Escolha do tema do TCC

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escolha do tema do TCC"

Transcrição

1 Introdução O TCC significa Trabalho de Conclusão de Curso. Refere-se a uma dissertação científica, de cunho monográfico, que os alunos concluintes devem elaborar junto com o relatório de estagio supervisionado, como forma de sua avaliação final. O Trabalho de Conclusão de Curso deve ser orientado por um professor e procura-se, assim, por meio desta exigência, criar espaço para os estudantes iniciarem-se no campo da pesquisa, buscando ampliar os conhecimentos teóricos acumulados ao longo da graduação. O Orientador será um professor escolhido pelo grupo de alunos no início do projeto cuja disciplina esteja relacionada com o tema do projeto e este não necessariamente precisa ser o orientador do relatório de estagio supervisionado. O escopo e o formato do TCC deve ser de acordo com as normas da revista científica da FISMA/FCAA Ciências Agrárias e da Saúde e normalmente envolve pesquisa experimental, sendo a pesquisa bibliográfica e/ou empírica, sua execução em si e a apresentação para uma banca examinadora composta pelo orientador e mais dois professores (não necessariamente com Mestrado e/ou Doutorado) ao final do curso junto com a apresentação do ESO. Escolha do tema do TCC Recomenda-se que o tema escolhido seja um assunto com o qual o aluno possua afinidade. O tema deve ser procurado através de perguntas, sendo uma grande dúvida, o início de um trabalho acadêmico. O aluno pode optar por algo que não foi respondido ainda ou alguma área do curso escolhido que possa ser melhor explorada. O tema deve atender os seus propósitos acadêmicos e profissionais e haver a possibilidade de elaboração quanto à existência de Bibliografia.

2 Tipos de TCC O aluno pode optar pelos seguintes tipos de TCC: Relato de Caso Revisão Bibliográfica Trabalho Original Entrega do TCC a Comissão Editorial da Revista Deve ser entregue à Comissão Editorial, em CD gravado formato DOC, com duas cópias impressas e no momento de entrega o aluno receberá a carta de envio que deve ser anexada ao TCC e inserida no final do relatório. Se o trabalho já houver sido publicado deverá ser xerocado com a paginação original da revista em que foi publicado e este, quando citado no sumário, deverá constar da paginação seqüencial do relatório, mesmo não sendo impressa. Apresentação Os alunos serão submetidos a uma Banca Examinadora composta de 3 membros (orientador e dois convidados), sendo comunicada com antecedência mínima de 15 dias da argüição. Os alunos terão tempo total de apresentação de 30 minutos, sendo 15 minutos destinados ao relatório e 15 minutos ao TCC. Cada componente da banca terá período de 10 minutos para argüição. Após a defesa do TCC, o aluno deverá realizar as correções do mesmo, no prazo de 15 dias, encaminhar ao orientador para que este autorize a entrega da versão definitiva e o recebimento da folha de aprovação. Antes da encadernação (capa dura, na cor verde e escrita em dourado), o aluno, munido da

3 Carta de Ciência do Orientador, devidamente assinada deverá dirigirse ao Coordenador de Estágios para requerer a FOLHA DE APROVAÇÃO e à biblioteca para a solicitação da FICHA CATALOGRÁFICA, a ser inserida no verso da folha de rosto. Após a realização de todas as exigências, acima solicitadas, encaminhar a versão definitiva do TCC e relatório, encadernada, ao Coordenador de Estágios, que ficará encarregado de entregá-la à biblioteca da Faculdade. Formatação do TCC A formatação do TCC deve seguir as normas da revista, conforme descrito detalhadamente abaixo. Só serão aceitos trabalhos escritos em português, inglês, francês ou espanhol que se enquadrem nas normas da revista, depois de revistos e aprovados pela Comissão Editorial, e que não foram publicados e nem submetidos para a publicação em outra Instituição. Excetua-se nesta última limitação os apresentados em congressos, na forma única de resumo. Solicita-se observar as instruções abaixo para o preparo dos trabalhos originais, revisões e registro de casos. 1. Os artigos devem ser encaminhados com o resumo, em português e inglês, devendo conter as principais conclusões do trabalho. 2. Devem ser à Comissão Editorial, em mídia digital gravado formato DOC, com três cópias impressas em espaço entre linhas de 1,5, em papel tamanho A4, margens de 2,5 cm e fonte Times New Roman (corpo 12). 3. Os artigos devem ser os mais claros e concisos possíveis. Somente em casos especiais serão aceitos trabalhos com número de páginas digitado superior a dez. 4. Os trabalhos originais, revisões e registro de casos deverão ser iniciados com o título do trabalho, na língua do texto e em inglês, tendo logo abaixo, o nome dos autores. Como chamada de rodapé referente aos autores deve-se usar números índices que indicarão o cargo, a disciplina ministrada e a

4 Faculdade a que o autor pertença, sendo essa numeração consecutiva de chamada de números índices colocados logo após o nome do autor. 5. Os artigos devem ser divididos sempre que possível, em seções com cabeçalho, na seguinte ordem: RESUMO, ABSTRACT, INTRODUÇÃO, MATERIAL E MÉTODOS, RESULTADOS, DISCUSSÃO, CONCLUSÃO, AGRADECIMENTOS (quando necessário) e REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS. Não há necessidade desta subdivisão para os trabalhos de revisão e de registro de casos, mas eles devem ter obrigatoriamente um resumo e abstract. Estas seções devem ser compostas da seguinte forma: a) O TÍTULO do trabalho deve ser conciso e indicar o conteúdo. b) O RESUMO deve apresentar, de forma direta, o que foi feito e estudado, dando os mais importantes resultados e conclusões. Será seguido da indicação dos termos de indexação (UNITERMOS). A versão para o inglês formará o ABSTRACT e UNITERMS. c) Em MATERIAL E MÉTODOS, devem ser reunidos dados que permitam a repetição do trabalho por outros autores. d) Os RESULTADOS devem conter uma apresentação concisa dos dados obtidos. Tabelas devem ser preparadas sem dados supérfluos, apresentando, sempre que indicado, médias de várias repetições. É conveniente expressar os dados complexos por gráficos, ao invés de apresentá-los em tabelas extensas. f) Na DISCUSSÃO os resultados devem ser apresentados diante da literatura nacional e internacional, mas sem introdução de novos dados. Não devem ser mencionados trabalhos em desenvolvimento ou planos futuros. g) A CONCLUSÃO deve basear-se somente nos dados apresentados no trabalho. h) Os AGRADECIMENTOS devem ser sucintos e não devem aparecer no texto ou em notas de rodapé. i) As REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS incluirão somente trabalhos citados no texto ou tabela(s) e deverão ser inseridas em ordem alfabética e na seguinte forma:

5 Periódicos: NOME DE TODOS OS AUTORES. Título do artigo. Título do periódico, volume (número), paginação inicial-final, ano de publicação. Exemplo: SOERENSEN, B.; BRUNO, M.C.; PEREIRA, R.M.A.; SOERENSEN, R.;BARROS, ªR.; RONQUE, M.T.M.; REPETTI, E.; FENGA, D.R.; SILVA, F.H; PINHEIRO, D.P. e PIRES, S.L.N. Tratamento de úlceras de difícil cicatrização com soro eqüino desidratado. UNIMAR Ciências, v. III(4), p , Livros: AUTORES. Título da publicação, número da edição. Local: editora, ano de publicação. Número de páginas. Exemplo: ENGLERT, S. Avicultura. 6ª ed. Guaíba: Leal, p. Colaboração em obras coletivas: AUTORES. Título da parte referenciada. Nome do editor. Título da publicação, precedido de In: nº da edição, local: editora, ano de publicação. Página inicial e final do capítulo. Exemplos: i.1) Capítulo de livro: ALMEIDA, J.A.; Solo dos pampas. In: ALVAREZ, V.H.; FONTES, L.E.F e FONTES, M.P.F. (ED.). O solo nos grandes domínios morfoclimáticos do Brasil e do desenvolvimento sustentado. Viçosa: SBCS/UFV, p i.2) Trabalhos em Anais de Congresso, Simpósio etc. REIN, T. Uso eficiente dos fertilizantes fosfatados e solubilidade. In: Simpósio Nacional do Setor de Fertilizantes, 1, São Paulo, Anais... São Paulo, Finep, p As abreviações de nomes de revistas devem ser dadas de acordo com as usadas pelos abstracting journals, como o Commonwealth Agricultural Bureaux. 6. Referências no texto deverão ser feitas numericamente, citando-se o autor, quando estritamente necessário. 7. As tabelas deverão ser numeradas com algarismos arábicos, sempre providos de um título explicativo e constituídas de modo a serem inteligíveis independentemente do texto.

6 8. Gráficos fotos e mapas aparecerão indistintamente como figuras, devendo ser numeradas consecutivamente, acompanhadas das respectivas legendas, o mais próximo possível de sua citação no texto. Enviar o original e fotocópia. 9. Todos os artigos serão examinados por consultores científicos e pela Comissão Editorial. Os que precisarem de modificações serão devolvidos ao(s) autor(es) para revisão, até serem definitivamente aprovados. São de exclusiva responsabilidade as opiniões e conceitos emitidos nos trabalhos.

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA Atualizada em julho de 2011 A maior parte das Monografias

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS O trabalho deve ser digitado e impresso em papel

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado, no anverso das folhas, em espaço 1,5, letra do tipo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

1 Edital para submissão de materiais para o Congresso

1 Edital para submissão de materiais para o Congresso DIGICONGRESS 2014 Congresso de Comunicação e Marketing Digital 1 Edital para submissão de materiais para o Congresso 1.1 Informações gerais - O DIGICONGRESS (Congresso de Comunicação e Marketing Digital)

Leia mais

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2 UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA COORDENAÇÃO ADJUNTA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA A elaboração da monografia deve ter como referência a ABNT NBR 14724/ 2006, a qual destaca que um trabalho acadêmico compreende elementos pré-textuais,

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS PARA QUALIFICAÇÃO (MESTRADO E DOUTORADO), TESES E TRABALHOS

Leia mais

ANEXO II - Trabalho de conclusão de curso (TCC)

ANEXO II - Trabalho de conclusão de curso (TCC) ANEXO II - Trabalho de conclusão de curso (TCC) O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) compreende a elaboração de trabalho de caráter individual teórico, projetual ou aplicativo, com observância de exigências

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde

Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE DOCUMENTO DE QUALIFICAÇÃO E DISSERTAÇÃO PARA O PROGRAMA

Leia mais

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA FIMCA

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA FIMCA NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA FIMCA A Revista FIMCA é dirigida a acadêmicos e profissionais de Saúde, destinada às publicações inéditas de trabalhos de pesquisa básica e aplicada, revisões científicas,

Leia mais

Calendário CBNA 2015 Envio de Trabalhos Científicos

Calendário CBNA 2015 Envio de Trabalhos Científicos Calendário CBNA 2015 Envio de Trabalhos Científicos Evento - Data envio do trabalho comprovação da inscrição do 1º autor resposta sobre aceitação ou recusa do trabalho Tema dos Trabalhos XIV CONGRESSO

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UFSJ

GUIA PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UFSJ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO OESTE DONA LINDU GUIA PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UFSJ DIVINÓPOLIS MG 2009 O Trabalho de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO HOSPITALAR PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Elaborar um estudo acerca Estrutura e Funcionamento do Sistema de Saúde Pública e Privada no Brasil.

Leia mais

PROPAGARE REVISTA CIENTÍFICA DA FACULDADE CAMPO REAL REVISTA PROPAGARE

PROPAGARE REVISTA CIENTÍFICA DA FACULDADE CAMPO REAL REVISTA PROPAGARE REVISTA PROPAGARE A Revista PROPAGARE, publicação da Faculdade Campo Real, criada em 2010, é dirigida à comunidade científica. A PROPAGARE reúne, debate coopera e propaga conhecimento para o progresso

Leia mais

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo Objetivo ABNT Normas para elaboração de trabalhos científicos Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos, visando sua apresentação à instituição Estrutura Parte

Leia mais

TRABALHO ACADÊMICO: Guia fácil para diagramação: formato A5. Formatação do Texto

TRABALHO ACADÊMICO: Guia fácil para diagramação: formato A5. Formatação do Texto TRABALHO ACADÊMICO: Guia fácil para diagramação: formato A5 Antes de iniciar a digitação de seu trabalho acadêmico configure seu documento com as especificações a seguir, facilitando a visualização e sua

Leia mais

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e NORMAS PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor

Leia mais

Normas para Apresentação de Monografias

Normas para Apresentação de Monografias UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Normas para Apresentação de Monografias Campina Grande, dezembro 2010

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA DEFESA DO PROJETO DE DISSERTAÇÃO

ORIENTAÇÃO PARA DEFESA DO PROJETO DE DISSERTAÇÃO ORIENTAÇÃO PARA DEFESA DO PROJETO DE DISSERTAÇÃO Orientações para elaboração e defesa do projeto O projeto de pesquisa será apresentado na disciplina de Seminário II, no seguinte formato: O projeto deverá

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE COSTA RICA-FECRA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LAURADAIANE REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO: LETRAS

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE COSTA RICA-FECRA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LAURADAIANE REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO: LETRAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE COSTA RICA-FECRA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LAURADAIANE REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO: LETRAS INTRODUÇÃO FORMAS E REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL

NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL AQUIDAUANA MS 2009 1. PAPEL E PROCESSO DE MULTIPLICAÇÃO O papel

Leia mais

REVISTA JURÍDICA UNIGRAN

REVISTA JURÍDICA UNIGRAN REVISTA JURÍDICA UNIGRAN Normas de Submissão A Revista Jurídica Unigran é um periódico científico, na versão impressa e na versão on line, com periodicidade semestral, aberto à colaboração e participação

Leia mais

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Criada em 1933

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Criada em 1933 Orientações e Regras para elaboração TCCs - PÓS-GRADUAÇÃO As orientações que se seguem são válidas para todos os cursos de Pós- Graduação da Fespsp. A apresentação de trabalhos acadêmicos é normalizada

Leia mais

NORMAS DE REDAÇÃO PARA QUALIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES

NORMAS DE REDAÇÃO PARA QUALIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/ DE 30 DE MAIO DE 2011/ PRODEMA-UFS DE Estas normas de redação foram definidas como diretrizes básicas pelo Colegiado do Núcleo de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Leia mais

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA 1 DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor do trabalho, ou seja, o que não consta no texto destas

Leia mais

CHAMADA DE TRABALHOS Revista Cadernos de Ciências Sociais da UFRPE

CHAMADA DE TRABALHOS Revista Cadernos de Ciências Sociais da UFRPE ISSN 2316-977X CHAMADA DE TRABALHOS A Revista Cadernos de Ciências Sociais da UFRPE convida os estudantes de pósgraduação, os professores e os pesquisadores das Ciências Sociais, e áreas afins, a encaminharem

Leia mais

Manual Descritivo Volta Redonda, RJ 2015

Manual Descritivo Volta Redonda, RJ 2015 Manual Descritivo Volta Redonda, RJ 2015 ÍNDICE 1 Quem somos? 2 Informações, 3 Cursos Jurídicos, 4 Edição de Livros, 5 Loja Virtual, 6 Livros Digitais, 7 Livros Impressos, 8 Livros Usados, 9 Direitos Autorais,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado MANUAL DE DEFESA Exame de Qualificação: banca examinadora

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Secretaria Acadêmica Processamento de Dissertações e Teses

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Secretaria Acadêmica Processamento de Dissertações e Teses Procedimentos para depósito dos exemplares de Dissertação e Tese 1. Da apresentação do Trabalho 1.1. Capa A capa deverá conter os elementos essenciais para a identificação do trabalho, a saber: I. Pontifícia

Leia mais

E D I T A L nº 03. COM NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA REVISTA DO TRT DA SEXTA REGIÃO (n. 38, ano 2011)

E D I T A L nº 03. COM NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA REVISTA DO TRT DA SEXTA REGIÃO (n. 38, ano 2011) 1 E D I T A L nº 03 COM NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA REVISTA DO TRT DA SEXTA REGIÃO (n. 38, ano 2011) A Revista do Tribunal Regional do Trabalho da Sexta Região tem periodicidade anual, sendo composta

Leia mais

REVISTA CEUMA PERSPECTIVAS. Chamada para submissão de trabalhos científicos

REVISTA CEUMA PERSPECTIVAS. Chamada para submissão de trabalhos científicos REVISTA CEUMA PERSPECTIVAS Chamada para submissão de trabalhos científicos A Revista Científica Ceuma Perspectivas é uma publicação científica voltada à divulgação da produção acadêmica discente e docente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC ANEXO A TERMO DE COMPROMISSO DE ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE Nome do Aluno: Matricula: Título do TCC CONCLUSAO DE CURSO (TCC) Solicito que seja designado como meu Orientador do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008)

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008) Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Curso de Sistemas de Informação Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Dr. Luís Fernando Garcia - TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DA SAÚDE DE LISBOA INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DA SAÚDE DE LISBOA INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DA SAÚDE DE LISBOA INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA NORMAS DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE MESTRADO 2012 NORMAS DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS

Leia mais

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= *

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= * Lombada* UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS BIBLIOTECA GLÁDIS W. DO AMARAL ORIENTAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Elementos póstextuais INDICES * PARTE INTERNA ANEXOS * APENDICES * GLOSSARIO

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1. APRESENTAÇÃO É essencial o uso de normas técnicas para uma boa apresentação e compreensão da leitura de um trabalho acadêmico-científico.

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE MANUAL DE RELATÓRIO CIENTÍFICO (MRC) (GRADUAÇÃO)

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE MANUAL DE RELATÓRIO CIENTÍFICO (MRC) (GRADUAÇÃO) INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE MANUAL DE RELATÓRIO CIENTÍFICO (MRC) (GRADUAÇÃO) O RELATÓRIO CIENTÍFICO 1. CONCEITO DE RELATÓRIO Exposição escrita na qual se descrevem fatos verificados

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012.

RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Porto Alegre RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA 1. INTRODUÇÃO Para obter o grau de Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Uberlândia, o aluno deverá cursar as disciplinas Iniciação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA Normas para elaboração de Dissertações do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais MODELO

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA ANEXO da Norma 004/2008 CCQ Rev 1, 28/09/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Salvador 2009 2 1 Objetivo Estabelecer parâmetros para a apresentação gráfica

Leia mais

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA DE DISSERTAÇÕES E TESES DEFENDIDAS NOS PROGRAMAS

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE POMPEIA FATEC CURSO TECNOLOGIA EM MECANIZAÇÃO EM AGRICULTURA DE PRECISÃO

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE POMPEIA FATEC CURSO TECNOLOGIA EM MECANIZAÇÃO EM AGRICULTURA DE PRECISÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA DE POMPEIA FATEC CURSO TECNOLOGIA EM MECANIZAÇÃO EM AGRICULTURA DE PRECISÃO NORMAS PARA REDAÇÃO DE ARTIGOS Pompeia 2012 A composição dos textos deverá obedecer as orientações abaixo.

Leia mais

EDITAL 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA PUBLICAÇÃO NO VOL. 107 N

EDITAL 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA PUBLICAÇÃO NO VOL. 107 N EDITAL 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA PUBLICAÇÃO NO VOL. 107 N. 1 DA REVISTA DE DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA - RDJ DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS

Leia mais

MODELO DE INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSOS BRASILEIROS

MODELO DE INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSOS BRASILEIROS MODELO DE INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSOS BRASILEIROS TÍTULO DO TRABALHO Primeiro Autor e-mail Instituição de Ensino Endereço CEP Cidade Estado Segundo Autor e-mail

Leia mais

RESOLUÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS NATURAIS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO RESOLUÇÃO:

RESOLUÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS NATURAIS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO RESOLUÇÃO: RESOLUÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS NATURAIS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO RESOLUÇÃO N o 002/2014-FACIN, DE 08 DE OUTUBRO DE 2014 Estabelece os procedimentos e normas quanto aos requisitos necessários

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO 1. INTRODUÇÃO A Dissertação é a apresentação escrita do trabalho de pesquisa desenvolvido no âmbito do Programa de

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO EXPANDIDO PARA O V SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CNPq/IEPA INSTRUÇÕES AOS AUTORES

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO EXPANDIDO PARA O V SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CNPq/IEPA INSTRUÇÕES AOS AUTORES NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO EXPANDIDO PARA O V SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CNPq/IEPA OBJETIVOS INSTRUÇÕES AOS AUTORES O V Seminário de Iniciação Científica do CNPq/IEPA, que está sendo organizada

Leia mais

Procedimento para entrega da versão final de Dissertação ou Tese

Procedimento para entrega da versão final de Dissertação ou Tese Procedimento para entrega da versão final de Dissertação ou Tese Estabelece os passos necessários para a entrega da versão final da dissertação ou tese do concluinte dos programas de pós-graduação da UFABC.

Leia mais

GUIA PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO E TCC - LOGÍSTICA

GUIA PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO E TCC - LOGÍSTICA GUIA PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO E TCC - LOGÍSTICA Este guia é um resumo das normas sobre Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) contidos no Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICAS DA FBMG

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICAS DA FBMG NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICAS DA FBMG ÀS REVISTAS ESTABELECE NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E PUBLICAÇÃO DOS ARTIGOS LITERÁRIOS OU CIENTÍFICOS A SEREM SEGUIDAS PELOS AUTORES INTERESSADOS.

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA CURSO: AGRONOMIA

ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA CURSO: AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO Av. Dom Manuel de Medeiros s/nº Dois Irmão, Recife PE Telefone: 3320-6203 ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA CURSO: AGRONOMIA I ESTRUTURA DO RELATÓRIO 1.1

Leia mais

FAJ FACULDADE DE JUSSARA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (Artigo Científico) Instruções aos autores e orientadores

FAJ FACULDADE DE JUSSARA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (Artigo Científico) Instruções aos autores e orientadores FAJ FACULDADE DE JUSSARA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (Artigo Científico) Instruções aos autores e orientadores ESTRUTURA DO ARTIGO 1. Recomenda-se a utilização do processador

Leia mais

FACULDADE LEÃO SAMPAIO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM IX SEMANA DE ENFERMAGEM. Edital 001/2014

FACULDADE LEÃO SAMPAIO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM IX SEMANA DE ENFERMAGEM. Edital 001/2014 FACULDADE LEÃO SAMPAIO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM IX SEMANA DE ENFERMAGEM Edital 001/2014 Dispõe sobre normas para inscrição de trabalhos científicos na IX Semana de Enfermagem da Faculdade Leão

Leia mais

REVISTA PARA RELATOS DE EXPERIÊNCIA E ARTIGOS DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E EXTENSIONISTAS

REVISTA PARA RELATOS DE EXPERIÊNCIA E ARTIGOS DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E EXTENSIONISTAS REVISTA PARA RELATOS DE EXPERIÊNCIA E ARTIGOS DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E EXTENSIONISTAS INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1 GERAIS: Originais: Os artigos e os relatos de experiência devem ser enviados exclusivamente

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III Projeto Integrado Multidisciplinar Cursos Superiores Tecnológicos G. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Trabalho

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2015 - PPGEA

RESOLUÇÃO Nº 01/2015 - PPGEA 1 RESOLUÇÃO Nº 01/2015 - PPGEA Aprova normas de exame de qualificação e da elaboração de dissertações de mestrado do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Energia na Agricultura - PPGEA

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE BIOMEDICINA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO INFORMAÇÕES GERAIS

COORDENAÇÃO DO CURSO DE BIOMEDICINA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO INFORMAÇÕES GERAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE BIOMEDICINA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO INFORMAÇÕES GERAIS Pelo presente, informamos aos alunos que o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) deverá ser realizado com base em um

Leia mais

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 1 Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 Pré-textuais Textuais Pós-textuais Estrutura Elemento OK Capa (obrigatório) Anexo A (2.1.1) Lombada (obrigatório) Anexo H Folha

Leia mais

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS MONOGRAFIA Trata-se de uma construção intelectual do aluno-autor que revela sua leitura, reflexão e interpretação sobre o tema da realidade. Tem como base a escolha de uma unidade ou elemento social, sob

Leia mais

EDITORA UNICENTRO REGULAMENTO DE PUBLICAÇÃO

EDITORA UNICENTRO REGULAMENTO DE PUBLICAÇÃO EDITORA UNICENTRO REGULAMENTO DE PUBLICAÇÃO O Conselho Editorial da UNICENTRO, no uso de suas atribuições regulamenta a submissão e o trâmite de propostas de livros a serem publicados pela Editora UNICENTRO,

Leia mais

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES Material de apoio para elaboração padronizada

Leia mais

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS:

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS: MANUAL PARA TCC www.etecmonteaprazivel.com.br Estrada do Bacuri s/n Caixa Postal 145 Monte Aprazível SP CEP 15150-000 Tel.: (17) 3275.1522 Fax: (17) 3275.1841 NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2013 PPGLET. O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Letras, Cultura e Regionalidade, da Universidade RESOLVE:

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2013 PPGLET. O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Letras, Cultura e Regionalidade, da Universidade RESOLVE: INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2013 PPGLET Estabelece os procedimentos para o Exame de Qualificação para os discentes vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Letras, Cultura e Regionalidade Mestrado O Colegiado

Leia mais

Diretrizes para Elaboração de Projeto para Apresentação ao Programa de Iniciação Científica da FAAL (Pic-FAAL)

Diretrizes para Elaboração de Projeto para Apresentação ao Programa de Iniciação Científica da FAAL (Pic-FAAL) Diretrizes para Elaboração de Projeto para Apresentação ao Programa de Iniciação Científica da FAAL (Pic-FAAL) O projeto de pesquisa deverá ser elaborado de maneira clara e concisa em, no máximo, 15 páginas,

Leia mais

Sociedade Educacional da Paraíba - SEDUP Faculdades de Ensino Supeior da Paraíba - FESP

Sociedade Educacional da Paraíba - SEDUP Faculdades de Ensino Supeior da Paraíba - FESP Sociedade Educacional da Paraíba - SEDUP Faculdades de Ensino Supeior da Paraíba - FESP REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO TCC CURSO DE DIREITO DA FESP FACULDADES Ultima versão 21/08/2012 CAPÍTULO

Leia mais

FACULDADES EST - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM TEOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA BANCAS DE DEFESA

FACULDADES EST - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM TEOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA BANCAS DE DEFESA FACULDADES EST - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM TEOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA BANCAS DE DEFESA 1. Prazos Os prazos para entrega de Trabalho Final encerram em 30 de maio (1º

Leia mais

CENTRO TECNOLÓGICO UFES COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NORMAS PARA O PROJETO DE GRADUAÇÃO

CENTRO TECNOLÓGICO UFES COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NORMAS PARA O PROJETO DE GRADUAÇÃO CENTRO TECNOLÓGICO UFES COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NORMAS PARA O PROJETO DE GRADUAÇÃO O Colegiado do Curso de Engenharia Ambiental, em reunião de 26 de agosto de 2011, RESOLVE: Aprovar

Leia mais

Manual TCC Administração

Manual TCC Administração 1 Manual TCC Administração 2013 2 Faculdade Marista Diretor Geral Ir. Ailton dos Santos Arruda Diretora Administrativo-Financeiro Sra. Rafaella Nóbrega Coordenador do Curso de Administração e Gestão de

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO O Curso Técnico em Meio Ambiente estabeleceu em seu Plano de Curso a realização do Estágio Curricular Obrigatório. De acordo

Leia mais

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Maria Bernardete Martins Alves Marili I. Lopes Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Módulo 3 Apresentação

Leia mais

I. INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE

I. INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE I. INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE A dissertação ou tese deve ser impressa em papel A4, com margens de 25 a 35mm, impressa em apenas um lado, em espaço duplo, com fonte Arial ou Times

Leia mais

PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO FINANCEIRA DA EMPPRESA

PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO FINANCEIRA DA EMPPRESA PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO FINANCEIRA DA EMPPRESA 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: O aluno deverá escolher uma empresa de qualquer porte ou segmento e, com base no cenário

Leia mais

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS REGRAS BÁSICAS A submissão de trabalhos ao 9º Simpósio Brasileiro de Cartografia Geotécnica e Geoambiental será totalmente online, não mais sendo necessário o envio de cópias

Leia mais

Normas para Redação da Dissertação/Tese

Normas para Redação da Dissertação/Tese Normas para Redação da Dissertação/Tese Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou monografia compreende três partes fundamentais, de acordo com a ABNT (NBR 14724): elementos prétextuais, elementos

Leia mais

Regulamentação para Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

Regulamentação para Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Regulamentação para Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Reginaldo de Carvalho

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO O Curso Técnico em Segurança do Trabalho estabelece em seu Plano Pedagógico de Curso a realização do Estágio Curricular

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA OU DO TRABALHO CIENTIFICO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA OU DO TRABALHO CIENTIFICO 39 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA OU DO TRABALHO CIENTIFICO 1. MONOGRAFIA Monografias são exposições de um problema ou assunto específico, investigado cientificamente, assim, não exige originalidade,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) São Carlos 2012 SUMÁRIO Capitulo I Da definição e objetivos... 03 Capítulo II Da

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO. CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA e CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO. CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA e CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA e CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES Os Cursos Técnicos da área de Informática (Informática e Redes de Computadores) estabelecem

Leia mais

Normas técnicas para a monografia de graduação da Faculdade de Letras

Normas técnicas para a monografia de graduação da Faculdade de Letras UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE LETRAS DIREÇÃO ADJUNTA DE GRADUAÇÃO SEÇÃO DE ENSINO Normas técnicas para a monografia de graduação da Faculdade de Letras 2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

TÍTULO CLARO E OBJETIVO QUANTO ÀS PRETENÇÕES RELATIVAS AO OBJETO DE ESTUDO

TÍTULO CLARO E OBJETIVO QUANTO ÀS PRETENÇÕES RELATIVAS AO OBJETO DE ESTUDO FORMATAÇÃO GERAL PAPEL: A4 MARGEM: 3 cm à esquerda e superior e 2 cm à direita e inferior ESPAÇAMENTO: 1,5 texto corrido; entre parágrafo 6pts antes e depois FONTE: Times New Roman ou Arial TAMANHO DA

Leia mais

Recomendações para a elaboração de um relatório técnico (Repare que algumas informações podem ou não se aplicar para o seu caso).

Recomendações para a elaboração de um relatório técnico (Repare que algumas informações podem ou não se aplicar para o seu caso). Recomendações para a elaboração de um relatório técnico (Repare que algumas informações podem ou não se aplicar para o seu caso). SUMÁRIO 1. CONCEITO DE RELATÓRIO 2. OBJETIVOS 3. TIPOS DE RELATÓRIOS 4.

Leia mais

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Iniciação à Pesquisa em Informática Profª MSc. Thelma E. C. Lopes e-mail: thelma@din.uem.br 2 Texto Científico: o que é? A elaboração do texto científico

Leia mais

NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas de Avaré AVARÉ NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Considerações preliminares O Regulamento do Trabalho

Leia mais

CHAMADA DE TRABALHOS

CHAMADA DE TRABALHOS FACULDADE DE DIREITO NÚCLEO DE PESQUISAS E ESTUDOS JURÍDICOS (NPEJ) CHAMADA DE TRABALHOS V SIMPÓSIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE A Faculdade de Direito da

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA FORMOSA/GO

Leia mais

REVISTA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE

REVISTA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE REVISTA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1 GERAIS: Originais: Artigos, resenhas, análises jurisprudenciais devem ser enviados

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO 1. VERSÃO FINAL O original da versão final da Dissertação deverá ser entregue pelo aluno a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

Como fazer uma MONOGRAFIA

Como fazer uma MONOGRAFIA Como fazer uma MONOGRAFIA 1 MONOGRAFIA JURÍDICA Tipos de um mesmo gênero: paper, TCC, Monografia de Especialização, Dissertação de Mestrado e Tese Doutoral. A Monografia de especialização: expectativas,

Leia mais

Faculdade do Sul da Bahia Você vai levar esta marca para sempre!

Faculdade do Sul da Bahia Você vai levar esta marca para sempre! NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1. OBJETIVOS E DIRETRIZES PARA PUBLICAÇÃO O II Seminário de Iniciação Científica da FASB tem como objetivo ampliar as discussões para o conhecimento

Leia mais

SINAGRO NORMAS PARA ELABORAÇÃO TRABALHOS

SINAGRO NORMAS PARA ELABORAÇÃO TRABALHOS SINAGRO NORMAS PARA ELABORAÇÃO TRABALHOS Os Resumos podem ser elaborados em qualquer programa, porém somente poderão ser submetidos em PDF. As tabelas e figuras deverão estar inseridas no Banner e apresentadas

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA COMPUTACIONAL E SISTEMAS (PGBCS) DO INSTITUTO OSWALDO CRUZ

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA COMPUTACIONAL E SISTEMAS (PGBCS) DO INSTITUTO OSWALDO CRUZ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA COMPUTACIONAL E SISTEMAS (PGBCS) DO INSTITUTO OSWALDO CRUZ NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÕES DE MESTRADO E TESES DE DOUTORADO Conforme os Regimentos de Ensino

Leia mais

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO Todas as contribuições destinadas à Revista Interface Tecnológica devem estar rigorosamente baseadas nas regras da ABNT (Associação Brasileira de Normas

Leia mais

2º CONGRESSO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE E EDUCAÇÃO: MEIO AMBIENTE, CIÊNCIA E QUALIDADE DE VIDA

2º CONGRESSO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE E EDUCAÇÃO: MEIO AMBIENTE, CIÊNCIA E QUALIDADE DE VIDA 2º CONGRESSO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE E EDUCAÇÃO: MEIO AMBIENTE, CIÊNCIA E QUALIDADE DE VIDA ISSN 2358-2995 Normas para submissão de trabalhos Cronograma: 31/03/15 início das inscrições dos trabalhos

Leia mais

Presidente da FUSVE Américo da Silva Carvalho. Vice-Presidente Executivo da FUSVE Antônio Orlando Izolani. Reitora da USS Ana Maria Severiano de Paiva

Presidente da FUSVE Américo da Silva Carvalho. Vice-Presidente Executivo da FUSVE Antônio Orlando Izolani. Reitora da USS Ana Maria Severiano de Paiva Presidente da FUSVE Américo da Silva Carvalho Vice-Presidente Executivo da FUSVE Antônio Orlando Izolani Reitora da USS Ana Maria Severiano de Paiva Vice-Reitor da USS Marco Antonio Soares de Souza Pró-Reitor

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO RESUMO. Palavras-chave: Artigo Científico. Normalização. NBR 6022/03.

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO RESUMO. Palavras-chave: Artigo Científico. Normalização. NBR 6022/03. ARTIGO CIENTÍFICO Texto com autoria declarada que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados de diversas áreas do conhecimento (ABNT/NBR 6022:2003). 2.1.1 Modelo de artigo COMO

Leia mais