ESTRUTURA FUNCIONAL INCOR HCFMUSP

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTRUTURA FUNCIONAL INCOR HCFMUSP"

Transcrição

1 ESTRUTURA FUNCIONAL INCOR HCFMUSP CONSELHO DIRETOR DIRETORIA EXECUTIVA Comissões (*) Assessoria Coordenação e supervisão do conhecimento Divisão de Cardiologia Clínica Coordenação Administrativa do ao Diagnóstico e Terapêutica Unidade de Controle de Infecção Hospitalar Divisão de Cirurgia Cardiovascular Coordenação Administrativa dos Laboratórios de Pesquisa Serviço Econômico Financeiro (*) Comissões: Comissão Científica Coordenadoria de Pós Graduação Comissão de Ensino Comissão de Avaliação Comissão de Auditoria Médica Subcomissão de Controle de Infecção Hospitalar Subcâmara de Fármacos e Medicamentos Subcomissão de Análise de Informações sobre pacientes Comissão Interna de Prevenção de Acidentes Divisão de Cirurgia Torácica Divisão de Pneumologia Divisão de Anestesiologia Coordenação de Enfermagem Gerência Operacional dos Programas de Assistência Psicologia Serviço Social Médico Nutrição e Dietética Farmácia Fisioterapia Informática Unidade Comercial Infraestrutura Logística Gestão do Fator Humano Biblioteca e Material Didático e Audiovisual Unidade de Saúde e Segurança do Trabalho Centro de Formação e Aperfeiçoamento em Ciências da Saúde Direx - Janeiro/2010 Página 1

2 ESTRUTURA FUNCIONAL Diretoria Executiva Assistência Técnica Assessoria em Tecnologia Assessoria de Comunicação Social Direx Janeiro/2010 Página 2

3 ESTRUTURA FUNCIONAL - DIVISÃO DE CARDIOLOGIA CLÍNICA Divisão de Cardiologia Clínica * Cardiogeriatria e Cardiopatia da Mulher Miocardiopatia e Doença da Aorta Insuficiência Cardíaca e Transplante Lípides Aterosclerose Cardiologia Pediátrica Hipertensão Valvopatia Medicina Interdisciplinar em Cardiologia Arritmia e Avaliação de Marcapasso Coronariopatia Crônica Coronariopatia Aguda Terapia Intensiva Epidemiologia Clínica ** Ambulatório Geral (PA) Ambulatório de Especialidades Emergência Clínica Cardiológica Unidades * Atendimento ao Paciente Externo Unidades ** Prevenção e Reabilitação Cardiovascular Unidades Coordenação e supervisão do conhecimento ao Diagnóstico e Terapêutica - Eletrocardiologia - Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista - Ecocardiografia - MAPA - Tilt Test Laboratórios de Pesquisa - Biologia Vascular - Aterosclerose - Insuficiência Cardíaca - Treinamento e Simulação em Emergências Cardiovasculares - Hipertensão - Pesquisa Clínica de Miocardiopatias - Pesquisa Clínica - Metabolismo de Lípides - Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício - Pesquisa em Cardiologia e Ecocardiografia - Dislipidemias Direx Janeiro/2010 Página 3

4 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO CARDIOVASCULAR Prevenção e Reabilitação Cardiovascular Equipe de Prevenção Epidemiologia Clínica e a Pesquisa Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício Direx Janeiro/2010 Página 4

5 ESTRUTURA FUNCIONAL - DIVISÃO DE CIRURGIA CARDIOVASCULAR Divisão de Cirurgia Cardiovascular Coordenação e supervisão do conhecimento ao Diagnóstico e Terapêutica - Banco de Homoenxertos Laboratório de Pesquisa - Cirúrgico de Pesquisa Cardiovascular Cirurgia Cardiovascular Adulto Unidades * Cirurgia Cardiovascular Infantil * Coronariopatia Valvopatia Estimulação Elétrica e Marcapasso Insuficiência Cardíaca e Transplante Cardiopatia Geral Perfusão e Assistência Cardiorespiratória Central Médica Laser Direx Janeiro/2010 Página 5

6 ESTRUTURA FUNCIONAL - DIVISÃO DE CIRURGIA TORÁCICA Divisão de Cirurgia Torácica Coordenação e supervisão do conhecimento ao Diagnóstico e Terapêutica - Broncoscopia Laboratório de Pesquisa - Cirúrgico de Pesquisa Torácica Atendimento ao Paciente Externo Unidade (*) (*) Ambulatório Emergência (**) Pleura Neoplasias Pulmonares Parede Torácica e Mediastino Traquéia e Vias Aéreas Pneumopatias Avançadas e Transplante Pulmonar Doenças Supurativas Cirurgia Torácica Geral Cirurgia do Tórax Unidades (**) Direx Janeiro/2010 Página 6

7 ESTRUTURA FUNCIONAL - DIVISÃO DE PNEUMOLOGIA Coordenação e supervisão do conhecimento ao Diagnóstico e Terapêutica - - Broncoscopia - Laboratório de Sono - Prova de Função Pulmonar Divisão de Pneumologia Laboratórios de Pesquisa (*) Epidemiologia Reabilitação Pulmonar e Prevenção Clínica de Micobacterioses Clínica de Doenças Intersticiais Clínica de Doenças Pleurais Clínica de Doenças Ocupacionais, ambientais e tabagismo Clínica de Circulação Pulmonar Clínica de Doenças Pulmonares Obstrutivas Clínica de Neoplasias Transplante de Pulmão (**) Ambulatório Emergência - Pleura - Ventilação Mecânica - Inflamação de vias aéreas Pneumologia Unidades (*) Unidade de Terapia Intensiva Atendimento de Paciente Externo Unidades (**) Direx Janeiro/2010 Página 7

8 ESTRUTURA FUNCIONAL DIVISÃO DE ANESTESIOLOGIA Divisão de Anestesiologia Unidade de Anestesia Cirúrgica Unidade de Anestesia para Serviços Auxiliares de Diagnóstico, Terapêutica e Dor Aguda Unidade de Terapia Intensiva Cirúrgica Direx Janeiro/2010 Página 8

9 ESTRUTURA FUNCIONAL - COORDENAÇÃO ADMINISTRATIVA DO APOIO AO DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICA Coordenação Administrativa do ao Diagnóstico e Terapêutica Eletrocardiologia Unidades Laboratório de Sono Provas de Função Pulmonar Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Coordenação Técnica do Diagnóstico por Imagem Coordenação e supervisão do conhecimento Cardiologia Cirurgia Cardiovascular Cirurgia Torácica Ecocardiografia e Imagem em Cardiologia MAPA Tilt Test Banco de Homoenxertos Unidades Laboratório de Análises Clínicas Anatomia Patológica Endoscopia Odontologia Pneumologia Broncoscopia Agência Transfusional Direx Janeiro/2010 Página 9

10 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE ELETROCARDIOLOGIA Eletrocardiologia Eletrocardiografia Eletrocardiografia de Esforço Monitorização Ambulatorial Direx Janeiro/2010 Página 10

11 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE HEMODINÂMICA E CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Equipe Médica de Hemodinâmica Equipe Técnica Direx Janeiro/2010 Página 11

12 ESTRUTURA FUNCIONAL - COORDENAÇÃO TÉCNICA DO DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Coordenação Técnica do Diagnóstico por Imagem Atendimento ao Paciente Medicina Nuclear e Imagem Molecular Radiologia Instrumentação Nuclear Aplicações Médicas Seção Proteção Radiológica Ultrassonografia Radiologia Vasc Interv Tomografia Computadorizada Radiologia Convencional Ressonância Magnética Direx Janeiro/2010 Página 12

13 ESTRUTURA FUNCIONAL UNIDADE DE ODONTOLOGIA Unidade de Odontologia Equipe Técnica Direx Janeiro/2010 Página 13

14 ESTRUTURA FUNCIONAL - COORDENAÇÃO ADMINISTRATIVA DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA Coordenação Administrativa dos Laboratórios de Pesquisa Técnico Laboratório de Genética e Cardiologia Molecular Laboratório de Pesquisa Clínica de Miocardiopatias Laboratório de Pesquisa Clínica Laboratório de Imunologia Coordenação e supervisão do conhecimento Conselho Diretor Cardiologia Cirurgia Cardiovascular Cirurgia Torácica Pneumologia Laboratório de Bioengenharia Laboratório de Experimentação Cirúrgica Laboratório de Patologia Cardíaca Laboratório de Biologia Vascular Laboratório de Aterosclerose Laboratório de Insuficiência Cardíaca Laboratório de Treinamento e Simulação em Emergências Cardiovasculares Laboratório de Hipertensão Laboratório de Metabolismo de Lipides Laboratório de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício Laboratório de Pesquisa em Cardiologia e Ecocardiografia Laboratório de Dislipidemias Laboratório Cirúrgico de Pesquisa Cardiovascular Laboratório Cirúrgico de Pesquisa Torácica Laboratório de Pleura Laboratório de Ventilação Mecânica Laboratório de Inflamação de Vias Aéreas Direx Janeiro/2010 Página 14

15 ESTRUTURA FUNCIONAL - COORDENAÇÃO DE ENFERMAGEM Coordenação de Enfermagem Enfermagem I Enfermagem II Enfermagem III Enfermagem IV Enfermagem V Ambulatório Produção, Est. e Contr. Mat. Equip. Internação Geral 5º andar UTI Cirúrgica Emergência Centro Cirúrgico Internação Geral 6º andar UTI Clínica ao Diagnóstico Terapêutica Hemodinâmica Internação Geral 7º andar UTI Clínica Coronariana Internação Geral 8º andar UTI Clínica Geral Internação Geral Bloco II Internação Infantil Direx Janeiro/2010 Página 15

16 ESTRUTURA FUNCIONAL GERÊNCIA OPERACIONAL DOS PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA Gerência Operacional dos Programas de Assistência Unidade de Atendimento ao Paciente Internado e em Emergência Central de Atendimento ao Cliente Call Center Unidade de Atendimento ao Paciente Ambulatorial Unidade de Informações Médicas e Hospitalares Unidade de Atendimento ao Paciente Pagante e Convênio Unidade de Saúde Suplementar Direx Janeiro/2010 Página 16

17 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO PSICOLOGIA Psicologia Atendimento a Pacientes Externos Atendimento a Pacientes Internados Direx Janeiro/2010 Página 17

18 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO SOCIAL Serviço Social Médico Atendimento Psico-Social na Internação Atendimento Psico-Social no Ambulatório e Emergência Direx Janeiro/2010 Página 18

19 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA Nutrição e Dietética Produção de Alimentos Assistência Nutricional Pacientes Internados Assistência Nutricional Pacientes Externos Direx Janeiro/2010 Página 19

20 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE FARMÁCIA Farmácia Gerenciamento e Distribuição de Medicamentos Atendimento a Pacientes Externos Atendimento a Pacientes Internados Direx Janeiro/2010 Página 20

21 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE FISIOTERAPIA Fisioterapia Atendimento na Internação Geral Atendimento na Internação Especial Setor Ambulatorial Direx Janeiro/2010 Página 21

22 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO ECONÔMICO FINANCEIRO Serviço Econômico Financeiro Unidade de Planejamento e Gestão Unidade de Faturamento Direx Janeiro/2010 Página 22

23 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE INFORMÁTICA Informática Unidade de Sistemas Unidade de Suporte Unidade de Pesquisa Direx Janeiro/2010 Página 23

24 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA Infraestrutura e Logística Unidade de Engenharia de Manutenção Unidade de Administração Predial Higiene Hospitalar Predial Unidade de Engenharia Clínica Unidade de Suprimentos Direx Janeiro/2010 Página 24

25 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE GESTÃO DO FATOR HUMANO Gestão do Fator Humano Recrutamento e Seleção Movimentação Controle Remuneração Benefícios Desenvolvimento Profissional e Organizacional Direx Janeiro/2010 Página 25

26 ESTRUTURA FUNCIONAL SERVIÇO DE BIBLIOTECA E MATERIAL DIDÁTICO E AUDIOVISUAL Biblioteca e Material Didático e Audiovisual Biblioteca Material Didático e Audiovisual Núcleo de Telemedicina Direx Janeiro/2010 Página 26

27 ESTRUTURA FUNCIONAL UNIDADE DE SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Unidade de Saúde e Segurança do Trabalho Assistência Médica Saúde do Trabalhador Direx Janeiro/2010 Página 27

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO COMUM PARA TODAS AS CATEGORIAS PROFISSIONAIS SAÚDE PÚBLICA E SAÚDE COLETIVA SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS 1. História do sistema de saúde no Brasil; 2. A saúde na

Leia mais

Medicina de Urgência e Cuidados intensivos 500horas/aula

Medicina de Urgência e Cuidados intensivos 500horas/aula Introdução à Medicina Veterinária Intensiva Introdução à Medicina Veterinária Intensiva Medicina Baseada em Evidências Estatística Biomédica e Metodologia do Ensino Índices Prognósticos Arquitetura Hospitalar

Leia mais

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85 01 - ÁREAS BÁSICAS COM ACESSO DIRETO 1 ANESTESIOLOGIA - 3 ANOS 15 165 11,0 2 CIRURGIA GERAL - 2 ANOS 46 211 4,6 3 CLÍNICA MÉDICA - 2 ANOS 54 275 5,1 4 DERMATOLOGIA - 3 ANOS 5 88 17,6 5 INFECTOLOGIA - 3

Leia mais

Boletim de Serviço. Nº 06, 05 de janeiro de 2015. Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes

Boletim de Serviço. Nº 06, 05 de janeiro de 2015. Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes Boletim de Serviço Nº 06, 05 de janeiro de 2015 Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES EBSERH HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTÔNIO MORAES Av. Marechal

Leia mais

X FÓRUM NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM FISIOTERAPIA FLORIANÓPOLIS-SC

X FÓRUM NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM FISIOTERAPIA FLORIANÓPOLIS-SC X FÓRUM NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM FISIOTERAPIA FLORIANÓPOLIS-SC Dirceu Costa Florianópolis-SC - Abril-2015 HÁ NECESSIDADE DE AJUSTES CONSTANTES: DA COERÊNCIA INTERNA DOS PPGs

Leia mais

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 28 de Fevereiro

Leia mais

INSTITUTO DO CORAÇÃO DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS. InCor - HC.FMUSP RELATÓRIO DE GESTÃO. 2004 / junho 2005. São Paulo, agosto de 2005.

INSTITUTO DO CORAÇÃO DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS. InCor - HC.FMUSP RELATÓRIO DE GESTÃO. 2004 / junho 2005. São Paulo, agosto de 2005. INSTITUTO DO CORAÇÃO DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS InCor - HC.FMUSP RELATÓRIO DE GESTÃO 2004 / junho 2005 São Paulo, agosto de 2005. INSTITUTO DO CORAÇÃO DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS InCor - HC.FMUSP Estrutura

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde. Portaria nº 227 de 05 de Abril de 2002.

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde. Portaria nº 227 de 05 de Abril de 2002. Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Portaria nº 227 de 05 de Abril de 2002. O Secretário de Assistência à Saúde, no uso de suas atribuições legais, Considerando a Portaria GM/MS nº 640, de

Leia mais

CURSO: 104 - MEDICINA INTENSIVA ADULTO - 2 ANOS

CURSO: 104 - MEDICINA INTENSIVA ADULTO - 2 ANOS Página: : 04 - MEDICINA INTENSIVA ADULTO - 2 ANOS 0025 6 43,5 59,5 APROVADO 00239 3,75 25,5 39,25 2 APROVADO 0009-3,5 - - ELIMINADO Total de Candidatos: 3 Página: 2 : 05 - MEDICINA INTENSIVA ADULTO - 4

Leia mais

Acupuntura AMN 3º andar

Acupuntura AMN 3º andar Relação de Setores e Serviços Setor / Serviço Unidade Localização Acupuntura 3º andar Aleitamento Materno CPPHO 1º andar Alergia 1º pav., ala 2 Alergo Imunologia Pediátrica CPPHO Térreo Almoxarifado 1º

Leia mais

ANEXO I ÁREA DE FORMAÇÃO E TITULAÇÃO MÍNIMA

ANEXO I ÁREA DE FORMAÇÃO E TITULAÇÃO MÍNIMA 1 CURSO DE MEDICINA CÓD. DISCIPLINAS 001 Inglês 1 I 12 Curso formação completo em língua Inglesa ou título proficiência em língua inglesa. 002 Interação à Saú Comunitária I 2 I 12 ou Saú Coletiva ou Graduação

Leia mais

Organograma Complexo HUPES

Organograma Complexo HUPES Organograma Complexo HUPES Organograma Geral Conselho Gestor Diretor Geral - Presidente; Vice-Diretor; Representante da Reitoria; Diretor de Unidades de ensino da área de Saúde da UFBA ; Diretor Adjunto

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA CURSO ENFERMAGEM PRIMEIRO SEMESTRE BASES HISTÓRICAS DA ENFERMAGEM A D D A C A A A A C BIOLOGIA GERAL A A B B A E C B D E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA C A D D B D B C B D LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO B A B E

Leia mais

SALVADOR SAÚDE NUCLEARES GABARITO OFICIAL DA MULTIDISCIPLINAR 2016.1 GRUPO UNIRB

SALVADOR SAÚDE NUCLEARES GABARITO OFICIAL DA MULTIDISCIPLINAR 2016.1 GRUPO UNIRB SALVADOR SAÚDE NUCLEARES ANTROPOLOGIA E SOCIEDADE B B A D E A B E C D DIREITOS HUMANOS N N N N N N N N N N FILOSOFIA E ÉTICA B A C D B C D E C B GESTÃO E DESENVOLVIMENTO HUMANO B A C E E A B C D E HISTORIA

Leia mais

Página 1 de 6. Médico - Acupuntura. Médico - Alergia e Imunologia Pediátrica. Médico - Anestesiologia. Médico - Cancerologia Clínica

Página 1 de 6. Médico - Acupuntura. Médico - Alergia e Imunologia Pediátrica. Médico - Anestesiologia. Médico - Cancerologia Clínica Especialidade Médico - Acupuntura Médico - Alergia e Imunologia Médico - Anestesiologia Médico - Cancerologia Clínica Médico - Cancerologia Médico - Cardiologia Médico - Cardiologia - Eletrofisiologia

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 5/2014-EBSERH/HC-UFMG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 5/2014-EBSERH/HC-UFMG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 5/2014-EBSERH/HC-UFMG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 Médico Acupuntura 802

Leia mais

CBO-S (Códigos de Especialidade)

CBO-S (Códigos de Especialidade) CBO-S (Códigos de Especialidade) Código Descrição 1312.05 Diretor clínico 1312.05 Diretor de departamento de saúde 1312.05 Diretor de divisão médica 1312.05 Diretor de serviços de saúde 1312.05 Diretor

Leia mais

FUNDAÇÃO HOSPITALAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS

FUNDAÇÃO HOSPITALAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO HOSPITALAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO REGIDO PELO EDITAL FHEMIG Nº. 01/2009, PARA PROVIMENTO DE CARGOS DAS CARREIRAS DE MÉDICO, PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM, ANALISTA DE GESTÃO E

Leia mais

Componente Curricular: FISIOTERAPIA EM CARDIOLOGIA PLANO DE CURSO. - Fisioterapia na Reabilitação de Pacientes com Coronariopatias UNIDADE II

Componente Curricular: FISIOTERAPIA EM CARDIOLOGIA PLANO DE CURSO. - Fisioterapia na Reabilitação de Pacientes com Coronariopatias UNIDADE II CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: FISIOTERAPIA EM CARDIOLOGIA Código: Fisio 220 Pré-requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

Especialização em Fisioterapia Respiratória e UTI - NOVO

Especialização em Fisioterapia Respiratória e UTI - NOVO Especialização em Fisioterapia Respiratória e UTI - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O foco deste curso é promover ao profissional conhecimentos

Leia mais

MODIFICA A CODIFICAÇÃO DO SISTEMA DE CENTROS DE CUSTOS DAS UNIDADES ORGANIZACIONAIS DA UERJ, PARA UTILIZAÇÃO NO SIAFEM.

MODIFICA A CODIFICAÇÃO DO SISTEMA DE CENTROS DE CUSTOS DAS UNIDADES ORGANIZACIONAIS DA UERJ, PARA UTILIZAÇÃO NO SIAFEM. 033/ REITORIA / 2002 01 / 0 MODIFICA A DO SISTEMA DE CENTROS DE CUSTOS DAS UNIDADES ORGANIZACIONAIS DA UERJ, PARA UTILIZAÇÃO NO SIAFEM. A REITORA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso de

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 004 Médico - Alergia e Imunologia

Leia mais

UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTÔNIO PEDRO E D I T A L N º 044 / 2014

UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTÔNIO PEDRO E D I T A L N º 044 / 2014 UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTÔNIO PEDRO E D I T A L N º 044 / 2014 O Reitor da Universidade Federal Fluminense, no uso de suas atribuições legais e estatutárias e, de acordo

Leia mais

TEMAS LIVRES PÔSTERS APROVADOS DO XII CONGRESSO SERGIPANO DE CARDIOLOGIA. Observação:

TEMAS LIVRES PÔSTERS APROVADOS DO XII CONGRESSO SERGIPANO DE CARDIOLOGIA. Observação: TEMAS LIVRES PÔSTERS APROVADOS DO XII CONGRESSO SERGIPANO DE CARDIOLOGIA Observação: Exposição dos temas livres TL 01 a TL 21 sexta de 08h as 12h, com apresentação 09:45h Exposição dos temas livres TL

Leia mais

Centro Médico Pedro Maques. Av. Mendonça Junior,1018, Gruta de Lourdes. Fone: (82) 3316-7870. Rua Hugo Correia Paes, 253, Farol. Fone: (82) 2123-7000

Centro Médico Pedro Maques. Av. Mendonça Junior,1018, Gruta de Lourdes. Fone: (82) 3316-7870. Rua Hugo Correia Paes, 253, Farol. Fone: (82) 2123-7000 www.plamed.com.br Rede Credenciada Por Município MACEIÓ Urgência e Emergência URGÊNCIA PEDIÁTRICA CONSULTAS ALERGOLOGIA E IMUNOLOGIA (ADULTO E PEDIATRIA) ANGIOLOGIA CARDIOLOGIA CIRURGIA CARDÍACA CIRURGIA

Leia mais

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014 CATEGORIA_DIVULGAÇÃO ESPECIALIDADE_DIVULGAÇÃO NOME_FANTASIA_PONTO BAIRRO_PONTO SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO LABORATORIO / ANATOMIA PATOLOGICA CEDACLIN CENTRO SERVIÇO DE TERAPIA FISIOTERAPIA CEMED IMAGEM CENTRO

Leia mais

1º SEMESTRE BACHARELADO EDUCAÇÃO FÍSICA MATUTINO

1º SEMESTRE BACHARELADO EDUCAÇÃO FÍSICA MATUTINO GABARITO. 1º SEMESTRE BACHARELADO EDUCAÇÃO FÍSICA MATUTINO ANATOMIA HUMANA E C E C C B C E A D RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL E C E D D E A B B C FILOSOFIA E ÉTICA D C E A C A E D D D PSICOLOGIA GERAL

Leia mais

Diretrizes para Habilitação de Centros de Treinamento

Diretrizes para Habilitação de Centros de Treinamento Diretrizes para Habilitação de Centros de Treinamento Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Gestão 2006-2009 Centros de Treinamento Comissão Coordenador Dr. José Armando Mangione

Leia mais

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO CARGO/ESPECIALIDADE Art. 378. Ao Consultor Legislativo, Especialidade Assessoramento Legislativo. ÁREAS DE INTERESSE DO SENADO FEDERAL Agronomia;

Leia mais

Os horários poderão sofrer alteração para atender à necessidade e o interesse do serviço público.

Os horários poderão sofrer alteração para atender à necessidade e o interesse do serviço público. Os horários poderão sofrer alteração para atender à necessidade e o interesse do serviço público. Os servidores que trabalham na área de assistência e área médica, no regime de escala poderão ter suas

Leia mais

Requisitos mínimos (Item 2.1 dos Editais 01, 02 e 03/2014)

Requisitos mínimos (Item 2.1 dos Editais 01, 02 e 03/2014) Requisitos mínimos (Item 2.1 dos Editais 01, 02 e 03/2014) CARGOS Farmacêutico Médico Anestesiologista Médico Clínico Geral Médico Obstetra* Doenças Externas Oculares* REQUISITOS MÍNIMOS (1) Graduação

Leia mais

GABARITO - AVALIAÇÃO MULTIDISCIPLINAR CURSO PSICOLOGIA 1º SEMESTRE NOTURNO

GABARITO - AVALIAÇÃO MULTIDISCIPLINAR CURSO PSICOLOGIA 1º SEMESTRE NOTURNO CURSO PSICOLOGIA 1º SEMESTRE NOTURNO PSICOLOGIA CIENCIA E PROFISSÃO A A B C D E A B C D LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS C D A C B A B D E E PERCEPÇÃO DA CONSCIENCIA E A C B E C A A C D PSICOLOGIA GERAL C

Leia mais

Curso Disciplina Tipo Cargo Formação Titulação Requisitos Horário. Administração / Psicologia. Especialização. Especialização

Curso Disciplina Tipo Cargo Formação Titulação Requisitos Horário. Administração / Psicologia. Especialização. Especialização Curso Disciplina Tipo Cargo Formação Titulação Requisitos Horário Comunicação Empresarial Psicologia Conhecimento em comunicação empresarial e comunicação oral e escrita. 3º e 4º feiras das 19h20 Ciências

Leia mais

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2012... 07

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2012... 07 Página 1 Sumário Matriz 2007... 02 Matriz 2010... 04 Matriz 2012... 07 Página 2 MATRIZ CURRICULAR 2007 1º Período Anatomia I 80 Biofísica I 40 Biologia Geral 60 Bioquímica 80 História e Fundamentos da

Leia mais

Conhecimentos em Clínica Médica.

Conhecimentos em Clínica Médica. ANEXO II PROGRAMAS DA PROVA ESCRITA s com Acesso Direto Acupuntura Anestesiologia Cirurgia Geral Dermatologia Infectologia Medicina da Família e Comunidade Medicina Nuclear Neurocirurgia Neurologia Conhecimentos

Leia mais

Estrutura Curricular para o Curso de Fisioterapia Noturno (5 anos)

Estrutura Curricular para o Curso de Fisioterapia Noturno (5 anos) Estrutura Curricular para o Curso de Fisioterapia Noturno (5 anos) Sem. Eixos Disciplinas h/a h 1. Biologia, Microbiologia e Imunologia 02/40 - Matérias Biológicas 2. Anatomia Humana I 3. Histologia e

Leia mais

Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015

Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015 Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015 (19200) Simpósio Insuficiência Cardíaca, Cardiomiopatia e Doenças do Pericárdio Auditório 1 (Capacidade 500) 08:30 10:00 O Desafio da Avaliação de Dispneia em Pacientes

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) ADMINISTRAÇÃO EM FISIOTERAPIA C/H 68 (2435) Introdução, princípios, bases legais e elementos da administração. Atuação da

Leia mais

HOSPITAL. Belo Horizonte. Soluções em Saúde

HOSPITAL. Belo Horizonte. Soluções em Saúde HOSPITAL Belo Horizonte Soluções em Saúde EXCELÊNCIA O Hospital Belo Horizonte é um hospital geral de grande porte que, além de oferecer um alto nível de assistência aos seus clientes, busca proporcionar

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) OBRIGATÓRIAS: 264 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS

MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) OBRIGATÓRIAS: 264 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) TOTAL DE CRÉDITOS: 278 TOTAL DE HORAS: 4448 HORAS OBRIGATÓRIAS: 2 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS SEMESTRE 01 Módulo

Leia mais

CONVÊNIO CELEBRADO ENTRE O CFM, A AMB E A CNRM

CONVÊNIO CELEBRADO ENTRE O CFM, A AMB E A CNRM CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.973, DE 14 DE JULHO DE 2011 Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM Nº 1.845/08, que celebra o convênio de reconhecimento de especialidades

Leia mais

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA

SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA NORMAS PARA CREDENCIAMENTO E RECREDENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO EM NEFROLOGIA Curso de Especialização em Nefrologia OBJETIVOS DO PROGRAMA OBJETIVO GERAL Capacitar o profissional médico no conteúdo

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 Médico Alergia

Leia mais

Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar

Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar MINISTÉRIO DA SAÚDE HOSPITAL FEDERAL DOS SERVIDORES DO ESTADO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar JUSTIFICATIVA A Promoção de saúde só será completa

Leia mais

RESUMO DA ESTRUTURA FÍSICO-OPERACIONAL DO HOSPITAL CENTRAL DO IASERJ ESTRUTURA ATIVA

RESUMO DA ESTRUTURA FÍSICO-OPERACIONAL DO HOSPITAL CENTRAL DO IASERJ ESTRUTURA ATIVA RESUMO DA ESTRUTURA FÍSICO-OPERACIONAL DO HOSPITAL CENTRAL DO IASERJ CTI - 16 leitos Enfermaria de Clínica Médica 26 leitos ESTRUTURA ATIVA SPA Sala Amarela 11 leitos Sala Vermelha 3 leitos Sala de observação

Leia mais

EDITAL CONCURSO UNCISAL Nº 004/2014, de 20 de outubro 2014.

EDITAL CONCURSO UNCISAL Nº 004/2014, de 20 de outubro 2014. EDITAL CONCURSO Nº 004/2014, de 20 de outubro 2014. Retificado em 29/10/2014, com aviso publicado no Diário Oficial do Estado de Alagoas em 29/10/2014 Retificado em 07/11/2014, com aviso publicado no Diário

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 802 Médico Alergia e

Leia mais

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008 de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

LISTA TELEFÔNICA DO HCE LOCALIZAÇÃO DDD PABX RAMAL RITEX + RAMAL CENTRAL TELEFÔNICA

LISTA TELEFÔNICA DO HCE LOCALIZAÇÃO DDD PABX RAMAL RITEX + RAMAL CENTRAL TELEFÔNICA LISTA TELEFÔNICA DO HCE LOCALIZAÇÃO DDD PABX RAMAL RITEX + RAMAL CENTRAL TELEFÔNICA 21 3891 7000 816+Ramal DIREÇÃO Gabinete do Diretor 21 Tel. Direto 3860-6570 Gabinete do Diretor (FAX) 21 Tel. Direto

Leia mais

Grade Curricular Integral 4 anos (com as modificações realizadas em vermelho)

Grade Curricular Integral 4 anos (com as modificações realizadas em vermelho) Grade Curricular Integral 4 anos (com as modificações realizadas em vermelho) 1. Biologia, Microbiologia e Imunologia 02/40 - Matérias Biológicas 2. Anatomia Humana I 3. Histologia e Embriologia 02/40-4.

Leia mais

GESTÃO DOS SERVIÇOS DE PRONTO SOCORRO

GESTÃO DOS SERVIÇOS DE PRONTO SOCORRO Encontro Nacional UNIMED de Recursos e Serviços Próprios e Jornadas Nacionais UNIMED de Enfermagem e Farmácia Hospitalar GESTÃO DOS SERVIÇOS DE PRONTO SOCORRO Instituto Central do Hospital das Clínicas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CCBS ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CCBS ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA Ciências Fisiológicas Ciências Morfológicas Patologia Saúde Coletiva SCF0013 Biofísica 1 60 60 120 4 2 6 SCF0014 Bioquímica 1 60 60 120 4 2 6 SCF0015 Fisiologia I 2 60 60 120 4 2 6 SCF0013, SCF0014, SCM0022,

Leia mais

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO.

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. CARGO: ASSISTENTE DE PESQUISA Cód. ÁREA DE ATUAÇÃO N O DE VAGAS POR ÁREA PERFIL 212 Antropologia 2

Leia mais

Convocação para a Segunda Fase - Análise do Curriculum vitae (com arguição)

Convocação para a Segunda Fase - Análise do Curriculum vitae (com arguição) Convocação para a Segunda Fase - Análise do Curriculum vitae (com arguição) A UNICAMP, por meio da Coordenação dos Cursos de Aprimoramento Profissional, CONVOCA para a realização da Segunda Fase Análise

Leia mais

ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental).

ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental). 1 de 9 ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental). CARGO PERFIL PRÉ REQUISITO NÍVEL SUPERIOR Administrador Curso Superior

Leia mais

RELAÇÃO DE CURSOS UNISANTOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DESCONTO DE 20% ADMINISTRAÇÃO ARQUITETURA E URBANISMO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CIÊNCIAS CONTÁBEIS

RELAÇÃO DE CURSOS UNISANTOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DESCONTO DE 20% ADMINISTRAÇÃO ARQUITETURA E URBANISMO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CIÊNCIAS CONTÁBEIS RELAÇÃO DE CURSOS UNISANTOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DESCONTO DE 20% ADMINISTRAÇÃO ARQUITETURA E URBANISMO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIAS ECONÔMICAS COMÉRCIO EXTERIOR

Leia mais

CARGA HORÁRIA. Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Introdução á Filosofia 36 36 -

CARGA HORÁRIA. Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Introdução á Filosofia 36 36 - MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2012.2 1º SEMESTRE Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à 36 36 - Fundamentos Sócio-antropológicos: Cultura e Relações

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 006 Médico - Anestesiologia

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DA UFMG DEPARTAMENTO DE CIRURGIA CIR

FACULDADE DE MEDICINA DA UFMG DEPARTAMENTO DE CIRURGIA CIR 1 FACULDADE DE MEDICINA DA UFMG DEPARTAMENTO DE CIRURGIA Av. Prof. Alfredo Balena 190-2 0 andar Caixa postal 340 - CEP 30130-100 031-3409-9759 e 3409-9760 cirurgia@medicina.ufmg.br CIR Disciplina Optativa

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE SALAS 2015.2 CURSO PERÍODO TURMA BLOCO SALA ADMINISTRAÇÃO 1 2002015.2 C 31 ADMINISTRAÇÃO 2 2002015.1 C 32 ADMINISTRAÇÃO 3 2002014.

DISTRIBUIÇÃO DE SALAS 2015.2 CURSO PERÍODO TURMA BLOCO SALA ADMINISTRAÇÃO 1 2002015.2 C 31 ADMINISTRAÇÃO 2 2002015.1 C 32 ADMINISTRAÇÃO 3 2002014. DISTRIBUIÇÃO DE SALAS 2015.2 CURSO PERÍODO TURMA BLOCO SALA ADMINISTRAÇÃO 1 2002015.2 C 31 ADMINISTRAÇÃO 2 2002015.1 C 32 ADMINISTRAÇÃO 3 2002014.2 C 33 ADMINISTRAÇÃO 4 2002014.1 C 34 ADMINISTRAÇÃO 5 2002013.2

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE SALAS 2015.2 CURSO PERÍODO TURMA BLOCO ADMINISTRAÇÃO 1 2002015.2 C ADMINISTRAÇÃO 2 2002015.1 C ADMINISTRAÇÃO 3 2002014.

DISTRIBUIÇÃO DE SALAS 2015.2 CURSO PERÍODO TURMA BLOCO ADMINISTRAÇÃO 1 2002015.2 C ADMINISTRAÇÃO 2 2002015.1 C ADMINISTRAÇÃO 3 2002014. DISTRIBUIÇÃO DE SALAS 2015.2 CURSO PERÍODO TURMA BLOCO ADMINISTRAÇÃO 1 2002015.2 C ADMINISTRAÇÃO 2 2002015.1 C ADMINISTRAÇÃO 3 2002014.2 C ADMINISTRAÇÃO 4 2002014.1 C ADMINISTRAÇÃO 5 2002013.2 C ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1ª Avaliação regimental Data da Prova Horário da prova

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1ª Avaliação regimental Data da Prova Horário da prova - TURMA: 270101 - TURNO: Matutino - SALA: 104-1º PERÍODO (2014/1) 1ª Avaliação regimental Introdução a filosofia 20/03/2014 08:00 às 09:40 Citologia e Embriologia 21/03/2014 08:50 as 11:40 Histologia Básica

Leia mais

Manual Específico Unimed-Rio - TISS

Manual Específico Unimed-Rio - TISS UNIME D-RIO Manual Específico Unimed-Rio - TISS Área de Relacionamento com Hospitais Rio 2 PADRONIZAÇÃO DOS NOVOS FORMULÁRIOS QUE SERÃO UTILIZADOS PELOS PRESTADORES PARA ENVIO PARA A UNIMED-RIO. Estes documentos

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO. Administração Pública Analise e Proj.de Sist. Orient.a Objetos. Análises Clínicas. Análises Clínicas

PÓS-GRADUAÇÃO. Administração Pública Analise e Proj.de Sist. Orient.a Objetos. Análises Clínicas. Análises Clínicas PÓS-GRADUAÇÃO Administração Pública Analise e Proj.de Sist. Orient.a Objetos Análises Clínicas Análises Clínicas APS - Especialização em Atenção Primária à Saúde Assessoria e Publicidade/Comunicação Assistência

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 43.02.01.01 biópsia do colo uterino 1.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE SANTO ANDRÉ

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE SANTO ANDRÉ ANEXO I EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N 008/2014 PARA CREDENCIAMENTO DE HOSPITAIS E CLÍNICAS HABILITADOS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ALTA COMPLEXIDADE, ASSIM COMPREENDIDOS OS CENTROS DE INFUSÃO DE IMUNOBIOLÓGICOS;

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1.973/2011 (Publicada no D.O.U. de 1º de agosto de 2011, Seção I, p. 144-147) Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.845/08, que celebra

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO EMENTAS DISCIPLINAS 4º E 5º PERÍODOS MATRIZ 2 4 º Período BIOLOGIA MOLECULAR - 2835 Introdução a Biologia Molecular. Estrutura

Leia mais

HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016

HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016 HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 2 de Fevereiro

Leia mais

Índice Remissivo do Volume 91-2008

Índice Remissivo do Volume 91-2008 Por Assunto A Acidente cerebrovascular/complicações Acidente vascular na doença de Chagas, 306 Abscesso Opção para tratamento de abscesso aórtico, 72 Acesso radial Acesso ulnar Angioplastia primária pelo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ. ANEXO I DO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO n. o 001/2007-PMC CARREIRAS/CARGOS/ÁREAS DE CONHECIMENTO/REQUISTOS BÁSICOS/VAGAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ. ANEXO I DO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO n. o 001/2007-PMC CARREIRAS/CARGOS/ÁREAS DE CONHECIMENTO/REQUISTOS BÁSICOS/VAGAS PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ ANEXO I DO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO n. o 001/2007-PMC CARREIRAS/CARGOS/ÁREAS DE CONHECIMENTO/REQUISTOS BÁSICOS/VAGAS Carreira: Regulação e Fiscalização Especialista em

Leia mais

ASPECTOS SÓCIO POLÍTICO DA SAÚDE Noções básicas de políticas sociais, com ênfase nas do setor saúde.

ASPECTOS SÓCIO POLÍTICO DA SAÚDE Noções básicas de políticas sociais, com ênfase nas do setor saúde. 1º PERÍODO ANATOMIA HUMANA Unidade I - Anatomia sistemática-generalidades - Nomenclatura anatômica. Sistema ósseo. Articular. Muscular. Sistema nervoso. Sistema circulatório. Sistema digestivo. Sistema

Leia mais

EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA. Escola Superior de Ciências da Saúde

EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA. Escola Superior de Ciências da Saúde EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA Escola Superior de Ciências da Saúde Período de Inscrição: 18 de janeiro de 2010 a 19 de fevereiro de 2010. Local de Inscrição:

Leia mais

Radiação Ionizante: Riscos e Minimização dos seus efeitos. Hélio Castello. Diretor de Qualidade Profissional SBHCI

Radiação Ionizante: Riscos e Minimização dos seus efeitos. Hélio Castello. Diretor de Qualidade Profissional SBHCI Radiação Ionizante: Riscos e Minimização dos seus efeitos Hélio Castello Diretor de Qualidade Profissional SBHCI Os perigos do Raio X Conceitos Básicos EFEITOS BIOLÓGICOS Efeitos Estocáticos: Efeitos

Leia mais

SERVIÇO DE CARDIOLOGIA - IRMANDADE SANTA CASA DE MISERICÓRDIA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP

SERVIÇO DE CARDIOLOGIA - IRMANDADE SANTA CASA DE MISERICÓRDIA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP SERVIÇO DE CARDIOLOGIA - IRMANDADE SANTA CASA DE MISERICÓRDIA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP EDITAL/ REGULAMENTO INTERNO ESTÁGIO MÉDICO EM CARDIOLOGIA CLÍNICA 1. CORPO CLÍNICO. A disciplina de Cardiologia

Leia mais

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLÍNICA MÉDICA

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLÍNICA MÉDICA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLÍNICA MÉDICA 2016 Programa de Residência Médica em Clínica Médica 2016 Unidade: Hospital Quinta D Or Diretor de Ensino e Coordenador Geral da Residência Médica: Dr. Arnaldo

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM REABILITAÇÃO CARDIOPULMONAR Unidade

Leia mais

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010 Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem Implantação a partir de 2010 Matriz Curricular Currículo Novo 1º SEMESTRE Créditos Anatomia Humana I Citologia 02 Embriologia, Genética

Leia mais

Programa de Residência Médica em Cardiologia

Programa de Residência Médica em Cardiologia Programa de Residência Médica em Cardiologia Hospital Barra D`OR Programa de Residência Médica em Cardiologia Corpo Clínico Coordenador do Programa de Residência Médica em Cardiologia : Dr. João Luiz Fernandes

Leia mais

Especialidade. Descrição. Código

Especialidade. Descrição. Código 1311.20 Gerente de serviços sociais 1312.05 Diretor de divisão médica 1312.05 Diretor de serviços de saúde 1312.05 Diretor de serviços médicos 1312.05 Diretor de unidade assistencial 1312.05 Diretor de

Leia mais

Dados a serem fornecidos para inclusão de novas bibliotecas

Dados a serem fornecidos para inclusão de novas bibliotecas Dados a serem fornecidos para inclusão de novas bibliotecas Para exemplos, consulte Serviços>Guia> em: http://www.apcisrj.org Nome da instituição/sigla Nome da biblioteca Endereço completo, com CEP Telefone,

Leia mais

Para a Categoria Funcional de Nível Superior, nas seguintes áreas/especialidades:

Para a Categoria Funcional de Nível Superior, nas seguintes áreas/especialidades: Vagas e requisitos Para a Categoria Funcional de Nível Superior, nas seguintes áreas/especialidades: Áreas/Especialidades Vagas Pré-Requisitos Análises Clínicas (Biologia) 01 a) Formação Superior Completa

Leia mais

Sala 1 - CONFERÊNCIA "Os Desafios da SBC para implantação do Programa Nacional de Prevenção Cardiovascular"

Sala 1 - CONFERÊNCIA Os Desafios da SBC para implantação do Programa Nacional de Prevenção Cardiovascular PROGRAMA CIENTÍFICO CONGRESSO SOCERJ 2013 Quinta-feira 04.04.2013 Hora: 08:00h - 08:30h Sala 1 - ABERTURA OFICIAL Hora: 08:30h - 09:45h Sala 1 - CONFERÊNCIA "Os Desafios da SBC para implantação do Programa

Leia mais

DESCRIÇÃO DO PERFIL DOS HOSPITAIS SOB GESTÃO INDIRETA

DESCRIÇÃO DO PERFIL DOS HOSPITAIS SOB GESTÃO INDIRETA DESCRIÇÃO DO PERFIL DOS HOSPITAIS SOB GESTÃO INDIRETA SOB GESTÃO TERCEIRIZADA 1. Hospital Regional Castro Alves Castro Alves-4ª DIRES (S.A. de Jesus) O HRCA está programado para compor a rede assistencial

Leia mais

1.25. CBO-S (especialidade) 1312.05 Diretor clínico. 1312.05 Diretor de departamento de saúde. 1312.05 Diretor de divisão médica

1.25. CBO-S (especialidade) 1312.05 Diretor clínico. 1312.05 Diretor de departamento de saúde. 1312.05 Diretor de divisão médica 1.25. CBO-S (especialidade) Código Descrição 1312.05 Diretor clínico 1312.05 Diretor de departamento de saúde 1312.05 Diretor de divisão médica 1312.05 Diretor de serviços de saúde 1312.05 Diretor de serviços

Leia mais

Programa com Entrada Direta 311 - Dermatologia 390 1 Classificado Programa com Entrada Direta 311 - Dermatologia 405 2 Classificado.

Programa com Entrada Direta 311 - Dermatologia 390 1 Classificado Programa com Entrada Direta 311 - Dermatologia 405 2 Classificado. Programa com Entrada Direta 302 - Anestesiologia 21 1 Classificado Programa com Entrada Direta 302 - Anestesiologia 1115 2 Classificado Programa com Entrada Direta 302 - Anestesiologia 32 3 Classificado

Leia mais

dezembro-2005 janeiro-2005 a Período: Programa de Fomento à Pós-Graduação - PROF Valor (R$ Mil) Valor (R$ Mil) Valor Total (R$ Mil) Bolsistas

dezembro-2005 janeiro-2005 a Período: Programa de Fomento à Pós-Graduação - PROF Valor (R$ Mil) Valor (R$ Mil) Valor Total (R$ Mil) Bolsistas Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Número de Bolsistas e Valores Pagos (Médias), Segundo os Programas de Pós-Grad. Níveis: Mestrado

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. RESOLUÇÃO No- 2.116, DE 23 DE JANEIRO DE 2015

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. RESOLUÇÃO No- 2.116, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO No- 2.116, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 2.068/2013, que celebra o convênio de reconhecimento de especialidades

Leia mais

ERRATA DE EDITAL LEIA-SE: EM, 27 /11 /2015

ERRATA DE EDITAL LEIA-SE: EM, 27 /11 /2015 EM, 27 /11 /2015 ERRATA DE EDITAL A SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE/PE torna público a ERRATA do edital do Processo Seletivo da RESIDÊNCIA MÉDICA para o ano de 2016 publicado no DOE 14/11/2015, que será realizado

Leia mais

Apenas coparticipação em exames de alta complexidade R$ 30,00

Apenas coparticipação em exames de alta complexidade R$ 30,00 R$,00 121 R$,00 122 R$,00 Reajuste: ABRIL 123 R$,00 CREFITO 1 CARÊNCIAS PLANO UNIMED Redução Parcial de Carência para Clientes com Plano Anterior CONTRATUAL ADESÃO PME INDIVIDUAL 1 2 3 4 5 6 7 8 A - Urgência

Leia mais

NÚMERO DE CONSULTAS MÉDICAS (SUS) POR HABITANTE

NÚMERO DE CONSULTAS MÉDICAS (SUS) POR HABITANTE Indicadores de cobertura NÚMERO DE CONSULTAS MÉDICAS (SUS) POR HABITANTE 1. Conceituação x Número médio de consultas médicas apresentadas no Sistema Único de Saúde (SUS) por habitante, em determinado espaço

Leia mais

1 Recebido 2 Em análise 3 Liberado para pagamento 4 Encerrado sem pagamento 5 Analisado e aguardando liberação para o pagamento

1 Recebido 2 Em análise 3 Liberado para pagamento 4 Encerrado sem pagamento 5 Analisado e aguardando liberação para o pagamento 1.24. Status do protocolo Código Descrição 1 Recebido 2 Em análise 3 Liberado para pagamento 4 Encerrado sem pagamento 5 Analisado e aguardando liberação para o pagamento 1.25. CBOS (especialidade) Código

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 107.02.01.01 biópsia de pele e partes moles 39.02.01.01 Biópsia

Leia mais

LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 A D E C A A D C A B INFORMÁTICA 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 A C C C D A A E E D

LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 A D E C A A D C A B INFORMÁTICA 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 A C C C D A A E E D ADMINISTRAÇÃO/ CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º SEMESTRE - MATUTINO LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS A D E C A A D C A B INFORMÁTICA A C C C D A A E E D FILOSOFIA E ÉTICA E D A C A B D E B A MATEMÁTICA D B E E A C C

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

ANEXO I (VAGAS E REQUISITOS) QUADRO SETORIAL DA SAÚDE

ANEXO I (VAGAS E REQUISITOS) QUADRO SETORIAL DA SAÚDE ANEXO I (VAGAS E REQUISITOS) QUADRO SETORIAL DA SAÚDE CARGO CÓDIGO REQUISITOS VAGAS VAGA DEFICIENTE Curso Superior, em nível de graduação, em Enfermagem, ENFERMEIRO DO TRABALHO SE-503 registro profissional

Leia mais

Modificado Status Nome do Prestador CNPJ/CPF Endereço Estabelecimento Cidade Telefone Especialidade AC Serviços Fonoaudiológicos 02461877000105 Av.

Modificado Status Nome do Prestador CNPJ/CPF Endereço Estabelecimento Cidade Telefone Especialidade AC Serviços Fonoaudiológicos 02461877000105 Av. Modificado Status Nome do Prestador CNPJ/CPF Endereço Estabelecimento Cidade Telefone Especialidade AC Serviços Fonoaudiológicos 02461877000105 Av. Bernardo Monteiro, 893, 3º andar, Santa Efigênia Belo

Leia mais

ANEXO I GRUPAMENTO DE GESTÃO TOTAL 07 07 00. 01 01 00 02 40h 7.010,96 7.010,96. 01 01 00 02 40h. 01 01 00 02 40h 7.010,96

ANEXO I GRUPAMENTO DE GESTÃO TOTAL 07 07 00. 01 01 00 02 40h 7.010,96 7.010,96. 01 01 00 02 40h. 01 01 00 02 40h 7.010,96 ANEXO I EDITAL N o 01/2014 ISGH/HMSC Seleção Pública de Provas e Títulos para provimento de cargos do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar/Hospital e Maternidade do Sertão Central QUADRO DE CARGOS, HABILITAÇÃO

Leia mais