Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR)"

Transcrição

1 Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de aula 1 IDENTIFICAÇÃO NOME DO SUBPROJETO: POPULARIZANDO A CIÊNCIA: O MÉTODO CIENTÍFICO COMO ABORDAGEM DO ENSINO DA BIOLOGIA COORDENADOR(A): Rogério Krupek Prof. supervisor: Alceu Ferreira Junior Nome da Escola: Colégio Estadual Adiles Bordin Licenciandos Bolsitas Nome Curso de licenciatura Adriane Aparecida Souza Ciências Biológicas Geize Aparecida Deon Ciências Biológicas DATA DE PREPARO: 21/ 08 até 02/10 DATA DE APLICAÇÃO: 03/10/2012 DURAÇÃO: 4 horas PARTICIPANTES/SÉRIES: 9º ano, 1º ano B e 3º ano 1. TEMA Oficina sobre Resíduos e Reciclagem 2. OBJETIVO GERAL Apresentar aos alunos a oficina sobre Resíduos e Reciclagem, onde estes possam adquirir conhecimento através de uma maneira dinâmica e por meio da mesma, buscar a conscientização com a redução e reciclagem do lixo OBJETIVOS ESPECÍFICOS Saber os benefícios da separação do lixo;

2 Reconhecer os materiais não recicláveis e o seu destino correto; Distinguir quais materiais são recicláveis e em qual lixeira colorida será destinado; Conhecer o tempo de decomposição de alguns materiais. 3. CONTEÚDO Destino e problemática do lixo, reciclagem, decomposição de materiais e materiais não recicláveis. 4. OFICINA: RESÍDUOS E RECICLAGEM 4.1 CONTEÚDO DESCRITO Uma das maiores problemáticas atuais está relacionada ao lixo. Normalmente, ele é descartado no meio por falta de conscientização da própria população, porém existem destinos específicos desse material, como por exemplo: os lixões, aterros sanitários e incineração, sendo estes muito utilizados. Processos como a compostagem e a reciclagem são os mais recomendados para a maior parte do lixo, principalmente doméstico. A compostagem é um processo de transformação dos resíduos orgânicos do lixo em matéria orgânica, chamada de composto, que pode ser utilizada como adubo, ou seja, é a reciclagem da matéria orgânica. É feita através da decomposição aeróbica e parcial da matéria. Além de diminuir a quantidade de lixo, produz um composto muito rico. A reciclagem é um ato de extrema importância nos dias atuais. Além de ajudar na preservação do meio ambiente, gera renda para milhares de pessoas. Porém, por questões técnicas, nem todos os materiais descartados por pessoas ou indústrias podem passar pelo processo de reciclagem. Estes, após passarem por processos industriais, não podem ser reutilizados. Grande parte destes materiais não recicláveis tem como destino o lixo comum. Lista de materiais não recicláveis: VIDROS - Vidro de automóveis; - Vidro de janela; - Espelhos; - Cristais;

3 - Lâmpadas (de todos os tipos); - Vidro de boxe de banheiro; - Vidro temperado; - Ampolas de remédios. PAPÉIS - Papel celofane; - Papel carbono; - Papel Higiênico; - Guardanapos e papel toalha com restos de alimentos; - Papel laminado; - Papel plastificado; - Fraldas descartáveis; - Espuma; - Etiquetas e adesivos; - Fotografias; - Fita Crepe. VIDROS - Cerâmicas, porcelanas e louças; - Acrílicos; - Boxes temperados; - Lentes de óculos; - Tubo de TV. METAIS - Latas enferrujadas; - Clipes e grampos; - Esponjas de aço; - Latas de tinta, verniz, inseticida e solvente; - Aerossóis. Para facilitar a separação do lixo reciclável e da coleta seletiva, existem normatizadas as lixeiras coloridas. O indicativo de cores fica muito mais fácil

4 identificar a lixeira adequada, por exemplo, dá para guardar que vermelho nas latas da lixeira é plástico. As lixeiras para a coleta seletiva são coloridas, elas são padronizadas internacionalmente isso facilita sua identificação por qualquer cidadão em qualquer cidade do mundo, que haja coleta seletiva. Lista de materiais recicláveis e as cores que correspondem nas lixeiras seletivas: Azul: Papel/papelão; Vermelho: Plástico; Verde: Vidro; Amarelo: Metal; Preto: Madeira; Laranja: Resíduos perigosos; Branco: Resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde; Roxo: Resíduos radioativos; Marrom: Resíduos orgânicos; Cinza: Resíduo geral não reciclável contaminado, ou contaminado não passível de separação. Após essa explanação oral, foi apresentado através de um painel aos alunos o tempo de decomposição de alguns materiais comumente utilizados. Logo em seguida, a sala foi divida em dois grupos, e cada um deles ficou responsável por fazer uma lixeira pra deixar na sala, uma de plástico e a outra de papel. Ao nono ano, além desta atividade, foi realizada uma dinâmica, na qual os alunos através do tato deveriam descobrir qual material reciclado era e em qual recipiente seriam destinados PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Recursos materiais e humanos Datashow; Caixas de papelão; Pincéis; Tinta guache;

5 Cartaz sobre tempo de decomposição de materiais; Materiais recicláveis para a dinâmica: garrafa PET, pilhas, isopor, cascas de laranja, pote e sacola plástica, luva cirúrgica, clips, revista, pedaço de papelão e caixa de leite. 5. RESULTADOS ESPERADOS A partir da aplicação da Oficina Resíduos e Reciclagem, espera-se que os alunos possam ter mais consciência sobre a quantidade imensa de lixo produzido e todos os problemas que possam ser gerados por esses resíduos. Espera-se também que a partir disso, os alunos passem a separar de maneira mais correta o lixo da escola, incluindo o lixo orgânico e levem, possivelmente, essas ideias de reciclagem para a sua própria casa. 6. REFERÊNCIAS Disponível em: <http://www.suapesquisa.com/reciclagem/materiais_nao_reciclaveis.htm>. Acessado em: 29 de agosto de Disponível em: <http://www.ecologiaonline.com/lixeiras-coloridas-facilitam-acoleta-seletiva/>. Acessado em: 12 de setembro de 2012 LINHARES, S.; GEWANDSZNAJDER, F. Biologia, 1ª EDIÇÃO, SÃO PAULO, CONTRIBUIÇÃO DA ATIVIDADE PARA A FORMAÇÃO DOCENTE A aplicação desta oficina proporcionou primeiramente maior contato com os alunos, foi possível termos maior experiência com relação ao domínio de turma, além de aprendermos a importância de atividades práticas e dinâmicas com relação à motivação dos alunos em relação ao conteúdo. 8. ANEXOS

6 Figura 01: Esquema da dinâmica aplicada ao nono ano na Oficina Resíduos e Reciclagem. Figura 02: Acadêmica Geize realizando a confecção dos lixeiros.

7 Figura 03: Modelo de lixeiros confeccionados pelas acadêmicas a partir de caixas de papelão e materiais reutilizáveis. Figura 04: Acadêmica Adriane realizando a confecção do cartaz sobre o tempo de decomposição de alguns materiais.

8 Figura 05: Cartaz sobre o tempo decomposição de materiais. Figura 06: Alunos do nono ano confeccionando o lixeiro de cor azul (papel) a partir de caixas de papelão.

9 Figura 07: Dinâmica do tato aplicada ao nono ano. Figura 08: Resultado após 21 dias da aplicação da oficina. Lixo devidamente separado do 1º ano B.

Prática Pedagógica: Coleta de Lixo nas Escolas

Prática Pedagógica: Coleta de Lixo nas Escolas Prática Pedagógica: Coleta de Lixo nas Escolas Introdução O objetivo desse trabalho é ajudar as Escolas e demais instituições na implantação do programa da coleta seletiva do lixo e do lixo eletrônico.

Leia mais

Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás

Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás PRATIQUE COLETA SELETIVA Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) tem a missão de defender a ordem jurídica, o regime democrático e os interesses

Leia mais

RESPEITO E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL

RESPEITO E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL RESPEITO E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL A Comissão Ministerial de Gestão Ambiental foi criada através da Portaria POR-PGJ n 204/08, com o fim de estudar, sugerir e acompanhar a implementação de medidas administrativas

Leia mais

Reciclagem de Materiais COLETA SELETIVA

Reciclagem de Materiais COLETA SELETIVA Reciclagem de Materiais COLETA SELETIVA COLETA SELETIVA Conheça algumas medidas importantes para não poluir o meio ambiente na hora de jogar fora o seu lixo Já é inquestionável hoje a importância da reciclagem

Leia mais

Programa de Gestão. Ambiental. Cartilha. Ambiental

Programa de Gestão. Ambiental. Cartilha. Ambiental Programa de Gestão Ambiental Cartilha Ambiental Índice Responsabilidade Ambiental 1. Responsabilidade Ambiental 2. Organograma 4. Política Ambiental 6. Coleta Seletiva Interna 12. Dicas Importantes A preocupação

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015 Regulamentação do descarte de resíduos comuns, recicláveis, pilhas e baterias e lâmpadas no Centro de Ciências da Saúde da UFRJ - CCS-UFRJ. 1 Objetivo e aplicação Com o

Leia mais

Como implantar e manter a coleta seletiva na sua escola. Coleta Seletiva

Como implantar e manter a coleta seletiva na sua escola. Coleta Seletiva Como implantar e manter a coleta seletiva na sua escola Coleta Seletiva Apresentaçao ~ Índice Esta cartilha foi elaborada pela Prefeitura de São Bernardo do Campo, em parceria com a SBC Valorização de

Leia mais

COLETA SELETIVA PRATIQUE ESTA IDEIA

COLETA SELETIVA PRATIQUE ESTA IDEIA COLETA SELETIVA PRATIQUE ESTA IDEIA O QUE É? Coleta seletiva é o processo de separação dos materiais recicláveis do restante dos resíduos sólidos. Como definição de resíduos sólidos, pelo Wikipédia, entende-se

Leia mais

PROGRAMA DE COLETA SELETIVA

PROGRAMA DE COLETA SELETIVA PROGRAMA DE COLETA SELETIVA PROGRAMA DE COLETA SELETIVA Usando Bem Ninguém Fica Sem. PROGRAMA DE COLETA SELETIVA 1. O QUE É COLETA SELETIVA 2. DESTINO FINAL DO LIXO DE SÃO PAULO 3. COMPOSIÇÃO DO LIXO SELETIVO

Leia mais

BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES

BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES 3 Definições de lixo: No dicionário: sujeira, imundice, coisa(s) inúteis, velhas, sem valor. Na linguagem técnica: sinônimo

Leia mais

É o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto.

É o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. É o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. REDUZIR REUTILIZAR RECUPERAR RECICLAR A redução deve ser adaptada por

Leia mais

REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR. O caminho para um futuro melhor.

REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR. O caminho para um futuro melhor. R R R REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR O caminho para um futuro melhor. A FGR se preocupa com o planeta. v Reduza o quanto puder; Reutilize tudo que puder; Recicle o máximo que puder. 2 A qualidade de vida

Leia mais

Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS LEI 12.305 / 08/ 2010 DECRETO 7.404/ 12/ 2010

Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS LEI 12.305 / 08/ 2010 DECRETO 7.404/ 12/ 2010 Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS LEI 12.305 / 08/ 2010 DECRETO 7.404/ 12/ 2010 Cenário brasileiro de resíduos sólidos Aumento da: População nas cidades 50% mundial 85% Brasil (IBGE, 2010).

Leia mais

PALESTRA: CIDADANIA E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL. Palestrante: Gisela Verri de Santana E-mail: givsantana@gmail.com.br

PALESTRA: CIDADANIA E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL. Palestrante: Gisela Verri de Santana E-mail: givsantana@gmail.com.br PALESTRA: CIDADANIA E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL Palestrante: Gisela Verri de Santana E-mail: givsantana@gmail.com.br Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2007 ROTEIRO DA PALESTRA Apresentação pessoal Visualização

Leia mais

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS E GESTÃO AMBIENTAL NO CANTEIRO DE OBRAS

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS E GESTÃO AMBIENTAL NO CANTEIRO DE OBRAS GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS E GESTÃO AMBIENTAL NO CANTEIRO DE OBRAS Conheça os personagens: Qualimestre: Ele está atento a tudo, sempre disposto a ensinar. Cuida do Canteiro de obras como fosse sua casa.

Leia mais

CENÁRIO BRASILEIRO. Latas de alumínio e plásticos vão para a indústria de reciclagem.

CENÁRIO BRASILEIRO. Latas de alumínio e plásticos vão para a indústria de reciclagem. CENÁRIO BRASILEIRO O Brasil gera aproximadamente 250 mil toneladas de lixo por dia. Assim, imagine duas filas de caminhões de 5 toneladas de capacidade, ocupando uma distância equivalente a 10 pontes Rio-Niterói.

Leia mais

Reciclar, são ações que. Reduzir É o inicio da conservação do meio. Reutilizar Significa reutilizar um produto de

Reciclar, são ações que. Reduzir É o inicio da conservação do meio. Reutilizar Significa reutilizar um produto de Especialistas em meio ambiente alertam para a necessidade da utilização racional dos recursos naturais. Reduzir, Reutilizar e Reciclar, são ações que contribuem para o consumo responsável reduzindo o impacto

Leia mais

Amanda Aroucha de Carvalho. Reduzindo o seu resíduo

Amanda Aroucha de Carvalho. Reduzindo o seu resíduo Amanda Aroucha de Carvalho Reduzindo o seu resíduo 1 Índice 1. Apresentação 2. Você sabe o que é Educação Ambiental? 3. Problemas Ambientais 4. Para onde vai o seu resíduo? 5. Soluções para diminuir a

Leia mais

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PIBID/FSDB Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PROJETO DIDÁTICO: BRINCANDO COM FORMAS E CORES Turma: Berçário II, Maternal I e II, Jardim I e II Duração: 2 meses. Objetivo Compartilhado: Aprofundar

Leia mais

LISTA DE MATERIAL 2016 ENSINO FUNDAMENTAL. Uso Coletivo - 1º Ano

LISTA DE MATERIAL 2016 ENSINO FUNDAMENTAL. Uso Coletivo - 1º Ano LISTA DE MATERIAL 2016 ENSINO FUNDAMENTAL Uso Coletivo - 1º Ano IMPORTANTE: O material de uso coletivo podera ser adquirido pelo Colégio mediante o pagamento de uma taxa de R$ 300,00 a ser paga na secretaria.

Leia mais

Busque seu produto. Lixeiras... 2 Lixeiras Para Coleta Seletiva... 14

Busque seu produto. Lixeiras... 2 Lixeiras Para Coleta Seletiva... 14 Busque seu produto Lixeiras... 2 Lixeiras Para Coleta Seletiva... 14 Lixeiras Cesto de Lixo Scalfo Código: P00001 Cesto Plástico para escritório. Sem tampa 10 Litros. Cor: Preto Cesto de Pedal 40 Litros

Leia mais

Capitulo 2 Resíduos Sólidos

Capitulo 2 Resíduos Sólidos ASSOCIAÇÃO SOCIOAMBIENTALISTA SOMOS UBATUBA Conteúdo Pedagógico Capitulo 2 Resíduos Sólidos Organização Parceria Convênio Resíduos Sólidos Introdução Esta etapa é composta por atividades ligadas à relação

Leia mais

O lixo é tudo aquilo que reputamos como desnecessário e descartamos em algum lugar. Há lixos de todos os tipos e sendo produzidos e descartados de

O lixo é tudo aquilo que reputamos como desnecessário e descartamos em algum lugar. Há lixos de todos os tipos e sendo produzidos e descartados de LIXO O lixo é tudo aquilo que reputamos como desnecessário e descartamos em algum lugar. Há lixos de todos os tipos e sendo produzidos e descartados de várias maneiras. Uma das formas mais comuns de classificar

Leia mais

O símbolo internacional da reciclagem.

O símbolo internacional da reciclagem. O símbolo internacional da reciclagem. A reciclagem é termo genericamente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. Muitos materiais

Leia mais

Meio ambiente: a conscientização começa pela educação. Implementação. Coleta Seletiva Solidária

Meio ambiente: a conscientização começa pela educação. Implementação. Coleta Seletiva Solidária Meio ambiente: a conscientização começa pela educação Implementação da Coleta Seletiva Solidária A guardiã da natureza Judith Cortesão "... Quem conhece ama, quem ama protege. Uma das descobertas mais

Leia mais

Guia prático para o descarte de resíduos

Guia prático para o descarte de resíduos Guia prático para o descarte de resíduos 1 2 Apresentação Eleições - vocês já pensaram em quantos resíduos se produz a mais? São tantos manuais e experimentos de toda a natureza que acabamos por não perceber

Leia mais

. CAPACITAÇÃO. COMISSÕES SETORIAIS

. CAPACITAÇÃO. COMISSÕES SETORIAIS . CAPACITAÇÃO. COMISSÕES SETORIAIS O QUE É O AMBIENTAÇÃO? É o programa de comunicação e educação socioambiental que pretende promover a sensibilização para a mudança de comportamento e a internalização

Leia mais

Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) Revitalização dos Programas de Coleta Seletiva e de Minimização de Resíduo Sólido na FEC

Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) Revitalização dos Programas de Coleta Seletiva e de Minimização de Resíduo Sólido na FEC Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) Revitalização dos Programas de Coleta Seletiva e de Minimização de Resíduo Sólido na FEC mar. 2013 Programa de Coleta seletiva na FEC Iniciado

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT. DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte

Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT. DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte Promoção SEST / SENAT Conteúdo Técnico ESCOLA DO TRANSPORTE JULHO/2007 O que é Lixo? Lixo

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DE OFICINAS PEDAGÓGICAS NAS ESCOLAS DO CAMPO

EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DE OFICINAS PEDAGÓGICAS NAS ESCOLAS DO CAMPO EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DE OFICINAS PEDAGÓGICAS NAS ESCOLAS DO CAMPO Fabiano Custodio de Oliveira 1 UFCG/CDSA - fabiano.geografia@gmail.com Fabiana Feitosa de Souza 2 UFCG/CDSA fabiana.luquinha@hotmail.com

Leia mais

1 Nº 1 - Fevereiro de 2011

1 Nº 1 - Fevereiro de 2011 O Senhor Buriti, guardião do PLANETA para proteger a cidade fez cinco anéis mágicos a partir do arco íris com os poderes do vento, água, terra, fogo e amor. A união dos cinco poderes fazem surgir o capitão

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula RECICLANDO. Anos iniciais. 4º ano. Ciências. Ser Humano e Saúde. 2 aulas (50 minutos cada) Educação Presencial

TÍTULO: Plano de Aula RECICLANDO. Anos iniciais. 4º ano. Ciências. Ser Humano e Saúde. 2 aulas (50 minutos cada) Educação Presencial Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: RECICLANDO Nível de Ensino: Ensino Fundamental / Anos iniciais Ano/Semestre de estudo Componente Curricular: Tema: Duração da Aula: Modalidade de Ensino: 4º ano Ciências

Leia mais

RESIDUOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS. De modo geral, podemos dizer que os resíduos domiciliares se dividem em orgânicos e inorgânicos.

RESIDUOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS. De modo geral, podemos dizer que os resíduos domiciliares se dividem em orgânicos e inorgânicos. RESIDUOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS De modo geral, podemos dizer que os resíduos domiciliares se dividem em orgânicos e inorgânicos. Resíduos orgânicos: São biodegradáveis (se decompõem naturalmente). São

Leia mais

Câmara Municipal da Póvoa de Varzim ÍNDICE. 1. Local. 2. Horário de funcionamento. 3. Materiais a depositar no ecocentro

Câmara Municipal da Póvoa de Varzim ÍNDICE. 1. Local. 2. Horário de funcionamento. 3. Materiais a depositar no ecocentro ÍNDICE 1. Local 2. Horário de funcionamento 3. Materiais a depositar no ecocentro 4. Normas e regras de utilização 5. Código do Catálogo Europeu dos Resíduos 6. Anexos Anexo I - Registo diário de entradas

Leia mais

Plano de Aula CIÊNCIAS. Reciclando

Plano de Aula CIÊNCIAS. Reciclando Plano de Aula CIÊNCIAS Reciclando Reciclando. 09 p.; il. (Série Plano de Aula; Ciências) ISBN: 1. Ensino Fundamental - Ciências 2. Ciências Naturais 3. Terra e Universo I. Título II. Série CDU:373.3:5

Leia mais

SUSTENTABILIDADE NO SÉCULO XXI

SUSTENTABILIDADE NO SÉCULO XXI SUSTENTABILIDADE NO SÉCULO XXI CAOE O CAOE oferece Orientação Educacional, Atendimento Clínico e também novos projetos: Interidades e Universo das Artes INSTITUTO REINVENTAR Missão Sensibilizar indivíduos

Leia mais

Plano de Aula CIÊNCIAS. Reaproveitando, reciclando e descartando

Plano de Aula CIÊNCIAS. Reaproveitando, reciclando e descartando Plano de Aula CIÊNCIAS Reaproveitando, reciclando e descartando Reaproveitando, reciclando e descartando. 12 p.; il. (Série Plano de Aula; Ciências) ISBN: 1. Ensino Fundamental - Ciências 2. Ciências Naturais

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 4.194, DE 2012 (Do Sr. Onyx Lorenzoni)

PROJETO DE LEI N.º 4.194, DE 2012 (Do Sr. Onyx Lorenzoni) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 4.194, DE 2012 (Do Sr. Onyx Lorenzoni) Dispõe sobre obrigatoriedade da fabricação, distribuição e utilização de sacolas plásticas fabricadas em material degradável

Leia mais

Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima terceira prova, que será realizada no dia 18 de Junho de 2013.

Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima terceira prova, que será realizada no dia 18 de Junho de 2013. 23ª APOSTILA 23ª APOSTILA SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE Caros Colegas, Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima terceira prova, que será realizada no dia 18 de Junho

Leia mais

Coleta Seletiva PRATIQUE ESTA IDEIA

Coleta Seletiva PRATIQUE ESTA IDEIA Coleta Seletiva PRATIQUE ESTA IDEIA O QUE É? Coleta seletiva é o processo de separação dos materiais recicláveis do restante dos resíduos sólidos. Como definição de resíduos sólidos, pelo Wikipédia, entende-se

Leia mais

ATIVIDADE COMEMORATIVA DA SEMANA NACIONAL DE CIDADANIA E SOLIDARIEDADE

ATIVIDADE COMEMORATIVA DA SEMANA NACIONAL DE CIDADANIA E SOLIDARIEDADE ATIVIDADE COMEMORATIVA DA SEMANA NACIONAL DE CIDADANIA E SOLIDARIEDADE Mudando o Planeta CONTEÚDO Cidadania Consciência Ambiental Ação Política Meio Ambiente COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Competência: Ampliar

Leia mais

Atividades: Aprendendo a reutilizar o lixo

Atividades: Aprendendo a reutilizar o lixo : Aprendendo a reutilizar o lixo Introdução A quantidade de lixo produzido no mundo é enorme. Para você ter uma idéia dessa quantidade, basta saber que cada brasileiro gera entre 500 gramas a 2 quilos

Leia mais

Guia Ambiental de Materiais de Mídia. Reciclando objetos, renovando conceitos.

Guia Ambiental de Materiais de Mídia. Reciclando objetos, renovando conceitos. Guia Ambiental de Materiais de Mídia. Reciclando objetos, renovando conceitos. Conscientização A questão do lixo é de vital importância para a sobrevivência do planeta e da qualidade de vida da população.

Leia mais

1. CLASSIFICAÇÃO DOS RESÍDUOS

1. CLASSIFICAÇÃO DOS RESÍDUOS Página1 1. CLASSIFICAÇÃO DOS RESÍDUOS Diversos autores vêm utilizando metodologias próprias de classificação de resíduos sólidos, tendo como referência a fonte de geração, o local de produção, os aspectos

Leia mais

Compostagem doméstica: como fazer?

Compostagem doméstica: como fazer? Compostagem, o que é? É um processo dereciclagem de resíduos orgânicos (de cozinha, da horta, do jardim...) realizado através de microrganismos que transformam os resíduos biodegradáveis num fertilizante

Leia mais

LISTA DE MATERIAL Creche 1.2 (até 2 anos)

LISTA DE MATERIAL Creche 1.2 (até 2 anos) LISTA DE MATERIAL Creche 1.2 (até 2 anos) MATERIAI DE USO PESSOAL - deverá vir identificado com o nome Mamadeira de leite, chá e/ou suco que volta para casa diariamente. Chupeta (com capa protetora) que

Leia mais

M A N U A L COLETA SELETIVA DE LIXO

M A N U A L COLETA SELETIVA DE LIXO M A N U A L D A COLETA SELETIVA DE LIXO Coleta Seletiva de Lixo APRENDA AQUI TODOS OS PASSOS PARA IMPLANTAR UM SISTEMA DE COLETA SELETIVA DE LIXO EM SUA EMPRESA, CONDOMÍNIO, ESCOLA OU COMUNIDADE. I N T

Leia mais

TREINAMENTO INTEGRAÇÃO MÓDULO 7 5 PLANO DIRETOR DE RESÍDUOS E EFLUENTES. 6 PROGRAMA 3 Rs COLETA SELETIVA

TREINAMENTO INTEGRAÇÃO MÓDULO 7 5 PLANO DIRETOR DE RESÍDUOS E EFLUENTES. 6 PROGRAMA 3 Rs COLETA SELETIVA MÓDULO 7 1 CONCEITO DE MEIO AMBIENTE 2 ASPECTO AMBIENTAL 3 O QUE SÃO RESÍDUOS? 4 GESTÃO AMBIENTAL 5 PLANO DIRETOR DE RESÍDUOS E EFLUENTES 6 PROGRAMA 3 Rs COLETA SELETIVA 7 BENEFÍCIOS DA DESTIN. E TRATAMENTO

Leia mais

LISTA DE MATERIAL- INFANTIL 1-2014

LISTA DE MATERIAL- INFANTIL 1-2014 LISTA DE MATERIAL- INFANTIL 1-2014 01 tubo de cola branca Acrilex- 37grs 02 caixas de massa de modelar Soft Acrilex -atóxica - 180grs. 01 pasta A³ 01 pote plástico para giz de cera 01 livro infantil lavável

Leia mais

PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva. Redação Inara Vieira. MINISTRO DA CULTURA Juca Ferreira. Revisão Graça Mendes

PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva. Redação Inara Vieira. MINISTRO DA CULTURA Juca Ferreira. Revisão Graça Mendes PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva MINISTRO DA CULTURA Juca Ferreira PRESIDENTE DO IPHAN Luiz Fernando de Almeida CHEFE DE GABINETE Fernanda Pereira PROCURADORA-CHEFE FEDERAL Lúcia Sampaio

Leia mais

O QUE É A RECICLAGEM?

O QUE É A RECICLAGEM? O QUE É A RECICLAGEM? A reciclagem é a transformação dos resíduos de embalagens - depois de separados por famílias de materiais (papel/cartão, vidro e embalagens de plástico ou metal) em novos objectos.

Leia mais

Lista de Material Individual e Coletivo 1º ano / 2013

Lista de Material Individual e Coletivo 1º ano / 2013 Lista de Material Individual e Coletivo 1º ano / 2013 01 Agenda personalizada Colégio Alfa.Beta adquirir no próprio colégio 02 Apontadores para lápis fino com depósito 01 Avental para pintura 01 Caderno

Leia mais

LISTA DE MATERIAL DE ARTE - 2012

LISTA DE MATERIAL DE ARTE - 2012 LISTA DE MATERIAL DE ARTE - 2012 ARTE - 6º ano 01 lápis 2B 01 Marcador para Porcelana Creative Marker na cor roxa. 01 Pote de 250 ml de tinta acrílica (cor vermelha ou amarela). 01 caixa de cola colorida

Leia mais

CARTILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIVIRTA-SE E APRENDA SOBRE A RECICLAGEM E AS VANTAGENS DAS EMBALAGENS LONGA VIDA U M P RO J E TO

CARTILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIVIRTA-SE E APRENDA SOBRE A RECICLAGEM E AS VANTAGENS DAS EMBALAGENS LONGA VIDA U M P RO J E TO CARTILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIVIRTA-SE E APRENDA SOBRE A RECICLAGEM E AS VANTAGENS DAS EMBALAGENS LONGA VIDA U M P RO J E TO O PRIMEIRO PASSO PARA APRENDER A RECICLAR É CONHECER QUAIS MATERIAIS SÃO

Leia mais

CRECHE I A. Material de uso individual. Identificar com o nome da criança, será devolvido no final do ano:

CRECHE I A. Material de uso individual. Identificar com o nome da criança, será devolvido no final do ano: CRECHE I A Material de uso diário (trazer na mochila todos os dias, verificar a necessidade de repor quando termina, deve ser identificado com o nome da criança): Lenço umedecido; Pomada para prevenir

Leia mais

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS COLETA SELETIVA

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS COLETA SELETIVA SEJAM BEM VINDOS GRUPO MULTILIXO Coopercicla FLACIPEL Reciclados Cooperativa MULTILIXO Resíduos ATT PARI Entulho MADE VILA Bio Massa MULTIPALETS Palets Reciclados MULTIGLASS Vidro 3 TIPOS DE RESÍDUOS GERADOS

Leia mais

Olá meninos, vocês parecem contrariados. O que aconteceu?

Olá meninos, vocês parecem contrariados. O que aconteceu? Olá meninos, vocês parecem contrariados. O que aconteceu? Puxa, o lixo é mesmo um problema muito sério. Vocês sabiam que muitos animais silvestres estão morrendo porque confundem lixo com comida? Sério?

Leia mais

TERESINHA SOARDI O DESTINO DO LIXO NAS COMUNIDADES DOS EDUCANDOS NO KM-44

TERESINHA SOARDI O DESTINO DO LIXO NAS COMUNIDADES DOS EDUCANDOS NO KM-44 TERESINHA SOARDI O DESTINO DO LIXO NAS COMUNIDADES DOS EDUCANDOS NO KM-44 Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à banca do Curso de Especialização em Educação do Campo da Universidade Federal do Paraná.

Leia mais

Tipo do produto: Plano de aula

Tipo do produto: Plano de aula Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de aula 1 IDENTIFICAÇÃO NOME DO SUBPROJETO: POPULARIZANDO

Leia mais

VALOR UNITÁRIO R$ ITEM DESCRIMINAÇÃO QUANTID. UNIDADE APAGADORES PARA QUADRO (LOUSA) 1

VALOR UNITÁRIO R$ ITEM DESCRIMINAÇÃO QUANTID. UNIDADE APAGADORES PARA QUADRO (LOUSA) 1 ITEM DESCRIMINAÇÃO QUANTID. UNIDADE APAGADORES PARA QUADRO (LOUSA) 1 DIMENSÕES:15 X 7 X 3m 20 UNIDADES APONTADOR COM DEPOSITO GRANDE (4cm de 2 diâmetro x 6 cm de comprimento) 430 UNIDADES 3 BORRACHA BRANCA

Leia mais

o ojet Pr a Consciênci 1 Resíduos

o ojet Pr a Consciênci 1 Resíduos Projeto Consciência Resíduos 1 Qual é a diferença entre resíduo e lixo? 2 Qual é a diferença entre resíduo e lixo? Resíduo pode ser considerado qualquer material que sobra após uma ação ou processo produtivo.

Leia mais

Revista Digital. Equipe: Giovanni Canivier - nº18; Larissa Martins - nº30; Luiza Guariza - nº 33; Paola Pupo - nº 39. 2º C Batel.

Revista Digital. Equipe: Giovanni Canivier - nº18; Larissa Martins - nº30; Luiza Guariza - nº 33; Paola Pupo - nº 39. 2º C Batel. Revista Digital Equipe: Giovanni Canivier - nº18; Larissa Martins - nº30; Luiza Guariza - nº 33; Paola Pupo - nº 39 2º C Batel. Garrafa Pet. A embalagem PET é 100% reciclável. O processos de reciclagem

Leia mais

Lista de material Pequeninos (3 anos)

Lista de material Pequeninos (3 anos) Lista de material Pequeninos (3 anos) 1 Capa de elásticos grossa com: Lápis de cera grossos Lápis de cor Tesoura de bicos redondos e sem bonecos 1 Embalagem de plasticina 1 Espelho de bolso 1 Caderno de

Leia mais

SUSTENTABILIDADE NA ESCOLA

SUSTENTABILIDADE NA ESCOLA SUSTENTABILIDADE NA ESCOLA Yam de Sousa Santos¹; Aclébia Alves Quaresma¹; Ronier Pereira da Silva¹; Maria do Socorro Pereira 2. 1 Bolsistas ID da CAPES, Pibid/UFCG da Universidade Federal de Campina Grande/Centro

Leia mais

Cartilha de Coleta Seletiva da Embrapa Agroindústria de Alimentos

Cartilha de Coleta Seletiva da Embrapa Agroindústria de Alimentos Cartilha de Coleta Seletiva da Embrapa Agroindústria de Alimentos Meio Ambiente e Atitudes Sustentáveis O que eu tenho a ver com isso? A coleta seletiva e a reciclagem de resíduos têm um papel fundamental

Leia mais

Reciclagem Monte seu jogo e chame a turma para brincar. Corrida da. ANO 7 - Nº7 Caça-palavras Vamos colorir 7 erros e muito mais!

Reciclagem Monte seu jogo e chame a turma para brincar. Corrida da. ANO 7 - Nº7 Caça-palavras Vamos colorir 7 erros e muito mais! ANO 7 - Nº7 Caça-palavras Vamos colorir 7 erros e muito mais! Atividades infantis para resolver e colorir. Uma publicação da Corrida da Reciclagem Monte seu jogo e chame a turma para brincar Vamos colorir?

Leia mais

LISTA DE MATERIAL / 2016 PRÉ I

LISTA DE MATERIAL / 2016 PRÉ I LISTA DE MATERIAL / 2016 PRÉ I 01 apontadores com reservatório 01 borracha 01 brinquedo pedagógico próprio para a idade, de plástico ou madeira, para ficar na escola (jogos/animais/blocos) 01 caixa de

Leia mais

ESCOLA BRANCA DE NEVE

ESCOLA BRANCA DE NEVE MATERNAL II 02 Folhas de papel cartão (vermelho) 02 Folhas de cartolina dupla face (estampada e azul) 04 Folhas de E.V.A. 40X60- (verde,preto,branco e estampado) 02 Folhas de papel crepom (azul e preto)

Leia mais

Os 3 R s REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR

Os 3 R s REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR Os 3 R s REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR O problema do lixo é um problema sério que, por enquanto, não tem solução. Citando a capital paulista, onde nem 10% do lixo são reciclados. Cada paulistano produz

Leia mais

INVESTIGANDO A ABORDAGEM DO EIXO TEMÁTICO GESTÃO DE RESÍDUOS EM LIVROS DE QUÍMICA SELECIONADOS PELO PNLD 2012

INVESTIGANDO A ABORDAGEM DO EIXO TEMÁTICO GESTÃO DE RESÍDUOS EM LIVROS DE QUÍMICA SELECIONADOS PELO PNLD 2012 INVESTIGANDO A ABORDAGEM DO EIXO TEMÁTICO GESTÃO DE RESÍDUOS EM LIVROS DE QUÍMICA SELECIONADOS PELO PNLD 2012 Bruno Ventura de Queiroz 1 José Cleiton Sousa dos Santos 2 1 Graduando em Licenciatura em Química

Leia mais

UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O LIXO INTEGRANDO: UNIVERSIDADE, ESCOLA E COMUNIDADE

UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O LIXO INTEGRANDO: UNIVERSIDADE, ESCOLA E COMUNIDADE UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O LIXO INTEGRANDO: UNIVERSIDADE, ESCOLA E COMUNIDADE Resumo COSTA, Josiane da 1 - UNILA ONOFRIO, Alvaro Barcellos 2 - UNILA Grupo de Trabalho - Educação

Leia mais

RELAÇÃO DE MATERIAL ESCOLAR

RELAÇÃO DE MATERIAL ESCOLAR 1. LIVRO DIDÁTICO Avenida Joaquim Nabuco, nº. 1097 Manaus Amazonas Fone: (092) 3633-2824 Site: www.santadoroteia.com RELAÇÃO DE MATERIAL ESCOLAR 2016 De acordo com a Nova Lei nº. 11.274/2006 Educação Infantil

Leia mais

LISTA DE MATERIAL ANUAL -2011 BERÇÁRIO- I LISTA DE MATERIAL DE HIGIENE PARA SER MANTIDO NA MOCHILA DIARIAMENTE

LISTA DE MATERIAL ANUAL -2011 BERÇÁRIO- I LISTA DE MATERIAL DE HIGIENE PARA SER MANTIDO NA MOCHILA DIARIAMENTE LISTA DE MATERIAL ANUAL -2011 BERÇÁRIO- I LISTA DE MATERIAL DE HIGIENE PARA SER MANTIDO NA MOCHILA DIARIAMENTE 1 pacote de lenço umedecido ou algodão Fraldas descartáveis Chupeta (caso use) Fralda de boca

Leia mais

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR)

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de Atividade 1 IDENTIFICAÇÃO NOME DO SUBPROJETO:

Leia mais

Programa Compromisso com o Ambiente

Programa Compromisso com o Ambiente Programa Compromisso com o Ambiente Objetivo geral: Cuidar e preservar o nosso ambiente através de um processo organizado de sensibilização e racionalização no uso de elementos no âmbito da empresa e sua

Leia mais

Colégio Universitário Professor Canísio Ignácio Lunkes LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2014 EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I

Colégio Universitário Professor Canísio Ignácio Lunkes LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2014 EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2014 EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I Material de uso individual 01 Copo com tampa com nome do aluno Obs: Os materiais abaixo deverão ficar dentro da mochila do aluno 01 Caixa de

Leia mais

Coleta seletiva de lixo e Reciclagem

Coleta seletiva de lixo e Reciclagem Etec. Prof. Mário Antônio Verza Coleta seletiva de lixo e Reciclagem Realização: CIPA Responsável CIPA: Micaiser Faria Silva (2015/2016) A reciclagem é o processo de reaproveitamento do lixo descartado,

Leia mais

A CORRETA SEPARAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: JUNHO/2014

A CORRETA SEPARAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: JUNHO/2014 A CORRETA SEPARAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: JUNHO/2014 Regeneração: Uma nova fase que inicia As soluções ambientais não estão mais relacionadas ao romantismo preservacionista, mas às medidas de sustentabilidade,

Leia mais

BOM JESUS/ IELUSC REGULAMENTO DO LABORATÓRIO MULTIDISCIPLINAR DE NUTRIÇÃO, TÉCNICA DIETÉTICA E GASTRONOMIA

BOM JESUS/ IELUSC REGULAMENTO DO LABORATÓRIO MULTIDISCIPLINAR DE NUTRIÇÃO, TÉCNICA DIETÉTICA E GASTRONOMIA BOM JESUS/ IELUSC REGULAMENTO DO LABORATÓRIO MULTIDISCIPLINAR DE NUTRIÇÃO, TÉCNICA DIETÉTICA E GASTRONOMIA 2013 1 Orientações para utilização do laboratório multidisciplinar de Nutrição, Técnica Dietética

Leia mais

CONTRATURNO ENSINO FUNDAMENTAL B e C (crianças que completam 7,8,9 e 10 anos de idade durante o ano letivo)

CONTRATURNO ENSINO FUNDAMENTAL B e C (crianças que completam 7,8,9 e 10 anos de idade durante o ano letivo) CONTRATURNO ENSINO FUNDAMENTAL B e C (crianças que completam 7,8,9 e 0 anos de idade durante o ano letivo) Material pessoal que é necessário IDENTIFICAR COM O NOME DA CRIANÇA, em especial UNIFORMES. A

Leia mais

Esta cartilha tem o objetivo de orientar o processo de implantação do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos PGRS nas Empresas.

Esta cartilha tem o objetivo de orientar o processo de implantação do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos PGRS nas Empresas. MANUAL DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Gerência de Desenvolvimento Sustentável Núcleo de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (NSSMA/SGI) Apresentação Esta cartilha tem o objetivo de orientar o processo de implantação

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA Balinha e Dentinho 2. EPISÓDIO TRABALHADO Situação delicada 3. SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO O episódio Situação delicada faz parte da série Balinha

Leia mais

Apresentação. Incentivamos inovações e iniciativas que levem à qualidade ambiental e à redução dos efeitos das mudanças climáticas.

Apresentação. Incentivamos inovações e iniciativas que levem à qualidade ambiental e à redução dos efeitos das mudanças climáticas. Apresentação Na 3corações temos consciência de que a natureza é um bem de todos e origem dos recursos necessários para a nossa sobrevivência como pessoas e como negócio. Nosso objetivo é preservar e até

Leia mais

Reciclagem. Projetos temáticos

Reciclagem. Projetos temáticos Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2011 Projetos temáticos 2 o ano Data: / / Nível: Escola: Nome: Reciclagem Justificativa Este projeto tem como foco promover

Leia mais

COLETA SELETIVA: PRÁTICAS NA ESCOLA MUNICIPAL JOÃO GUALBERTO DA SILVA

COLETA SELETIVA: PRÁTICAS NA ESCOLA MUNICIPAL JOÃO GUALBERTO DA SILVA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR LITORAL PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM ÊNFASE EM ESPAÇOS EDUCADORES SUSTENTÁVEIS FERNANDA MARIA DE SOUZA COLETA SELETIVA: PRÁTICAS NA ESCOLA MUNICIPAL JOÃO

Leia mais

RECICLANDO COM ARTE. Discutir o problema ambiental trazido pelo excesso de lixo gerado em nosso planeta.

RECICLANDO COM ARTE. Discutir o problema ambiental trazido pelo excesso de lixo gerado em nosso planeta. RECICLANDO COM ARTE OBJETIVO Discutir o problema ambiental trazido pelo excesso de lixo gerado em nosso planeta. METODOLOGIA Montamos uma oficina de reutilização e reciclagem de lixo em nosso Clube de

Leia mais

Lista de Material 2016 1º Ano do Ensino Fundamental I

Lista de Material 2016 1º Ano do Ensino Fundamental I Lista de Material 2016 1º Ano do Ensino Fundamental I MATERIAL DE USO PESSOAL 01 Agenda escolar simples (01 página por dia) 02 Apontadores com depósito 01 Avental ou camisetona 03 Borrachas brancas macias

Leia mais

Recicláveis e Biodegradáveis, Mitos e Realidade

Recicláveis e Biodegradáveis, Mitos e Realidade Recicláveis e Biodegradáveis, Mitos e Realidade Joseana Macêdo Fechine Régis de Araújo Campina Grande outubro, 2011 Violência Contra a Mulher no Brasil e em todo o Mundo (FECHINE, J. M.) 1 Sumário Visão

Leia mais

Reciclagem. Projetos temáticos

Reciclagem. Projetos temáticos Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Educação infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos Educação Infantil Data: / / Nível: Escola: Nome: Reciclagem Justificativa Este projeto tem como foco

Leia mais

manual PARA COLETA SELETIVA Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro

manual PARA COLETA SELETIVA Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro manual PARA COLETA SELETIVA Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro manual PARA COLETA SELETIVA Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Diretoria de Ambiente e Tecnologia

Leia mais

Por favor, separe os seus resídous/lixo!

Por favor, separe os seus resídous/lixo! Por favor, separe os seus resídous/lixo! Preste atenção às seguintes regras de separação dos resíduos de Salzburgo e apoe-nos na redução e reciclagem de resíduos/lixo! A sua contribuição para a protecção

Leia mais

Lista de Materiais 2016 Maternal I - Educação Infantil.

Lista de Materiais 2016 Maternal I - Educação Infantil. Maternal I - Educação Infantil. 5 Botões coloridos grandes 2 Caixas de giz de cera curton com 12 cores 1 Camiseta grande usada (para pintura) 2 Caixas de fósforo (cheia) 2 Caixas de pintura a dedo com

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

PROGRAMA DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS CARTILHA EDUCATIVA PROGRAMA DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS COMA COORDENADORIA DO MEIO AMBIENTE BORTOLOSSI, Fernando. ALVES, Flávia Keller. ZANELLA, Geovani. Programa de Gestão de Resíduos Sólidos. Fernando

Leia mais

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO 6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. Aula 6.2 Conteúdo Porque construir seu próprio brinquedo? Habilidades (Re)criar

Leia mais

MATERIAL DE EXPEDIENTE

MATERIAL DE EXPEDIENTE MATERIAL DE EXPEDIENTE Almofada para carimbo, cor azul, nº 04 Almofada para carimbo, cor preta, nº 04 Almofada para carimbo, cor vermelha, nº 04 Apagador para quadro branco Barbante Caixa para arquivo

Leia mais

Apresenta: PAPEL METAL LIXO ORGÂNICO VIDRO PLÁSTICO. no luga

Apresenta: PAPEL METAL LIXO ORGÂNICO VIDRO PLÁSTICO. no luga Apresenta: Coloqu e o lixo no luga r, na hor a e no d certo. ia ORGÂNICO CAPItao VAREJO em: coleta seletiva Enquanto isso, na sala secreta de reuniões... Olá, Capitão Varejo! Grande Gênio, bom dia! Espero

Leia mais

Os TRÊS Rs ADMINISTRADOR E GEÓGRAFO SEBASTIÃO CELSO FERREIRA DA SILVA

Os TRÊS Rs ADMINISTRADOR E GEÓGRAFO SEBASTIÃO CELSO FERREIRA DA SILVA Os TRÊS Rs ADMINISTRADOR E GEÓGRAFO SEBASTIÃO CELSO FERREIRA DA SILVA Há pouco mais de 100 anos, éramos 1,6 bilhões e em 2020, seremos 8 bilhões. Onde iremos viver? Com quem (animais)? Quais habitats serão

Leia mais

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Rede Verzeri Ijuí(RS) MATERIAL ESCOLAR PARA OS ANOS INICIAIS 2013 1º ANO

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Rede Verzeri Ijuí(RS) MATERIAL ESCOLAR PARA OS ANOS INICIAIS 2013 1º ANO COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Rede Verzeri Ijuí(RS) MATERIAL ESCOLAR PARA OS ANOS INICIAIS 2013 1º ANO 2 caixas de massa de modelar 12 cores 1 rolo de fita crepe 3m 1 lixa preta 1 rolo de durex colorido

Leia mais

SOU NOVO AQUI! COMO FAÇO PARTE DE UM PEQUENO GRUPO? CONTRIBUIÇÃO NOSSA PROGRAMAÇÃO ROGRAM

SOU NOVO AQUI! COMO FAÇO PARTE DE UM PEQUENO GRUPO? CONTRIBUIÇÃO NOSSA PROGRAMAÇÃO ROGRAM A Igreja Batista Central de Fortaleza é uma comunidade comprometida em amar a Deus, amar uns aos outros e proclamar Jesus. Vivemos relacionamentos em pequenos grupos, de casa em casa, e também nos grandes

Leia mais