Relatório Final da VI Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa Piraí RJ.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório Final da VI Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa Piraí RJ."

Transcrição

1 PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRAÍ SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI P.A.I. PONTO DE APOIO AO IDOSO Inaugurado numa quinta-feira, o novo ano no Calendário Gregoriano, o de número 2015 após o nascimento de Jesus Cristo; 515, depois do Descobrimento do Brasil; 193, da nossa Independência; 125, da Proclamação da República e 177 do nascimento do Município de Piraí RJ No dia vinte e oito de novembro de dois mil e quatorze, às quatorze horas e quarenta minutos, na sede da Agremiação Esportiva Piraiense, à Rua Comendador Sá, 25 Centro, foi realizada a VI Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa com 43 (quarenta e três) presentes sendo que 35 (trinta e cinco) na Lista de Presenças à VI Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa e 8 (oito) no Livro de Presenças do Conselho Municipal do Idoso, concomitantemente com a 11ª Reunião Ordinária da Gestão 2013 / 2015 e 11ª Reunião Ordinária do ano de 2014 do Conselho Municipal do Idoso de Piraí RJ., A mesa de abertura foi composta pelo Dr LUIZ ANTONIO DA SILVA NEVES - Prefeito Municipal de Piraí, GILBERTO MARTINS LOUREIRO - Presidente do Conselho Municipal do Idoso de Piraí e Palestrante deste evento, CELIA REGINA BUROK DE SOUZA Presidente da APAE Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Pirai, IRACY RIBEIRO Vice Presidente do Conselho Municipal de Piraí, Ten. LUIZ CARLOS JEREMIAS, RÔMULO MENDONÇA BOTELHO, Chefe de Divisão de Controle Social da Secretária Municipal de Assistência Social, representando a Secretária de Promoção Social Srª HELOISA SOUZA LIMA MACHADO. Antes do início dos trabalhos foi executado o Hino do Município de Piraí e em seguida o Hino Nacional Brasileiro. A seguir foi feito o registro de outras autoridades presentes. Com a palavra o representante do Exmo Prefeito, Dr. LUIZ ANTONIO DA SILVA NEVES, agradeceu a todos os presentes e em especial às autoridades presentes. Destacou o desafio do poder público em diminuir as desigualdades sociais, através da construção de políticas públicas eficazes e trabalhar as injustiças sociais para que as pessoas tenham consciência dos seus direitos. Dando seguimento, Sr RÔMULO MENDONÇA BOTELHO, representante da Secretária Municipal de Promoção Social, Sr HELOISA SOUZA LIMA MACHADO, justificou sua ausência, cumprimentou os presentes agradecendo a participação de todos, ressaltando os servidores públicos da Secretária de Assistência Social que trabalharam para que o Página 1

2 evento acontecesse. Destacou a responsabilidade de estarmos participando das Conferências para criarmos políticas públicas para que o Município de Piraí possa avançar e valorizar as parcerias na rede de serviços. A seguir Sr GILBERTO MARTINS LOUREIRO, Presidente do Conselho Municipal do Idoso saudou as autoridades que compõem a mesa, representadas pelo Sr. Prefeito Dr. LUIZ ANTONIO DA SILVA NEVES, cumprimento os presentes e falou que Piraí, como sempre, anda à frente dos Projetos voltados às Pessoas Idosas. Enquanto o CEDEPI Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa realizará a sua IV Conferência, nós já estamos na VI Conferência Municipal. Levando-se em conta que esta Conferência realiza-se de 2 em 2 anos, conclui-se que estamos 4 anos à frente. Continuando disse que a Palestrante e Presidente do CEDEPI Dra. SANDRA RABELO FRIAS informou que não teria tempo hábil para chegar em Piraí, pois sairia às 13:30 horas do Centro do Rio de Janeiro, devido a alguns imprevistos de última hora. Continuando o Sr. Presidente disse que ficaremos aguardando uma nova oportunidade. Também destacou o sucesso do PAI - Ponto de Apoio ao Idoso e também do site que já se aproxima de 16 mil acessos e é visto com regularidade por 68 países. Conseguimos criar o nosso Fundo Municipal do Idoso que, em breve, já poderemos receber doações etc. Em seguida o Cerimonial pediu para que fosse desfeita a mesa. Prosseguindo, Sr Presidente GILBERTO MARTINS LOUREIRO solicitou que todos tivessem em mãos o Regimento Interno da Conferência, que lido, foi aprovado, com a seguinte ressalva: no Capítulo que se refere sobre DA ELEIÇÃO PARA DELEGADOS À IV CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA deveremos aguardar as orientações do CEDEPI para definir as regras para eleição dos Delegados para a IV Conferência Estadual. São os Artigos 30 ao Parágrafo único do Artigo 32. Conforme acordado com os Conselheiros a nossa VI Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa prosseguirá com a convocação de uma Reunião Ampliada que deverá ser realizada até maio/2015. Às dezesseis e dez minutos o palestrante Sr. GILBERTO MARTINS LOUREIRO Presidente do Conselho Municipal do Idoso de Piraí apresentou o primeiro slide de apresentação da Palestra cujo tema é: PROTAGONISMOS E EMPODERAMENTO DA PESSOA IDOSA POR Página 2

3 UM BRASIL DE TODAS AS IDADES. A realização da IV Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa - CNDPI, em 2015, convocada em abril de 2014, configura-se como um grande desafio, uma vez que envidar esforços e dirigir toda nossa ação para assegurar o cumprimento das deliberações é a principal missão de um Conselho, missão esta pela qual debatemos permanentemente. O Palestrante focou inicialmente qual o papel das Conferências. Ilustrou o que é, para que serve e como tirar o máximo proveito dessas oportunidades. Segundo o Palestrante Sr. GILBERTO MARTINS LOUREIRO se esse conceito não for plenamente entendido pode comprometer o real valor esperado das Conferências. O Objetivo é propiciar a reflexão e a discussão sobre o protagonismo e o empoderamento e as conseqüências nas transformações sociais, como estratégia na garantia dos direitos da pessoa idosa. Para conferir, isto é, verificar se as ações acontecem como estão previstas na lei (Estatuto do Idoso, Política Nacional do Idoso, Políticas estaduais e municipais da Pessoa Idosa), para avaliar o desempenho das políticas públicas com relação às metas e para propor avanços e novas diretrizes, com o intuito de consolidar e ampliar os direitos das pessoas idosas. Finalizando enfatizou a necessidade da pessoa idosa refletir sobre este lugar social da melhor idade e como são necessários os investimentos públicos e privados na luta pela erradicação da miséria, redução da pobreza no Brasil, na qualidade dos serviços que atendem a pessoa idosa, na educação da população para valorizar os direitos da pessoa idosa e na criação de Centros de Convivência, Centros de Referência e Instituições de Acolhimento de Longa Permanência (Lares para Idosos). Ao final foi aberto debate com questões encaminhadas pelos participantes. Às dezesseis horas houve intervalo para o Coffe-break. Às dezesseis horas e quarenta minutos foram iniciadas as Comunicações Coordenadas através da composição de 01 (um) único grupo de trabalho para a discussão e elaboração de propostas relacionadas ao tema da presente Conferência. Ao final, o relator do grupo fez a apresentação das propostas descritas a seguir: Parte do Relatório da VI Conferência Municipal Dos Direitos da Pessoa Idosa. Ao final, o relator do grupo fez a apresentação das propostas assim descritas: Eixo 1 Gestão (Programas, Projetos e Ações). 1 Melhorar a comunicação Página 3

4 entre as Políticas Públicas das atividades dos Idosos. 2 Criar Comissão com representantes das Políticas Públicas responsáveis por planejar as atividades com as pessoas idosas com a inclusão do Conselho Municipal do Idoso. Eixo 2 Financiamento (Fundo do Idoso e Orçamento Público). 1 Garantir que as Propostas feitas no PPA sejam cumpridas. 2 Garantir que as Propostas desta Conferência sejam contempladas no próximo PPA municipal. Eixo 3 Participação (Política e no Controle Social). 1 Estimular a comunicação entre as Políticas Públicas das atividades com os idosos. 2 Garantir o acesso das Pessoas Idosas com dificuldade de locomoção aos serviços ofertados. Após a aprovação das propostas o representante da Secretária Municipal de Assistência Social, Sr RÔMULO MENDONÇA BOTELHO e o Sr. Presidente GILBERTO MARTINS LOUREIRO deram por encerradas as atividades agradecendo a presença e a colaboração de todos, dando por encerrado os trabalhos e, desde já, convidou a todos para estarem presentes na REUNIÃO AMPLIADA para tratar da Eleição dos Delegados à Conferência Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, conforme linha 57 a 64 deste Relatório. REUNIÃO AMPLIADA DO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO PIRAÍ RJ. No dia vinte e seis de maio de dois mil e quinze, às quatorze horas, na sede da Agremiação Esportiva Piraiense, localizada à Rua Comendador Sá nº 25, Centro, Piraí RJ, foi realizada a 1ª Reunião Ampliada do Conselho Municipal do Idoso, em complemento ao RELATÓRIO FINAL da VI Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa Piraí RJ. em suas linhas 122 a 124, concomitantemente com a 5ª Reunião Ordinária de 2015 e, de 26 de maio de 2015 e 17ª Reunião Ordinária da Gestão 2013 / 2015 sendo que cada evento com sua ATA específica. 1 - ABERTURA DOS TRABALHOS VERIFICAÇÃO DE QUORUM Foi feita a verificação de quorum às quatorze horas, sem obter-se o número legal de Conselheiros. Em segunda verificação às 14h15min, obteve-se o número legal, com o registro de 11 (onze) representações, sendo 6 (seis) Secretarias Municipais e 5 (cinco) Secretarias Municipais. Estavam presentes os seguintes Conselheiros representantes: ANA PAULA NUNES DE SOUZA PINHEIRO - SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA Página 4

5 SOCIAL; FERNANDO LUIZ DE SOUZA JÚNIOR SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE; GLÓRIA REGINA PINHEIRO DE LIMA REIS - SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO; DAISY LUCIA LIMA BOTELHO E RICARDO SILVA SERAPHINI SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES; JILCILÉIA CAMPOS VIEIRA - SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE; MARIAH ANDRADE BARBOSA - PROCURADORIA JURÍDICA IRACY RIBEIRO E ANATÁLIA MATEUS RIBEIRO - CECOMIP - CENTRO DE CONVIVÊNCIA DA MELHOR IDADE DE PIRAÍ; ANTÔNIO ABELARDO DE OLIVEIRA NEVES - APAE - ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE PIRAÍ; GETÚLIO PEREIRA DE OLIVEIRA - ROTARY CLUB PIRAÍ; NIVERTINA TELLES DE CASTELI - IDEAC - INSTITUIÇÃO DE RESGATE E CIDADANIA e GILBERTO MARTINS LOUREIRO LOJA MAÇÔNICA KOSMOS, além da presença do representante da Secretária Municipal de Assistência Social, Sr RÔMULO MENDONÇA BOTELHO que conduziu a presente Reunião Ampliada REVERÊNCIA AO PAVILHÃO NACIONAL Foi solicitado pelo Senhor Presidente uma salva de palmas em reverência ao Pavilhão Nacional. 2 LEITURA DA PAUTA - Foi distribuída cópia da PAUTA com os assuntos previamente agendados para a reunião de hoje. 3 ELEIÇÃO DE DELEGADOS - 1ª Reunião Ampliada de 2015 para Eleição dos Delegados para a IV Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa Rio de Janeiro RJ. O Sr. Presidente passou a condução dos trabalhos ao Sr. RÔMULO MENDONÇA BOTELHO que fez uma retrospectiva dos acontecimentos sobre a nossa VI Conferência Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa realizada no dia vinte e oito de novembro de dois mil e quatorze. Informou que, de acordo com o Regimento da IV Conferência Estadual, em seu Regimento Interno, Artigo 24, alínea d), os Municípios de Pequeno Porte - que é o nosso caso - terão direito a indicar 2 (dois) Delegados para a Conferência Estadual. Assim sendo, abriu a palavra para os Conselheiros de forma que indicassem os nomes e os respectivos suplentes. Foram escolhidos por aclamação como Delegados à Conferência Estadual os seguintes Conselheiros: 1) Instituições Civis TITULAR - GILBERTO MARTINS LOUREIRO representante da LOJA MAÇÔNICA KOSMOS e SUPLENTE - GETÚLIO Página 5

6 PEREIRA DE OLIVEIRA representante do ROTARY CLUB PIRAÍ. 2) Poder Público: TITULAR - ANA PAULA NUNES DE SOUZA PINHEIRO - SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL e SUPLENTE - DAISY LUCIA LIMA BOTELHO SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES. 4 - ENCERRAMENTO DOS TRABALHOS. O Sr. RÔMULO MENDONÇA BOTELHO agradeceu a presença de todos os Conselheiros e visitantes que assinaram o Livro de Presenças. E passou a palavra para o Presidente GILBERTO MARTINS LOUREIRO. O Sr. Presidente, teceu alguns comentários e disse que não havendo nada mais a tratar agradeceu, também, ao Sr. RÔMULO MENDONÇA BOTELHO parceria e desejou a todos um 2015 com muita SAÚDE, SABEDORIA e SERENIDADE e um feliz retorno aos seus lares e/ou locais de trabalho, encerrando os trabalhos às 15h00 e, eu, JILCILÉIA CAMPOS VIEIRA, Secretária de Ofício, lavro e assino a presente ATA que, após lida e aprovada, será assinada pelo Presidente e Conselheiros presentes. Piraí, vinte e seis de maio de dois mil e quinze. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx RESUMO PROPOSTAS Eixo 1 Gestão (Programas, Projetos e Ações). 1 Melhorar a comunicação entre as Políticas Públicas das atividades dos Idosos. 2 Criar Comissão com representantes das Políticas Públicas responsáveis por planejar as atividades com as pessoas idosas com a inclusão do Conselho Municipal do Idoso. Eixo 2 Financiamento (Fundo do Idoso e Orçamento Público). 1 Garantir que as Propostas feitas no PPA sejam cumpridas. 2 Garantir que as Propostas desta Conferência sejam contempladas no próximo PPA municipal. Eixo 3 Participação (Política e no Controle Social). 1 Estimular a comunicação entre as Políticas Públicas das atividades com os idosos. Página 6

7 Garantir o acesso das Pessoas Idosas com dificuldade de locomoção aos serviços ofertados. ELEIÇÃO DE DELEGADOS Foram escolhidos por aclamação como Delegados à IV CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA os seguintes Conselheiros: 1) Instituições Civis: TITULAR - GILBERTO MARTINS LOUREIRO representante da LOJA MAÇÔNICA KOSMOS e SUPLENTE - GETÚLIO PEREIRA DE OLIVEIRA representante do ROTARY CLUB PIRAÍ. 2) Poder Público: TITULAR - ANA PAULA NUNES DE SOUZA PINHEIRO - representante da SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL e SUPLENTE - DAISY LUCIA LIMA BOTELHO representante da SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES. COMISSÃO ORGANIZADORA DA VI CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA PRESIDENTE GILBERTO MARTINS LOUREIRO LOJA MAÇÔNICA KOSMOS VICE PRESIDENTE IRACY RIBEIRO CECOMIP - CENTRO DE CONVIVÊNCIA DA MELHOR IDADE DE PIRAÍ MEMBROS DAISY LUCIA LIMA BOTELHO SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES Página 7

8 FERNANDO LUIZ DE SOUZA JÚNIOR SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SEBASTIÃO FERREIRA JASMIN APAE - ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE PIRAÍ JILCILÉIA CAMPOS VIEIRA SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE ANA PAULA NUNES DE SOUZA PINHEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL APOIO TÉCNICO RÔMULO MENDONÇA BOTELHO - SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL HELOISA SOUZA LIMA MACHADO SECRETÁRIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL GILBERTO MARTINS LOUREIRO PRESIDENTE DO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO Página 8

ATA DA 1ª REUNIÃO ORDINÁRIA - BIÊNIO 2013 / 2015 1ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO EXERCÍCIO DE 2014

ATA DA 1ª REUNIÃO ORDINÁRIA - BIÊNIO 2013 / 2015 1ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO EXERCÍCIO DE 2014 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34. 35. 36. No dia vinte e oito de janeiro de dois mil e quatorze, às quatorze

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE

SECRETARIA DE ESTADO DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE SECRETARIA DE ESTADO DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Distrito Federal s/nº Ata da Reunião de Convocação para a primeira Reunião

Leia mais

VIII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE REGIMENTO INTERNO. Capítulo I Dos objetivos

VIII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE REGIMENTO INTERNO. Capítulo I Dos objetivos VIII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE REGIMENTO INTERNO Capítulo I Dos objetivos Art.1º - A VIII Conferência Municipal de Saúde terá por objetivos: I - Impulsionar, reafirmar e buscar a efetividade dos princípios

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO REGIMENTO INTERNO

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO REGIMENTO INTERNO REGIMENTO INTERNO Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º O Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CMCTI/Campinas), criado pela Lei Municipal

Leia mais

DELIBERAÇÃO CES Nº 130 /2015 De, 10 de junho de 2015.

DELIBERAÇÃO CES Nº 130 /2015 De, 10 de junho de 2015. Secretaria Estadual De Saúde Conselho Estadual De Saúde - RJ DELIBERAÇÃO CES Nº 130 /2015 De, 10 de junho de 2015. APROVA O REGIMENTO IN- TERNO DA 7ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO. O

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA DE JACOBINA

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA DE JACOBINA REGIMENTO INTERNO DA IV CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE JACOBINA BA Art. 1º. Este regimento interno da IV Conferência Municipal de Saúde de Jacobina-BA CMS tem como finalidade definir a organização dos

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO BÁSICA

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO BÁSICA GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO BÁSICA ORIENTAÇÕES BÁSICAS À GESTÃO MUNICIPAL: ORGANIZAÇÃO DA CONFÊRENCIA

Leia mais

e) Liberdade assistida; f) Semiliberdade; g) Internação, fazendo cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente.

e) Liberdade assistida; f) Semiliberdade; g) Internação, fazendo cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente. REGIMENTO INTERNO DO COMDICA Título I DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Capítulo I - DA NATUREZA Art.1º - O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente COMDICA,

Leia mais

Capítulo I das Atividades do Conselho

Capítulo I das Atividades do Conselho REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE ITARANTIM BA, DE ACORDO COM A LEI Nº 11.947/2009 E RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 038/2009. Capítulo I das Atividades do Conselho

Leia mais

Conselho Municipal dos Direitos do Idoso

Conselho Municipal dos Direitos do Idoso 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 Ata 05/2013 Aos vinte e seis do mês de junho de dois mil e treze aconteceu na sala de reuniões da Casa dos Conselhos, às oito

Leia mais

FÓRUM AMAZONENSE DE REFORMA

FÓRUM AMAZONENSE DE REFORMA REGIMENTO INTERNO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DAS CIDADES DO AMAZONAS CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES 1 Art. 1º - São objetivos da 6ª Conferência Estadual das Cidades do Amazonas: I - Propor a interlocução

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, CONSELHOS COMUNITÁRIOS Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: CONSELHOS COMUNITÁRIOS ORGAO COLEGIADO GABINETE DO PREFEITO Tornar os cidadãos parte ativa no exercício do governo, mediante

Leia mais

Prefeitura Municipal de São João del-rei

Prefeitura Municipal de São João del-rei Mensagem n 050/2013 Do: Gabinete do Prefeito Ao: Exmº Sr. Vereador Antônio Carlos de Jesus Fuzatto Presidente da Câmara Municipal de São João del-rei Senhor Presidente, Com os nossos respeitosos cumprimentos,

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 164-03/2015

PROJETO DE LEI Nº 164-03/2015 PROJETO DE LEI Nº 164-03/2015 Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal do Idoso e do Fundo Municipal dos Direitos do Idoso. LUIS FERNANDO SCHMIDT, Prefeito Municipal de Lajeado, Estado do Rio Grande

Leia mais

2 3ATA DA 128ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE 4DE FORTALEZA 5Às quatorze horas do dia doze de janeiro do ano de dois mil e dez, no

2 3ATA DA 128ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE 4DE FORTALEZA 5Às quatorze horas do dia doze de janeiro do ano de dois mil e dez, no 1 3ATA DA 18ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE 4DE FORTALEZA 5Às quatorze horas do dia doze de janeiro do ano de dois mil e dez, no Auditório do 6CMSF, situado na Rua do Rosário, nº 83

Leia mais

ATA DA 3º REUNIÃO DA COMISSÃO DOS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

ATA DA 3º REUNIÃO DA COMISSÃO DOS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA ATA DA 3º REUNIÃO DA COMISSÃO DOS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA Aos vinte e dois dias do mês de maio do ano de dois mil e sete, às 10h30, reuniu-se a Comissão dos Direitos das Pessoas com Deficiência

Leia mais

DECRETO Nº 533, DE 02 DE SETEMBRO DE 1991.

DECRETO Nº 533, DE 02 DE SETEMBRO DE 1991. ALTERADO PELOS DECRETOS SC N 322/1995; 2.155/1997; 2.442/1997 DECRETO Nº 533, DE 02 DE SETEMBRO DE 1991. Dispõe sobre a competência do Conselho de Meio Ambiente - CONSEMA - SC O GOVERNADOR DO ESTADO DE

Leia mais

Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia dezoito de Setembro de 2007

Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia dezoito de Setembro de 2007 Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia dezoito de Setembro de 2007 Ao dia dezoito de Setembro de dois mil e sete, nesta vila de Castelo

Leia mais

FÓRUM DA AGENDA 21 LOCAL DE ITABORAÍ MUNICÍPIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM (1ª Alteração)

FÓRUM DA AGENDA 21 LOCAL DE ITABORAÍ MUNICÍPIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM (1ª Alteração) FÓRUM DA AGENDA 21 LOCAL DE ITABORAÍ MUNICÍPIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM (1ª Alteração) Aprovado em Assembléia Geral Ordinária realizada no dia 11 de Setembro de 2014 às 16:00h,

Leia mais

MESA DA ASSEMBLEIA MU ICIPAL

MESA DA ASSEMBLEIA MU ICIPAL MESA DA ASSEMBLEIA MU ICIPAL ASSEMBLEIA MUNICIPAL * Ruas das Indústrias, 393 * 4786-909 TROFA * Telefone 252 409290 / Fax 252 409299 * E-mail: mesamunicipal@mun-trofa.pt DATA DA REUNIÃO: AOS VINTE E SEIS

Leia mais

LEI Nº 3.219, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006

LEI Nº 3.219, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006 LEI Nº 3.219, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Meio Ambiente, dá outras providências sobre o Fundo Municipal de Meio Ambiente, revoga e altera disposições indicadas

Leia mais

Anexo. Regimento Interno do Conselho Deliberativo do Fundo Soberano do Brasil

Anexo. Regimento Interno do Conselho Deliberativo do Fundo Soberano do Brasil RESOLUÇÃO Nº 1 Aprova o Regimento Interno do Conselho Deliberativo do Fundo Soberano do Brasil, ao qual se refere o inciso XI do art. 3º do Decreto n 7.113, de 19 de fevereiro de 2009. Tendo em vista a

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUIVOLOGIA

REGIMENTO INTERNO DO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUIVOLOGIA REGIMENTO INTERNO DO TÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES CAPÍTULO I Da Natureza Art. 1º. O Colegiado do Curso de Graduação em Arquivologia é um órgão normativo e deliberativo, com sede no Centro de

Leia mais

de Assistência Social

de Assistência Social Jundiaí-sp Conselho Municipal de Assistência Social Lei Municipal nº 4.891, de 11 de novembro de 1996 S e c r e t a r i a G e r a l : P r a ç a d o s A n d r a d a s s / n º - C e n t r o C E P 1 3 2 0

Leia mais

PRESENÇAS E FALTAS -----------------------------------------------------------------------------------

PRESENÇAS E FALTAS ----------------------------------------------------------------------------------- DATA DA REUNIÃO: AOS SETE DIAS DO MÊS DE DEZEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E CINCO. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- LOCAL

Leia mais

REGULAMENTO, CONSTITUIÇÃO E CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE DESPORTO PREÂMBULO

REGULAMENTO, CONSTITUIÇÃO E CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE DESPORTO PREÂMBULO REGULAMENTO, CONSTITUIÇÃO E CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE DESPORTO PREÂMBULO As Autarquias desempenham um papel fundamental no desenvolvimento desportivo e no incremento da prática desportiva, devido

Leia mais

[Digite aqui] Ministério da Educação Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira UNILAB

[Digite aqui] Ministério da Educação Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira UNILAB 1 ATA DA 20ª SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 Aos trinta dias do mês de outubro de dois mil e quatorze,

Leia mais

DECRETO Nº 713, DE 1º DE ABRIL DE 2013

DECRETO Nº 713, DE 1º DE ABRIL DE 2013 DECRETO Nº 713, DE 1º DE ABRIL DE 2013 Publicado no DOE(Pa) de 02.04.13. Institui o Programa de Parcerias Público-Privadas PPP/PA e regulamenta o Conselho Gestor de Parcerias Público- Privadas do Estado

Leia mais

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FORNECEDORES DE MEDICAMENTOS - ABFMED

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FORNECEDORES DE MEDICAMENTOS - ABFMED ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FORNECEDORES DE MEDICAMENTOS - ABFMED Aos 20 (vinte) dias do mês de novembro do ano de 2015, às 09h00min (nove horas da manhã), nesta capital

Leia mais

Livro de Atas das Reuniões de 2012. Ata da Quadragésima Quarta Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde de Uberaba

Livro de Atas das Reuniões de 2012. Ata da Quadragésima Quarta Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde de Uberaba Ata da Quadragésima Quarta Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde de Uberaba Aos onze dias do mês de janeiro de dois mil e doze, às dezenove horas, realizou-se na sede da Secretaria Municipal

Leia mais

Regimento. do Conselho Municipal de Educação. município, garantir o adequado ordenamento da rede educativa nacional e municipal;

Regimento. do Conselho Municipal de Educação. município, garantir o adequado ordenamento da rede educativa nacional e municipal; Regimento do Conselho Municipal de Educação Ao abrigo do artigo 8º do Decreto-Lei nº 7/2013, de 15 de janeiro, alterado pela Lei nº 41/2003, de 22 de agosto (objeto da Declaração de Retificação nº 13/2003,

Leia mais

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE LIMEIRA

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE LIMEIRA 22/04/1 5 ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE LIMEIRA Presidente Vice- Presidente Primeiro Secretário Segunda Secretária SR. NILTON CÉSAR DOS SANTOS SR. JOSÉ EDUARDO MONTEIRO JÚNIOR SR. SIDNEY

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO / SP.

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO / SP. REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO / SP. CAPÍTULO I DA NATUREZA, DA FINALIDADE E COMPETÊNCIA Art. 1º - O Comitê Gestor de TI, de

Leia mais

RESOLUÇÃO DO COLEGIADO DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGUE

RESOLUÇÃO DO COLEGIADO DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGUE UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E EDUCAÇÀO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGUE Bacharelado RESOLUÇÃO DO COLEGIADO DO CURSO DE SECRETARIADO

Leia mais

1 - PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL. Foco: produção de arte e de bens simbólicos, promoção de

1 - PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL. Foco: produção de arte e de bens simbólicos, promoção de 1. REGIMENTO INTERNO DA VI CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA CAPITULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - A VI Conferência Municipal de Cultura de Porto Alegre, terá os seguintes objetivos: I Ser o foro amplo e permanente

Leia mais

A CONSTITUIÇÃO DO FÓRUM PERMANENTE DA PESSOA IDOSA NA REGIÃO DOS CAMPOS GERAIS

A CONSTITUIÇÃO DO FÓRUM PERMANENTE DA PESSOA IDOSA NA REGIÃO DOS CAMPOS GERAIS 8. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA A CONSTITUIÇÃO DO FÓRUM PERMANENTE DA PESSOA IDOSA NA REGIÃO DOS CAMPOS GERAIS Maria Iolanda de Oliveira 1 Rita de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 08/03-COUN

RESOLUÇÃO Nº 08/03-COUN RESOLUÇÃO Nº 08/03-COUN Estabelece o Regimento Interno do Núcleo de Educação a Distância (NEAD) da Universidade Federal do Paraná. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal do Paraná, no uso de

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE

CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE REGIMENTO INTERNO DA 3ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DE SAÚDE DO TRABALHADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CEST/RS (ATUALIZADO PELA RESOLUÇÃO CES/RS Nº 02/2014) CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1º A 3ª

Leia mais

FORUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE DO ESTADO DE RORAIMA

FORUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE DO ESTADO DE RORAIMA FORUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE DO ESTADO DE RORAIMA Aos vinte e quatro dias do mês de fevereiro de dois mil e dez reuniram-se no auditório do Centro de Formação dos Profissionais

Leia mais

Diário Oficial. Dilma veta aumento do limite do empréstimo consignado de 30% para 40%

Diário Oficial. Dilma veta aumento do limite do empréstimo consignado de 30% para 40% Diário Oficial Dilma veta aumento do limite do empréstimo consignado de 30% para 40% A presidente Dilma Rousseff vetou o aumento do limite de crédito consignado de 30% para 40% da renda do trabalhador

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 14/2016 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PARTICIPAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA COMUNIDADE NEGRA CAPÍTULO I

PROJETO DE LEI Nº 14/2016 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PARTICIPAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA COMUNIDADE NEGRA CAPÍTULO I PROJETO DE LEI Nº 14/2016 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PARTICIPAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA COMUNIDADE NEGRA RUI VALDIR OTTO BRIZOLARA, Prefeito Municipal de Morro Redondo, Estado do Rio

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MACEIÓ

CÂMARA MUNICIPAL DE MACEIÓ Ata da 120ªSessão Ordinária da 20ª Legislatura da Câmara Municipal de Maceió Aos (29) vinte e nove dias do mês de abril do ano de 2014 às (15h) quinze horas, sob a presidênciaem exercício do vereador Silvio

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE AUDITORIA DA FOLHA DE PAGAMENTO COAF. Capítulo I

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE AUDITORIA DA FOLHA DE PAGAMENTO COAF. Capítulo I REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE AUDITORIA DA FOLHA DE PAGAMENTO COAF. Em reunião ordinária, a Comissão de Auditoria da Folha de Pagamento do Município de Natal aprova o presente Regimento Interno, o qual

Leia mais

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO MÊS DE MAIO DO ANO DE DOIS MIL E DEZ DA CÂMARA

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE EXTENSÃO

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE EXTENSÃO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE EXTENSÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1. Este Regimento dispõe sobre a composição, competências e funcionamento do Conselho de Extensão (CoEx), órgão colegiado

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO. Aprovado pelo Conselho de Administração da Garantisudoeste.

- REGIMENTO INTERNO. Aprovado pelo Conselho de Administração da Garantisudoeste. - REGIMENTO INTERNO Aprovado pelo Conselho de Administração da Garantisudoeste. REGIMENTO INTERNO PREMISSAS BÁSICAS: Considerando a grande responsabilidade que compreende a execução do objeto social da

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO

GABINETE DO PREFEITO Autor: Poder Executivo. LEI N 1.328/2016. CRIA O CONSELHO E FUNDO MUNICIPAL E POLÍTICAS SOBRE DROGAS DO MUNICÍPIO DE ARIPUANÃ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. EDNILSON LUIZ FAITTA, Prefeito Municipal de Aripuanã,

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO ESPORTE 12ª REUNIÃO ORDINÁRIA ATA DA REUNIÃO

CONSELHO NACIONAL DO ESPORTE 12ª REUNIÃO ORDINÁRIA ATA DA REUNIÃO 12ª REUNIÃO ORDINÁRIA ATA DA REUNIÃO DATA: 04 de maio de 2006 LOCAL: Sala de Reuniões do Gabinete do Ministro do Esporte. HORÁRIO: 10 às 13 horas PAUTA: 1. Apresentação dos novos membros do Conselho: Senhora

Leia mais

REGMENTO INTERNO DO CONSELHO ESTADUAL DO TRABALHO DO ESTADO DE ALAGOAS CAPITULO I DA COMPOSIÇÃO E DAS COMPETÊNCIAS

REGMENTO INTERNO DO CONSELHO ESTADUAL DO TRABALHO DO ESTADO DE ALAGOAS CAPITULO I DA COMPOSIÇÃO E DAS COMPETÊNCIAS REGMENTO INTERNO DO CONSELHO ESTADUAL DO TRABALHO DO ESTADO DE ALAGOAS Aprovado em Reunião Ordinária de 05 de julho de 1995 Alterado em Reunião Ordinária de 12 de dezembro de 2001 e em Reunião Ordinária

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE UMIRIM Rua Roldão Paraíba, 18 Centro Umirim Ceará CEP. 62.660-000 CNPJ.: 04.345.137/0001-39 CGF.: 06.920.501-9

CÂMARA MUNICIPAL DE UMIRIM Rua Roldão Paraíba, 18 Centro Umirim Ceará CEP. 62.660-000 CNPJ.: 04.345.137/0001-39 CGF.: 06.920.501-9 ATA DA 3ª SESSÃO ORDINÁRIA EXERCÍCIO 2014 DO BIÊNIO 2013/2014 -PRIMEIRO PERÍODO UMIRIM-CE. Aos Dezoito (18) dias do mês de Março (03) do ano de Dois Mil e Quatorze (2014), na Câmara Municipal de Umirim-Ce,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.139, DE 16 DE JUNHO DE 2011

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.139, DE 16 DE JUNHO DE 2011 Página 1 de 7 LEI COMPLEMENTAR Nº 1.139, DE 16 DE JUNHO DE 2011 Reorganiza a Região Metropolitana da Grande São Paulo, cria o respectivo Conselho de Desenvolvimento e dá providências correlatas O GOVERNADOR

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO SECRETARIADO NACIONAL DA MULHER

REGIMENTO INTERNO DO SECRETARIADO NACIONAL DA MULHER REGIMENTO INTERNO DO SECRETARIADO NACIONAL DA MULHER PREÂMBULO O Estatuto do PSDB, aprovado em 1988, previu em sua Seção V, art. 73, 2º a criação do Secretariado da Mulher como parte integrante da Executiva

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 488/2002, de 15-05-02. Rui Nicolodi, Prefeito Municipal de Mormaço, Estado do Rio Grande do Sul.

LEI MUNICIPAL Nº 488/2002, de 15-05-02. Rui Nicolodi, Prefeito Municipal de Mormaço, Estado do Rio Grande do Sul. LEI MUNICIPAL Nº 488/2002, de 15-05-02. DISPÕE SOBRE A ELEIÇÃO DE DIRETORES DAS ESCOLAS PÚBLICAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE MORMAÇO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Rui Nicolodi, Prefeito Municipal de Mormaço,

Leia mais

Prefeitura Municipal da Estância Climática de Santo Antonio do Pinhal Estado de São Paulo

Prefeitura Municipal da Estância Climática de Santo Antonio do Pinhal Estado de São Paulo Prefeitura Municipal da Estância Climática de Santo Antonio do Pinhal Estado de São Paulo LEI N 980, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2006 Dispõe sobre a criação do Fundo Municipal de Turismo (FUMTUR), no Município

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS DECRETO Nº 1.153, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2015. Aprova o Regimento Interno do Conselho Gestor do Programa de Parcerias Público-Privadas do município de Palmas. O PREFEITO DE PALMAS, no uso das atribuições

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO

Leia mais

RESOLUÇÃO 41/97. Vitória da Conquista, 10 de novembro de 1997. REGIMENTO DO CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - CONSEPE

RESOLUÇÃO 41/97. Vitória da Conquista, 10 de novembro de 1997. REGIMENTO DO CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - CONSEPE O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso de suas atribuições legais, de acordo com o artigo 24 do Estatuto da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB, para observância

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CONSELHO SUPERIOR (CONSUP)

REGIMENTO INTERNO CONSELHO SUPERIOR (CONSUP) REGIMENTO INTERNO TERESINA-PI 2011 Pág. 1 de 21 SUMÁRIO Página Seção I Da Natureza e Finalidade 2 Seção II Da Composição e Mandatos 2 Seção III Da Posse e Perda dos Mandatos 3 Seção IV Da Competência 4

Leia mais

REGIMENTO INTERNO MUSEU DA MEMÓRIA E PATRIMÔNIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS CAPÍTULO I CATEGORIA, SEDE E FINALIDADE

REGIMENTO INTERNO MUSEU DA MEMÓRIA E PATRIMÔNIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS CAPÍTULO I CATEGORIA, SEDE E FINALIDADE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG REGIMENTO INTERNO MUSEU DA MEMÓRIA E PATRIMÔNIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS CAPÍTULO I CATEGORIA, SEDE E FINALIDADE Art. 1º O Museu

Leia mais

REGULAMENTO DAS INSPETORIAS, REPRESENTAÇÕES E DAS COMISSÕES AUXILIARES DE FISCALIZAÇÃO-CAFs CAPÍTULO I DAS INSPETORIAS E REPRESENTAÇÕES.

REGULAMENTO DAS INSPETORIAS, REPRESENTAÇÕES E DAS COMISSÕES AUXILIARES DE FISCALIZAÇÃO-CAFs CAPÍTULO I DAS INSPETORIAS E REPRESENTAÇÕES. REGULAMENTO DAS INSPETORIAS, REPRESENTAÇÕES E DAS COMISSÕES AUXILIARES DE FISCALIZAÇÃO-CAFs CAPÍTULO I DAS INSPETORIAS E REPRESENTAÇÕES Seção I Da Natureza e Finalidade das Inspetorias Art. 1º A Inspetoria

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU LEI Nº 6.576, DE 23 DE OUTUBRO DE 2.014 P. 35.427/13 (4.599/13-Emdurb) Cria o Conselho Municipal de Mobilidade de Bauru e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE BAURU, nos termos do art. 51 da

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 888/2015

RESOLUÇÃO Nº. 888/2015 RESOLUÇÃO Nº. 888/2015 O Conselho Estadual de Saúde - CES/ES, no uso de suas atribuições capituladas na Lei Federal Nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990, Lei Estadual Nº 7.964, de 27 de dezembro de 2004,

Leia mais

LIBERALINO FERREIRA DE LUCENA FETAG Membro Titular 1

LIBERALINO FERREIRA DE LUCENA FETAG Membro Titular 1 INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA 37ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA - EXECUTIVA DO INSS EM JOÃO PESSOA/PB Data : 06/02/2013 Horário: 10H30 Local : Auditório da

Leia mais

ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL.

ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL. ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL. Aos vinte e nove dias do mês de janeiro de dois mil e quatorze, as dez horas e trinta minutos deu-se a última chamada

Leia mais

DECRETO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

DECRETO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DECRETO Nº 2.537 DE 13 DE MARÇO DE 2013 REGULAMENTA O FUNDO MUNICIPAL DE APOIO Á POLÍTICA DO IDOSO-FUMAPI, CRIADO PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 033/2003, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito do Município de

Leia mais

LEI Nº 15.853 DE 11 DE OUTUBRO DE 2011.

LEI Nº 15.853 DE 11 DE OUTUBRO DE 2011. LEI Nº 15.853 DE 11 DE OUTUBRO DE 2011. 1 Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Economia Solidária e o Fundo Municipal de Fomento à Economia Solidária e dá outras providências. O Prefeito Municipal

Leia mais

Conselho Municipal de Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Cultural de Uberlândia

Conselho Municipal de Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Cultural de Uberlândia 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ATA DA 1ª (PRIMERIA) REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO DELIBERATIVO E CONSULTIVO MUNICIPAL DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO,

Leia mais

Compromisso com um plano de governo

Compromisso com um plano de governo Anexo 2 Compromisso com um plano de governo A partir de uma iniciativa da Rede Nossa São Paulo, a capital paulista aprovou, em fevereiro de 2008, a Emenda nº 30 à Lei Orgânica do Município de São Paulo

Leia mais

FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DA SOCIEDADE CIVIL PELOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA

FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DA SOCIEDADE CIVIL PELOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DA SOCIEDADE CIVIL PELOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM NACIONAL DOS PRINCÍPIOS GERAIS Art. 1º O FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DA SOCIEDADE CIVIL PELOS DIREITOS

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo CAMPUS OSASCO

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo CAMPUS OSASCO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 ATA DA 1ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA DE GRADUAÇÃO DA UNIFESP, CAMPUS OSASCO, EM 26.02.2016. Ao vigésimo sexto dia do mês

Leia mais

FEDERAÇÃO DE CLUBES DE LAÇO DO MS.

FEDERAÇÃO DE CLUBES DE LAÇO DO MS. FEDERAÇÃO DE CLUBES DE LAÇO DO MS. ATA nº 01/2012 Aos seis dias do mês de dezembro de dois mil e doze, na sede do Clube do Laço Nabileque, em Bonito, MS, por convocação da Presidência da Federação de Clubes

Leia mais

ATA DA 28ª REUNIÃO DO CONSELHO DIRETOR DA FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ

ATA DA 28ª REUNIÃO DO CONSELHO DIRETOR DA FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ ATA DA 28ª REUNIÃO DO CONSELHO DIRETOR DA FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 Aos trinta dias do mês

Leia mais

-------- ORDEM DE TRABALHOS.

-------- ORDEM DE TRABALHOS. Folha N.º 55 ------------------------------------------ATA NÚMERO NOVE -------------------------------------------- -------- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONFORTE, REALIZADA EM 2 DE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE CAPÍTULO 1 DAS FINALIDADES DE REGIMENTO INTERNO DA CEUA Art. 1 A Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) da Fundação Universidade Federal de

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CMDCA

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CMDCA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CMDCA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 Aos quinze

Leia mais

O PLC 52/2013 foi destinado para análise de duas Comissões: de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) NESTA EDIÇÃO:

O PLC 52/2013 foi destinado para análise de duas Comissões: de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) NESTA EDIÇÃO: Nº 57 - ANO VI Sexta - feira, 19 de Julho de 2013 Plantar árvores dará privilégios a Municípios na captação de recursos Plantar árvores será algo lucrativo para as prefeituras. Os Municípios que tiverem

Leia mais

ATA DA 1ª REUNIÃO PLENÁRIA, 1ª EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DA BAHIA, REALIZADA DIA DOIS DE JANEIRO DE DOIS MIL E DOZE.

ATA DA 1ª REUNIÃO PLENÁRIA, 1ª EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DA BAHIA, REALIZADA DIA DOIS DE JANEIRO DE DOIS MIL E DOZE. 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 ATA DA 1ª REUNIÃO PLENÁRIA, 1ª EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DA BAHIA, REALIZADA DIA DOIS

Leia mais

Regimento. Conselho Municipal de Educação de Mira

Regimento. Conselho Municipal de Educação de Mira Regimento ÂMBITO A lei 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19º, nº 2, alínea b) a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos Locais de Educação. A Lei 169/99, de 18 de Setembro,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JURANDA Estado do Paraná LEI Nº 558/2003

PREFEITURA MUNICIPAL DE JURANDA Estado do Paraná LEI Nº 558/2003 LEI Nº 558/2003 CRIA O CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA DO MUNICÍPIO DE JURANDA, ESTADO DO PARANÁ, ESTABELECE ATRIBUIÇÕES E DÁ OUTRAS PROVIDENCIAS. A CÂMARA MUNICIPAL DE JURANDA, ESTADO DO PARANÁ, APROVOU

Leia mais

COMISSÃO DE DIREITO DO CONSUMIDOR

COMISSÃO DE DIREITO DO CONSUMIDOR ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO DE SÃO PAULO 102ª SUBSECÇÃO DA OAB SANTO AMARO COMISSÃO DE DIREITO DO CONSUMIDOR Coordenação para o triênio 2013 / 2015 Dr. Wagner Cardoso da Silva - Coordenador Dra.

Leia mais

ATA 1ª PLENÁRIA EXTRAORDINÁRIA

ATA 1ª PLENÁRIA EXTRAORDINÁRIA SECRETARIA ESPECIAL DE AQÜICULTURA E PESCA CONSELHO NACIONAL DE AQÜICULTURA E PESCA ATA 1ª PLENÁRIA EXTRAORDINÁRIA Realizada em 13 de março de 2006, no Auditório Térreo, Bloco A, Esplanada dos Ministérios,

Leia mais

Estado da Paraíba PREFEITURA MUNICIPAL DE TAVARES GABINETE DO PREFEITO

Estado da Paraíba PREFEITURA MUNICIPAL DE TAVARES GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 704/2013 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL COMPIR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO CONSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO DE TAVARES, Estado da Paraíba, usando

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DAS MICROEMPESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DE PERNAMBUCO

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DAS MICROEMPESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DE PERNAMBUCO 1/12 REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DAS MICROEMPESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DE PERNAMBUCO CAPÍTULO I NATUREZA E COMPETÊNCIAS Art. 1º O Fórum Estadual das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 GABINETE DO PREFEITO LEI Nº. 277/2007. CEP: 5.50-000 Institui o Programa Casa da Família e dá outras providências. A Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito do Município de Pilões, sanciono e promulgo a seguinte lei: Art.

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA VIII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

REGIMENTO INTERNO DA VIII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL REGIMENTO INTERNO DA VIII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Define as regras de funcionamento da VIII Conferência Nacional de Assistência Social. Art. 1º A VIII Conferência Nacional de Assistência

Leia mais

Ata da 196ª Sessão Ordinária da 20ª Legislatura da Câmara Municipal de Maceió Biênio 2015-2016

Ata da 196ª Sessão Ordinária da 20ª Legislatura da Câmara Municipal de Maceió Biênio 2015-2016 Ata da 196ª Sessão Ordinária da 20ª Legislatura da Câmara Municipal de Maceió Biênio 2015-2016 Ao (01) primeiro dia do mês de abril do ano de 2015, às 15:00 hrs (quinze horas), sob a presidência do vereador

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DO TERRITÓRIO CANTUQUIRIGUAÇU - CONDETEC CAPÍTULO I DA NATUREZA

REGIMENTO DO CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DO TERRITÓRIO CANTUQUIRIGUAÇU - CONDETEC CAPÍTULO I DA NATUREZA REGIMENTO DO CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DO TERRITÓRIO CANTUQUIRIGUAÇU - CONDETEC CAPÍTULO I DA NATUREZA Art 1º - O Conselho de Desenvolvimento do Território CANTUQUIRIGUAÇU - CONDETEC é composto por entidades

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE ACTA Nº. 2/2009 Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia doze de Maio de dois mil e nove - - - - Aos doze dias do

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação do Concelho de Marvão. Preâmbulo

Regimento do Conselho Municipal de Educação do Concelho de Marvão. Preâmbulo Regimento do Conselho Municipal de Educação do Concelho de Marvão Preâmbulo A Lei n.º 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 8 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO

Leia mais

Acta Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia seis de Junho de dois mil e sete.

Acta Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia seis de Junho de dois mil e sete. Acta Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia seis de Junho de dois mil e sete. ---Ao dia sete do mês de Junho do ano dois mil e sete, nesta vila de Castelo de Vide,

Leia mais

Município de Alfândega da Fé Câmara Municipal

Município de Alfândega da Fé Câmara Municipal REGIMENTO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PG.01_PROC.07_IMP.08 DDS SECTOR DA ACÇÃO SOCIAL E EDUCAÇÃO 1 de 9 REGIMENTO PREÂMBULO Considerando que a Lei n.º 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Cinfães

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Cinfães Regimento do Conselho Municipal de Educação de Cinfães A Lei 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19º, nº. 2 alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos locais

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA XIII REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM DIAMANTINA/MG

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA XIII REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM DIAMANTINA/MG INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA XIII REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM DIAMANTINA/MG Data: 20/08/2015 Horário: 10h às 12h. Local: Gerência

Leia mais

DECRETO n.º 389/2006.

DECRETO n.º 389/2006. DECRETO n.º 389/2006. Aprova o Regimento Interno do Conselho Municipal de Saúde. O PREFEITO MUNICIPAL DE URUGUAIANA, no uso de suas atribuições e de conformidade com a Lei Municipal n.º 3.561, de 29 de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA TÍTULO I INTRODUÇÃO GERAL Art. 1 - Este regulamento estabelece as atribuições, responsabilidades e normas específicas do Programa

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DE BRASÍLIA - CEB CNPJ: 00.070.698/0001-11 NIRE: 53 3 0000154 5

COMPANHIA ENERGÉTICA DE BRASÍLIA - CEB CNPJ: 00.070.698/0001-11 NIRE: 53 3 0000154 5 A T A 526ª (QUINGENTÉSIMA VIGÉSIMA SEXTA) REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA COMPANHIA ENERGÉTICA DE BRASÍLIA - CEB, REALIZADA EM 28.10.2014. Em 28 de outubro de dois mil e quatorze, às

Leia mais

RESOLUÇÃO N 019/2015 - CONSELHO SUPERIOR

RESOLUÇÃO N 019/2015 - CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 019/2015 - CONSELHO SUPERIOR Aprova o Regulamento dos Trabalhos de Conclusão dos Cursos de Licenciatura do IFPI. O Presidente do Conselho Superior do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais