A. Termos e Conceitos em Ecologia. Ecossistema:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A. Termos e Conceitos em Ecologia. Ecossistema:"

Transcrição

1 A. Termos e Conceitos em Ecologia Ecossistema: Unidade funcional (sistema) constituída por elementos bióticos e abióticos, a comunidade e o biótopo, onde se estabelecem relações de interdependência. O biótopo pode ser um elemento vivo.

2 Ecossistema - Souto

3 A. Termos e Conceitos em Ecologia População: É a designação utilizada para um grupo de indivíduos da mesma espécie, que vivem num determinado local (habitat), estabelecendo relações normalmente cooperativas.

4 Espécie: A. Termos e Conceitos em Ecologia Conjunto de seres com diversidade minima entre si, que se reproduzem aleatóriamente na natureza com descendência fértil (DBE) Não se aplica a espécies com reprodução assexuada. Partilham o mesmo fundo genético Estão isoladas reprodutivamente de outras

5 Comunidade (biocenose): A. Termos e Conceitos em Ecologia Conjunto de populações (espécies) que habitam um determinado Biótpo, estabelecendo entre si relações de interdependência. Biótopo Local onde vive a comunidade. Pode conter vários habitats

6 Niveis tróficos num ecossistema A. Termos e Conceitos em Ecologia

7 A. Termos e Conceitos em Ecologia Bioma Comunidade de grandes dimensões, incluindo várias sub-comunidades, ocupando uma vasta área geográfica, cujo nome se deve à comunidade dominante

8 A. Termos e Conceitos em Ecologia Habitat Local onde vive uma população (espécie). Nicho ecológico Posição ocupada por um ser vivo (espécie, população) na comunidade ou ecossistema, que pode ser dfinida a vários níveis.

9 A. Termos e Conceitos em Ecologia

10 3. Algumas características das populações Densidade e Biomassa Por densidade de uma população natural, entende-se o número de indivíduos por unidade de superfície ou volume. A Biomassa de uma população é uma outra forma de exprimir a densidade: peso de matéria fresca ou seca por unidade de superfície ou volume. (350 ton./ ha)

11 3. Algumas características das populações Densidade e Biomassa Indices de abundância relativa nº de aves avistadas por hora Índices de Braun-Blanquet (1928) 5 + de 3/ da superfície 4 1/2 a 3/4 da superfície 3 1/4 a 1/2 da superfície 2 1/20 da superfície 1 Grau de cobertura fraco + Raros

12 3. Algumas características das populações Crescimento

13 3. Algumas características das populações Selecção R e K Selecção R Número elevado de descendentes Poucos cuidados parentais Ambiente variável População variável no tempo Mortalidade elevada Desenvolvimento rápido Maturidade sexual precoce Vida mais curta Selecção K Número reduzido de descendentes Elevados cuidados parentais Ambiente relativamente constante Mais selectiva dependente da densidade Desenvolvimento lento Maior capacidade de competição Maturidade sexual tardia

14 3. Algumas características das populações Factores limitantes Lei do Mínimo, de Liebig Lei do Máximo, de Shelford Uma espécie (organismo), para ser viável numa dada situação, tem que dispor de requisitos básicos essenciais, numa quantidade mínima que não pode ser ultrapassada. Um organismo não é mais forte que o elo mais fraco da sua cadeia ecológica de requisitos. O sucesso de um organismo ou espécie depende da conjugação de um complexo de condições, sendo limitado pelo defeito ou excesso qualitativo ou qauntitativo de qualquer dos factores limitantes de que depende. Noção de Limites de Tolerância.

15 3. Algumas características das populações Factores limitantes Esteno: Euri: Largo Estreito

16 3. Algumas características das populações Factores limitantes A presença e o sucesso de um organismo ou população, depende de um complexo de condições. Qualquer condição que se aproxime ou exceda os limites de tolerância, diz-se ser uma condição limitante ou um Factor Limitante. Pricipios subsidiários à Lei da Tolerância Os seres vivos podem ter uma larga margem de tolerância para um factor e uma pequena tolerância em relação a outro. Espécies com largas margens de tolerância para todos os factores, terão uma maior distribuição geográfica. Se determinado factor se tornar limitante, outros poderão ver a sua tolerância reduzida.

17 3. Algumas características das populações Factores limitantes Pricipios subsidiários à Lei da Tolerância Os limites de tolerância e a zona óptima para um dado factor físico podem variar frequentemente com a situação geográfica, para uma determinada espécie.(repovoamentos). Na Natureza as populações nem sempre vivem em condições óptimas no que respeita a um factor físico, tomando outros uma maior importância. O período de reprodução é geralmente um período critico quando os factores se aproximam das condições limitantes.

18 3. Algumas características das populações Factores limitantes Principais factores limitantes Temperatura Radiação (Luz) Água A temperatura e a humidade em acção conjunta (o clima) Podemos considerar dois tipos básicos de clima O Continental (variações extremas de humidade e temperatura) O Marítimo (flutuações moderadas destes factores) Um mapa da distribuição da vegetação é um mapa prático da distribuição dos climas.

19 Climatogramas

20 Zonação em função da temperatura e da humidade Humidade: Floresta húmida Floresta Pradaria Estepe Deserto + - Temperatura: Floresta húmida tropical Floresta húmida temperada Floresta húmida microtérmica Taiga ou floresta de coníferas Tundra Neves perpétuas 30 tipos diferentes de climas

21 A. Termos e Conceitos em Ecologia Biomas

22 A. Termos e Conceitos em Ecologia Outros factores limitantes: Os Bióticos Mutualismo + + Comensalismo + 0 Antibiose - 0 Competição - - Exploração - +

Níveis de Organização

Níveis de Organização Níveis de Organização Indivíduo Átomos Moléculas Células Tecidos Órgãos Sistemas capazes de se cruzarem entre si, originando indivíduos férteis. Ex: Cachorro População: grupo de indivíduos da mesma espécie

Leia mais

Ecologia Produtividade dos Ecossistemas

Ecologia Produtividade dos Ecossistemas Produção primária Produção primária Produção primária Variação da produção primária com o tempo Produção secundária Produção secundária Produção secundária dependência de factores abióticos Produção secundária

Leia mais

ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA. CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4

ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA. CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4 ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4 Questão 1) Abaixo representa uma experiência com crisântemo, em que a planta foi iluminada, conforme mostra o esquema. Com base no esquema e seus conhecimentos,

Leia mais

Unidade I Geografia física mundial e do Brasil.

Unidade I Geografia física mundial e do Brasil. Unidade I Geografia física mundial e do Brasil. 2 2.1 Conteúdo: Os Grandes Biomas no Mundo. 3 2.1 Habilidade: Entender as características das formações vegetais existentes ao redor do mundo. 4 REVISÃO

Leia mais

Prof: Alexandre Barcelos

Prof: Alexandre Barcelos Prof: Alexandre Barcelos DEFINIÇÃO São as divisões da BIOSFERA. SÃO AS PORÇÕES DO PLANETA HABITADAS POR SERES VIVOS. Biosfera 18 Km 13000 Km de Diâmetro DIVISÕES TALASSOCICLO BIOCICLO DE ÁGUA SALGADA BIOCICLO

Leia mais

ECOLOGIA. PROF. Jefferson Almeida

ECOLOGIA. PROF. Jefferson Almeida ECOLOGIA PROF. Jefferson Almeida CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA NA CARTA ESCRITA PELO CHEFE SEATLE EM 1854, AO ENTÃO PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS, FRANKLIN PIERCE, INTERROGANDO-O PELO DESEJO DE COMPRA DAS TERRAS

Leia mais

Clima e Vegetação. Clima e Vegetação. Prof. Tiago Fuoco

Clima e Vegetação. Clima e Vegetação. Prof. Tiago Fuoco Clima e Vegetação O Continente Americano possui a maior extensão Norte-Sul entre todos os continentes do globo e está localizado em todas as zonas climáticas da Terra. Os climas presentas na América são:

Leia mais

APRENDER A APRENDER CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CIÊNCIAS. Aula: 22.2 Conteúdo: Seres vivos e o ambiente II

APRENDER A APRENDER CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CIÊNCIAS. Aula: 22.2 Conteúdo: Seres vivos e o ambiente II A A Aula: 22.2 Conteúdo: Seres vivos e o ambiente II 2 A A Habilidades: Relacionar habitat e o nicho ecológico com os seres vivos em um ecossistema 3 A A Habitat e nicho ecológico: O habitat é o lugar

Leia mais

Unidade IV Os seres vivos e o meio ambiente.

Unidade IV Os seres vivos e o meio ambiente. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade IV Os seres vivos e o meio ambiente. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL

Leia mais

Distribuição e caraterização do clima e das formações vegetais

Distribuição e caraterização do clima e das formações vegetais Distribuição e caraterização do clima e das formações vegetais Distribuição e caraterização do clima e das formações vegetais Início Zonas climáticas No planeta Terra existem cinco grandes zonas climáticas:

Leia mais

Conservação e Extinção das Espécies

Conservação e Extinção das Espécies Conservação e Extinção das Espécies Já pensaste como são variadas e importantes os outros seres vivos com quem partilhamos o nosso planeta? E como as nossas vidas ficarão empobrecidas se esta diversidade

Leia mais

BIOLOGIA ECOLOGIA - CONCEITOS ECOLÓGICOS

BIOLOGIA ECOLOGIA - CONCEITOS ECOLÓGICOS BIOLOGIA Prof. Fred ECOLOGIA - CONCEITOS ECOLÓGICOS Ecologia: definição e importância Ecologia é o estudo das relações entre os seres vivos e entre estes e o ambiente em que vivem. Envolve aspectos do

Leia mais

Aula 01 Introdução à Ecologia: níveis de organização ecológica; ecossistema; níveis tróficos do ecossistema; a energia nos ecossistemas.

Aula 01 Introdução à Ecologia: níveis de organização ecológica; ecossistema; níveis tróficos do ecossistema; a energia nos ecossistemas. Aula 01 Introdução à Ecologia: níveis de organização ecológica; ecossistema; níveis tróficos do ecossistema; a energia nos ecossistemas. O que é? O que estuda? Qual a sua importância? HISTÓRICO Homem primitivo

Leia mais

Domínios Florestais do Mundo e do Brasil

Domínios Florestais do Mundo e do Brasil Domínios Florestais do Mundo e do Brasil Formações Florestais: Coníferas, Florestas Temperadas, Florestas Equatoriais e Florestas Tropicais. Formações Herbáceas e Arbustivas: Tundra, Pradarias Savanas,

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 19 VEGETAÇÃO EURO-AMERICANA

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 19 VEGETAÇÃO EURO-AMERICANA GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 19 VEGETAÇÃO EURO-AMERICANA Como pode cair no enem? (ENEM) Sabe-se que uma área de quatro hectares de floresta, na região tropical, pode conter cerca de 375 espécies de plantas

Leia mais

Bioma é um conceito estabelecido para classificar ambientes com base na

Bioma é um conceito estabelecido para classificar ambientes com base na 1 Bioma é um conceito estabelecido para classificar ambientes com base na composição predominante da vegetação. O padrão climático (temperatura e precipitação) representa o principal aspecto utilizado

Leia mais

VEGETAÇÃO. Página 1 com Prof. Giba

VEGETAÇÃO. Página 1 com Prof. Giba VEGETAÇÃO As formações vegetais são tipos de vegetação, facilmente identificáveis, que dominam extensas áreas. É o elemento mais evidente na classificação dos ecossistemas e biomas, o que torna importante

Leia mais

O que é biodiversidade?

O que é biodiversidade? O que é biodiversidade? A diversidade se expressa nos mais diversos níveis de organização biológica. É a soma de toda a variabilidade biológica desde os genes até os ecossistemas Por que nos preocuparamos

Leia mais

O estado de tempo e o clima Elementos e fatores climáticos

O estado de tempo e o clima Elementos e fatores climáticos O estado de tempo e o clima Elementos e fatores climáticos Escola Estadual Desembargador Floriano Cavalcanti PIBID-UFRN Geografia 6º ano O ESTADO DE TEMPO O ESTADO DE TEMPO VARIA: 11H 30M AO LONGO DO DIA

Leia mais

Figura 1. Habitats e nichos ecológicos diversos. Fonte: UAN, 2014.

Figura 1. Habitats e nichos ecológicos diversos. Fonte: UAN, 2014. Ecologia de Comunidades e Ecossistemas Habitat e nicho ecológico Para entendermos o funcionamento da vida dos seres vivos em comunidade (dentro de um ecossistema) se faz necessário abordarmos dois conceitos

Leia mais

Ecologia: definição. OIKOS Casa LOGOS Estudo. Ciência que estuda as relações entre os seres vivos e desses com o ambiente.

Ecologia: definição. OIKOS Casa LOGOS Estudo. Ciência que estuda as relações entre os seres vivos e desses com o ambiente. Profª Kamylla Ecologia: definição OIKOS Casa LOGOS Estudo Ciência que estuda as relações entre os seres vivos e desses com o ambiente. Componentes do Ecossistema Substâncias Abióticas; Componentes Bióticos:

Leia mais

b) Ao longo da sucessão ecológica de uma floresta pluvial tropical, restaurada rumo ao clímax, discuta o que ocorre com os seguintes fatores

b) Ao longo da sucessão ecológica de uma floresta pluvial tropical, restaurada rumo ao clímax, discuta o que ocorre com os seguintes fatores Questão 1 Leia o seguinte texto: Com a oportunidade de colocar em prática a nova lei do código florestal brasileiro (lei 12.631/12) e estabelecer estratégias para a recuperação de áreas degradadas, o Ministério

Leia mais

Os diferentes climas do mundo

Os diferentes climas do mundo Os diferentes climas do mundo Climas do Mundo Mapa dos climas do mundo Climas quentes Equatoriais Tropical húmido Tropical seco Desértico quente Climas temperados Temperado Mediterrâneo Temperado Marítimo

Leia mais

Biomas e formações vegetais mundiais

Biomas e formações vegetais mundiais Biomas e formações vegetais mundiais Bioma é uma comunidade biológica, ou seja, a fauna e a flora e suas interações entre si e com o ambiente físico, o solo, a água, o ar. O bioma da Terra compreende a

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com BIOMAS É um conjunto de vários ecossistemas, que possuem certo nível de homogeneidade. Composto pelo fatores bióticos

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA Nome: Nº 1ª série Data: / / 2015 Professor: Nota: (valor: 1,0 para cada bimestre) 3º bimestre A - Introdução Neste bimestre, sua nota foi inferior a 6,0 pontos e você

Leia mais

ECOLOGIA GERAL ECOLOGIA DE POPULAÇÕES (DINÂMICA POPULACIONAL E DISPERSÃO)

ECOLOGIA GERAL ECOLOGIA DE POPULAÇÕES (DINÂMICA POPULACIONAL E DISPERSÃO) Aula de hoje: ECOLOGIA GERAL ECOLOGIA DE POPULAÇÕES (DINÂMICA POPULACIONAL E DISPERSÃO) Aula 07 Antes de iniciarmos os estudos sobre populações e seus componentes precisamos conhecer e conceituar as estruturas

Leia mais

Terminologia Vegetal

Terminologia Vegetal Efeitos da latitude e da altitude sobre os biomas. Terminologia Vegetal Aciculifoliadas folhas em forma de ; Coriáceas folhas, e normalmente ; Decíduas antes de secas ou invernos rigorosos; Latifoliadas

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor da prova: 2.0 Nota: Data: / /2015 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 9º 3º bimestre Trabalho de Recuperação de Geografia Orientações: - Leia atentamente

Leia mais

Escola Básica 2 Roberto Ivens. Informação da prova de equivalência à frequência da disciplina de Ciências da Natureza

Escola Básica 2 Roberto Ivens. Informação da prova de equivalência à frequência da disciplina de Ciências da Natureza SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO, CULTURA E CIÊNCIA DIRECÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO ESCOLA BÁSICA INTEGRADA ROBERTO IVENS Escola Básica 2 Roberto Ivens. Informação da prova de equivalência à frequência da

Leia mais

ECOSSISTEMAS DO RIO DE JANEIRO

ECOSSISTEMAS DO RIO DE JANEIRO CENTRO CULTURAL LIGHT CURSO SOBRE ECOSSISTEMAS DO RIO DE JANEIRO Horário: segunda-feira, 13-14:00 hs Período: 28/07 a 01/09 Prof. Claudio Belmonte de Athayde Bohrer, Eng. Florestal MSc PhD Email: bohrer@vm.uff.br

Leia mais

Ecologia BB.. 0 4 0 4 Pa P isa s ge g ns s n at a ura r is s e bio i d o iv i e v rs r i s d i ad a e e (P ( a P r a t r e t I ). ) Pá P g. á g.

Ecologia BB.. 0 4 0 4 Pa P isa s ge g ns s n at a ura r is s e bio i d o iv i e v rs r i s d i ad a e e (P ( a P r a t r e t I ). ) Pá P g. á g. Ecologia BB. 04 Paisagens naturais e biodiversidade (Parte I). Pág. 61 Estrutura da Terra Atmosfera camada gasosa Hidrosfera massa líquida (rios,lagos, oceanos) Biosfera porção do planeta onde se desenvolvem

Leia mais

Estudo Dirigido CONTEÚDOS DO 4º BIMESTRE: I- O QUE A ECOLOGIA ESTUDA (CAPÍTULO 2) II- CADEIAS E TEIAS ALIMENTARES(CAPÍTULO 3)

Estudo Dirigido CONTEÚDOS DO 4º BIMESTRE: I- O QUE A ECOLOGIA ESTUDA (CAPÍTULO 2) II- CADEIAS E TEIAS ALIMENTARES(CAPÍTULO 3) CONTEÚDOS DO 4º BIMESTRE: I- O QUE A ECOLOGIA ESTUDA (CAPÍTULO 2) II- CADEIAS E TEIAS ALIMENTARES(CAPÍTULO 3) III- RELAÇÕES ECOLÓGICAS (CAPÍTULO 4) PONTUAÇÃO DO BIMESTRE Teste: 2,0 laboratório: 2,0 Prova

Leia mais

FATORES CLIMÁTICOS ELEMENTOS ATMOSFÉRICOS ALTERAM A DINÂMICA LATITUDE ALTITUDE CONTINENTALIDADE MARITIMIDADE MASSAS DE AR CORRENTES MARÍTIMAS RELEVO

FATORES CLIMÁTICOS ELEMENTOS ATMOSFÉRICOS ALTERAM A DINÂMICA LATITUDE ALTITUDE CONTINENTALIDADE MARITIMIDADE MASSAS DE AR CORRENTES MARÍTIMAS RELEVO FATORES CLIMÁTICOS LATITUDE ALTITUDE CONTINENTALIDADE MARITIMIDADE MASSAS DE AR CORRENTES MARÍTIMAS RELEVO ALTERAM A DINÂMICA ELEMENTOS ATMOSFÉRICOS TEMPERATURA, UMIDADE,PRESSÃ O ATMOSFÉRICA Climas

Leia mais

A interdependência entre os elementos na BIOSFERA.

A interdependência entre os elementos na BIOSFERA. A interdependência entre os elementos na BIOSFERA. A biosfera contém inúmeros ecossistemas (conjunto formado pelos animais e vegetais em harmonia com os outros elementos naturais). Biomas: conjuntos dinâmicos

Leia mais

Cap. 4 Paisagens Climatobotânicas

Cap. 4 Paisagens Climatobotânicas Cap. 4 Paisagens Climatobotânicas CLIMA X TEMPO Tempo: são as condições instantâneas, de momento, podem variar de um dia para o outro; Clima: é um estudo estatístico das médias de variações do tempo ao

Leia mais

CESEP Centro de Serviços educacionais do Pará Coordenação do Ensino Médio

CESEP Centro de Serviços educacionais do Pará Coordenação do Ensino Médio PLANO DE CURSO/2015 CESEP Centro de Serviços educacionais do Pará Coordenação do Ensino Médio PROFESSOR: LEONAM DISCIPLINA: BIOLOGIA SÉRIE: 2º ANO CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS HABILIDADES COMO VOU ENSINAR COMO

Leia mais

O que você deve saber sobre BIOMAS MUNDIAIS

O que você deve saber sobre BIOMAS MUNDIAIS O que você deve saber sobre Elementos do clima, como temperatura e umidade, interferem na formação de diferentes ecossistemas, e em cada um deles há um equilíbrio dinâmico. As regiões polares - Tundra

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Geografia. 1º ano Biomas Sílvia fev/08 INTRODUÇÃO

Nome: Nº: Turma: Geografia. 1º ano Biomas Sílvia fev/08 INTRODUÇÃO Nome: Nº: Turma: Geografia 1º ano Biomas Sílvia fev/08 INTRODUÇÃO São conjuntos de ecossistemas terrestres com vegetação característica e fisionomia típica em que predomina certo tipo de clima. São comunidades

Leia mais

Conjunto de ecossistemas caracterizados por tipos fisionômicos vegetais comuns.

Conjunto de ecossistemas caracterizados por tipos fisionômicos vegetais comuns. OS BIOMAS BIOMAS Conjunto de ecossistemas caracterizados por tipos fisionômicos vegetais comuns. ECOSSISTEMA Comunidade de organismos (biocenose) junto com o ambiente físico e químico (biótopo) no qual

Leia mais

BIE-212: Ecologia Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental. Ecossistemas

BIE-212: Ecologia Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental. Ecossistemas BIE-212: Ecologia Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental Ecossistemas Programa Introdução Módulo I: Organismos Módulo II: Populações Módulo III: Comunidades Módulo IV: Ecossistemas - Ecossistemas

Leia mais

ECOLOGIA é a Ciência que estuda as relações dos seres vivos entre si e deles com o ambiente.

ECOLOGIA é a Ciência que estuda as relações dos seres vivos entre si e deles com o ambiente. 1.1 - Relação da Ecologia com outras Ciências ECOLOGIA é a Ciência que estuda as relações dos seres vivos entre si e deles com o ambiente. Ser Vivo Ser Vivo Ambiente 1.1 - Relação da Ecologia com outras

Leia mais

Ecologia Geral. Ecologia de Populações

Ecologia Geral. Ecologia de Populações Ecologia Geral Ecologia de Populações CRONOGRAMA DE APS!!! Equipes já definidas? Não esqueçam das datas. Ecologia de Populações Uma população é o conjunto de indivíduos de uma mesma espécie, que compartilham

Leia mais

Floresta Temperada é um bioma típico do hemisfério norte situado abaixo da Taiga, mais precisamente no leste da América do Norte, Europa, leste da

Floresta Temperada é um bioma típico do hemisfério norte situado abaixo da Taiga, mais precisamente no leste da América do Norte, Europa, leste da Floresta Temperada é um bioma típico do hemisfério norte situado abaixo da Taiga, mais precisamente no leste da América do Norte, Europa, leste da Ásia (Coreia, Japão, e partes da China), sul da Austrália

Leia mais

Climas e Formações Vegetais no Mundo. Capítulo 8

Climas e Formações Vegetais no Mundo. Capítulo 8 Climas e Formações Vegetais no Mundo Capítulo 8 Formações Vegetais Desenvolvem-se de acordo com o tipo de clima, relevo, e solo do local onde se situam.de todos estes, o clima é o que mais se destaca.

Leia mais

DISTRIBUIÇAO DA VEGETAÇAO

DISTRIBUIÇAO DA VEGETAÇAO DISTRIBUIÇAO DA VEGETAÇAO O ESTUDO DA DISTRIBUIÇAO DA VEGETAÇAO PODE SER EFETUADO POR MEIO DE TRES APROXIMAÇOES, INCLUINDO DIFERENTES ESCALAS ESPACIAIS DO FENOMENO PARA OS ESTUDOS DA VEGETAÇAO POTENCIAL

Leia mais

COLÉGIO SÃO JOSÉ PROF. JOÃO PAULO PACHECO GEOGRAFIA 1 EM 2011. Correntes marítimas

COLÉGIO SÃO JOSÉ PROF. JOÃO PAULO PACHECO GEOGRAFIA 1 EM 2011. Correntes marítimas COLÉGIO SÃO JOSÉ PROF. JOÃO PAULO PACHECO GEOGRAFIA 1 EM 2011 Correntes marítimas Correntes marítimas Nas aulas anteriores aprendemos sobre a importância do Sol em nossas vidas. Revimos os movimentos da

Leia mais

Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto

Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto FATORES DETERMINANTES DA BALADA Encontros CHANCE DE FICAR X MÚSICA FITNESS baby! CASUALIDADE NECESSIDADES BEBIDAS

Leia mais

RESUMÃO DE BIOLOGIA BIOLOGIA I BIOMAS. - Tundra Altitudes elevadas ao norte do planeta. Não há arvores, vegetação rasteira. Baixas temperaturas.

RESUMÃO DE BIOLOGIA BIOLOGIA I BIOMAS. - Tundra Altitudes elevadas ao norte do planeta. Não há arvores, vegetação rasteira. Baixas temperaturas. RESUMÃO DE BIOLOGIA por: Inaê Odara BIOLOGIA I BIOMAS - Tundra Altitudes elevadas ao norte do planeta. Não há arvores, vegetação rasteira. Baixas temperaturas. - Florestas de coníferas (taiga) Hemisfério

Leia mais

PROF. JEFERSON CARDOSO DE SOUZA

PROF. JEFERSON CARDOSO DE SOUZA PROF. JEFERSON CARDOSO DE SOUZA UFRGS 2012 São fatores limitantes dos biomas: Umidade: ausência ou excesso; Solo: tipo de nutrientes e tempo de intemperismo; Temperatura: Amplitude Térmica; Luz solar:

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

Meio ambiente físico e Ecossistemas

Meio ambiente físico e Ecossistemas Meio ambiente físico e Ecossistemas (4 créditos, MAFE 126152 Turma B) Prof. Murilo S. Dias Dep. Ecologia, ICB/UnB Terças 21h-22h40 Sextas 19h-20h40 1 Objetivos do curso Entender os diferentes níveis de

Leia mais

MÓDULO 1 CLASSES GERAIS. Professora: Andréa Carla Lima Rodrigues Monitora: Laís Leal

MÓDULO 1 CLASSES GERAIS. Professora: Andréa Carla Lima Rodrigues Monitora: Laís Leal MÓDULO 1 ECOSSISTEMAS HUMANOS CLASSES GERAIS Professora: Andréa Carla Lima Rodrigues Monitora: Laís Leal ECOSSISTEMAS HUMANOS As necessidades e desejos da população humana em expansão têm requerido um

Leia mais

Os Grandes Biomas Terrestres. PROF Thiago Rocha

Os Grandes Biomas Terrestres. PROF Thiago Rocha Os Grandes Biomas Terrestres PROF Thiago Rocha Bioma: Uma comunidade de plantas e animais, com formas de vida e condições ambientais semelhantes. (Clements, 1916) Florestas tropicais A área de ocorrência

Leia mais

Professores: Clodoaldo e Jaime

Professores: Clodoaldo e Jaime Professores: Clodoaldo e Jaime A atmosfera é uma camada gasosa que envolve a Terra composta por vários gases. Ela é dividida em camadas de acordo com a altitude e as propriedades físicas, e composição

Leia mais

Conteúdo: Aula 1: Por que a Biosfera é chamada de esfera da vida? Biomassa e biodiversidade Aula 2: Os grandes biomas da superfície da Terra

Conteúdo: Aula 1: Por que a Biosfera é chamada de esfera da vida? Biomassa e biodiversidade Aula 2: Os grandes biomas da superfície da Terra Conteúdo: Aula 1: Por que a Biosfera é chamada de esfera da vida? Biomassa e biodiversidade Aula 2: Os grandes biomas da superfície da Terra 2 Habilidades: Aula 1: Conhecer o que é biosfera; E diferenciar

Leia mais

BIOLOGIA Bases da Ecologia

BIOLOGIA Bases da Ecologia Módulo 42 Página 17 à 29 Quantos animais e seres vivos vocês conhecem? Onde eles vivem? Vamos fazer a leitura das páginas 17 e 18 Por dentro da notícia páginas 18 e 19 RESPONDA: 1) Depois de ler o texto

Leia mais

Biomas o nível superior das comunidades

Biomas o nível superior das comunidades Biomas o nível superior das comunidades As comunidades de seres vivos podem ser caracterizadas a vários níveis. Os biomas correspondem a grandes biossistemas regionais, representados por um tipo principal

Leia mais

Classificação dos processos sucessionais

Classificação dos processos sucessionais SUCESSÃO ECOLÓGICA A SUCESSÃO ECOLÓGICA PODE SER DEFINIDA COMO UM GRADUAL PROCESSO NO QUAL AS COMUNIDADE VÃO SE ALTERANDO ATÉ SE ESTABELECER UM EQUILÍBRIO. AS FASES DISTINTAS DA SUCESSÃO ECOLÓGICA SÃO:

Leia mais

A Biosfera importância do clima e do relevo para os seres vivos

A Biosfera importância do clima e do relevo para os seres vivos A Biosfera importância do clima e do relevo para os seres vivos Qual o Objetivo da Biogeografia? Estudar a distribuição dos seres vivos e os fatores intervenientes nesta distribuição de forma integrada.

Leia mais

01. (FUVEST) Dentre os vários aspectos que justificam a diversidade biológica da Mata Atlântica, encontram-se:

01. (FUVEST) Dentre os vários aspectos que justificam a diversidade biológica da Mata Atlântica, encontram-se: 01. (FUVEST) Dentre os vários aspectos que justificam a diversidade biológica da Mata Atlântica, encontram-se: I. Concentração nas baixas latitudes, associadas a elevadas precipitações. II. Distribuição

Leia mais

RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 9 o ANO

RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 9 o ANO RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 9 o ANO Unidade 5 1. (D) Arábia Saudita e Irã (A) Rússia (F) Indonésia e Tailândia (C) Índia e Paquistão (E) China e Japão (B) Cazaquistão e Uzbequistão 2.

Leia mais

Ecologia Geral (ECG33AM) Estrutura populacional (crescimento e dinâmica populacional)

Ecologia Geral (ECG33AM) Estrutura populacional (crescimento e dinâmica populacional) Ecologia Geral (ECG33AM) Estrutura populacional (crescimento e dinâmica populacional) A dinâmica populacional crescimento e regulação do tamanho populacional Quando se menciona um aumento do tamanho populacional,

Leia mais

CORREÇÃO DA ORIENTAÇÃO PARA PROVA TRIMESTRAL = 8º ANO = DIA 25/10 (3ª FEIRA)

CORREÇÃO DA ORIENTAÇÃO PARA PROVA TRIMESTRAL = 8º ANO = DIA 25/10 (3ª FEIRA) CORREÇÃO DA ORIENTAÇÃO PARA PROVA TRIMESTRAL = 8º ANO = DIA 25/10 (3ª FEIRA) BOM ESTUDO Profª Sueli Rocha CONTEÚDO: Os tipos de clima do continente Americano 01 Conceituar clima R: Clima é a seqüência

Leia mais

GRANDES BIOMAS DO MUNDO

GRANDES BIOMAS DO MUNDO GRANDES BIOMAS DO MUNDO O que é bioma? É um conjunto de ecossistemas terrestres com vegetação característica e fisionomia típica, onde predomina certo tipo de clima. Regiões da Terra com latitudes coincidentes,

Leia mais

Ciências Naturais 8ªano. 1. Ecossistemas 1.1 - Interacções seres vivos -ambiente

Ciências Naturais 8ªano. 1. Ecossistemas 1.1 - Interacções seres vivos -ambiente Ciências Naturais 8ªano Sustentabilidade na Terra 1. Ecossistemas 1.1 - Interacções seres vivos -ambiente Ecologia Em 1869, Ernest Haeckel (1834-1919), biólogo alemão, usou a palavra Ecologia para designar

Leia mais

Ecologia & Biodiversidade: uma abordagem transdisciplinar

Ecologia & Biodiversidade: uma abordagem transdisciplinar Ecologia & Biodiversidade: uma abordagem transdisciplinar Francisco Soares Santos Filho Professor / Biólogo Conceitos fundamentais em Ecologia Espécie População Comunidade Biológica ou Biocenose Biótopo

Leia mais

Figura 1: Bosque de Casal do Rei, alguns meses após o incêndio que ocorreu no Verão de 2005.

Figura 1: Bosque de Casal do Rei, alguns meses após o incêndio que ocorreu no Verão de 2005. Estudo da vegetação 1. Introdução A intensa actividade humana desenvolvida na região Centro ao longo dos últimos milénios conduziu ao desaparecimento gradual de extensas áreas de floresta autóctone, que

Leia mais

20/5/2014 BIOCICLOS E BIOMAS BIOCICLOS EXTENSÃO DA BIOSFERA TALASSOCICLO BIOCICLO MARINHO OU DE ÁGUA SALGADA COMUNIDADES BIOLÓGICAS MARINHAS

20/5/2014 BIOCICLOS E BIOMAS BIOCICLOS EXTENSÃO DA BIOSFERA TALASSOCICLO BIOCICLO MARINHO OU DE ÁGUA SALGADA COMUNIDADES BIOLÓGICAS MARINHAS BIOCICLOS E BIOMAS BIOCICLOS Nosso planeta é rico em diferentes ambientes, onde a vida pode se manifestar das mais variadas formas. Nesta aula veremos as divisões da biosfera e os principais biomas que

Leia mais

Tarefa online 8º ANO

Tarefa online 8º ANO Tarefa online 8º ANO 1) Estabelecendo-se correlações entre a exploração florestal no Globo e as Zonas Climáticas, pode-se inferir que: 2) O Domínio morfoclimático das pradarias é uma área marcada: a) pelo

Leia mais

Específicas. I. Harmônicas. II. Desarmônicas. I. Harmônicas 1) SOCIEDADE. Estas relações podem ser

Específicas. I. Harmônicas. II. Desarmônicas. I. Harmônicas 1) SOCIEDADE. Estas relações podem ser Relações Ecológicas Os seres vivos mantém constantes relações entre si, exercendo influências recíprocas em suas populações. INTRA ou INTERESPECÍFICAS Estas relações podem ser HARMÔNICAS OU DESARMÔNICAS

Leia mais

PROGRAMA GERAL DO COMPONENTE CURRICULAR- PGCC 1

PROGRAMA GERAL DO COMPONENTE CURRICULAR- PGCC 1 Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado da Educação e da Cultura - SEEC UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN Pró-Reitoria de Ensino de Graduação PROEG Home Page: http://www.uern.br

Leia mais

Capítulo 5 A Geografia da União Europeia

Capítulo 5 A Geografia da União Europeia Capítulo 5 A Geografia da União Europeia A Europa é um Continente? América Do Norte EUROPA Ásia OCEANO ÁRTICO América Central África OCEANO PACÍFICO América do Sul OCEANO ATLÂNTICO OCEANO ÍNDICO Oceania

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 20 ECOLOGIA

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 20 ECOLOGIA BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 20 ECOLOGIA Como pode cair no enem (ENEM) Várias estratégias estão sendo consideradas para a recuperação da diversidade biológica de um ambiente degradado, dentre elas, a criação

Leia mais

Diversidade Biológica: Definição e Valor. Disciplina: Biologia da Conservação Docente: Profa. Dra. Maria Elisa de Castro Almeida

Diversidade Biológica: Definição e Valor. Disciplina: Biologia da Conservação Docente: Profa. Dra. Maria Elisa de Castro Almeida Diversidade Biológica: Definição e Valor Disciplina: Biologia da Conservação Docente: Profa. Dra. Maria Elisa de Castro Almeida O QUE É DIVERSIDADE BIOLÓGICA? A biodiversidade ou diversidade biológica

Leia mais

Ecologia de Populações e Comunidades

Ecologia de Populações e Comunidades Ecologia de Populações e Comunidades UNIDADE 1 População: definição e estrutura 1. Ecologia de Populações e Comunidades 1.CONCEITO Diferentes formas de conceituar o termo população podem ser encontradas

Leia mais

ECOSSISTEMAS HUMANOS CLASSES GERAIS

ECOSSISTEMAS HUMANOS CLASSES GERAIS ECOSSISTEMAS HUMANOS CLASSES GERAIS CLASSIFICAÇÃO DOS ECOSSISTEMAS HUMANOS Classe 1 - ECOSSISTEMA NATURAL MADURO ( Floresta Amazônica ); Classe 2 - ECOSSISTEMA NATURAL CONTROLADO (SNUC); Classe 3 - ECOSSISTEMA

Leia mais

ECOLOGIA DE AMBIENTES AQUÁTICOS

ECOLOGIA DE AMBIENTES AQUÁTICOS ECOLOGIA DE AMBIENTES AQUÁTICOS Ernest Haeckel (1834 1919) ECOLOGIA Estuda o conjunto de relações entre os seres vivos e o meio em que vivem. estudo da complexa teia de relações existentes entre os organismos

Leia mais

Ecologia. 1) Níveis de organização da vida

Ecologia. 1) Níveis de organização da vida Introdução A ciência que estuda como os seres vivos se relacionam entre si e com o ambiente em que vivem e quais as conseqüências dessas relações é a Ecologia (oikos = casa e, por extensão, ambiente; logos

Leia mais

1. o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. Jefferson Oliveira Prof. ª Ludmila Dutra

1. o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. Jefferson Oliveira Prof. ª Ludmila Dutra 1. o ANO ENSINO MÉDIO Prof. Jefferson Oliveira Prof. ª Ludmila Dutra Unidade I Geografia física mundial e do Brasil. Aula 6 Revisão e avaliação da unidade I. 2 Tempo Estado momentâneo da atmosfera. Determinada

Leia mais

FUNDAMENTOS DE ECOLOGIA

FUNDAMENTOS DE ECOLOGIA FUNDAMENTOS DE ECOLOGIA Luís Chícharo e Sofia Gamito 2009 1 DEMOECOLOGIA 2 1 Demoecologia Demo povo / população (do grego) Demoecologia estudo da ecologia das populações Estuda as flutuações da abundância

Leia mais

População conjunto de indivíduos de uma mesma espécie que ocorrem juntos em uma mesma área geográfica no mesmo intervalo de tempo (concomitantemente)

População conjunto de indivíduos de uma mesma espécie que ocorrem juntos em uma mesma área geográfica no mesmo intervalo de tempo (concomitantemente) Conceitos Básicos de Ecologia Professora: Patrícia Hamada Colégio HY Três Lagoas, MS População conjunto de indivíduos de uma mesma espécie que ocorrem juntos em uma mesma área geográfica no mesmo intervalo

Leia mais

Biologia 3. Ecologia

Biologia 3. Ecologia Biologia 3 Ecologia 1 This document is published under the conditions of the Creative Commons http://en.wikipedia.org/wiki/creative_commons Attribution http://en.wikipedia.org/wiki/creative_commons License

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA 2º SEMESTRE

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA 2º SEMESTRE ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA 2º SEMESTRE Nome: Nº 6º ano Data: / / 2015 Professor: Olga / Joelson Nota: (valor: 2,0 1,0 para cada bimestre ) 2 semestre A - Introdução Neste semestre, sua pontuação

Leia mais

Elementos e Fatores de Diferenciação

Elementos e Fatores de Diferenciação VEGETAÇÃO Elementos e Fatores de Diferenciação VEGETAÇÃO E ZONEAMENTO CLIMÁTICO A interferência climática sobre a cobertura vegetal é um dos principais fatores que possibilitam uma pluralidade paisagística.

Leia mais

DIVERSIDADE DE CLIMAS = DIVERSIDADE DE VEGETAÇÕES

DIVERSIDADE DE CLIMAS = DIVERSIDADE DE VEGETAÇÕES FORMAÇÕES VEGETAIS - Os elementos da natureza mantém estreita relação entre si. - A essa relação, entendida como a combinação e coexistência de seres vivos (bióticos) e não vivos (abióticos) dá-se o nome

Leia mais

136) Na figura observa-se uma classificação de regiões da América do Sul segundo o grau de aridez verificado.

136) Na figura observa-se uma classificação de regiões da América do Sul segundo o grau de aridez verificado. 136) Na figura observa-se uma classificação de regiões da América do Sul segundo o grau de aridez verificado. Em relação às regiões marcadas na figura, observa-se que A) a existência de áreas superáridas,

Leia mais

ECOLOGIA DA PAISAGEM. Em função da composição florística podemos reconhecer associações, a unidade base. A Importância do Espaço em Ecologia

ECOLOGIA DA PAISAGEM. Em função da composição florística podemos reconhecer associações, a unidade base. A Importância do Espaço em Ecologia ECOLOGIA DA PAISAGEM Em função da composição florística podemos reconhecer associações, a unidade base. A Importância do Espaço em Ecologia Ecologia da paisagem é uma subdisciplina da paisagem que se debruça

Leia mais

Organismos, fatores limitantes e nicho ecológico

Organismos, fatores limitantes e nicho ecológico Texto Base: Aula 25 Organismos, fatores limitantes e nicho ecológico Autor: Ana Lúcia Brandimarte Ecologia: significado e escopo As aulas finais de Biologia Geral serão dedicadas ao estudo da Ecologia,

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO ADMINISTRAÇÀO DISCIPLINA: MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO PROF: NAZARÉ FERRÀO TURMA: 7-ADN-1

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO ADMINISTRAÇÀO DISCIPLINA: MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO PROF: NAZARÉ FERRÀO TURMA: 7-ADN-1 1 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO ADMINISTRAÇÀO DISCIPLINA: MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO PROF: NAZARÉ FERRÀO TURMA: 7-ADN-1 I. MEIO AMBIENTE CONCEITOS MEIO AMBIENTE Tudo o que cerca o ser vivo,

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE GEOGRAFIA - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE GEOGRAFIA - 7.º ANO DE GEOGRAFIA - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO Dentro do domínio da geografia e o território, o aluno deve compreender o objeto e o método da Geografia. No dominio da representação da superfície

Leia mais

BIOMAS BRASILEIROS. Prof.ª Débora Lia Ciências/ Biologia

BIOMAS BRASILEIROS. Prof.ª Débora Lia Ciências/ Biologia BIOMAS BRASILEIROS Prof.ª Débora Lia Ciências/ Biologia BIOMA: É CONJUNTO DE ECOSSISTEMAS TERRESTRES, CLIMATICAMENTE CONTROLADOS, QUE SÃO CARACTERIZADOS POR UMA VEGETAÇÃO PRÓPRIA (RAVEN ET AL., 2001) LOCALIZAÇÃO

Leia mais

Actividade nº 3 Influência dos Factores Abióticos nos Ecossistemas

Actividade nº 3 Influência dos Factores Abióticos nos Ecossistemas Actividade nº 3 Influência dos Factores Abióticos nos Ecossistemas Introdução Se a vida dos seres não fosse influenciada por factores abióticos, que variam, existiriam, em todo o mundo, os mesmos seres

Leia mais

A importância do continente europeu reside no fato de este ter

A importância do continente europeu reside no fato de este ter Conhecido como velho mundo, o continente europeu limitase a oeste com o Oceano Atlântico, ao sul com o Mediterrâneo, ao norte com o oceano Glacial Ártico e a leste com a Ásia, sendo que os Montes Urais

Leia mais

UNIDADE 5 AMÉRICA DO NORTE. Os Estados Unidos Tema 1

UNIDADE 5 AMÉRICA DO NORTE. Os Estados Unidos Tema 1 UNIDADE 5 AMÉRICA DO NORTE Os Estados Unidos Tema 1 ORIGEM (resumo): Formação territorial no século XVI; Independência 04/07/1776; Colônias de povoamento as treze colônias costa leste do país e se expandiu

Leia mais

G E O G R A F I A DIRETRIZES GERAIS

G E O G R A F I A DIRETRIZES GERAIS G E O G R A F I A DIRETRIZES GERAIS Estuda-se Geografia para aprender a pensar de forma original, criativa e crítica, a partir da própria realidade espacial, que não se limita ao próximo e imediato, mas

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

Rotas de aprendizagem - Projetos

Rotas de aprendizagem - Projetos Página1 Rotas de aprendizagem - Projetos Domínio - A Terra: Estudos e Representações Subdomínio: A e o Território 1/2 Quinzenas (Inicio: 1.º período) 1) Reconhecer a como a ciência que estuda os territórios

Leia mais

Terminologia Vegetal Aciculifoliadas folhas em forma de agulha; Latifoliadas folhas largas e grandes; Perenes nunca perdem as folhas por completo; Caducas (decíduas) perdem as folhas antes de secas ou

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS

CADERNO DE EXERCÍCIOS GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Disciplina: Ecologia de Ecossistema e da Paisagem

Leia mais