EDITAL CONJUNTO SEMECT/FME 001/13 AGENTES AMBIENTAIS ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL CONJUNTO SEMECT/FME 001/13 AGENTES AMBIENTAIS ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI"

Transcrição

1 Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia Fundação Municipal de Educação EDITAL CONJUNTO SEMECT/FME 001/13 AGENTES AMBIENTAIS ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI APRESENTAÇÃO O Secretário Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT) e o Presidente da Fundação Municipal de Educação (FME), considerando o disposto na Lei nº 9.795/99, que instituiu a Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA); na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional n o 9.394/96, em seu Art.3º, incisos II, III, VI, VII, VIII, IX e XI e na Portaria FME nº 085/2011, no uso de suas atribuições legais, tornam público o Edital do Projeto de Agentes Ambientais Escolares, desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS), de acordo com as disposições que se seguem. 1. OBJETO 1.1 O presente Edital tem por objeto o Projeto de Agentes Ambientais Escolares, voltado para as escolas de 3º e 4º ciclos da Rede Municipal de Educação de Niterói. 1.2 O objetivo da proposta é formar equipes, em cada uma das escolas participantes, que reunirão profissionais da educação, profissionais da SMARHS e estudantes comprometidos em desenvolver um movimento coletivo e participativo para a gestão dos recursos naturais voltado para a preservação ambiental, o enfrentamento das vulnerabilidades e a gestão dos recursos naturais. 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS 2.1 Identificar os problemas ambientais locais com a construção coletiva de mapa de qualidade ambiental. 2.2 Sensibilizar e mobilizar a comunidade escolar e a população do entorno. 2.3 Realizar atividades para a compreensão da dinâmica ambiental dos bairros e sub-bairros, com a confecção de mapas de qualidade ambiental e utilização de instrumentos e equipamentos apropriados. 2.4 Envolver os diferentes agentes promotores de iniciativas para conhecimento e recuperação do meio ambiente local.

2 2.5 Formular soluções para a promoção da sustentabilidade ambiental e identificar parcerias para o desenvolvimento do Projeto de Agentes Ambientais Escolares. 3. JUSTIFICATIVA A criação do Projeto de Agentes Ambientais Escolares, abrangendo as escolas municipais de 3º e 4º ciclos, é parte do Programa de Educação Ambiental da Rede Municipal de Educação de Niterói, que se soma a outras iniciativas, já em execução, tais como os Projetos: Elos de Cidadania; Estrada para Cidadania; Viva Meio Ambiente; IV Conferência Nacional pelo Meio Ambiente; Projeto Uça; Dia Mundial de Limpeza de Praias; Semana Nacional de Ciência e Tecnologia; Projeto Buzum; Mais Verde nas Escolas; Sustentabilidade na Educação Infantil e Lixo - Um Grave Problema do Mundo Moderno. Considerando que, para tal sistema de gestão, é imprescindível a participação de todos os segmentos sociais locais e, ainda, que os habitantes das comunidades escolares estejam envolvidos no processo de transformação do espaço, é fundamental o envolvimento dos jovens enquanto potenciais agentes transformadores do comportamento das famílias e da sociedade. 4. DA PARTICIPAÇÃO 4.1 Poderão participar professores e estudantes de unidades municipais de educação de 3º e 4º ciclos do Ensino Fundamental. 4.2 Os Agentes Ambientais Escolares desenvolverão as seguintes ações: Elaboração de diagnóstico socioambiental da comunidade, identificando as vulnerabilidades socioambientais, os conflitos e atores sociais envolvidos, bem como as responsabilidades de cada um Desenvolvimento de ações de comunicação (campanhas, festivais e outras estratégias de socialização de informações); Identificação das potencialidades socioambientais do entorno escolar. 5. FORMAÇÃO DA EQUIPE A equipe que irá desenvolver o projeto deverá ser composta por: Coordenador (a) Ambiental Profissional da SEMECT, da FME ou da SMARHS com experiência e formação na área de Educação Ambiental. O (A) Coordenador (a) Ambiental do Projeto ficará responsável pelos (as) profissionais da educação, estudantes e integrantes das comunidades das 12 (doze) escolas. Orientador (a) Ambiental - Profissional da educação (do Grupo Magistério da FME) lotado (a) em uma das escolas que participarão do projeto e que esteja interessado (a) em assumir o compromisso de mobilizar o Projeto na escola. Até o dia 15/11/13, as escolas deverão definir e indicar seu Orientador (a) Ambiental. Os (As) Orientadores (as) selecionados (as),

3 antes do início de suas atividades, participarão da solenidade de lançamento do Projeto e de uma jornada de formação. Os (As) Orientadores (as) receberão um auxílio remuneratório para o desenvolvimento das atividades do Projeto, a cargo da FME, através do Regime Especial de Trabalho. Agente Ambiental Escolar - Estudantes do Ensino Fundamental, do 3º e 4º ciclo das escolas participantes do Projeto. Poderão ser selecionados (as) e formados (as) 02 Agentes Ambientais Escolares em cada escola. A seleção dos Agentes Ambientais Escolares ocorrerá através de um concurso de redação, a ser realizado no dia 09/11/13. Em caso de empate na avaliação da redação, serão considerados critérios de desempenho escolar e renda familiar, nesta ordem. Os alunos selecionados comporão a equipe de Agentes Ambientais Escolares, após autorização expressa do responsável, por um período de cinco meses a partir de 1º de fevereiro de 2014, podendo ser renovado por igual período, dependendo do desempenho escolar do aluno. Os Agentes Ambientais Escolares farão jus a Bolsa de Cidadania Ambiental, a ser implementada através da FME. 6. CRONOGRAMA ATIVIDADES DATAS Lançamento do Edital 18/10/2013 Seleção dos Agentes Ambientais Escolares 09/11/2013 Prazo para indicação do Orientador Ambiental pela escola Até 18/11/2013 Formação do Orientador Ambiental Data a ser definida Duração do projeto Fevereiro a Novembro de 2014 Niterói, 18 de outubro de 2013

4 Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia Fundação Municipal de Educação EDITAL CONJUNTO SEMECT/FME 001/13 AGENTES AMBIENTAIS ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI APRESENTAÇÃO O Secretário Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT) e o Presidente da Fundação Municipal de Educação (FME), considerando o disposto na Lei nº 9.795/99, que instituiu a Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA); na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional n o 9.394/96, em seu Art.3º, incisos II, III, VI, VII, VIII, IX e XI e na Portaria FME nº 085/2011, no uso de suas atribuições legais, tornam público o Edital do Projeto de Agentes Ambientais Escolares, desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS), de acordo com as disposições que se seguem. 1. OBJETO 1.1 O presente Edital tem por objeto o Projeto de Agentes Ambientais Escolares, voltado para as escolas de 3º e 4º ciclos da Rede Municipal de Educação de Niterói. 1.2 O objetivo da proposta é formar equipes, em cada uma das escolas participantes, que reunirão profissionais da educação, profissionais da SMARHS e estudantes comprometidos em desenvolver um movimento coletivo e participativo para a gestão dos recursos naturais voltado para a preservação ambiental, o enfrentamento das vulnerabilidades e a gestão dos recursos naturais. 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS 2.1 Identificar os problemas ambientais locais com a construção coletiva de mapa de qualidade ambiental. 2.2 Sensibilizar e mobilizar a comunidade escolar e a população do entorno. 2.3 Realizar atividades para a compreensão da dinâmica ambiental dos bairros e sub-bairros, com a confecção de mapas de qualidade ambiental e utilização de instrumentos e equipamentos apropriados. 2.4 Envolver os diferentes agentes promotores de iniciativas para conhecimento e recuperação do meio ambiente local.

5 2.5 Formular soluções para a promoção da sustentabilidade ambiental e identificar parcerias para o desenvolvimento do Projeto de Agentes Ambientais Escolares. 3. JUSTIFICATIVA A criação do Projeto de Agentes Ambientais Escolares, abrangendo as escolas municipais de 3º e 4º ciclos, é parte do Programa de Educação Ambiental da Rede Municipal de Educação de Niterói, que se soma a outras iniciativas, já em execução, tais como os Projetos: Elos de Cidadania; Estrada para Cidadania; Viva Meio Ambiente; IV Conferência Nacional pelo Meio Ambiente; Projeto Uça; Dia Mundial de Limpeza de Praias; Semana Nacional de Ciência e Tecnologia; Projeto Buzum; Mais Verde nas Escolas; Sustentabilidade na Educação Infantil e Lixo - Um Grave Problema do Mundo Moderno. Considerando que, para tal sistema de gestão, é imprescindível a participação de todos os segmentos sociais locais e, ainda, que os habitantes das comunidades escolares estejam envolvidos no processo de transformação do espaço, é fundamental o envolvimento dos jovens enquanto potenciais agentes transformadores do comportamento das famílias e da sociedade. 4. DA PARTICIPAÇÃO 4.1 Poderão participar professores e estudantes de unidades municipais de educação de 3º e 4º ciclos do Ensino Fundamental. 4.2 Os Agentes Ambientais Escolares desenvolverão as seguintes ações: Elaboração de diagnóstico socioambiental da comunidade, identificando as vulnerabilidades socioambientais, os conflitos e atores sociais envolvidos, bem como as responsabilidades de cada um Desenvolvimento de ações de comunicação (campanhas, festivais e outras estratégias de socialização de informações); Identificação das potencialidades socioambientais do entorno escolar. 5. FORMAÇÃO DA EQUIPE A equipe que irá desenvolver o projeto deverá ser composta por: Coordenador (a) Ambiental Profissional da SEMECT, da FME ou da SMARHS com experiência e formação na área de Educação Ambiental. O (A) Coordenador (a) Ambiental do Projeto ficará responsável pelos (as) profissionais da educação, estudantes e integrantes das comunidades das 12 (doze) escolas. Orientador (a) Ambiental - Profissional da educação (do Grupo Magistério da FME) lotado (a) em uma das escolas que participarão do projeto e que esteja interessado (a) em assumir o compromisso de mobilizar o Projeto na escola. Até o dia 15/11/13, as escolas deverão definir e indicar seu Orientador (a) Ambiental. Os (As) Orientadores (as) selecionados (as),

6 antes do início de suas atividades, participarão da solenidade de lançamento do Projeto e de uma jornada de formação. Os (As) Orientadores (as) receberão um auxílio remuneratório para o desenvolvimento das atividades do Projeto, a cargo da FME, através do Regime Especial de Trabalho. Agente Ambiental Escolar - Estudantes do Ensino Fundamental, do 3º e 4º ciclo das escolas participantes do Projeto. Poderão ser selecionados (as) e formados (as) 02 Agentes Ambientais Escolares em cada escola. A seleção dos Agentes Ambientais Escolares ocorrerá através de um concurso de redação, a ser realizado no dia 09/11/13. Em caso de empate na avaliação da redação, serão considerados critérios de desempenho escolar e renda familiar, nesta ordem. Os alunos selecionados comporão a equipe de Agentes Ambientais Escolares, após autorização expressa do responsável, por um período de cinco meses a partir de 1º de fevereiro de 2014, podendo ser renovado por igual período, dependendo do desempenho escolar do aluno. Os Agentes Ambientais Escolares farão jus a Bolsa de Cidadania Ambiental, a ser implementada através da FME. 6. CRONOGRAMA ATIVIDADES DATAS Lançamento do Edital 18/10/2013 Seleção dos Agentes Ambientais Escolares 09/11/2013 Prazo para indicação do Orientador Ambiental pela escola Até 18/11/2013 Formação do Orientador Ambiental Data a ser definida Duração do projeto Fevereiro a Novembro de 2014 Niterói, 18 de outubro de 2013

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA COORDENAÇÃO ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA Ministério Público - Procuradoria Regional dos Direitos

Leia mais

Lei N X.XXX de XX de XXXXX de XXX

Lei N X.XXX de XX de XXXXX de XXX Lei N X.XXX de XX de XXXXX de XXX Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE: FAÇO SABER

Leia mais

ICKBio MMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

ICKBio MMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE ICKBio INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 11, DE 8 DE JUNHO DE 2010 Disciplina as diretrizes, normas e procedimentos para a formação e funcionamento de Conselhos Consultivos em unidades de conservação federais. O

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental PROJETO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA N.º

TERMO DE REFERÊNCIA N.º MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE DIRETORIA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

PROGRAMA ELOS DE CIDADANIA

PROGRAMA ELOS DE CIDADANIA PROGRAMA ELOS DE CIDADANIA Educação Ambiental para a Gestão Participativa e Integrada de Águas e Florestas da Mata Atlântica (2013) Registro SR3/UERJ/2013 Nº 4558 EIXOS DE FORMAÇÃO 1. Eixo de formação

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas 1. APRESENTAÇÃO Faça um resumo claro e objetivo do projeto, considerando a situação da criança e do adolescente, os dados de seu município, os resultados da

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.374, DE 08 DE ABRIL DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1.425. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental e adota outras providências. O Governador do Estado do Tocantins Faço

Leia mais

LEI Nº. 2.510, DE 23 DE MAIO DE 2011.

LEI Nº. 2.510, DE 23 DE MAIO DE 2011. 1 LEI Nº. 2.510, DE 23 DE MAIO DE 2011. Institui a Política Municipal de Educação Ambiental, e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE ANANINDEUA estatui e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I

Leia mais

MINUTA DE LEI DA POLÍTICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE CARIACICA

MINUTA DE LEI DA POLÍTICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE CARIACICA MINUTA DE LEI DA POLÍTICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE CARIACICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Fica instituída a Política Municipal de Educação Ambiental, seus objetivos, princípios

Leia mais

LEI Nº 4.791 DE 2 DE ABRIL DE

LEI Nº 4.791 DE 2 DE ABRIL DE Lei nº 4791/2008 Data da Lei 02/04/2008 O Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro nos termos do art. 79, 7º, da Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro, de 5 de abril de 1990, não exercida

Leia mais

Lei 17505-11 de Janeiro de 2013. Publicado no Diário Oficial nº. 8875 de 11 de Janeiro de 2013

Lei 17505-11 de Janeiro de 2013. Publicado no Diário Oficial nº. 8875 de 11 de Janeiro de 2013 Lei 17505-11 de Janeiro de 2013 Publicado no Diário Oficial nº. 8875 de 11 de Janeiro de 2013 Súmula: Institui a Política Estadual de Educação Ambiental e o Sistema de Educação Ambiental e adota outras

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA Nº 04

TERMO DE REFERENCIA Nº 04 TERMO DE REFERENCIA Nº 04 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA APOIO NA ELABORAÇÃO DE PRODUTO REFERENTE À AÇÃO 02 DO PROJETO OBSERVATÓRIO LITORAL SUSTENTÁVEL - INSTITUTO PÓLIS EM PARCERIA COM A PETROBRAS. Perfil:

Leia mais

PROJETO DE LEI ESTADUAL PARANÁ

PROJETO DE LEI ESTADUAL PARANÁ PROJETO DE LEI ESTADUAL PARANÁ Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências. CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL Art. 1 - A Política Estadual

Leia mais

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Sustentabilidade: Reflexões sobre a temática ambiental P R E F E I T O M U N I C I P A L E R V I N O W A C H H O L S V I C E - P R

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 005/2011

EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 005/2011 EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 005/2011 Aviso de Divulgação de Seleção de Instrutor Pleno para as. REF: CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PARA ATENDIMENTO AO CONVENIO Nº 711591/2009 MDS/ITS/CEDEP

Leia mais

a Resolução CONAMA nº 422/2010 de 23 de março de 2010, que estabelece diretrizes para as campanhas, ações e projetos de educação ambiental;

a Resolução CONAMA nº 422/2010 de 23 de março de 2010, que estabelece diretrizes para as campanhas, ações e projetos de educação ambiental; Portaria Normativa FF/DE N 156/2011 Assunto: Estabelece roteiros para elaboração de Plano Emergencial de Educação Ambiental e de Plano de Ação de Educação Ambiental para as Unidades de Conservação de Proteção

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL Lei n o 9.795, de 27 de Abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso

Leia mais

Lei: Art. 8º É dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula dos menores, a partir dos 6 (seis) anos de idade, no ensino fundamental.

Lei: Art. 8º É dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula dos menores, a partir dos 6 (seis) anos de idade, no ensino fundamental. Lei: Art. 5º. I - educação básica, nas etapas da educação infantil e ensino fundamental, obrigatória e gratuita a partir dos 4 (quatro) anos de idade, assegurada inclusive a sua oferta gratuita para todos

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO - CONSEMAC

CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO - CONSEMAC CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO - CONSEMAC Indicação CONSEMAC nº 08, de 21 de junho de 2007. Dispõe sobre o Projeto de Lei n 166/2005 de Política Municipal de Educação Ambiental

Leia mais

LEI Nº 13.558, de 17 de novembro de 2005. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental - PEEA - e adota outras providências.

LEI Nº 13.558, de 17 de novembro de 2005. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental - PEEA - e adota outras providências. LEI Nº 13.558, de 17 de novembro de 2005 Procedência: Governamental Natureza: PL. 332/05 DO. 17.762 de 17/11/05 Fonte: ALESC/Div. Documentação Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental - PEEA

Leia mais

Página 1 de 8. Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Página 1 de 8. Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Página 1 de 8 LEI Nº 3325, de 17 de dezembro de 1999 Dispõe sobre a educação ambiental, institui a política estadual de educação ambiental, cria o Programa estadual de Educação Ambiental e complementa

Leia mais

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO I. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO PROJETO BRA/11/021 - PROGRAMA DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS COM INCLUSÃO SOCIAL (PSA)

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PEA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NÃO FORMAL 1

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PEA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NÃO FORMAL 1 1 1. APRESENTAÇÃO O presente Termo de Referência visa orientar e fornecer subsídios para a elaboração e conseqüente implantação do Programa de Educação Ambiental (PEA) a ser apresentado à Coordenadoria

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO AMAZONAS PORTARIA PR/AM Nº 75 DE 26 DE JUNHO DE 2013

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO AMAZONAS PORTARIA PR/AM Nº 75 DE 26 DE JUNHO DE 2013 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO AMAZONAS PORTARIA PR/AM Nº 75 DE 26 DE JUNHO DE 2013 Estabelece as diretrizes e os parâmetros para a elaboração do Programa de Gestão Socioambiental

Leia mais

A operacionalização da gestão de condicionalidades no Programa Bolsa Família (PBF) ocorre de forma:

A operacionalização da gestão de condicionalidades no Programa Bolsa Família (PBF) ocorre de forma: CONDICIONALIDADES DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA ATORES RESPONSÁVEIS PELA GESTÃO A operacionalização da gestão de condicionalidades no Programa Bolsa Família (PBF) ocorre de forma:» Intersetorial: com os responsáveis

Leia mais

LEI Nº 445 DE 07 DE JUNHO DE 2004. O GOVERNADOR DO ESTADO DE RORAIMA: Faço saber que a Assembléia Legislativa aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 445 DE 07 DE JUNHO DE 2004. O GOVERNADOR DO ESTADO DE RORAIMA: Faço saber que a Assembléia Legislativa aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 445 DE 07 DE JUNHO DE 2004 Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Estadual de Educação Ambiental, cria o Programa Estadual de Educação Ambiental e complementa a Lei Federal nº 9.795/99,

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade:

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade: PROJETO DE LEI N. 426/2013 ESTADO DO AMAZONAS ESTABELECE diretrizes para a Política Municipal de Educação Alimentar Escolar e Combate à Obesidade, e dá outras providências. Art.1º - O Poder Público Municipal,

Leia mais

PROGRAMA ESTRUTURANTE NOSSAS CIDADES PREFEITURA PARCEIRA AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTEGRADA PROJETO: EQUIPAMENTAÇÃO DE SALAS VERDES NOS MUNICÍPIOS

PROGRAMA ESTRUTURANTE NOSSAS CIDADES PREFEITURA PARCEIRA AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTEGRADA PROJETO: EQUIPAMENTAÇÃO DE SALAS VERDES NOS MUNICÍPIOS PROGRAMA ESTRUTURANTE NOSSAS CIDADES PREFEITURA PARCEIRA AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTEGRADA PROJETO: EQUIPAMENTAÇÃO DE SALAS VERDES NOS MUNICÍPIOS PROPONENTE Secretaria Estadual do Meio Ambiente INTRODUÇÃO

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas e Auxílios para Ações de Extensão. PIBAEX

Programa Institucional de Bolsas e Auxílios para Ações de Extensão. PIBAEX Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul Programa Institucional de Bolsas e Auxílios para Ações de Extensão. PIBAEX MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional

Leia mais

PROJETO DECORAÇÃO DE NATAL. REGULAMENTO DA CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO DE GARRAFAS PET s

PROJETO DECORAÇÃO DE NATAL. REGULAMENTO DA CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO DE GARRAFAS PET s PROJETO DECORAÇÃO DE NATAL REGULAMENTO DA CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO DE GARRAFAS PET s INTRODUÇÃO Este Projeto tem como objetivo principal contribuir para a formação de cidadãos conscientes, aptos a decidirem

Leia mais

Gisele Garcia Alarcon, Marta Tresinari Wallauer & Cláudio Henschel de Matos

Gisele Garcia Alarcon, Marta Tresinari Wallauer & Cláudio Henschel de Matos MOBILIZAÇÃO COMUNITÁRIA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO TABULEIRO: DESAFIOS PARA O ENVOLVIMENTO DE PROFESSORES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PARQUE Gisele Garcia Alarcon,

Leia mais

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004)

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004) 1 Segurança Alimentar e Nutricional Segurança alimentar é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RESENDE AGÊNCIA DO MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO DE RESENDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE RESENDE AGÊNCIA DO MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO DE RESENDE PREFEITURA MUNICIPAL DE RESENDE AGÊNCIA DO MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO DE RESENDE CONVÊNIO PUC - NIMA/ PETROBRAS / PMR PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL Formação de Valores Ético-Ambientais para o exercício da

Leia mais

Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental

Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente QUE TIPO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL QUEREMOS Educação Ambiental Cotidiana Continuada e Permanente com

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 6.755, DE 29 DE JANEIRO DE 2009. Institui a Política Nacional de Formação de Profissionais do Magistério da Educação Básica,

Leia mais

Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências.

Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências. Versão final do Workshop 09/07/2010 PROJETO DE LEI ESTADUAL - PARANÁ Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências. CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL Fortaleza, 2012 INDICE CAPÍTULO I... 3 DO OBJETIVO GERAL... 3 CAPÍTULO II... 3 DOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 3 CAPÍTULO III... 4 DA ORGANIZAÇÃO DO PROGRAMA

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO RECOMENDADA N 75, DE 02 DE JULHO DE 2009

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO RECOMENDADA N 75, DE 02 DE JULHO DE 2009 DOU de 05/10/09 seção 01 nº 190 pág. 51 MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO RECOMENDADA N 75, DE 02 DE JULHO DE 2009 Estabelece orientações relativas à Política de Saneamento Básico e

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º. O Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, constituído em 2008,

Leia mais

Capacitação de Recursos Humanos para o Planejamento e Gestão do Desenvolvimento Regional

Capacitação de Recursos Humanos para o Planejamento e Gestão do Desenvolvimento Regional Programa 0757 Gestão da Política de Integração Objetivo Apoiar o planejamento, avaliação e controle dos programas da área de integração nacional. Público Alvo Governo Ações Orçamentárias Indicador(es)

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 02/2012

EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 02/2012 EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 02/2012 Aviso de Divulgação de Seleção de Instrutor Pleno para as atividades de incubação de empreendimentos produtivos. REF: CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

Leia mais

Art. 3º. As propostas devem ser apresentadas por professores mensalistas do quadro de docentes, nas seguintes condições:

Art. 3º. As propostas devem ser apresentadas por professores mensalistas do quadro de docentes, nas seguintes condições: EDITAL Nº 049/2015 CHAMADA DE PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 2016 A Diretoria de Pós graduação e Extensão, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Regimento Geral do Centro Universitário

Leia mais

LEI Nº 9.265 CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DA POLÍTICA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

LEI Nº 9.265 CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DA POLÍTICA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL LEI Nº 9.265 Institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências. Lei: O GOVERNADOR DO ESPÍRITO SANTO Faço saber que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Art.

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº...

PROJETO DE LEI Nº... PROJETO DE LEI Nº... Estabelece os componentes municipais do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional SISAN, criado pela Lei Federal nº 11.346, de 15 de setembro de 2006. A Câmara Municipal

Leia mais

NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. PARCERIA MDA / CNPq. Brasília, 13 de maio de 2014

NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. PARCERIA MDA / CNPq. Brasília, 13 de maio de 2014 NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL PARCERIA MDA / CNPq Brasília, 13 de maio de 2014 A política de desenvolvimento territorial Desde 2004 a SDT implementa a estratégia de desenvolvimento

Leia mais

Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes

Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes O que é o Instituto C&A? Organização sem fins lucrativos que investe em educação Foi criada pelos acionistas da C&A em 1991 Missão Promover a

Leia mais

LEI Nº 9.265. Institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências.

LEI Nº 9.265. Institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências. LEI Nº 9.265 Institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESPÍRITO SANTO Faço saber que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei: Art.

Leia mais

MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 02/2010 Estabelece Normas Operacionais Complementares em conformidade com o Parecer CNE/CEB nº 06/2010, Resoluções CNE/CEB nº 02/2010

Leia mais

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 522, DE 2014

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 522, DE 2014 COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 522, DE 2014 Redação do vencido, para o turno suplementar, do Substitutivo do Senado ao Projeto de Lei da Câmara nº 90, de 2013 (nº 757, de 2011, na Casa de origem). A Comissão

Leia mais

2.1. Selecionar professor/tutor temporário para o Programa Nacional de Tecnologia Educacional - PROINFO para o ano de 2013.

2.1. Selecionar professor/tutor temporário para o Programa Nacional de Tecnologia Educacional - PROINFO para o ano de 2013. PREFETURA MUNICIPAL DE MACAPÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIVISÃO DE PESQUISA EDUCACIONAL E INFORMÁTICA NÚCLEO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PROGRAMA NACIONAL DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL - PROINFO

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - ES PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Introdução O Programa Municipal de Educação Ambiental estabelece diretrizes, objetivos, potenciais participantes, linhas

Leia mais

Nesta IV edição o Encontro nacional de Juventude e Meio Ambiente vêm contribuir,

Nesta IV edição o Encontro nacional de Juventude e Meio Ambiente vêm contribuir, Introdução O IV Encontro Nacional de Juventude e Meio Ambiente é uma continuidade do processo de fortalecimento dos Movimentos de Juventude e Meio Ambiente que ocorre desde 2003. Em suas edições anteriores

Leia mais

A AÇÃO COMUNITÁRIA NO PROJOVEM. Síntese da proposta de Ação Comunitária de seus desafios 2007

A AÇÃO COMUNITÁRIA NO PROJOVEM. Síntese da proposta de Ação Comunitária de seus desafios 2007 A AÇÃO COMUNITÁRIA NO PROJOVEM Síntese da proposta de Ação Comunitária de seus desafios 2007 A AÇÃO COMUNITÁRIA NO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO Dimensão formativa do programa voltada à educação para a cidadania

Leia mais

Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental.

Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental. Secretaria Municipal da Educação - SMED Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental. Ação/Projeto Parceiro Objetivo Detalhamento Público Projeto Encontro de Saberes: ecossistemas

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO Lei complementar nº 109/2014 Coremas-PB, 10 de dezembro de 2014. Altera a Lei nº 74/2013, desmembrando a Secretaria de Juventude

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE MARKETING GESTÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE MARKETING GESTÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE MARKETING GESTÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Primeiro Concurso de Desenho, Poesia e Redação da DESO: Por uma cultura de Saneamento Ambiental

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA _ LEI Nº 429/07 Cria a Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Teixeira de Freitas, Estado da Bahia. Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO

Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

Leia mais

LEI Nº 12.780, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2007

LEI Nº 12.780, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2007 LEI Nº 12.780, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2007 (Projeto de lei nº 749/2007, da Deputada Rita Passos - PV) Institui a Política Estadual de Educação Ambiental O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Faço saber que

Leia mais

PROJETO DE LEI N º 1219/2003. Decreta:

PROJETO DE LEI N º 1219/2003. Decreta: A CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO PROJETO DE LEI N º 1219/2003 Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Municipal de Educação Ambiental, e dá outras providências. Autor: Vereador Rodrigo

Leia mais

Lei Municipal nº 2.610, de 31 de outubro de 2008, que aprova o Plano Municipal de Educação de Niterói;

Lei Municipal nº 2.610, de 31 de outubro de 2008, que aprova o Plano Municipal de Educação de Niterói; SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI ATOS DO PRESIDENTE EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI

Leia mais

Diretrizes Pedagógicas e Programa Municipal de Educação Ambiental

Diretrizes Pedagógicas e Programa Municipal de Educação Ambiental Diretrizes Pedagógicas e Programa Municipal de Educação Ambiental GOVERNO DO ESTADO DE SÃO APULO SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIRETRIZES PEDAGÓGICAS O que se espera

Leia mais

Campinas Cidade Sustentável

Campinas Cidade Sustentável Campinas Cidade Sustentável A Prefeitura de Campinas adere hoje, com o Decreto que será assinado pelo Prefeito Jonas Donizette, ao Programa Cidades Sustentáveis da Rede Nossa São Paulo, do Instituto Ethos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHA ES SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHA ES SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE 0 PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHA ES SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE PRORAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PEA PLANO DE AÇÃO Montanha ES 2014 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 02 2. JUSTIFICATIVA... 03 3. OBJETIVO GERAL...

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E MOBILIZAÇÃO SOCIAL EM SANEAMENTO - PEAMSS

PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E MOBILIZAÇÃO SOCIAL EM SANEAMENTO - PEAMSS PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E MOBILIZAÇÃO SOCIAL EM SANEAMENTO - PEAMSS Anja Meder Steinbach Bióloga Mestre em Desenvolvimento Regional Fundação Agência de água do Vale do Itajaí Camila Schreiber

Leia mais

2014/15. Nesta. A quem se dirige? O Projeto Nós. municípios onde. locais; Geografia; Quem

2014/15. Nesta. A quem se dirige? O Projeto Nós. municípios onde. locais; Geografia; Quem Projetoo Nós Propomos! Cidadania, Sustentabilidadee e Inovação na Educação Geográfica 2014/15 Quem o promove? Nesta sua 4ª edição, o Projeto Nós Propomos! Cidadania, SustentabiliS idade e Inovação na Educação

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 144, DE 10 DE SETEMBRO DE 2015.

CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 144, DE 10 DE SETEMBRO DE 2015. CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 144, DE 10 DE SETEMBRO DE 2015. Institui os Programas de Apoio ao Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação à Pesquisa e à Formação de Recursos Humanos em Ciência

Leia mais

Conselho Municipal de Assistencia Social. Lei Municipal 3848/2011 EDITAL 01/2015

Conselho Municipal de Assistencia Social. Lei Municipal 3848/2011 EDITAL 01/2015 EDITAL 01/2015 Abre inscrições de projetos para captação de recursos através do Fundo Municipal de Assistência Social CMAS para entidades da sociedade civil e programas governamentais que desenvolvam Programas

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL O presente Programa é um instrumento que visa à minimização de resíduos sólidos, tendo como escopo para tanto a educação ambiental voltada

Leia mais

Mesa Redonda Universalização do saneamento e mobilização social em comunidades de baixa renda

Mesa Redonda Universalização do saneamento e mobilização social em comunidades de baixa renda Secretaria Nacional de Mesa Redonda Universalização do saneamento e mobilização social em comunidades de baixa renda PLANEJAMENTO E CONTROLE SOCIAL COMO ESTRATÉGIAS PARA UNIVERSALIZAR O SANEAMENTO Marcelo

Leia mais

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Secretaria Geral Parlamentar Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Confere nova regulamentação ao Conselho Municipal de Segurança

Leia mais

Viva Rio lança trabalho socioambiental que contempla Nova Friburgo

Viva Rio lança trabalho socioambiental que contempla Nova Friburgo Início Notícias Viva Rio lança trabalho socioambiental que contempla Nova Friburgo Iniciativa é parte do projeto Rios da Serra. Sede provisória da organização é montada no Prado TERÇA FEIRA, 19 DE MAIO

Leia mais

TÍTULO: PRINCÍPIOS E GESTÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL GUARULHOS: SANEAMENTO AMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA

TÍTULO: PRINCÍPIOS E GESTÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL GUARULHOS: SANEAMENTO AMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA TÍTULO: PRINCÍPIOS E GESTÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL GUARULHOS: SANEAMENTO AMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA Autora: Erotides Lacerda Choueri Outros autores: Marcos Tsutomu Tamai, Vânia Maria Nunes

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR PORTARIA Nº 117/2012 ESTABELECE ORIENTAÇÕES À REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO, INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID E SERVIÇO VOLUNTÁRIO NO ÂMBITO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E UNIDADES EDUCATIVAS

Leia mais

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU RESOLUÇÃO Nº 928/2012 - Aprova o Regulamento do Programa de Bolsas de Extensão (PROBEX). Pró-Reitoria de Extensão (PROEX). O CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no

Leia mais

Prefeitura Municipal de Nova Mutum

Prefeitura Municipal de Nova Mutum LEI Nº 1.854, DE 20 DE ABRIL DE 2015. Dispõe sobre a Política Municipal dos Direito da Pessoa Idosa e cria o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa e dá outras providências. O Sr. Leandro Félix

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0006/2014) PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO

EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0006/2014) PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0006/2014) PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO A Cáritas Brasileira, organismo da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), em atendimento ao

Leia mais

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Início das inscrições: 22 de fevereiro de 2013 Final das inscrições: 20 de março de

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.047-D, DE 2005. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.047-D, DE 2005. O CONGRESSO NACIONAL decreta: COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.047-D, DE 2005 Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - SISAN com vistas em assegurar o direito

Leia mais

Prof. Suely Duque Rodarte Diretora Executiva da Undime/MG Coordenadora do Comitê de Educação Infantil da Região Metropolitana da Conspiração Mineira

Prof. Suely Duque Rodarte Diretora Executiva da Undime/MG Coordenadora do Comitê de Educação Infantil da Região Metropolitana da Conspiração Mineira FÓRUM ESTADUAL E FÓRUNS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO Prof. Suely Duque Rodarte Diretora Executiva da Undime/MG Coordenadora do Comitê de Educação Infantil da Região Metropolitana da Conspiração Mineira pela

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS TELÊMACO BORBA REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA Telêmaco Borba,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa publica:

Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa publica: 1 Segunda-feira Ano VII Nº 1081 Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa publica: Lei Nº 472 de 19 de junho de 2015 - Aprova o Plano Municipal de Educação PME do Município de Bom Jesus da Lapa BA em consonância

Leia mais

LIXO PARA VOCÊ: ARTE PARA NÓS UM PROJETO DE REEDUCAÇÃO AMBIENTAL

LIXO PARA VOCÊ: ARTE PARA NÓS UM PROJETO DE REEDUCAÇÃO AMBIENTAL LIXO PARA VOCÊ: ARTE PARA NÓS UM PROJETO DE REEDUCAÇÃO AMBIENTAL Rafael Antônio Nunes COURA³;Milena Alves da Silva SOUZA³; Isabela Fatima Silveira MARTINS³; Cássia Maria Silva NORONHA¹ e Eriks Tobias VARGAS².

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REDAÇÃO DO PROJETO DE LEI Aprova o Plano Municipal de Educação - PME e dá outras providências. O Prefeito do Município de vereadores decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Faço

Leia mais

DECRETO Nº 27.343 DE 06 DE SETEMBRO DE 2013

DECRETO Nº 27.343 DE 06 DE SETEMBRO DE 2013 DECRETO Nº 27.343 DE 06 DE SETEMBRO DE 2013 Ementa: Institui o Comitê de Sustentabilidade e Mudanças Climáticas do Recife - COMCLIMA e o Grupo de Sustentabilidade e Mudanças Climáticas - GECLIMA e dá outras

Leia mais

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 O Diretor Geral do Câmpus Juiz de Fora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), no uso de suas atribuições

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO PROCESSO DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. CAPÍTULO I Da Natureza

REGIMENTO INTERNO DO PROCESSO DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. CAPÍTULO I Da Natureza REGIMENTO INTERNO DO PROCESSO DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CAPÍTULO I Da Natureza Art. 1º O Plano Municipal de Educação é um plano global de toda a educação do Município de Caxias do Sul,

Leia mais

Política Nacional de Educação Ambiental

Política Nacional de Educação Ambiental Política Nacional de Educação Ambiental Diretoria de Educação Ambiental Secretaria Executiva Coordenação da PNEA Ministério do Meio Ambiente Órgão Gestor da PNEA Ministério da Educação Diretoria de Educação

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE PARNAMIRIM Casa Antônio Lustosa de Oliveira Cabral CNPJ n.º 35.446.376/0001-09

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE PARNAMIRIM Casa Antônio Lustosa de Oliveira Cabral CNPJ n.º 35.446.376/0001-09 Lei n 763/2010. EMENTA: Dispõe sobre a política municipal de segurança alimentar e nutricional sustentável do município de Parnamirim-PE e dá outras providências. A MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL DE

Leia mais

EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015.

EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015. EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015. A REITORA do Centro Universitário Estácio do Ceará, no uso de suas atribuições

Leia mais

(Publicada no D.O.U em 30/07/2009)

(Publicada no D.O.U em 30/07/2009) MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE CONSELHO NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS RESOLUÇÃO N o 98, DE 26 DE MARÇO DE 2009 (Publicada no D.O.U em 30/07/2009) Estabelece princípios, fundamentos e diretrizes para a educação,

Leia mais

EDITAL Nº 2, DE 01 DE AGOSTO DE 2012

EDITAL Nº 2, DE 01 DE AGOSTO DE 2012 EDITAL Nº 2, DE 01 DE AGOSTO DE 2012 A SECRETARIA DE ESTADO DE INCLUSÃO, ASSISTÊNCIA E DO, por meio da Comissão Intersetorial Estadual do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família, criada pela Portaria

Leia mais

Introdução - Fundamentos e desenvolvimento das atividades de extensão:

Introdução - Fundamentos e desenvolvimento das atividades de extensão: proteção do meio ambiente, e convênio firmado para viabilização do pagamento de bolsa a acadêmica Letícia Croce dos Santos. As atividades executadas no projeto de extensão compreendem dentre outras iniciativas:

Leia mais

Departamento de Educação Ambiental Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental Ministério do Meio Ambiente EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Departamento de Educação Ambiental Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental Ministério do Meio Ambiente EDUCAÇÃO AMBIENTAL Departamento de Educação Ambiental Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental Ministério do Meio Ambiente EDUCAÇÃO AMBIENTAL CONJUNTURA - Degradação ambiental / mudanças climáticas -

Leia mais