UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 - SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75453

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 - SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75453"

Transcrição

1 INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP São Paulo SP BRASIL CNPJ: / Inscrição Estadual: isento 1 de 6 A. Laboratório Responsável: B. Ordem de Serviço nº: C. Descrição do Corpo de Prova: Nº: 1-Módulo Fotovoltaico Marca: BRANDONI SOLARE Modelo: BRP células policristalino D. Cliente: Atria Engenharia Civil e Implantações Energéticas LTDA. Endereço: Rua Aguaçú, Nº 171 Alphaville, Sala M02 - Bloco C - Açai Cep: Cidade/Estado: Campinas SP E. Interessado: Atria Engenharia Civil e Implantações Energéticas LTDA. Endereço: Rua Aguaçú, Nº 171 Alphaville, Sala M02 - Bloco C - Açai Cep: Cidade/Estado: Campinas SP F. Objetivo: Serviço nº: 1/1 - Determinação da Potência Máxima Serviço nº: 1/2 - Isolamento Elétrico G. Norma e/ou Procedimento: Portaria INMETRO 004/2011 H. Observações: O Corpo de Prova foi recebido em: 20/02/2013 Ensaio realizado no período de: 24/05/2013 a 28/05/2013 Relatório de Ensaio em arquivo eletrônico: - é cópia integral e fiel do original impresso e assinado que estará à disposição no IEE/USP. Forma de apresentação: X Arquivo Eletrônico de igual teor ao original impresso; X Impresso em 2 via(s). A reprodução deste documento não pode ser parcial e depende da aprovação por escrito do laboratório; O conteúdo e as conclusões aqui apresentadas são da exclusiva responsabilidade do(s) autor(es) e não refletem, necessariamente, as opiniões da Universidade de São Paulo. Os resultados apresentados neste documento referem-se exclusivamente ao corpo de prova submetido ao(s) ensaio(s) nas condições especificadas, não sendo extensivos a quaisquer lotes; O IEE-USP manterá o original deste documento arquivado por um período de cinco anos, no mínimo. Antes de imprimir, pense em sua responsabilidade e compromisso com o meio ambiente

2 2 de 6 Item PRESCRIÇÃO Conf. Observações 10.3 RESISTÊNCIA DE ISOLAMENTO Não deve haver ruptura dielétrica ou rastreamento de superfície conforme IEC Clausula item c. Para módulos com uma área inferior a 0,1 m 2 a resistência de isolamento não deve ser inferior a 400 MΩ. C V / 1 minuto Resistência: Ω V / 2 minutos Resistência: Ω Corrente: A Corrente: A Para módulos com área superior a 0,1 m 2, o produto entre a resistência de isolamento medida e a área do módulo não deve ser inferior a 40 MΩ.m V / 1 minuto 1034 V / 2 minutos Resistência: 0,76 GΩ Área: 1,66 m 2 Valor: 1,26 GΩ.m 2 Resistência: 1,07 GΩ Área: 1,66 m 2 Valor: 1,77 GΩ.m 2 N/A --- C --- LEGENDA C Conforme N/C Não Conforme N/A Não Aplicável

3 3 de 6 Este informe apresenta a curva I-V com os resultados do ensaio realizado no módulo fotovoltaico: BRP O ensaio foi efetuado conforme as indicações e orientações do Regulamento Específico para Uso da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia Sistemas e Equipamentos para Energia Fotovoltaica, Desempenho nas Condições Padrão de Teste. O módulo ensaiado possui potência nominal e eficiência, nas condições padrão de teste, conforme apresentado na tabela I. Tabela I Fabricante Marca Modelo Área (m²) Potência (W) Corrente Impp (A) Produção (kwh/mês) Eficiência (%) Peso (kg) Classificação Atria EEnergy BRANDONI SOLARE BRP , ,78 30,00 14,4 22 A Etiqueta Atria EEnergy BRANDONI SOLARE BRP ,4 1,66 30,00 240

4 Corrente A UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO 4 de 6 10 Curva I x V Tensão V Operador Arquivo Versão do Programa Givaldo E:\Data2.0.16\Optosolar\Settings\Atria BRP cells poli.txt OptoFlash Br Temp-coeff V β -0,13336 V/ C Temp-coeff I α 0, %/ C Temperatura Referência T REF 25 C Temperatura Módulo T 21 C Intensidade G 984 W/m² Intensidade Referência G REF 1000 W/m² Tensão Circuito Aberto U O 36,99 V Tensão PMP U PMP 29,73 V Corrente curto-circuito I K 7,95 A Corrente PMP I PMP 7,58 A Potência P PMP 225,42 W Fator de Forma FF 0,77 Data terça-feira, 28 de maio de 2013 Módulo Atria BRP cells poli Modelo Atria BRP cells poli N Serial BR-IT ; Tolerância Potência - 1 Tolerância Potência + 1 Ok Conforme

5 5 de 6

6 6 de 6

RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75780

RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75780 INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br CNPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento 1 de

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 77604

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 77604 Ensaio Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br CNPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento Laboratório de Ensaio acreditado

Leia mais

RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613

RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613 INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br CNPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento RELATÓRIO

Leia mais

Solarterra Imp e Com Ltda. São Paulo SP. Solarterra Imp e Com Ltda. São Paulo SP

Solarterra Imp e Com Ltda. São Paulo SP. Solarterra Imp e Com Ltda. São Paulo SP Ensaio Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 idade Universitária Butantã EP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br NPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento Laboratório de Ensaio acreditado

Leia mais

Laboratório de Energia Solar UFRGS

Laboratório de Energia Solar UFRGS RELATÓRIO TÉCNICO LABSOL-UFRGS Nº 073/15 PROGRAMA BRASILEIRO DE ETIQUETAGEM ENSAIO DE MÓDULO FOTOVOLTAICO ZNSHINE ZXP6-36-70/P Solicitante: CTC COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA. (Nome Fantasia CTC

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE A reprodução deste documento não pode ser parcial e depende da aprovação por escrito do laboratório; O conteúdo e as conclusões aqui apresentadas são da exclusiva responsabilidade do(s) autor(es) e não

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br CNPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento 1 de 10 A. Laboratório Responsável: SVSISFO-04

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78191

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78191 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br CNPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição

Leia mais

Valinhos SP. Valinhos SP

Valinhos SP. Valinhos SP Ensaio Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 idade Universitária Butantã EP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br NPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento Laboratório de Ensaio acreditado

Leia mais

YINGLI GREEN ENERGY DO BRASIL S.A. Rua Iguatemi, 192 Itaim Bibi, ANDAR 13 CONJ 133 Cep: São Paulo SP YINGLI GREEN ENERGY DO BRASIL S.

YINGLI GREEN ENERGY DO BRASIL S.A. Rua Iguatemi, 192 Itaim Bibi, ANDAR 13 CONJ 133 Cep: São Paulo SP YINGLI GREEN ENERGY DO BRASIL S. Ensaio Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 idade Universitária Butantã EP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br NPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento Laboratório de Ensaio acreditado

Leia mais

LABSOL Laboratório de Energia Solar UFRGS

LABSOL Laboratório de Energia Solar UFRGS PROMEC PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA EE ESCOLA DE ENGENHARIA DA UFRGS RELATÓRIO TÉCNICO LABSOL/UFRGS Nº 094/13 PROGRAMA BRASILEIRO DE ETIQUETAGEM ENSAIO DE MÓDULO FOTOVOLTAICO SOLAR

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78099

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78099 INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br CNPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento 1 de

Leia mais

0310 INF 01/10. Pág. 1 de 8

0310 INF 01/10. Pág. 1 de 8 Pág. 1 de 8 LABORÓRIO Laboratório de ensaios da TÜV RHEINLAND DO BRASIL Técnico responsável Gerente Técnico do Laboratório Laboratório...: TÜV Rheinland do Brasil Ltda. Endereço...: Rua dos Comerciários,

Leia mais

Laboratório de Energia Solar UFRGS

Laboratório de Energia Solar UFRGS RELATÓRIO TÉCNICO LABSOL-UFRGS Nº 115/15 PROGRAMA BRASILEIRO DE ETIQUETAGEM ENSAIO DE MÓDULO FOTOVOLTAICO CANADIAN SOLAR CS6X-315P Solicitante: CANADIAN SOLAR BRASIL SERVIÇOS DE CONSULTORIA EM ENERGIA

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante MEDIDOR DE VAZÃO ELETROMAGNÉTICO Optiflux 2000 F e Optiflux 4000 F CONAUT CONTROLES AUTOMÁTICOS LTDA.

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78100

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78100 INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br CNPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento 1 de

Leia mais

Laboratório de Energia Solar UFRGS

Laboratório de Energia Solar UFRGS RELATÓRIO TÉCNICO LABSOL UFRGS Nº 11/15 PROGRAMA BRASILEIRO DE ETIQUETAGEM ENSAIO DE MÓDULO FOTOVOLTAICO CANADIAN SOLAR CS6X 310P Solicitante: CANADIAN SOLAR BRASIL SERVIÇOS DE CONSULTORIA EM ENERGIA SOLAR

Leia mais

0932 INF 01/12. Pág. 1 de 8

0932 INF 01/12. Pág. 1 de 8 Pág. 1 de 8 LABORÓRIO Laboratóro de ensaios da TÜV RHEINLAND DO BRASIL Técnico responsável Gerente Técnico do Laboratório Laboratório...: TÜV Rheinland do Brasil Ltda. Endereço...: Rua dos Comerciários,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78069

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78069 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br CNPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição

Leia mais

Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 10/09/2014

Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 10/09/2014 Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 10/09/2014 Requisitos mínimos para luminárias LED Requisitos mínimos de segurança para a luminária

Leia mais

Módulos Fotovoltaicos

Módulos Fotovoltaicos Módulos Fotovoltaicos Os módulos são o principal componente das instalações fotovoltaicas. Estes para além de terem que produzir energia por mais de 25 anos, têm que resistir às mais rigorosas variações

Leia mais

LABSOL Laboratório de Energia Solar UFRGS

LABSOL Laboratório de Energia Solar UFRGS RELATÓRIO TÉCNICO LABSOL/UFRGS Nº 002/12 PROGRAMA BRASILEIRO DE ETIQUETAGEM ENSAIO DE MÓDULO FOTOVOLTAICO TALESUN TP672M 295 Solicitante: MES ENERGIA SOLUÇÕES EM ENERGIAS ALTERNATIVAS E RENOVÁVEIS LTDA.

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA MÓDULOS MONOCRISTALINOS SEM MOLDURA - SI-ESF-M-M125-36

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA MÓDULOS MONOCRISTALINOS SEM MOLDURA - SI-ESF-M-M125-36 Solar Innova usa os últimos materiais para a fabricação de seus módulos solar. Nossos módulos são ideais para qualquer aplicativo que usa o efeito fotoelétrico como uma fonte de energia limpa por causa

Leia mais

ITEN - INSTITUTO TECNOLÓGICO DE ENSAIOS LTDA.

ITEN - INSTITUTO TECNOLÓGICO DE ENSAIOS LTDA. ITEN - INSTITUTO TECNOLÓGICO DE ENSAIOS LTDA. Laboratório pertencente à RBLE. Relatório de Ensaios de Produtos (REP): n. 1403054-2/03 Emissão: 28.07.2014 Solicitante: Endereço: Fabricante: Eletrocal Indústria

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78129

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 78129 INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária Butantã CEP 05508-010 São Paulo SP BRASIL www.iee.usp.br CNPJ: 63.025.530/0042-82 Inscrição Estadual: isento 1 de

Leia mais

TÉCNICO(A) INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES FOTOVOLTAICOS

TÉCNICO(A) INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES FOTOVOLTAICOS TÉCNICO(A) INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES FOTOVOLTAICOS QUADRO RESUMO FORMAÇÃO UFCD Duração (H) Sistemas solares fotovoltaicos 4587 50 Módulos solares fotovoltaicos 4588 50 Projeto de sistema solar fotovoltaico

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante MEDIDOR DE VAZÃO DE ÁREA VARIÁVEL E INDICADOR DE VAZÃO H250..././M40./../.../..-Ex- e M40./../.../..-Ex..

Leia mais

RELATÓRIO DE ENSAIOS. Prancha Alisadora

RELATÓRIO DE ENSAIOS. Prancha Alisadora Página 1 de 8 RELATÓRIO DE ENSAIOS Prancha Alisadora Modelo: Turmaline Infrared LI-45 Página 2 de 8 1- Objetivo Este relatório apresenta os resultados dos ensaios de conformidade quanto a Potência e Segurança

Leia mais

Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED. Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 22/07/2014

Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED. Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 22/07/2014 Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 22/07/2014 Breve histórico Requisitos mínimos para luminárias LED Requisitos mínimos de segurança

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X Pagina 1/5 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección Produto / Modelo / Marca / Código de barras: Product / Model / Trademark / Bar Code Producto / Modelo / Marca / Codigo de

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA MÓDULOS POLICRISTALINOS - SI-ESF-M-P156-60

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA MÓDULOS POLICRISTALINOS - SI-ESF-M-P156-60 Solar Innova usa os últimos materiais para a fabricação de seus módulos solar. Nossos módulos são ideais para qualquer aplicativo que usa o efeito fotoelétrico como uma fonte de energia limpa por causa

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO

CERTIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO CERTIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO REQUISITOS DE AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE PROF. MARCOS FERGÜTZ ABRIL/14 INTRODUÇÃO - Legislação Portaria no. 51, de 28 de janeiro de 2014, do INMETRO,

Leia mais

PERÍCIAS DE ENGENHARIA ELÉTRICA

PERÍCIAS DE ENGENHARIA ELÉTRICA PERÍCIAS DE ENGENHARIA ELÉTRICA PERICIAS NAS DIVERSAS ÁREAS DA ENGENHARIA ELÉTRICA 1. PERICIAS EM TRANSFORMADORES Transformadores a óleo e transformadores a seco; Verificação de seus componentes; Ensaios

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante Fabricante: Manufacturer/Fabricante CONVERSOR DE SINAL Optiflux IFC 300 F CONAUT CONTROLES AUTOMÁTICOS

Leia mais

PRINCÍPIOS E UTILIZAÇÃO DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

PRINCÍPIOS E UTILIZAÇÃO DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA PRINCÍPIOS E UTILIZAÇÃO DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ELETROTÉCNICA E ENERGIA LABORATÓRIO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Roberto Zilles Conversão da energia solar Célula

Leia mais

Certificado de Calibração

Certificado de Calibração 1 Calibração Número: 01000/2011 Data da Calibração: 11/12/2011 1.Empresa 2.Equipamento Código : MUL001 Descrição: Multimetro digital de 4000 contagens Faixa Nominal : 0...600 Vcc, 0...600 Vca, 0...400

Leia mais

Laboratório de Sistemas de Energia. Ensaio de Colectores Solares Térmicos e Módulos Fotovoltaicos

Laboratório de Sistemas de Energia. Ensaio de Colectores Solares Térmicos e Módulos Fotovoltaicos Laboratório de Sistemas de Energia Ensaio de Colectores Solares Térmicos e Módulos Fotovoltaicos LSE 05-2013 1 Laboratório de Sistemas de Energia Ensaio de Colectores Solares Térmicos segundo as Normas:

Leia mais

Experiência 03 Ensaio de Fios Condutores

Experiência 03 Ensaio de Fios Condutores Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Engenharia Elétrica Laboratório de Materiais Elétricos EEL 7051 Professor Clóvis Antônio Petry Experiência 03 Ensaio de Fios Condutores Fábio P. Bauer

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA CATÁLOGO ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA Módulo Monocristalino de 60 Células BSM230M-60 Características Qualidade e dos módulos Todos os módulos solares são montados em Portugal pela Plurigás Solar Energias

Leia mais

ENE065 Instalações Elétricas I

ENE065 Instalações Elétricas I 07/05/2012 ENE065 Instalações Elétricas I Prof.: Ivo Chaves da Silva Junior ivo.junior@ufjf.edu.br Quadro de Distribuição Circuitos Terminais Circuitos Terminais Quadro de Distribuição Quadro de Distribuição

Leia mais

nano 1 2 a luz sustentável

nano 1 2 a luz sustentável nano 1 2 a luz sustentável 1 nano CARACTERISTicas LUMINária Design: A. Baré DESCRIção A Nano 1 é um bom exemplo de design inteligente. Baseada no conceito da miniaturização, esta luminária pode ser utilizada

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 221, de 09 de dezembro de 2003.

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante LUMINARIA FIXA PARA LAMPADAS FLUORESCENTES EXEL CORTEM S.p.A Via Aquileia 10, I-34070 Vilesse (Gorizia)

Leia mais

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO - MIC

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO - MIC MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO - MIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 011, de 02 de fevereiro de 1989. O Diretor de Metrologia

Leia mais

MICROGERAÇÃO E MINIGERAÇÃO DISTRIBUIDA

MICROGERAÇÃO E MINIGERAÇÃO DISTRIBUIDA MICROGERAÇÃO E MINIGERAÇÃO DISTRIBUIDA Versão: 01 Data: 12/01/2013 SUMÁRIO 1. Objetivo 03 2. Normas e Regulamentos Complementares 03 3. Definições 04 3.1. Acesso 04 3.2 Acordo Operativo 04 3.3. Condições

Leia mais

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br A SUPPLIER Indústria e Comércio de Eletroeletrônicos Ltda é uma empresa constituída com o objetivo de atuar no setor das Indústrias Eletroeletrônicas, principalmente na fabricação de fontes de alimentação

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TECNICA EFA110F100-A-00

ESPECIFICAÇÃO TECNICA EFA110F100-A-00 Histórico N. Doc. Revisão Data Descrição Aprovado 608567 A 31/03/14 Inicial Faria Executado: Edson N. da cópia: 01 Página 1 de 9 Sumário 1- INTRODUÇÃO...3 1.1- Diagrama de blocos...3 2- ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 001/2014. Pregão Presencial nº 009/2014

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 001/2014. Pregão Presencial nº 009/2014 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 001/2014 Pregão Presencial nº 009/2014 Aos 17 dias do mês de abril de 2014, na sala de licitações da CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO S/A. ELETROCAR, com sede na Av. Pátria,

Leia mais

CONCEITOS INICIAIS PARA DIMENSIONAMENTO SISTEMA FOTOVOLTAICO EM RESIDÊNCIAS

CONCEITOS INICIAIS PARA DIMENSIONAMENTO SISTEMA FOTOVOLTAICO EM RESIDÊNCIAS CONCEITOS INICIAIS PARA DIMENSIONAMENTO SISTEMA FOTOVOLTAICO EM RESIDÊNCIAS Introdução a Engenharia Professores: Márcio Zamboti Fortes e Vitor Hugo Ferreira (UFF) Bruno Henriques Dias e Flávio Gomes (UFJF)

Leia mais

Estrategia de resolução de problemas

Estrategia de resolução de problemas Estrategia de resolução de problemas Sistemas Isolados (p. 222) Muitos problemas na física podem ser resolvidos usando-se o princípio de conservação de energia para um sistema isolado. Deve ser utilizado

Leia mais

BATERIAS ESTACIONÁRIAS CHUMBO-ÁCIDAS REGULADAS POR VÁLVULA

BATERIAS ESTACIONÁRIAS CHUMBO-ÁCIDAS REGULADAS POR VÁLVULA COMPANHIA ENERGÉTICA DE MINAS GERAIS BATERIAS ESTACIONÁRIAS CHUMBO-ÁCIDAS REGULADAS POR VÁLVULA Especificação Técnica 02.112 - TI/SI 917a GERÊNCIA DE SUPORTE EM INFRA-ESTRUTURA DE TELECOMUNICAÇÕES E INFORMÁTICA

Leia mais

SUMÁRIO 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS...2 2. ESCOPO...3 3. MANUTENÇÃO...3 4. REFERÊNCIAS...3 5. SIGLAS E DEFINIÇÕES...4

SUMÁRIO 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS...2 2. ESCOPO...3 3. MANUTENÇÃO...3 4. REFERÊNCIAS...3 5. SIGLAS E DEFINIÇÕES...4 INSTRUÇÃO TÉCNICA PARA AVALIAÇÃO DA DISPOSITIVO INTEGRADO A BASE Página 1 de 20 SUMÁRIO 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS...2 2. ESCOPO...3 3. MANUTENÇÃO...3 4. REFERÊNCIAS...3 5. SIGLAS E DEFINIÇÕES...4 6. QUALIFICAÇÃO

Leia mais

EDITAL DE PUBLICAÇÃO SÉRIE PÓS-GRADUAÇÃO 2015

EDITAL DE PUBLICAÇÃO SÉRIE PÓS-GRADUAÇÃO 2015 GABINETE DA VICE-REITORIA EDITORA, GRÁFICA E LIVRARIA UNIVERSITÁRIA DA UFPEL EDITAL DE PUBLICAÇÃO SÉRIE PÓS-GRADUAÇÃO 2015 A Universidade Federal de Pelotas, por intermédio da Editora, Gráfica e Livraria

Leia mais

RESISTORES ELÉTRICOS

RESISTORES ELÉTRICOS RESISTORES ELÉTRICOS São dispositivos utilizados para limitar a passagem da corrente elétrica nos circuitos São feitos com material condutor de alta resistividade elétrica Transformam a energia elétrica

Leia mais

Energia Solar Fotovoltaica

Energia Solar Fotovoltaica Universidade Federal de Santa Catarina Instituto de Eletrônica de Potência Energia Solar Fotovoltaica Prof. Denizar Cruz Martins, Dr. Tecnologia Fotovoltaica Revisão Histórica 1839 Placas metálicas mergulhadas

Leia mais

FONTES DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA

FONTES DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA FONTES DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA Lâmpadas de vapor de sódio de alta pressão Características e ensaios Elaboração: DTI Homologação: conforme despacho do CA de 2011-11-23 Edição: 3ª. Substitui a edição de JUL

Leia mais

Campinas, 18 de outubro de 2010

Campinas, 18 de outubro de 2010 Resolução Nº 56 Seção IX Relatório de Teste Número: CertLab-WIF-63--Rev Equipamento sob Ensaio Modelo: Nome: Tecnologia Ltda. Campinas, 8 de outubro de Laboratório de ensaio acreditado pela CGCRE/INMETRO

Leia mais

R volucionário. Um passo além do módulo de célula solar. Um passo além da produção de calor com matriz solar. Alta performance. Prático.

R volucionário. Um passo além do módulo de célula solar. Um passo além da produção de calor com matriz solar. Alta performance. Prático. inside ideas R volucionário. Um passo além do módulo de célula solar. Um passo além da produção de calor com matriz solar. Revo é um sistema solar já concebido e desenvolvido em uma forma híbrida de modo

Leia mais

22.32.0.xxx.1xx0 22.32.0.xxx.4xx0. Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores

22.32.0.xxx.1xx0 22.32.0.xxx.4xx0. Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores Série 22 - Contator modular 25-40 - 63 A SÉRIE 22 Características 22.32.0.xxx.1xx0 22.32.0.xxx.4xx0 Contator modular de 25A - 2 contatos argura do módulo, 17.5 mm Contatos NA com abertura 3mm com dupla

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO. Título. Medidor Eletrônico de Energia Elétrica Quatro Quadrantes de Múltiplas Funções Medição Indireta

ESPECIFICAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO. Título. Medidor Eletrônico de Energia Elétrica Quatro Quadrantes de Múltiplas Funções Medição Indireta 1 Usuários: Divisão de Medição e Proteção da Receita, Gerências e Centros Regionais. SUMÁRIO 1. OBJETIVO 2. NORMAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 3. DEFINIÇÕES 4. CONDIÇÕES GERAIS 5. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS

Leia mais

ENGEMATEC CAPACITORES

ENGEMATEC CAPACITORES ENGEMATEC CAPACITORES CORREÇÃO DO FATOR DE POTÊNCIA Confiança e economia na qualidade da energia. Equipamentos Elétricos e Elêtronicos de Potência Ltda 2 MODELOS DOS CAPACITORES TRIFÁSICOS PADRONIZADOS

Leia mais

CERTIFICADO DE CALIBRAÇÃO Nº 0362/2009 Pág. 1 de 9

CERTIFICADO DE CALIBRAÇÃO Nº 0362/2009 Pág. 1 de 9 CERTIFICDO DE CLIBRÇÃO Nº 0362/2009 Pág. 1 de 9 1. SOLICITNTE: Cliente: VEGTRON SSISTÊNCI TÉCNIC LTD Endereço: Rua Teerã, 989 - Vl. Hamburguesa - São Paulo - SP 2. CRCTERÍSTICS DO INSTRUMENTO: calibrado:

Leia mais

O MÓDULO FOTOVOLTAICO PARA GERADOR SOLAR DE ELETRICIDADE. Autor: Eng. Carlos Alberto Alvarenga alvarenga@solenerg.com.br www.solenerg.com.

O MÓDULO FOTOVOLTAICO PARA GERADOR SOLAR DE ELETRICIDADE. Autor: Eng. Carlos Alberto Alvarenga alvarenga@solenerg.com.br www.solenerg.com. 1 O MÓDULO FOTOVOLTAICO PARA GERADOR SOLAR DE ELETRICIDADE Autor: Eng. Carlos Alberto Alvarenga alvarenga@solenerg.com.br www.solenerg.com.br Outubro/2014 1. O MÓDULO FOTOVOLTAICO A célula fotovoltaica

Leia mais

Manual do Integrador. Programa de Formação

Manual do Integrador. Programa de Formação Manual do Integrador Programa de Formação Introdução As oportunidades de iniciação de frentes de negócios na indústria fotovoltaica brasileira são diversas e estão abertas a todos aqueles que desejam começar

Leia mais

SER PESADO EM PRESENÇA DO CONSUMIDOR,

SER PESADO EM PRESENÇA DO CONSUMIDOR, Hoje iremos abordar vários temas ligados a Setor de Mercadorias Pré Medidas. E a primeira duvida e entender o que é um produto Pré Medido? produto pré medido e todo ou qualquer produto medido e/ou embalado

Leia mais

1. Objetivo 1. 2. Referências 1. 3. Condições gerais 1. 4. Condições específicas 1. 5. Inspeção 2. Tabela 1 - Características elétricas e mecânicas 4

1. Objetivo 1. 2. Referências 1. 3. Condições gerais 1. 4. Condições específicas 1. 5. Inspeção 2. Tabela 1 - Características elétricas e mecânicas 4 SUMÁRIO Pág. 1. Objetivo 1 2. Referências 1 3. Condições gerais 1 4. Condições específicas 1 DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA DE CÓPIAS 02.118-CONEM-0003 5. Inspeção 2 Tabela 1 - Características elétricas e mecânicas

Leia mais

CRITÉRIOS PARA A CONCESSÃO DO SELO PROCEL DE ECONOMIA DE ENERGIA A MÁQUINAS DE LAVAR ROUPA

CRITÉRIOS PARA A CONCESSÃO DO SELO PROCEL DE ECONOMIA DE ENERGIA A MÁQUINAS DE LAVAR ROUPA CRITÉRIOS PARA A CONCESSÃO DO SELO PROCEL DE ECONOMIA DE ENERGIA A MÁQUINAS DE LAVAR ROUPA (DOCUMENTO COMPLEMENTAR AO REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DO SELO PROCEL DE ECONOMIA DE ENERGIA) (Revisão I) 25/08/2010

Leia mais

Certificação de Válvulas Industriais NBR-15827

Certificação de Válvulas Industriais NBR-15827 Página 1 de 5 Certificação de Válvulas Industriais NBR-15827 Informações para Preenchimento 1. Este questionário refere-se exclusivamente para solicitações de proposta dos serviços de Certificação de Produtos

Leia mais

EDITAL Nº 01, de 21 de março de 2013

EDITAL Nº 01, de 21 de março de 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE ACADÊMICA EM DIREITO CCJS/UFCG/SOUSA-PB PROGRAMA

Leia mais

Megôhmetro Digital de 12kV

Megôhmetro Digital de 12kV Megôhmetro Digital de 12kV Funções: Maior flexibilidade para testar máquinas de alta tensão, se comparado aos instrumentos comuns com tensão de medição de 5/10kV. A alta corrente de curto aumenta a velocidade

Leia mais

www.wattsun-solar.com WATTSUN

www.wattsun-solar.com WATTSUN SISTEMAS SOLARES www.wattsun-solar.com WATTSUN SISTEMAS S O L A R E S FIX&POWER SISTEMAS S O L A R E S Autoconsumo FIX&POWER Contador SISTEMAS S O L A R E S 3 kw + 2 kw 3 kw Autoconsumo parcial SISTEMAS

Leia mais

Portaria Inmetro/Dimel nº 0167, de 30 de setembro de 2014.

Portaria Inmetro/Dimel nº 0167, de 30 de setembro de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO Portaria Inmetro/Dimel nº 0167, de 30 de setembro

Leia mais

Número: TERMO DE REFERÊNCIA PRL 001/2012. Data: PRL Gerência do Programa Luz para Todos 26/01/2012 1.0 - OBJETO/FINALIDADE:

Número: TERMO DE REFERÊNCIA PRL 001/2012. Data: PRL Gerência do Programa Luz para Todos 26/01/2012 1.0 - OBJETO/FINALIDADE: 1.0 - OBJETO/FINALIDADE: Aquisição de 7.812 Unidades de Medição Eletrônica de Energia Elétrica, 1 elemento, 1 fase, 3 fios, 240V e 15(100)A para implantação em padrões de entrada de unidades consumidoras

Leia mais

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Capacitores Correção do Fator de Potência Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Sumário Tecnoloia dos Capacitores...4 Linha de Produtos...5 UCW - Unidade Capacitiva Monofásica...6

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA CATÁLOGO ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA Microgeração Minigeração Segmentos de Negócio Iluminação Solar Bombeamento Solar de Água Sistema Isolado 2 GAMA Segmentação de Modelos GAMA BN Monocristalino BN Policristalino

Leia mais

Ensaio de resistência de isolamento

Ensaio de resistência de isolamento 56 Capítulo VII Ensaios de resistência de isolamento e de rigidez dielétrica Por Marcelo Paulino* A avaliação do sistema isolante consiste em uma das principais ferramentas para determinar a condição operacional

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional

Diário Oficial Imprensa Nacional INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 13, DE 22 DE OUTUBRO DE 2009 Dispõe sobre a documentação para regularização de equipamentos médicos das Classes de Risco I e II. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância

Leia mais

Anexo VIII - Fichas de medições de ruídos e de vibrações e Certificado de Calibração do Equipamento

Anexo VIII - Fichas de medições de ruídos e de vibrações e Certificado de Calibração do Equipamento RELATÓRIO TÉCNICO Código RT-020.00/RA2/004 Emissão O.S. 15/08/13 Folha 10 de 12 Rev. A Emitente Resp. Técnico Emitente 15/08/13 Verificação / São Paulo Transporte Anexo VIII - Fichas de medições de ruídos

Leia mais

ENGENHARIA, CONSULTORIA E TREINAMENTO.

ENGENHARIA, CONSULTORIA E TREINAMENTO. 1 CURSO DE ATUALIZAÇÃO TÉCNICA PARA PROFISSIONAIS DA ÁREA DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Nota: 2º Curso do Gênero no Interior do Estado de São Paulo PERIODO: 06 A 10 DE AGOSTO DE 2012

Leia mais

SEÇÃO TÉCNICA DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

SEÇÃO TÉCNICA DE MÁQUINAS ELÉTRICAS Um conjunto composto por: Uma unidade de alimentação de potência ininterrupta ("NO-BREAK"), monofásica, com os seguintes dados declarados em placa: Marca: PhD; Modelo: HP9100C; Número de série: 2LBG070925089020004;

Leia mais

Quadros de distribuição de energia elétrica

Quadros de distribuição de energia elétrica Catálogo Técnico Quadros de distribuição de energia elétrica de embutir de sobrepor 206-01/2009-0 Quadros de distribuição de energia elétrica Linha Luxury ÍNDICE Características técnicas...2 Acessórios...4

Leia mais

Para tornar-se representante dos produtos da Insertsoft através de Parceria a empresa devera seguir o seguinte roteiro:

Para tornar-se representante dos produtos da Insertsoft através de Parceria a empresa devera seguir o seguinte roteiro: Termo de Parceria Objetivo Este documento tem como objetivo de orientar empresas que tem interesse em se qualificar como parceiros para representação dos produtos fornecidos pela Insertsoft através do

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 370, de 19 de dezembro de 2007.

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X Pagina 1/7 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección WIKA do Brasil Indústria e Comércio Ltda. Av Úrsula Wiegand, 03, Iperó SP Brasil - CEP 18560-000 CNPJ: 61.128.500/0001-06

Leia mais

MODELO USADO EM CONDIÇÕES DE TREINAMENTO.

MODELO USADO EM CONDIÇÕES DE TREINAMENTO. REV. DATA REVISÃO REVISADO POR APROVADO POR MODELO USADO EM CONDIÇÕES DE TREINAMENTO. Termo de confidencialidade: O conteúdo deste relatório, incluindo toda e qualquer anotação e listas de verificação

Leia mais

QUALIFICAÇÃO DE EMPRESAS PARA DESENVOLVIMENTO E HOMOLOGAÇÃO DE MOLA PNEUMÁTICA DA SUSPENSÃO DOS TUE'S

QUALIFICAÇÃO DE EMPRESAS PARA DESENVOLVIMENTO E HOMOLOGAÇÃO DE MOLA PNEUMÁTICA DA SUSPENSÃO DOS TUE'S PROJETO BÁSICO Nº 3/13 Data 14/03/2013 UO SEITEC SSituação Recebido pelo SECOM Objeto QUALIFICAÇÃO DE EMPRESAS PARA DESENVOLVIMENTO E HOMOLOGAÇÃO DE MOLA PNEUMÁTICA DA SUSPENSÃO DOS TUE'S Texto do Projeto

Leia mais

Portaria nº 488, de 4 de novembro de 2014. CONSULTA PÚBLICA

Portaria nº 488, de 4 de novembro de 2014. CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria nº 488, de 4 de novembro de 2014. CONSULTA

Leia mais

Protótipos: Conversão Fotovoltaica de Energia Solar

Protótipos: Conversão Fotovoltaica de Energia Solar Protótipos: Conversão Fotovoltaica de Energia Solar Susana Viana LNEG Laboratório Nacional de Energia e Geologia Estrada do Paço do Lumiar, 1649-038 Lisboa, PORTUGAL susana.viana@lneg.pt 1 O Recurso Solar

Leia mais

Portaria n.º 558, de 19 de novembro de 2013.

Portaria n.º 558, de 19 de novembro de 2013. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 558, de 19 de novembro de 2013. O PRESIDENTE

Leia mais

Portaria n.º 239, de 09 de maio de 2012.

Portaria n.º 239, de 09 de maio de 2012. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO Portaria n.º 239, de 09 de maio de 2012. O PRESIDENTE

Leia mais

Conceitos básicos de Componentes SMD. Eng. Décio Rennó de Mendonça Faria

Conceitos básicos de Componentes SMD. Eng. Décio Rennó de Mendonça Faria Conceitos básicos de Componentes SMD Eng. Décio Rennó de Mendonça Faria Maio de 2014 Componentes em SMD Atualmente, nos equipamentos eletrônicos modernos, a utilização de resistores e capacitores convencionais

Leia mais

Relatório de Ensaio Nº FLA 0003/2013

Relatório de Ensaio Nº FLA 0003/2013 Página 1 de 6 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul LABELO - Laboratórios Especializados em Eletroeletrônica Calibração e Ensaios Rede Brasileira de Laboratórios de Ensaios Laboratório

Leia mais

Certificado de Conformidade

Certificado de Conformidade Produto: Product Producto: Solicitante: Applicant Solicitante: Fabricante: Manufacturer Fabricante: Fornecedor / Representante Legal: Supplier / Legal Representative Proveedor / Representante Legal: Normas

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento D.O.U. Nº 225, sexta-feira, 24 de novembro de 2006. Pág. 10 SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 65, DE 21 DE NOVEMBRO

Leia mais

Chaves 3 KU Seccionadoras e Comutadoras

Chaves 3 KU Seccionadoras e Comutadoras haves 3 KU Seccionadoras e omutadoras haves Seccionadoras e omutadoras Seccionadoras s chaves Seccionadoras E tipo 3KU1, para cargas de 12 a 1000 em 00 Vca 0- Hz, são apropriadas para uso como chaves gerais

Leia mais

Centro Universitário Unieuro vestibular@unieuro.com.br

Centro Universitário Unieuro vestibular@unieuro.com.br A Comissão de Acesso ao Ensino Superior informa que estão abertas as inscrições para o 1º semestre letivo de 2016, nas seguintes modalidades: 1º Processo Seletivo Agendado Edital 21/2015 (para novos alunos)

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Procuradoria-Geral de Justiça ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Procuradoria-Geral de Justiça ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Processo SIIG nº 0009881-8/2011. Processo Licitatório nº 013/2011 Pregão Presencial nº 004/2011 Ata de Registro de Preços nº 004/2011 Validade da Ata: 12 (doze) meses. Aos sete

Leia mais

FERRAMENTA DE CONFIABILIDADE: METODOLOGIA DE ENSAIOS EM MOTORES ELÉTRICOS NA OFICINA APÓS A MANUTENÇÃO Case ThyssenKrupp CSA

FERRAMENTA DE CONFIABILIDADE: METODOLOGIA DE ENSAIOS EM MOTORES ELÉTRICOS NA OFICINA APÓS A MANUTENÇÃO Case ThyssenKrupp CSA FERRAMENTA DE CONFIABILIDADE: METODOLOGIA DE ENSAIOS EM MOTORES ELÉTRICOS NA OFICINA APÓS A MANUTENÇÃO Case ThyssenKrupp CSA Engenheiro de Manutenção Preditiva Sênior Rounald de Oliveira Santos Engenheiro

Leia mais

PAINÉIS DE PROTEÇÃO E CONTROLE - AT

PAINÉIS DE PROTEÇÃO E CONTROLE - AT PAINÉIS DE PROTEÇÃO E CONTROLE - AT A Energesp iniciou suas atividades no ano de 2001 com a fabricação de toda a linha de painéis elétricos para o ramo da construção civil. Atualmente, além da fabricação

Leia mais