Lição 3- JESUS, A ÁGUA QUE VOCÊ BEBE E SERVE. Texto Bíblico: João 4.13,14

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lição 3- JESUS, A ÁGUA QUE VOCÊ BEBE E SERVE. Texto Bíblico: João 4.13,14"

Transcrição

1 Lição 3- JESUS, A ÁGUA QUE VOCÊ BEBE E SERVE Texto Bíblico: João 4.13,14 Nas lições anteriores, vimos que Jesus, o Verbo da vida, tornou-se o Pão que nos alimenta diariamente. Neste estudo, abordaremos outra importante afirmação de Jesus que, numa conversa com uma mulher samaritana, disse: Se conheceras o dom de Deus e quem é o que te pede: dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva (Jo 4.10). Nas reflexões que faremos, a partir de João 4, procuraremos descobrir as propriedades dessa Água oferecida por Jesus. Também, como fizemos com o Pão, diferenciaremos essa Água Viva da água celebrada no dia 22 de março Dia mundial da água. Jesus é fonte a jorrar para a vida eterna (Jo 4.14). O deserto: uma imagem da condição humana Imaginemos a seguinte situação: você é deixado num deserto com 1 litro de água, uma bússola, um pano, dois gravetos e uma porção de alimento. Certamente, se você pretende sair vivo dessa experiência não poderá fazer uma cabana e ficar parado no meio de um deserto. Não poderá também beber toda a água de uma vez. Não poderá andar a esmo, pois o fará em círculos. Também não poderá andar sem descansar. No seu caso, a melhor estratégia seria mover-se, mas sempre em uma mesma direção (para tal, usar a bússola, que é um objeto de orientação geográfica desenvolvida em 2000 a.c., cuja agulha magnetizada sempre aponta para o Polo Norte da Terra). Deve também racionar a água e o alimento, descansar nos momentos mais quentes do dia, locomovendo-se com maior velocidade à noite. Agindo assim, você terá muitas chances de sobreviver, pois nenhum deserto é infinito. Você há de chegar a algum oásis, onde estará seguro.

2 O poço de Jacó: símbolo da nossa necessidade material de água 70% do planeta é coberto por água. Destes, 97% são de água salgada, e os 3% restantes de água doce. Desse reservatório de água doce, 2,325% estão em geleiras e icebergs, e os 0,675% restantes estão em rios, lagos, no subsolo e na atmosfera. No entanto, somente 0,0091% estão disponíveis para o consumo humano. Mais dados: o corpo humano é composto por 72% de água. Então, ao não beber água, o corpo de um indivíduo começa a roubar água dos órgãos para suprir essa necessidade dos tecidos. São necessários 2 litros de água por dia, para evitar a desidratação. Beber água ajuda até mesmo no controle da pressão sanguínea. Esses dados mostram porque houve necessidade de Jesus (um judeu) e a mulher samaritana (uma samaritana e mulher) superarem suas diferenças, a fim de satisfazer suas necessidades fisiológicas primárias. Eis a situação que ocorria ali: duas pessoas diferentes, com vozes e entonações diferentes, com éticas diferentes e sentidos de vida diferentes, mas unidas por uma necessidade básica: parte dos 0,675% da água disponível no planeta estava naquele poço. Segundo o Dicionário da Bíblia John D. Davis (p. 297), a água do poço de Jacó era boa, mas difícil de ser retirada. Sua parte superior era revestida de alvenaria de pedra, e daí, para baixo, cortada em rocha calcária muito mole, o que levava a constantes quedas de suas paredes. Um pouco a oeste, existia uma linda fonte, e muitas outras espalhadas pelo vale. O artigo afirma que aquele poço foi aberto, talvez, porque essas fontes eram de propriedade particular. O conflito entre samaritanos e judeus coloca Jesus no centro do problema. No artigo

3 Samaritanos, Samaria 1, lemos que os judeus demonstravam certo desprezo com essa população, colocando-a em pé de igualdade com os gentios e como um povo néscio, religiosamente falando. Por outro lado, o credo samaritano, em sua quarta doutrina, afirmava ser o monte Gerizim o único local de adoração. A mulher que conversa com Jesus apelava para essa tradição, firmada por antepassados históricos (figuras ilustres, de Adão a José). Sua fala estava em oposição à prática israelita de fazer da cidade de Jerusalém o centro da vida religiosa (Jo 4.20). No texto, afirma-se que Jesus tinha sede e não tinha com que tirar a água do poço. Já a mulher, que era marginalizada pela sociedade local, precisava esperar que todos já tivessem ido ao poço (nas primeiras horas da manhã) para, ao meio dia, satisfazer suas necessidades. João 4 registra a notável entrevista que se seguiu, quando Jesus iniciou o contato com aquela mulher, surpreendendo-a. Sede de beber, sede de viver Há necessidades que vão além das fisiológicas, não é mesmo? Podemos falar, por exemplo, da teoria da hierarquia das necessidades de Maslow, que sustenta que as necessidades fisiológicas estão na base das nossas carências e, acima delas, as necessidades de segurança, de associação, de estima; no topo, a necessidade de autorrealização. Outro importante teórico da motivação, Clayton Alderfer, a partir de Maslow, prefere uma divisão mais simples: todos nós temos necessidades de existência, de relação e de crescimento. A essas necessidades Jesus atende, prontamente. Tendo como ponto de partida a água no poço, nosso Senhor aponta para a Água da 1 BROWN, Colin e COENEN, Lothar (Ed.) Dicionário Internacional de Teologia do Novo Testamento, São Paulo: Vida Nova, 2ª ed., 2000.

4 Vida que está eternamente transbordando no coração de quem tem fé (Jo 4.13,14). Em outras palavras, diz-lhe: Eu o sou (o Messias que você espera), eu que falo contigo (Jo 4.26). Ao usar esse simbolismo, nosso Senhor transcende ambas as tradições religiosas citadas por aquela mulher (o Credo Samaritano e a centralidade do templo de Jerusalém), e pede que ela acredite nele, se quiser ter outras necessidades atendidas, além daquela primária e fisiológica. Sede saciada, hora de servir Jesus disse àquela mulher: aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna (Jo 4.14). Como jorra a Água da Vida em nosso viver? Essa pergunta é crucial para o entendimento do agir divino. A descrição do apóstolo João acerca das atitudes que se seguiram diante da nova realidade percebida pela mulher samaritana é de impressionar. Em João 4.42, lê-se sobre o impacto causado pelo testemunho dela às pessoas que lhe eram próximas. Fica perceptível que aquela mulher adquirira uma motivação para viver, que pôde apreciar-se, restabelecer laços sociais, falar com Deus e sobre Ele aos demais, enfim, testemunhar da mudança realizada por Cristo, o Messias de Deus, em seu viver. O tempo de saciar a sede é agora! Em conclusão, ressalte-se que o mais importante acerca das possibilidades que são abertas para nós, pecadores, a partir da Água Viva que é Jesus, não é onde beber (percepção da mulher, pensando na fonte material do precioso líquido), mas quando

5 fazê-lo (percepção de Jesus, acerca da urgência dela de salvação), isto é, agora! O termo água também pode ser traduzido por fonte. Na frase de Jesus que se segue, entendemos que ela é uma referência ao Espírito Santo: Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva (Jo 7.38). Assim como se deu com o Pão da Vida, em que comer significa crer, dá-se com a Água Viva: beber significa crer. Graças a Deus que Jesus nos salvou do deserto simbólico que era a nossa condição pecaminosa, quando cremos (Ap 21.6; 22.17). Nenhum deserto é infinito! O Senhor providenciou os instrumentos para a viagem do pecador ao oásis, que é Cristo. Pela palavra, nossa bússola, somos direcionados ao Salvador. Pelo Espírito Santo, o rio de Água Viva a jorrar em nossos corações, temos o refrigério divino. Descansando em Deus, podemos lutar contra as hostes espirituais da maldade, em busca da santificação, até o fim almejado, a salvação de nossas almas (1Pe 1.3-9). Para pensar e agir Devemos responder às questões que seguem e compartilhar esses resultados com as demais pessoas: Que tipo de fonte tem satisfeito sua sede de viver? É uma fonte material ou espiritual? (Cl 3.16) Que tipo de água você está servindo aos demais, com sua fé e seu testemunho? (Tg ). Lembremo-nos disto: a mesma fonte não deve produzir água potável e amarga, ao mesmo tempo. Atravessemos o deserto das necessidades e provações e ajudemos outros a atravessar também, a fim de todos virmos ao oásis de segurança, que é o Cristo morto e

6 ressurreto (Rm ). Será lindo o momento em que Ele irá ao vosso encontro, dizendo: Vinde benditos do meu pai (Mt 25.34). É um convite à vida, e vida eterna!. Leituras diárias Segunda João Terça João Quarta João Quinta João Sexta João Sábado João Domingo João

Nº18A Domingo III da Quaresma

Nº18A Domingo III da Quaresma Nº18A Domingo III da Quaresma-23.3.2014 Conduz-me Jesus aos poços do teu Evangelho Conduz-me, Jesus, aos poços do teu Evangelho para beber junto de ti a água que mata a sede de felicidade. a água que me

Leia mais

Adorar em Espírito e Verdade

Adorar em Espírito e Verdade Adorar em Espírito e Verdade Adorar em Espírito e Verdade João 4.1-24 Quando chegamos aos cultos, ou em especial nos cultos de domingo, ouvimos sempre das pessoas que estão dirigindo o culto, vamos ouvir

Leia mais

A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO

A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO Bíblia para crianças apresenta A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO POÇO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

DOMINGO III DA QUARESMA

DOMINGO III DA QUARESMA 115 DOMINGO III DA QUARESMA LEITURA I Ex 17, 3-7 «Dá-nos água para beber» Leitura do Livro do Êxodo Naqueles dias, o povo israelita, atormentado pela sede, começou a altercar com Moisés, dizendo: «Porque

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO

Bíblia para crianças apresenta A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO Bíblia para crianças apresenta A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO POÇO Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

DOMINGO III DA QUARESMA

DOMINGO III DA QUARESMA DOMINGO III DA QUARESMA LEITURA I Ex 17, 3-7 «Dá-nos água para beber» Leitura do Livro do Êxodo Naqueles dias, o povo israelita, atormentado pela sede, começou a altercar com Moisés, dizendo: «Porque nos

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM arta-feira da 3ª Semana da Páscoa Qu 1) Oração Permanecei,

Leia mais

Os fariseus ouviram falar que Jesus estava fazendo e batizando mais discípulos do que João, embora não fosse Jesus quem batizasse, mas os seus

Os fariseus ouviram falar que Jesus estava fazendo e batizando mais discípulos do que João, embora não fosse Jesus quem batizasse, mas os seus Os fariseus ouviram falar que Jesus estava fazendo e batizando mais discípulos do que João, embora não fosse Jesus quem batizasse, mas os seus discípulos. Quando o Senhor ficou sabendo disso, saiu da Judéia

Leia mais

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO I - A ORIGEM DO PECADO 1. Em relação a Deus. Em Seu plano permitiu que suas criaturas (anjos e homens) tivessem a liberdade (livre arbítrio) de viver em amor e obediência

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Segunda-feira da 3ª Semana da Quaresma (Ano C)

Leia mais

LIÇÃO 01 O que a Bíblia ensina sobre a Trindade? LIÇÃO 02 O que a Bíblia ensina sobre Deus? Missão: Missão Cumprida: 20 pontos.

LIÇÃO 01 O que a Bíblia ensina sobre a Trindade? LIÇÃO 02 O que a Bíblia ensina sobre Deus? Missão: Missão Cumprida: 20 pontos. LIÇÃO 01 O que a Bíblia ensina sobre a Trindade? Leia os textos de referência abaixo e relacionados à referida pessoa descrita: ( ) João 1.1-4,14 ( A ) Deus o Pai ( ) João 14.16, 17,27 ( B ) Jesus o Filho

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO SENHOR DE JUDEUS E. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO SENHOR DE JUDEUS E. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida GENTIOS07 LIÇÃO SENHOR DE JUDEUS E O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 07 INTRODUÇÃO esboço Israel não era o único povo com o qual Deus Se importava.seria por

Leia mais

DESAFIOS DE ENSINAR A VERDADE NA ATUALIDADE

DESAFIOS DE ENSINAR A VERDADE NA ATUALIDADE INTRODUÇÃO... que é a verdade? Jo18.38 Ensina o mestre da língua portuguesa, Aurélio Buarque: verdade é 1. conformidade com o real; 2. coisa verdadeira; e 3. princípio certo. O livro santo diz: 1. Santifica-os

Leia mais

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico?

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico? O ANO LITÚRGICO Chama-se Ano Litúrgico o tempo em que a Igreja celebra todos os feitos salvíficos operados por Deus em Jesus Cristo. "Através do ciclo anual, a Igreja comemora o mistério de Cristo, desde

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira S Vivendo Teologicamente S O que a teologia tem a ver com a vida diária? S A teologia geralmente é considerada como algo abstrato.

Leia mais

Muitos sofrem de baixa autoestima. Chamam isso de complexo inferioridade. A pessoa que sofre disso pensa que não tem muito valor.

Muitos sofrem de baixa autoestima. Chamam isso de complexo inferioridade. A pessoa que sofre disso pensa que não tem muito valor. (João 4:1-30) Muitos sofrem de baixa autoestima. Chamam isso de complexo inferioridade. A pessoa que sofre disso pensa que não tem muito valor. O que a gente percebe através desta passagem é que todo mundo

Leia mais

LIÇÃO evange ho 2 II TRI LUCAS O BATISMO E AS TENTAÇÕES

LIÇÃO evange ho 2 II TRI LUCAS O BATISMO E AS TENTAÇÕES II TRI 2015 DE LUCAS LIÇÃO evange ho 2 O BATISMO E AS TENTAÇÕES INTRODUÇÃO ESBOÇO Voz - Visão - Audição Preparando o Caminho Arrependimento - Batismo - Frutos Identificando Àquele que vem Identificação

Leia mais

Como ser. Salvo TRIMESTRE LIÇÃO.

Como ser. Salvo TRIMESTRE LIÇÃO. Como ser TRIMESTRE Salvo LIÇÃO 05 www.classedaescolasabatina.com.br LIÇÃO4 relembrando SALVAÇÃO A BASE: UM DOM UMA INICIATIVA UM SACRIFÍCIO O RESULTADO: UMA LIBERTAÇÃO UMA VIDA ETERNA VERSO PARA MEMORIZAR!!

Leia mais

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução a) Conversar sobre a vida secular dele(a); b) Conversar sobre as experiencias

Leia mais

O Espírito Santo. Ontem e Hoje

O Espírito Santo. Ontem e Hoje O Espírito Santo Ontem e Hoje E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico REGULAMENTO OFICIAL Alfabeto Bíblico Tem como objetivo levar o competidor a encontrar na Bíblia versículos que comecem com cada letra do alfabeto da língua portuguesa e contenham em seu texto, uma palavra-chave,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração 30 DE DEZEMBRO Deus eterno e todo-poderoso, que

Leia mais

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 CRISTOLOGIA OS TRÊS OFÍCIOS

Leia mais

Lição 14. Até ao dia. seguinte ao. sétimo sábado, contareis. cinquenta dias

Lição 14. Até ao dia. seguinte ao. sétimo sábado, contareis. cinquenta dias Os Mistérios de Deus Estudo Bíblico Lição 14 Até ao dia seguinte ao sétimo sábado, contareis cinquenta dias Levíticos 23:16 Esta publicação não é para ser vendida ou negociada de forma alguma. - Ela é

Leia mais

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 PNEUMATOLOGIA OS DONS DO

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SABADO da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus, atendei

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO Inicio. Ministério de do. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO Inicio. Ministério de do. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida Cristo02 LIÇÃO Inicio Ministério de do O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 02 INTRODUÇÃO esboço Uma das grandes lutas da humanidade tem sido conhecer o significado

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 4ª Semana da Páscoa 1) Oração Ó Deus, vida

Leia mais

Curso de Teologia de Leigos

Curso de Teologia de Leigos Curso de Teologia de Leigos O MISTÉRIO DA CRIAÇÃO; DEUS MANTÉM E SUSTENTA A CRIAÇÃO; DEUS REALIZA O SEU PROJETO: A DIVINA PROVIDÊNCIA; A DIVINA PROVIDÊNCIA E AS CAUSAS SEGUNDAS; A DIVINA PROVIDÊNCIA E

Leia mais

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Rebelião Redenção e Predo por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Vitória no deserto 6 LIÇÃO Predo por: Pr. Wellington Almeida O Conflito continua esboço LIÇÃO - I TRI 2016 6 INTRODUÇÃO DOM O EMANUEL SEG

Leia mais

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa 1 Evangelho de João Este evangelho tem 21 capítulos. Evangelho do Filho de Deus / Divino. 1 - Autor: João, o apóstolo, ele foi o último dos apóstolos a morrer. 2 - Data: Alguns escritores acreditam que

Leia mais

Avaliação de: A mulher Samaritana Vol.- dezenove- Valor: 10.0 Pontos-Data: / / Professor /a: Nota Aluno /a: Idade

Avaliação de: A mulher Samaritana Vol.- dezenove- Valor: 10.0 Pontos-Data: / / Professor /a: Nota Aluno /a: Idade Avaliação de: A mulher Samaritana Vol.- dezenove- Valor: 10.0 Pontos-Data: / / Professor /a: Nota Aluno /a: Idade Filhotinho leia atentamente as questões para que se saia bem! Deus te abençoe ricamente.

Leia mais

Orações Semanais para a Quaresma

Orações Semanais para a Quaresma Orações Semanais para a Quaresma Nesta Quaresma iremos realizar uma pequena oração no inicio ou no fim de cada reunião, pretendendo assim criar o hábito de oração em grupo, mas relembrando sempre que somos

Leia mais

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA NASCIMENTO Pb. Márcio Tarcísio Mendonça Ferreira 5º) NA NECESSIDADE ABSOLUTA DO PELA GRAÇA DE

Leia mais

No contexto da fé cristã, a teologia não é o estudo de Deus como algo abstrato, mas é o estudo do Deus pessoal revelado na Escritura.

No contexto da fé cristã, a teologia não é o estudo de Deus como algo abstrato, mas é o estudo do Deus pessoal revelado na Escritura. Franklin Ferreira No contexto da fé cristã, a teologia não é o estudo de Deus como algo abstrato, mas é o estudo do Deus pessoal revelado na Escritura. Necessariamente isso inclui tudo o que é revelado

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ AS PARABOLAS: A OVELHA PERDIDA Volume 14 Escola: Nome: Professor (a): Data: / / EU SOU O BOM PASTOR; O BOM PASTOR DÁ A SUA VIDA PELAS OVELHAS. 11 NUMERE AS OVELHINHAS

Leia mais

A religião: Raiz de discriminação

A religião: Raiz de discriminação Bíblia Quinta Parte A religião: Raiz de discriminação Para o judeu era importante pertencer a uma família autenticamente judia: isto é, ser descendente de Abraão, considerado Pai de todos Os judeus. Eles

Leia mais

O papel central da Igreja: A Glória de Deus. Um breve estudo em João 15

O papel central da Igreja: A Glória de Deus. Um breve estudo em João 15 O papel central da Igreja: A Glória de Deus Um breve estudo em João 15 Entendendo o texto Jesus estava em seus últimos momentos como homem, na terra. Jesus estava advertindo seus discípulos a não imitarem

Leia mais

Um proprietário de um campo de videiras saiu pela manhã para contratar trabalhadores. Encontrou alguns e ajustou um denaro por dia e eles foram para

Um proprietário de um campo de videiras saiu pela manhã para contratar trabalhadores. Encontrou alguns e ajustou um denaro por dia e eles foram para Um proprietário de um campo de videiras saiu pela manhã para contratar trabalhadores. Encontrou alguns e ajustou um denaro por dia e eles foram para a vinha. Lá pela terceira hora, saiu novamente para

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quinta-feira da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

CONSOLADOR, MESTRE E GUIA

CONSOLADOR, MESTRE E GUIA CONSOLADOR, MESTRE E GUIA UM ESTUDO SOBRE O ESPÍRITO SANTO Por William Farrand LIVRO DE ESTUDO AUTODIDÁTICO Universidade Global Instituto de Correspondência Internacional 1211 South Glenstone Avenue Springfield,

Leia mais

Maria e seu FIAT COTIDIANO

Maria e seu FIAT COTIDIANO Maria e seu FIAT COTIDIANO Angelo Alberto Diniz Ricordi Maria e seu fiat cotidiano 1 REFLETINDO O fiat cotidiano de Maria se insere como o fruto mais genuíno da oração. Rezamos a Deus não para que a nossa

Leia mais

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS III TRIMESTRE 2015 0 MI S IONÁRIOS S Preparado por: Pr. Wellington Almeida MISSÕES TRANSCULTURAIS MISSÕES TRANSCULTURAIS ESBOÇO INTRODUÇÃO DOM - A Mulher Samaritana SEG - O Oficial Romano TER - Lidando

Leia mais

O Dom do Espírito Santo

O Dom do Espírito Santo Apostila Fundamentos O Dom do Espírito Santo... e recebereis o dom do Espírito Santo. At 2:38 D o n s d o E s p í r i t o S a n t o P á g i n a 2 O Dom do Espírito Santo Este é outro ensino fundamental

Leia mais

II TRI LIÇÃO 1. evange ho LUCAS A PRIMEIRA VINDA DE JESUS

II TRI LIÇÃO 1. evange ho LUCAS A PRIMEIRA VINDA DE JESUS evange ho DE LUCAS II TRI 2015 LIÇÃO 1 A PRIMEIRA VINDA DE JESUS INTRODUÇÃO VERSO PARA MEMORIZAR: Para Deus não haverá impossíveis (Lc 1:37). INTRODUÇÃO VERSO PARA MEMORIZAR: Para Deus não haverá impossíveis

Leia mais

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum-26.1.2014 Vinde comigo! - Quem irá anunciar a toda a gente a Boa Nova da ternura de Deus? - Quem irá falar de Jesus Cristo vivo a quem busca razões para viver? - Quem

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 29ª Semana do Tempo Comum Deus

Leia mais

O desafio de amar Desafios #7 1 Jo 4: 9-21

O desafio de amar Desafios #7 1 Jo 4: 9-21 1 Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons O desafio de amar Desafios #7 1 Jo 4: 9-21 9 Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco:

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

A teologia da política. Dr. Rousas John Rushdoony

A teologia da política. Dr. Rousas John Rushdoony INTRODUÇÃO A teologia da política Dr. Rousas John Rushdoony Introdução Uma área de estudo muito negligenciada nos dois séculos passados ou mais é a teologia da política. O pensamento político tem se tornado

Leia mais

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja Lição 5 ATOS 1. Atos O livro de Atos foi o segundo escrito por Lucas, também destinado a Teófilo. Acredita-se que originalmente não tivesse título, sendo inserido Atos ou Atos dos Apóstolos nos manuscritos

Leia mais

Aula 2. Até sexta, pela Graça de Deus, bons estudos.

Aula 2. Até sexta, pela Graça de Deus, bons estudos. Aula 2 Prezados professores, estou enviando os slides ( texto definitivo) da nossa aula 2 baseada nos capítulos 2, 10 e 12 do nosso livro e na nossa confissão de fé. Sugerimos que leiam novamente os três

Leia mais

Meu bem querer. Ao Único. 02 ME Bené Carlos Gomes

Meu bem querer. Ao Único. 02 ME Bené Carlos Gomes 01 Meu bem querer ME-7036219-8 - Marcos Góes Que bom é Ter você comigo Deitar no Teu colo e receber carinho Lá fora o mundo tenta me tragar Estando Contigo eu posso crer e descansar Tu És meu bem amado,

Leia mais

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 7º ENCONTRO

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 7º ENCONTRO 7º ENCONTRO Como amar sua esposa Amor é fundamentalmente um verbo I Co 13:4-7 Paciente e bondoso, no original grego, são particípios, relacionados ao verbo ser. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha,

Leia mais

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas Série: Um Natal de Esperança (02/04). JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas 1.26-38 Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira da 4ª Semana da Páscoa Concedei, ó

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 22ª Semana do Tempo Comum Deus do

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal North American Division Portuguese Ministry Treinamento de Instrutores Bíblicos Princípios de Testemunho Pessoal Princípios de Testemunho Pessoal CRESCIMENTO DA IGREJA NO NOVO TESTAMENTO - Atos 1:15 -

Leia mais

INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo.

INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. - O primeiro a pregar o evangelho ao homem foi o próprio Deus no Éden. I O PROTOEVANGELHO

Leia mais

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a vida e projeto de seu FILHO. A missão dela era nos dar Jesus e fez isso de maneira ímpar. Vamos refletir nos fatos na vida de Jesus onde ELA está

Leia mais

NOSSA SENHORA APARECIDA

NOSSA SENHORA APARECIDA NOSSA SENHORA APARECIDA Denilson Aparecido Rossi Nossa Senhora Aparecida 1 REFLETINDO No corrente ano de 2017, estamos celebrando os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida. Lembramos que essa

Leia mais

Interpretando o Apocalipse Por Pastor Luiz Antonio.

Interpretando o Apocalipse Por Pastor Luiz Antonio. Interpretando o Apocalipse Por Pastor Luiz Antonio. VERSÍCULOS DE 8 A 11. 8. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-poderoso....O Alfa e o

Leia mais

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

O LIVRO DE. A Ira de Eliú LIÇÃO IV TRI-2016

O LIVRO DE. A Ira de Eliú LIÇÃO IV TRI-2016 IV TRI-2016 A Ira de Eliú O LIVRO DE JÓ Introdução Finalmente, um pouco de sangue jovem, com novas perspectivas! Finalmente, alguém que vai endireitar as coisas e lutar contra o sistema teológico! Essa

Leia mais

CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE Revista Palavra e Vida Sugestões Didáticas - 4º Trimestre/2011 LIÇÃO 9 BONDADE DIVINA: APELO, OPORTUNIDADE, PERDÃO.

CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE Revista Palavra e Vida Sugestões Didáticas - 4º Trimestre/2011 LIÇÃO 9 BONDADE DIVINA: APELO, OPORTUNIDADE, PERDÃO. CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE Revista Palavra e Vida Sugestões Didáticas - 4º Trimestre/2011 ENSINAR É... O professor só pode ensinar quando está disposto a aprender LIÇÃO 9 BONDADE DIVINA: APELO, OPORTUNIDADE,

Leia mais

Restaurando por Completo a Visão Espiritual. Marcos Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis

Restaurando por Completo a Visão Espiritual. Marcos Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis Restaurando por Completo a Visão Espiritual Marcos 8.22-26 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis Visão é ato ou efeito de ver. É a percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista, que envia ao cérebro

Leia mais

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s O Reino de Deus Mateus 3:1,2 Naqueles dias surgiu João Batista, pregando no deserto da Judéia. Ele dizia: Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo. Mateus 4:17 Daí

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida JERUSALÉM10 LIÇÃO JESUS EM O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 10 INTRODUÇÃO esboço Os títulos de cada dia foram ajustados a proposta de termos uma idéia essencial

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 20 DE DEZEMBRO TERÇA-FEIRA 1) Oração Senhor Deus, ao anúncio

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

A atualidade da lei.... a Lei é santa, e o mandamento, santo, justo e bom. (Rm 7:12)

A atualidade da lei.... a Lei é santa, e o mandamento, santo, justo e bom. (Rm 7:12) A atualidade da lei... a Lei é santa, e o mandamento, santo, justo e bom. (Rm 7:12) OBJETIVO Mostrar ao estudante da Escritura que a lei de Deus é atual, pois é baseada em Deus, e, portanto, é eterna e

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 3ª Semana do Advento A consciência

Leia mais

13 Perguntas que você precisa responder antes de crer na Trindade

13 Perguntas que você precisa responder antes de crer na Trindade 13 Perguntas que você precisa responder antes de crer na Trindade Por Paulo Freri Nos últimos dias têm surgido inúmeros questionamentos quanto à autenticidade da doutrina da Trindade. Somos constantemente

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA 04-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Porque é que o Filho de Deus se fez homem? para nossa salvação,

Leia mais

OS VERDADEIROS ADORADORES

OS VERDADEIROS ADORADORES - Aula 3 OS VERDADEIROS ADORADORES Objetivo: ao final da aula, o aluno deverá buscar se identificar como um adorador dentro dos padrões bíblicos, empenhando-se por cultuar a Deus do modo que O agrada e

Leia mais

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. 5 Introdução A devoção ao Imaculado Coração de Maria é uma das mais belas manifestações

Leia mais

3.º Encontro 2015/2016

3.º Encontro 2015/2016 Escola da Fé 3.º Encontro 2015/2016 CÂNTICO: Onde há Caridade e Amor Onde há caridade e amor aí habita Deus. Papa Francisco abriu porta santa do Jubileu da Misericórdia na Catedral de Bangui, em África,

Leia mais

Dia de Festa, de alegria, de agradecer ao Senhor nosso Deus.

Dia de Festa, de alegria, de agradecer ao Senhor nosso Deus. Dia de Festa, de alegria, de agradecer ao Senhor nosso Deus. Referência Bíblica João: Capitulo 2. 1-12. INTRODUÇÃO Hoje é dia de festa, estamos comemorando 10 anos desta Igreja tradicionalmente chamado

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO O Filho de Davi. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO O Filho de Davi. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO O Filho de Davi 01 O Evangelho Mateus de esboço INTRODUÇÃO Embora Mateus fosse um desprezado, o Senhor olhou para o coração dele e o escolheu para ser discípulo.

Leia mais

AULA 02. Pr. Wellington Almeida

AULA 02. Pr. Wellington Almeida Pr. Wellington Almeida RELATÓRIOS DE LEITURAS LIVRO AUTOR pg / cap ENTREGA 1º Atos dos Apóstolos Ellen White cap. 1, 2, 3 12/04 2º Teologia e metodologia da missão Elias Brasil de Souza pag. 3-27 31/07

Leia mais

Lição 5 26 de Abril de 2015

Lição 5 26 de Abril de 2015 Lição 5 26 de Abril de 2015 Continuação I - A REALIDADE DA TENTAÇÃO 1. Uma realidade humana 2. Vencendo a tentação IV - A TENTAÇÃO DE SER NOTADO 1. A artimanha do Inimigo 2. A busca pelo prestígio

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse ESCATOLOGIA BÍBLICA Apocalipse 7.9-17 A visão dos glorificados 9 Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do

Leia mais

No velho testamento as realizações de Deus e do Espírito são usadas frequentemente de forma intercambiável.

No velho testamento as realizações de Deus e do Espírito são usadas frequentemente de forma intercambiável. A divindade do Espírito Santo vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente O Espírito Santo é representado na Escritura como possuindo a autoridade e os atributos divinos, os Pais da Igreja nunca apresentaram

Leia mais

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa - 1.5.2016 A paz de Cristo A paz de Cristo Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Tu nos dás a tua paz, Senhor Jesus, mas também nos convidas ao esforço de fazer a paz. Para

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 4ª Semana da Quaresma Ó Deus, que

Leia mais

UNIÃO ESTE BRASILEIRA. Associação Ministerial

UNIÃO ESTE BRASILEIRA. Associação Ministerial UNIÃO ESTE BRASILEIRA Associação Ministerial Comentários sobre a Música Comentários sobre a Música Pr. Graciliano Martins Percepção Humana da Música A música é percebida pelo tálamo, estação de transmissão

Leia mais

JESUS E VOCÊ, HOJE. Pr. Davi Freitas de Carvalho. Revista de Jovens e Adultos da Convenção Batista Fluminense

JESUS E VOCÊ, HOJE. Pr. Davi Freitas de Carvalho. Revista de Jovens e Adultos da Convenção Batista Fluminense Ano 14- n 53 - Abril / Maio / Junho - 2017 Revista de Jovens e Adultos da Convenção Batista Fluminense JESUS E VOCÊ, HOJE Pr. Davi Freitas de Carvalho LIÇÕES SUMÁRIO LIÇÕES 02 03 05 06 07 10 PLANO COOPERATIVO

Leia mais

Efésios 2: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se

Efésios 2: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se Efésios 2:8-10 8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se glorie; 10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus

Leia mais

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20.

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Objetivo do encontro: Despertar amor a Eucaristia e a participação da santa missa, onde o sacramento é oferecido. Texto: Ë o sacramento pelo qual participamos,

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo.

OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. OO primeiro a pregar o evangelho ao homem foi o próprio Deus no Éden. www.portalebd.org.br

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração 05 de Janeiro Deus eterno e todo-poderoso,pela

Leia mais

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM Quarta-feira da 6ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

A Sedução da Auto-Estima

A Sedução da Auto-Estima A Sedução da Auto-Estima Aula 1: Criados para adorar Aula 2: A sedução da auto-estima Aula 3: Uma perspectiva bíblica sobre nós mesmos Aula 4: Verdade Bíblica X Perspectivas atuais 1 Aula 1 - Criados para

Leia mais

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério terreno do Nosso Senhor

Leia mais

Maria e o mistério de Cristo. Prof. Thiago Onofre

Maria e o mistério de Cristo. Prof. Thiago Onofre Maria e o mistério de Cristo Prof. Thiago Onofre A realidade da Encarnação A Encarnação do Verbo de Deus é obra do Espírito Santo; Não é vontade humana, mas divina; São Lucas apresenta Maria como mediação

Leia mais