BÊNÇÃO TRÂNSITO CAPUCHINHOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BÊNÇÃO TRÂNSITO CAPUCHINHOS"

Transcrição

1 Acesse ao nosso site: Boletim informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - Ano X - Edição Especial BÊNÇÃO TRÂNSITO CAPUCHINHOS

2 Mensagem ao Leitor BÊNÇÃOS Edição Especial Brindamos nossos caros leitores e admiradores do jornal da paróquia N. Sra. das Mercês, O Capuchinho, com esta primorosa edição especial, sobre os temas: bênção, trânsito, grupos de Entreajuda, de apoio e o trabalho no atendimento dos freis capuchinhos. Durante a primeira sexta-feira de 2008 e ao longo deste ano, surgiu a idéia de preparar edição especial deste nosso jornal para a primeira sexta-feira de 2009 com temas relativos a esse dia. O pároco, fr. Alvadi Marmentini, apoiou a idéia e ajudou a idealizar esta edição especial, que será valioso meio de comunicação religiosa a todos os que freqüentam a Igreja dos Capuchinhos das Mercês. Frei Ovídio Zanini, como excelente escritor, traz, com muita clareza e humor, artigos sobre as diversas modalidades de bênçãos e sobre as leis do trânsito. Fez a distinção sobre as superstições, crendices, uso de mandingas, feitiços, sobre ditos populares, sorte, azar e atribuições ao poder do demônio e de Deus. A parapsicóloga Nelly Kirten resume os passos da celebração da Entreajuda e fala dos diversos trabalhos dos grupos de apoio e terapia que surgiram na paróquia a partir da Entreajuda. O casal Mauro e Cecília de Oliveira escreve sobre mudanças que ocorrem na adolescência e o envolvimento de jovens com drogas. Igreja matriz Nossa Senhora das Mercês EXPEDIENTE da Secretaria paroquial: Das 8h até 18h MISSAS horário Segunda-feira: 6h30 Terça e quarta-feira: 6h30 e 19h Quinta-feira: 6h30 e 18h30 Sexta-feira: 6h30, 15h e 19h Novena: 8h30 Sábado: 6h30, 17h e 19h Domingo: 6h30, 7h30, 9h, 10h30, 12h, 17h e 19h O Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Curitiba, Dom Moacyr José Vitti, com carta de 2004, autoriza a Celebração da Entreajuda e esclarece que é bíblico o procedimento feito nesta Celebração. Elogiou os frades capuchinhos neste novo método de Evangelizar, unindo Fé e Ciência. Os Freis Capuchinhos estão sempre à disposição para acolher e abençoar diariamente, nos horários estabelecidos. Para melhor acolher o povo, estão distribuídos em diversos setores: há os que atendem na paróquia; outros atendem confissões; os que atendem na portaria para abençoar pessoas, veículos, objetos de devoção e distribuem pão; os que saem do convento, sempre com prévio agendamento, e vão benzer empresas, escolas, estabelcimentos diversos, casas; vão aos hospitais e ministram a Unção dos Enfermos; vão às capelas mortuárias e fazem exéquias. Desejamos a todos os leitores, aos que procuram nossa paróquia para bênçãos, aos participantes da celebração de Entreajuda, aos que vêm buscar apoio, que sejam iluminados pelo Espírito Santo, fazendo-os entender o uso correto deste do tão benéfico sacramental das Bênçãos. A redação ENDEREÇO da paróquia e convento Av. Manoel Ribas, CURITIBA-Pr Tel. paróquia: 041/ (sec.) - Tel. convento: 041/ (freis) ENTREAJUDA Quinta-feira: 9h, 14h30, 16h30, 19h30 e 21h BÊNÇÃOS De segunda à sexta-feira: das 8h às 11h30 e das 14h às 18h Sábado: das 9h30 às 12h00 e das 14h às 17h Telefone para agendar bênçãos: *Domingos e feriados não há expediente. Expediente do Boletim Pároco: Frei Alvadi P. Marmentini. Vigários paroquiais: Fr. Pedro Cesário Palma e Fr. Ovídio Zanini. Jornalista responsável: Janaina Martins Trindade - DRT nº Revisor: Frei Dionysio Destéfani. Coordenadora: Erotides F. Carvalho. Fotógrafa: Sueli F. Assunção e Mayra Cr. Armentano Silvério. Colaboradores: Irmãs Vicentinas - Lúcia H. Zouk (Catequese), Rosecler Schmitz, Sueli Rodaski (OFS), Marcos de Lacerda Pessoa, Welcidino C. da Silva, Nelly Kirsten, Flávio Wosniack, Valter Kisielewicz, Rita de C. Munhoz, Marisa Cremer, Secretárias da Paróquia. Diagramação: Edgar Larsen. Impressão: Ed. O Estado do Paraná (tel ). Tiragem: exemplares. A BÊNÇÃO DE CARROS E TRÂNSITO Para que a bênção do seu carro se torne um momento de graça e de tomada de consciência dos seus direitos e deveres no trânsito, e para evitar mal-entendidos e possíveis crendices, a paróquia das Mercês achou conveniente publicar e divulgar este pequeno jornal. Leia com atenção e reflita, pois é para seu e nosso bem. Frei Nereu José Bassi. BÊNÇÃO DA PRIMEIRA SEXTA-FEIRA DO ANO NA IGREJA N. Sra. DAS MERCÊS Só compreendemos e sentimos através de imagens ou sinais. Como diziam os antigos filósofos gregos, nada há na inteligência que não passe pelos sentidos. Toda bênção é sinal positivo, quer dizer, que captamos com nossos sentidos exteriores. Jesus Cristo instituiu bênçãos fundamentais de salvação que chamamos de sacramentos. Para nós católicos, os sacramentos são sete, nem mais e nem menos: batismo, crisma, reconciliação, eucaristia, ordem, unção dos enfermos e matrimônio. Cristo Jesus utilizou também outros muitos sinais de graças, como imposição das mãos, toques especialmente na fímbria de seu manto e de sua túnica, banhos em piscinas tidas como milagrosas, uso de sua saliva - que os judeus entendiam como sinal da pessoa e outros. Por sua vez, a Igreja Católica catalogou e normalizou todos estes sinais e acrescentou outros para provocar e aumentar nossa fé na proteção divina. A estes sinais utilizados por Jesus Cristo e a tantos outros normalizados pela Igreja chamamos sacramentais, como o terço que muitos conservam no carro, bênção da água, de cinzas e sal, de medalhas e crucifixos, de escapulários e outras gargantilhas, de fitinhas e pulseiras, de casas e carros, de motocas e bicicletas, de roupas e alimentos, de empresas e fazendas, de animais e plantações, e muitos outros. Um pouco de história Frei Nereu José Bassi do Valle, de feliz memória, pároco da paróquia de Nossa Senhora das Mercês, em Curitiba, iniciou em julho de 1952, no domingo mais próximo da festa de São Cristóvão, patrono dos motoristas, a prática da bênção dos carros. Logo se tornou uma grande festa. Desde então, milhares de motoristas de toda Curitiba e municípios limítrofes vinham abençoar seus carros na Avenida Manoel Ribas, na quadra defronte à Igreja das Mercês. Em 1955, D. Manoel da Silveira D Elboux, arcebispo de Curitiba, criou a paróquia de São Cristóvão na Vila Guairá (Curitiba) e pediu aos freis capuchinhos para assumi-la. Sendo que os capuchinhos não tinham um frei disponível, D. Manoel pediu a Frei Nereu permissão para repassar a festa de São Cristóvão para a nova paróquia da Vila Guaíra, e assim foi feito. SENTIDO DA BÊNÇÃO A bênção dos carros é para o usuário Para as coisas em si nada muda. As coisas já estão abençoadas pela criação divina que á maior bênção, a bênção fundamental. São as pessoas que vão sentir no coração que as coisas estão abençoadas e então irão utilizá-las com respeito. Abençoamos para despertar em nós a fé nas bênçãos de Deus em sua criação. É preciso ter consciência e fé de que Deus sempre está nos abençoando, porque Ele é bênção em pessoa. Como faz bem ouvir pessoas dizendo: Eu me sinto uma pessoa abençoada! Há muita mais necessidade de sentir a bênção Frei Nereu, sempre criativo, lembrou que os freis capuchinhos do Rio de Janeiro tinham o costume das bênçãos nas primeiras sextas-feiras de cada mês. Com a permissão de D. Manoel, iniciou em 1955 a bênção dos carros e pessoas na primeira sexta-feira do ano. Este costume abençoado continua até hoje, sempre mais participado. Atualmente, uns trinta freis estão à disposição dos motoristas e do povo, e mais de pessoas e carros são abençoados na primeira sexta-feira do ano na paróquia de Nossa Senhora das Mercês, das 6 às 21h. Além disso, é bom lembrar que em todos os dias úteis há freis capuchinhos atendendo e abençoando carros e motoristas e outras pessoas. Frei Nereu dizia que, em tempos idos, a sextafeira era considerada dia de azar. Por isso, iniciou a primeira sexta-feira do ano como dia de bênção e de felicidade, e deu muito certo. de Deus do que pedir. Jesus sempre dizia: Basta que tenha fé! Não tenha medo! Tanto a fé como o medo ou fé negativa faz acontecer. Trata-se principalmente da fé emocional ou imaginativa e não apenas intelectual ou teórica. Como dissemos, o que a gente acredita ou imagina, começa acontecer porque é a cabeça que programa nosso corpo exterior e nossa vida. Fé e crendice Nada aproxima tanto de Deus como a fé esclarecida, e nada afasta tanto como a fé ignorante ou crendice. Nada melhor e nada pior que uma boa ou falsa religião. Fé e ciência devem andar de mãos juntas. Quando a fé discorda da ciência, fique com esta e deixe aquela ou modifique-a, porque o critério da ciência é a evidência e o critério da fé é a confiança em Deus perante coisas obscuras. Toda ciência verdadeira vem de Deus. A fé pode ser temerária ou esclarecida É temerária, alienada ou mágica, quando espera que Deus resolva nossos problemas sem a gente assumir nossa parte na aliança, quando confiamos no poder mágico de objetos inanimados. A fé é esclarecida quando confia que pessoas ou objetos abençoados funcionam como indutores psicológicos e aumentam nossa responsabilidade. 2 - Ano X - Edição Especial Boletim Informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - 3

3 O PERIGO DA SUPERSTIÇÃO Não utilize superstições em seu carro, porque são alienações ou fugas de seus deveres. Precisamos de fé iluminada. Não devemos tornar superstição esta nossa fé que é confiança em Deus, e um só é o nosso Deus. A superstição é confiança em criaturas, ou seja, alienação e idolatria. Não devemos acreditar em certos tipos abusivos de correntes de oração (nove cópias a nove pessoas) nem em orações ditas fortes com poder em si, orações a santos de causas urgentes e impossíveis mandando fazer mil cópias por determinado preço, pragas, feitiços, urucubaca, mandingas, inveja, horóscopos, destinos negativos, trabalhos feitos, despachos, vodus, não passar debaixo de escada, dia 13 sexta-feira de lua cheia, usar fitinhas para dar nós e desenhos de sandálias para obter graças, VALOR DAS SIMPATIAS Viva com simpatia! Toda bênção é, de certa forma, uma simpatia que se torna sacramental porque potenciada pela fé. Simpatia não é superstição. Dirija seu carro com simpatia, que é energia positiva mais poderosa que a antipatia. A simpatia precisa de sinais ou imagens positivas de coisas e pessoas. Devemos cultivar no coração a prática da simpatia natural das criaturas. Elas são simpáticas como nossas irmãs que nos fazem bem. Deus nos abençoa sempre através das criaturas, imagens da sua bondade. Feliz de quem se deixa abençoar pelas criaturas de Deus! Foi Deus que nos criou com tendência para utilizar e simpatizar com tudo o que é verdadeiro, bom e belo para nossa felicidade. valor mágico do número fixo de velas, uso de figas, de amuletos e quebrantes, crer em benzimentos e fórmulas mágicas, promessas temerárias, e por ai afora. Esta maneira de proceder faz estragos no meio do povo e deforma a verdadeira religião. É exploração comercial do povo e um jeito de multiplicar como que deuses, dando a alguns santos poderes exclusivos. Não existem santos de causas urgentes e específicas. No céu, os anjos e os ressuscitados têm o mesmo poder de intercessão com e por Cristo ao Pai. Na Casa do Pai não existem santos canonizados e não canonizados, nem santo mais poderoso que outros. Isso é bom aqui na terra. O único poder de mediação é Cristo Jesus. Superstições curam? O supersticioso tanto acredita em curas como programa novas doenças. Curas supersticiosas podem provocar mais doenças porque formam uma mentalidade alienada. O maior problema da superstição é provocar a ocultação dos sintomas de Utilize simpatias Conhecemos simpatias para curar erisipelas, cobreiros, verrugas, alergias e outras doenças, especialmente da pele. Julga-se que 86% de nossas doenças procedem do corpo interior. Simpatias são programações mentais, induções psicológicas positivas, como, certas pulseiras e fitas do Senhor do Bom Fim, usar arruda na orelha para dar sorte, usar certa folhagem na entrada dos bancos, três batidas na mesa para afastar males, comer carne de porco e usar roupa branca no início do Ano, benzer carros na primeira sexta-feira do ano e outras. Às vezes, simpatias e sacramentais se confundem. Nas simpatias utiliza-se mais o valor psicológico da imagem positiva das coisas; e nos sacramentais da Igreja utiliza-se mais o poder da fé teologal ou confiança em Deus. Não é errado fazer simpatias. Podemos usar simpatias desde que sejam esclarecidas e não bobas nem absurdas. Neste caso, podem confundir-se com superstições. Proteja com simpatia a própria vida, casa, folhagens e animais domésticos. Valor da simpatia Pela simpatia comunicamos bem-estar aos outros, enfim, certa imunidade ou defesa contra os males. A simpatia neutraliza a antipatia. A simpatia só e sempre faz bem a nós e aos outros. Cultive imagens de proteção divina. Renove em seu coração as grandes verdades da fé e da vida real: filiação e herança de Deus, sacerdócio, profecia e reinado, corpo perfeito, casa própria, família e tantos outros valores. Esta repetição vai formando seu interior de forma positiva. Quando não utilizamos bem nossa cabeça culpamos outros, até o diabo, por nossos erros e males, como fez Adão com Eva e esta com a serpente. doenças sem curar o órgão doente. Li, nestes dias, que mais de 60% da população do Brasil busca mais a cura em superstições do que em médicos. É fácil curar os sintomas, mas difícil curar o órgão doente. Eu tinha erisipela e os antibióticos não estavam curando. Perguntei ao médico: Benzedeira cura? E ele me respondeu: Sim, mas só se for Benzetacil, que é um poderoso antibiótico. Engraçado! Que fazer com superstições? Preste um serviço à sua Igreja. Quando encontrar estas superstições em altares e bancos da sua igreja, retire-as sem medo algum e jogue-as no lixo, na certeza de que Deus irá abençoar você. Em sua mente, repita este pensamento: Nada faz tanto bem como a religião bem entendida, e nada faz tanto mal como a religião mal entendida. Nunca esqueça que os maus agouros ou antipatias somente fazem mal para quem acredita ou tem medo delas. O mesmo vale para as simpatias que só fazem bem para quem as valoriza e cultiva. Dependem da lei de Psicologia que diz: As coisas produzem o efeito que acreditamos ou imaginamos. Repetimos: as antipatias em si e de per si não têm força alguma para quem tem sua mente ou seu interior ocupado por Deus. Deixe-se abençoar e jamais amaldiçoar. Seja sempre anjo e jamais urubu. Viva como aliado de Deus e não como alienado! Deus sempre nos protege porque é o melhor dos pais e nos ama infinitamente. Porém, isso pouco ou de nada adianta se não fizermos nossa parte. Nossa convivência com Deus é em forma de aliança e não de escravidão ou alienação. Somos realmente livres. Deus nos protege mesmo que não peçamos sua proteção, desde que façamos nossa parte na aliança. É bom lembrar do precioso texto de Mc 11, 24: Tudo o que vocês pedirem a Deus na oração, acreditem que já foi dado e assim acontecerá. DESTINO Da parte de Deus, seu destino é o melhor de todos. Dirija seu carro na certeza e confiança de que Deus com seus anjos e santos está sempre cuidando de você e dos seus. A fé faz acontecer o que se acredita. Ter medo de um destino negativo pode fazê-lo acontecer porque medo é uma programação mental. Para os gregos o destino era uma divindade chamada Moira. O grande problema que atormentou a Teologia durante séculos foi a possibilidade de destinos negativos programados por Deus, na idéia de predestinação negativa. Nada deforma tanto a imagem do Deus cristão. Da parte de Deus nosso destino é o paraíso (Ef 1, 3-14), mas temos liberdade de escolher o inferno ou a vida sem Deus. Nosso destino depende de nós. Sorte e azar seriam destinos? Muita gente acredita que sim. Fala-se que alguns têm pé quente e outros, pé frio. Conhecemos Como é que se explica, então, o conhecido e abusado pedi e recebereis? Obviamente fica assim: Pedi (acreditando que Deus já atendeu; fazei vossa parte na aliança) e recebereis. Não adianta pedir a Deus de braços cruzados que nos mande frangos assados do céu. Lembra da piada daquele homem que sempre pedia a Deus a graça de ganhar na loteria? Depois de um tempo de insistência, Deus perdeu a paciência e disse: Por favor, meu filho, ao menos compre o bilhete! pessoas que ganharam diversas vezes na loteria; e outras, mesmo jogando muito, não ganharam nunca, como eu! Estes jogos são chamados de jogos de azar, quer dizer, não tem leis estabelecidas. Dependem de estatística. Não dependem de fé, de trabalhos feitos, de santos protetores e coisas assim. Nunca soube que um papa tenha ganhado na loteria, provavelmente porque nunca jogou. Lembro que, num ano, a cada mês comprava 100 números da Sena de Sílvio Santos, e não ganhei nunca. Obviamente parei de comprar. Deus tem poder de fazer alguém ganhar e ter muita sorte. Seria milagre, mas não lei costumeira. Que eu saiba, isso jamais aconteceu, porque Deus fez aliança conosco e essas coisas dependem de nós. Deus nos criou com inteligência para não fazer asneiras. Sorte e azar dependem da estatística e, principalmente, da sabedoria de vida. Com sabedoria e conhecimento podemos formar maravilhosos destinos para nós, fazer excelentes negócios, defender-nos de ladrões e espertalhões, evitar desastres e assim por diante. Azar ou falta de sorte dependem de erros ou acertos de nossa parte. Deus sempre só quer nosso bem Nenhum destino negativo acontece por vontade de Deus, mas apenas por nossa culpa, contra a vontade de Deus, quando não praticamos seus mandamentos. Não adianta proteção divina se permanecermos em erros e pecados. Os males não são criaturas nem permissões e nem provações de Deus, mas opções nossas. Deus não criou o inferno ou a desgraça, mas predestinou a todos nós para seu paraíso (Ef 1, 3-14), porém respeita nossa liberdade. O inferno é viver sem Deus ou contra Ele, enfim opção humana consciente e definitiva, por mais absurda que seja. Será que Deus castiga? Uma das idéias ou crenças que mais prejudicou a humanidade foi acreditar em castigos divinos. Na Bíblia se fala muito destes castigos porque se confundem leis de natureza com vontade de Deus. Quando chove, a Bíblia diz que foi uma ordem de Deus. Assim com todos os fenômenos da vida terrestre. Por isso, é sempre Deus que castiga ou abençoa. È uma crença vinda das religiões pagãs. Os deuses pagãos não fazem só o bem para seus subordinados, mas fazem o que lhes parece melhor ou pior, conforme dá na veneta deles. 4 - Ano X - Edição Especial Boletim Informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - 5

4 Autonomia da natureza A reflexão teológica purificou a imagem de nosso Deus, do Deus de Jesus Cristo. Descobrimos, então, que Deus criou a natureza autônoma, com leis próprias que Ele mesmo respeita. É o capítulo da teologia que chamamos de autonomia do universo, que também nós devemos respeitar e desenvolver pela Ecologia. Os fenômenos da natureza, como, enchentes, terremotos, tempestades, trovões, estiagens, ventanias, doenças, desastres e outros, acontecem conforme leis da natureza, muitas vezes alteradas por nós. Compete a nós zelar pela ordem no universo. Não confundir falhas humanas com vontade de Deus Jamais um carro irá desastrar por determinação DEIXAR-SE ABENÇOAR Viaje com simpatia! Toda viagem com seu carro é um encontro com maravilhas da natureza. Transforme sua viagem num compromisso de vida e não de preocupações. Deus está sempre a seu lado e não dá bênçãos no varejo ou no picado como mercadorias em supermercados. Ele é pessoalmente bênção, sempre bênção, bênção para todos, mas nós raramente tomamos consciência das bênçãos de Deus. Cada criatura de Deus tem uma bênção para nós com seu determinado valor. As criaturas são anjos com suas mensagens positivas que nos manifestam Deus. Cada criatura é uma aparição de Deus em miniatura, em ponto pequeno, como que de costas. São diáfanas, quer dizer, através delas podemos e devemos ver Deus que sempre e só aparece para nós divina, mas por falhas humanas, como dissemos acima, contra a vontade de Deus que só e sempre quer nosso bem. O carro não tem cabeça, ao menos por enquanto. Quem tem e deve usar a cabeça é seu condutor, enfim, somos nós. Quando pedimos a bênção para nosso carro, é para tomar consciência de que a boa viagem está assegurada da parte de Deus e que só falta fazer bem nossa parte. No velório de pessoas que morreram em desastres de trânsito ou de qualquer outro modo, é fácil ouvir pessoas dizendo em alto e bom som: Foi Deus que quis assim. Paciência! Parece blasfêmia. É sempre a confusão entre deuses ou ídolos pagãos e nosso Deus cristão. escondido, em imagens, por comparação, no mistério, como que de costas. Devemos sentir liberdade quando contemplamos andorinhas ou gaivotas voando e formando no espaço os desenhos da primavera e verão. Uma árvore florida nos mostra um pouco da beleza de Deus. O lago sereno nos dá a bênção da paz. Como faz bem admirar numa galinha com seus pintinhos num sinal da ternura infinita de Deus. Um casal de namorados nos faz pensar que só em Deus descansa nosso coração. E assim por diante. Cultive sua sensibilidade Os gregos, quando refletiam sobre a sensibilidade que devemos ter com as criaturas, falavam de estética ou erótica, enfim do encantamento sensível perante o belo. Como diz um Salmo, às vezes somos como as estátuas que têm olhos e não vêem, ouvidos e não ouvem, mãos e não apalpam, nariz e não cheiram, boca e não degustam. Catullo da Paixão Cearense, poeta do sertão, em seu poema Luar do Sertão, na última estrofe, diz assim: A gente fria desta terra, sem alma nem poesia, não se importa com a lua nem luar do sertão. Enquanto a onça, lá na verde capoeira, leva uma hora inteira, vendo a lua a meditar. Pare, olhe e passe! Diante das criaturas, pare, olhe e passe como devemos fazer antes de passar por uma ferrovia. Assim elas vão ficar armazenadas em sua mente fazendo bem. Quando vai viajar ou utilizar alguma coisa, algum documento ou projeto concentre-se e tome consciência de que Deus está abençoando você. Costumamos fazer o sinal da cruz, e isso é excelente. Quando Constantino, imperador de Roma, estava em guerra contra adversários mais numerosos e poderosos, não conseguindo dormir em sua tenda de campanha, saiu e contemplou o céu estrelado. Viu entre as estrelas uma grande cruz com um letreiro que dizia: Neste sinal vencerás! Assumiu então a cruz como emblema de suas tropas e venceu. O DEVER DA VIRTUDE DA ALEGRIA CONTÁGIO PSICOLÓGICO Realidade do contágio psicológico Ao viajar com seu carro, procure se libertar de contágios psicológicos negativos. Vivemos em grupos ou comunidades em forma de vilas, distritos e cidades, municípios, estados e nação. Formamos um só corpo e somos co-responsáveis. Um membro doente ou negativo faz sofrer o corpo inteiro. No trânsito, a consciência da própria co-responsabilidade é fundamental. Às vezes, vêm certas pessoas na casa da gente e as folhagens murcham, as pessoas e animais domésticos adoecem, a empresa começa ir mal e coisas assim. É o contágio negativo. Viaje com alegria Ao dirigir seu carro, especialmente em viagens maiores, não fique lembrando dívidas, problemas de família e outros, porque estas lembranças produzem preocupação, ansiedade e tristeza, enfim, podem até provocar desastres. Comprometa-se a dirigir com alegria porque a alegria do coração aumenta os seus dias e porque a tristeza matou muita gente (Eclo 30, 22-23). Temos tendência para a tristeza porque nascemos em estado de pecado original e com milhares de memórias ou programações mentais negativas e, a mais, com doenças e fracassos na vida. A tristeza é um sentimento que atua no corpo. Vimos acima que são imagens que desenvolvem sentimentos. Como evitar a tristeza Para evitar a tristeza, você deve cultivar imagens positivas de Deus e dos seus anjos, da natureza e de você mesmo, enfim, cultivar sua auto-estima. Relembre: quando puder, relaxe e se concentre e imagine coisas positivas. Para evitar a tristeza é bom olhar para traz. Mais da metade da população Contágio psicológico positivo e negativo Queremos aqui refletir um pouco sobre o contágio p s i c o l ó g i c o negativo, também chamado de antipatia, porque já refletimos acima sobre simpatias. Quem não teve experiências de influências negativas? Devemos ter nosso corpo interior ocupado por anjos ou coisas positivas. Cabeça vazia, mesmo limpa, torna-se oficina do diabo. Onde há anjos, os demônios se retiram. O exemplo de São Paulo Escreva num bilhete a frase espetacular de São Paulo na Carta aos Romanos: Se Deus está conosco, quem estará contra nós? Quem nos separará do amor de Cristo (que é nossa felicidade)? A tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo, espada? Em tudo isto somos mais que vencedores, graças àquele que nos amou. Estou convencido de que nem a morte nem a vida, nem os anjos nem os principados, nem o presente nem o futuro, nem os poderes, nem a altura, nem a profundeza, nem nenhuma outra criatura poderá nós separar do amor de Deus manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor (Rm 8, 31b ). Guarde este bilhete em sua carteira ou bolsa e, sempre que tiver medo, leia com fé. Seja vigilante Sempre há pessoas que nos querem prejudicar, como aconteceu com Jesus. Estas antipatias fazem mal para quem tem medo ou acredita nelas. Inveja ou antipatia podem provocar o contágio negativo e realmente fazer mal a quem está sem imunidade interior, a quem vive como esponja absorvendo o negativo. Nenhum demônio e ninguém podem fazer mal ao seu interior se estiver ocupado por memórias mundial não possui os valores que você tem. Quantos milhões são cegos, surdos, mudos, aleijados, excepcionais, leprosos, bandidos e presos! Há mais de um bilhão de alcoólatras no mundo e quantos milhões são drogados que só conseguem vegetar fugindo da vida! Quantos bilhões morando em favelas! Melhore sua serotonina Alegria é ter consciência dos valores e agradecer a Deus. Quando ficamos alegres desenvolvemos a serotonina que ativa positivamente nossos neurônios, provocando o bom humor. Quando ficamos tristes, bloqueamos a serotonina e desenvolvemos exageradamente o cortisol, que nos faz entrar num estado de mau humor. Mau humor, na Bíblia, era considerado como ação do demônio, - entendido como naqueles tempos. Verifique com o médico ou psiquiatra se o seu mau humor e depressão provêm de causas emocionais ou físicas, como gastrite, problemas de fígado, hiper ou hipotensão, ou de algum remédio que atua no sistema nervoso central. positivas. Nem Deus se atreve a invadir nossa privacidade. Ele só entra se abrirmos a porta (Ap 3, 20). Deus nos deu o controle de nossas vidas e ninguém pode perturbar nosso interior se tivermos anjos ou coisas boas no coração. Quando nos descuidamos, os demônios ou coisas negativas voltam. Devemos adquirir imunidade interior. Seria horrível se fôssemos escravos ou dependentes da antipatia dos outros. Pratique o jejum e oração interior ou higiene mental como Jesus sempre ensinou. Jejum interior é jejum ou abstinência de ódio e inveja, de complexos de inferioridade e de orgulho, enfim jejum de demônios ou programações mentais negativas. Oração interior é imaginar todas as realidades positivas da vida, especialmente Deus. 6 - Ano X - Edição Especial Boletim Informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - 7

5 LEIS DO CÉREBRO MEDO Quando alguém comete uma asneira, é comum ouvir dizer: Onde você está com a cabeça? Sua viagem será tranqüila da parte de Deus, mas isso não basta. Você deve fazer sua parte, consciente e livremente, caso contrário, nada feito. Deus respeita sua parte e privacidade. Nossa parte é usar bem a cabeça. Vamos, pois, fazer algumas reflexões sobre as principais leis do nosso cérebro. Primeira lei: Por criação divina, nossa vida é programada por nosso cérebro. A cabeça da gente funciona sempre, em movimento perpétuo, mesmo inconscientemente como no sono e em estado de coma. Quando pára, morremos. Então, o corpo interior separa-se do exterior. Este vai para o cemitério porque é pó, e aquele ressuscita. Diz um prefácio da missa: A vida não é tirada, mas transformada. Por isso, devemos estar vigilantes para que nossa mente esteja sempre ocupada com imagens positivas. É importante jamais programar a cabeça de crianças e nem de adultos com sugestões negativas. Dizer a uma criança e adolescente que é feia, burra, orelhuda e que não vai prestar para nada, pode programá-la assim e fazê-la viver sem auto-estima ou em complexo de inferioridade. Diz o Eclesiástico: Não há homem pior do que aquele que se deprecia (Eclo 14, 4a). Segunda lei: Nosso cérebro só se programa com imagens e não com teorias. No passado, valorizávamos quase apenas o Q. I. ou Quociente Intelectual; hoje, valorizamos sempre mais o Q. E. ou Quociente Emocional. Maria de Nazaré, mãe de Jesus, era analfabeta, mas possuía admirável controle interior ou emocional. Quem não sonha de imitar Maria, Nossa Senhora? Minha mãe também se chamava Maria e também era analfabeta, mas tinha tanta sabedoria emocional que não troco minha mãe por nenhuma outra mulher cheia de diplomas universitários, por mais valor que isso represente. Terceira lei: Aquilo que a gente imagina começa acontecer. É o segredo divulgado num recente best-seller em livro e DVD. As coisas fazem o efeito que imaginamos ou acreditamos emocionalmente. A melhor máquina do universo é o cérebro humano com seus diversos nomes, cada qual com seu valor: corpo interior, mente, cabeça, coração, imaginação, neurônios. Quando alguém faz besteiras, as pessoas dizem: Onde você está com a cabeça? Ligue-se! Toque-se! Ser feliz é usar positivamente a própria cabeça. Quarta lei: A mente da gente nunca pode se ocupar com duas coisas ao mesmo tempo: ou está no positivo ou no negativo e isto depende de nós, que somos e devemos ser os únicos donos dela. O segredo da cura interior é evitar as somatizações negativas ou doenças, conservando sempre a cabeça no positivo. Quando a gente não cuida, as memórias ou códigos mentais negativos emergem do subconsciente e perturbam nossa vida em forma de males emocionais e físicos. A descoberta do DNA Nascemos de duas células: óvulo e espermatozóide, cada qual com 23 cromossomos, e cada um destes com no mínimo e máximo memórias ou códigos mentais que nossos pais herdaram dos antepassados até do Adão e Eva de cada raça ou que adquiriram ao longo da vida. Trata-se da descoberta do DNA (Ácido Desoxirribo Nucléico) feita na década dos Não temos vidas passadas, mas nascemos com memórias vivas dos antepassados. Traumas são experiências negativas fortes que podem ter sido recebidas durante a gestação, chamados congênitos, ou/e adquiridos na vida e que nos escravizam, como, grandes sus tos, trovões e raios, enchentes, desastres, assaltos, traições, assassinatos, incêndios e calúnias. A cura depende da neutralização destes traumas com imagens positivas, especial mente religiosas. As memórias inconscientes são indeléveis e tão ativas como as conscientes. Não é possível eliminá-las. As memórias positivas devem ser cultivadas e melhoradas; e as negativas - na Bíblia conhecidas como demônios - podem e devem ser neutralizadas. Demônios ou códigos mentais negativos não se expulsam, mas se neutralizam. BÊNÇÃO E MALDIÇÃO Dirija seu carro com confiança e segurança porque o medo programa coisas negativas. Medo refere-se ao instinto ou impulso de sobrevivência. Temos medo de morrer. Medo é sempre atitude negativa perante a vida. Medo pode ser sentimento normal diante de ameaças à vida. Neste caso, confunde-se com prudência. A síndrome do pânico acontece quando o medo é neurótico ou fora de controle. Tem origem em memórias traumáticas que podem ser genéticas (DNA), congênitas ou recebidas no tempo da gestação, e/ou adquiridas ao longo da vida. Nosso cérebro é comandado e programado por estes códigos mentais. Isso explica porque há tanta gente com síndrome do pânico por isso ou aquilo e nem sequer sabem por quê. A cura só pode ser obtida através da neutralização destas memórias negativas, antigamente chamadas de demônios, espíritos malignos, filhos das trevas. No tempo de Jesus, por influência dos gregos e romanos, chamava-se de demônio a todo problema de origem desconhecida, como loucura, depressão, epilepsia. Não esqueça a frase luminosa do Eclesiástico: Quando o homem acusa o demônio está acusando a si mesmo (Eclo 21, 27). Só você pode curar-se de problemas emocionais Lembre que memórias negativas não se curam com elementos químicos, mas psicológicos ou Seja filho da bênção! Quando vai viajar com seu carro, seja filho da bênção e jamais da maldição. Maldição é o contrário de bendição, termo contraído em bênção. Vimos que benção ou sinal que sugestiona e programa nossa mente para obter bons resultados é sempre simpatia. Maldição é antipatia, ou sinal que induz nossa mente para coisas negativas. Feitiços, bruxarias, urucubaca, macumba, males feitos, mau olhado, inveja, trabalhos negativos, despachos, mandingas, pragas, vodus, maus encostos, influências demoníacas, cargas negativas, castigos hereditários, destinos negativos, karmas, horóscopos negativos, maus agouros, e por ai afora, podem ser considerados como maldições. As maldições não produzem efeito de per si, não têm poder intrínseco, mas apenas em quem acredita ou tem medo delas, enfim pelo contágio psicológico ou emocional. Repetimos diversas vezes que o medo faz acontecer o que se teme, porque é uma programação mental negativa. Lembre que as coisas fazem em nós o efeito que imaginamos ou acreditamos ou tememos. emocionais. Por melhores que sejam, psicotrópicos e calmantes não curam problemas emocionais, mas apenas acalmam o corpo exterior. Isso é excelente porque permite o controle interior e só este realmente pode curar ou neutralizar problemas emocionais. Acabado o efeito dos remédios químicos, os problemas voltam a acontecer, como acontece com álcool e drogas. O medo faz acontecer o que se teme Medo é programação mental negativa que foi criada por imagens negativas, como de desastres e morte. Não é possível eliminar estas imagens do seu consciente ou do subconsciente. Se você é uma pessoa perturbada por síndrome do medo ou pânico, quando puder relaxe, concentre-se e reprograme-se com imagens de segurança e proteção, especialmente de ordem religiosa. Jesus sempre dizia: Não tenha medo, mas tenha fé! Regrida conscientemente ao passado quando aconteceram fatos traumáticos e neutralize com imagens de Jesus, Nossa Senhora e anjos cuidando e protegendo você. Estas imagens irão programar sua mente para a confiança e segurança interior. O costume de amaldiçoar Conhecemos pessoas, casas e até cidades amaldiçoadas. O salmo 109 (108) das maldições foi retirado pela Igreja da Liturgia das Horas. Lembramos da maldição simbólica de Jesus sobre a figueira estéril que secou. A figueira estéril representa o povo e as pessoas que não crescem para Deus e se obstinam no mal. Em Lucas há maldições que contrastam com as bem-aventuranças. Os condenados à crucificação, também Jesus, eram considerados malditos naquela época. Numa grande celebração religiosa, os antigos sacerdotes da Samaria proclamavam bênçãos no Monte de Garizim e maldições no Monte Ebal. Ouvimos falar de maldições até a terceira e quarta geração. São maneiras de expressar a possibilidade de bens e de males, genéticos e adquiridos. De certa forma, todo bem é uma bênção e todo mal é uma maldição. Bênção e maldição dependem da gente Na verdade, somos nós que nos abençoamos e nos amaldiçoamos. Quando fazemos o bem, nos abençoamos; quando fazemos o mal, nos amaldiçoamos ou provocamos males. Nunca se deixe amaldiçoar. Maldição só pega em quem acredita nisso ou tem medo. Quando alguém amaldiçoa você, abençoe-se imaginando Jesus abençoando você ou peça a alguém que abençoe você. 8 - Ano X - Edição Especial Boletim Informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - 9

6 Relaxe e se concentre! Não devemos ser como esponjas que absorvem sujeiras de todo tipo. Devemos ter o corpo interior ou nossa mente ocupada com anjos ou elementos positivos. Quando a gente não está vigilante e deixa a cabeça vazia, logo ela se torna oficina do diabo, como diz um provérbio. Sempre que puder, relaxe como quando a gente espreguiça, que é um método natural, quer dizer, que ninguém ensinou para nós. Todos sabemos espreguiçar, também os gatos e cachorros. Este relaxamento pode durar uns sete segundos apenas. A seguir, concentre-se. A concentração pode ser feita com um dos cinco sentidos exteriores. Pode ser visual, auditiva, olfativa, gustativa e tátil. Preste atenção numa chuva ou música suave, enfim em qualquer SEJA UMA BÊNÇÃO! Espalhe simpatia! Nas viagens com seu carro, procure ser uma pessoa que irradia simpatia. Seja sempre uma bênção para os irmãos e jamais maldição ou urubu. Este foi o pedido que Deus fez a Abraão (Gn 12, 2b). Todos devemos ser filhos da bênção. A bênção não é monopólio do papa nem dos bispos e nem dos padres ou pastores nem das benzedeiras. É um direito e dever de todos os filhos e filhas de Deus. É tão bonito quando os avós abençoam seus netos; os pais, a seus filhos; os filhos, a seus pais; os irmãos, a seus irmãos; os amigos, a seus amigos. Quando você encontrar pessoas com problemas, abençoe em nome de Deus. Ninguém de nós tem poder de abençoar em nome próprio. Este poder nos é dado no batismo, como filhos e filhas de Deus. DIREÇÃO DEFENSIVA Exame Quando vamos renovar a Carteira Nacional de Habilitação, a partir de 2005, somos obrigados a prestar um exame dos conhecimentos básicos do trânsito. O trânsito é um exercício de preservação da vida própria e dos outros, da saúde e do meio ambiente. Os conselhos e normas para evitar acidentes, que colocamos no final, se referem à direção defensiva, que é reconhecer antecipadamente as situações de perigo e prever o que pode acontecer a você, aos seus acompanhantes e aos outros usuários da estrada. Ao assumir o volante do seu carro, lembre-se do princípio da corresponsabilidade. Acidentes não Formas litúrgicas de bênçãos Obviamente, existem formas comuns de bênçãos e formas litúrgicas ou indicadas pela Igreja. Há pessoas que se dedicam a abençoar e que apresentam sinais do poder de Deus que a Igreja lhes consagrou, como batina, estola e aspersório. É o caso dos padres. Na paróquia das Mercês tornou-se tradicional a bênção que os freis capuchinhos dão para pessoas que os procuram, especialmente a bênção de carros no ano todo, e de forma particular, na primeira sexta-feira do ano. Esta tradição é um sinal simpático que desperta nossa fé. Como abençoar Quando quiser abençoar e não encontra nenhum padre, abençoe você do seu jeito, com sua fé. Reze um Pai-nosso e abençoe a água e um pouco de sal, misture o sal com a água, apanhe um pequeno ramo verde e abençoe as sementes que vai utilizar, sua motoca e seu carro, sua casa, os móveis da casa, sua empresa e máquinas, sua chácara, suas roças, seus remédios e comidas. O importante é sua fé ou sua convicção de que acontecem por acaso nem por obra do destino ou azar. Cuide-se também dos outros Na estrada, não cuide apenas de você. Isso não é tão difícil. Cuide principalmente dos outros que podem estar menos atentos. Lembre-se que os prejuízos de desastres automobilísticos custam uns dez bilhões de reais por ano aos cofres da nação brasileira, que somos nós. Quando encontrar placas pedindo para diminuir a velocidade por diversos motivos, obedeça porque elas pretendem preservar sua vida e a vida dos outros, também de animais. som agradável. Fixe seu olhar numa árvore florida, num panorama bonito, numa criatura que o encanta. Sinta o carinho da brisa, o envolvimento das suas vestes ou da água no seu banho, a graça de um beijo e de um abraço. Deguste com calma o que come ou bebe. Deixe-se elevar por aromas e perfumes. Feito o relax e concentração, reprograme-se Por que dizemos reprogramação? Por que, em geral, temos programas mentais negativos conscientes e inconscientes que devem ser neutralizados. Nosso computador mental não tem a tecla Delete que elimina códigos ou lembranças negativas, mas temos, sim, a tecla Excluir que remete estes códigos negativos para a Lixeira ou baú interior, que é nosso subconsciente. E seja vigilante, porque na hora de descuido estas imagens negativas emergem e continuam a nos fazer mal. Deixar-nos abençoar ou amaldiçoar depende de nós. Existem por toda parte mochos e urubus, enfim aves de mau agouro que querem nos prejudicar. tudo está abençoado por Deus. Lembre-se que Deus sempre abençoa, mas nós pouco percebemos e, por isso, devemos fazer sinais. Deus ensina a abençoar Iahweh falou a Moisés e disse: Fala a Aarão e a seus filhos e dize-lhes: Assim abençoareis os filhos de Israel: Iahweh te abençoe e te guarde! Iahweh faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te seja benigno! Iahweh mostre para ti sua face e te conceda a paz (Nm 6, 23-27)! Sem Deus, a bênção torna-se superstição. O importante nas bênçãos é provocar a fé através de gestos e palavras. LEIS DO TRÂNSITO Questão de controle emocional É excelente e muito útil a bênção para nossos carros, com a qual os motoristas se comprometem a dirigir conforme as leis do trânsito. Dirigir bem não é apenas uma questão de inteligência. Alguém pode ter recebido nota dez no exame intelectual de renovação da carteira pelo DETRAN e ser péssimo motorista. Dirigir bem é principalmente uma questão emocional ou da imaginação correta, enfim, uma questão da cabeça que antigamente chamávamos de coração. Precisamos de imagens de atenção e proteção como as placas de sinalização. Dirigir é um exercício de cidadania, de controle interior e de convivência com os outros motoristas. Ao dirigir, devemos compreender que outros possam ter mais pressa que nós ou sejam impulsivos. Não se irrite com ultrapassagens abusivas porque isso irá deixá-lo nervoso. Reze para que Deus os abençoe e tenha compaixão deles. Seguem aqui as principais leis do trânsito 1. Não dirija depois de haver ingerido bebida alcoólica além do mínimo permitido. Como disse alguém, se alguém quiser se matar, pode porque não adianta proibir, mas respeite a vida dos outros; e se ele não respeitar, que entre a polícia em ação. 2. Respeite o pedestre e que o pedestre respeite o carro. Não ultrapasse sinais de forma intempestiva, mas prudente. Diria mais, respeite também os animais porque eles não têm cabeça inteligente como nós e não fizeram estudos sobre o trânsito. Por isso, não corra mais do permitido. Quem tem pressa vai devagar. 3. Sempre que conveniente, verifique a suspensão para garantir a estabilidade do seu carro. Verifique o nível de combustível, de óleo no freio e no sistema de transmissão ou câmbio e no reservatório de transmissão automática, de água no radiador em veículos refrigerados a água, o nível de água no sistema de limpador de parabrisas, o funcionamento e regulagem dos faróis e lanternas, a situação dos pneus. Quando notar algum defeito em seu carro, mande verificar antes que seja tarde. 4. Não ultrapasse pelo acostamento por motivos óbvios. 5. Respeite bicicletas e motocas como se fossem carros. Obviamente, os que utilizam bicicletas e motocas obedeçam também aos sinais do trânsito. 6. Se estiver muito cansado ou tomou remédios que produzem sonolência, não dirija porque o trânsito exige perene vigilância. O sono no trânsito pode produzir o sono eterno. 7. Quando estiver chovendo, diminua a velocidade, especialmente em desníveis e baixadas que podem represar água e provocar hidroplanagem ou aquaplanagem. Segure a direção com firmeza. Não adianta frear numa poça de água. É pior! 8. Especialmente nas vias rápidas, não corra muito perto dos carros da frente, mas a uma distância de ao menos dois segundos, que permita frear com eficiência. A 80 km/h seu carro percorre uns 20 metros por segundo. 9. Utilize o cinto de segurança ou air-bag, feitos para salvar sua vida. 10. Dirija com prudência e não com medo, pois o medo é imaginação de desastre, e o que a gente imagina pode acontecer. Para dirigir com segurança ou sem medo, imagine que há pessoas queridas esperando você em casa. Imagine Jesus, Nossa Senhora e anjos ao seu lado protegendo você. 12. É excelente trazer no carro alguma imagem que lhe dá confiança, como o terço, fotos de pessoas queridas, de anjos, de S. Cristóvão e outras. 13. Ao dirigir, fique atento e não se concentre em dívidas e problemas nem em placas chamativas de propaganda. Você pode e deve observar de passagem ou de relance quadros bonitos da natureza que seguidamente lhe aparecem, pois isso lhe faz bem e o conserva despertado. Se aparecer um panorama muito lindo e você quer contemplar, pare o carro, desça e contemple. 14. Não desça ladeiras longas com seu carro em ponto morto ou banguela, como se diz, pois poderá travar a direção ou ter dificuldade de engatar uma marcha e, se utilizar continuamente o freio, ele poderá esquentar demais e vir a falhar. 15. Respeite e favoreça outros motoristas permitindo que entrem na fila e que ultrapassem você. Conserve a calma. Não dirija seu carro como se fosse competição de velocidade. Não se considere dono da estrada. 16. Não jogue lixo pela janela do seu carro. É uma falta de respeito, de ecologia e de limpeza pública. Isso é próprio de marginais. 17. Transporte crianças com até dez anos no banco traseiro e com cinto de segurança apropriado. 18. Não utilize celular ao dirigir. Segure o volante com as duas mãos. 19. Evite apoiar ou descansar os pés nos pedais quando não os estiver utilizando, pois isto poderá prejudicar freios e embreagem Ano X - Edição Especial Boletim Informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - 11

7 21. Lembre que numa rotatória a preferência de passagem é do veículo que já estiver circulando na mesma. 22. À noite, mesmo em vias iluminadas, utilize os faróis baixos ligados. 23. Não transporte animais soltos em seu carro. 24. Não dirija com chinelos. Utilize calçado bem fixo aos seus pés. 25. Quando for ultrapassar um veículo de transporte coletivo (ônibus) que esteja parado para embarque ou desembarque de passageiros, reduza a velocidade, pois alguém poderá tentar atravessar a pista inadvertidamente. COMO AGIR EM ACIDENTES 1. O primeiro a chegar num acidente de trânsito, faça o que lhe parecer óbvio para ajudar. Coloque o triângulo de sinalização do acidente numa distância conforme a velocidade permitida no local: a 40, 80, ou 100 metros. Se o acidente aconteceu perto de um declive ou ponte, repetir estas distâncias após este declive. 2. Se encontrar um acidente com vítimas bastante machucadas ou desmaiadas e se estiverem presas às ferragens, não faça nada que possa piorar seu estado. Não movimente a vítima, não faça torniquetes, não tire o capacete de um motociclista e não dê nada para beber. Chame quanto antes possível: 26. Por respeito, educação e cidadania procure diminuir o barulho do seu carro. Não envenene seu carro, especialmente motocicleta. Seja um bom concidadão e não troglodita. Viver é conviver. Lembre do princípio de corresponsabilidade. ENCONTROS DE FREI ZANINI ENCONTRO DE CONTROLE OU CURA INTERIOR Obviamente, a grande lei na direção do carro é a cabeça. Ela comanda nossas ações. Quando alguém comete uma asneira, dizemos: Onde ele estava com a cabeça? Não há nada mais importante em nossa vida do que o controle interior ou emocional, pois é daqui que procedem as fontes da vida para quem cuida! e as fontes da morte para quem não cuida. Aos domingos, no salão paroquial da igreja das Mercês, das 15 às 18 horas, Frei Zanini ministra um encontro de cura interior e de reprogramação mental. Basta vir às 15 horas, adquirir o ingresso de R$ 20,00 (vinte reais) para as despesas do encontro, ouvir as instruções, praticar os exercícios práticos, participar do lanche e, no final, você troca seu ingresso por um CD ou livro de relaxamento e reprogramação mental para exercitar em casa. SAMU: fone 192; SIAT/Resgate: fone 193; Polícia Rodoviária Federal: fone 191; Policia Rodoviária Estadual: fone Quando num acidente houver acúmulo de curiosos, não complique. Siga em diante, a não ser que você seja um técnico em primeiros socorros. Se houver ali a Polícia Rodoviária, obedeça a seus comandos. 4. Em colisões com postes, se algum cabo cair e estiver na pista ou sobre o carro, não toque nele, não tente retirá-lo com as mãos, pois pode estar energizado. E quem estiver no carro permaneça nele, pois Na secretaria da paróquia das Mercês (Avenida Manoel Ribas 966) você pode adquirir o DVD Cura interior e reprogramação mental do Frei Ovídio Zanini. É um filme com 90 minutos de projeção dividido em doze capítulos. Apresenta as melhores orientações para sua saúde e estabilidade emocional. É um excelente presente para pessoas amigas que moram fora de Curitiba e desejam aprender a se libertar de problemas emocionais. Ninguém vai poder curar você de seus problemas emocionais porque só você é dono de sua cabeça. Mas outros podem ensinar você a se curar de sua depressão, fobias e impulsões como alcoolatria, tabagismo, bulimia (comer demais) e outros problemas de ordem emocional. Lembre-se que o corpo exterior não tem vida própria, mas vive e somatiza o que temos no interior. Depende de nós neutralizarmos os códigos mentais negativos, antigamente conhecidos como demônios. Todas as páginas, de 3 a 12, são de autoria de frei Ovídio Zanini, capuchinho. 27. Ao dirigir, não basta cuidar de você. Isso é até fácil. Mais difícil e necessário é cuidar dos outros. 28. Se viajar de motocicleta - não mude constantemente de faixa; - não ultrapasse pela direita; - não corra demais; - não circule ou não costure entre veículos em movimento; - guarde distância segura; - não transporte crianças com menos de sete anos; - utilize o farol aceso de dia e de noite; - em tempo de chuva e neblina utilize roupas claras e reflexivas; - conduza pela direita, no meio da faixa ou mais à direita ou no bordo direito da pista. assim estará protegido de choque elétrico por causa dos pneus que isolam, se estiverem íntegros. Chame pelo Socorro de Emergências conforme o número de telefones logo acima. 5. Por motivos óbvios, junto à Carteira de Habilitação anote o local e telefones de sua moradia ou do local de seu trabalho, juntamente com os telefones de socorro. DROGAS, ADOLESCÊNCIA E TRÂNSITO Os conflitos da adolescência sempre existiram. A adolescência é o amadurecimento emocional e a puberdade o amadurecimento físico. Essas mudanças da puberdade geram enorme conflito, o que contribui para o amadurecimento emocional. É nesse momento que surgem as mudanças: alterações no corpo, na voz, e outras transformações ocorrem sem que possam exercer algum controle sobre elas. O adolescente se sente impotente para controlar essas transformações. E na vontade de não perderem seus corpos, o marcam com tatuagens ou piercings, ou até se sentem envergonhados de seu próprio corpo. Um corpo diferente, desconhecido, novo. É em meio a todos esses conflitos que as drogas lícitas e ilícitas surgem como elemento capaz de solucioná-los. Oferecem a fuga à realidade e, por alguns instantes, sob o efeito dela, se sentem os todo-poderosos, independentes (pois se torna onipotente de fato ). Diante de tantas transformações, na ânsia de conquistar a tão sonhada independência, que o jovem se junta a grupos. A busca pela independência o leva a ser dependente das regras desse grupo e muitas vezes dependente da droga. É nesse ajuntamento que ele consegue, muitas vezes, ser ouvido na sua linguagem, pois para eles os pais são ultrapassados, caretas e não sabem nada da vida. Muitas vezes, a regra desse grupo é se drogar. E se em casa não houve diálogo suficientemente capaz de envolvê-lo, ele fácil e fatalmente, cederá a essas regras. O adolescente crê piamente que, no momento em que resolver parar com a droga, irá conseguir. Infelizmente esse mesmo jovem não conta com o poder destrutivo dessas substâncias, que atuarão até mesmo na sua vontade em parar de usálas. A linha limite entre o prazer que a droga dá e a sua dependência é imperceptível. Um simples prazer, até mesmo em nível social, pode levar a um caminho sem volta. O início é sempre inocente: curiosidade, desejo de ser aceito, a sensação de onipotência e outras mais. É importante lembrar, pelos aspectos epidemiológicos que: 24,6% dos estudantes já experimentaram alguma droga ilícita e 3,2% fazem uso de substâncias psicoativas, além do álcool e tabaco. Por isso, é importante salientar que esse uso não é proveniente apenas desse aspecto, pois não há causa única para o uso de drogas. São problemas humanos multifatoriais: familiares, escolares, profissionais e os grupos (já citado). O indivíduo procura na droga, inclusive no álcool, uma forma de alienação, adaptação ou convivência com seus problemas não resolvidos, ou a falsa solução para eles. A droga promove o afastamento da família, ansiedade, perda da saúde, perda dos amigos, decadência financeira, acidentes de trabalho, impotência, perda do autocontrole e envolvimentos em acidentes de trânsito. Neste parâmetro, é importante mencionar alguns fatos: No Brasil, estudantes do 1º e 2º grau, de Escolas públicas e particulares, 65% já consumiram álcool, sendo apenas 18,5% uso regular. O abuso de álcool e drogas corresponde a 50% dos suicídios e o maior índice corresponde a acidentes de carros, onde o fator é de 80 a 90% decorrente ao consumo de álcool. Acidentes com veículos motores constituem a principal causa de morte em jovens de 15 a 19 anos de idade. O risco de envolvimento em acidentes de trânsito fatais na adolescência, especialmente entre 16 e 19 anos de idade, é três a quatro vezes maiores do que em qualquer outro grupo etário. Para cada adolescente morto em acidente com veículo motor, ocorrem cerca de cem lesões não fatais. Portanto, acidentes de trânsito resultam, também, em graves seqüelas. Com isso, os principais fatores de risco são: - Características próprias da adolescência; - Sexo masculino; - Falta de habilitação e tempo de habilitação; - Período dos acidentes noite, causas; - Excesso de velocidade; - Não utilização de equipamentos de segurança; - Consumo de bebidas alcoólicas e outras drogas. Os adolescentes estão sempre em busca de conquistar a sua independência e de estabelecer a sua identidade. Nesta situação, engloba-se toda a família, que também tem sua participação como fator de risco: Fator genético, pais ausentes, falta de limites, falta de diálogo, falta de Amor. Nada mais importante como a prevenção e o alerta do que mencionar as conseqüências do uso de álcool e drogas na adolescência. Pessoas que se sentirem tocadas por essa matéria, e quiserem ter mais conhecimentos, procurem o AMOR-EXIGENTE, que funciona em todas as quintas-feiras na Paróquia das Mercês no horário das 20 às 22h. Telefone para contato: (41) ou Mauro e Cecília de Oliveira 12 - Ano X - Edição Especial Boletim Informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - 13

8 O QUE É A CELEBRAÇÃO DE ENTREAJUDA Um novo jeito de ser Igreja nos tempos de hoje, onde a fé e ciência caminham juntas, acolhendo e evangelizando o povo de Deus. INÍCIO DA CELEBRAÇÃO DE ENTREAJUDA No início, era um ideal, um sonho; hoje, uma realidade! A Celebração de Entreajuda foi pautada, desde o início, nos ensinamentos do Evangelho. Eu vim para que todos tenham vida e vida em plenitude disse Jesus em Jo 10,10. Sabemos que toda sua vida foi voltada para minorar o sofrimento do povo de seu tempo, ora curando ou abençoando, pregando a Boa Nova e transmitindo esperança. A todos Jesus foi mostrando o caminho para se chegar ao Pai. E os freis capuchinhos a exemplo de S. Francisco de Assis e fiéis à missão que Jesus transmitiu a seus discípulos e, através deles, a todos nós ARCEBISPO aprova a Entreajuda Aos Reverendíssimos Frades Menores Capuchinhos Paróquia Nossa Senhora das Mercês Assunto: Celebração de Entreajuda Desde quando fui bispo auxiliar, tomei conhecimento do trabalho pastoral que nossos queridos frades capuchinhos vêm desenvolvendo no atendimento às pessoas que necessitam de ajuda, especialmente no campo espiritual e psicológico na igreja das Mercês. É um trabalho louvável. Unir Fé e Ciência para servir ao povo sofrido através de técnicas e métodos não só religiosos, mas também psicológicos. Na entrada do Novo Milênio, o Papa exorta todos os católicos a evangelizar com novo ardor, novos métodos e novas expressões. Este método vem sendo realizado, com sucesso, desde 2001, proporcionando a muitas pessoas a superação de problemas pessoais, dando novo sentido à vida. Esse método é realizado através do relaxamento, da Palavra de Deus, da Confissão, da Eucaristia, da imposição das mãos e da bênção. Os textos bíblicos escolhidos na Celebração da Entreajuda referem-se ao cultivo da interioridade, da paz e alegria interior, do perdão e da auto-estima e partilha. Durante a Celebração da Entreajuda, há freis que atendem as confissões, oferecendo aos fiéis com este sacramento as possibilidades de obterem o perdão das próprias faltas e, ao mesmo tempo, reconciliarem-se com a Igreja. A celebração da Eucaristia, nas quintas-feiras, proporciona o encontro com Jesus na palavra e na comunhão. É o próprio Cristo hoje acolhem com carinho as milhares de pessoas sofridas que os procuram, em busca de consolo e orientação para inúmeros problemas. Esta realidade foi a motivação maior que despertou o grande ideal de frei Alvadi Pedro Marmentini, iniciador da Celebração de Entreajuda, de unir a Fé à Ciência, utilizando técnicas e métodos não só religiosos, mas também psicológicos para melhor ajudar o povo de Deus que sofre. Com esse objetivo e fundamentado nos ensinamentos do Evangelho, no Documento 56 da CNBB, RUMO AO NOVO MILÊNIO, e ainda, do Concílio Vaticano II, através do documento Gaudium et Spes Jesus, vindo ao encontro dos fiéis como médico e remédio, curando, perdoando, animando, revigorando a fé, alimentando a esperança, proporcionando alegria, iluminando a mente, o coração e o caminho. O gesto da imposição das mãos, felizmente, também começa a ser de novo valorizado no contexto do Cristianismo. Nas Celebrações da Entreajuda, o gesto das mãos dadas quer ser o canal por onde se dá e se recebe esta energia que alivia, consola, fortalece e cura. Aproximar-se, tocar e rezar de mãos dadas faz parte da liturgia. A bênção é uma constante nas Sagradas Escrituras. Jesus curava abençoando, impondo as mãos, tocando as pessoas doentes, afastando as memórias negativas ou demônios (Mc 7,33; Jo 9,6-11). Nas Celebrações da entreajuda os freis abençoam todos os fiéis presentes, fotos de pessoas, pedidos por escrito, água, sal, óleo, roupas, documentos, imagens, terços, remédios, carteiras de motorista e de trabalho, inscrições em concursos e vestibulares, processos na justiça e outros projetos e objetos significativos colocados diante da mesa do altar. Para não confundir com os sete sacramentos instituídos por Cristo e que produzem graça pro si, a Igreja católica chama de sacramentais a estas coisas abençoadas, que produzem graças conforme a fé dos fiéis. Nossos queridos freis, obedientes, pedem ao Arcebispo a aprovação e o apoio para estas Celebrações de Entreajuda. Segundo a instrução Redemptionis Sacramentum da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, no número 19, afirma: que fala sobre a importância da ciência no auxílio à fé frei Alvadi conseguiu a aprovação do Arcebispo Metropolitano de Curitiba, para dar início a Celebração da Entreajuda. A primeira Celebração de Entreajuda foi feita aos 23 de setembro de 2001 às 15 horas. A Igreja das Mercês ficou pequena para acolher a multidão de pessoas. Por isso, desde o início tornou-se necessário criar mais horários para comportar o afluxo de pessoas. Com o andar do tempo, os horários foram ampliados e, hoje, as Celebrações são feitas nos seguintes horários: 9h; 14h30; 16h30; 19h30; e 21h. O Bispo Diocesano, primeiro dispensador dos mistérios de Deus, é moderador, promotor e guarda de toda a vida litúrgica na Igreja particular a ele confiada. No número 177, diz: Devendo defender a unidade da Igreja universal, urgir a observância de todas as leis eclesiásticas. Vigie para que não se introduzam abusos na disciplina eclesiástica, principalmente no ministério da palavra, na celebração dos sacramentos e sacramentais e no culto de Deus e dos santos. Portanto, desde que sejam observadas todas as normas litúrgicas na celebração da Eucaristia e demais Sacramentos, dou o meu assentimento nessas celebrações de Entreajuda. VOCÊ SABE O QUE SE FAZ NA CELEBRAÇÃO DE ENTREAJUDA EM TODAS ÀS QUINTAS-FEIRAS? Acompanhe os seguintes passos: 1. ACOLHIDA Uma equipe de voluntários treinados acolhem e orientam as pessoas na entrada da Igreja, sobretudo os que chegam pela primeira vez. A este primeiro gesto, somam-se a saudação e acolhida carinhosa do frei que conduz a Celebração. 2. RELAXAMENTO A técnica de relaxamento sempre é conduzida por um profissional, isto è, um terapeuta voluntário, um psicólogo ou parapsicólogo. Eles se revezam semanalmente. É importantíssimo chegar antes de iniciar o relaxamento, para bem aproveitar dos benefícios da Celebração de Entreajuda. As técnicas de relaxamento harmonizam nosso cérebro, acalmam e ordenam nossos pensamentos, produzindo equilíbrio e harmonia. Através do relaxamento alcançamos o nível alfa, que é o estado mental ideal para a oração e, portanto, para o contato mais íntimo e profundo com Deus e consigo mesmo. Quando relaxamos, a maioria de nossos conflitos mentais e emocionais regridem, abrindo os caminhos do auto-equilíbrio e da auto cura. Os benefícios do relaxamento são enormes e cada vez mais reconhecidos pela classe médica: controla e cura o estresse; fortalece a fé e a esperança; cria condições de saúde física e emocional; altera as ondas cerebrais, reduzindo a excitabilidade; previne, reduz e cura a insônia; harmoniza os ritmos cardíacos e respiratórios; prolonga a idade biológica; rejuvenesce e traz muitos outros benefícios. Criar um hábito de relaxar alguns minutos diariamente é um ato de amor a si mesmo, pois melhora a qualidade de vida, abrindo as portas do subconsciente para ouvir a voz do íntimo, onde se estabelecem a paz e a harmonia. 3. PALAVRA DE DEUS Um dos grandes passos da Celebração de Entreajuda é, sem dúvida, a mensagem feita pelo celebrante, sempre baseada na Palavra de Deus, que é poderosa. Os céus e a terra foram criados pelo poder da Palavra de Deus. Os textos bíblicos escolhidos para a Celebração da Entreajuda referem-se ao cultivo da interioridade, da paz e alegria interior, do perdão, da auto-estima e partilha. De nada adianta ouvirmos a Palavra de Deus sem interioridade. É como semente semeada entre pedras, que os pássaros comem, ou em terreno sem profundidade ou num coração sufocado por espinheiros, onde pode até germinar, mas logo murcha e seca. A Celebração de Entreajuda ensina a cultivar a vida interior. A finalidade principal dessa parte não é transmitir teorias ou doutrinas, mas mensagens de libertação, de cura e realização pessoal. 4. CONFISSÃO A Confissão é um dos principais sacramentos da Igreja Católica. Na carta apostólica do Papa João Paulo II há seguinte recomendação: Todos os sacerdotes, com faculdade de administrar o sacramento da penitência, mostrem-se sempre e plenamente dispostos a administrálo todas as vezes que os fiéis pedirem A Paróquia das Mercês, fiel aos ensinamentos de Cristo e de seus sucessores, procura sempre fazer o melhor pelas pessoas que buscam, na confissão, o caminho para a cura interior e orientação diante de tantos problemas que atormentam o coração e a mente das pessoas. Durante todas as celebrações de quintafeira, há sempre um ou dois freis formados em Psicologia e ou Parapsicologia, atendendo não somente para confissão e orientação espiritual, mas também para orientação psicológica. 5. EUCARISTIA O ponto alto da Celebração de Entreajuda das quintas-feiras é a Comunhão. É Jesus que vem na Eucaristia, como caminho, verdade e vida e fala a cada pessoa: Venha a mim, você que está doente, cansado, desanimado, triste ou desesperado, eu o aliviarei; eu o sustentarei, pois o meu corpo é a verdadeira comida e o meu sangue é a verdadeira bebida. Na Eucaristia, Jesus vem ao encontro de cada pessoa que crê Nele, como médico, ou como terapeuta, curando, perdoando, animando, revigorando a fé, alimentando a esperança, proporcionando alegria, iluminando a mente e o coração de cada participante. A Celebração de Entreajuda abre caminho para buscar em Jesus, presente na Eucaristia, orientação e força para superar e ou solucionar os mais variados problemas do ser humano Ano X - Edição Especial Boletim Informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - 15

9 6. O PODER DO TOQUE: Uma corrente de energia Após a Comunhão, os participantes são convidados a se darem as mãos, ou tocarem o ombro de quem está próximo. É um momento de rezar uns pelos outros; um momento especial de entreajuda. Forma-se, então, grande corrente energética, com a qual se partilha a fé, a esperança, o amor, a gratidão e toda energia que une a todos como irmãos e filhos do mesmo Pai. Esse gesto é simples, mas os resultados têm sido surpreendentes, pois o contato físico transmite amor, carinho, e pode desencadear alterações metabólicas e químicas no corpo, as quais ajudam a curar. Ao longo da história, o poder do toque físico tem sido associado aos mais impressionantes e misteriosos relatos de cura. Desde o tempo das cavernas, o homem usava o contato físico com o objetivo de curar ou aliviar a dor. A ciência, hoje, comprova o poder do toque sobre o funcionamento não só do corpo físico, mas também sobre as emoções do ser humano. Nas Celebrações de Entreajuda, o gesto das mãos dadas forma verdadeiro canal de energia, que consola, fortalece, alivia e cura. Aproximar-se, tocar o outro, segurar sua mão... é gesto de acolhida, de fraternidade universal, que deve unir todos os seres humanos independente de crença religiosa ou de classe social. A corrente energética da Entreajuda une não somente as pessoas presentes à celebração, mas também alcança mentalmente a todos os que são lembrados naquele momento. Aqui entra a comunicação telepática, cuja realidade é hoje científicamente comprovada. Ao dar as mãos ou tocar o ombro, devese desejar o melhor para a pessoa que está próxima e para todos os que cada um traz em sua mente. E, ao sintonizar-se neste canal de energia, de paz e harmonia, cada um receberá também o que os outros estão imaginando e desejando. 7. A BÊNÇÃO Este é o momento da Entreajuda em que são abençoadas todas as pessoas presentes, como também, os pedidos escritos, que são colocados em cestinha especial e todos os objetos que as pessoas trazem: água, roupas, sal, documentos, carteiras de trabalho, terços, remédios, inscrições em concursos e vestibulares e outros. A bênção é uma constante nas Sagradas Escrituras. Jesus curava abençoando, impondo as mãos e tocando as pessoas doentes. O valor da bênção é a indução psicológica positiva que provoca e aumenta a fé que realmente cura. A pessoa, que se sente abençoada, entra em contato com a harmonia e faz acontecer o que sente e acredita. 8. DEPOIMENTOS Em todas as celebrações de Entreajuda, é reservado um momento para os testemunhos. É a forma de manifestar publicamente a gratidão a Deus pelos benefícios recebidos. Agradecer é a melhor maneira de pedir. Quem agradece tem consciência dos favores recebidos, e àquele que tem, lhe será dado em abundância (Mt 13,12). O testemunho refere-se a uma experiência vivida, graças à participação na Entreajuda e desperta nos ouvintes a fé, a gratidão e a esperança. Além disso, gera discípulos, como o testemunho dos apóstolos e dos mártires. A pessoa, que vai dar algum testemunho, deve ser movida pela humildade e profunda gratidão. O depoimento deve ser breve, objetivo, claro e específico, relacionado com a Celebração de Entreajuda e não com graças alcançadas em outras circunstâncias. Nestes sete anos de Entreajuda, milhares de pessoas passaram por essa Igreja e foram beneficiadas de alguma forma. Relatos emocionantes de inúmeras pessoas testemunharam terem sido agraciadas com curas de doenças tidas como incuráveis. Outras tantas se libertaram do vício de drogas, sem contar as centenas de pessoas que alcançaram graças extraordinárias que harmonizaram suas vidas. 9. IMPOSIÇÃO DE MÃOS No momento final da Celebração de Entreajuda, todos os participantes recebem a imposição das mãos. É motivo de alegria e gratidão, ver a Igreja católica voltando a praticar a técnica ensinada e praticada por Jesus. O povo daquele tempo trazia os doentes e pessoas sofridas até Jesus e Ele os curava impondolhes as mãos. Basta reler os textos do Evangelho: Marcos 7,31; 16,14-18; 8, E Jesus afirma: Aquele que crê em mim, fará as obras que eu faço e fará ainda maiores do que estas (João 14,12). Hoje, a Ciência comprova o que os povos primitivos há muito sabiam: o contato físico exerce efeitos benéficos sobre o funcionamento interno do corpo. O gesto de impor as mãos transmite amor e pode desencadear alterações metabólicas e químicas no corpo, as quais auxiliam na cura. A estimulação tátil e a emoção podem controlar a endorfina, (hormônio natural que alivia a dor) o que proporciona uma sensação de bem estar. Richard Gordon em seu livro A Cura pelas Mãos assim escreve: Através de nossas mãos podemos canalizar o amor existente em nossos corações no sentido de aliviar o sofrimento daqueles que nos rodeiam. O amor é o melhor curador. Saber que há alguma coisa que eu possa dar através das mãos e que ajuda as pessoas experimentar vida e saúde, é uma das mais lindas maneiras de partilhar nossos dons. O médico americano Dr. Neil Solomon escreveu em sua coluna médica no Los Angeles Times: Nesta era de drogas miraculosas, amor, carinho e ternura ainda são complementos importantes ao tratamento. Ele comenta, baseado em experiências, que o toque das mãos entre os profissionais de saúde e os pacientes, pode ser tão eficaz quanto os medicamentos. Nas Celebrações de Entreajuda temos um grupo de voluntários treinados, que crêem em Jesus, que energizam com fé, que partilham suas energias ajudando os freis na imposição de mãos. Toda energia vem de Deus. Por isso, sempre é bom lembrar que nossas mãos são apenas canais das graças e bênçãos de Deus. A energia curadora ou restauradora apenas passa por nós, fazendo de nossas mãos um prolongamento das mãos de Jesus. A cura pela imposição de mãos é a mais legítima medicina do amor, a mais necessária para os dias de hoje. Por isso, os freis capuchinhos da Igreja das Mercês, há sete anos vem utilizando essa técnica nas Celebrações de Entreajuda. AÇÃO SOCIAL Sempre é mais feliz quem dá do que aquele que recebe. Os participantes da Celebração de Entreajuda foram incentivados, desde o início, a trazerem um quilo de alimento, como forma de reconhecimento pelos inúmeros benefícios recebidos de Deus, não somente espirituais, mas também tantas riquezas materiais. A Paróquia das Mercês, desde 2000 e por sugestão do pároco frei Alvadi, adotou a Paróquia Nossa Senhora da Luz, em Curitiba-CIC. Além de colaborar com 10% da arrecadação do dízimo paroquial, também são enviados, mensalmente, roupas, calçados, cobertores e cestas básicas para mais de 150 famílias cadastradas. A maioria desses alimentos nos chegam através da Celebração de Entreajuda. Os documentos da Doutrina Social da Igreja nos exortam que, além da caridade cristã de partilhar o pão, existe a necessidade da promoção humana. Promover é capacitar a pessoa para que ela mesma, com seu trabalho, possa auto-sustentar-se e manter sua família. Com o percentual do dízimo paroquial e outras doações em dinheiro, é realizado o trabalho de promoção humana naquela comunidade. A partir de 2008, nossa Paróquia adotou mais uma Comunidade carente: a Paróquia de Almirante Tamandaré, para onde são enviados mensalmente cestas básicas, roupas e uma porcentagem do dízimo paroquial, para o trabalho de promoção humana Ano X - Edição Especial Boletim Informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - 17

10 CONHEÇA AS RAMIFICAÇÕES DO MOVIMENTO DE ENTREAJUDA Como toda árvore frondosa bem cuidada, a Celebração da Entreajuda, que completou sete anos, criou raízes. Ramificou-se, alargou os horizontes e continua crescendo. Hoje temos um MOVIMENTO DE ENTREAJUDA. O testemunho de doação dos freis e, a princípio, de pequeno grupo de voluntários, funcionou como ímã, atraindo mais pessoas, inclusive da área da saúde, para prestar algum serviço voluntário. Em 2004, por exemplo, foi organizado o Centro franciscano de Voluntariado, onde os profissionais se revezam durante a semana toda, prestando atendimento individual e em grupo, a pessoas carentes de recursos financeiros. Contamos hoje com mais de 30 profissionais voluntários, entre parapsicólogos, psicólogos, acupunturistas, massoterapeutas, reikianos, fisioterapeutas, arquiteta e professoras de Ioga. Na busca incessante de melhorar cada vez mais a qualidade de vida do ser humano, foram se formando grupos diferentes, conforme a necessidade das pessoas que procuram ajuda junto à Igreja das Mercês. Veja a seguir, a relação dos diversos grupos. Você também poderá fazer parte de algum desses grupos. ENCONTROS DE ENTREAJUDA Você já ouviu falar dos famosos Encontros de Entreajuda do frei Zanini? Em todos os domingos, das 15 às 18 horas, lá está ele, no Salão Paroquial, levando seus conhecimentos, sua sabedoria, seu carinho, para tantas pessoas que estão em busca de libertação e de cura interior. Com a inteligência de escritor, frei Zanini encontrou método eficiente de continuar evangelizando através dos seus inúmeros livros e fitas de relax e programação mental, onde se pode encontrar uma receita para cada problema. GRUPO DOS SENSITIVOS Em 2003, por causa do número cada vez maior de pessoas em busca de orientação parapsicológica e em vista das mais diversas manifestações paranormais, iniciamos a primeira terapia de grupo, especialmente direcionada para pessoas sensitivas. Com o objetivo de aprofundar o estudo da paranormalidade e aprender a canalizar a energia, o grupo se reúne em todas às quintas-feira, às 17h30, sob a coordenação da parapsicóloga Nelly Kirsten. CURSO DE PARAPSICOLOGIA PARA MÃES E PAIS A vida e as programações mentais iniciam no ventre materno. Hoje é cientificamente comprovado a influência que a mãe exerce sobre o feto em gestação. Os pais podem, hoje, com os conhecimentos da medicina, da parapsicologia e da psicologia, planejar e gerar filhos saudáveis, equilibrados e felizes. Foi com esse objetivo, que em julho de 2003, realizamos o primeiro curso para mães gestantes na linha da parapsicologia. A partir de 2008, esse curso ampliou-se para pais, mães e pessoas em geral. Funciona em três horários e dias diferentes: Nas terças-feiras das 15 às 16h30 com as parapsicólogas: Ana Maria F. Arana e Nelly Kirsten; nas quintas-feiras, às 10h com José Leveck e às 19h30h. com Flavio Wosniack. AMIGOS SOLIDÁRIOS NA DOR E NO LUTO É um grupo em que as pessoas se encontram para trocar idéias e experiências entre os que perderam algum ente querido, através do processo de elaboração do luto, de compartilhar suas vivências e resgatar o sentido para suas vidas. Os encontros dos Amigos na dor e no luto favorecem a abertura para que cada pessoa conte sua história de perda. Poder falar e ouvir, é uma terapia. Certamente, a vivência da dor de perder alguém, deixa cicatrizes em nosso ser, que precisam e podem ser transformadas de maneira que possamos viver, apesar da saudade, uma vida com qualidade. O Grupo funciona em dois horários: nas quintas-feiras: às 14h30 e 19h30 Toda e qualquer pessoa pode participar, independente de crença religiosa ou posição social. GRUPO DO AMOR EXIGENTE: Esse grupo é coordenado por um casal e funciona como terapia de grupo para pais e familiares, cujos filhos têm envolvimento com drogas. O grupo se reúne em todas as quintas-feiras às 20h, no Centro de Pastoral. GRUPO DE APOIO E PREVENÇÃO DO CÂNCER Você também poderá se beneficia deste grupo. É o grupo de terapia mais recente e começou em 2008, por iniciativa do nosso pároco frei Alvadi Pedro Marmentini, que em sua profunda sensibilidade está sempre atento aos sofrimentos do outro. Percebendo que, cada vez mais o ser humano sofre em conseqüência de emoções reprimidas, que vão intoxicando o organismo e gerando doenças na vida das pessoas, inclusive o câncer, frei Alvadi fez nascer mais este ramo na grande árvore da Entreajuda. Hoje, a Ciência prova que a mente afeta o corpo. Os sentimentos geram emoções positivas ou negativas que ficam gravadas no subconsciente. Sem que a pessoa perceba, essas emoções negativas destroem lentamente o sistema imunológico e mais cedo ou mais tarde, a doença aparece. Encontrar a causa emocional e mental e harmonizar-se, é o segredo e o caminho para a cura. Se a causa da doença não for curada, ela pode voltar. Quando as questões estressantes do passado ou do presente são resolvidas, as emoções se acalmam, o sistema imunológico se fortalece e o câncer pode ser revertido. O Grupo de Apoio e Prevenção do Câncer foi criado com o objetivo de minimizar a dor, o sofrimento e a doença, através da partilha, do apoio mútuo, utilizando técnicas terapêuticas que harmonizam as emoções, prevenindo o aparecimento de novas doenças e abrindo caminhos para a cura. O Grupo se reúne em todas as quintas-feiras, às 10h, no Salão Paroquial. Venha conhecer-nos! Grupo de apoio e prevenção ao cancêr. CONSIDERAÇÕES FINAIS Revendo os passos da Celebração de Entreajuda, e as diversas ramificações decorrentes, que formam hoje o MOVIMENTO DE ENTREAJUDA, podemos concluir que é verdadeiro trabalho missionário, dinamizando a vivência do Evangelho nos dias de hoje. Os dirigentes do Movimento da Entreajuda têm visão holística do ser humano, isto é, o ser integral com corpo, mente e espírito. Por isso, fica bem claro que Ciência e Religião se unem para harmonizar o ser humano como um todo. As milhares de pessoas, que chegam à Igreja das Mercês em todas as quintas-feiras, têm fome e sede de palavras e atitudes que despertem a fé e a esperança das pessoas que têm sede de Deus. Nelly Kirsten 18 - Ano X - Edição Especial Boletim Informativo da Paróquia Nossa Senhora das Mercês - 19

11 AÇÃO SOCIAL DA PARÓQUIA DAS MERCÊS Mensalmente a paróquia das Mercês presta assistência promocional a duas paróquias: - Paróquia da Vila N. Sra. da Luz e - Paróquia de Almirante Tamandaré. Nesta página, alguns destaques com nossos irmãos e irmãs assistidos. Almirante Tamandaré Almirante Tamandaré Almirante Tamandaré Almirante Tamandaré Vila Vila Vila 20 - Ano X - Edição Especial

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Consolidação para o Discipulado - 1

Consolidação para o Discipulado - 1 Consolidação para o Discipulado - 1 Fortalecendo o novo convertido na Palavra de Deus Rev. Edson Cortasio Sardinha Consolidador/a: Vida consolidada: 1ª Lição: O Amor de Deus O amor de Deus está presente

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Dicas de Segurança II

Dicas de Segurança II Dicas de Segurança II Ao Viajar Casa ou apartamento Não comente sua viagem com pessoas estranhas por perto. Avise a um vizinho de confiança sobre a sua viagem. Se possível, deixe um número de telefone

Leia mais

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio Dicas para segurança no trânsito realização apoio 1 Dicas de viagem segura. Viajar sozinho ou com toda a família requer certas responsabilidades. Aqui você encontrará várias recomendações para uma viagem

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

10 dicas para perder o medo de dirigir

10 dicas para perder o medo de dirigir 10 dicas para perder o medo de dirigir 1. Pratique mais O medo da direção muitas vezes se dá pela inexperiência da pessoa com um automóvel, portanto é de praxe que ocorram mais tentativas de treino em

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 Palavra Viva RELEMBRANDO SANTIFICAÇÃO Nossos três grandes inimigos: O MUNDO A CARNE O D IABO 'Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque

Leia mais

Confira a programação completa da Semana Santa em algumas paróquias de Curitiba:

Confira a programação completa da Semana Santa em algumas paróquias de Curitiba: PROGRAMAÇÃO SEMANA SANTA NA ARQUIDIOCESE DE CURITIBA Organizada pela Arquidiocese de Curitiba, a Semana Santa terá início na quinta-feira, às 9 horas, com a Missa com Sagração dos Santo Óleos e Renovação

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

Oração na Vida Diária

Oração na Vida Diária Oração na Vida Diária ocê é convidado a iniciar uma experiência de oração. Às vezes pensamos que o dia-a-dia com seus ruídos, suas preocupações e sua correria não é lugar apropriado para levantar nosso

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

5- O HOMEM DEPOIS DA QUEDA E O INÍCIO DA CIVILIZAÇÃO

5- O HOMEM DEPOIS DA QUEDA E O INÍCIO DA CIVILIZAÇÃO 5- O HOMEM DEPOIS DA QUEDA E O INÍCIO DA CIVILIZAÇÃO Aula 17 5.1 Como ficou o homem depois da queda? a) O homem separado de Deus pelo pecado; Deus quer restaurar o homem. Vimos que o homem morreu espiritualmente,

Leia mais

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP Depressão e Qualidade de Vida Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP 1 Percepções de 68 pacientes entrevistadas. 1. Sentimentos em relação à doença Sinto solidão, abandono,

Leia mais

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER INTRODUÇÃO: Qualquer que seja meu objetivo, ler é a atividade básica do aprendizado. Alguém já disse: Quem sabe ler, pode aprender qualquer coisa. Se quisermos estudar a Bíblia,

Leia mais

"Maria!"! !!!!!!!! Carta!de!Pentecostes!2015! Abade!Geral!OCist!

Maria!! !!!!!!!! Carta!de!Pentecostes!2015! Abade!Geral!OCist! CartadePentecostes2015 AbadeGeralOCist "Maria" Carissimos, vos escrevo repensando na Semana Santa que passei em Jerusalém, na Basílica do Santo Sepulcro, hóspede dos Franciscanos. Colhi esta ocasião para

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XXII A PRIMEIRA CARTA DE PEDRO E REFLEXÕES SOBRE O SOFRIMENTO Até aqui o Novo Testamento tem dito pouco sobre

Leia mais

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR CANTO 1 - LOUVOR DA CRIAÇÃO D Bm G Em A7 D Bm G Em A7 Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! D F#m G Em A7 1. Javé o nosso Deus é poderoso, seu nome é grande em todas as nações D F#m G Em A7 Na boca das crianças

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

Mensagem: Fé provada. Por David Keeling.

Mensagem: Fé provada. Por David Keeling. Mensagem: Fé provada. Por David Keeling. Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renunciese a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar

Leia mais

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11)

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Mensagem 1 A metáfora do Caminho Introdução: A impressão que tenho é que Jesus escreveu isto para os nossos dias. Embora

Leia mais

www.detran.pr.gov.br

www.detran.pr.gov.br www.detran.pr.gov.br INFELIZMENTE, A MAIOR PARTE DOS ACIDENTES COM MORTES NO TRÂNSITO BRASILEIRO ENVOLVEM MOTOCICLISTAS. POR ISSO, O DETRAN PREPAROU ALGUMAS DICAS IMPORTANTES PARA VOCÊ RODAR SEGURO POR

Leia mais

Vício é uma palavra proveniente do latim vitium que significa falha ou defeito; é um mau hábito que causa dependência física ou emocional; é uma fuga

Vício é uma palavra proveniente do latim vitium que significa falha ou defeito; é um mau hábito que causa dependência física ou emocional; é uma fuga Introdução Ouço uma voz que me diz: O homem necessita de alguém que lhe esclareça quem ele é, que o instrua acerca de seus deveres, que o dirija para a virtude, renove seu coração, que o restabeleça em

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito 9.9 Jesus Cristo é homem perfeito Aula 48 Assim como é importante verificarmos na Palavra de Deus e crermos que Jesus Cristo é Deus, também é importante verificarmos e crermos na humanidade de Jesus após

Leia mais

Tema: Quatro Pecados Contaminantes

Tema: Quatro Pecados Contaminantes Tema: Quatro Pecados Contaminantes Data: 01.11.14 Culto: Sábado Pr. Leandro Hoje o mundo está à mercê do vírus ebola que é um vírus extremamente contaminante, porém há algo mais contaminante que este vírus

Leia mais

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida.

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida. LITURGIA DA PALAVRA A Palavra de Deus proclamada e celebrada - na Missa - nas Celebrações dos Sacramentos (Batismo, Crisma, Matrimônio...) A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa

Leia mais

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Bem - Aventuranças Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Eu estou à tua porta a bater, Eu estou à tua porta a bater, Se me abrires a porta entrarei para enviar. Eu preciso

Leia mais

O valor do silêncio na vida do cristão

O valor do silêncio na vida do cristão O valor do silêncio na vida do cristão Salve Maria! Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Em nosso blog, temos muitas palavras de profecia sobre o silêncio. E, por Providência Divina, encontramos um

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Perda dos Entes Queridos. Palestrante: Mauro Operti. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Perda dos Entes Queridos. Palestrante: Mauro Operti. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Perda dos Entes Queridos Palestrante: Mauro Operti Rio de Janeiro 08/05/1998 Organizadores da palestra: Moderador: Macroz (nick:

Leia mais

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1 1 O caminho da harmonia. Colossenses 3 e 4 Col 3:1-3 Introdução: Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham

Leia mais

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação)

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação) O batismo do Espírito Santo (continuação) #62 Estamos falando sobre alguns dons do Espírito Santo; falamos de suas obras, dos seus atributos, como opera o novo nascimento e, por último, estamos falando

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13 A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO Romanos 15:13 - Ora o Deus de esperança vos encha de toda a alegria e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Só Deus pode nos dar uma

Leia mais

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014 Adoração ao Santíssimo Sacramento Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa 4 de Março de 2014 Leitor: Quando nós, cristãos, confessamos a Trindade de Deus, queremos afirmar que Deus não é um ser solitário,

Leia mais

Sumário. Prefácio...3. 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5. 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15

Sumário. Prefácio...3. 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5. 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15 1 Sumário Prefácio...3 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15 Comunidade Presbiteriana Chácara Primavera Ministério de Grupos Pequenos Março

Leia mais

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você!

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você! MANUAL Esperança Casa de I G R E J A Esperança Uma benção pra você! I G R E J A Esperança Uma benção pra você! 1O que é pecado Sem entender o que é pecado, será impossível compreender a salvação através

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 2.060, de 04/06/2002, em Anguera/BA (terça-feira)

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 2.060, de 04/06/2002, em Anguera/BA (terça-feira) Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 2.060, de 04/06/2002, em Anguera/BA (terça-feira) Queridos filhos, afastai-vos de todo mal e voltai-vos ao Senhor que vos espera com alegria. Limpai vossos corações

Leia mais

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS 1 LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS Lc 19 1 Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. 2 Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores

Leia mais

Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus?

Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus? Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus? 2 Coríntios 5:18-20 Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber,

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA I. E. S.O.S JESUS

ESCOLA BÍBLICA I. E. S.O.S JESUS Data: 03/03/08 COMO A MORTE ENTROU NO MUNDO PECADO Significa errar o alvo, rebelião, desobediência. etc. HERMENEUTICA A arte de interpretar o sentido das palavras em leis, textos, Romanos, 5 : 12 12 Portanto,

Leia mais

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus 1ª Carta de João A Palavra da Vida 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam da Palavra da Vida 2 vida esta que

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE?

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? Texto: Apocalipse 21:1-2 Então vi um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra tinham passado; e o mar já não existia. Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,

Leia mais

Oração na Vida Diária

Oração na Vida Diária Oração na Vida Diária Caro jovem,, Que alegria saber que como você muitos jovens estão encontrando um caminho para a oração pessoal e diária. Continue animado com a busca de um relacionamento mais pessoal

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

Campanha de direção defensiva

Campanha de direção defensiva Riscos, perigos e acidentes Em tudo o que fazemos há uma dose de risco: seja no trabalho,quando consertamos alguma coisa em casa, brincando, dançando,praticando um esporte ou mesmo transitando pelas ruas

Leia mais

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO.

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. CUIDADO NO TRANSITO MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. AS CRIANÇAS DEVEM RESPEITAR PARA OS LADOS DEVEM OLHAR. SE NÃO VIER NENHUM AUTOMÓVEL

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

14 Dicas para Acabar com a Ansiedade e Depressão Despertar do Amor http://www.despertardoamor.com.br

14 Dicas para Acabar com a Ansiedade e Depressão Despertar do Amor http://www.despertardoamor.com.br 14 Dicas para Acabar com a Ansiedade e Depressão Despertar do Amor Este e-book é um dos BÔNUS que fazem parte do Processo Despertar do Amor. Para saber mais sobre este trabalho, acesse: INTRODUÇÃO O grande

Leia mais

No entanto, por mais dedicado, íntegro e capacitado que um líder ou pastor seja, jamais chegará, se quer, aos pés do Senhor Jesus.

No entanto, por mais dedicado, íntegro e capacitado que um líder ou pastor seja, jamais chegará, se quer, aos pés do Senhor Jesus. A sociedade, em todas as nações, encontra-se doente. A maioria das pessoas tem a alma enferma. Nesses últimos dias, o que tem acontecido no Sebastião Norões, tem nos mostrado que até as crianças estão

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015]

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] 1 Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] Página 9 Na ilustração, Jesus está sob a árvore. Página 10 Rezar/orar. Página 11 Amizade, humildade, fé, solidariedade,

Leia mais

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos Servos de Maria e ficou conhecido como o protetor contra o câncer.

Leia mais

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME Toda família tem um nome, este nome é o identificador de que família pertence esta pessoa, o qual nos aqui no Brasil chamamos de Sobrenome. Então este nome além de identificar

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

CD EU QUERO DEUS. 01- EU QUERO DEUS (Irmã Carol) 02- SIM, SIM, NÃO, NÃO (Irmã Carol)

CD EU QUERO DEUS. 01- EU QUERO DEUS (Irmã Carol) 02- SIM, SIM, NÃO, NÃO (Irmã Carol) CD EU QUERO DEUS 01- EU QUERO DEUS (Irmã Carol) EU QUERO DEUS \ EU QUERO DEUS SEM DEUS EU NÃO SOU NADA EU QUERO DEUS Deus sem mim é Deus \ Sem Deus eu nada sou Eu não posso viver sem Deus \ Viver longe

Leia mais

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim!

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim! Page 1 of 6 GUIÃO DA CELEBRAÇÃO DA 1ª COMUNHÃO 2006 Ambientação Irmãos: Neste Domingo, vamos celebrar e viver a Eucaristia com mais Fé e Amor e também de uma maneira mais festiva, já que é o dia da Primeira

Leia mais

pensamentos para o seu dia a dia

pensamentos para o seu dia a dia pensamentos para o seu dia a dia Israel Belo de Azevedo 1Vida e espiritualidade 1 Adrenalina no tédio O interesse por filmes sobre o fim do mundo pode ser uma forma de dar conteúdo ao tédio. Se a vida

Leia mais

Os Mandamentos da Igreja

Os Mandamentos da Igreja Os Mandamentos da Igreja Por Marcelo Rodolfo da Costa Os mandamentos da Igreja situam-se na linha de uma vida moral ligada à vida litúrgica e que dela se alimenta CIC 2041 Os Mandamentos da Igreja tem

Leia mais

Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40.

Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40. Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40. Como no dia de ontem, o grupo reuniu-se às 19h30 para iniciar a tarefa de

Leia mais

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo 10.14 O batismo do Espírito Santo #61 Estudamos o novo nascimento e vimos como o Espírito Santo realiza essa obra juntamente com a Palavra de Deus. Tínhamos que entender o novo nascimento e como alguém

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança.

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança. Radicais Kids Ministério Boa Semente Igreja em células Célula Especial : Dia Das mães Honrando a Mamãe! Principio da lição: Ensinar as crianças a honrar as suas mães. Base bíblica: Ef. 6:1-2 Texto chave:

Leia mais

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho VERSÍCULOS PARA DECORAR ESTA SEMANA Usamos VERSÍCULOS a Bíblia na PARA Nova DECORAR Versão Internacional ESTA SEMANA NVI Usamos

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para nosso coração. Quantas belas lembranças evocam à nossa mente!

Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para nosso coração. Quantas belas lembranças evocam à nossa mente! Círculo de Casais - Dirigentes: Abel e Lourdinha Passos Paróquia são Francisco Xavier Niterói RJ 19/12/03 Comentarista: Chegou o Natal! Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para

Leia mais

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri. Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.com Página 1 1. HISTÓRIA SUNAMITA 2. TEXTO BÍBLICO II Reis 4 3.

Leia mais

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação...

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação... Sumário Agradecimentos... 7 Introdução... 9 1 - Um menino fora do seu tempo... 13 2 - O bom atraso e o vestido rosa... 23 3 - O pequeno grande amigo... 35 4 - A vingança... 47 5 - O fim da dor... 55 6

Leia mais

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR Introdução: Aqui nesse pequeno e-book nós vamos relacionar cinco super dicas que vão deixar você bem mais perto de realizar o seu sonho

Leia mais

O texto nomeia os 11, mais algumas mulheres, das quais só menciona Maria, com os irmãos de Jesus. Aqui aparece um fato curioso e edificante.

O texto nomeia os 11, mais algumas mulheres, das quais só menciona Maria, com os irmãos de Jesus. Aqui aparece um fato curioso e edificante. Aula 25 Creio na Igreja Católica.1 Frei Hipólito Martendal, OFM. 1. Leitura de At 2, 1-15. Ler e explicar... Dia de Pentecostes (=Quinquagésima) é o 50º dia depois da Páscoa. Os judeus celebravam a Aliança

Leia mais

Explicação da Missa MISSA

Explicação da Missa MISSA Explicação da Missa Reunidos todos os catequizandos na Igreja, num primeiro momento mostram-se os objetos da missa, ensinam-se os gestos e explicam-se os ritos. Em seguida celebra-se a missa sem interrupção.

Leia mais

Poética & Filosofia Cultural - Chico Xavier & Dalai Lama

Poética & Filosofia Cultural - Chico Xavier & Dalai Lama Page 1 of 6 Tudo Bem! Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Filosofia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Poética

Leia mais

PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE

PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE Oo Índice Prefácio, por Gabriel Chalita...11 Introdução...19 1 O Verbo divino...27 2 As bodas de Caná...35 3 A samaritana...41 4 Multiplicação dos pães...49 5 A mulher adúltera...55

Leia mais

BÍBLIA E HERMENÊUTICAS JUVENIS EVANGELHO DE MARCOS - SAÚDE E VIOLÊNCIA. O que procuramos? Quem procura acha. Nem sempre achamos o que procuramos...!

BÍBLIA E HERMENÊUTICAS JUVENIS EVANGELHO DE MARCOS - SAÚDE E VIOLÊNCIA. O que procuramos? Quem procura acha. Nem sempre achamos o que procuramos...! BÍBLIA E HERMENÊUTICAS JUVENIS EVANGELHO DE MARCOS - SAÚDE E VIOLÊNCIA O que procuramos? Quem procura acha. Nem sempre achamos o que procuramos...! Quem procura acha. Módulo 2 Etapa 3 Nem sempre acha o

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

Tipos de cristãos que amadurecem

Tipos de cristãos que amadurecem Tipos de cristãos que amadurecem TEXTO BÍBLICO BÁSICO Romanos 12.1-5 1 Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que

Leia mais

A Fe Parte 3 Vivenciemos nossa Fé com alegria

A Fe Parte 3 Vivenciemos nossa Fé com alegria Ano Novo 2013 Carta Pastoral do Bispo D. Paulo Otsuka Yoshinao Diocese de Kyoto A Fe Parte 3 Vivenciemos nossa Fé com alegria Fiquem sempre alegres no Senhor! Fl.4,4. O maior presente do cristianismo é

Leia mais

Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI)

Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI) Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI) Objetivos O QUE? (GG): As crianças ouvirão a história de Marcinelo, um boneco de madeira que não se sentia

Leia mais

Preparando-se para a luta espiritual (O capacete da salvação e a espada do Espírito) Efésios 6.17,18 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus

Preparando-se para a luta espiritual (O capacete da salvação e a espada do Espírito) Efésios 6.17,18 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus Preparando-se para a luta espiritual (O capacete da salvação e a espada do Espírito) Efésios 6.17,18 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus Mensagem # 5 IBMC 03/11/12 INTRODUÇÃO Vídeo: Como ter a

Leia mais

Gratuidade com os outros

Gratuidade com os outros 2ª feira, dia 21 de setembro de 2015 Gratuidade com os outros Bom dia! Com certeza, todos nós já experimentamos como é bom brincar com amigos, como nos faz felizes trocar jogos e brinquedos, como sabe

Leia mais

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor!

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 2º ROTEIRO EUCARISTIA Mistério Pascal celebrado na comunidade de fé! 3º ENCONTRO EVANGELHO Amor para anunciar e transformar o mundo! 1915-2015 SUBSÍDIOS

Leia mais

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Jesus revela-nos que Deus é Pai Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Quem inventou Deus? Desde sempre que os homens acreditaram na existência de forças muito poderosas

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo.

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. 1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. Ao contribuir com o dízimo, saímos de nós mesmos e reconhecemos que pertencemos tanto à comunidade divina quanto à humana. Um deles, vendo-se

Leia mais

Normas gerais de circulação e conduta

Normas gerais de circulação e conduta Normas gerais de circulação e conduta É muito importante a leitura do Capítulo III Normas Gerais de Circulação e Conduta, que vai dos artigos 26 ao 67, contidos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Leia mais

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1 Bíblia Sagrada Novo Testamento Primeira Epístola de São João virtualbooks.com.br 1 Capítulo 1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado

Leia mais

Associação Nacional dos Leigos Amigos de Murialdo - ANALAM. Educação do Coração. Brasil, 2000. Subsídio de Formação nº 2

Associação Nacional dos Leigos Amigos de Murialdo - ANALAM. Educação do Coração. Brasil, 2000. Subsídio de Formação nº 2 Associação Nacional dos Leigos Amigos de Murialdo - ANALAM Educação do Coração Brasil, 2000 Subsídio de Formação nº 2 SUMÁRIO 1. O que é o Coração...33 2. O mais precioso...34 3. A fonte da descoberta...35

Leia mais

REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA

REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA (Adaptação) BANCO DO BRASIL DILOG/ PRINCIPAIS AMEAÇAS Seqüestro relâmpago Com duração de 1 a 24 horas,

Leia mais

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES 1 FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES Londrina (PR) 2009 Caro cidadão londrinense: 2 Londrina quer um trânsito mais seguro. E convida você para entrar nesta campanha. Esta cartilha traz informações sobre como

Leia mais