Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES"

Transcrição

1 Políticas e Práticas de Comunicação e Saúde Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno de Questões contendo o enunciado das 2 (duas) questões da prova discursiva. b) 1 (um) Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva, onde você deverá transcrever a resposta de cada uma das questões da prova discursiva no lugar apropriado, usando tinta azul ou preta. 2. Somente após autorizado o início da prova, verifique se este Caderno de Questões está completo e em ordem. Notifique ao fiscal qualquer irregularidade IMEDIATAMENTE. Folhear o Caderno de Questões antes do início da prova implica na eliminação do candidato. 3. Tenha muito cuidado com o Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva para não DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR. 4. Cada uma das questões discursivas deverá ter como resposta um mínimo de 50 e um máximo de 120 linhas. 5. O caderno de texto definitivo da prova discursiva não poderá ser assinado, rubricado e/ou conter qualquer palavra e/ou marca que o identifique, sob pena de ser anulado. Assim, a detecção de qualquer marca identificadora no espaço destinado à transcrição dos textos definitivos acarretará nota ZERO na respectiva prova discursiva. 6. Não deixe de transcrever a resposta das questões da prova discursiva para os Cadernos de Texto Definitivo da Prova Discursiva, único documento válido para a correção das questões (o rascunho não será considerado). 7. O tempo de duração das provas será de 4 (quatro) horas, incluindo o tempo para o preenchimento do Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva. Nenhum rascunho SERÁ LEVADO EM CONTA. 8 Quando terminar, entregue ao fiscal o Caderno de Questões e o Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva. ASSINE OBRIGATORIAMENTE A LISTA DE PRESENÇA.

2 Questão 01 Se o modelo informacional foi e ainda é praticado em grande parte pelos formuladores de políticas comunicacionais no campo da saúde, apesar de sua clara limitação, em que caminhos de reflexão devemos avançar para uma superação crítica deste paradigma? Para o desenvolvimento do tema, desenvolva ao menos cinco parágrafos abordando o que se propõe nos itens abaixo: 1. A importância da comunicação para as práticas e políticas públicas da saúde. 2. Os atores sociais a serem considerados na formulação de estratégias comunicacionais. 3. A heterogeneidade da produção e circulação de sentidos em torno da saúde, do corpo e da doença. 4. Os dispositivos de mediação a serem levados em consideração no campo da Comunicação e Saúde. 5. A ponderação entre necessidade do incremento de uma cultura preventiva e os cuidados ante a possibilidade de agendamento dos riscos. Questão 02 Leia com atenção o trecho abaixo: A palavra comunicação aparece com alguma frequência no relatório final da 14ª Conferência Nacional de Saúde, evento realizado em É na diretriz 02 (gestão participativa e controle social sobre o estado: ampliar e consolidar o modelo democrático de governo do SUS), que a comunicação será tomada mais explicitamente como um instrumento efetivo de estímulo à participação democrática no SUS: Divulgar pelos meios de comunicação, inclusive mídia eletrônica e digital e rádios comunitárias, o papel dos conselheiros, das conferências e dos conselhos de saúde (distritais, locais e gestores) e sua importância como órgão deliberativo do SUS, bem como os cronogramas e pautas de suas reuniões ordinárias, destacando as políticas e as diretrizes de atuação do SUS. Divulgar esses conteúdos também por meio de cartazes afixados nas unidades de saúde e outros espaços públicos apropriados, como escolas e templos, dentre outros, folhetos e outros veículos, contribuindo para divulgar direitos e deveres dos usuários do SUS e estimular, organizar e mobilizar a população a participar e exercer sua cidadania (...). [grifos nossos] Considerando o princípio a constitucional do SUS que diz respeito à Participação ou Controle Social (artigo 198, inciso III da Carta Magna), em que as novas redes de comunicação e tecnologias de informação podem contribuir para sua efetivação? Para o desenvolvimento do tema, desenvolva ao menos cinco parágrafos abordando o que se propõe nos itens abaixo: 1. Os conselhos e a construção/reconstrução da imagem pública do SUS na atualidade. 2. Cenários e perspectivas de políticas de comunicação para o SUS, a partir de deslocamentos na relação de forças entre novos modos de expressão e produção de conteúdos e as mídias tradicionais. 3. Novas sociabilidades em rede e seus efeitos sobre a relação do usuário com o sistema. 4. Dificuldades e/ou oportunidades para o estímulo e a mobilização da população para que ela participe do SUS, no contexto de uma sociedade em rede. 5. Comunicação, Tecnologias de Informação e conhecimento do Sistema Único de Saúde. 2

3 Rascunho da Questão 01 3

4 Rascunho da Questão 01 4

5 Rascunho da Questão 01 5

6 Rascunho da Questão 01 6

7 Rascunho da Questão 02 7

8 Rascunho da Questão 02 8

9 Rascunho da Questão 02 9

10 Rascunho da Questão 02 10

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES Avaliação e monitoramento de atenção básica na Amazônia Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno de Questões contendo o enunciado

Leia mais

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES Otimização e modelagem a partir de dados em ambientes computacionais de alto desempenho Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno

Leia mais

Especialista em C&T Produção e Inovação em Saúde Pública. Prova Discursiva INSTRUÇÕES

Especialista em C&T Produção e Inovação em Saúde Pública. Prova Discursiva INSTRUÇÕES Processos midiáticos e políticas públicas Especialista em C&T Produção e Inovação em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno de Questões

Leia mais

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES Bioinformática Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno de Questões contendo o enunciado das 2 (duas) questões da prova discursiva.

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 2014 PROVA TIPO 1 Cargo de Nível Médio: Código: 03 REVISOR DE TEXTO EM BRAILLE 2014 Universidade Federal de Alagoas (Edital nº 025/2014)

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 2014 PROVA TIPO 1 Cargo de Nível Médio: Código: 19 ASSISTENTE DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROVA PRÁTICA 2014 Universidade Federal

Leia mais

Caderno de Prova AE06. Revisor de Braille. prova dissertativa. Auxiliar de Ensino de

Caderno de Prova AE06. Revisor de Braille. prova dissertativa. Auxiliar de Ensino de Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Edital n o 001/2009 Caderno de Prova prova dissertativa AE06 Auxiliar de Ensino de Revisor de Braille Dia: 8 de novembro de 2009 Horário:

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 2014 PROVA TIPO 1 Cargo de Nível Médio: Código: 17 TÉCNICO EM AUDIOVISUAL 2014 Universidade Federal de Alagoas (Edital nº 025/2014)

Leia mais

003. segunda prova escrita. juiz de direito substituto. (segunda etapa sentença cível) Concurso Público TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ

003. segunda prova escrita. juiz de direito substituto. (segunda etapa sentença cível) Concurso Público TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ Concurso Público 003. segunda prova escrita (segunda etapa sentença cível) Assinatura do Candidato juiz de direito substituto Você recebeu este caderno contendo um

Leia mais

Caderno de Prova PR13. Inglês. prova dissertativa. Professor de. Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação

Caderno de Prova PR13. Inglês. prova dissertativa. Professor de. Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Edital n o 001/2009 Caderno de Prova prova dissertativa PR13 Professor de Inglês Dia: 8 de novembro de 2009 Horário: das 8 às 11 h

Leia mais

AGENTE DE FISCALIZAÇÃO - ESPECIALIDADE - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prova Discursiva

AGENTE DE FISCALIZAÇÃO - ESPECIALIDADE - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prova Discursiva Tribunal de Contas do Município de São Paulo 71 Concurso Público 2015 TARDE Nível Superior AGENTE DE FISCALIZAÇÃO - ESPECIALIDADE - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prova Discursiva Além deste caderno de prova,

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 204 PROVA TIPO Cargo de Nível Médio: Código: 5 TÉCNICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 204 Universidade Federal de Alagoas (Edital nº

Leia mais

EDITAL 144/2014 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS

EDITAL 144/2014 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA MINAS GERAIS CAMPUS SANTA LUZIA EDITAL 144/2014 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE 10 EDITAL N o 02/2011 (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das

Leia mais

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES Biologia computacional Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno de Questões contendo o enunciado das 2 (duas) questões da

Leia mais

AUXILIAR EM ADMINISTRAÇÃO

AUXILIAR EM ADMINISTRAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E RECURSOS HUMANOS CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO

Leia mais

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO - Gabarito

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO - Gabarito PROAC / COSEAC UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2008 e 1 o semestre letivo de 2009 CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO - Gabarito INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Verifique

Leia mais

003. primeira prova escrita

003. primeira prova escrita N.º Código Rubrica do Presidente Cad Q 2 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 184. o Concurso de Provas e Títulos para Ingresso na Magistratura 003. primeira prova escrita Caderno

Leia mais

ALTERAÇÃO 01. PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS CNPQ E SEBRAE nº 06/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO

ALTERAÇÃO 01. PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS CNPQ E SEBRAE nº 06/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO ALTERAÇÃO 01 PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS CNPQ E SEBRAE nº 06/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO SERVIÇO DE APOIO AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPEP COORDENADORIA INSTITUCIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CIED

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPEP COORDENADORIA INSTITUCIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CIED UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPEP COORDENADORIA INSTITUCIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CIED PROCESSO SELETIVO DE TUTORES 2012 PROVA TIPO 2 Tutor do Curso

Leia mais

ELABORAR UMA SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO A LCIF PDG MANOEL MESSIAS MELLO DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL

ELABORAR UMA SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO A LCIF PDG MANOEL MESSIAS MELLO DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL ELABORAR UMA SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO A LCIF PDG MANOEL MESSIAS MELLO DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL CAPA DO FORMULÁRIO SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO NOME: DISTRITO LC-5 SÃO PAULO - BRASIL INSTRUÇÕES

Leia mais

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO - Gabarito

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO - Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2010 e 1 o semestre letivo de 2011 CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO - Gabarito? Verifique se este caderno contém: INSTRUÇÕES AO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. ALBERTO ANTUNES CONCURSO PÚBLICO FEDERAL INSTRUÇÕES GERAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. ALBERTO ANTUNES CONCURSO PÚBLICO FEDERAL INSTRUÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. ALBERTO ANTUNES CONCURSO PÚBLICO FEDERAL Cargo (Nível Médio/Técnico): Técnico de Laboratório / TOPOGRAFIA PROVA PRÁTICA UFAL-HUPAA/2012 CADERNO

Leia mais

Lágrimas não são argumentos.

Lágrimas não são argumentos. FUNDAÇÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL DO PODER EXECUTIVO FUNPRESP-EXE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR

Leia mais

Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes REGULAMENTO DE RECUPERAÇÃO DE MÓDULOS EM ATRASO

Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes REGULAMENTO DE RECUPERAÇÃO DE MÓDULOS EM ATRASO Página 1 de 9 Objeto, âmbito e destinatários 1. O presente regulamento estabelece o regime geral de realização das provas de recuperação a realizar em época extraordinária para conclusão de módulos em

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. FORMAÇÃO: ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE (2 a FASE)

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. FORMAÇÃO: ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE (2 a FASE) 02 TARDE SETEMBRO / 2010 FORMAÇÃO: ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE (2 a FASE) LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este Caderno, com o enunciado das

Leia mais

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial NOME DO CURSO: O Ensino de Língua Portuguesa como segunda língua para estudantes surdos e/ou com deficiência auditiva Nível: Especialização Modalidade: Presencial Parte 1 Código / Área Temática Código

Leia mais

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES Assistência Farmacêutica Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno de Questões contendo o enunciado das 2 (duas) questões da

Leia mais

Responda às questões de 37 a 39 de acordo com o Caderno de Atenção Básica, nº 17, que trata da reorganização das ações de saúde bucal na atenção primária. Responda às questões de 47 a 50, de acordo com

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE LONDRINA MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR SOCIAL. www.inesul.edu.br ADMINISTRAÇÃO

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE LONDRINA MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR SOCIAL. www.inesul.edu.br ADMINISTRAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE LONDRINA MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR SOCIAL www.inesul.edu.br ADMINISTRAÇÃO Direção Geral: Vergínia Aparecida Mariani INESUL Londrina Diretora Acadêmica: Márcia Marques

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CONSELHO GESTOR DAS UNIDADES DE SAUDE

REGIMENTO INTERNO CONSELHO GESTOR DAS UNIDADES DE SAUDE REGIMENTO INTERNO CONSELHO GESTOR DAS UNIDADES DE SAUDE SEÇÃO I Da Instituição: Art. 1º - O presente Regimento Interno, regula as atividades e as atribuições do Conselho Gestor na Unidade de Saúde, conforme

Leia mais

PRÁTICA DE MÚSICA COMPOSIÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

PRÁTICA DE MÚSICA COMPOSIÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. 2 a Etapa PRÁTICA DE MÚSICA COMPOSIÇÃO SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS 1 - Este Caderno de Prova contém três questões e folhas para rascunho, abrangendo um total de dez

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 SERVIÇO SOCIAL

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 SERVIÇO SOCIAL assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira atentamente se

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E SUAS FINALIDADES Art. 1º. As atividades complementares, no âmbito do Curso de Enfermagem,

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE) 2 a FASE 16 BNDES EDITAL N o N 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5 (cinco)

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO. EDITAL DE SELEÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA Ano letivo de 2015

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO. EDITAL DE SELEÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA Ano letivo de 2015 EDITAL DE SELEÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA Ano letivo de 2015 O Diretor da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo torna público, para conhecimento dos interessados, que estarão abertas, no período de

Leia mais

CURSINHO METAMORFOSE PROCESSO SELETIVO 2013

CURSINHO METAMORFOSE PROCESSO SELETIVO 2013 CURSINHO METAMORFOSE PROCESSO SELETIVO 2013 Edital de Abertura de Inscrições A coordenação discente do projeto Cursinho Metamorfose divulga o Edital de Abertura de Inscrições referente ao Processo Seletivo

Leia mais

LOCAL DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS: Escola Básica da Gafanha da Nazaré NORMA 02/JNE/2015

LOCAL DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS: Escola Básica da Gafanha da Nazaré NORMA 02/JNE/2015 DGEstE - Direção de Serviços da Região Centro ATENÇÃO LOCAL DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS: Escola Básica da Gafanha da Nazaré NORMA 02/JNE/2015 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO, CLASSIFICAÇÃO, REAPRECIAÇÃO E RECLAMAÇÃO

Leia mais

ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO

ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E RECURSOS HUMANOS CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICOADMINISTRATIVO

Leia mais

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Educação Superior e Profissional. Edital nº 001 /2009

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Educação Superior e Profissional. Edital nº 001 /2009 Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Educação Superior e Profissional Edital nº 001 /2009 Processo Seletivo para Ingresso nos Cursos Técnico de Nível Médio em Agronegócios

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES CADERNO DE QUESTÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO 2º DIA 07/06/2010 Física Matemática Redação SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

Leia mais

Lágrimas não são argumentos.

Lágrimas não são argumentos. FUNDAÇÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL DO PODER EXECUTIVO FUNPRESP-EXE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

EDITAL CFC/CAE Nº. 19/2007

EDITAL CFC/CAE Nº. 19/2007 EDITAL CFC/CAE Nº. 19/2007 EXAME DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PARA REGISTRO NO CADASTRO NACIONAL DE AUDITORES INDEPENDENTES (CNAI) DO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE (CFC) O Conselho Federal de Contabilidade

Leia mais

Residência Saúde 2013 PROVA OBJETIVA NUTRIÇÃO PROVA DISCURSIVA. Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso ORGANIZADOR

Residência Saúde 2013 PROVA OBJETIVA NUTRIÇÃO PROVA DISCURSIVA. Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso ORGANIZADOR Residência Saúde 2013 NUTRIÇÃO Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso 1 CONTEÚDO GERAL Em um ambulatório de geriatria, a equipe multiprofissional atende a um idoso de 85 anos, que comparece acompanhado

Leia mais

PROCESSO DE ESCOLHA UNIFICADO DOS CONSELHEIROS TUTELARES DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE ÁGUA DOCE - SC

PROCESSO DE ESCOLHA UNIFICADO DOS CONSELHEIROS TUTELARES DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE ÁGUA DOCE - SC PROCESSO DE ESCOLHA UNIFICADO DOS CONSELHEIROS TUTELARES DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE ÁGUA DOCE - SC EDITAL N. 002/2015 - CMDCA CADERNO DE PROVAS ASSINATURA DO CANDIDATO

Leia mais

CURSO REVISÃO GRAMATICAL MATERIAL DE AULA

CURSO REVISÃO GRAMATICAL MATERIAL DE AULA CURSO REVISÃO GRAMATICAL MATERIAL DE AULA I. INFORMAÇÕES RESUMIDAS DO EDITAL: (...) 3. DAS PROVAS (...) (P2) Prático-Profissional Redação de peça profissional e aplicação de quatro questões, sob a forma

Leia mais

Leia estas instruções:

Leia estas instruções: Leia estas instruções: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Caso se identifique em qualquer

Leia mais

TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO - 2015

TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO - 2015 PROAC / COSEAC UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO - 2015 CADERNO DE MATEMÁTICA INSTRUÇÕES AO CANDIDATO 1. Você deve ter recebido do fiscal, um Caderno

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIOANAL DO PLANALTO CENTRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PROVA INSTITUCIONAL DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA FACILAC

FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIOANAL DO PLANALTO CENTRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PROVA INSTITUCIONAL DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA FACILAC FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIOANAL DO PLANALTO CENTRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PROVA INSTITUCIONAL DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA FACILAC Portaria Provisória nº 01, de 20 de dezembro de 2011 Institui

Leia mais

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA EDITAL Nº 26 / 2014 O Presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, no uso de suas atribuições, estabelecida nos termos da instrução

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 ENGENHARIA CIVIL

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 ENGENHARIA CIVIL assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira atentamente se

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 01/2007 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS - TCC

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 01/2007 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS - TCC INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 01/2007 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS - TCC O Coordenador do Curso de Relações Internacionais, ad referendum do Colegiado, dá conhecimento

Leia mais

Prova do Nível 1 (resolvida)

Prova do Nível 1 (resolvida) Prova do Nível (resolvida) ª fase 0 de novembro de 0 Instruções para realização da prova. Verifique se este caderno contém 0 questões e/ou qualquer tipo de defeito. Se houver algum problema, avise imediatamente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPEP COORDENADORIA INSTITUCIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CIED

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPEP COORDENADORIA INSTITUCIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CIED UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPEP COORDENADORIA INSTITUCIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CIED PROCESSO SELETIVO DE TUTORES 2012 PROVA TIPO 1 Tutor do Curso

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUMENTAL COM REDAÇÃO

LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUMENTAL COM REDAÇÃO 05/12/2010 LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUMENTAL COM REDAÇÃO Caderno de prova Este caderno, com oito páginas numeradas sequencialmente, contém cinco questões de Língua Portuguesa Instrumental e a proposta de

Leia mais

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. 04/12/2011 Física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

Questão 1. b) Na visão de Anderson, qual era o grupo social dominante nos quadros do Estado absolutista? Justifique.

Questão 1. b) Na visão de Anderson, qual era o grupo social dominante nos quadros do Estado absolutista? Justifique. VESTIBULAR 2012 1ª Fase HISTÓRIA Instruções Gerais: Hoje você deverá responder às questões de Artes Visuais e Literatura, História, Geografia e de Raciocínio Lógico- Matemático. Você terá 4 horas para

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Processo de software I Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br + O que é Engenharia de Software n Definição dada pela IEEE [IEE93]: n Aplicação de uma abordagem sistemática,

Leia mais

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2013 10/12/2012 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AO SEGUINTE CARGO: Auxiliar de Serviços Gerais I PROVAS DE

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA CORREÇÃO E LANÇAMENTO DE NOTAS DO VESTIBULAR TRADICIONAL DOMINGO

INSTRUÇÕES PARA CORREÇÃO E LANÇAMENTO DE NOTAS DO VESTIBULAR TRADICIONAL DOMINGO Página 1 de 11 [ INSTRUÇÕES PARA CORREÇÃO E LANÇAMENTO DE NOTAS DO VESTIBULAR DOMINGO LOCAIS DE COMUNICAÇÃO COM O COORDENADOR DE POLO Em DOCUMENTOS E LINKS, dentro da aba VESTIBULAR DOMINGO estarão disponíveis

Leia mais

PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014

PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014 MATRIZ DA PROVA DE AVALIAÇÃO INTERNA PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014 5 Páginas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar informação relativa à prova de avaliação interna

Leia mais

geografia Boa prova! 05/12/2010

geografia Boa prova! 05/12/2010 05/12/2010 geografia Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

EXAME DISCURSIVO 2ª fase

EXAME DISCURSIVO 2ª fase EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 Biologia Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Biologia. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação I - Proposta de Redação INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação A proposta de redação do vestibular do ITA pode ser composta de textos verbais, não verbais (foto ou ilustração,

Leia mais

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA Gabarito

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2006 e 1 o semestre letivo de 2007 CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA Gabarito Verifique se este caderno contém: INSTRUÇÕES

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE PROVAS E EXAMES

INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE PROVAS E EXAMES 3º CICLO e ENSINO SECUNDÁRIO INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE PROVAS E EXAMES INFORMAÇÃO - ALUNOS JNE/EXAMES NACIONAIS/2015 NORMA 02/JNE/2015 1. ESCOLAS DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS E EXAMES 1.3. As escolas onde

Leia mais

EDITAL CAS/MT/2015/02

EDITAL CAS/MT/2015/02 EDITAL CAS/MT/2015/02 A SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO de MATO GROSSO através do CENTRO DE FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO E DE ATENDIMENTO A PESSOA SURDA DE MATO GROSSO CAS/MT declara que estarão

Leia mais

3º VESTIBULAR BÍBLICO

3º VESTIBULAR BÍBLICO A União da Mocidade da Assembléia de Deus de Upanema/RN - UMADUP, torna pública a abertura das inscrições do 3º VESTIBULAR BÍBLICO que reger-se-á de acordo com o presente edital. I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

Instruções para os alunos

Instruções para os alunos Instruções para os alunos Resumo da norma 02/JNE/2015 e do Despacho Normativo n.º 6A/2015 de 5 de março Parte I - Instruções para a realização das provas Ensino Básico e Secundário Capítulo I Realização

Leia mais

Gestão do Trabalho em Saúde

Gestão do Trabalho em Saúde Universidade Federal de Alagoas Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Prova de Conhecimentos Específicos da Especialização Lato Sensu UFAL 2012.1 Gestão do Trabalho em Saúde CADERNO DE QUESTÕES INSTRUÇÕES

Leia mais

SCRUM na Administração Pública é possível? (comparativo de Scrum x IN04/MPOG)

SCRUM na Administração Pública é possível? (comparativo de Scrum x IN04/MPOG) SCRUM na Administração Pública é possível? (comparativo de Scrum x IN04/MPOG) AGENDA ü Papéis de SCRUM x Atores da IN04 ü Cerimônias SCRUM x Princípios da Administração Pública ü Artefatos Scrum x Artefatos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL 12/2013

PROCESSO SELETIVO EDITAL 12/2013 PROCESSO SELETIVO EDITAL 12/2013 CARGO E UNIDADES: Instrutor de Música (Caicó) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova: 3 (três) horas. Assine no

Leia mais

REVISITA AO PROJETO POLITICO PEDAGÓGICO. Escolas e CMEIs SME /PMPG 2015

REVISITA AO PROJETO POLITICO PEDAGÓGICO. Escolas e CMEIs SME /PMPG 2015 REVISITA AO PROJETO POLITICO PEDAGÓGICO Escolas e CMEIs SME /PMPG 2015 QUAL O SIGNIFICADO E A IMPORTÂNCIA DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO PARA A ESCOLA/CMEI? Não há ventos favoráveis para quem não sabe

Leia mais

Orientações Básicas para Análise e Tramitação de Projetos de Pesquisa pela Plataforma Brasil pelos Comitês de Ética em Pesquisa

Orientações Básicas para Análise e Tramitação de Projetos de Pesquisa pela Plataforma Brasil pelos Comitês de Ética em Pesquisa Orientações Básicas para Análise e Tramitação de Projetos de Pesquisa pela Plataforma Brasil pelos Comitês de Ética em Pesquisa Versão 1.2 Histórico de revisão Versão Autor Data Descrição Equipe suporte

Leia mais

Edital de Seleção para o Mestrado

Edital de Seleção para o Mestrado EDITAL 025/2012 Edital de Seleção para o Mestrado A Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), através de sua Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, faz saber que no período de 10 de dezembro de 2012

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO VESTIBULAR MEDICINA DEZEMBRO 2014

EDITAL DO CONCURSO VESTIBULAR MEDICINA DEZEMBRO 2014 EDITAL DO CONCURSO VESTIBULAR MEDICINA DEZEMBRO 2014 A UNIVERSIDADE DE UBERABA UNIUBE declara abertas as inscrições para o Concurso Vestibular dezembro/2014 para o curso de Medicina, aos portadores de

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO DIREITO CIVIL PROVA PRÁTICO - PROFISSIONAL

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO DIREITO CIVIL PROVA PRÁTICO - PROFISSIONAL ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO F U N D A Ç Ã O GETULIO VARGAS FGV PROJETOS Leia com atenção as instruções a seguir: DIREITO CIVIL PROVA PRÁTICO - PROFISSIONAL Você está recebendo

Leia mais

Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas. Nível Fundamental Incompleto. Águas e Esgoto. 22.01.2012 - Tarde

Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas. Nível Fundamental Incompleto. Águas e Esgoto. 22.01.2012 - Tarde Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas Nível Fundamental Incompleto Águas e Esgoto 22.01.2012 - Tarde LÍNGUA PORTUGUESA AJUDANTE / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS / OPERADOR DE BOMBAS 22.01

Leia mais

COMO INICIAR UM OS FLUXO PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO SOCIAL (OS)

COMO INICIAR UM OS FLUXO PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO SOCIAL (OS) COMO INICIAR UM OS FLUXO PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO SOCIAL (OS) 1 A seguir apresentamos o fluxo para a Implantação de um Observatório Social(OS), dentro do Sistema de Franquia Social da Rede

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL PROFª KAREM FERREIRA PRINCIPAIS INFORMAÇÕES RELACIONADAS AO EDITAL

DIREITO PROCESSUAL PENAL PROFª KAREM FERREIRA PRINCIPAIS INFORMAÇÕES RELACIONADAS AO EDITAL 3. PROVAS 3.1.2. A prova prático-profissional terá a duração de 5 (cinco) horas e será aplicada na data provável de 16 de junho de 2013, das 13h às 18h, no horário oficial de Brasília/DF. 3.5. DA PROVA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2005 e 1 o semestre letivo de 2006 CURSO de ARQUITETURA E URBANISMO

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2005 e 1 o semestre letivo de 2006 CURSO de ARQUITETURA E URBANISMO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2005 e 1 o semestre letivo de 2006 CURSO de ARQUITETURA E URBANISMO Verifique se este caderno contém : INSTRUÇÕES AO CANDIDATO PROVA

Leia mais

Concurso de Bolsas MÉSON-PI Vestibulares REGULAMENTOS:

Concurso de Bolsas MÉSON-PI Vestibulares REGULAMENTOS: Concurso de Bolsas MÉSON-PI Vestibulares REGULAMENTOS: REGULAMENTO: PRÉ-VESTIBULAR CARREIRAS MILITARES... 2 REGULAMENTO: CONCURSOS (TURMA INVICTUS)... 4 REGULAMENTO: PRÉ-VESTIBULAR CARREIRAS MILITARES

Leia mais

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP-MG Nº 022/2014 Curso de Qualificação para Conselheiros Municipais e Distritais de Saúde e

Leia mais

Edital do Processo Seletivo 2013 / 2º Semestre

Edital do Processo Seletivo 2013 / 2º Semestre Edital do Processo Seletivo 13 / 2º Semestre A Faculdade Católica Dom Orione, recredenciada pelo Ministério da Educação através da Portaria nº 1.269, de 18 de outubro de 12, por meio da Comissão do Processo

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO AO 3º PROCESSO SELETIVO 2014, PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NO CURSO DE MEDICINA, DA FACULDADE SÃO LUCAS, CONFORME ATO EDITAL

MANUAL DO CANDIDATO AO 3º PROCESSO SELETIVO 2014, PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NO CURSO DE MEDICINA, DA FACULDADE SÃO LUCAS, CONFORME ATO EDITAL MANUAL DO CANDIDATO AO 3º PROCESSO SELETIVO 2014, PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NO CURSO DE MEDICINA, DA FACULDADE SÃO LUCAS, CONFORME ATO EDITAL N 04/2014 1 - DAS INSCRIÇÕES A Faculdade São Lucas torna

Leia mais

COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA EDITAL l Dezembro - 2014

COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA EDITAL l Dezembro - 2014 ASSOCIAÇÃO MATOGROSSENSE DE COMBATE AO CÂNCER HOSPITAL DE CÂNCER DE MATO GROSSO COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA EDITAL l Dezembro - 2014 PROCESSO SELETIVO PARA O PREENCHIMENTO DE VAGAS NO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA

Leia mais

CONCURSO PARA JUIZ DO TRABALHO 2012

CONCURSO PARA JUIZ DO TRABALHO 2012 CONCURSO PARA JUIZ DO TRABALHO 2012 SEGUNDA ETAPA PROVA DISCURSIVA As questões que serão abordadas nesta prova foram elaboradas com base no que consta do item 10.1 do Edital do Concurso A primeira parte,

Leia mais

Sociedade Campineira de Educação e Instrução Hospital e Maternidade Celso Pierro

Sociedade Campineira de Educação e Instrução Hospital e Maternidade Celso Pierro Sociedade Campineira de Educação e Instrução Hospital e Maternidade Celso Pierro CRONOGRAMA DA PROVA EM DERMATOLOGIA HMCP 2015 Especialidade n. de vagas: Data da Prova: Horário: Local: Pré-requisito: Tipo

Leia mais

E S P E C I F I C A Ç Ã O ESF VALOR 100 - Recursos Ordinários do Tesouro Estadual FIS 166.366.562,00 SEG 0,00 TOTAL GERAL : 166.366.

E S P E C I F I C A Ç Ã O ESF VALOR 100 - Recursos Ordinários do Tesouro Estadual FIS 166.366.562,00 SEG 0,00 TOTAL GERAL : 166.366. Exercício 2010 R$ 1,00 01101 - Assembléia Legislativa REPASSE DE RECURSOS DO TESOURO ESTADUAL E S P E C I F I C A Ç Ã O ESF VALOR 100 - Recursos Ordinários do Tesouro Estadual FIS 166.366.562,00 0,00 TOTAL

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SÃO CARLOS PROCURADORIA JURÍDICA

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SÃO CARLOS PROCURADORIA JURÍDICA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SÃO CARLOS PROCURADORIA JURÍDICA EDITAL DE PRORROGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES PROCESSO SELETIVO Nº 03/2015 CONCESSÃO DE BOLSA-ESTÁGIO A Fundação Educacional São Carlos FESC torna pública,

Leia mais

OUVIDORIA 27/07/2015

OUVIDORIA 27/07/2015 1. Apresentação Este Procedimento tem por objetivo normatizar o processo de Ouvidoria da Junior Achievement Rio Grande do Sul. 2. Introdução A condição de Organização Social atribuída à Junior Achievement

Leia mais

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Orientações Iniciais Cristiano Lopes

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Orientações Iniciais Cristiano Lopes OAB 2ª Fase Direito Constitucional Orientações Iniciais Cristiano Lopes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. CRONOGRAMA SEGUNDA FASE DE DIREITO CONSTITUCIONAL DATA

Leia mais

Provas Finais de Ciclo do Ensino Básico 2013/2014. Atribuições Professores Vigilantes

Provas Finais de Ciclo do Ensino Básico 2013/2014. Atribuições Professores Vigilantes Provas Finais de Ciclo do Ensino Básico 2013/2014 Atribuições Professores Vigilantes ω O exercício de funções em vigilâncias é de aceitação obrigatória. A dispensa do serviço de exames, se devidamente

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE COMISSÃO DE VESTIBULAR 2012/2 EDITAL Nº 01-2012/2

FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE COMISSÃO DE VESTIBULAR 2012/2 EDITAL Nº 01-2012/2 FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE COMISSÃO DE VESTIBULAR 12/2 EDITAL Nº 01-12/2 A Faculdade Católica Dom Orione, credenciada pelo Ministério da Educação sob as Portarias, n.º 4.044 de Novembro de 05 para o

Leia mais

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA 2 o DIA MANHÃ GRUPO 2 Novembro / 2011 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este

Leia mais

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização. EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 GEOGRAFIA Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais