Normas para Redação da Dissertação/Tese

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Normas para Redação da Dissertação/Tese"

Transcrição

1 Normas para Redação da Dissertação/Tese Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou monografia compreende três partes fundamentais, de acordo com a ABNT (NBR 14724): elementos prétextuais, elementos textuais e elementos pós-textuais. 1. Elementos pré-textuais Páginas cujas informações antecedem ao texto principal do trabalho, do qual fazem parte os seguintes elementos: Folha de rosto, ficha catalográfica, termo de aprovação, dedicatória, agradecimentos, resumos e palavras-chave, sumário e listas (lista de tabelas e quadros, lista de figuras e lista de abreviaturas. 2. Elementos textuais Texto principal da tese ou dissertação do qual fazer parte alguns ou todos dos seguintes elementos: contextualização, objetivos, método, resultados (trabalhos/estudos) e conclusão. 3. Elementos pós-textuais Parte composta pelas considerações finais, referências bibliográficas e pelos apêndices e anexos que complementam o texto principal.

2 1. Elementos pré-textuais Sequência de apresentação 1. Capa 2. Folha de rosto 3. Ficha Catalográfica Deverá ser redigida pela bibliotecária da UNINOVE. Antes da data da defesa, o aluno deve comparecer à Biblioteca de Pós-Graduação e solicitar a preparação à bibliotecária responsável. Telefone para informações: (das 14h às 22h). 4. Reprodução do termo de aprovação da Banca Examinadora da tese ou dissertação. O termo de aprovação é um documento oficial da UNINOVE que é elaborado após a defesa do trabalho acadêmico. Deve vir logo após a folha de rosto, em página distinta. Contém o nome do autor, título e subtítulo do trabalho, texto de aprovação, nome do orientador e dos membros da banca examinadora, do Coordenador da Pós-Graduação, além do local e data de aprovação. 5. Dedicatória (opcional). Homenagem ou dedicatória do trabalho a outras pessoas, como amigos, parentes, etc. Apresentada em página distinta, logo após o termo de aprovação, no caso de teses e dissertações. 6. Agradecimentos. Registro de agradecimento àqueles que contribuíram de maneira relevante à elaboração do trabalho, restringindo-se ao mínimo necessário. Os agradecimentos aparecem em folha distinta, após a dedicatória em teses e dissertações.

3 Caso o aluno tenha recebido algum tipo de bolsa de estudos ou qualquer tipo de ajuda para a realização de seus estudos deve, obrigatoriamente, fazer um agradecimento às instituições responsáveis por essa ajuda. 7. Resumo e palavras-chave em língua portuguesa. Apresentação concisa dos pontos relevantes do conteúdo e das conclusões do trabalho. Deve ser redigido na terceira pessoa do singular, em um único parágrafo, com o verbo na voz ativa, compondo-se de uma seqüência corrente de frases e não de uma enumeração de tópicos. Deve-se evitar o uso de fórmulas, equações, diagramas e símbolos, optando-se, quando necessário, pela transcrição na forma extensa. Não deve incluir citações bibliográficas. Deve conter, no máximo, 250 palavras. Ao final do resumo, em nova linha, devem ser incluídas as palavraschave. Recomenda-se o máximo de 5 palavras ou expressões. 8. Resumo e palavras-chave em língua estrangeira, como por exemplo, Abstract e keywords. Deve reproduzir o resumo da tese ou dissertação em outro idioma. O resumo é denominado Abstract em inglês e as palavras-chave correspondem a Keywords, também sendo recomendado, no máximo, 5 palavras ou expressões. Os itens 7 e 8 devem ser apresentados em páginas distintas. 9. Sumário Enumeração das principais divisões, seções e partes do trabalho, feita na ordem em que estas se sucedem no texto. 10. Lista de ilustrações, tabelas, quadros, figuras, abreviaturas, símbolos, etc. A seguir, exemplo da disposição dos elementos pré-textuais.

4 UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO NOME DO ALUNO TÍTULO DA TESE São Paulo, SP

5 Ano NOME DO ALUNO TÍTULO DA DISSERTAÇÃO Dissertação apresentada à Universidade Nove de Julho para obtenção do título de Mestre em Ciências da Reabilitação. Orientador: Prof. Dr. Co-orientador: Prof. Dr. São Paulo, SP

6 Ano FICHA CATALOGRÁFICA

7 TERMO DE APROVAÇÃO TÍTULO DA DISSERTAÇÃO NOME DO ALUNO Dissertação apresentada à Universidade Nove de Julho para obtenção do título de Mestre em Ciências da Reabilitação. Presidente: Prof., Dr. Orientador UNINOVE Membro: Prof., Dr. Co-orientador UNINOVE Membro: Prof., Dr. Universidade XXXXX Membro: Prof., Dr. UNINOVE São Paulo, X de XXXXXXX de XXXX

8 DEDICATÓRIA

9 AGRADECIMENTOS

10 RESUMO Mestrado - Deverá conter até 250 palavras Doutorado Deverá conter até 500 palavras Palavras-chave:

11 Keywords ABSTRACT

12 LISTA DE TABELAS E QUADROS

13 LISTA DE FIGURAS

14 LISTA DE ABREVIATURAS

15 2. Elementos textuais 2A Mestrado 1.Contextualização Aborda o tema principal a ser estudado. Parte de um contexto global que vai se aprofundando, de forma a mostrar o que já foi escrito/publicado a respeito do assunto, podendo abordar desde os artigos clássicos sobre o tema até estudos mais recentes. Não há limite de páginas, mas é fundamental que a contextualização forneça ao leitor suporte teórico suficiente para o entendimento atual do tema, permeando todos os estudos que serão apresentados. Pode ser dividida em tópicos, cujo número depende da abordagem e do tema tratado. Deve ser finalizada com a justificativa e relevância da presente pesquisa, envolvendo o(s) estudo(s) concluído(s). 2. Objetivos 2.1 Geral 2.2 Específicos 3. Método Deverá ser numerado e abordar os seguintes itens 3.1 Delineamento do estudo Tipo de estudo, local onde foi realizado e período de realização 3.2 Casuística Especificar a origem da amostra, critérios de inclusão e exclusão 3.3 Protocolo Descrever o fluxograma do estudo 3.4 Avaliações

16 3.4.1 XXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXX e assim por diante. 3.5 Análise estatística Deve conter o cálculo amostral e os testes estatísticos realizados. 4. Resultados 5. Discussão 6. Considerações finais Deve conter se o(s) estudo(s) conseguiu(ram) responder a(s) questão(ôes) de pesquisa(s) inicialmente proposta(s), se o conhecimento relativo a(s) pesquisa(s) foi(ram) ampliado(s). Deve abordar, também, se a(s) hipótese(s) levantada(s) foram confirmadas ou refutadas, se os objetivos gerais e específicos foram alcançados, além de demonstrar, também, a posição do aluno diante do tema, após ler, analisar, comparar e sintetizar diferentes autores a respeito do mesmo. Aqui, também deverá conter as contribuições do(s) estudo(s) para a reabilitação, perpectivas futuras e recomendações para o(s) tema(s) abordado(s). 7. Referências Deve conter as referências da contextualização, dos métodos e da discussão. Para as referências bibliográficas, usar as normas de Vancouver. O manual de Vancouver está disponível em:

17 8. Apêndices Artigo Publicados 9. Anexos Documento de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa Demais documentos necessários à compreensão do(s) estudo(s) apresentado. 2B - Doutorado 1.Contextualização Aborda o tema principal a ser estudado. Parte de um contexto global que vai se aprofundando, de forma a mostrar o que já foi escrito/publicado a respeito do assunto, podendo abordar desde os artigos clássicos sobre o tema até estudos mais recentes. Não há limite de páginas, mas é fundamental que a contextualização forneça ao leitor suporte teórico suficiente para o entendimento atual do tema, permeando todos os estudos que serão apresentados. Pode ser dividida em tópicos, cujo número depende da abordagem e do tema tratado. Deve ser finalizada com a justificativa e relevância da presente pesquisa. 2. Objetivos 2.1- Geral 2.2- Específico

18 3. Metodologia OPÇÃO A - Caso os Métodos utilizados nos diferentes estudos tenham sido os mesmos, descreve-se aqui a metodologia, similar ao item Método para Dissertação. 4. Resultados Os resultados da presente Tese serão apresentados no formato de artigos. O estudo I, intitulado XXXXXXXX foi aceito para publicação no periódico XXXXX e o estudo II, intitulado XXXXXXXX foi aceito para publicação no periódico XXXXX. (OBSERVAÇÃO: Só fazer referência ao periódico se o artigo foi aceito para publicação). 4.1 Estudo I Introdução (no máximo, uma página e meia, sendo finalizada como os objetivos) Resultados Discussão Conclusão 4.2. Estudo II Introdução (no máximo, uma página e meia, sendo finalizada como os objetivos) Resultados Discussão Conclusão

19 5. Considerações finais Deve conter se o(s) estudo(s) conseguiu(ram) responder a(s) questão(ôes) de pesquisa(s) inicialmente proposta(s), se o conhecimento relativo a(s) pesquisa(s) foi(ram) ampliado(s). Deve abordar, também, se a(s) hipótese(s) levantada(s) foram confirmadas ou refutadas, se os objetivos gerais e específicos foram alcançados, além de demonstrar, também, a posição do aluno diante do tema, após ler, analisar, comparar e sintetizar diferentes autores a respeito do mesmo. Aqui, também deverá conter as contribuições do(s) estudo(s) para a reabilitação, perpectivas futuras e recomendações para o(s) tema(s) abordado(s). 6. Referências Deve conter as referências da contextualização, dos métodos e da discussão. Para as referências bibliográficas, usar as normas de Vancouver. O manual de Vancouver está disponível em: 7. Apêndices Artigo(s) Publicado(s) 8. Anexos Documento de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa Demais documentos necessários à compreensão do(s) estudo(s) apresentado.

20 OPÇÃO B - Caso os Métodos utilizados nos diferentes estudos tenham sido diferentes, seguir a seguinte sequência: 3. Resultados Os resultados da presente Tese serão apresentados no formato de artigos. O estudo I, intitulado XXXXXXXX, foi (será) submetido ao periódico XXXXX e o estudo II, intitulado XXXXXXXX, foi (será) submetido ao periódico XXXXX. (OBSERVAÇÃO: Só fazer referência ao periódico se o artigo foi aceito para publicação). 3.1 Estudo I Introdução (no máximo, uma página e meia, sendo finalizada como os objetivos) Métodos Resultados Discussão Conclusão 3.2. Estudo II Introdução (no máximo, uma página e meia, sendo finalizada como os objetivos) Métodos Resultados Discussão Conclusão

21 4. Considerações finais Deve conter se o(s) estudo(s) conseguiu(ram) responder a(s) questão(ôes) de pesquisa(s) inicialmente proposta(s), se o conhecimento relativo a(s) pesquisa(s) foi(ram) ampliado(s). Deve abordar, também, se a(s) hipótese(s) levantada(s) foram confirmadas ou refutadas, se os objetivos gerais e específicos foram alcançados, além de demonstrar, também, a posição do aluno diante do tema, após ler, analisar, comparar e sintetizar diferentes autores a respeito do mesmo. Aqui, também deverá conter as contribuições do(s) estudo(s) para a reabilitação, perpectivas futuras e recomendações para o(s) tema(s) abordado(s). 5. Referências Deve conter as referências da contextualização, dos métodos e da discussão. Para as referências bibliográficas, usar as normas de Vancouver. O manual de Vancouver está disponível em: 6. Apêndices Artigo(s) Publicado(s) 7. Anexos Documento de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa Demais documentos necessários à compreensão do(s) estudo(s) apresentado.

22 Abaixo, a representação esquemática dos itens que compõem a tese de Doutorado nos casos de metodologia única e metodologia distinta entre os estudos apresentados. OPÇÃO A - Metodologia única OPÇÃO B - Metodologias diferentes 1- Contextualização 1- Contextualização 2- Objetivos 2- Objetivos 2.1- Objetivo geral 2.1- Objetivos específicos 3- Metodologia 4- Resultados 4.1- Estudo I Introdução Resultados Discussão Conclusão 2.1- Objetivo geral 2.1- Objetivos específicos 3- Resultados 3.1- Estudo I Introdução Material e Métodos Resultados Discussão Conclusão 4.2- Estudo II Introdução Resultados Discussão Conclusão 3.2- Estudo II Introdução Material e Métodos Resultados Discussão Conclusão 5- Considerações finais 6- Referências 7- Apêndice 8- Anexos 4- Considerações finais 5- Referências 6- Apêndice 7- Anexos

23 Orientações para a impressão Formato do papel O texto deve ser impresso sobre papel branco opaco, em formato A4 (210 x 297mm, de 75 gr/m2), em disposição vertical. Recomenda-se a impressão do trabalho apenas em um lado do papel. Todos os capítulos, incluindo a Contextualização, devem iniciar em nova página. Margens e mancha gráfica margem superior: 2,5 cm margem inferior: 2,5 cm margem esquerda: 3 cm margem direita: 3 cm cabeçalho: 1 cm rodapé: 0 cm Alinhamento de parágrafos Os títulos e sub-títulos devem ser alinhados pela margem esquerda da página. Na capa e folha de rosto, o texto deve estar alinhado pela margem direita. Espaçamento Utilizar o entrelinhamento de 1,5 linhas para parágrafos de texto. Numeração de páginas A contagem das páginas, para efeito de numeração, deve começar a partir da primeira folha do trabalho (folha de rosto). As capas não fazem parte desta numeração. A numeração é feita com algarismos arábicos nas páginas do texto. Os algarismos das páginas do texto devem estar situados no alto das páginas, à direita. Omite-se o número nas páginas iniciais (pré-texto), mas

24 essas páginas são consideradas para fins de numeração, ou seja, elas são contadas. Deste modo, a numeração aparece apenas a partir da primeira página da Contextualização. Numeração de capítulos Recomenda-se o sistema de numeração progressiva adotado pela ABNT (NBR 6024) para os capítulos e sub-capítulos. O excesso de subdivisões deve ser evitado; sugere-se não ultrapassar o máximo de cinco algarismos. Cada capítulo deve iniciar em nova página.

25 Numeração de títulos de capítulos Título do capítulo (Arial 14 - negrito) Numeração progressiva de subdivisões de capítulos X.1. Título da primeira subdivisão (Arial 12 - negrito) X.2. Título da segunda subdivisão (Arial 12 - negrito) X.2.1. Título da divisão da segunda subdivisão (Arial 12 - negrito) Identificação de ilustrações, figuras, tabelas e quadros - Ilustrações e figuras Relação das figuras apresentadas no texto, devendo constar número, legenda e página. - Tabelas e quadros Sua finalidade é resumir ou sintetizar dados, fornecendo o máximo de informação num mínimo de espaço. - Impressão Ao imprimir os elementos pré textuais deve ser utilizada somente a frente do papel (anverso). - Volumes finais Após a defesa de seu trabalho, o aluno deve entregar a diagramação de sua tese ou dissertação o total de seis exemplares à secretária do programa, contendo todas as correções e reformulações sugeridas pela banca examinadora.

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Normas para Redação de Dissertações/Teses 1. Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA ANEXO da Norma 004/2008 CCQ Rev 1, 28/09/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Salvador 2009 2 1 Objetivo Estabelecer parâmetros para a apresentação gráfica

Leia mais

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e NORMAS PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA A elaboração da monografia deve ter como referência a ABNT NBR 14724/ 2006, a qual destaca que um trabalho acadêmico compreende elementos pré-textuais,

Leia mais

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo Objetivo ABNT Normas para elaboração de trabalhos científicos Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos, visando sua apresentação à instituição Estrutura Parte

Leia mais

NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL) Apresentação Gráfica

NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL) Apresentação Gráfica UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Educação UAB/UnB Curso de Especialização em Educação na Diversidade e Cidadania, com Ênfase em EJA Parceria MEC/SECAD NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL)

Leia mais

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS MONOGRAFIA Trata-se de uma construção intelectual do aluno-autor que revela sua leitura, reflexão e interpretação sobre o tema da realidade. Tem como base a escolha de uma unidade ou elemento social, sob

Leia mais

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico As orientações abaixo estão de acordo com NBR 14724/2011 da Associação

Leia mais

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA 1 DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor do trabalho, ou seja, o que não consta no texto destas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC ANEXO A TERMO DE COMPROMISSO DE ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE Nome do Aluno: Matricula: Título do TCC CONCLUSAO DE CURSO (TCC) Solicito que seja designado como meu Orientador do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado, no anverso das folhas, em espaço 1,5, letra do tipo

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III Projeto Integrado Multidisciplinar Cursos Superiores Tecnológicos G. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Trabalho

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PONTA GROSSA 2011 LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Leia mais

DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS ACADÊMICOS

DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS ACADÊMICOS DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROF. DR. MARCOS FRANCISCO R. SOUSA PROF. Me. CELSO LUCAS COTRIM APRESENTAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA Normas para elaboração de Dissertações do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais MODELO

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E HUMANAS Programa de Pós-Graduação em Biotecnociência Título Santo André dd/mm/aaaa Normas para Dissertações Mestrado em Biotecnociência - UFABC.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

Apresentação e formatação de artigo em publicação periódica científica:

Apresentação e formatação de artigo em publicação periódica científica: Apresentação e formatação de artigo em publicação periódica científica: Conforme NBR 6022:2003 Seção de atendimento ao usuário - SISBI Outubro 2013 Normas técnicas Norma técnica é um documento estabelecido

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS O trabalho deve ser digitado e impresso em papel

Leia mais

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2 UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA COORDENAÇÃO ADJUNTA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES Material de apoio para elaboração padronizada

Leia mais

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 1 Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 Pré-textuais Textuais Pós-textuais Estrutura Elemento OK Capa (obrigatório) Anexo A (2.1.1) Lombada (obrigatório) Anexo H Folha

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 Paula Carina de Araújo paulacarina@ufpr.br 2014 Pesquisa Pesquisa Atividade básica da ciência

Leia mais

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO HOSPITALAR PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Elaborar um estudo acerca Estrutura e Funcionamento do Sistema de Saúde Pública e Privada no Brasil.

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL

NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL AQUIDAUANA MS 2009 1. PAPEL E PROCESSO DE MULTIPLICAÇÃO O papel

Leia mais

TRABALHO ACADÊMICO: Guia fácil para diagramação: formato A5. Formatação do Texto

TRABALHO ACADÊMICO: Guia fácil para diagramação: formato A5. Formatação do Texto TRABALHO ACADÊMICO: Guia fácil para diagramação: formato A5 Antes de iniciar a digitação de seu trabalho acadêmico configure seu documento com as especificações a seguir, facilitando a visualização e sua

Leia mais

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= *

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= * Lombada* UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS BIBLIOTECA GLÁDIS W. DO AMARAL ORIENTAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Elementos póstextuais INDICES * PARTE INTERNA ANEXOS * APENDICES * GLOSSARIO

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA FORMOSA/GO

Leia mais

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Iniciação à Pesquisa em Informática Profª MSc. Thelma E. C. Lopes e-mail: thelma@din.uem.br 2 Texto Científico: o que é? A elaboração do texto científico

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS PARA QUALIFICAÇÃO (MESTRADO E DOUTORADO), TESES E TRABALHOS

Leia mais

Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos

Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos Padrão FEAD de normalização Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos Objetivo Visando padronizar os trabalhos científicos elaborados por alunos de nossa instituição Elaboramos este manual

Leia mais

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008)

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008) Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Curso de Sistemas de Informação Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Dr. Luís Fernando Garcia - TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Centro de Excelência em Turismo MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB Por: Jakeline V. de Pádua APRESENTAÇÃO As páginas que se seguem especificam os princípios gerais

Leia mais

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS:

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS: MANUAL PARA TCC www.etecmonteaprazivel.com.br Estrada do Bacuri s/n Caixa Postal 145 Monte Aprazível SP CEP 15150-000 Tel.: (17) 3275.1522 Fax: (17) 3275.1841 NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT

Leia mais

NORMAS DE REDAÇÃO PARA QUALIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES

NORMAS DE REDAÇÃO PARA QUALIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/ DE 30 DE MAIO DE 2011/ PRODEMA-UFS DE Estas normas de redação foram definidas como diretrizes básicas pelo Colegiado do Núcleo de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Leia mais

PIM I. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM I. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM I Projeto Integrado Multidisciplinar PIM I - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e Análise de Práticas de Gestão Organizacional em uma Empresa. OBJETIVOS: Favorecer aos alunos ingressantes

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UFSJ

GUIA PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UFSJ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO OESTE DONA LINDU GUIA PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UFSJ DIVINÓPOLIS MG 2009 O Trabalho de

Leia mais

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011]

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] Professora Alcione Mazur 25/07/11 Cancela e substitui a edição anterior. ABNT NBR 14724: 2005 Não houve alterações na estrutura do trabalho, mas em uma

Leia mais

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Editoração do Trabalho Acadêmico 1 Formato 1.1. Os trabalhos devem ser digitados em papel A-4 (210 X297 mm) apenas no anverso (frente) da folha. 2 Tipo e tamanho

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA

SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA São Paulo 2014 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 1 ELEMENTOS EXTERNOS 1.1 CAPA 1.2 LOMBADA 2 ELEMENTOS INTERNOS PRÉ-TEXTUAIS

Leia mais

(CAPA) INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE BRASÍLIA

(CAPA) INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE BRASÍLIA (CAPA) INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA CAMPUS BRASÍLIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado MANUAL DE DEFESA Exame de Qualificação: banca examinadora

Leia mais

Guia de Orientação para Apresentação de Projeto de Pesquisa para Alunos da FCC de acordo com as Normas da ABNT

Guia de Orientação para Apresentação de Projeto de Pesquisa para Alunos da FCC de acordo com as Normas da ABNT FACULDADE CRISTÃ DE CURITIBA Guia de Orientação para Apresentação de Projeto de Pesquisa para Alunos da FCC de acordo com as Normas da ABNT Elaborado pela bibliotecária Teresinha Teterycz - CRB 9 / 1171

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE 1 INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTRUÇÕES GERAIS: papel branco A4, fonte Arial tamanho 12, com espaçamento de 1,5 cm entre as linhas,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE DISSERTAÇÃO (FORMATO

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA (NBR 6022:2003)

PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA (NBR 6022:2003) PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA (NBR 6022:2003) Maio de 2012. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Biblioteca Universitária. Programa de capacitação. 2 NORMAS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT. ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT. ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações 1ª edição Ilhéus BA 2012 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO RESUMO. Palavras-chave: Artigo Científico. Normalização. NBR 6022/03.

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO RESUMO. Palavras-chave: Artigo Científico. Normalização. NBR 6022/03. ARTIGO CIENTÍFICO Texto com autoria declarada que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados de diversas áreas do conhecimento (ABNT/NBR 6022:2003). 2.1.1 Modelo de artigo COMO

Leia mais

CAPA elemento obrigatório.

CAPA elemento obrigatório. CAPA elemento obrigatório. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA NOME DO SETOR DO CURSO NOME DO DEPARTAMENTO OU COORDENAÇÃO NOME DO CURSO Nome da Instituição, do Setor, do Departamento e do Curso. Fonte

Leia mais

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 ESTRUTURA A estrutura e a disposição dos elementos de um trabalho acadêmico são as

Leia mais

Normas técnicas para a monografia de graduação da Faculdade de Letras

Normas técnicas para a monografia de graduação da Faculdade de Letras UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE LETRAS DIREÇÃO ADJUNTA DE GRADUAÇÃO SEÇÃO DE ENSINO Normas técnicas para a monografia de graduação da Faculdade de Letras 2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO FINANCEIRA DA EMPPRESA

PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO FINANCEIRA DA EMPPRESA PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO FINANCEIRA DA EMPPRESA 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: O aluno deverá escolher uma empresa de qualquer porte ou segmento e, com base no cenário

Leia mais

MODELO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MODELO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MODELO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS Elaborado por Prof. Dr. Rodrigo Sampaio Fernandes Um projeto de pesquisa consiste em um documento no qual

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR-14724, AGOSTO 2002)

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR-14724, AGOSTO 2002) NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR-14724, AGOSTO 2002) DIRETOR: Profº. Daniel Jorge dos Santos Branco Borges COORDENADORA PEDAGÓGICA: Profª. Paloma Martinez Veiga Branco COORDENADORA

Leia mais

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT www.abnt.org.br Objetivos da normalização Comunicação Simplificação Níveis de normalização Menos exigente (Genérica) INTERNACIONAL REGIONAL

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT ESCOLA E FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ANTÔNIO ADOLPHO LOBBE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT SÃO CARLOS 2010 MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS:

Leia mais

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ Prof. Marat Guedes Barreiros GUARUJÁ 2º semestre de 2013 PROJETO MULDISCIPLINAR Curso superior de BACHAREL em

Leia mais

ANEXO IV RELATO DE EXPERIÊNCIA TÍTULO DO TRABALHO

ANEXO IV RELATO DE EXPERIÊNCIA TÍTULO DO TRABALHO ANEXO IV RELATO DE EXPERIÊNCIA TÍTULO DO TRABALHO Nome Sobrenome 1 Nome Sobrenome 2 RESUMO Este trabalho apresenta os elementos que constituem a estrutura do relato de experiência para o programa de apoio

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde

Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE DOCUMENTO DE QUALIFICAÇÃO E DISSERTAÇÃO PARA O PROGRAMA

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO. REVISTA DiCA!

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO. REVISTA DiCA! CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO REVISTA DiCA! Biblioteca - FAAG Tel. (14) 3262-9400 Ramal: 417 Email: biblioteca@faag.com.br http://www.faag.com.br/faculdade/biblioteca.php

Leia mais

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CORNÉLIO PROCÓPIO - PR ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 1 INTRODUÇÃO As orientações aqui apresentadas são baseadas

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ GESTÃO2010/2012 ESCOLASUPERIORDOMINISTÉRIOPÚBLICO(Art.1ºdaLei11.592/89) Credenciada pelo Parecer 559/2008, de 10/12/08, do CEC (Art. 10, IV da Lei Federal n.º 9.394, de 26/12/1996 - LDB) NORMAS PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

PADRÃO PARA FORMATAÇÃO DE TRABALHOS

PADRÃO PARA FORMATAÇÃO DE TRABALHOS 1. ESTRUTURA DA MONOGRAFIA PADRÃO PARA FORMATAÇÃO DE TRABALHOS A estrutura de uma monografia compreende as seguintes partes: a) elementos pré-textuais; b) elementos textuais; c) elementos pós-textuais.

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE JUNDIAÍ GUIA DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: TESES E DISSERTAÇÕES

FACULDADE DE MEDICINA DE JUNDIAÍ GUIA DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: TESES E DISSERTAÇÕES FACULDADE DE MEDICINA DE JUNDIAÍ GUIA DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: TESES E DISSERTAÇÕES Evaldo Marchi Maria Cristina Traldi Monica Vannucci Nunes Lipay Aiko Shibukawa Eliana Blumer Rodrigues

Leia mais

ANEXO II - Trabalho de conclusão de curso (TCC)

ANEXO II - Trabalho de conclusão de curso (TCC) ANEXO II - Trabalho de conclusão de curso (TCC) O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) compreende a elaboração de trabalho de caráter individual teórico, projetual ou aplicativo, com observância de exigências

Leia mais

PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar PIM III - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e análise de práticas de gestão em empresas hospitalares de médio porte. OBS: O Projeto deverá ser

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO (1)

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO (1) 1 COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO (1) SOBRENOME, Nome Aluno 1 Graduando em Administração de Empresas Decision/FGV SOBRENOME, Nome Aluno 2 Graduando em Administração de Empresas Decision/FGV RESUMO Este

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP. FACULDADE (do aluno) CURSO. TÍTULO DO PROJETO Subtítulo do Projeto AUTOR DO PROJETO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP. FACULDADE (do aluno) CURSO. TÍTULO DO PROJETO Subtítulo do Projeto AUTOR DO PROJETO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP FACULDADE (do aluno) CURSO TÍTULO DO PROJETO Subtítulo do Projeto AUTOR DO PROJETO TÍTULO DO RELATÓRIO AUTOR(ES) DO RELATÓRIO SÃO PAULO 200_ NOTA PRÉVIA

Leia mais

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Maria Bernardete Martins Alves Marili I. Lopes Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Módulo 3 Apresentação

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS ARACAJU 2012 2 PREFÁCIO A apresentação dos trabalhos acadêmicos

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1. APRESENTAÇÃO É essencial o uso de normas técnicas para uma boa apresentação e compreensão da leitura de um trabalho acadêmico-científico.

Leia mais

Normas para Apresentação de Monografias

Normas para Apresentação de Monografias UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Normas para Apresentação de Monografias Campina Grande, dezembro 2010

Leia mais

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5. 5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.2 Capa... 48 5.3 Folha de rosto... 51 5.4 Errata... 53

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE MANUAL DE RELATÓRIO CIENTÍFICO (MRC) (GRADUAÇÃO)

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE MANUAL DE RELATÓRIO CIENTÍFICO (MRC) (GRADUAÇÃO) INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE MANUAL DE RELATÓRIO CIENTÍFICO (MRC) (GRADUAÇÃO) O RELATÓRIO CIENTÍFICO 1. CONCEITO DE RELATÓRIO Exposição escrita na qual se descrevem fatos verificados

Leia mais

4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO 4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Este capítulo visa a orientar a elaboração de artigos científicos para os cursos de graduação e de pós-graduação da FSG. Conforme a NBR 6022 (2003, p. 2),

Leia mais

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA. MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA. MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I Este manual atende todos os cursos de gestão 1º semestre, turmas ingressantes em fevereiro

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS - DIPLOMAÇÃO E MONOGRAFIA

ORIENTAÇÕES BÁSICAS - DIPLOMAÇÃO E MONOGRAFIA INSTITUTO DE FORMAÇÃO E EDUCAÇÃO TEOLÓGICA- IFETE-CURSOS LIVRES Rua João Dias de Carvalho, 78. Alto da Expectativa. Sobral/CE CEP: 62041-570 Fone: (88)3611-3160/(88)3611-7630 acadêmico@ifete.com.br / academico2@ifete.com.br

Leia mais

MANUAL DE NORMATIZAÇÃO PARA ARTIGOS CIENTÍFICOS

MANUAL DE NORMATIZAÇÃO PARA ARTIGOS CIENTÍFICOS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE NORMATIZAÇÃO PARA ARTIGOS CIENTÍFICOS PONTA GROSSA 2010 2 SUMÁRIO 1

Leia mais

Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação

Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação AGO 2002 NBR 14724 ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 2º andar CEP 20003-900 Caixa Postal

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE MESTRADO EM BIOCIÊNCIAS E SAÚDE (6 LINHAS 1,5) Nome do Mestrando (6 LINHAS 1,5)

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE MESTRADO EM BIOCIÊNCIAS E SAÚDE (6 LINHAS 1,5) Nome do Mestrando (6 LINHAS 1,5) UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE MESTRADO EM BIOCIÊNCIAS E SAÚDE (6 LINHAS 1,5) Nome do Mestrando (6 LINHAS 1,5) TÍTULO DO TRABALHO (LETRAS MAIÚSCULAS) Dissertação de Mestrado (Arial

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO 1. INTRODUÇÃO A Dissertação é a apresentação escrita do trabalho de pesquisa desenvolvido no âmbito do Programa de

Leia mais

NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA APRESENTADA NO FINAL DO CURSO

NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA APRESENTADA NO FINAL DO CURSO U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E O U R O P R E T O - U F O P ESCOLA DE MINAS EM C O L E G I A D O C U R S O E N G E N H A R I A D E C O N T R O L E E A U T O M A Ç Ã O ( C E C A U ) NORMAS PARA

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (ABNT - NBR 15287- válida a partir de 30.01.2006) 1 COMPONENTES DE UM PROJETO DE PESQUISA (itens em negrito são obrigatórios) ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Capa

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

GUIA PARA CONFECÇÃO DE PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

GUIA PARA CONFECÇÃO DE PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) GUIA PARA CONFECÇÃO DE PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Mestrado Profissional em Metrologia e Qualidade Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial 2010 APRESENTAÇÃO

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA. Apresentação gráfica

PROJETO DE PESQUISA. Apresentação gráfica 2012 PROJETO DE PESQUISA Apresentação gráfica Revisto e atualizado segundo alterações ABNT: NBR 15287:2011 Projeto de Pesquisa; NBR 14724:2011 Trabalhos Acadêmicos. Profa. Dra. Wakiria Martinez Heinrich

Leia mais

Modelo para apresentação de Pré-Projetos de Pesquisa

Modelo para apresentação de Pré-Projetos de Pesquisa Modelo para apresentação de Pré-Projetos de Pesquisa Os pré-projetos de pesquisa do Curso de Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde do Programa de Pós-Graduação Stricto sensu da Faculdade Ciências Médicas

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO. Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros.

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO. Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros. Estrutura Elementos Parte externa Capa (obrigatório) Lombada (opcional) Parte

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE ALTA FLORESTA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE E AGROECOSSISTEMAS

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre na estratégia

Leia mais

COMO AVALIAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO AVALIAR UM ARTIGO CIENTÍFICO COMO AVALIAR UM ARTIGO CIENTÍFICO ARTIGO CIENTÍFICO Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas

Leia mais

Curso de Graduação em Enfermagem da FCMSCSP. Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

Curso de Graduação em Enfermagem da FCMSCSP. Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Curso de Graduação em Enfermagem da FCMSCSP Normas 1 para a Apresentação de Monografia do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) 1 Baseadas na Normatização para apresentação de dissertações e teses da Comissão

Leia mais

FKB Biblioteca Padre Lambert Prins Tutorial de formatação MS-Word Agary Veiga Graf CRB/8-3809

FKB Biblioteca Padre Lambert Prins Tutorial de formatação MS-Word Agary Veiga Graf CRB/8-3809 1 INTRODUÇÃO Tutorial é um programa ou texto, contendo ou não imagens, que ensina passo a passo, didaticamente, como um aplicativo funciona. Regra geral a maioria dos educandos já conhece o Microsoft Office

Leia mais

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Administração Biblioteca Normas para elaboração do TCC O que é um Trabalho de Conclusão de Curso? O TCC, é um trabalho acadêmico feito sob a coordenação

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE MESTRADO EM BIOCIÊNCIAS E SAÚDE (6 LINHAS 1,5) Nome do Mestrando (6 LINHAS 1,5)

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE MESTRADO EM BIOCIÊNCIAS E SAÚDE (6 LINHAS 1,5) Nome do Mestrando (6 LINHAS 1,5) UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE MESTRADO EM BIOCIÊNCIAS E SAÚDE (6 LINHAS 1,5) Nome do Mestrando (6 LINHAS 1,5) TÍTULO DO TRABALHO (LETRAS MAIÚSCULAS) Dissertação de Mestrado (Arial

Leia mais

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DA ADJETIVO CETEP

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DA ADJETIVO CETEP MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DA ADJETIVO CETEP REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS DOS TRABALHOS Formato: A4 Cor preta Espaçamento entre linhas: 1,5cm Fonte texto: Times New Roman, 12 ou Arial, 11 Margem superior

Leia mais