Mateco UCP - Civil. Comparação entre Propriedades mecânicas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mateco UCP - Civil. Comparação entre Propriedades mecânicas"

Transcrição

1 Mateco - UCP - Civil Madeiras na Construção Civil: Aplicações estruturais; Telhados; Sustentação (vigas, colunas e pisos) Aplicações em revestimentos; Aplicação em esquadrias; Aplicações no mobiliário; Aplicações decorativas; Aplicações em formas e escoramentos. Comparação entre Propriedades mecânicas Origem e produção das madeiras: Heterogeneidade e anisotropia; Origem de seres vivos Coníferas (ginospermas) ou resinosas Não produzem frutos sementes (pinhas) descobertas Folhas em forma de agulha e madeira branda Dicotiledôneas (angiospermas) Frondosas, folhosas, madeira dura ( de lei ) Cerca de 1500 espécies úteis cerca de 65% das espécies conhecidas Fisiologia das árvores: Raiz, Caule (tronco) e Copa; Tronco (parte útil para construção): Casca Cortiça (tecido morto) + Líber (condutor da seiva) Câmbio Camada fina e quase invisível de tecidos vivos Forma anéis anuais de crescimento Lenho Alburno (Células vivas mais claras) + Cerne (Células mortas mais escuras) Medula Miolo central transversal tecido mole e esponjoso Presença representa defeito na madeira Raios Medulares São desenvolvimentos transversais radiais. Sua presença é vantajosa pois amarra de forma transversal as fibras da madeira. Lenho: fibras + resinas (ligninas) Açucares + Amido = Celulose + Lignina Algumas restrições para o emprego da madeira Material inflamável; (tratamento retardante pode resolver) Material biodegradável; (tratamento preservativo pode resolver) Insuficiente divulgação das informações tecnológicas já disponíveis a cerca de seu comportamento, sob as diferentes condições de serviço; Número reduzido projetos específicos desenvolvidos por profissionais habilitados; Fatores que influenciam as propriedades da madeira Local de origem: temperatura, chuvas Solo: tipo e condições de umidade Posição da árvore em relação à floresta Peculiaridades do manejo aplicado à floresta Idade da árvore Posição da peça em relação à altura e ao diâmetro da árvore Amostragem adotada para a caracterização Aspectos da relação água madeira: Água livre Madeira verde Ponto de saturação Água de impregnação Umidade de equilíbrio ao ar Madeira totalmente seca Secagem processo importante

2 Aspectos favoráveis da secagem das madeiras: Redução da movimentação dimensional, permitindo a obtenção de peças cujo desempenho, nas condições de uso, será potencialmente mais adequado; Possibilidade de melhor desempenho de acabamentos, como tintas, vernizes e produtos ignífugos; Redução da probabilidade de ataque de fungos; Aumento da eficácia da impregnação da madeira contra a demanda biológica; Aumento dos valores correspondentes às propriedades de resistência e de elasticidade; Método da secagem em estufa (Gravimétrico) onde: mi = massa inicial da amostra ms = massa da madeira seca Fatores que influenciam as propriedades das madeiras

3 Sequência de um projeto em madeira Organismos Xilófagos: Fungos embololadores e manchadores; Fungos apodrecedores; Broca da madeira; Cupim de madeira seca; Cupim arborícola; Formam túneis na superfície; Cupim subterrâneo; Perfuradores Marinhos; NBR 6230 Métodos para Ensaios Físicos e Mecânicos das Madeiras Mateco - UCP - Civil

4 Principais características da madeira maciça para acabamento: Visual agradável (diversidade de cores e texturas) Confortável ao tato Absorção acústica Baixos impactos no corpo durante o ato de andar Guarda expressão cultural (distintos significados) Características favoráveis dos painéis de madeira reconstituída em relação à madeira maciça: Estabilidade dimensional Grandes superfícies Madeiras para piso Mateco UCP - Pisos Mateco UCP - Pisos Madeiras para paredes e divisórias

5 Madeiras para forros Madeiras para esquadrias Produtos derivados da madeira

6

Universidade Católica de Petrópolis. Materiais de Construção 2011 Prof. Robson Luiz Gaiofatto, D.Sc.

Universidade Católica de Petrópolis. Materiais de Construção 2011 Prof. Robson Luiz Gaiofatto, D.Sc. Universidade Católica de Petrópolis Engenharia Civil Parte VI Materiais de Construção 2011 Prof. Robson Luiz Gaiofatto, D.Sc. UCP Mateco - Civil Programa: 1. Aglomerantes; Asfaltos, cal, gesso e cimentos;

Leia mais

MADEIRAS MCC1001 AULA 12

MADEIRAS MCC1001 AULA 12 MADEIRAS MCC1001 AULA 12 Disciplina: Materiais de Construção I Professora: Dr. a Carmeane Effting 1 o semestre 2014 Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Engenharia Civil MADEIRAS É um material

Leia mais

MADEIRAS MCC1001 AULA 12

MADEIRAS MCC1001 AULA 12 MADEIRAS MCC1001 AULA 12 Disciplina: Materiais de Construção I Professora: Dr. a Carmeane Effting 1 o semestre 2015 Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Engenharia Civil MADEIRAS É um material

Leia mais

Faculdade Sudoeste Paulista Curso de Engenharia Civil Materiais de Construção Civil MADEIRA COMO MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Faculdade Sudoeste Paulista Curso de Engenharia Civil Materiais de Construção Civil MADEIRA COMO MATERIAL DE CONSTRUÇÃO MADEIRA COMO MATERIAL DE CONSTRUÇÃO A madeira é um material excepcional como material de construção além de ter qualidades muito grandes como matéria prima para outros produtos industrializados, e que

Leia mais

Madeira na Construção Civil

Madeira na Construção Civil Madeira na Construção Civil INTRODUÇÃO A madeira é um material excepcional como material de construção além de ter qualidades muito grandes como matéria prima para outros produtos industrializados, e que

Leia mais

Materiais de Construção Civil. Aula 10. Madeira

Materiais de Construção Civil. Aula 10. Madeira Materiais de Construção Civil Aula 10 Madeira Taciana Nunes Arquiteta e Urbanista Situação atual no Brasil: Complicantes: Poucos cursos de graduação ministram estruturas de madeira; Falta de conhecimento

Leia mais

A MADEIRA NATURAL E PRODUTOS TRANSFORMADOS 1-INTRODUÇÃO. Resistência (MPa)

A MADEIRA NATURAL E PRODUTOS TRANSFORMADOS 1-INTRODUÇÃO. Resistência (MPa) A MADEIRA NATURAL E PRODUTOS TRANSFORMADOS 1-INTRODUÇÃO A madeira é um dos materiais de construção mais antigos. Ela é largamente utilizada devido a alguns aspectos, tais como: -Disponibilidade na natureza;

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Patologia das Construções. Patologia das Madeiras

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Patologia das Construções. Patologia das Madeiras UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Patologia das Construções Patologia das Madeiras Estrutura da Madeira Estrutura da Madeira cerne (2) Porção mais clara, na parte externa, que corresponde

Leia mais

Madeira na construção

Madeira na construção Madeira na construção Madeira como material de construção O emprego da madeira na construção civil remonta desde os primórdios da civilização. Esta apresenta-se como material excepcional e como matéria-prima

Leia mais

Estruturas de Madeira

Estruturas de Madeira FAU/UFRJ Est. Aço e Madeira AMA Estruturas de Madeira Preservação e Proteção Estruturas de Aço A o e Madeira Prof Alexandre Landesmann FAU/UFRJ AMA 1 Preservação em Estruturas de Madeira Histórico: 3500

Leia mais

UM MATERIAL A PROVA DO TEMPO MADEIRA

UM MATERIAL A PROVA DO TEMPO MADEIRA UM MATERIAL A PROVA DO TEMPO MADEIRA Mesmo com o avanço tecnológico e o surgimento de novos materiais de construção e decoração, a boa e velha madeira mantém seu espaço conquistado através dos tempos,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA DISCIPLINA: SISTEMAS ESTRUTURAIS EM MADEIRA Prof. Julio Eustaquio de Melo Engenheiro Civil Ph.D. Bsb, outubro de

Leia mais

É a parte da Botânica que estuda os tecidos

É a parte da Botânica que estuda os tecidos É a parte da Botânica que estuda os tecidos vegetais - Crescimento Tecidos vegetais -Adultos permanentes -Meristema primário -Meristema secundário -De revestimento -De sustentação -De condução -Parênquimas

Leia mais

Resumo MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Resumo MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL Câmpus Rio Grande Aluna: Alice Ott Fonseca Matricula: 11240125 Curso: TÉCOLOGIA EM COSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS 02/2015 Disciplina: Materiais de Construção Resumo MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL Uso a madeira Na

Leia mais

SECAGEM DE SERRADOS E LÂMINAS DE MADEIRA

SECAGEM DE SERRADOS E LÂMINAS DE MADEIRA Artigo Técnico Nº 27 Novembro 2004 SECAGEM DE SERRADOS E LÂMINAS DE MADEIRA INTRODUÇÃO A secagem é uma etapa indispensável no processo de industrialização da madeira serrada, bem como de lâminas de madeira,

Leia mais

A MADEIRA COMO MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

A MADEIRA COMO MATERIAL DE CONSTRUÇÃO A MADEIRA COMO MATERIAL DE CONSTRUÇÃO A madeira é um material excepcional como material de construção além de ter qualidades muito grandes como matéria prima para outros produtos industrializados, e que

Leia mais

CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA. São planos horizontais que suportam cargas. VARIÁVEIS e PERMANENTES.

CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA. São planos horizontais que suportam cargas. VARIÁVEIS e PERMANENTES. CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA São planos horizontais que suportam cargas VARIÁVEIS e PERMANENTES. 1 CARGAS NBR 6120 PERMANENTES (g) Peso próprio da estrutura Peso dos elementos

Leia mais

MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL

MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL Biólogo Geraldo José Zenid Divisão de Produtos Florestais Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo S.A. -I PT Biólogo pelo Instituto de Biociências da USP

Leia mais

L C F 5 8 1. Recursos Florestais TEMA N 14 PRESERVAÇÃO DE MADEIRAS

L C F 5 8 1. Recursos Florestais TEMA N 14 PRESERVAÇÃO DE MADEIRAS TEMA N 14 PRESERVAÇÃO DE MADEIRAS PRESERVAÇÃO DE MADEIRAS 1990-177.400m³ L C F 5 8 1 CONSTRUÇÃO 0,1 5,3 MOIRÕES 16,9 ESTACAS CRUZETAS OUTROS 24,5 DORMENTES 53,2 POSTES CONSTRUÇÃO 15,0% 2010-1.300.000m³

Leia mais

PAINÉIS CIMENTO-MADEIRA

PAINÉIS CIMENTO-MADEIRA CIMENTO-MADEIRA Prof. Setsuo Iwakiri UFPR - DETF INRODUÇÃO HISTÓRICO 1914 > Áustria > partículas excelsior + aglutinante (óxido magnésio + cloreto magnésio) 1928 > Alemanha > início > uso cimento portland

Leia mais

TECIDOS VEGETAIS BOTÂNICA

TECIDOS VEGETAIS BOTÂNICA TECIDOS VEGETAIS BOTÂNICA Histologia Vegetal Quais são os principais tecidos encontrados no corpo de uma planta? 1 Tecidos meristemáticos ou embrionários tecidos meristemáticos primários tecidos meristemáticos

Leia mais

Benefícios da Madeira Tratada na Construção Civil.

Benefícios da Madeira Tratada na Construção Civil. Benefícios da Madeira Tratada na Construção Civil. Humberto Tufolo Netto Obs: Alguns slides foram produzidos pelo colega: Dr.Ennio Lepage e outros foram cedidos pelo FPInnovations-Forintek-Ca O que é a

Leia mais

HISTOLOGIA VEGETAL. Profº. Amaral

HISTOLOGIA VEGETAL. Profº. Amaral HISTOLOGIA VEGETAL Profº. Amaral HISTOLOGIA VEGETAL A organização do corpo dos vegetais é bem diferente da organização do corpo dos animais. A maior parte dessas diferenças é uma adaptação ao modo autotrófico

Leia mais

1.IMPORTÂNCIA DA MADEIRA

1.IMPORTÂNCIA DA MADEIRA MADEIRA 1.IMPORTÂNCIA DA MADEIRA Devido as singulares propriedades físicas, químicas e mecânicas da madeira tornaram-na de emprego obrigatório em diversos campos. Utilizada desde sempre como combustível

Leia mais

ESTRUTURAS DE MADEIRA

ESTRUTURAS DE MADEIRA ESTRUTURAS DE MADEIRA CLASSIFICAÇÃO DA MADEIRA AULA 2 EDER BRITO Classificação das árvores Pela Botânica as árvores são classificadas como vegetais superiores, denominados de fanerógamas, que apresentam

Leia mais

Tipos de madeiras, cuidados e usos!

Tipos de madeiras, cuidados e usos! Tipos de madeiras, cuidados e usos! O trabalho em madeira esta ao alcance de todos, material excelente, explorado pelo homem á milhares de anos. Porém sua resistência e durabilidade são afetadas de diversas

Leia mais

Avaliações Técnicas ITA reconhecida pelo PBQP-H

Avaliações Técnicas ITA reconhecida pelo PBQP-H PBQP-H INMETRO Programas Setoriais da Qualidade EGT credenciada pelo PBQP-H e acreditada pelo INMETRO Avaliações Técnicas ITA reconhecida pelo PBQP-H Mais de 250 ensaios acreditados pelo INMETRO SINAT

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ Departamento de Ciências Florestais FUNDAMENTOS DE SECAGEM DE MADEIRAS

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ Departamento de Ciências Florestais FUNDAMENTOS DE SECAGEM DE MADEIRAS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ Departamento de Ciências Florestais FUNDAMENTOS DE SECAGEM DE MADEIRAS Ivaldo P. Jankowsky DOCUMENTOS FLORESTAIS Piracicaba (10):

Leia mais

ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I SISTEMAS DE VEDAÇÃO VERTICAL SISTEMA DE VEDAÇÃO Um subsistema

Leia mais

Madeira e Água. Que ligação!

Madeira e Água. Que ligação! Madeira e Água Que ligação! 1 Madeira e Água A Humidade da Madeira teor em água da madeira H m m 1 2 = m1 m m 2 massa 2 massa da x100 madeira húmida madeira completamente seca quociente, expresso em percentagem,

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos Paredes internas Estrutura leve GESSO ACARTONADO Fixado em perfis de chapa de aço galvanizado (esqueleto de guias e montantes) Parede: chapas de gesso em uma ou mais camadas Superfície pronta para o acabamento

Leia mais

Chapas Drywall Panel Rey. 0800-644 4645 www.tecpanel.com. Ideal para paredes, forros, revestimentos e mobiliários integrados. Resistente à umidade

Chapas Drywall Panel Rey. 0800-644 4645 www.tecpanel.com. Ideal para paredes, forros, revestimentos e mobiliários integrados. Resistente à umidade Chapas Drywall Panel Rey Ideal para paredes, forros, revestimentos e mobiliários integrados. As chapas de gesso acartonado Panel Rey apresentam a face com uma superfície lisa, adequada para todos os tipo

Leia mais

PRODUTO: ARMÁRIO DE MADEIRA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009. 2.2.1. Painéis da caixa, inclusive o vertical interno, portas e prateleiras.

PRODUTO: ARMÁRIO DE MADEIRA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009. 2.2.1. Painéis da caixa, inclusive o vertical interno, portas e prateleiras. 1 CÓDIGO SUPRI: 71.654.002.001.0029-1 PRODUTO: ARMÁRIO DE MADEIRA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para guarda de materiais de escritório em geral. 2. REQUISITOS GERAIS (VER DESENHOS

Leia mais

A Tégula é certificada pelo FSC para a cadeia de custódia. Isto significa que toda a madeira proveniente de manejo florestal pode ser rastreada.

A Tégula é certificada pelo FSC para a cadeia de custódia. Isto significa que toda a madeira proveniente de manejo florestal pode ser rastreada. Madeira Certificada A Tégula é certificada pelo FSC para a cadeia de custódia. Isto significa que toda a madeira proveniente de manejo florestal pode ser rastreada. Considerando uma área equivalente a

Leia mais

Solo e Espaçamento. Sistema Operacional

Solo e Espaçamento. Sistema Operacional Resinagem de Pinus A resinagem é uma atividade de grande significado no contexto econômico-social do Brasil. De importadores até a década de 80, passamos a grandes exportadores a partir de 1989. A importância

Leia mais

FUPEF 2. COLETA DE DADOS

FUPEF 2. COLETA DE DADOS 1 LAUDO TÉCNICO PARA CARACTERIZAÇÃO DE MADEIRAS DO GÊNERO Eucalyptus Solicitante: Mademape Indústria Madeireira Ltda. Endereço: Avenida Ricieri Bernardi, nº 635 Campo do Fundo Campina Grande do Sul - Paraná

Leia mais

Matérias Primas e Processos para Marcenaria INTRODUÇÃO

Matérias Primas e Processos para Marcenaria INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO A cada dia surgem no mercado novos materiais com o objetivo de tornar a produção mais competitiva, reduzindo as etapas de produção, o tempos de fabricação e os custos. Madeira maciça A madeira

Leia mais

Sistema de Paredes Trevo Drywall

Sistema de Paredes Trevo Drywall Nome da Empresa DADOS DO FABRICANTE Trevo Industrial de Acartonados S/A. Endereço Av.Josias Inojosa de Oliveira 5000 - Distrito Industrial do Cariri Juazeiro do Norte - CE - CEP 63045-010 Tel/Fax (88)

Leia mais

A madeira é um conjunto heterogêneo de diferentes tipos de células com propriedades específicas para desempenharem as seguintes funções vitais:

A madeira é um conjunto heterogêneo de diferentes tipos de células com propriedades específicas para desempenharem as seguintes funções vitais: CURSO DE ENGENHARIA INDUS- TRIAL DA MADEIRA CENTTRO UNIIVERSIITTÁTTIIO DE UNIIAÕ DA VIITTORIIA ESTRUTURA DA MADEIRA Adapttação Prroff.. Drr.. Pedrro Bom,, R PPB1111 EESSTTRUTTURA DA MADEEIIRA 33ººANO EEIIM

Leia mais

COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 173110. ABNT NBR 15575:2013: edificações habitacionais, desempenho.

COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 173110. ABNT NBR 15575:2013: edificações habitacionais, desempenho. COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 173110 ABNT NBR 15575:2013: edificações habitacionais, desempenho. André Azevedo Palestra apresentado na 10.Convenção Nordeste de Cerâmica Vermelha, Teresina, PI, 2015.. A série

Leia mais

Desempenho Térmico de edificações

Desempenho Térmico de edificações Desempenho Térmico de edificações PROFESSOR Roberto Lamberts Unidade deportiva Atanasio Girardot - Medellín ECV 5161 UFSC FLORIANÓPOLIS estrutura intro isolantes cálculos exemplos e testes 2 introdução

Leia mais

HISTOLOGIA VEGETAL. Santo Inácio. Educação para toda a vida. Colégio. Jesuítas

HISTOLOGIA VEGETAL. Santo Inácio. Educação para toda a vida. Colégio. Jesuítas HISTOLOGIA VEGETAL I. Tecido Meristemático - Tecido embrionário - Divisão por mitose - Célula pequena - Núcleo grande Tipos de Tecidos Meristemáticos I- Meristema Primário - Derivadas do embrião - Localização:

Leia mais

MDF, MDP, OSB... A MADEIRA POR TRÁS DAS SIGLAS INFORMATIVO TÉCNICO 3 - JULHO DE 2008

MDF, MDP, OSB... A MADEIRA POR TRÁS DAS SIGLAS INFORMATIVO TÉCNICO 3 - JULHO DE 2008 Por quê transformar a madeira? Fábrica de painéis de MDP Enquanto trabalhada sob a forma de peças serradas, a madeira maciça apresenta excelentes propriedades mas também alta heterogeneidade e anisotropia

Leia mais

Elementos Estruturais de Concreto Armado

Elementos Estruturais de Concreto Armado UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Técnicas Construtivas Elementos Estruturais de Concreto Armado Prof. Guilherme Brigolini Elementos Estruturais de Concreto Armado Produção de

Leia mais

Parede de Garrafa Pet

Parede de Garrafa Pet CONCEITO As paredes feitas com garrafas pet são uma possibilidade de gerar casas pré fabricadas através da reciclagem e é uma solução barata e sustentável. As garrafas pet são utilizadas no lugar dos tijolos

Leia mais

BIODEGRADAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA MADEIRA 2.013 VOLUME I. Biodegradação da Madeira

BIODEGRADAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA MADEIRA 2.013 VOLUME I. Biodegradação da Madeira 2.013 VOLUME I Biodegradação da Madeira ii SUMÁRIO - VOLUME I PÁG I NA 1. INTRODUÇÃO... 1 2. PRINCIPAIS AGENTES DETERIORADORES...2 2.1. BACTÉRIAS...2 2.2. FUNGOS...4 2.2.1. Considerações gerais...4 2.2.2.

Leia mais

ECOTELHADO. Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados.

ECOTELHADO. Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados. ECOTELHADO Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados. TRANSMISSÃO DE CALOR por condução térmica através de materiais

Leia mais

Manual Técnico Fibrapiso

Manual Técnico Fibrapiso Manual Técnico dos Pisos Laminados Fibrapiso O Fibrapiso possui um sistema de classificação, que estabelece requisitos práticos para áreas e níveis de utilização, indicando onde o piso laminado melamínico

Leia mais

Lounge Hotel Nightclub Foto: Mariana Medeiros Milanezi

Lounge Hotel Nightclub Foto: Mariana Medeiros Milanezi Lounge Hotel Nightclub Foto: Mariana Medeiros Milanezi 70 ANOS DE HISTÓRIA, INOVAÇÃO E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL A SANTA LUZIA foi fundada em 1942, como uma pequena fábrica de espelhos.poucos anos

Leia mais

MATERIAIS TÉCNICAS E ESTRUTURASII MADEIRA CARACTERÍSTICAS E PROPRIEDADES. Parte sólida dos troncos das árvores, que se encontra dentro da sua casca.

MATERIAIS TÉCNICAS E ESTRUTURASII MADEIRA CARACTERÍSTICAS E PROPRIEDADES. Parte sólida dos troncos das árvores, que se encontra dentro da sua casca. MATERIAIS TÉCNICAS E ESTRUTURASII MADEIRA CARACTERÍSTICAS E PROPRIEDADES MADEIRA Parte sólida dos troncos das árvores, que se encontra dentro da sua casca. Material elástico, de pouco peso, isolante e

Leia mais

MDF RINO. não é tudo igual. PROCURE O

MDF RINO. não é tudo igual. PROCURE O MDF não é tudo igual. PROCURE O RINO. Quer MDF assegurado, fabricado com a mais avançada tecnologia mundial, produzido pela empresa que é sinônimo de qualidade? PROCURE O RINO. Tecnologia, qualidade e

Leia mais

PAINÉIS E PAREDES DE MADEIRA

PAINÉIS E PAREDES DE MADEIRA PAINÉIS E PAREDES DE MADEIRA As paredes de madeira dividem-se em: Paredes Estruturais Divisão e fechamento de ambientes Suportar cargas verticais e transmití-las as fundações Suportar cargas horizontais

Leia mais

Chapas de gesso acartonado

Chapas de gesso acartonado VERDE INOVAÇÃO CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL Chapas de gesso acartonado Ideal para paredes, forros, revestimentos e mobiliário fixo. Panel Rey é um Sistema com mais de 25 Anos de Experiência As chapas de gesso

Leia mais

CAPACITAÇÃO DESEMPENHO ESTRUTURAL (PILARES, VIGAS, LAJES, PAREDES, COBERTURAS, PISOS )

CAPACITAÇÃO DESEMPENHO ESTRUTURAL (PILARES, VIGAS, LAJES, PAREDES, COBERTURAS, PISOS ) CAPACITAÇÃO DESEMPENHO ESTRUTURAL (PILARES, VIGAS, LAJES, PAREDES, COBERTURAS, PISOS ) 1 - CIENTEC - Fundação de Ciência e Tecnologia 2 - Concremat Engenharia e Tecnologia S/A 3 - Escola de Engenharia

Leia mais

Inter-relação entre as propriedades e a microestrutura das madeiras

Inter-relação entre as propriedades e a microestrutura das madeiras PCC5726 Princípios da Ciência dos Materiais Aplicados aos Materiais de Construção Civil - 1 Departamento de Engenharia de Construção Civil Escola Politécnica da Universidade de São Paulo PCC 5726 Princípios

Leia mais

Informações Gerais. O que é Water Transfer Printing?

Informações Gerais. O que é Water Transfer Printing? Informações Gerais Provedora de soluções para o processo de Water Transfer Printing a PROJFIX está no mercado com o objetivo de trazer qualidade para o segmento no Brasil, comercializando produtos de alto

Leia mais

ART SHINGLE - TELHA DE MADEIRA

ART SHINGLE - TELHA DE MADEIRA ART SHINGLE - TELHA DE MADEIRA As Telhas de Madeira Art Shingle, além da resistência mecânica e durabilidade, tem como principais características, proporcionar beleza e excelente conforto térmico e acústico

Leia mais

3. EQUIPE TÉCNICA Ao adquirir um produto WOODTECH, você terá um acompanhamento técnico, importantíssimo do começo ao fim da obra.

3. EQUIPE TÉCNICA Ao adquirir um produto WOODTECH, você terá um acompanhamento técnico, importantíssimo do começo ao fim da obra. 1. ORÇAMENTO Você pode obter orçamentos remetendo seu projeto, ou planilha via fax, correio ou e- mail. Se preferir nos visitar, teremos sempre um profissional para atendê-lo. Os Orçamentos serão respondidos

Leia mais

Apresentação MDF E MDP. Definições, comparativos e informações relativas ao material MDF e MDP.

Apresentação MDF E MDP. Definições, comparativos e informações relativas ao material MDF e MDP. Apresentação MDF E MDP Definições, comparativos e informações relativas ao material MDF e MDP. MDF (Medium Density Fiberboard) Fibra de Média Densidade Painel de fibras de madeira encoladas com resina

Leia mais

Proteção Passiva Contra o Fogo

Proteção Passiva Contra o Fogo FIRE PROTECTION Proteção Passiva Contra o Fogo Introdução a SCI CMAR (Controle de Materiais de Acabamento e Revestimento) Compartimentação Estruturas Metálicas 23/04/15 Porto Alegre, RS Escritório Central

Leia mais

3.1. Esta especificação faz referência aos seguintes documentos:

3.1. Esta especificação faz referência aos seguintes documentos: 1/7 1. OBJETIVO: 1.1. Esta Especificação Técnica tem por objetivo definir as características e estabelecer os critérios para a fabricação e aceitação do Sistema para Cabeamento Interno Aparente em Ambiente

Leia mais

Portaria n.º 346, de 24 de julho de 2014.

Portaria n.º 346, de 24 de julho de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 346, de 24 de julho de 2014. O PRESIDENTE

Leia mais

XILEMA PRIMÁRIO. Duas partes: Protoxilema e Metaxilema. Protoxilema: diferenciação ocorre cedo lacunas do protoxilema

XILEMA PRIMÁRIO. Duas partes: Protoxilema e Metaxilema. Protoxilema: diferenciação ocorre cedo lacunas do protoxilema TECIDO DE CONDUÇÃO E TECIDO DE SECREÇÃO Prof Marcelo Francisco Pompelli CCB - Botânica Xilema TECIDO DE CONDUÇÃO Xilema e Traqueídes Elementos de vaso Células Parenquimáticas Fibras Elementos crivados

Leia mais

Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial

Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial Produto: Parabond 700 é um adesivo de alta qualidade, cura rápida, permanentemente elástico, à base de MS polímero, com

Leia mais

Marco de porta tipo Americano

Marco de porta tipo Americano Marco de porta tipo Americano em resistente à umidade* proteção contra cupins* pré pintado ecológico soluções em sistemas construtivos O que é é a sigla de Medium Density Fiberboard ou Painel de Fibras

Leia mais

Madeiras Generalidades, Classificação, Propriedades

Madeiras Generalidades, Classificação, Propriedades MATERIAIS DE CONSTRUÇAO II Engenharia Civil Madeiras Generalidades, Classificação, Propriedades Vantagens -madeira como material construção disponibilidade em grandes quantidades preço relativamente baixo

Leia mais

Matéria Orgânica do solo (m.o.s)

Matéria Orgânica do solo (m.o.s) Matéria Orgânica do solo (m.o.s) Objetivos Proporcionar conhecimentos básicos sobre a origem e dinâmica da m.o. do solo; Conhecer suas características e propriedades; Discutir como algumas propriedades

Leia mais

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT É uma tinta isolante térmica, composta de polímeros acrílicos elastoméricos, microesferas de cerâmicas, e aditivos especiais

Leia mais

PAINEIS DE MADEIRAS. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho

PAINEIS DE MADEIRAS. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho PAINEIS DE MADEIRAS RECONSTITUÍDAS Madeira Reconstituída Madeira reconstituída são aquelas que utilizam partículas, fibras ou lâminas de madeira natural como principal matéria prima, aglutinadas por uma

Leia mais

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 4 Gesso Acartonado Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção Civil Construção

Leia mais

Blocos de. Absorção de água. Está diretamente relacionada à impermeabilidade dos produtos, ao acréscimo imprevisto de peso à Tabela 1 Dimensões reais

Blocos de. Absorção de água. Está diretamente relacionada à impermeabilidade dos produtos, ao acréscimo imprevisto de peso à Tabela 1 Dimensões reais Blocos de CONCRETO DESCRIÇÃO: Elementos básicos para a composição de alvenaria (estruturais ou de vedação) BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO SIMPLES COMPOSIÇÃO Cimento Portland, Agregados (areia, pedra, etc.)

Leia mais

Internacional SOLUTIONS

Internacional SOLUTIONS Internacional SOLUTIONS SILICONE NEUTRO Silicone neutro Impermeabilizante de uso profissional. Inodoro e com fungicida. ADERE EM: Madeira, concreto, tijolo, vidro, PVC, plástico, alumínio, etc. APLICAÇÃO:

Leia mais

Escola da Apel Técnicas Laboratoriais de Biologia. Trabalho elaborado por:

Escola da Apel Técnicas Laboratoriais de Biologia. Trabalho elaborado por: Escola da Apel Técnicas Laboratoriais de Biologia Trabalho elaborado por: Cátia Lucélia Sousa e Silva 11º A 5 nº5 Turno: B Março de 2004 Objectivos No âmbito da disciplina da Técnicas Laboratoriais de

Leia mais

A maioria dos componentes dos nossos kits é fabricada do cerne de espécies como a Maçaranduba e o Angelim.

A maioria dos componentes dos nossos kits é fabricada do cerne de espécies como a Maçaranduba e o Angelim. A MADEIRA Há séculos, o homem tem usado a madeira como um dos principais materiais para construção. O motivo, dentre outros, é que a madeira tem propriedades e características importantes como: facilidade

Leia mais

apresenta Orientações para aplicação do Pastilhado de Casca de Coco

apresenta Orientações para aplicação do Pastilhado de Casca de Coco apresenta Orientações para aplicação do Pastilhado de Casca de Coco O pastilhado da CoconutArt é fabricado com a casca dura do coco, aproveitando os resíduos da indústria alimentícia. A fabricação das

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Gesso Convenciona O gesso é um material versátil: ele auxilia nas tarefas de embutir a iluminação, esconder ferragens e disfarçar vigas, além de criar efeitos fantásticos, especialmente

Leia mais

LEVANTAMENTO DAS ESPÉCIES DE CUPINS ATACANDO RESIDÊNCIAS NOS BAIRROS DO MUNICIPIO DE GURUPI TO.

LEVANTAMENTO DAS ESPÉCIES DE CUPINS ATACANDO RESIDÊNCIAS NOS BAIRROS DO MUNICIPIO DE GURUPI TO. LEVANTAMENTO DAS ESPÉCIES DE CUPINS ATACANDO RESIDÊNCIAS NOS BAIRROS DO MUNICIPIO DE GURUPI TO. Gracielle Rodrigues da Costa 1 ; Edy Eime Pereira Baraúna 2 ; Renato da Silva Vieira 3 1 Aluno do Curso de

Leia mais

Ensaios de Laboratório em Mecânica dos Solos Curva de Retenção de Água

Ensaios de Laboratório em Mecânica dos Solos Curva de Retenção de Água Ensaios de Laboratório em Mecânica dos Solos Curva de Retenção de Água Prof. Fernando A. M. Marinho 2010 Teor de Umidade nos Vazios (adensamento) Índice de Vazios 3 2.5 2 1.5 1 S = 100% e = wg s Tensão

Leia mais

Ensacado - A Argila Expandida pode ser comprada em sacos de 50l, sendo transportada da mesma maneira. Cada 20 sacos equivalem a 1m 3.

Ensacado - A Argila Expandida pode ser comprada em sacos de 50l, sendo transportada da mesma maneira. Cada 20 sacos equivalem a 1m 3. Argila Expandida A argila expandida é um agregado leve que se apresenta em forma de bolinhas de cerâmica leves e arredondadas, com uma estrutura interna formada por um a espuma cerâmica com micro poros

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ESTRUTURAS DE MADEIRA

EXERCÍCIOS DE ESTRUTURAS DE MADEIRA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE ENGENHARIA CIVIL,ARQUITETURA E URBANISMO Departamento de Estruturas EXERCÍCIOS DE ESTRUTURAS DE MADEIRA RAFAEL SIGRIST PONTES MARTINS,BRUNO FAZENDEIRO DONADON

Leia mais

ESTRUTURAS. Prof. Eliseu Figueiredo Neto

ESTRUTURAS. Prof. Eliseu Figueiredo Neto ESTRUTURAS Prof. Eliseu Figueiredo Neto PAREDES DE TIJOLO Assentamento dos tijolos: Quanto a colocação (ou dimensão das paredes) dos tijolos, podemos classificar as paredes em: cutelo, de meio tijolo,

Leia mais

O melhor perfil para azulejo ao seu alcance

O melhor perfil para azulejo ao seu alcance 05 PERFIS PARA AZULEJO O melhor perfil para azulejo ao seu alcance VANTAGENS Utilização de matéria-prima rigorosamente virgem. Baixo teor de carga, modificador de impacto e estabilizantes de elevada qualidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS CONSTRUÇÕES RURAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS CONSTRUÇÕES RURAIS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS CONSTRUÇÕES RURAIS Prof. Ricardo Brauer Vigoderis, D.S. Email: vigoderis@yahoo.com.br website: www.vigoderis.tk São tubos cerâmicos

Leia mais

BREVE APRESENTAÇÃO DA EMPRESA ECOPRODUTOS 13-02-2015

BREVE APRESENTAÇÃO DA EMPRESA ECOPRODUTOS 13-02-2015 BREVE APRESENTAÇÃO DA EMPRESA ECOPRODUTOS CRONOLOGIA 1986 - NASCE A BANEMA MADEIRAS DE REBORDOSA, LDA., COM OS SÓCIOS FUNDADORES MÁRIO MOREIRA DAS NEVES, JOAQUIM NEVES E HELENA NEVES; ATÉ 2000 - AUMENTO

Leia mais

Plásticos: Novas aplicações no mercado de construção civil. Maceió, mai/2014

Plásticos: Novas aplicações no mercado de construção civil. Maceió, mai/2014 Plásticos: Novas aplicações no mercado de construção civil Maceió, mai/2014 INDÚSTRIA PETROQUÍMICA INTEGRAÇÃO COMPETITIVA EXTRAÇÃO Matérias-Primas 1 ª GERAÇÃO Petroquímicos Básicos 2 ª GERAÇÃO Resinas

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D Ensino Fundamental Ciências da Natureza II Habilidade da Questão Conteúdo Matriz da EJA/FB 01 Fisiologia Vegetal (Transporte e absorção de H34, H40, H41, H63 substâncias); Fotossíntese

Leia mais

Ultraestrutura da Parede Celular. Prof. Umberto Klock

Ultraestrutura da Parede Celular. Prof. Umberto Klock Ultraestrutura da Parede Celular Química da Madeira Prof. Umberto Klock - UFPR/DETF AT113 - Química da Madeira Prof. Umberto Klock - EF/UFPR Ultraestrutura da Parede Celular Sob forte magnificência da

Leia mais

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó Dê asas à sua imaginação nas diversas aplicações do Pó Xadrez. Aplicações Xadrez Pigmento em Pó O PÓ XADREZ é um pigmento concentrado que proporciona efeitos decorativos em diversas aplicações. Mais econômico,

Leia mais

MADEIRAS COMO MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MADEIRAS COMO MATERIAL DE CONSTRUÇÃO MADEIRAS COMO MATERIAL DE CONSTRUÇÃO CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS + CARACTERÍSTICAS ECONÔMICAS + CARACTERÍSTICAS ESTÉTICAS DIFICILMENTE SE ENCONTRAM EM OUTRO MATERIAL EXISTENTE CARACTERÍSTICAS POSITIVAS DAS

Leia mais

DETERMINAÇÃO DO TEOR DE UMIDADE E DENSIDADE BÁSICA PARA ESPÉCIES DE PINUS E EUCALIPTO

DETERMINAÇÃO DO TEOR DE UMIDADE E DENSIDADE BÁSICA PARA ESPÉCIES DE PINUS E EUCALIPTO DETERMINAÇÃO DO TEOR DE UMIDADE E DENSIDADE BÁSICA PARA ESPÉCIES DE PINUS E EUCALIPTO ALMEIDA, Diego Henrique de Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho UNESP MOLINA, Julio Cesar Escola

Leia mais

MORFOLOGIA VEGETAL. Morfologia externa e interna da raiz e do caule PROFª SANDRA BIANCHI

MORFOLOGIA VEGETAL. Morfologia externa e interna da raiz e do caule PROFª SANDRA BIANCHI MORFOLOGIA VEGETAL Morfologia externa e interna da raiz e do caule PROFª SANDRA BIANCHI INTRODUÇÃO Dois dos processos mais interessantes e complexos que ocorrem durante o ciclo de vida das plantas produtoras

Leia mais

manual de conservação Você acaba de adquirir um produto Tora Brasil.

manual de conservação Você acaba de adquirir um produto Tora Brasil. manual de conservação Você acaba de adquirir um produto Tora Brasil. Além de adquirir uma peça de qualidade, design diferenciado, você está contribuindo para a conservação da floresta amazônica, pois a

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Área Departamental de Engenharia Civil

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Área Departamental de Engenharia Civil INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Área Departamental de Engenharia Civil Revestimento de pisos em madeira para interiores Alexandre Miguel Veríssimo da Cruz (Licenciado em Engenharia Civil) Dissertação

Leia mais

Rua Luiz Antônio Padrão, 395 - Osasco - São Paulo - CEP. 06080-120 - Tel: (11) 3685.1512 - Fax: (11) 3685.9832 Site: www.conteste.com.

Rua Luiz Antônio Padrão, 395 - Osasco - São Paulo - CEP. 06080-120 - Tel: (11) 3685.1512 - Fax: (11) 3685.9832 Site: www.conteste.com. Site: www.conteste.com.br - E-mail: conteste@conteste.com.br 1 ÍNDICE 1 Controle Tecnológico em Pavimentação SOLOS 2 Controle Tecnológico em Pavimentação MATERIAIS BETUMINOSOS 3 Materiais Metálicos Ensaio

Leia mais

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC.

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Comprometida com a qualidade e o desenvolvimento dos nossos produtos investimos continuamente

Leia mais

À PROVA DE ÁGUA DIP CATÁLOGO DE PRODUTO

À PROVA DE ÁGUA DIP CATÁLOGO DE PRODUTO À PROVA DE ÁGUA DIP CATÁLOGO DE PRODUTO À PROVA DE ÁGUA Informação de Produto Telhados Paredes Exteriores Paredes Interiores Tabela de preços/códigos EAN TELHADOS DIP FIX (WB) Tratamento e impermeabilização

Leia mais

4 Resultados e discussões

4 Resultados e discussões 4 Resultados e discussões 4.1. Tratamentos preservativos Foram realizados seis métodos de tratamento preservativo para diferentes colmos de bambu. Quatro destes métodos foram aplicados em bambus que já

Leia mais

Check list e Avaliação. Orientações para preenchimento do Formulário de Inspeção/Vistoria e Subsídios para Avaliação do Sistema

Check list e Avaliação. Orientações para preenchimento do Formulário de Inspeção/Vistoria e Subsídios para Avaliação do Sistema SISTEMA DE ESGOTO ESTÁTICO Check list e Avaliação Orientações para preenchimento do Formulário de Inspeção/Vistoria e Subsídios para Avaliação do Sistema Belo Horizonte, Outubro de 2008 SISTEMA DE ESGOTO

Leia mais

Sistema Laminar. Ecotelhado

Sistema Laminar. Ecotelhado Sistema Laminar Ecotelhado 2 Especificação O Sistema Modular Laminar Ecotelhado é o conjunto dos seguintes elementos: Membrana Ecotelhado de Proteção Anti-Raízes Membrana Ecotelhado de Retenção de Nutrientes

Leia mais