PARÁGRAFO ÚNICO - O programa deverá contemplar 03 (três) segmentos de intervenção:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PARÁGRAFO ÚNICO - O programa deverá contemplar 03 (três) segmentos de intervenção:"

Transcrição

1 Secretaria de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária Protocolo: Mamona PROTOCOLO DE INTENÇÕES QUE ENTRE SI FAZEM O BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A., O GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, ATRAVÉS DA SECRETARIA DA AGRICULTURA, IRRIGAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA (SEAGRI), A FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA DO ESTADO DA BAHIA (FAEB) E A BOM-BRASIL ÓLEO DE MAMONA LTDA. NA FORMA E CONDIÇÕES ABAIXO. O Banco do Nordeste do Brasil S/A., o Governo do Estado da Bahia, por intermédio de sua Secretaria de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (SEAGRI), a Federação da Agricultura do Estado da Bahia (FAEB) e a Bom-Brasil Óleo de Mamona Ltda, resolvem celebrar o presente protocolo, mediante as seguintes cláusulas e condições: CLAUSULA PRIMEIRA - DOS OBJETIVOS O presente protocolo tem por finalidade criar e compatibilizar formas de ações para implementação do Programa de Recuperação da Cultura da Mamona do Estado da Bahia, assim como determinar as atribuições de cada uma das entidades envolvidas, buscando através de ações integradas de assistência técnica, creditícia e garantia da comercialização, aumentar a produção através da expansão da área cultivada e dos ganhos de produtividade e, consequentemente, estimular o desenvolvimento da cultura nesse estado. PARÁGRAFO ÚNICO - O programa deverá contemplar 03 (três) segmentos de intervenção: a. transferência tecnológica para o desenvolvimento auto-sustentado da cultura da mamona; b. integração produtor/indústria e apoio à comercialização da produção; c. financiamento para ampliação da área plantada e elevação da produtividade. CLÁUSULA SEGUNDA - DOS BENEFICIÁRIOS Poderão ser beneficiários do Programa, produtores rurais, cooperativas e associações que, comprovadamente, utilizem a tecnologia recomendada pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola EBDA e se comprometam a receber capacitação em gestão empresarial. CLÁUSULA TERCEIRA - DOS RECURSOS: Para concessão dos financiamentos aos beneficiários, serão postos à disposição deste protocolo, pelo Banco do Nordeste do Brasil S/A., recursos financeiros no montante de R$ ,00 (doze milhões de reais), para atender as metas do Programa, para o ano de 1999, com recursos oriundos do FNE, FAT, BNDES, ou outra fonte de recursos disponível. PARÁGRAFO ÚNICO A alocação de recursos para atendimento das metas do Programa, no tocante aos demais anos de vigência deste protocolo, dependerá da programação orçamentária do Banco do Nordeste do Brasil S/A, e será fixada no início de cada ano. CLÁUSULA QUARTA - DAS ATRIBUIÇÕES:

2 Para implementação deste protocolo, ficam as partes assim acordadas: I - O Banco do Nordeste do Brasil S/A., se propõe a: a. financiar, nas linhas de investimento e custeio, os produtores de mamona que utilizem tecnologia proposta pelos órgãos de assistência técnica e que apresentem garantia do recebimento da produção por parte das indústrias, mediante preços remuneradores; b. financiar a comercialização da produção de mamona obtida pelos produtores envolvidos no plano, na proporção das respectivas áreas financiadas pactuadas entre produtor e as indústrias; c. comunicar à SEAGRI as eventuais irregularidades ou dificuldades identificadas na operacionalização do presente protocolo e que possam comprometer a consecução de seus objetivos ou os direitos creditícios do Banco do Nordeste do Brasil S/A; d. participar, juntamente com a SEAGRI e demais instituições envolvidas neste protocolo, das ações que visem o aperfeiçoamento e fortalecimento do Programa; II- O Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária - SEAGRI e seus órgãos especializados, propõe-se a: a. transferir tecnologia para o desenvolvimento auto-sustentado da cultura da mamona e melhorar os níveis de produção e produtividade; b. b) prestar assistência técnica através da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola EBDA; c. c) estimular a produção de sementes básicas, a multiplicação e uso de sementes fiscalizadas, d. coordenar o Programa, bem como fazer o monitoramento e avaliação por intermédio de suas vinculadas. III - A Federação da Agricultura do Estado da Bahia(FAEB), se propõe a: a. participar com as demais Instituições envolvidas neste Protocolo das decisões que visem o aperfeiçoamento e fortalecimento do Programa; b. realizar esforços junto aos produtores, suas associações e cooperativas, apoiando e participando das ações de divulgação, seleção e capacitação dos produtores, dentre outras, no sentido de contribuir para o sucesso da cultura da mamona no Estado da Bahia; IV - A Bom-Brasil Óleo de Mamona Ltda, propõe-se a: a. garantir mediante contrato prévio com os produtores beneficiários de crédito de custeio, a compra da mamona em baga, a preços de mercado vigente à época da colheita, devendo este valor nunca ser inferior ao preço mínimo do Governo Federal, acrescido de 6,3331 %, desde que para a safra de o referido preço não seja inferior a R$25,00 (vinte e cinco reais) a saca de 60 kg. b. o contrato acima referido, deverá ser celebrado em três vias, devendo uma das vias ser entregue ao Banco do Nordeste do Brasil S/A., como condição para contratação da operação de custeio; PARÁGRAFO PRIMEIRO: Fica assegurado ao Banco do Nordeste do Brasil S/A. o direito de, sempre que julgar necessário, realizar vistorias nos empreendimentos assistidos pelas partes acordadas, no âmbito deste protocolo, utilizando pessoas de sua livre indicação. PARÁGRAFO SEGUNDO: As ações explicitadas no item I da presente cláusula, têm a sua implementação condicionada à disponibilidade de recursos financeiros, aos preceitos usuais das operações bancárias, inclusive no que se refere às

3 normas do FNE, do FAT ou de outros programas ou linhas de crédito cujos recursos o Banco do Nordeste do Brasil S/A., a seu exclusivo critério, decida alocar aos financiamentos objeto deste protocolo. PARÁGRAFO TERCEIRO: Ao Banco do Nordeste do Brasil S/A. não cabe nenhuma responsabilidade trabalhista relativa aos beneficiários ou pessoas que de forma direta ou indireta participem da execução deste protocolo. CLÁUSULA QUINTA - DA ÁREA DE ATUAÇÃO: A área de atuação do programa abrange as regiões os municípios do Estado da Bahia abaixo relacionados: REGIÃO BAIXO MÉDIO SÃO FRANCISCO Casa Nova, Curaçá, Juazeiro, Pilão Arcado, Remanso e Sento Sé. REGIÃO - CHAPADA DIAMANTINA Andaraí, Iramaia, Iraquara, Nova Redenção, Seabra, Souto Soares, Utinga e Wagner. REGIÃO - IRECÊ América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Cafarnaum, Canarana, Central, Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibititá, Irecê, Itaguaçú da Bahia, João Dourado, Jussara, Lapão, Mulungu do Morro, Presidente Dutra, São Gabriel, Uibaí e Xique-Xique. REGIÃO MÉDIO SÃO FRANCISCO Bom Jesus da Lapa, Carinhanha, Feira da Mata, Matina, Riacho de Santana, Serra do Ramalho e Sítio do Mato. REGIÃO - NORDESTE Cansanção, Canudos, Euclides da Cunha, Monte Santo, Nordestina e Uauá. REGIÃO - OESTE Angical, Barreiras, Cotegipe, Riachão das Neves, São Desidério e Wanderley. REGIÃO PARAGUAÇU Baixa Grande, Boa Vista do Tupim, Iaçu, Itaberaba, Itaetê, Marcionílio Souza, Mairi, Mundo Novo, Várzea da Roça, Piritiba, Tapiramutá, REGIÃO PIEMONTE DA DIAMANTINA Andorinha, Antônio Gonçalves, Caen, Caldeirão Grande, Campo Formoso, Capim Grosso, Filadélfia, Itiuba, Jacobina, Jaguariri, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapeu, Ourolândia, Pidobaçú, Ponto Novo, Quixabeira, São José do Jacuipe, Saúde, Senhor do Bonfim, Serrolândia, Umburanas, Várzea do Poço e Várzea Nova. REGIÃO RECÔNCAVO SUL Brejões, Nova Itarana, Milagres e Boa Nova REGIÃO - SERRA GERAL

4 Brumado, Guanambí, Ibiassucê, Tanhaçu, Palmas de Monte Alto, Caitité, Aracatu, Candiba, Iuiu, Malhada das Pedras, Malhada, Pindai e São Sebastião Laranjeiras. REGIÃO SUDOESTE Bom Jesus da Serra, Jequié, Lajedo do Tabocal, Manoel Vitorino, Maracás e Mirante. PARÁGRAFO ÚNICO Poderá o Banco do Nordeste do Brasil S/A. conceder financiamento para projetos enquadráveis na atividade prevista neste protocolo, que sejam localizados em outros municípios e regiões, a seu exclusivo critério. CLÁUSULA SEXTA - DA VIGÊNCIA: O presente protocolo entrará em vigor a partir da data de sua publicação e terá 04(quatro) anos de vigência, podendo ser prorrogado mediante acordo entre as partes, sendo assegurado, pelas partes acordadas, o cumprimento das responsabilidades aqui definidas, em relação aos financiamentos concedidos durante a vigência deste protocolo. PARÁGRAFO ÚNICO Fica assegurada a cada uma das partes o direito de denunciar o presente protocolo, unilateralmente, livre de quaisquer penalidades, compensações ou reposições, seja a que título for, desde que, por escrito e com antecedência mínima de 60 (sessenta) dias, comunique tal intenção à outra parte. CLÁUSULA SÉTIMA - DA GESTÃO DO PROTOCOLO: Para efeito de intensificar a articulação entre as partes executoras, bem como acompanhar e monitorar permanentemente as ações no âmbito deste protocolo, fica instituido o Conselho de Gestão do Protocolo da Mamona, composto por 01 (um) representante de cada instituição acordada, a serem indicados posteriormente, os quais deverão se reunir semestralmente. CLÁUSULA OITAVA - DA ADIÇÃO, MODIFICAÇÃO OU SUPRESSÃO DE CLÁUSULAS: Sempre que houver necessidade e mediante cartas reversais acordadas pelas partes, poderão as cláusulas deste documento ser aditadas, modificadas ou suprimidas, passando referidas cartas reversais a fazer parte integrante deste instrumento como um todo único e indivisível. CLÁUSULA NONA - DO FORO: Fica eleito o foro da cidade de Salvador, renunciando as partes a qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para efeito de desate de questões porventura surgidas na execução do presente protocolo. E por se acharem justos e acordados, firmam o presente instrumento em 05 (cinco) vias de igual teor, para fins de direito, acompanhados das testemunhas de lei. Salvador (BA), de de 1999 GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Dr. César Borges Governador

5 SECRETARIA DA AGRICULTURA, IRRIGAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA (SEAGRI) DR. PEDRO BARBOSA DE DEUS Secretário BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S/A. DR. WILSON DOS SANTOS Superintendente BOM-BRASIL ÓLEO DE MAMONA LTDA. DR. URS ADRIAN HANZI Diretor Gerente FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA DO ESTADO DA BAHIA (FAEB) DR. ÂNGELO MÁRIO DE C. E SILVA Presidente TESTEMUNHAS: NOME: CPF: NOME: CPF: Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária Fonte:

CONVÊNIOS - AGÊNCIAS COMUNITARIAS - BA

CONVÊNIOS - AGÊNCIAS COMUNITARIAS - BA Orgão superior (1) Ministerio das Comunicações Item(5) Beneficiario (Razão Social) ou Conveniado(6) CNPJ conveniado(7) CONVÊNIOS - AGÊNCIAS COMUNITARIAS - BA Orgão subordinado (2) Empresa Brasileira de

Leia mais

DECRETO Nº 14.346 DE 08 DE MARÇO DE 2013

DECRETO Nº 14.346 DE 08 DE MARÇO DE 2013 DECRETO Nº 14.346 DE 08 DE MARÇO DE 2013 Declara Situação de Emergência nas áreas dos Municípios afetados por Estiagem - COBRADE 1.4.1.1.0, conforme IN/MI 01/2012. O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES REPUBLICADO POR TER SAÍDO COM INCORREÇÃO

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES REPUBLICADO POR TER SAÍDO COM INCORREÇÃO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES REPUBLICADO POR TER SAÍDO COM INCORREÇÃO Ref. Processo Seletivo de Ingresso no Programa de Formação de Professores 3º etapa, na modalidade presencial, na forma que indica.

Leia mais

Lista de municípios Bolsa Estiagem - 18 de junho de

Lista de municípios Bolsa Estiagem - 18 de junho de Nº COD. IBGE Município Reconhecidos pela Defesa Civil Lista de municípios Bolsa Estiagem - 18 de junho de UF Nº Decreto Data do Decreto Evento SE/ECP 1 2900108 ABAÍRA BA 219/12 12/3/2012 ESTIAGEM SE 2

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO EDITAL N.º 1 FESF, 04 DE FEVEREIRO DE 2010

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO EDITAL N.º 1 FESF, 04 DE FEVEREIRO DE 2010 EDITAL N.º 1 FESF, 04 DE FEVEREIRO DE 2010 CIRURGIÃO DENTISTA MACRORREGIÃO MICRORREGIÃO MUNICÍPIO EUNAPOLIS PORTO SEGURO ITAGIMIRIM EXTREMO-SUL TEIXEIRA DE FREITAS ITANHEM JUCURUCU SUL SUDOESTE OESTE ILHÉUS

Leia mais

Governo federal lança Plano Safra para convivência com o Semiárido

Governo federal lança Plano Safra para convivência com o Semiárido Governo federal lança Plano Safra para convivência com o Semiárido O governo federal anuncia nesta quinta-feira (4) uma série de medidas especiais para o fortalecimento da produção agrícola e pecuária

Leia mais

Total de homens Total de mulheres

Total de homens Total de mulheres Nome do população população 2900108 Abaíra 9.067 4.088 4.236 3.744 4.580 8.324 2900207 Abaré 13.648 8.566 8.506 9.035 8.037 17.072 2900306 Acajutiba 14.322 7.300 7.530 12.786 2.044 14.830 2900355 Adustina

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - BAHIA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 01/2009 EDUCAÇÃO BÁSICA E TÉCNICOS SÍNTESE DOS RECURSOS - ETAPA

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - BAHIA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 01/2009 EDUCAÇÃO BÁSICA E TÉCNICOS SÍNTESE DOS RECURSOS - ETAPA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - BAHIA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 01/2009 EDUCAÇÃO BÁSICA E TÉCNICOS SÍNTESE DOS RECURSOS - ETAPA Publicação das Notas Objetivas Inscrição Função Parecer 93238

Leia mais

CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA QUE ENTRE SI CELEBRAM O BANCO DO BRASIL S.A. E A ABIMAQ - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA

CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA QUE ENTRE SI CELEBRAM O BANCO DO BRASIL S.A. E A ABIMAQ - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA QUE ENTRE SI CELEBRAM O BANCO DO BRASIL S.A. E A ABIMAQ - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E, VISANDO AO ESTABELECIMENTO DE CONDIÇÕES PARA O FINANCIAMENTO

Leia mais

1 de 12 27/04/2015 08:14

1 de 12 27/04/2015 08:14 1 de 12 27/04/2015 08:14 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - PREFEITURA MUNICIPAL DE CARINHANHA / BA Prefeitura Municipal de Carinhanha - Bahia. são vagas para níveis fundamental, médio e superior. Informações

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À POBREZA - SEDES SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SAS

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À POBREZA - SEDES SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SAS SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À POBREZA - SEDES SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SAS G O E O R S MUNICÍPIOS R D T T P SERVIÇO DE ATENDIMENTO ESPECIALIZADO A FAMÍLIAS E INDIVÍDUO

Leia mais

TERMO DE PARCERIA (Art. 9º da Lei nº 9.790, de 23.3.99, e Art. 8º do Decreto nº 3.100, de 30.6.99)

TERMO DE PARCERIA (Art. 9º da Lei nº 9.790, de 23.3.99, e Art. 8º do Decreto nº 3.100, de 30.6.99) TERMO DE PARCERIA (Art. 9º da Lei nº 9.790, de 23.3.99, e Art. 8º do Decreto nº 3.100, de 30.6.99) TERMO DE PARCERIA QUE ENTRE SI CELEBRAM A (UNIÃO/ESTADO/MUNICÍPIO), ATRAVÉS DO (ÓRGÃO/ENTIDADE ESTATAL),

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR TERMO DE COOPERAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE SALVADOR E O CONSELHO FEDERAL DE RELAÇÕES PÚBLICAS E DELEGACIA REGIONAL, COM O FITO DE CONVERGIR ESFORÇOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES INTEGRADAS

Leia mais

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DA BAHIA. Banco Mundial

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DA BAHIA. Banco Mundial PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DA BAHIA POR QUE O PROJETO Decisão Estratégica do Governo do Estado da Bahia Necessidade de avançar na erradicação da pobreza rural Existência de

Leia mais

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA - PROC. SELETIVO SIMPLIFICADO - 001/2009 - EDUCAÇÃO BÁSICA E TÉCNICOS CONCORRÊNCIA

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA - PROC. SELETIVO SIMPLIFICADO - 001/2009 - EDUCAÇÃO BÁSICA E TÉCNICOS CONCORRÊNCIA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA - PROC. SELETIVO SIMPLIFICADO - 001/2009 - EDUCAÇÃO BÁSICA E TÉCNICOS CONCORRÊNCIA COD FUNÇÃO LOCAL 1ªOPC VAGAS CONCOR. 301 NÍVEL FUNDAMENTAL - MOTORISTA ORGÃO

Leia mais

Parte do Edital PE 89/2012 ANEXOIV - Continuação RELAÇÃO DE UNIDADES CAIXA SR NORTE DA BAHIA

Parte do Edital PE 89/2012 ANEXOIV - Continuação RELAÇÃO DE UNIDADES CAIXA SR NORTE DA BAHIA Parte do Edital PE 89/2012 ANEXOIV - Continuação RELAÇÃO DE UNIDADES CAIXA SR NORTE DA BAHIA UNIDADE SQ CÓD. ENDEREÇO CONTATO CIDADE UF 1 3395 REMANSO 2 3586 VELHO CHICO AV. CORONEL JOSÉ CASTELO BRANCO,S/Nº-

Leia mais

INCLUSÃO PRODUTIVA - TEMÁTICA OLEAGINOSAS

INCLUSÃO PRODUTIVA - TEMÁTICA OLEAGINOSAS Projeto Polos de 20 de Junho de 2011 volume 01, edição 01 BAHIA INCLUSÃO PRODUTIVA - TEMÁTICA OLEAGINOSAS - A Secretaria de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária, do Estado da Bahia (SEAGRI/BA), através

Leia mais

Parágrafo Primeiro: Ficam as contratações das operações de crédito sujeitas a:

Parágrafo Primeiro: Ficam as contratações das operações de crédito sujeitas a: CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - FIESP E A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CAIXA. De um lado a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, instituição financeira sob a forma de

Leia mais

Municípios que não enviaram documentação ou com pendências junto ao CEDRS

Municípios que não enviaram documentação ou com pendências junto ao CEDRS Municípios que não enviaram documentação ou com pendências junto ao CEDRS MUNICÍPIO TERRITÓRIO ABARÉ ADUSTINA ALAGOINHAS ALCOBAÇA ALMADINA AMARGOSA AMÉLIA RODRIGUES ANGUERA ANTAS ARAMARI ARACATU AURELINO

Leia mais

o ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, com sede na Praça Marechal Deodoro, S/N,

o ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, com sede na Praça Marechal Deodoro, S/N, ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Acordo de Cooperação Técnica que entre si celebram o Ministério Público Federal e o Estado do Rio Grande do Sul, por intermédio da Secretaria de Segurança Pública, com a interveniência

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL PROGRAMA BRASIL VOLUNTÁRIO

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL PROGRAMA BRASIL VOLUNTÁRIO MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL PROGRAMA BRASIL VOLUNTÁRIO ACORDO DE COOPERAÇÃO Nº /2014. ACORDO DE COOPERAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTÉRIO

Leia mais

Anexo 6.4.1-9 Deslocamento dos Temas Saúde e Compras

Anexo 6.4.1-9 Deslocamento dos Temas Saúde e Compras Anexo 6.4.1-9 Deslocamento dos Temas e 2619-00-EIA-RL-0001-00 LT 500 KV MIRACEMA - SAPEAÇU E SUBESTAÇÕES ASSOCIADAS e 2 TOCANTINS Rio dos Bois Miranorte 1 1 3 3 3 Rio dos Bois Miracema do Tocantins 2

Leia mais

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM BAHIA

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM BAHIA CDKM Soluções - Contabilidade, Assessoria, Consultoria e Tecnologia - ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM BAHIA, e de Coité, novembro de CDKM Soluções - Contabilidade, Assessoria, Consultoria e Tecnologia - s

Leia mais

CONVÊNIO Nº 015/2009

CONVÊNIO Nº 015/2009 ESTADO DE SERGIPE PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE CONVÊNIO Nº 015/2009 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE E A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. O

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 105/PGM/2011 - PROCESSO Nº 06.3467-00/2011

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 105/PGM/2011 - PROCESSO Nº 06.3467-00/2011 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA - SEMFAZ, DE UM LADO, E DO OUTRO O BANCO DO BRASIL S.A., PARA OS FINS QUE ESPECIFICAM. Aos vinte

Leia mais

PROTOCOLO DE INTENÇÕES

PROTOCOLO DE INTENÇÕES PROTOCOLO DE INTENÇÕES Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 62.225.933/0001-34, com sede nesta Capital, na Av. Paulista, 1313, 6º andar e Instituto Roberto Simonsen

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo LEI Nº 2.147, DE 10 DE FEVEREIRO DE 2014. Autoriza o Executivo Municipal de Pareci Novo a conceder auxílio financeiro ao Grupo da Terceira Idade Bem Viver. O PREFEITO MUNICIPAL DE PARECI NOVO, RS, no uso

Leia mais

UF Município Micro-Região Classificação Tipo

UF Município Micro-Região Classificação Tipo BA Abaíra Seabra Baixa Renda Estagnada BA Abaré Paulo Afonso Média Renda Inferior Estagnada BA Acajutiba Alagoinhas Média Renda Inferior Estagnada BA Adustina Ribeira do Pombal Baixa Renda Dinâmica BA

Leia mais

C Â M A R A D O S D E P U T A D O S COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA

C Â M A R A D O S D E P U T A D O S COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA PROTOCOLO DE INTENÇÕES QUE ENTRE SI CELEBRAM A COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS E O GRUPO DE INSTITUTOS, FUNDAÇÕES E EMPRESAS GIFE, PARA A REALIZAÇÃO DE AÇÕES CONJUNTAS NA ÁREA DE

Leia mais

o TRIBUNAL DE JUSTiÇA DE SÃO PAULO, neste ato

o TRIBUNAL DE JUSTiÇA DE SÃO PAULO, neste ato TRUI(;:\',\!.IH:JISl"IÇA J m: FE\ f;ium~om: ls7~ TERMO DE ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Convênio n 008/13 Processo no 2013/45130 ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTiÇA

Leia mais

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 "AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO E CONCEDE CONTRIBUIÇÃO CORRENTE ESPECIAL À ASSOCIAÇÃO DESENVOLVIMENTO DAS BANDEIRINHAS & DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS" A Câmara Municipal

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO PROTOCOLO DE ENTENDIMENTOS QUE ENTRE SI CELEBRAM ÓRGÃOS PÚBLICOS E ENTIDADES PARA O COMPARTILHAMENTO E A INTEGRAÇÃO DE DADOS AGRÁRIOS, FUNDIÁRIOS E AMBIENTAIS NO ESTADO DO PARÁ. Os Órgãos Públicos e Entidades

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONS-MON 04-09. 01 Vaga

TERMO DE REFERÊNCIA CONS-MON 04-09. 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS-MON 04-09 01 Vaga 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria de pessoa física para aprimoramento das estratégias e metodologias

Leia mais

0,00% 0,00% 97,5% 100% 0,00% 0,00%

0,00% 0,00% 97,5% 100% 0,00% 0,00% Grau Percentual de Execução Física PRODUTO/SERVIÇO Aquisição de Imagens de satélite georreferenciadas de alta resolução (máximo 1,5 m) Serviço técnico especializado para desenvolver módulo de cadastro

Leia mais

ANEXO III MINUTA DE CONTRATO

ANEXO III MINUTA DE CONTRATO ANEXO III MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR O MUNICÍPIO DE TRÊS DE MAIO, pessoa jurídica de direito público interno, com

Leia mais

d) apresentar autodeclaração que dispõe de horário para atuar no turno

d) apresentar autodeclaração que dispõe de horário para atuar no turno EDITAL Nº 029/2014 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, com fundamento na Lei Estadual n.º 7.438, de 18 de janeiro de 1999 e no Decreto Governamental

Leia mais

NOTA TÉCNICA nº 01/2012

NOTA TÉCNICA nº 01/2012 Salvador, 16 de janeiro de 2012 NOTA TÉCNICA nº 01/2012 Orienta sobre a utilização do recurso referente à Portaria GM/MS nº 2.815, de 29 de novembro de 2011 Telessaúde Brasil Redes - Bahia. O Telessaúde

Leia mais

ANEXO 1 RELAÇÃO DE MUNICÍPIOS DA REGIÃO DO SEMIÁRIDO BAIANO POR TERRITÓRIO DE IDENTIDADE

ANEXO 1 RELAÇÃO DE MUNICÍPIOS DA REGIÃO DO SEMIÁRIDO BAIANO POR TERRITÓRIO DE IDENTIDADE ANEXO 1 RELAÇÃO DE MUNICÍPIOS DA REGIÃO DO SEMIÁRIDO BAIANO POR TERRITÓRIO DE IDENTIDADE Territórios de Identidade Municípios do Semiárido Baiano Municípios com Inscrições Municípios com Pré-seleção Velho

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL RESOLUÇÃO CIB Nº. 343/2012 Aprova a alocação dos recursos financeiros referente ao exercício 2012 e 2013, do Componente I - Cirurgia de Catarata especifica da população de extrema pobreza dos Municípios

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO

ACORDO DE COOPERAÇÃO ACORDO DE COOPERAÇÃO DEFINE O ACORDO DE COOPERAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E O CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO ESPIRITO SANTO - CREA/ES, PARA CONCESSÃO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA MINUTA CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA, O ESTADO DA BAHIA, POR INTERMÉDIO DA OUVIDORIA GERAL DO ESTADO, DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E DO CONSELHO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO LEI N.º 1.767, DE 05 DE MARÇO DE 2008. AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO, COM REPASSE DE SUBVENÇÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Povo do Município de São Gotardo, por seus representantes legais aprovou e eu,

Leia mais

CONVÊNIO Nº 011/ 2015

CONVÊNIO Nº 011/ 2015 CONVÊNIO Nº 011/ 2015 CONVÊNIO ENTRE O / RN E A ASSOCIAÇÃO CAICOENSE DE ATLETISMO EQUIPE CAICÓ RUAS, NA FORMA INDICADA. O RN (PREFEITURA MUNICIPAL), Pessoa Jurídica de Direito Público, estabelecida na

Leia mais

Anexo 6.4.1-8 Origem dos Insumos para a Produção Agropecuária

Anexo 6.4.1-8 Origem dos Insumos para a Produção Agropecuária Anexo 6.4.1-8 Origem dos Insumos para a Produção Agropecuária 2619-00-EIA-RL-0001-00 LT 500 KV MIRACEMA - SAPEAÇU E SUBESTAÇÕES ASSOCIADAS TOCANTINS Centenário Centenário Bovinos Centenário Guaraí Bovinos

Leia mais

SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO COORDENAÇÃO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO COORDENAÇÃO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO COORDENAÇÃO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL QUALIFICA BAHIA EXECUÇÃO 2014 TERRITÓRIO MUNICÍPIOS CADEIAS PRODUTIVAS

Leia mais

LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006.

LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006. LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006. AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO, COM REPASSE DE SUBVENÇÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Povo do Município de São Gotardo, por seus representantes legais aprovou e eu,

Leia mais

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF 032/2014 - PGM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica

Leia mais

RELATORA: Senadora KÁTIA ABREU

RELATORA: Senadora KÁTIA ABREU PARECER N o, DE 2009 Da COMISSÃO DE AGRICULTURA E REFORMA AGRÁRIA, sobre o Projeto de Lei do Senado n o 246, de 2007, que regula o Programa de Seguro- Desemprego Rural, o Abono Salarial Rural, o Programa

Leia mais

2º São partes integrantes deste Termo de Compromisso o seguinte anexo: Anexo I - Plano Operativo Anual.

2º São partes integrantes deste Termo de Compromisso o seguinte anexo: Anexo I - Plano Operativo Anual. TERMO DE COMPROMISSO ENTRE ENTES PÚBLICOS N 01. Termo de Compromisso que entre si celebram o Município de Cametá, através da Secretaria Municipal de Saúde SMS e o Estado de Pará, através da Secretaria

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA

ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Extrato publicado no DOU, Brasília, DF, 20 abr. 2015. Seção 3, p. 155. Termo Aditivo nº 1/2015, publicado em 03/08/2015. ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Acordo de Cooperação Técnica que entre si celebram

Leia mais

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA.

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA. CONTRATO Nº 003/2013 - PARANACIDADE CONTRATO DE SEGURO, POR PREÇO GLOBAL FIXO QUE ENTRE SI CELEBRAM O SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO PARANACIDADE E A EMPRESA MARÍTIMA SEGUROS S/A, NA FORMA ABAIXO: O Serviço Social

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL Nº 118DV/2015

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL Nº 118DV/2015 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL Nº 118DV/2015 MUNICÍPIO DE WENCESLAU GUIMARÃES, pessoa jurídica de direito público, através de seu órgão administrativo Prefeitura Municipal, CNPJ nº 13.758.842/0001-59, representado

Leia mais

CONTRATO Nº. 042/2014

CONTRATO Nº. 042/2014 CONTRATO Nº. 042/2014 TERMO DE CONTRATO Nº. 042/2014, FIRMADO ENTRE A CODER - COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE RONDONÓPOLIS E A EMPRESA ALOISIO BORGES DE FARIAS ME, PARA: FORNECIMENTO DE PÃES FRANCÊS, COMO

Leia mais

REGIÕES ECONÔMICAS DO ESTADO DA BAHIA

REGIÕES ECONÔMICAS DO ESTADO DA BAHIA REGIÃO ECONÔMICA 1 Metropolitana de Salvador 1 Camaçari 2 Candeias 3 Dias D'Ávila 4 Itaparica 5 Lauro de Freitas 6 Madre de Deus 7 Salvador 8 São Francisco do Conde 9 Simões Filho 10 Vera Cruz REGIÃO ECONÔMICA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANOEL VIANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANOEL VIANA PREFEITURA MUNICIPAL DE MANOEL VIANA "UNIR PARA FORTALECER" Lei n 874/2003 De 02 de setembro de 2003 Ione OIarte Caminha. Prefeita Municipal de Manoe) Viana -RS. Faço saber, em disposto no artigo 56 da

Leia mais

MODELO DE CONTRATO (HPP) CONVÊNIO

MODELO DE CONTRATO (HPP) CONVÊNIO Versão Preliminar Página 1 23/12/2004 MODELO DE CONTRATO (HPP) CONVÊNIO Convénio que entre si celebram, de um lado o Município* de XXXX, através da Secretaria xxxxxxxx de Saúde, gestora do SUS Municipal

Leia mais

Contrato de ATER. Contratos Individuais com recursos para Investimentos Básicos CPR-SIB, CAF e NPT

Contrato de ATER. Contratos Individuais com recursos para Investimentos Básicos CPR-SIB, CAF e NPT CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM E, COM A INTERVENIENCIA DA UNIDADE TÉCNICA ESTADUAL - UTE DO PROGRAMA NACIONAL DE CRÉDITO FUNDIÁRIO DO ESTADO, VOLTADA PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATER ÀS FAMÍLIAS FINANCIADAS

Leia mais

CÓDIGOS DA BAHIA. Fonte: Anexo da resolução 263 de 08/06/2001

CÓDIGOS DA BAHIA. Fonte: Anexo da resolução 263 de 08/06/2001 CÓDIGOS DA BAHIA Fonte: Anexo da resolução 263 de 08/06/2001 UF MUNICÍPIO CÓDIGO DE ÁREA BA ABAÍRA 77 BA ABARÉ 75 BA ACAJUTIBA 75 BA ADUSTINA 75 BA ÁGUA FRIA 75 BA AIQUARA 73 BA ALAGOINHAS 75 BA ALCOBAÇA

Leia mais

CONTRATO n 002/2015. PARÁGRAFO ÚNICO - São as seguintes as modalidades de Ordens Bancárias, a serem processadas pelo Sistema OBN:

CONTRATO n 002/2015. PARÁGRAFO ÚNICO - São as seguintes as modalidades de Ordens Bancárias, a serem processadas pelo Sistema OBN: CONTRATO n 002/2015. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO A FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS E DE SERVIDORES, QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE CANDELÁRIA (RS) E O BANCO DO BRASIL S.A. O MUNICÍPIO

Leia mais

SECRETARIA DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, IRRIGAÇÃO, REFORMA AGRÁRIA, PESCA E AQUICULTURA SUPERINTENDÊNCIA DE POLÍTICA DO AGRONEGÓCIO

SECRETARIA DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, IRRIGAÇÃO, REFORMA AGRÁRIA, PESCA E AQUICULTURA SUPERINTENDÊNCIA DE POLÍTICA DO AGRONEGÓCIO CHAPADA DIAMANTINA BAIXO SUL e Crescimento % do - Em casca - Toneladas AratuÍpe 20 17 10 9 Cairu - - - - Camamu - - - - Gandu 8 5 12 10 Ibirapitanga - - - - Igrapiúna - - - - Ituberá - - - - Jaguaripe

Leia mais

III Workshop Internacional sobre Bioenergia FTC

III Workshop Internacional sobre Bioenergia FTC III Workshop Internacional sobre Bioenergia FTC Mesa Redonda: Bioenergia X Governo X Comunidade A Política de Pesquisa e Extensão em Bioenergia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia IFBAHIA

Leia mais

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária:

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária: LEI Nº 3570/2014, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO À ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS

Leia mais

ANEXO ÚNICO. ANEXO ÚNICO - RESOLUÇÃO Nº 10, de 21/09/2011. SEÇÃO JUDICIÁRIA ESTADO DA BAHIA

ANEXO ÚNICO. ANEXO ÚNICO - RESOLUÇÃO Nº 10, de 21/09/2011. SEÇÃO JUDICIÁRIA ESTADO DA BAHIA ANEXO ÚNICO - RESOLUÇÃO Nº 10, de 21/09/2011. SEÇÃO JUDICIÁRIA ESTADO DA BAHIA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA 1ª CENTRO-NORTE BAIANO REGIÃO CIRCUNSCRIÇÕES COMARCAS NÃO INSTALADAS FEIRA DE SANTANA Amélia Rodrigues

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe

Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe CONVÊNIO Nº 005/07 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE E SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO TIRADENTES S/S LTDA. O PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE, sediado na Praça Fausto Cardoso,

Leia mais

DELIBERAÇÃO NORMATIVA CGFPHIS Nº 016, DE 28 DE MAIO DE 2013

DELIBERAÇÃO NORMATIVA CGFPHIS Nº 016, DE 28 DE MAIO DE 2013 Deliberação Normativa nº 016, de 28 de maio de 2013. Reedita, com alterações, a Deliberação Normativa nº 014, de 11 de setembro de 2012, que aprovou a implantação do PROGRAMA CASA PAULISTA APOIO AO CRÉDITO

Leia mais

NOVEMBRO 2008 Valor em R$ DENOMINAÇÃO I C M S ACUMUL I P I ACUMUL I P V A ACUMUL FIES ACUMUL FCBA ACUMUL No Mês Até o Mês ABAÍRA 87.030,40 931.

NOVEMBRO 2008 Valor em R$ DENOMINAÇÃO I C M S ACUMUL I P I ACUMUL I P V A ACUMUL FIES ACUMUL FCBA ACUMUL No Mês Até o Mês ABAÍRA 87.030,40 931. NOVEMBRO 2008 Valor em R$ DENOMINAÇÃO I C M S ACUMUL I P I ACUMUL I P V A ACUMUL FIES ACUMUL FCBA ACUMUL No Mês Até o Mês ABAÍRA 87.030,40 931.586,99 1.993,35 22.690,98 3.105,08 51.820,05 3.623,05 34.764,88

Leia mais

B - Programa de Inclusão, Capacitação para Filhos, Dependentes Legais e Estudantes

B - Programa de Inclusão, Capacitação para Filhos, Dependentes Legais e Estudantes Bolsas de estudo A - Programa de Capacitação do PROFESSOR/AUXILIAR Todo PROFESSOR/AUXILIAR tem direito a bolsa de estudo integral, incluindo matrícula, em cursos de graduação, sequenciais e pós-graduação

Leia mais

O Contrato basicamente estipula prioridade no atendimento de suas necessidades de atendimento e cobre os seguintes ítens:

O Contrato basicamente estipula prioridade no atendimento de suas necessidades de atendimento e cobre os seguintes ítens: Descrição do Serviço A Manutenção Preventiva de Equipamentos e Software Básico é um serviço que evita ao máximo que os nossos clientes venham a ter contratempos e problemas com os equipamentos e com o

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATANTE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES NA AGRICULTURA CONTAG, entidade sindical de grau superior, reconhecida pelo Decreto Presidencial nº. 53.517, de janeiro

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001188/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/08/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR038092/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.477193/2009-15 DATA DO

Leia mais

TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA

TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA A FAEL E O POLO (NOME FANTASIA) CELEBRAM O PRESENTE TERMO VISANDO A ANTECIPAÇÃO DE VALORES, PARA UTILIZAÇÃO EXCLUSIVA EM MÍDIA, COMO

Leia mais

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE - SEMA

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE - SEMA PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO CIENTÍFICA QUE ENTRE SI CELEBRAM A SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DA BAHIA - SECTI, A SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE - SEMA, A FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA DO ESTADO

Leia mais

Foro Internacional Medamerica 2011

Foro Internacional Medamerica 2011 Foro Internacional Medamerica 2011 EVIDÊNCIAS DE UMA CIDADE MÉDIA: O cenário regional de Vitória da Conquista diante da realidade econômica mundial Josenaldo de Souza Alves Rita Lima Objetivo Contribuir

Leia mais

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO FIRMADO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, SEBRAE E ACISA 049/2006 - SEPLAN

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO FIRMADO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, SEBRAE E ACISA 049/2006 - SEPLAN CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO FIRMADO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, SEBRAE E ACISA 049/2006 - SEPLAN MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ/MF sob o n. 87612537/0001-90,

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO Nº 003/2015

TERMO DE CONVÊNIO Nº 003/2015 TERMO DE CONVÊNIO Nº 003/2015 TERMO DE CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE ALTO GARÇAS/MT E O CONSÓRCIO REGIONAL DE SAÚDE SUL DE MATO GROSSO - CORESS/MT, PARA OS FINS QUE ESPECIFICAM. O MUNICÍPIO

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES EDITAL Nº 061/2015 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições, com fundamento no Decreto Governamental n.º 9.149, de 23 de julho de 2004, torna público para conhecimento

Leia mais

RESOLVEM: CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

RESOLVEM: CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICO- CIENTÍFICA QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS FILHO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FAPERJ E INSTITUIÇÃO SIGLA, NA FORMA ABAIXO. A INSTITUIÇÃO,

Leia mais

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado AGROSSÍNTESE Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado Edilson de Oliveira Santos 1 1 Mestre em Economia, Gestor Governamental da SEAGRI; e-mail: edilsonsantos@seagri.ba.gov.br

Leia mais

PEDRO SÉRGIO KRONÉIS Prefeito do Município

PEDRO SÉRGIO KRONÉIS Prefeito do Município JUSTIFICATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 09/2015 Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores: Tenho a honra de encaminhar para apreciação dos nobres vereadores do Município de São José da Boa Vista,

Leia mais

CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS

CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE CONTRATO DICQ Nº / (à ser preenchido pelo DICQ) DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALI- DADE DE LABORATÓRIO

Leia mais

ABARE 28.648,09 18.445,18 0,00 5.353,00 52.446,27 215.446,42 ACAJUTIBA 29.929,88 26.421,24 0,00

ABARE 28.648,09 18.445,18 0,00 5.353,00 52.446,27 215.446,42 ACAJUTIBA 29.929,88 26.421,24 0,00 2012 JUNHO MUNICÍPIOS ICMS IPVA ITD TAXAS NO MES ATÉ O MES ABAIRA 19.852,38 20.730,61 0,00 379,00 40.961,99 157.355,25 ABARE 28.648,09 18.445,18 0,00 5.353,00 52.446,27 215.446,42 ACAJUTIBA 29.929,88 26.421,24

Leia mais

331.652,84 ABARE 30.044,85 26.767,78 0,00 7.427,40 64.240,03 431.476,61 ACAJUTIBA 19.646,06 35.743,14 20,00 603,56 56.012,76

331.652,84 ABARE 30.044,85 26.767,78 0,00 7.427,40 64.240,03 431.476,61 ACAJUTIBA 19.646,06 35.743,14 20,00 603,56 56.012,76 2013 AGOSTO Valores em R$1,00 MUNICÍPIOS ICMS IPVA ITD TAXAS NO MES ATÉ O MES ABAIRA 19.170,53 23.097,95 0,00 83,00 42.351,48 331.652,84 ABARE 30.044,85 26.767,78 0,00 7.427,40 64.240,03 431.476,61 ACAJUTIBA

Leia mais

MINUTA CONVÊNIO Nº 004/2010-TJAP

MINUTA CONVÊNIO Nº 004/2010-TJAP MINUTA CONVÊNIO Nº 004/2010-TJAP CONVÊNIO DE PARCERIA PARA CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ E O BANCO BMG S/A O, com sede em Macapá, Capital

Leia mais

FORÇA TAREFA BA RELAÇÃO DE PROTOCOLOS DOS PEDIDOS DE AUTORIZAÇÃO PARA EXECUÇÃO DO SERVIÇO DE RETRANSMISSÃO DE TELEVISÃO, EM CARÁTER SECUNDÁRIO

FORÇA TAREFA BA RELAÇÃO DE PROTOCOLOS DOS PEDIDOS DE AUTORIZAÇÃO PARA EXECUÇÃO DO SERVIÇO DE RETRANSMISSÃO DE TELEVISÃO, EM CARÁTER SECUNDÁRIO FUNDACAO BRASIL ECOAR - - Legal L020 53000.018214/2014 FUNDACAO BRASIL ECOAR BA Alagoinhas Técnico T580 53900.001857/2014 FUNDACAO BRASIL ECOAR BA Barreiras Técnico T579 53900.001856/2014 FUNDACAO BRASIL

Leia mais

MULTIPLY CONSULTORIA

MULTIPLY CONSULTORIA MULTIPLY CONSULTORIA Para profissionais inscritos e adimplentes com o CRMV/BA e para os funcionários da Autarquia que tem ou planejam ter um negócio. Serviço de Consultoria empresarial a ser desenvolvido

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 015/2015

C O N V Ê N I O Nº 015/2015 C O N V Ê N I O Nº 015/2015 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

4. Apoiar a EMPRESA no registro de marcas e patentes, quando for do interesse de ambas as partes;

4. Apoiar a EMPRESA no registro de marcas e patentes, quando for do interesse de ambas as partes; CONVÊNIO DE INCUBAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E A PARA DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO, DE ACORDO COM A SELEÇAO PÚBLICA REALIZADA ATRAVÉS DO EDITAL 01/2011 DA INCUBADORA

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Paraná Comissão Permanente de Licitação

Tribunal de Contas do Estado do Paraná Comissão Permanente de Licitação - Tribunal de Contas do Estado do Paraná TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA - ESTÁGIO NÃO REMUNERADO O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ, localizado na cidade de Curitiba no Estado do Paraná, na Praça Nossa

Leia mais

AGUA FRIA 9.407,37 27.156,09 0,00 770,60 37.334,06 ALMADINA 2.434,54 11.702,97 0,00 445,00 14.582,51

AGUA FRIA 9.407,37 27.156,09 0,00 770,60 37.334,06 ALMADINA 2.434,54 11.702,97 0,00 445,00 14.582,51 2013 JUNHO MUNICÍPIOS ICMS IPVA ITD TAXAS NO MES ATÉ O MES ABAIRA 18.548,91 25.876,38 0,00 5,40 44.430,69 221.534,15 ABARE 33.893,13 22.666,65 0,00 2.999,40 59.559,18 298.235,22 ACAJUTIBA 24.606,08 32.908,34

Leia mais

CONVÊNIO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

CONVÊNIO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CONVÊNIO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIÃO SOCIAL CAMILIANA - CENTRO UNIVERSITARIO SÃO CAMILO - ESPIRITO SANTO E, VISANDO A CONCESSÃO DE CAMPO DE ESTÁGIO CURRICULAR

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Nº 003/2012

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Nº 003/2012 MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Nº 003/2012 ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS E A ASSOCIAÇÃO GOIANA DOS MUNICÍPIOS

Leia mais

QUADRO MATRIZ DE QUALIFICAÇÃO SOCIAL E PROFISSIONAL - PLANTEQ BAHIA 2011

QUADRO MATRIZ DE QUALIFICAÇÃO SOCIAL E PROFISSIONAL - PLANTEQ BAHIA 2011 GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE SETRE SUPERITENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO SUDET COORDENAÇÃO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL COQUAP QUADRO MATRIZ DE QUALIFICAÇÃO

Leia mais

Entre as partes de um lado: e, de outro lado:

Entre as partes de um lado: e, de outro lado: CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Entre as partes de um lado: SINDICATO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO NO ESTADO DE SÃO PAULO, CNPJ nº 60.266.996/0001-03 e, de outro lado: SINDICATO DA INDÚSTRIA DA

Leia mais

2. inadimplência na data de publicação desta Resolução, contratadas até 30 de junho de 2010;

2. inadimplência na data de publicação desta Resolução, contratadas até 30 de junho de 2010; RESOLUÇÃO Nº 4.028, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011 Autoriza a composição de dívidas e a renegociação de operações de crédito rural, no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Leia mais

CONVÊNIO Nº.../... CLÁUSULA PRIMEIRA Do Objeto

CONVÊNIO Nº.../... CLÁUSULA PRIMEIRA Do Objeto CONVÊNIO Nº.../... CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM, DE UM LADO A COMPANHIA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO AGRÍCOLA DE SANTA CATARINA CIDASC, E DE OUTRO LADO O MUNICÍPIO DE..., PARA FINS DE DAR SUPORTE À EXECUÇÃO

Leia mais

CONVÊNIO Nº 004/2011-TJAP

CONVÊNIO Nº 004/2011-TJAP CONVÊNIO Nº 004/2011-TJAP CONVÊNIO DE PARCERIA PARA CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ E O BANCO GERADOR S.A. O, com sede em Macapá, Capital

Leia mais

ZONEAMENTO ECOLÓGICO-ECONÔMICO DA BAHIA

ZONEAMENTO ECOLÓGICO-ECONÔMICO DA BAHIA ZONEAMENTO ECOLÓGICO-ECONÔMICO DA BAHIA ZONA POTENCIALIDADES LIMITAÇÕES REGIÕES DA BAHIA (SISTEMA FIEB) POSSÍVEIS E POTENCIAIS IMPACTOS NO SETOR INDUSTRIAL (Diretrizes Gerais - DG / Diretrizes Específicas

Leia mais

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO LEI Nº 5.550, DE 21 DE AGOSTO DE 2015. Autoriza o Município de Alegrete, através do Poder Executivo, a firmar Termo de Cooperação com o Hospital Nossa Senhora da Conceição S.A., empresa integrante do Grupo

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CONCEDENTE: SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE BELO HORIZONTE, organização filantrópica inscrita no CNPJ sob o nº 17.209.891/0001-93, situada na Avenida Francisco

Leia mais

COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO. PROJETO DE LEI Nº 4.992, de 2005

COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO. PROJETO DE LEI Nº 4.992, de 2005 COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO PROJETO DE LEI Nº 4.992, de 2005 Dispõe sobre o financiamento e desenvolvimento de programas habitacionais sociais, destinados à população de baixa renda e dá outras

Leia mais