PROCEDIMENTO DE MONOGRAFIA / CERTIFICAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCEDIMENTO DE MONOGRAFIA / CERTIFICAÇÃO"

Transcrição

1 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 1 de OBJETIVO A Companhia dos Cursos tem como objetivo informar o aluno sobre o trâmite de realização de monografia e de orientação ao Trabalho de Conclusão de Curso. A Cia dos Cursos explica todos os pontos importantes para que o aluno possa garantir o sucesso em seu final e conseqüentemente sua certificação. Para auxiliar esse processo existe o serviço de Câmara Pedagógica que é um diferencial que a Cia dos Cursos apresenta ao aluno nos cursos que são realizados fora de sede da Universidade, pois os professores não são locais e muitas vezes não conseguem realizar essa orientação devido à conciliações de serviços da semana com esse de final de semana. 2.0 APLICAÇÃO Esse procedimento será aplicado a todos aos professores, coordenadores e gerente administrativo. 3.0 RESPONSABILIDADES E AUTORIDADES Cargo Responsabilidade Autoridade DIRETOR GERAL GERÊNCIA ADMINISTRATIVA Controlar a ação do gerente geral e do gerente comercial. Verificação do processo através da Ouvidoria MÁXIMA ACOMPANHAMENTO COORDENADOR ACADÊMICO PROFESSORES ALUNOS Auxiliar nas orientações de assuntos técnicos e cooperar com a Câmara Pedagógica no tocante a sua divulgação Conhecer todos os trâmites de monografia e de certificação de curso do aluno, para auxiliar em possíveis dúvidas dos alunos. Conhecer o procedimento no início do curso para que possa ser cobrado de suas responsabilidades do processo. COOPERAÇÃO E DIVULGAÇÃO CONHECIMENTO ATUAÇÃO 4.0 DEFINIÇÕES 4.1 MONOGRAFIA: A monografia é o trabalho de conclusão de curso que deverá ser entregue pelos alunos em situação acadêmica aprovada para concluírem todo o projeto pedagógico e serem certificados pela Universidade; 14/01/2011 Página 1/14

2 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 2 de CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DE CURSO: Esse certificado, que é emitido pela Universidade Chanceladora do curso, serve para comprovar que o aluno concluiu todos os requisitos necessários para ser reconhecido como Pós-Graduado ou Especialista na área do curso; 4.3 CÂMARA PEDAGÓGICA: é uma equipe de professores da Cia dos Cursos que está disponível para atendimento de orientação pedagógica aos alunos que estiverem em execução de sua monografia. 5.0 PROCEDIMENTO 5.1 MONOGRAFIA: PRAZO DE ENTREGA DE MONOGRAFIA: O prazo oficial de entrega de monografia é o prazo autorizado pelas Pró-Reitorias de Pós Graduação das Universidades conveniadas à Cia dos Cursos, conforme comunicado que é divulgado na área da turma no site da Cia dos Cursos: Informamos que a entrega da monografia deve ser feita no último dia de aula do curso. Após o último dia de aula o aluno terá o prazo de entrega prorrogado por mais 15 dias úteis. Caso o aluno não respeite o prazo o mesmo será reprovado, não podendo receber o certificado de conclusão. Os alunos que forem reprovados na monografia deverão matricular-se novamente, no mesmo curso, em uma nova turma. Esse prazo de 15 (quinze) dias poderá ser alterado para no máximo 30 (trinta) dias com autorização escrita da Coordenação Geral. Após esse prazo o aluno é automaticamente reprovado e deverá proceder com nova matrícula no curso. Após essa nova matrícula, o aluno deverá solicitar, através de requerimento, o aproveitamento das disciplina cursadas, quando lhe será colocado um novo cronograma de entrega de monografia, apenas após cumprimento das disciplinas não aprovadas PRAZO DE UTILIZAÇÃO DA CÂMARA PEDAGÓGICA: O aluno deverá iniciar sua orientação com a câmara pedagógica, no mínimo, com 30 (trinta) dias antes da entrega final da monografia. Caso o aluno faça a solicitação no prazo menor, a câmara pedagógica não terá a responsabilidade de resposta imediata ao aluno. A Avaliação da monografia descreve o porque é um risco de não seguir orientação da câmara pedagógica ou não acompanhá-la de sua orientação através de outro professor poderá ocasionar a reprovação do trabalho monográfico PRAZO DE RESPOSTA DA CÂMARA PEDAGÓGICA: o prazo de resposta dos professores da câmara pedagógica aos trabalhos deverá ser em até 10 (dez) dias úteis do envio do , porém o professor deverá informar imediatamente, ou seja, no prazo de 03 (três) dias úteis ao aluno a data que recebeu seu contato, dando o prazo de resposta a orientação ou a orientação propriamente dita. 14/01/2011 Página 2/14

3 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 3 de ORIENTAÇÃO PARA MONOGRAFIA: A Cia dos Cursos descreve o trâmite de entrega no texto abaixo que fica disponível aos alunos no seu site da empresa na área do aluno, sob o título de orientação para monografia e com o seguinte texto: Prezados alunos, Para finalizar a Pós-Graduação, como todos sabem, é obrigatória a entrega da monografia ou artigo monográfico. Esta entrega deve ser feita no último dia de aula do curso. Após o último dia de aula, o aluno terá o prazo de entrega prorrogado por mais 15 dias corridos. No site da turma vocês encontraram o passo a passo para iniciar a orientação de suas monografias, pois visando auxiliar o aluno na elaboração da monografia, a Cia dos Cursos passa a oferecer em 2010 mais uma ferramenta para comunicação e acompanhamento das dificuldades dos alunos: a Câmara Pedagógica (CP). Em caso de dúvidas após a leitura do arquivo, por favor, encaminhem para o responsável pela Câmara Orientadora, Prof. Murilo Campos Battisti: Caso o aluno não respeite este prazo máximo, o mesmo será reprovado, não podendo receber o certificado de conclusão, e apenas terá direito ao Certificado se voltar a matricular-se no curso, em nova turma, cujo valor será o valor de inscrição ao processo seletivo à época. No ato da matrícula o aluno deverá realizar um requerimento de APROVEITAMENTO DE ESTUDOS. Assim, será analisada sua situação acadêmica para ser definido o prazo para cumprir suas pendências e o número de mensalidades necessárias para essa conclusão. Assim que o aluno estiver academicamente aprovado em todas as disciplinas, terá um prazo para entrega da monografia, que será corrigida posteriormente pela banca examinadora estabelecida pela Coordenação Acadêmica. Esse processo se iniciará após a matrícula e o requerimento de aproveitamento de estudos, que deverá ser aberto no escritório local. O prazo máximo para o aproveitamento de 100% das disciplinas do curso, como informados no regimento interno da Universidade, é de 36 (trinta e seis) meses da data inicial da turma onde o aluno realizou suas atividades nesse curso. A Companhia dos Cursos somente considerará o processo concluído quando o aluno estiver com baixa acadêmica concluída, ou seja, aprovação em pelos menos 360 horas das disciplinas do programa: Entregado a monografia em CD devidamente aprovada por seu orientador; 14/01/2011 Página 3/14

4 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 4 de 14 Sua monografia aprovada com nota igual ou superior a 7,0 (sete); Sua freqüência mínima de 75% em cada uma das disciplinas; Sua aprovação com média igual ou superior a 7,0 (sete) em todas as disciplinas; Toda sua documentação regularizada e entregue (cópia do CPF, cópia do RG, cópia do Diploma de Graduação, cópia do Histórico Escolar de Graduação) ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS PARA A ELABORAÇÃO DA CAPA DO CD DA MONOGRAFIA FINAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: Está estabelecido pela Pró-Reitoria de Pós Graduação e Pesquisa que o trabalho de conclusão de cursos Lato Senso deverá ser entregue por 02 (dois) meios: uma cópia impressa e encadernada em espiral para a correção do orientador (se solicitado) e por último deverá ser entregue para a Próreitoria de Pós Graduação apenas o CD já com a nota da monografia, esta deverá estar elucidamente descrita na folha de avaliação que será disponibilizada ao orientador através da Pró-Reitoria. O CD final (com as devidas correções) deverá ser entregue primeiro, ao orientador, que posteriormente entregará na Secretaria de Pós-Graduação. Modelo de Capa de CD: Observação: Quando o curso não for da Universidade Cruzeiro do Sul, o aluno deverá alterar apenas o nome da Universidade e retirar a primeira linha: PRPGP UNNICSUL. 14/01/2011 Página 4/14

5 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 5 de TRÂMITE DE ENTREGA DE MONOGRAFIA: para melhor eficácia no processo a Cia dos Cursos define ao aluno o seguinte TRÂMITE DO PROCESSO DE ENTREGA DA MONOGRAFIA: O aluno deverá encaminhar ao escritório local da Companhia dos Cursos o Requerimento de Entrega de Monografia devidamente preenchido, juntamente com a versão final da monografia em CD, verificando exigências de capa de CD descritas pela Universidade. Importante: Alunos que tiveram seus nomes alterados devem anexar também a Certidão de Casamento. Estes documentos devem ser entregues no escritório local que entregará um documento registrando o inicio do processo de certificação. Após a entrega da monografia, o prazo para emissão do Certificado é de 90 até 180 dias contados a partir da data de finalização do processo de entrega da monografia na Companhia dos Cursos. Quaisquer dúvidas devem ser esclarecidas no escritório local ou pelo PLAGIO DE MONOGRAFIA: Realizar uma pós-graduação é tarefa que exige disciplina e dedicação por parte dos alunos. As provas são periódicas e a elaboração da monografia requer tempo e bastante estudo. Por vezes acontece de o professor responsável se deparar com desonestidade acadêmica na forma de plágio ou cola no trabalho: O plágio é representado pelo uso de palavras, idéias, fatos, opiniões, teorias, figuras, tabelas ou qualquer outra forma de trabalho acadêmico que pertença a outra pessoa sem colocar os créditos do autor original; A cola é caracterizada pelo recebimento ou fornecimento de alguma forma não autorizada e proibida de assistência no âmbito acadêmico. Atentos a essa questão, os professores da Cia dos Cursos buscam sempre checar a fonte das informações citadas nos textos e trabalhos apresentados pelos alunos. A desonestidade acadêmica prejudica a qualidade do ensino e deprecia a genuinidade da conquista dos outros. Dessa forma, ela é uma prática inaceitável na sala de aula. Como conseqüência, o aluno que praticar desonestidade acadêmica sofrerá as responsabilidades com a reprovação imediata no trabalho ou prova em que houve a infração. A Cia dos Cursos busca acima de tudo ser justa e correta com aqueles que se empenharam nos estudos e valorizar suas conquistas acadêmicas. 14/01/2011 Página 5/14

6 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 6 de CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DE MONOGRAFIA: Visando estabelecer um conceito de correção unificado a todos os professores, a Cia dos Cursos estabelece critérios para essa correção, que são: Nota máxima A nota máxima para correção inicial será 8,0 (oito), onde o aluno poderá atingir a nota máxima que é 10,0 (dez) caso consiga os acréscimos de nota do ítem Acréscimos à nota máxima PARTICIPAÇÃO NA AULA DE METODOLOGIA 0,5 APRESENTOU PRÉ-PROJETO PARA CP 0,5 RELAÇÃO COM OBJETIVO DO CURSO / DISCIPLINAS 0,5 TEM VALOR AGREGADO A ÁREA DE CONHECIMENTO 0,5 O aluno terá 0,5 (meio ponto) de acréscimos à nota de sua monografia caso realize efetivamente os seguintes itens: Participação na aula de metodologia: Realização de pré-projeto e freqüência, bem como interesse nas explicações e no seu tema; Essa nota pode ser dada conforme o critério: ,0 Nenhuma participação; ,1 pontos Pouca participação (nenhum dos itens completos); ,2 pontos Participação razoável (apenas freqüência máxima); ,3 pontos Participação boa (apenas 01 dos itens completos: pré-projeto ou interesse); ,4 pontos Participação muito boa (02 dos itens completos: pré-projeto, freqüência e interesse); ,5 pontos Participação excelente (pré-projeto, freqüência e interesse) Pré-Projeto: Caso o aluno apresente à Câmara Pedagógica um pré-projeto e siga o cronograma indicado pela orientação receberá o acréscimo de 0,5 pontos em sua nota final. O aluno que não realizar o trâmite de préprojeto completo ainda poderá ter acréscimos desde que entregue o pré-projeto mesmo sem seguir o cronograma, receberá o acréscimo de 0,25 pontos. Caso não apresente o pré-projeto não receberá acréscimos Relação com objetivo do Curso / Disciplinas: Dependendo do grau de relação com o curso, a monografia poderá ter um acréscimo de 0,1 14/01/2011 Página 6/14

7 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 7 de 14 até 0,5 pontos com relação ao objetivo do curso ,1 pontos muito pouco existente com alguma disciplina do curso; ,2 pontos existente com alguma disciplina do curso; ,3 pontos pouco existente com o curso em si; ,4 pontos existente com o curso em si; ,5 pontos extremamente de acordo com o objetivo do curso Valor Agregado: Caso a monografia apresente valor agregado à área de conhecimento do curso, será acrescido de 0,1 até 0,5 pontos de acordo com ao quanto valor agregado pode ter acrescido Possibilidade de Plágio: Se o professor que corrigir verificar a possibilidade de plágio deverá descontar 01 (um) ponto da nota final, lembrando que caso seja detectado o plágio exato, o aluno deverá ter nota ZERO Pesquisa Científica: Se a monografia não for uma pesquisa científica o aluno será reprovado na monografia porque perderá 5,0 pontos na correção final. É importante relembrar que o aluno deverá seguir à orientação da Câmara pedagógica para não correr o risco de ter sua monografia reprovada. CUIDADO: O NÃO CUMPRIMENTO DESSE ÍTEM SIGNIFICA REPROVAÇÃO AUTOMÁTICA DE SUA MONOGRAFIA Orientação realizada pela Câmara Pedagógica: Se a monografia não for acompanhada pela Câmara Pedagógica o aluno perderá 01 ponto na sua nota final. É considerada não acompanhada se: Orientador não é docente do curso e não foi mantido o passo-a-passo com a Câmara Pedagógica; Orientador é docente do curso e o não foi executado o processo de orientação conforme definido pela Câmara Pedagógica. 5.2 CÂMARA PEDAGÓGICA: A finalidade da Câmara Pedagógica é a de acompanhar os alunos no processo de elaboração das monografias e ajudá-los a desenvolver o seu trabalho com o rigor científico, com a métrica e a estilização que a Cia dos Cursos exige de seus alunos. Ou seja, a finalidade da Câmara Pedagógica é a de orientar os alunos sobre a estética 14/01/2011 Página 7/14

8 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 8 de 14 da monografia (normas ABNT) e também sobre seu conteúdo. Vale ressaltar, entretanto, que em caso de dúvidas específicas sobre conteúdo, o coordenador-acadêmico será consultado. Para o professor saber as normas dessa câmara pedagógica, consultar procedimento 28-ACAD CAMARA PEDAGÓGICA FUNÇÕES DA CÂMARA PEDAGÓGICA: As funções da CP são: APROVAÇÃO DO PRÉ-PRJETO (desejável); Acompanhar e orientar o Trabalho de Conclusão do Curso As sucessivas correções devem ser feitas pelo autor (não pelo orientador, que apenas o orientará o aluno do que deverá ser realizado) Definida a versão do Trabalho de Conclusão do Curso, avaliar e enviar à Cia dos Cursos a Folha de Avaliação Quando da reprovação de um Trabalho de Conclusão do Curso (nota inferior a sete), antes da elaboração da Folha de Avaliação, informar o fato à Câmara Pedagógica, enviando o Trabalho de Conclusão do Curso em sua versão final para apreciação por outros 02 (dois) membros Informar permanentemente à Câmara Pedagógica os alunos que se encontram sob sua orientação (existentes e novos) Participar em forma colegiada dos procedimentos, a serem observados pelos alunos, relativos à elaboração e aprovação do Trabalho de Conclusão do Curso CONTATO DA CÂMARA PEDAGÓGICA COM ALUNO: O contato entre aluno e Câmara Pedagógica será essencialmente realizado por . Qualquer outra forma de contato (skype ou telefone) será opcional e acordada entre aluno e orientador pertencente a essa Câmara Pedagógica. O aluno deverá enviar seu ao coordenador acadêmico de seu curso com cópia para a Câmara Pedagógica (Prof. Dr. Murilo Battisti). Após o encaminhamento do aluno, a Câmara Pedagógica estabelecerá com o aluno um cronograma para a execução do trabalho. O aluno tem a responsabilidade de cumprir o cronograma estabelecido pela Câmara Pedagógica. Procedimentos para os alunos Contatar a Câmara Pedagógica: o aluno deverá colocar no Assunto do Nome_turma_local_assunto. EX. claudia_psc015_recife_orientação O aluno deverá utilizar no corpo da mensagem a seguinte tabela a fim de facilitar o trabalho de orientação: 14/01/2011 Página 8/14

9 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 9 de No corpo da mensagem, o aluno deverá informar também o número do módulo em que o curso se encontra. Dessa maneira a Câmara Pedagógica terá as informações necessárias para entender o andamento do curso e o prazo de entrega da monografia A correção de erros ortográficos é responsabilidade do aluno Caso a Câmara Pedagógica solicite revisão do texto, o aluno deverá buscar auxílio de um revisor especialista no assunto Quanto mais cedo o aluno entrar em contato com a Câmara Pedagógica e iniciar a elaboração da monografia, melhor será o resultado do trabalho O aluno deverá enviar o seu manuscrito sempre no formato PDF a fim de evitar o risco de o risco de contaminação por vírus PROFESSORES EFETIVOS CÂMARA PEDAGÓGICA: A Câmara Pedagógica é composta por pelo menos 02 (dois) professores, listados em como 01 e 02, que são complementados por outros 02 (dois) professores, listados como 03 e 04, que são da Coordenação Geral Professora Salete Regina Vicentini, que possui o Professor Mestre Luis Lancelle, que possui o Professor Dr. Murilo Campos Battisti, que possui o e- mail: Professor Carlos Eduardo A. Russo, que possui o CERTIFICAÇÃO: O processo de certificação somente poderá ser iniciado após o aluno ter realizado TODO o trâmite de entrega da monografia, conforme item Logo após esse item estar completamente cumprido, a Cia dos Cursos iniciará o seguinte trâmite: CORREÇÃO DA MONOGRAFIA: A correção da monografia deverá ser realizada por 03 (três) professores, sendo que o primeiro deles será o professor da câmara pedagógica responsável pela orientação do aluno ou pela supervisão do processo, caso o aluno tenha a orientação de professor que não seja membro da Câmara pedagógica. 14/01/2011 Página 9/14

10 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 10 de PRÉ-NOTA: o professor responsável acima descrito deverá atribuir uma pré-nota que deverá ser colocada na Folha de Avaliação CONFIRMAÇÃO DE NOTA: a pré-nota atribuída poderá ser acompanhada ou mesmo pode ser alterada pelos professores responsáveis pela Coordenação CONFIRMAÇÃO DA NOTA: No caso dos professores responsáveis pela coordenação acompanhem a nota do professor orientador, a folha de avaliação entregue pelo professor responsável pela pré-nota seguirá o trâmite de encaminhamento para a Universidade para certificação; ALTERAÇÃO DA NOTA: No caso de um dos professores alterarem a pré-nota atribuída ao aluno, será realizada média aritmética das 03 (três) notas atribuídas pelos professores responsáveis por essas correções e o coordenador geral deverá preencher nova folha de avaliação para seguir o trâmite de encaminhamento par a Universidade para certificação; REPROVAÇÃO DO ALUNO: No caso do aluno ter tido nota inferior a 7,0 (sete) e conseqüentemente ser reprovado no curso de Pós-Graduação, os coordenadores deverão verificar novamente toda a monografia e o processo de orientação para confirmarem ou alterarem a nota para a média das notas atribuídas por todos os 03 (três) professores. Os alunos reprovados deverão realizar nova matrícula para nova oportunidade de aprovação TEMPO DO PROCESSO DE CORREÇÃO: a Cia dos Cursos reserva o tempo de 30 (trinta) dias úteis para correção da monografia entregue pelo aluno, esse tempo será computado a partir da entrega da monografia conforme trâmite descrito no item DOCUMENTOS PARA A UNIVERSIDADE: A secretaria geral da Cia dos Cursos enviará para a Universidade Chanceladora os documentos que comprovem a aprovação do aluno depois de completado todo o processo de correção que deverá ser protocolado envio pela secretaria geral e arquivado o documento recebido pela Universidade, a saber: DIÁRIO DE CLASSE: o diário de classe assinado pelo coordenador geral, após nova conferência de todas as listas de presença e quadro de notas; 14/01/2011 Página 10/14

11 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 11 de DOCUMENTOS ADICIONAIS: todos os documentos que o aluno enviar durante o curso, que seja entregue após 30 (trinta) dias do início do curso, deverá ser enviado juntamente com o diário de classe; FOLHA DE AVALIAÇÃO: as folhas de avaliação dos alunos serão encaminhadas pela Secretaria Geral da Cia dos Cursos para a Universidade Chanceladora todos os dias 15 (quinze) de cada mês, onde constará os processos entregues do dia 15 (quinze) do mês anterior até o dia 14 (catorze) do mês do envio; CD DA MONOGRAFIA: o CD da monografia, enviado pelo aluno deverá ser enviado para Universidade juntamente com a folha de avaliação do aluno e deverá estar de acordo com o item (capa do CD); EMISSÃO DO CERTIFICADO DE PÓS-GRADUAÇÃO: a Universidade Chanceladora realizará a inspeção de todo processo previamente realizado pela Cia dos Cursos para enfim realizar a emissão do certificado de conclusão de curso ao aluno. O tempo que a Universidade necessita para esse trabalho é de 90 (noventa) dias úteis. Assim que confeccionado a Universidade envia para a sede da secretaria geral da Cia dos Cursos em Natal-RN a qual será incumbido o dever de realizar a entrega ao aluno; ENTREGA DO CERTIFICADO DE PÓS-GRADUAÇÃO: a Cia dos Cursos deverá realizar a entrega da monografia através do seguinte processo: INFORMAÇÃO DE CHEGADA DO CERTIFICADO: A secretaria geral da Cia dos Cursos deverá enviar um e- mail informando ao aluno a chegada do certificado e solicitando a presença do aluno no escritório local da cidade onde o curso foi realizado (concluído) para entrega do certificado e assinatura do documento de confirmação dessa entrega, de obrigatório preenchimento e assinatura para entrega do certificado. Caso o aluno opte pela entrega via correio deverá solicitar à Cia dos Cursos em resposta ao , atendendo o item ; ENTREGA NO ESCRITÓRIO LOCAL: O aluno que se deslocar ao escritório local da Cia dos Cursos deverá assinar o termo de entrega do certificado, enviado pela Universidade e então receber o seu certificado de conclusão do curso de Pós-Graduação; ENTREGA POR CORREIO: O aluno que solicitar apenas via resposta do de informação de chegada do certificado deverá seguir o trâmite: SOLICITAÇÃO DE ENVIO DE CARTA DO ALUNO CONFIRMANDO O RECEBIMENTO DO CERTIFICADO: via o aluno informará a Cia dos Cursos que solicita a entrega do certificado via correio; 14/01/2011 Página 11/14

12 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 12 de DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO DO CERTIFICADO: A Cia dos Cursos enviará o termo de confirmação de recebimento do certificado para que o aluno assine e envie para a Cia dos Cursos (via Carta Registrada ou SEDEX, para que o processo possa ser rastreado nos correios). Juntamente com o envio do termo assinado, o aluno deverá preencher o requerimento, conforme procedimento 22-ADM REQUERIMENTOS, que deverá ser informado ao aluno pela secretaria geral da Cia dos Cursos, e enviar uma cópia do comprovante de pagamento de taxa de requerimento, que deverá ser preenchido com o motivo: ENVIO DE DOCUMENTAÇÃO VIA CORREIOS; ENVIO DO CERFICADO: Após recebimento do termo assinado e do requerimento assinado e do comprovante de pagamento do requerimento, a Cia dos Cursos enviará o certificado do aluno via Carta Registrada ou SEDEX, para que o processo possa ser rastreado pelos correios. O número do processo nos correios será enviado ao aluno por juntamente com a cópia digital do certificado enviado. PROCEDIMENTO 01 GERAL GERAL PROCEDIMENTO 22 ADM REQUERIMENTOS PROCEDIMENTO 28 ACAD CAMARA PEDAGÓGICA 7.0 REGISTROS DA QUALIDADE Não se aplica. 8.0 ANEXOS 8.1 LISTA DE ASSINATURA DESSE PROCEDIMENTO; 9.0 REVISÕES E DISTRIBUIÇÕES Data Revisão Descrição da Modificação Preparado por Aprovado por 05/05/08 Criação do Procedimento C. Russo C. Russo 10/01/11 Alteração do Procedimento C. Russo C. Russo 14/01/2011 Página 12/14

13 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 13 de 14 Lista de Distribuição: 01 DIRETORIA GERAL 02 COORDENADOR ACADÊMICO 03 GERENTE ADMINISTRATIVO 04 PROFESSORES 05 SECRETARIA GERAL 06 ADMINISTRATIVOS-REGIONAIS 07 ALUNOS (ENTREGUE NO PRIMEIRO DIA DE AULA) 14/01/2011 Página 13/14

14 COMPANHIA DOS CURSOS Página: 14 de ANEXO 8.1 TERMO DE CIÊNCIA QUANTO AO PROCEDIMENTO 14/01/2011 Página 14/14

PROCEDIMENTO DE COMITÊ DE ÉTICA

PROCEDIMENTO DE COMITÊ DE ÉTICA COMPANHIA DOS CURSOS Página: 1 de 9 1.0 OBJETIVO A Companhia dos Cursos tem como objetivo informar o aluno sobre o trâmite de entrada do pré-projeto do trabalho de conclusão de curso no comitê de ética

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS PALMAS TO, 2015 1. Informações Gerais O presente Manual da Católica do Tocantins, mantida pela União Brasiliense de Educação e Cultura (UBEC)

Leia mais

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CEFET-SP DO OBJETIVO DA PROPOSTA DE MONOGRAFIA

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CEFET-SP DO OBJETIVO DA PROPOSTA DE MONOGRAFIA REGULAMENTO DA MONOGRAFIA DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CEFET-SP DO OBJETIVO Normatiza as atividades relacionadas à monografia da pós-graduação lato sensu do CEFET-SP. Art. 1º. Os objetivos da monografia

Leia mais

2. MATRÍCULA NO MÓDULO DE ORIENTAÇÃO

2. MATRÍCULA NO MÓDULO DE ORIENTAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZACAO EM GESTÃO DE PROJETOS SOCIAIS EM ORGANIZAÇÕES DO TERCEIRO SETOR ORIENTAÇÃO DE MONOGRAFIA A Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2012-PPGMAPSI/UNIR DE 01 DE OUTUBRO DE 2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2012-PPGMAPSI/UNIR DE 01 DE OUTUBRO DE 2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2012-PPGMAPSI/UNIR DE 01 DE OUTUBRO DE 2012. DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DO EXAME DE QUALIFICAÇÃO, DEFESA E ENTREGA DA VERSÃO FINAL DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO.

Leia mais

REGULAMENTO PARA DISCIPLINA ISOLADA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (Especialização)

REGULAMENTO PARA DISCIPLINA ISOLADA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (Especialização) CEC - REGULAMENTO PARA DISCIPLINA ISOLADA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (Especialização) 1. O interessado fará um requerimento na Secretaria do Tudo Aqui para cursar uma ou mais disciplinas isoladas de um determinado

Leia mais

Manual do Trabalho de Conclusão de Curso

Manual do Trabalho de Conclusão de Curso UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DE TECNOLOGIA Departamento de Informática Curso de Engenharia de Computação/Bacharelado em Informática Coordenadoria do Trabalho de Conclusão

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU

FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU Sobre normas gerais Art.1º- Os cursos de especialização lato sensu, oferecidos pela Faculdade Católica

Leia mais

Regulamento Projeto interdisciplinar

Regulamento Projeto interdisciplinar Regulamento Projeto interdisciplinar 1 Apresentação O presente manual tem como objetivo orientar as atividades relativas à elaboração do Projeto Interdisciplinar (PI). O PI é o estudo sobre um tema específico

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE FISIOTERAPIA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE FISIOTERAPIA 1 DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE FISIOTERAPIA CACOAL 2009 2 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MBA EXECUTIVO

GUIA DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MBA EXECUTIVO GUIA DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MBA EXECUTIVO INÍCIO DO CURSO - Por se tratar de um modelo de ensino individualizado e exclusivo, não é necessário a formação de turmas, e o Aluno pode

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO: Caracterizados como um conjunto articulado de ações pedagógicas, de caráter teórico e/ou prático, presencial ou à distância,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL N.º 028/2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL N.º 028/2014 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL N.º 028/2014 O Reitor da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA - UESB, no uso de suas

Leia mais

EDITAL Nº 001/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 001/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO EDITAL Nº 001/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ, torna público que estarão abertas as inscrições para seleção

Leia mais

EDITAL Nº01 CIPHARMA DE DOUTORADO SELEÇÃO 2016/1. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS (CiPharma)

EDITAL Nº01 CIPHARMA DE DOUTORADO SELEÇÃO 2016/1. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS (CiPharma) EDITAL Nº01 CIPHARMA DE DOUTORADO SELEÇÃO 2016/1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS (CiPharma) O Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPG) da Escola de Farmácia da Universidade

Leia mais

GUIA INFORMATIVO DA PÓS-GRADUAÇÃO

GUIA INFORMATIVO DA PÓS-GRADUAÇÃO GUIA INFORMATIVO DA PÓS-GRADUAÇÃO Parabéns por ter escolhido a FAMÍLIA PROMINAS para estudar, agradecemos a preferência e confiança depositadas em nossos serviços educacionais. Faremos de tudo para lhe

Leia mais

R E G U L A M E N T O da M O N O G R A F I A

R E G U L A M E N T O da M O N O G R A F I A COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA - C E C - R E G U L A M E N T O da M O N O G R A F I A Pró-Reitoria de Educação Superior e Educação Continuada 2013 1 UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA UNIVAP PRÓ-REITORIA

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 3 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 5 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 6 CONCLUSÃO DE CURSO 6 RELATÓRIO TÉCNICO 7 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DO IAPAR

DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DO IAPAR 1 DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DO IAPAR 1 OBJETIVO A presente norma tem por objetivo definir e orientar procedimentos para a defesa de Dissertação pelo corpo discente

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO DE CURRÍCULO NA FORMAÇÃO DOCENTE CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO DE CURRÍCULO NA FORMAÇÃO DOCENTE CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO DE CURRÍCULO NA FORMAÇÃO DOCENTE CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1 - O curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ, torna pública a abertura de inscrições para selecionar candidatos

Leia mais

2.1. As inscrições estarão abertas no período de 10 de fevereiro a 05 de maio de 2014.

2.1. As inscrições estarão abertas no período de 10 de fevereiro a 05 de maio de 2014. EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ, torna pública a abertura de inscrições para selecionar candidatos

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) PALMAS TO, NOVEMBRO 2015 A disciplina Trabalho de Conclusão de Curso, na Faculdade Católica do Tocantins, está organizada

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE FÍSICA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM DO TRABALHO Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO ALUNO ESPECIAL Nº. 01/2016 SEMESTRE 2016.1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO ACADÊMICO

EDITAL DE SELEÇÃO ALUNO ESPECIAL Nº. 01/2016 SEMESTRE 2016.1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO ACADÊMICO EDITAL DE SELEÇÃO ALUNO ESPECIAL Nº. 01/2016 SEMESTRE 2016.1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO ACADÊMICO 1. PREÂMBULO A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO 1. DA DEFINIÇÃO a) O Trabalho de Graduação (TG) compreende o estudo de um problema em profundidade, requerendo

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA FAPEPE FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA FAPEPE FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA FAPEPE FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE CAPITULO I INTRODUÇÃO Artigo 1 - O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO - UNIFESP PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB Processo Seletivo EDITAL N 003 / 2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO - UNIFESP PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB Processo Seletivo EDITAL N 003 / 2012 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO - UNIFESP PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB Processo Seletivo EDITAL N 003 / 2012 A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO - UNIFESP, em parceria com o Programa

Leia mais

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 001/2015

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 001/2015 RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 001/2015 Aprovar ad referendum do Conselho Universitário- CONSUN, o Regulamento para a Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade do Contestado - UnC. A Presidente do Conselho Universitário

Leia mais

Mestrado e Doutorado

Mestrado e Doutorado Mestrado e Doutorado O Programa de Pós-Graduação em Ciências Naturais (PPGCN) tem por objetivo principal a formação de recursos humanos qualificados em nível de mestrado e doutorado na área Interdisciplinar.

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO 1. DA DEFINIÇÃO a) O Trabalho de Graduação (TG) compreende o estudo de um problema em profundidade, requerendo

Leia mais

REGULAMENTO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO

REGULAMENTO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO REGULAMENTO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Institui o Regulamento de Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso) do Curso de Direito da Celer Faculdades

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense- IFF Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - Polo MNPEF/IFF

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense- IFF Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - Polo MNPEF/IFF Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense- IFF Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - Polo MNPEF/IFF EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-IFF N O 01/2014 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO

Leia mais

DO PROJETO DE MONOGRAFIA. Art. 2º. A elaboração da monografia deverá ser precedida de elaboração e aprovação de projeto de monografia.

DO PROJETO DE MONOGRAFIA. Art. 2º. A elaboração da monografia deverá ser precedida de elaboração e aprovação de projeto de monografia. Art. 1º. Este regulamento é aplicável aos cursos que em seu projeto definiram a monografia como trabalho final, conforme previsto no Regimento Interno do Instituto Superior do Ministério Público ISMP.

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas. Edital de Seleção 2016 Mestrado

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas. Edital de Seleção 2016 Mestrado Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas Edital de Seleção 2016 Mestrado A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia

Leia mais

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA FINAL DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA FINAL DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA REGULAMENTO DA MONOGRAFIA FINAL DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA Este regulamento normatiza as atividades relacionadas com o Projeto de Monografia e a Monografia Final da

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A PARTE INDIVIDUAL (TCC) Prezado aluno, leia atentamente e siga rigorosamente essas instruções.

INSTRUÇÕES PARA A PARTE INDIVIDUAL (TCC) Prezado aluno, leia atentamente e siga rigorosamente essas instruções. INSTRUÇÕES PARA A PARTE INDIVIDUAL (TCC) Prezado aluno, leia atentamente e siga rigorosamente essas instruções. 2.5- Instruções para a parte individual 2.5.1 Do propósito Nessa parte do trabalho chamada

Leia mais

EDITAL 001/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL 001/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO EDITAL 001/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ,, torna público que estarão abertas as inscrições para seleção

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. EDITAL Nº 034/PRPGP/UFSM, de 18 de julho de 2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. EDITAL Nº 034/PRPGP/UFSM, de 18 de julho de 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 034/PRPGP/UFSM, de 18 de julho de 2012 ABERTURA DE INSCRIÇÃO AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO ENGENHARIA ELÉTRICA, EM NÍVEL DE DOUTORADO (CÓDIGO

Leia mais

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA. Capítulo I Da Origem e Finalidade

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA. Capítulo I Da Origem e Finalidade REGULAMENTO DA MONOGRAFIA Capítulo I Da Origem e Finalidade Art. 1º. A monografia é exigida nos cursos de pós-graduação lato sensu, conforme resolução nº 1 de 3 de abril de 2001 do CNE/CES (Conselho Nacional

Leia mais

Câmara Superior de Pós-Graduação do Conselho Universitário da Universidade Federal de

Câmara Superior de Pós-Graduação do Conselho Universitário da Universidade Federal de RESOLUÇÃO Nº 02/2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO Aprova a criação do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, denominado

Leia mais

EDITAL 97 - CONCURSO DE SELEÇÃO 2013.2 DOUTORADO ACADÊMICO

EDITAL 97 - CONCURSO DE SELEÇÃO 2013.2 DOUTORADO ACADÊMICO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BOTÂNICA) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO QUINTA DA BOA VISTA S/N. SÃO CRISTÓVÃO CEP 20940-040 RIO DE JANEIRO, RJ BRASIL pgbotufrj@gmail.com EDITAL

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE ASTRONOMIA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. EDITAL Nº 037/PRPGP/UFSM, de 13 de agosto de 2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. EDITAL Nº 037/PRPGP/UFSM, de 13 de agosto de 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 037/PRPGP/UFSM, de 13 de agosto de 2012 ABERTURA DE INSCRIÇÃO AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, NÍVEL DE MESTRADO (CÓDIGO

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Edital 09/2014 PROPEP/UFAL

Edital 09/2014 PROPEP/UFAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Coordenadoria de Pós-Graduação Edital 09/2014 PROPEP/UFAL ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EM ENGENHARIA

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Administração

Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Administração Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Administração I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DE PROGRAMA (CCP) A CCP

Leia mais

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Criada em 1933

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Criada em 1933 Orientações e Regras para elaboração TCCs - PÓS-GRADUAÇÃO As orientações que se seguem são válidas para todos os cursos de Pós- Graduação da Fespsp. A apresentação de trabalhos acadêmicos é normalizada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA Normatização nº 01/2010 - CCEF ESTABELECE NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC - DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas Edital de Seleção 2016 - Doutorado A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 019/PRPGP/UFSM, DE 06 DE MAIO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 019/PRPGP/UFSM, DE 06 DE MAIO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 019/PRPGP/UFSM, DE 06 DE MAIO DE 2014 ABERTURA DE INSCRIÇÃO AOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO A DISTÂNCIA PARA

Leia mais

Faculdade São Francisco de Piumhi Curso de Direito da FASPI. Resolução nº 001 de 8 de agosto de 2010

Faculdade São Francisco de Piumhi Curso de Direito da FASPI. Resolução nº 001 de 8 de agosto de 2010 Resolução nº 001 de 8 de agosto de 2010 A Diretoria Acadêmica no exercício regular de suas atribuições legais e regimentais, nos termos do artigo 19, I, Reg. Interno, resolve: Regulamenta a elaboração

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS

REGULAMENTO DE CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS REGULAMENTO DE CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS JUNHO/2011 CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares Art. 1º. Os cursos de Pós Graduação Lato Sensu da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL EAD 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL EAD 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL EAD 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas

Leia mais

REGIMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO - MESTRADO PROFISSIONAL

REGIMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO - MESTRADO PROFISSIONAL 1 / 9 INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO S/A - IPT REGIMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO - MESTRADO PROFISSIONAL CAPÍTULO I - Das Finalidades 1.1 - Os Programas de Mestrado Profissional do

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 04/12/CP INSEP

RESOLUÇÃO Nº. 04/12/CP INSEP FACULDADE INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO PARANÁ MANTENEDORA: INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E DA CIDADANIA IEC CNPJ: 02.684.150/0001-97 Maringá: Rua dos Gerânios, 1893 CEP: 87060-010 Fone/Fax:

Leia mais

CCT Secretaria Acadêmica

CCT Secretaria Acadêmica RESOLUÇÃO CPPGEC n o 02/2012 COMISSÃO COORDENADORA DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUACÃO EM ENGENHARIA Assunto: Modificação da Resolução 02/2009: Disciplina Seminários I, II, III, IV Art. 1º - O PPGEC oferecerá

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 4 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 6 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 7 CONCLUSÃO DE CURSO 7 RELATÓRIO TÉCNICO 8 AVALIAÇÃO DE

Leia mais

Av. Shishima Hifumi, 2911 - Bloco 6 - Urbanova - CEP 12244-000 - Fone/Fax (12) 3947-1085 São José dos Campos - São Paulo - Brasil

Av. Shishima Hifumi, 2911 - Bloco 6 - Urbanova - CEP 12244-000 - Fone/Fax (12) 3947-1085 São José dos Campos - São Paulo - Brasil REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CAPÍTULO I Da Origem, Definição e Finalidades Artigo 1 - O Estágio Supervisionado é atividade obrigatória do Currículo Pleno do Curso de Ciência da Computação da Faculdade

Leia mais

Apresentação. Sejam bem-vindos! Lúcia Velloso Maurício Coordenadora Márcia Soares de Alvarenga Coordenadora Adjunta

Apresentação. Sejam bem-vindos! Lúcia Velloso Maurício Coordenadora Márcia Soares de Alvarenga Coordenadora Adjunta Universidade do Estado do Rio de Janeiro Faculdade de Formação de Professores Programa de Pós-Graduação em Educação: Processos formativos e desigualdades sociais Manual do Mestrando 1 Apresentação Este

Leia mais

Regulamento Institucional PÓS-GRADUAÇÃO

Regulamento Institucional PÓS-GRADUAÇÃO Regulamento Institucional PÓS-GRADUAÇÃO 2014 REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU* CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares Art. 1 A Pós-Graduação Lato Sensu da UNESC é vinculada a Coordenação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG. NORMA INTERNA Nº 01 2014 PPGEd 7 de janeiro de 2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG. NORMA INTERNA Nº 01 2014 PPGEd 7 de janeiro de 2014 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG NORMA INTERNA Nº 01 2014 PPGEd 7 de janeiro de 2014 Dispõe sobre a Disciplina iniciação à docência no ensino

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 52/2011, DE 13 DE SETEMBRO DE 2011

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 52/2011, DE 13 DE SETEMBRO DE 2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO SUPERIOR Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia 29056-255 Vitória ES 27 3227-5564 3235-1741 ramal 2003 RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO INCLUSIVA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA EM SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA EM SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA EM SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - NUTRIÇÃO/ CCS

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE ENFERMAGEM

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE ENFERMAGEM 1 DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE ENFERMAGEM CACOAL 2011 2 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM PSICOPEDAGOGIA Modalidade Semipresencial EDITAL DE SELEÇÃO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM PSICOPEDAGOGIA Modalidade Semipresencial EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM PSICOPEDAGOGIA Modalidade Semipresencial EDITAL DE SELEÇÃO Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES BACHARELADO EM JORNALISMO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES BACHARELADO EM JORNALISMO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL 1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL ITU/SP 2013 2 CAPÍTULO I Do Conceito Artito 1

Leia mais

EDITAL Nº 086/2013. Linhas de Pesquisa Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido Letramento e Comunicação Intercultural

EDITAL Nº 086/2013. Linhas de Pesquisa Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido Letramento e Comunicação Intercultural Salvador, Bahia Sábado e Domingo 7 e 8 de Setembro de 2013 Ano XCVIII N os 21.230 e 21.231 EDITAL Nº 086/2013 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições regimentais,

Leia mais

Curso: Obtenção de Novo Título

Curso: Obtenção de Novo Título GUIA INFORMATIVO Curso: Obtenção de Novo Título Impressão e Editoração 31 3667-2062 / 0800 0055151 Rua Zacarias Roque - Nº 63 - Centro - Coronel Fabriciano-MG - CEP 35.170-025 Prezado (a) aluno (a), seja

Leia mais

EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA INDUSTRIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL.

EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA INDUSTRIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL. EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE EM ENGENHARIA INDUSTRIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL. A Universidade Federal do Pará, através da Coordenação do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU À DISTÂNCIA

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU À DISTÂNCIA REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU À DISTÂNCIA TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O Programa de Pós-graduação lato sensu à distância da FAZU - Faculdades Associadas de

Leia mais

Poderão ser aceitos no programa os candidatos que obtiverem nota superior ou igual a 8 (oito), seguindo a distribuição indicada acima.

Poderão ser aceitos no programa os candidatos que obtiverem nota superior ou igual a 8 (oito), seguindo a distribuição indicada acima. INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online PSICOPEDAGOGIA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

EDITAL Abertura de Processo Seletivo

EDITAL Abertura de Processo Seletivo EDITAL Abertura de Processo Seletivo Projeto de Iniciação Científica das Faculdades Integradas Campo-grandenses (FIC) Dispõe sobre as normas para o processo de chamada de propostas de projetos de iniciação

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenadora: Profa. Dra. Branca Jurema Ponce Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Marina Graziela Feldmann Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a 24/04/2015, as

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS EDITAL nº 1/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade Federal do Tocantins

Leia mais

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Oswaldo Cruz

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Oswaldo Cruz Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Biologia Computacional e Sistemas CHAMADA DE SELEÇÃO PÚBLICA de Candidatos ao Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Biologia Computacional e Sistemas em

Leia mais

1. PREÂMBULO 2. DO NÚMERO DE VAGAS. 2.1 Serão oferecidas 10 (dez) vagas. 3. DA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO

1. PREÂMBULO 2. DO NÚMERO DE VAGAS. 2.1 Serão oferecidas 10 (dez) vagas. 3. DA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTATÍSTICA EDITAL No. /05 DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTATÍSTICA PARA O CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO PARA O PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 06. PREÂMBULO.

Leia mais

Regulamento para Programa de Orientação

Regulamento para Programa de Orientação Regulamento para Programa de Orientação Capítulo I Disposição Geral Art. 1. O Título de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito será conferido ao aluno que, além de ter cursado com frequência e aproveitamento

Leia mais

Edital 001/ 2015 1. DO OBJETO

Edital 001/ 2015 1. DO OBJETO Edital 001/ 2015 O Coordenador do Colegiado do curso de Administração, no uso de suas atribuições previstas no decreto 85/ 2009 de 12 de novembro de 2009, no regimento interno da Faculdade de Ciências

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO EMPREENDEDORA, SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO EM COOPERATIVAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO EMPREENDEDORA, SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO EM COOPERATIVAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO EMPREENDEDORA, SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO EM COOPERATIVAS EDITAL Nº 1/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM SAÚDE COLETIVA MESTRADO E DOUTORADO TÍTULO I. Introdução

REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM SAÚDE COLETIVA MESTRADO E DOUTORADO TÍTULO I. Introdução REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM SAÚDE COLETIVA MESTRADO E DOUTORADO TÍTULO I Introdução Art. 1. Este regimento estabelece as atribuições, responsabilidades e normas específicas

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA - FIC PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu

FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA - FIC PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA - FIC PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DA MONOGRAFIA DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu DA FIC Cassilândia - 2010 APRESENTAÇÃO Este

Leia mais

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM PERICIA, AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL EDITAL nº 1/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade Federal

Leia mais

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 846

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 846 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 846 Altera a denominação do Curso de Especialização em Redes de Computadores, criado pela Resolução CEPEC nº 422, e aprova o novo

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso / TCC é uma atividade curricular acadêmica e regulamentada

Leia mais

Curso de Especialização Lato Sensu

Curso de Especialização Lato Sensu Curso de Especialização Lato Sensu em Farmacologia Clínica da UnB Data de início do curso dia 4 de fevereiro de 2011 Local de aula: auditório 2 da Faculdade de Ciências da Saúde. Levar todos os documentos

Leia mais

PROGRAMA INTERNACIONAL DE PÓS GRADUAÇÃO MONTEVIDÉU URUGUAI MESTRADO EM GESTÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE

PROGRAMA INTERNACIONAL DE PÓS GRADUAÇÃO MONTEVIDÉU URUGUAI MESTRADO EM GESTÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE PROGRAMA INTERNACIONAL DE PÓS GRADUAÇÃO MONTEVIDÉU URUGUAI MESTRADO EM GESTÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE INFORMAÇÕES GERAIS PARA INGRESSO EM JANEIRO DE 2013 As informações abaixo visam facilitar seu

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Contábeis e Atuariais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Contábeis e Atuariais EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2016 Coordenadora: Profa. Dra. Neusa Maria Bastos F. Santos Estarão abertas, no período de 11/04/2016 a 29/04/2016, as inscrições para o processo seletivo destinado ao

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DE CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DE CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO TÍTULO I 3 DA PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU E SEUS OBJETIVOS 3 TÍTULO II 5 DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA 5 CAPÍTULO I 5 DA ESTRUTURA 5 CAPÍTULO II 6 DA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU 6 CAPÍTULO

Leia mais

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso do Bacharelado em Sistemas de Informação. Capítulo I Das Disposições Preliminares

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso do Bacharelado em Sistemas de Informação. Capítulo I Das Disposições Preliminares Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso do Bacharelado em Sistemas de Informação Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1. Este regulamento define as diretrizes técnicas, procedimentos de acompanhamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REGULAMENTO GERAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REGULAMENTO GERAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU REGULAMENTO GERAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU CAPÍTULO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação de TUTOR (PRESENCIAL)

Leia mais

Universidade Federal do Ceará

Universidade Federal do Ceará Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Centro de Ciências - Departamento de Física Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física - Polo UFC EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU.

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PREÂMBULO. A Faculdade Cenecista de Osório, no uso de suas atribuições decorrentes da Resolução nº. 1 de junho

Leia mais

Regulamento Trabalho de Conclusão de Curso. Das Disposições Preliminares

Regulamento Trabalho de Conclusão de Curso. Das Disposições Preliminares Regulamento Trabalho de Conclusão de Curso Das Disposições Preliminares Art. 1. Respaldado pelo disposto nos termos do parágrafo terceiro do Artigo 65 do Regimento Unificado da Associação Educativa Evangélica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA - COPPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA - COPPE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA - COPPE EDITAL COPPE/PÓS nº 248/2015: PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS PARA INGRESSO

Leia mais