Hibernate. Mapeamento Objeto-Relacional. Prof. Anselmo Cardoso Paiva Prof. Geraldo Braz Junior

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Hibernate. Mapeamento Objeto-Relacional. Prof. Anselmo Cardoso Paiva Prof. Geraldo Braz Junior"

Transcrição

1 Hibernate Mapeamento Objeto-Relacional Baseado nas notas de aula de João Dalyson e Raphaela Galhardo Fernandes Prof. Anselmo Cardoso Paiva Prof. Geraldo Braz Junior

2 Objetivos Aprender MOR usando Hibernate Configurar o Hibernate (XML, Anotações) Aprender a preparar consultas e comandos de manipulação de objetos com o Hibernate + BD; 2 2

3 Mapeamento Objeto Relacional Metadados descrevem o mapeamento entre os objetos e o banco de dados 3

4 MOR: Mapeando atributos Mapeamento simples; Atributos de uma classe correspondem a colunas de uma tabela; Deve-se considerar: Tipos de dados; Comprimento máximo dos dados; Precisão. Não é obrigado um atributo de uma classe se referir a uma coluna da tabela. 4

5 5 Exemplo MOR

6 MOR: Mapeamento de relacionamentos Tipos: Um-para-um; Um-para-muitos; Muitos-para-um; Muitos-para-muitos. 6

7 MOR: Opções JDBC: Ferramentas Existentes: Hibernate; JDO; Ibatis; Castor; Torque; EJB/CMP; JPA (EJB 3.0) 7

8 Hibernate Framework de mapeamento objeto relacional para aplicações Java; Open Source; Suporte: Coleções Relacionamento entre objetos Herança, polimorfismo e composições Linguagem de consulta própria HQL Hibernate Query Language 8

9 9 Benefícios do MOR e do Hibernate Produtividade Permite que você se concentre no problema de negócio; Manutenção Menos linhas de código (sistema mais compreensível) Desempenho Hibernate permite otimizações Independência de fornecedor Abstrai o aplicativo do sistema de banco de dados Portabilidade

10 10 Hibernate - Arquitetura

11 Hibernate - Arquitetura Session: Possibilita a comunicação entre a aplicação e a persistência; Objetos leves (barata de criar e destruir); De vida curta; A partir dele é possível: Realizar operações CRUD: (create, retrieve, update e delete) 11

12 Hibernate - Arquitetura SessionFactory: Possui informações de um banco de dados; Fábrica de objetos do tipo Session; Objeto Pesado; Uma única instância por aplicação; Múltiplos bancos de dados (Uma SessionFactory para cada) Mantém o MOR em memória. 12

13 Hibernate - Arquitetura Configuration: Usado para configurar informações para inicialização do Hibernate; Local documentos de mapeamentos Propriedades específicas do hibernate Usado para a obtenção de um objeto SessionFactory: 13

14 Hibernate - Arquitetura Transaction (opcional): Objeto de vida curta; Usados para especificar unidades atômicas de trabalho; Abstrai o aplicativo de lidar diretamente com transações JDBC, JTA ou CORBA. 14

15 Hibernate - Arquitetura Interfaces Criteria e Query Query: Executar consultas no banco de dados Controlar como a consulta é executada Criteria: Bem similar a Query Permite executar e criar consultas com criterios orientados para objetos 15

16 Classes Persistentes Implementam as entidades de domínio do negócio; Associadas a uma tabela no banco de dados; Classes POJO s (Plain Old Java Objects): Estrutura de JavaBeans Construtor padrão; Métodos getters e setters; Com atributo identificador independente da lógica de negócio. 16

17 17 Ciclo de Vida

18 Objetos Persistentes Possuem uma identidade de banco de dados; Estado do objeto continua existindo após a destruição do seu processo; Pode ser recriado em um novo objeto. 18

19 Objetos Transientes Tempo de vida ligado ao tempo do processo que o criou; Não necessariamente possuem estado persistente; Não podem ser reconstituídos automaticamente. 19

20 Objetos Detached Objetos em estado intermediário; Já Foram associados a um contexto persistente; Perderam o contexto Fechamento ou finalização de sessão. 20

21 Chave Primária Uma chave candidata a ser primária é uma coluna ou conjunto delas que identificam apenas uma linha; Uma chave deve ser: Única; Sempre não nula; Constante. É importante que a chave primária não tenha significado de negócio. 21

22 22 Chave primária: mecanismos

23 23 Hibernate com Anotações

24 24 O que são?

25 Primeiro Exemplo de Persistência CREATE TABLE `aluno` ( `id_aluno` INT(10) NOT NULL AUTO_INCREMENT, `matricula` INT(10) NOT NULL, `nome` VARCHAR(40) NOT NULL, `cpf` BIGINT(20) NOT NULL, PRIMARY KEY (`id_aluno`) ) COLLATE='utf8_general_ci' ENGINE=InnoDB ROW_FORMAT=DEFAULT AUTO_INCREMENT= 0 25

26 Mapeamento com Anotações Pacotes: javax.persistence.* org.hibernate.annotations.* 26

27 Exemplo de mapeamento 1. import javax.persistence.*; schema= exemplo") 4. public class Aluno { = GenerationType.IDENTITY) 8. private int id; 9. private int matricula; 10. private String nome; 11. private long cpf; 12. //Construtor padrão 13. public Aluno(){} 14. //Métodos getters e setters 15. // } 27

28 informa que a classe mapeada é informa nome da tabela correspondente. name: nome da tabela; schema: nome do esquema no banco de dados onde está a tabela. Necessário apenas se nome da tabela é diferente do nome da classe e a tabela está em esquema diferente de public. 28

29 define chave define mecanismo de geração da chave primária. strategy = name: define nome da coluna que mapeia atributo. 29

30 Configuração Necessário criar um arquivo hibernate.cfg.xml Também necessário as bibliotecas: hibernate3.jar hibernate-jpa-2.0-api final.jar (alternativas) (E pasta required) Além do conector para mysql 30

31 hibernate.cfg.xml 1. <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> 2. <!DOCTYPE hibernate-configuration PUBLIC "-//Hibernate/Hibernate Configuration DTD 3.0//EN" " <hibernate-configuration> <session-factory> <property name="hibernate.dialect">org.hibernate.dialect.mysqldialect</property> <property name="hibernate.connection.driver_class">com.mysql.jdbc.driver</property> <property name="hibernate.connection.url">jdbc:mysql://localhost:3309/exemplo</property> <property name="hibernate.connection.username">root</property> <property name="hibernate.connection.password">root</property> <property name="hibernate.connection.pool_size">10</property> <mapping class="exemplo.aluno"/> </session-factory> </hibernate-configuration 31

32 32 Dialetos

33 33 Manipulando objetos

34 34 Manipulando Objetos

35 Código gerado 1. Hibernate: insert into exemplo.aluno 2. (matricula, nome, cpf) 3. values (?,?,?) 35

36 Metodos Session 36

37 37 SaveOrUpdate

38 38 Delete

39 Segundo Exemplo: Cliente CREATE TABLE `cliente` ( `id_cliente` INT(10) NOT NULL AUTO_INCREMENT, `cpf` BIGINT(20) NOT NULL DEFAULT '0', `nome` VARCHAR(40) NOT NULL DEFAULT '0', `endereco` VARCHAR(100) NULL DEFAULT '0', `total_compras` DECIMAL(10,2) NULL DEFAULT '0.00', `data_cadastro` TIMESTAMP NULL DEFAULT CURRENT_TIMESTAMP, `data_nascimento` DATE NOT NULL, PRIMARY KEY (`id_cliente`), UNIQUE INDEX `u_cpf` (`cpf`) ) 39

40 40 Mapeamento Cliente

41 41 Mapeamento Cliente

42 mapeia atributo não mapeamento de datas e horas: TemporalType.DATE: usado para mapear datas; TemporalType.TIME: usado para mapear hora; TemporalType.TIMESTAMP: usado para mapear datas e hora. 42

43 definição de uma coluna: name: nome da coluna; unique: unicidade ou não; nullable: coluna nula ou não; length: tamanho da coluna; precision: precisão; insertable: atributo deve ser inserido ou não; updatable: atributo deve ser atualizado ou não. 43

44 Mapeamento de Associações One-to-One, One-to-Many, Many-to-One, Manyto-Many 44

45 Tipos Um-para-um; Muitos-para-um; Um-para-muitos; Muitos-para-muitos 45

46 OneToMany Exemplo: Uma universidade possui N 46

47 47 One-To-Many

48 mappedby: atributo no relacionamento muitos-para-um; fetch: indica quando o conteúdo será trazido do banco de dados; cascade: indica ação em cascata do relacionamento: CascadeType.PERSIST; CascadeType.REMOVE; CascadeType.REFRESH; CascadeType.MERGE; CascadeType.ALL; 48

49 fetch: (javax.persistence.fetchtype) FetchType.EAGER: sempre trazer; FetchType.LAZY: trazer apenas quando Ordena coleção <atributo> ASC <atributo> DESC ASC") 49

50 50 Insere todos os centros!

51 ManyToOne Exemplo: Uma universidade possui N 51

52 52 Mapeando Centro

53 53 Associações - fetch: FetchType.EAGER; FetchType.LAZY. informa nome da coluna chave estrangeira: name = nome da coluna; insertable = atributo deve ser inserido ou não; updatable = atributo deve ser atualizado ou não.

54 Associações - define como o atributo deve ser recuperado do banco de dados: FetchMode.JOIN: utiliza outer join; FetchMode.SELECT: utiliza novo select; FetchMode.SUBSELECT: utiliza uma consulta subselect. Não permitido 54

55 ManyToMany Nova tabela entre o relacionamento; 55

56 56 Mapeamento Departamento

57 57 Mapeamento Departamento

58 58 Mapeamento Curso

59 Associações - fetch: FetchType.EAGER; FetchType.LAZY. cascade. 59

60 Associações - informa qual é a tabela intermediária: name: nome da tabela; schema: esquema em que se encontra; joincolumns: qual coluna o representa na tabela intermediária; inversejoincolumns: qual coluna representa a outra entidade do relacionamento. 60

61 61 Exemplo

62 Associações - ManyToMany Nova tabela entre o relacionamento com outros atributos; 62

63 Associações ManyToMany Classe extra para a chave composta: 63

64 64 Associações - ManyToMany

65 65 Exemplo

66 OneToOne Formas de 66

67 Associações OneToOne Tabela endereco vai ter referência para universidade 67

68 68 Associações OneToOne

69 69 Exemplo

70 Referências Raphaela Galhardo Fernandes, Gleydson de A. Ferreira Lima:Hebernate com Anotações < php?media=quickstart:hibernate_anotacoe s.pdf> Hibernate: s/hibernate3/ 70

Módulo 03. Mapeando Associações/Relacionamentos. Raphaela Galhardo. raphaela@jeebrasil.com.br

Módulo 03. Mapeando Associações/Relacionamentos. Raphaela Galhardo. raphaela@jeebrasil.com.br Módulo 03 Mapeando Associações/Relacionamentos Raphaela Galhardo raphaela@jeebrasil.com.br Associações Um-para-um; Muitos-para-um; Um-para-muitos; Muitos-para-muitos. Associações - OneToMany Exemplo: Uma

Leia mais

Mapeando Relacionamentos Entre Classes com Anotações Hibernate Por: Raphaela Galhardo Fernandes Gleydson de Azevedo F. Lima

Mapeando Relacionamentos Entre Classes com Anotações Hibernate Por: Raphaela Galhardo Fernandes Gleydson de Azevedo F. Lima Classes com Anotações Hibernate Por: Raphaela Galhardo Fernandes Gleydson de Azevedo F. Lima Resumo Este tutorial destina-se a apresentar alguns exemplos de mapeamentos de associações/relacionamentos entre

Leia mais

HIBERNATE Criando um projeto em Java + Hibernate do zero

HIBERNATE Criando um projeto em Java + Hibernate do zero HIBERNATE Criando um projeto em Java + Hibernate do zero SUMÁRIO 1 Instalação do NetBeans 2 Instalação do Java Development Kit (JDK) 3 Criar projeto no NetBeans 4 O arquivo hibernate.cfg.xml 5 Criar as

Leia mais

Parte II Persistência entre Modelos de Dados

Parte II Persistência entre Modelos de Dados Parte II Persistência entre Modelos de Dados Clodis Boscarioli Agenda: Hibernate Introdução; Configurações; Mapeamento com XML; Exemplos; Associações: 1-n; n-1; n-n; 1-1. Hibernate - Introdução O Hibernate

Leia mais

Persistência de dados com JPA. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com

Persistência de dados com JPA. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com Persistência de dados com JPA Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com O que é persistência? A persistência de dados é o fato de pegar um dado e torná-lo persistente, ou seja, salvar em algum banco

Leia mais

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API)

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Tabela para Revisão Assunto (JPA) Interesse? 1 Vantagens e Desvantagens 4 2 Principais Conceitos 7 3 Anotações

Leia mais

Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink

Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink Vinicius Teixeira Dallacqua Curso de Tecnologia em Sistemas para Internet Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFTO AE 310 Sul, Avenida

Leia mais

ruirossi@ruirossi.pro.br

ruirossi@ruirossi.pro.br Persistência Com JPA & Hibernate Rui Rossi dos Santos ruirossi@ruirossi.pro.br Mediador: Rui Rossi dos Santos Slide 1 Mapeamento Objeto-Relacional Contexto: Linguagem de programação orientada a objetos

Leia mais

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API)

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Tabela para Revisão Assunto (JPA) Interesse? 1 Vantagens e Desvantagens 4 2 Principais Conceitos 7 3 Anotações

Leia mais

Hibernate com Anotações

Hibernate com Anotações Hibernate com Anotações Por: Raphaela Galhardo Fernandes Gleydson de A. Ferreira Lima raphaela@j2eebrasil.com.br, gleydson@j2eebrasil.com.br JavaRN - http://javarn.dev.java.net J2EEBrasil - http://www.j2eebrasil.com.br

Leia mais

HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB

HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB Raul Victtor Barbosa Claudino¹, Ricardo Ribeiro Rufino¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil victtor.claudino@gmail.com, ricardo@unipar.br Resumo: Este

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Curso: Engenharia de Software Arquitetura de Software Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 9 Mapeamento em JPA Introdução O mapeamento objeto-relacional

Leia mais

JPA: Persistência padronizada em Java

JPA: Persistência padronizada em Java JPA: Persistência padronizada em Java FLÁVIO HENRIQUE CURTE Bacharel em Engenharia de Computação flaviocurte.java@gmail.com Programação Orientada a Objetos X Banco de Dados Relacionais = Paradigmas diferentes

Leia mais

Mapeamento Objeto-Relacional

Mapeamento Objeto-Relacional Mapeamento Objeto-Relacional Persistência de dados com Java Persistence API - Hibernate Jefferson S Silva Mapeamento objeto-relacional Mas como? SQL + JDBC!? 1 Para quê serve MOR? O uso de uma solução

Leia mais

JPA (Java Persistence API) Marcos Kalinowski (kalinowski@ic.uff.br)

JPA (Java Persistence API) Marcos Kalinowski (kalinowski@ic.uff.br) JPA (Java Persistence API) (kalinowski@ic.uff.br) Agenda Conceitos básicos do JPA Mapeamento objeto relacional utilizando JPA Utilizando JPA para a persistência na prática EntityManager JPQL (Java Persistence

Leia mais

Mapeamento Lógico/Relacional com JPA

Mapeamento Lógico/Relacional com JPA Mapeamento Lógico/Relacional com JPA Elaine Quintino da Silva Doutora em Ciência da Computação pelo ICMC-USP/São Carlos Analista de Sistemas UOL PagSeguro Instrutora Globalcode Agenda! Persistência de

Leia mais

Hibernate. Mapeamento O/R Marcio Aguiar Ribeiro aguiar.marcio@gmail.com

Hibernate. Mapeamento O/R Marcio Aguiar Ribeiro aguiar.marcio@gmail.com Hibernate Mapeamento O/R Marcio Aguiar Ribeiro aguiar.marcio@gmail.com Hibernate O que é? Ferramenta para mapeamento O/R em Java Uma das mais difundidas Transparência Independência quanto ao tipo de base

Leia mais

Java Persistence API. Entity Entity Campos e Propriedades Entity Chaves Primárias Entity Associações

Java Persistence API. Entity Entity Campos e Propriedades Entity Chaves Primárias Entity Associações Java Persistence API Entity Entity Campos e Propriedades Entity Chaves Primárias Entity Associações Entity Manager Entity Manager API Java Persistence Query Language (JPQL) Persistence Units 1 Java Persistence

Leia mais

Figura 1.1 Código de inserção não baseado em Hibernate. Figura 1.2 Código de inserção baseado em Hibernate

Figura 1.1 Código de inserção não baseado em Hibernate. Figura 1.2 Código de inserção baseado em Hibernate Hibernate É um framework para mapeamento objeto/relacional para aplicações em Java. Tem como objetivo mor o mapeamento de classes Java em tabelas do banco de dados e viceversa, possibilitando a realização

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Curso: Sistemas de Informações Arquitetura de Software Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 7 JPA A Persistência com JPA Para configurar o JPA

Leia mais

Persistindo dados com TopLink no NetBeans

Persistindo dados com TopLink no NetBeans Persistindo dados com TopLink no NetBeans O que é TopLink? O TopLink é uma ferramenta de mapeamento objeto/relacional para Java. Ela transforma os dados tabulares de um banco de dados em um grafo de objetos

Leia mais

Aula 4. Carlos Eduardo de Carvalho Dantas (carloseduardocarvalhodantas@gmail.com)

Aula 4. Carlos Eduardo de Carvalho Dantas (carloseduardocarvalhodantas@gmail.com) Persistência com JDBC e JPA Aula 4 Carlos Eduardo de Carvalho Dantas (carloseduardocarvalhodantas@gmail.com) A sabedoria não se transmite, é preciso que nós a descubramos fazendo uma caminhada que ninguém

Leia mais

JPA Passo a Passo. Henrique Eduardo M. Oliveira henrique@voffice.com.br. Globalcode Open4Education

JPA Passo a Passo. Henrique Eduardo M. Oliveira henrique@voffice.com.br. Globalcode Open4Education JPA Passo a Passo Henrique Eduardo M. Oliveira henrique@voffice.com.br 1 Palestrante Henrique Eduardo M. Oliveira (henrique@voffice.com.br) > Trabalha: Arquiteto JEE / Instrutor Java > Formação: Ciências

Leia mais

Curso de Java. Acesso a banco de dados através do Hibernate. Todos os direitos reservados Klais

Curso de Java. Acesso a banco de dados através do Hibernate. Todos os direitos reservados Klais Curso de Java Acesso a banco de dados através do Hibernate Todos os direitos reservados Klais Motivação Java é uma linguagem orientada a objetos: Numa aplicação, o uso de objetos é um recurso importante

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Curso: Engenharia de Software Arquitetura de Software Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 11 Mapeamento em JPA - Continuação Objetos Embutidos

Leia mais

Struts 2 : Projeto e Programação Editora: Ciência Moderna Autor: Antunes Budi Kurniawan Número de páginas: 600

Struts 2 : Projeto e Programação Editora: Ciência Moderna Autor: Antunes Budi Kurniawan Número de páginas: 600 Objetivo Com enfoque totalmente prático permite que programadores Java possam ampliar seus conhecimentos no mundo Web na criação de sistemas profissionais. Utilizar os modelos de programação com Servlets,

Leia mais

Structured Query Language (SQL) Aula Prática

Structured Query Language (SQL) Aula Prática Structured Query Language (SQL) Aula Prática Linguagens de SGBD Durante o desenvolvimento do sistema R, pesquisadores da IBM desenvolveram a linguagem SEQUEL, primeira linguagem de acesso para Sistemas

Leia mais

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível

Leia mais

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível de independência do

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados Banco de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix

Leia mais

JPA Java Persistence API. Prof. Ramon Chiara

JPA Java Persistence API. Prof. Ramon Chiara JPA Java Persistence API Prof. Ramon Chiara JDBC Java DataBase Connectivity Acesso a bancos de dados Independência de banco de dados JDBC Aplicação JDBC Driver Banco de Dados JDBC Java DataBase Connectivity

Leia mais

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 INTRODUÇÃO PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 Leonardo Pereira leonardo@estudandoti.com.br Facebook: leongamerti http://www.estudandoti.com.br Informações que precisam ser manipuladas com mais segurança

Leia mais

Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD

Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD 2 1 Características dos SGBDs Natureza auto-contida de um sistema de banco de dados: metadados armazenados num catálogo ou dicionário de

Leia mais

Etc & Tal. Volume 2 - Número 1 - Abril 2009 SBC HORIZONTES 44

Etc & Tal. Volume 2 - Número 1 - Abril 2009 SBC HORIZONTES 44 Armazenando Dados em Aplicações Java Parte 2 de 3: Apresentando as opções Hua Lin Chang Costa, hualin@cos.ufrj.br, COPPE/UFRJ. Leonardo Gresta Paulino Murta, leomurta@ic.uff.br, IC/UFF. Vanessa Braganholo,

Leia mais

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Banco de Dados I Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Plano de Aula SQL Definição Histórico SQL e sublinguagens Definição de dados (DDL) CREATE Restrições básicas em SQL ALTER DROP 08:20 Definição de

Leia mais

BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS. Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre

BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS. Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre ROTEIRO PARA O 3º TRIMESTRE 1. O MySQL DDL SQL 1. Como funciona o MySQL 2. Como criar um banco de dados no MySQL 3. Como criar tabelas: comandos

Leia mais

Java para WEB com Hibernate e Struts 2. Duração 52 horas/aula. Objetvo

Java para WEB com Hibernate e Struts 2. Duração 52 horas/aula. Objetvo Objetvo O curso visa explorar a geração de conteúdo dinâmico para páginas WEB através de recursos da linguagem Java que são a base da plataforma Java Entreprise Editon (Java EE), e mostrar os frameworks

Leia mais

JPA Com Hibernate Aula 2

JPA Com Hibernate Aula 2 JPA Com Hibernate Aula 2 Paulo Ricardo Lisboa de Almeida 1 Modelo Necessário Modelo Necessário 2 Dados Transientes Quando criamos determinada propriedade em uma classe, mas essa propriedade não deve ser

Leia mais

PERSISTÊNCIA EM BANCO DE DADOS: UM ESTUDO PRÁTICO

PERSISTÊNCIA EM BANCO DE DADOS: UM ESTUDO PRÁTICO U NIVERSIDADE FEDERAL DE PERN AMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA PERSISTÊNCIA EM BANCO DE DADOS: UM ESTUDO PRÁTICO SOBRE AS API JPA E JDO TRABALHO DE GRADUAÇÃO POR NATÁLIA

Leia mais

Java e Banco de Dados: JDBC, Hibernate e JPA

Java e Banco de Dados: JDBC, Hibernate e JPA Java e Banco de Dados: JDBC, Hibernate e JPA 1 Objetivos Apresentar de forma progressiva as diversas alternativas de persistência de dados que foram evoluindo na tecnologia Java, desde o JDBC, passando

Leia mais

Mapeando Relacionamentos entre Entidades JPA. Prof. Fellipe Aleixo

Mapeando Relacionamentos entre Entidades JPA. Prof. Fellipe Aleixo Mapeando Relacionamentos entre Entidades JPA Prof. Fellipe Aleixo fellipe.aleixo@ifrn.edu.br Relacionamento entre Entidades É natural em um modelo de domínio termos relacionamento entre classes conceituais

Leia mais

Projeto de Banco de Dados: Empresa X

Projeto de Banco de Dados: Empresa X Projeto de Banco de Dados: Empresa X Modelo de negócio: Empresa X Competências: Analisar e aplicar o resultado da modelagem de dados; Habilidades: Implementar as estruturas modeladas usando banco de dados;

Leia mais

Curso PHP Aula 08. Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com

Curso PHP Aula 08. Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com + Curso PHP Aula 08 Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com + Roteiro Conectividade com BD SQL + SQL Structured Query Language. Padrão para interagir com banco de dados relacionais. + Banco de dados Um banco

Leia mais

2008.1 SQL. Autor: Renata Viegas

2008.1 SQL. Autor: Renata Viegas SQL Autor: Renata Viegas A linguagem SQL SQL - Structured Query Language. Foi definida nos laboratórios de pesquisa da IBM em San Jose, California, em 1974. Teve seus fundamentos no modelo relacional Sua

Leia mais

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br BANCO DE DADOS info 3º ano Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br Na última aula estudamos Unidade 4 - Projeto Lógico Normalização; Dicionário de Dados. Arquitetura

Leia mais

TUTORIAL: DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES COM O HIBERNATE NO NETBEANS

TUTORIAL: DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES COM O HIBERNATE NO NETBEANS TUTORIAL: DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES COM O HIBERNATE NO NETBEANS Glauber da Rocha Balthazar, Fábio Mendes Ramos Guimarães, Melise Maria Veiga de Paula, Elio Lovisi Filho Bacharelado em Sistemas de Informação

Leia mais

Resolvendo objeto-relacional impedance mismatch com hibernate

Resolvendo objeto-relacional impedance mismatch com hibernate Resolvendo objeto-relacional impedance mismatch com hibernate August 7, 2013 Sumário I 1 Introdução 2 3 4 Sumário II 5 Contexto Mapeamento Objeto-Relacional (ORM) é uma técnica de programação para converter

Leia mais

Desmistificando o Hibernate Envers em 10 passos

Desmistificando o Hibernate Envers em 10 passos _envers Desmistificando o Hibernate Envers em 10 passos Auditoria de dados? Registro de Log? Trilha de auditoria? Descubra como é fácil, através do Hibernate Envers, rastrear o histórico de mudanças e

Leia mais

SQL - Criação de Tabelas

SQL - Criação de Tabelas SQL - Criação de Tabelas André Restivo Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto February 24, 2012 André Restivo (FEUP) SQL - Criação de Tabelas February 24, 2012 1 / 25 Sumário 1 Introdução 2 Tabelas

Leia mais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais 1 LINGUAGEM SQL SQL Server 2008 Comandos iniciais SQL - STRUCTURED QUERY LANGUAGE Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação.

Leia mais

SQL DDL. Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br

SQL DDL. Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br Banco de Dados I SQL DDL Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br Introdução Modelo relacional encontra-se padronizado pela indústria de informática. Ele é chamado de padrão SQL (Structured Query Language)

Leia mais

Introdução à linguagem SQL

Introdução à linguagem SQL Introdução à linguagem SQL 1 Histórico A linguagem de consulta estruturada (SQL - Structured Query Language) foi desenvolvida pela empresa IBM, no final dos anos 70. O primeiro banco de dados comercial

Leia mais

2008.1. A linguagem SQL

2008.1. A linguagem SQL SQL 2008.1 A linguagem SQL SQL - Structured Query Language. Foi definida nos laboratórios de pesquisa da IBM em San Jose, California, em 1974. Teve seus fundamentos no modelo relacional Sua primeira versão

Leia mais

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de BD Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de informação para nosso êxito no curso. A intenção de elaborar

Leia mais

Banco de Dados. Maurício Edgar Stivanello

Banco de Dados. Maurício Edgar Stivanello Banco de Dados Maurício Edgar Stivanello Agenda Conceitos Básicos SGBD Projeto de Banco de Dados SQL Ferramentas Exemplo Dado e Informação Dado Fato do mundo real que está registrado e possui um significado

Leia mais

RELACIONAMENTOS ENTRE OS OBJETOS NO FRAMEWORK HIBERNATE Elio Lovisi Filho 1 Ronney Moreira de Castro 2 RESUMO

RELACIONAMENTOS ENTRE OS OBJETOS NO FRAMEWORK HIBERNATE Elio Lovisi Filho 1 Ronney Moreira de Castro 2 RESUMO Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery http://re.granbery.edu.br - ISSN 1981 0377 Curso de Sistemas de Informação - N. 10, JAN/JUN 2011 RELACIONAMENTOS ENTRE OS OBJETOS NO FRAMEWORK HIBERNATE

Leia mais

Introdução ao Hibernate 3

Introdução ao Hibernate 3 Introdução ao Hibernate 3 Maurício Linhares Mapeie o seu modelo de objetos diretamente para o banco de dados, de uma forma simples e se livrando de vez da SQL O que é o Hibernate? O Hibernate é uma ferramenta

Leia mais

Gerenciamento de um Sistema de

Gerenciamento de um Sistema de SBD Gerenciamento de um Sistema de Banco de Dados Prof. Michel Nobre Muza ua michel.muza@ifsc.edu.br Prof. Marcos Antonio Viana Nascimento Por que é importante: Motivação Participar na organização e no

Leia mais

SQL - Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados. Professor: José Antônio. José Antônio - CEFET-RN 23/09/2015

SQL - Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados. Professor: José Antônio. José Antônio - CEFET-RN 23/09/2015 SQL - Banco de Dados 1 Disciplina: Banco de Dados Professor: José Antônio 2 Tópicos de discussão Criando um banco de dados Incluindo, atualizando e excluindo linhas nas tabelas Pesquisa básica em tabelas

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 10 Persistência de Dados

Leia mais

Disciplina: Unidade V: Prof.: E-mail: Período:

Disciplina: Unidade V: Prof.: E-mail: Período: Encontro 17 Disciplina: Sistemas de Banco de Dados Unidade V: Introdução à Linguagem SQL Prof.: Mario Filho E-mail: pro@mariofilho.com.br Período: 5º. SIG - ADM 13. Introdução à Linguagem SQL Introdução

Leia mais

Disciplina de Banco de Dados Parte V

Disciplina de Banco de Dados Parte V Disciplina de Banco de Dados Parte V Prof. Elisa Maria Pivetta CAFW - UFSM Modelo de Dado Relacional O Modelo Relacional O Modelo ER é independente do SGDB portanto, deve ser o primeiro modelo gerado após

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix Ingress SQL

Leia mais

SQL. Definição do Esquema da Base de Dados. Cristina C. Vieira Departamento de Engenharia Eletrónica e Informática

SQL. Definição do Esquema da Base de Dados. Cristina C. Vieira Departamento de Engenharia Eletrónica e Informática SQL Definição do Esquema da Base de Dados Cristina C. Vieira Departamento de Engenharia Eletrónica e Informática SQL - Esquema da base de dados Definição das tabelas Definição das chaves primárias Definição

Leia mais

Linguagem SQL Parte I

Linguagem SQL Parte I FIB - Centro Universitário da Bahia Banco de Dados Linguagem SQL Parte I Francisco Rodrigues Santos chicowebmail@yahoo.com.br Slides gentilmente cedidos por André Vinicius R. P. Nascimento Conteúdo A Linguagem

Leia mais

Tecnologias Java JDBC. Marcio Seiji Oyamada msoyamada@gmail.com

Tecnologias Java JDBC. Marcio Seiji Oyamada msoyamada@gmail.com Tecnologias Java JDBC Marcio Seiji Oyamada msoyamada@gmail.com JDBC JDBC: Java Database Connectivity API Java para acessar dados armazenados em um Banco de Dados Conectar a um banco dados Enviar consultas

Leia mais

SQL DDL Criando Tabelas e Restrições Instituto Militar de Engenharia IME Material extraido parcialmente de notas de aula de Maria Luiza Campos e Arnaldo Vieira Comandos de Definição de Dados Aplicação

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ARTEFATO 02 AT02 Diversos I 1 Indice ESQUEMAS NO BANCO DE DADOS... 3 CRIANDO SCHEMA... 3 CRIANDO TABELA EM DETERMINADO ESQUEMA... 4 NOÇÕES BÁSICAS SOBRE CRIAÇÃO E MODIFICAÇÃO

Leia mais

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados EXERCÍCIOS PRÁTICOS Banco de Dados Introdução ao uso do SQL Structured Query Language, considerando tanto DDL Data Definition Language quanto DML Data Manipulation Language. Banco de Dados selecionado:

Leia mais

WebApps em Java com uso de Frameworks

WebApps em Java com uso de Frameworks WebApps em Java com uso de Frameworks Fred Lopes Índice O que são frameworks? Arquitetura em camadas Arquitetura de sistemas WEB (WebApps) Listagem resumida de frameworks Java Hibernate O que são frameworks?

Leia mais

Comandos de Manipulação

Comandos de Manipulação SQL - Avançado Inserção de dados; Atualização de dados; Remoção de dados; Projeção; Seleção; Junções; Operadores: aritméticos, de comparação,de agregação e lógicos; Outros comandos relacionados. SQL SQL

Leia mais

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita:

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita: SQL Tópicos Especiais Modelagem de Dados Prof. Guilherme Tavares de Assis Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Mestrado Profissional em Ensino de Ciências

Leia mais

Persistência com JPA2 e Hibernate TREINAMENTOS

Persistência com JPA2 e Hibernate TREINAMENTOS Persistência com JPA2 e Hibernate TREINAMENTOS Persistência com JPA 2 e Hibernate 18 de junho de 2012 Sumário i Sobre a K19 1 Seguro Treinamento 2 Termo de Uso 3 Cursos 4 1 Introdução 1 1.1 Persistência.............................................

Leia mais

Banco de dados. Linguagens de Banco de Dados II. Wedson Quintanilha da Silva - www.assembla.com/spaces/objetivobd/documents

Banco de dados. Linguagens de Banco de Dados II. Wedson Quintanilha da Silva - www.assembla.com/spaces/objetivobd/documents Banco de dados Linguagens de Banco de Dados II 1 Linguagem de Definição de Dados - DDL Comandos utilizados para criação do esquema de dados; Um DDL permite ao utilizador definir tabelas novas e elementos

Leia mais

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL 1. O que é Linguagem SQL 2. Instrução CREATE 3. CONSTRAINT 4. ALTER TABLE 5. RENAME TABLE 6. TRUCANTE TABLE 7. DROP TABLE 8. DROP DATABASE 1 1. O que é Linguagem SQL 2. O SQL (Structured Query Language)

Leia mais

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS POSTGRESQL O PostgreSQL é um sistema gerenciador de banco de dados dos mais robustos e avançados do mundo. Seu código é aberto e é totalmente gratuito,

Leia mais

Comandos DDL. id_modulo = id_m odulo

Comandos DDL. id_modulo = id_m odulo Comandos DDL Estudo de Caso Controle Acadêmico Simplificado Uma escola contém vários cursos, onde cada aluno possui uma matricula num determinado curso. Estes cursos, por sua vez, possuem módulos, aos

Leia mais

Fórum Internacional Software Livre 8.0. PEAR::MDB2_Schema. Igor Feghali [ifeghali@php.net]

Fórum Internacional Software Livre 8.0. PEAR::MDB2_Schema. Igor Feghali [ifeghali@php.net] Fórum Internacional Software Livre 8.0 PEAR::MDB2_Schema Igor Feghali [ifeghali@php.net] Quem sou eu? Graduando em Engenharia de Computação pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) Participante

Leia mais

Linguagem SQL (Parte II)

Linguagem SQL (Parte II) Universidade Federal de Sergipe Departamento de Sistemas de Informação Itatech Group Jr Softwares Itabaiana Site: www.itatechjr.com.br E-mail: contato@itatechjr.com.br Linguagem SQL (Parte II Introdução

Leia mais

Manipulação de Banco de Dados com Java 1. Objetivos

Manipulação de Banco de Dados com Java 1. Objetivos Manipulação de Banco de Dados com Java 1. Objetivos Demonstrar os fundamentos básicos para a manipulação de banco de dados com Java; Apresentar a sintaxe de comandos SQL usados em Java. 2. Definições A

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Modelagem e Projeto de Banco de Dados Especialização em Tecnologia da Informação - Ênfases Março- 2009 1 Modelo Físico Introdução

Leia mais

Modelo de Dados Relacional Restrições de um Banco de Dados Relacional

Modelo de Dados Relacional Restrições de um Banco de Dados Relacional Modelo de Dados Relacional e as Restrições de um Banco de Dados Relacional Modelo de Dados Relacional Conceitos do Modelo Relacional Representa o banco de dados como uma coleção de relações. Comparação

Leia mais

SQL (STRUCTUREDQUERY LANGUAGE)

SQL (STRUCTUREDQUERY LANGUAGE) BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br SQL (STRUCTUREDQUERY

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL (86); SQL-2 (92); SQL-3 (99) e SQL:2003 não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere...

Leia mais

ALTO DESEMPENHO UTILIZANDO FRAMEWORK HIBERNATE E PADRÃO JAVA PERSISTENCE API

ALTO DESEMPENHO UTILIZANDO FRAMEWORK HIBERNATE E PADRÃO JAVA PERSISTENCE API ALTO DESEMPENHO UTILIZANDO FRAMEWORK HIBERNATE E PADRÃO JAVA PERSISTENCE API Tiago Henrique Gomes da Silva Balduino 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil tiagobalduino77@gmail.com

Leia mais

Programação com acesso a BD. Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br

Programação com acesso a BD. Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Programação com acesso a BD Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br 1 Agenda Linguagem SQL: Introdução; Construção/Definição de tabelas. 2 Linguagem SQL SQL - Structured Query Language;

Leia mais

Linguagem SQL. Comandos Básicos

Linguagem SQL. Comandos Básicos Linguagem SQL Comandos Básicos Caetano Traina Júnior Grupo de Bases de Dados e Imagens Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Universidade de São Paulo - São Carlos caetano@icmc.sc.usp.br Comando

Leia mais

Linguagem SQL (Parte I)

Linguagem SQL (Parte I) Universidade Federal de Sergipe Departamento de Sistemas de Informação Itatech Group Jr Softwares Itabaiana Site: www.itatechjr.com.br E-mail: contato@itatechjr.com.br Linguagem SQL (Parte I) Introdução

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL- (86); SQL- (9); SQL- (99) não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere... Base

Leia mais

O que são Bancos de Dados?

O que são Bancos de Dados? SQL Básico Liojes de Oliveira Carneiro professor.liojes@gmail.com www.professor-liojes.blogspot.com O que são Bancos de Dados? É o software que armazena, organiza, controla, trata e distribui os dados

Leia mais

Introdução ao SQL. Aécio Costa

Introdução ao SQL. Aécio Costa Aécio Costa A linguagem SQL é um padrão de linguagem de consulta comercial e possui as seguintes partes: Linguagem de definição de dados (DDL) Linguagem interativa de manipulação de dados (DML) Definição

Leia mais

Modelo Cliente/Servidor Por HIARLY ALVES

Modelo Cliente/Servidor Por HIARLY ALVES UNICE Ensino Superior Linguagem de Programação Ambiente Cliente Servidor. Modelo Cliente/Servidor Por HIARLY ALVES Fortaleza - CE CONCEITOS Cliente x Servidor. Cliente É um programa (software) executado

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL-1 (86); SQL- (9); SQL- (99) não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere... Base

Leia mais

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício Introdução à Banco de Dados Nathalia Sautchuk Patrício Histórico Início da computação: dados guardados em arquivos de texto Problemas nesse modelo: redundância não-controlada de dados aplicações devem

Leia mais

Principais Comandos SQL Usados no MySql

Principais Comandos SQL Usados no MySql Principais Comandos SQL Usados no MySql O que é um SGBD? Um Sistema Gerenciador de Banco de Dados (como no Brasil) ou Sistema Gestor de Base de Dados (SGBD) é o conjunto de programas de computador (softwares)

Leia mais

SQL Structured Query Language

SQL Structured Query Language Janai Maciel SQL Structured Query Language (Banco de Dados) Conceitos de Linguagens de Programação 2013.2 Structured Query Language ( Linguagem de Consulta Estruturada ) Conceito: É a linguagem de pesquisa

Leia mais

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID Este material pertence a Carlos A. Majer, Professor da Unidade Curricular: Aplicações Corporativas da Universidade Cidade de São Paulo UNICID Licença de Uso Este trabalho está licenciado sob uma Licença

Leia mais

Banco de dados. Conteúdo: DDL Prof. Patrícia Lucas

Banco de dados. Conteúdo: DDL Prof. Patrícia Lucas Banco de dados Conteúdo: DDL Prof. Patrícia Lucas O mysql MySQL Workbench é uma ferramenta de design de banco de dados visual que integra o desenvolvimento SQL, administração, design de banco de dados,

Leia mais

OFICINA DA PESQUISA PROGRAMAÇÃO APLICADA À CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

OFICINA DA PESQUISA PROGRAMAÇÃO APLICADA À CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO OFICINA DA PESQUISA PROGRAMAÇÃO APLICADA À CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Linguagens de Programação Material

Leia mais