LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA"

Transcrição

1 Registo nº. Data: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação Domicílio/Sede Código Postal - Freguesia Código da certidão comercial permanente: Nº. Identificação Fiscal Telefone / Telemóvel Fax E- mail Na qualidade de Proprietário Usufrutuário Locatário Superficiário Mandatário Sócio-Gerente / Administrador (indique qual) IDENTIFICAÇÃO DO EDIFÍCIO/FRACÇÃO onde se pretende executar a obra: Morada: Localidade Freguesia Código postal - Descrito na Conservatória do Registo Predial sob a ficha nº. OBJECTO DO PEDIDO: REQUER, ao abrigo do nº. 6 do artº. 23º. do Dec-Lei nº. 555/99, de 16 de Dezembro, na redacção do Dec-Lei nº. 26/2010, de 30 de Março, a aprovação de uma licença parcial para a construção da estrutura, considerando que foram entregues todos os projectos de engenharia das especialidades e outros estudos, encontrando-se aprovado o projecto de arquitectura correspondente ao pedido de licenciamento da obra a que se refere o Procº. Nº. /. MAIS REQUER a emissão do correspondente alvará para o que junta os elementos a que se refere o nº. 2 do artº. 3º. da Portaria nº. 232/2008, de 11 de Março Anexa para o efeito os elementos instrutórios assinalados na folha anexa. Cascais, de de Pede deferimento, O Requerente, Bilhete de Identidade / Cartão de Cidadão nº., válido até / / Conferi a assinatura. Guia nº, de / / O funcionário do Atendimento Municipal, DGU.E.07 Licença parcial para a construção da estrutura

2 TAXAS APLICÁVEIS À RECEPÇÃO DOS PEDIDOS DE LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA Assunto MODELO DE REQUERIMENTO VALOR LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA Pela apreciação do pedido DGU.E ,00 nº. 6 do artigo 7º. da Tabela de Taxas TAXA A PAGAR COM A ENTRADA DO PEDIDO de de 20 Tabela de Taxas, Licenças e outras Receitas Municipais do Município de Cascais para 2011 Regulamento nº. 218/2011 publicado no Diário da República 2ª. Série, de 31 de Março de 2011

3 ELEMENTOS INSTRUTÓRIOS PARA LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DE ESTRUTURA pdf pdf pdf OBR.1 - Apólice de seguro de construção, quando legalmente exigível; OBR.2 - Apólice de seguro de que cubra a responsabilidade pela reparação de danos emergentes de acidentes de trabalho, nos termos previstos na Lei nº. 100/97, de 13 de Setembro OBR.3 - Termo de responsabilidade subscrito pelo director de obra OBR.4 Documentação relativa ao director da obra Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da respectiva qualificação ; Seguro de responsabilidade civil nos termos da Lei nº. 31/2009; quando aplicável; Comprovativo da integração no quadro de pessoal da empresa responsável pela execução da obra, se for o caso, através de declaração de remunerações conforme entregue na segurança social, referente ao último mês; Comprovativo da integração no quadro técnico da empresa responsável pela execução da obra, se for o caso, devidamente comunicado à entidade com competência para a concessão do alvará para o exercício da actividade de construção, através de declaração emitida por essa entidade em documento escrito ou em formato electrónico fidedigno; (consultar notas explicativas site InCI) OBR.5 - Termo de responsabilidade subscrito pelo director de fiscalização de obra OBR.6 - Documentação relativa ao director de fiscalização de obra Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da respectiva qualificação ; Seguro de responsabilidade civil nos termos da Lei nº. 31/2009; quando aplicável ; OBR.7 - Declaração de titularidade de alvará emitido pelo InCI, I.P., com as habilitações adequadas à natureza e valor da obra ou titulo de registo emitido por aquela entidade, com subcategorias adequadas aos trabalhos a executar, OBR.8 - Livro de obra, com menção do termo de abertura; OBR.9 - Elementos de Gestão de Resíduos de Construção/Demolição, quando aplicável e de acordo com o Decreto-lei n.º 46/2008 de 12 de Março PSS. - Plano de segurança e saúde: PSS.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do plano PSS.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do plano e quando aplicável seguro de responsabilidade civil nos termos da Lei nº. 31/2009; PSS.3 - Memória descritiva e justificativa dwf PSS.4 - Peças desenhadas DIV. Outros documentos não definidos pdf DCG. - Declaração de conformidade digital do projecto de arquitectura; Caução para demolição da estrutura aré ao piso da menor cota em caso de indeferimento (o documento da caução deve cumprir os requisitos constantes do modelo disponibilizado pelos serviços municipais) Anexar ao pedido as folhas do formulário assinalando no quadrado a preto os elementos apresentados O quadrado sombreado destina-se a uso exclusivo dos serviços A referência pdf ou dwf/ dwf/x corresponde ao formato digital do ficheiro do elemento a apresentar Consultar normas de apresentação no site do Município

4 TERMO DE RESPONSABILIDADE PELA DIRECÇÃO DA OBRA ( 1 ), portador do B.I. nº., emitido em / /, pelo Arquivo de Identificação de, ou Cartão de Cidadão nº., válido até / / Contribuinte nº., com morada em, Código Postal - -, telefone e fax, , Inscrito na ( 2 ), Sob o nº., declara que se responsabiliza pela direcção da obra de ( 3 ), sujeita a Licenciamento através do processo nº. /, correspondente à Fase do Licenciamento - processo nº. /, com comunicação prévia. obra isenta de controlo prévio, nos termos da que se localiza em ( 4 ) na freguesia de, promovida por ( 5 ). Com morada em Cascais, de de O Director de Obra ( 6 ), BI/CC nº., válido até / / Conferi os dados O funcionário, (1) Nome e habilitação profissional do director da obra (2) Identificar a associação pública de natureza profissional, anexando o original da declaração emitida pela Associação Profissional nos termos do artº. 3º da Portaria nº. 1379/09 (3) Indicar a operação urbanística licenciada, comunicada ou obra isenta de controlo prévio (4) Localização da obra (nome do arruamento e lote / número de polícia e freguesia). (5) Indicação do nome / designação do requerente (6) Assinatura reconhecida ou comprovada por funcionário municipal mediante a exibição do bilhete de identidade ou cartão de cidadão

5 TERMO DE RESPONSABILIDADE PELA DIRECÇÃO DE FISCALIZAÇÃO DA OBRA ( 1 ), portador do B.I. nº., emitido em / /, pelo Arquivo de Identificação de, ou Cartão de Cidadão nº., válido até / / Contribuinte nº., com morada em, Código Postal - -, telefone e fax, , Inscrito na ( 2 ), Sob o nº., declara que se responsabiliza pela direcção de fiscalização da obra de ( 3 ), sujeita a Licenciamento através do processo nº. /, correspondente à Fase do Licenciamento - processo nº. /, com comunicação prévia. obra isenta de controlo prévio, nos termos da que se localiza em ( 4 ) na freguesia de, promovida por ( 5 ). Com morada em Cascais, de de O Director de Fiscalização de Obra ( 6 ), BI/CC nº., válido até / / Conferi os dados O funcionário, (1) Nome e habilitação profissional do director de fiscalização da obra (2) Identificar a associação pública de natureza profissional, anexando o original da declaração emitida pela Associação Profissional nos termos do artº. 3º da Portaria nº. 1379/09 (3) Indicar a operação urbanística licenciada, comunicada ou obra isenta de controlo prévio (4) Localização da obra (nome do arruamento e lote / número de polícia e freguesia). (5) Indicação do nome / designação do requerente (6) Assinatura reconhecida ou comprovada por funcionário municipal mediante a exibição do bilhete de identidade ou cartão de cidadão

6 DECLARAÇÃO DE TITULARIDADE DO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO CIVIL alínea c) do nº. 2 do artº. 12º. Da Portaria nº. 232/2008, de 11 de Março NOME NIF: BI/CC Nº., válido até / / Morada: Localidade: Código Postal - - Tlm: Declara que é titular do Alvará de Construção Civil Título de Registo emitido pelo InCI, I.P. Nº., Classe:, subcategoria(s): emitido em / /, válido até / /, com o pessoal segurado pela apólice nº. na Companhia de Seguros. Mais Declara que lhe foi adjudicada a execução da obra abaixo indicada: Dono da Obra: Morada/Local: Freguesia:, assumindo a colocação no local da obra de placa identificativa com os elementos a que se refere o nº. 4 do artigo 24º. do Decreto-Lei nº. 12/2004, de 9 de Janeiro, alterado pelo Decreto-Lei nº. 18/2008, de 29 de Janeiro. TIPO DE OPERAÇÃO URBANÍSTICA: Comunicação prévia de obras Processo de Licenciamento de Obras de Edificação nº. / Processo de Loteamento e/ou obras de urbanização nº. / Processo de Cascais, de de. O Declarante, BI/CC nº., válido até Conferi no portal InCI a habilitação da empresa de construção acima indicada. O Funcionário, Declaração de adjudicação

7 MODELO DE GARANTIA BANCÁRIA PARA GARANTIR AS OBRAS NO ÂMBITO DA LICENÇA PARCIAL DA ESTRUTURA MUNICÍPIO DE CASCAIS GARANTIA BANCÁRIA AUTÓNOMA À PRIMEIRA SOLICITAÇÃO ( Nome do Banco, sede, nº pessoa colectiva, nº de registo conservatória, capital social) presta por este documento uma garantia bancária autónoma à primeira solicitação, a pedido da Sociedade ((nome, nº de pessoa colectiva/ particular, sede/residência), a favor do Município de Cascais, pessoa colectiva de direito público número , com sede na Praça 5 de Outubro, em Cascais, na qualidade de entidade licenciadora nos termos seguintes: 1. A presente garantia destina-se a garantir as obras de demolição da estrutura até ao piso de menor cota em caso de indeferimento do projecto de arquitectura nos termos do nº. 6 do artº. 23º. conforme autorizado no reqº. Nº. / - Processo de licenciamento de obra nº. / estando sujeita a actualização nos termos do artº 54º, nº 2, ambos do Decreto Lei nº 555/99, de 16 de Dezembro, na sua actual redacção. 2. O Banco obriga-se, a título de garantia, a pagar à entidade licenciadora até ao montante de (extenso), em conformidade com o disposto no artº. 54 º, nº 3 do Decreto Lei nº 555/99, de 16 de Dezembro, na sua actual redacção. 3. O Banco compromete-se a pagar à entidade licenciadora a importância que esta lhe exigir, em conformidade com o disposto no nº.2, procedendo a esse pagamento imediatamente após o primeiro pedido escrito que dele lhe faça a entidade licenciadora, findo o qual, sem que o pagamento seja realizado, contar-se-ão juros moratórios à taxa mais elevada praticada pelo Banco para as operações activas, sem prejuízo de execução imediata da dívida assumida por este. 4. O Banco não só não goza do benefício de excussão como não pode recusar o pagamento sob alegação de que não está demonstrada a mora, o cumprimento defeituoso ou a falta de cumprimento do promotor. 5. O Banco não pode, outrossim, opor à entidade licenciadora quaisquer outros meios de defesa de que o promotor possa porventura prevalecer-se em face dela. 6. Ao Banco assistirá o direito de haver do promotor, a título de regresso, tudo aquilo que tenha desembolsado em consequência da presente garantia, não podendo o promotor, por seu turno, opor ao Banco os meios de defesa que lhe compitam em relação à entidade licenciadora. 7. A presente garantia não pode em qualquer circunstância ser denunciada, mantendo-se válida até à emissão do correspondente alvará de Autorização de Utilização. DATA ASSINATURAS (reconhecidas e selo branco) (menção do pagamento do imposto de selo ou da sua isenção)

8 DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE DIGITAL ( 1 ), portador do B.I./C.C. nº., válido até / /, NIF, com morada em, Código Postal - -, telefone fax, inscrito na ( 2 ),com o nº. na qualidade de autor do projecto de ( 3 ) na qualidade de coordenador dos projectos relativo(s) à obra de ( 4 ), localizada em ( 5 ), na freguesia de, cujo(a) ( 6 ) foi apresentado (a) por ( 7 ), DECLARA que o projecto entregue em formato digital corresponde na íntegra ao projecto entregue em formato papel. Cascais, / / O Técnico, ( 1 ) Nome e habilitação profissional do autor do projecto. ( 2 ) Identificar a associação pública profissional, ( 3 ) Identificar o tipo de projecto ( 4 ) Identificar o tipo de obra a executar ( 5 ) Localização da obra (rua, lote / número de polícia e freguesia). ( 6 ) Indicar se se trata de licenciamento ou comunicação prévia ( 7 ) Indicação do nome do requerente Declaração de conformidade digital

9 NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE OPERAÇÕES URBANISTICAS EM FORMATO DIGITAL Para cumprimento da legislação em vigor e considerando as funcionalidades e requisitos técnicos/informáticos necessários à correcta recepção dos processos em formato digital, destinados à realização de operações urbanísticas, formulados através de pedidos de informação prévia, licenciamento, comunicação prévia e autorização de utilização, deverão ser observadas as seguintes especificações: 1. As peças escritas deverão ser entregues em formato PDF, por ser este o formato que garante o arquivo de longa duração de documentos electrónicos. 2. As peças desenhadas deverão ser entregues em formato DWF / DWFx ( este ultimo quando utilizada a assinatura digital ) Caracterização dos ficheiros contendo os projectos: Todos os elementos de um processo / requerimento deverão ser entregues em formato digital e autenticados através de uma assinatura digital qualificada utilizando, por exemplo, o certificado digital do cartão do cidadão; A cada elemento obrigatório na instrução de um processo/requerimento deverá corresponder um ficheiro, com nome/designação que permita identificar inequivocamente o seu conteúdo e que contenha entre 8 e 16 caracteres. Os três primeiros caracteres do nome de cada ficheiro deverão corresponder aos dígitos identificados junto a cada elemento instrutório da lista disponibilizada com os elementos a entregar para cada tipo de procedimento. Caso seja necessária a substituição de elementos no processo, deverá o interessado proceder à entrega de um novo ficheiro actualizado, com a totalidade do elemento a substituir, devendo manter as propriedades do mesmo no que se refere ao formato e nome/designação, sendo que no caso de substituição de peças desenhadas é obrigatório manter a mesma ordem e escala dos desenhos assim como o posicionamento na respectiva folha. Cada documento de um ficheiro não deve ultrapassar 500 KB em média por página e na sua totalidade não deve ultrapassar os 30 MB. Os ficheiros deverão ser apresentados em suporte digital CD/DVD/pen drive e todos os elementos a entregar devem estar gravados numa única directoria para simplificar o processo de leitura. Todas as folhas contidas num ficheiro DWF / DWFx deverão ser criadas com o formato/escala igual ao de impressão. Por exemplo, um desenho que seria impresso em formato A1 deverá passar a DWF / DWFx com o mesmo formato/escala. A unidade utilizada deve ser o metro, com precisão de duas casas decimais. O autor deverá configurar a impressão para que a componente vectorial do ficheiro tenha uma definição (DPI) suficiente para garantir esta precisão (mínimo 150 DPI s). Todas as folhas criadas a partir de aplicações CAD deverão conter uma identificação lógica dos respectivos layers, permitindo o seu controle de visibilidade. Janeiro/2011

10 A elaboração e conteúdo dos ficheiros entregues, contendo texto, peças desenhadas ou outros elementos gráficos ou fotográficos, é da total responsabilidade do técnico autor do projecto de arquitectura/especialidade ou coordenador dos projectos em causa, devendo o responsável anexar ao ficheiro a respectiva declaração de conformidade. Encontra-se totalmente vedada aos serviços da Câmara Municipal e execução de qualquer alteração aos ficheiros entregues, estando assim garantida a autenticidade dos mesmos. Tendo em consideração que os ficheiros apresentados serão introduzidos, no momento da apresentação, nas plataformas informáticas do processo digital, os mesmos apenas poderão ser aceites se cumprirem todas as especificações indicadas, sendo recusados caso não seja aceite a integração dos mesmos nos programas existentes no Município e consequentemente no portal autárquico. A apresentação do processo em formato digital deve cumprir as normas em vigor à data da entrega do processo, as quais se encontram disponíveis no site Internet do Município. Janeiro/2011

Registo nº. DATA: / /

Registo nº. DATA: / / Registo nº. DATA: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais AVERBAMENTO DE NOME EM PROCESSO POR SUBSTITUIÇÃO DO DIRECTOR DE OBRA/DIRECTOR DE FISCALIZAÇÃO DE OBRA/EMPREITEIRO

Leia mais

EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº.

EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº. Registo Nº. DATA / / O funcionário, Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº. IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra maiúscula)

Leia mais

LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA

LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA Registo n.º Data / / O Funcionário LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação

Leia mais

EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº.

EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº. Registo n.º Data / / O Funcionário EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra

Leia mais

EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE DEMOLIÇÃO, ESCAVAÇÃO E CONTENÇÃO PERIFÉRICA

EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE DEMOLIÇÃO, ESCAVAÇÃO E CONTENÇÃO PERIFÉRICA Registo n.º Data / / O Funcionário EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE DEMOLIÇÃO, ESCAVAÇÃO E CONTENÇÃO PERIFÉRICA Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com

Leia mais

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS Registo n.º Data / / O Funcionário EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais

Leia mais

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS Registo Nº. DATA / / O funcionário, Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS PROJECTOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS

APRESENTAÇÃO DOS PROJECTOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS Registo nº. Data: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais APRESENTAÇÃO DOS PROJECTOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS artº. 20º, nº. 4 do Decreto-Lei nº.

Leia mais

Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais

Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais Registo Nº. DATA / / O funcionário, Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO PROCESSO DE LOTEAMENTO Nº. / Identificação do Requerente (Preencher com

Leia mais

Câmara Municipal. Município de Alenquer. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer,

Câmara Municipal. Município de Alenquer. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer, Departamento de Urbanismo Município de Alenquer Câmara Municipal REGISTO DE ENTRADA Nº Em / / Proc. N.º / / O Func. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer, EMISSÃO DE ALVARÁ DE OBRAS DE

Leia mais

ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO

ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Registo n.º Data / / O Funcionário ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação Domicílio/Sede

Leia mais

ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO

ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Registo nº. Data: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Identificação do Requerente (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação Domicílio/Sede

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO

AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Registo nº. Data: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Identificação do Requerente (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação Domicílio/Sede

Leia mais

Câmara Municipal. Município de Alenquer EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO ALTERAÇÃO MODIFICAÇÃO

Câmara Municipal. Município de Alenquer EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO ALTERAÇÃO MODIFICAÇÃO Departamento de Urbanismo Município de Alenquer Câmara Municipal REGISTO DE ENTRADA Nº Em / / Proc. N.º / / O Func. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA

Leia mais

1 de 6 11-06-2009 19:23 Portaria n.º 216-E/2008, de 3 de Março Enuncia todos os elementos que devem instruir os pedidos de emissão dos alvarás de licença ou autorização de utilização das diversas operações

Leia mais

PEDIDO DE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRA DE EDIFICAÇÃO E/OU DEMOLIÇÃO

PEDIDO DE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRA DE EDIFICAÇÃO E/OU DEMOLIÇÃO Registo n.º Data / / O Funcionário PEDIDO DE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRA DE EDIFICAÇÃO E/OU DEMOLIÇÃO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher

Leia mais

BALCÃO ÚNICO MUNICIPAL

BALCÃO ÚNICO MUNICIPAL BALCÃO ÚNICO MUNICIPAL URBANISMO EMISSÃO DE ALVARÁ DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO Emissão de Alvará ou de aditamento ao Alvará de Licença de Obras de Edificação ou emissão de Alvará de Licença de alteração a Comunicação

Leia mais

ALTERAÇÃO AO ALVARÁ DE LICENÇA DE LOTEAMENTO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

ALTERAÇÃO AO ALVARÁ DE LICENÇA DE LOTEAMENTO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 211/2 ALTERAÇÃO AO ALVARÁ DE LICENÇA DE LOTEAMENTO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte

Leia mais

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS Registo de entrada RESERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS (Art.º 76º do D.L. 555/99 de 16 de Dezembro, com a redacção conferida pelo D.L. 177/2001

Leia mais

Exmo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis

Exmo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis Registo nº Exmo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis Em / / O Funcionário ASSUNTO: COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OPERAÇÃO URBANÍSTICA DE: OBRAS DE EDIFICAÇÃO OBRAS DE DEMOLIÇÃO OUTRAS OPERAÇÕES

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES NIP 22.03 Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Trabalhos de Remodelação de Terrenos Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente REQ Requerimento referente à comunicação

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Demolição. Requerimento e legitimidade do requerente

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Demolição. Requerimento e legitimidade do requerente Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Demolição NIP 03.01 Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente REQ Requerimento referente ao licenciamento de obras de demolição

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 209/2 PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE OBRAS URBANIZAÇÃO APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO. Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara

Leia mais

COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO

COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO Documentos instrutórios (preenchimento obrigatório) Pág. 0. Requerimento... a Acompanhado de cópia do documento de identificação do requerente 1. Documento comprovativo

Leia mais

Licenciamento Alteração de Alvará Comunicação Prévia

Licenciamento Alteração de Alvará Comunicação Prévia EXMO. SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE MARCO DE CANAVESES OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Licenciamento Alteração de Alvará Comunicação Prévia REQUERENTE Nome Morada Freguesia N.º Identificação Fiscal Código

Leia mais

Divisão de Obras Particulares e Planeamento Urbanístico

Divisão de Obras Particulares e Planeamento Urbanístico Licenciamento Simplificado de Instalações de Armazenamento de Produtos de Petróleo e de Postos de Abastecimento de Combustíveis Classes A1 A2 A3 Exmº Senhor Presidente da Câmara Municipal do Bombarral

Leia mais

EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 218/2 EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa singular

Leia mais

Orientações para Instrução dos Processos

Orientações para Instrução dos Processos CÂMARA MUNICIPAL DE PENAFIEL D I V I S Ã O D E G E S T Ã O U R B A N Í S T I C A Tramitação Digital dos Requerimentos e Processos de Urbanismo Orientações para Instrução dos Processos Dando cumprimento

Leia mais

PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO (ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS)

PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO (ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS) Registo de entrada RESERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO (ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS) (RJUE e D.L. 234/2007

Leia mais

Pagamento da taxa através da guia n.º de / /

Pagamento da taxa através da guia n.º de / / Registo de Entrada N.º Proc.º Em / / Funcionário: Informação - Prosseguir seus termos Em / / A Responsável da U.O.F.U.O.S.U. Despacho - Prosseguir seus termos Em / / O Vereador do Pelouro Exm.º Senhor:

Leia mais

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA Registo de entrada RE SERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA (Art.º 63 do D.L. 555/99 de 16 de Dezembro, com a redacção conferida pelo D.L. 177/2001

Leia mais

REQUERIMENTO PARA PEDIDO/APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA / LICENCIAMENTO DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO

REQUERIMENTO PARA PEDIDO/APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA / LICENCIAMENTO DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de VILA VIÇOSA REQUERIMENTO PARA PEDIDO/APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA / LICENCIAMENTO DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO N.º DE CONTRIBUINTE NOME (1) MORADA / SEDE

Leia mais

PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 200/2 PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Rev.: 01 Comunicação Prévia de Outras Operações Urbanísticas Data:

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Rev.: 01 Comunicação Prévia de Outras Operações Urbanísticas Data: NIP 22.02 Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Outras Operações Urbanísticas Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente REQ Requerimento referente à comunicação prévia

Leia mais

PROJETOS DE ESPECIALIDADES. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PROJETOS DE ESPECIALIDADES. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 202/2 PROJETOS DE ESPECIALIDADES Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente), Contribuinte (pessoa singular

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 216/2 PRORROGAÇÃO DE PRAZO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa singular

Leia mais

Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Requerimento n.º Processo de Obras n.º (quadro a preencher pelos serviços) (n.º 4 do artigo 4º do D.L.555/99 de 16 de Dezembro) Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Identificação

Leia mais

PEDIDO DE CERTIDÃO DE URBANISMO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PEDIDO DE CERTIDÃO DE URBANISMO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 228/2 PEDIDO DE CERTIDÃO DE URBANISMO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 227/2 OCUPAÇÃO DA VIA PÚBLICA Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa singular

Leia mais

PEDIDO DE OBRAS DE DEMOLIÇÃO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PEDIDO DE OBRAS DE DEMOLIÇÃO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 203/2 PEDIDO DE OBRAS DE DEMOLIÇÃO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 208/2 PEDIDO DE LICENCIAMENTO OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OPERAÇÕES DE LOTEAMENTO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Leia mais

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios.

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Urb1007. Obras de Remodelação de Terrenos O que é preciso? Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Elementos Instrutórios

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 207/2 ALTERAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO não precedido de operação urbanística sujeita a controlo prévio Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

Certidão. Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax:

Certidão. Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax: Antecedentes Objeto do Requerimento Identificação do Prédio Identificação do Requerente Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Certidão Nome: Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel:

Leia mais

Nome: Contribuinte n.º, B. I./ C.C. n.º Morada: Freguesia: Concelho: Código Postal - Telefone, Correio

Nome: Contribuinte n.º, B. I./ C.C. n.º Morada: Freguesia: Concelho: Código Postal - Telefone, Correio MUNICÍPIO DE MÊDA Setor de Serviços Urbanos Despacho: Deferido Data / / O Presidente, Entrada: N.º de Registo Data / / O Funcionário: Pedido de Autorização de Utilização (Edifícios e suas Fracções) Ex.

Leia mais

Município de Santarém CÂMARA MUNICIPAL

Município de Santarém CÂMARA MUNICIPAL Ex.mo Sr. Presidente da Câmara, Nome A U T O R I Z A Ç Ã O / A L T E R A Ç Ã O D E U T I L I Z A Ç Ã O n.º 5 do art.º 4 do decreto-lei n.º 555/99 de 16/12, na sua atual redação contribuinte n.º, documento

Leia mais

Outro (especificar) Em relação à totalidade do imóvel constante do processo nº /, (escolha opção):

Outro (especificar) Em relação à totalidade do imóvel constante do processo nº /, (escolha opção): 1/7 REQUERIMENTO PARA: Despacho: Espaço reservado aos serviços PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE EDIFÍCIOS OU FRAÇÕES Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

Identificação do Requerente (Preencher com letra maiúscula)

Identificação do Requerente (Preencher com letra maiúscula) Registo nº. Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais Data: / / O Funcionário EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL PARA OBRAS INACABADAS COMUNICAÇÃO PRÉVIA PARA OBRAS INACABADAS Identificação do Requerente

Leia mais

PEDIDO DE INFORMAÇÃO PRÉVIA. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PEDIDO DE INFORMAÇÃO PRÉVIA. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 220/2 PEDIDO DE INFORMAÇÃO PRÉVIA Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa singular

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Comunicação Prévia), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de

Leia mais

Submissão eletrónica do pedido no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios.

Submissão eletrónica do pedido no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. O que preciso? Submissão eletrónica do pedido no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Elementos Instrutórios para formalização do pedido: 01.Documentos de Identificação

Leia mais

Data de Receção: (2), Pede deferimento, O Comunicante, Para efeito de correspondência (3)

Data de Receção: (2), Pede deferimento, O Comunicante, Para efeito de correspondência (3) Requerimento Comunicação Prévia de Alterações à Comunicação Prévia admitida ao projeto durante a execução da obra Envolvendo alteração da implantação ou ampliação Processo n.º: Data de Receção: Requerimento

Leia mais

Normas de instrução de processos em formato digital

Normas de instrução de processos em formato digital Normas de instrução de processos em formato digital 1. Formato e caraterização dos ficheiros a apresentar 2. Projeto de arquitetura 3. Projeto de especialidades 4. Levantamento Topográficos e Plantas de

Leia mais

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios.

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. O que é preciso? Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Elementos Instrutórios para formalização do pedido: 01.Documentos

Leia mais

Execução de Trabalhos de Demolição, Escavação e Contenção Periférica

Execução de Trabalhos de Demolição, Escavação e Contenção Periférica Exm. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Execução de Trabalhos de Demolição, Escavação e Contenção Periférica Mais do que um requerente? Não Sim (em caso afirmativo preencher Anexo A) Identificação

Leia mais

(A)(Nome), contribuinte n.º, portador do B. I. / cartão de cidadão n.º

(A)(Nome), contribuinte n.º, portador do B. I. / cartão de cidadão n.º Registo de Entrada Despacho Registado em SPO Reqº.n.º. / / Procº. / / Data / / O Assist. Técnico Em, / / O Ex.mo Senhor: Ex.mo Senhor: Presidente da Câmara Municipal de Mortágua ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DE

Leia mais

Averbamento de Substituição (Titular do Alvará; Requerente; Comunicante; Responsável por Projeto)

Averbamento de Substituição (Titular do Alvará; Requerente; Comunicante; Responsável por Projeto) Exm. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Averbamento de Substituição (Titular do Alvará; Requerente; Comunicante; Responsável por Projeto) Nome: Identificação do Requerente Cartão Cidadão

Leia mais

Município de Viana do Alentejo

Município de Viana do Alentejo Assinar PDFs e Outras informações uteis 1 - Como Criar PDF/A Para criar um PDF a partir de um ficheiro de texto ou excel pode guardar o ficheiro em formato PDF. Em outras situações pode-se descarregar

Leia mais

PEDIDO DE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRA DE EDIFICAÇÃO E/OU DEMOLIÇÃO

PEDIDO DE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRA DE EDIFICAÇÃO E/OU DEMOLIÇÃO Registo nº. Data: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais PEDIDO DE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRA DE EDIFICAÇÃO E/OU DEMOLIÇÃO IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Pedido de Autorização de Utilização. Requerimento e legitimidade do requerente

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Pedido de Autorização de Utilização. Requerimento e legitimidade do requerente Norma de Instrução de Processo (NIP) Pedido de Autorização de Utilização NIP 19.00 Data: 25.01.2016 Requerimento e legitimidade do requerente Formato Nome do Ficheiro REQ.1 Requerimento referente ao pedido

Leia mais

Nome do requerente. Residência/Sede. BI / Cartão de Cidadão n.º Emitido em / / Válido até / / Telefone n.º Fax n.º

Nome do requerente. Residência/Sede. BI / Cartão de Cidadão n.º Emitido em / / Válido até / / Telefone n.º Fax n.º Divisão de Estudos, Planeamento e Urbanismo 013 REQUERIMENTO PARA: Apreciação: Pedido de Licenciamento de Obras de Demolição que não se encontrem previstas em licença de obras de reconstrução Município

Leia mais

Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax:

Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax: Observações Antecedentes Objeto do Requerimento Identificação do Prédio Identificação do Requerente Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Execução de Trabalhos de Demolição, Escavação

Leia mais

Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Requerimento n.º Processo de Obras n.º (quadro a preencher pelos serviços) (Alíneas c) a g) do n.º 1 do artigo 6º do D.L.555/99 de 16 de Dezembro) Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila

Leia mais

Ex.mo Senhor: Presidente da Câmara Municipal de Mortágua ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO E PROPRIEDADE HORIZONTAL. Registo de Entrada

Ex.mo Senhor: Presidente da Câmara Municipal de Mortágua ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO E PROPRIEDADE HORIZONTAL. Registo de Entrada Registo de Entrada Despacho Registado em SPO Reqº.n.º. / / Procº. / / Data / / O Assist. Técnico Em, / / O Ex.mo Senhor: Presidente da Câmara Municipal de Mortágua ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO E

Leia mais

EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE DEMOLIÇÃO, ESCAVAÇÃO E CONTENÇÃO PERIFÉRICA

EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE DEMOLIÇÃO, ESCAVAÇÃO E CONTENÇÃO PERIFÉRICA Registo nº. Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais Data: / / O Funcionário EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE DEMOLIÇÃO, ESCAVAÇÃO E CONTENÇÃO PERIFÉRICA IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra

Leia mais

4- Depósito em dinheiro na entidade bancária a favor do Município de Sintra, com o nº no valor de, (Quantia por extenso ) ;

4- Depósito em dinheiro na entidade bancária a favor do Município de Sintra, com o nº no valor de, (Quantia por extenso ) ; 1/2 REQUERIMENTO PARA: Despacho: Espaço reservado aos serviços PRESTAÇÃO DE CAUÇÃO Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra (nome do requerente),

Leia mais

M U N I C I P I O de V I E I R A D O M I N H O Divisão de Urbanismo e Obras Municipais Serviços de Planeamento Urbanístico e Obras Particulares

M U N I C I P I O de V I E I R A D O M I N H O Divisão de Urbanismo e Obras Municipais Serviços de Planeamento Urbanístico e Obras Particulares Reg. N.º Em / / Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE Nome: BI/Cartão de Cidadão: Arquivo: Validade: / / N.º de Identificação Fiscal: Morada: Freguesia:

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES

APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES 1/8 APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES Despacho: Espaço reservado aos serviços Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra (nome

Leia mais

Alvará de Licença. Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax:

Alvará de Licença. Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax: Antecedentes Objeto do Requerimento Identificação do Prédio Identificação do Requerente Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Alvará de Licença Nome: Morada: Código Postal: - Freguesia:

Leia mais

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios.

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. O que é preciso? Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Elementos Instrutórios para formalização do pedido: 01.Documentos

Leia mais

Ex.mo Senhor: Presidente da Câmara Municipal de Mortágua. ASSUNTO: LOTEAMENTO URBANO: Com / Sem, Obras de Urbanização Licenciamento Comunicação Prévia

Ex.mo Senhor: Presidente da Câmara Municipal de Mortágua. ASSUNTO: LOTEAMENTO URBANO: Com / Sem, Obras de Urbanização Licenciamento Comunicação Prévia REGISTO DE ENTRADA Registado em SPO Procº. / / Reqº. / / Em / / O Assist. Técnico TAXA DE APRECIAÇÃO Paga a taxa no valor de Guia n.º / Em / / O Assist. Técnico DESPACHO Em / / O Presidente da Câmara Ex.mo

Leia mais

Licenciamento de Obras de Edificação Alterações ao projecto licenciado durante a execução da obra que envolvam alterações da implantação ou ampliação

Licenciamento de Obras de Edificação Alterações ao projecto licenciado durante a execução da obra que envolvam alterações da implantação ou ampliação Requerimento Licenciamento de Obras de Edificação Alterações ao projecto licenciado durante a execução da obra que envolvam alterações da implantação ou ampliação Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

CERTIDÕES OU FOTOCÓPIAS AUTENTICADAS NO ÂMBITO DA REABILITAÇÃO URBANA

CERTIDÕES OU FOTOCÓPIAS AUTENTICADAS NO ÂMBITO DA REABILITAÇÃO URBANA CERTIDÕES OU FOTOCÓPIAS AUTENTICADAS NO ÂMBITO DA REABILITAÇÃO URBANA SM Proc. nº / Registo nº / IMP.PG.02.0677.00 Exmº Sr. Presidente da REQUERENTE (Nome do requerente / sociedade), contribuinte nº, com

Leia mais

Destaque de Parcela de Prédio (Situado em Perímetro Urbano)

Destaque de Parcela de Prédio (Situado em Perímetro Urbano) Objeto do Requerimento Identificação do Prédio Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Destaque de Parcela de Prédio (Situado em Perímetro Urbano) Mais do que um requerente? Não Sim (em

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Licença), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de 22/04 1) 2)

Leia mais

NORMA TÉCNICA ELEMENTOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDOS DE RECEÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE DEMOLIÇÃO

NORMA TÉCNICA ELEMENTOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDOS DE RECEÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE DEMOLIÇÃO NORMA TÉCNICA ELEMENTOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDOS DE RECEÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE DEMOLIÇÃO Pasta REQUERIMENTO Ficheiro REQ, em formato PDF/A, assinado e digitalizado após assinatura do

Leia mais

AUTORIZAÇÃO / ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE EDIFÍCIO OU FRAÇÃO SEM REALIZAÇÃO DE OBRAS OU APÓS OBRAS ISENTAS

AUTORIZAÇÃO / ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE EDIFÍCIO OU FRAÇÃO SEM REALIZAÇÃO DE OBRAS OU APÓS OBRAS ISENTAS AUTORIZAÇÃO / ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE EDIFÍCIO OU FRAÇÃO SEM REALIZAÇÃO DE OBRAS OU APÓS OBRAS ISENTAS Documentos a entregar 1. Requerimento 2. Cópia do documento de identificação do requerente 3. Cópia

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho REGULAMENTO MUNICIPAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROCESSOS DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS EM FORMATO DIGITAL Nota Justificativa No seguimento da implementação do Sistema Informático próprio previsto no Artigo 8º

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Informação Prévia), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de 22/04

Leia mais

Autorização de Utilização

Autorização de Utilização Exm. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Autorização de Utilização Nome: Identificação do Requerente Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax: Na qualidade de: Proprietário Usufrutuário

Leia mais

PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO PARA ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS

PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO PARA ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS Registo de entrada RE SERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO PARA ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS (n.º 2 do art.

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Obras de Edificação

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Obras de Edificação Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Obras de Edificação NIP 22.00 Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente Formato Nome do REQ Requerimento referente à comunicação

Leia mais

LEGALIZAÇÕES Req

LEGALIZAÇÕES Req Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Montijo LEGALIZAÇÕES Req. 01.11.01 IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE N.º DE CONTRIBUINTE NOME COMPLETO MORADA / SEDE CÓDIGO POSTAL - FREGUESIA TELEF./TELEM. FAX

Leia mais

Alteração durante a execução da obra

Alteração durante a execução da obra Antecedentes Objeto do Requerimento Identificação do Prédio Identificação do Requerente Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Alteração durante a execução da obra Nome: Morada: Código

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Comunicação Prévia), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de

Leia mais

Alteração durante a execução da obra

Alteração durante a execução da obra Exm. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Alteração durante a execução da obra Nome: Identificação do Requerente Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax: Na qualidade de: Proprietário

Leia mais

Autorização de Alteração de Utilização

Autorização de Alteração de Utilização Exm. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Autorização de Alteração de Utilização Mais do que um requerente? Não Sim (em caso afirmativo preencher Anexo A) Identificação do Prédio Prédio descrito

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE INÍCIO DE OBRA

COMUNICAÇÃO DE INÍCIO DE OBRA 1/5 Despacho: Espaço reservado aos serviços COMUNICAÇÃO DE INÍCIO DE OBRA Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra (nome), contribuinte (pessoa singular

Leia mais

de: Proprietário Mandatário Usufrutuário Superficiário Promitente comprador Outro (especificar)

de: Proprietário Mandatário Usufrutuário Superficiário Promitente comprador Outro (especificar) 1/7 REQUERIMENTO PARA: Despacho: Espaço reservado aos serviços PEDIDO DE PRORROGAÇÃO DE PRAZO Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra (nome do requerente),

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Informação Prévia), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de 22/04 1) 2) 3) 4) 5) 6) Certidão da descrição e de todas

Leia mais

Pedidos Diversos. Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax:

Pedidos Diversos. Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax: Objeto do Requerimento Identificação do Requerente Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Pedidos Diversos Nome: Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax: Na qualidade de:

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Rev.: 01 Licenciamento de Trabalhos de Remodelação de Terrenos Data:

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Rev.: 01 Licenciamento de Trabalhos de Remodelação de Terrenos Data: NIP 03.03 Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Trabalhos de Remodelação de Terrenos Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente Formato Nome do REQ Requerimento referente

Leia mais

PARECER DE ENQUADRAMENTO DO MUNICÍPIO NO ÂMBITO DO IFFRU

PARECER DE ENQUADRAMENTO DO MUNICÍPIO NO ÂMBITO DO IFFRU IMP.PG.02.0679.00 PARECER DE ENQUADRAMENTO DO MUNICÍPIO NO ÂMBITO DO IFFRU Exmº Sr. Presidente da SM Proc. nº / Registo nº / REQUERENTE (Nome do requerente / sociedade), contribuinte nº, com morada/sede

Leia mais

Direito à Informação

Direito à Informação Exm. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Direito à Informação Mais do que um requerente? Não Sim (em caso afirmativo preencher Anexo A) Identificação do Prédio Prédio descrito na Conservatória

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Edificação. Requerimento e legitimidade do requerente

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Edificação. Requerimento e legitimidade do requerente Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Edificação NIP 03.00 Requerimento e legitimidade do requerente Formato Nome do Ficheiro pdf REQ Requerimento referente ao licenciamento de

Leia mais

PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE ALTERAÇÃO DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE LOTEAMENTO

PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE ALTERAÇÃO DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE LOTEAMENTO Registo de entrada RESERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE ALTERAÇÃO DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE LOTEAMENTO ( Art.º27º e Art.º 33º do D.L. 555/99 de 16 de Dezembro, com a redacção conferida pelo

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Projetos de especialidades, nos termos do n.º 16, Portaria n.º 113/2015, de 22/04 16-a) 16-b) 16-c) 16-d) 16-e) 16-f)

Leia mais

Licença Parcial para Construção de Estrutura

Licença Parcial para Construção de Estrutura Observações Antecedentes Objeto do Requerimento Identificação do Prédio Identificação do Requerente Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Licença Parcial para Construção de Estrutura

Leia mais