para Produtos para Saúde

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "para Produtos para Saúde"

Transcrição

1 Programas de Avaliação da Conformidade para Produtos para Saúde São Paulo, 07 de junho de 2011 Andréia Quintana Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade Diretoria da Qualidade Inmetro

2 Quem Somos Nós Fundado d em dez/1973 Autarquia vinculada ao MDIC cerca de 20 laboratórios 2,3 milhões m 2 de área total 100 mil m 2 de área construída cerca de 1700 profissionais Prêmio do PQGF Contrato de gestão Agência executiva

3 Foco da Atuação Competitividade Saúde, Segurança, Meio Ambiente Acesso a Mercados

4 Missão do Inmetro Prover confiança à sociedade brasileira nas medições e nos produtos, através da metrologia e da avaliação da conformidade, promovendo a harmonização das relações de consumo, a inovação e a competitividade do país.

5 Principais Atividades Metrologia Científica e Industrial Metrologia Legal Ponto Focal de Barreiras Técnicas Singularidade Acreditação de Organismos e Laboratórios Avaliação da Conformidade As atividades do Inmetro impactam de forma ampla o cotidiano do país.

6 Avaliação da Conformidade A Avaliação da Conformidade é um processo sistematizado, com regras pré-estabelecidas, devidamente acompanhado e avaliado, de forma a propiciar adequado grau de confiança de que um produto, processo ou serviço, ou ainda um profissional atende a requisitos pré-estabelecidos em normas ou regulamentos.

7 A Importância da Avaliação da Conformidade Os benefícios são para todos os segmentos da sociedade.

8 Certificação Mecanismos Disponíveis Sistema de Gestão, Produto, Profissional e Serviço Declaração do Fornecedor Etiquetagem Inspeção Ensaios (compulsório ou voluntário) Necessidades d diferentes Mecanismos diferentes

9 Organização e Gestão da Atividade Programa de Avaliação da Conformidade Conteúdo Típico Base Normativa ( o que avaliar) Requisitos de Avaliação da Conformidade - RAC (como avaliar) Etapas da Implantação Assistida _ Estudo de Impacto e Viabilidade _ Desenvolvimento e Implementação _ Aperfeiçoamento _ Manutenção (Operação continua)

10 Estrutura de um PAC para Produtos para Saúde RDC Resolução de Diretoria Colegiada N Norma (ABNT/CB-26/ CE de Produtos para Saúde ) ( o que avaliar ) O que? RAC - Requisitos de Avaliação da Conformidade ( como avaliar ) Como? Os papéis do Inmetro são o de Acreditador e Gestor dos Programas.

11 Lei 9933/1999 Legislação Inmetro Dispõe sobre as competências do Conmetro e do Inmetro, institui a Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências Art 2 o, 1 o Os regulamentos técnicos deverão dispor sobre características técnicas de insumos, produtos finais e serviços que não constituam objeto da competência de outros órgãos e de outras entidades da Administração Pública Federal, no que se refere a aspectos relacionados com segurança, prevenção de práticas enganosas de comércio, proteção da vida e saúde humana, animal e vegetal, e com o meio ambiente.

12 Certificação de Produtos para Saúde Procedimento pelo qual uma terceira parte (OCP) atesta publicamente que um produto para a saúde atende aos requisitos técnicos.

13 Processo de Terceira Parte Cgcre Organismo de Acreditação ORGANISMO DE AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE (OCP) Organismo Acreditado d PRODUTOS PARA SAÚDE Certificados O reconhecimento da conformidade é feito por um organismo acreditado pela Cgcre

14 ORGANISMOS DE CERTIFICACAO DE PRODUTOS -OCP São organismos que conduzem e concedem a certificação de conformidade de produtos, processos e serviços, nas áreas voluntária e compulsória, com base em normas nacionais, regionais e internacionais ou regulamentos técnicos. Os critérios adotados pelo Inmetro para a acreditação desses organismos são baseados no ABNT ISO/IEC Guia 65 e suas interpretações t pelo IAF e IAAC.

15 Laboratórios de Ensaio Acreditados São organismos que realizam os ensaios segundo os requisitos técnicos do produto. Os critérios adotados pelo Inmetro para a acreditação desses organismos são baseados no ABNT ISO/IEC Guia 17025:2005 t b/ i t /i d

16 Avaliação ação da Conformidade o Formas de Evidenciar - Portaria 179/2009

17 PAC para Produtos para Saúde Termo de Cooperação e Assistência Técnica, DOU em 09/04/2009 Ministério da Saúde, SCTIE Ministério i i do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Inmetro Agência Nacional de Vigilância Sanitária Fundação Oswaldo Cruz CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO Realização de atividades que sejam consideradas relevantes à execução de ações no âmbito das políticas de saúde, de ciência e tecnologia, de desenvolvimento industrial, em especial a Política do Programa de Desenvolvimento Produtivo (PDP) e do Programa Mais Saúde, com o propósito de estabelecer um quadro permanente e contínuo de interação das atividades realizadas no âmbito do Ministério da Saúde com as políticas de promoção e de desenvolvimento das atividades econômicas do Complexo Industrial da Saúde (CIS).

18 PAC em Implementação /Aperfeiçoamento Equipamentos Elétricos sob Regime de Vigilância (Portaria Inmetro nº 350, de 06 de setembro de 2010) Chupetas (Portaria Inmetro n.º 34, de 03 de fevereiro de 2009) Luvas Cirúrgicas e de Procedimento Não Cirúrgico (Portaria Inmetro nº 233, de 30 de junho de 2008) Mamadeiras e Bicos de Mamadeiras (Portaria Inmetro n.º 35, de 03 de fevereiro de 2009) Preservativos Masculinos de Látex de Borracha Natural (Portaria n º de maio de 2010 Portarias Inmetro nº 50 de 28 de (Portaria n.º 193, 28 de maio de 2010, Portarias Inmetro nº 50, de 28 de março de 2002, e nº 189, de 22 de julho de 2009)

19 Equipamentos Elétricos sob Regime de Vigilância - Portaria Inmetro nº 350/ meses (set/2011) para revogação da Portaria Inmetro nº 86/2006 Considerandos: Atualização da base normativa, série ABNT NBR IEC Prescrições Gerais para Segurança (inclusão da ISO Gerenciamento de risco em produtos para a saúde) RDC nº 32/2007, certificação compulsória Instrução Normativa - Anvisa, estabelece as normas técnicas, adotadas para certificação MS, Pré-Qualificação de Empresas em Licitações para compra de produtos com certificação no âmbito SBAC Ampliou o PAC Eletromédicos: 37 normas particulares (ex: desfibriladores cardíacos, endoscopia, incubadoras para recém-nascidos, marcapassos raios-x) e 7 normas não eletromédicos (ex: Ultra-som, Peças de mão odontológicas, Oxímetro de pulso)

20 PAC em Desenvolvimento Implantes e Próteses Seringas Hipodérmicas Estéries de Uso Único Agulhas Hipodérmicas Estéries de Uso Único Equipoq p

21

22 Informe! Acidente de consumo Divisão de Orientação e Incentivo à Qualidade do Inmetro - Dqual Ocorre quando um produto e/ou serviço prestado provoca dano físico ao usuário ou a terceiros mesmo quando utilizado ou manuseado corretamente, de acordo com as instruções de uso. O Brasil ainda não possui estatísticas, sobre a ocorrência deste tipo de acidente. Nos Estados Unidos, há 30 anos são registrados os acidentes de consumo que estima-se se serem e responsáveis sá e s por um prejuízo anual aos cofres públicos norte- americanos de, aproximadamente, 700 bilhões de dólares, segundo a Consumer Product Safety Comission - CPSC, agência governamental norte-americana. Relate o seu acidente de consumo

23 Nossos Contatos Home Page doinmetro Ouvidoria Portal do Consumidor Portal do Consumidor

Programa Brasileiro de Certificação em Sistema de Gestão da Responsabilidade Social

Programa Brasileiro de Certificação em Sistema de Gestão da Responsabilidade Social Programa Brasileiro de Certificação em Sistema de Gestão da Responsabilidade Social Alfredo Lobo Diretor da Qualidade Inmetro Recife, 30/06/2010 Inmetro Missão Promover a qualidade de vida do cidadão e

Leia mais

VIII RIO METROLOGIA. Implantação Assistida de Programas de Avaliação da Conformidade. Alfredo Lobo Diretor da Qualidade Inmetro Rio, 04/08/2010

VIII RIO METROLOGIA. Implantação Assistida de Programas de Avaliação da Conformidade. Alfredo Lobo Diretor da Qualidade Inmetro Rio, 04/08/2010 VIII RIO METROLOGIA Implantação Assistida de Programas de Avaliação da Conformidade Alfredo Lobo Diretor da Qualidade Inmetro Rio, 04/08/2010 Inmetro Principais Atividades Metrologia Científica e Industrial

Leia mais

Diálogos com o Poder Judiciário sobre. Comércio Exterior. Produtos Nacionais e Importados: A Igualdade de Atuação e Fiscalização do Inmetro

Diálogos com o Poder Judiciário sobre. Comércio Exterior. Produtos Nacionais e Importados: A Igualdade de Atuação e Fiscalização do Inmetro Diálogos com o Poder Judiciário sobre Produtos Nacionais e Importados: A Igualdade de Atuação e Fiscalização do Inmetro São Paulo, 20 de agosto de 2013 LEONARDO ROCHA Chefe Substituto da Divisão de Regulamentação

Leia mais

Seminário - Fontes Renováveis de Energia na

Seminário - Fontes Renováveis de Energia na Seminário - Fontes Renováveis de Energia na Aviação Requisitos, it controle da qualidade d e o processo de certificação de bioquerosene Alfredo Lobo Diretor da Qualidade Inmetro São José dos Campos, 09/06/2010

Leia mais

Aspectos técnicos da etiquetagem de pneus. Gustavo Kuster Chefe de Divisão, Diretoria da Qualidade, Inmetro Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2012

Aspectos técnicos da etiquetagem de pneus. Gustavo Kuster Chefe de Divisão, Diretoria da Qualidade, Inmetro Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2012 Aspectos técnicos da etiquetagem de pneus Gustavo Kuster Chefe de Divisão, Diretoria da Qualidade, Inmetro Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2012 Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) Gustavo Kuster

Leia mais

5º Congresso Nacional em Auditoria Médica Fortaleza - CE

5º Congresso Nacional em Auditoria Médica Fortaleza - CE 5º Congresso Nacional em Auditoria Médica Fortaleza - CE MISSÃO "Proteger e promover a saúde da população, garantindo a segurança sanitária de produtos e serviços e participando da construção de seu acesso.

Leia mais

ALBERT EINSTEIN INSTITUTO ISRAELITA DE ENSINO E PESQUISA CENTRO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE ABRAM SZAJMAN

ALBERT EINSTEIN INSTITUTO ISRAELITA DE ENSINO E PESQUISA CENTRO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE ABRAM SZAJMAN ALBERT EINSTEIN INSTITUTO ISRAELITA DE ENSINO E PESQUISA CENTRO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE ABRAM SZAJMAN CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA CLÍNICA DISCIPLINA: GESTÃO DE TECNOLOGIAS MÉDICAS TEMA:REGULAÇÃO

Leia mais

ABINEE TEC de 20/12/2006. Plugues e Tomadas. Marcelo dos Santos Monteiro Inmetro - Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade

ABINEE TEC de 20/12/2006. Plugues e Tomadas. Marcelo dos Santos Monteiro Inmetro - Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade Resolução Conmetro nº. n. 11, de 20/12/2006 Plugues e Tomadas Marcelo dos Santos Monteiro Inmetro - Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade Sinmetro Sistema Nacional de Metrologia, Normalização

Leia mais

Seminário Relação do acreditador com o regulamentador e o mercado. Marcos Aurélio Lima de Oliveira Coordenador Geral de Acreditação Cgcre/Inmetro

Seminário Relação do acreditador com o regulamentador e o mercado. Marcos Aurélio Lima de Oliveira Coordenador Geral de Acreditação Cgcre/Inmetro Seminário Relação do acreditador com o regulamentador e o mercado Marcos Aurélio Lima de Oliveira Coordenador Geral de Acreditação Cgcre/Inmetro Exigências técnicas compulsórias (Regulamentos e PACs)

Leia mais

Avaliação da Conformidade aplicada às. Partículas (PFF)

Avaliação da Conformidade aplicada às. Partículas (PFF) Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Avaliação da Conformidade aplicada às Peças Semifaciais Filtrante para Partículas (PFF) Carlos E. de L. Monteiro Inmetro / Dconf / Dipac Fundacentro,

Leia mais

Processo de Acreditação de Serviços Laboratoriais como Fator de. pequena empresa

Processo de Acreditação de Serviços Laboratoriais como Fator de. pequena empresa Processo de Acreditação de Serviços Laboratoriais como Fator de Redução de Custos de Produção na pequena empresa Marcos Aurélio L. Oliveira Inmetro Rio de Janeiro 04/08/2009 Conceito de Avaliação ação

Leia mais

Programas de Avaliação da Conformidade regulamentados pelo Inmetro

Programas de Avaliação da Conformidade regulamentados pelo Inmetro Programas de Avaliação da Conformidade regulamentados pelo Inmetro Brinquedos e artigos escolares Engº Anselmo Alves Cabral e Engª Paula Silva Pinto Inmetro / DQUAL / DIPAC Inmetro Missão Prover confiança

Leia mais

O processo de acreditação de laboratórios pela Cgcre. Patricia Weigert de Camargo Assessora da Divisão de Acreditação de Laboratórios (INMETRO)

O processo de acreditação de laboratórios pela Cgcre. Patricia Weigert de Camargo Assessora da Divisão de Acreditação de Laboratórios (INMETRO) O processo de acreditação de laboratórios pela Cgcre Patricia Weigert de Camargo Assessora da Divisão de Acreditação de Laboratórios (INMETRO) A Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro (Cgcre) é o

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial Inmetro

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial Inmetro Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial Inmetro Portaria nº 50, de 28 de março de 2002 O PRESIDENTE DO

Leia mais

Acreditação de Laboratórios e Reconhecimento Mútuo Internacional

Acreditação de Laboratórios e Reconhecimento Mútuo Internacional Acreditação de Laboratórios e Reconhecimento Mútuo Internacional Marcos Aurélio Lima de Oliveira Coordenador Geral de Acreditação do Inmetro Conceito de Avaliação da Conformidade Acreditação Acreditação

Leia mais

Critérios Para Acreditação e Sanções de OAC. Marcos Aurélio Lima de Oliveira Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia

Critérios Para Acreditação e Sanções de OAC. Marcos Aurélio Lima de Oliveira Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Critérios Para Acreditação e Sanções de OAC Marcos Aurélio Lima de Oliveira Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Marcos Aurélio Lima de Oliveira Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade

Leia mais

OUVIDORIA. Relatório - Síntese / Maio

OUVIDORIA. Relatório - Síntese / Maio OUVIDORIA Relatório - Síntese / Maio - 00 TELEFONE INTERNET CORREIO / FAX CONTATO PESSOAL TOTAL 3.6 836 7.7 66 986 785 600 Acreditação Qualidade Outras Instituições RBMLQ Dimel Outras Unidades Principais

Leia mais

Portaria n.º 511, de 7 de novembro de CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 511, de 7 de novembro de CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, COMÉRCIO EXTERIOR E SERVIÇOS INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 511, de 7 de novembro de 2016. CONSULTA PÚBLICA

Leia mais

Marcio Damasceno Inmetro/Dqual: Diretoria da Qualidade São Paulo, 02 de agosto de 2012

Marcio Damasceno Inmetro/Dqual: Diretoria da Qualidade São Paulo, 02 de agosto de 2012 Marcio Damasceno Inmetro/Dqual: Diretoria da Qualidade São Paulo, 02 de agosto de 2012 Sumário Contextualização Apresentações Inmetro Eletrobras Gestão Técnica Grupos de Trabalho Específicos Dúvidas e

Leia mais

O Papel do Governo e do INMETRO no Apoio às s Empresas para adequação ao Regulamento REACH

O Papel do Governo e do INMETRO no Apoio às s Empresas para adequação ao Regulamento REACH O Papel do Governo e do INMETRO no Apoio às s Empresas para adequação ao Regulamento REACH Rogerio Corrêa Divisão de Superação de Barreiras Técnicas São Paulo, 14 de Maio de 2009 Instituto Nacional de

Leia mais

RSQM-DO DECLARAÇÃO_DOCUMENTADA_PROCESSO_DE_CERTIFICAÇÃO-ELETRODOMÉSTICOS

RSQM-DO DECLARAÇÃO_DOCUMENTADA_PROCESSO_DE_CERTIFICAÇÃO-ELETRODOMÉSTICOS Processo de Certificação Eletrodomésticos e Similares O que é OCC? Organismos de Certificação Credenciado (Acreditado) pelo INMETRO Conduzem e concedem a certificação de conformidade, com base em normas

Leia mais

Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade Social

Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade Social 1ª Reunião Extraordinária de 2012 do Fórum Governamental de Responsabilidade Social SEMINÁRIO BRASIL-HOLANDA SOBRE RESPONSABILIDADE SOCIAL GOVERNAMENTAL Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade

Leia mais

ABNT NBR 16156:2013 Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos Requisitos para atividade de manufatura reversa

ABNT NBR 16156:2013 Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos Requisitos para atividade de manufatura reversa ABNT NBR 16156:2013 Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos Requisitos para atividade de manufatura reversa Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer CTI Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Leia mais

Equipamentos de Proteção Individual Vestimentas contra os Efeitos Térmicos do Arco Elétrico e Fogo Repentino 9/8/2014 1

Equipamentos de Proteção Individual Vestimentas contra os Efeitos Térmicos do Arco Elétrico e Fogo Repentino 9/8/2014 1 Equipamentos de Proteção Individual Vestimentas contra os Efeitos Térmicos do Arco Elétrico e Fogo Repentino 1 Avanços na prevenção 2 2004 Atualização da NR 10 10.2.1 Em todas as intervenções em instalações

Leia mais

Cenário da Metrologia Nacional: Demandas e Oportunidades

Cenário da Metrologia Nacional: Demandas e Oportunidades Cenário da Metrologia Nacional: Demandas e Oportunidades João Alziro Herz da Jornada Presidente do Inmetro O contexto onde se insere a Metrologia: Ferramentas técnicas básicas para o desenvolvimento, provendo

Leia mais

O Papel da Acreditação na Confiabilidade dos Inventários de Emissões Marcos Aurélio Lima de Oliveira

O Papel da Acreditação na Confiabilidade dos Inventários de Emissões Marcos Aurélio Lima de Oliveira O Papel da Acreditação na Confiabilidade dos Inventários de Emissões Marcos Aurélio Lima de Oliveira Coordenador Geral de Acreditação do Inmetro Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia

Leia mais

Processo de Normatização de SST no Brasil e Acordo de Cooperação Brasil x União Europeia

Processo de Normatização de SST no Brasil e Acordo de Cooperação Brasil x União Europeia Processo de Normatização de SST no Brasil e Acordo de Cooperação Brasil x União Europeia Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho Setembro de 2014 Processo de Regulamentação

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ELETROMÉDICOS NO BRASIL

CERTIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ELETROMÉDICOS NO BRASIL CERTIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ELETROMÉDICOS NO BRASIL Márcio Costa de Araújo Agência Nacional de Vigilância Sanitária Unidade de Tecnologia em Equipamentos Fone: 55(0) 448-0, Fax: 55(0) 448-0 marcio.araujo@anvisa.gov.br

Leia mais

SINMETRO Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. Prof. M.Sc. Aécio Flávio de Paula Filho

SINMETRO Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. Prof. M.Sc. Aécio Flávio de Paula Filho SINMETRO Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial Prof. M.Sc. Aécio Flávio de Paula Filho SINMETRO O Sinmetro é um sistema brasileiro, constituído por entidades públicas e privadas,

Leia mais

RESOLUÇÃO-RDC No- 59, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009

RESOLUÇÃO-RDC No- 59, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 RESOLUÇÃO-RDC No- 59, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre a implantação do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos e definição dos mecanismos para rastreamento de medicamentos, por meio de tecnologia

Leia mais

BARREIRAS TÉCNICAS E CERTIFICAÇÃO

BARREIRAS TÉCNICAS E CERTIFICAÇÃO BARREIRAS TÉCNICAS E CERTIFICAÇÃO Reinaldo Wacha Divisão de Superação de Barreiras Técnicas - DISBT Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - Inmetro TÓPICOS 1. Inmetro 2. Acordo TBT /

Leia mais

PRODUTOS E SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E RETIRADA DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO SUBTERRNÂEO DE COMBUSTÍVEIS SASC

PRODUTOS E SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E RETIRADA DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO SUBTERRNÂEO DE COMBUSTÍVEIS SASC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria da Qualidade Dqual Divisão de Fiscalização e Verificação

Leia mais

Portaria FEPAM N 029/2017

Portaria FEPAM N 029/2017 Portaria FEPAM N 029/2017 Estabelece a exigência de Acreditação ou Reconhecimento para os laboratórios de análises ambientais no âmbito do território do Estado do Rio Grande do Sul. Publicada no DOE de

Leia mais

Apresentação RINA Brasil ACREDITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROJETOS, OBRAS E SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURA

Apresentação RINA Brasil ACREDITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROJETOS, OBRAS E SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURA Apresentação Brasil ACREDITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROJETOS, OBRAS E SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURA São Paulo, 14 de Setembro de 2016 JEFFERSON CARVALHO BUSINESS DEVELOPMENT MANAGER Contextualização A avaliação

Leia mais

Inmetro Padrões e Especificações para Bioenergia. Gustavo Kuster Diretoria da Qualidade Rio de Janeiro, 22 de março de 2013

Inmetro Padrões e Especificações para Bioenergia. Gustavo Kuster Diretoria da Qualidade Rio de Janeiro, 22 de março de 2013 Inmetro Padrões e Especificações para Bioenergia Gustavo Kuster Diretoria da Qualidade Rio de Janeiro, 22 de março de 2013 Missão: Prover confiança à sociedade brasileira nas medições e nos produtos, através

Leia mais

Portaria n.º 147, 29 de março de 2016

Portaria n.º 147, 29 de março de 2016 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 147, 29 de março de 2016 O PRESIDENTE

Leia mais

Considerando que é dever do Estado prover concorrência justa no País, resolve baixar as seguintes disposições:

Considerando que é dever do Estado prover concorrência justa no País, resolve baixar as seguintes disposições: MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 122, de 16 de junho de 2005. O PRESIDENTE

Leia mais

considerando a necessidade de viabilizar a disponibilidade destas tecnologias ao sistema de saúde do País;

considerando a necessidade de viabilizar a disponibilidade destas tecnologias ao sistema de saúde do País; Resolução - RE nº 444, de 31 de agosto de 1999 DOU de 01/09/99 Adota a norma técnica brasileira NBR IEC 60601.1:Equipamento Eletromédico. Parte 1 Prescrições Gerais para Segurança e normas técnicas particulares

Leia mais

ALBERT EINSTEIN INSTITUTO ISRAELITA DE ENSINO E PESQUISA CENTRO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE ABRAM SZAJMAN

ALBERT EINSTEIN INSTITUTO ISRAELITA DE ENSINO E PESQUISA CENTRO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE ABRAM SZAJMAN ALBERT EINSTEIN INSTITUTO ISRAELITA DE ENSINO E PESQUISA CENTRO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE ABRAM SZAJMAN CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA CLÍNICA DISCIPLINA: GESTÃO DE TECNOLOGIAS MÉDICAS TEMA:REGULAÇÃO

Leia mais

Certificação compulsória para sistemas de aquecimento solar de água

Certificação compulsória para sistemas de aquecimento solar de água Certificação compulsória para sistemas de aquecimento solar de água 22-12-2014 São Paulo/SP Por que certificar Sistemas de Aquecimento Solar (SAS)? Todo equipamento certificado por um Organismo de Certificação

Leia mais

Portaria n.º 106, de 25 de fevereiro de 2015. CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 106, de 25 de fevereiro de 2015. CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 106, de 25 de fevereiro de 2015. CONSULTA

Leia mais

Portaria n.º 576, de 28 de novembro de CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 576, de 28 de novembro de CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 576, de 28 de novembro de 2013. CONSULTA

Leia mais

ABINEE TEC às Exportações

ABINEE TEC às Exportações ABINEE TEC 2007 O Superando Barreiras Técnicas às Exportações com a ajuda do Inmetro Rogerio Corrêa São Paulo, 24 de Abril de 2007 Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL A Agência de Certificação Ocupacional (ACERT) é parte integrante da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração

Leia mais

CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA DE COLCHÕES E COLCHONETES DE ESPUMA

CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA DE COLCHÕES E COLCHONETES DE ESPUMA CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA DE COLCHÕES E COLCHONETES DE ESPUMA Com a publicação da Portaria INMETRO nº 79 - REQUISITOS DE AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE PARA COLCHÕES E COLCHONETES DE ESPUMA FLEXÍVEL DE POLIURETANO,

Leia mais

RESOLUÇÃO-RDC Nº 47, DE 8 DE SETEMBRO DE 2009

RESOLUÇÃO-RDC Nº 47, DE 8 DE SETEMBRO DE 2009 RESOLUÇÃO-RDC Nº 47, DE 8 DE SETEMBRO DE 2009 Estabelece regras para elaboração, harmonização, atualização, publicação e disponibilização de bulas de medicamentos para pacientes e para profissionais de

Leia mais

Motivação. Posso confiar no que o sistema de medição indica? CALIBRAÇÃO. definição do mensurando. procedimento de medição. resultado da medição

Motivação. Posso confiar no que o sistema de medição indica? CALIBRAÇÃO. definição do mensurando. procedimento de medição. resultado da medição Motivação definição do mensurando procedimento de medição resultado da medição condições ambientais operador sistema de medição Posso confiar no que o sistema de medição indica? CALIBRAÇÃO Métodos de Calibração

Leia mais

A revisão da Norma ISO/IEC 17025:2005. Seminário IPQ - IPAC A acreditação e o desenvolvimento da qualidade em Portugal

A revisão da Norma ISO/IEC 17025:2005. Seminário IPQ - IPAC A acreditação e o desenvolvimento da qualidade em Portugal A revisão da Norma ISO/IEC 17025:2005 A revisão da Norma ISO/IEC 17025:2005 CONTEÚDO Apresentação da RELACRE O processo de revisão As principais alterações Nova estrutura da Norma ISO/ IEC 17025:2017 Perspetivas

Leia mais

MEDIÇÃO FISCAL E TRANSFERÊNCIA DE CUSTÓDIA

MEDIÇÃO FISCAL E TRANSFERÊNCIA DE CUSTÓDIA CONTROLE METROLÓGICO NA MEDIÇÃO FISCAL E TRANSFERÊNCIA DE CUSTÓDIA Engº RENATO FERREIRA LAZARI Inmetro Roteiro Visão institucional; Metrologia Legal; Controle Metrológico; Mercado / Cenário; Conclusões.

Leia mais

Acordos de Reconhecimento Mútuo

Acordos de Reconhecimento Mútuo Acordos de Reconhecimento Mútuo Acordos de Reconhecimento Mútuo... O que é isso? E como eles podem facilitar o Comércio Internacional? Vejamos: O Acordo de Reconhecimento Mútuo, ou MRA (Mutual Recognition

Leia mais

Processo de Certificação Eletrodomésticos e Similares

Processo de Certificação Eletrodomésticos e Similares Processo de Certificação Eletrodomésticos e Similares Portaria nº 371, de 29 de dezembro de 2009 Objetivo: Avaliação de aparelhos eletrodomésticos e similares, com foco em requisitos de segurança, visando

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 175, de 19 de outubro de 2004. O PRESIDENTE

Leia mais

A CRIAÇÃO E A EVOLUÇÃO DA PESQUISA CIENTÍFICA NO INMETRO

A CRIAÇÃO E A EVOLUÇÃO DA PESQUISA CIENTÍFICA NO INMETRO A CRIAÇÃO E A EVOLUÇÃO DA PESQUISA CIENTÍFICA NO INMETRO A conformação original do Inmetro (inicialmente INPM) era para atuar com Metrologia Industrial e Metrologia Legal (Decreto-lei n o 240 de 1967)

Leia mais

CGCRE/INMETRO. Metrologia e Qualidade em Laboratório

CGCRE/INMETRO. Metrologia e Qualidade em Laboratório CGCRE/INMETRO Metrologia e Qualidade em Laboratório Alexandre Dias de Carvalho Chefe da Equipe de Avaliação de Laboratórios adcarvalho@inmetro.gov.br Metrologia Ciência da medição É uma das funções básicas

Leia mais

Portaria n.º 613, de 21 de dezembro de2015. CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 613, de 21 de dezembro de2015. CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 613, de 21 de dezembro de2015. CONSULTA

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria nº 188, de 09 de novembro de 2004. O PRESIDENTE

Leia mais

Manual de Utilização de Logomarcas e Selos REVISÃO 08-16/06/2016

Manual de Utilização de Logomarcas e Selos REVISÃO 08-16/06/2016 Manual de Utilização de Logomarcas e Selos REVISÃO 08-16/06/2016 Manual de Utilização das Logomarcas de Certificação e dos Selos de Identificação da Conformidade O MANUAL O Manual de Utilização das Logomarcas

Leia mais

Fiscalização de Produtos Certificados: Acordo de Cooperação entre Inmetro e Receita Federal

Fiscalização de Produtos Certificados: Acordo de Cooperação entre Inmetro e Receita Federal Diálogos para a Defesa da Indústria Fiscalização de Produtos Certificados: Acordo de Cooperação entre Inmetro e Receita Federal São Paulo, 07 de novembro de 2012 Paulo Coscarelli Diretor Substituto da

Leia mais

SERVIÇOS SOLUÇÕES EM MEDIÇÃO, VAZÃO E NÍVEL

SERVIÇOS SOLUÇÕES EM MEDIÇÃO, VAZÃO E NÍVEL SERVIÇOS SOLUÇÕES EM MEDIÇÃO, VAZÃO E NÍVEL Serviços Assistência técnica autorizada e garantia dos produtos de nossa linha. Comissionamento, instalação e partida de instrumentos e/ou sistemas de medição

Leia mais

Portaria n.º 183, de 27 de julho de 2006.

Portaria n.º 183, de 27 de julho de 2006. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO ETERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 183, de 27 de julho de 2006.

Leia mais

Certificação de cabos isolados com policloreto de vinila (PVC) para tensões nominais de 450/750 V, sem cobertura para instalações fixas

Certificação de cabos isolados com policloreto de vinila (PVC) para tensões nominais de 450/750 V, sem cobertura para instalações fixas 1/9 Palavras-chave: Certificação, cabos, isolados. Exemplar nº: Sumário 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Documentos complementares 4 Definições 5 Procedimento 6 Referências Anexo A Ensaios Anexo B Avaliação do

Leia mais

COLCHÕES E COLCHONETES DE ESPUMA FLEXÍVEL DE POLIURETANO. Portarias Inmetro nº 79/2011, nº 387/2011 e 386/2013 Códigos SGI e 3794

COLCHÕES E COLCHONETES DE ESPUMA FLEXÍVEL DE POLIURETANO. Portarias Inmetro nº 79/2011, nº 387/2011 e 386/2013 Códigos SGI e 3794 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria de Avaliação da Conformidade Dconf Divisão de Fiscalização

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA INMETRO Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA INMETRO Portaria n.º 502, de 29 de dezembro de 2011. O PRESIDENTE

Leia mais

BARREIRAS TÉCNICAS E CERTIFICAÇÃO

BARREIRAS TÉCNICAS E CERTIFICAÇÃO BARREIRAS TÉCNICAS E CERTIFICAÇÃO Rogerio Corrêa Divisão de Superação de Barreiras Técnicas - DISBT Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - Inmetro São Paulo, 23 de Março de 2016. TÓPICOS

Leia mais

Portaria n.º 481, de 07 de dezembro de 2010.

Portaria n.º 481, de 07 de dezembro de 2010. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 481, de 07 de dezembro de

Leia mais

INSTRUÇÃO TÉCNICA PARA AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE DE PILHAS SUMÁRIO & '! () # # # (%)& %

INSTRUÇÃO TÉCNICA PARA AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE DE PILHAS SUMÁRIO & '! () # # # (%)& % Página 1 de 13 SUMÁRIO! " # $% & %! & '! %! () # # # (%)& % () Página 2 de 13 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS PÁGINA SUMÁRIO DE MUDANÇA DATA ELABORADO APROVADO Todas Primeira Emissão 07/01/2006 Todas Mudança

Leia mais

Portaria nº 361, de 06 de setembro de 2011.

Portaria nº 361, de 06 de setembro de 2011. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria nº 361, de 06 de setembro de 2011. O PRESIDENTE

Leia mais

SUMÁRIO 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS ESCOPO MANUTENÇÃO REFERÊNCIAS NORMATIVAS DEFINIÇÕES...4

SUMÁRIO 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS ESCOPO MANUTENÇÃO REFERÊNCIAS NORMATIVAS DEFINIÇÕES...4 Página 1 de 34 SUMÁRIO 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS...2 2. ESCOPO...3 3. MANUTENÇÃO...3 4. REFERÊNCIAS NORMATIVAS...3 5. DEFINIÇÕES...4 6. QUALIFICAÇÃO DA EQUIPE DE AUDITORES... 10 7. CONDIÇÕES GERAIS... 10

Leia mais

Controle de Documentos e Registros

Controle de Documentos e Registros D O C U M E N T O S Padronização Agilidade Segurança Confiabilidade Planejamento eficiente Sistema Gestão Qualidade R E G I S T R O S Codificação de Documentos SAN.?.IN.???? 00 PT IT NP NF NT Portaria

Leia mais

Procedimento interno que regula o processo de integração dos Organismos que prestam serviços de Avaliação da conformidade no Sistema Nacional da

Procedimento interno que regula o processo de integração dos Organismos que prestam serviços de Avaliação da conformidade no Sistema Nacional da 2016 Procedimento interno que regula o processo de integração dos Organismos que prestam serviços de Avaliação da conformidade no Sistema Nacional da Qualidade de Cabo Verde (SNQC) SUMÁRIO: O presente

Leia mais

O FUTURO NÓS CONSTRUÍMOS

O FUTURO NÓS CONSTRUÍMOS O FUTURO NÓS CONSTRUÍMOS A importância do PBQP-H para as construtoras Arq. Marcos Galindo 12/05/2106 INSTITUIÇÃO DO PROGRAMA Portaria nº 134, de 18/12/1998, do Ministério do Planejamento e Orçamento Objetivo

Leia mais

Portaria da Presidência

Portaria da Presidência 01 RESOLVE: O Presidente da Fundação Oswaldo Cruz, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo creto de 29 de dezembro de 2008 1.0 PROPÓSITO Instituir a Política de Segurança da Informação e Comunicações

Leia mais

Portaria n.º 451, de 03 de outubro de CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 451, de 03 de outubro de CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 451, de 03 de outubro de 2014. CONSULTA

Leia mais

Soluções completas em análises ambientais, alimentos e água.

Soluções completas em análises ambientais, alimentos e água. 1 Soluções completas em análises ambientais, alimentos e água. Consulte nosso escopo no Inmetro www.inmetro.gov.br. Preservando a qualidade de vida lab.com.br 3 A AMBIENTALE História Competência técnica,

Leia mais

A Relação entre as Certificações de Produtos e Serviços e as Compras Públicas

A Relação entre as Certificações de Produtos e Serviços e as Compras Públicas A Relação entre as Certificações de Produtos e Serviços e as Compras Públicas Brasília, 28 de agosto de 2014 Alfredo Lobo Diretor de Avaliação da Conformidade Missão Prover CONFIANÇA à sociedade brasileira

Leia mais

Sistema da Indústria Responsável Entidades Acreditadas

Sistema da Indústria Responsável Entidades Acreditadas 2013-01-22 Sistema da Indústria Responsável Entidades Acreditadas DL 169/2012, de 1 de agosto Artº 10 - Entidades acreditadas 1 As entidades acreditadas pelo IPAC, I. P., podem, nos termos do disposto

Leia mais

Profa. Dra. Suelí Fischer Beckert

Profa. Dra. Suelí Fischer Beckert Profa. Dra. Suelí Fischer Beckert Apresentar as principais variáveis a serem observadas na gestão da metrologia industrial, transformando barreiras técnicas em requisitos de competitividade. ABNT NBR ISO

Leia mais

ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT. Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Sinmetro)

ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT. Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Sinmetro) ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Denise Peixoto de Araújo ABNT T Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Sinmetro) O que é Normalização? Normas x Regulamentos

Leia mais

INCQS Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde

INCQS Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde INCQS CAMINHOS DA ACREDITAÇÃO Maio/2011 1994 Lançamento formal do Programa da qualidade Criação da Coordenação do Programa da Qualidade Criação da Comissão Interna da Qualidade Escolha da norma apropriada:

Leia mais

Padrões que auxiliam no gerenciamento da qualidade e segurança da informação de uma organização, a figura do profissional qualificado neste contexto

Padrões que auxiliam no gerenciamento da qualidade e segurança da informação de uma organização, a figura do profissional qualificado neste contexto Padrões que auxiliam no gerenciamento da qualidade e segurança da informação de uma organização, a figura do profissional qualificado neste contexto e como obter a qualificação para atender esta demanda.

Leia mais

SEGURANÇA DE CHUPETAS

SEGURANÇA DE CHUPETAS Página: 1/21 Elaborado por: Maria Lucia Hayashi Verificado por: João Gustavo L. Junqueira Aprovado por: Regina Toscano Data Aprovação: 10/12/2013 1 OBJETIVO Este documento apresenta os critérios complementares

Leia mais

MAMADEIRAS E BICOS DE MAMADEIRAS

MAMADEIRAS E BICOS DE MAMADEIRAS Página: 1/21 Elaborado por: Maria Lucia Hayashi Verificado por: João Gustavo L. Junqueira Aprovado por: Regina Toscano Data Aprovação: 10/12/2013 1 OBJETIVO Este documento apresenta os critérios complementares

Leia mais

Citometria de Fluxo: Entendendo o Laudo

Citometria de Fluxo: Entendendo o Laudo Citometria de Fluxo: Entendendo o Laudo AV. REBOUÇAS FMUSP 1929 Maria Mirtes Sales Médica Patologista Clínica Doutora em Patologia pela Faculdade de Medicina da USP Chefe da Seção de Citometria de Fluxo

Leia mais

1º PROGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA COMPARAÇÃO INTERLABORATORIAL ÁREA: CALIBRAÇÃO GRANDEZA: MASSA

1º PROGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA COMPARAÇÃO INTERLABORATORIAL ÁREA: CALIBRAÇÃO GRANDEZA: MASSA TDA Fol. 1 de 22 1º PROGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA COMPARAÇÃO INTERLABORATORIAL ÁREA: CALIBRAÇÃO GRANDEZA: MASSA PROCESSO CERTIFICADO ISO 9001:2008 pela SGS Certificadora Certificado BR 98/0139 8-set-2009

Leia mais

REGIMENTO INTERNO REDE SIBRATEC DE SERVIÇOS TECNOLÓGICOS PARA PRODUTOS PARA A SAÚDE. Capítulo I DA DENOMINAÇÃO

REGIMENTO INTERNO REDE SIBRATEC DE SERVIÇOS TECNOLÓGICOS PARA PRODUTOS PARA A SAÚDE. Capítulo I DA DENOMINAÇÃO Página: 1 de 5 REGIMENTO INTERNO REDE SIBRATEC DE SERVIÇOS TECNOLÓGICOS PARA PRODUTOS PARA A SAÚDE Capítulo I DA DENOMINAÇÃO Art. 1º A REDE DE SERVIÇOS TECNOLÓGICOS PARA PRODUTOS PARA A SAÚDE, também referida

Leia mais

ALTERAÇÕES NO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE DE EMPRESAS DE SERVIÇOS E OBRAS SiAC PBQP-H

ALTERAÇÕES NO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE DE EMPRESAS DE SERVIÇOS E OBRAS SiAC PBQP-H ALTERAÇÕES NO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE DE EMPRESAS DE SERVIÇOS E OBRAS SiAC PBQP-H ESPECIALIDADES TÉCNICAS DO SiAC Execução de obras Subsetor obras de edificações; Subsetor obras de saneamento

Leia mais

Tecnologias de Operação e Controle de Aerogeradores. Eng. Antonio Carlos de Barros Neiva MSc., MBA

Tecnologias de Operação e Controle de Aerogeradores. Eng. Antonio Carlos de Barros Neiva MSc., MBA Tecnologias de Operação e Controle de Aerogeradores Eng. Antonio Carlos de Barros Neiva MSc., MBA a.neiva@gmail.com Sumário Fundamentos de energia eólica Aerodinâmica aplicada Geradores e sistemas acessórios

Leia mais

Prestador PROGESERV. Unimed Filiada

Prestador PROGESERV. Unimed Filiada Prestador PROGESERV Unimed Filiada Avaliação da Rede Credenciada Clínicas de Oncologia SELO UNIMED DE AVALIAÇÃO RN 275 ANS/QUALISS; MOTIVAÇÃO RN 277 Certificação Operadora INMETRO (ISO 9.001); Como medir

Leia mais

PORTARIA Nº 19, DE 18 DE JANEIRO DE 2012

PORTARIA Nº 19, DE 18 DE JANEIRO DE 2012 PORTARIA Nº 19, DE 18 DE JANEIRO DE 2012 O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO, no uso de suas atribuições, conferidas no 3º do artigo 4º da Lei n.º 5.966,

Leia mais

Programas de Ensaio de Proficiência nas Atividades de Inspeção Acreditadas no Brasil

Programas de Ensaio de Proficiência nas Atividades de Inspeção Acreditadas no Brasil Programas de Ensaio de Proficiência nas Atividades de Inspeção Acreditadas no Brasil Guilherme Andrade Campos Pedrosa Chefe da Divisão de acreditação de Organismos de Inspeção Período Preparatório Anterior

Leia mais

Portaria n.º 233, de 30 de junho de 2008.

Portaria n.º 233, de 30 de junho de 2008. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 233, de 30 de junho de 2008.

Leia mais

MINISTÉRIO DA PESCA E AQUICULTURA GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 13 DE ABRIL DE 2012

MINISTÉRIO DA PESCA E AQUICULTURA GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 13 DE ABRIL DE 2012 MINISTÉRIO DA PESCA E AQUICULTURA GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 13 DE ABRIL DE 2012 O MINISTRO DA PESCA E AQUICULTURA, no uso de suas atribuições que lhe confere a art. 87 da Constituição,

Leia mais

Convergência Regulatória Brasil Estados Unidos. Mauro Laviola Vice-Presidente da AEB

Convergência Regulatória Brasil Estados Unidos. Mauro Laviola Vice-Presidente da AEB Mauro Laviola Vice-Presidente da AEB Definições É uma forma de fazer com que requisitos regulatórios ou padrões privados de diferentes países convirjam e sejam considerados harmonizados, equivalentes ou

Leia mais

Portaria n.º 274, de 13 de junho de 2014.

Portaria n.º 274, de 13 de junho de 2014. Portaria n.º 274, de 13 de junho de 2014. O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO, EM EXERCÍCIO, designado pelos Ministro de Estado do Desenvolvimento, Indústria

Leia mais

Uso de Materiais de Referência Certificados

Uso de Materiais de Referência Certificados Uso de Materiais de Referência Certificados Fernando Gustavo Marques Violante Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade Normas / Guias Série ISO GUIAS 30: ISO REMCO (ISO Committee on Reference

Leia mais

Andraplan Serviços Ltda. A essência da consultoria.

Andraplan Serviços Ltda. A essência da consultoria. Andraplan Serviços Ltda. A essência da consultoria. Publicação de domínio público reproduzida na íntegra por Andraplan Serviços Ltda. Caso tenha necessidade de orientações sobre o assunto contido nesta

Leia mais

PRODUTOS COM CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA

PRODUTOS COM CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA Nº Programas Orgão Regulamentador PRODUTOS COM CERTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA Documento Legal Data DOU Orgão Fiscal Regra Especifica - RE ou Regulamento ou Requisitos de Avaliação da Conformidade - RAC Documento

Leia mais

Avaliação da Conformidade APRESENTAÇÃO

Avaliação da Conformidade APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O presente documento representa uma contribuição à idéia de disseminação da atividade de Avaliação da Conformidade, mostrando sua importância para os diferentes segmentos da sociedade, em

Leia mais