MANUAL DO ESTUDANTE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO ESTUDANTE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO"

Transcrição

1 MANUAL DO ESTUDANTE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO João Pessoa 2014

2 APRESENTAÇÃO Caro(a) Estudante FPB, Estamos felizes em tê-lo(a) conosco neste ano letivo em nossa Instituição. O nosso compromisso é ofertar-lhe ensino superior de excelência, contribuindo para o seu sucesso profissional e, por seu intermédio, para o desenvolvimento da Paraíba. Este compromisso é assegurado pela Missão da sua Faculdade: Contribuir para o desenvolvimento sustentável do Estado, através da preparação de profissionais com sólida formação humanística e técnico-científica, conscientes do seu papel social e comprometidos com o exercício pleno da cidadania. O Manual do(a) Estudante dos Cursos de Graduação é um instrumento de trabalho e orientação Guia de Navegação no qual você encontrará informações sobre a estrutura organizacional da Instituição e do seu Curso. Além disso, apresenta orientações importantes para os diferentes momentos de sua vida acadêmica na FPB. Neste sentido, a leitura do manual é primordial para o conhecimento dos procedimentos institucionais, dos direitos e deveres dos estudantes e dos serviços disponibilizados pela Faculdade. Desejamos-lhe um ano letivo de muitas oportunidades e realizações! Silvio José Rossi Diretor Acadêmico Clay José Mattozo Diretor Geral

3 PARTE I CONHEÇA A SUA FACULDADE

4 1.1 HISTÓRICO A Faculdade Internacional da Paraíba FPB, estabelecida pelo Ministério da Educação por meio da Portaria SERES nº 260, de 16 de novembro de 2012, resulta da unificação, pela Rede Laureate, da Faculdade Unida da Paraíba (UNPB) e da Faculdade Potiguar da Paraíba (FPB), estando localizada à Av. Monsenhor Walfredo Leal, 512, no Bairro de Tambiá, município de João Pessoa, no Estado da Paraíba. Seu propósito é desenvolver atividades acadêmicas, oferecendo a João Pessoa oportunidades de aprendizagens, de formação profissional e, por meio de cursos e atividades diversificadas, responder aos anseios da comunidade, propondose a participar do processo de desenvolvimento da Paraíba. Para compreender a Faculdade Internacional da Paraíba na atualidade, é imprescindível trilharse o percurso histórico de cada uma das Instituições unificadas: Em 2004, a mantenedora Sociedade Paraibana de Educação e Cultura Ltda. (ASPEC) obteve o credenciamento da Faculdade Potiguar da Paraíba (FPB), conforme Portaria MEC nº 3.291, de 18 de outubro de 2004, publicada no DOU de 19 de outubro de A mesma possui, na atualidade, recredenciamento válido por 05 (cinco) anos, assegurado pela Portaria MEC nº 1.423, de 07 de outubro de 2011, publicada no DOU de 10 de outubro de Em 2005, a mantenedora Sociedade Paraibana de Ensino Superior e Pesquisa Ltda. (SOPESP) obteve o credenciamento da Faculdade Unida da Paraíba (UNPB), conforme Portaria MEC nº 2.628, de 25 de julho de 2005, publicada no DOU de 26 de julho de Em 2011, a UNPB passou a ser mantida pela ASPEC mediante transferência de mantença, assegurada pela Portaria SERES n 1014, de 04 de maio de 2011, publicada no DOU de 05 de maio de O QUE É A REDE LAUREATE A Faculdade Internacional da Paraíba (FPB) pertence à Laureate International Universities, líder global no segmento de Educação que provê acesso ao ensino superior de qualidade em Instituições inovadoras em várias partes do mundo. Tal característica resulta em facilidades para o discente estudar e pesquisar em instituições estrangeiras durante a sua graduação e oportunidades de empregabilidade global, entre outras vantagens. A rede é formada por mais de 70 instituições espalhadas em todos os continentes, que oferecem cursos presenciais e online. A Laureate Brasil, atualmente, é formada por 12 instituições de ensino superior que

5 possuem mais de 40 campi em oito estados brasileiros. Fazem parte da Rede, no Brasil, as seguintes instituições: Faculdade dos Guararapes (FG); Centro Universitário do Norte (UniNorte); Centro Universitário IBMR; Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter); Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (FADERGS); Faculdade Internacional da Paraíba (FPB); Universidade Anhembi Morumbi (UAM); Business School São Paulo (BSP); Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU); Universidade Potiguar (UNP); CEDEPE Business School e Universidade Salvador (UNIFACS). Cada instituição Laureate opera sob sua própria marca respeitada localmente, oferecendo programas que misturam conteúdo local e internacional para atender às necessidades atuais e futuras da economia global. Um de seus principais diferenciais é criar facilidades para que o discente realize estudos e pesquisas em instituições estrangeiras durante a sua graduação e promover oportunidades de empregabilidade global, entre outras vantagens. Estas são as instituições que compõem a Rede Laureate nos demais países: Oceania Austrália Nova Zelândia Ásia China India Indonésia Japão Malásia Tailândia Europa Chipre França Alemanha Itália Blue Mountains International Hotel Management School (BMIHMS) Torrens University Australia (TUA) Media Design School Blue Mountains International Hotel Management School-Suzhou Campus Hunan International Economics University (HIEU) Les Roches Jin Jiang International Hotel Management College Xi'an Jiaotong-Liverpool University (XJTLU) Pearl Academy University of Petroleum & Energy Studies (UPES) University of Technology and Management (UTM) INTI College Indonesia St. Thomas University (STU) INTI International University & Colleges Stamford International University European University Cyprus (EUC) École Centrale d Electronique (ECE) École Supérieure du Commerce Extérieur (ESCE) Institut Français de Gestion (IFG) BiTS (Business and Information Technology School) BTK Group Domus Academy Nuova Accademia di Belle Arti Milano (NABA)

6 Portugal Espanha Suíça Turquia Reino Unido América Latina Chile Costa Rica Equador Honduras México Panamá Peru Oriente Médio e África Jordânia Marrocos Arábia Saudita África do Sul América do Norte Estados Unidos Universidade Eeuropeia Les Roches Marbella Universidad Europea Real Madrid International School ESTEMA Escuela de Negocios Centro Superior de Edificación, Arquitectura e Ingeniería (PROY3CTA) Glion Institute of Higher Education Les Roches Gruyère, University of Applied Sciences (LRG) Les Roches International School of Hotel Management Istanbul Bilgi University University of Liverpool (in partnership with Laureate Online Education BV) University of Roehampton (in partnership with Laureate Online Education BV) Institute for Executive Development Chile (IEDE) Instituto Profesional AIEP Instituto Profesional Escuela Moderna de Música (EMM) Universidad Andrés Bello (UNAB) Universidad de Las Américas Chile (UDLA) Universidad Viña del Mar (UVM) Universidad Americana (UAM) Universidad Latina de Costa Rica Universidad de Las Américas (UDLA) Centro Universitario Tecnológico (CEUTEC) Universidad Tecnológica Centroamericana (UNITEC) Universidad del Valle de México (UVM) Universidad Tecnológica de México (UNITEC) Universidad Interamericana de Panamá (UIP) Universidad Latinoamericana de Ciencia y Tecnología (ULACIT) CIBERTEC Instituto Tecnológico del Norte (ITN) Universidad Peruana de Ciencias Aplicadas (UPC) Universidad Privada del Norte (UPN) Royal Academy of Culinary Arts (RACA) Université Internationale de Casablanca (UIC) Higher Institute for Paper and Industrial Technologies (HIPIT) Higher Institute for Water & Power Technologies (HIWPT) Riyadh Polytechnic Institute (RPI) Monash South Africa Kendall College The National Hispanic University (NHU) New School of Architecture and Design Santa Fe University of Art and Design Walden University

7 1.3 MISSÃO INSTITUCIONAL Contribuir para o desenvolvimento sustentável do Estado, através da preparação de profissionais com sólida formação humanística e técnico-científica, conscientes do seu papel social e comprometidos com o exercício pleno da cidadania. 1.4 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL A estrutura organizacional da Faculdade Internacional da Paraíba é composta por órgãos deliberativos e órgãos executivos em níveis hierárquicos: administração superior e administração básica São órgãos deliberativos: I Conselho Administrativo (ConAd); II Conselho Acadêmico (ConAc); III Diretoria São órgãos executivos: I Secretaria Geral II Gerência Administrativa III Gerência de Marketing IV Coordenação Financeira V Gerência de RH São órgãos da administração básica: I Conselho de Curso; II Coordenação de Curso. O Conselho Administrativo (ConAd) é o órgão máximo de natureza normativa, consultiva e deliberativa em matérias administrativa, didático-científica e unidade curricular da FPB. O Conselho Acadêmico (ConAc) é o órgão superior de natureza normativa, consultiva e deliberativa da FPB, em matéria acadêmica.

8 A Diretoria é o órgão executivo superior, cabendo-lhe administrar todas as atividades da FPB. A Diretoria é exercida pelo Diretor Geral, auxiliado pelo Diretor Acadêmico. A Diretoria dispõe de um quadro de órgãos executivos e de apoio administrativo, integrado por servidores admitidos pela Mantenedora, mediante proposta do Diretor Geral Órgãos especiais São órgãos especiais da Faculdade: Ouvidoria; Central de Atendimento; Central do Candidato / Comissão Permanente de Vestibular; Biblioteca; Comissão Própria de Avaliação (CPA) Órgãos suplementares São órgãos suplementares da estrutura organizacional da Faculdade os núcleos de estudo e as unidades de apoio técnico em áreas consideradas estratégicas, que funcionam como campo de atuação das atividades de ensino, pesquisa e extensão, a saber: Sistema Integrado de Bibliotecas SIB/UnP; Núcleo de Educação a Distância NEaD; International Office IO Órgão de assessoramento: Núcleo de Apoio Psicopedagógico NAP; Núcleo de Prática Jurídica NPJ; Núcleo de Projetos Acadêmicos NPA; Coordenação de Apoio a Pesquisa e Extensão CAPEX; Coordenação Geral dos Cursos Técnicos.

9 1.5 DIRIGENTES - Presidente da Mantenedora: André Raduan - Diretor Geral: Clay José Mattozo - Diretor Acadêmico: Silvio José Rossi - Coordenador do Curso de Graduação em Administração: Heráclito Vicente Madeiro - Coordenadora do Curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo: Amanda Pessoa de Araújo Leite - Coordenador do Curso de Graduação em Ciências Contábeis: Rinaldo Jefferson da Silva Gomes - Coordenador do Curso de Graduação em Direito: Galdino Toscano de Brito Neto - Coordenadora do Curso de Graduação em Fisioterapia: Patrícia Otávia Amorim Santa Roza - Coordenador do Curso de Graduação em Engenharia Ambiental e do Curso Superior de Tecnologia em Segurança do Trabalho: Giuseppe Cavalcanti de Vasconcelos - Coordenadora do Curso de Graduação em Engenharia Civil e do Curso Superior de Tecnologia em Construção de Edifícios: Rosana Andrea Coelho Mergulhão - Coordenadora do Curso de Graduação em Enfermagem: Ana Paula Silva Dias - Coordenadora do Curso de Graduação em Nutrição: Bárbara Lima Rocha - Coordenadora do Curso de Graduação em Serviço Social: Elizabeth da Silva Alcoforado - Coordenador do Curso de Graduação em Pedagogia: Francisco Roberto Coura de Assis - Coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia: Ester Carvalho Fernandes - Coordenador dos Cursos Superiores de Tecnologia em Gestão Comercial e Processos Gerenciais: Fábio Ferreira da Silva - Coordenador dos Cursos Superiores de Logística e Gestão Pública: José Gentil Bezerra da Silva - Coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação: Marcus Alves de Jesus - Coordenador dos Cursos Superiores de Tecnologia em Marketing e de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos: Marcondes Martins Silva - Secretária Geral: Mariana Monteiro Bichara Sobreira - Coordenador Geral de Pós-graduação: Marcondes Martins da Silva - Coordenadora Geral dos Cursos Técnicos: Maria do Socorro Florêncio Santos

10 PARTE II ENTENDA O FUNCIONAMENTO DO ENSINO

11 2.1 ENSINO DE GRADUAÇÃO A FPB forma profissionais com qualidade de ensino internacional, unindo a teoria à prática, permutando as melhores metodologias para a aprendizagem entre as Universidades da Rede Laureate, com acesso às pesquisas internacionais, às novas plataformas tecnológicas e ao intercâmbio cultural desde a graduação. Os cursos estão abertos a candidatos que concluíram o ensino médio ou equivalente e que tenham sido classificados em processo seletivo. O ensino é oferecido na forma presencial, podendo-se aplicar, nos cursos reconhecidos pelo MEC, a metodologia EAD (educação a distância) em unidades curriculares específicas, até o percentual de 20% da carga horária total do curso, em conformidade com legislação vigente. O Projeto Pedagógico do Curso (PPC) de graduação expressa os principais parâmetros para a ação educativa, fundamentando, juntamente com o Projeto Pedagógico Institucional (PPI), a gestão acadêmica, pedagógica e administrativa de cada curso. Está em permanente construção, sendo elaborado, reelaborado, implementado e avaliado. O PPC é construído em sintonia e articulação com o PDI e o PPI, com as Políticas Nacionais dos Cursos de Graduação e com as Diretrizes Curriculares Nacionais específicas, estando voltado para a construção do conhecimento com relevância social, econômica e ambiental, veiculado por meio de processos de ensino e aprendizagem, de pesquisa e de extensão. 2.2 CURSOS DE GRADUAÇÃO Atualmente, a FPB oferece os seguintes cursos de graduação presenciais: NOME DO CURSO Administração (Bacharelado) Gestão Comercial (Tecnológico) Gestão Pública (Tecnológico) Marketing (Tecnológico) Processos Gerenciais (Tecnológico) VAGAS ANUAIS 120 CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAIS TURNO DE FUNCIONAMENTO Matutino Noturno 120 Noturno 120 Noturno 120 Noturno 120 Noturno ATO REGULATÓRIO Portaria MEC nº 737, de 30/12/2013, de 30/12/2013, DOU de 31/12/2013 (Renovação de Reconhecimento) Portaria MEC nº 215, de 31/10/2012, DOU de 06 de novembro de 2012 (Reconhecimento). Portaria MEC nº 151, de 17/08/2011, DOU de 20/08/2011 (Reconhecimento). Portaria MEC nº 297, de 09/07/2013, DOU de 10/07/2013. (Reconhecimento). Portaria MEC nº 703, de 18/12/2013, DOU de 19/12/2013 (Renovação de Reconhecimento).

12 Direito (Bacharelado) Gestão da Tecnologia da Informação (Tecnológico) Logística (Tecnológico) Gastronomia (Tecnológico) 80 Noturno 120 Noturno 120 Noturno 60 Matutino 60 Noturno Portaria MEC nº 276, de 14/12/2012, DOU de 18/12/2012 (Reconhecimento). Portaria MEC nº 385, de 19/09/2011, DOU de 21/09/2011 (Autorização). Portaria MEC nº 385, de 19/09/2011, DOU de 21/09/2011 (Autorização). Portaria MEC nº 433, de 21/10/2011, DOU de 24/10/2011 (Autorização). Enfermagem (Bacharelado) Engenharia Ambiental (Bacharelado) Nutrição (Bacharelado) Serviço Social (Bacharelado) Ciências Contábeis (Bacharelado) Engenharia Civil (Bacharelado) Gestão em Recursos Humanos (Tecnológico) Gestão em Segurança no Trabalho (Tecnológico) Pedagogia (Licenciatura) Construção de Edifícios (Tecnológico) Fisioterapia (Bacharelado) Arquitetura (Bacharelado) 50 Matutino 50 Noturno Portaria MEC nº 598, de 13/11/2013, DOU de 14/11/2013 (Renovação de Reconhecimento). 50 Matutino Portaria MEC nº 286, de 21 de dezembro de 2012, DOU de 27/12/ Noturno (Renovação de Reconhecimento). 40 Matutino Portaria MEC nº 64, de 15 de fevereiro de 2013, DOU de 18/02/ Noturno (Renovação de Reconhecimento). 120 Noturno 120 Noturno 80 Noturno 120 Noturno 120 Noturno 200 Matutino/Noturno 120 Noturno 120 Noturno 120 Noturno Portaria MEC nº 466, de 22/11/2011, DOU nº 225, de 24/11/2011 (Autorização). Portaria SERES nº 119, de 15/03/2013, DOU nº 52, de 18/03/2013. (Autorização). Portaria SERES nº 119, de 15/03/2013, DOU nº 52, de 18/03/2013. (Autorização). Portaria SERES nº 119, de 15/03/2013, DOU nº 52, de 18/03/2013. (Autorização). Portaria SERES nº 174, de 17/04/2013, DOU nº 75, de 19/04/2013. (Autorização). Portaria SERES nº 567, de 07/11/2013, DOU nº 218, de 08/11/2013, Seção 1, p. 15 (Autorização). Portaria SERES nº 567, de 07/11/2013, DOU nº 218, de 08/11/2013. (Autorização). Portaria SERES nº 732, de 23/12/2013, DOU de 24/12/2013. (Autorização). Portaria SERES nº 732, de 23/12/2013, DOU de 24/12/2013. (Autorização).

13 2.3 GESTÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO As coordenações dos cursos de graduação são unidades acadêmico-administrativas vinculadas à Direção Acadêmica da Instituição. Possuem estrutura própria para assistir e atender ao estudante e ao professor, e apoiar as atividades gerenciais e executivas dos cursos. A administração de curso de graduação é feita por uma diretoria, exercida pelo Coordenador de Curso com o apoio do Conselho de Curso CC. O Conselho de Curso é constituído pelo Coordenador de Curso, três representantes do corpo docente, um representante do corpo discente e um representante de entidade profissional afeta ao curso. O Conselho de Curso auxilia a Coordenação de Curso na execução do respectivo projeto pedagógico, na sua administração geral e na adoção de medidas para a solução de problemas de natureza acadêmica, didático-pedagógica e unidade curricular. As reuniões ordinárias são realizadas mensalmente, podendo haver convocações extraordinárias. A Coordenação de Curso conta também com o apoio do Núcleo Docente Estruturante NDE, composto por pelo menos cinco dos docentes do curso, com atribuições consultivas, propositivas e avaliativas sobre matéria de natureza eminentemente acadêmica, sendo responsável pela criação, implementação e consolidação do Projeto Pedagógico do curso, acompanhando, avaliando e propondo aperfeiçoamentos necessários à sua integral consecução. O Coordenador do Curso integra, por disposição estatutária, o Conselho Acadêmico CONAC, órgão colegiado, de natureza deliberativa e consultiva, da administração Acadêmica dos Cursos da Instituição. 2.4 ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO Os cursos de pós-graduação são ofertados na modalidade presencial e a distância por determinado período, objetivando a formação de segmentos em demanda específica, enquanto que os programas de pós-graduação implicam uma oferta continuada, atendendo a objetivos estratégicos da Instituição no desenvolvimento de uma determinada área. Atualmente, a FPB oferta cursos de pós-graduação no nível lato sensu, abertos a candidatos diplomados em cursos de graduação, que compreendem os seguintes níveis de formação: I especialização; II aperfeiçoamento.

14 2.5 CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Atualmente, a FPB oferece os seguintes cursos de pós-graduação presenciais: CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PRESENCIAIS NOME DO CURSO VAGAS ANUAIS TURNO DE FUNCIONAMENTO MBA em Gestão Estratégica de Pessoas 120 Diurno Alta Gastronomia 120 Diurno MBA em Logística Empresarial 120 Diurno MBA em Executivo em Gestão Estratégica Negócios 120 Diurno Direito Penal e Processo Penal 120 Diurno Gestão da Política da Assistência Social SUAS 120 Diurno Segurança e Saúde no Trabalho 120 Diurno Direito Administrativo e Gestão Pública 120 Diurno 2.6 EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA (CURSOS TÉCNICOS) Como resultado da adesão da FPB, em dezembro de 2013, ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Pronatec, criado em 2011 pelo Governo Federal, a Instituição oferta, desde março de 2014, os Cursos Técnicos em Logística e em Meio Ambiente, turno diurno, com 160 vagas anuais em cada curso. Os cursos técnicos são destinados a candidatos que já tenham concluído o Ensino Médio e que desejam capacitar-se para o mundo do trabalho antes mesmo de realizarem curso de nível superior. Para mais informações, consultar o Manual dos Estudantes dos Cursos Técnicos da FPB.

15 PARTE III CONHEÇA AS NORMAS E OS PROCEDIMENTOS ACADÊMICOS

16 3.1 REGIME ACADÊMICO A FPB, em conformidade com o Regimento Geral, adota o Regime Seriado Semestral, em que as unidades curriculares dos cursos de graduação são ofertadas por semestre letivo, cabendo ao estudante cursar todas as unidades curriculares regulares previstas para a sua série de vínculo; igualmente, as avaliações da aprendizagem e da frequência também são realizadas dentro do período do semestre. No Regime Seriado Semestral, o estudante deve renovar sua matrícula a cada semestre letivo, na forma e nas datas definidas pela Faculdade e divulgadas no Calendário Acadêmico, conforme o Regimento Geral. A renovação de matrícula é o ato formal indispensável para se considerar o estudante regularmente matriculado, bem como para a manutenção do seu vínculo com a Faculdade. Para fins legais e em conformidade com o Regimento Geral, a não renovação de matrícula, a cada semestre, suspende o vínculo do estudante com a Faculdade e implica a nulidade da frequência a qualquer atividade acadêmica. Também invalida a participação em avaliações de aprendizagem, impossibilitando, por consequência, qualquer cômputo e registro acadêmico dessas atividades e avaliações. O Calendário Acadêmico especifica os prazos para a realização do processo de matrícula, as datas de início e término de cada semestre letivo, o prazo para divulgação e implantação de notas e o período dos exames finais, além dos prazos para a entrega de projetos de pesquisa, de extensão e demais atividades acadêmicas programadas. 3.2 CONDIÇÕES DE OFERTA Os cursos de graduação oferecidos pela FPB funcionam no local já indicado neste Manual. A FPB poderá alterar os locais e turnos de oferta das atividades acadêmicas, mesmo no decorrer da prestação dos serviços e oferecer parte da carga horária de seus currículos na forma não presencial, como ensino a distância, em conformidade com a Portaria 4.059/MEC, de 10/12/2004.

17 3.3 MATRÍCULA A matrícula é o ato formal de vinculação do estudante à Faculdade e ao curso. Como a IES adota o regime seriado semestral, a renovação da matrícula é feita por semestre. A não renovação de matrícula, dentro do prazo estabelecido em calendário acadêmico, enseja a caracterização de abandono do curso pelo estudante, podendo implicar a sua desvinculação da IES. A distribuição dos estudantes matriculados, por série, ocorre a cada semestre Matrícula inicial na série A matrícula inicial ocorre: por ingresso do estudante via Vestibular Agendado promovido pela Faculdade; por ingresso do estudante via Mega Vestibular promovido pela Faculdade; por transferência de estudante proveniente de outra instituição de ensino superior; por reingresso de portadores de diploma de graduação; por ingresso do estudante via Exame Nacional de Ensino Médio ENEN. Na matrícula inicial, o estudante deve comprovar: a conclusão do curso de ensino médio ou equivalente; a classificação satisfatória no respectivo processo seletivo; e a documentação exigida para a matrícula. É assegurada matrícula, independentemente de prazo e de existência de vaga, a servidor público, civil ou militar, transferido ex-officio para a sede da Faculdade, bem como aos seus dependentes, na forma da legislação em vigor. Para efetuar a matrícula inicial, o interessado deve dirigir-se à Central do Candidato e adotar os seguintes procedimentos: 1. Preencher formulário de matrícula. 2. Entregar 01 foto 3x4, recente e colorida. 3. Apresentar documentação pessoal: cédula de identidade (original e cópia), CPF do candidato, CPF do responsável pelo pagamento (caso seja menor de 18 anos). 4. Anexar documentação escolar (cópia autenticada ou cópia com apresentação do original): Histórico escolar do ensino médio ou equivalente, Certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente, ou diploma de curso superior.

18 5. Efetuar o pagamento da 1ª parcela da semestralidade. 6. Assinar o contrato de prestação de serviços educacionais em três vias: uma será entregue no ato da matrícula, assinada, no mínimo, pelo estudante; a outra via pertence ao estudante e a terceira via deverá ser devolvida à IES após estar assinada, obrigatoriamente, pelo fiador e seu cônjuge Outras possibilidades de matrícula Embora a matrícula seja concedida ou renovada na série, por semestre letivo, é possível ao estudante a matrícula por unidade curricular nas seguintes condições especiais: I. a matrícula em regime de adaptação, em turmas regulares da graduação ou em turma especialmente constituída para essa finalidade, na forma definida pela IES, permite ao estudante fazer as necessárias adequações curriculares; II. a matrícula em regime de dependência, em turmas regulares da graduação ou em turma especialmente constituída para essa finalidade, na forma definida pela Faculdade, permite ao estudante recuperar unidade curricular em que não haja logrado aprovação; III. a matrícula em unidade curricular isolada, de caráter extracurricular, em unidade curricular integrante de série diferente daquela de sua matrícula, no seu curso de origem Matrícula de estudante no retorno ao curso O estudante que houver interrompido seu curso, por trancamento de matrícula ou abandono, pode retornar à Faculdade, desde que exista a vaga, devendo obrigatoriamente adequar-se ao projeto pedagógico e, consequentemente, à organização curricular em vigor e às demais exigências acadêmicas e administrativas. O retorno dar-se-á mediante processo de reabertura de matrícula na Central de Atendimento, condicionando-se a mesma à resolução de possíveis pendências acadêmico-financeiras. Autorizado o retorno, o estudante deve procurar o Coordenador do curso para iniciar o processo de renovação da matrícula, com a definição de sua situação acadêmica. Concluída a definição da matrícula pelo Coordenador, o estudante deve acessar a Internet e confirmar sua renovação, seguindo os procedimentos rotineiros de matrícula.

19 3.3.4 Matrícula de estudante com FIES e/ou PROUNI Estudante inscrito no FIES e/ou PROUNI deve antes verificar se seu cadastro já foi efetuado e realizar a renovação da matrícula, seguindo os procedimentos rotineiros de matrícula. Lembrar-se de, posteriormente, verificar o Calendário do FIES para efetuar o aditamento do contrato Matrícula de estudante com bolsa de estudos Estudante beneficiado com bolsa de estudos deve, a cada semestre letivo, no período de renovação de matrícula, procurar a Central de Atendimento para certificar-se de que a bolsa está cadastrada, mantida ou não renovada e orientar-se sobre a providência a ser tomada. Em seguida, efetuar a renovação de matrícula no período previsto, seguindo os procedimentos e prazos rotineiros de matrícula Matrícula de estudante concluinte que já tenha cumprido as séries regulares Estudante concluinte que já tenha cumprido todas as séries regulares, porém lhe falta cursar unidades curriculares para integralizar o curso, deve procurar a Coordenação de curso para iniciar o processo de renovação da matrícula, com a definição de sua situação acadêmica, mantido seu vínculo à última série do curso. Concluída a definição da matrícula pelo Coordenador, o estudante deve seguir os procedimentos rotineiros de matrícula Matrícula de estudante com unidade curricular de série regular em situação de aproveitada, aprovada ou reprovada Estudante, com unidade curricular de série regular em situação de aproveitada, aprovada ou reprovada, deve fazer matrícula na série, verificando a proporcionalidade na parcela financeira. Quanto à unidade curricular reprovada, deverá ser cursada em regime de dependência, no mesmo semestre letivo ou posteriormente Matrícula de estudante em unidade curricular e turma de oferta especial Estudante com unidades curriculares pendentes das séries anteriores pode cursá-las em regime de adaptação ou de dependência nas turmas de oferta especial para o primeiro e segundo semestres. Os prazos para matrícula e o período de oferta estão previstos no Calendário Acadêmico da Instituição.

20 3.4 RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA Ao final de cada semestre letivo, o estudante já vinculado à Instituição deve renovar sua matrícula para o semestre consecutivo, no período previsto no Calendário Acadêmico. Para isso, é necessário tomar as seguintes providências: 1. verificar sua situação acadêmica e financeira do último semestre cursado, bem como sua situação junto à Biblioteca e ao Setor Financeiro; 2. resolver todas as pendências financeiras, se houver, junto à Central de Atendimento, inclusive promovendo negociação de débitos, se necessário, no prazo previsto no Calendário Acadêmico; 3. resolver todas as pendências acadêmicas, se houver, junto à Coordenação do Curso; 4. resolver pendências, se houver, junto à Biblioteca; 5. resolver pendências de documentação, se houver, junto à Central de Atendimento; 6. resolvidas todas as pendências, proceder à renovação de matrícula seguindo os passos previstos: a) atualizar endereço e telefone, entregando na Central de Atendimento uma cópia do comprovante de residência; b) conferir os históricos acadêmico e financeiro, especialmente do último semestre cursado; c) verificar qual a próxima série prevista e acrescentar matrícula em regime de dependência e adaptação, se necessário; d) caso não esteja liberado para avançar à série seguinte, matricular-se apenas em unidades curriculares em regime de dependência e adaptação; e) ler o Contrato de Prestação de Serviços e dar ciência da leitura; f) até o dia 5 (de janeiro, no 1º semestre, ou de julho, no 2º semestre), quitar a primeira parcela da semestralidade; g) sempre que necessário, procurar a Coordenação do Curso para a definição correta da matrícula, respeitados os prazos e procedimentos definidos para sua realização. 3.5 AJUSTES DE MATRÍCULA No prazo estabelecido no Calendário Acadêmico e em Edital de Matrícula, pode o estudante promover ajustes na sua matrícula, solicitando turma, além de inclusão de unidade curricular extra (adaptação e dependência) e cancelamento de matrícula em unidade curricular extra (adaptação e dependência) com oferta em turma regular.

21 3.6 CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Juntamente com os procedimentos de matrícula inicial, há a assinatura de um contrato de prestação de serviços que exige fiador, podendo este ser todo e qualquer cidadão maior de idade, exceto o cônjuge. O fiador deverá apresentar cópia do RG (Identidade), CPF e comprovante de residência. Caso o estudante seja menor de idade, o contrato deverá ser assinado pelo fiador e seu cônjuge e pelo responsável financeiro. 3.7 MUDANÇA DE CURSO - REOPÇÃO É possibilitada ao estudante regularmente matriculado a mudança de curso e/ou de turno no âmbito da própria Faculdade, condicionada à existência de vaga no curso e/ou no turno pretendidos e à observância dos demais critérios fixados em Edital para esse fim. 3.8 INCLUSÃO Conceito e finalidade Inclusão é o ingresso de estudante em curso de graduação ao longo de um semestre letivo em curso, ocupando vaga remanescente de processo seletivo para a formação de turmas iniciais de um curso/turno ou vaga deixada por afastamento de estudante em razão de cancelamento ou trancamento de matrícula ou de transferência Quem pode ser incluído O ingresso em curso de graduação, via inclusão, é possível para os portadores de, no mínimo, conclusão do ensino do médio, nas seguintes situações: a) candidato selecionado em VESTIBULAR AGENDADO, modalidade de processo seletivo que ocorre durante todo o semestre letivo. O ingresso dar-se-á na 1ª ou na 2ª série, dependendo do momento da matrícula e da oferta de turma/vaga no semestre letivo do ingresso; b) candidato selecionado no MEGA VESTIBULAR para o preenchimento de vagas remanescentes (janeiro e junho). O ingresso também dar-se-á na 1ª ou na 2ª série, dependendo do momento da matricula e da oferta de turma/vaga no semestre letivo do ingresso;

FACULDADE DOS GUARARAPES - FG Rua Comendador José Didier, nº. 27, Piedade. 54.400-160. Jaboatão dos Guararapes PE

FACULDADE DOS GUARARAPES - FG Rua Comendador José Didier, nº. 27, Piedade. 54.400-160. Jaboatão dos Guararapes PE FACULDADE DOS GUARARAPES - FG Rua Comendador José Didier, nº. 27, Piedade. 54.400-160. Jaboatão dos Guararapes PE Jorge Antônio Hidalgo Tirado Diretor Geral Vanessa Pereira Piasson Maziero Diretora Acadêmica

Leia mais

MANUAL DO ESTUDANTE João Pessoa 2014

MANUAL DO ESTUDANTE João Pessoa 2014 MANUAL DO ESTUDANTE João Pessoa 2014 APRESENTAÇÃO Caro(a) Estudante FPB, Estamos felizes em tê-lo(a) conosco neste ano letivo em nossa Instituição. O nosso compromisso é ofertar-lhe ensino superior de

Leia mais

Caro estudante da Faculdade CEDEPE,

Caro estudante da Faculdade CEDEPE, MANUAL DO ALUNO Caro estudante da Faculdade CEDEPE, Estando atenta aos avanços no Ensino Superior e em função dos relevantes serviços educacionais e sociais que presta à comunidade do seu entorno, a Faculdade

Leia mais

Considerando que a excepcionalidade do regime de oferta gera processos de gestão acadêmica e administrativa distintos da rotina institucional;

Considerando que a excepcionalidade do regime de oferta gera processos de gestão acadêmica e administrativa distintos da rotina institucional; RESOLUÇÃO CONSEPE 22/2014 APROVA O REGULAMENTO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS, MODALIDADE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, PARA TURMAS COM INÍCIO EM

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC 2014 ÍNDICE CAPÍTULO I... 3 Da Constituição, Natureza, Finalidade e Objetivos dos Cursos... 3 CAPÍTULO II... 3 Da Implantação dos Cursos...

Leia mais

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS CREDENCIAMENTO: PORTARIA MEC Nº 601 DE 20.05.2008, DOU 21DE MAIO DE 2008 SEÇÃO I. EDITAL DO PROCESSO

Leia mais

CONCURSO DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES. O concurso será regido segundo os critérios e condições a seguir.

CONCURSO DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES. O concurso será regido segundo os critérios e condições a seguir. EDITAL nº 08/2014 CONCURSO DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES A Faculdade Internacional da Paraíba FPB, por meio deste Edital, divulga, no âmbito Institucional, o Concurso de Bolsas Ibero-americanas

Leia mais

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A direção da Faculdade Aliança / Faculdade Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais,

Leia mais

Curso Série Turno Vagas 2ª Manhã 5 (cinco) 2ª Noite 5 (cinco ADMINISTRAÇÃO 3ª Manhã 5 (cinco 4ª Manhã 2 (duas) 5ª Noite 5 (cinco)

Curso Série Turno Vagas 2ª Manhã 5 (cinco) 2ª Noite 5 (cinco ADMINISTRAÇÃO 3ª Manhã 5 (cinco 4ª Manhã 2 (duas) 5ª Noite 5 (cinco) Edital N o. 11/2014 EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO ÀS VAGAS DESTINADAS A TRANSFERÊNCIAS EXTERNAS E A PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR PARA INGRESSO NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Formação de Formadores

Formação de Formadores REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: Formação de Formadores São Paulo 2012 1 Sumário Título I Da Constituição do Programa... 03 Capítulo I Dos Fins e Objetivos... 03 Capítulo II

Leia mais

I CURSOS E VAGAS OFERTADAS

I CURSOS E VAGAS OFERTADAS Edital N º 08 /2015 EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO ÀS VAGAS DESTINADAS A TRANSFERÊNCIAS EXTERNAS E A PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR PARA INGRESSO NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB EDITAL CURSOS TÉCNICOS Instituto Bondespachense Presidente Antônio Carlos - IBPAC FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB BOM DESPACHO 2013 SUMÁRIO 1 EDITAL... 03 2. HISTÓRICO... 04 3. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Credenciamento - Ato autorizativo Portaria Nº 998 de 22/10/2007, publicada no DOU em 23/10/2007

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado, em anexo, o Regulamento dos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu da FAE Centro Universitário.

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado, em anexo, o Regulamento dos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu da FAE Centro Universitário. RESOLUÇÃO CONSEPE 09/2009 APROVA O REGULAMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Presidente do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE, no uso das

Leia mais

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Com sede Av. Doutor Augusto Moreira, 1704 e 1502 Casa Caiada - Olinda Legislação

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau

Faculdade Maurício de Nassau Faculdade Maurício de Nassau EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Manaus no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais, no Dec. 99.490/90,

Leia mais

Faculdade Escola Paulista de Direito

Faculdade Escola Paulista de Direito Faculdade Escola Paulista de Direito MANUAL DO ALUNO Este manual tem por finalidade informar à comunidade universitária as normas e os procedimentos acadêmicos institucionais da Faculdade Escola Paulista

Leia mais

Regulamento de Matrícula

Regulamento de Matrícula Regulamento de Matrícula A Coordenadora do Curso de Direito da Faculdade Processus, juntamente com a Diretora do Curso, no exercício de suas atribuições, com o intuito de normatizar a efetividade e dinâmica

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE MAURICIO DE NASSAU DE BELÉM MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL CREDENCIAMENTO: PORTARIA Nº 571, DE 13 DE MAIO DE, DOU 16 DE MAIO DE SEÇÃO I EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 O Diretor da Faculdade

Leia mais

10/04/2015 regeral_133_146

10/04/2015 regeral_133_146 Seção VI Da Transferência Art. 96. A UNIR aceita transferência de discentes oriundos de outras instituições de educação superior, de cursos devidamente autorizados, para cursos afins, na hipótese de existência

Leia mais

FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO

FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO Faculdade Internacional da Paraíba Rua Monsenhor Walfredo Leal nº 512, Tambiá CEP: 58020-540. João

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 119/2011

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 119/2011 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 119/2011 Assunto: Altera a Resolução CEPE nº 96/2008, que dispõe sobre matrículas no Centro Universitário UNA. O Presidente

Leia mais

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5 1. Dos Requisitos e Documentos para o Ingresso Para ingressar nos cursos de ensino superior o candidato deve ter concluído o Ensino Médio, prestar processo seletivo da IES ou ingressar por uma das formas

Leia mais

RESOLUÇÃO FADISA N.º 005/2008 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA

RESOLUÇÃO FADISA N.º 005/2008 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA RESOLUÇÃO FADISA N.º 005/2008 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA O Presidente do CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO - FADISA, Professor Ms. ANTÔNIO

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 2014

MANUAL DO ALUNO 2014 MANUAL DO ALUNO 2014 APRESENTAÇÃO Caro Acadêmico, Agradecemos por você ter escolhido o IESG para sua formação profissional. No Manual do Aluno você encontrará informações importantes e necessárias para

Leia mais

UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA. Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016

UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA. Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 Com sede Av. Alcindo Cacela, 287 - Belém / PA, Rod. BR 316, Km 3- Ananindeua / PA - Trav.

Leia mais

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FTDR. Fortaleza Ceará

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FTDR. Fortaleza Ceará FACULDADE DARCY RIBEIRO Manual do Aluno FTDR Fortaleza Ceará SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 5 2. CURSOS... 5 3. PROCEDIMENTOS... 5 4. CARTEIRAS ESTUDANTIS... 12 5. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO... 13 6. REGIME

Leia mais

Datas das Provas Vestibular Agendado A partir de 01/10/2015 - Horários disponíveis no site: vestibular.uninassau.edu.br

Datas das Provas Vestibular Agendado A partir de 01/10/2015 - Horários disponíveis no site: vestibular.uninassau.edu.br CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURÍCIO DE NASSAU Credenciado PORTARIA Nº 701, DE 28 DE MAIO. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 O Reitor do Centro Universitário Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 2016

MANUAL DO ALUNO 2016 MANUAL DO ALUNO 2016 Este Manual tem como objetivo orientar os alunos em seus direitos e deveres para que possam usufruir de seus direitos e reconhecer suas obrigações como estudantes universitários. As

Leia mais

PORTARIA Nº. 14/REITORIA/10, de 5 de julho de 2010 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

PORTARIA Nº. 14/REITORIA/10, de 5 de julho de 2010 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO PORTARIA Nº. 14/REITORIA/10, de 5 de julho de 2010 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Institui e estabelece critérios para o Aproveitamento de Estudos e Verificação de Proficiência para fins de certificação

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO 1 CP Comissão Própria de Avaliação AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO 2013 João Pessoa-PB 2014 2 SUMÁRIO 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS 3 2. INFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS 2.1 HISTÓRICO INSTITUCIONAL 2.2 CURSOS

Leia mais

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO 2016 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DA FACULDADE DE MINAS CAMPUS BELO HORIZONTE

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO 2016 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DA FACULDADE DE MINAS CAMPUS BELO HORIZONTE EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO 2016 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DA FACULDADE DE MINAS CAMPUS BELO HORIZONTE 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES A Faculdade de Minas - Campus Belo Horizonte - MG, credenciada através

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR A Universidade Salvador UNIFACS, em conformidade com seu Regimento Geral, torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

SUMÁRIO. Regimento da Matrícula...03. Reingresso do Aluno por Processo Seletivo Especial...04. Trancamento e Cancelamento de Matrícula...

SUMÁRIO. Regimento da Matrícula...03. Reingresso do Aluno por Processo Seletivo Especial...04. Trancamento e Cancelamento de Matrícula... SUMÁRIO Regimento da Matrícula...03 Reingresso do Aluno por Processo Seletivo Especial...04 Trancamento e Cancelamento de Matrícula...05 Transferências e Aproveitamento de Estudos...05 Critérios de Avaliação

Leia mais

EDITAL Nº 10/2011. Processo Seletivo AGENDADO Vestibular 2012 - Primeiro Semestre

EDITAL Nº 10/2011. Processo Seletivo AGENDADO Vestibular 2012 - Primeiro Semestre EDITAL Nº 10/2011 Processo Seletivo AGENDADO Vestibular 2012 - Primeiro Semestre tinuadoo Diretor da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba, FATEP, mantida pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Fica alterado o Regulamento dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade São Francisco USF, conforme anexo.

R E S O L U Ç Ã O. Fica alterado o Regulamento dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade São Francisco USF, conforme anexo. RESOLUÇÃO CONSEPE 24/2014 ALTERA O REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE, no uso das atribuições

Leia mais

REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO DO IFGOIAS

REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO DO IFGOIAS REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO DO IFGOIAS Goiânia 2010 REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE

Leia mais

EDITAL nº 15/2014 Vestibular Solidário FPB 2015.1

EDITAL nº 15/2014 Vestibular Solidário FPB 2015.1 EDITAL nº 15/2014 Vestibular Solidário FPB 2015.1 A FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA FPB, credenciada pela Portaria MEC/SERES nº 260, de 16/11/2012, mantida pela Sociedade Paraibana de Educação e Cultura

Leia mais

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO Art. 1º O colegiado de curso é órgão consultivo da Coordenação de Curso, destinado a subsidiar a

Leia mais

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Informativo Oficial do Municipio de Itapemirim - Criado pela Lei Municipal nº 1.928/05 e Regulamentado pelo Decreto nº 2.671/05 - Ano IX - 1618 DECRETOS DECRETO Nº. 8.552 /2015

Leia mais

EDITAL nº 01/2014 PROCESSOS SELETIVOS FPB 2014.1

EDITAL nº 01/2014 PROCESSOS SELETIVOS FPB 2014.1 EDITAL nº 01/2014 PROCESSOS SELETIVOS FPB 2014.1 A FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA FPB, credenciada pela MEC/SERES nº 260, de 16/11/2012, mantida pela Sociedade Paraibana de Educação e Cultura Ltda.

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU, DE CURTA DURAÇÃO E DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU, DE CURTA DURAÇÃO E DE EDUCAÇÃO CONTINUADA REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU, DE CURTA DURAÇÃO E DE EDUCAÇÃO CONTINUADA Dispõe sobre o regulamento dos cursos de pósgraduação lato sensu, de curta duração e de educação continuada

Leia mais

Coleção: Documentos Normativos da UnP Série Laranja: Regulamentos e Normas das Atividades Acadêmicas Título: Manual do Aluno 2011.

Coleção: Documentos Normativos da UnP Série Laranja: Regulamentos e Normas das Atividades Acadêmicas Título: Manual do Aluno 2011. Coleção: Documentos Normativos da UnP Série Laranja: Regulamentos e Normas das Atividades Acadêmicas Título: Manual do Aluno 2011 Volume: 17 Manual do Aluno 2011 1 Manual do Aluno 2011 2 Natal (RN) Janeiro

Leia mais

CONCURSO DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES. O concurso será regido segundo os critérios e condições a seguir.

CONCURSO DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES. O concurso será regido segundo os critérios e condições a seguir. EDITAL nº 05/2015 CONCURSO DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES A Faculdade Internacional da Paraíba FPB, por meio deste Edital, divulga, no âmbito Institucional, o Concurso de Bolsas Ibero-americanas

Leia mais

Coleção: Documentos Normativos da UnP Série Laranja: Regulamentos e Normas das Atividades Acadêmicas Título: Manual do Aluno 2008 Volume 5

Coleção: Documentos Normativos da UnP Série Laranja: Regulamentos e Normas das Atividades Acadêmicas Título: Manual do Aluno 2008 Volume 5 Coleção: Documentos Normativos da UnP Série Laranja: Regulamentos e Normas das Atividades Acadêmicas Título: Manual do Aluno 2008 Volume 5 MANUAL DO ALUNO 2008 ASSOCIAÇÃO POTIGUAR DE ENSINO E CULTURA

Leia mais

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA EDITAL Nº 03/2015 O Diretor da Faculdade Metropolitana de Anápolis FAMA, no uso de suas atribuições e demais disposições legais, aprova e torna público o processo seletivo para transferência de candidatos

Leia mais

REGULAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PARCERIA TECNOLÓGICA COM O COMPLEXO DE ENSINO RENATO SARAIVA (CERS) Art. 1º - Os cursos de Pós - Graduação

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por

Leia mais

PROF. RAIMUNDO NONATO DA COSTA SABÓIA VILARINS Presidente do Conselho Universitário Reitor Pro Tempore da UERR

PROF. RAIMUNDO NONATO DA COSTA SABÓIA VILARINS Presidente do Conselho Universitário Reitor Pro Tempore da UERR Dispõe sobre a aprovação do Regulamento Geral da Pós Lato Sensu da Universidade Estadual de Roraima. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO E REITOR PRO TEMPORE DA - UERR, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14 REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO Ingressantes 2010 Página 1 de 14 SUMÁRIO 1. OBJETIVO DO CURSO 2. ESTRUTURA DO CURSO 2.1) Visão geral 2.2) Pré-requisitos 2.3) Critérios de contagem

Leia mais

RESOLUÇÃO CEE Nº 127 de 1997 Regulamenta a Lei 9394/96 Câmara de Educação Básica

RESOLUÇÃO CEE Nº 127 de 1997 Regulamenta a Lei 9394/96 Câmara de Educação Básica RESOLUÇÃO CEE Nº 127 de 1997 Regulamenta a Lei 9394/96 Câmara de Educação Básica Fixa normas preliminares visando à adaptação da legislação educacional do Sistema Estadual de Ensino às disposições da Lei

Leia mais

EDITAL DE 02 DE SETEMBRO DE 2015 PROCESSOS SELETIVOS 2016 GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA

EDITAL DE 02 DE SETEMBRO DE 2015 PROCESSOS SELETIVOS 2016 GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL DE 02 DE SETEMBRO DE 2015 PROCESSOS SELETIVOS 2016 GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA A UNIVERSIDADE POTIGUAR, credenciada para ministrar ensino a distância pela portaria MEC nº 837, de 03 de abril de 2006,

Leia mais

EDITAL Nº. 17/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1

EDITAL Nº. 17/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 EDITAL Nº. 17/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 O Diretor Superintendente da Faculdade Autônoma de Direito FADISP, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes

Leia mais

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FADR

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FADR FACULDADE DARCY RIBEIRO Manual do Aluno FADR Fortaleza Ceará SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. CURSOS... 3 2. PROCEDIMENTOS... 3 3. CARTEIRAS ESTUDANTIS... 10 4. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO... 11 5. REGIME

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

Programa de Bolsas América Latina da Universidade Anhembi Morumbi

Programa de Bolsas América Latina da Universidade Anhembi Morumbi A, de acordo com a Resolução CONSUN AD REFERENDUM Nº 33, de 28/04/2015, estabelece as normas e procedimentos para o Programa de Bolsas América Latina da, em parceria com as universidades UNAB Universidad

Leia mais

CAPÍTULO I Da Destinação e Preenchimento de Vagas. CAPÍTULO II Do Processo de Seleção e Admissão. CAPÍTULO III Da Transferência Dependente de Vaga

CAPÍTULO I Da Destinação e Preenchimento de Vagas. CAPÍTULO II Do Processo de Seleção e Admissão. CAPÍTULO III Da Transferência Dependente de Vaga Resolução nº 03 de 01/02/2009 Normas Acadêmicas Bacharelado e Licenciatura ÍNDICE TÍTULO I Da Destinação, Preenchimento de Vagas nos Cursos e Formas de Ingresso de Alunos Regulares Da Destinação e Preenchimento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12/12/2007, republicada em

Leia mais

EDITAL Nº. 71/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1

EDITAL Nº. 71/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 EDITAL Nº. 71/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 O Diretor Superintendente das Faculdades Alves Faria ALFA, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes e Bases

Leia mais

U N I V E R S I D A D E C A T Ó L I C A D E B R AS Í L I A P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E P E S Q U I S A P R PG P/ U C B

U N I V E R S I D A D E C A T Ó L I C A D E B R AS Í L I A P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E P E S Q U I S A P R PG P/ U C B U N I V E R S I D A D E C A T Ó L I C A D E B R AS Í L I A P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E P E S Q U I S A P R PG P/ U C B REGULAMENTO GERAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO

Leia mais

Portal do Aluno Parfor UFPA

Portal do Aluno Parfor UFPA Do Ingresso do Professor de Educação Básica no PARFOR/UFPA O ingresso do professor da Educação básica como aluno do PARFOR na UFPA dar-se-á através de algumas etapas. A primeira delas é a inscrição dos

Leia mais

Legislação do curso. Vagas. 45 Noturno 45

Legislação do curso. Vagas. 45 Noturno 45 De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições para o Processo Seletivo

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12/12/2007, resolve promover

Leia mais

EDITAL 001/2015 DE MATRÍCULA E REMATRÍCULA PARA PÓS-GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 Sessão A (2015.2A) i

EDITAL 001/2015 DE MATRÍCULA E REMATRÍCULA PARA PÓS-GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 Sessão A (2015.2A) i Página1 EDITAL 001/2015 DE MATRÍCULA E REMATRÍCULA PARA PÓS-GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 Sessão A (2015.2A) i O Presidente do Conselho Universitário (CONSU) do Centro Universitário Ítalo Brasileiro (UniÍtalo),

Leia mais

2.2 - Inscrição, informações e local das provas do Vestibular Agendado e do Megavestibular:

2.2 - Inscrição, informações e local das provas do Vestibular Agendado e do Megavestibular: EDITAL nº 07/2015 PROCESSOS SELETIVOS FPB 2015.2 A FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA FPB, credenciada pela Portaria MEC/SERES nº 260, de 16/11/2012, mantida pela Sociedade Paraibana de Educação e Cultura

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão de Projetos Sociais, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por meio da

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa integral de estudo aos candidatos aprovados com os melhores desempenhos dos cursos presenciais de Graduação Bacharelado

Leia mais

Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR ESPECIAL 2015.2 EaD Semipresenciais

Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR ESPECIAL 2015.2 EaD Semipresenciais Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR ESPECIAL 2015.2 EaD Semipresenciais Aditamento nº 23 ao Edital de Vestibular de 2015 Educação a Distância, que rege o Vestibular 2015.2 ESPECIAL

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover

Leia mais

Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR ESPECIAL EaD 2015.2

Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR ESPECIAL EaD 2015.2 Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR ESPECIAL EaD 2015.2 Aditamento nº 22 ao Edital de Vestibular de 2015 Educação a Distância, que rege o Vestibular 2015.2 ESPECIAL EaD online a ser

Leia mais

Processos Seletivos 2016 Educação a Distância VESTIBULAR ESPECIAL NOVEMBRO 2015 EaD SEMIPRESENCIAIS

Processos Seletivos 2016 Educação a Distância VESTIBULAR ESPECIAL NOVEMBRO 2015 EaD SEMIPRESENCIAIS Processos Seletivos 2016 Educação a Distância VESTIBULAR ESPECIAL NOVEMBRO 2015 EaD SEMIPRESENCIAIS Aditivo nº 7 ao Edital de Vestibular de 2016 Educação a Distância, que rege o Vestibular TOP dezembro

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015. FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Campina Grande-PB no

Leia mais

USCS Virtual Edital/Manual do Candidato Vestibular EAD 2º Semestre 2014

USCS Virtual Edital/Manual do Candidato Vestibular EAD 2º Semestre 2014 USCS - UNIVERSIDADE MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL USCS Virtual Edital/Manual do Candidato Vestibular EAD 2º Semestre 2014 Inscrições: até 30/JULHO/2014 Prova: 3/AGOSTO/2014 Início das aulas: 9/AGOSTO/2014

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 2 Edital do Processo Seletivo 2015 CAPÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO Artigo 1º. De conformidade com o disposto na Lei 9394, de 20/12/96, Pareceres 95, de 01/12/98 e 98/99

Leia mais

REGULAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 - Este REGULAMENTO rege as normas e disciplina, nos planos pedagógico, didático, científico, administrativo, disciplinar

Leia mais

PROFLETRAS R E G I M E N T O

PROFLETRAS R E G I M E N T O PROFLETRAS R E G I M E N T O CAPÍTULO I - CAPITULO II - CAPÍTULO III - CAPÍTULO IV - CAPÍTULO V - CAPÍTULO VI - CAPÍTULO VII - CAPÍTULO VIII - Das Finalidades Das Instituições Associadas Da Organização

Leia mais

Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu

Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu VICE-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DA ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO Art. 1º Os Programas de

Leia mais

Regulamento do Programa de Estudos Pós-Graduados em EDUCAÇÃO: PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO.

Regulamento do Programa de Estudos Pós-Graduados em EDUCAÇÃO: PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO. Regulamento do Programa de Estudos Pós-Graduados em EDUCAÇÃO: PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO. 1- Objetivos do Programa Artigo 1º - São objetivos do Programa: I - capacitar pessoal em nível de Mestrado Acadêmico,

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU (FAP TERESINA) Mantida pelo Grupo Ser Educacional Credenciamento: Portaria MEC nº 1.149, DE 13 DE SETEMBRO DE 2012

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU (FAP TERESINA) Mantida pelo Grupo Ser Educacional Credenciamento: Portaria MEC nº 1.149, DE 13 DE SETEMBRO DE 2012 FACULDADE MAURÍCIO (FAP ) Mantida pelo Grupo Ser Educacional Credenciamento: Portaria MEC nº 1.149, DE 13 DE SETEMBRO DE 2012 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau

Leia mais

Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR DESTAQUE 2015.2

Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR DESTAQUE 2015.2 Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR DESTAQUE 2015.2 Aditamento nº 15 ao Edital de Vestibular de 2015 Educação a Distância, que rege o Vestibular DESTAQUE 2015.2 EaD online a ser realizado

Leia mais

EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1

EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 O Diretor Superintendente da Faculdade Autônoma de Direito FADISP, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes

Leia mais

Guia do Aluno São Paulo 2014

Guia do Aluno São Paulo 2014 Guia do Aluno São Paulo 2014 Parabéns por ter ingressado na FATEC IPIRANGA - Faculdade de Tecnologia pertencente ao Centro Paula Souza. A partir de agora, você faz parte do corpo discente de uma instituição

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU R E G I M E N T O G E R A L PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Regimento Geral PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Este texto foi elaborado com as contribuições de um colegiado de representantes da Unidades Técnico-científicas,

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/2

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/2 EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/2 CONSOLIDADO O Diretor da Faculdade Cenecista de Itaboraí FACNEC e Faculdade Itaboraí, com sede no município de Itaboraí, Estado do Rio de Janeiro, torna público,

Leia mais

MANUAL DO ESTUDANTE GUIA ACADÊMICO

MANUAL DO ESTUDANTE GUIA ACADÊMICO MANUAL DO ESTUDANTE GUIA ACADÊMICO Prezado Estudante, A Faceca lhe dá as boas-vindas, desejando sucesso na realização dessa importante etapa para a sua formação ou aprimoramento profissional. Este Manual

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 19/2014-CONSUNIV

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 19/2014-CONSUNIV UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 19/2014-CONSUNIV Dispõe da aprovação do Regimento Geral de Pós- Graduação Lato Sensu. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE DO

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão, Auditoria e Licenciamento Ambiental, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo

Leia mais

EDITAL Nº 02/2015. Faculdade de Tecnologia de Piracicaba Fatep. Processo Seletivo. Primeiro Semestre 2016

EDITAL Nº 02/2015. Faculdade de Tecnologia de Piracicaba Fatep. Processo Seletivo. Primeiro Semestre 2016 EDITAL Nº 02/2015 Faculdade de Tecnologia de Piracicaba Fatep Processo Seletivo Primeiro Semestre 2016 O Diretor da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba - Fatep informa que, de acordo com a Lei nº 9.394

Leia mais

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO PROVÍNCIA LA SALLE BRASIL - CHILE APRESENTAÇÃO O Setor de Educação Superior da Província

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA. Resolução nº 01/2010

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA. Resolução nº 01/2010 CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Resolução nº 01/2010 Regulamenta a pós-graduação lato sensu nas modalidades semipresencial e à distância O Diretor do Centro de Educação

Leia mais

EDITAL N.º 001/2014 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2014

EDITAL N.º 001/2014 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2014 EDITAL N.º 001/2014 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2014 A Diretora Maria Aparecida Pinto, Diretora da Faculdade de São Lourenço, no uso de suas atribuições, torna público que, no período de 02 de setembro

Leia mais

2.2 - Inscrição, informações e local das provas do Vestibular Agendado e do Vestibular Tradicional:

2.2 - Inscrição, informações e local das provas do Vestibular Agendado e do Vestibular Tradicional: EDITAL nº 07/2015 PROCESSOS SELETIVOS FPB 2016.1 A FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA FPB, credenciada pela Portaria MEC/SERES nº 260, de 16/11/2012, mantida pela Sociedade Paraibana de Educação e Cultura

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE SÃO GOTARDO ltda. Avenida Francisco Resende Filho, 35 - São Gotardo/MG CEP 38800-000

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE SÃO GOTARDO ltda. Avenida Francisco Resende Filho, 35 - São Gotardo/MG CEP 38800-000 PORTARIA Nº 21, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2005 Dispõe sobre a regulamentação dos Programas de Pósgraduação Lato Sensu no âmbito do Centro de Ensino Superior de São Gotardo CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Leia mais

Guia dos Ingressantes

Guia dos Ingressantes Guia dos Ingressantes São Paulo 2014 Parabéns por ter ingressado na FATEC IPIRANGA - Faculdade de Tecnologia pertencente ao Centro Paula Souza. A partir de agora, você faz parte do corpo discente de uma

Leia mais

Lato Sensu - Especialização

Lato Sensu - Especialização Regulamento Geral do Núcleo de Pós- Graduação Lato Sensu - Especialização CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu - Especialização da Fundação Educacional de Além

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÀRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÀRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÀRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 01/2014 Aprova o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em nível de Especialização,

Leia mais