Servidor KVM. Atualmente com foco nas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Servidor KVM. Atualmente com foco nas"

Transcrição

1 Configure e gerencie um sistema anfitrião com KVM e Virt-manager Servidor KVM O KVM vem ganhando atenção do mercado corporativo como solução de virtualização. Veja como usá-lo com facilidade. por Carlos R. M. Guimarães CAPA Atualmente com foco nas tecnologias verdes, a tecnologia da virtualização é cada vez mais utilizada. As técnicas empregadas são atualizadas diariamente, conseguindo em tempos sempre menores resultados consistentemente melhores, e precisamos nos adaptar e estar atentos a essas melhorias. No kernel Linux , foi introduzido o ambiente de virtualização denominado KVM (Kernel-based Virtual Machine Máquina Virtual com base no Kernel), que oferece suporte à virtualização explorando as tecnologias VT (da Intel) e AMD-V (da AMD), encontradas nos processadores mais recentes desses fabricantes. Este artigo mostra como criar novas máquinas virtuais sobre o KVM, instalar nelas um sistema e prepará-las para o gerenciamento via rede, incluindo uma interface gráfica básica. Hypervisor Para construir o servidor de virtualização, utilizaremos como exemplo o Ubuntu Server Os principais motivos desta escolha são as versões recentes dos aplicativos kvm-qemu (0.11.0), libvirt (0.7.0) e virt-manager (0.7.0) incluídos nesse sistema. Com isso, obtemos uma plataforma estável, que permite desligar as máquinas virtuais e até reiniciar sistemas virtuais Windows XP, Vista e Windows 7. Em outras plataformas e versões, a reinicialização de VMs equipadas com esses sistemas não acontecia da forma esperada. Para a instalação do sistema na máquina física, escolha a opção de Instalação mínima do sistema, pois hypervisors devem sempre conter o menor número de pacotes, de forma a reduzir riscos à segurança e também restringir o número de processos a executar. Todo o processo de instalação ocorre de forma normal, sendo as únicas particularidades o particionamento do disco rígido (consulte a tabela 1) e o uso da opção Sem Atualizações Automáticas. Ao final da instalação, o servidor será reiniciado. Na primeira inicialização, ative a conta de root e forneça uma senha com no mínimo oito caracteres: $ sudo passwd root Tabela 1: Particionamento de disco no anfitrião Ponto de montagem swap Tamanho e importância Semelhante à quantidade de memória RAM instalada / 10 GB (sistema anfitrião e outros poucos pacotes) /vserver /dados Local de instalação das VMs Alojará dados e diretórios que compõem as VMs (dados dinâmicos, como diretórios / home, arquivos de log, cache do proxy etc.) 39

2 CAPA KVM Listagem 1: Bridges com endereços dinâmicos # Interface loopback auto lo iface lo inet loopback auto eth0 iface eth0 inet manual auto br0 # br0 usa DHCP iface br0 inet dhcp bridge_ports eth0 auto eth1 iface eth1 inet manual auto br1 # br1 também usa DHCP iface br1 inet dhcp bridge_ports eth1 A lista dos repositórios será mantida somente com os oficiais e estáveis por razões óbvias, ou seja, um servidor que hospedará outros servidores: Em seguida, instale um gerenciador de runlevel e atualize seu menu: $ sudo aptitude install rcconf $ sudo update-rcconf-guide Agora, instale os softwares de virtualização: $ sudo aptitude install kvm \ libvirt-bin bridge-utils \ openssh-server Na versão 9.10 do Ubuntu, não há necessidade de adicionar o usuário ao grupo libvirtd, pois o próprio pacote já o faz automaticamente durante a instalação. Caso você deseje verificar isso: $ sudo adduser usuário libvirtd Para permitir a conexão entre as máquinas virtuais hospedadas sobre esse servidor, e também entre essas VMs e toda a rede física existente, utilize o modo bridge. Para isso, edite o arquivo /etc/network/interfaces para criar as bridges que poderão receber endereços dinâmicos (listagem 1) ou estáticos (listagem 2). As listagens 1 e 2 supõem a existência de duas placas de rede, cada uma atendendo uma máquina virtual. Para ativar as configurações, basta reiniciar a rede: /etc/init.d/network restart Ambiente gráfico: por que sim? Em servidores, não utilizamos, na maioria das vezes, ambiente gráfico, seja ele qual for. Porém, no caso de hypervisors, o ambiente gráfico nos permite um aumento de produtividade e agilidade com a ferramenta gráfica virt-manager. A maioria das tarefas podem e devem ser executadas na linha de comando. Contudo, quando temos vários servidores para administrar muitas vezes, pertencentes a empresas diferentes é importante dispor de muita agilidade. Então, por que não optar por ferramentas que auxiliam o trabalho e facilitam essas operações sem abrir mão da segurança? No caso deste artigo, as razões que levam a optar por um ambiente gráfico são: Listagem 2: Bridges com endereços estáticos # Interface loopback auto lo iface lo inet loopback auto eth0 iface eth0 inet manual auto br0 # br0 usa IP estático iface br0 inet static address network netmask broadcast gateway bridge_ports eth0 auto eth1 iface eth1 inet manual auto br1 # br1 também usa IP estático iface br1 inet static address network netmask broadcast gateway bridge_ports eth1 40

3 KVM CAPA 1 facilidade para administrar as diversas VMs que serão instaladas; 2 interface para a instalação dos sistemas operacionais e pacotes adicionais em cada VM; 3 administrar remotamente cada VM e o próprio hypervisor; 4 pela linha de comando, a administração de servidores virtuais que exigem grande interação com a área de trabalho dos usuários (como LTSP, por exemplo) é muito mais demorada. Xfce4 Após uma análise criteriosa, o ambiente Xfce4 é o mais adequado para fornecer a interface gráfica (na modesta opinião do autor deste artigo, evidentemente): a tabela 2 mostra uma comparação entre Openbox e Xfce4, juntamente com os motivos que determinam o vencedor. Instale o Xfce4: xserver-xorg xserver-xorg-core \ xfce4 xfce4-icon-theme Caso você prefira instalar o Openbox, basta instalar o pacote openbox. Feito isso, seu sistema anfitrião já tem um ambiente gráfico bem básico pronto. Ele não iniciará automaticamente isto é proposital, pois não há necessidade de mantêlo ativo todo o tempo. Localmente, o ambiente gráfico será muito útil apenas na hora de criar e configurar as VMs; posteriormente, será muito utilizado no caso de acesso remoto via FreeNX. Acesso gráfico remoto Instale as ferramentas de gerenciamento gráfico das VMs: virt-manager virt-viewer O próximo passo será instalar o FreeNX para permitir o acesso remoto (mesmo via Internet, e não apenas pela LAN), pois é assim que vamos acessar o anfitrião e também as VMs via Virt-manager. Os resultados obtidos com a utilização do FreeNX com o Virt-manager são bem superiores à conexão direta entre a máquina do administrador e o anfitrião. Em uma rede Ethernet local, é possível acessar o anfitrião diretamente pelo Virt-manager e ter respostas imediatas aos comandos. Porém, no caso de acesso externo, via Internet, essas respostas tornam-se impraticavelmente lentas. É por isso que este artigo utiliza o FreeNX para se conectar remotamente ao ambiente gráfico do próprio anfitrião. A partir dele, abriremos um terminal para chamar o Virt-manager, acessando assim as VMs de forma satisfatória, independentemente da localização do administrador. Instalação do FreeNX O FreeNX é um aplicativo para compartilhamento de área de trabalho, mais eficiente que o VNC ou o X11, pois possui um sistema aprimorado para cache de imagens. Ele se divide em duas partes: uma aplicação no servidor, que fornece as sessões, e uma aplicação no cliente para permitir acesso ao servidor. A conexão ocorre por meio do protocolo SSH. Então, teremos uma autenticação criptografada e podemos utilizar tráfego de dados criptografado via SSL. Outro ponto importante é que as informações transmitidas são compactadas pela zlib. Para instalar o FreeNX, é necessários mais (mas não muito mais) do que um simples apt-get: python-software-properties $ sudo add-apt-repository \ ppa:freenx-team $ sudo aptitude install freenx A configuração do FreeNX também requer um comando em separado: $ sudo /usr/lib/nx/nxsetup \ --install Tabela 2: Comparativo entre Xfce4 e Openbox Xfce4 O primeiro ponto importante após a instalação é a chave SSH usada pela conexão NX. Você pode utilizar a chave padrão que já vem instalada no FreeNX ou, para uma maior segurança, uma chave própria. A recomendação é utilizar uma chave própria. Neste caso, somente quem tem a chave poderá acessar o servidor, garantindo assim uma restrição maior e, consequentemente, uma maior segurança. Uma política de segurança muito saudável é editar o arquivo /etc/ssh/ sshd_config e desabilitar o acesso ao usuário root via SSH. Desta forma, somente é possível fazer login remoto como um usuário sem privilégios, Openbox Uso de disco 1,4 GB 1,1 GB Uso de memória 193,25 MB 215,63 MB Aplicativos e ambiente gráfico Software para acesso remoto Adicionados ao menu automaticamente na instalação FreeNX (sem pacotes adicionais) Adicionados ao menu editando-se os arquivos de configuração NX Server, pois o FreeNX requer diversos pacotes adicionais neste ambiente 41

4 CAPA KVM aumentando o grau de segurança de nosso servidor. Outra política interessante é permitir acesso às VMs somente a partir do anfitrião. Com isso, para acessar qualquer máquina virtual, é preciso primeiramente acessar o anfitrião e, a partir dele, a VM desejada. Para acessar as VMs a partir do anfitrião, é necessário também instalar o cliente NX (nxclient) no servidor. Para isso, acesse [1] e baixe o pacote mais indicado para a sua máquina (no caso deste artigo, trata-se do pacote DEB para Linux na arquitetura x86-64). Em seguida, instale o pacote e dê permissão de execução ao arquivo que controla a impressão: $ sudo dpkg -i nxclient_x.y.z.deb $ sudo chmod 755 \ /usr/lib/cups/backend/ipp Cliente NX Vamos agora configurar o nxclient no anfitrião e na máquina do administrador para acessar o Xfce4 das VMs e do anfitrião, respectivamente. Execute o nxclient (Aplicativos Internet NX Connection Wizard), preencha os valores adequados para o nome da conexão e o endereço da Quadro 1: Instalação do Webmin máquina, assim como a forma de acesso. Na etapa seguinte, selecione Unix e Custom, e depois pressione o botão Settings. Em Application, selecione Run the following command e digite: /usr/bin/startxfce4 Em Options, selecione New virtual desktop. Webmin Para o caso de administração do anfitrião via via Web, temos o Webmin, cuja instalação é descrita no quadro 1. VM básica A primeira máquina virtual a ser criada receberá um sistema Debian Lenny. É uma boa ideia usá-la como modelo para criação de quaisquer outras VMs que desejemos. Desta forma, poupa-se bastante trabalho na hora de criar novas VMs. Com o Virt-manager aberto, inicie sua configuração. As primeiras opções são exibidas de forma gráfica pelo programa: menu Editar Preferências: marque as opções Disk I/O e Network I/O; Para instalar o Webmin no Ubuntu Server, é preciso acrescentar um repositório de pacotes que produz pacotes para Debian Sarge. Porém, primeiro vamos instalar alguns pacotes necessários para o Webmin: $ sudo aptitude install perl libnet-ssleay-perl openssl libauthen -pam-perl libpam-runtime libio-pty-perl libmd5-perl Feito isso, acrescente ao arquivo /etc/apt/sources.list a seguinte linha: deb sarge contrib Em seguida, baixe a chave do repositório e adicione-a ao apt: $ wget -O- sudo apt-key add - Por último, atualize a lista de pacotes e instale o pacote webmin: $ sudo aptitude install webmin no menu Ver, marque as opções CPUs, Disk I e Network I/O; na linha localhost (System), clique com o botão direito do mouse e selecione Conectar; no menu Editar Hosts Details, a janela de Detalhes do Host será aberta e conterá três abas; na aba Visão geral, podemos ativar a opção Autoconnect Virtual Networks; na aba Storage, iremos adicionar a partição /vserver da seguinte forma: clique no botão com um símbolo de soma +, escolha um nome para a nova localização vserver, mantenha a opção dir: Diretório de Sistema de Arquivo e clique em avançar. Na próxima janela que se abrir, Add Storage Pool, escolha o caminho /vserver. Pronto: agora você já tem um local para hospedar as VM s. Vamos agora criar uma máquina virtual. Clique na linha localhost (System) com o botão direito e selecione Nova. A janela Criar Nova VM se abrirá para você criar a VM propriamente dita. Note que este procedimento supõe a existência de uma unidade de CD/DVD no anfitrião, com o CD de instalação via rede (netinstall) ou o CD1 inserido nela. Em nome, digite o nome desejado para a VM, como lenny. Depois, selecione Local install media (iso Image or CDROM), e marque Use CDROM or DVD. Selecione Linux como tipo de sistema operacional e DebianLenny como versão. Defina uma quantidade de memória RAM para a VM, como 1024 MB, e uma quantidade de CPUs para essa mesma máquina. Depois, selecione Select managed or other existing storage e Browse. Na janela que se abre, selecione vserver. Clique em New Volume, o que abrirá a janela Add a Storage Volume: digite lenny para o nome do arquivo que 42

5 KVM CAPA abrigará a VM. Digite um tamanho (em MB) para o arquivo. Em Allocation, escolha todo o espaço definido para assim ter uma VM mais rápida. Máquina virtual criada. Vamos agora instalar nela o sistema operacional. Lenny virtual A instalação do Lenny será feita a partir de um CD netinstall, pois serão instalados somente os pacotes básicos. Com isso, teremos uma VM básica que servirá como ponto de partida para vários tipos de servidores. Em relação ao particionamento do disco, podemos manter o espaço de swap com um tamanho igual ao da memória RAM, enquanto a raiz ocupa todo o restante do espaço. Finalizada a instalação do Debian Lenny básico, já temos nossa primeira VM funcional. Clones Para clonar um modelo de máquina virtual, uma boa ferramenta é o Virtclone, devido à facilidade e à velocidade oferecidas por ele. Ao final do processo, teremos a nova VM com um domu criado e pronta para uso. A linha de comando para isso é: muitas vezes em cidades diferentes, é preciso estar em muitos locais ao mesmo tempo. São necessárias, portanto, ferramentas que proporcionem agilidade, facilidade de uso e recursos de análise, para aumentar a produtividade do administrador. Nesse caso, o Virt-manager é o mais indicado, pois reúne uma série de recursos em uma única tela: uso de memória e CPU no anfitrião e em cada VM, além de: reunir informações básicas das VMs ID, status, uso de CPU, número de CPUs, memória utilizada, I/O de disco e I/O de rede; permitir entrar na VM e interagir com seu sistema operacional pela tela, como se fosse um monitor físico local; permitir remover e adicionar hardware de forma rápida; possibilitar a alteração do dispositivo de boot; permitir alterar a inicialização automática da VM; oferecer a conexão à unidade de CD. Novo hardware virtual Com fim de exemplo, é interessante demonstrar a possibilidade de acrescentar novos itens de hardware a uma VM. Vamos criar, em nossa nova VM, uma partição a ser montada em /dados/: 1 na aba Hardware da VM, clique em + Add Hardware; 2 em Hardware Type, selecione Storage; 3 em Block device (partition), escolha /dev/sda7; 4 com Target Device Type, use Virtio Disk. É importante enfatizar que, no caso de VMs com uma grande massa de dados dinâmicos (como os da partição /home, os logs etc.), recomendase utilizar um dispositivo de armazenamento separado. Dessa forma, mesmo em caso de desastres com essa VM, os dados estarão preservados. Além disso, essa atitude evita o uso demasiado de espaço por parte da VM. Como resultado, isso simplifica e aumenta a segurança na administração da virtualização. n $ sudo virt-clone -o lenny \ -n nome da nova VM \ -f arquivo da nova VM.img Com isso, já temos a nova VM pronta para ser configurada de acordo com a necessidade. Uso do Virt-manager Para administrar as VMs e o anfitrião, existem ferramentas de linha de comando como o virsh e o virt-top, entre outras. O cenário ideal para uso destas é um número pequeno de servidores anfitriões e o emprego da ferramenta apenas para administrar a rede. No entanto, no caso de múltiplas redes geograficamente separadas Mais informações [1] Download do nxclient: Sobre o autor Carlos R. M. Guimarães Filho é diretor da CRMG Network & Security. É engenheiro de sistemas e especialista em redes, com 26 anos de experiência nas áreas de automação, eletrônica e TI. Gostou do artigo? Queremos ouvir sua opinião. Fale conosco em Este artigo no nosso site: 43

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Revisão: Seg, 21 de Março de 2011 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4 1.1. Pré Requisitos...4 1.2. Na Prática...4 1.2.1. Download...4

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Criado por: Flavio Henrique Somensi flavio@opens.com.br Revisão: qui, 25 de abril de 2013 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4

Leia mais

Xen Cloud Platform Xen descomplicado

Xen Cloud Platform Xen descomplicado Xen Cloud Platform Xen descomplicado CAPA A Xen Cloud Platform facilita muito a criação e o gerenciamento de máquinas virtuais sobre o hypervisor Xen. por Boris Quiroz e Stephen Spector A revolução da

Leia mais

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Autor: Eder S. G. - edersg@vm.uff.br Versão: 1.2 Data: 21/11/2012 Última atualização: 07/03/2013 Observação: Máquina real: Sistema operacional

Leia mais

Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Crie um novo disco virtual. Figura 03. Figura 04.

Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Crie um novo disco virtual. Figura 03. Figura 04. Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Figura 03. Crie um novo disco virtual. Figura 04. 2 Escolha o formato de disco padrão do Virtual Box, VDI. Figura 05. Escolha o disco rígido Dinamicamente Alocado. Figura

Leia mais

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Este artigo demonstra como configurar uma rede virtual para ser usada em testes e estudos. Será usado o VirtualBox

Leia mais

TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8. Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial

TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8. Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8 Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial INTRODUÇÃO O uso de máquinas virtuais pode ser adequado tanto

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep

Leia mais

Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13

Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13 Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13 2015 Autoria: Flávio Henrique Somensi Baseado na versão 3.0-betha-rc2 por OpenS Tecnologia LTDA. Rua dos Cisnes, 541 Pedra Branca CEP 88137-300 - Palhoça - SC www.opens.com.br

Leia mais

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia,

Leia mais

MANUAL INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO RASPBERRYPI/DACPYTHON

MANUAL INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO RASPBERRYPI/DACPYTHON MANUAL INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO RASPBERRYPI/DACPYTHON 1. Primeiramente leia todo o manual, após ler, inicie instalando o sistema no Raspberry conforme tutorial abaixo: 2. Baixe os arquivos e verifique a

Leia mais

Instalando o Debian em modo texto

Instalando o Debian em modo texto Instalando o Debian em modo texto Por ser composto por um número absurdamente grande de pacotes, baixar os CDs de instalação do Debian é uma tarefa ingrata. Você pode ver uma lista dos mirrors disponíveis

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do

Leia mais

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip Se, assim como a maioria, você possui um único PC ou notebook, uma opção para testar as distribuições Linux sem precisar mexer no particionamento do HD e instalar o sistema em dualboot, é simplesmente

Leia mais

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS 1. Apresentação O UEG Linux 14.04 LTS é um sistema operacional baseado em Linux e derivado do Ubuntu, customizado pela Gerência de Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Goiás para

Leia mais

Seu computador na nuvem Sol em dia de nuvens

Seu computador na nuvem Sol em dia de nuvens Seu computador na nuvem Sol em dia de nuvens CAPA Se você está pensando em migrar seu computador para a nuvem, conheça algumas formas de aproveitar a tecnologia. por Marcel Gagné Jeff Hire sxc.hu A computação

Leia mais

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Autor: Alexandre F. Ultrago E-mail: ultrago@hotmail.com 1 Infraestrutura da rede Instalação Ativando o usuário root Instalação do Webmin Acessando o Webmin

Leia mais

Como criar máquinas virtuais no VMware ESXi

Como criar máquinas virtuais no VMware ESXi Como criar máquinas virtuais no VMware ESXi A virtualização de desktops pode ser trabalhada sobre servidores virtuais e esta técnica torna nossa tecnologia ainda mais atraente. Certifique-se que o seu

Leia mais

HOW TO Procedimento para instalar Aker Firewall virtualizado no ESXi 5.0

HOW TO Procedimento para instalar Aker Firewall virtualizado no ESXi 5.0 Procedimento para instalar virtualizado no Página: 1 de 15 Introdução Este documento abordará os procedimentos necessários para instalar o (AFW) virtualizado em um servidor ESXi. Será compreendido desde

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep Secure em um

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 Protocolo de rede... 3 Protocolo TCP/IP... 3 Máscara de sub-rede... 3 Hostname... 3

Leia mais

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 DOCUMENTO CONFIDENCIAL Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 2 Sumário Introdução:...3 Configuração Mínima:...3 Conhecimento necessário para instalação:... 3 Suporte:...4

Leia mais

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes 3 MÁQUINAS VIRTUAIS Em nossa aula anterior, fizemos uma breve introdução com uso de máquinas virtuais para emularmos um computador novo

Leia mais

Para testar se as variáveis foram carregadas, utilize o comando #export

Para testar se as variáveis foram carregadas, utilize o comando #export Configurando Proxy Debian Abra o arquivo /etc/profile: #nano /etc/profile No final do arquivo, adicione as seguintes linhas: export http_proxy=http://172.16.3.1:3128 export https_proxy=http://172.16.3.1:3128

Leia mais

Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox

Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox System Technology Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox Weslley Barboza Tutorial para instalação de uma maquina virtual com dual boot utilizando Windows XP Professional

Leia mais

TUTORIAL DE INSTALAÇÃO DO PFSENSE E UMA REDE INTERNA NO VIRTUALBOX

TUTORIAL DE INSTALAÇÃO DO PFSENSE E UMA REDE INTERNA NO VIRTUALBOX TUTORIAL DE INSTALAÇÃO DO PFSENSE E UMA REDE INTERNA NO VIRTUALBOX Abrir o Virtualbox e criar a máquina virtual. Digitar o nome da VM, tipo BSD e versão FreeBSD. O pfsense precisa de no mínimo 128MB de

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

UFBA Universidade Federal da Bahia CPD Central de Processamento de Dados. Rede VPN UFBA. Procedimento para configuração

UFBA Universidade Federal da Bahia CPD Central de Processamento de Dados. Rede VPN UFBA. Procedimento para configuração UFBA Universidade Federal da Bahia CPD Central de Processamento de Dados Rede VPN UFBA Procedimento para configuração 2013 Íncide Introdução... 3 Windows 8... 4 Windows 7... 10 Windows VISTA... 14 Windows

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 ÍNDICE 1. Considerações...3 2. Introdução...3 3. Arquitetura...3 3.1. Topologia Básica...4 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 3.3. Sistemas Operacionais...5 4. Configurações Necessárias...6 4.1. Nas

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS Campus Rio Pomba. Eu defendo!!! Mini Curso. Linux

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS Campus Rio Pomba. Eu defendo!!! Mini Curso. Linux INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS Campus Rio Pomba Mini Curso Linux Eu defendo!!! Apresentação Rafael Arlindo Dias Técnico em Informática CEFET Rio Pomba/MG Cursos

Leia mais

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Um guia para pequenas empresas Conteúdo Seção 1: Introdução ao Modo Windows XP para Windows 7 2 Seção 2: Introdução ao Modo Windows XP 4 Seção 3: Usando

Leia mais

Configuração endereço IP da interface de rede

Configuração endereço IP da interface de rede Configuração endereço IP da interface de rede Download Imprimir Para configurar a interface de sua placa de rede como DHCP para obter um endereço IP automático ou especificar um um endereço IP estático

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44

Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44 Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44 2015 Autoria: Flávio Henrique Somensi Colaboradores: Jean Carlos Coelho, Kauê Santos, Urik Barbosa da Silva, Eduardo Sotero por OpenS Tecnologia LTDA. Rua

Leia mais

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 OBJETIVO Conhecer as funcionalidades do software VMware Player implantando o sistema operacional Windows 7 e trabalhando em algumas ferramentas nativas

Leia mais

Guia de Instalação e Configuração do Ubuntu 12.04

Guia de Instalação e Configuração do Ubuntu 12.04 Guia de Instalação e Configuração do Ubuntu 12.04 Autor: Aécio Pires João Pessoa-PB FLISOL Patos - UFCG 2012 1 Guia de instalação e configuração do Ubuntu 12.04 LTS Sumário SUMÁRIO...

Leia mais

PRÁTICA DE VLAN - LINUX 1. AMBIENTE PARA REALIZAÇÃO DAS PRÁTICAS UTILIZAÇÃO DA IMAGEM NO DVD UTILIZAÇÃO DO SERVIDOR REMOTO ESPEC

PRÁTICA DE VLAN - LINUX 1. AMBIENTE PARA REALIZAÇÃO DAS PRÁTICAS UTILIZAÇÃO DA IMAGEM NO DVD UTILIZAÇÃO DO SERVIDOR REMOTO ESPEC PRÁTICA DE VLAN - LINUX Exercícios práticos sobre VLANs usando Linux. Esses exercícios devem ser executados através do servidor de máquinas virtuais: espec.ppgia.pucpr.br IMPORTANTE: Para facilitar a execução

Leia mais

Criando um PC virtual

Criando um PC virtual Criando um PC virtual Microsoft Virtual PC Introdução Se você não sabe o que é virtualização de PCs, ou nem tem idéia dos inúmeros benefícios trazidos por essa técnica, recomendo ler esta introdução feita

Leia mais

AULA 10 TUTORIAL VIRTUALBOX

AULA 10 TUTORIAL VIRTUALBOX AULA 10 TUTORIAL VIRTUALBOX 1 Sumário Tutorial VirtualBox - Configurações e Utilização... 3 Requisitos Mínimos... 3 Compatibilidade... 3 Download... 3 Instalação do VirtualBox... 4 Criando a Máquina Virtual

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede. Configuração de Rede

Sistemas Operacionais de Rede. Configuração de Rede Sistemas Operacionais de Rede Configuração de Rede Conteúdo Programático! Interfaces de rede! Ethernet! Loopback! Outras! Configuração dos parâmetros de rede! Dinâmico (DHCP)! Manual! Configuração de DNS

Leia mais

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação.

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação. Novell Linux Desktop www.novell.com 27 de setembro de 2004 INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Bem-vindo(a) ao Novell Linux Desktop O Novell Linux* Desktop (NLD) oferece um ambiente de trabalho estável e seguro equipado

Leia mais

Sistemas de Informação Processamento de Dados

Sistemas de Informação Processamento de Dados Sistemas de Informação Processamento de Dados Ferramentas e serviços de acesso remoto VNC Virtual Network Computing (ou somente VNC) é um protocolo desenhado para possibilitar interfaces gráficas remotas.

Leia mais

Configuração de acesso VPN

Configuração de acesso VPN 1. OBJETIVO 1 de 68 Este documento tem por finalidade auxiliar os usuários na configuração do cliente VPN para acesso a rede privada virtual da UFBA. 2. APLICAÇÃO Aplica-se a servidores(técnico-administrativos

Leia mais

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre 22:59:36 Introdução à Informática com Software Livre 1 22:59:36 O Debian é uma distribuição GNU/Linux desenvolvida abertamente por um grupo mundial de voluntários, no esforço de se produzir um sistema

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO NComputing Brasil - #110502 Instalando o Oracle Virtualbox 4.0.2 e Criando uma VM Windows Server 2008 no Virtualbox O que é virtualbox? O virtualbox é um aplicativo de virtualização multi-plataforma

Leia mais

ETEC RAPOSO TAVARES GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS I. Máquina Virtual. Instalação de S.O. em dual boot. 1º Semestre 2010 PROF.

ETEC RAPOSO TAVARES GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS I. Máquina Virtual. Instalação de S.O. em dual boot. 1º Semestre 2010 PROF. ETEC RAPOSO TAVARES GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS I Máquina Virtual Instalação de S.O. em dual boot 1º Semestre 2010 PROF. AMARAL Na ciência da computação, máquina virtual é o nome dado a uma máquina,

Leia mais

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3 Cesar Kállas - cesarkallas@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP Puc Campinas 2004 Capítulo 3 Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3 O HD tem espaço livre não particionado...3

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO

GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO Guia Rápido de Instalação Este guia irá orientá-lo na instalação do Nettion Security Software. O guia de instalação do Nettion, que tem como base o sistema operacional Linux,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SISTEMA

INTRODUÇÃO AO SISTEMA MANUAL DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Nome do Software: Guarux Versão do Software: Guarux Educacional 4.0 INTRODUÇÃO AO SISTEMA O Guarux Educacional 4.0 é uma distribuição idealizada pela

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O conteúdo deste documento tem como objetivos geral introduzir conceitos mínimos sobre sistemas operacionais e máquinas virtuais para posteriormente utilizar

Leia mais

Máquinas Virtuais com o VirtualBox

Máquinas Virtuais com o VirtualBox Máquinas Virtuais com o VirtualBox Marcos Elias Picão www.explorando.com.br No exemplo: Windows XP dentro do Windows 7 Você pode compartilhar livremente sem interesses comerciais, desde que não modifique.

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 2007 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Web site: 2 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Machadinho D Oeste RO Agosto 2007

Leia mais

1 Instalando o VirtualBox no Windows

1 Instalando o VirtualBox no Windows 1 Instalando o VirtualBox no Windows Para quem não possui o Linux instalado no computador é necessário utilizar uma Máquina Virtual, que é responsável por emular Sistemas Operacionais. O primeiro passo

Leia mais

INSTALANDO SISTEMA PFSENSE COMO FIREWALL/PROXY

INSTALANDO SISTEMA PFSENSE COMO FIREWALL/PROXY INSTALANDO SISTEMA PFSENSE COMO FIREWALL/PROXY Gerson R. G. www.websolutti.com.br PASSO A PASSO PARA INSTALAÇÃO DO PFSENSE 1. BAIXANDO O PFSENSE 2. INICIANDO A INSTALAÇÃO 3. CONFIGURAÇÃO BÁSICA INICIAL

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DAS IMPRESSORAS XEROX PHASER 3125. Em caso de dúvidas, contate o setor de apoio técnico: Tel: 3319-6704

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DAS IMPRESSORAS XEROX PHASER 3125. Em caso de dúvidas, contate o setor de apoio técnico: Tel: 3319-6704 MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DAS IMPRESSORAS XEROX PHASER 3125 Em caso de dúvidas, contate o setor de apoio técnico: Tel: 3319-6704 LISTA DE IMPRESSORAS NO PRÉDIO 17 (DECOM) Local IP da impressora 3º Andar 10.0.2.243

Leia mais

O que é uma rede de computadores?

O que é uma rede de computadores? O que é uma rede de computadores? A rede é a conexão de duas ou mais máquinas com objetivo de compartilhar recursos entre elas. Os recursos compartilhados podem ser: Compartilhamento de conteúdos do disco

Leia mais

Prof. Rossano Pablo Pinto Dezembro/2012 Versão 0.2 (em construção) Prof. Rossano Pablo Pinto - http://rossano.pro.br 1

Prof. Rossano Pablo Pinto Dezembro/2012 Versão 0.2 (em construção) Prof. Rossano Pablo Pinto - http://rossano.pro.br 1 Visão geral sobre o processo de instalação e manutenção de instalações de software. Notas de aula. (aka lecture notes on Package Management Systems and software installation :)) Prof. Rossano Pablo Pinto

Leia mais

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL... Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...4 Configurações iniciais...5 Arquivo sudoers no Sistema Operacional

Leia mais

Manual ETHERNET - WIRELESS. Configuração de redes - wireless. Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual ETHERNET - WIRELESS. Configuração de redes - wireless. Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração de Rede ETHERNET - WIRELESS Configuração de redes - wireless Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração de Rede ETHERNET

Leia mais

Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED

Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED A instalação do Linux Educacional 3.0 segue os mesmos moldes da instalação normal, porém, com algumas considerações. Backup de Configurações Para evitar

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 Duração: 02:45 min INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 1. Inicializar o Virtual PC 2007 e criar uma máquina virtual. a. Salvar em C:\Laboratorio b. O nome da máquina virtual será: Linux_Suse_Seunome.vmc

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX Apresentação O departamento de varejo da PC Sistemas inovou seu produto de frente de caixa, permitindo seu funcionamento no sistema operacional do Linux com a distribuição Ubuntu. O cliente poderá usar

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Driver Genérico Somente Texto para a impressora DR700 ETHERNET

STK (Start Kit DARUMA) Driver Genérico Somente Texto para a impressora DR700 ETHERNET STK (Start Kit DARUMA) Driver Genérico Somente Texto para a impressora DR700 ETHERNET Neste STK mostraremos como instalar e configurar o driver Genérico Somente Texto com a impressora DR700 Ethernet, no

Leia mais

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes.

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes. ACESSO REMOTO Através do Acesso Remoto o aluno ou professor poderá utilizar em qualquer computador que tenha acesso a internet todos os programas, recursos de rede e arquivos acadêmicos utilizados nos

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Criador de appliances

Criador de appliances CAPA Peter Galbraith Fotolia Criação de appliances virtuais com VMware Studio e SUSE Studio Criador de appliances Appliances virtuais combinam os benefícios da virtualização à simplicidade de um dispositivo

Leia mais

Criando um Servidor Proxy com o SQUID. Roitier Campos

Criando um Servidor Proxy com o SQUID. Roitier Campos Criando um Servidor Proxy com o SQUID Roitier Campos Roteiro Redes de Computadores e Internet Arquitetura Cliente/Servidor e Serviços Básicos de Comunicação Componentes do Servidor e Configuração da VM

Leia mais

Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento

Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento 1º passo - Acessar Virtual Box plataforma criada dispositivos pasta compartilhadas clicar no botão + no canto direito escolher destino ( Desktop)

Leia mais

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4 Índice Introdução Librix...3 Software Livre...3 Manual Eletrônico...3 Opções de Suporte...3 Dicas para a Instalação Configuração de Dispositivos Básicos...4 Teclado...4 Mouse...5 Vídeo...5 Rede...6 Configuração

Leia mais

Manual de Instalação Desktop Paraná 2.2.0. Versão Final

Manual de Instalação Desktop Paraná 2.2.0. Versão Final Manual de Instalação Desktop Paraná 2.2.0 Versão Final Manual de Instalação - Desktop Paraná 2.2.0 Direitos autorais: Essa Apostila está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição Uso Não Comercial

Leia mais

Um controlador de domínio baseado em Linux para laboratório vsphere - parte 2

Um controlador de domínio baseado em Linux para laboratório vsphere - parte 2 Um controlador de domínio baseado em Linux para laboratório vsphere - parte 2 Essa é uma série de quatro artigos, que explicam como instalar e configurar um appliance baseado em Linux em seu ambiente de

Leia mais

Online Help StruxureWare Data Center Expert

Online Help StruxureWare Data Center Expert Online Help StruxureWare Data Center Expert Version 7.2.7 Appliance virtual do StruxureWare Data Center Expert O servidor do StruxureWare Data Center Expert 7.2 está agora disponível como um appliance

Leia mais

Configuração de Rede

Configuração de Rede Configuração de Rede Introdução Quando uma interface de rede comum, que utiliza o padrão de rede Ethernet, é reconhecida no sistema (seja na inicialização ou acionando o módulo desta interface), o sistema

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores 3º Ano Sistemas de Informação 2008 Aula 05A: Hub/Switch/Gateway Servidores e Virtualização Prof. Msc. Ricardo Slavov ricardo.slavov@aes.edu.br Roteiro Pedagógico HUB Switch Bridge

Leia mais

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO.

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. 1 - Qual arquitetura devo usar para instalar no meu computador, 32bits ou 64bits? a) Simplificando bastante para ter uma opção viável,

Leia mais

XenServer 6 FREE. Autor: Marcos José Andrade Viana Analista de Infraestrutura de TI Embrapa Milho e Sorgo

XenServer 6 FREE. Autor: Marcos José Andrade Viana Analista de Infraestrutura de TI Embrapa Milho e Sorgo XenServer 6 FREE Autor: Marcos José Andrade Viana Analista de Infraestrutura de TI Embrapa Milho e Sorgo Conteúdo 1. Introdução... 1 2. Requerimentos para o XenServer... 2 3. Baixando Citrix XenServer

Leia mais

Instalação/Configuração Zentyal 2.2-3 no UBUNTU 10.04 LTS

Instalação/Configuração Zentyal 2.2-3 no UBUNTU 10.04 LTS Instalação/Configuração Zentyal 2.2-3 no UBUNTU 10.04 LTS INSTALAÇÃO Primeiro adicione na sua lista de fontes (/etc/apt/sources.list) este link: deb http://ppa.launchpad.net/zentyal/2.2/ubuntu lucid main

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Configuração do Servidor Samba como controlador primário de domínio (PDC). O objetivo desse roteiro é mostrar como configurar um servidor Samba PDC compartilhando o diretório home, impressora e um diretório

Leia mais

Tutorial de Instalação do CentOS Versão 3.3

Tutorial de Instalação do CentOS Versão 3.3 Tutorial de Instalação do CentOS Versão 3.3 Jamilson Dantas (jrd@cin.ufpe.br) Maria Clara Bezerra (mcsb@cin.ufpe.br) Rosângela Melo (rmm3@cin.ufpe.br) Recife, outubro de 2013. Finalidade do Tutorial O

Leia mais

Como é o Funcionamento do LTSP

Como é o Funcionamento do LTSP Instalação e configuração do LTSP 5 no Ubuntu 11.04 Funcionamento do LTSP e Instalação do Servidor Como é o Funcionamento do LTSP O primeiro requisito para que o LSTP funcione bem é ter uma rede de boa

Leia mais

Grifon Alerta. Manual do Usuário

Grifon Alerta. Manual do Usuário Grifon Alerta Manual do Usuário Sumário Sobre a Grifon Brasil... 4 Recortes eletrônicos... 4 Grifon Alerta Cliente... 4 Visão Geral... 4 Instalação... 5 Pré-requisitos... 5 Passo a passo para a instalação...

Leia mais

Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian.

Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian. Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian. Pré requisitos para pratica desse tutorial. Saber utilizar maquina virtual no virtual Box ou vmware. Saber instalar ubuntu ou debian na maquina virtual.

Leia mais

Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44

Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44 Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44 2015 Autoria: Flávio Henrique Somensi Colaboradores: Jean Carlos Coelho, Kauê Santos, Urik Barbosa da Silva, Eduardo Sotero por OpenS Tecnologia LTDA. Rua

Leia mais

Procedimento de gravação da imagem em Pen Drive e instalação do AFW 6.8.

Procedimento de gravação da imagem em Pen Drive e instalação do AFW 6.8. Procedimento de gravação da imagem em Pen Drive e instalação do AFW 6.8. Este documento exibe o procedimento de criação da imagem do AFW 6.8 em Pen Drive para Linux e Windows: 1.1. Requisitos de hardware

Leia mais

Instalação Remota Distribuição Linux

Instalação Remota Distribuição Linux Instalação Remota Distribuição Linux A distribuição linux utilizada para a instalação é a Debian. Download pode ser realizado acessando o site: http://www.debian.org Distribuição Linux Instalação Remota

Leia mais

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação Pfsense Introdução e Instalação Introdução A utilização de um firewall em uma rede de computadores possui o objetivo básico de proteção relacionado a entrada e saída de dados. Introdução O pfsense é um

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Instalando a App Windows 8 Daruma e emitindo cupons em uma Impressora Fiscal

STK (Start Kit DARUMA) Instalando a App Windows 8 Daruma e emitindo cupons em uma Impressora Fiscal STK (Start Kit DARUMA) Instalando a App Windows 8 Daruma e emitindo cupons em uma Impressora Fiscal Neste STK apresentaremos como instalar a APP Windows 8 Daruma em um tablet Surface com Windows 8 e como

Leia mais

cio Roteamento Linux

cio Roteamento Linux Exercício cio Roteamento Linux Edgard Jamhour Exercícios práticos para configuração de roteamento usando Linux Esses exercícios devem ser executados através do servidor de máquinas virtuais: espec.ppgia.pucpr.br

Leia mais

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA #20 Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA VITEC Versão 1.0 Agosto/2007 1 Revisões Versão Data Descrição 1.0.0 03/08/2007 Elaboração do Manual. Página 2 de 18 Índice 1 REVISÕES... 2 2 PRÉ-REQUISITOS...

Leia mais

Guia de Introdução ao Parallels Desktop 10

Guia de Introdução ao Parallels Desktop 10 Guia de Introdução ao Parallels Desktop 10 Copyright 1999-2014 Parallels IP Holdings GmbH and its affiliates. All rights reserved. Parallels IP Holdings GmbH Vordergasse, 59 8200 Schaffhausen Suíça Tel:

Leia mais

O que um Servidor Samba faz?

O que um Servidor Samba faz? O que é o Samba? O Samba é um "software servidor" para Linux (e outros sistemas baseados em Unix) que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows

Leia mais