Persistindo dados com TopLink no NetBeans

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Persistindo dados com TopLink no NetBeans"

Transcrição

1 Persistindo dados com TopLink no NetBeans O que é TopLink? O TopLink é uma ferramenta de mapeamento objeto/relacional para Java. Ela transforma os dados tabulares de um banco de dados em um grafo de objetos definido pelo desenvolvedor. Usando o TopLink, o desenvolvedor se livra de escrever muito do código de acesso a banco de dados e de SQL que ele escreveria não usando a ferramenta, acelerando a velocidade do seu desenvolvimento de uma forma fantástica. Mas o framework não é uma boa opção para todos os tipos de aplicação. Sistemas que fazem uso extensivo de stored procedures, triggers ou que implementam a maior parte da lógica da aplicação no banco de dados, contando com um modelo de objetos pobre não vai se beneficiar com o uso do TopLink. Ele é mais indicado para sistemas que contam com um modelo rico, onde a maior parte da lógica de negócios fica na própria aplicação Java, dependendo pouco de funções específicas do banco de dados. Ferramentas Necessárias para este tutorial. NetBeans IDE 6.1 ou Superior. MySQL 5.5 Modelando o sistema Com o NetBeans, utilize a plataforma UML para desenvolver o diagrama a seguir.

2 Criando o Projeto Logo após criar esse modelo crie um novo projeto no NetBeans, pode ser Java ou Web, no meu caso escolherei Java. Coloque o nome no seu projeto e clique em Finish.

3 Logo após criar seu projeto, crie o pacote model e gere o código do seu diagrama na pasta: src\model do seu Projeto Java. Ficará assim. Agora chegou a hora de importarmos os.jar s necessários para trabalhar com o TopLink. O próprio NetBeans já tem esses.jar s não precisando baixá-los. Para adicioná-las basta clicar com o botão direito do mouse em cima da pasta Libraries e escolher a opção Add Library. Agora basta escolher o.jar do TopLink Aproveite para adicionar também o dirver do MySql.

4 Mapeando as classes que serão persistidas no banco de dados Temos duas maneiras de mapear as classes que serão persistidas no banco; uma é através de arquivo.xml, e a outra, é através de Annotations. Por se tratar que arquivos.xml são mais fáceis do programador cometer erros e logo são difíceis de encontrá-los; trabalhamos então com Annotations. Obs: O TopLink, e até mesmo o Hibernate, exige que toda classe anotada que será persistida no banco; seja uma classe Bean (Uma classe que tenha um construtor padrão, e os métodos gets e sets). Anotando a classe Perfil

5 @Entity Especifica que essa classe é uma entidade. Uma entidade é um objeto que será persistido. Ela representa uma tabela no banco de dados Especifica nome da tabela no banco de Mapeia uma chave primária simples. Cada entidade precisa possuir uma chave primária Chave pode ser gerada automaticamente: IDENTITY, AUTO, SEQUENCE, Permite que se altere o nome do atributo no banco, defina o tamanho, se o atributo pode ser null e etc. Obs.: Por padrão todos os atributos de uma classe mapeada são gerados dentro dessa tabela, qualquer problema ele gerará um erro e não cria a Entidade Cliente Serve para mapear relacionamentos neste caso eu sou um para muitos. Sempre nesta anotação devo indicar quem faz o mapeamento (mappedby="perfil"); neste caso digo que na tabela Usuario (O atributo que estou mapeando é do tipo Usuario) tenho um atributo chamado perfil, e lá está o mapeamento.

6 Anotando a classe Utilizada para mapeamento de datas e hora. Recebe um valor como argumento que pode ser: TemporalType.DATE: usado para mapear datas; TemporalType.TIME: usado para mapear hora; TemporalType.TIMESTAMP: usado para mapear datas e hora.

7 @ManyToOne Entidade Pedido Sou muitos para um; indica que esse atributo será uma chave estrangeira FK na tabela usuarios no banco de É utilizada para informar qual o nome da coluna que corresponde à chave estrangeira do mapeamento, e o atributo da outra tabela referente a ela. Anotando a classe Material

8 Anotando a classe Solicitacao Cascade CascadeType: PERSIST: Quando uma nova entidade é persistida, todas as entidades na coleção são persistidas MERGE: Quando uma entidade desconectada é atualizada, todas as entidades na coleção são atualizadas REMOVE: Quando uma entidade existente é removida, todas as entidades na coleção são removidas ALL: Se aplicam todas as regras acima Esta anotação cascade é muito importante, pois quando insiro no banco uma solicitação tenho que inserir também os itens que compõem esta solicitação. Só é interessante usar o cascade quando tiver itens (itemdesolicitacao, itendevenda), pois os outros já estarão inseridos observe que só uso essa anotação aqui.

9 Anotando a classe ItemDeSolicitacao A classe ItemDeSolicitação, faz relacionamento entre as classes; Solicitação e Material; logo persistindo essa classe, ela terá duas chaves estrangeiras, que fazem relacionamento entre as classes que ela tem relação, que são: Solicitacao e Material. Naturalmente estas duas chaves poderiam ser a chave primária dessa tabela (chave composta); isso seria o mais natural, e é, o que usamos quando não temos um framework de persistência. Ex: JDBC. Quando utilizamos um framework de persistência ORM (TopLink, Hibernate e etc.) chaves compostas são sempre desencorajadas a se utilizar. O recomendado é criar uma nova chave para essa tabela e deixar que o banco controle ela. Não vai dar erro, e a velocidade, não altera muito. Observe que foi criado um Id para a classe ItemDeSolicitacao.

10 Configurando o TopLink Para configuração do TopLink precisaremos de um arquivo persistence.xml. Para facilitar de um clique em Source Packages, e pressione CTRL + N do seu teclado ele vai exibir a seguinte tela. Clique em Persistence -> Persistence Unit e depois clique clique em Next. Em Persistence Unit Name coloque o nome da sua persistência ele será referenciado no seu EntityManagerFactory. Em Persistence Library escolha TopLink.

11 Em Table Generation Strategy escolha: Create: se você quiser que o TopLink crie as tabelas no banco,; Drop and Create: se você já tiver as tabelas no banco e quiser apagar e criar as novas tabelas. None: Ele não faz nada, apenas inseri no banco, você tem que criar o banco manualmente. Escolha Create. Em Database Connection, é o local onde configuramos o banco de dados Obs.: Mesmo que você escolha Create em Table Generation Strategy você deve criar o banco no seu SGBD. Clique no combo, e escolha New Database Connection.. Na nova janela, escolha em Name o drive do MySql e configure as outras opções. Utilize as configurações abaixo Obs.: O nome do meu banco é almoxarifadotoplink; o administrador do meu banco é root sem senha.

12 Clique em OK. Ele te informa se conseguiu conectar com o banco. Clique novamente em OK Clique em Finish. Observe que aparece um arquivo persistence.xml dentro da pasta META-INF e logo ele já exibe o Design da persistência; você também pode alterar para o modo XML. Aproveite para clicar em Add Class e adicionar suas classes persistidas.

13 Configurando as DAOs DAO<T> Crie uma interface Dao no TopLinkDAO (este nome não é obrigatório, é só uma sugestão). Observe que estou usando uma interface genérica <T>. quando coloco este <T> digo que ela pode ser de qualquer tipo. Abaixo coloco as assinaturas dos métodos; eles também são genáricos. DaoFactory<T> Crie a classe DaoFactory, ela terá os métodos de inserir, alterar e remover; esta classe será uma classe abstract, isso porque não queremos que ele seja instanciada; só queremos herdar os métodos dela. Observe que ela deve implementar DAO<T>.

14 Observe que tenho dois atributos: EntityManagerFactory: é uma interface que gerência a conexão com o banco. Observe que no construtor, ele cria um EntityManagerFactory do Persistence passando o nome da sua persistência (no momento em que crio a persistência damos um nome; é esse nome). EntityManager: é uma interface que tem a função de gerar códigos SQL no banco. A partir do mapeamento de nossas classes. Métodos de DaoFactory: Na classe abstrata DaoFactory, temos 3 métodos implementados e dois abstratos; só com a assinatura. Os métodos de inserir, alterar e remover, são basicamente os mesmos só mudando uma linha; esses métodos também são genéricos, pois não indico de que tipo eles são; só informo que eles podem ser de qualquer tipo. Insert O método Insert é genérico aceitando qualquer tipo (o TopLink cuida disso para mim) dentro do bloco try coloco meu em(entitymanager) na transação, depois mando persistir meu objeto, esse método insere o objeto no banco, comito a transação e retorno true informando que a transação ocorreu como deveria. Caso ocorra algum erro ele dá uma rollback na transação cancelando ela e retornando false, indicando que deu erro. No bloco finally fecho o em.

15 Update Observe que a única coisa que mudou ao invés de eu usar persist no updade eu utilizo merge; este tem a função de atualizar o objeto, caso este não exista ele insere outro.

16 Delete Os métodos getlista e getobject são abstratos, devendo ser implementados pelas classes que estenderem DaoFactory. Antes de criar as classes DAO que representam o seu modelo temos que criar as nossas Queries, que são na realidade as SQLs que faremos consulta ao banco. Observe na figura abaixo a criação de duas Query, uma consultando todos os perfis e outra consultando os perfis por código. Name: é o nome da query que você poderá chamar na sua classe PerfilTopLinkDAO. Query: o comando SQL a ser executado, no primeiro caso selecionar todos os perfis, já no segundo, selecionar por código.

17 Classe Perfil PerfilTopLinkDAO Agora cria a classe PerfilTopLinkDAO no pacote dao, observe que ela de estender DaoFactory pois esta tem os métodos de inserir, alterar e remover prontos e devemos implementar os métodos abstratos getlista e getobject, não se esqueça de passar o tipo para DaoFactory, como ela é genérica isso se torna obrigatório.

18 No método getlista chamo a query Perfil.all que foi definida em Perfil e mando retornar uma lista. O TopLink se encarrega de montar o objeto de forma correta. No método getobject crio uma query que receba a query mapeada na minha classe Perfil.byId logo seto o parâmetro Id e mando ele retornar um resultado simples, ou seja, o objeto que tenha aquele código. Novamente o TopLink se encarrega de montar os objetos. Faça o mesmo com as outras classes. Usuario UsuarioTopLinkDAO

19 Material MaterialTopLinkDAO

20 Solicitacao SolicitacaoTopLinkDAO Na classe ItemDeSolicitacao não será necessário fazer esta anotação, pois, só queremos pegar um item através da Solicitação não precisamos pegar todos os itens sem as solicitações. O que precisamos o TopLink se encarrega de fazer

21 Testando Para fazer o teste sugiro que crie uma classe com o método main e coloque o código a seguir, observe que o código está comentado.

22

23 Basta executar este código que o TopLink criará as tabelas e fará as devidas inserções. Sua IDE deverá exibir a seguinte saída:

24 Sendo que no final deve estar assim: Informando que tudo deu certo. Confira a interface de seu banco deverá mostrar as tabelas e você poderá visualizar os dados. Pronto seu mapeamento ORM com o FrameWork TopLink está rodando perfeitamente, agora mãos à obra e fazer a lógica do negócio. Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho. Clarice Lispector Sábio é o que aprende, realizado, o que ensina. Atila Raphael Contato: Atila Raphael

JPA Passo a Passo. Henrique Eduardo M. Oliveira henrique@voffice.com.br. Globalcode Open4Education

JPA Passo a Passo. Henrique Eduardo M. Oliveira henrique@voffice.com.br. Globalcode Open4Education JPA Passo a Passo Henrique Eduardo M. Oliveira henrique@voffice.com.br 1 Palestrante Henrique Eduardo M. Oliveira (henrique@voffice.com.br) > Trabalha: Arquiteto JEE / Instrutor Java > Formação: Ciências

Leia mais

1 Criar uma entity a partir de uma web application que usa a Framework JavaServer Faces (JSF)

1 Criar uma entity a partir de uma web application que usa a Framework JavaServer Faces (JSF) Sessão Prática II JPA entities e unidades de persistência 1 Criar uma entity a partir de uma web application que usa a Framework JavaServer Faces (JSF) a) Criar um Web Application (JPAsecond) como anteriormente:

Leia mais

ruirossi@ruirossi.pro.br

ruirossi@ruirossi.pro.br Persistência Com JPA & Hibernate Rui Rossi dos Santos ruirossi@ruirossi.pro.br Mediador: Rui Rossi dos Santos Slide 1 Mapeamento Objeto-Relacional Contexto: Linguagem de programação orientada a objetos

Leia mais

Mapeamento Lógico/Relacional com JPA

Mapeamento Lógico/Relacional com JPA Mapeamento Lógico/Relacional com JPA Elaine Quintino da Silva Doutora em Ciência da Computação pelo ICMC-USP/São Carlos Analista de Sistemas UOL PagSeguro Instrutora Globalcode Agenda! Persistência de

Leia mais

Persistência de dados com JPA. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com

Persistência de dados com JPA. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com Persistência de dados com JPA Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com O que é persistência? A persistência de dados é o fato de pegar um dado e torná-lo persistente, ou seja, salvar em algum banco

Leia mais

Aula 4. Carlos Eduardo de Carvalho Dantas (carloseduardocarvalhodantas@gmail.com)

Aula 4. Carlos Eduardo de Carvalho Dantas (carloseduardocarvalhodantas@gmail.com) Persistência com JDBC e JPA Aula 4 Carlos Eduardo de Carvalho Dantas (carloseduardocarvalhodantas@gmail.com) A sabedoria não se transmite, é preciso que nós a descubramos fazendo uma caminhada que ninguém

Leia mais

HIBERNATE Criando um projeto em Java + Hibernate do zero

HIBERNATE Criando um projeto em Java + Hibernate do zero HIBERNATE Criando um projeto em Java + Hibernate do zero SUMÁRIO 1 Instalação do NetBeans 2 Instalação do Java Development Kit (JDK) 3 Criar projeto no NetBeans 4 O arquivo hibernate.cfg.xml 5 Criar as

Leia mais

Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink

Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink Vinicius Teixeira Dallacqua Curso de Tecnologia em Sistemas para Internet Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFTO AE 310 Sul, Avenida

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Curso: Sistemas de Informações Arquitetura de Software Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 7 JPA A Persistência com JPA Para configurar o JPA

Leia mais

Criar uma aplicação JPA2 com EclipseLink e H2

Criar uma aplicação JPA2 com EclipseLink e H2 Criar uma aplicação JPA2 com EclipseLink e H2 1) Criar uma aplicação Java no NetBeans. File > New Project > Java, Java Application > Project name: JPA2 Finish. 2) Acrescentar ao Projeto NetBeans a biblioteca

Leia mais

DWR DIRECTED WEB REMOTING

DWR DIRECTED WEB REMOTING DWR DIRECTED WEB REMOTING Vamos ver nesse artigo um pouco sobre o Frameworks Ajax para Java, o DWR. Vamos ver seus conceitos, utilidades, vantagens, algumas práticas e fazer o passo a passo para baixar,

Leia mais

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API)

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Tabela para Revisão Assunto (JPA) Interesse? 1 Vantagens e Desvantagens 4 2 Principais Conceitos 7 3 Anotações

Leia mais

Especificação do Trabalho

Especificação do Trabalho Especificação do Trabalho I. Introdução O objetivo deste trabalho é abordar a prática da programação orientada a objetos usando a linguagem Java envolvendo os conceitos de classe, objeto, associação, ligação,

Leia mais

Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com

Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com O Que é JDBC? API de acesso a banco de dados relacional do Java Faz uso do driver provido pelo banco de dados Roda SQL (create, insert, update, etc.) no

Leia mais

Struts 2 : Projeto e Programação Editora: Ciência Moderna Autor: Antunes Budi Kurniawan Número de páginas: 600

Struts 2 : Projeto e Programação Editora: Ciência Moderna Autor: Antunes Budi Kurniawan Número de páginas: 600 Objetivo Com enfoque totalmente prático permite que programadores Java possam ampliar seus conhecimentos no mundo Web na criação de sistemas profissionais. Utilizar os modelos de programação com Servlets,

Leia mais

Conexão com Banco de Dados

Conexão com Banco de Dados Conexão com Banco de Dados Projeto 1 A pasta Programas distribuída no início do semestre letivo acompanha a versão do MySQL Coneector/J um driver JDBC que permite aos programadores acessar bancos de dados

Leia mais

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Aula 3 Cap. 4 Trabalhando com Banco de Dados Prof.: Marcelo Ferreira Ortega Introdução O trabalho com banco de dados utilizando o NetBeans se desenvolveu ao longo

Leia mais

JPA: Persistência padronizada em Java

JPA: Persistência padronizada em Java JPA: Persistência padronizada em Java FLÁVIO HENRIQUE CURTE Bacharel em Engenharia de Computação flaviocurte.java@gmail.com Programação Orientada a Objetos X Banco de Dados Relacionais = Paradigmas diferentes

Leia mais

Java Exemplo MDI. Tela Principal

Java Exemplo MDI. Tela Principal Java Exemplo MDI Nesta aula criaremos uma aplicação simples de cadastro para avaliar o nível de dificuldade/facilidade que é desenvolver softwares com a tecnologia Java. No NetBeans, crie um novo projeto

Leia mais

Persistência de Objetos no SGBD PostgreSQL, Utilizando as APIs: JDBC, JDK, Swing e Design Patteners DAO.

Persistência de Objetos no SGBD PostgreSQL, Utilizando as APIs: JDBC, JDK, Swing e Design Patteners DAO. Persistência de Objetos no SGBD PostgreSQL, Utilizando as APIs: JDBC, JDK, Swing e Design Patteners DAO. Robson Adão Fagundes http://robsonfagundes.blogspot.com/ Mini curso Desenvolvimento de aplicação

Leia mais

Criação Visual de Consultas. Curso: Técnico em Informática (Integrado) Disciplina: Banco de Dados Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu.

Criação Visual de Consultas. Curso: Técnico em Informática (Integrado) Disciplina: Banco de Dados Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu. Criação Visual de Consultas Curso: Técnico em Informática (Integrado) Disciplina: Banco de Dados Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu.br Introdução A complexidade dos sistemas informatizados atuais

Leia mais

Hibernate. Mapeamento Objeto-Relacional. Prof. Anselmo Cardoso Paiva Prof. Geraldo Braz Junior

Hibernate. Mapeamento Objeto-Relacional. Prof. Anselmo Cardoso Paiva Prof. Geraldo Braz Junior Hibernate Mapeamento Objeto-Relacional Baseado nas notas de aula de João Dalyson e Raphaela Galhardo Fernandes Prof. Anselmo Cardoso Paiva Prof. Geraldo Braz Junior Objetivos Aprender MOR usando Hibernate

Leia mais

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados UTFPR DAELN - Disciplina de Fundamentos de Programação II ( IF62C ). 1 Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados 1) Introdução! Em algumas situações, pode ser necessário preservar os objetos

Leia mais

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 2 Pedreiros da Informação Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL

Leia mais

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL Este tutorial tem como objetivo mostrar como instalar o banco de dados My SQL em ambiente Windows e é destinado aqueles que ainda não tiveram um contato com a ferramenta.

Leia mais

Tutorial: Técnicas de Geração de Relatórios com JasperReports

Tutorial: Técnicas de Geração de Relatórios com JasperReports Tutorial: Técnicas de Geração de Relatórios com JasperReports Uma abordagem utilizando a ferramenta de design ireport PABLO BRUNO DE MOURA NÓBREGA Fortaleza CE, fevereiro de 2009 http://pablonobrega.wordpress.com

Leia mais

Java e Banco de Dados: JDBC, Hibernate e JPA

Java e Banco de Dados: JDBC, Hibernate e JPA Java e Banco de Dados: JDBC, Hibernate e JPA 1 Objetivos Apresentar de forma progressiva as diversas alternativas de persistência de dados que foram evoluindo na tecnologia Java, desde o JDBC, passando

Leia mais

[CANCELAR] - Limpa todos os campos e desabilita campos e botões, exceto [NOVO] e [PESQUISAR].

[CANCELAR] - Limpa todos os campos e desabilita campos e botões, exceto [NOVO] e [PESQUISAR]. PROJETO FÁBRICA DE DOCES COM BANCO DE DADOS PARTE 2 TELA REGISTRO DE PRODUÇÃO Seguindo o mesmo padrão da tela de cadastro, para registrar a produção o usuário deve clicar no botão NOVO para ativar o campo

Leia mais

..:Sgi-Plus:.. Manual completo do sistema de vendas Sgi-plus. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br

..:Sgi-Plus:.. Manual completo do sistema de vendas Sgi-plus. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br ..:Sgi-Plus:.. Manual completo do sistema de vendas Sgi-plus Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br E-mail..: suporte@giovaneinformatica.com.br 1-) CADASTRANDO DE PRODUTOS -Detalhes da tela -Salvando

Leia mais

Hibernate. Mapeamento O/R Marcio Aguiar Ribeiro aguiar.marcio@gmail.com

Hibernate. Mapeamento O/R Marcio Aguiar Ribeiro aguiar.marcio@gmail.com Hibernate Mapeamento O/R Marcio Aguiar Ribeiro aguiar.marcio@gmail.com Hibernate O que é? Ferramenta para mapeamento O/R em Java Uma das mais difundidas Transparência Independência quanto ao tipo de base

Leia mais

MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL: UM ESTUDO DE CASO

MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL: UM ESTUDO DE CASO MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL: UM ESTUDO DE CASO UTILIZANDO O HIBERNATE Rafael Laurino GUERRA, Dra. Luciana Aparecida Martinez ZAINA Faculdade de Tecnologia de Indaiatuba FATEC-ID 1 RESUMO Este artigo apresenta

Leia mais

Configurar o Furbot no Eclipse

Configurar o Furbot no Eclipse Configurar o Furbot no Eclipse Primeiramente, precisamos abrir o Eclipse. Logo no início, deverá aparecer uma tela assim: Nela, você irá selecionar o local do seu workspace. Workspace é o local onde ficarão

Leia mais

ALTO DESEMPENHO UTILIZANDO FRAMEWORK HIBERNATE E PADRÃO JAVA PERSISTENCE API

ALTO DESEMPENHO UTILIZANDO FRAMEWORK HIBERNATE E PADRÃO JAVA PERSISTENCE API ALTO DESEMPENHO UTILIZANDO FRAMEWORK HIBERNATE E PADRÃO JAVA PERSISTENCE API Tiago Henrique Gomes da Silva Balduino 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil tiagobalduino77@gmail.com

Leia mais

Java para WEB com Hibernate e Struts 2. Duração 52 horas/aula. Objetvo

Java para WEB com Hibernate e Struts 2. Duração 52 horas/aula. Objetvo Objetvo O curso visa explorar a geração de conteúdo dinâmico para páginas WEB através de recursos da linguagem Java que são a base da plataforma Java Entreprise Editon (Java EE), e mostrar os frameworks

Leia mais

JPA Java Persistence API. Prof. Ramon Chiara

JPA Java Persistence API. Prof. Ramon Chiara JPA Java Persistence API Prof. Ramon Chiara JDBC Java DataBase Connectivity Acesso a bancos de dados Independência de banco de dados JDBC Aplicação JDBC Driver Banco de Dados JDBC Java DataBase Connectivity

Leia mais

Criando uma agenda simples com NetBeans 6.5

Criando uma agenda simples com NetBeans 6.5 Criando uma agenda simples com NetBeans 6.5 (Swing application framework e Beansbinding) Já faz algum tempo que escrevi uma agenda simples usando o Eclipse com o Visual Class Editor. Demorei em torno de

Leia mais

Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 4 O Componente Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus Ano: 03/2011

Leia mais

Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 1 Levante e ande - Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Ano: 02/2011 Nesta Edição

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Conteúdo Java Database Connectivity (JDBC) Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.2/tcc-00.226

Leia mais

TUTORIAL: DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES COM O HIBERNATE NO NETBEANS

TUTORIAL: DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES COM O HIBERNATE NO NETBEANS TUTORIAL: DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES COM O HIBERNATE NO NETBEANS Glauber da Rocha Balthazar, Fábio Mendes Ramos Guimarães, Melise Maria Veiga de Paula, Elio Lovisi Filho Bacharelado em Sistemas de Informação

Leia mais

ANDROID APPLICATION PROJECT

ANDROID APPLICATION PROJECT Criando um programa Abrindo o programa Eclipse, clique na opção [FILE], depois em [NEW], selecione a opção [PROJECT], uma janela de opção do tipo de projeto irá se abrir, escolha [ANDROID] logo depois

Leia mais

MANIPULANDO BANCO DE DADOS NO POSTGRESQL SEM FAZER USO DE COMANDOS SQL

MANIPULANDO BANCO DE DADOS NO POSTGRESQL SEM FAZER USO DE COMANDOS SQL MANIPULANDO BANCO DE DADOS NO POSTGRESQL SEM FAZER USO DE COMANDOS SQL INTRODUÇÃO: O PostgreSQL é um dos mais populares e avançados sistemas gerenciadores de banco de dados (SGBD) com código aberto. É

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

Tutorial WEB Soluço es Click.

Tutorial WEB Soluço es Click. Tutorial WEB Soluço es Click. Sumário Sumário... 1 1. Acesso ao site:... 2 2. Login:... 3 3. Página Principal:... 4 4. Navegando sobre o menu:... 4 5. Opção Chamado:... 5 5.1 Tela de Chamados:... 6 5.1.1

Leia mais

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API)

Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Aula 2 - Revisão de JPA (Java Persistence API) Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Tabela para Revisão Assunto (JPA) Interesse? 1 Vantagens e Desvantagens 4 2 Principais Conceitos 7 3 Anotações

Leia mais

TUTORIAL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO

TUTORIAL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO WISLIY LOPES JULIANO PIROZZELLI TULIO TSURUDA LUIZ GUILHERME MENDES TUTORIAL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO GOIÂNIA JUNHO DE 2014 Sumário

Leia mais

Criando um banco de dados

Criando um banco de dados Após ter projetado o banco de dados, você pode criá-lo utilizando a interface ou com a linguagem. É possível que você queira adicionar tabelas existentes ao banco de dados e depois modificá-las para aproveitar

Leia mais

..:Restaurantes:.. Manual completo do sistema de vendas Restaurantes. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br

..:Restaurantes:.. Manual completo do sistema de vendas Restaurantes. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br ..:Restaurantes:.. Manual completo do sistema de vendas Restaurantes Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br E-mail..: suporte@giovaneinformatica.com.br :.. Índice ndice..: 1-) CADASTRANDO DE PRODUTOS

Leia mais

Classes de Entidades Persistentes JDB

Classes de Entidades Persistentes JDB Classes de Entidades Persistentes JDB Brasil, Natal-RN, 07 de setembro de 2011 Welbson Siqueira Costa www.jdbframework.com Nota de Retificação: em 11/12/2011 a Listagem 3 desse tutorial sofreu uma pequena

Leia mais

Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL.

Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL. Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2012 Edição 7 Listando e Gravando Listando itens em ComboBox e gravando os dados no

Leia mais

Aprenda como instalar o plugin EclipseUML no Eclipse e como utilizá-lo para fazer engenharia reversa de seu código-fonte.

Aprenda como instalar o plugin EclipseUML no Eclipse e como utilizá-lo para fazer engenharia reversa de seu código-fonte. Omondo EclipseUML Ricardo Rodrigues Lecheta Aprenda como instalar o plugin EclipseUML no Eclipse e como utilizá-lo para fazer engenharia reversa de seu código-fonte. Introdução Neste tutorial será apresentado

Leia mais

Auditando persistência com JPA

Auditando persistência com JPA a r t i g o Em ambientes corporativos, a auditoria sobre as operações de banco de dados é importantíssima, quando não, indispensável. Essa importância surge a partir de um conjunto de necessidades, como:

Leia mais

ESUS SAMU V. 1.3 - INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO

ESUS SAMU V. 1.3 - INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO ESUS SAMU V. 1.3 - INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO O sistema Esus-SAMU, é o sistema que permite a regulação de solicitantes/pacientes, gravando históricos de procedimentos médicos tomados, veículos enviados

Leia mais

Acesso à Dados ZEOS x Delphi. Professor Anderson

Acesso à Dados ZEOS x Delphi. Professor Anderson Acesso à Dados ZEOS x Delphi Professor Anderson Introdução O ZEOS é uma biblioteca que provê o acesso à uma base de dados em MYSQL. Através dessa Library, podemos realizar operações de manipulação da base

Leia mais

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Programação Servidor para Sistemas Web 1 Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Implementando MVC Nível 1 Prof. Daniel Caetano Objetivo: Preparar o aluno para construir classes de entidade com

Leia mais

Guia: como instalar o Ubuntu Linux

Guia: como instalar o Ubuntu Linux Guia: como instalar o Ubuntu Linux Você cansou do Windows e quer se aventurar a usar alguma distribuição Linux, mas não sabe por onde começar? Montamos um passo a passo com todas as etapas necessárias

Leia mais

AULA 14 Plugin TerraEdit

AULA 14 Plugin TerraEdit 14.1 AULA 14 Plugin TerraEdit Nessa aula são apresentadas as funcionalidades do plugin de edição de dados vetoriais denominado TerraEdit. Juntamente com a edição vetorial, ele permite a edição dos atributos

Leia mais

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID Este material pertence a Carlos A. Majer, Professor da Unidade Curricular: Aplicações Corporativas da Universidade Cidade de São Paulo UNICID Licença de Uso Este trabalho está licenciado sob uma Licença

Leia mais

Adicionar o item de Menu Galeria de Fotos

Adicionar o item de Menu Galeria de Fotos Adicionar o item de Menu Galeria de Fotos... 1 Criar categoria de fotos... 5 Adicionar imagens à categoria... 11 Vincular as imagens à categoria criada... 17 Fazer artigo com o link para as fotos... 20

Leia mais

JDBC. Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos.

JDBC. Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos. JDBC CRIANDO O BANCO DE DADOS: Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos. CRIANDO O PROJETO JAVA PARA DESKTOP: Crie um projeto Java chamado Prograd Crie um pacote chamado

Leia mais

Tutorial MSN Messenger

Tutorial MSN Messenger Tutorial MSN Messenger Este tutorial irá ensiná-lo(a) a usar o programa MSN Messenger, utilizado para conversação Online. Dependendo da sua conexão a página pode demorar um pouco até ser carregada totalmente.

Leia mais

Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br

Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br JSP (Java Server Pages) - JavaServer Pages (JSP) - Tecnologia de programação serverside - Permite

Leia mais

Aula Extra Conexão ODBC para aplicações Delphi 7 que usam SQL Server 2005

Aula Extra Conexão ODBC para aplicações Delphi 7 que usam SQL Server 2005 Nome Número: Série Aula Extra Conexão ODBC para aplicações Delphi 7 que usam SQL Server 2005 Proposta do projeto: Competências: Compreender a orientação a objetos e arquitetura cliente-servidor, aplicando-as

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Java Persistence API. Entity Entity Campos e Propriedades Entity Chaves Primárias Entity Associações

Java Persistence API. Entity Entity Campos e Propriedades Entity Chaves Primárias Entity Associações Java Persistence API Entity Entity Campos e Propriedades Entity Chaves Primárias Entity Associações Entity Manager Entity Manager API Java Persistence Query Language (JPQL) Persistence Units 1 Java Persistence

Leia mais

Aula 1 Acesso a Banco de Dados

Aula 1 Acesso a Banco de Dados Laboratório de Banco de Dados Aula 1 Acesso a Banco de Dados Prof. Josenildo Silva jcsilva@ifma.edu.br Introdução O JDBC (Java Database Connectivity) foi criado com o intuito de fornecer aos programadores

Leia mais

Usando o Google Code como repositório para projetos no Eclipse com SubClipse.

Usando o Google Code como repositório para projetos no Eclipse com SubClipse. Usando o Google Code como repositório para projetos no Eclipse com SubClipse. Autor: Rafael Oliveira Lopes http://www.dcc.ufrj.br/~rlopes Data: 02 de Junho de 2007 Introdução Senhores, Diante de alguns

Leia mais

CRIANDO, ALTERADO E EXCLUINDO TABELAS, INSERINDO, SELECIONANDO, ALTERANDO E EXCLUINDO DADOS

CRIANDO, ALTERADO E EXCLUINDO TABELAS, INSERINDO, SELECIONANDO, ALTERANDO E EXCLUINDO DADOS CRIANDO, ALTERADO E EXCLUINDO TABELAS, INSERINDO, SELECIONANDO, ALTERANDO E EXCLUINDO DADOS Prof. Me. Hélio Esperidião SQL - STRUCTURED QUERY LANGUAGE SQL é uma linguagem padronizada para a definição e

Leia mais

SISTEMA EXPERIMENTALL 15/11/2009. Olá! A partir de agora vamos conhecer a IDE NetBeans 6.7.1 efetuando um micro projeto swing.

SISTEMA EXPERIMENTALL 15/11/2009. Olá! A partir de agora vamos conhecer a IDE NetBeans 6.7.1 efetuando um micro projeto swing. 15/11/2009 Olá! A partir de agora vamos conhecer a IDE NetBeans 6.7.1 efetuando um micro projeto swing. Crie um novo projeto clicando em arquivo e em novo projeto. Escolha a opção java, aplicativo java

Leia mais

Uma Abordagem sobre Mapeamento Objeto Relacional com Hibernate

Uma Abordagem sobre Mapeamento Objeto Relacional com Hibernate Uma Abordagem sobre Mapeamento Objeto Relacional com Hibernate Luis Gustavo Zandarim Soares 1, Késsia Rita da Costa Marchi 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paraná PR Brasil luisgustavo@live.co.uk,

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Instruções para Transferência de Dados OPL9728

Instruções para Transferência de Dados OPL9728 Instruções para Transferência de Dados OPL9728 1.0 Preparação para Configuração do PC Para carregar o aplicativo nos coletores da linha OPL972X, baixe e instale o aplicativo APPLOAD e siga as instruções

Leia mais

Figura 1: Interface 3G Identech

Figura 1: Interface 3G Identech Sumário 1 INTRODUÇÃO...3 2 INSTALAÇÃO NO WINDOWS XP...5 3 INSTALAÇÃO NO WINDOWS VISTA...12 4 INSTALAÇÃO NO WINDOWS 7...18 5 CADASTRANDO OPERADORA...25 6 CONECTANDO NA INTERNET...27 7 SERVIÇO DE SMS...29

Leia mais

PostgreSQL & PostGIS: Instalação do Banco de Dados Espacial no Windows 7

PostgreSQL & PostGIS: Instalação do Banco de Dados Espacial no Windows 7 PostgreSQL & PostGIS: Instalação do Banco de Dados Espacial no Windows 7 PostgreSQL & PostGIS: Instalação do Banco de Dados Espacial no Windows 7 Sobre o PostGIS PostGIS é um Add-on (complemento, extensão)

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

INSTALAÇÃO OASIS + WAMP SERVER NO AMBIENTE WINDOWS

INSTALAÇÃO OASIS + WAMP SERVER NO AMBIENTE WINDOWS INSTALAÇÃO OASIS + WAMP SERVER NO AMBIENTE WINDOWS Este tutorial foi desenvolvido pelos analistas Hézio Silva e José Mendes pertencentes ao quadro de TI do Banco da Amazônia S/A, sediado em Belém-Pa e

Leia mais

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO 2015 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 O QUE MUDOU... 3 5 COMO COMEÇAR... 4 6 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 5 7 CADASTRO DE

Leia mais

para Revit MEP TigreCAD Guia do usuário Versão 2 2012. Desenvolvido pela ofcdesk, llc. Todos os direitos reservados.

para Revit MEP TigreCAD Guia do usuário Versão 2 2012. Desenvolvido pela ofcdesk, llc. Todos os direitos reservados. TigreCAD para Revit MEP Guia do usuário Versão 2 202. Desenvolvido pela ofcdesk, llc. Todos os direitos reservados. Índice Introdução... Instalação do TigreCAD... Funcionalidades TigreCAD no ofcdesk idc...

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

Criando uma aplicação Web em C# usando o NHibernate

Criando uma aplicação Web em C# usando o NHibernate Criando uma aplicação Web em C# usando o NHibernate Apresento neste artigo como criar uma aplicação web totalmente orientada a objetos usando o framework NHibernate e a linguagem C#. Nossa meta é construir

Leia mais

Manipulação de Banco de Dados com Java. Ms. Bruno Crestani Calegaro (bruno.calegaro@ifsc.edu.br) Maio/ 2015

Manipulação de Banco de Dados com Java. Ms. Bruno Crestani Calegaro (bruno.calegaro@ifsc.edu.br) Maio/ 2015 Manipulação de Banco de Dados com Java Ms. Bruno Crestani Calegaro (bruno.calegaro@ifsc.edu.br) Maio/ 2015 Acesso a um SGBD Em sistemas mais simples o uso de arquivos pode ser usado mas para aplicações

Leia mais

Projeto de Banco de Dados: Empresa X

Projeto de Banco de Dados: Empresa X Projeto de Banco de Dados: Empresa X Modelo de negócio: Empresa X Competências: Analisar e aplicar o resultado da modelagem de dados; Habilidades: Implementar as estruturas modeladas usando banco de dados;

Leia mais

Parte II Persistência entre Modelos de Dados

Parte II Persistência entre Modelos de Dados Parte II Persistência entre Modelos de Dados Clodis Boscarioli Agenda: Hibernate Introdução; Configurações; Mapeamento com XML; Exemplos; Associações: 1-n; n-1; n-n; 1-1. Hibernate - Introdução O Hibernate

Leia mais

Treinamento sobre SQL

Treinamento sobre SQL Treinamento sobre SQL Como Usar o SQL Os dois programas que você mais utilizara no SQL Server são: Enterprise Manager e Query Analyzer. No Enterprise Manager, você pode visualizar e fazer alterações na

Leia mais

INSTALANDO SQL SERVER 2008

INSTALANDO SQL SERVER 2008 VERSÃO 2 INSTALANDO SQL SERVER 2008 Pré-requisitos para instalação do SQL SERVER 2008 Antes de iniciar o instalador do SQL SERVER 2008 é necessário instalar os seguintes componentes: Microsoft Windows

Leia mais

Manual de Instalação Atendimento 3.4

Manual de Instalação Atendimento 3.4 Manual de Instalação Atendimento 3.4 1 ÍNDICE 1 - Instalação do Atendimento... 3 1.1 - Iniciando Instalação do Atendimento... 3 1.2 - Preparando-se para Instalação... 3 1.2 - Bem Vindo à Instalação do

Leia mais

Java Persistence API (JPA)

Java Persistence API (JPA) Java Persistence API (JPA) Você já percebeu que gravar informações num banco de dados usando puramente JDBC dá muito trabalho. Mas, não só você como também um grupo de pessoas já passaram pela mesma experiência

Leia mais

Tecnologias Java JDBC. Marcio Seiji Oyamada msoyamada@gmail.com

Tecnologias Java JDBC. Marcio Seiji Oyamada msoyamada@gmail.com Tecnologias Java JDBC Marcio Seiji Oyamada msoyamada@gmail.com JDBC JDBC: Java Database Connectivity API Java para acessar dados armazenados em um Banco de Dados Conectar a um banco dados Enviar consultas

Leia mais

Acessando um Banco de Dados

Acessando um Banco de Dados Acessando um Banco de Dados Introdução Agora que você já está craque em JSP e já instalou seu servidor, vamos direto para a parte prática! Neste tutorial vamos aprender a acessar um banco de dados. Para

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO RDB2LOD

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO RDB2LOD GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO RDB2LOD Em sua versão inicial, o aplicativo RDB2LOD foi desenvolvido para instalação e execução em ambiente de máquina virtual Java, e oferece suporte aos SGBDs

Leia mais

HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB

HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB Raul Victtor Barbosa Claudino¹, Ricardo Ribeiro Rufino¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil victtor.claudino@gmail.com, ricardo@unipar.br Resumo: Este

Leia mais

JDBC Java Database Connectivity

JDBC Java Database Connectivity 5 JDBC Java Database Connectivity Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Trabalhar com bancos de dados em aplicações web em JSP através das classes

Leia mais

Manual do usuário. Midas Touch PISOINTERATIVO.COM.BR

Manual do usuário. Midas Touch PISOINTERATIVO.COM.BR Manual do usuário Midas Touch PISOINTERATIVO.COM.BR 1 INSTALAÇÃO 1.1 Requisitos de sistema 1.2 Conteúdos do CD de instalação 1.3 Instalação 2 CONFIGURAÇÃO 2.1 ENUTV setup 2.2 Midas Touch 1.1 REQUISITOS

Leia mais

SUMÁRIO. 1. Instalação... 1. 2. Operações... 3. 2.1 Comunicação... 4. 2.1.1 Modo... 4. 2.1.2 Ethernet... 5. 2.1.3 Serial... 6

SUMÁRIO. 1. Instalação... 1. 2. Operações... 3. 2.1 Comunicação... 4. 2.1.1 Modo... 4. 2.1.2 Ethernet... 5. 2.1.3 Serial... 6 SUMÁRIO 1. Instalação... 1 2. Operações... 3 2.1 Comunicação... 4 2.1.1 Modo... 4 2.1.2 Ethernet... 5 2.1.3 Serial... 6 2.1.4 Configurações da placa de rede... 6 2.2 Edição base... 7 2.2.1 Produto... 7

Leia mais

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox.

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. - Construção do Banco de Dados: Para podermos inserir algo em um banco precisaremos de um Banco de Dados, para isto iremos montar um utilizando o Programa Database

Leia mais