UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão."

Transcrição

1 MODELO PARA O PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO 1. Identificação do Projeto: Nome do Curso: Área do Conhecimento: Forma de Oferta: ( ) Presencial ( ) A distância Turno: ( ) Noturno ( ) Diurno ( )Integral 2. Setor Responsável: 3. Coordenação: Todos os itens são de preenchimento obrigatório. Nome: Titulação: Unidade de Lotação: Telefone da Unidade (ramal): Telefone da residencial: Telefone celular: CPF (Digite o CPF sem ponto ou traço): Regime de trabalho: Se Outro, especificar: Sexo: 4. Carga Horária: Indicação da carga horária total em sala de aula, em atividades práticas, em atividades individuais, em grupo, fora de sala de aula e no trabalho de conclusão de curso.

2 5. Público Alvo: UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Definição do público-alvo e a contribuição que pretende dar em termos de competências e habilitações aos egressos. 6. Introdução Aspectos fundamentais que nortearam a criação do curso em termos de inserção no contexto global e das principais abordagens teórico-práticas pretendidas, além dos aspectos de inovação introduzidos por meio do curso. Descrever as parcerias firmadas com outras organizações para desenvolvimento do curso. 7. Justificativa Razões que deram origem à criação do curso: Carências a serem supridas na área, formação profissional e contribuição para o desenvolvimento regional sob o ponto de vista econômico e social. 8. Objetivos: Geral e Específicos. 9. Conteúdo Programático: Relacionar os módulos e as disciplinas com a respectiva carga horária. Descrever a ementa de cada disciplina e a bibliografia básica, com até três obras por disciplina. 10. Periodicidade, Cronograma das disciplinas e corpo docente: Período de duração do curso início e fim e o turno, com a carga horária 1, nº. de créditos 2, início e fim de cada disciplina e do trabalho de conclusão. Indicação do 1 Vide art. 19 da Resolução nº. 536/2007 CONSEPE.. 2 Vide art. 20 da Resolução nº. 536/2007 CONSEPE.

3 nome, CPF, Titulação com área de conhecimento e forma de contratação de cada do corpo docente na IES de origem. 11. Metodologia: Relacionar os recursos metodológicos a serem empregados no curso. Explicitar o uso de métodos inovadores de ensino e a forma como se pretende alcançar a integração entre teoria e prática. 12. Atividades Complementares: Indicação das atividades fora da sala de aula: visita a empresas, elaboração de projetos, estudos de caso, viagens, período de estudos em outro Estado ou País, workshops, participação em eventos e outras. 13. Tecnologia: Descrever a tecnologia empregada, principalmente no caso de curso a distância: plataforma, ferramentas específicas, recursos de multimídia, produção de material de apoio, sessões presenciais, tutoria, monitoria e outras informações relevantes. 14. Infra-Estrutura Física: Relacionar as condições de infra-estrutura física, salas de aula, biblioteca, equipamentos e laboratórios, áreas de acesso especiais e demais instalações asseguradas aos professores e alunos do curso proposto. 15. Critério de Seleção: Definir critério de seleção dos alunos e pré-requisito para ingresso no curso.

4 16. Sistemas de Avaliação: UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Indicação da forma de avaliação do desempenho dos alunos. Indicar também de avaliação dos professores, coordenação, atendimento administrativo e as instalações físicas. 17. Controle de Freqüência: Definir a freqüência mínima exigida e forma de controle. 18. Trabalho de Conclusão: Indicação do tipo de trabalho, formação de banca examinadora e demais requisitos para certificação. 19. Certificação: Instituição que irá chancelar o certificado e condições para sua emissão. Indicação da forma de controle da documentação nos termos da Resolução CES/CNE nº. 1/2007.

5 20. Cronograma das disciplinas e Corpo Docente UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO NOME DA DISCIPLINA (Nome completo) Nº DO PROFESSOR CARGA HORÁRIA TEÓRICA PRÁTICA CRONOGRAMA INÍCIO TÉRMINO (dd/mm/aaaa) (dd/mm/aaaa)

6 21. Planilha Orçamentária: (Solicitar Planilha em EXCELL ao DOF/PROGF). 1. Especificar as despesas previstas e fontes de receitas bem como a forma de gerenciamento dos recursos; 2. Definir as taxas de inscrição, matrículas, parcelas e outras; 3. Anexar cópia do documento formal no caso de convênios com outras instituições. 1. PREVISÃO DE DESPESAS PASSAGENS AÉREAS PARA PROFESSORES CONVIDADOS TRECHO QUANT. VLR. UNITÁRIO VLR HOSPEDAGEM PARA PROFESSORES CONVIDADOS PROFESSOR Nº DIAS VLR. UNITÁRIO VLR.

7 1.3 - DIÁRIAS (PARA CURSO MINISTRADO NA SEDE, JUSTIFICAR) PROFESSOR Nº DIAS VLR. UNITÁRIO VLR REMUNERAÇÃO DAS HORAS/AULA PROFESSOR Nº HORAS VLR. UNITÁRIO VLR. SUB ENCARGOS SOCIAIS

8 1.5 - REMUNERAÇÃO PESSOAL ADMINISTRATIVO PROFESSOR MESES VLR. UNITÁRIO SUB ENCARGOS SOCIAIS MATERIAL DE CONSUMO ESPECIFICAÇÃO QUANT. VLR. UNITÁRIO VLR.

9 1.7 - MATERIAL PERMANENTE ESPECIFICAÇÃO QUANT. VLR. UNITÁRIO VLR OUTRAS DESPESAS ESPECIFICAÇÃO QUANT. VLR. UNITÁRIO VLR. TAXA DE MANUTENÇÃO SUB

10 1.9 - RESUMO DAS DESPESAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO NATUREZA DA DESPESA VALOR DIÁRIAS COM PESSOAL CIVIL PASSAGENS E DESPESAS COM LOCOMOÇÃO MATERIAL DE CONSUMO OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA FÍSICA OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS E CONTRIBUTIVAS OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - HOSPEDAGEM EQUIPAMENTOS E MATERIAL PERMANENTE - TAXA DE MANUTENÇÃO - SUB - RESERVA TÉCNICA - -

11 2. PREVISÃO DE RECEITA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO ESPECIFICAÇÃO Nº ALUNOS Nº PARCELAS VALOR TAXA DE INSCRIÇÃO MENSALIDADE VLR. 22. Referências Bibliográficas Observação: Limitar o Projeto Pedagógico de cada curso a, no máximo, 20 páginas.

Formulário Para Criação de Curso FORMULÁRIO Nº 1: ESPECIALIZAÇÃO - CURSO NOVO

Formulário Para Criação de Curso FORMULÁRIO Nº 1: ESPECIALIZAÇÃO - CURSO NOVO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO Formulário Para Criação de Curso FORMULÁRIO Nº 1: ESPECIALIZAÇÃO - CURSO NOVO Campus:

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional PDI -

Plano de Desenvolvimento Institucional PDI - Plano de Desenvolvimento Institucional PDI - Diretrizes para Elaboração Eixos Temáticos Essenciais do PDI Perfil Institucional Avaliação e Acompanhamento do Desenvolvimento Institucional Gestão Institucional

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRPDI Orientação Geral O Plano de Desenvolvimento Institucional -PDI, elaborado para um período de 5

Leia mais

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 31 de março de Gilberto Gonçalves Garcia, OFM Presidente

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 31 de março de Gilberto Gonçalves Garcia, OFM Presidente RESOLUÇÃO CONSEPE 15/2005 ALTERA O REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE, no uso das atribuições

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional

Plano de Desenvolvimento Institucional data Plano de Desenvolvimento Institucional PDI - 2016-2020 Prof. Esper Cavalheiro Pró-Reitor de Planejamento - PROPLAN Profa. Cíntia Möller Araujo Coordenadora de Desenvolvimento Institucional e Estudos

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI 2011-2015 1. PERFIL INSTITUCIONAL Com base no artigo 16 do Decreto Federal nº 5.773, de 09 de maio de 2006. 1.1 Missão (ASPLAN)

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Aprovado pelo CONSUNI Nº15 em 24/05/2016 ÍNDICE CAPITULO I Da Constituição,

Leia mais

Coeficiente de Rendimento Pontos. 6.0 e

Coeficiente de Rendimento Pontos. 6.0 e Edital nº56 de 20 abril de 2017 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí IFPI, através da Direção Geral do IFPI- Campus Teresina Central, torna público para conhecimento dos interessados,

Leia mais

EDITAL Nº 07/2017, DE 1º DE JUNHO DE 2017.

EDITAL Nº 07/2017, DE 1º DE JUNHO DE 2017. EDITAL Nº 07/2017, DE 1º DE JUNHO DE 2017. O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI, através da DO IFPI-CAMPUS PICOS, torna público para conhecimento dos interessados, o regulamento

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO. Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO. Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira QUINTA SELEÇÃO PARA ADMISSÃO AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL E DO TRABALHO

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES MULTIPLICADORES

INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES MULTIPLICADORES INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES MULTIPLICADORES 1 - DAS INSCRIÇÕES 1.1 Poderão participar do presente processo seletivo os servidores públicos federais ativos do IFPA, regidos

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense Conselho Superior Modelo I Roteiro para elaboração do Projeto Pedagógico

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA ARTE ESCOLA DE TEATRO E DANÇA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA ARTE ESCOLA DE TEATRO E DANÇA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA ARTE ESCOLA DE TEATRO E DANÇA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ESTUDOS CONTEMPORÂNEOS DO CORPO: CRIAÇÃO, TRANSMISSÃO E RECEPÇÃO EDITAL Nº 003/2013 - ICA

Leia mais

PROJETO DE ENSINO. Gestor do Projeto: Setor ou Colegiado do Curso:

PROJETO DE ENSINO. Gestor do Projeto: Setor ou Colegiado do Curso: PROJETO DE ENSINO TÍTULO DO PROJETO DE ENSINO Gestor do Projeto: Setor ou Colegiado do Curso: 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1. Título do Projeto: 1.2. Dados Completos do Gestor do Projeto: Nome: CPF: RG: Endereço

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO PDI: Documento elaborado pela Equipe de Assessoria da Pró-reitoria de Planejamento da UEMA

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO PDI: Documento elaborado pela Equipe de Assessoria da Pró-reitoria de Planejamento da UEMA ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO PDI: Documento elaborado pela Equipe de Assessoria da Pró-reitoria de Planejamento da UEMA Agosto de 2015 INTRODUÇÃO O Ministério de Educação (MEC) através do Sistema Nacional

Leia mais

UNIVERSIDAD SAN LORENZO UNISAL UNIVERSIDADES IBEROAMERICANAS UNIBAM PROGRAMA DE MESTRADO

UNIVERSIDAD SAN LORENZO UNISAL UNIVERSIDADES IBEROAMERICANAS UNIBAM PROGRAMA DE MESTRADO METODOLOGIA: Os encontros que acontecem em Sobral tem a seguinte estrutura: ETAPA 1 - Seis encontros presenciais para a realização dos Seminários Metodológicos Encontro 1 Metodologia da Investigação Qualitativa

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS A Pró-Reitoria de Administração e Finanças - PROAD, buscando reduzir as dificuldades

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO nº 023 /97 Autoriza a reformulação do Curso de Especialização em Ciência da Computação e Informática, que passa a denominar-se Curso de Especialização

Leia mais

Estará apto a realizar a inscrição o candidato que preencher os seguintes requisitos:

Estará apto a realizar a inscrição o candidato que preencher os seguintes requisitos: Ministério da Educação Programa Pró-Licenciatura Curso de Licenciatura em Matemática Modalidade a Distância Edital Seleção de Tutor Presencial Bolsista FNDE A COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA,

Leia mais

Planejamento e Controle de Obras ENG 2334 PLANO DE ENSINO

Planejamento e Controle de Obras ENG 2334 PLANO DE ENSINO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS REC. PELO DEC. N.º 47.041, DE 17/10/1959 VICE-REITORIA DE GRADUAÇÃO Planejamento e Controle de Obras ENG 2334 PLANO DE ENSINO E-mail: mayara@avantepg.com.br Plano

Leia mais

EDITAL Nº 004/2017, DE 31 DE MAIO DE 22017

EDITAL Nº 004/2017, DE 31 DE MAIO DE 22017 DIREÇÃO GERAL EDITAL Nº 004/2017, DE 31 DE MAIO DE 22017 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí IFPI, através da Direção Geral do campus Uruçuí, torna públicas, para conhecimento

Leia mais

PORTARIA 16/2016 DIRETORIA ACADÊMICA ADMINISTRATIVA

PORTARIA 16/2016 DIRETORIA ACADÊMICA ADMINISTRATIVA PORTARIA 16/2016 DIRETORIA ACADÊMICA ADMINISTRATIVA Dispõe sobre a organização pedagógica e o apoio logístico na oferta de cursos de pós-graduação lato sensu. O Diretor Acadêmico Administrativo da Faculdade

Leia mais

ADENDO ao EDITAL 035/2016 INTERCÂMBIO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE INEDI- CESUCA COM O CURSO DE DIREITO DA FACULDAD TERESA DE ÁVILA, DA

ADENDO ao EDITAL 035/2016 INTERCÂMBIO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE INEDI- CESUCA COM O CURSO DE DIREITO DA FACULDAD TERESA DE ÁVILA, DA ADENDO ao EDITAL 035/2016 INTERCÂMBIO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE INEDI- CESUCA COM O CURSO DE DIREITO DA FACULDAD TERESA DE ÁVILA, DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDAD CATÓLICA ARGENTINA. UCA, PARANÁ ALTERAÇÃO:

Leia mais

METODOLOGIA DO ENSINO SUPERIOR à distância

METODOLOGIA DO ENSINO SUPERIOR à distância FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: ROBERTO DE MEDEIROS JUNIOR COORDENAÇÃO DA FACULDADE: JEHAN CARLA ZUNINO LUCKMANN COORDENAÇÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU:

Leia mais

Local (Cidade) 29 de maio de 2006

Local (Cidade) 29 de maio de 2006 Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Ponta Grossa Departamento Acadêmico ou Coordenação PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROJETO DE ABERTURA DO CURSO DE

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO Instruções para preenchimento do Formulário de Proposta

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO Instruções para preenchimento do Formulário de Proposta CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO Instruções para preenchimento do Formulário de Proposta A criação de cursos de pós-graduação lato sensu (especialização) é regulada pela Resolução CNE/CES

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 20, DE 16 DE JULHO DE 2012

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 20, DE 16 DE JULHO DE 2012 1 EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 20, DE 16 DE JULHO DE 22 22/MDS, A SER REALIZADO NO MUNICÍPIO DE SANTA INÊS. A Direção-Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 142-CONSELHO SUPERIOR, de 26 de setembro de 2013.

RESOLUÇÃO Nº 142-CONSELHO SUPERIOR, de 26 de setembro de 2013. RESOLUÇÃO Nº 142-CONSELHO SUPERIOR, de 26 de setembro de 2013. ALTERA A RESOLUÇÃO Nº 040- CONSELHO SUPERIOR QUE ESTABELECE OS PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO E ADEQUAÇÃO CURRICULAR DOS PLANOS DOS CURSOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Faculdade de Educação Núcleo de Educação a Distância Edital de Seleção de Tutores Presenciais UAB I/SEED/MEC

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Faculdade de Educação Núcleo de Educação a Distância Edital de Seleção de Tutores Presenciais UAB I/SEED/MEC Edital de Seleção de Tutores Presenciais UAB I/SEED/MEC A Universidade Federal de Juiz de fora (UFJF) torna público, por meio deste Edital, o processo de seleção de Tutores a Presenciais para o Curso de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA SEETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA ANEXO I Modelo de Curriculum Vitae (Preenchimento obrigatório neste modelo) 1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. 1 Nome: 1. 2 Filiação: Nome do pai Nome da mãe 1. 3 Data de nascimento:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA CONFEA FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA CONFEA FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO Este formulário refere-se ao art. 3º do Anexo II da Resolução nº 1.073, de 19 de abril de 2016, e deve ser preenchido pela instituição de ensino interessada

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Artigo 16 do Decreto nº de 09 de maio de 2006

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Artigo 16 do Decreto nº de 09 de maio de 2006 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Artigo 16 do Decreto nº 5.773 de 09 de maio de 2006 I Introdução A edição do Decreto n. 5.773, de 9 de maio de 2006, que dispõe sobre

Leia mais

SELEÇÃO DE PROFESSORES /1 Processo seletivo simplificado Edital nº 01/2017

SELEÇÃO DE PROFESSORES /1 Processo seletivo simplificado Edital nº 01/2017 SELEÇÃO DE PROFESSORES - 2017/1 Processo seletivo simplificado Edital nº 01/2017 A Direção Acadêmica de Graduação da FAESA torna pública a abertura de inscrição para seleção de professores de educação

Leia mais

ANEXO 2. PTD - PLANO DE TRABALHO DOCENTE - (Ano de referência)

ANEXO 2. PTD - PLANO DE TRABALHO DOCENTE - (Ano de referência) 1. IDENTIFICAÇÃO ANEXO 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA Departamento de (Nome do departamento) Curso de (Nome do curso) PTD - PLANO DE TRABALHO DOCENTE - (Ano de referência) Nome: Unidade Acadêmica de

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR Nº 2017/1.

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR Nº 2017/1. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR Nº 2017/1. O Grupo Kroton de Salvador torna público, para conhecimento dos interessados, os procedimentos e normas que regulamentam a realização

Leia mais

EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO FORMAÇÃO E SABERES DOCENTES

EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO FORMAÇÃO E SABERES DOCENTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE CAMPUS BOA VIAGEM EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO FORMAÇÃO

Leia mais

Projeto Político Pedagógico

Projeto Político Pedagógico Projeto Político Pedagógico INSTITUINTE DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GPP/EACH/USP Diretrizes da Pró Reitoria de Graduação para orientar o processo de formulação Instituinte do Projeto Político

Leia mais

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES EDITAL Nº 832/2017 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PRESENCIAL 2º SEMESTRE LETIVO DE 2017 A Universidade Católica de Brasília torna público aos interessados que estão abertas

Leia mais

PROJETO / REGULAMENTO

PROJETO / REGULAMENTO FACULDADE BATISTA PIONEIRA Dr. Pestana, 1021, Ijuí, RS - 98700-000 - (55) 3332-2205 - faculdade@batistapioneira.edu.br Instituição Credenciada no MEC pela Portaria 1.478 de 04/12/2008 Bacharelado em Teologia

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA EM TERAPIA

Leia mais

RESOLUÇÃO CEPE Nº 3.030

RESOLUÇÃO CEPE Nº 3.030 RESOLUÇÃO CEPE Nº 3.030 Aprova as Normas Gerais dos Cursos de Pós-Graduação lato sensu na UFOP. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Ouro Preto, em sua 259ª reunião ordinária,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ELABORAÇÃO DE MATERIAL, TUTORIA E AMBIENTES VIRTUAIS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento

Leia mais

EDITAL N. 01, DE 13 DE OUTUBRO DE 2016

EDITAL N. 01, DE 13 DE OUTUBRO DE 2016 SELEÇÃO DE FACILITADOR DE APRENDIZAGEM CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA A ESTIMULAÇÃO PRECOCE EM CRIANÇAS COM MICROCEFALIA O Instituto de Educação do Hospital do Coração de São Paulo, por meio do Programa

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO DE COORDENADOR (A) PEDAGÓGICO (A) E PROFESSOR (A) DE ENSINO TÉCNICO

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO DE COORDENADOR (A) PEDAGÓGICO (A) E PROFESSOR (A) DE ENSINO TÉCNICO PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO DE COORDENADOR (A) PEDAGÓGICO (A) E PROFESSOR (A) DE ENSINO TÉCNICO EDITAL Nº 002/2016 A Faculdade do Vale do Araranguá- FVA, pessoa jurídica de direito

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDIOVISUAL ESCOLA DE CINEMA DARCY RIBEIRO

INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDIOVISUAL ESCOLA DE CINEMA DARCY RIBEIRO INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDIOVISUAL ESCOLA DE CINEMA DARCY RIBEIRO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO CURSO CINEASTAS DO FUTURO A Escola de Cinema Darcy Ribeiro (ECDR) torna pública a abertura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTA DE EXTENSÃO EDITAL/UFU/PROEX/Nº 64 -ASAEX A Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Uberlândia,

Leia mais

EDITAL N o 003/2016/DComp

EDITAL N o 003/2016/DComp EDITAL N o 003/2016/DComp PROCESSO SELETIVO PROGRAMA DE MONITORIA O Departamento de Computação (DComp), do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, do campus São Cristóvão da Universidade Federal de Sergipe,

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS CÂMPUS UNIVERSITÁRIO DE LUZIÂNIA EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA DE ALUNOS Nº 02/2016

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS CÂMPUS UNIVERSITÁRIO DE LUZIÂNIA EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA DE ALUNOS Nº 02/2016 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS CÂMPUS UNIVERSITÁRIO DE LUZIÂNIA EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA DE ALUNOS Nº 02/2016 CRONOGRAMA 14/06/2016 Publicação do Edital de abertura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL ESCOLA DE GESTORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA PÚBLICA EDITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL ESCOLA DE GESTORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA PÚBLICA EDITAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL ESCOLA DE GESTORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA PÚBLICA EDITAL A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), por meio da (FE), em

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO E M SAÚDE

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO E M SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DO TRABALHO

Leia mais

CHAMADA INTERNA DE SUBPROJETOS PARA COMPOSIÇÃO DO PROJETO INSTITUCIONAL DA UFMG PARA A CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT 01/ ZIKA

CHAMADA INTERNA DE SUBPROJETOS PARA COMPOSIÇÃO DO PROJETO INSTITUCIONAL DA UFMG PARA A CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT 01/ ZIKA CHAMADA INTERNA DE SUBPROJETOS PARA COMPOSIÇÃO DO PROJETO INSTITUCIONAL DA UFMG PARA A CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT 01/2016 - ZIKA FORMATO APRESENTAÇÃO INSTRUÇÕES As propostas de subprojeto poderão

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CoRI

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CoRI UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CoRI CHAMADA INTERNA/UEPB/CORI/002/2017 CURSO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE PROFICIÊNCIA E/OU NIVELAMENTO EM LÍNGUA INGLESA TOEFL

Leia mais

APÊNDICE II. 1.4 ÁREA E SUB-ÁREA DO CONHECIMENTO - CNPq (vide site

APÊNDICE II. 1.4 ÁREA E SUB-ÁREA DO CONHECIMENTO - CNPq (vide site APÊNDICE II PROJETO DE PESQUISA CICLO 2016/2017 Código: (Para uso da coordenação de iniciação científica) 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 TÍTULO: 1.2 ANO LETIVO: 1.3 SEMESTRE: 1.4 ÁREA E SUB-ÁREA DO CONHECIMENTO

Leia mais

EDITAL DE CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO NA UFSCAR PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017

EDITAL DE CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO NA UFSCAR PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017 EDITAL DE CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO NA UFSCAR PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017 JUSTIFICATIVA Em atenção ao art. 66 e seu parágrafo único do Estatuto Geral da Universidade Federal de São Carlos UFSCar, e

Leia mais

MBA EM EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO

MBA EM EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: MARCOS HOLLERWEGER COORDENAÇÃO DA FACULDADE: JEHAN CARLA ZUNINO LUCKMANN COORDENAÇÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: FERNANDA

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIA DE ALIMENTOS (Aprovado pela Resolução Nº 878/ CONSEPE de 28/11/2011)

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIA DE ALIMENTOS (Aprovado pela Resolução Nº 878/ CONSEPE de 28/11/2011) UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

Leia mais

INSCRIÇÕES. A inscrição poderá ser feita em português, inglês ou espanhol. Será necessário enviar, por , até 21/07/2017 os seguintes documentos:

INSCRIÇÕES. A inscrição poderá ser feita em português, inglês ou espanhol. Será necessário enviar, por  , até 21/07/2017 os seguintes documentos: Processo Seletivo para Mestrado Acadêmico e Doutorado em Administração de Empresas e em Administração Pública e Governo, exclusivamente destinado a candidatos ao Programa de Estudantes-Convênio de pós-graduação

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO: Curso FIC de Reciclagem em NR-10 PARTE 1 (SOLICITANTE)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO: Curso FIC de Reciclagem em NR-10 PARTE 1 (SOLICITANTE) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA APROVAÇÃO DE CURSO E AUTORIZAÇÃO DA OFERTA PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EXECUTIVO EM NEGÓCIOS DA MODA 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EXECUTIVO EM NEGÓCIOS DA MODA 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EXECUTIVO EM NEGÓCIOS DA MODA 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º semestre/2017 Turmas de 2ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º semestre/2017 Turmas de 2ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º semestre/2017 Turmas de 2ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO A Faculdade de Ciências Humanas de Olinda FACHO torna pública a abertura

Leia mais

CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA - REDE ETEC BRASIL EDITAL 21/2017

CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA - REDE ETEC BRASIL EDITAL 21/2017 CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA - REDE ETEC BRASIL EDITAL 21/2017 A presente chamada interna visa contratar bolsista para atuar nos cursos técnicos, na modalidade educação a distância,

Leia mais

EDITAL Nº 003/2011. Processo seletivo para a contratação de Professor

EDITAL Nº 003/2011. Processo seletivo para a contratação de Professor EDITAL Nº 003/2011 Processo seletivo para a contratação de Professor Artigo 1º - A Faculdade Guanambi, mantido pela CESG Centro de Educação Superior de Guanambi, com sede à Avenida Barão do Rio Branco,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 154/2005-CEPE/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 154/2005-CEPE/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 154/2005-CEPE/UNICENTRO Aprova o Regulamento de Criação, Organização e Funcionamento de Cursos, Programas e Disciplinas ofertados a Distância, na Universidade Estadual do Centro-Oeste, UNICENTRO.

Leia mais

Documento apreciado e aprovado pelo CAEX como lavrado em Ata. 1

Documento apreciado e aprovado pelo CAEX como lavrado em Ata. 1 RESOLUÇÃO DO CONSELHO ACADÊMICO DE EXTENSÃO REGULAMENTO PARA OS CURSOS DE EXTENSÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO CAPÍTULO I CARACTERIZAÇÃO Art.1º - Os Cursos

Leia mais

SELEÇÃO DE PROFESSORES FAESA/PRONATEC Edital nº 05/2014

SELEÇÃO DE PROFESSORES FAESA/PRONATEC Edital nº 05/2014 SELEÇÃO DE PROFESSORES FAESA/PRONATEC Edital nº 05/2014 O Superintendente da FAESA torna público o cadastramento de professores no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego PRONATEC,

Leia mais

MODELO RESIDÊNCIA MÉDICA

MODELO RESIDÊNCIA MÉDICA CURSO DE POS-GRADUACAO EM ECOCARDIOGRAFIA MODELO RESIDÊNCIA MÉDICA Coordenação Geral: A coordenação geral dos cursos de ecocardiografia será realizada pela Chefia Técnico Administrativa do Serviço de Ecocardiografia

Leia mais

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL- PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL- PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL- PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES Por determinação do Diretor Geral da FEAD, a Coordenação Pedagógica torna público aos interessados que encontram-se abertas as inscrições

Leia mais

A- INSTITUIÇÃO DE ENSINO

A- INSTITUIÇÃO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENAÇÃO DAS COMISSÕES DE ESPECIALISTAS DE ENSINO COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE FISIOTERAPIA FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO PARA FINS DE AUTORIZAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 05/2017 PROCESSO SELETIVO DESTINADO À COMPLEMENTAÇÃO DE VAGAS DO CURSO DE ESPANHOL COMUNICATIVO

EDITAL Nº 05/2017 PROCESSO SELETIVO DESTINADO À COMPLEMENTAÇÃO DE VAGAS DO CURSO DE ESPANHOL COMUNICATIVO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS CABO DE SANTO AGOSTINHO COORDENAÇÃO DO CENTRO DE LIBRAS E LÍNGUAS

Leia mais

EDITAL Nº 08/2015 Processo Seletivo de Professor PRONATEC

EDITAL Nº 08/2015 Processo Seletivo de Professor PRONATEC EDITAL Nº 08/2015 Processo Seletivo de Professor PRONATEC Artigo 1º - A FACULDADE GUANAMBI, mantida pela CESG Centro de Educação Superior de Guanambi, com sede à Avenida Governador Nilo Coelho, 4911, Bairro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES EDITAL n o 023/2006-CGCI/CAPES Chamada Pública de Projetos para a Escola de Altos Estudos Cooperação

Leia mais

E D I T A L Nº 03/2017

E D I T A L Nº 03/2017 E D I T A L Nº 03/2017 INSCRIÇÕES E MATRÍCULAS PARA OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU, EM NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO, NA MODALIDADE PRESENCIAL, EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL EMPRESARIAL, E EM DIREITO

Leia mais

Curso Vagas Habilidades e competências Habilidades e competências técnicas e teóricas nas áreas específicas:

Curso Vagas Habilidades e competências Habilidades e competências técnicas e teóricas nas áreas específicas: Edital 003/2016 SOBRESP FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE O Diretor da SOBRESP Faculdade de Ciências da Saúde juntamente com a Diretoria Acadêmica, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

Edital DGEP nº 17/2016, de 25 de abril de 2016

Edital DGEP nº 17/2016, de 25 de abril de 2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROCESSO SELETIVO DE INSTRUTORES INTERNOS PARA AÇÕES DE CAPACITAÇÃO

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS. Dos Princípios. Do Local de Estágio

DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS. Dos Princípios. Do Local de Estágio UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE LETRAS CLÁSSICAS E VERNÁCULAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS/LIBRAS RESOLUÇÃO Nº 04/2011 - CLL Regulamenta

Leia mais

Universidade Severino Sombra

Universidade Severino Sombra Fundação Educacional Severino Sombra Universidade Severino Sombra Pró-Reitoria de Extensão Universitária Formulário para Proposta de Ação de Extensão Universitária Nº:. I. As propostas de Ação de Extensão,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS CÂMPUS CORA CORALINA EDITAL N. 001/2016 UEG/Câmpus Cora Coralina, 20 de junho de 2016.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS CÂMPUS CORA CORALINA EDITAL N. 001/2016 UEG/Câmpus Cora Coralina, 20 de junho de 2016. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS CÂMPUS CORA CORALINA EDITAL N. 001/2016 UEG/Câmpus Cora Coralina, 20 de junho de 2016. CHAMADA PÚBLICA PARA O PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU EM LÍNGUA

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC -

FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - REGULAMENTO INSTITUCIONAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - SUMÁRIO CAPITULO I... 3 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO II... 3 DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES...

Leia mais

Manual de Preenchimento Planilha de Distribuição da Carga Horária Docente por Departamento - Anual (Efetivos e Temporários)

Manual de Preenchimento Planilha de Distribuição da Carga Horária Docente por Departamento - Anual (Efetivos e Temporários) 1 Manual de Preenchimento Planilha de Distribuição da Carga Horária Docente por Departamento - Anual (Efetivos e Temporários) Preencher com a Carga Horária destinada a cada função/atividade Docentes Temporários:

Leia mais

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul UERGS Pró-Reitoria de Ensino Núcleo de Educação a Distância

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul UERGS Pró-Reitoria de Ensino Núcleo de Educação a Distância Universidade Estadual do Rio Grande do Sul UERGS Pró-Reitoria de Ensino Núcleo de Educação a Distância EDITAL DE SELEÇÃO PARA TUTORES A DISTÂNCIA Programa Pró-Licenciatura Edital NEAD 01/2008 A Universidade

Leia mais

AVALIANDO AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Sérgio Roberto Kieling Franco

AVALIANDO AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Sérgio Roberto Kieling Franco AVALIANDO AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES Sérgio Roberto Kieling Franco SINAES Política de promoção de qualidade (combinado com política regulatória) Avaliação de instituições e de cursos

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA 07/2016 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

EDITAL DE ABERTURA 07/2016 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS EDITAL DE ABERTURA 07/2016 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. DA REALIZAÇÃO A Escola de Governo (EG), através da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH),

Leia mais

EDITAL nº 01/ PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TTREINAMENTO DE FORÇA

EDITAL nº 01/ PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TTREINAMENTO DE FORÇA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL nº 01/2014 - PROCESSO

Leia mais

VALORES DE REQUERIMENTOS

VALORES DE REQUERIMENTOS oferecido Assinatura de Termo de Compromisso Estágio Antecipação de pagamento do curso ou do semestre Aproveitamento de estudos Externo Aproveitamento de Estudos Interno Boletim de notas Autenticado Cancelamento

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 1º SEMESTRE/2017

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 1º SEMESTRE/2017 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 1º SEMESTRE/2017 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

TCC Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia Civil Coordenação: Profa. Tatiana Jucá

TCC Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia Civil Coordenação: Profa. Tatiana Jucá TCC Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia Civil 2016-1 Coordenação: Profa. Tatiana Jucá 2/54 Pauta de hoje Apresentação da equipe de coordenação de TCC Datas importantes e documentação válida para

Leia mais

Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular SBBq

Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular SBBq A 1. Nome do Evento: 2. Organizador Sociedade Brasileira de Bioquímica e Formulário de Proposta para SBBq Conferences IDENTIFICAÇÃO DO EVENTO 3. Período da Realização: Início: Fim: 4. Local do Evento 5.

Leia mais

EDITAL N. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CUIDADO INTEGRAL COM A PELE NO ÂMBITO DA ATENÇÃO BÁSICA

EDITAL N. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CUIDADO INTEGRAL COM A PELE NO ÂMBITO DA ATENÇÃO BÁSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS REDE GOVERNO COLABORATIVO EM SAÚDE ESCOLA DE ENFERMAGEM - EENF DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA E ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL - DAOP EDITAL N. 001/2015 PROCESSO SELETIVO

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LOCAL B EDITAL Nº 02

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LOCAL B EDITAL Nº 02 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LOCAL - 2016.1B EDITAL Nº 02 SUMÁRIO 1. Da validade 3 2. Das inscrições 3 3. Das entrevistas, avaliação de currículo e de histórico escolar 3 4. Da classificação

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO - FBV A EDITAL Nº 17. Recife,2017

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO - FBV A EDITAL Nº 17. Recife,2017 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO - FBV.1A EDITAL Nº 17 Recife, Sumário Edital nº 15 - Admissão de alunos para os cursos de Pós-Graduação A Faculdade Boa Viagem (FBV/Devry), estabelecimento de ensino

Leia mais

Para uma melhor visualização, pressione os botões ctrl + L

Para uma melhor visualização, pressione os botões ctrl + L Para uma melhor visualização, pressione os botões ctrl + L Ctrl + L MANUAL DO ALUNO Programa de pós-graduação lato sensu Instituto de Ensino e Pesquisa 2 Seja bem-vindo (a) ao Instituto de Ensino e Pesquisa

Leia mais

2.2 São obrigações do monitor: a) executar integralmente o programa proposto pelo orientador; b) ler bibliografia específica do módulo;

2.2 São obrigações do monitor: a) executar integralmente o programa proposto pelo orientador; b) ler bibliografia específica do módulo; EDITAL Nº001 /2016 - COORD. DE MEDICINA/UFRR Boa Vista, 16 de Maio de 2016 Dispõe sobre Processo de Seleção para vagas de monitores do curso de Medicina da UFRR. A Coordenação do Curso de Bacharelado em

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE DOCENTES PARA O ENSINO SUPERIOR E ENSINO TÉCNICO

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE DOCENTES PARA O ENSINO SUPERIOR E ENSINO TÉCNICO PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE DOCENTES PARA O ENSINO SUPERIOR E ENSINO TÉCNICO EDITAL Nº 001/2016 A Faculdade do Vale do Araranguá, pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA HOSPITALAR Unidade Dias e

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE ASTRONOMIA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PREENCHIMENTO DE VAGA CELETISTA EDITAL Nº 15/2013

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PREENCHIMENTO DE VAGA CELETISTA EDITAL Nº 15/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PREENCHIMENTO DE VAGA CELETISTA EDITAL Nº 15/2013 A FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA E EXTENSÃO DE SERGIPE (FAPESE), pessoa jurídica de direito privado, instituída por Escritura

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE BIOLOGIA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

CENTRO DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO

CENTRO DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO (PARA USO DO CEPPE) PROCESSO Nº /20 NÚCLEO DE ESQUISA: FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PRÉ-PROJETO REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO EM PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA e EXTENSÃO NOME DO (A) ORIENTADOR(A): LINK

Leia mais

Instituto Brasiliense de Direito Público - IDP Escola de Direito de Brasília Centro de Pesquisa - CEPES

Instituto Brasiliense de Direito Público - IDP Escola de Direito de Brasília Centro de Pesquisa - CEPES - PROJETO PEDAGÓGICO - CURSO DE FORMAÇÃO EM TEORIA GERAL DO DIREITO PÚBLICO BRASÍLIA 2014 SUMÁRIO 1 NOME DO CURSO E ÁREA DO CONHECIMENTO...3 2 JUSTIFICATIVA...3 3 OBJETIVOS...3 4 CONCEPÇÃO DO PROGRAMA...4

Leia mais