um disquete com capacidade de armazenamento de 160 Kbytes. Diante deste lançamento, todos os empresários a indústria de Softwares estavam atentos, pois nascia um computador com um nome de grande peso no mundo. A IBM já tinha um nome no mercado dos grandes computadores e isso fez com que o IBM PC se tornasse o computador mais vendido, entre as muitas marcas de computadores que existiam na altura e que eram incompatíveis entre si. Este grande sucesso do IBM PC criou o standard e arrastou consigo (também para o sucesso) a Intel e a Microsoft. A Intel tornou-se famosa pelos microprocessadores da família 80x86 (8086/8088, 80186/80188, 80286, 80386(i386), i486, Pentium, Pentium Pro, Pentium MMX, Pentium II, Pentium III, Pentium IV...). A Microsoft pelo sistema operacional DOS (MS-DOS ou Microsoft Disk Operationg System). Em 1990 a Microsoft vendeu 12 milhões de cópias do DOS. Mais 2 milhões do que o record de vendas do melhor álbum musical de Embora o DOS custasse 10 vezes mais. Surge o padrão Hércules Display Adapter, também conhecido como Hércules para monitores de vídeo, exibindo até quatro cores com uma resolução de 720 X 348 pixels. Lançado o CD-ROM para uso doméstico A Lotus Development anuncia o Lotus É lançado pela Intel o processador (PC286) que poderia ter até 16 Mbytes de memória RAM. A Compaq anuncia, em novembro de 1982, o portátil (pesava em torno de 11 Kgs) Compaq Portable, compatível com o PC da IBM, que em seu primeiro ano vendeu mais de unidades. Compac Portable Em 1983, um computador lançado pela Apple, o Lisa, traz um estranho dispositivo para época, o Mouse. O primeiro computador pessoal com interface gráfica foi desenvolvido pela Apple Nesta época foi ampliada a capacidade dos disquetes para 360Kb. Aparecem os primeiros discos rígidos para os microcomputadores, conhecidos como Winchesters2 Microsoft lança o editor de textos Word for MS-DOS. 12

13 Introdução à Informática 1984 O diskette de 3 ½, ou microfloppy, foi amplamente aceito. A IBM divulgou seu o PC-AT, várias vezes mais rápido que o PC original e baseado na plataforma Intel , tornou-se um sucesso devido a sua ótima performance e grande capacidade de armazenamento, incluindo neste pacote o padrão EGA (Enhanced Graphics Adapter), exibindo até 16 cores com resolução superior a 640 X 350 pixels e o teclado de 84 teclas. A Apple lança o primeiro Macintosh3. Este computador, usava uma interface mais amigável com o usuário, conhecida por GUI (Guide User Interface), tecnologia desenvolvida pela Xerox. E a Apple continuava em disparado na frente da IBM. O seu Macintosh era muito mais avançado do que o AT da IBM. O Mac tinha uma resolução gráfica muito maior, trabalhava com sons digitalizados, muito mais rápido e mais fácil de usar. A interface gráfica não necessitava de conhecimentos de computês por parte do usuário, permitindo, assim, que fosse amplamente adotado por pessoas que nunca tinham visto um microcomputador na vida - o processo de aprendizado era muito mais rápido. E isto fez o sucesso do Macintosh: um microcomputador que qualquer um aprendia facilmente como operar por causa da sua interface gráfica com o usuário. A Silicon Graphics começa a criar suas primeiras estações de trabalho com gráficos em 3D. A Hewlett-Packard lança a impressora a laser Laserjet. Macintosh Intel lança o chip 386 com 275 mil transistores. Lançados programas conhecidos por Desktop Publisher, que possibilitavam às pessoas fazerem páginas de publicações profissionais, o mais conhecido DTP foi Page Maker, que salvou o Macintosh provavelmente da extinção. Surge o teclado de 101 teclas. A IBM e a MIPS desenvolveram as primeiras estações de trabalho PC/RT e R2000 baseadas em RISC. A Compaq desbancou a IBM no mercado quando anunciou o Deskpro 386, o primeiro computador no mercado a usar o novo processador Intel 386. Os discos de 3 ½ polegadas (três polegadas e meia), então introduzidos para o Micintosh, estavam sendo populares. A microsoft se utiliza deles na nova versão o DOS para PCs. O Macintosh II, foi lançado, baseado no Motorola 68020, com 1 MB Ram e um disco rígido, Foi o primeiro Mac Profissional sério, com um monitor colorido com um componente separado. Surge o padrão VGA (Video Graphics array) para monitores de vídeo, com 16 cores atingiu a resolução de 640 X 480 pixels, e em 256 cores atingiu a resolução de 320 X 200 pixels. A Aldus desenvolveu CD- ROMs para versão IBMs e computadores compatíveis. A Microsoft cria o Microsoft Bookshelf, o primeiro aplicativo em CD-ROM O Macintosh II adquiriu uma versão aperfeiçoada de CPU, o Motorola Também veio com o co-processador matemático com 4 MB de memória RAM. A Hewlett-Packard lança a impressora Jato de Tinta HP Deskjet Mac Portable Intel lança o chip com 1,2 milhão de transistores e 20 Mips. Disquetes DSHD de 5 ¼ (Double Side High Density), que têm dois lados, de alta densidade e capacidade de armazenamento de 1,2 MB. Havia um grande crescimento do (Eletronic Mail) Correio Eletrônico) como uma forma de comunicação entre usuários e diferentes computadores. Vários modelos Macintosh debutaram, notavelmente o Mac Portable, com um Motorola de 16mHz, 4 MB de memória RAM e um monitor LCD (Liquid Crital Display) com exibição monocromática. 13

14 1990 A Microsoft anunciou o Windows 3.0, compatível com o DOS, a primeira versão do Windows oferecia satisfação e performance aos usuários de PC. Vendedores de Software começaram a escrever versões dos programas para o MS-Windows. Surgimento dos Palmtops. PalmTop Surge os padrões XGA (Extended Graphics Array) e SVGA (SuperVGA) para monitores de vídeo com 16 milhões de cores com resoluções superiores a 1024 X 768 pixels A Hewlett-Packard lança seu primeiro scanner de imagem colorido, o HP Scanjet IIc. A Microsoft lança o MS-DOS 5.0, com algumas melhorias em relação às versões anteriores, como editor de texto em tela cheia, apoio para mais dois discos rígidos, comandos que desfazer certas ações vitais da máquina. A Microsoft e outras empresas anunciam o padrão Multimédia para PCs. A Creative Labs lança a Sound Blaster Pro Deluxe, a primeira placa de som estéreo para PCs. Surgimento do Linux, versão aperfeiçoado do sistema Unix. A Apple lança o Macintosh PowerBooks, um Notebook que oferecia disco rígido embutido e fax/modem. Também é lançado o Macintosh Quadra e o Macintosh Centris, máquinas de alto desempenho baseado no processador Motorola Msc PowerBook Mac Quadra Mac Centris 1992 A Microsoft lança o Windows 3.1 A especificação de cartão PCMCIA v2.0 é lançada. Os vírus se espalham pelo mundo, em 1988 havia cinco vírus conhecidos. Em 1992 já havia mais de mil. Hoje, sabe-se lá...

15 A Intel lança o processador Pentium. Chamado de em versões betas, mas resolve mudar o nome para que fosse marca registrada. Capaz de processar até 100 milhões de instruções por segundo. A Compaq Computer, Intel, Microsoft, e Phoenix Technologies definem a especificação Plug and Play para PCs. A Pinnacle Micro lança a unidade de CD-ROM gravável. A marca Windows é registrada pela Microsoft. Em 1994 foi apresentado o PowerPC, com tecnologia híbrida da IBM e da Apple. A IBM lançou o Sistema Operacional OS/2 Warp, para competir com o Windows. Ofereceu uma interface amigável ao usuário, multitarefa e acesso fácil à Internet. Aparecimento da primeira impressora jato de tinta, que usava cartuchos mais simples e folhas comuns, a Stylus Color da Epson. A Microsoft lança o Windows 95 e o Office Surge um padrão unificado para a tecnologia DVD (Digital Versatile Disk). Surge o Pentium Pro, dando origem a família de processadores P6. Estes processadores possuíam um segundo cache para as memórias de alta velocidade e que faziam a performance geral obter ótimos índices de velocidade, com 5.5 milhões de processadores em sua pastilha e capaz de executar mais de 300 milhões de instruções por segundo (MIPS), o processador Pentium Pro continuou a ser a melhor escolha entre os processadores, devido a sua alta performance. O Netscape se tornou a ferramenta de navegação para o PC e usuários de Mac de acesso à Internet, oferecendo carregamento rápido de dados, facilidades para lançar aplicações externa e para enviar s. A Microsoft lança o Windows NT 4.0 e o Office Lançamento do Gravador de CDs. Lançado pela IBM o OS/2 Warp Server 4, oferecendo gerenciamento de recursos de redes.

16 1997 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo A Intel lança em janeiro o Pentium MMX com velocidade de 166MHz e em maio o Pentium II,com velocidade de 233 MHz, com 7,5 milhões de transistores, 400 Mips. A Cyrix lança o processador 6x86MX PR233, para competir com os Intel Pentium MMX e Intel Pentium II. A AMD, outra antiga concorrente a Intel, lança o processador AMD K6, também para competir com o Intel Pentium II, aumentando desta forma a briga por importantes fatias do mercado ainda lideradas pela Intel. A Apple Computer lança o MAc OS 8.0. A Microsoft cria o Windows98. Surgimento do imac com desenho e visual diferente Lançado o processador Intel Pentium III que oferece alta performance à 450 e 500 MHz, desenvolvido para proporcionar alto rendimento nas aplicações em multimídia, com movimentação de imagens em tela cheia, apresentações gráficas de alta qualidade e com maior realismo e aprimoramento no processamento de imagens e programas que dão acesso a Internet e foram incluídos 70 novas instruções avançadas que incluem plataformas 3D, reprodução de áudio e vídeo e reconhecimento de voz. A Sun lança o StarOffice para concorrer com o Pacote Office da Microsoft. Surgimento dos arquivos MP3, cujo tamanho é doze vezes menor que o formato WAV Lançamento do Pentium IV. O Sistema Operacional Linux se consolida como uma alternativa para o Windows. A Justiça Americana deu ganho de causa a favor do Departamento de justiça no processo contra a prática de Cartel. Chega a milhões o número de computadores pessoais em todo mundo. Surge a tecnologia de compartilhamento de arquivos com o Napster. Lançado pela SUN o pacote de aplicativos de escritório OpenOffice (software livre), de graça, como uma alternativa barata para o Pacote Office da Microsoft A Microsoft lança o Windows XP, o sucessor do Windows 2000 e Millenium, que vem com segurança contra cópias piratas. IBM prepara-se para o lançamento de sua primeira máquina baseada no Microchip Itanium da Intel. Estados Unidos compra supercomputador da IBM para rastrear velhos satélites e outros objetos que circulam ao redor da órbita terrestre, inclusive OVnis. Lançado pela Apple o ipod (tocador de música digital). Na prática, o ipod é um computador de bolso, com CPU, RAM e HD, que pode ser atualizado para incorporar novas funções. 16

17 2002 Introdução à Informática Descobertas várias falhas no Office XP e Internet Explorer. Os fabricantes de microprocessadores Intel e AMD reduzem os preços de seus chips, para aumentar a demanda no mercado. Lançamento do Tablet PC, equipamento idealizado por Bill Gates, com principais recursos dos PCs e dos Palmtops, vem com teclado, interface de voz e caneta para inserção de dados A Epson e a Kodak lançam novas impressoras que se conectam direto à câmera digital via cabo USB. No Brasil o Linux para desktop começa a ganhar força, sendo o primeiro país a ter certificado digital do Linux. O Governo Federal coloca como prioridade a mudança de toda máquina administrativa para o software livre, sistemas e aplicativos de distribuição gratuita e de código aberto, economizando milhões em licenças de software proprietário, principalmente com a Microsoft. (Footnotes) 1 Programa dos mais importantes, pois possibilita a comunicação entre Homem e Máquina e vice-versa. 2 Homenagem dada às armas Winchester usadas pela cavalaria, que muito contribuíram para a conquista do Oeste norteamericano. 3 Espécie de maçã canadense 17

18 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo 3 CONHECENDO O HARDWARE Hardware é o nome dado ao conjunto de dispositivos (componente físicos) que formam o computador, isto é, a máquina propriamente dita. 3.1 O que é um computador? Como definição clássica, temos que um computador é um conjunto de dispositivos eletrônicos interligados, os quais conseguem executar automaticamente uma série de tarefas complexas, orientados por programas e em grande velocidade e precisão. Esse trabalho ocorre em três etapas, a saber: Entrada de informações Processamento e armazenamento de informações Saída de informações Unidade de Entrada Unidade Central de Processamento Unidade de Saída Memória 3.2 Tipos de computadores Dependendo da aplicação dos computadores, podemos classificá-los da seguinte forma: Quanto à forma de utilização Pessoal Profissional Quanto às características de utilização: Científicos: Possuem uma pequena entrada de dados; um processamento complexo, com grandes rotinas de cálculos e uma pequena saída de resultados. Comerciais: Possuem uma grande entrada de dados; um processamento relativamente simples e uma grande saída de resultados. Analógicos: Sua base de processamento é por meio de sinais elétricos. Os analógicos realizam operações aritméticas por meio de analogia (sistema de representação de fenômenos por meio de pontos de semelhança), ou seja, não trabalham com números ou símbolos que representem os números, eles fazem analogia direta entre as quantidades; eles medem as quantidades a serem trabalhadas, tendo, portanto, uma analogia entre os valores com os quais pretende trabalhar e os valores internos da máquina. Estes tipos de computadores são muito utilizados na área de pesquisas científicos e também em algumas indústrias (dependendo do ramo de atividade). Pode-se afirmar que sua velocidade de processamento é menor que a dos digitais. 18

19 Introdução à Informática Entre suas características destacam-se: Podem utilizar fenômenos físicos como processo e medição de determinadas grandezas, resultando em quantidades físicas de pressão, voltagem, etc; Usados normalmente em aplicações científicas; Processam com variáveis contínuas; Comparam grandezas físicas; São programados por meio de fiação de seus circuitos, etc. Digitais: São computadores que trabalham diretamente com números, ou seja, trabalham realizando operações diretamente com os números, enquanto os analógicos medem. São computadores mais fáceis de ser encontrados, pois são utilizados no comércio, em áreas administrativas e também nas residências. Pode-se afirmar que sua velocidade de processamento é extremamente grande, daí sua aplicação comercial. Dentre suas características, destacam-se: Processam matematicamente e efetuam os resultados em forma de caracteres. Processo efetuado por meio de linguagem de programação Manipulação do sinal elétrico do tipo digital Programados por meio de linguagem de programação Exemplo: computadores pessoais, notebooks, palm tops, computadores de grande porte para fins comerciais, etc. Híbridos: São uma mistura dos outros dois. Entre suas características, deve-se destacar: (O computador analógico mede e o computador digital conta ) Quanto ao porte: SUPER COMPUTADORES: Se pensa que os novos PCs com processadores de 3GHz ou mais são poderosos, desengane-se. Há tarefas verdadeiramente complexas como a simulação nuclear, a previsão meteorológica ou a engenharia virtual e espacial, que exigem máquinas com uma potência muito superior à que estamos habituados a ver nos nossos computadores pessoais. Os Supercomputadores são a demonstração do poder da tecnologia e vaticinam o PC que utilizaremos no futuro próximo. Um Super Computador costuma ter dezenas de processadores. Em alguns casos, esse número pode chegar a centenas ou milhares. Eles funcionam em paralelo para poder executar cálculos complicadíssimos em alta velocidade. OBS: Os Super Computadores representam o que há de mais avançado em tecnologia de computação e poder de processamento. Mas os elevados custos de aquisição e administração restringem suas aplicações. Veja algumas características destes computadores: Julho de 2002 Cientistas japoneses acabam de anunciar o mais rápido computador do mundo. E para não deixar margem a dúvidas, o Earth Simulator (Simulador da Terra) foi 5 vezes mais rápido do que o Asci White, o ex-campeão, produzido pela IBM. O Earth Simulator foi construído pela NEC para o Earth Simulator Center, em Yokohama-Japão, com o objetivo de efetuar simulações e previsões de clima e terremotos. A intrincada relação entre a atmosfera terrestre, os oceanos, a crosta terrestre é impossível de ser recriada em laboratório. A única forma capaz de dar ao homem um melhor entendimento dessas relações é através da simulação, que verifica como a alteração em uma ou mais variáveis influencia todas as demais. Mas mesmo os supercomputadores até agora existentes eram incapazes de efetuar tamanha quantidade de cálculos. O supercomputador tem capacidade de processar 6 trilhões de operações por ponto flutuante por segundo - o equivalente a 30 mil PCs funcionando ao mesmo tempo. Os pesquisadores também vão utilizar o equipamento para estudar problemas químicos, design de material, combustão, química atmosférica, boletins meteorológicos, incluindo detecção de terremotos, em avaliações envolvendo detecção de vazamento químico e radioatividade, biologia de sistemas, genoma e etc. 19

20 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo Vejam alguns números do Earth Simulator: processadores 35,86 - teraflops de poder de processamento 10 - Terabytes de memória Terabytes de disco The Hearth Simulator Center Fevereiro de 2005 SUPERCOMPUTADOR AMERICANO QUEBRA RECORDE DE VELOCIDADE Os Estados Unidos estão prontos para desbancar o Japão do posto de número um no ranking mundial de supercomputadores com o protótipo Blue Gene/L, da IBM. 20

Surgimento da Informática

Surgimento da Informática 1 CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I Unidade I Prof Célio Conrado www.celioconrado.com celio.conrado@gmail.com Surgimento da Informática Já

Leia mais

Profº Célio Conrado 1

Profº Célio Conrado 1 Surgimento da Informática Já nos tempos remotos o ser humano sentia a necessidade de quantificar coisas, fossem cabeças de rebanho, número de inimigos ou Unidade I qualquer outra informação contável. Provavelmente

Leia mais

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br Fundamentos da Informática História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br História da Computação Hoje em dia, os computadores estão presentes em nossa vida de uma forma nunca vista

Leia mais

Para existência de um sistema de informação, fazem-se necessários três componentes, são eles:

Para existência de um sistema de informação, fazem-se necessários três componentes, são eles: RESUMO Um sistema de informação é composto de três componentes, Hardware, Software e Peopleware. Para quantificar a memória do equipamento é utilizado um sistema de medida, ou seja, o byte, que significa

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I

INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS Surgimento da Informática INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I Unidade I Prof Célio Conrado www.celioconrado.com celio.conrado@gmail.com Já nos

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

Hardware. Prof. Luiz Carlos Branquinho Informática Básica Gestão Comercial

Hardware. Prof. Luiz Carlos Branquinho Informática Básica Gestão Comercial Hardware Prof. Luiz Carlos Branquinho Informática Básica Gestão Comercial Conteúdo Definição do hardware; Tipo e tamanho dos computadores; Família dos computadores; Elementos do hardware; Portas de comunicação.

Leia mais

Fundamentos da Informática

Fundamentos da Informática 1 PROCESSAMENTO DE DADOS I - FUNDAMENTOS A) CONCEITO DE INFORMÁTICA - é a ciência que estuda o tratamento automático e racional da informação. B) PROCESSAMENTO DE DADOS 1) Conceito Processamento de dados

Leia mais

Tópicos da aula. Histórico e Evolução dos Computadores. Noções Básicas de Arquitetura de Computadores

Tópicos da aula. Histórico e Evolução dos Computadores. Noções Básicas de Arquitetura de Computadores Tópicos da aula Introdução Histórico e Evolução dos Computadores Noções Básicas de Arquitetura de Computadores Características gerais dos componentes de um computador digital Objetivos da aula Complementar

Leia mais

Processamento de Dados

Processamento de Dados Processamento de Dados Evolução da Tecnologia 2000 a.c. -------------------------- 1621 Ábaco Réguas de Cálculo 1642 ------------------------------- 1890 Calculadora mecânica Início da Revolução Industrial

Leia mais

Cursos de Computação. Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 01 - História e Funções dos Sistemas Operacionais

Cursos de Computação. Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 01 - História e Funções dos Sistemas Operacionais Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 01 - História e Funções dos Sistemas Operacionais Visão do Sistema Operacional programadores e analistas usuários programas,

Leia mais

Introdução ao Processamento de Dados - IPD

Introdução ao Processamento de Dados - IPD Introdução ao Processamento de Dados - IPD Autor: Jose de Jesus Rodrigues Lira 1 INTRODUÇÃO AO PROCESSAMENTO DE DADOS IPD A Informática está no nosso dia a dia: No supermercado, no banco, no escritório,

Leia mais

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento.

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento. Conceitos básicos b sobre Hardware O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente

Leia mais

A História do Computador

A História do Computador 2010 A História do Computador CESAE 07-07-2010 Índice Introdução... 3 Do ábaco ao computador pessoal... 3 A máquina de cálculo analítico... 3 1ª Geração: tecnologia de válvulas... 5 2ª Geração: Para muitos

Leia mais

15/08/2013 DIREITO DA. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

15/08/2013 DIREITO DA. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA DIREITO DA INFORMÁTICA Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1 CONCEITOS BÁSICOS Informática infor + mática. É o tratamento da informação de forma automática Dado

Leia mais

Um computador é um dispositivo capaz de executar cálculos e tomar decisões lógicas milhões de vezes mais rápidas do que podem os seres humanos.

Um computador é um dispositivo capaz de executar cálculos e tomar decisões lógicas milhões de vezes mais rápidas do que podem os seres humanos. Do ábaco ao palmtop. Um computador é um dispositivo capaz de executar cálculos e tomar decisões lógicas milhões de vezes mais rápidas do que podem os seres humanos. O ábaco é um instrumento mecânico usado

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves Conceitos Básicos de Informática Antônio Maurício Medeiros Alves Objetivo do Material Esse material tem como objetivo apresentar alguns conceitos básicos de informática, para que os alunos possam se familiarizar

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Componentes Sistema Informação Hardware - Computadores - Periféricos Software - Sistemas Operacionais - Aplicativos - Suítes Peopleware - Analistas - Programadores - Digitadores

Leia mais

Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software

Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software Identificar e descrever os componentes da infraestrutura de TI Identificar e descrever os principais tipos de tecnologia de hardware e de armazenamento, e entrada

Leia mais

Evolução dos Computadores

Evolução dos Computadores Evolução dos Computadores Campus Cachoeiro Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Arquitetura e Organização de Computadores Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Geração Zero 1. Computação primitiva

Leia mais

História do Computadores Prof. Rafael Gross

História do Computadores Prof. Rafael Gross História do Computadores Prof. Rafael Gross UM POUCO DA HISTÓRIA * O ábaco é um instrumento de cálculo, formado por uma moldura com bastões de ferro dispostos no sentido vertical. * Cada bastão contém

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores Arquitetura e Organização de Computadores Aula 01 Tecnologias e Perspectiva Histórica Edgar Noda Pré-história Em 1642, Blaise Pascal (1633-1662) construiu uma máquina de calcular mecânica que podia somar

Leia mais

INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO

INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO Heleno Pontes Bezerra Neto (helenopontes@lccv.ufal.br) 1. Introdução 1.1. Motivação 1.2 Histórico e Desenvolvimento dos Computadores 1.3. Organização dos Computadores 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Capítulo 1. Introdução ao hardware de PCs

Capítulo 1. Introdução ao hardware de PCs Capítulo 1 Introdução ao hardware de PCs Hardware para principiantes Entender hardware a fundo é uma tarefa árdua. São tantos detalhes que o aprendizado pode se tornar bastante difícil. Vamos então facilitar

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

Introdução. Sistemas Computacionais Classificação. Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação

Introdução. Sistemas Computacionais Classificação. Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Introdução à Computação Sistemas Computacionais Prof. a Joseana Macêdo Fechine Régis de Araújo joseana@computacao.ufcg.edu.br

Leia mais

Lista de Exercícios Introdução à Informática

Lista de Exercícios Introdução à Informática Lista de Exercícios Introdução à Informática Histórico e Evolução da Computação 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores de 1ª geração. 2. O que diferencia os computadores

Leia mais

23/05/2013. Partes do Sistema Computacional. Hardware. Ciclo do Processamento de Dados HARDWARE: CONCEITOS BÁSICOS. Hardware Software Dados Usuários

23/05/2013. Partes do Sistema Computacional. Hardware. Ciclo do Processamento de Dados HARDWARE: CONCEITOS BÁSICOS. Hardware Software Dados Usuários 2 Partes do Sistema Computacional HARDWARE: CONCEITOS BÁSICOS Software Dados Usuários Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística

Leia mais

Microinformática. Perguntas:

Microinformática. Perguntas: Microinformática UNICERP Disciplina: Informática Prof. Denis Henrique Caixeta Perguntas: Como foi a evolução da computação? Qual a função do computador? O que é Hardware? O que é Software? BIT, Byte, etc

Leia mais

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios.

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Aplicativos Informatizados da Administração Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Habilidades, Competências e Bases Tecnológicas Bases tecnológicas: Fundamentos de equipamentos

Leia mais

U E S C. Introdução à Ciência da Computação

U E S C. Introdução à Ciência da Computação U E S C Introdução à Ciência da Computação Roteiro Unidades componentes de hardware CPU UC; ULA; Cache; Registradores. Introdução Informática é a ciência que desenvolve e utiliza a máquina para tratamento,

Leia mais

18/03/2010. Os computadores de hoje são dispositivos eletrônicos que, sob direção e controle de um programa, executam quatro operações básicas:

18/03/2010. Os computadores de hoje são dispositivos eletrônicos que, sob direção e controle de um programa, executam quatro operações básicas: Introdução à Computação DSC/CEEI/UFCG Sistemas de Computação O computador é uma máquina eletrônica capaz de receber informações, submetê-las a um conjunto especificado e pré-determinado de operações lógicas

Leia mais

Histórico dos Computadores

Histórico dos Computadores Histórico dos Computadores O mais antigo equipamento para cálculo foi o ábaco (Fig. 1), que era um quadro com arruelas móveis, dispostas em arames paralelos, tendo, portanto, um mecanismo simples. Surgido

Leia mais

- Aula 2 ESTÁGIOS DA EVOLUÇÃO DA ARQUITETURA DOS COMPUTADORES

- Aula 2 ESTÁGIOS DA EVOLUÇÃO DA ARQUITETURA DOS COMPUTADORES - Aula 2 ESTÁGIOS DA EVOLUÇÃO DA ARQUITETURA DOS COMPUTADORES 1. INTRODUÇÃO Centenas de tipos diferentes de computadores foram projetados e construídos ao longo do ciclo evolutivo dos computadores digitais.

Leia mais

O Computador e seus Componentes Referência: Aula 2

O Computador e seus Componentes Referência: Aula 2 INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO CMP 1060 Conceitos Básicos B sobre Informática O Computador e seus Componentes Referência: Aula 2 CONCEITOS BÁSICOS B : Informática - infor + mática. É o tratamento da informação

Leia mais

Noções básicas sobre sistemas de computação

Noções básicas sobre sistemas de computação Noções básicas sobre sistemas de computação Conceitos e definições Dado: Pode ser qualquer coisa! Não tem sentido nenhum se estiver sozinho; Informação: São dados processados. Um programa determina o que

Leia mais

INFORMÁTICA BÁSICA AULA 02. Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com

INFORMÁTICA BÁSICA AULA 02. Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 02 Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com 04/06/2014 2 SUMÁRIO O computado Componentes

Leia mais

HARDWARE e SOFTWARE. por: André Aparecido da Silva. Disponível em: http://www.oxnar.com.br/2015/unitec

HARDWARE e SOFTWARE. por: André Aparecido da Silva. Disponível em: http://www.oxnar.com.br/2015/unitec HARDWARE e SOFTWARE por: André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br/2015/unitec No âmbito eletrônico o termo hardware é bastante utilizado, principalmente na área de computação, e

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

Introdução à Informática HISTÓRICO E TIPOS DE COMPUTADORES

Introdução à Informática HISTÓRICO E TIPOS DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Civil Prof.: Maico Petry Introdução à Informática HISTÓRICO E TIPOS DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Informática Aplicada para Engenharia História

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

Informática, Internet e Multimídia

Informática, Internet e Multimídia Informática, Internet e Multimídia 1 TIPOS DE COMPUTADOR Netbook Notebook Computador Pessoal 2 Palmtop / Handheld Mainframe TIPOS DE COMPUTADOR Computador Pessoal O Computador Pessoal (PC Personal Computer),

Leia mais

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Disciplina: Informática. Professor: Denis Henrique Caixeta. Valor: 4 pontos Visto no caderno 1) Quais são as características dos primeiros computadores?

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866 1 Introdução: Um computador é uma máquina (conjunto de partes eletrônicas e eletromecânicas) capaz de sistematicamente coletar, manipular e fornecer resultados da manipulação de dados para um ou mais objetivos.

Leia mais

Computador e suas Partes

Computador e suas Partes Computador e suas Partes 1. A máquina e os periféricos Existem vários tipos de computador, você pode escolher o que mais se adapte às suas necessidades ou mesmo ao seu ambiente familiar, porque eles foram

Leia mais

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais:

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais: Entrada e Saída Além do processador e da memória, um terceiro elemento fundamental de um sistema de computação é o conjunto de módulos de E/S. Cada módulo se conecta com o barramento do sistema ou com

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware)

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Curso Conexão Noções de Informática Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Agenda ; Arquitetura do Computador; ; ; Dispositivos de Entrada e Saída; Tipos de Barramentos; Unidades de Medidas. Email:

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação INFORMÁTICA -É Ciência que estuda o tratamento automático da informação. COMPUTADOR Equipamento Eletrônico capaz de ordenar, calcular, testar, pesquisar e

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. Computador Digital: É uma máquina capaz de solucionar problemas através da execução de instruções que lhe são fornecidas.

1. INTRODUÇÃO. Computador Digital: É uma máquina capaz de solucionar problemas através da execução de instruções que lhe são fornecidas. 1. INTRODUÇÃO Computador Digital: É uma máquina capaz de solucionar problemas através da execução de instruções que lhe são fornecidas. Programa: É uma seqüência de instruções que descrevem como executar

Leia mais

AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIOS ADE

AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIOS ADE Curso: TÉCNICO EM INFORMÁTICA com Habilitação em Programação e Desenvolvimento de Sistemas. AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIOS ADE NOTA DE AULA 01 Assunto: Introdução a informática. Histórico do computador. Conceitos

Leia mais

Informática. Tipos de Computadores CONHECENDO O COMPUTADOR E SEUS PERIFÉRICOS

Informática. Tipos de Computadores CONHECENDO O COMPUTADOR E SEUS PERIFÉRICOS CONHECENDO O COMPUTADOR E SEUS PERIFÉRICOS A Informática não é um bicho de sete cabeças. Ou é até que conheçamos e desvendemos este bicho. Tudo o que é desconhecido para nós sempre nos parece algo difícil

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 02 Hardware e Software Sistemas de Informação Baseados no Computador - CBIS PROCEDIMENTOS PESSOAS HARDWARE SOFTWARE BANCO DE DADOS TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES

EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES 1951/1959 - Computadores de primeira geração Circuitos eletrônicos e válvulas Uso restrito Precisava ser reprogramado a cada tarefa Grande consumo de energia Problemas devido

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Introdução à Computação DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros 1 Informática x Computação

Leia mais

PRONATEC FUNDAMENTOS DE HARDWARE. Prof. Kilmer Pereira kilmer_pereira@yahoo.com.br

PRONATEC FUNDAMENTOS DE HARDWARE. Prof. Kilmer Pereira kilmer_pereira@yahoo.com.br PRONATEC FUNDAMENTOS DE HARDWARE Prof. Kilmer Pereira kilmer_pereira@yahoo.com.br 1. EVOLUÇÃO HISTÓRICA DOS COMPUTADORES 1.1 Ábaco (aproximadamente 3500 a.c) Um instrumento para auxiliar nos cálculos.

Leia mais

Informática. Prof. André Backes

Informática. Prof. André Backes Prof. André Backes Informática Informática é informação automática Informática pressupõe o uso de computadores eletrônicos no trato da informação Cabe a informática a tarefa de coletar, tratar e disseminar

Leia mais

Organização de Computadores I

Organização de Computadores I Departamento de Ciência da Computação - UFF Objetivos Organização de Computadores I Profa. Débora Christina Muchaluat Saade debora@midiacom.uff.br http://www.ic.uff.br/~debora/orgcomp Dar noções iniciais

Leia mais

Introdução a Computação. A Primeira Geração. A Segunda Geração. Geração dos Computadores. Geração dos Computadores. Geração de Computadores

Introdução a Computação. A Primeira Geração. A Segunda Geração. Geração dos Computadores. Geração dos Computadores. Geração de Computadores Introdução a Computação Geração de Computadores 1ª Geração: 1950 Circuitos eletrônicos a Válvulas Operações Internas em Milissegundos Programados em Linguagem de Máquina 1 2 A Primeira Geração O UNIVAC

Leia mais

O paradigma de que se mexer no computador ele pode quebrar.

O paradigma de que se mexer no computador ele pode quebrar. 1 O paradigma de que se mexer no computador ele pode quebrar. Tópicos: 2 Números Binários Unidades de Medida de Informação Arquitetura Básica Hardware Software Periféricos de Entrada Periféricos de saída

Leia mais

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Microinformática Introdução ao hardware Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Informática Informática é o termo usado para se descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo:

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Prof. M.Sc. Diego Fernandes Emiliano Silva diego.femiliano@gmail.com Agenda Infraestrutura de TI Infraestrutura de TI: hardware Infraestrutura de TI: software Administração dos recursos

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

Noções básicas sobre hardware de PCs

Noções básicas sobre hardware de PCs Capítulo 1 Noções básicas sobre hardware de PCs Primeiro contato com hardware de PCs Entender hardware a fundo é uma tarefa árdua. São tantos detalhes que o aprendizado pode se tornar bastante difícil.

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

3. - Os computadores a transístores

3. - Os computadores a transístores 3. - Os computadores a transístores Já vimos que na primeira metade do século XX as válvulas electrónicas de vácuo que eram usadas nos aparelhos eléctricos e electrónicos desde rádios, televisores, telefones,

Leia mais

1. CAPÍTULO COMPUTADORES

1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1.1. Computadores Denomina-se computador uma máquina capaz de executar variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Os primeiros eram capazes

Leia mais

Hardware Montagem e Manutenção

Hardware Montagem e Manutenção Fone: (19) 3234-4864 E-mail: editora@komedi.com.br Site: www.komedi.com.br HMM4.0 Hardware Montagem e Manutenção K O M E D I Copyright by Editora Komedi, 2007 Dados para Catalogação Furgeri, Sérgio Hardware

Leia mais

Unidade 1: O Computador

Unidade 1: O Computador Unidade 1: O Computador 1.1 Breve histórico dos computadores O ábaco foi o primeiro instrumento criado pelo Homem para realizar contas. Pode ser considerado como o primeiro computador da história. O ábaco

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA COMPUTADOR QUANTO AO TIPO COMPUTADOR SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO o Analógico o Digital o Híbrido o Hardware (parte física)

Leia mais

A Era do computador ENIAC - 1946

A Era do computador ENIAC - 1946 A Era do computador ENIAC - 1946 John W. Mauchly e J. Prester Eckert Jr., junto com cientistas da Universidade da Pensylvânia e em parceria com o Governo dos EUA, construíram o primeiro computador eletrônico,

Leia mais

INFORMÁTICA. Prof. Rafael FernandoZimmermann

INFORMÁTICA. Prof. Rafael FernandoZimmermann INFORMÁTICA Prof. Rafael FernandoZimmermann E-mail e MSN: rafael@portalrz.com.br Site: www.portalrz.com.br Blog: rafael.portalrz.com.br Facebook: www.facebook.com/rfzimmermann82 Twitter: www.twitter.com/rfzimmermann

Leia mais

Microprocessadores II - ELE 1084

Microprocessadores II - ELE 1084 Microprocessadores II - ELE 1084 CAPÍTULO III OS PROCESSADORES 3.1 Gerações de Processadores 3.1 Gerações de Processadores Primeira Geração (P1) Início da arquitetura de 16 bits CPU 8086 e 8088; Arquiteturas

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 4.1 HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS Qualquer PC é composto pelos mesmos componentes básicos: Processador, memória, HD, placa-mãe, placa de vídeo e monitor

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Introdução à Informática. Introdução à Informática

Introdução à Informática. Introdução à Informática Introdução à Informática Introdução à Informática Generalidades Prof.: Ruy Alexandre Generoso Prof.: Ruy Alexandre Generoso Introdução Computador Máquina eletrônica capaz de receber informações, submetê-las

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE 1 OBJETIVOS 1. Qual é a capacidade de processamento e armazenagem que sua organização precisa para administrar suas informações e transações empresariais?

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

Estrutura e funcionamento de um sistema informático

Estrutura e funcionamento de um sistema informático Estrutura e funcionamento de um sistema informático 2006/2007 Sumário A constituição de um sistema informático: hardware e software. A placa principal. O processador, o barramento e a base digital. Ficha

Leia mais

Introdução a Informática. Colégio "Serrano Guardia" Módulo I Informática Básica William Andrey de Godoy

Introdução a Informática. Colégio Serrano Guardia Módulo I Informática Básica William Andrey de Godoy Introdução a Informática 1 Colégio "Serrano Guardia" Módulo I Informática Básica Introdução a Informática São conjuntos de métodos e equipamentos através do quais podemos armazenar e manipular informações

Leia mais

Fonte de Consulta: Sistemas de Informação e as Decisões Gerenciais na Era da Internet James A. O Brien NOTAS DE AULA

Fonte de Consulta: Sistemas de Informação e as Decisões Gerenciais na Era da Internet James A. O Brien NOTAS DE AULA NOTAS DE AULA 1. TENDÊNCIAS EM SISTEMAS DE MICROCOMPUTADORES Existem várias categorias principais de sistemas de computadores com uma diversidade de características e capacidades. Consequentemente, os

Leia mais

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma Aula 04 B Interfaces Prof. Ricardo Palma Interface SCSI SCSI é a sigla de Small Computer System Interface. A tecnologia SCSI (pronuncia-se "scuzzy") permite que você conecte uma larga gama de periféricos,

Leia mais

Computadores. Pré-história, Passado, Presente e Futuro. Princípios de TI - Computadores. Prof. Fábio Nelson. Slide 1

Computadores. Pré-história, Passado, Presente e Futuro. Princípios de TI - Computadores. Prof. Fábio Nelson. Slide 1 Computadores Pré-história, Passado, Presente e Futuro Slide 1 Conteúdo Introdução Pré-história dos Computadores (Computador Analógico). Passado dos Computadores (Válvula e Transistores). Presente (Micro-processadores).

Leia mais

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Ambiental Prof.: Maico Petry Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Informática Aplicada O Que éinformação? Dados

Leia mais

Introdução aos Sistemas de Computação (ISC) Curso de Administração de Negócios Eletrônicos Professor :

Introdução aos Sistemas de Computação (ISC) Curso de Administração de Negócios Eletrônicos Professor : Introdução aos Sistemas de Computação (ISC) Curso de Administração de Negócios Eletrônicos Professor : Marco Antônio Chaves Câmara Lista de Exercícios 3 Nome do Aluno : 1. Sobre as unidades de disco rígido

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

IB I M B - PC. 1982 ( C ( P C U U

IB I M B - PC. 1982 ( C ( P C U U Microinformática 1981 (CPU 80086 e 80088 8bits/16bits XT) O MS-DOS funciona em um protótipo do IBM- PC. 1982 (CPU 80286 16bits AT) Intel lança chip 286, com 134.000 transistores. Sai a planilha eletrônica

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Prof. Edberto Ferneda Hardware: Computador e Periféricos 1 John L. von Neumann (1903-1957) Armazenamento secundário Dispositivos de armazenamento de dados e programas

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES

CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES O QUE É UM COMPUTADOR? Os computadores são baseados na simples idéia de imitação. Ele faz essencialmente o mesmo que o cérebro humano faz: processa dados. Porém,

Leia mais

O Computador. Evolução dos métodos de cálculo. Estrutura do Computador Digital

O Computador. Evolução dos métodos de cálculo. Estrutura do Computador Digital NOTAS DE AULA ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES 1 Introdução à Ciência da Computação Histórico da Computação A tarefa de processamento de dados consiste em: o tomar certa informação, o processá-la

Leia mais

TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO : HARDWARE

TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO : HARDWARE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS CATU TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO : HARDWARE Profª. Eneida Alves Rios A consideração

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador Hardware e Software UFCD - 0769 Joaquim Frias Computador É um conjunto de dispositivos eletrónicos capaz de aceitar dados e instruções, executa

Leia mais

Laboratório de Sistemas Operacionais. Prof. Fernando Nakayama de Queiroz

Laboratório de Sistemas Operacionais. Prof. Fernando Nakayama de Queiroz Laboratório de Sistemas Operacionais Prof. Fernando Nakayama de Queiroz Uma definição! É uma camada de software que opera entre o hardware e os programas aplicativos voltados ao usuário final. Mais uma!

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS OPERACIONAIS SEMANA 03

INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS OPERACIONAIS SEMANA 03 INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS OPERACIONAIS SEMANA 03 fevereiro/2011 Surgimento, desenvolvimento e evolução dos sistemas operacionais até os sistemas modernos. 1 - Introdução A evolução dos sistemas operacionais

Leia mais