PROJETO ACÚSTICO E MEMORIAL DESCRITIVO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO ACÚSTICO E MEMORIAL DESCRITIVO"

Transcrição

1 1 PROJETO ACÚSTICO E MEMORIAL DESCRITIVO Cliente: Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre HPS. Obra: Projeto acústico para a cobertura do HPS (Prédio Novo). Local: Porto Alegre, RS. - Setembro /

2 2 Projeto acústico HOPORS Porto Alegre, 21 de setembro de CLIENTE: HOSPITAL DE PRONTO SOCORRO - HPS LOCAL: PORTO ALEGRE, RS PROJETO ACÚSTICO E MEMORIAL DESCRITIVO Este projeto acústico tem por finalidade reduzir a emissão de ruídos dos aparelhos localizados na cobertura do Prédio Novo, para o ambiente externo (vizinhos), com vistas a atender a legislação municipal. Considerando-se que as fontes de ruído são os exaustores dos banheiros, exaustor da cozinha e chillers, este projeto visa o enclausuramento (total e parcial) destes equipamentos, levando-se em consideração seus funcionamentos, segurança e manutenção. No desenho a seguir estão representados os locais das medições de ruído, obtidas dia 12/09/2005. O equipamento utilizado foi um Medidor de Níveis Sonoros de Precisão, tipo 1, modelo Brüel & Kjær 2236C, devidamente calibrado. A unidade de medida foi o db(a) e o tipo de medição foi em Leq

3 3 (Nível Sonoro Contínuo Equivalente). Os pontos medidos encontram-se a uma distância de aproximadamente 1,0 m dos equipamentos em funcionamento e a uma altura de 1,5 m do piso. Observações importantes: - No ponto 9, se a medição fosse na saída do duto existente, o valor seria próximo de 100 db(a). - O Chiller do lado esquerdo não pode ser ligado, portanto as medições foram relativas ao funcionamento de apenas um deles. - O nível de ruído de fundo (RF), no horário das medições (entre 10h e 11h e 30 min) foi em torno de 58 db(a).

4 4 As plantas 01, 01A, 01B, 01C, 01D, 01E, 01F, 02, 02A, 02B, 02C, 02D, 02E e 03, mostradas em anexo, apresentam o que será descrito a seguir. 1. Exaustor da cozinha A clausura parcial, mostrada nas pranchas 01, 01A, 01B, 01C, 01D, 01E e 01F, deverá ser fabricada com painéis acústicos, compostos por chapas duplas de aço galvanizadas, preenchidas com Isosound véu (densidade de 40 kg/m 3 e espessura de 50 mm), sendo a chapa externa lisa, com espessura de 1,55 mm e a interna perfurada (com furos de 5 mm e distância entre centros de 7 mm), com espessura de 0,95 mm. A parte protegida do Isosound véu (parte preta) deverá estar voltada para a chapa perfurada, ou seja, para o interior da clausura. Os painéis terão espessura de aproximadamente 50 mm. As chapas deverão ser pintadas com tinta especificada pelas normas do HPS, para que as mesmas possuam maior durabilidade frente às ações climáticas. Recomenda-se que a fixação da clausura junto ao equipamento, conforme mostram os desenhos, seja muito bem feita, evitando frestas. Além dos elementos de fixação (parafusos), que serão determinados pelos executores da clausura, é importante utilizar silicone para realizar as vedações. Para garantir um correto fluxo de ar ao motor maior, localizado na parte frontal e onde será instalada a clausura parcial, deverão ser utilizados atenuadores de ruído, um para entrada e outro para a saída de ar, com venezianas metálicas na parte frontal para proteção da chuva. Os atenuadores para entrada e saída de ar deverão possuir 800 mm X 800 mm de boca, desde que seja mantida

5 5 50% da área livre. A profundidade será obtida junto aos fabricantes destes equipamentos, porém os mesmos deverão garantir uma redução de 35 db, na freqüência de 1000 Hz. No atenuador de saída, deverá ser colocada, na sua parte superior, uma proteção metálica chamada de capela, com as dimensões proporcionais ao atenuador, conforme descrito nos desenhos. A veneziana metálica deverá ser fixada nesta proteção. Para o motor menor, localizado na lateral esquerda, deverão ser instalados dois atenuadores de ruído com 400 mm X 400 mm de boca, desde que mantida uma área livre de 50%. A profundidade será obtida junto aos fabricantes destes equipamentos, porém os mesmos deverão garantir uma redução de 25 db, na freqüência de 1000 Hz. Na extremidade do duto circular, por onde passam os gases, deverá ser acoplado um conjunto de coifa metálica de transição (do formato circular para quadrado), atenuador de ruídos (medindo 1200 mm X 1200 mm de boca, mantendo-se 50% de área livre e profundidade obtida junto aos fabricantes, porém os mesmos deverão garantir uma redução de 35 db, na freqüência de 1000 Hz), capela de proteção proporcional ao atenuador de ruídos e veneziana metálica. A fixação do conjunto, a ser especificada pela empresa executora da obra, deverá ser bem feita, com objetivo de evitar vibrações. A coifa de transição deverá ser do formato circular para quadrado, para que em uma das extremidades seja acoplado o duto e na outra o atenuador de saída dos gases. É importante lembrar que nenhum elemento poderá ser fixado diretamente no piso, apenas apoiado, caso contrário, haverá danos no sistema de impermeabilização. Recomenda-se que a empresa executora dos serviços consulte o HPS e empresas competentes para realizar um estudo adequado,

6 6 com objetivo de garantir a fixação correta dos equipamentos, principalmente levando-se em conta a ação do vento. Para que o conjunto não ofereça interferência durante a manutenção, sugere-se que os painéis formadores da clausura possam ser removíveis. Uma boa solução é fazer uma estrutura de tubo metalon ou cantoneira e realizar o fechamento com painéis acústicos com os materiais descritos inicialmente, utilizando-se borrachas e silicone para melhorar a vedação. Os cálculos estruturais e resistência dos materiais devem ser realizados pela empresa executora da clausura. A porta existente na parte frontal deverá ser semelhante aos demais painéis, possuindo dobradiças e fechadura adequadas (sugere-se trinco tipo frigorífico). No marco metálico da porta, recomenda-se utilizar borrachas automotivas ou tiras de borrachas coladas, isto aumentará a vedação sonora. 2. Chillers A clausura total, com atenuadores de ruído, mostrada nas pranchas 02, 02A, 02B, 02C, 02D e 02E, deverá ser fabricada com painéis acústicos, compostos por chapas duplas de aço galvanizadas, preenchidas com Isosound véu (densidade de 40 kg/m 3 e espessura de 50 mm), sendo a chapa externa lisa, com espessura de 1,55 mm e a interna perfurada (com furos de 5 mm e distância entre centros de 7 mm), com espessura de 0,95 mm. A parte protegida do Isosound véu (parte preta) deverá estar voltada para a chapa perfurada, ou seja, para o interior da clausura.

7 7 As chapas deverão ser pintadas com tinta especificada pelas normas do HPS, para que as mesmas possuam maior durabilidade frente às ações climáticas. Para garantir um correto fluxo de ar aos chillers, que demandam uma grande quantidade de ar, deverão ser utilizados atenuadores de ruído para entrada e saída de ar, com venezianas metálicas de proteção. As dimensões das bocas dos atenuadores de entrada de ar encontram-se nas plantas, lembrando-se que 50% deverá ser de área livre. A profundidade será obtida junto aos fabricantes destes equipamentos, porém os mesmos deverão garantir uma redução de 35 db, na freqüência de 1000 Hz. Nas duas extremidades, conforme mostram as plantas, os atenuadores deverão poder ser descolados. Um deles para trás e os outros dois para os lados. Para isso serão instaladas pequenas rodas, entretanto o conjunto deverá permanecer fixo quando em funcionamento. Para a saída de ar, localizada na parte superior dos chillers, deverão ser utilizadas barreiras acústicas especiais, conforme mostram os desenhos. A parte externa das barreiras acústicas serão semelhantes aos painéis acústicos, isto é, fabricados com chapas duplas metálicas (a interna lisa com 1,55 mm e a interna perfurada com 0,95 mm). Nos lados maiores, deverão existir portas para acessar os ventiladores em caso de manutenção ou inspeção, conforme mostram os desenhos. As partes internas (tipos células ) serão fabricadas com chapas duplas perfuradas (furos de 5 mm e distância entre centros de 7 mm) com espessura de 0,95 mm cada. Estas células são painéis com 100 mm de espessura (2 camadas de 50 mm de isosound véu, com a proteção preta voltada para as faces perfuradas) e demais dimensões mostradas nas plantas. O desenho a seguir, mostra de forma simplificada, a posição dos painéis superiores e suas

8 8 células. Sugere-se que as partes superiores das células (principais e secundárias) sejam revestidas ou fabricadas com chapas metálicas lisas (espessura de 0,95 mm) para evitar entrada de água, fazendo com que os materiais absorventes tenham uma vida útil maior. É bom lembrar que o conjunto deverá ser inspecionado anualmente e caso os materiais absorventes estejam danificados deverão ser substituídos. As barreiras acústicas e as células estão representadas no desenho abaixo. É importante ressaltar que as células secundárias (em verde) deverão ser removíveis para se ter acesso aos ventiladores. Para um melhor fluxo de ar, recomenda-se que a parte inferior das células secundárias localizadas sobre os ventiladores (cor verde no desenho acima) tenha um formato de V. A distância entre as células secundárias (representadas em verde) deverá ser de 200 mm e devem ser posicionadas no centro dos ventiladores. A fixação do conjunto deverá ser bem feita para evitar vibrações.

9 9 É importante lembrar que nenhum elemento poderá ser fixado diretamente no piso, apenas apoiado, caso contrário, haverá danos no sistema de impermeabilização. Recomenda-se que a empresa executora dos serviços consulte o HPS e empresas competentes para realizar um estudo adequado, com objetivo de garantir a fixação correta dos equipamentos, principalmente levando-se em conta a ação do vento. Para que o conjunto não ofereça interferência durante a manutenção, sugere-se que os painéis formadores da clausura possam ser removíveis. Uma boa solução é fazer uma estrutura de tubo metalon e cantoneiras e realizar o fechamento com painéis acústicos com os materiais descritos anteriormente. Devem ser utilizadas borrachas e silicone para melhorar a vedação do conjunto. Os cálculos estruturais e de resistência dos materiais devem ser realizados pela empresa executora da clausura. As portas existentes deverão ser semelhantes aos demais painéis, possuindo dobradiças e fechadura adequadas (sugere-se trinco tipo frigorífico). Nos marcos metálicos das portas, recomenda-se utilizar borrachas automotivas ou tiras de borrachas coladas, isto aumentará a vedação sonora. Recomenda-se que sejam executadas, com empresa especializada, passarelas, guarda-corpos e escadas para acesso à manutenção dos ventiladores superiores, conforme indicam os desenhos. 3. Exaustores dos banheiros A clausura mostrada na prancha 03, deverá ser fabricada com chapas duplas de aço galvanizadas, preenchidas com Isosound véu (densidade de 40

10 10 kg/m 3 e espessura de 50 mm), sendo a chapa externa lisa, com espessura de 1,55 mm e a interna perfurada (com furos de 5 mm e distância entre centros de 7 mm), com espessura de 0,95 mm. A parte protegida do Isosound véu (parte preta) deverá estar voltada para a chapa perfurada, ou seja, para o interior da clausura. A parte posterior da clausura será a parede existente. As chapas deverão ser pintadas com tinta especificada pelas normas do HPS, para que as mesmas possuam maior durabilidade frente às ações climáticas. Deverão ser utilizados atenuadores de ruído, conforme mostram os desenhos da prancha 03. Um deles deverá ser instalado na parte frontal, com 700 mm X 700 mm de boca, mantendo-se 50% de área livre. A profundidade será obtida junto aos fabricantes destes equipamentos, porém os mesmos deverão garantir uma redução de 25 db, na freqüência de 1000 Hz. Nas saídas de ar, além dos atenuadores, deverão ser instaladas capelas, com venezianas metálicas nas extremidades, conforme indicado na prancha. Estes atenuadores terão cada um deles 700 mm X 600 mm de boca, desde que mantida uma área livre de 50%. A profundidade será obtida junto aos fabricantes destes equipamentos, porém os mesmos deverão garantir uma redução de 25 db, na freqüência de 1000 Hz. Como os equipamentos estão sobre uma plataforma metálica, sugere-se que seja fixado um tubo metalon de 50 mm X 100 mm nas bordas externas da base (nas duas laterais e na frente) desta plataforma. Os painéis acústicos serão apoiados sobre esta estrutura auxiliar de metalon. Os cálculos estruturais deverão ser a cargo a executante da clausura.

11 11 Para que o conjunto não ofereça interferência durante a manutenção, sugere-se que os painéis formadores da clausura possam ser removíveis, utilizando-se borrachas e silicone para melhorar a vedação. As pequenas portas existentes na parte frontal deverão ser semelhantes aos demais painéis, possuindo dobradiças e fechadura adequadas (sugere-se trinco tipo frigorífico, tamanho pequeno). Nos marcos metálicos das portas, recomenda-se utilizar borrachas automotivas ou tiras de borrachas coladas, isto aumentará a vedação sonora. Na parte inferior da base desta plataforma, onde estão apoiados os equipamentos, deverá ser fixada uma chapa grossa, tipo xadrez (espessura aproximada de 3 mm) de baixo para cima. Depois de fixada, colar uma manta de esponja Vidoflex, com 25 mm de espessura, na sua parte inferior (voltada para o piso), para não transmitir alguma vibração. OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: - Verificar todas as medidas no local; - A empresa que executará a obra, deverá consultar empresas ou profissionais especializados em cálculos estruturais para definir os sistemas de fixação e estruturas auxiliares para a montagem; - Consultar o autor deste projeto sempre que necessário. Qualquer modificação é expressamente proibida sem a autorização do autor.

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG. Especificação Técnica revisada conforme FSET nº 175/2011 acordado com o DERAT.

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG. Especificação Técnica revisada conforme FSET nº 175/2011 acordado com o DERAT. EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG NÚMERO: 132008 DESENHO: DT- 494/7 EMISSÃO: MARÇO/2013 VALIDADE: MARÇO/2015 REVOGA: 082104 REVOGA

Leia mais

PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO

PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO Ferramentas utilizadas PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO Furadeira Parafusadeira Serrote Estilete Escada Linha de marcar Nível a laser / mangueira de nível Trena metálica Lápis de carpinteiro Martelo Tesoura para

Leia mais

ESTOQUE VARIADO E À PRONTA ENTREGA

ESTOQUE VARIADO E À PRONTA ENTREGA CHAPAS LISAS ESTOQUE VARIADO E À PRONTA ENTREGA Fundada em 1976 na cidade de Aparecida de Goiânia/GO, a Metalforte começou a sua história como uma indústria metalúrgica de carretas agrícolas. Crescemos

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MESA DE HALL PÚBLICO MHP 02 ERG REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-498/3 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MESA DE HALL PÚBLICO MHP 02 ERG REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-498/3 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MESA DE HALL PÚBLICO MHP 02 ERG NÚMERO: 122010 DESENHO: DT-498/4 EMISSÃO: FEV/2012 VALIDADE: FEV/2017 REVOGA: 082027 REVOGA DESENHO: DT-498/3

Leia mais

T-802XXX. Carga Minima (Kg) Deflexão / mm

T-802XXX. Carga Minima (Kg) Deflexão / mm 10.17 APOIOS ANTIVIBRÁTEIS T-802XXX Suportes de teto tg & tm geral: As séries TG e TM são concebidas para evitar a transmissão de vibrações de unidades de ar condicionado e de qualquer outro equipamento

Leia mais

PESQUISA DE MATERIAIS DE ACABAMENTO FORROS E TETOS. Aquiles Fernandes Pinho

PESQUISA DE MATERIAIS DE ACABAMENTO FORROS E TETOS. Aquiles Fernandes Pinho PESQUISA DE MATERIAIS DE ACABAMENTO FORROS E TETOS Aquiles Fernandes Pinho 1 TETOS: FABRICANTE: PRODUTO: TIPO DE USO: Knauf D112 Unidirecional Revestimento do Forro DESCRIÇÃO: Utiliza uma estrutura metálica

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO RACK VISOGRAF V2 MANUAL DE UTILIZAÇÃO 1 CARACTERÍSTICAS: - Fabricado em aço; - Acabamento em pintura eletrostática nas cores preta ou prata; - Prateleiras em vidro fumê 1000 x 490 x 8 mm; - Rodas com sistema

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE PASSAGEM DE DUTOS MPD 01

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE PASSAGEM DE DUTOS MPD 01 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE PASSAGEM DE DUTOS MPD 01 NÚMERO: 132019 DESENHO: DT-576 EMISSÃO: MARÇO /2013 VALIDADE: MARÇO /2018 REVOGA: 112006 CÓDIGO ERP: Modelo A: 11990197-8 (CON) 10900153-2 (PER)

Leia mais

ArtMill Acessórios Ltda EPP Rua Antonio Amorim, 100 Distrito Industrial Cerquilho/SP Fone/Fax: (15)

ArtMill Acessórios Ltda EPP Rua Antonio Amorim, 100 Distrito Industrial Cerquilho/SP Fone/Fax: (15) ArtMill Acessórios Ltda EPP Rua Antonio Amorim, 100 Distrito Industrial Cerquilho/SP Fone/Fax: (15) 3288 4888 1 - A marcação da base é fundamental para determinar o tamanho a ser usado na construção, fator

Leia mais

Telhas ArcelorMittal

Telhas ArcelorMittal Telhas ArcelorMittal Apresentação As telhas de aço ArcelorMittal são produzidas a partir de bobinas de aço revestido que passam por perfiladeiras, assumindo formato trapezoidal ou ondulado. Os tipos de

Leia mais

Paredes Fichas de Aplicação

Paredes Fichas de Aplicação Fichas de Aplicação e Revestimento Painel Perfurado Painel Sandwich Consulte o Dossier Técnico Viroc disponível em www.viroc.pt, na página de Downloads. Outros Suplementos de Soluções Recomendadas Viroc

Leia mais

CC-MD20 DIVISÓRIAS E FORROS PARA LABORATÓRIOS

CC-MD20 DIVISÓRIAS E FORROS PARA LABORATÓRIOS CC-MD20 DIVISÓRIAS E FORROS PARA LABORATÓRIOS INTRODUÇÃO O presente Memorial descreve e especifica os requisitos mínimos para o fornecimento e instalação de DIVISORIAS E FORROS, na unidade do Centro de

Leia mais

III CONSTRUÇÃO DOS SUPORTES DAS BOBINAS

III CONSTRUÇÃO DOS SUPORTES DAS BOBINAS III CONSTRUÇÃO DOS SUPORTES DAS BOBINAS Serão construídos dois suportes, um para a bobina transmissora, o qual será fixado na barra do detector de metal em posição vertical e outro, para a bobina receptora

Leia mais

Palavras-chave: Isolamento sonoro. Parede em light steel frame. Banda acústica. Barra resiliente. Índice de redução sonora ponderado (Rw).

Palavras-chave: Isolamento sonoro. Parede em light steel frame. Banda acústica. Barra resiliente. Índice de redução sonora ponderado (Rw). ISSN 1678-1740 http://ulbratorres.com.br/revista/ Torres,Vol. I - Novembro, 2016 Submetido em: Jul/Ago/Set, 2016 Aceito em: Out/2016 BANDA ACÚSTICA FIXADA EM GUIAS E MONTANTES PROMOVE AUMENTO DO ISOLAMENTO

Leia mais

B C A CH1 CH2 CH3 SC1 SC3 SC5 D E E SD1 LZ B A C

B C A CH1 CH2 CH3 SC1 SC3 SC5 D E E SD1 LZ B A C LZ6 LZ9 LZ10 LZ7 LZ8 AS5 AS6 AS3 AS4 AS1 AS2 SC1 SC3 SC5 SC2 SC4 C C E D A A B B E D LZ5 LZ2 LZ3 LZ4 LZ1 SD8 SD9 SD10 SD7 SD2 SD5 SD6 SD3 SD4 SD1 E3 E4 E1 E2 E6 E5 E7 CH1 CH2 CH3 Disal (cor base: Noce)

Leia mais

MUNICÍPIO DE PALOTINA Rua Aldir Pedron, 898 Centro, Palotina Estado do Paraná CNPJ: / CEP:

MUNICÍPIO DE PALOTINA Rua Aldir Pedron, 898 Centro, Palotina Estado do Paraná CNPJ: / CEP: MUNICÍPIO DE PALOTINA Rua Aldir Pedron, 898 Centro, Palotina Estado do Paraná CNPJ: 76.208.487/0001-64 CEP: 85950-000 RETIFICAÇÃO NO EDITAL REFERENTE AO PREGÃO 169/2014 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA

Leia mais

GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS ACÚSTICA. Marco Antônio Vecci

GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS ACÚSTICA. Marco Antônio Vecci GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS ACÚSTICA Marco Antônio Vecci Local: EXPOMINAS BH Data: 08/08/2016 FASE A CONCEPÇÃO DO PRODUTO ESTUDO PRELIMINAR Consultoria e Ensaios Consultoria: Análise preliminar entre

Leia mais

OLAVIO DRESCH. Porto Alegre, 21 de dezembro de À UNIPAMPA Campus Bagé Rua Melanie Granier, 48 Centro Bagé/RS

OLAVIO DRESCH. Porto Alegre, 21 de dezembro de À UNIPAMPA Campus Bagé Rua Melanie Granier, 48 Centro Bagé/RS Porto Alegre, 21 de dezembro de 2010. À UNIPAMPA Campus Bagé Rua Melanie Granier, 48 Centro Bagé/RS Fax: (53) 3242-9284 E-mail: pregao@unipampa.edu.br Pregão Eletrônico nº 104/2010 Abertura: 21.12.2010

Leia mais

informações históricas

informações históricas PROJETO INTERPRETATIVO DO CENTRO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE: confecção e instalação de painéis e placas com informações históricas ÍNDICE 1- APRESENTAÇÃO... 04 2- EQUIPE TÉCNICA... 06 3- MAPA DE SITUAÇÃO

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE BP ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-486/6 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE BP ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-486/6 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE NÚMERO: 152001 DESENHO: EMISSÃO: JULHO/2015 VALIDADE: JULHO/2020 REVOGA: 112048 REVOGA DESENHO: DT-486/6 CÓDIGO ERP: 10050463-9 ORGÃO DEMANDANTE: DERAT APLICAÇÃO:

Leia mais

Difusor de Alta Indução

Difusor de Alta Indução 2/8/P/2 Difusor de Alta Indução Série VD Ajustável, para Instalação em Locais com Altura > 3,80 m TROX DO BRASIL LTDA. Rua Alvarenga, 2 009-00 São Paulo SP Fone: (11) 303-3900 Fax: (11) 303-39 E-mail:

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE. Especificação Técnica revisada, conforme FSET nº. 108/2011 acordado com o DERAT.

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE. Especificação Técnica revisada, conforme FSET nº. 108/2011 acordado com o DERAT. EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE BP ERG-02 NÚMERO: 112049 DESENHO: DT-487/7 EMISSÃO: NOVEMBRO/2011 VALIDADE: NOVEMBRO/2016 REVOGA: 082119 REVOGA DESENHO:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE HOSPITAL DE PRONTO SOCORRO PROJETO BÁSICO ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE HOSPITAL DE PRONTO SOCORRO PROJETO BÁSICO ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS PROJETO BÁSICO ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 OBJETO O presente projeto básico tem por objeto a contratação da execução do Projeto Acústico (controle de poluição sonora) para os equipamentos

Leia mais

Acústica em Reabilitação de Edifícios

Acústica em Reabilitação de Edifícios Reabilitação 009- Parte 5 - Reabilitação 009- Protecção contra o ruído de equipamentos colocados no exterior Silenciadores circulares p/ condutas de ventilação Grelhas atenuadoras (5 a 1 db) Atenuadores

Leia mais

Difusor Linear. Série VSD35 de 35 mm de Largura 2/2.6/P/4

Difusor Linear. Série VSD35 de 35 mm de Largura 2/2.6/P/4 /.6/P/4 Difusor Linear Série VSD de mm de Largura TROX DO BRASIL LTDA. Rua Alvarenga, 0 009-00 São Paulo SP Fone: (11) 07-900 Fax: (11) 07-9 E-mail: trox@troxbrasil.com.br www.troxbrasil.com.br Índice

Leia mais

Assunto: Ruído no interior do Grand Vitara

Assunto: Ruído no interior do Grand Vitara Data: 05/01/2011 Nº: 1078 Nº. Páginas: 13 Assunto: Ruído no interior do Grand Vitara CIRCULAÇÃO DIRETORIA GERENTE GERAL GERENTE DE SERVIÇOS CHEFE DE OFICÍNA CONSULTOR TÉCNICO DEPTO. PEÇAS TÉCNICOS RUÍDO

Leia mais

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado.

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado. 1 OBJETIVO Esta Norma padroniza as dimensões e estabelece as condições gerais e específicas da caixa de medição a ser utilizada para alojar TCs e TPs empregados na medição de unidades consumidoras do Grupo

Leia mais

Sensor Pluviométrico SP-4

Sensor Pluviométrico SP-4 Sensor Pluviométrico SP-4 Sumário Introdução... 3 Componentes... 4 Instalação... 4 Manutenção... 6 Especificações Técnicas... 6 Outras Especificações... 7 Assistência Técnica... 8 2 Introdução O sensor

Leia mais

MANUAL DE COMUNICAÇÃO VISUAL PARA COMARCAS

MANUAL DE COMUNICAÇÃO VISUAL PARA COMARCAS MANUAL DE COMUNICAÇÃO VISUAL PARA COMARCAS Este Manual tem por objetivo estabelecer o padrão de comunicação visual para as Comarcas da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul. Foi utilizado como

Leia mais

A Norma EIA/TIA 569A. Silvio Lucas

A Norma EIA/TIA 569A. Silvio Lucas Enquanto a norma 568B divide os subsistemas de cabeamento estruturado em 7 subsistemas, a norma 569A trata dos detalhes dos caminhos e espaços bem como a infra-estrutura de dutos para as seguintes áreas:

Leia mais

revest wall Revestimento de parede Manual de instalação

revest wall Revestimento de parede Manual de instalação Revestimento de parede 1. Instalação 1.1 Materiais que acompanham o kit RevestWall : a) 02 unidades do PlastDeck ; b) 05 unidades do vaso PlastWall Fit ; c) 12 Buchas de Nylon Ø 5x25 mm; d) 12 Parafusos

Leia mais

ANTÓNIO & JOÃO, LDA. MATERIAISDECONSTRUÇÃOEEQUIPAMENTOS

ANTÓNIO & JOÃO, LDA. MATERIAISDECONSTRUÇÃOEEQUIPAMENTOS ANTÓNIO & JOÃO, LDA. MATERIAISDECONSTRUÇÃOEEQUIPAMENTOS Este Manual proporciona as instruções necessárias para uma montagem e operação segura do andaime de fachada MK48. Cabe ao utilizador do andaime manter

Leia mais

Multimedidor Digital de Painel. Manual do Usuário

Multimedidor Digital de Painel. Manual do Usuário Multimedidor Digital de Painel Manual do Usuário 1. Introdução Este modelo de Multimedidor Digital de Painel JNG permite a medição de vários parâmetros elétricos em um único equipamento para medição, incorporando

Leia mais

Uma idéia quente. Manual de Instalação Lareiras

Uma idéia quente. Manual de Instalação Lareiras Uma idéia quente Manual de Instalação Lareiras Indice Garantia dos Seviços Advertencia...03 Dados técnicos distancias mínimas recomendadas...04 base...04 Chaminé de alvenaria...05 de metal...06 de metal

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2013 GERÊNCIA ADMINISTRATIVA TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2013 GERÊNCIA ADMINISTRATIVA TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO MOBILIÁRIO DIRETORIA 1 MESAS COM TAMPO DE MADEIRA 1.1 MESA PRINCIPAL COM TAMPO DE MADEIRA C/ DETALHE EM COURO - O Tampo da mesa deverá ser confeccionado em

Leia mais

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores VENTILADORES Aspectos gerais As unidades de ventilação modelo BBS, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para frente, e BBL, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para trás, são fruto de

Leia mais

Prof. Dr. Claudius Barbosa

Prof. Dr. Claudius Barbosa Prof. Dr. Claudius Barbosa 1 2 3 LAJE NERVURADA COGUMELO VIGA CURVA (VIGA BALCÃO) LAJE EM BALANÇO LAJE MACIÇA 4 COBERTURA PAVIMENTO TIPO 5 COBERTURA PAVIMENTO TIPO 6 7 ESCADAS RESERVATÓRIO 8 FUNDAÇÕES

Leia mais

ORGANIZAÇÃO. Soluções econômicas e inteligentes. Suporte Mão-Francesa. Armário Multiuso Encaixado P SUPORTE MÃO-FRANCESA REFORÇADO

ORGANIZAÇÃO. Soluções econômicas e inteligentes. Suporte Mão-Francesa. Armário Multiuso Encaixado P SUPORTE MÃO-FRANCESA REFORÇADO ORGANIZAÇÃO Soluções econômicas e inteligentes. P SUPORTE MÃO-FRANCESA LEVE Cód. Medidas AxP (cm) Cap. Carga (kg) 12900 15 x 18,5 35 A 12901 18,6 x 23,5 45 12902 21,9 x 28 60 12903 22,6 x 40 70 Imagem

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONJUNTO DE CAIXAS POSTAIS CCP- 02 ERG

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONJUNTO DE CAIXAS POSTAIS CCP- 02 ERG EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONJUNTO DE CAIXAS POSTAIS CCP- 02 ERG NÚMERO: 132052 DESENHO: DT-556/2 EMISSÃO: JULHO/2013 VALIDADE: JULHO/2018 REVOGA: 112042 CÓDIGO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. O projeto de construção das coberturas dos bicicletários, rampas e escadas externas compreende:

MEMORIAL DESCRITIVO. O projeto de construção das coberturas dos bicicletários, rampas e escadas externas compreende: MEMORIAL DESCRITIVO IFES - CAMPUS VENDA NOVA DO IMIGRANTE 1. Histórico O presente memorial descritivo visa esclarecer as soluções arquitetônicas e as especificações técnicas dos materiais a serem utilizados

Leia mais

Revestimentos Knauf Conforto térmico e acústico com alta qualidade de acabamento

Revestimentos Knauf Conforto térmico e acústico com alta qualidade de acabamento Knauf Folheto Técnico 05 / 2017 Revestimentos Knauf Conforto térmico e acústico com alta qualidade de acabamento Revestimento Knauf Utilizados em áreas internas das edificações para revestir paredes, pilares,

Leia mais

ARTIMANHA MODELISMO GALEÃO NUESTRA SEÑORA DE ATOCHA - Escala 1/50 - Versão da Artimanha Modelismo

ARTIMANHA MODELISMO GALEÃO NUESTRA SEÑORA DE ATOCHA - Escala 1/50 - Versão da Artimanha Modelismo Peça provisoriamente colocada sem colar. Cinta 1 4 mm x 2 mm 30 mm Cinta 2 3 mm x 2 mm 14 mm 14 mm 14 mm 14 mm A Segunda cinta correrá quase que paralela ao primeiro cintado a uma distância de 14 mm. Nas

Leia mais

PAREDE DIVISÓRIA ARTICULADA - LINHA PREMIUM

PAREDE DIVISÓRIA ARTICULADA - LINHA PREMIUM PAREDE DIVISÓRIA ARTICULADA - LINHA PREMIUM Características: Modelo indicado para ambientes que necessitam apresentação estética e alto isolamento acústico. Alguns ambientes que poderão ser instaladas

Leia mais

Perfis nas cores. TELAS Pintura Eletrostática. Branco Brilhante. Cinza. Preto Fosco. Bronze Medidas Recomendadas (mm)

Perfis nas cores. TELAS  Pintura Eletrostática. Branco Brilhante. Cinza. Preto Fosco. Bronze Medidas Recomendadas (mm) Mosquiteiras Removível Quadro Removível Rápida Montagem Brilhante Cinza Fosco Bronze 1002 300 1.200 300 1. - O quadro se sobrepõe à janela e é fixado por travas facilitando a retirada para manutenção e

Leia mais

Design da parede defletora e diretrizes de instalação para sistemas Vive Audio

Design da parede defletora e diretrizes de instalação para sistemas Vive Audio Design da parede defletora e diretrizes de instalação para sistemas Este documento fornece diretrizes para projetar e instalar uma parede defletora para sistemas Vive Audio. Leia essas diretrizes cuidadosamente

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04 PREGÃO AMPLO 009/2003 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANATEL ER04 MINAS GERAIS CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE

Leia mais

título: alteração na base das unidades condensadoras da família splitão e chiller

título: alteração na base das unidades condensadoras da família splitão e chiller Página 01/07 título: alteração na base das unidades condensadoras da família splitão e chiller SUMÁRIO: Este Boletim Técnico visa informar a alteração na base das unidades condensadoras da família Splitão

Leia mais

Fichas Técnicas de Produto. Linha Studio

Fichas Técnicas de Produto. Linha Studio Fichas Técnicas de Produto Estante Alta Studio Descritivo Técnico Completo Estante alta confeccionada em chapa de aço de baixo teor de carbono com tratamento químico superficial fosfatizante, antiferruginoso

Leia mais

PADRÃO: CONCRET / OLIVEIRA:

PADRÃO: CONCRET / OLIVEIRA: COZINHA ATRATIVA Dimensões do Produto: Altura: 1660mm Largura: 2095mm Profundidade Útil: 270mm Profundidade Total: 288mm PADRÃO: CONCRET / OLIVEIRA: 655.2854 PADRÃO: BRANCO / PRETO TRAMA: 655.2862 PADRÃO:

Leia mais

MANUAL DE SINALIZAÇÃO AMBIENTAL P R O J E T O S H O P P I N G U B E R A B A CL A PROGRAMAÇÃO VISUAL

MANUAL DE SINALIZAÇÃO AMBIENTAL P R O J E T O S H O P P I N G U B E R A B A CL A PROGRAMAÇÃO VISUAL MANUAL DE SINALIZAÇÃO AMBIENTAL P R O J E T O S H O P P I N G U B E R A B A CL A PROGRAMAÇÃO VISUAL Observações Gerais do Projeto Para o bom desenvolvimento do trabalho e que uma melhor qualidade final

Leia mais

Paredes Knauf. Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto

Paredes Knauf. Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Knauf Folheto Técnico 08 / 2016 Paredes Knauf Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Estabilidade, resistência a impactos, proteção termoacústica e outras características inovadoras que não

Leia mais

título: alteração na base das unidades condensadoras da família splitão

título: alteração na base das unidades condensadoras da família splitão Página 01/06 título: alteração na base das unidades condensadoras da família splitão SUMÁRIO: Este Boletim Técnico visa informar a alteração na base das unidades condensadoras da família Splitão (Fixo/Inverter).

Leia mais

Referencial Técnico para Licitação Brise acústico para a unidades do Serviço Social do Comércio SESC, localizada na cidade satélite de Taguatinga

Referencial Técnico para Licitação Brise acústico para a unidades do Serviço Social do Comércio SESC, localizada na cidade satélite de Taguatinga Referencial Técnico para Licitação Brise acústico para a unidades do Serviço Social do Comércio SESC, localizada na cidade satélite de Taguatinga Cliente: SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO - SESC AR/DF Endereço:

Leia mais

CAF. Caixas CAF. Caixas metálicas, monobloco fabricadas em aço carbono, aço inox ou alumínio.

CAF. Caixas CAF. Caixas metálicas, monobloco fabricadas em aço carbono, aço inox ou alumínio. CAF Caixas CAF Caixas metálicas, monobloco fabricadas em aço carbono, aço inox ou alumínio. REVISÃO 04 29/10/2014 PAINÉIS METÁLICOS SÉRIE CAF Painel monobloco com placa de montagem removível para montagem

Leia mais

Éttore Home Decor - São paulo/sp. Instalação: Éttore. Knauf Folheto Técnico. Knauf Flexboard Porque a mente criativa gera mais que linhas retas.

Éttore Home Decor - São paulo/sp. Instalação: Éttore. Knauf Folheto Técnico. Knauf Flexboard Porque a mente criativa gera mais que linhas retas. Éttore Home Decor - São paulo/sp Knauf Folheto Técnico 02 / 2017 Knauf Flexboard Porque a mente criativa gera mais que linhas retas. Knauf Flexboard Flexboard é a mais delgada chapa Knauf Drywall, desenvolvida

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇADOR FUNDAÇÃO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE.

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇADOR FUNDAÇÃO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇADOR FUNDAÇÃO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE. Objeto: Estrutura metálica em forma de cavaletes para suporte de bandejas no viveiro do Horto Florestal Municipal.

Leia mais

Estantes cantoneira. Rev.2 (21/11/2013)

Estantes cantoneira. Rev.2 (21/11/2013) Estantes cantoneira Rev.2 (21/11/2013) O sistema de estantes em cantoneira foi concebido para satisfazer as necessidades de armazenagem nas indústrias, oficinas, armazéns, etc, tendo em vista uma solução

Leia mais

Fichas Técnicas de Produto. Linha Duraline

Fichas Técnicas de Produto. Linha Duraline Fichas Técnicas de Produto Estante Dupla Face Base Aberta 10 prateleiras 2M Imagem de Referência Descritivo Técnico Completo Estante face dupla totalmente confeccionada em chapas de aço de baixo teor de

Leia mais

Gerência de Compra GERÊNCIA DN

Gerência de Compra GERÊNCIA DN 1 1 16/01529 MESA RETA DE 1800X800X740MM (L X P X H) - (CHEFIA) UND 1 MESA RETANGULAR COM ESTRUTURA METÁLICA E TAMPO AMADEIRADO. A ESTRUTURA É AUTOPORTANTE PRODUZIDA EM CHAPA DE AÇO, COMPOSTA POR 2 QUADROS

Leia mais

divisórias sanitárias Nossa especialidade, seu espaço

divisórias sanitárias Nossa especialidade, seu espaço 1 divisórias sanitárias Nossa especialidade, seu espaço 2 pertech innova Há mais de 25 anos no mercado de Divisórias Sanitárias, a Pertech investe em soluções que proporcionam beleza e funcionalidade aos

Leia mais

SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE

SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE ' P O R S E G, S I S T E M A S D E S E G U R A N Ç A, S. A. P R O D U T O S A N T I - I N T R U S Ã O S É R I E I N V I C T A S SÉRIE INVICTA S 82 83 84 85 Fotografias

Leia mais

RACK DE PAREDE 19 PADRÃO

RACK DE PAREDE 19 PADRÃO RACK DE PAREDE 19 PADRÃO Especificações: O Gabinete para acondicionamento de equipamentos e acessórios padrão 19, garante proteção e segurança aos equipamentos e a rede em si, por ser totalmente fechado

Leia mais

Linha Off LANÇAMENTO. acústico podem reduzir a carga de stress diário a que as. Atualmente é cada vez mais frequente a preocupação das empresas

Linha Off LANÇAMENTO. acústico podem reduzir a carga de stress diário a que as. Atualmente é cada vez mais frequente a preocupação das empresas LANÇAMENTO Atualmente é cada vez mais frequente a preocupação das empresas em proporcionar a seus colaboradores ambientes de trabalho convidativos e acolhedores que ofereçam mais conforto, a fim de contribuir

Leia mais

DIRETORIA FINANCEIRA CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO

DIRETORIA FINANCEIRA CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 01 CARRETEL DE MADEIRA PARA EXPORTAÇÃO FICAP OPTEL CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO ÁREA SIGLA DATA DISTRIBUIÇÃO Suprimentos Tecnologia Cabos Ópticos Fs Tto GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 1/18

Leia mais

Intercambiador de Calor

Intercambiador de Calor C6-003 Intercambiador de Calor Séries ICH-DX, ICV-DX Expansão Direta TROX DO BRASIL LTDA. Rua Alvarenga, 2025 05509-005 São Paulo SP Fone: (11) 3037-3900 Fax: (11) 3037-3910 E-mail: trox@troxbrasil.com.br

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual ASSENG - Assessoria de Engenharia 2012-2013 SECRETARIA DA CASA CIVIL Sumário 1.0 Placas de PVC 1.1 Placas 30x10 cm 1.2 Placas 20x25 cm 1.3 Placas 50x15 cm 1.4 Placas 100x30

Leia mais

Forum Ibp Tanques de Armazenamento Colapso de Teto Flutuante

Forum Ibp Tanques de Armazenamento Colapso de Teto Flutuante Dreno Articulado: trancamento da junta e dobramento do tubo de drenagem Luis Carlos Greggianin Novembro 2016 p 1 Melhorias: Instalação de Dreno Flexível 16/02/2012 5ª feira Revestimento Externo: 5 mm de

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA UNIUV

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA UNIUV CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA UNIUV Reforma da caixa d agua MEMORIAL DESCRITIVO Dezembro/2014 INFORMAÇÕES GERAIS A obra de que trata o presente memorial descritivo, é da reforma da Caixa d'água

Leia mais

Dicas para montagem das telhas

Dicas para montagem das telhas Dicas para montagem das telhas ESTOQUE VARIADO E À PRONTA ENTREGA Fundada em 1976 na cidade de Aparecida de Goiânia/GO, a Metalforte começou a sua história como uma indústria metalúrgica de carretas agrícolas.

Leia mais

G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R I C O É P A Í S S E M P O B R E Z A QUADRA ESCOLAR 02 CGEST - C Geral de Infraestrutura Educacional PLANTA BAIXA, CORTE A-B e DETALHES EST FORMATO A1 (841 X 594) R.01

Leia mais

Parafuso autoperfurante TA 3,5x25mm. Massa para tratamento de juntas com fita de papel microperfurado. Fita de isolamento Montante

Parafuso autoperfurante TA 3,5x25mm. Massa para tratamento de juntas com fita de papel microperfurado. Fita de isolamento Montante Parede Knauf W111 - Detalhes Técnicos Corte Vertical Detalhe - Junta de chapas estrutura simples TA 3,5x25mm TA 3,5x25mm com fita de com fita de Detalhe - Encontro com parede TA 3,5x25mm Parafuso com bucha

Leia mais

Varycontrol Caixas VAV

Varycontrol Caixas VAV 5/3/P/4 Varycontrol Caixas VAV Para Sistemas de Volume Variável Série TVR TROX DO BRASIL LTDA. Rua Alvarenga, 2025 05509-005 São Paulo SP Fone: (11) 3037-3900 Fax: (11) 3037-3910 E-mail: trox@troxbrasil.com.br

Leia mais

Página 1 de 7. Código: MS Revisão: 01 Data: 14/12/2015. Laudo Técnico

Página 1 de 7. Código: MS Revisão: 01 Data: 14/12/2015. Laudo Técnico Página 1 de 7 Laudo Técnico Assunto: Ensaio acústico para Nível de Pressão Sonora de Impacto Padronizado Ponderado (L ntw ), conforme determinado pela Norma de Desempenho de Edificações NBR 15.575, seguindo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Convênio: Obra: Fabricação e Instalação de 2 Paradas de Ônibus. Local: Av. Dr. Waldomiro Graeff. O presente memorial descritivo e especificações técnicas tem

Leia mais

Aula 2 - Tensão Normal e de Cisalhamento.

Aula 2 - Tensão Normal e de Cisalhamento. Aula 2 - Tensão Normal e de Cisalhamento. A - TENSÃO NORMAL MÉDIA 1. Exemplo 1.17 - A luminária de 80 kg é sustentada por duas hastes, AB e BC, como mostra a figura 1.17a. Se AB tiver diâmetro de 10 mm

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ACESSIBILIDADE ARQ. CÉSAR LUIZ BASSO

MEMORIAL DESCRITIVO ACESSIBILIDADE ARQ. CÉSAR LUIZ BASSO MEMORIAL DESCRITIVO ACESSIBILIDADE RESPONSÁVEL: ARQ. CÉSAR LUIZ BASSO CREA/CAU: A5819-0 CONTRATANTE: OBRA: CAMPUS EIRUNEPÉ LOCAL: AMAZONAS 1 CONTROLE DE REVISÕES REVISÃO DATA DESCRIÇÃO 00 26/08/2016 EMISSÃO

Leia mais

Elaborado por Aprovado por N INF Data Página(s) Felipe Anjos Andre Puquevicz INF WLO /07/

Elaborado por Aprovado por N INF Data Página(s) Felipe Anjos Andre Puquevicz INF WLO /07/ Elaborado por Aprovado por N INF Data Página(s) Felipe Anjos Andre Puquevicz INF WLO 2015.01 27/07/2015 10 Melhorias implementas nas carregadeiras de rodas LG936L e LG938L Com o objetivo de melhor atender

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES ANEXO - I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES 1 - OBJETIVO: Tem este o objetivo de esclarecer e orientar os diversos serviços para a construção de um abrigo para o grupo gerador de 380/220 V, 55 KVA e interligações

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza

MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza OBJETIVO: O presente memorial descritivo destina-se a estabelecer as etapas necessárias, juntamente com sua descrição, para contratação de mão

Leia mais

agrupados Nº DET 1

agrupados Nº DET 1 CAIXA COM TAMPA VISTA SUPERIOR 22 100 27 53 FURO PARA LACRE Ø2 20 VISTA LATERAL DIREITA ROSCA W 1/4" PARA PARAFUSO DE SEGURANÇA 11 DET 1 VISTA INFERIOR DET 1 Código 6790320 Nº Data Revisões Aprov.: Vanderlei

Leia mais

Eliminadores de gotas. Enchimentos de contato. Bicos aspersores Sistemas de distribuição Perfis pultrudados Dutos Aros

Eliminadores de gotas. Enchimentos de contato. Bicos aspersores Sistemas de distribuição Perfis pultrudados Dutos Aros Enchimentos de contato Eliminadores de gotas Bicos aspersores Sistemas de distribuição Perfis pultrudados Dutos Aros Hélices Manutenção preventiva e corretiva Recapacitação ou retrofit Balanceamento dinâmico

Leia mais

Manual de Instalação Adelift Light com Divisória de Lona

Manual de Instalação Adelift Light com Divisória de Lona Página 1 de 13 Objetivo: O objetivo desse manual é ajudar na identificação dos componentes e orientar os procedimentos para instalação do sistema Adelift Light, e sua divisória, no implemento rodoviário.

Leia mais

Pensou em fornecedor de telas expandidas e chapas perfuradas, pensou Experte Metais. Catálogo Experte

Pensou em fornecedor de telas expandidas e chapas perfuradas, pensou Experte Metais. Catálogo Experte O Cliente em 1º Lugar desde 1991 Fundada em 1991 na cidade de São Paulo a Experte iniciou suas atividades com telas para antena parabólica. Hoje é uma empresa especializada em telas expandidas e perfuradas,

Leia mais

SÉRIE RF 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 2 FOLHAS BATENTE

SÉRIE RF 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 2 FOLHAS BATENTE SÉRIE RF SÉRIE RF 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 2 FOLHAS BATENTE SÉRIE RF 1 2 3 4 Fotografias gerais e pormenores SÉRIE RF 5 6 7 Fotografias gerais e pormenores 6 1 FOLHA / 2

Leia mais

Difusor de jato de ar de longo alcance

Difusor de jato de ar de longo alcance 1/5/P/4 Difusor de jato de ar de longo alcance Série DUE TROX DO BRASI TDA. Rua Alvarenga, 2.025 05509-005 - São Paulo - SP Fone: (11) 3037-3900 Fax: (11) 3037-3910 E-mail: trox@troxbrasil.com.br Site:

Leia mais

CAIXA PADRÃO DAE PARA HIDRÔMETROS

CAIXA PADRÃO DAE PARA HIDRÔMETROS CAIXA PADRÃO DAE PARA HIDRÔMETROS ETM 007 VERSÃO 2 Jundiaí 2014 ETM-007 Sumário 1 Objetivo...2 2 Referências normativas...2 3 Definições...2 4 Requisitos gerais...2 Requisitos da caixa padrão DAE S/A para

Leia mais

3 Medidas, Proporções e Cortes

3 Medidas, Proporções e Cortes 3 Medidas, Proporções e Cortes 3.1 Garagens A Figura 3.1 apresenta algumas dimensões que podem ser usadas para projetos de garagens. Em geral, para projetos residenciais, podem-se usar as dimensões de

Leia mais

Ventiladores. espirovent VENTILADORES INDUSTRIAIS DUTOS E VENTILADORES INDUSTRIAIS

Ventiladores. espirovent VENTILADORES INDUSTRIAIS DUTOS E VENTILADORES INDUSTRIAIS Ventiladores LIMIT LOAD espirovent uma MARCA do grupo DUTOS E Descricao e Nomenclatura Ventiladores LIMIT LOAD Perspectiva Geral Os ventiladores das series ELSC/ELDC, respectivamente de pás retas inclinadas

Leia mais

Informação Ferragens para portas de vidro

Informação Ferragens para portas de vidro Informação Ferragens para portas de vidro para porta de vidroferragens para porta de vidro StarTecInformationPreise Verfügbarkeit BestellungPlanung, KonstruktionMaßangaben unverbindlich. Konstruktionsänderungen

Leia mais

SISTEMAS VERT ICAIS. 25_Cremalheiras 49_Double Slot 65_Cable

SISTEMAS VERT ICAIS. 25_Cremalheiras 49_Double Slot 65_Cable SISTEMAS VERT ICAIS Os Sistemas Verticais da INSTANT SHOP criam uma clara divisão visual com linhas verticais. Os suportes podem ser movidos livremente oferecendo uma utilização extremamente econômica

Leia mais

FOLDER JJ BARROSO LTDA - ME

FOLDER JJ BARROSO LTDA - ME FOLDER Item 01: Mesa reunião redonda Mesa reunião para restaurante com diâmetro de 900 mm e altura de 750 mm com apoio. Tampo em MDF, com espessura de 25 mm, revestida com laminado melamínico de baixa

Leia mais

Grupos de aspiração. Ventiladores: Centrífugos de dupla ou simples entrada com motor directamente acoplado.

Grupos de aspiração. Ventiladores: Centrífugos de dupla ou simples entrada com motor directamente acoplado. GRUPOS DE ASPIRAÇÃO NOVOS GRUPOS DE ASPIRAÇÃO PAINÉIS DUPLOS COM ISOLAMENTO INTERIOR VENTILADORES DE DUPLA ENTRADA COM MOTORES FECHADOS GOLA DE DESCARGA CIRCULAR OU RECTANGULAR Grupos de aspiração DD Estrutura:

Leia mais

COBERTURAS. Professoras: Natália e Verônica

COBERTURAS. Professoras: Natália e Verônica COBERTURAS Professoras: Natália e Verônica DEFINIÇÃO A cobertura de uma estrutura tem a múltipla função de proteger a construção contra agentes externos, definir os aspectos arquitetônicos da estrutura

Leia mais

Intercambiador de Calor

Intercambiador de Calor C6-004 Intercambiador de Calor Séries ICH, ICV Linha Leve TROX DO BRASIL LTDA. Rua Alvarenga, 2025 05509-005 São Paulo SP Fone: (11) 3037-3900 Fax: (11) 3037-3910 E-mail: trox@troxbrasil.com.br www.troxbrasil.com.br

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PEDESTAL VISOGRAF V1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO 1 CARACTERÍSTICAS: - Fabricado em aço. - Acabamento em pintura eletrostática nas cores preta ou prata. - Prateleiras em vidro fumê 240 x 240 x 6 mm. - Pés reguláveis

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO MA ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-492/2 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO MA ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-492/2 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO MA ERG-01 NÚMERO: 122003 DESENHO: DT-492/3 EMISSÃO: JAN/2012 VALIDADE: JAN/2017 REVOGA: 082116 REVOGA DESENHO: DT-492/2

Leia mais

Rev.0. Estantes cantoneira

Rev.0. Estantes cantoneira Estantes cantoneira O sistema de estantes em cantoneira foi concebido tendo em vista as necessidade de armazenagem nas indústrias, oficinas, armazéns, etc, tendo em vista uma solução económica. A solução

Leia mais

Atenuadores Sonoros. Elevada redução de ruído no escoamento de fluidos INTRODUÇÃO. Descrição Técnica. Atenuadores Dissipativos

Atenuadores Sonoros. Elevada redução de ruído no escoamento de fluidos INTRODUÇÃO. Descrição Técnica. Atenuadores Dissipativos Elevada redução de ruído no escoamento de fluidos INTRODUÇÃO Os atenuadores são dispositivos acústicos projectados para garantirem a atenuação do ruído que se propaga no escoamento de fluidos. Algumas

Leia mais

K-FLEX K-FLEX K-FONIK SYSTEM 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO

K-FLEX K-FLEX K-FONIK SYSTEM 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO K-FONIK SYSTEM Aplicações: - Canalizações e sistemas de drenagem - Tubulação industrial, maquinaria civil e industrial - Isolamento acústico para paredes

Leia mais

DECLARAÇÃO DE DESEMPENHO

DECLARAÇÃO DE DESEMPENHO Hilti. Melhor desempenho. Maior duração. EN 170 DECLARAÇÃO DE DESEMPENHO em conformidade com o Anexo III do Regulamento (UE) n.º 305/2011 (Regulamento dos Produtos de Construção) 1. Código de identificação

Leia mais