ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus"

Transcrição

1 ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus

2 LEMA E VISÃO ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus Por Pr. Amadilson de Paula Diretor do Demap Geral Metanoia + Viva o Reino + Igreja Proclamadora = Adoração Irresistível Nos últimos anos, boa parte dos músicos e adoradores da IAP tem sido ministrada com a mensagem da Metanoia, Viva o reino e Proclamação. Uma vez que esses adoradores já passaram pela metanoia, estão vivendo o reino e proclamando o Deus Santo, é chegada a hora de se aproximarem do trono do Pai, por meio da cruz (1 Pedro 2:5; Hebreus 10:19-22), oferecendo a Adoração Irresistível, aquela que surge de um coração quebrantado (Salmo 51:10-17; Tiago 4:6-10 ), capaz de tocar e mover o coração de Deus ( Salmo 113:4-6 ). Proposta: O Departamento de Música e Artes (DEMAP) propõe que, nos próximos anos, todos os músicos e adoradores da IAP estudem, reflitam e vivam cinco propósitos bíblicos que os levarão a oferecer a ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL: adoração, ministério (serviço), comunhão, discipulado e evangelismo. Esses propósitos são equivalentes às diretrizes estabelecidas pela Convenção Geral da IAP: Santificação, Proclamação, Educação Eclesiástica e Valorização de Crianças, Jovens e Mulheres. 1 Pedro 2:5 Salmo 51:10-17 Salmo 113:4-6 Tiago 4:7-10 Hebreus 10:19-22 Isaías 57:15 2 adoracaoirresistivel.com

3 1º PROPÓSITO Mt 22:37 adoração Reconhecendo que todas as coisas foram criadas por ele, e tudo existe por meio dele e para ele (Rm 11:36). Deixando que Deus os use na construção de um templo espiritual onde (...) servirão como sacerdotes dedicados a Deus. E isso para que, por meio de Jesus Cristo, ofereçam sacrifícios que Deus aceite (1 Pd 2:5). Obedecer a Deus, achegar-se a ele e enfrentar o diabo (Tiago 4:7,8). Adoração não é algo que deve ser feito somente quando se está na igreja, no momento dos cultos. Adoração não é apenas música. Não está relacionada ao tipo de ritmo, andamento da música, volume ou movimentos. Adoração tem a ver com o estilo de vida, cujo objetivo deve ser apenas um: agradar a Deus, cantando, tocando, falando, negociando, namorando, trabalhando, limpando o templo e suas dependências, carregando o piano, sentado ou caminhando, salmodiando, manifestando-se com expressões corporais, orando, ofertando, lendo ou testemunhando. Os músicos e adoradores devem reconhecer que não há nenhum mérito em saber tocar, cantar ou expressar-se através de qualquer tipo de arte como oferta de louvor ao Senhor, pois os instrumentos, a voz e o corpo pertencem a ele. Portanto, só podem ser usados como sacerdotes dedicados a Deus obedecendo aos seus mandamentos e mantendo-se distantes do pecado: Deus nos escolheu para sermos o seu povo, por meio da nossa união com Cristo, Ef. 1:11. Não há como servir a dois senhores. Deus não aceita adoração feita por quem pratica... a imoralidade sexual, a impureza, as ações indecentes, a adoração de ídolos, as feitiçarias, as inimizades, as brigas, as ciumeiras, os acessos de raiva, a ambição egoísta, a desunião, as divisões, as invejas, as bebedeiras, as farras e outras coisas parecidas com essas. Repito o que já disse: os que fazem essas coisas não receberão o Reino de Deus. (Gl 5:19-21) 3

4 2º PROPÓSITO Rm 12:1-8 Mt 20:28 Para desempenhar o serviço ministerial, os músicos e adoradores devem buscar, com zelo, os dons espirituais (1 Co 12; Rm 8; Ef 4); administrar, com inteligência e sabedoria, seus interesses pessoais (Mt 12:34; Pv 4:23; Sl 37:4); aplicar, com excelência, suas habilidades dentro do ministério (Êx 31:3; 1 Co 12:5); permitir que Deus molde suas personalidades, para lhe ofertarem o sacrifício agradável e aceitável (1 Co 2:11) e finalmente, reconhecer suas fragilidades e limitações, sendo submissos às autoridades constituídas (pastores, consagrados, líderes e até mesmo o poder político), dispostos a aprender com eles, pois zelam pelo cumprimento da palavra de Deus e da manutenção da paz e da ordem na nação onde a boa música e a adoração são realizadas (Rm 13:1). Essa atitude promove experiência, atributo essencial para se alcançar a excelência no exercício e na liderança do ministério de música e adoração. ministério A partir do momento em que um músico ou adorador passa a servir no templo, é-lhe conferida a legitimidade como ministro. O termo grego para ministro, huperetes, sugere a ideia de alguém que rema, ou seja, um membro da tripulação de um navio; um serviçal. Refere-se também a um oficial de justiça (Mat. 5:25 ); serventuários (Mat. 26:58); assistente da sinagoga (Lucas 4:20) e serviço auxiliar (Atos 13:5)¹. O apóstolo Paulo faz alusão a isso, em 1 Co 4:1: Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo. Em outras palavras, ele está dizendo que devemos nos tornar serviçais de Cristo. Quem faz parte do ministério de louvor e adoração deve aprender que está a serviço de Cristo e da igreja e que deve apresentar-se diante de Deus aprovado (2 Tm 2:15), não fazendo nada por contenda ou por vanglória, mas por humildade (Fp 2:3). Os músicos e adoradores que se dispõem a oferecer seus dons e ministérios a serviço do reino devem, antes de tudo, compreender que foram moldados para servir, com humildade e mansidão, sempre cheios do Espírito Santo, pois foram trazidos da morte para a vida, e, portanto, devem entregar-se completamente a Deus, para que ele os use, a fim de fazerem o que é direito (Rm 6:13). 4

5 3º PROPÓSITO 1 Jo 1:7 Amando uns outros: Mc 12: 31; Rm 13:8; 1 Jo 4:11,12. Eis a essência de tudo: amor. Sem isso, a música e a adoração serão apenas ruídos, que a ninguém edificam (1 Co 13). comunhão Toda expressão de adoração (música cantada ou tocada, expressão corporal, poesia, teatro etc. ) deve ser precedida de uma forte e contínua atitude de comunhão entre os adoradores e a igreja; afinal, somos membros do corpo de Cristo. Essa comunhão (gr. koynonia) significa um relacionamento íntimo e estreito que as pessoas aceitam entre si (Barclay, 2009, p.122). Neste sentido, os músicos e adoradores são separados para ministrar na casa do Senhor, cheios do Espírito Santo, com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitandose uns aos outros no temor de Cristo (Ef 5:19-21). O requisito mais importante para que toda expressão de adoração toque o coração de Deus é: Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado (João 1:7 grifo nosso). 5

6 4º PROPÓSITO Cl 1:28 Ef 4:12-13 Sendo um discipulador. Sendo persistente e constante no ensino. Sendo intercessor dos seus discípulos. Sendo um discipulador cheio do Espírito Santo. discipulado Os músicos e adoradores são genuínos discípulos de Cristo e devem tornar-se discipuladores, semeando a boa semente e colhendo os resultados. Os músicos e adoradores discipuladores devem gerar novas vidas, pois foram transportados das trevas para a luz maravilhosa, para levar salvação às pessoas, através dos dons e ministérios que possuem (1 Pd 1:13); devem formar discípulos de Cristo, ensinando-os a obedecer a Deus, preparando-os para serem usados poderosamente no serviço do reino, transformando seus respectivos locais de adoração em verdadeiros palcos, onde somente a glória do Senhor se estabeleça, de fato. Os músicos e adoradores são responsáveis pela formação de novos discípulos (Mt 28:19). Eis a missão. 6

7 5º PROPÓSITO 2 Co 5:20 Mt 28:19-20 Mc 16:15 Lc 24:47-49 Jo 20:21 At 1:8 Motivando a equipe de música e adoração a proclamar o reino. Organizando e participando de Pequenos Grupos ( Grupos Familiares). evangelismo Cada músico e adorador deve ser um evangelizador. Comunicar e proclamar a palavra de Deus, através das diversas formas da arte, deve ocupar lugar prioritário na vida daquele que se dedica ao ministério da música e adoração. Quando a adoração agrada a Deus, também atrai a atenção do mundo, tornando-se irresistível para este. Os músicos e adoradores não devem limitar-se ao canto, ao toque, à expressão corporal ou a outros tipos de arte, na adoração. Essas práticas precisam ser acompanhadas de palavras faladas e proclamadas, ou seja, pessoas precisam ouvir as verdades do reino, por intermédio da pregação dos adoradores; caso contrário, as próprias pedras clamarão (Lc 19:37-40). Otimizando o uso da tecnologia para a divulgação do evangelho. 7

8 adoracaoirresistivel.com

Secretaria de Espiritualidade. Colaborar com a Presidente no planejamento da atividade de toda parte devocional da Sociedade.

Secretaria de Espiritualidade. Colaborar com a Presidente no planejamento da atividade de toda parte devocional da Sociedade. Secretaria de Espiritualidade Colaborar com a Presidente no planejamento da atividade de toda parte devocional da Sociedade. O que é liturgia? Roteiro do Culto; Ordem do Culto; Levar as pessoas a disposição

Leia mais

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão:

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: II) NOSSA VISÃO Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: A) Adorar a Deus em espírito e verdade Queremos viver o propósito para o qual Deus

Leia mais

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS INTRODUÇÃO Culto é um serviço Espiritual oferecido a Deus. Expressão mais profunda do nossos sentimentos de adoração

Leia mais

Perfil da Igreja que possui maturidade

Perfil da Igreja que possui maturidade Perfil da Igreja que possui maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Atos 2.7-45 7 - E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?

Leia mais

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados...

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... Apostila de Fundamentos Arrependimento Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... (Atos 3:19) A r r e p e n d i m e n t o P á g i n a 2 Arrependimento É muito importante

Leia mais

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA TRILHO PEDRA VIVA ROTEIRO PARA PLANTAÇÃO DE VIDAS Um provérbio chinês nos lembra : se sua visão é para um ano, plante trigo; se sua visão é para uma década, plante árvores; se sua visão é para toda a vida,

Leia mais

ELABORAÇÃO UMA LITURGIA. Adoração e Louvor Aula 10

ELABORAÇÃO UMA LITURGIA. Adoração e Louvor Aula 10 ELABORAÇÃO UMA LITURGIA Adoração e Louvor Aula 10 Os cânticos e hinos devem ser previamente escolhidos conforme o tema do culto, a mensagem e o momento litúrgico. Exemplo Prático: Liturgia do dia 01-12-2013

Leia mais

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1 1 O caminho da harmonia. Colossenses 3 e 4 Col 3:1-3 Introdução: Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham

Leia mais

Liderança Cristã SEFO 2013

Liderança Cristã SEFO 2013 Liderança Cristã SEFO 2013 1ª Aula Fabio Codo Fábio Codo - http://teologiaaservicoevangelho.wordpress.com Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes Conteúdo Programático

Leia mais

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI Lição 07 A COMUNIDADE DO REI OBJETIVO: Apresentar ao estudante, o ensino bíblico sobre a relação entre a Igreja e o Reino de Deus, para que, como súdito desse reino testemunhe com ousadia e sirva em amor.

Leia mais

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1)

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) Ministério de Intercessão A Intercessão e a Batalha Espiritual Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) O que é Intercessão?

Leia mais

DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS

DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS Movendo Pessoas da Congregação para os Comprometidos para que não mais sejamos como meninos Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.

Leia mais

O S F U N D A M E N T O S Educação Teológica. Salmo 11.3 Quando os fundamentos estão sendo destruídos, que pode fazer o justo?

O S F U N D A M E N T O S Educação Teológica. Salmo 11.3 Quando os fundamentos estão sendo destruídos, que pode fazer o justo? OS FUNDAMENTOS Salmo 11.3 Quando os fundamentos estão sendo destruídos, que pode fazer o justo? O justo é chamado a perseverar com fé, esperança e amor. Não importa quais sejam as crises, o justo não pode

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal Personal Commitment Guide Guia de Compromisso Pessoal Nome da Igreja ou Evento Nome do Conselheiro Telefone 1. Salvação >Você já atingiu um estágio na vida em que você tem a certeza da vida eterna e que

Leia mais

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer.

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer. ESTUDO 02 A COMUNHÃO E MUTUALIDADE Vimos que a comunhão se baseia numa relação entre pessoas, e tem diversas maneiras de se manifestar. Já que as relações são mais experimentadas do que vistas, não é fácil

Leia mais

Demonstração de Maturidade

Demonstração de Maturidade Demonstração de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO 2 Reis 4.12-17 12 - Então disse ao seu servo Geazi: Chama esta sunamita. E chamando-a ele, ela se pôs diante dele. 13 - Porque ele tinha falado a Geazi:

Leia mais

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I.

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Introdução. Na Carta aos Efésios 6.18, podemos perceber que há diversos tipos de oração, instruindo-nos o Espírito Santo que

Leia mais

MINISTÉRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS UNIDA

MINISTÉRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS UNIDA MINISTÉRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS UNIDA Pastor Miquéas Matos 2013 Pastor Vladimir Sales Presbítero Adilson dos Reis PESCAR ADU Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão

Leia mais

Dia 24 - DOAR. Você consegue ver mudanças internas?

Dia 24 - DOAR. Você consegue ver mudanças internas? Jesus deu a resposta aos fariseus naquele dia. Portanto, deem aos pobres o que está dentro dos seus copos e dos seus pratos, e assim tudo ficará limpo para vocês. (Lc 11.41). Com aquela Palavra, Ele tocou

Leia mais

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ANOTAÇÕES Como Planejar Um Culto Sensível Aos Não-crentes INTRODUÇÃO Uma das características do ministério de Jesus é que ele atraía muitas pessoas A Bíblia diz que "Numerosas

Leia mais

O Papel da Mulher Cristã

O Papel da Mulher Cristã O Papel da Mulher Cristã Hoje as mulheres estão bem mais interessadas em carreiras profissionais e menos desejosas do papel no lar. Porém cada um tem a sua importância. Qual será então, o papel da mulher

Leia mais

2015 O ANO DO DISCIPULADO

2015 O ANO DO DISCIPULADO IGREJA DE CRISTO NO BRASIL MINISTÉRIO ICRV 2015 O ANO DO DISCIPULADO NOSSA FUNDAÇÃO A Igreja de Cristo no Brasil foi fundada em 13 de dezembro de 1932, na cidade de Mossoró RN. Como organização denominacional,

Leia mais

MINISTÉRIO PESSOAL (1) TEXTO BASE 1PEDRO 4:10-11. Rev. Helio Sales Rios Igreja Presbiteriana do Jardim Brasil Estudo Bíblico Quartas-Feiras

MINISTÉRIO PESSOAL (1) TEXTO BASE 1PEDRO 4:10-11. Rev. Helio Sales Rios Igreja Presbiteriana do Jardim Brasil Estudo Bíblico Quartas-Feiras MINISTÉRIO PESSOAL (1) TEXTO BASE 1PEDRO 4:10-11 Rev. Helio Sales Rios Igreja Presbiteriana do Jardim Brasil Estudo Bíblico Quartas-Feiras INTRODUÇÃO O grande problema que a igreja enfrenta hoje, para

Leia mais

www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES

www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES A RESPONSABILIDADE É PESSOAL A CEEN é uma igreja que tem a responsabilidade de informar e ensinar os valores e princípios de Deus,

Leia mais

Igreja Amiga da criança. Para pastores

Igreja Amiga da criança. Para pastores Igreja Amiga da criança Para pastores Teste "Igreja Amiga da Criança" O povo também estava trazendo criancinhas para que Jesus tocasse nelas. Ao verem isso, os discípulos repreendiam aqueles que as tinham

Leia mais

Lição 8 Trabalhar com Líderes

Lição 8 Trabalhar com Líderes Lição 8 Trabalhar com Líderes Já havia mais de um ano que o António se tornara membro da sua igreja. Ele tinha aprendido tanto! Começou a pensar nos líderes da igreja que o tinham ajudado. Pensava naqueles

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

UMA AVALIAÇÃO DA MÚSICA DA NOSSA IGREJA

UMA AVALIAÇÃO DA MÚSICA DA NOSSA IGREJA UMA AVALIAÇÃO DA MÚSICA DA NOSSA IGREJA Aula 8 Objetivo: Capacitar o aluno para avaliar toda música (os hinos, cânticos espirituais, solos, cânticos para o coral, etc.) que cantamos e ouvimos. Segunda

Leia mais

31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss

31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss 31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss A palavra do Senhor nos ensina a orarmos uns pelos outros, e isso inclui a responsabilidade e grande privilégio das esposas em orarem pelos seus

Leia mais

CÉLULAS O QUE É UMA IGREJA EM CÉLULAS

CÉLULAS O QUE É UMA IGREJA EM CÉLULAS CÉLULAS O QUE É UMA IGREJA EM CÉLULAS É uma igreja de duas asas Culto Uma asa é a reunião nas casas e a outra é a reunião de celebração nos templos. Pequenos grupos É uma igreja pequena do tamanho de uma

Leia mais

Apêndice 2. Instruções para Manejar Bem a Palavra da Verdade

Apêndice 2. Instruções para Manejar Bem a Palavra da Verdade APÊNDICE 2 259 Apêndice 2 Instruções para Manejar Bem a Palavra da Verdade Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade (2

Leia mais

O Discipulado e a Vida da Igreja

O Discipulado e a Vida da Igreja Série Estudos Bíblicos Nº 2 O Discipulado e a Vida da Igreja Um Estudo Bíblico Essencial ao Crescimento e Maturidade Cristã Ademir Ifanger E s t u d o s B í b l i c o s P á g i n a 2 Índice Estudo Bíblico

Leia mais

RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20

RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20 MÓDULO 1 RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20 18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO DECLARAÇÃO DE FÉ Pr Josemeire Ribeiro CRM PR 2015 O que é credo? É o que eu creio. PLANO DE SALVAÇÃO QUEDA REDENÇÃO RESTAURAÇÃO Declaração de Fé da IEQ foi compilada por sua fundadora Aimeé Semple McPherson,

Leia mais

Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade.

Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade. Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade. Evangelho de Mateus, capítulo 20, versículo 28: "Assim como

Leia mais

O SENHOR JESUS CRISTO

O SENHOR JESUS CRISTO O SENHOR JESUS CRISTO I. SUA EXISTÊNCIA A) Provada pelo Antigo Testamento: (Mq 5.2; Is 9:6 Pai da Eternidade ) B) Provada pelo Novo Testamento: 1) João 1.1, em comparação com o versículo 14. 2) Jo 8.58

Leia mais

NOME DO CURSO ORAR É AÇÃO EBA. Nome do professor

NOME DO CURSO ORAR É AÇÃO EBA. Nome do professor ORAR É AÇÃO EBA Aprendendo a ORAR com Paulo Ef. 1:15-19. Por isso também eu, tendo ouvido da fé que há entre vós no Senhor Jesus e o amor para com todos os santos, não cesso de dar graças por vós, fazendo

Leia mais

Deus está implantando o Seu Reino aqui na Terra e Ele tem deixado bem claro qual é a visão dele para nós:

Deus está implantando o Seu Reino aqui na Terra e Ele tem deixado bem claro qual é a visão dele para nós: Visão do MDa Na visão do MDA, é possível à Igreja Local ganhar multidões para Jesus sem deixar de cuidar bem de cada cristão é o modelo de discipulado um a um em ação. O MDA abrange diversos fatores desenvolvidos

Leia mais

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO O que é uma pessoa cristã? É a pessoa que acredita que o Deus vivo é revelado em e por meio de Jesus Cristo, que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, que

Leia mais

A RESTAURAÇÃO DO SACERDÓCIO

A RESTAURAÇÃO DO SACERDÓCIO A RESTAURAÇÃO DO SACERDÓCIO 1 "Vejam, eu enviarei o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim. E então, de repente, o Senhor que vocês buscam virá para o seu templo; o mensageiro da aliança,

Leia mais

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro?

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro? ...as religiões? Sim, eu creio que sim, pois não importa a qual religião pertença. O importante é apoiar a que tem e saber levá-la. Todas conduzem a Deus. Eu tenho minha religião e você tem a sua, e assim

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 A PESCA MILAGROSA

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 A PESCA MILAGROSA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 A PESCA MILAGROSA A PESCA MILAGROSA LUCAS 5:1-11; JOÃO 21:1-17 A PRIMEIRA PESCA MARAVILHOSA JÁ ESTÁ TUDO PAGO! NÃO DEVO + Porque estudar os milagres de Jesus? Jesus nos

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

Lição 01 O propósito eterno de Deus

Lição 01 O propósito eterno de Deus Lição 01 O propósito eterno de Deus LEITURA BÍBLICA Romanos 8:28,29 Gênesis 1:27,28 Efésios 1:4,5 e 11 VERDADE CENTRAL Deus tem um propósito original e eterno para minha vida! OBJETIVO DA LIÇÃO Que eu

Leia mais

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Introdução Almejamos uma nova compreensão da espiritualidade, que nos impulsione a realizar o projeto integral de Deus, expressando assim genuína adoração (Jo 4.23-24).

Leia mais

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 Apostila Fundamentos Batismo nas Águas batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 B a t i s m o n a s Á g u a s P á g i n a 2 Batismo nas Águas Este é outro passo que está

Leia mais

Aula 1 Introdução e definição de termos

Aula 1 Introdução e definição de termos Aula 1 Aula 1 Introdução e definição de termos - Apresentação da Teologia do Culto (Adoração e Louvor - Definição dos principais termos relacionados à matéria Objetivo: ao final da aula, o aluno terá em

Leia mais

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer.

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer. ESTUDO 23 FALEM ENTRE VOCÊS COM SALMOS, HINOS E CÂNTIGOS ESPIRITUAIS Através dos milênios da sua historia, o povo de Deus sempre tem cantado. Moisés e os israelitas cantaram louvores a Deus, após a libertação

Leia mais

"porque sem mim nada podereis fazer". (João 15:5b)

porque sem mim nada podereis fazer. (João 15:5b) Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Pr Joaquim Costa Junior 1 "porque sem mim nada podereis fazer". (João 15:5b) Introdução: Deus deseja que seu povo viva juntamente com Cristo nos lugares

Leia mais

Tipos de cristãos que amadurecem

Tipos de cristãos que amadurecem Tipos de cristãos que amadurecem TEXTO BÍBLICO BÁSICO Romanos 12.1-5 1 Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que

Leia mais

A simplicidade do culto a Deus

A simplicidade do culto a Deus A simplicidade do culto a Deus Hoje quero falar sobre a simplicidade no culto a Deus. Se olharmos a vida de Jesus e dos discípulos, vamos descobrir o princípio da simplicidade na vida da igreja primitiva.

Leia mais

O cristianismo que vivemos

O cristianismo que vivemos O cristianismo que vivemos TEXTO BÍBLICO BÁSICO Lucas 12.16-21,0-2 16 - E propôs-lhe uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância; 17 - E arrazoava ele entre si, dizendo:

Leia mais

Os Cânticos do Natal # 03 O Cântico de Zacarias Lucas 1.67-79

Os Cânticos do Natal # 03 O Cântico de Zacarias Lucas 1.67-79 Benedictus - O Cântico de Zacarias Lucas 1.67-79 67 Seu pai, Zacarias, foi cheio do Espírito Santo e profetizou: 68 Louvado seja o Senhor, o Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo. 69 Ele

Leia mais

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem?

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? O Batismo nas Águas O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? É UMA ORDENANÇA DE JESUS O batismo é uma ordenança clara de Jesus para todo aquele que

Leia mais

LIDERANÇA ESPIRITUAL

LIDERANÇA ESPIRITUAL LIDERANÇA ESPIRITUAL Líder é uma pessoa que Deus usa para influenciar outras pessoas... Líderes são pessoas comuns, mas usadas por Deus... (Richard Blackaby) O sucesso da liderança espiritual depende da

Leia mais

Visão MDA. Sidnei Souza Hewlett-Packard 01/01/2014

Visão MDA. Sidnei Souza Hewlett-Packard 01/01/2014 2014 Visão MDA [Digite o subtítulo do documento] VI [Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um resumo é um apanhado geral do conteúdo do documento. Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um

Leia mais

Perdão Marca de Maturidade

Perdão Marca de Maturidade Perdão Marca de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Mateus 18.15-22 15 - Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; 16 - Mas, se não te ouvir,

Leia mais

AD Campinas- SP. Lição 2

AD Campinas- SP. Lição 2 TEXTO ÁUREO Escola Bíblica Dominical AD Campinas- SP Lição 2 12 de Abril de 2009 A Superioridade da Mensagem da Cruz "Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos,

Leia mais

Etapas da maturidade de Eliseu

Etapas da maturidade de Eliseu Etapas da maturidade de Eliseu TEXTO BÍBLICO BÁSICO 2 Reis 2.5-11 5 - Então os filhos dos profetas que estavam em Jericó se chegaram a Eliseu, e lhe disseram: Sabes que o SENHOR hoje tomará o teu senhor

Leia mais

O significado de um viver santo

O significado de um viver santo O significado de um viver santo TEXTO BÍBLICO BÁSICO Efésios 4.4-3 4 - E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade. 5 - Por isso deixai a mentira, e falai

Leia mais

A Diferença entre DEUS e seu FILHO

A Diferença entre DEUS e seu FILHO A Diferença entre DEUS e seu FILHO João 4.22 Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mateus 15.9 Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos

Leia mais

A Liderança do Espírito

A Liderança do Espírito A Liderança do Espírito Autor : Andrew Murray Para muitos Cristãos a liderança do Espírito é considerada como uma sugestão de pensamentos para nossa orientação. Eles almejam e pedem por ela em vão. Quando

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Roteiro 1- Introdução 2- Fundamento Bíblico 3- Conclusão 1. Introdução Voce entende por que é importante

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

Dons Espirituais. A maior causa de nossa fraqueza espiritual como um povo é a falta de fé real nos dons espirituais. (Review and Herald 14/08/1868).

Dons Espirituais. A maior causa de nossa fraqueza espiritual como um povo é a falta de fé real nos dons espirituais. (Review and Herald 14/08/1868). Dons Espirituais Por que é importante conhecer o tema? Somos admoestados a conhecê-los. (I Corintios 12:1). Somos motivados a usá-los. (I Timóteo 4:10). Somos responsáveis pelo uso. (I Pedro 4:10). A maior

Leia mais

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! SÉRIE: QUEM É JESUS? Jesus é o Cordeiro de Deus Data: / 09 / 2010 - Semana 4. No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! 1 / 7 1)

Leia mais

PROJETO REGIONAL DE ORAÇÃO

PROJETO REGIONAL DE ORAÇÃO www.iaproparanaense.com.br PROJETO REGIONAL DE ORAÇÃO Março - 2013 Amados pastores, missionários, obreiros e irmãos em Cristo Jesus. Estamos enviando aos amados irmãos o Projeto Regional de Oração para

Leia mais

Sal da TERRA e luz do MUNDO

Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da terra e luz do mundo - jovens - 1 Apresentação pessoal e CMV Centro Missionário Providência Canto: vós sois o sal da terra e luz do mundo... MOTIVAÇÃO: Há pouco tempo

Leia mais

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo 4ª Semana Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo I- CONECTAR: Inicie o encontro com dinâmicas que possam ajudar as pessoas a se conhecer e se descontrair para o tempo que terão juntas. Quando

Leia mais

VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM

VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM Se espera de uma v i g í l i a jo v e m um bom planejamento, divulgação, objetivo e um tema definido acertando em cheio o objetivo proposto no planejamento da vigília. Em uma vigília

Leia mais

Fundamentos, conceitos e paradigmas da evangelização

Fundamentos, conceitos e paradigmas da evangelização Curso: Teologia Prof. Nicanor Lopes Fundamentos, conceitos e paradigmas da evangelização OBJETIVOS DA AULA Oferecer aos estudantes a construção de um conhecimento consistente e crítico sobre Evangelização,

Leia mais

ESTÍMULO PARA VIVER. 1. Esvazie-se para ser enchido EFÉSIOS 5.18-21

ESTÍMULO PARA VIVER. 1. Esvazie-se para ser enchido EFÉSIOS 5.18-21 O ESTÍMULO DO POVO DA GRAÇA EFÉSIOS 5.18-21 18 Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito, 19 falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando

Leia mais

Estamos começando um novo ano. É bom refletir sobre a natureza do nosso ministério.

Estamos começando um novo ano. É bom refletir sobre a natureza do nosso ministério. Por Bispo Paulo Lockmann. Bispo da Primeira Região Eclesiástica. 1) Pastor-Pastora Um Serviço Distinto Estamos começando um novo ano. É bom refletir sobre a natureza do nosso ministério. Tenho dito aos/às

Leia mais

Pensando no Culto. Aula 21/12/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Pensando no Culto. Aula 21/12/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Pensando no Culto Aula 21/12/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira #osfieispiram! As vossas festas de lua nova e as vossas solenidades, a minha alma as aborrece; já me são pesadas; estou cansado de

Leia mais

LOUVOR, FRUTO DA VIDA ESPIRITUAL Sl 137:1-6 (vs. 4);... Mas como entoaremos o cântico do Senhor em terra estranha?

LOUVOR, FRUTO DA VIDA ESPIRITUAL Sl 137:1-6 (vs. 4);... Mas como entoaremos o cântico do Senhor em terra estranha? LOUVOR, FRUTO DA VIDA ESPIRITUAL Sl 137:1-6 (vs. 4);... Mas como entoaremos o cântico do Senhor em terra estranha? 1 - INTRODUÇÃO O salmista fala da situação daqueles que foram levados ao cativeiro da

Leia mais

O fruto do Espírito Gálatas 5.16-26

O fruto do Espírito Gálatas 5.16-26 O fruto do Espírito Gálatas 5.16-26 Texto: Mas o Espírito de Deus produz o amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade, a humildade e o domínio próprio. E contra essas coisas

Leia mais

Honestidade e Respeito Justiça e Paz Amizade e Verdade Determinação e Responsabilidade Gratidão e Disciplina Gentileza e Obediência Integridade e

Honestidade e Respeito Justiça e Paz Amizade e Verdade Determinação e Responsabilidade Gratidão e Disciplina Gentileza e Obediência Integridade e Honestidade e Respeito Justiça e Paz Amizade e Verdade Determinação e Responsabilidade Gratidão e Disciplina Gentileza e Obediência Integridade e Honra PERCA E INVERSÃO DE VALORES: Um Tema antigo! Ai dos

Leia mais

Implantar o Seu Reino na Terra

Implantar o Seu Reino na Terra CHAMADOS PARA RESPLANDECER A LUZ DO SENHOR ENTRE TODOS OS POVOS Disse Jesus: Venham a mim todos que estão cansados e oprimidos e eu darei alivio para vocês Mat. 11.28 VISÃO DO MDA MÉTODO DE DISCIPULADO

Leia mais

Introdução à 26/05/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Divindade de Cristo O que a história da igreja fala sobre o assunto? A Igreja Primitiva No início do século II, o cristianismo era uma

Leia mais

Apostila 2 - Carismas

Apostila 2 - Carismas Apostila 2 - Carismas Esses milagres acompanharão os que crerem: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas, manusearão serpentes e se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal; imporão

Leia mais

A Prática do Discipulado: Discipulando Grupos específicos

A Prática do Discipulado: Discipulando Grupos específicos A Prática do Discipulado: Discipulando Grupos específicos Como funciona um Grupo de Discipulado? http://translation-blog.multilizer.com/language/pt/user-manual-is-a-challenge-foreign-language-user-manual-is-a-nightmare

Leia mais

LITURGIA DO CULTO DOMINICAL

LITURGIA DO CULTO DOMINICAL Rev. Ivan Carlos Costa Martins LITURGIA DO CULTO DOMINICAL Liturgia é mais do que o programa do culto. É o próprio serviço que a comunidade de fé oferece a Deus em Jesus Cristo por meio do Espírito Santo.

Leia mais

PERGUNTAS & RESPOSTAS - FONTE ESTUDOS BÍBLICOS 2015

PERGUNTAS & RESPOSTAS - FONTE ESTUDOS BÍBLICOS 2015 PERGUNTAS & RESPOSTAS - FONTE ESTUDOS BÍBLICOS 2015 1) A Cruz era um instrumento de execução. Para os romanos, que tipo de pessoa era executado na cruz? E para os judeus? Resposta: Os romanos a usavam

Leia mais

LIBERTANDO OS CATIVOS

LIBERTANDO OS CATIVOS LIBERTANDO OS CATIVOS Lucas 14 : 1 24 Parábola sobre uma grande ceia Jesus veio convidar àqueles que têm fome e sede para se ajuntarem a Ele. O Senhor não obriga que as pessoas O sirvam, mas os convida

Leia mais

A Bíblia afirma que Jesus é Deus

A Bíblia afirma que Jesus é Deus A Bíblia afirma que Jesus é Deus Há pessoas (inclusive grupos religiosos) que entendem que Jesus foi apenas um grande homem, um mestre maravilhoso e um grande profeta. Mas a Bíblia nos ensina que Jesus

Leia mais

CÉLULA, ESTRATÉGIA BÍBLICA DE CRESCIMENTO DE IGREJA IBVP

CÉLULA, ESTRATÉGIA BÍBLICA DE CRESCIMENTO DE IGREJA IBVP 01 FOCO: Cumprimento da Grande Comissão Mateus 28:19-20 Ide e fazei discípulos...... Ensinando-os a guardar... Eu estarei convosco... 02 05 POR QUÊ TREINAR??? MUDANÇA DO SISTEMA Quebra De Padrões Humanos

Leia mais

Roteiro 3 João Batista, o precursor

Roteiro 3 João Batista, o precursor FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 3 João Batista, o precursor Objetivo Identificar a missão de João

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 5

Ajuntai tesouros no céu - 5 "Ajuntai tesouros no céu" - 5 Mt 6:19-21 Temos procurado entender melhor através das escrituras, o que Jesus desejou ensinar aos seus discípulos nesta sequência de palavras, e pra isso, estudamos algumas

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO

JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO Miss. Gustavo Lima Silva (Beréu) & Wanessa S. B. Santos Silva (Brasil) Recife, 2010. SUMÁRIO INTRODUÇÃO...

Leia mais

Endereço do Projeto: Rua Alferes José Agostinho, 284 Bairro Mecejana Cep: 69304-440 Boa Vista RR Email: dimanei@hotmail.com

Endereço do Projeto: Rua Alferes José Agostinho, 284 Bairro Mecejana Cep: 69304-440 Boa Vista RR Email: dimanei@hotmail.com Igreja Metodista REMA Região Missionária da Amazônia Bispo Carlos Alberto Tavares Rua Padre Chiquinho, 2189 Bairro São João Bosco Porto Velho - Rondônia RO CEP: 76803-822 Fone: (0**69) 3229-2150 Fax: (0**69)

Leia mais

EBD ADU 2011. Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio

EBD ADU 2011. Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio Aulas sobre o Espírito Santo e você. EBD ADU 2011 Prefácio 1. Quem é o Espírito Santo? 2. Os símbolos do Espírito Santo 3. O Espírito Santo e as Escrituras 4. Da criação até o nascimento de Jesus 5. Do

Leia mais

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões Intercessão Missionária Como e Por que Interceder por Missões A Importância da Intercessão por Missões - Estamos em uma guerra Há necessidade de intercessores! - Nossa guerra não é pelo controle político

Leia mais

DESPREZO PELA IGREJA PROJETO NEEMIAS 2 EFÉSIOS 3.20-21

DESPREZO PELA IGREJA PROJETO NEEMIAS 2 EFÉSIOS 3.20-21 CELEBRANDO A GRAÇA EFÉSIOS 3.20-21 20 Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós, 21 a ele seja a glória na igreja e

Leia mais

1. Perguntas a. Quem são os líderes do ministério com jovens? b. O que os caracterizam como líderes? c. Qual os requisitos para serem líderes? d.

1. Perguntas a. Quem são os líderes do ministério com jovens? b. O que os caracterizam como líderes? c. Qual os requisitos para serem líderes? d. 1. Perguntas a. Quem são os líderes do ministério com jovens? b. O que os caracterizam como líderes? c. Qual os requisitos para serem líderes? d. Todo líder é professor? e. Qual o papel do líder? f. E

Leia mais

AUTORIDADE DIANTE DO TRONO DO SENHOR

AUTORIDADE DIANTE DO TRONO DO SENHOR Texto base: Apocalipse 4:1-6 AUTORIDADE DIANTE DO TRONO DO SENHOR 1 Depois destas coisas, olhei, e eis não somente uma porta aberta no céu, como também a primeira voz que ouvi, como de trombeta ao falar

Leia mais