EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 001/2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 001/2015"

Transcrição

1 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 001/2015 O Instituto Pauline Reichstul IPR torna público que estão abertas as inscrições para os processos seletivos de pessoal para atuação nos seguintes projetos: i) Rede de Cooperação de Empreendimentos Econômico Solidários da Região Metropolitana de Belo Horizonte Rede COOPEES-RMBH, referente ao convênio nº /2013, firmado entre o IPR e a Secretaria Nacional de Economia Solidária/Ministério de Trabalho e Emprego. Resumo: o projeto tem como objetivo fortalecer os Empreendimentos Econômicos Solidários, através da articulação em Redes de Cooperação, buscando a melhoria na qualidade da gestão das cadeias produtivas e no acesso à mercados institucionais e cadeias curtas de comercialização, bem como na articulação das mulheres empreendedoras. Atividades de formação, capacitação e assessoria técnica serão desenvolvidas, bem como a criação de canais permanentes e diretos de comercialização, visando a melhoria na geração de renda, profissionalização das ações desenvolvidas pelos Empreendimentos Econômicos Solidários e na qualidade de vida de seus participantes. ii) Ações Integradas de Economia Solidária, referente ao convênio de cooperação mútua firmado entre o IPR e a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento/Secretaria Municipal Adjunta de Trabalho e Emprego, para execução das ações do convênio PBH SENAES/MTE nº 00022/2012 SICONV nº /2012. Resumo: o projeto visa implementação de metodologia focada na inclusão produtiva do público prioritário, no desenvolvimento e fortalecimento de iniciativas da Economia Solidária e, sobretudo, que possibilite a formatação de uma política pública caracterizada pela integração, pela transversalidade e plurissetorialidade da ação

2 governamental, como estratégia de promoção do desenvolvimento local e territorial sustentável visando a superação da extrema pobreza. As vagas estão descriminadas de acordo com as especificações a seguir: Projeto Rede COOPEES-RMBH : a) Nível Superior: Assessor(a) Técnico(a): 1 b) Nível Médio: Estagiário(a): 1 Projeto Ações Integradas de Economia Solidária : a) Nível Superior: Assessor(a) de Finanças e Contabilidade: 1 b) Nível Técnico: Assessor(a) para Confecção e Vestuário: 1 Assessor(a) para Produção e Processamento de Alimentos: 1 1. Perfis Desejados e Informações Sobre as Vagas 1.1 Assessor(a) Técnico(a): Atividades: desempenhar as funções de mobilização do publico beneficiário; animação de atividades; organização de redes de cooperação econômica de empreendimentos econômicos solidários; desenvolvimento de atividades com mulheres; realização de visitas de assistência técnica; elaboração de diagnósticos de gestão e acesso a mercados; acompanhamento das atividades de três redes de cooperação de empreendimentos econômico solidários do Fórum Metropolitano de Economia Popular Solidária; acompanhamento da elaboração de planos de negócios; preparação e realização de cursos e oficinas; desenvolvimento de atividades de mobilização de público consumidor; escrita de relatórios técnicos e de atividades desenvolvidas; construção e alimentação de planilhas eletrônicas do SICONV; serviços outros relativos à sua função e

3 representar a entidade em atividades e eventos quando delegados pela sua diretoria. Exigências para participação: possuir formação em nível técnico ou superior, experiência em trabalhos com Economia Popular Solidária, conhecimento e trato pedagógico que lhe garantam possibilidade de boa relação com as pessoas, comunidades e grupos, no encaminhamento de suas funções e do programa; ter experiência em atividades sociais; domínio do programa de texto (Word), planilha eletrônica (Excel) e outros softwares compatíveis para o desenvolvimento da função; alimentação de planilhas eletrônicas do SICONV. Disponibilidade para viagens, dedicação exclusiva. Carga Horária: 40 horas semanais Local de trabalho: Escritório sede em Belo Horizonte e atividades de campo na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Salário: a combinar. 1.2 Estagiário(a): Atividades: mobilizar e sensibilizar a comunidade e os beneficiários acerca do desenvolvimento do projeto. Auxílio na preparação das atividades presentes no plano de trabalho. Tabulação de informações e dados. Organização dos formulários e documentos de comprovação física e financeira. Demais atividades indicadas pelo coordenador do projeto. Exigências para participação: Estar matriculado(a) em curso superior nas áreas de Humanas, Biológicas ou Exatas. Ter concluído pelo menos 40% da carga horária do curso. Preferência por pessoas com conhecimento sobre Economia Solidária, experiência em trabalhos sociais e em organizações não governamentais. Carga horária: 30 horas semanais Local de trabalho: Escritório sede em Belo Horizonte e atividades de campo na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Auxílio financeiro: a combinar

4 1.3 - Assessor(a) de Finanças e Contabilidade, Assessor(a) para Confecção e Vestuário, Assessor(a) para Produção e Processamento de Alimentos. Atividades: desempenhar as funções de mobilização do publico beneficiário; animação de atividades; organização de redes de cooperação econômica de empreendimentos econômicos solidários; desenvolvimento de atividades com mulheres; realização de visitas de assistência técnica; elaboração de diagnósticos de gestão e acesso a mercados; acompanhamento das atividades de três redes de cooperação de empreendimentos econômico solidários do Fórum Metropolitano de Economia Popular Solidária; acompanhamento da elaboração de planos de negócios; preparação e realização de cursos e oficinas; desenvolvimento de atividades de mobilização de público consumidor; escrita de relatórios técnicos e de atividades desenvolvidas; construção e alimentação de planilhas eletrônicas do SICONV; serviços outros relativos à sua função e representar a entidade em atividades e eventos quando delegados pela sua diretoria. Exigências para participação: possuir formação em nível técnico ou superior, experiência em trabalhos com Economia Popular Solidária, conhecimento e trato pedagógico que lhe garantam possibilidade de boa relação com as pessoas, comunidades e grupos, no encaminhamento de suas funções e do programa; ter experiência em atividades sociais; domínio do programa de texto (Word), planilha eletrônica (Excel) e outros softwares compatíveis para o desenvolvimento da função; alimentação de planilhas eletrônicas do SICONV. Disponibilidade para viagens, dedicação exclusiva. Carga Horária: 40 horas semanais Local de Trabalho: Município de Belo Horizonte, em territórios das regiões do Barreiro e de Venda Nova; escritório sede do IPR (bairr o Floresta) e Centro Público de Economia Solidária de Belo Horizonte (Av. dos Andradas, nº 367, 2º andar, Centro). Salário: a combinar Atividades Específicas: Assessor(a) de Finanças e Contabilidade

5 o Apresentar a Economia Solidária à população dos territórios e aos públicos em potencial, como possibilidade de organização com vistas à geração de trabalho e renda e constituição de empreendimentos solidários em diferentes segmentos econômicos (Produção e Processamento de Alimentos, Confecção, Reciclagem, Artesanato, etc.); o Identificar demandas e segmentos da população em potencial, dos territórios, para formação de empreendimento solidário compatíveis com as oportunidades e demandas comunitárias, dos mercados público, privado e não governamental; o Realizar diagnóstico, identificando limitações e analisando viabilidade das iniciativas econômicas e potencialmente solidárias, identificadas nos territórios; o Elaborar Plano de Assessoria Técnica, de área de atuação, que será implementado junto aos empreendimentos econômicos solidários apoiados; o Assessorar, in loco, os empreendimentos econômicos solidários apoiados, com informações sobre os processos intrínsecos da área técnica de atuação; o Apoiar os empreendimentos em sua organização inicial para que os participantes possam tomar decisão democrática e esclarecida sobre a formação (ou não) de EES, caso o grupo apresente grau insuficiente de organização autônoma para isto; o Acompanhar diretamente os EES, incluindo transferência de tecnologias de gestão adequadas ao contexto da economia solidária e dos saberes tradicionais (estudos de viabilidade, formação de preços, controle de fluxos financeiros, acesso a crédito, comercialização); o Orientar e auxiliar na elaboração de materiais de divulgação, de planos de ação, projetos de viabilidade e para captação de recursos; o Articular com instâncias de gestão compartilhada do projeto para, respeitandose os limites legais, viabilizar a inserção inicial dos empreendimentos e redes atendidas aos mercados público, privado e não governamental; o Promover a elaboração, a implantação e a documentação de normas e rotinas de funcionamento dos empreendimentos, particularmente o regimento interno, de maneira participativa; o Promover o treinamento de multiplicadores, integrantes dos empreendimentos, nas rotinas relacionadas à área técnica de atuação;

6 o Apoiar os empreendimentos no processo de legalização e na implantação de sistema de monitoramento por meio de indicadores sobre o próprio funcionamento; O Apoiar os empreendimentos para participação em redes de cooperação e em iniciativas do movimento de Economia Solidária; o Propor estratégias e promover ações de fomento para o público beneficiário, visando o acesso a informações, novas tecnologias e serviços; o Elaborar, conjuntamente com os grupos/empreendimentos ou responsáveis, relatórios técnicos; o Refletir, discutir e sistematizar as ações, a metodologia e as experiências vivenciadas, como uma das estratégias para efetivação da política de Economia Popular Solidária no município; Atividades específicas: Assessor(a) para Confecção e Vestuário; Assessor(a) para Produção e Processamento de Alimentos. o Assessorar os empreendimentos produtivos nas fases de definição e implantação dos sistemas de produção (processos, fluxos, equipamentos, planos de produção), apoiando-os em sua organização inicial e/ou aprimoramento da condição vigente; o Identificar as necessidades e preferências de mercados potenciais para adequação da produção dos empreendimentos; o Desenvolver rotinas e intermediar recursos, informações e assistência técnica para a capacitação e o desenvolvimento dos empreendimentos, e respectivos mecanismos de monitoramento para as seguintes áreas: a) Desenvolvimento de supervisores (as) de produção nos empreendimentos; b) Gestão de estoques: matéria-prima, insumos e produtos acabados; c) Treinamento para os integrantes dos empreendimentos em atividades relacionadas à produção; d) Redução nos custos dos produtos; e) Rotinas gerenciais do processo produtivo desde o desenvolvimento até a entrega do produto; f) Planejamento do processo produtivo, prazos de entrega, estoques e rotinas através de indicadores de produtividade apontando possíveis gargalos e soluções nos processos.

7 o Criar e implementar mecanismos de acompanhamento e monitoramento da capacidade técnica dos empreendimentos apoiados, visando identificar potencialidades e fragilidades para a melhoria dos processos produtivos (qualidade e eficiência); o Traduzir os requerimentos de produtos do mercado à organização da produção dos empreendimentos; o Supervisionar dos processos produtivos de empreendimentos e/ou redes econômicas solidárias; o Desenvolver e implementar os processos relacionados ao gerenciamento da logística; o Mobilizar para a organização de redes de cooperação; o Orientar a formação de cadeias produtivas solidárias; 2. Etapas do Processo Seletivo Análise de currículo e entrevista, em sequência eliminatória. 3. Procedimentos para Inscrição a) Envio de currículo até às 23h59min do dia 04/02/2015, EXCLUSIVAMENTE para o b) O(A) PARTICIPANTE DEVERÁ FAZER REFERÊNCIA A ESTE EDITAL NO ASSUNTO DO COMO NO EXEMPLO A SEGUIR: Ref. Edital 001/2015 Seleção Assessor(a) Técnico(a), inserindo no corpo do texto qual o cargo pretendido, COM O RISCO DE EXCLUSÃO DO PROCESSO SELETIVO CASO NÃO ATENDA ESSAS ORIENTAÇÕES. c) Caso o(a) candidato(a) seja selecionado(a) para entrevista, este(a) deverá entregar à comissão de seleção as certificações descritas no currículo, em caráter obrigatório (certificados, diplomas, comprovantes de experiências, entre outros documentos que julgar necessário conforme edital).

8 Quadro Resumido: Lançamento do Edital 19/01/2015 Envio dos Currículos Até o dia 04/02/2015 Resultado da Análise Curricular 09/02/2015 Entrevistas De 10/02/15 a 13/02/15 Expectativa de Divulgação do Resultado 14/02/2015 Início das Atividades 15/02/2015 O Instituto Pauline Reichstul não se responsabiliza pelos currículos cujo recebimento aconteça após a data limite de prazo. Entidade. Os casos omissos neste edital serão deliberados pela Diretoria da Telefone para contato: (31) OBS: Os(as) contratados(as) se submeterão a um período de experiência de 45 dias (podendo ser prorrogado), passando desse período, será contratado ou não de acordo com interesse das partes. A convocação dos(as) candidatos(as) será de acordo com o calendário interno do Instituto Pauline Reichstul, não se obrigando a seguir, necessariamente, o calendário previamente estipulado. Belo Horizonte-MG, 19 de janeiro de 2015 Pedro de Freitas Moreira Diretor Presidente

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 O Presidente do Instituto Pauline Reichstul-IPR, torna público que receberá inscrições para o processo seletivo de pessoal para atuação no projeto Ações Integradas

Leia mais

Agenda. Contexto. O Nordeste Territorial. Fórum de Governança da Atividade Econômica. Formas de Financiamento

Agenda. Contexto. O Nordeste Territorial. Fórum de Governança da Atividade Econômica. Formas de Financiamento Agenda Contexto O Nordeste Territorial Fórum de Governança da Atividade Econômica Formas de Financiamento Área de atuação do BNB Nordeste: 1.554,4 mil Km 2 Semi-árido: 974,4 mil Km 2 (62,7% do território

Leia mais

2.1. Subcoordenador Técnico Operacional (Código STO) 1 vaga Atribuições:

2.1. Subcoordenador Técnico Operacional (Código STO) 1 vaga Atribuições: PRORROGAÇÃO DO EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTAS PROJETO CVDS Manaus, 24 de Novembro de 2014. 1. CONTEXTUALIZAÇÃO O Centro Vocacional para o Desenvolvimento Sustentável (CVDS), trata-se de um projeto piloto

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) - TECN MCT 1 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) - TECN MCT 1 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) - TECN 3.1.6 - MCT 1 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Prestação de serviços de pessoa física para a elaboração de documento

Leia mais

FUNDAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS, PESQUISAS E ESTUDOS TECNOLÓGICOS - COPPETEC.

FUNDAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS, PESQUISAS E ESTUDOS TECNOLÓGICOS - COPPETEC. FUNDAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS, PESQUISAS E ESTUDOS TECNOLÓGICOS - COPPETEC. CHAMADA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE AGENTES DE DESENVOLVIMENTO SOLIDÁRIO DO PROJETO BRASIL LOCAL ETNODESENVOLVIMENTO E ECONOMIA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL 005/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL 005/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL 005/2016 A Associação das Cooperativas de Apoio a Economia Familiar - ASCOOB, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA Secretaria Nacional de Economia Solidária Ministério do Trabalho e Emprego Seu tamanho no Brasil 21.859 EES 1,7 Milhão de Pessoas 2.934 municípios (52%)

Leia mais

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS Escolaridade de nível superior de acordo com a NOB/RH/2006

Leia mais

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO SECIS SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARA INCLUSÃO SOCIAL

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO SECIS SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARA INCLUSÃO SOCIAL MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO SECIS SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARA INCLUSÃO SOCIAL PROJETOS ESTRUTURANTES CVTs CENTROS VOCACIONAIS TECNOLÓGICOS O QUE É O CVT? É um espaço voltado

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 06/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 06/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 06/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 06/2014 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

EDITAL PIBID-UFBA Nº 13/2016 SELEÇÃO DE SUPERVISORES

EDITAL PIBID-UFBA Nº 13/2016 SELEÇÃO DE SUPERVISORES UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO A DOCÊNCIA EDITAL PIBID-UFBA Nº 13/2016 SELEÇÃO DE SUPERVISORES A Pró-Reitoria de Ensino

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 028/2014

EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 028/2014 EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 028/2014 O Instituto Agropolos do Ceará, entidade de direito privado e sem fins econômicos, inscrito no CNPJ sob nº 04.867.567/0001-10, qualificado como Organização Social através

Leia mais

APOIO E FOMENTO ÁS INICIATIVAS DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS COM BASE EM BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0013/2015) - REPETIÇÃO

APOIO E FOMENTO ÁS INICIATIVAS DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS COM BASE EM BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0013/2015) - REPETIÇÃO INSTITUTO PALMAS DE DESENVOLVIMENTO E SOCIOECONOMIA SOLIDÁRIA Av. Val Paraíso, 698, Conjunto Palmeira Fortaleza-CE CEP 60870-440 bancopalmas@bancopalmas.org.br / 55 85 3459-4848 CNPJ 05705438/0001-99 APOIO

Leia mais

EDITAL 009/2016 UNICAFES/SENAES-MTE

EDITAL 009/2016 UNICAFES/SENAES-MTE EDITAL 009/2016 UNICAFES/SENAES-MTE A UNIÃO NACIONAL DE COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR E ECONOMIA SOLIDÁRIA (Unicafes), inscrita no CNPJ sob o n. 07.738.836/0001-37 torna público a abertura de inscrições

Leia mais

Estrutura Geral do Projeto. Propostas e iniciativas internacionais

Estrutura Geral do Projeto. Propostas e iniciativas internacionais Usos Inovadores do Gás Natural (GN) Promoção da eficiência energética em Arranjos Produtivos Locais (APLs) Temas Estrutura Geral do Projeto As investigações em Viena As investigações em Viena Propostas

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PESSOAL

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PESSOAL EDITAL PARA SELEÇÃO DE PESSOAL A Fundação de Apoio à Pesquisa e à Extensão FAPEX, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, inscrita no CNPJ sob o nº 14.645.162/0001-91, com sede na Rua

Leia mais

Escrito por Administrator Seg, 22 de Novembro de :55 - Última atualização Seg, 22 de Novembro de :09

Escrito por Administrator Seg, 22 de Novembro de :55 - Última atualização Seg, 22 de Novembro de :09 MISSÃO O Serviço Social tem como missão dar suporte psico-social e emocional ao colaborador e sua família. Neste sentido, realiza o estudo de casos, orientando e encaminhando aos recursos sociais da comunidade,

Leia mais

APOIO E FOMENTO ÁS INICIATIVAS DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS COM BASE EM BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO EDITAL DE SELEÇÃO (Nº.

APOIO E FOMENTO ÁS INICIATIVAS DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS COM BASE EM BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. INSTITUTO PALMAS DE DESENVOLVIMENTO E SOCIOECONOMIA SOLIDÁRIA Av. Val Paraíso, 698, Conjunto Palmeira Fortaleza-CE CEP 60870-440 bancopalmas@bancopalmas.org.br / 55 85 3459-4848 CNPJ 05705438/0001-99 APOIO

Leia mais

Mais que uma agência, a sua consultoria!

Mais que uma agência, a sua consultoria! 2016149 - Analista de Negócio Idade Mínima:18 Requisitos - Ensino Superior em Ciências Contábeis - Experiências na área contábil e fiscal Atividades - Prestar suporte as áreas de negócio da empresa. -

Leia mais

Edital de Seleção de Pessoal 001/2008

Edital de Seleção de Pessoal 001/2008 Jacobina/BA, 25 de Agosto de 2008. Edital de Seleção de Pessoal 001/2008 A Comissão de Seleção de Pessoal da COFASPI - Cooperativa de Assistência a Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte, instituída

Leia mais

PROJETO. #SouAlterosa

PROJETO. #SouAlterosa EDITAL 03/2016 DIST II DESENVOLVIMENTO INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DO TERRITÓRIO PROJETO #Sou Contratação de Agente comunitário 1. Objetivo do Projeto O Projeto #Sou tem por objetivo contribuir para a melhoria

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009

PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009 PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009 Estabelece orientações para a implementação do Plano Nacional de Promoção das Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade, e dá outras

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 10/2014 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

Regionalização e Segmentação do Turismo. Natal, 23 de março de 2010

Regionalização e Segmentação do Turismo. Natal, 23 de março de 2010 Regionalização e Segmentação do Turismo Natal, 23 de março de 2010 Núcleo Estratégico do Turismo Nacional Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo Ministério do Turismo MTur Conselho

Leia mais

Nove áreas temáticas do programa

Nove áreas temáticas do programa Nove áreas temáticas do programa Com base no Plano de Ação FLEGT da União Europeia, a gerência do programa estabeleceu nove áreas temáticas apoiadas pelo programa. Sob cada tema, há uma lista indicativa

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional

Plano de Desenvolvimento Institucional Plano de Desenvolvimento Institucional Âmbito de atuação Missão Visão Elementos Duráveis Princípios Elementos Mutáveis (periodicamente) Análise Ambiental Objetivos Estratégicos Metas Planos de Ação PDI

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE NEGÓCIOS DA ICEI PUC MINAS - 12 EDIÇÃO/2016

EDITAL PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE NEGÓCIOS DA ICEI PUC MINAS - 12 EDIÇÃO/2016 EDITAL PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE NEGÓCIOS DA ICEI PUC MINAS - 12 EDIÇÃO/2016 O Programa de Pré-Aceleração de Negócios da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e o programa de empreendedorismo

Leia mais

PORTARIA Nº 2.164, 30 de Setembro de Aprova o Regimento Interno da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos.

PORTARIA Nº 2.164, 30 de Setembro de Aprova o Regimento Interno da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos. PORTARIA Nº 2.164, 30 de Setembro de 2011 Aprova o Regimento Interno da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos. O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso de suas atribuições que lhes

Leia mais

Projeto Inclusão Social Urbana Nós do Centro. Prefeitura de São Paulo União Européia

Projeto Inclusão Social Urbana Nós do Centro. Prefeitura de São Paulo União Européia Projeto Inclusão Social Urbana Nós do Centro Prefeitura de São Paulo União Européia Histórico do Projeto Cooperação técnica bilateral da Prefeitura de São Paulo com a União Européia com duração de quatro

Leia mais

EQUIP Escola de Formação Quilombo dos Palmares

EQUIP Escola de Formação Quilombo dos Palmares PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 001/2016 A Escola de Formação Quilombo dos Palmares EQUIP, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério da

Leia mais

OBJETIVO ESTRATÉGICO 1: Identificar 80% do quadro de pessoal técnico-administrativo da UERJ em 6 meses.

OBJETIVO ESTRATÉGICO 1: Identificar 80% do quadro de pessoal técnico-administrativo da UERJ em 6 meses. SRH - SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS MISSÃO DA UNIDADE: Promover as políticas de recursos humanos contribuindo para o funcionamento e aprimoramento das atividades desenvolvidas pela Universidade.

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 001/2015 Projeto REDE BCDs Banco Comunitário de Desenvolvimento em Rede

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 001/2015 Projeto REDE BCDs Banco Comunitário de Desenvolvimento em Rede EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 001/2015 Projeto REDE BCDs Banco Comunitário de Desenvolvimento em Rede A FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA E À EXTENSÃO - FAPEX, pessoa jurídica de direito privado, inscrita

Leia mais

I SEMINÁRIO ESTADUAL SOBRE POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO. 1º de outubro de 2009

I SEMINÁRIO ESTADUAL SOBRE POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO. 1º de outubro de 2009 I SEMINÁRIO ESTADUAL SOBRE POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO 1º de outubro de 2009 (112 MUNICÍPIOS) (64 MUNICÍPIOS) (91 MUNICÍPIOS) (16 MUNICÍPIOS) (10 MUNICÍPIOS) (IDH Médio M Nacional = 0,766) Especificação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E EMPREGO FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO DE MINAS GERAIS UTRAMIG

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E EMPREGO FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO DE MINAS GERAIS UTRAMIG EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA O ATENDIMENTO NO LABORATÓRIO DO CURSOS TÉCNICO DE MEIO AMBIENTE UTRAMIG/DEP Nº 1/2016 1- A, inscrita sob o CNPJ 17.319.831/0001-23, com sede e foro nesta Capital,

Leia mais

ORIENTAÇÕES AVALIAÇÃO DA EQUIPE PRONATEC

ORIENTAÇÕES AVALIAÇÃO DA EQUIPE PRONATEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO- PRONATEC

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES FORMADORES E TUTORES PARA AS AÇÕES DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO UFAL.

EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES FORMADORES E TUTORES PARA AS AÇÕES DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO UFAL. EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES FORMADORES E TUTORES PARA AS AÇÕES DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO UFAL. A Pró-Reitoria de Extensão e o Centro de Educação da Universidade Federal de Alagoas

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 053/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 053/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 053/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

4.6. ATENDIMENTO ÀS METAS DO PLANO/PROGRAMA/PROJETO

4.6. ATENDIMENTO ÀS METAS DO PLANO/PROGRAMA/PROJETO 4.6. ATENDIMENTO ÀS METAS DO PLANO/PROGRAMA/PROJETO A planilha de atendimento às metas do projeto é apresentada na sequência. Metas Proporcionar os elementos necessários para que seja definido o processo

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 09/2016 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 05/2014 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

Programa de Fomento à Economia Solidária em São Carlos. Reynaldo Norton Sorbille

Programa de Fomento à Economia Solidária em São Carlos. Reynaldo Norton Sorbille Programa de Fomento à Economia Solidária em São Carlos Reynaldo Norton Sorbille reynaldo.sorbille@gmail.com ASPECTOS ESTRATÉGICOS DA POLÍTICA PÚBLICA DE FOMENTO A ECONOMIA SOLIDÁRIA * O desenvolvimento

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ

PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CARACTERÍSTICAS DO PROGRAMA Artigo 1º - O Programa de Monitoria, mantido pela Faculdade de Medicina de Itajubá,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO - TOR/OEI/MEC/FNDE/DIPRO/

Leia mais

COOPERATIVISMO. COORDENADORA Nora Beatriz Presno Amodeo

COOPERATIVISMO. COORDENADORA Nora Beatriz Presno Amodeo COOPERATIVISMO COORDENADORA Nora Beatriz Presno Amodeo npresno@ufv.br 86 Currículos dos Cursos do CCA UFV Bacharelado ATUAÇÃO O Bacharel em Cooperativismo compete dirigir, fomentar e assessorar cooperativas,

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 097/2014

EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 097/2014 EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 097/2014 O Instituto Agropolos do Ceará, entidade de direito privado e sem fins econômicos, inscrito no CNPJ sob nº 04.867.567/0001-10, qualificado como Organização Social através

Leia mais

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I - construir uma sociedade livre, justa e solidária

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I - construir uma sociedade livre, justa e solidária Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I - construir uma sociedade livre, justa e solidária Constituição do Brasil O que é SCJS Uma Estrategia De Reconhecimento e

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 020/2015

PROCESSO SELETIVO Nº 020/2015 PROCESSO SELETIVO Nº 020/2015 REDE NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA E FEMINISTA A GUAYÍ, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, sediada na Rua José do Patrocínio 611, Bairro Cidade Baixa, Porto

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA 07/2016 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

EDITAL DE ABERTURA 07/2016 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS EDITAL DE ABERTURA 07/2016 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. DA REALIZAÇÃO A Escola de Governo (EG), através da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH),

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA. Dispõe sobre a oferta de vagas acadêmicas para monitoria do I Encontro de Enfermagem Obstétrica e Neonatal da Paraíba.

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA. Dispõe sobre a oferta de vagas acadêmicas para monitoria do I Encontro de Enfermagem Obstétrica e Neonatal da Paraíba. EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA Dispõe sobre a oferta de vagas acadêmicas para monitoria do I Encontro de Enfermagem Obstétrica e Neonatal da Paraíba. CONSIDERANDO a realização desta monitoria como uma

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 A Presidente do Conselho Superior Universitário da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, no uso de suas atribuições regimentais, considerando

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA nº. 02/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA / SISTEMA WEB

COTAÇÃO PRÉVIA nº. 02/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA / SISTEMA WEB Rua Francílio Dourado, 11 - Sala 10 Água Fria - Fortaleza, Ceará, Brasil CEP: 60813-660 Telefone: +55 (85) 3114.9658 http://abraca.autismobrasil.org/ COTAÇÃO PRÉVIA nº. 02/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL CONTRATAÇÃO DE ASSESSOR TÉCNICO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 03/2016 -

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL CONTRATAÇÃO DE ASSESSOR TÉCNICO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 03/2016 - EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL CONTRATAÇÃO DE ASSESSOR TÉCNICO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 03/2016 - A UNICAFES torna pública a realização de Cotação Eletrônica nº 03/2016 - do Tipo Melhor Técnica para contratação

Leia mais

Política Territorial da Pesca e Aquicultura

Política Territorial da Pesca e Aquicultura Política Territorial da Pesca e Aquicultura Esplanada dos Ministérios, bloco D, CEP 70.043-900 - Brasília/DF Telefone: (61) 3218-3865 Fax (61)3218-3827 www.mpa.gov.br comunicacao@mpa.gov.br APRESENTAÇÃO

Leia mais

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL NOVO PROGRAMA Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL 2014-2018 1 PETROBRAS Fundada em 1953, a partir de uma campanha popular O petróleo é nosso. Empresa integrada de energia Sociedade anônima de capital aberto

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 052/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 052/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 052/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

CENTRO DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (CEDECA RIO DE JANEIRO)

CENTRO DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (CEDECA RIO DE JANEIRO) CENTRO DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (CEDECA RIO DE JANEIRO) CNPJ Nº 10.832.372/0001-38 EDITAL Nº 001 /2017 O CENTRO DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CEDECA RJ, no

Leia mais

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 001/2016 PARA SELEÇÃO DE SUPERVISORES MÉDICOS PARA O PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA (PROVAB) COORDENADO PELO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

REDE DE CONTROLE DA GESTÃO PÚBLICA PARANÁ. Regimento Interno TÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO E DOS OBJETIVOS

REDE DE CONTROLE DA GESTÃO PÚBLICA PARANÁ. Regimento Interno TÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO E DOS OBJETIVOS TÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO E DOS OBJETIVOS Art. 1º. A Rede de Controle da Gestão Pública, constituída como espaço colegiado e permanente no âmbito do Estado do Paraná, formada por órgãos/instituições integrantes

Leia mais

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob:

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: 1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: a) visa estabelecer diretrizes sistêmicas aplicáveis à execução do Planejamento Estratégico em vigência, no que se refere às ações de

Leia mais

EDITAL Nº 13/UNOESC-R/2016

EDITAL Nº 13/UNOESC-R/2016 EDITAL Nº 13/UNOESC-R/2016 Dispõe sobre processo de seleção de acadêmico(s) do Curso de Direito da Unoesc Campus de Joaçaba, para realizar estágio não obrigatório na Defensoria Pública. A UNIVERSIDADE

Leia mais

LIZANE SOARES FERREIRA. MBA em Gestão Empresarial - Fundação Getúlio Vargas (FGV)

LIZANE SOARES FERREIRA. MBA em Gestão Empresarial - Fundação Getúlio Vargas (FGV) Brasileira, solteira, 39 anos E-mail: lizaneferreira@hotmail.com LIZANE SOARES FERREIRA Formação: MBA em Gestão Empresarial - Fundação Getúlio Vargas (FGV) Especialista em Comércio Exterior com Ênfase

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. A FEEES e o Movimento Espírita do Estado do Espírito Santo

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. A FEEES e o Movimento Espírita do Estado do Espírito Santo FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO A FEEES e o Movimento Espírita do Estado do Espírito Santo A Federação Espírita do Espírito Santo, fundada em 1921, é constituída pelo Conselho Estadual e

Leia mais

EDITAL N. 11 /2013. Este edital entrará em vigor a partir desta data, revogando os dispositivos anteriores. Curitiba, 15 de abril de 2013

EDITAL N. 11 /2013. Este edital entrará em vigor a partir desta data, revogando os dispositivos anteriores. Curitiba, 15 de abril de 2013 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ Reconhecida pelo Decreto Governamental n.º 70.906 de 01/08/72 e Portaria n.º 1.062

Leia mais

FATEC-CARAPICUÍBA. Doc. 1 REGIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

FATEC-CARAPICUÍBA. Doc. 1 REGIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO FATEC-CARAPICUÍBA Doc. 1 REGIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO ASTI (Jogos, Segurança, Bacharel, SI) CURSO ADS (Análise e Desenvolvimento de Sistemas) 2 1. DA NATUREZA DO ESTÁGIO 1.1 O estágio curricular

Leia mais

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências Wanessa Dose Bittar Formação -Especializada em Engenharia de Produção ( UFJF) -Graduada em Educação Artística ( UFJF) -Técnica em Design ( CTU) Cursos Extras -Educação Empreendedora pelo Endeavor Brasil

Leia mais

REGULAMENTO DE EXTENSÃO DA FACULDADE ASCES CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E OBJETIVOS

REGULAMENTO DE EXTENSÃO DA FACULDADE ASCES CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E OBJETIVOS REGULAMENTO DE EXTENSÃO DA FACULDADE ASCES CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E OBJETIVOS Art 1º. A Extensão Acadêmica se constitui em uma prática permanente de interação universidade-sociedade, articulada ao ensino

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE BACABEIRA-MA - Plano de Trabalho - PLANO DE TRABALHO. Bacabeira-MA

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE BACABEIRA-MA - Plano de Trabalho - PLANO DE TRABALHO. Bacabeira-MA PLANO DE TRABALHO Bacabeira-MA 2015 1. INTRODUÇÃO O presente Plano de Trabalho refere-se ao contrato firmado entre a Prefeitura Municipal de Bacabeira e a empresa de consultoria especializada de razão

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Saúde

Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Saúde EDITAL Nº 019/2014 Processo Seletivo Simplificado para preenchimento de cargos em caráter temporário, para compor a Rede Municipal de Saúde, respaldado no art. 37, inciso IX, da Constituição Federal, art.

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Esportes e Lazer. Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº /06, nº /06 e nº 16.

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Esportes e Lazer. Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº /06, nº /06 e nº 16. - REGIMENTO INTERNO Secretaria de Esportes e Lazer Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº 12.660/06, nº 12.979/06 e nº 16.385/15 I - Secretaria Executiva: - auxiliar e assessorar o Secretário Municipal

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº CONSU, DE 07 DE AGOSTO DE 2009.

RESOLUÇÃO Nº CONSU, DE 07 DE AGOSTO DE 2009. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI CONSU RESOLUÇÃO Nº. 16 - CONSU, DE 07 DE AGOSTO DE 2009. Aprova o Regimento interno da Diretoria de Relações Internacionais

Leia mais

CRAS. Rua São Caetano 822 Jardim Alvorada - Fone Programa de Atenção Integral á família - PAIF

CRAS. Rua São Caetano 822 Jardim Alvorada - Fone Programa de Atenção Integral á família - PAIF CRAS O Centro de Referência da Assistência Social é uma unidade publica estatal que atende em áreas específicas com maior vulnerabilidade social. Oferece serviços destinados á família, dentre eles, o Programa

Leia mais

EDITAL Nº 024/ PROCESSO DE BUSCA PARA PREENCHIMENTO DE UMA VAGA PARA FUNÇÃO GRATIFICADA DE COORDENADOR DE RECURSOS HUMANOS

EDITAL Nº 024/ PROCESSO DE BUSCA PARA PREENCHIMENTO DE UMA VAGA PARA FUNÇÃO GRATIFICADA DE COORDENADOR DE RECURSOS HUMANOS EDITAL Nº 024/2012 - PROCESSO DE BUSCA PARA PREENCHIMENTO DE UMA VAGA PARA FUNÇÃO GRATIFICADA DE COORDENADOR DE RECURSOS HUMANOS O Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá IDSM está selecionando

Leia mais

EDITAL 002/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES

EDITAL 002/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES EDITAL 002/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES SETEMBRO 2015 A CHRONOS JR - EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, nos termos do Estatuto da Empresa Júnior

Leia mais

Brasília, 20 de novembro de

Brasília, 20 de novembro de NOTA TÉCNICA /2012 Redefine as diretrizes e normas para a organização e o funcionamento dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) no âmbito da Atenção Básica, cria a Modalidade NASF 3, e dá outras

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 043/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 043/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 043/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

EDITAL Nº 336, DE 31 DE AGOSTO DE 2016 SELEÇÃO INTERNA PARA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

EDITAL Nº 336, DE 31 DE AGOSTO DE 2016 SELEÇÃO INTERNA PARA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Diretoria de Educação a Distância EDITAL Nº 336, DE 31 DE AGOSTO DE 2016 SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

EDITAL Nº 05/2016. PROCESSO SELETIVO INTERNO DE MONITORES Monitoria de Setores

EDITAL Nº 05/2016. PROCESSO SELETIVO INTERNO DE MONITORES Monitoria de Setores EDITAL Nº 05/2016 PROCESSO SELETIVO INTERNO DE MONITORES Monitoria de Setores O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Campus Nilo Peçanha - Pinheiral, através da Diretoria

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE VAGAS PARA DOCENTES PARA O 2º SEMESTRE DE 2016 DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

PROCESSO DE SELEÇÃO DE VAGAS PARA DOCENTES PARA O 2º SEMESTRE DE 2016 DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE EDITAL N º 02/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE VAGAS PARA DOCENTES PARA O 2º SEMESTRE DE 2016 DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS. De ordem do

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA NATAL ARTICULADOR

TERMO DE REFERÊNCIA NATAL ARTICULADOR TERMO DE REFERÊNCIA NATAL ARTICULADOR PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA INDIVIDUAL EM ARTICULAÇÃO DE REDE INTERSETORIAL ALCOOL E DROGAS DESCENTRALIZADO I. CONTEXTO O decreto 7.179 de 2010 da Presidência

Leia mais

Seleção Interna nº 14/2013/SOF Em 26 de fevereiro de Do Objetivo

Seleção Interna nº 14/2013/SOF Em 26 de fevereiro de Do Objetivo Seleção Interna nº 14/2013/SOF Em 26 de fevereiro de 2013. Assunto: Cargo em comissão. Provimento via processo seletivo. Do Objetivo 1. A presente Seleção Interna visa ao provimento do cargo de Assistente

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO Gênero e diversidade na escola: sexualidade, violência, olhares sobre práticas contemporâneas. Modalidade a Distância

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO Gênero e diversidade na escola: sexualidade, violência, olhares sobre práticas contemporâneas. Modalidade a Distância Ministério da Educação Rede Nacional de Formação Continuada de Professores na Educação Básica Secretaria de Educação Básica Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

PORTARIA REITORIA UESC Nº 772

PORTARIA REITORIA UESC Nº 772 PORTARIA REITORIA UESC Nº 772 A Reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz UESC, no uso de suas atribuições, RESOLVE Art. 1º - Retificar o Edital UESC nº 100/2016, que abriu inscrições para equipe

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 16/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 16/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 16/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 16/2014 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 03/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 03/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 03/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 03/2016 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

EDITAL n.º 01 de 03/07/2014

EDITAL n.º 01 de 03/07/2014 EDITAL n.º 01 de 03/07/2014 A Escola Técnica Estadual de Francisco Morato, município de Francisco Morato, atendendo o disposto no 2.º do Artigo 61 do Regimento Comum das Escolas Técnicas Estaduais do Centro

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital Sumário RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL... 3 1. INTRODUÇÃO... 3

Leia mais

EDITAL 01/2013 COOPERCUC

EDITAL 01/2013 COOPERCUC EDITAL 01/2013 COOPERCUC PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL O Presidente da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá no uso de suas atribuições legais, com base

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA. No.09/2016 BOLSA DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA. No.09/2016 BOLSA DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA No.09/2016 BOLSA DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO Área de Concentração em Desenvolvimento Científico e Tecnológico Linha de Desenvolvimento de CTI

Leia mais

FCH - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS E DA SAÚDE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA

FCH - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS E DA SAÚDE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA FCH - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS E DA SAÚDE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA EDITAL PARA SELEÇÃO DE ATIVIDADES EDITAL Nº 01/2014 Como parte do currículo do Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

EDITAL n.º 008, de 24/10/2016

EDITAL n.º 008, de 24/10/2016 ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DEPUTADO ARY DE CAMARGO PEDROSO - PIRACICABA EDITAL n.º 008, de 24/10/2016 A ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DEPUTADO ARY DE CAMARGO PEDROSO, município de Piracicaba atendendo o disposto

Leia mais

REGIMENTO DA SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS CAPÍTULO I FINALIDADE E COMPETÊNCIA

REGIMENTO DA SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS CAPÍTULO I FINALIDADE E COMPETÊNCIA REGIMENTO DA SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS CAPÍTULO I FINALIDADE E COMPETÊNCIA Art. 1º - A Secretaria de Relações Institucionais SERIN, criada pela Lei nº 10.549, de 28 de dezembro de 2006, tem

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA Coordenadoria de Economia Mineral Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Premissas do Desenvolvimento Sustentável Economicamente

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA DE HABITAÇÃO E SANEAMENTO AMBIENTAL

PLANO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA DE HABITAÇÃO E SANEAMENTO AMBIENTAL PLANO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA DE HABITAÇÃO E SANEAMENTO AMBIENTAL OUTUBRO/2009 Experiências de Conselhos e Planos Locais de Habitação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO MODALIDADE SELEÇÃO DE CURRÍCULO E ENTREVISTA EDITAL N 01/2015 Projeto Sementes

EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO MODALIDADE SELEÇÃO DE CURRÍCULO E ENTREVISTA EDITAL N 01/2015 Projeto Sementes EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO MODALIDADE SELEÇÃO DE CURRÍCULO E ENTREVISTA EDITAL N 01/2015 Projeto Sementes O Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas - CAANM no uso de suas atribuições legais

Leia mais

BALANÇO DA POLÍTICA HABITACIONAL URBANA PMCMV - ENTIDADES FUNDO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - FDS

BALANÇO DA POLÍTICA HABITACIONAL URBANA PMCMV - ENTIDADES FUNDO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - FDS BALANÇO DA POLÍTICA HABITACIONAL URBANA PMCMV - ENTIDADES 2009-2014 FUNDO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - FDS MINHA CASA, MINHA VIDA - ENTIDADES PMCMV ENTIDADES/ FDS Produção e aquisição de unidades habitacionais

Leia mais

PROGRAMAS DE PROVIMENTO Publicação da Chamada: 8/8/2016

PROGRAMAS DE PROVIMENTO Publicação da Chamada: 8/8/2016 CHAMADA PARA FORMAÇÃO DE BANCO DE CURRÍCULOS CONSULTORIA TÉCNICA INDIVIDUAL PARA ATUAR EM PROGRAMAS DE PROVIMENTO E/OU DE FIXAÇÃO DE PROFISSIONAL DA SAÚDE I. OBJETIVO Ampliação do banco de currículos para

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P.TJAM 67 Planejamento Estratégico Elaborado por: Carla Winalmoller

Leia mais

EDITAL 011/2013 CHAMADA DE ESTUDANTES DOS CURSOS DE NÍVEL SUPERIOR DO IF SUDESTE MG, CAMPUS RIO POMBA, PARA PARTICIPAÇÃO DO PROJETO RONDON

EDITAL 011/2013 CHAMADA DE ESTUDANTES DOS CURSOS DE NÍVEL SUPERIOR DO IF SUDESTE MG, CAMPUS RIO POMBA, PARA PARTICIPAÇÃO DO PROJETO RONDON Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Pró-reitoria de Extensão. Diretoria de Extensão

Leia mais

O desenvolvimento do Planejamento Estratégico está dividido em 5 fases principais até a sua conclusão: Figura 1 - Fases do Planejamento Estratégico

O desenvolvimento do Planejamento Estratégico está dividido em 5 fases principais até a sua conclusão: Figura 1 - Fases do Planejamento Estratégico O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO A Assessoria de Planejamento (ASPLAN) está se dedicando à elaboração do Planejamento Estratégico da SEDESE. Este projeto surge como uma demanda do Secretário André Quintão para

Leia mais

MODELO DE RELATÓRIO DE CONFERÊNCIA LIVRE DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL

MODELO DE RELATÓRIO DE CONFERÊNCIA LIVRE DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL MODELO DE RELATÓRIO DE CONFERÊNCIA LIVRE DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL IDENTIFICAÇÃO Nome da Conferência: Conferência Livre de Proteção e Defesa Civil: contribuições da Psicologia como ciência e profissão

Leia mais