APRESENTAÇÃO DOS PROJECTOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APRESENTAÇÃO DOS PROJECTOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS"

Transcrição

1 Registo nº. Data: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais APRESENTAÇÃO DOS PROJECTOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS artº. 20º, nº. 4 do Decreto-Lei nº. 555/99, de 16 de Dezembro, na redacção do Decreto-Lei nº. 26/2010, de 30 de Março. Identificação do Requerente (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação Domicílio/Sede Código Postal - Freguesia Código da certidão comercial permanente: Nº. Identificação Fiscal Telefone / Telemóvel Fax Na qualidade de Proprietário Usufrutuário Locatário Superficiário Mandatário Sócio-Gerente / Administrador (indique qual) Identificação do edifício/fracção da obra: Morada: Localidade Freguesia Código postal - Processo de obra nº. / OBJECTO DO PEDIDO: Vem apresentar os projectos de engenharia das especialidades e outros estudos assinalados na folha anexa, necessários à execução da obra a que se refere o projecto de arquitectura acima referido e relativos a: Totalidade do edifício FASE do edifício Fracções: O campo abaixo apenas é preenchido no caso de legalizações, nos termos da legislação vigente indicada Por se tratar de legalização de construção, ao abrigo do nº2 do artº 50º da Lei nº. 91/95 de 2 de Setembro, com as alterações vigentes, solicita a dispensa da entrega dos projectos de engenharia das especialidades sendo os mesmos substituídos por declaração de responsabilidade de conformidade do construído com as exigências legais e regulamentares para o efeito, assinada por técnico habilitado para subscrever o tipo de projectos dispensados. Cascais, de de Pede deferimento, O Requerente, Bilhete de Identidade / Cartão de Cidadão nº., válido até / / Conferi a assinatura. Taxa de preparo Guia nº, de / / O funcionário do Atendimento Municipal, DGU.E.04 Apresentação dos projectos de especialidades

2 TABELA DESCRIMINATIVA DOS PROJECTOS DE ESPECIALIDADES APRESENTADOS TIPO DE ESPECIALIDADE NOME DO TÉCNICO Nº. CONTRIBUINTE Estabilidade energia eléctrica Instalação de gás Redes prediais de águas e esgotos Águas pluviais Arranjos exteriores Instalações telefónicas e de telecomunicações Comportamento térmico Instalações electromecânicas Segurança contra o risco de incêndios em edifícios Acústico Exaustão e fumos Instalações Electromecânicas de Climatização / / O Coordenador dos projectos,

3 PROJECTOS DE ENGENHARIA DE ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS APRESENTADOS EM FUNÇÃO DO TIPO DE OBRA DE EDIFICAÇÃO COO. - Coordenador dos projectos COO.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo coordenador dos projectos que ateste a compatibilidade entre os mesmos; COO.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da respectiva qualificação e quando aplicável seguro de responsabilidade civil nos termos da Lei nº. 31/2009; COO.3 - Declaração de conformidade digital (do coordenador no global ou de cada um dos autores); COO.4 Tabela discriminativa dos projectos de especialidades apresentados EST. - Projecto de estabilidade, escavação e contenção periférica EST.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e EST.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do EST.3 - Memória descritiva e justificativa e cálculos; dwf EST.4 - Peças desenhadas; PDE. - Projecto de alimentação e distribuição de energia eléctrica ou Ficha electrotécnica PDE.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e PDE.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do PDE.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf PDE.4 - Peças desenhadas; PDE.5 - Ficha electrotécnica; PDE.6 - Comprovativo de aprovação por parte de entidade competente, quando aplicável; GAS. - Projecto de Instalação de gás GAS.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e GAS.2 -Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do GAS.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf GAS.4 - Peças desenhadas; GAS.5 - Comprovativo de aprovação por parte de entidade competente, quando aplicável; Assinalar no quadrado a preto os elementos apresentados O quadrado sombreado destina-se a uso exclusivo dos serviços Anexar ao pedido as folhas do formulário devidamente preenchidas Na 3ª. coluna está indicado o formato digital do ficheiro do elemento a apresentar (pdf ou dwf e, no caso de conter assinatura digital, deverá ser dwf/x) - consultar normas de apresentação no site do Município

4 ELEMENTOS INSTRUTÓRIOS DA COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO PROJECTOS DE ENGENHARIA DE ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS APRESENTADOS EM FUNÇÃO DO TIPO DE OBRA (cont.) PEA. - Projecto de redes prediais de águas e esgotos PEA.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e PEA.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do PEA.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf PEA.4 - Peças desenhadas; PEA.5 - Comprovativo de aprovação por parte de entidade competente, quando aplicável; PAP.- Projecto de águas pluviais PAP.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e PAP.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do PAP.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf PAP.4 - Peças desenhadas; PAP.5 - Comprovativo de aprovação por parte de entidade competente, quando aplicável; PAE. - Projecto de arranjos exteriores PAE.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e PAE.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do PAE.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf PAE.4 - Peças desenhadas; PPA. - Projecto de arquitectura paisagista, quando aplicável PPA.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e PPA.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do PPA.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf PPA.4 - Peças desenhadas; O Técnico

5 ELEMENTOS INSTRUTÓRIOS DA COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO PROJECTOS DE ENGENHARIA DE ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS APRESENTADOS EM FUNÇÃO DO TIPO DE OBRA (cont.) PIT. - Projecto de instalações telefónicas e de telecomunicações PIT.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e pdf PIT.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do pdf PIT.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf PIT.4 - Peças desenhadas; PIT.5 - Comprovativo de aprovação por parte de entidade competente, quando aplicável; TER.- Estudo de comportamento térmico TER.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e TER.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do TER.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf TER.4 - Peças desenhadas; TER.5 - Declaração de conformidade regulamentar subscrita por perito qualificado no âmbito do SCE: Ficha sumária de demonstração da conformidade regulamentar e outra documentação inerente a este projecto no âmbito do RCCTE; IEM.- Projecto de instalações electromecânicas e de transporte de pessoas e/ou mercadorias IEM.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e IEM.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do IEM.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf IEM.4 - Peças desenhadas; IEM.5 - Comprovativo de aprovação por parte de entidade competente, quando aplicável; SCI.-Projecto de segurança contra risco de incêndios em edifícios (SCIE) ou Ficha de Segurança SCI.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e SCI.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do SCI.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf SCI.4 - Peças desenhadas; SCI.5 - Ficha de Segurança contra incêndios; SCI.6 - Comprovativo de aprovação por parte de entidade competente, quando aplicável; O Técnico

6 ELEMENTOS INSTRUTÓRIOS DA COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO PROJECTOS DE ENGENHARIA DE ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS APRESENTADOS EM FUNÇÃO DO TIPO DE OBRA (cont.) CLI. - Projecto do sistema energético de climatização em edifícios CLI.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e CLI.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do CLI.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf CLI.4 - Peças desenhadas; CLI.5 -Declaração de conformidade Regulamentar / Ficha sumário da situação do edifício e outra documentação inerente a este projecto no âmbito do RSECE; EXA. - Projecto de ventilação e exaustão de fumos EXA.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e EXA.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do EXA.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf EXA.4 - Peças desenhadas; ACU. - Projecto acústico ACU.1 - Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e ACU.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do ACU.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf ACU.4 - Peças desenhadas; OPE. - Outros projectos ou estudos OPE.1 -Termo de responsabilidade subscrito pelo autor do projecto quanto ao cumprimento das normas legais e OPE.2 - Declaração emitida por associação pública profissional comprovativa da qualificação para a elaboração do OPE.3 - Memória descritiva e justificativa; dwf OPE.4 - Peças desenhadas; OPE.5 - Comprovativo de aprovação por parte de entidade competente, quando aplicável; O Técnico

7 TERMO DE RESPONSABILIDADE DO COORDENADOR DOS PROJECTOS DE ARQUITECTURA E PROJECTOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES DE ( a ) ( b ), portador do B.I. nº., emitido em / /, pelo Arquivo de Identificação de, ou Cartão de Cidadão nº., válido até / / Contribuinte nº., com morada em, Código Postal - -, telefone fax, Inscrito na ( c ), com o nº., declara para efeitos do disposto no nº. 1 do artigo 10º do Decreto-Lei nº. 555/99, de 16 de Dezembro, na redacção do Decreto-Lei nº. 26/2010, de 30 de Março, que o projecto de arquitectura e os seguintes projectos de engenharia das especialidades e outros estudos ( a ) de que é coordenador, relativo à obra de ( d ), localizada em ( e ), na freguesia de, cujo(a) ( f ) foi requerido/comunicada por ( g ), SÃO COMPATÍVEIS ENTRE SI, observando as normas técnicas gerais e específicas de construção bem como as disposições legais e regulamentares aplicáveis, designadamente ( h ) Cascais, de de O Técnico, ( i ) Conferi os dados O funcionário, BI / CC nº., válido até / /, (a) Identificação de qual o tipo de operação urbanística, projecto de arquitectura ou de especialidade em questão (b) Nome e habilitação profissional do autor do projecto. (c) Identificar a associação pública de natureza profissional, anexando o original da declaração emitida pela Associação Profissional nos termos do artº. 3º da Portaria nº. 1379/09 (d) Indicar a natureza da operação urbanística a realizar. (e) Localização da obra (rua, lote / número de polícia e freguesia). (f) Indicar se se trata de licenciamento ou comunicação prévia (g) Indicação do nome e morada do requerente (h) Discriminar, designadamente, as normas técnicas gerais e específicas de construção, os instrumentos de gestão territorial, o alvará de loteamento ou a informação prévia, quando aplicáveis, bem como justificar fundamentadamente as razões da não observância de normas técnicas e regulamentares nos casos previstos no nº. 5 do Artigo 10º do DL 555/99, na redacção do DL 26/2010 (i) Assinatura reconhecida ou comprovada por funcionário municipal mediante a exibição do bilhete de identidade ou cartão de cidadão

8 DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE DIGITAL ( 1 ), portador do B.I./C.C. nº., válido até / /, NIF, com morada em, Código Postal - -, telefone fax, inscrito na ( 2 ),com o nº. na qualidade de autor do projecto de ( 3 ) na qualidade de coordenador dos projectos relativo(s) à obra de ( 4 ), localizada em ( 5 ), na freguesia de, cujo(a) ( 6 ) foi apresentado (a) por ( 7 ), DECLARA que o projecto entregue em formato digital corresponde na íntegra ao projecto entregue em formato papel. Cascais, / / O Técnico, ( 1 ) Nome e habilitação profissional do autor do projecto. ( 2 ) Identificar a associação pública profissional, ( 3 ) Identificar o tipo de projecto ( 4 ) Identificar o tipo de obra a executar ( 5 ) Localização da obra (rua, lote / número de polícia e freguesia). ( 6 ) Indicar se se trata de licenciamento ou comunicação prévia ( 7 ) Indicação do nome do requerente Declaração de conformidade digital

9 TERMO DE RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO PROJECTO DE ( a ) ( b ), portador do B.I. nº., emitido em / /, pelo Arquivo de Identificação de, ou Cartão de Cidadão nº., válido até / / Contribuinte nº., com morada em, Código Postal - -, telefone fax, inscrito na ( c ), com o nº., declara para efeitos do disposto no nº. 1 do artigo 10º do Decreto-Lei nº. 555/99, de 16 de Dezembro, na redacção na redacção do Decreto-Lei nº. 26/2010, de 30 de Março, que o projecto de, de que é autor, relativo à obra de ( d ), localizada em ( e ), na freguesia de, cujo(a) ( f ) foi requerido por ( g ), com morada em observa as normas técnicas gerais e específicas de construção bem como as disposições legais e regulamentares aplicáveis, designadamente ( h ) Cascais, de de O Técnico, ( i ) Conferi os dados, O funcionário, BI/CC nº., válido até / / (a) Identificação de qual o tipo de operação urbanística, projecto de arquitectura ou de especialidade em questão (b) Nome e habilitação profissional do autor do projecto. (c) Identificar a associação pública de natureza profissional, anexando o original da declaração emitida pela Associação Profissional nos termos do artº. 3º da Portaria nº. 1379/09 (d) Indicar a natureza da operação urbanística a realizar. (e) Localização da obra (rua, lote / número de polícia e freguesia). (f) Indicar se se trata de licenciamento ou comunicação prévia (g) Indicação do nome e morada do requerente (h) Discriminar, designadamente, as normas técnicas gerais e específicas de construção, os instrumentos de gestão territorial, o alvará de loteamento ou a informação prévia, quando aplicáveis, bem como justificar fundamentadamente as razões da não observância de normas técnicas e regulamentares nos casos previstos no nº. 5 do Artigo 10º do DL nº. 555/99, na redacção do DL 26/2010 (i) Assinatura reconhecida ou comprovada por funcionário municipal mediante a exibição do bilhete de identidade ou cartão de cidadão

10 TERMO DE RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO PROJECTO DE ( a ) ( b ), portador do B.I. nº., emitido em / /, pelo Arquivo de Identificação de, ou Cartão de Cidadão nº., válido até / / Contribuinte nº., com morada em, Código Postal - -, telefone fax, inscrito na ( c ), com o nº., declara para efeitos do disposto no nº. 1 do artigo 10º do Decreto-Lei nº. 555/99, de 16 de Dezembro, na redacção na redacção do Decreto-Lei nº. 26/2010, de 30 de Março, que o projecto de, de que é autor, relativo à obra de ( d ), localizada em ( e ), na freguesia de, cujo(a) ( f ) foi requerido por ( g ), com morada em observa as normas técnicas gerais e específicas de construção bem como as disposições legais e regulamentares aplicáveis, designadamente ( h ) Mais declara que para efeitos do nº. 8 do artº. 13º. do RJUE assume a responsabilidade pela não emissão de consulta, certificação, aprovação ou parecer por entidade interna ou externa ao Município. Cascais, de de O Técnico, ( i ) Conferi os dados, O funcionário, BI/CC nº., válido até / / (a) (b) (c) (d) (e) (f) (g) (h) (i) Identificação de qual o tipo de operação urbanística, projecto de arquitectura ou de especialidade em questão Nome e habilitação profissional do autor do projecto. Identificar a associação pública de natureza profissional, anexando o original da declaração emitida pela Associação Profissional nos termos do artº. 3º da Portaria nº. 1379/09 Indicar a natureza da operação urbanística a realizar. Localização da obra (rua, lote / número de polícia e freguesia). Indicar se se trata de licenciamento ou comunicação prévia Indicação do nome e morada do requerente Discriminar, designadamente, as normas técnicas gerais e específicas de construção, os instrumentos de gestão territorial, o alvará de loteamento ou a informação prévia, quando aplicáveis, bem como justificar fundamentadamente as razões da não observância de normas técnicas e regulamentares nos casos previstos no nº. 5 do Artigo 10º do DL nº. 555/99, na redacção do DL 26/2010 Assinatura reconhecida ou comprovada por funcionário municipal mediante a exibição do bilhete de identidade ou cartão de cidadão

11 DECLARAÇÃO NOME na qualidade de titular do Processo nº. /, para efeitos do nº. 2 do artº. 13º. B do Dec-Lei nº. 555/99, na redacção do Decreto-Lei nº. 26/2010, de 30 de Março declara que, no âmbito das consultas prévias junto das entidades competentes e relativamente ao projecto de, solicitou o parecer à entidade a seguir identificada, conforme comprovativo cuja cópia se anexa, não tendo a mesma entidade emitido parecer dentro do prazo legal. ENTIDADE: Assim, declara assumir o compromisso de entrega de cópia do projecto aprovado, nessa Câmara Municipal, logo que lhe seja enviado. Cascais, de de O Requerente/Comunicante, Declaração consulta a entidades

12 NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE OPERAÇÕES URBANISTICAS EM FORMATO DIGITAL Para cumprimento da legislação em vigor e considerando as funcionalidades e requisitos técnicos/informáticos necessários à correcta recepção dos processos em formato digital, destinados à realização de operações urbanísticas, formulados através de pedidos de informação prévia, licenciamento, comunicação prévia e autorização de utilização, deverão ser observadas as seguintes especificações: 1. As peças escritas deverão ser entregues em formato PDF, por ser este o formato que garante o arquivo de longa duração de documentos electrónicos. 2. As peças desenhadas deverão ser entregues em formato DWF / DWFx ( este ultimo quando utilizada a assinatura digital ) Caracterização dos ficheiros contendo os projectos: Todos os elementos de um processo / requerimento deverão ser entregues em formato digital e autenticados através de uma assinatura digital qualificada utilizando, por exemplo, o certificado digital do cartão do cidadão; A cada elemento obrigatório na instrução de um processo/requerimento deverá corresponder um ficheiro, com nome/designação que permita identificar inequivocamente o seu conteúdo e que contenha entre 8 e 16 caracteres. Os três primeiros caracteres do nome de cada ficheiro deverão corresponder aos dígitos identificados junto a cada elemento instrutório da lista disponibilizada com os elementos a entregar para cada tipo de procedimento. Caso seja necessária a substituição de elementos no processo, deverá o interessado proceder à entrega de um novo ficheiro actualizado, com a totalidade do elemento a substituir, devendo manter as propriedades do mesmo no que se refere ao formato e nome/designação, sendo que no caso de substituição de peças desenhadas é obrigatório manter a mesma ordem e escala dos desenhos assim como o posicionamento na respectiva folha. Cada documento de um ficheiro não deve ultrapassar 500 KB em média por página e na sua totalidade não deve ultrapassar os 30 MB. Os ficheiros deverão ser apresentados em suporte digital CD/DVD/pen drive e todos os elementos a entregar devem estar gravados numa única directoria para simplificar o processo de leitura. Todas as folhas contidas num ficheiro DWF / DWFx deverão ser criadas com o formato/escala igual ao de impressão. Por exemplo, um desenho que seria impresso em formato A1 deverá passar a DWF / DWFx com o mesmo formato/escala. A unidade utilizada deve ser o metro, com precisão de duas casas decimais. O autor deverá configurar a impressão para que a componente vectorial do ficheiro tenha uma definição (DPI) suficiente para garantir esta precisão (mínimo 150 DPI s). Todas as folhas criadas a partir de aplicações CAD deverão conter uma identificação lógica dos respectivos layers, permitindo o seu controle de visibilidade. Janeiro/2011

13 A elaboração e conteúdo dos ficheiros entregues, contendo texto, peças desenhadas ou outros elementos gráficos ou fotográficos, é da total responsabilidade do técnico autor do projecto de arquitectura/especialidade ou coordenador dos projectos em causa, devendo o responsável anexar ao ficheiro a respectiva declaração de conformidade. Encontra-se totalmente vedada aos serviços da Câmara Municipal e execução de qualquer alteração aos ficheiros entregues, estando assim garantida a autenticidade dos mesmos. Tendo em consideração que os ficheiros apresentados serão introduzidos, no momento da apresentação, nas plataformas informáticas do processo digital, os mesmos apenas poderão ser aceites se cumprirem todas as especificações indicadas, sendo recusados caso não seja aceite a integração dos mesmos nos programas existentes no Município e consequentemente no portal autárquico. A apresentação do processo em formato digital deve cumprir as normas em vigor à data da entrega do processo, as quais se encontram disponíveis no site Internet do Município. Janeiro/2011

Registo nº. DATA: / /

Registo nº. DATA: / / Registo nº. DATA: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais AVERBAMENTO DE NOME EM PROCESSO POR SUBSTITUIÇÃO DO DIRECTOR DE OBRA/DIRECTOR DE FISCALIZAÇÃO DE OBRA/EMPREITEIRO

Leia mais

EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº.

EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº. Registo Nº. DATA / / O funcionário, Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº. IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra maiúscula)

Leia mais

EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº.

EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº. Registo n.º Data / / O Funcionário EMISSÃO DE ADITAMENTO AO ALVARÁ DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Nº. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra

Leia mais

Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais

Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais Registo Nº. DATA / / O funcionário, Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO PROCESSO DE LOTEAMENTO Nº. / Identificação do Requerente (Preencher com

Leia mais

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS Registo n.º Data / / O Funcionário EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais

Leia mais

LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA

LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA Registo nº. Data: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação

Leia mais

EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE DEMOLIÇÃO, ESCAVAÇÃO E CONTENÇÃO PERIFÉRICA

EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE DEMOLIÇÃO, ESCAVAÇÃO E CONTENÇÃO PERIFÉRICA Registo n.º Data / / O Funcionário EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE DEMOLIÇÃO, ESCAVAÇÃO E CONTENÇÃO PERIFÉRICA Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com

Leia mais

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS Registo Nº. DATA / / O funcionário, Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS

Leia mais

LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA

LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA Registo n.º Data / / O Funcionário LICENÇA PARCIAL PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação

Leia mais

ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO

ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Registo n.º Data / / O Funcionário ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação Domicílio/Sede

Leia mais

Nome: Contribuinte n.º, B. I./ C.C. n.º Morada: Freguesia: Concelho: Código Postal - Telefone, Correio

Nome: Contribuinte n.º, B. I./ C.C. n.º Morada: Freguesia: Concelho: Código Postal - Telefone, Correio MUNICÍPIO DE MÊDA Setor de Serviços Urbanos Despacho: Deferido Data / / O Presidente, Entrada: N.º de Registo Data / / O Funcionário: Pedido de Autorização de Utilização (Edifícios e suas Fracções) Ex.

Leia mais

COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO

COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO Documentos instrutórios (preenchimento obrigatório) Pág. 0. Requerimento... a Acompanhado de cópia do documento de identificação do requerente 1. Documento comprovativo

Leia mais

Processo N.º / / CML REQUERENTE

Processo N.º / / CML REQUERENTE Espaço reservado aos serviços do Município EXMO. SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE LAMEGO PROJECTOS DE ESPECIALIDADES Processo N.º / / CML REQUERENTE Nome Morada Freguesia N.º Identificação Fiscal

Leia mais

ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO

ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Registo nº. Data: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Identificação do Requerente (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação Domicílio/Sede

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO

AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Registo nº. Data: / / O Funcionário Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Identificação do Requerente (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação Domicílio/Sede

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Projetos de especialidades, nos termos do n.º 16, Portaria n.º 113/2015, de 22/04 16-a) 16-b) 16-c) 16-d) 16-e) 16-f)

Leia mais

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA Registo de entrada RE SERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA (Art.º 63 do D.L. 555/99 de 16 de Dezembro, com a redacção conferida pelo D.L. 177/2001

Leia mais

Licenciamento de Obras de Edificação Alterações ao projecto licenciado durante a execução da obra que envolvam alterações da implantação ou ampliação

Licenciamento de Obras de Edificação Alterações ao projecto licenciado durante a execução da obra que envolvam alterações da implantação ou ampliação Requerimento Licenciamento de Obras de Edificação Alterações ao projecto licenciado durante a execução da obra que envolvam alterações da implantação ou ampliação Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO (ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS)

PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO (ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS) Registo de entrada RESERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO (ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS) (RJUE e D.L. 234/2007

Leia mais

REQUERIMENTO PARA PEDIDO/APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA / LICENCIAMENTO DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO

REQUERIMENTO PARA PEDIDO/APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA / LICENCIAMENTO DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de VILA VIÇOSA REQUERIMENTO PARA PEDIDO/APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA / LICENCIAMENTO DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO N.º DE CONTRIBUINTE NOME (1) MORADA / SEDE

Leia mais

N.º Identificação Civil. Válido até - - Código da Certidão Comercial Permanente

N.º Identificação Civil. Válido até - - Código da Certidão Comercial Permanente EXMO. SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE AROUCA PROJETOS DE ESPECIALIDADES Processo Nº REQUERENTE Nome Morada Freguesia Código Postal Fiscal Civil Válido até Código da Certidão Comercial Permanente

Leia mais

REQUERENTE REPRESENTANTE. Qualidade de: Mandatário Sócio Gerente Administrador Procurador Outra: OBJETO DO REQUERIMENTO

REQUERENTE REPRESENTANTE. Qualidade de: Mandatário Sócio Gerente Administrador Procurador Outra: OBJETO DO REQUERIMENTO R e g i s t o d e E n t r a d a APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS DE ESPECIALIDADES Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Penafiel Nome: Morada: Código Postal: REQUERENTE Documento de Identificação: BI

Leia mais

Exmo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis

Exmo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis Registo nº Exmo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis Em / / O Funcionário ASSUNTO: COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OPERAÇÃO URBANÍSTICA DE: OBRAS DE EDIFICAÇÃO OBRAS DE DEMOLIÇÃO OUTRAS OPERAÇÕES

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Edificação. Requerimento e legitimidade do requerente

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Edificação. Requerimento e legitimidade do requerente Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Edificação NIP 03.00 Requerimento e legitimidade do requerente Formato Nome do Ficheiro pdf REQ Requerimento referente ao licenciamento de

Leia mais

PROJETOS DE ESPECIALIDADES. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PROJETOS DE ESPECIALIDADES. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 202/2 PROJETOS DE ESPECIALIDADES Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente), Contribuinte (pessoa singular

Leia mais

Orientações para Instrução dos Processos

Orientações para Instrução dos Processos CÂMARA MUNICIPAL DE PENAFIEL D I V I S Ã O D E G E S T Ã O U R B A N Í S T I C A Tramitação Digital dos Requerimentos e Processos de Urbanismo Orientações para Instrução dos Processos Dando cumprimento

Leia mais

Data de Receção: (2), Pede deferimento, O Comunicante, Para efeito de correspondência (3)

Data de Receção: (2), Pede deferimento, O Comunicante, Para efeito de correspondência (3) Requerimento Comunicação Prévia de Alterações à Comunicação Prévia admitida ao projeto durante a execução da obra Envolvendo alteração da implantação ou ampliação Processo n.º: Data de Receção: Requerimento

Leia mais

Município de Santarém CÂMARA MUNICIPAL

Município de Santarém CÂMARA MUNICIPAL Ex.mo Sr. Presidente da Câmara, Nome A U T O R I Z A Ç Ã O / A L T E R A Ç Ã O D E U T I L I Z A Ç Ã O n.º 5 do art.º 4 do decreto-lei n.º 555/99 de 16/12, na sua atual redação contribuinte n.º, documento

Leia mais

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios.

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. O que é preciso? Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Elementos Instrutórios para formalização do pedido: 01.Documentos

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Pedido de Autorização de Utilização. Requerimento e legitimidade do requerente

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Pedido de Autorização de Utilização. Requerimento e legitimidade do requerente Norma de Instrução de Processo (NIP) Pedido de Autorização de Utilização NIP 19.00 Data: 25.01.2016 Requerimento e legitimidade do requerente Formato Nome do Ficheiro REQ.1 Requerimento referente ao pedido

Leia mais

Submissão eletrónica do pedido no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios.

Submissão eletrónica do pedido no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. O que preciso? Submissão eletrónica do pedido no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Elementos Instrutórios para formalização do pedido: 01.Documentos de Identificação

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES

APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES 1/8 APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA DAS ESPECIALIDADES Despacho: Espaço reservado aos serviços Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra (nome

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Rev.: 01 Licenciamento de Trabalhos de Remodelação de Terrenos Data:

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Rev.: 01 Licenciamento de Trabalhos de Remodelação de Terrenos Data: NIP 03.03 Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Trabalhos de Remodelação de Terrenos Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente Formato Nome do REQ Requerimento referente

Leia mais

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios.

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Urb1007. Obras de Remodelação de Terrenos O que é preciso? Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Elementos Instrutórios

Leia mais

Autoriza o envio de notificações, no decorrer deste processo, para o endereço eletrónico indicado

Autoriza o envio de notificações, no decorrer deste processo, para o endereço eletrónico indicado ALTERAÇÃO AO LICENCIAMENTO IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE *Nome *Morada Freguesia *Código postal *N.º Identificação Fiscal Válido até: B.I. / C.C Código da Certidão Comercial Permanente Telefone Telemóvel

Leia mais

Requerimento. sujeitas a licenciamento

Requerimento. sujeitas a licenciamento Requerimento Comunicação Prévia para alterações ao projecto Licenciado ou com Admissão de Comunicação Prévia durante a execução da obra Alterações que se fossem obra nova estariam sujeitas a licenciamento

Leia mais

Autoriza o envio de notificações, no decorrer deste processo, para o endereço eletrónico indicado

Autoriza o envio de notificações, no decorrer deste processo, para o endereço eletrónico indicado LICENCIAMENTO IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE *Nome *Morada Freguesia *Código postal *N.º Identificação Fiscal Válido até: B.I. / C.C Código da Certidão Comercial Permanente Telefone Telemóvel Fax E-mail Autoriza

Leia mais

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios.

Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. O que é preciso? Submissão eletrónica da comunicação no balcão único, preenchendo o respetivo formulário com os elementos instrutórios. Elementos Instrutórios para formalização do pedido: 01.Documentos

Leia mais

BALCÃO ÚNICO MUNICIPAL

BALCÃO ÚNICO MUNICIPAL BALCÃO ÚNICO MUNICIPAL URBANISMO APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS DE ESPECIALIDADES Apresentação dos projetos de especialidades e outros estudos m Livro: Reg. Ent. n.º: Processo n.º: Ex.mo Senhor Presidente da

Leia mais

PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO PARA ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS

PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO PARA ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS Registo de entrada RE SERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO OU DE AUTORIZAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO PARA ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO OU DE BEBIDAS (n.º 2 do art.

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES NIP 22.03 Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Trabalhos de Remodelação de Terrenos Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente REQ Requerimento referente à comunicação

Leia mais

ALTERAÇÃO AO ALVARÁ DE LICENÇA DE LOTEAMENTO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

ALTERAÇÃO AO ALVARÁ DE LICENÇA DE LOTEAMENTO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 211/2 ALTERAÇÃO AO ALVARÁ DE LICENÇA DE LOTEAMENTO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Informação Prévia), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de 22/04 1) 2) 3) 4) 5) 6) Certidão da descrição e de todas

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Informação Prévia), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de 22/04

Leia mais

Município de Viana do Alentejo

Município de Viana do Alentejo Assinar PDFs e Outras informações uteis 1 - Como Criar PDF/A Para criar um PDF a partir de um ficheiro de texto ou excel pode guardar o ficheiro em formato PDF. Em outras situações pode-se descarregar

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Obras de Edificação

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Obras de Edificação Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Obras de Edificação NIP 22.00 Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente Formato Nome do REQ Requerimento referente à comunicação

Leia mais

Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Vila do Porto

Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Vila do Porto Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Vila do Porto APRESENTAR OS PROJETOS DE ESPECIALIDADES E OUTROS ESTUDOS (previstos no nº 16º da Portaria nº 113/2015, de 22 de abril e legislação específica)

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MEALHADA NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE OPERAÇÕES URBANISTICAS EM FORMATO DIGITAL 1.

CÂMARA MUNICIPAL DE MEALHADA NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE OPERAÇÕES URBANISTICAS EM FORMATO DIGITAL 1. NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE OPERAÇÕES URBANISTICAS EM FORMATO DIGITAL 1. ORGANIZAÇÃO O exemplar em formato digital dos pedidos de operações urbanísticas, formulados através de pedidos

Leia mais

Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Requerimento n.º Processo de Obras n.º (quadro a preencher pelos serviços) (n.º 4 do artigo 4º do D.L.555/99 de 16 de Dezembro) Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Identificação

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Demolição. Requerimento e legitimidade do requerente

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Demolição. Requerimento e legitimidade do requerente Norma de Instrução de Processo (NIP) Licenciamento de Obras de Demolição NIP 03.01 Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente REQ Requerimento referente ao licenciamento de obras de demolição

Leia mais

LICENCIAMENTO PROJETOS DE ENGENHARIA DE ESPECIALIDADES

LICENCIAMENTO PROJETOS DE ENGENHARIA DE ESPECIALIDADES LICENCIAMENTO PROJETOS DE ENGENHARIA DE ESPECIALIDADES IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE *Nome *Morada Freguesia *Código postal *N.º Identificação Fiscal Válido até: B.I. / C.C Código da Certidão Comercial Permanente

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Licença), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de 22/04 1) 2)

Leia mais

Nome do requerente. Residência/Sede. BI / Cartão de Cidadão n.º Emitido em / / Válido até / / Telefone n.º Fax n.º

Nome do requerente. Residência/Sede. BI / Cartão de Cidadão n.º Emitido em / / Válido até / / Telefone n.º Fax n.º Divisão de Estudos, Planeamento e Urbanismo 009 REQUERIMENTO PARA: Pedido de Licenciamento de Obras de Urbanização Município do Sabugal Câmara Municipal Gestor do Procedimento: Apreciação: Exmo. Senhor

Leia mais

Licenciamento Fase de Especialidades

Licenciamento Fase de Especialidades Objeto do Requerimento Identificação do Prédio Identificação do Requerente Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Licenciamento Fase de Especialidades Nome: Morada: Código Postal: - Freguesia:

Leia mais

Venho por este meio solicitar a V. Ex.ª que se digne aprovar o respetivo projeto de arquitetura que se apresenta, em anexo.

Venho por este meio solicitar a V. Ex.ª que se digne aprovar o respetivo projeto de arquitetura que se apresenta, em anexo. Requerimento Licenciamento de Obras de Edificação Processo n.º: Data de Receção: Requerimento n.º: Recebido Por: Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima Identificação do Titular Página

Leia mais

NORMA TÉCNICA ELEMENTOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDOS DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO

NORMA TÉCNICA ELEMENTOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDOS DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO NORMA TÉCNICA ELEMENTOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDOS DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO Pasta REQUERIMENTO Ficheiro REQ, em formato PDF/A, assinado e digitalizado após assinatura do requerente Requerimento;

Leia mais

Divisão de Obras Particulares e Planeamento Urbanístico

Divisão de Obras Particulares e Planeamento Urbanístico Licenciamento Simplificado de Instalações de Armazenamento de Produtos de Petróleo e de Postos de Abastecimento de Combustíveis Classes A1 A2 A3 Exmº Senhor Presidente da Câmara Municipal do Bombarral

Leia mais

PEDIDO DE CERTIDÃO DE URBANISMO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PEDIDO DE CERTIDÃO DE URBANISMO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 228/2 PEDIDO DE CERTIDÃO DE URBANISMO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa

Leia mais

EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 218/2 EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa singular

Leia mais

LICENÇA OBRAS DE URBANIZAÇÃO Req

LICENÇA OBRAS DE URBANIZAÇÃO Req Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Montijo LICENÇA OBRAS DE URBANIZAÇÃO Req. 01.02.02 IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE N.º DE CONTRIBUINTE NOME COMPLETO MORADA / SEDE CÓDIGO POSTAL FREGUESIA TELEF./TELEM.

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Comunicação Prévia), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de

Leia mais

Licenciamento de Obras Particulares Fase de Especialidades

Licenciamento de Obras Particulares Fase de Especialidades Exm. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Licenciamento de Obras Particulares Fase de Especialidades Mais do que um requerente? Não Sim (em caso afirmativo preencher Anexo A) Identificação

Leia mais

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Rev.: 01 Comunicação Prévia de Outras Operações Urbanísticas Data:

DIVISÃO DE OBRAS PARTICULARES. Norma de Instrução de Processo (NIP) Rev.: 01 Comunicação Prévia de Outras Operações Urbanísticas Data: NIP 22.02 Norma de Instrução de Processo (NIP) Comunicação Prévia de Outras Operações Urbanísticas Data: 12.07.2016 Requerimento e legitimidade do requerente REQ Requerimento referente à comunicação prévia

Leia mais

Câmara Municipal. Município de Alenquer. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer,

Câmara Municipal. Município de Alenquer. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer, Departamento de Urbanismo Município de Alenquer Câmara Municipal REGISTO DE ENTRADA Nº Em / / Proc. N.º / / O Func. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer, EMISSÃO DE ALVARÁ DE OBRAS DE

Leia mais

Pretendendo levar a efeito alterações ao processo de obras n.º: /, no prédio de que sou sito no lugar de obra de

Pretendendo levar a efeito alterações ao processo de obras n.º: /, no prédio de que sou sito no lugar de obra de Requerimento Licenciamento de Obras de Edificação Alterações ao projeto licenciado durante a execução da obra que envolvam alterações da implantação ou ampliação, a que se refere o Art.º 83º do RJUE Processo

Leia mais

Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Requerimento n.º Processo de Obras n.º (quadro a preencher pelos serviços) (Alíneas c) a g) do n.º 1 do artigo 6º do D.L.555/99 de 16 de Dezembro) Ex.mo(a) Sr.(a) Presidente da Câmara Municipal de Vila

Leia mais

PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE ALTERAÇÃO DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE LOTEAMENTO

PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE ALTERAÇÃO DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE LOTEAMENTO Registo de entrada RESERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE ALTERAÇÃO DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE LOTEAMENTO ( Art.º27º e Art.º 33º do D.L. 555/99 de 16 de Dezembro, com a redacção conferida pelo

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 207/2 ALTERAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO não precedido de operação urbanística sujeita a controlo prévio Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 216/2 PRORROGAÇÃO DE PRAZO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa singular

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 209/2 PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE OBRAS URBANIZAÇÃO APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO. Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara

Leia mais

REQUERENTE REPRESENTANTE. Qualidade de: Mandatário Sócio Gerente Administrador Procurador Outra: OBJETO DO REQUERIMENTO

REQUERENTE REPRESENTANTE. Qualidade de: Mandatário Sócio Gerente Administrador Procurador Outra: OBJETO DO REQUERIMENTO R e g i s t o d e E n t r a d a L I C E N C I A M E N T O D E O B R A S D E U R B A N I Z A Ç Ã O Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Penafiel REQUERENTE Nome: NIF: Morada: Código Postal: Documento

Leia mais

AUTORIZAÇÃO / ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE EDIFÍCIO OU FRAÇÃO SEM REALIZAÇÃO DE OBRAS OU APÓS OBRAS ISENTAS

AUTORIZAÇÃO / ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE EDIFÍCIO OU FRAÇÃO SEM REALIZAÇÃO DE OBRAS OU APÓS OBRAS ISENTAS AUTORIZAÇÃO / ALTERAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE EDIFÍCIO OU FRAÇÃO SEM REALIZAÇÃO DE OBRAS OU APÓS OBRAS ISENTAS Documentos a entregar 1. Requerimento 2. Cópia do documento de identificação do requerente 3. Cópia

Leia mais

M U N I C I P I O de V I E I R A D O M I N H O Divisão de Urbanismo e Obras Municipais Serviços de Planeamento Urbanístico e Obras Particulares

M U N I C I P I O de V I E I R A D O M I N H O Divisão de Urbanismo e Obras Municipais Serviços de Planeamento Urbanístico e Obras Particulares Reg. N.º Em / / Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho IDENTIFICAÇÂO DO REQUERENTE Nome: BI/Cartão de Cidadão: Arquivo: Validade: / / N.º de Identificação Fiscal: Morada: Freguesia:

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Licença), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de 22/04 1) 2) 3) 4) 5) 6) Certidão da descrição e de todas as inscrições

Leia mais

Outro (especificar) Em relação à totalidade do imóvel constante do processo nº /, (escolha opção):

Outro (especificar) Em relação à totalidade do imóvel constante do processo nº /, (escolha opção): 1/7 REQUERIMENTO PARA: Despacho: Espaço reservado aos serviços PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE EDIFÍCIOS OU FRAÇÕES Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

A. Identificação do Requerente. B. Pretensão

A. Identificação do Requerente. B. Pretensão Registo de Entrada: Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez Pedido de Licenciamento de Obras de Urbanização (Nº 2 e nº 3 do artigo 4º do D.L. 555/99, de 16 de Dezembro, com as

Leia mais

PEDIDO DE OBRAS DE DEMOLIÇÃO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PEDIDO DE OBRAS DE DEMOLIÇÃO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 203/2 PEDIDO DE OBRAS DE DEMOLIÇÃO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa

Leia mais

NORMA TÉCNICA. ELEMENTOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDOS DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO (Projetos de Especialidades e outros estudos)

NORMA TÉCNICA. ELEMENTOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDOS DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO (Projetos de Especialidades e outros estudos) NORMA TÉCNICA ELEMENTOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDOS DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO (Projetos de Especialidades e outros estudos) Pasta REQUERIMENTO Ficheiro REQ, em formato PDF/A, assinado e digitalizado

Leia mais

Normas de instrução de processos em formato digital

Normas de instrução de processos em formato digital Normas de instrução de processos em formato digital 1. Formato e caraterização dos ficheiros a apresentar 2. Projeto de arquitetura 3. Projeto de especialidades 4. Levantamento Topográficos e Plantas de

Leia mais

PEDIDO DE INFORMAÇÃO PRÉVIA. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PEDIDO DE INFORMAÇÃO PRÉVIA. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 220/2 PEDIDO DE INFORMAÇÃO PRÉVIA Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória (nome do requerente ), Contribuinte (pessoa singular

Leia mais

NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS EM FORMATO DIGITAL

NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS EM FORMATO DIGITAL NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS EM FORMATO DIGITAL Para cumprimento da legislação em vigor e considerando as funcionalidades e requisitos técnicos/informáticos necessários

Leia mais

Autorização de Utilização

Autorização de Utilização Observações Antecedentes Objeto do Requerimento Identificação do Prédio Identificação do Requerente Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Autorização de Utilização Nome: Morada: Código

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO

AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Registo n.º Data / / O Funcionário AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher com letra maiúscula) Nome/Designação Domicílio/Sede

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho REGULAMENTO MUNICIPAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROCESSOS DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS EM FORMATO DIGITAL Nota Justificativa No seguimento da implementação do Sistema Informático próprio previsto no Artigo 8º

Leia mais

Artigo 1.º Informação prévia referente a operações de loteamento

Artigo 1.º Informação prévia referente a operações de loteamento A leitura deste documento, que transcreve o conteúdo da Portaria n.º 1110/2001, de 19 de Setembro, não substitui a consulta da sua publicação em Diário da República. Portaria n.º 1110/2001 de 19 de Setembro

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 208/2 PEDIDO DE LICENCIAMENTO OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OPERAÇÕES DE LOTEAMENTO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

Leia mais

1 de 6 11-06-2009 19:23 Portaria n.º 216-E/2008, de 3 de Março Enuncia todos os elementos que devem instruir os pedidos de emissão dos alvarás de licença ou autorização de utilização das diversas operações

Leia mais

M U N I C I P I O de V I E I R A D O M I N H O Divisão de Urbanismo e Obras Municipais Serviços de Planeamento Urbanístico e Obras Particulares

M U N I C I P I O de V I E I R A D O M I N H O Divisão de Urbanismo e Obras Municipais Serviços de Planeamento Urbanístico e Obras Particulares Reg. N.º Em / / Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE Nome: BI/Cartão de Cidadão: Arquivo: Validade: / / N.º de Identificação Fiscal: Morada: Freguesia:

Leia mais

Licenciamento Alteração de Alvará Comunicação Prévia

Licenciamento Alteração de Alvará Comunicação Prévia EXMO. SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE MARCO DE CANAVESES OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO Licenciamento Alteração de Alvará Comunicação Prévia REQUERENTE Nome Morada Freguesia N.º Identificação Fiscal Código

Leia mais

Autorização de Utilização

Autorização de Utilização Exm. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Autorização de Utilização Nome: Identificação do Requerente Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax: Na qualidade de: Proprietário Usufrutuário

Leia mais

Certidão. Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax:

Certidão. Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel: Fax: Antecedentes Objeto do Requerimento Identificação do Prédio Identificação do Requerente Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Grândola Certidão Nome: Código Postal: - Freguesia: Telefone: Telemóvel:

Leia mais

REQUERIMENTO PEDIDO DE RENOVAÇÃO LICENÇA OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA

REQUERIMENTO PEDIDO DE RENOVAÇÃO LICENÇA OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA nº reg.: data: proc. n.º: pago pela guia: REQUERIMENTO PEDIDO DE RENOVAÇÃO LICENÇA OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Penela Identificação do Requerente Nome / Designação

Leia mais

DESIGNAÇÃO DE FICHEIROS Operação Urbanística Licenciamento de Obras de Edificação(com e sem especialidades)

DESIGNAÇÃO DE FICHEIROS Operação Urbanística Licenciamento de Obras de Edificação(com e sem especialidades) DESIGNAÇÃO DE FICHEIROS Operação Urbanística Licenciamento de Obras de Edificação(com e sem especialidades) Pasta Sub-pastas Nome do Ficheiro Conteúdo/ Descrição Formato GERAIS GER_Legitimidade_v1.pdf

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE OBJETO DO PEDIDO ENQUADRAMENTO NOS INSTRUMENTOS DE GESTÃO TERRITORIAL ANTECEDENTES DO PROCESSO

IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE OBJETO DO PEDIDO ENQUADRAMENTO NOS INSTRUMENTOS DE GESTÃO TERRITORIAL ANTECEDENTES DO PROCESSO COMUNICAÇÃO PRÉVIA OBRAS DE EDIFICAÇÃO (Proc.º /.) EXMO. SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOUTIM REGISTO DE ENTRADA Registo nº Proc. Nº: Data: / / Registado por: DESPACHO Deferido / / 20 P/ delegação

Leia mais

Nomenclatura dos Ficheiros Digitais para Instrução de Processos Urbanísticos 1/5

Nomenclatura dos Ficheiros Digitais para Instrução de Processos Urbanísticos 1/5 Nomenclatura dos Ficheiros Digitais para Instrução de Processos Urbanísticos 1/5 Documentos de Identificação e Legitimidade Requerimento Documentos de Identificação Bilhete de Identidade Cartão Cidadão

Leia mais

2ª Alteração NORMAS TÉCNICAS PARAA APRESENTAÇÃO DE PROJECTOS / ELEMENTOS EM FORMATO DIGITAL

2ª Alteração NORMAS TÉCNICAS PARAA APRESENTAÇÃO DE PROJECTOS / ELEMENTOS EM FORMATO DIGITAL PROJECTOS / ELEMENTOS EM DIGITAL 2ª Alteração NORMAS TÉCNICAS PARAA APRESENTAÇÃO DE PROJECTOS / ELEMENTOS EM DIGITAL 1. Todos os elementos instrutórios de um processo/requerimento devem ser entregues em

Leia mais

PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória

PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO. Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Praia da Vitória REQUERIMENTO: CMPV 200/2 PEDIDO DE LICENCIAMENTO DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO Número de Processo / / Data de Entrada / / Exmº Sr. Presidente da Câmara

Leia mais