REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR. O caminho para um futuro melhor.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR. O caminho para um futuro melhor."

Transcrição

1 R R R REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR O caminho para um futuro melhor.

2 A FGR se preocupa com o planeta. v Reduza o quanto puder; Reutilize tudo que puder; Recicle o máximo que puder. 2 A qualidade de vida é um dos principais valores da FGR. 3 É por isso que o meio ambiente e a sustentabilidade são também princípios fundamentais para a empresa. Pensar sobre o futuro, preservar a natureza e reciclar é muito importante. Ninguém quer deixar um planeta seco, poluído e com pouca vida para as gerações seguintes. Todas as nossas ações refletem no planeta, por isso a FGR estimula o cultivo das ações que preservam o ambiente e melhoram a qualidade de vida para um futuro melhor.

3 O planeta agradece. 4 Reduzir a pobreza, a fome e a AIDS. Diminuir a mortalidade infantil e materna. Instituir a igualdade entre as raças e sexos e conquistar a sustentabilidade do meio ambiente. São belos e necessários objetivos para um mundo melhor. A ONU (Organização das Nações Unidas) estabeleceu em 2000, com a participação de 191 países, dentre eles o Brasil, as 8 Metas do Milênio que tem como objetivo reduzir esses índices até A FGR apóia e trabalha para a conquista desses objetivos, incentivando colaboradores, parceiros e moradores a se conscientizarem e participarem dessas causas para um futuro melhor. Apenas reciclando o lixo e adotando um consumo consciente você já colabora com a melhoria do meio ambiente, do local onde mora e do convívio com as pessoas a sua volta. 5 Um simples gesto que já faz toda diferença. Se quiser aprofundar os seus conhecimentos sobre as 8 Metas do Milênio, acesse

4 Como sua vida vai melhorar com a Coleta Seletiva de Resíduos e Constituintes do Lixo? Se você desperdiçar menos, consumir sem exageros, só o necessário, reutilizar materiais e colaborar na reciclagem dos que não podem ser reutilizados, a quantidade de lixo vai diminuir, os aterros sanitários serão menos utilizados e poderão durar mais tempo. 6 Isso significa menos riscos de doenças e condições favoráveis para o aparecimento de insetos e bichos que prejudicam os seres humanos. 7 Além disso, economizaremos energia e matérias-primas, o que reduz muito a poluição do meio ambiente. Só uma coisa vai aumentar: a saúde de todo mundo que mora no condomínio. Em 2005, o Brasil reciclou 121 mil toneladas em latas de alumínio, se tornando o campeão mundial na reciclagem do produto. São necessárias 60 latinhas de alumínio para fazer 1 kg de sucata.

5 Quem é que não qu er ter mais saúde? Quer ver como um pouco de boa vontade e atenção podem criar muitas vantagens para você e para muitas outras pessoas? Então leia abaixo os benefícios da Coleta Seletiva de Resíduos e Constituintes do Lixo: Cidades mais limpas; Aumento da qualidade de vida; 8 9 Menor exploração dos recursos naturais, diminuindo a poluição do solo, da água e do ar; Mais empregos para a população; Geração de renda com a comercialização dos recicláveis; Formação de uma consciência ecológica. Em cada 100 latinhas de alumínio, 63 voltam ao mercado depois de recicladas. Cada tonelada de latinhas de alumínio é vendida por cerca de 70 reais para empresas de reciclagem.

6 Como ajudar a construir um mundo melhor. Para você contribuir na luta pela preservação do meio ambiente, basta separar os resíduos em duas partes: recicláveis e não recicláveis. Você pode fazer a separação facilmente tendo em casa duas lixeiras distintas, uma para os materiais que possam ser enviados para reciclagem, e outra para o lixo comum. Recicláveis: Não Recicláveis: Jornais; revistas; folhas de caderno; formulários de computador; caixas em geral; aparas de papel; fotocópias; envelopes; provas; rascunhos; cartazes velhos; cartolinas; lista telefônica; caixas de pizza; caixas de leite (Tetra Pak); PET (garrafas plásticas); garrafas de produtos de limpeza; baldes; bacias; brinquedos; engradados de refrigerantes, embalagens de iogurte; embalagens de arroz, feijão, açúcar e sal; lona preta; resto de tubulações; canos de PVC; quase todos os tipos de vidro; latinhas de refrigerante e cerveja, latas de ferro; lataria; baterias de carro; lâmpadas fluorescentes; radiografias; copo descartável transparente; copo de água mineral; sacos de cimento e isopor. Etiquetas adesivas; papel carbono; fita crepe; papéis sanitários; papéis metalizados; papéis parafinados; papéis plastificados; papéis sujos; guardanapos; pontas de cigarro; papel de fax; plásticos com odor forte; plásticos engordurados; lâmpadas; espelhos; cristais; ampolas de medicamentos; cerâmicas e louças; vidros temperados planos; clipes; grampos; esponjas de aço; fotografias e latas de tinta. Além disso, não são recicláveis as perigosas pilhas e baterias de celular, essas podem ser devolvidas nas lojas em que são vendidas Cada brasileiro consome cerca de 53 latinhas por ano. Em 1993, eram apenas 10. Cada brasileiro consome cerca de 20 kg de plástico por ano. Em 1993, eram apenas 11.

7 Como os resíduos serão recolhidos? A rotina da coleta A coleta será realizada pelos colaboradores do condomínio. Recolhendo resíduos recicláveis, no mesmo instante em que é recolhido o lixo comum. O horário é definido pela administração do condomínio. Importante: O saquinho para acondicionamento do lixo será transparente, facilitando a identificação do material reciclado, para evitar que se abra saco de lixo misturado ou comum. Todo novo morador receberá um coletor para cada residência que deverá ser colocado na calçada. Mensalmente, cada morador receberá um kit com os sacos plásticos, para efetuar a separação. Seja amigo do catador. Além de separar seu lixo, tenha a iniciativa de lavar as embalagens, embrulhar em jornal os vidros 12 quebrados e pensar nas pessoas que irão recolhê-lo. 13 Para onde vai o resíduo que separamos? Todo o resíduo é encaminhado para a Cooperativa dos Catadores, lá ele passa por uma seleção, em que cada produto será encaminhado para as devidas fábricas de reciclagem de produtos, onde então, o trabalho mais importante é realizado. Cada tipo de resíduo recebe um tratamento diferente. Todo o material é separado por tipo e cor, assim cada tipo poderá ser utilizado para fabricar um novo objeto útil para nós. Papel vira telha, plástico vira camiseta, vidro vira vidro e etc. Além de gerar renda e empregos na cooperativa. Cada brasileiro gera cerca de 1 Kg de lixo por dia. Lembre-se: Lixo só é lixo quando não podemos reaproveitá-lo.

8 Para ter uma idéia da importância da coleta seletiva. Tudo pode ser reciclado? Abaixo, separamos algumas informações importantes a respeito dos resíduos: 1 quilo de vidro usado se transforma em 1 quilo de vidro novo. Não há perda de matéria-prima, quase nenhum resíduo e ainda há economia de 30% de energia elétrica. Você sabia que uma única latinha de alumínio reciclada economiza energia para manter uma TV ligada por três horas? Não. Algumas coisas não podem ser recicladas: cristais, louças, celofane, porcelana, pneus, espumas, papel carbono, papel laminado, papel higiênico, fralda descartável, absorvente higiênico, filtro de ar de veículos, retalho de tecidos e carpete. Como jogar fora o óleo de cozinha? Pode ser colocado dentro de garrafas PETs e deixado separado do saco de lixo, assim não ocorrerão vazamentos. 14 A reciclagem de produtos plásticos economiza derivados de petróleo. Engradados, tubulações para esgoto, sacos, sacolas e baldes são apenas alguns exemplos do que pode ser produzido com plástico reciclado. O que fazer com os pneus? Os devolva onde comprou os seus novos, a loja geralmente recebe os antigos. Como jogar pilhas e baterias usadas fora? 15 Plante uma árvore. Ela pode absorver até 1 tonelada de CO2 durante sua vida e é um bom abrigo para as aves. 50 quilos de papel reciclado evitam o corte de uma árvore. O papel pode ser reciclado várias vezes, dependendo do tamanho das suas fibras. Procure informações na própria embalagem do produto, que deve indicar o que fazer com sua pilha ou bateria. A legislação brasileira indica teores máximos de metais pesados para pilhas e baterias, e quando o limite não é ultrapassado, o descarte pode ser feito no lixo doméstico comum, caso contrário, deve haver coleta especial. Entretanto, para saber se o produto está ou não dentro dos limites da legislação, é necessário que o fabricante forneça a informação. Pilhas e baterias que não estão dentro da legislação podem oferecer riscos ao meio ambiente. Procure utilizar pilhas recarregáveis. Se quiser aprofundar os seus conhecimentos sobre reciclagem, acesse Restos de comida são transformados em adubo agrícola e distribuídos gratuitamente para agricultores.

9 Agora você já está pronto para entender uma grande verdade: Lixo só é lixo quando não podemos reaproveitá-lo.

COLETA SELETIVA PRATIQUE ESTA IDEIA

COLETA SELETIVA PRATIQUE ESTA IDEIA COLETA SELETIVA PRATIQUE ESTA IDEIA O QUE É? Coleta seletiva é o processo de separação dos materiais recicláveis do restante dos resíduos sólidos. Como definição de resíduos sólidos, pelo Wikipédia, entende-se

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015 Regulamentação do descarte de resíduos comuns, recicláveis, pilhas e baterias e lâmpadas no Centro de Ciências da Saúde da UFRJ - CCS-UFRJ. 1 Objetivo e aplicação Com o

Leia mais

BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES

BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES 3 Definições de lixo: No dicionário: sujeira, imundice, coisa(s) inúteis, velhas, sem valor. Na linguagem técnica: sinônimo

Leia mais

Programa de Gestão. Ambiental. Cartilha. Ambiental

Programa de Gestão. Ambiental. Cartilha. Ambiental Programa de Gestão Ambiental Cartilha Ambiental Índice Responsabilidade Ambiental 1. Responsabilidade Ambiental 2. Organograma 4. Política Ambiental 6. Coleta Seletiva Interna 12. Dicas Importantes A preocupação

Leia mais

PROGRAMA DE COLETA SELETIVA

PROGRAMA DE COLETA SELETIVA PROGRAMA DE COLETA SELETIVA PROGRAMA DE COLETA SELETIVA Usando Bem Ninguém Fica Sem. PROGRAMA DE COLETA SELETIVA 1. O QUE É COLETA SELETIVA 2. DESTINO FINAL DO LIXO DE SÃO PAULO 3. COMPOSIÇÃO DO LIXO SELETIVO

Leia mais

Reciclagem de Materiais COLETA SELETIVA

Reciclagem de Materiais COLETA SELETIVA Reciclagem de Materiais COLETA SELETIVA COLETA SELETIVA Conheça algumas medidas importantes para não poluir o meio ambiente na hora de jogar fora o seu lixo Já é inquestionável hoje a importância da reciclagem

Leia mais

É o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto.

É o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. É o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. REDUZIR REUTILIZAR RECUPERAR RECICLAR A redução deve ser adaptada por

Leia mais

Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) Revitalização dos Programas de Coleta Seletiva e de Minimização de Resíduo Sólido na FEC

Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) Revitalização dos Programas de Coleta Seletiva e de Minimização de Resíduo Sólido na FEC Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) Revitalização dos Programas de Coleta Seletiva e de Minimização de Resíduo Sólido na FEC mar. 2013 Programa de Coleta seletiva na FEC Iniciado

Leia mais

Preservação do meio ambiente

Preservação do meio ambiente Preservação do meio ambiente Introdução: Este texto, visando a preservação do ambiente em que vivemos, traz atitudes fáceis e práticas que você mesmo pode tomar para tornar o mundo um lugar mais agradável

Leia mais

Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás

Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás PRATIQUE COLETA SELETIVA Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) tem a missão de defender a ordem jurídica, o regime democrático e os interesses

Leia mais

Reciclar, são ações que. Reduzir É o inicio da conservação do meio. Reutilizar Significa reutilizar um produto de

Reciclar, são ações que. Reduzir É o inicio da conservação do meio. Reutilizar Significa reutilizar um produto de Especialistas em meio ambiente alertam para a necessidade da utilização racional dos recursos naturais. Reduzir, Reutilizar e Reciclar, são ações que contribuem para o consumo responsável reduzindo o impacto

Leia mais

Guia Ambiental de Materiais de Mídia. Reciclando objetos, renovando conceitos.

Guia Ambiental de Materiais de Mídia. Reciclando objetos, renovando conceitos. Guia Ambiental de Materiais de Mídia. Reciclando objetos, renovando conceitos. Conscientização A questão do lixo é de vital importância para a sobrevivência do planeta e da qualidade de vida da população.

Leia mais

CENÁRIO BRASILEIRO. Latas de alumínio e plásticos vão para a indústria de reciclagem.

CENÁRIO BRASILEIRO. Latas de alumínio e plásticos vão para a indústria de reciclagem. CENÁRIO BRASILEIRO O Brasil gera aproximadamente 250 mil toneladas de lixo por dia. Assim, imagine duas filas de caminhões de 5 toneladas de capacidade, ocupando uma distância equivalente a 10 pontes Rio-Niterói.

Leia mais

Prática Pedagógica: Coleta de Lixo nas Escolas

Prática Pedagógica: Coleta de Lixo nas Escolas Prática Pedagógica: Coleta de Lixo nas Escolas Introdução O objetivo desse trabalho é ajudar as Escolas e demais instituições na implantação do programa da coleta seletiva do lixo e do lixo eletrônico.

Leia mais

Cartilha Coleta Seletiva

Cartilha Coleta Seletiva Cartilha Coleta Seletiva Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Acre Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Cartilha Coleta Seletiva Renata Beltrão Teixeira Vlayrton Tomé Maciel

Leia mais

Como implantar e manter a coleta seletiva na sua escola. Coleta Seletiva

Como implantar e manter a coleta seletiva na sua escola. Coleta Seletiva Como implantar e manter a coleta seletiva na sua escola Coleta Seletiva Apresentaçao ~ Índice Esta cartilha foi elaborada pela Prefeitura de São Bernardo do Campo, em parceria com a SBC Valorização de

Leia mais

RESPEITO E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL

RESPEITO E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL RESPEITO E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL A Comissão Ministerial de Gestão Ambiental foi criada através da Portaria POR-PGJ n 204/08, com o fim de estudar, sugerir e acompanhar a implementação de medidas administrativas

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE 12:43 Page 1 INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE Jardins é Page 2 LIXO UM PROBLEMA DE TODOS Reduzir a quantidade de lixo é um compromisso de todos. Uma pessoa é capaz

Leia mais

Vamos Cuidar do. nosso Planeta! Elaboração: Núcleo de Responsabilidade Social

Vamos Cuidar do. nosso Planeta! Elaboração: Núcleo de Responsabilidade Social Vamos Cuidar do Elaboração: Núcleo de Responsabilidade Social Unimed Londrina Rua Senador Souza Naves, 1333 Fone 43 3375-6161 - Fax 43 3375-6100 Cep 86010-160 - Londrina - PR nosso Planeta! responsabilidadesocial@unimedlondrina.com.br

Leia mais

M A N U A L COLETA SELETIVA DE LIXO

M A N U A L COLETA SELETIVA DE LIXO M A N U A L D A COLETA SELETIVA DE LIXO Coleta Seletiva de Lixo APRENDA AQUI TODOS OS PASSOS PARA IMPLANTAR UM SISTEMA DE COLETA SELETIVA DE LIXO EM SUA EMPRESA, CONDOMÍNIO, ESCOLA OU COMUNIDADE. I N T

Leia mais

Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS LEI 12.305 / 08/ 2010 DECRETO 7.404/ 12/ 2010

Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS LEI 12.305 / 08/ 2010 DECRETO 7.404/ 12/ 2010 Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS LEI 12.305 / 08/ 2010 DECRETO 7.404/ 12/ 2010 Cenário brasileiro de resíduos sólidos Aumento da: População nas cidades 50% mundial 85% Brasil (IBGE, 2010).

Leia mais

Apresenta: PAPEL METAL LIXO ORGÂNICO VIDRO PLÁSTICO. no luga

Apresenta: PAPEL METAL LIXO ORGÂNICO VIDRO PLÁSTICO. no luga Apresenta: Coloqu e o lixo no luga r, na hor a e no d certo. ia ORGÂNICO CAPItao VAREJO em: coleta seletiva Enquanto isso, na sala secreta de reuniões... Olá, Capitão Varejo! Grande Gênio, bom dia! Espero

Leia mais

Ambiental. Cartilha. Aquecimento Global. Saiba como reduzir ou até neutralizar suas emissões de Co2. Vamos deixar um futuro melhor para nossos filhos?

Ambiental. Cartilha. Aquecimento Global. Saiba como reduzir ou até neutralizar suas emissões de Co2. Vamos deixar um futuro melhor para nossos filhos? Cartilha Ambiental Vamos deixar um futuro melhor para nossos filhos? Saiba como reduzir ou até neutralizar suas emissões de Co2 Com atitudes simples você pode contribuir para diminuir sua emissão de CO2,

Leia mais

O MEIO AMBIENTE E A IMPORTÂNCIA DA RECICLAGEM. 1 01/11/06

O MEIO AMBIENTE E A IMPORTÂNCIA DA RECICLAGEM. 1 01/11/06 O MEIO AMBIENTE E A IMPORTÂNCIA DA RECICLAGEM. 1 POR QUE A COLETA COLETIVA? Efeito estufa pela destruição da camada de ozônio, queimadas e derrubadas de florestas de forma desordenada, chuva ácida, produção

Leia mais

CARTILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIVIRTA-SE E APRENDA SOBRE A RECICLAGEM E AS VANTAGENS DAS EMBALAGENS LONGA VIDA U M P RO J E TO

CARTILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIVIRTA-SE E APRENDA SOBRE A RECICLAGEM E AS VANTAGENS DAS EMBALAGENS LONGA VIDA U M P RO J E TO CARTILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIVIRTA-SE E APRENDA SOBRE A RECICLAGEM E AS VANTAGENS DAS EMBALAGENS LONGA VIDA U M P RO J E TO O PRIMEIRO PASSO PARA APRENDER A RECICLAR É CONHECER QUAIS MATERIAIS SÃO

Leia mais

COLETASELETIVA N A E S C O L A N O C O N D O M Í N I O N A E M P R E S A N A C O M U N I D A D E N O M U N I C Í P I O

COLETASELETIVA N A E S C O L A N O C O N D O M Í N I O N A E M P R E S A N A C O M U N I D A D E N O M U N I C Í P I O { COLETASELETIVA N A E S C O L A N O C O N D O M Í N I O N A E M P R E S A N A C O M U N I D A D E N O M U N I C Í P I O A coleta seletiva e a reciclagem de lixo têm um papel muito importante para o meio

Leia mais

Meio ambiente: a conscientização começa pela educação. Implementação. Coleta Seletiva Solidária

Meio ambiente: a conscientização começa pela educação. Implementação. Coleta Seletiva Solidária Meio ambiente: a conscientização começa pela educação Implementação da Coleta Seletiva Solidária A guardiã da natureza Judith Cortesão "... Quem conhece ama, quem ama protege. Uma das descobertas mais

Leia mais

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR)

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de aula 1 IDENTIFICAÇÃO NOME DO SUBPROJETO: POPULARIZANDO

Leia mais

Coleta Seletiva PRATIQUE ESTA IDEIA

Coleta Seletiva PRATIQUE ESTA IDEIA Coleta Seletiva PRATIQUE ESTA IDEIA O QUE É? Coleta seletiva é o processo de separação dos materiais recicláveis do restante dos resíduos sólidos. Como definição de resíduos sólidos, pelo Wikipédia, entende-se

Leia mais

Os TRÊS Rs ADMINISTRADOR E GEÓGRAFO SEBASTIÃO CELSO FERREIRA DA SILVA

Os TRÊS Rs ADMINISTRADOR E GEÓGRAFO SEBASTIÃO CELSO FERREIRA DA SILVA Os TRÊS Rs ADMINISTRADOR E GEÓGRAFO SEBASTIÃO CELSO FERREIRA DA SILVA Há pouco mais de 100 anos, éramos 1,6 bilhões e em 2020, seremos 8 bilhões. Onde iremos viver? Com quem (animais)? Quais habitats serão

Leia mais

Práticas Verdes Para Condomínios

Práticas Verdes Para Condomínios Guia de Práticas Verdes Para Condomínios A economia que faz bem para o seu bolso e para o meio ambiente Com o objetivo de incentivar e disseminar práticas sustentáveis em condomínios, o Secovi Rio criou

Leia mais

SUSTENTABILIDADE NO SÉCULO XXI

SUSTENTABILIDADE NO SÉCULO XXI SUSTENTABILIDADE NO SÉCULO XXI CAOE O CAOE oferece Orientação Educacional, Atendimento Clínico e também novos projetos: Interidades e Universo das Artes INSTITUTO REINVENTAR Missão Sensibilizar indivíduos

Leia mais

Jardim Escola Aladdin

Jardim Escola Aladdin Jardim Escola Aladdin Os 4 Rs da Sustentabilidade Rio de janeiro 2016 Objetivo geral Esse projeto tem como objetivo promover o envolvimento dos alunos, professores, pais e comunidade em defesa à sustentabilidade

Leia mais

Estamos reiniciando a partir desse mês o Programa Olimpíadas da Segurança.

Estamos reiniciando a partir desse mês o Programa Olimpíadas da Segurança. 21ª APOSTILA 21ª APOSTILA SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE Caros Colegas, Estamos reiniciando a partir desse mês o Programa Olimpíadas da Segurança. Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá

Leia mais

Prof. Paulo Medeiros

Prof. Paulo Medeiros Prof. Paulo Medeiros Em 2010 entrou em vigor no Brasil a lei dos Resíduos Sólidos. Seu objetivo principal é diminuir a destinação incorreta de resíduos ao meio ambiente. Ela define que todas as indústrias,

Leia mais

A Importância da reciclagem

A Importância da reciclagem Texto 1 A Importância da reciclagem Vanessa Minuzzi Bidinoto Reciclar é economizar energia, poupar recursos naturais e trazer de volta ao ciclo produtivo o que jogamos fora. Para compreendermos a reciclagem

Leia mais

Município: São Pedro do Ivaí e-mail: nilsonmarquedeoliveira@seed.pr.gov.br Fone: (43) 3451 1241

Município: São Pedro do Ivaí e-mail: nilsonmarquedeoliveira@seed.pr.gov.br Fone: (43) 3451 1241 NRE: Ivaiporã Nome do Professor: Nilson Marques de Oliveira Município: São Pedro do Ivaí e-mail: nilsonmarquedeoliveira@seed.pr.gov.br Fone: (43) 3451 1241 Escola: Escola Estadual Vicente Machado Ensino

Leia mais

Cartilha de Coleta Seletiva da Embrapa Agroindústria de Alimentos

Cartilha de Coleta Seletiva da Embrapa Agroindústria de Alimentos Cartilha de Coleta Seletiva da Embrapa Agroindústria de Alimentos Meio Ambiente e Atitudes Sustentáveis O que eu tenho a ver com isso? A coleta seletiva e a reciclagem de resíduos têm um papel fundamental

Leia mais

19APOSTILA SEGURANÇA E MEIO AMBI- ENTE

19APOSTILA SEGURANÇA E MEIO AMBI- ENTE 19APOSTILA SEGURANÇA E MEIO AMBI- ENTE Caros Colegas, Neste mês de Junho comemoramos no dia 05 de Junho o Dia Mundial do Meio Ambiente. Esta Apostila traz um pouco de informação de como podemos ajudar

Leia mais

Reciclando para um mundo melhor

Reciclando para um mundo melhor Reciclando para um mundo melhor Tempo de reduzir, reutilizar, repensar e reciclar... O Perla Rossetti mundo evolui a uma velocidade estonteante, entretanto, a sociedade começa a perceber que é preciso

Leia mais

Guia prático para o descarte de resíduos

Guia prático para o descarte de resíduos Guia prático para o descarte de resíduos 1 2 Apresentação Eleições - vocês já pensaram em quantos resíduos se produz a mais? São tantos manuais e experimentos de toda a natureza que acabamos por não perceber

Leia mais

C a m p a n h a I n s t I t u C I o n a l

C a m p a n h a I n s t I t u C I o n a l Viva Melhor! Campanha Institucional CAMPANHA VIVA MELHOR! Camisetas garrafa squeeze saco lixo para carro FOLHETO PROMOCIONAL CAMPANHA Viva Melhor! JUNTOS, PODEMOS CONSTRUIR UM CAMINHO MAIS SOLIDÁRIO E

Leia mais

Consumo Consciente. Faz bem para você, para a sociedade e para o planeta

Consumo Consciente. Faz bem para você, para a sociedade e para o planeta Consumo Consciente Faz bem para você, para a sociedade e para o planeta Uma mudança do bem Para nós da Rossi, o consumo consciente é algo vital para a sustentabilidade da sociedade e para o futuro do nosso

Leia mais

Brasília,Ceilândia - DF QNM 28 Módulo B Fone: 3373-1810/7816-0019 www.recicleavida.com.br

Brasília,Ceilândia - DF QNM 28 Módulo B Fone: 3373-1810/7816-0019 www.recicleavida.com.br Brasília,Ceilândia - DF QNM 28 Módulo B Fone: 3373-1810/7816-0019 www.recicleavida.com.br O QUE É A ASSOCIAÇÃO RECICLE A VIDA A Recicle a Vida, é uma Associação de Catadores sem fins lucrativos, de direito

Leia mais

A Fundação Procon-SP preparou este material com dicas e orientações para ajudar você a construir esse novo conceito de consumo.

A Fundação Procon-SP preparou este material com dicas e orientações para ajudar você a construir esse novo conceito de consumo. 2012 consumo consciente i Especialistas em meio ambiente alertam para a necessidade da utilização racional dos recursos naturais. Repensar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar, são ações que contribuem para

Leia mais

Esplanada sem desperdício: preservando o meio ambiente.

Esplanada sem desperdício: preservando o meio ambiente. Implementar ações voltadas ao uso racional de recursos sustentabilidade naturais para promover a ambiental e socioeconômica na Administração Pública Federal. A Esplanada terá metas de racionalização do

Leia mais

Programa Municipal de Sustentabilidade e Ação Social Implantação da A3P Agenda Ambiental na Administração Pública José Bonifácio SP, 2009. 28 p. : II.

Programa Municipal de Sustentabilidade e Ação Social Implantação da A3P Agenda Ambiental na Administração Pública José Bonifácio SP, 2009. 28 p. : II. Sumário 34 5 6 7 8 9 Apresentação... 03 Implementação da A3P... 04 Conheça a A3P...05 - O que é A3P?...05 - Objetivos da A3P...05 - Participantes...06 Impactos e Desperdícios...07 Prioridades...08 Planos

Leia mais

Reciclagem Monte seu jogo e chame a turma para brincar. Corrida da. ANO 7 - Nº7 Caça-palavras Vamos colorir 7 erros e muito mais!

Reciclagem Monte seu jogo e chame a turma para brincar. Corrida da. ANO 7 - Nº7 Caça-palavras Vamos colorir 7 erros e muito mais! ANO 7 - Nº7 Caça-palavras Vamos colorir 7 erros e muito mais! Atividades infantis para resolver e colorir. Uma publicação da Corrida da Reciclagem Monte seu jogo e chame a turma para brincar Vamos colorir?

Leia mais

Sustentabilidade do Planeta. Todo mundo deve colaborar!

Sustentabilidade do Planeta. Todo mundo deve colaborar! Sustentabilidade do Planeta Todo mundo deve colaborar! Situação no mundo atual O Planeta pede socorro!!!! A atividade humana tem impactado negativamente o meio ambiente. Os padrões atuais de consumo exploram

Leia mais

- 2 - Programa 5S e Reciclagem Viação Itaim Paulista

- 2 - Programa 5S e Reciclagem Viação Itaim Paulista Projeto 5 S - 2 - Programa 5S e Reciclagem Viação Itaim Paulista Introdução Nos dias de hoje, com o mercado competitivo, as empresas e funcionários tomam consciência de que é preciso ter mais qualidade,

Leia mais

PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva. Redação Inara Vieira. MINISTRO DA CULTURA Juca Ferreira. Revisão Graça Mendes

PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva. Redação Inara Vieira. MINISTRO DA CULTURA Juca Ferreira. Revisão Graça Mendes PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva MINISTRO DA CULTURA Juca Ferreira PRESIDENTE DO IPHAN Luiz Fernando de Almeida CHEFE DE GABINETE Fernanda Pereira PROCURADORA-CHEFE FEDERAL Lúcia Sampaio

Leia mais

10/8/2013. Para se alimentar, o ser humano abate animais, colhe frutos, sementes, etc, recursos naturais que podem ser repostos;

10/8/2013. Para se alimentar, o ser humano abate animais, colhe frutos, sementes, etc, recursos naturais que podem ser repostos; 6º Anos Prof. Leonardo F. Stahnke Consiste em assegurar uma gestão responsável dos recursos do planeta de forma a preservar os interesses das futuras gerações e ao mesmo tempo atender às necessidades das

Leia mais

Esta cartilha tem o objetivo de orientar o processo de implantação do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos PGRS nas Empresas.

Esta cartilha tem o objetivo de orientar o processo de implantação do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos PGRS nas Empresas. MANUAL DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Gerência de Desenvolvimento Sustentável Núcleo de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (NSSMA/SGI) Apresentação Esta cartilha tem o objetivo de orientar o processo de implantação

Leia mais

Guia de orientação para descarte adequado de resíduos

Guia de orientação para descarte adequado de resíduos Guia de orientação para descarte adequado de resíduos Sociedade Beneficente Espírita Bezerra de Menezes, A desde 2008, procura contribuir para que os resíduos que são produzidos em suas dependências sejam

Leia mais

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM: O QUE FAZER COM TANTO LIXO?

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM: O QUE FAZER COM TANTO LIXO? SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM: O QUE FAZER COM TANTO LIXO? Eixo Temático -Ser Humano e Saúde. Tema -O que Fazer com Tanto Lixo? Subtema - Qualidade de Vida: A Saúde Individual, Coletiva e Ambiental. Ano/Série

Leia mais

SUSTENTABILIDADE? COMO ASSIM?

SUSTENTABILIDADE? COMO ASSIM? SUSTENTABILIDADE? COMO ASSIM? 1. Matéria Bruta Representa a vontade de melhorar o 6. Reciclagem mundo e construir um futuro mais próspero. É o equilíbrio econômico, social e ambiental que garante a qualidade

Leia mais

Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE

Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE Preservação e Conservação A preservação é o esforço para proteger um ecossistema e evitar que ele seja modificado. Depende também da presença e ação do homem sobre

Leia mais

Os 3 R s REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR

Os 3 R s REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR Os 3 R s REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR O problema do lixo é um problema sério que, por enquanto, não tem solução. Citando a capital paulista, onde nem 10% do lixo são reciclados. Cada paulistano produz

Leia mais

RESPONSABILIDADE CORPORATIVA A WH ENGENHARIA ENTENDE E MANIFESTA SUAS RESPONSABILIDADES POR MEIO DOS SEGUINTES ÍTENS:

RESPONSABILIDADE CORPORATIVA A WH ENGENHARIA ENTENDE E MANIFESTA SUAS RESPONSABILIDADES POR MEIO DOS SEGUINTES ÍTENS: RESPONSABILIDADE CORPORATIVA 1) PRINCÍPIOS A WH ENGENHARIA TEM POR PRINCÍPIOS: - SATISFAZER CLIENTES - HONRAR COMPROMISSOS 2) RESPONSABILIDADES A WH ENGENHARIA ENTENDE E MANIFESTA SUAS RESPONSABILIDADES

Leia mais

Olá meninos, vocês parecem contrariados. O que aconteceu?

Olá meninos, vocês parecem contrariados. O que aconteceu? Olá meninos, vocês parecem contrariados. O que aconteceu? Puxa, o lixo é mesmo um problema muito sério. Vocês sabiam que muitos animais silvestres estão morrendo porque confundem lixo com comida? Sério?

Leia mais

Produção Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Energias Renováveis

Produção Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Energias Renováveis Ficha técnica Produção Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Energias Renováveis Apoio Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento,

Leia mais

Campanha de sensibilização, no âmbito dos projectos ALINHAS? e Eco-Escolas. ( Formação Cívica )

Campanha de sensibilização, no âmbito dos projectos ALINHAS? e Eco-Escolas. ( Formação Cívica ) RECICLAGEM E ECOPONTOS Campanha de sensibilização, no âmbito dos projectos ALINHAS? e Eco-Escolas ( Formação Cívica ) Significado do nome reciclagem? A palavra reciclagem difundiu-se nos media no A palavra

Leia mais

A CORRETA SEPARAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: JUNHO/2014

A CORRETA SEPARAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: JUNHO/2014 A CORRETA SEPARAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: JUNHO/2014 Regeneração: Uma nova fase que inicia As soluções ambientais não estão mais relacionadas ao romantismo preservacionista, mas às medidas de sustentabilidade,

Leia mais

PALESTRA: CIDADANIA E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL. Palestrante: Gisela Verri de Santana E-mail: givsantana@gmail.com.br

PALESTRA: CIDADANIA E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL. Palestrante: Gisela Verri de Santana E-mail: givsantana@gmail.com.br PALESTRA: CIDADANIA E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL Palestrante: Gisela Verri de Santana E-mail: givsantana@gmail.com.br Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2007 ROTEIRO DA PALESTRA Apresentação pessoal Visualização

Leia mais

Atividades: Aprendendo a reutilizar o lixo

Atividades: Aprendendo a reutilizar o lixo : Aprendendo a reutilizar o lixo Introdução A quantidade de lixo produzido no mundo é enorme. Para você ter uma idéia dessa quantidade, basta saber que cada brasileiro gera entre 500 gramas a 2 quilos

Leia mais

REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO

REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO 1) Analise as alternativas sobre aspectos relacionados ao lixo e marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas. ( ) O lixo é caracterizado como tudo aquilo

Leia mais

13-09-2010 MATERIAIS RECICLÁVEIS, PROCESSO DE RECICLAGEM

13-09-2010 MATERIAIS RECICLÁVEIS, PROCESSO DE RECICLAGEM MATERIAIS RECICLÁVEIS, PROCESSO DE RECICLAGEM 1 2 Introdução História da limpeza; Educação Ambiental; Campanhas de Sensibilização, Publicidade; Reciclagem antigamente; Materiais reutilizáveis; Processos

Leia mais

o ojet Pr a Consciênci 1 Resíduos

o ojet Pr a Consciênci 1 Resíduos Projeto Consciência Resíduos 1 Qual é a diferença entre resíduo e lixo? 2 Qual é a diferença entre resíduo e lixo? Resíduo pode ser considerado qualquer material que sobra após uma ação ou processo produtivo.

Leia mais

Gestão Ambiental Resíduo Hospitalar. Gizelma de A. Simões Rodrigues

Gestão Ambiental Resíduo Hospitalar. Gizelma de A. Simões Rodrigues Gestão Ambiental Resíduo Hospitalar Gizelma de A. Simões Rodrigues SBS Hospital Sírio Libanês Instituição Filantrópica de saúde, ensino e pesquisa. Hospital de alta complexidade Matriz 172.000 m² 5.900

Leia mais

CONDIÇÕES DE ENTREGA/RECEPÇÃO DO SERVIÇO EXTRA URBANO

CONDIÇÕES DE ENTREGA/RECEPÇÃO DO SERVIÇO EXTRA URBANO SERVIÇO EXTRA URBANO O Serviço extra Urbano corresponde ao serviço a ser prestado aos produtores de resíduos não urbanos de embalagens, de forma a garantir a esses produtores um destino final adequado

Leia mais

Projeto Sustentabilidade CRF-SP

Projeto Sustentabilidade CRF-SP Projeto Sustentabilidade CRF-SP 2010 O que é Sustentabilidade? Sustentabilidade se define como um princípio de uma sociedade que mantém as características necessárias para um sistema social justo, ambientalmente

Leia mais

"PANORAMA DA COLETA SELETIVA E RECICLAGEM NO BRASIL"

PANORAMA DA COLETA SELETIVA E RECICLAGEM NO BRASIL "PANORAMA DA COLETA SELETIVA E RECICLAGEM NO BRASIL" Associação sem fins lucrativos, fundado em 1992, o CEMPRE se dedica à promoção da reciclagem dentro do conceito de gerenciamento integrado do lixo.

Leia mais

Escola Sustentável. Cartilha para Práticas Sustentáveis ETEC Rosa Perrone Scavone

Escola Sustentável. Cartilha para Práticas Sustentáveis ETEC Rosa Perrone Scavone Escola Sustentável Cartilha para Práticas Sustentáveis ETEC Rosa Perrone Scavone Apostila Elaborada por: Profª Maria Antonieta Nardin França e Alunos das 3ªs Séries do Ensino Médio e Médio Integrado 2015

Leia mais

"PANORAMA DA COLETA SELETIVA E RECICLAGEM NO BRASIL"

PANORAMA DA COLETA SELETIVA E RECICLAGEM NO BRASIL "PANORAMA DA COLETA SELETIVA E RECICLAGEM NO BRASIL" Quem somos: Associação sem fins lucrativos, fundado em 1992, o CEMPRE se dedica à promoção da reciclagem dentro do conceito de gerenciamento integrado

Leia mais

A importância da reciclagem do papel na melhoria da qualidade do meio ambiente

A importância da reciclagem do papel na melhoria da qualidade do meio ambiente A importância da reciclagem do papel na melhoria da qualidade do meio ambiente Bruna Nogueira Rosa (UNESP) brunanrosa@yahoo.com.br Guilherme Gonçalves Moraes (UNESP) guimamoraes@hotmail.com Monise Maroço

Leia mais

PROJETO CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE

PROJETO CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE PROJETO CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE CONSELHEIRO LAFAIETE MG 2012 PROJETO CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE JUSTIFICATIVA O Centro de Ensino Superior de Conselheiro Lafaiete tem como princípio desempenhar seu

Leia mais

13/09/2014. Consiste em usar os recursos do planeta de forma responsável, atendendo às necessidades atuais sem prejudicar as futuras gerações.

13/09/2014. Consiste em usar os recursos do planeta de forma responsável, atendendo às necessidades atuais sem prejudicar as futuras gerações. 6º Anos Prof. Leonardo F. Stahnke Consiste em usar os recursos do planeta de forma responsável, atendendo às necessidades atuais sem prejudicar as futuras gerações. Para se alimentar, o ser humano abate

Leia mais

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS COLETA SELETIVA

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS COLETA SELETIVA SEJAM BEM VINDOS GRUPO MULTILIXO Coopercicla FLACIPEL Reciclados Cooperativa MULTILIXO Resíduos ATT PARI Entulho MADE VILA Bio Massa MULTIPALETS Palets Reciclados MULTIGLASS Vidro 3 TIPOS DE RESÍDUOS GERADOS

Leia mais

Disciplina: GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Professora: Viviane Japiassú Viana GERENCIAMENTO

Disciplina: GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Professora: Viviane Japiassú Viana GERENCIAMENTO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOSS PARTE 2 Acondicionamento, armazenamento, coleta e transporte 1 ACONDICIONAMENTO 2 O acondicionamento consiste na preparação dos resíduos sólidos para a coleta de forma

Leia mais

dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis

dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis Um desafio que envolve você! Compartilhamos os mesmos espaços e problemas, mas também as soluções. É fundamental ter atitudes responsáveis, suprindo

Leia mais

RESUMO DO PROJETO: A Empresa:

RESUMO DO PROJETO: A Empresa: A Empresa: RESUMO DO PROJETO: Fundada em 1987, a PROSUL oferece aos seus clientes serviços especializados de engenharia consultiva. Sediada em Santa Catarina e fundada pelo engenheiro Wilfredo Brillinger,

Leia mais

Fique de bem. com a natureza!! Turma do Lixildo em:

Fique de bem. com a natureza!! Turma do Lixildo em: Fundado em agosto de 2003, o Instituto Kautsky é uma Associação sem fins lucrativos que tem como missão estabelecer a harmonia do homem com o meio ambiente pesquisando, promovendo e disseminando conhecimentos

Leia mais

Câmara Municipal da Póvoa de Varzim ÍNDICE. 1. Local. 2. Horário de funcionamento. 3. Materiais a depositar no ecocentro

Câmara Municipal da Póvoa de Varzim ÍNDICE. 1. Local. 2. Horário de funcionamento. 3. Materiais a depositar no ecocentro ÍNDICE 1. Local 2. Horário de funcionamento 3. Materiais a depositar no ecocentro 4. Normas e regras de utilização 5. Código do Catálogo Europeu dos Resíduos 6. Anexos Anexo I - Registo diário de entradas

Leia mais

Projeto SeparAção INTRODUÇÃO OBJETIVO GERAL Objetivos específicos

Projeto SeparAção INTRODUÇÃO OBJETIVO GERAL Objetivos específicos Projeto SeparAção INTRODUÇÃO Há muito tempo o homem vem utilizando os recursos naturais que ele encontra em seu habitat e a cada ano que passa, novas formas de uso são descobertas. O maior problema dessa

Leia mais

Por favor, separe os seus resídous/lixo!

Por favor, separe os seus resídous/lixo! Por favor, separe os seus resídous/lixo! Preste atenção às seguintes regras de separação dos resíduos de Salzburgo e apoe-nos na redução e reciclagem de resíduos/lixo! A sua contribuição para a protecção

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

RECICLAGEM RECUPERAÇÃO DOS MATERIAIS DESCARTADOS, MODIFICANDO-SE SUAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS

RECICLAGEM RECUPERAÇÃO DOS MATERIAIS DESCARTADOS, MODIFICANDO-SE SUAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS RECICLAGEM RECUPERAÇÃO DOS MATERIAIS DESCARTADOS, MODIFICANDO-SE SUAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS REUTILIZAÇÃO RECUPERAÇÃO DOS DESCARTADOS SEM MODIFICAR SUAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS RECICLAGEM Por que Reciclar?

Leia mais

Programação para Internet 2

Programação para Internet 2 Programação para Internet 2 Exercícios Unidade 01 - HTML Professor: Edwar Saliba Júnior Para resolver os exercícios a seguir, utilize apenas HTML. 1) Utilizando HTML e sua imaginação, crie um site bem

Leia mais

Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima terceira prova, que será realizada no dia 18 de Junho de 2013.

Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima terceira prova, que será realizada no dia 18 de Junho de 2013. 23ª APOSTILA 23ª APOSTILA SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE Caros Colegas, Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima terceira prova, que será realizada no dia 18 de Junho

Leia mais

Recicláveis e Biodegradáveis, Mitos e Realidade

Recicláveis e Biodegradáveis, Mitos e Realidade Recicláveis e Biodegradáveis, Mitos e Realidade Joseana Macêdo Fechine Régis de Araújo Campina Grande outubro, 2011 Violência Contra a Mulher no Brasil e em todo o Mundo (FECHINE, J. M.) 1 Sumário Visão

Leia mais

Meio Ambiente. O Sagrada está remodelando todos os seus custos e benefícios. Esforço coletivo para a adoção do papel reciclado

Meio Ambiente. O Sagrada está remodelando todos os seus custos e benefícios. Esforço coletivo para a adoção do papel reciclado ASSOCIAÇÃO SOCIEDADE DIVINA PROVIDÊNCIA COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA Rua 7 de setembro, 915 Centro 89.010-201 Blumenau SC 47 3326 0232 www.sagrada.net Meio Ambiente A reciclagem aproveita as fibras de celulose

Leia mais

ÁGUA QUE BRILHA E ILUMINA A VIDA Aos Educadores:

ÁGUA QUE BRILHA E ILUMINA A VIDA Aos Educadores: ÁGUA QUE BRILHA E ILUMINA A VIDA Aos Educadores: A consciência ecológica levanta-nos um problema de profundidade e vastidão extraordinárias. Temos que defrontar ao mesmo tempo o problema da Vida na Terra,

Leia mais

RESÍDUOS COMO ALTERNATIVA DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL

RESÍDUOS COMO ALTERNATIVA DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL RESÍDUOS COMO ALTERNATIVA DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL SOUZA,I.C. ;BUFAIÇAL,D.S.S;SANTOS,M.D.;ARANTES,S.S.;XAVIER,L.;FERREIRA,G.K.S; OLIVEIRA,B.A.;PAGOTTO,W.W.B.S.;SILVA,R.P.;SANTOS.L.G.;SANTOS.F.F.S.;FRANCO,R.

Leia mais

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Práticas de sustentabilidade Ações que tenham como objetivo a construção de um novo modelo de cultura institucional visando a inserção de critérios de sustentabilidade

Leia mais

PRODUTOS ELABORADOS MADEIRA PLÁSTICA

PRODUTOS ELABORADOS MADEIRA PLÁSTICA MADEIRA PLÁSTICA A Madeira Plástica é uma opção sustentável para quem se preocupa com a causa ambiental. O grande diferencial deste produto é que sua fabricação dá-se a partir da reciclagem de toneladas

Leia mais

RECICLAGEM DE MATERIAL ALTERNATIVO 1. Beatriz Bastos Mora². Estèfanie Mattos Ciciliotti 2. Rayssa De Almeida 2. Thayna Silveira Alpohim 2

RECICLAGEM DE MATERIAL ALTERNATIVO 1. Beatriz Bastos Mora². Estèfanie Mattos Ciciliotti 2. Rayssa De Almeida 2. Thayna Silveira Alpohim 2 RECICLAGEM DE MATERIAL ALTERNATIVO 1 Beatriz Bastos Mora² Estèfanie Mattos Ciciliotti 2 Rayssa De Almeida 2 Thayna Silveira Alpohim 2 Lucas Antonio Xavier 3 RESUMO O trabalho que os alunos irão realizar

Leia mais

Luigi - 1º ano A. A família Pimentel é consciente da necessidade da preservação do meio ambiente, contribuímos com pequenos atos como:

Luigi - 1º ano A. A família Pimentel é consciente da necessidade da preservação do meio ambiente, contribuímos com pequenos atos como: Luigi - 1º ano A A família Pimentel é consciente da necessidade da preservação do meio ambiente, contribuímos com pequenos atos como: Coleta seletiva, economia de água (banhos mais curtos, fechar a torneira

Leia mais

O LIXO NAS RUAS. É preciso conscientizar as pessoas sobre os riscos que a falta de cuidado com o lixo pode trazer à sociedade.

O LIXO NAS RUAS. É preciso conscientizar as pessoas sobre os riscos que a falta de cuidado com o lixo pode trazer à sociedade. O LIXO NAS RUAS É preciso conscientizar as pessoas sobre os riscos que a falta de cuidado com o lixo pode trazer à sociedade. Por Maria Alice Luna Sampaio Hoje em dia, não podemos dar um passo fora de

Leia mais

Campanha de Limpeza e Conservação do Ambiente da Nossa Terra. A Câmara Municipal das Lajes do Pico convida todos os munícipes a aderir à

Campanha de Limpeza e Conservação do Ambiente da Nossa Terra. A Câmara Municipal das Lajes do Pico convida todos os munícipes a aderir à Campanha de Limpeza e Conservação do Ambiente da Nossa Terra A Câmara Municipal das Lajes do Pico convida todos os munícipes a aderir à Campanha de Limpeza e Conservação do Ambiente da Nossa Terra, e a

Leia mais

LOCALIZAÇÃO. 536 Km REGIÃO METROPOLITANA DO CARIRI

LOCALIZAÇÃO. 536 Km REGIÃO METROPOLITANA DO CARIRI LOCALIZAÇÃO 536 Km REGIÃO METROPOLITANA DO CARIRI UNIDADES DE CONSERVAÇÃO Patrimônio Ecológico: MUNICÍPIO DO CRATO-CE Farias Brito Nova Olinda Caririaçu APA Área: 1.063.000 ha. Perímetro: 2.658,55 km.

Leia mais