PRODUTOS COM CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRODUTOS COM CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA"

Transcrição

1 Nº Programas Orgão Regulamentador PRODUTOS COM CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA Documento Legal Data DOU Orgão Fiscal Regra Especifica - RE ou Regulamento ou Requisitos de Avaliação da Conformidade - RAC Documento Normativo 1 Adaptadores de plugues e tomadas do nº 324 de 21/08/ /08/2007 n 324 de 21/ : Aparelho para melhoria da qualidade da Aros de Bicicleta de Uso Adulto nº 093 de 12/03/2007 nº /03/ /10/2009 nº 093 de 12/03/2007 RAC anexo à portaria n : : : Barras e fios de aço destinados a armadura para concreto armado do nº 210 de 01/11/ /11/2005 do nº 210 de 01/11/ / Bebedouros nº 191 de 10/12/ /12/2003 nº 191 de 10/12/2003 IEC / Cabo de aço de uso geral nº 242 de 10/07/ /07/2008 nº 242 de 10/07/2008 ABNT ISO 2408:2008

2 7 8 Cabos flexíveis isolados com borracha etilenopropileno (EPR), para aplicações especiais em cordões Cabos e cordões flexíveis isolados com policloreto de vinila (PVC), para aplicações especiais em cordões n 281 de 19/07/2007 n 282 de 19/07/ /07/ /07/2007 n 281 de 19/07/2007 n 282 de 19/07/ : : Cadeira plástica monobloco n 213 de 22/06/ /06/2007 n 213 de 22/06/ / Capacete de segurança para uso na industria Capacetes para condutores e passageiros de motocicletas e similares Carroçaria de ônibus urbano - Padronização MTE - Ministério do Trabalho e Emprego Contran nº 142 de 19/05/2008 Contran nº 20 de 17/02/1998. s do nº 178 do nº 01 de 10/04/1989, Conmetro nº 01 de 26/01/1993, 21/05/2008 MTE e 18/02/98, 27/11/96 e 29/10/07 18/04/89, 05/02/93 Denatran, Organismos Municipais de Tansporte n 142 de 19/05/2008 do nº 392 de 25/10/ / 2003 e NR RT anexo à Conmetro nº 01 de 26/01/1993

3 13 14 Cilindros de alta pressão para armazenamento de gás natural veicular como combustível, a bordo de veículos automotores Cilindros de aço sem costura, destinados ao armazenamento de gás metano veicular (GMV) Contran Contran / nº 171 de 28/08/2002 s nº 198 de 10/08/2000, 386 de 22/10/2007 e 298 de 21/08/ /09/ /08/00, 25/10/07 e 21/08/08 Detran e Detran e nº 171 de 28/08/2002 Regra Específica NIE DINQP - 38 Rev. 00 out/99 (Port 198/2000 em vigor até 31/12/2010) RT anexo à nº 74 de 29/05/2008 (Port 74/2011 Regulamento Técnico Mercosul - RTM anexo à nº 298 de 21/08/2008 RT anexo à nº 74 de 29/05/2008 (Port 74/2011 Regulamento Técnico Mercosul - RTM anexo à nº Componentes do sistema para gás natural veicular Contran nº 292 de 29/08/ /09/2008 nº 257 de 30/12/2002 RTQ anexo à nº 417 de 22/11/ Conexões de ferro fundido maleável pra condução de fluidos nº160, 09/05/ /05/2007 do nº160 de 09/05/ /2000 e 6925/1995

4 Cordões flexíveis com isolação extrudada de polietileno de clorossulfonato Construção de Embarcações Acessíveis para Transporte Coletivo de Passageiros Contentores intermediários para granéis (IBC) utilizados Cordoalhas de Bicicleta de Uso Adulto Conjuntos de freio de Bicicleta de Uso Adulto Conjunto Quadro e Garfo de Bicicleta de Uso Conjunto de Direção (Guidão e Suporte de Guidão) de Bicicleta de Uso Corde - Coordenadoria Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência ANTT 24 Disjuntores n 286 de 19/07/ /07/2007 n 286 de 19/ Decreto Federal nº 5296 / /05/2009 RAC anexo à portaria nº 139 de 21/05/2009 ANTT nº 420 de 31/05/04 e 12/02/04 e nº 31/08/ de nº /10/2009 nº /10/2009 nº /10/2009 nº 290 nº 35 de 14/02/ /10/ /02/2005 nº 250 de 16/10/2006 RAC anexo à portaria n 284 de 06/10/2009 RAC anexo à portaria n 286 de 06/10/2009 RAC anexo à portaria n 287 de 06/10/2009 RAC anexo à portaria n 290 de 06/10/2009 nº 35 de 14/02/ : : 2006 ABNT : : : , IEC e IEC ou NM IEC

5 Dispositivo de fixação de contêiner - Embalagens destinadas ao envasilhamento de álcool Embalagens grandes utilizadas no transporte de Embalagens recondicionadas utilizadas no transporte Embalagens utilizadas no transporte terrestre de Equipamentos e sistemas de postos de combustíveis - Componentes dos sistemas de Equipamentos e sistemas de postos de combustíveis - Tanque de Equipamentos e sistemas de postos de combustíveis - Tubulação não / Anvisa ANTT ANTT Ministério dos Transportes Conama Conama Conama Contran nº 725 de 29/11/1988 nº 270 de 05/08/2008 ANTT nº 420 de 12/02/04 e nº ANTT nº 420 de 12/02/04 e nº 701 de ANTT nº 420 de 12/02/04 e ANTT Conama nº 273 de 29/11/2000 e nº 319 de 04/12/2002 Conama nº 273 de 29/11/2000 e nº 319 de 04/12/2002 Conama nº 273 de 29/11/2000 e nº 319 de 04/12/ /12/ /08/ /05/04 e 31/08/04 31/05/04 e 31/08/04 31/05/04 e 31/08/04 08/01/01 e 19/12/02 08/01/01 e 19/12/02 08/01/01 e 19/12/02 e Regra Específica NIE- DQUAL Rev.01 jun/02 do nº 270 de 05/08/2008 nº 452 de 19/12/08 nº 453 de 19/12/08 nº 326 de 11/12/06 do nº 37 de 16/02/2005 nº 185 de 04/12/2003 nº 186 de 04/12/ e 7476 RTQ anexo à nº 417 de 22/11/2007 de 05/08/2008 ANTT nº 420/04 ANTT nº 420/04 ANTT nº 420 de 12/02/04 e ANTT RTQ anexo à do nº 17 de 19/01/ , 13782, e

6 Equipamentos elétricos para atmosferas potencialmente explosivas, nas Equipamentos eletromédicos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) - Luvas Isolantes de Borracha Equipamentos de Proteção Individual (EPI) - Peça Semifacial Filtrante para Partículas Estabilizadores de tensão monofásicos, com saída de tensão alternada, com tensão nominal Equipamentos de Proteção Individual (EPI) - Luvas Isolantes de Borracha Ministério da Saúde MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) do nº 083 de 03/04/2006 s Ministério da Saúde nº 2043 de 12/12/1994 e 1104 de 30/08/1999; Anvisa 444 de 31/8/99; do MTE n 25 de 15/10/2001 do MTE n 25 de 15/10/2001 nº 262 de 12/07/2007 do MTE n 25 de 15/10/ /04/ /12/94, 01/09/99, 31/08/99, 26/10/01 e 08/11/01 Anvisa - 17/10/2001 e MTE 17/10/2001 e MTE 18/07/ /10/2001 e MTE do nº 83 de 03/04/2006 nº 86 de 03/04/2006 nº 229 de 17/08/09 nº 230 de 17/08/09 nº 262 de 12/07/2007 nº 229 de 17/08/ , 5363, 8447 e 9883 IEC :1989, 10624:1989 e Norma Regulamentador 13698:1996, 13697:1996, 12543:1999 e : :1989, 10624:1989 e Norma Regulamentador

7 39 Equipamentos de Proteção Individual (EPI) - Peça Semifacial Filtrante para Partículas MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) do MTE n 25 de 15/10/ /10/2001 e MTE nº 230 de 17/08/ :1996, 13697:1996, 12543:1999 e 40 Fabricação de Eixo Veicular Auxiliar Contran / nº 59 de 19/02/ /02/2008 Detran do n 059 de 19/02/ , 6744, Fabricação ou importação de extintores de do nº 55 de 13/02/ /02/2004 n 337 de 29/08/ , 11715, 11716, 42 Filtros adicionais para óleo diesel, tipo prensa s nº 103 de 16/06/ /06/1998 do nº 83 de 03/04/ , 5363, 8447 e Fios e cabos elétricos - cabo de potência com isolação sólida extrudada, de PVC, para tensões do nº 086 de 26/05/ /05/2003 do nº 86 de 26/05/ Fios e cabos elétricos - cabos e cordões flexíveis para tensão até 750 V, com isolação / cobertura do nº 085 de 26/05/ /05/2003 do nº 85 de 26/05/

8 Fios e cabos elétricos - condutores isolados com policloreto de vinila (PVC), para Fósforos de segurança Fusíveis tipo rolha e tipo cartucho s nº 087 de 20/05/03, 184 de 04/12/03 e 175 de nº 188 de 22/06/2009 nº 101 de 16/07/2001 e 27/05/03, 08/12/03 e 21/10/04 24/06/ /07/01 e 21/10/88 do nº 87 de 20/05/2003 n 188 de 22/06/2009 Regra Específica anexo à do nº 101 de 16/07/2001 NM : , 5157, 6523, 6280, Interruptores para instalação elétrica fixa doméstica, Luvas Cirúrgicas e de Procedimento Não Cirúrgico de Borracha Natural, Borracha Mangueira de PVC plastificada para instalações domésticas de Niples de Bicicleta de Uso Adulto Anvisa e MTE ANP nº 234 de 30/06/2008 Anvisa - RDC N 05 de 15/02/08 e MTE - n 25 de 15/10/2001 Conmetro nº 17 de 30/10/1984 e nº /07/ /02/08 15/10/01 15/12/1989 e 13/06/ /10/2009 nº 234 de 30/6/2008 n 233 de 03/07/2008 n 189 de 08/06/2007 RAC anexo à portaria n 285 ABNT NM : 2004 ABNT 13391:1995 e ABNT 13392:1995/Em d.1: : :2002 e 8692:2002

9 Panelas de pressão Pedal e Pedivela de Bicicleta de Uso Adulto Pino-Rei Para Veículo Rodoviário Destinado ao Plugues e tomadas para uso doméstico e análogo Pneus novos de motocicleta e ciclomotor Pneus novos destinados a automóveis, camionetas de uso misto e seus rebocados leves, camionetas, Conmetro nº 328 de 16/09/08 nº 288 nº 070 de 22/02/2008 nº 08 de Conmetro s do nº 136 do nº 35 de 05/03/2001 do nº 05 de 14/01/ /09/ /10/ /02/ /08/88, 18/10/01 e 17/07/02 29/03/ /01/2000 n 328 de 16/09/2008 RAC anexo à portaria n 288 n 070 de 22/02/2008 nº 85 de 03/04/2006 Regra Específica NIE DINQP 89 Rev01 - mar/99 Regra Específica : NIE- DQUAL 044 Rev.00 Jul :2008, 14876:2002 e 8094: : 2006 NM-ISO 337:2001, NM-ISO 4086:2006 e 6147 e IEC RTQ anexo à do nº 83 RTQ anexo à do nº 05 de 14/01/ Preservativos masculinos Anvisa Anvisa RDC nº 3 de 08/01/2002 e 12/12/2008 e 03/04//02 Anvisa e nº 050 de 28/03/2002 RDC anexo à Anvisa n 62-03/092008

10 PROVEM - Programa Nacional de Certificação de Conformidade de Veículos Automotores - Emissões Quinta-Roda Utilizada em Veículo Rodoviário Destinado ao Reatores eletrônicos alimentados em corrente alternada para lâmpadas Conama Conmetro nº 01/87 de 23/10/1987; Conama nº 018/86 de 06/05/1986; Conama nº 008/93 de nº 236 de 30/06/2008 nº 267 de 21/09/ /10/87, 17/6/86, 31/12/93, 20/11/2002, 30/12/ /07/ /09/2009 Ibama nº 236 de 30/06/2008 n 267 de 21/09/2009 Norma MERCOSUL: NM- ISO 3842:2003 e NM-ISO / 1999 e / Reatores para lâmpadas fluorescentes tubulares nº 20 de 29/01/ /02/2002 nº 20 de 29/01/ / 1998, 5172 / Recipientes transportáveis de aço, para gás liquefeito de petróleo (GLP) - Conmetro nº 017 de 30/10/ /12/1984 Regra Específica - NIE- DINQP Rev.01- Out

11 Reguladores de baixa pressão para gases liquefeitos de Raios de Bicicleta de Uso Adulto Serviço de adaptação de dispositivo de fixação de contêiner Tanques portáteis utilizados no transporte Tubos de aço carbono para usos comuns na ANP INMETRO ANTT Conmetro nº 17 de 30/10/1984 e nº 291 Contran nº 725 de 29/11/1988 ANTT nº 420 de 12/02/04 e nº n 015 de 19/01/ /12/84 e 27/05/05 08/10/ /12/ /05/04 e 31/08/04 22/01/2009 nº 099 de 24/05/2005 RAC anexo à portaria n 291 n 285 de 19/07/2007 nº 451 de 19/12/08 n 015 de 19/01/ : : :2000 ANTT nº 420/ : : Veículo portacontêiner Contran / Contran nº 725 de 29/11/ /12/1988 Contran - do nº 158 de 29/08/ e Vidro de segurança laminado para pára-brisa de veículos rodoviário Vidro de segurança temperado para Contran Contran Contran nº 784 de 12/07/1994 Contran nº 784 de 12/07/ /07/ /07/1994 RAC anexo à portaria n 157 de 04/06/2009 RAC anexo à portaria n 156 de 04/06/ :1986, 9493:1986, 9501:1986, 9502:1986, 9503:1986, 9504: :1986

12 * parcialmente ou totalmente revogada pela do Conmetro Nº 001/1992 de 08/01/1992, publicada no D.O.U. de 14/01/1992 Obs: RTQ - Regulamento Técnico da Qualidade - Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade RAC - Regulamento de Avaliação da Conformidade RE - Regra Especifica

ESCOPO DE ACREDITAÇÃO DE CERTIFICAÇÃO DE PRODUTOS Nº ESCOPO DOCUMENTO DE REFERENCIA

ESCOPO DE ACREDITAÇÃO DE CERTIFICAÇÃO DE PRODUTOS Nº ESCOPO DOCUMENTO DE REFERENCIA Norma de Origem: Nie-Cgcre-036 Folha: 01/05 RAZÃO SOCIAL Tipo e Nº da Acreditação UL DO BRASIL CERTIFICAÇÕES Nº ESCOPO DOCUMENTO DE REFERENCIA OCP-0029 CONCESSÃO / ADEQUAÇÃO 1 Interruptores para instalações

Leia mais

Portaria n.º 231, de 28 de setembro de 2006.

Portaria n.º 231, de 28 de setembro de 2006. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 231, de 28 de setembro de

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO Resolução n o 04, de 7 de dezembro de 2011 Dispõe sobre a aprovação

Leia mais

RELAÇÃO DE PRODUTOS CUJA IMPORTAÇÃO ESTÁ SUJEITA À APRESENTAÇÃO DE CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA

RELAÇÃO DE PRODUTOS CUJA IMPORTAÇÃO ESTÁ SUJEITA À APRESENTAÇÃO DE CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA 3407.00.10 Exclusivamente pastas para modelar, 3407.00.90 Exclusivamente massas para modelar, 3506.91.10 3506.91.20 3506.91.90 Exclusivamente adesivos à base de borracha, com aspecto lúdico, Exclusivamente

Leia mais

OUVIDORIA. Relatório - Síntese / Maio

OUVIDORIA. Relatório - Síntese / Maio OUVIDORIA Relatório - Síntese / Maio - 00 TELEFONE INTERNET CORREIO / FAX CONTATO PESSOAL TOTAL 3.6 836 7.7 66 986 785 600 Acreditação Qualidade Outras Instituições RBMLQ Dimel Outras Unidades Principais

Leia mais

CRITÉRIOS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMO DE CERTIFICAÇÃO DE PRODUTO E DE VERIFICAÇÃO DE DESEMPENHO DE PRODUTO

CRITÉRIOS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMO DE CERTIFICAÇÃO DE PRODUTO E DE VERIFICAÇÃO DE DESEMPENHO DE PRODUTO CRITÉRIOS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMO DE CERTIFICAÇÃO DE PRODUTO E DE VERIFICAÇÃO DE DESEMPENHO DE PRODUTO NORMA Nº NIT-DICOR-024 APROVADA EM JAN/2012 Nº 01/18 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação

Leia mais

OUVIDORIA. Relatório - Síntese / Novembro - 2010

OUVIDORIA. Relatório - Síntese / Novembro - 2010 OUVIDORIA Relatório - Síntese / Novembro - 00 TELEFONE INTERNET CORREIO / FAX CONTATO PESSOAL TOTAL.80 7 3.544.9 834 Acreditação Qualidade Outras Instituições RBMLQ Dimel Outras Unidades Principais Dimci

Leia mais

EDITAL Nº. 10:2014. Período de 01 de outubro a 31 de outubro de 2014 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA

EDITAL Nº. 10:2014. Período de 01 de outubro a 31 de outubro de 2014 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA EDITAL Nº. 10:2014 Período de 01 de outubro a 31 de outubro de 2014 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA Os Projetos de Norma da ABNT podem ser visualizados e impressos pelo site www.abnt.org.br/consultanacional

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO

CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO Resolução n o 02, de 4 de dezembro de 2013 Dispõe sobre a aprovação

Leia mais

Workshop Qualinstal Elétrica. O Programa de Certificação das Empresas Instaladoras QUALINSTAL. Julho 2016

Workshop Qualinstal Elétrica. O Programa de Certificação das Empresas Instaladoras QUALINSTAL. Julho 2016 Workshop Qualinstal Elétrica O Programa de Certificação das Empresas Instaladoras QUALINSTAL Julho 2016 Temáticas Motivos para tratar da conformidade setorial Situação dos serviços prediais Desafios para

Leia mais

Núcleo Estadual de Ações Transversais nos APLs

Núcleo Estadual de Ações Transversais nos APLs DELIMITAÇÃO - ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECÂNICO E AUTOMOTIVO DA SERRA GAÚCHA DESCRIÇÃO DAS CLASSES DAS ATIVIDADES INDUSTRIAIS, SEGUNDO AS CNAES 2.0, CONTEMPLADAS NO APL METALMECÂNICO E AUTOMOTIVO DA

Leia mais

Tudo que você precisa saber sobre a instalação da sua bomba. Requisitos sobre instalações de bombas

Tudo que você precisa saber sobre a instalação da sua bomba. Requisitos sobre instalações de bombas Requisitos sobre instalações de bombas Tudo que você precisa saber sobre a instalação da sua bomba. Wayne.com Austin, Texas, EUA Malmö, Suécia Rio de Janeiro, Brasil Xangai, China 2017. Wayne, a logomarca

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 539/175/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 175/2014 SRP PROCESSO Nº /

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 539/175/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 175/2014 SRP PROCESSO Nº / SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Prédio II da Reitoria - Rua Desembargador Vitor Lima, 222 - Trindade 6º andar CEP: 88040-400

Leia mais

Painel Setorial. Padronização de plugues e tomadas NBR 14136/02. Ensaios

Painel Setorial. Padronização de plugues e tomadas NBR 14136/02. Ensaios Painel Setorial Padronização de plugues e tomadas NBR 14136/02 Ensaios Ilustração da nova padronização: - Tomada fixa de embutir - 20 A / 250 V ~ CERTIFICAÇÃO OBRIGATÓRIA DE PLUGUES E TOMADAS Modelos (

Leia mais

2º Conferência Brasileira sobre Arranjos Produtivos Locais - APLs

2º Conferência Brasileira sobre Arranjos Produtivos Locais - APLs 2º Conferência Brasileira sobre Arranjos Produtivos Locais - APLs Rio de Janeiro, RJ - 14 de Setembro de 2005 Visão Empresarial Marcas, Certificação e Meio Ambiente Fabián Yaksic Presidente do CBAC Comitê

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO Resolução n o 03, de 5 de dezembro de 2012 Dispõe sobre a aprovação

Leia mais

COMUNICADO AOS NOSSOS FORNECEDORES / PRESTADORES DE SERVIÇOS SOBRE OS REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS

COMUNICADO AOS NOSSOS FORNECEDORES / PRESTADORES DE SERVIÇOS SOBRE OS REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS São Paulo, 31 de Maio de 2011. COMUNICADO AOS NOSSOS FORNECEDORES / PRESTADORES DE SERVIÇOS SOBRE OS REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS Prezados Senhores. Complementando o atendimento às exigências

Leia mais

Lista de Normas de junho a distribuir aos Correspondentes IPQ

Lista de Normas de junho a distribuir aos Correspondentes IPQ DNP CEN/CR 1404:2013 Determinação de emissões em aparelhos que utilizam combustíveis gasosos durante os ensaios de tipo NP EN 1330-7:2013 Ensaios não destrutivos Terminologia Parte 7: Termos utilizados

Leia mais

ABNT/CB-05 - AUTOMOTIVO Prazo-limite ABNT NBR 10400:1997 Tratores agrícolas - Determinação do desempenho na barra de tração - Método de ensaio

ABNT/CB-05 - AUTOMOTIVO Prazo-limite ABNT NBR 10400:1997 Tratores agrícolas - Determinação do desempenho na barra de tração - Método de ensaio EDITAL Nº. 09:2012 Período de 01 de setembro de 2012 a 30 de setembro de 2012 PROPOSTA DE CONFIRMAÇÃO DE NORMA BRASILEIRA A Proposta de Confirmação de Norma da ABNT pode ser visualizada e impressa pelo

Leia mais

Edital nº 04:2016. Período de 01 de abril de 2016 a 30 de abril de 2016 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA

Edital nº 04:2016. Período de 01 de abril de 2016 a 30 de abril de 2016 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA Edital nº 04:2016 Período de 01 de abril de 2016 a 30 de abril de 2016 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA Os Projetos de Norma da ABNT podem ser visualizados e impressos pelo site www.abnt.org.br/consultanacional.

Leia mais

Sextante Ltda. Rua da Assembléia, 10 sala 1817 Rio de Janeiro RJ (21) Programa Setorial da Qualidade

Sextante Ltda. Rua da Assembléia, 10 sala 1817 Rio de Janeiro RJ (21) Programa Setorial da Qualidade Av. Marechal Câmara, 160 grupo 632 - Centro - Rio de Janeiro, RJ CEP: 20020-080 Tel.: (21) 2262-3882 Fax: (21) 2533-1872 E-mail: abitam@abitam.com.br www.abitam.com.br Sextante Ltda Rua da Assembléia,

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica PORTARIA INTERMINISTERIAL N o 132, DE 12 DE JUNHO DE 2006. OS MINISTROS DE ESTADO DE MINAS E ENERGIA, DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, E DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA

Leia mais

CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU

CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU Cobre eletrolítico nu, meio duro. Empregado em linhas aéreas para transmissão e distribuição de energia elétrica e sistema de aterramento. NBR 6524: Fios e cabos de cobre

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA QUE DEFINE OS NÍVEIS MÍNIMOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE LÂMPADAS FLUORESCENTES COMPACTAS

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA QUE DEFINE OS NÍVEIS MÍNIMOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE LÂMPADAS FLUORESCENTES COMPACTAS REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA QUE DEFINE OS NÍVEIS MÍNIMOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE LÂMPADAS FLUORESCENTES COMPACTAS CAPÍTULO I CARACTERIZAÇÃO DO PRODUTO Art. 1 o Os equipamentos objeto desta regulamentação

Leia mais

APÊNDICE III Correias de transmissão sem fim, síncronas, com uma circunferência

APÊNDICE III Correias de transmissão sem fim, síncronas, com uma circunferência APÊNDICE III Tendo como substância ativa um metal precioso ou um composto de 38151200 metal precioso Líquidos para freios (travões) hidráulicos e outros líquidos preparados para 38190000 transmissões hidráulicas,

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL N o, DE DE DE 2005.

PORTARIA INTERMINISTERIAL N o, DE DE DE 2005. PORTARIA INTERMINISTERIAL N o, DE DE DE 2005. OS MINISTROS DE ESTADO DE MINAS E ENERGIA, DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, E DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, no uso da atribuição que lhes confere

Leia mais

Empilhadeira Elétrica LEE25

Empilhadeira Elétrica LEE25 Empilhadeira Elétrica LEE25 Manual de peças 1 TRANSMISSÃO Y 1 7038.010.132.00.2 1 Motor Elétrico da Direção 2 7038.010.133.00.0 1 Junta 7 7038.010.134.00.8 1 Tampa 8 7038.010.135.00.5 1 Carcaça 12 7038.010.136.00.6

Leia mais

OUVIDORIA. Relatório Síntese / Novembro

OUVIDORIA. Relatório Síntese / Novembro OUVIDORIA Relatório Síntese / Novembro - 2005 No mês de novembro de 2005, foram realizados 3.275 atendimentos. Do total de atendimentos do mês, 2.188 (66,81%) foram relacionados especificamente às atividades

Leia mais

EDITAL Nº. 05:2013. Período de 01 de maio de 2013 a 31 de maio de 2013 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA

EDITAL Nº. 05:2013. Período de 01 de maio de 2013 a 31 de maio de 2013 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA EDITAL Nº. 05:2013 Período de 01 de maio de 2013 a 31 de maio de 2013 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA Os Projetos de Norma da ABNT podem ser visualizados e impressos pelo site www.abnt.org.br/consultanacional

Leia mais

FIOS, CABOS E CORDÕES

FIOS, CABOS E CORDÕES Página: 1/39 Elaborado por: Douglas Ferreira Verificado por: Karen Martins Nelson Aparecido Coelho Aprovado por: Arnaldo Barbulio Filho Data Aprovação: 20/05/2014 1 OBJETIVO Estabelecer os requisitos complementares

Leia mais

SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA

SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0044 ILUMINAÇÃO PÚBLICA 1/20 1.

Leia mais

COMO CERTIFICAR PRODUTOS COMPONENTES DE BICICLETA DE USO ADULTO

COMO CERTIFICAR PRODUTOS COMPONENTES DE BICICLETA DE USO ADULTO 1. OBJETIVO Desmistificar o processo de certificação dos componentes de bicicletas de uso adulto. 2. ESCOPO DE APLICAÇÃO A Portaria Inmetro nº 656/2012 define que são passíveis de certificação os seguintes

Leia mais

DOSSIÊ TÉCNICO. Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis

DOSSIÊ TÉCNICO. Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis DOSSIÊ TÉCNICO Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis Indexadores: Combustível; Inflamável; Armazenamento; Tanque; Recipiente; Tambores São Paulo, 01 de Julho de 2016. 1. RESULTADO FORNECIDO

Leia mais

Planilha Orçamentária Início, apoio e administração da obra 7.547,90 1,02%

Planilha Orçamentária Início, apoio e administração da obra 7.547,90 1,02% 020000 Início, apoio e administração da obra 7.547,90 1,02% 020200 Container 020202 CPOS Container alojamento - mínimo 9,20 m² unxmês 2,00 253,33 2,24 511,14 0,069% 020204 CPOS Container sanitário - mínimo

Leia mais

Mangueiras de PVC Plastificado para Instalação Doméstica de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP)

Mangueiras de PVC Plastificado para Instalação Doméstica de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) Página: 1/1 Elaborado por: Eduardo Augusto Di Marzo Verificado por: Karen Carolina Martins Aprovado por: Igor Moreno Data Aprovação: 27/04/2015 1 OBJETIVO Este documento apresenta os critérios complementares

Leia mais

Encontro de Integradores Tendências e Inovação

Encontro de Integradores Tendências e Inovação Encontro de Integradores 2013 Tendências e Inovação Cases de Sucesso de Certificações Elétricas Eng. Eduardo Daniel Certiel do Brasil Associação membro da Associação civil de fins não econômicos, constituída

Leia mais

PORTARIA Nº - 74, DE 7 DE FEVEREIRO DE 2012

PORTARIA Nº - 74, DE 7 DE FEVEREIRO DE 2012 PORTARIA Nº - 74, DE 7 DE FEVEREIRO DE 2012 O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO, no uso de suas atribuições, conferidas no 3º do artigo 4º da Lei n.º 5.966,

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 175, de 19 de outubro de 2004. O PRESIDENTE

Leia mais

EDITAL Nº. 04:2011. Período de 01 de Abril de 2011 a 30 de Abril de 2011 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA

EDITAL Nº. 04:2011. Período de 01 de Abril de 2011 a 30 de Abril de 2011 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA EDITAL Nº. 04:2011 Período de 01 de Abril de 2011 a 30 de Abril de 2011 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA Os Projetos de Norma da ABNT podem ser visualizados e impressos pelo site www.abnt.org.br/consultanacional

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Processo: 23083.006186/2015-28 Pregão: 36/2016 Vigência 28/04/2016-27/04/2017 Objeto: Aquisição de extintores de incêndio Gestor: Sérgio Vieira DEPTO: PROAD E-mail: proad-ngs@ufrrj.br

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - MDIC Portaria n.º 87, de 20 de maio de 2003. O PRESIDENTE DO INSTITUTO

Leia mais

Mangueiras Perfis Técnicos

Mangueiras Perfis Técnicos Produtos de Qualidade Mangueiras Perfis Técnicos Mangueiras Apresentação NASHA, fundada em 1990, possui ex- tubos e perfis técnicos extrudados em PVC periência no mercado industrial e neste perío- (policloreto

Leia mais

APOLO TUBOS E EQUIPAMENTOS

APOLO TUBOS E EQUIPAMENTOS APOLO TUBOS E EQUIPAMENTOS A Apolo Tubos e Equipamentos S.A, fundada em 1938 na cidade do Rio de janeiro, foi a primeira empresa industrial do Grupo Peixoto de Castro. Pioneira no Brasil na fabricação

Leia mais

para Produtos para Saúde

para Produtos para Saúde Programas de Avaliação da Conformidade para Produtos para Saúde São Paulo, 07 de junho de 2011 Andréia Quintana Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade Diretoria da Qualidade Inmetro Quem Somos

Leia mais

EVENTO BUS WAY ACE/CELESC

EVENTO BUS WAY ACE/CELESC EVENTO BUS WAY ACE/CELESC DISJUNTORES Definição Disjuntor Disjuntor: dispositivo de seccionamento automático para proteção de circuitos elétricos. Normas Vigentes no Brasil * NBR NM 60898:2004 (em processo

Leia mais

OUVIDORIA. Relatório Síntese / Setembro

OUVIDORIA. Relatório Síntese / Setembro OUVIDORIA Relatório Síntese / Setembro - 2005 No mês de Setembro de 2005, foram realizados 3.370 atendimentos. Do total de atendimentos do mês, 2.575 (76,41%) foram relacionados especificamente às atividades

Leia mais

FIOS, CABOS E CORDÕES

FIOS, CABOS E CORDÕES Página: 1/38 Elaborado por: Douglas Ferreira Verificado por: Natália Mendonça Silva Aprovado por: Nelson Aparecido Coelho Data Aprovação: 01/03/2016 1 OBJETIVO Estabelecer os requisitos complementares

Leia mais

EDITAL Nº. 08:2013. Período de 01 de agosto de 2013 a 31 de agosto de 2013 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA

EDITAL Nº. 08:2013. Período de 01 de agosto de 2013 a 31 de agosto de 2013 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA EDITAL Nº. 08:2013 Período de 01 de agosto de 2013 a 31 de agosto de 2013 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA Os Projetos de Norma da ABNT podem ser visualizados e impressos pelo site www.abnt.org.br/consultanacional

Leia mais

PUBLICADO DOC 16/10/2013, PÁG 159 JUSTIFICATIVA PL 0738/2013

PUBLICADO DOC 16/10/2013, PÁG 159 JUSTIFICATIVA PL 0738/2013 PUBLICADO DOC 16/10/2013, PÁG 159 JUSTIFICATIVA PL 0738/2013 Se exigir, por questões de segurança que, na Cidade de São Paulo no ato do abastecimento dos veículos com sistemas para uso do Gás Natural Veicular

Leia mais

Portaria n.º 147, 29 de março de 2016

Portaria n.º 147, 29 de março de 2016 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 147, 29 de março de 2016 O PRESIDENTE

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO DE LIMITES MÁXIMOS DE EMISSÃO DE GASES POLUENTES e RUÍDO PARA VEICULOS AUTOMOTORES

REGULAMENTO TÉCNICO DE LIMITES MÁXIMOS DE EMISSÃO DE GASES POLUENTES e RUÍDO PARA VEICULOS AUTOMOTORES MERCOSUL/GMC/RES. Nº 128/96 REGULAMENTO TÉCNICO DE LIMITES MÁXIMOS DE EMISSÃO DE GASES POLUENTES e RUÍDO PARA VEICULOS AUTOMOTORES TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção, o Protocolo de Ouro Preto, a Resolução

Leia mais

GP01P - ANEXO A - ESCOPO DE OPERAÇÃO DO BUREAU VERITAS CERTIFICATION NO ÂMBITO DO SBAC

GP01P - ANEXO A - ESCOPO DE OPERAÇÃO DO BUREAU VERITAS CERTIFICATION NO ÂMBITO DO SBAC Rv. 16/06/2015 Página 1 d 5 O dtalhamnto do scopo d opração do Burau Vritas Crtification no âmbito do SBAC pod sr consultado através do sit do Inmtro (www.inmtro.gov.br/organismos). O Anxo ao Crtificado

Leia mais

GP01P - ANEXO A - ESCOPO DE OPERAÇÃO DO BUREAU VERITAS CERTIFICATION NO ÂMBITO DO SBAC

GP01P - ANEXO A - ESCOPO DE OPERAÇÃO DO BUREAU VERITAS CERTIFICATION NO ÂMBITO DO SBAC O dtalhamnto do scopo d opração do Burau Vritas Crtification no âmbito do SBAC pod sr consultado através do sit do Inmtro (www.inmtro.gov.br/organismos). O Anxo ao Crtificado d Acrditação OCP, documnto

Leia mais

PORTARIA N º 159, DE 26 DE JULHO DE ELMER COELHO VICENZI Diretor

PORTARIA N º 159, DE 26 DE JULHO DE ELMER COELHO VICENZI Diretor PORTARIA N º 159, DE 26 DE JULHO DE 2017. Substitui o Anexo da Portaria DENATRAN nº 64, de 24 de março de 2016, que estabelece a Tabela Anexo da Resolução CONTRAN nº 292/2008, que trata das modificações

Leia mais

INSTALAÇÕES DE GÁS. Profª Maria Cleide. Curso técnico em edificações 2014

INSTALAÇÕES DE GÁS. Profª Maria Cleide. Curso técnico em edificações 2014 INSTALAÇÕES DE GÁS Profª Maria Cleide Curso técnico em edificações 2014 Os gases combustíveis oferecidos no Brasil são: Gás natural; Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). Gás natural É composto por uma mistura

Leia mais

Transversal anterior. 4 no cabeçote. 127 a rpm. 32,6 a 1800 rpm. 88 mm x 94 mm. turboalimentado com intercooler.

Transversal anterior. 4 no cabeçote. 127 a rpm. 32,6 a 1800 rpm. 88 mm x 94 mm. turboalimentado com intercooler. DUCATO DUCATO MINIBUS TB 15 LUGARES 2.3 DIESEL 2017 MOTOR CILINDROS 4 em linha POSIÇÃO DO MOTOR TAXA DE COMPRESSÃO Transversal anterior 16,2:1 Nº DE VÁLVULAS POR CILINDRO 4 no cabeçote CILINDRADA TOTAL

Leia mais

RESOLUÇÃO CONTRAM Nº 157, DE 22 DE ABRIL DE 2004 DOU DE

RESOLUÇÃO CONTRAM Nº 157, DE 22 DE ABRIL DE 2004 DOU DE RESOLUÇÃO CONTRAM Nº 157, DE 22 DE ABRIL DE 2004 DOU DE 07-05-2004. Fixa especificações para os extintores de incêndio, equipamento de uso obrigatório nos veículos automotores, elétricos, reboque e semi-reboque,

Leia mais

PORTARIA Nº 19, DE 18 DE JANEIRO DE 2012

PORTARIA Nº 19, DE 18 DE JANEIRO DE 2012 PORTARIA Nº 19, DE 18 DE JANEIRO DE 2012 O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO, no uso de suas atribuições, conferidas no 3º do artigo 4º da Lei n.º 5.966,

Leia mais

N Ref. Código Descrição Qtd.

N Ref. Código Descrição Qtd. 1 1 2 3 3 1 4 1 5 1 6 1 7 1 8 1 9 202002741 CONJUNTO BOMBA DE ÁGUA 1 10 202002750 ANEL DE VEDAÇÃO DA TAMPA 1 11 202002751 JUNTA DA MANGUEIRA DE SUB-CIRCULAÇÃO 1 12 202002752 COBERTURA DA BOMBA D'AGUA 1

Leia mais

Luminária de emergência a led de alta potência substitui outras luminárias de emergência a led de baixa eficiência e baixa durabilidade da bateria.

Luminária de emergência a led de alta potência substitui outras luminárias de emergência a led de baixa eficiência e baixa durabilidade da bateria. DESCRIÇÃO Luminária de emergência a led de alta potência substitui outras luminárias de emergência a led de baixa eficiência e baixa durabilidade da bateria. APLICAÇÕES Indicada para todas as áreas prediais,

Leia mais

/sonarengenharia

/sonarengenharia A Sonar Engenharia, empresa atuante nos setores de ELÉTRICA e GÁS, possui em seu quadro profissionais graduados em Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Eletrotécnica e Engenharia de Segurança no Trabalho.

Leia mais

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos.

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. 1 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em nível global e mais de 40 anos no Brasil.

Leia mais

ANEXO. Automóvel, Camioneta, Utilitário, Micro-ônibus e Ônibus. Automóvel, Camioneta, Utilitário, Micro-ônibus e Ônibus.

ANEXO. Automóvel, Camioneta, Utilitário, Micro-ônibus e Ônibus. Automóvel, Camioneta, Utilitário, Micro-ônibus e Ônibus. ANEXO APLICAÇÃO EXIGÊNCIA 1 Acessibilidade para transporte de portadores de necessidades especiais, sem que haja alteração da estrutura do veículo e/ou alteração/reposicionament o dos componentes do sistema

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA DE SAÚDE NO TRABALHO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA DE SAÚDE NO TRABALHO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA DE SAÚDE NO TRABALHO PORTARIA N.º 407, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2013 (D.O.U. de 18/11/2013 Seção 1 Págs. 102 a

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 46 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO INSTITUTO LAB SYSTEM DE PESQUISAS E ENSAIOS LTDA.

Leia mais

A SUA SEGURANÇA É A NOSSA MAIOR PREOCUPAÇÃO

A SUA SEGURANÇA É A NOSSA MAIOR PREOCUPAÇÃO A SUA SEGURANÇA É A NOSSA MAIOR PREOCUPAÇÃO TRABALHAMOS COM AS MELHORES MARCAS E COM OS MELHORES EQUIPAMENTOS PARA OFERECER AO PROFISSIONAL, A MAIS COMPLETA LINHA DE SEGURANÇA AÉREA, SUBTERRÂNEA, TERRESTRE,

Leia mais

Presente em todos os ambientes.

Presente em todos os ambientes. Presente em todos os ambientes. LINHA DE MATERIAL ELÉTRICO DURABILIDADE E PRATICIDADE. Novo sistema de prensa cabo CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Plugues: Pinos em latão maciço e bornes para conexão dos condutores.

Leia mais

transversal anterior 4 no cabeçote 127 a rpm 32,6 a rpm 88 mm x 94 mm turboalimentado com intercooler ferro fundido com pino flutuante

transversal anterior 4 no cabeçote 127 a rpm 32,6 a rpm 88 mm x 94 mm turboalimentado com intercooler ferro fundido com pino flutuante DUCATO CARGO DUCATO CARGO 7.5 M³ MULTIJET ECONOMY 2017 MOTOR CILINDROS 4 em linha POSIÇÃO DO MOTOR TAXA DE COMPRESSÃO transversal anterior 16,2:1 Nº DE VÁLVULAS POR CILINDRO 4 no cabeçote CILINDRADA TOTAL

Leia mais

Lista de Documentos Normativos de agosto/setembro, a distribuir aos Correspondentes IPQ

Lista de Documentos Normativos de agosto/setembro, a distribuir aos Correspondentes IPQ DNP ISO/TR 29846:2014 Pneus válvulas e Câmaras de ar Equivalências kpa/psi para pressões de insuflação NP 2626-395:2014 Vocabulário Eletrotécnico Internacional Capítulo 395: Instrumentação nuclear: Fenómenos

Leia mais

COMUNICADO. Notificação de alteração de requisitos Certificação de fios, cabos e cordões elétricos.

COMUNICADO. Notificação de alteração de requisitos Certificação de fios, cabos e cordões elétricos. COMUNICADO Notificação de alteração de requisitos Certificação de fios, cabos e cordões elétricos. Prezados clientes, No final de 2012, o Inmetro, publicou a Portaria nº 640, estabelecendo modificações

Leia mais

Instituto Lab System de Pesquisas e Ensaios LTDA.

Instituto Lab System de Pesquisas e Ensaios LTDA. RL 0154 acordo com a NBR ISO/IE 17025 Relatório de Análises e Ensaios de Produtos (RAE) N.º 1220705 Pág.: 1 / 5 Data de emissão: 03/08/2005 1 Solicitante: BVQI do Brasil Sociedade ertificadora Ltda. Rua:

Leia mais

"Aprova a revisão da Lista de Grupos de Produtos Perigosos e do Registro de Não- Conformidade (RNC)".

Aprova a revisão da Lista de Grupos de Produtos Perigosos e do Registro de Não- Conformidade (RNC). PORTARIA INMETRO Nº 473, de 13/12/2011 "Aprova a revisão da Lista de Grupos de Produtos Perigosos e do Registro de Não- Conformidade (RNC)". O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE

Leia mais

Evolução do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular PBE Veicular. 13/09/2013 PBE Veicular

Evolução do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular PBE Veicular. 13/09/2013 PBE Veicular Evolução do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular PBE Veicular Sumário Histórico do Programa e Marcos Legais O programa veicular PBEV Próximos Passos Inovar Auto Resultados Conclusões Histórico e

Leia mais

PROCEDIMENTO DE FISCALIZAÇÃO - LÂMPADAS LUORESCENTES COMPACTAS, COM REATOR INTEGRADO, CONTEMPLADOS PELA. Portaria Inmetro 289/ Código 3383

PROCEDIMENTO DE FISCALIZAÇÃO - LÂMPADAS LUORESCENTES COMPACTAS, COM REATOR INTEGRADO, CONTEMPLADOS PELA. Portaria Inmetro 289/ Código 3383 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria da Qualidade Dqual Divisão de Fiscalização e Verificação

Leia mais

Certificação de cabos isolados com policloreto de vinila (PVC) para tensões nominais de 450/750 V, sem cobertura para instalações fixas

Certificação de cabos isolados com policloreto de vinila (PVC) para tensões nominais de 450/750 V, sem cobertura para instalações fixas 1/9 Palavras-chave: Certificação, cabos, isolados. Exemplar nº: Sumário 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Documentos complementares 4 Definições 5 Procedimento 6 Referências Anexo A Ensaios Anexo B Avaliação do

Leia mais

Portaria n.º 55, de 28 de janeiro de 2014.

Portaria n.º 55, de 28 de janeiro de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 55, de 28 de janeiro de 2014. O PRESIDENTE

Leia mais

CISCEA. Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo PÁGINA: PLANILHA QUANTIDADE /ORÇAMENTÁRIA. 1 de 5 DATA:

CISCEA. Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo PÁGINA: PLANILHA QUANTIDADE /ORÇAMENTÁRIA. 1 de 5 DATA: 1 de 5 01.00.000 SERVIÇOS TÉCNICOS-PROFISSIONAIS 01.02.000 GEOTECNIA 01.02.107 Medição de resistividade do solo.01 - Ponto de medição com 5 níveis (2, 4, 8, 16 e 32)m un 10,00 01.03.000 ESTUDOS E PROJETOS

Leia mais

PRODUTOS E SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E RETIRADA DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO SUBTERRNÂEO DE COMBUSTÍVEIS SASC

PRODUTOS E SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E RETIRADA DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO SUBTERRNÂEO DE COMBUSTÍVEIS SASC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria da Qualidade Dqual Divisão de Fiscalização e Verificação

Leia mais

EDITAL Nº. 12:2012. Período de 01 de dezembro de 2012 a 31 de dezembro de 2012 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA

EDITAL Nº. 12:2012. Período de 01 de dezembro de 2012 a 31 de dezembro de 2012 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA EDITAL Nº. 12:2012 Período de 01 de dezembro de 2012 a 31 de dezembro de 2012 PROJETOS DE NORMA BRASILEIRA Os Projetos de Norma da ABNT podem ser visualizados e impressos pelo site www.abnt.org.br/consultanacional

Leia mais

Portaria n.º 451, de 03 de outubro de CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 451, de 03 de outubro de CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 451, de 03 de outubro de 2014. CONSULTA

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1

BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1 BALANÇA COMERCIAL DE SC BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1 EXPORTAÇÕES CATARINENSES - As exportações catarinenses declinaram 7,44 no mês de agosto de 2015 em relação a julho, totalizando

Leia mais

PORTARIA N º 60, DE 27 DE ABRIL DE Considerando a necessidade de atualização da Tabela de modificações permitidas em veículos;

PORTARIA N º 60, DE 27 DE ABRIL DE Considerando a necessidade de atualização da Tabela de modificações permitidas em veículos; PORTARIA N º 60, DE 27 DE ABRIL DE 2017. Substitui o Anexo da Portaria DENATRAN nº 64, de 24 de março de 2016, que estabelece a Tabela Anexo da Resolução CONTRAN nº 292/2008, que trata das modificações

Leia mais

FIO PLASTICOM CABOS DE ENERGIA. Fios e cabos elétricos ANTICHAMA 450/750 V. Central de Relacionamento : (11)

FIO PLASTICOM CABOS DE ENERGIA. Fios e cabos elétricos ANTICHAMA 450/750 V. Central de Relacionamento : (11) FIO PLASTICOM ANTICHAMA 450/750 V têmpera mole, isolado com Policloreto de Vinila (PVC), tipo PVC/A para 70 C, antichama (BWF-B). embutidos em eletrodutos, bandejas ou canaletas. ANTICHAMA 450/750 V Normas

Leia mais

Portaria n.º 247, de 03 de junho de 2016.

Portaria n.º 247, de 03 de junho de 2016. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, COMÉRCIO EXTERIOR E SERVIÇOS INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 247, de 03 de junho de 2016. O PRESIDENTE DO

Leia mais

www.cobreflex.com.br Bem vindo a Cobreflex A Cobreflex é uma empresa com capital 100% nacional, especializada na fabricação e comercialização de fios e cabos elétricos. Temos como objetivo, inovar e aumentar

Leia mais

AUTOVISTORIA PREDIAL Lei Estadual nº 6400 de 05/03/2013 ENG. JOSÉ AURELIO BERNARDO PINHEIRO

AUTOVISTORIA PREDIAL Lei Estadual nº 6400 de 05/03/2013 ENG. JOSÉ AURELIO BERNARDO PINHEIRO Foco: AUTOVISTORIA PREDIAL Lei Estadual nº 6400 de 05/03/2013 ENG. JOSÉ AURELIO BERNARDO PINHEIRO INSTALAÇÕES DE GÁS Gás Natural Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) A inspeção de autovistoria em edificações

Leia mais

BANCADA DIDÁTICA PARA TREINAMENTO DE TESTE E MANUTENÇÃO DE BOMBAS

BANCADA DIDÁTICA PARA TREINAMENTO DE TESTE E MANUTENÇÃO DE BOMBAS BANCADA DIDÁTICA PARA TREINAMENTO DE TESTE E MANUTENÇÃO DE BOMBAS MODELO: EE0576A A Bancada Didática para Treinamento de Teste e Manutenção de Bombas (EE0576A) é confeccionada em perfil de alumínio, contendo

Leia mais

PRODUTO Batatas Óleos minerais brancos (óleos de vaselina ou de parafina) - Saturados

PRODUTO Batatas Óleos minerais brancos (óleos de vaselina ou de parafina) - Saturados NCM PRODUTO 04.10.00 - Batatas 2710.19.91 Óleos minerais brancos (óleos de vaselina ou de parafina) - Saturados 2901.10.00 produto classificado no código 2901.10.00, exceto pentanos 2905.13.00 -- Butan-1-ol

Leia mais

Instalações Hidráulicas: Água Quente. Prof. Fabiano de Sousa Oliveira Curso: Engenharia Civil FTC/VC

Instalações Hidráulicas: Água Quente. Prof. Fabiano de Sousa Oliveira Curso: Engenharia Civil FTC/VC Instalações Hidráulicas: Água Quente Prof. Fabiano de Sousa Oliveira Curso: Engenharia Civil FTC/VC INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS: ÁGUA QUENTE Primeiro ponto: Apresentação da norma técnica, vigente. Projeto

Leia mais

4 Estudo de casos múltiplos: foco em produtos certificados

4 Estudo de casos múltiplos: foco em produtos certificados 4 Estudo de casos múltiplos: foco em produtos certificados Apresenta-se o estudo de casos múltiplos, desenvolvido com base em uma pesquisa de campo realizada junto a: (i) empresas fabricantes ou importadoras

Leia mais

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2 UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO Módulo 3 Módulo FRENTE MEDIDAS: Comprimento Total 2,0 m Comprimento módulo, m Comprimento módulo 2,00 m Comprimento módulo 3,0 m Largura 2,3 m

Leia mais

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC CERTIFICAMOS que a empresa acima identificada encontra-se regularmente inscrita no Cadastro de es de Materiais e/ou Serviços da PETROBRAS e habilitada para as especialidades indicadas conforme relação

Leia mais

Projetor Ex de AZW45. (sem alojamento p/ reator e auxiliares)

Projetor Ex de AZW45. (sem alojamento p/ reator e auxiliares) Projetor Ex de (sem alojamento p/ reator e auxiliares) AZW45 Tomadas/Plugs Painéis A prova de explosão, segurança aumentada e jatos potentes d água Características Construtivas Projetor industrial. Corpo,

Leia mais

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA NR Cabos de Aço e Cabos de Fibra Sintética_Versão_GT_Revisão da NR-18 TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO JUSTIFICATIVA

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA NR Cabos de Aço e Cabos de Fibra Sintética_Versão_GT_Revisão da NR-18 TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO JUSTIFICATIVA PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA NR-18 18.16. Cabos de Aço e Cabos de Fibra Sintética_Versão_GT_Revisão da NR-18 TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO JUSTIFICATIVA 18.16.1 É obrigatória a observância das 18.16.1 É obrigatória

Leia mais

GUIA DE BOAS PRÁTICAS. para SAAC de até 15M³

GUIA DE BOAS PRÁTICAS. para SAAC de até 15M³ GUIA DE BOAS PRÁTICAS para SAAC de até 15M³ É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte. Não é permitida a comercialização. Esta publicação foi realizada pelo Sindicato

Leia mais

VISÃO DE MERCADO São Paulo, 09 de abril 2013

VISÃO DE MERCADO São Paulo, 09 de abril 2013 Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica VISÃO DE MERCADO São Paulo, 09 de abril 2013 TECNOLOGIA MACROECONOMIA LED ILUMINAÇÃO MICROECONOMIA REGULAÇÃO 2 Conceitos: Led iluminação é um componente

Leia mais

Dispõe sobre o sistema de segurança para a circulação de veículos e implementos rodoviários do tipo carroceria basculante.

Dispõe sobre o sistema de segurança para a circulação de veículos e implementos rodoviários do tipo carroceria basculante. RESOLUÇÃO Nº 563, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2015 Dispõe sobre o sistema de segurança para a circulação de veículos e implementos rodoviários do tipo carroceria basculante. O CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO (CONTRAN),

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 699, DE 10 DE OUTUBRO DE 2017

RESOLUÇÃO Nº 699, DE 10 DE OUTUBRO DE 2017 RESOLUÇÃO Nº 699, DE 10 DE OUTUBRO DE 2017 Disciplina o registro e licenciamento de veículos de fabricação artesanal, nos termos do art. 106 do Código de Trânsito Brasileiro. O CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO

Leia mais

Condutores, Fornecimento de Tensão e Padrão de Entrada. Instalações Hidráulicas e Elétricas - Profª Bárbara Silvéria

Condutores, Fornecimento de Tensão e Padrão de Entrada. Instalações Hidráulicas e Elétricas - Profª Bárbara Silvéria Condutores, Fornecimento de Tensão e Padrão de Entrada Instalações Hidráulicas e Elétricas - Profª Bárbara Silvéria Condutores e Isolantes Isolantes Materiais que não conduzem eletricidade; Condutores

Leia mais

Manual de Documentos Exigidos dos Fornecedores

Manual de Documentos Exigidos dos Fornecedores PRIMAX TRANSPORTE PESADOS LTDA. Manual de Documentos Exigidos DG.SUP.004 REV04 Aprovado por Julio Apolinário 8/9/2017 Revisão: 004 Folha: 1 de 13 1 OBJETIVO... 3 2 SUBCONTRATADA OU PRESTADORES DE SERVIÇOS

Leia mais