Segurança em Redes. Palestra - TecnoInfo Prof. MSc. Edmar R. S. de Rezende

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Segurança em Redes. Palestra - TecnoInfo 2004. Prof. MSc. Edmar R. S. de Rezende"

Transcrição

1 Palestra - TecnoInfo 2004 Segurança em Redes Prof. MSc. Edmar R. S. de Rezende Faculdade de Engenharia de Computação Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologias Pontifícia Universidade Católica de Campinas Laboratório de Administração e Segurança de Sistemas Instituto de Computação Universidade Estadual de Campinas TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 1 de 45

2 Roteiro! Histórico da Internet! Ataques clássicos! Técnicas comuns de ataque! Redes sem fio (Wi-Fi)! Fraudes recentes! Estatísticas! Proteção! Referências TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 2 de 45

3 ! Arpanet Histórico da Internet Instituições Militares Órgãos do Governo Universidades "Segurança baseada na confiança mútua"! Família de Protocolos TCP/IP Concebida no final da década de 60 Funcionalidade era a principal preocupação TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 3 de 45

4 Histórico da Internet! Visão futurista Popularização de serviços: Web, , etc Fonte: Network Wizards - "Quem imaginaria a Internet com as dimensões atuais?" TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 4 de 45

5 Histórico da Internet! Falhas conceituais do TCP/IP Bellovin, 1989 Security Problems in the TCP/IP Protocol Suite hosts confiam em endereços IP mecanismos de controle de rede protocolos de roteamento }é possível forjar datagramas IP números de sequência TCP previsíveis Ataques de Spoofing TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 5 de 45

6 Histórico da Internet! Ausência de criptografia Máquinas com baixo poder computacional Informações trafegam em claro Telnet, FTP, POP, etc 14:54: ftp > : P 69:111(42) ack 21 win 5840 (DF) 0x ac6 0a01 012d 0x0010 0a01 015a b da Z...$W...hI 0x d0 8e1c P Pass 0x f f word.required.fo 0x d69 6e f 722e r.administrador. 0x0050 0d0a 14:54: > ftp: P 21:36(15) ack 111 win (DF) 0x a96e aca 0a01 015a 0x0010 0a01 012d 05b da c hI$W.< 0x c b P.D...PASS.psk 0x d TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 6 de 45

7 Ataques clássicos! Internet Worm Data: 2 de novembro de 1988 Autor: Robert Morris Jr. Internet: hosts Falhas: Sendmail Finger Rsh "Parou cerca de 50% da Internet da época TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 7 de 45

8 Ataques clássicos! Kevin Mitnick Preso de fevereiro de 1995 a janeiro de acusações federais: fraude no sistema telefônico, roubo de software proprietário (Sun, Motorola, Novell e Nokia) TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 8 de 45

9 Obtenção de informação! Dumpster diving ou Trashing Hacker! Engenharia Social TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 9 de 45

10 Scanners! Scanners de porta Nmap TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 10 de 45

11 Scanners! Scanners de vulnerabilidades Nessus LANguard TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 11 de 45

12 Defacement Microsoft Mastercard Embrapa LG TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 12 de 45

13 Denial of Service! Ataques coordenados a grandes sites (Fevereiro de 2000)! Execução: Atacante Masters Agentes Vítima TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 13 de 45

14 Buffer Overflow Se debugar é a arte de remover bugs, programar é a arte de inserí-los. Donald E. Knuth TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 14 de 45

15 Buffer Overflow! Idéia básica: TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 15 de 45

16 Buffer Overflow! Execução: TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 16 de 45

17 Backdoors! Netbus! Back Orifice Permitem controlar um host remotamente TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 17 de 45

18 Vírus, Worms e Trojans! I love you! SirCam! CodeRed! Nimda! Klez! NetSky! MyDoom! Beagle SirCam Técnicas avançadas de contágio, via e compartilhamento Possui um servidor de próprio CodeRed Buffer overflow do Internet Information Service (IIS) Checa a data da vítima e gera uma lista aleatória de endereços IP para contágio 1 a 19 de cada mês: fase de infestação 20 a 28 de cada mês: atacar o site da Casa Branca Nimda Diferentes meios de disseminação: Bug do IIS, JavaScript, Compartilhamento , via Automatic Execution of Embedded MIME Types Klez Desabilita o anti-vírus Não é preciso abrir o para o contágio Faz o spoofing de sua origem Servidor de próprio TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 18 de 45

19 Vírus, Worms e Trojans # I love you (maio de 2000) Prejuízos: ~ US$11 bilhões # SirCam (julho de 2001) Hosts infectados: ~ 50 mil Prejuízos: ~ US$1,15 bilhões # Nimda (setembro de 2001) Hosts infectados: ~ 103 mil Prejuízos: ~ US$635 milhões # Code Red (metade de 2001) Hosts infectados: ~ 225 mil Prejuízos: ~ US$2,62 bilhões Total em 2001 = ~ US$13,2 bilhões TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 19 de 45

20 Wi-Fi (IEEE b) Warchalking TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 20 de 45

21 Wi-Fi (IEEE b) Warchalking Brasil TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 21 de 45

22 Wi-Fi (IEEE b) Wardriving TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 22 de 45

23 Wi-Fi (IEEE b) Wardriving TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 23 de 45

24 Wi-Fi (IEEE b) Warchalking TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 24 de 45

25 Celulares! Celulares 2,5G e 3G Começam a surgir os primeiros worms TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 25 de 45

26 Fraudes bancárias TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 26 de 45

27 Fraudes bancárias! Técnicas utilizadas: Engenharia Social falso de recadastramento site falso idêntico ao do banco TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 27 de 45

28 Fraudes bancárias! Técnicas utilizadas: Keyloggers instalados por worms e trojans TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 28 de 45

29 Fraudes bancárias! Técnicas utilizadas: Spams com links para sites maliciosos conteúdo dos sites:» e-cards do Bol» ganhe dinheiro trabalhando em casa Exploram falhas de segurança conhecidas dos browsers: Internet Explorer Mozilla Permitem a execução de código malicioso TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 29 de 45

30 Incidentes de Segurança (Total: 138) Ano Incidentes (Total: ) Ano Incidentes (Total: ) Ano Incidentes Total (1988 Set/2003): Fonte: CERT/CC (Computer Emergency Response Team / Coordination Center) TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 30 de 45

31 Incidentes de Segurança Fonte: CERT/CC (Computer Emergency Response Team / Coordination Center) TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 31 de 45

32 Incidentes de Segurança Fonte: CAIS (Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança) TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 32 de 45

33 Incidentes de Segurança Fonte: NBSO (NIC BR Security Office) TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 33 de 45

34 Incidentes de Segurança Fonte: NBSO (NIC BR Security Office) TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 34 de 45

35 Incidentes de Segurança! Questão cultural: Não existe uma cultura de segurança Usuário" elo mais fraco Antivírus desatualizados Senhas fracas TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 35 de 45

36 Criptografia! SSL (Secure Socket Layer) Segurança no acesso à Web TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 36 de 45

37 Criptografia! SSH (Secure Shell) Shell remoto/transferência de arquivos % ssh servidor.puc-campinas.edu.br % scp /home/ TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 37 de 45

38 Criptografia! SSH (Secure Shell) Permite a criação de túneis % ssh L 110:pop.mail.com:110 TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 38 de 45

39 Antivírus! Antivírus AVG Free Edition Teste: 35 Trojans Antivirus Version Update Found BitDefender ClamWin devel etrustav-inoc F-Prot Kaspersky McAfee NOD32v Norman Panda Sybari Symantec TrendMicro TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 39 de 45

40 Firewall! Firewall pessoal Tiny Personal Firewall Filtro de pacotes / checagem de integridade TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 40 de 45

41 Spywares! Ad-aware Localiza e remove spywares TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 41 de 45

42 Atualizações! Windows Update Service Packs Hotfixes! Linux APT Yum Portage TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 42 de 45

43 Alertas / Incidentes! CAIS (Centro de Atendimento à Incidentes de Segurança) NBSO (NIC BR Security Office) CERT (Computer Emergence Response Team) TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 43 de 45

44 Livros! TCP/IP Illustrated, Volume I Richard Stevens! Practical Unix & Internet Security Simson Garfinkel and Gene Spafford! Firewalls and Internet Security Bill Cheswick and Steve Bellovin! Applied Cryptography Bruce Schneier! Segurança de Redes em Ambientes Cooperativos Emílio Tissato Nakamura e Paulo Lício de Geus TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 44 de 45

45 Contato Edmar Roberto Santana de Rezende Instituto de Computação Universidade Estadual de Campinas Campinas SP TecnoInfo 2004 Segurança em Redes - Edmar R. S. de Rezende 45 de 45

Segurança em Redes. Panorama. Edmar Roberto Santana de Rezende edmar.rezende@ic.unicamp.br

Segurança em Redes. Panorama. Edmar Roberto Santana de Rezende edmar.rezende@ic.unicamp.br Edmar Roberto Santana de Rezende edmar.rezende@ic.unicamp.br FEComp Faculdade de Engenharia de Computação CEATEC Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologias PUC-Campinas Pontifícia Universidade

Leia mais

Segurança e Vulnerabilidades de Redes

Segurança e Vulnerabilidades de Redes Faculdade de Engenharia de Computação Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologias Pontifícia Universidade Católica de Campinas Segurança e Vulnerabilidades de Redes Tópicos Especiais em Redes

Leia mais

Segurança e Vulnerabilidades de Redes

Segurança e Vulnerabilidades de Redes Laboratório de Administração e Segurança de Sistemas Instituto de Computação Universidade Estadual de Campinas Segurança e Vulnerabilidades de Redes Edmar Roberto Santana de Rezende edmar.rezende@ic.unicamp.br

Leia mais

VULNERABILIDADES E POSSIBILIDADES DE ATAQUE

VULNERABILIDADES E POSSIBILIDADES DE ATAQUE VULNERABILIDADES E POSSIBILIDADES DE ATAQUE emilio@securitybase.net emilio.nakamura@opencs.com.br O quê? Aquele site foi atacado? Ataques de hackers cada vez mais sofisticados resultam em impactos cada

Leia mais

Ataques para obtenção de informações

Ataques para obtenção de informações Ataques para obtenção de informações Técnicas: Dumpster diving ou Trashing Engenharia Social Eavesdropping ou Packet Sniffing Scanning War dialing Firewalking Ataques para obtenção de informações Dumpster

Leia mais

Aspectos de Segurança na Internet: Evolução e Tendências Atuais

Aspectos de Segurança na Internet: Evolução e Tendências Atuais Aspectos de Segurança na Internet: Evolução e Tendências Atuais NIC BR Security Office nbso@nic.br http://www.nic.br/nbso.html Cristine Hoepers cristine@nic.br Klaus Steding-Jessen jessen@nic.br COMDEX

Leia mais

1 Introdução 1.1. Segurança em Redes de Computadores

1 Introdução 1.1. Segurança em Redes de Computadores 1 Introdução 1.1. Segurança em Redes de Computadores A crescente dependência das empresas e organizações modernas a sistemas computacionais interligados em redes e a Internet tornou a proteção adequada

Leia mais

Segurança de Redes. em Ambientes Cooperativos. Emilio Tissato Nakamura Paulo Lício de Geus. Novatec

Segurança de Redes. em Ambientes Cooperativos. Emilio Tissato Nakamura Paulo Lício de Geus. Novatec Segurança de Redes em Ambientes Cooperativos Emilio Tissato Nakamura Paulo Lício de Geus Novatec capítulo 1 Introdução A necessidade de segurança é um fato que vem transcendendo o limite da produtividade

Leia mais

Tópicos. Firewall. Terminologia. História - continuação. Primeiros Casos. História. História Conceitos Básicos Hardware Software Híbrido

Tópicos. Firewall. Terminologia. História - continuação. Primeiros Casos. História. História Conceitos Básicos Hardware Software Híbrido Tópicos Firewall Prof. Alexandre Beletti Ferreira História Conceitos Básicos Hardware Software Híbrido Terminologia O termo firewall,, no sentido original, é a conhecida porta corta-fogo, ou seja, um dispositivo

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 5ª. Série Segurança de Redes CST em Redes de Computadores A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

Firewall. Alunos: Hélio Cândido Andersson Sales

Firewall. Alunos: Hélio Cândido Andersson Sales Firewall Alunos: Hélio Cândido Andersson Sales O que é Firewall? Firewall pode ser definido como uma barreira de proteção, que controla o tráfego de dados entre seu computador e a Internet (ou entre a

Leia mais

CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Hélio Esperidião

CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Hélio Esperidião CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Me. Hélio Esperidião CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO O conceito de segurança envolve formas de proteção e

Leia mais

Segurança na Internet

Segurança na Internet Março de 1998 Ari Frazão Jr. PAL0088 Índice: Parte A: Introdução Parte B: Situação Atual Parte C: Política de Segurança Parte D: Classificação dos Ataques Parte E: Ataques Mais Freqüentes Parte F: Vulnerabilidades

Leia mais

Evolução dos Problemas de Segurança e Formas de Proteção

Evolução dos Problemas de Segurança e Formas de Proteção Evolução dos Problemas de Segurança e Formas de Proteção Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto.br Nic.br http://www.nic.br/ Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no

Leia mais

Retrospectiva na área de segurança

Retrospectiva na área de segurança - RNP Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança - CAIS Novembro de 2003 RNP/PAL/0198 2003 RNP Sumário Apresentação Retrospectiva 2003 Tipos de ataques mais comuns no ano 2003 Panorama atual na área

Leia mais

CISSP - MCSE CNE CCSE/I CCQE CCAE

CISSP - MCSE CNE CCSE/I CCQE CCAE HITECH Hacker Toys Anderson Ramos IT Security Consultant aramos@hitech.com.br CISSP - MCSE CNE CCSE/I CCQE CCAE Introdução Serão abordadas durante a palestra os ataques mais comuns e algumas ferramentas

Leia mais

Ferramentas e Diferentes tipos de Ataques Objetivo: Fundamentar as diferentes técnicas de ataques hackers e suas ferramentas.

Ferramentas e Diferentes tipos de Ataques Objetivo: Fundamentar as diferentes técnicas de ataques hackers e suas ferramentas. 02/12/2014 Tipos de Ataque Segurança em Redes de Computadores Emanuel Rebouças, MBA Disciplina: SEGURANÇA EM REDES DE COMPUTADORES / Módulo: INTRODUÇÃO À SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Copyright 2014 AGENDA Ferramentas

Leia mais

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas

Leia mais

SEGURANÇA DE AMBIENTES COMPUTACIONAIS. Paulo Lício de Geus. paulo@ic.unicamp.br RESUMO

SEGURANÇA DE AMBIENTES COMPUTACIONAIS. Paulo Lício de Geus. paulo@ic.unicamp.br RESUMO IMPACTOS DA TRANSIÇÃO E UTILIZAÇÃO DO IPV6 SOBRE A SEGURANÇA DE AMBIENTES COMPUTACIONAIS Jansen Carlo Sena Inst.Computação/Unicamp 13083-970 Campinas - SP jansen.sena@ic.unicamp.br Paulo Lício de Geus

Leia mais

Segurança na Internet Brasileira: Principais Ameaças e

Segurança na Internet Brasileira: Principais Ameaças e Segurança na Internet Brasileira: Principais Ameaças e Recomendações para Prevenção Luiz Eduardo Roncato Cordeiro Marcelo H. P. C. Chaves {cordeiro,mhp}@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento

Leia mais

Sobre o Symantec Internet Security Threat Report

Sobre o Symantec Internet Security Threat Report Sobre o Symantec Internet Security Threat Report O Symantec Internet Security Threat Report apresenta uma atualização semestral das atividades das ameaças na Internet. Nele se incluem as análises dos ataques

Leia mais

A Evolução dos Problemas de Segurança e Formas de Proteção

A Evolução dos Problemas de Segurança e Formas de Proteção A Evolução dos Problemas de Segurança e Formas de Proteção Cristine Hoepers cristine@cert.br Klaus Steding-Jessen jessen@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil

Leia mais

Bem Vindos! Palestrante: Rodrigo Ribeiro Montoro. Analista de Segurança da BRconnection

Bem Vindos! Palestrante: Rodrigo Ribeiro Montoro. Analista de Segurança da BRconnection Bem Vindos! Palestrante: Rodrigo Ribeiro Montoro Analista de Segurança da BRconnection POR GENTILEZA, MANTENHAM SEUS CELULARES DESLIGADOS DURANTE A APRESENTAÇÃO. OBRIGADO! Gerenciando Riscos em Comunicação

Leia mais

Os riscos que rondam as organizações

Os riscos que rondam as organizações Tópico 24 Os riscos que rondam as organizações. Potenciais atacantes. Terminologias do mundo dos hackers. Pontos explorados. Planejamento de um ataque. Ataque para obtenção de informação. Ataques de negação

Leia mais

Capítulo 1 Introdução à Segurança de Redes

Capítulo 1 Introdução à Segurança de Redes Capítulo 1 Introdução à Segurança de Redes 1.1 Introdução à segurança da informação 1.2 Histórico da segurança 1.2.1 Surgimento da Internet, o Internet Worm e a criação do CERT 1.2.2 Segurança no Brasil

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação 1 Agenda Segurança em Comunicações Protocolos de Segurança VPN 2 1 Comunicações Origem Destino Meio Protocolo 3 Ataques Interceptação Modificação Interrupção Fabricação 4 2 Interceptação

Leia mais

Segurança no Acesso Remoto VPN

Segurança no Acesso Remoto VPN Segurança no Acesso Remoto Edmar Roberto Santana de Rezende 1 Orientador: Prof. Dr. Paulo Lício de Geus 1 Financiado por Robert Bosch Ltda 1de 31 Apresentação Motivação Redes Privadas Virtuais () Análise

Leia mais

Ameaças, riscos e vulnerabilidades. Prof. Anderson Maia. Objetivos. ameaças mais comuns na internet;

Ameaças, riscos e vulnerabilidades. Prof. Anderson Maia. Objetivos. ameaças mais comuns na internet; Ameaças, riscos e vulnerabilidades Prof. Anderson Maia Objetivos è compreender o funcionamento de algumas ameaças mais comuns na internet; è entender como tais ameaças podem ser exploradas por meio das

Leia mais

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso:

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso: MALWARE Spyware É o termo utilizado para se referir a uma grande categoria de software que tem o objetivo de monitorar atividades de um sistema e enviar as informações coletadas para terceiros. Seguem

Leia mais

Segurança na Internet Brasileira: Principais Ameaças e

Segurança na Internet Brasileira: Principais Ameaças e Segurança na Internet Brasileira: Principais Ameaças e Recomendações para Prevenção Cristine Hoepers Klaus Steding-Jessen Marcelo H. P. C. Chaves {cristine,jessen,mhp}@cert.br Centro de Estudos, Resposta

Leia mais

Emanuel Rebouças, MBA Disciplina: SEGURANÇA DE REDE DE COMPUTADORES E SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS AGENDA

Emanuel Rebouças, MBA Disciplina: SEGURANÇA DE REDE DE COMPUTADORES E SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS AGENDA Segurança em Redes de Computadores Segurança e FIREWALL Emanuel Rebouças, MBA AGENDA s Objetivo: Avaliar os diferentes tipos de firewall no mercado, como instalá-los em uma rede de computadores e como

Leia mais

Uso de Honeypots de Baixa Interatividade na Resposta a Incidentes de Segurança

Uso de Honeypots de Baixa Interatividade na Resposta a Incidentes de Segurança Uso de Honeypots de Baixa Interatividade na Resposta a Incidentes de Segurança NIC BR Security Office NBSO Brazilian Computer Emergency Response Team Comitê Gestor da Internet no Brasil http://www.nbso.nic.br/

Leia mais

Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo

Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo Conectando-se à Internet com Segurança Soluções mais simples. Sistemas de Segurança de Perímetro Zona Desmilitarizada (DMZ) Roteador de

Leia mais

Lista de Exercícios I

Lista de Exercícios I UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA CAMPUS RECIFE Curso: Redes de Computadores Disciplina: Segurança da Informação Professor (a): Carlos Sampaio Revisão V1 Turma: 67131N Data: Lista de Exercícios I NOTA Ataques

Leia mais

Pragas de computador: verdades, mitos e mentiras

Pragas de computador: verdades, mitos e mentiras Motivação Pragas de computador: verdades, mitos e mentiras Prof. Dr. Adriano Mauro Cansian Pragas de computador são um problema já bem conhecido, porém cada vez mais atuantes e sofisticados. É estimado

Leia mais

Nível de segurança de uma VPN

Nível de segurança de uma VPN VPN Virtual Private Network (VPN) é uma conexão segura baseada em criptografia O objetivo é transportar informação sensível através de uma rede insegura (Internet) VPNs combinam tecnologias de criptografia,

Leia mais

MÓDULO I - INTERNET APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. Prof. BRUNO GUILHEN. O processo de Navegação na Internet. Aula 01

MÓDULO I - INTERNET APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. Prof. BRUNO GUILHEN. O processo de Navegação na Internet. Aula 01 APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET O processo de Navegação na Internet Aula 01 O processo de Navegação na Internet. USUÁRIO A CONEXÃO PROVEDOR On-Line EMPRESA

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Agenda Segurança o que é? Informação o que é? E Segurança da Informação? Segurança da Informação na UFBA

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO DE NOTEBOOKS, DESKTOPS E ATIVOS DE REDE EM UMA LAN. Autor: David Krzizanowski Orientador: Francisco Adell Péricas

SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO DE NOTEBOOKS, DESKTOPS E ATIVOS DE REDE EM UMA LAN. Autor: David Krzizanowski Orientador: Francisco Adell Péricas SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO DE NOTEBOOKS, DESKTOPS E ATIVOS DE REDE EM UMA LAN Autor: David Krzizanowski Orientador: Francisco Adell Péricas Roteiro da apresentação Introdução Objetivos Desenvolvimento

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Prof. BRUNO GUILHEN Vídeo Aula VESTCON MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. A CONEXÃO USUÁRIO PROVEDOR EMPRESA DE TELECOM On-Line A conexão pode ser

Leia mais

Segredos do Hacker Ético

Segredos do Hacker Ético Marcos Flávio Araújo Assunção Segredos do Hacker Ético 2 a Edição Visual Books Sumário Prefácio... 21 Introdução... 23 1 Entendendo o Assunto... 25 1.1 Bem-vindo ao Obscuro Mundo da Segurança Digital...25

Leia mais

INE 5223 Informática para Secretariado

INE 5223 Informática para Secretariado 4. AMBIENTE INTERNET UFSC Prof.: Achilles Colombo Prudêncio 4. Ambiente Internet UFSC 4.2. Utilização de Recursos da Internet O uso dos recursos da Internet vem sendo comentado sempre, em todos os tópicos

Leia mais

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Auditoria e Segurança da Informação GSI536 Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Tópicos Motivação Utilização cada vez maior da Internet e a criação de ambientes cooperativos, levam a uma crescente preocupação

Leia mais

Segurança e Vulnerabilidades de Redes

Segurança e Vulnerabilidades de Redes Faculdade de Engenharia de Computação Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologias Pontifícia Universidade Católica de Campinas Segurança e Vulnerabilidades de Redes Tópicos Especiais em Redes

Leia mais

ela local ou publica?

ela local ou publica? o Existe rede segura? o Você esta seguro ao acessar sua rede, seja ela local ou publica? o o o o Hacker (White Hat) Hacker (Gray Hat) Cracker (Black Hat) Lammer Fonte: http://br.zone-h.org/ o Coletar Informações

Leia mais

Riscos, Ameaças e Vulnerabilidades. Aécio Costa

Riscos, Ameaças e Vulnerabilidades. Aécio Costa Riscos, Ameaças e Vulnerabilidades Aécio Costa Riscos, Ameaças e Vulnerabilidades Independente do meio ou forma pela qual a informação é manuseada, armazenada, transmitida e descartada, é recomendável

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. O processo de Navegação na Internet A CONEXÃO USUÁRIO

Leia mais

INFORMÁTICA. Prof. Rafael Fernando Zimmermann

INFORMÁTICA. Prof. Rafael Fernando Zimmermann INFORMÁTICA Prof. Rafael Fernando Zimmermann Introdução A segurança da informação busca reduzir os riscos de vazamentos, fraudes, erros, uso indevido, sabotagens, paralisações, roubo de informações ou

Leia mais

Hardening de Servidores O que é Mitm? Hardening

Hardening de Servidores O que é Mitm? Hardening Hardening de Servidores O que é Mitm? O man-in-the-middle (pt: Homem no meio, em referência ao atacante que intercepta os dados) é uma forma de ataque em que os dados trocados entre duas partes, por exemplo

Leia mais

Evolução Tecnológica e a Segurança na Rede

Evolução Tecnológica e a Segurança na Rede Evolução Tecnológica e a Segurança na Rede Miriam von Zuben miriam@cert.br! Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasill Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br

Leia mais

Estudo do ataque de Mitnick e sua viabilidade nos dias atuais

Estudo do ataque de Mitnick e sua viabilidade nos dias atuais Estudo do ataque de Mitnick e sua viabilidade nos dias atuais Eduardo Martins Pereira Fernando Bracalente Marcelo Dinofre Mario Luiz Bernardinelli mariolb@gmail.com Abstract The main purpose of this article

Leia mais

6 PLANEJAMENTO DE SI 6.1 Planejamento de Segurança da Informação O planejamento em S.I é algo crucial para que haja o bom funcionamento de uma

6 PLANEJAMENTO DE SI 6.1 Planejamento de Segurança da Informação O planejamento em S.I é algo crucial para que haja o bom funcionamento de uma 6 PLANEJAMENTO DE SI 6.1 Planejamento de Segurança da Informação O planejamento em S.I é algo crucial para que haja o bom funcionamento de uma empresa. Diferente do senso comum o planejamento não se limita

Leia mais

Principais Ameaças na Internet e

Principais Ameaças na Internet e Principais Ameaças na Internet e Recomendações para Prevenção Cristine Hoepers cristine@cert.br Klaus Steding-Jessen jessen@cert.br Esta Apresentação: http://www.cert.br/docs/palestras/ Centro de Estudos,

Leia mais

Planejando uma política de segurança da informação

Planejando uma política de segurança da informação Planejando uma política de segurança da informação Para que se possa planejar uma política de segurança da informação em uma empresa é necessário levantar os Riscos, as Ameaças e as Vulnerabilidades de

Leia mais

Papel dos CSIRTs no Cenário Atual de Segurança

Papel dos CSIRTs no Cenário Atual de Segurança Papel dos CSIRTs no Cenário Atual de Segurança Cristine Hoepers cristine@nic.br NIC BR Security Office NBSO Brazilian Computer Emergency Response Team Comitê Gestor da Internet no Brasil http://www.nbso.nic.br/

Leia mais

3 Ataques e Intrusões

3 Ataques e Intrusões 3 Ataques e Intrusões Para se avaliar a eficácia e precisão de um sistema de detecção de intrusões é necessário testá-lo contra uma ampla amostra de ataques e intrusões reais. Parte integrante do projeto

Leia mais

INTRODUÇÃO A SEGURANÇA EM REDES

INTRODUÇÃO A SEGURANÇA EM REDES INTRODUÇÃO A SEGURANÇA EM REDES Prof. Msc. Hélio Esperidião POR QUE SE PREOCUPAR COM A SEGURANÇA? Senhas, números de cartões de crédito Conta de acesso à internet Dados pessoais e comerciais Danificação

Leia mais

Incidentes de Segurança no Brasil: Principais Ameaças e

Incidentes de Segurança no Brasil: Principais Ameaças e Incidentes de Segurança no Brasil: Principais Ameaças e Recomendações para Prevenção Luiz Eduardo Roncato Cordeiro cordeiro@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no

Leia mais

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Auditoria e Segurança da Informação GSI536 Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Introdução Auditoria e Segurança da Informação(GSI521) Segurança da informação Visão Geral Expansão e disseminação do uso

Leia mais

Eu estou seguro? http://web.onda.com.br/humberto

Eu estou seguro? http://web.onda.com.br/humberto Eu estou seguro? Humberto Sartini http://web.onda.com.br/humberto Palestrante Humberto Sartini Analista de Segurança do Provedor Onda S/A Participante dos projetos: Rau-Tu Linux ( http://www.rau-tu.unicamp.br/linux

Leia mais

O B B J E E T T I V V O O S

O B B J E E T T I V V O O S OBJ E T I VOS Conhecer as características e possibilidades do SO Linux, como workstation simples ou elemento componente de uma rede; Analisar a viabilidade de implantação do sistema numa corporação. SU

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. /Redes/Internet/Segurança

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. /Redes/Internet/Segurança APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA www.brunoguilhen.com.br A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer

Leia mais

Ameaças & Ataques. Fraqueza inerente de um elemento do sistema Brecha: ponto fraco ou falha que pode ser explorado

Ameaças & Ataques. Fraqueza inerente de um elemento do sistema Brecha: ponto fraco ou falha que pode ser explorado Vulnerabilidade Fraqueza inerente de um elemento do sistema Brecha: ponto fraco ou falha que pode ser explorado Ameaça Qualquer coisa que possa afetar ou atingir o funcionamento, operação, disponibilidade,

Leia mais

Projeto Honeypots Distribuídos

Projeto Honeypots Distribuídos POP-RS / CERT-RS Projeto Honeypots Distribuídos Émerson Salvadori Virti emerson@tche.br Roteiro Conceitos Apresentação do Consórcio Brasileiro de Honeypots Comparação das estatísticas do Consórcio através

Leia mais

DoS: Negação de Serviço e formas de defesa

DoS: Negação de Serviço e formas de defesa DoS: Negação de Serviço e formas de defesa Viva o Linux Day RJ http://volcon.org/volday1/ Elgio Schlemer Ulbra Gravataí http://gravatai.ulbra.tche.br/~elgio 06 de Março de 2010 Introdução Problemas de

Leia mais

Boas Práticas de Segurança

Boas Práticas de Segurança Boas Práticas de Segurança Miriam von Zuben miriam@cert.br CERT.br - Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil NIC.br - Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

Cartilha de Segurança para Internet Checklist

Cartilha de Segurança para Internet Checklist Cartilha de Segurança para Internet Checklist NIC BR Security Office nbso@nic.br Versão 2.0 11 de março de 2003 Este checklist resume as principais recomendações contidas no documento intitulado Cartilha

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação 1 Agenda Ameaças 2 1 AMEAÇAS 3 Atacantes (Hackers) O hacker norueguês que ficou famoso por criar programas que quebram as proteções contra cópias de DVDs aparentemente atacou de

Leia mais

A Segurança da informação está relacionada a diferentes aspectos que são referentes à integridade, confiabilidade e disponibilidade das informações.

A Segurança da informação está relacionada a diferentes aspectos que são referentes à integridade, confiabilidade e disponibilidade das informações. Módulo 5 Segurança da Informação 2.1 Segurança da Informação A Segurança da informação está relacionada a diferentes aspectos que são referentes à integridade, confiabilidade e disponibilidade das informações.

Leia mais

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente.

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente. Segurança da Informação Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Engenharia Social Chama-se Engenharia Social as práticas utilizadas para obter acesso a informações importantes ou sigilosas em organizações

Leia mais

Disciplina: Administração de Redes de Computadores.

Disciplina: Administração de Redes de Computadores. Disciplina: Administração de Redes de Computadores. Abordagem: Segurança Prof. Leandro Meireles 2011.2 Sistema Seguro Confidencialidade Integridade Disponibilidade Porque se preocupar com a segurança?

Leia mais

Auditoria e Segurança de Sistemas Segurança de Redes de Computadores Adriano J. Holanda

Auditoria e Segurança de Sistemas Segurança de Redes de Computadores Adriano J. Holanda Auditoria e Segurança de Sistemas Segurança de Redes de Computadores Adriano J. Holanda Segurança na rede Segurança na rede refere-se a qualquer atividade planejada para proteger sua rede. Especificamente

Leia mais

O Perfil da Segurança na Internet Através da Análise das Estatísticas do Consórcio Brasileiro de Honeypots

O Perfil da Segurança na Internet Através da Análise das Estatísticas do Consórcio Brasileiro de Honeypots O Perfil da Segurança na Internet Através da Análise das Estatísticas do Consórcio Brasileiro de Honeypots Émerson Salvadori Virti Liane Tarouco Leandro Márcio Bertholdo /POP-RS Roteiro Apresentação do

Leia mais

Segurança da Internet no Brasil e Atuação do CERT.br

Segurança da Internet no Brasil e Atuação do CERT.br Segurança da Internet no Brasil e Atuação do CERT.br Aritana Pinheiro Falconi falconi@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação

Leia mais

Segurança a da Informação Aula 06. Aula 06

Segurança a da Informação Aula 06. Aula 06 Segurança a da Informação 26/9/2004 Prof. Rossoni, Farias 1 Em Segurança a da Informação, o que vem a ser: Cracking de Senhas IP Spoofing Denial of Service Sniffer Trojan Engenharia Social Consolidação

Leia mais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Pragas Virtuais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Pragas Virtuais Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores Pragas Virtuais 1 Pragas Virtuais São programas desenvolvidos com fins maliciosos. Pode-se encontrar algumas semelhanças de um vírus de computador com

Leia mais

Para cada questão responda se a afirmativa está certa ou errada, JUSTIFICANDO:

Para cada questão responda se a afirmativa está certa ou errada, JUSTIFICANDO: Exercícios de Segurança de Informação Ameaças lógicas Para cada questão responda se a afirmativa está certa ou errada, JUSTIFICANDO: 1) Vírus de macro infectam arquivos criados por softwares que utilizam

Leia mais

PROTEGENDO-SE DAS PRAGAS VIRTUAIS 20h

PROTEGENDO-SE DAS PRAGAS VIRTUAIS 20h PROTEGENDO-SE DAS PRAGAS VIRTUAIS 20h Luiz Henrique QUEMEL AGENDA BLOCO I - AÇÃO Conceitos Básicos Internet, firewall TCP/IP, DNS, NAT BLOCO II - REAÇÃO Malwares. Correção e prevenção. Segurança doméstica

Leia mais

Segurança em computadores e em redes de computadores

Segurança em computadores e em redes de computadores Segurança em computadores e em redes de computadores Uma introdução IC.UNICAMP Matheus Mota matheus@lis.ic.unicamp.br @matheusmota Computador/rede segura Confiável Integro Disponível Não vulnerável 2 Porque

Leia mais

Palestra sobre Segurança de Redes - Windows NT

Palestra sobre Segurança de Redes - Windows NT Palestra sobre Segurança de Redes - Windows NT Workshop: "Internet, Windows NT e Segurança de Rede" Realizada em 13/05/1998 Palestrante: Fabio C. Cunha Microsoft Systems Engineer fccunha@flipflip.usp.br

Leia mais

Roteiro. 1 Firewalls. 2 Filtros de pacotes. 3 Filtros de pacotes com estado. 4 Firewalls de aplicação. 5 Proxies de aplicação

Roteiro. 1 Firewalls. 2 Filtros de pacotes. 3 Filtros de pacotes com estado. 4 Firewalls de aplicação. 5 Proxies de aplicação Roteiro TOCI-08: Segurança de Redes Prof. Rafael Obelheiro rro@joinville.udesc.br 1 Firewalls 2 Filtros de pacotes 3 Filtros de pacotes com estado 4 Firewalls de aplicação 5 Proxies de aplicação Aula 15:

Leia mais

Acesse a página inicial do NET Antivírus + Backup : www.netcombo.com.br/antivirus. Teremos 3 opções.

Acesse a página inicial do NET Antivírus + Backup : www.netcombo.com.br/antivirus. Teremos 3 opções. Acesse a página inicial do NET Antivírus + Backup : www.netcombo.com.br/antivirus. Teremos 3 opções. Esse box destina-se ao cliente que já efetuou o seu primeiro acesso e cadastrou um login e senha. Após

Leia mais

Evitar cliques em emails desconhecidos; Evitar cliques em links desconhecidos; Manter um Firewall atualizado e ativado; Adquirir um Antivírus de uma

Evitar cliques em emails desconhecidos; Evitar cliques em links desconhecidos; Manter um Firewall atualizado e ativado; Adquirir um Antivírus de uma Evitar cliques em emails desconhecidos; Evitar cliques em links desconhecidos; Manter um Firewall atualizado e ativado; Adquirir um Antivírus de uma loja específica Manter um Antivírus atualizado; Evitar

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO DICAS Aguinaldo Fernandes Rosa Especialista em Segurança da Informação Segurança da Informação Um computador (ou sistema computacional) é dito seguro se este atende a três requisitos

Leia mais

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Auditoria e Segurança da Informação GSI536 Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Vulnerabilidades, ameaçase ataques Auditoria e Segurança da Informação(GSI521) Aula passada Auditoria e Segurança da Informação(GSI521)

Leia mais

Material de Apoio Ameaças e Mecanismos de Proteção

Material de Apoio Ameaças e Mecanismos de Proteção Material de Apoio Ameaças e Mecanismos de Proteção (Aula 02) Parte 01: Ameaças 2 Malware Sumário Definição de Malware Descrição de Códigos Maliciosos Engenharia Social Referências 3 Malware Definição de

Leia mais

Políticas de Segurança de Sistemas

Políticas de Segurança de Sistemas Políticas de Segurança de Sistemas Profs. Hederson Velasco Ramos Henrique Jesus Quintino de Oliveira Estudo de Boletins de Segurança O que é um boletim de segurança? São notificações emitidas pelos fabricantes

Leia mais

Combater e prevenir vírus em seu computador

Combater e prevenir vírus em seu computador Combater e prevenir vírus em seu computador Definição de vírus, worms, hoaxes, Tróias e vulnerabilidades de segurança Instruções para remover e evitar vírus Vulnerabilidades do sistema e ameaças de segurança

Leia mais

ANÁLISE DE FERRAMENTAS FIREWALL NO MERCADO ATUAL

ANÁLISE DE FERRAMENTAS FIREWALL NO MERCADO ATUAL ANÁLISE DE FERRAMENTAS FIREWALL NO MERCADO ATUAL José Alcino Furtado Curso Técnico em Informática Instituto Federal de Santa Catarina josealcinofurtado@gmail.com INTRODUÇÃO Firewalls são ferramentas ou

Leia mais

Componentes de um sistema de firewall - I

Componentes de um sistema de firewall - I Componentes de um sistema de firewall - I O que são Firewalls? Os firewalls são sistemas de segurança que podem ser baseados em: um único elemento de hardware; um único elemento de software instalado num

Leia mais

Prof. Marcelo Moreira Curso Juris

Prof. Marcelo Moreira Curso Juris Segurança/Exercícios 12/ABR/11 CNPQ - Analista em Ciência e Tec. Jr - CESPE 12/ABR/11 CNPQ - Assistente CESPE 22/MAR/2011 SESA/ES PARTE COMUM TODOS OS CARGOS (MÉDICOS, GESTÃO, VIGILÂNCIA) CESPE 1 2 MAR/2011

Leia mais

Hardening de Servidores

Hardening de Servidores Hardening de Servidores O que é Mitm? O man-in-the-middle (pt: Homem no meio, em referência ao atacante que intercepta os dados) é uma forma de ataque em que os dados trocados entre duas partes, por exemplo

Leia mais

Material destinado ao estudo da Segurança da Informação - UNIP. Proibida a cópia ou distribuição. Prof. Marco Agisander Lunardi.

Material destinado ao estudo da Segurança da Informação - UNIP. Proibida a cópia ou distribuição. Prof. Marco Agisander Lunardi. Nossos problemas Ameaças Ameaças à segurança As ameaças à segurança da informação são relacionadas diretamente à perda de uma de suas 3 características principais, quais sejam: Perda de Confidencialidade:

Leia mais

Gerência de Redes Segurança

Gerência de Redes Segurança Gerência de Redes Segurança Cássio D. B. Pinheiro cdbpinheiro@ufpa.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar o conceito e a importância da Política de Segurança no ambiente informatizado, apresentando

Leia mais

Quando o Spam se torna um Incidente de Segurança

Quando o Spam se torna um Incidente de Segurança Quando o Spam se torna um Incidente de Segurança - RNP Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança - CAIS Novembro de 2003 RNP/PAL/0201 2003 RNP Sumário Introdução Spam: um pouco de história A Evolução

Leia mais

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente.

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente. Noções básicas sobre segurança e computação segura Se você se conecta à Internet, permite que outras pessoas usem seu computador ou compartilha arquivos com outros, deve tomar algumas medidas para proteger

Leia mais