Avaliação AVISOS BIBLIOGRAFIA. Informática. Plano de Curso INFORMÁTICA MÁRCIA VERÔNICA COSTA MIRANDA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Avaliação AVISOS BIBLIOGRAFIA. Informática. Plano de Curso INFORMÁTICA MÁRCIA VERÔNICA COSTA MIRANDA"

Transcrição

1 Plano de Curso INFORMÁTICA MÁRCIA VERÔNICA COSTA MIRANDA Introdução e Conceitos Fundamentais de Informática Sistema Operacional MS-DOS Visão Geral e Conceitos Básicos - Internet Ambiente Windows ACCESS Power Pointer Planilha Excel Avaliação 3 avaliações: 1a. Unidade: prova escrita Assunto: 1 - Introdução e Conceitos Fund. de Informática. 2 - Sistema Operacional MS-DOS. 3 Internet. 2a. Unidade: Prova/Projeto. Assunto da prova: 1 - Access. 2 - Power Pointer. 3a. Unidade: prova prática. Assunto: 1 - Excel. AVISOS Número máximo de faltas : 11 ou 3 dias de aula. TELEFONE CELULAR TERMINANTEMENTE PROIBIDO BIBLIOGRAFIA Alcalde, E., Garcia, M. Informática Básica. Ed. McGraw-Hill Silva, L., Remoaldo, P., Introdução à Internet, Editorial Presença, Meirelles, F. S. Informática: novas aplicações com microcomputadores. 2 a. Ed. São Paulo: Makron Books Velloso, F. C. Informática: conceitos básicos. Ed. Campus. RJ Brookshear, J.G. Ciência da Computação. Uma visão abrangente. Ed. Bookman. Porto Alegre, RS Fedeli,R; Polloni, E; Peres, F. Introdução à Ciência da Computação. Pioneira Thomson Learning, Ramalho, J. A. Microsoft Office 97. Ed. Makron Books, Capron, H. L. Introdução à Informática. São Paulo: Pearson Prentice Hall, Norton, P. Introdução à Informática. São Paulo: Makron Books, Guimarães, A. M., Lages, N. A. C. Introdução à Ciência da Computação. Rio de Janeiro: LTC, Informática Como e por que surgiu? Necessidade do homem em automatizar suas atividades O que é Informática? Atividade em que o homem utiliza equipamentos eletrônicos para processar seus dados ou tarefas de forma automatizada ou repetitiva fornecendo seus dados processados como saída / resposta Informação + Automática = Informática

2 Hardware e Software O computador é uma máquina eletrônica (hardware) que funciona sob o controle de instruções (software), ou seja, Computador = parte física (hardware) + parte lógica (software). Hardware é o conjunto de todos os elementos físicos que compõe o computador - o equipamento propriamente dito. Software é o conjunto de instruções que controla e orienta o computador para execução de tarefas. Sistema de computação é o conjunto formado pelo hardware, software e peopleware. SISTEMA COMPUTACIONAL - COMPONENTES Hardware Pessoas Software 8 Sistema de Computação Um sistema de computação realiza três funções básicas: entrada, processamento e saída. A entrada de um sistema de computação é o conjunto dos dados necessários para a realização de uma tarefa. O processamento é são as modificações realizadas sobre os dados de entrada e a elaboração dos resultados. A saída é o conjunto de dados resultantes obtidos. Processamento Entrada Saída A História do Computador Em 2000 a.c. os chineses inventaram o Ábaco ou Soroban Em 1617 John Napier descobriu o algoritmo Em 1642 Blaise Pascal inventou uma máquina de calcular veloz que somava e subtraía grandes números (a Pascalina). Em 1680 Leibniz inventou uma máquina de calcular que fazia também multiplicações e divisões. A História do Computador (cont.) Em 1833 Charles Babbage e Lady Byron tentaram construir uma máquina que trabalhasse sozinha (máquina analítica). Não conseguiram, mas concluíram que para ela funcionar deveria ter as etapas: entrada, processamento e saída (base para a construção do computador) Álgebra Booleana Em 1890 Censo nos E.U.A. contagem manual 8 anos Hollerith - máquina de tabulação (contagem por meio de cartões perfurados) 6 semanas 1886: Surgimento da Burroughs 1924: Início da empresa de máquinas de contagem: IBM A História do Computador (cont.) 1937: 1o. Computador Eletromecânico - MARK I. 1939: Computador eletrônico digital (ABC) 1946: 1o. Computador eletrônico disponível comercialmente - ENIAC I. 45/50: Lógica de circuitos - Jonh von Neumman 1949: Computadores com conceito de programação armazenada: EDVAC Computadores em escala comercial e com conceitos de von Neumman: UNIVAC.

3 Gerações de Computadores 1a. Geração: Válvulas eletrônicas Programação em linguagem de máquina Operação, projeto e programação direto no equipamento sem sistema operacional Dispositivos de Entrada/Saída primitivos Necessitavam de ambientes altamente refrigerados Geração de Computadores 2a. Geração: TRANSISTORES Mais usuários se interessaram em comprar computadores Surgimento das primeiras linguagens de programação: Fortran e Assembly Alto custo do equipamento Surgem os discos magnéticos Geração de Computadores 3a. Geração: CIRCUITOS INTEGRADOS Computadores mais confiáveis, menores e mais rápidos. Baixo consumo de energia e menor custo Surge a idéia de família de computadores. Surgimento do time-sharing Geração de Computadores 4a. Geração: COMPUTADORES PESSOAIS - Miniaturização Desenvolvimento de circuitos LSI, chips Computadores mais baratos, alto poder de interação Softwares mais amigáveis e ambientes gráficos S. O. dominantes: MS-DOS e UNIX. Geração de Computadores 5a. Geração: Inteligência Artificial Arquitetura de processamento paralelo: vários processadores Ruptura da estrutura binária de von Neumman. Inteligência Artificial Tipos de computadores COMPUTADOR: dispositivo elétrico, manipula dados com rapidez e precisão. Recebe dados de entrada e, de forma automática, os processa para obter informação de saída, com base num conjunto de instruções. Exemplo: controle de Computadores analógicos temperatura de uma caldeira Executam trabalhos usando elementos com representados sensores, por medidor grandezas físicas, como por exemplo, a intensidade energia de uma elétrica. corrente elétrica. São computadores criados para uma finalidade específica, isto é, só se aplicam a um determinado trabalho. Por utilizar valores numéricos, Computadores digitais os resultados são exatos, como Realizam suas operações utilizando por elementos exemplo: representados cálculos por de grandezas matemáticas (números), engenharia. ou seja, operam dígito a dígito. São computadores destinados a aplicações múltiplas, podendo ser utilizados em diversas tarefas. Computadores híbridos Combinam o digital com o analógico, possibilitando a utilização de dados discretos e contínuos (exemplo: sistema de cuidados intensivos num hospital).

4 Hardware e Software Software é o conjunto de programas usados pelo computador. Compõem as instruções eletrônicas que informam ao computador como realizar determinadas tarefas. Existem duas classes de software: - Básicos: têm como objetivo possibilitar a operação e o uso do computador, seja qual for a aplicação (o foco está na máquina).. Ex: o sistema operacional Windows - Aplicativos: se concentram na solução de algum tipo de problema, utilizando o computador como ferramenta (o foco está na aplicação). Ex: editar textos, editar planilhas e gráficos EVOLUÇÃO DO SOFTWARE 1ª. Geração: Inicialmente: apenas linguagem de máquina 2ª. Geração: Décadas de 50-60: Fortran, Cobol, PL-I 3ª. Geração: Décadas de 70-80:Basic, C, Dbase 4ª. Geração em diante: Posteriormente, surgiram softwares amigáveis, mais comerciais e científicos: C, Pascal, FoxPro, Orientação-a-Objetos, Java, Clipper... SISTEMAS OPERACIONAIS São conjuntos de programas que gerenciam os recursos da máquina. Servem de interface entre o usuário e o kernel do computador. Tipos: Monousuário Multiusuário Funções do Sistema Operacional Resumidamente, é possível enumerar as quatro principais funções de um sistema operacional: gestão do processador gestão da memória gestão dos periféricos diálogo (interface) com o usuário PROGRAMAS APLICATIVOS Processador de Texto Banco de Dados Planilha Eletrônica Apresentação Eletrônica Técnicas de Processamento Monoprogramação Apenas um programa é executado. Isto causa um desperdício de tempo de processador, pois este fica inativo quando é solicitada a intervenção de um periférico Multiprogramação Existe mais de um programa a executar residente em memória principal. O tempo de inatividade do processador é diminuído pela concorrência de todos os programas para o seu uso Timesharing - (tempo partilhado) Permite o uso de um computador por vários usuários, tendo cada um destes a impressão de ser o único a utilizar a máquina. Utiliza o recurso da multiprogramação e divisão do tempo de processador, de modo sequencial, por cada um dos usuários Monoprocessamento O computador possui um único processador Multiprocessamento O computador possui mais de um processador; executa simultâneamente mais de um programa (tantos quantos os processadores)

5 Linguagem de Programação As linguagens de programação são um meio de comunicação com o computador. Uma linguagem de programação é constituída por um conjunto de palavras (ou símbolos) que, colocados segundo determinadas regras, significam operações a realizar pelo computador programa. O conjunto de palavras constitui o vocabulário; as regras que determinam a sua colocação são designadas por sintaxe Linguagem de Programação As linguagens de programação são um meio de comunicação com o computador. Existem três tipos : 1. Linguagem máquina: Próximo do modo de funcionamento interno do computador (sequências de 0 s e 1 s). Vantagem: mais rápida que qualquer outra. Desvantagens: cansativa, sujeita a muitos erros, dependente do processador, pesada para o programador. 2. Linguagem de baixo nível (Assembly): Mais fácil que a linguagem de máquina: usa mnemônicos. O programa para utilização desta linguagem chama-se assembler. O assembly é mais flexível que a linguagem de máquina, sujeita a muitos erros e muito trabalhosa. 3. Linguagem de alto nível: É a mais difundida e mais fácil de utilizar. São linguagens mais próximas da linguagem comum. Exemplos: Pascal e o BASIC, COBOL, FORTRAN, C++, JAVA, etc. Tradutores A utilização de uma linguagem de programação exige o uso de um tradutor responsável pela respectiva passagem do programa para código máquina. Existem dois tipos de tradutores: Configuração do Computador - O Computador Visto por Fora Interpretador: trata uma instrução de cada vez, isto é, lê uma instrução, converte em linguagem máquina, executa-a, passa para a instrução seguinte e repete o processo Vantagens: mais fácil detectar e corrigir erros de sintaxe, maior rapidez de teste do programa Desvantagens: necessária a presença do interpretador para correr o programa, é mais lento a executar e possui maiores custos Compilador: analisa e trata todo o conjunto de instruções numa dada linguagem (programa fonte) e converte-o num programa objeto executável Vantagens: maior rapidez de execução, menor necessidade de memória secundária Desvantagens: mais difícil de detectar e corrigir erros de sintaxe. Configuração do Computador - O Computador Visto Por Dentro A Estrutural Funcional do Computador Unidade de Entrada Processador Monitor Unidade de Saída Memória Teclado Chip

6 A Função de Entrada A Função de Saída Função de Processamento Unidade Central de Processamento (UCP) U.C. U.L.A A Função de Processamento - Memória Memória: Principal: ROM (Read Only Memory) armazena informações pré-gravadas de fábrica. O conteúdo da memória RAM não pode ser modificado pelo usuário RAM (Randomic Access Memory) armazena as informações processadas pelo programa. Também é chamada de volátil, pois o seu conteúdo nunca é permanente. Todo o conteúdo da memória RAM é perdido quando se desliga o computador Auxiliar ou Secundária Funcionamento da Memória Auxiliar Memória Auxiliar Disquete ou disco flexível Disco Rígido (HD) ou Winchester Disco Compacto (CD) Disco de Vídeo Digital (DVD) Disco ótico Pen drives Periféricos Impressora Unidade de Saída Pode-se imprimir texto, desenho, foto, etc. Podem ser: Impacto ou matricial, Jato de tinta e Laser. Digitalizador É um periférico capaz de capturar a imagem de uma página impressa. Podem trabalhar em preto e branco ou suportar até milhões de cores. Podem ser de mão ou de mesa. Modem Equipamento que faz a tradução entre o sistema digital do micro e o sistema analógico da telefonia.

7 Elementos de Informação Comandos do MS-Dos Bit é a menor unidade de informação. O bit pode ser representado por dois valores lógicos: 1 e 0 Byte é a unidade padrão da informação. É um conjunto de bits e representa um caracter (uma letra por exemplo) Kilobyte(KB) é aproximadamente 1000 bytes Megabyte(MB) é aproximadamente 1000 KB Gigabyte(GB) é aproximadamente 1000 MB 1) DIR: verificar/listar diretório: C> Dir E: C> Dir C> Dir F:M*.* C> Dir *.J* D> Dir C: L*.K* Nome de arquivos: Identificação.Extensão Identificação: nome dado pelo usuário. Extensão: indica o tipo do arquivo. Exemplos: texto.doc exemplo.xls capitulo.txt Comandos do Ms_Dos Comandos do MS-Dos 2) VER: verifica a versão do S.O. C> VER Resposta: A versão do S.O. é Windows NT 3) VOL: lista o nome do Volume C> VOL Resposta: O Volume do drive C: é LACACIA C> VOL B: Resposta: O Volume do drive B: é MARIA 4) LABEL: Consulta / Altera nome de volume C> Label a:eva C> Label Lacacia 5) DATE: Consulta/Altera data do sistema C> Date A data do sistema é Deseja Alterar? Comandos do MS-DOS Comandos do MS_Dos 6) TIME: Consulta / Altera hora do sistema. C> TIME A hora do sistema é 10:30 Deseja Alterar? ) DEL: Deleta arquivos C> DEL E:Xis.tex C> DEL F:B*.* C> DEL D:*.* Tem certeza(s/n)? 8) COPY: Copia arquivos. C> Copy A:X*.* B: C> Copy *.DOC A: C> Copy A:*.J* B: 9) REN: Muda nomes de arquivos. C> Ren Lixo.doc Cap1.doc C> Ren A:nome.txt A:livro.txt

8 Comandos do MS-DOS 10) TYPE: Lista conteúdo do arquivo. Árvore de Diretórios \ C> TYPE A:PROVA.TXT Comandos para manipulação de diretórios Comandos de Manipulação de Diretórios 11) Mkdir ou MD: Construção de diretórios C> MD \Alunos C> MD \Docum C> MD \Alunos\Jose C> MD \Alunos\Maria... 12) CD: Muda de diretórios C> CD \Alunos\Jose C> CD.. C> CD \Docum\MEM C> CD \ 13) RMDIR ou RD: Remove diretórios C> RD \Alunos\Maria C> RD \Alunos\Jose C> RD \Alunos 14) DELTREE: Remove Diretórios C> DELTREE Docum Comandos de Manipulação de Diretórios 15) TREE: Lista a árvore de diretório C> TREE C> TREE A: 16) [Un]: Mudar de Drive corrente C>E: C>F: E>C:

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA Informática Aplicada 2009.2 Campus Angicos LISTA DE EXERCÍCIOS 01 Professor: Araken de Medeiros Santos INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores

Leia mais

Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos)

Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos) Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos) Sistema Computacional Peopleware (usuário) Software (programas) Hardware (máquina) Hardware Corresponde à parte material, aos componentes

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Profª Patricia Schiavon

Conceitos Básicos de Informática. Profª Patricia Schiavon Conceitos Básicos de Informática Profª Patricia Schiavon O QUE É INFORMÁTICA? Informática pode ser considerada como significando informação automática, ou seja, a utilização de métodos e técnicas no tratamento

Leia mais

Introdução ao Processamento de Dados (I P D)

Introdução ao Processamento de Dados (I P D) Introdução ao Processamento de Dados (I P D) O ponto mais significativo da evolução dos computadores, começou na década de 40, durante a 2ª guerra mundial, onde vários equipamentos foram desenvolvidos.

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web Tópico: História do Computador

Tópicos de Ambiente Web Tópico: História do Computador Tópicos de Ambiente Web Tópico: História do Computador Professora: Sheila Cáceres 2 3 História do Computador Fonte: http://www.estv.ipv.pt/paginaspessoais/caldeira/paginas%2007-08/tic/material/acetatos/01%20-%20historia%20computadores.pdf

Leia mais

Estrutura dos Computadores. Arquitetura de Computadores

Estrutura dos Computadores. Arquitetura de Computadores Estrutura dos Computadores Arquitetura de Computadores Noções de Computador Hardware: Componentes mecânicos e eletroeletrônicos Software: Sequência de instruções e comandos que fazem o computador realizar

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação O que é um computador? Um computador é uma coleção de componentes que realizam operações lógicas e aritméticas sobre um grande volume de dados. (F. K. Miyazawa) Um computador é composto por: Introdução

Leia mais

Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO

Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO 1 Quem sou eu? Daniel Brandão Graduado em Sistemas para Internet Especialista em Tecnologia Para Aplicações Web Desenvolvedor

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I. Introdução

PROGRAMAÇÃO I. Introdução PROGRAMAÇÃO I Introdução Introdução 2 Princípios da Solução de Problemas Problema 1 Fase de Resolução do Problema Solução na forma de Algoritmo Solução como um programa de computador 2 Fase de Implementação

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2)

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2) Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Sistemas Operacionais (SOP A2) Visão Geral Referências: Sistemas Operacionais Modernos. Andrew S. Tanenbaum. Editora Pearson. 3ª ed. 2010. Seção: 1.1

Leia mais

COMPUTADORES PC 20/9/2010 CRONOGRAMA INFORMÁTICA PREF. MUNICIPAL DE JAGUARÃO - RS O COMPUTADOR, INDEPENDENTE DO TIPO: MAINFRAME NOTEBOOK PALMTOP

COMPUTADORES PC 20/9/2010 CRONOGRAMA INFORMÁTICA PREF. MUNICIPAL DE JAGUARÃO - RS O COMPUTADOR, INDEPENDENTE DO TIPO: MAINFRAME NOTEBOOK PALMTOP INFORMÁTICA PREF. MUNICIPAL DE JAGUARÃO - RS Prof.: MARCIO HOLLWEG Email: mhollweg@terra.com.br MSN: marciohollweg@hotmail.com Twitter: @mhollweg SMS: (041) 8854-3722 Site: www.marciohollweg.com.br CRONOGRAMA

Leia mais

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Programação e Sistemas de Informação Módulo 1 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Linguagens de Programação Linguagens de Programação Uma

Leia mais

Informática Sistemas Operacionais Aula 5. Cleverton Hentz

Informática Sistemas Operacionais Aula 5. Cleverton Hentz Informática Sistemas Operacionais Aula 5 Cleverton Hentz Sumário Introdução Fundamentos sobre Sistemas Operacionais Gerenciamento de Recursos Interface Com Usuário Principais Sistemas Operacionais 2 Introdução

Leia mais

Tecnologias. de Informação e Comunicação. 7ºAno. 1.º Período. Aula 5, 6. 1 Magda Lopes

Tecnologias. de Informação e Comunicação. 7ºAno. 1.º Período. Aula 5, 6. 1 Magda Lopes Tecnologias de Informação e Comunicação 7ºAno 1.º Período Aula 5, 6 1 - Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação. 1.3 Introdução à estrutura e funcionamento de um sistema informático. informático

Leia mais

GFM015 Introdução à Computação

GFM015 Introdução à Computação GFM015 Introdução à Computação Noções básicas sobre os componentes de microcomputadores (cont...) - Terminologia: Sw, Hw, Programas, Bit, Byte e Códigos Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/ic

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

25/02/2010. Objetivos. Introdução. Entender a criação do computador e sua evolução no tempo; Hardware e sua evolução; Software e sua evolução.

25/02/2010. Objetivos. Introdução. Entender a criação do computador e sua evolução no tempo; Hardware e sua evolução; Software e sua evolução. Universidade São Judas Tadeu Prof. André Luiz Ribeiro Prof. Jorge Luis Pirolla Introdução à Computação Histórico dos Computadores e Noções de Hardware - FEDELI, Ricardo D.; POLLONI, Enrico G. Introdução

Leia mais

Professor: M. Sc. Cristiano Mariotti

Professor: M. Sc. Cristiano Mariotti Professor: M. Sc. Cristiano Mariotti http://www.mscmariotti.pro.br As informações processadas nos computadores são compostas por caracteres, sendo que cada caractere, representado por 0 ou 1, é chamado

Leia mais

Aula 1: A Evolução dos Sistemas Computacionais

Aula 1: A Evolução dos Sistemas Computacionais Aula 1: A Evolução dos Sistemas Computacionais O primeiro computador digital foi projetado pelo matemático Charles Babbage (1792-1871). Embora Babbage tenha dispendido muito de sua vida e de sua fortuna

Leia mais

Hardware: Componentes Básicos. Sistema de Computador Pessoal. Anatomia de um Teclado. Estrutura do Computador. Arquitetura e Organização

Hardware: Componentes Básicos. Sistema de Computador Pessoal. Anatomia de um Teclado. Estrutura do Computador. Arquitetura e Organização Hardware: Componentes Básicos Arquitetura dos Computadores Dispositivos de Entrada Processamento Dispositivos de Saída Armazenamento Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Sistema de

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. Andrique Amorim

Sistemas Operacionais. Prof. Andrique Amorim Sistemas Operacionais Prof. Andrique Amorim A disciplina Conceitos básicos Arquitetura e organização dos computadores Evolução dos sistemas operacionais Estruturas de sistemas operacionais Gerência de

Leia mais

Informática. Professor: Diego Oliveira. Conteúdo 01: Introdução à Informática

Informática. Professor: Diego Oliveira. Conteúdo 01: Introdução à Informática Informática Professor: Diego Oliveira Conteúdo 01: Introdução à Informática Agenda da Aula Apresentação do Professor Apresentação dos Alunos Apresentação da Disciplina Bibliografia Recomendada Metodologia

Leia mais

Conceitos Básicos INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES

Conceitos Básicos INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES FACULDADE DOS GUARARAPES INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES Conceitos Básicos Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com romulocesar@faculdadeguararapes.edu.br www.romulocesar.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

Aula 05. Fundamentos de Hardware e Software. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr.

Aula 05. Fundamentos de Hardware e Software. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. 05 Aula 05 Fundamentos de Hardware e Software Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. Site Disciplina: http://fundti.blogspot.com.br/ Fundamentos de Hardware Sistemas de Computação Sistemas de Computação Computador

Leia mais

Arquitetura e Organização dos Computadores

Arquitetura e Organização dos Computadores Faculdade Ieducare 2 º Semestre Sistemas de Informação Professor: Rhyan Ximenes 1 Objetivos de hoje Ementa; Avaliação; Iniciação Científica Revisão de Conceitos; Introdução; 2 Iniciação Científica O que

Leia mais

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Sistemas Operacionais II Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Sistemas Operacionais Livres Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Objetivos - Ter conhecimento sobre os diversos módulos que compõem um

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Flávia Rodrigues. Silves, 26 de Abril de 2010

Flávia Rodrigues. Silves, 26 de Abril de 2010 Flávia Rodrigues STC5 _ Redes de Informação e Comunicação Silves, 26 de Abril de 2010 Vantagens e Desvantagens da Tecnologia Acessibilidade, quer a nível pessoal quer a nível profissional; Pode-se processar

Leia mais

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I CURSO: ENG CIVIL PROFESSOR: ANDRÉ LUÍS DUARTE PERÍODO 1º BIMESTRE 1 1) Identifique as afirmações como verdadeira (V) ou falsa (F): a) Existem três tipos

Leia mais

Processamento de Dados aplicado à Geociências. AULA 1: Introdução à Arquitetura de Computadores

Processamento de Dados aplicado à Geociências. AULA 1: Introdução à Arquitetura de Computadores 1 Processamento de Dados aplicado à Geociências AULA 1: Introdução à Arquitetura de Computadores UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GEOPROCESSAMENTO

Leia mais

Depois do estudo deste capítulo, o estudante deve ser capaz de:

Depois do estudo deste capítulo, o estudante deve ser capaz de: 1 Introdução 1.1 Objetivos: Depois do estudo deste capítulo, o estudante deve ser capaz de: Definir o modelo de Turing de um computador; Definir o modelo de von Neumann do computador; Descreve os três

Leia mais

Perguntas de Revisão

Perguntas de Revisão Perguntas de Revisão 1) Que tipo de estrutura de processamento, utilizando computadores, traria mais benefícios para a organização? Resp.: Os administradores precisam conhecer cada tipo de computador disponível

Leia mais

Informática Instrumental. Prof. Ana Paula Domingos

Informática Instrumental. Prof. Ana Paula Domingos Informática Instrumental Prof. Ana Paula Domingos 2 3 Hardware Parte Física do computador. Exemplos: Monitor, teclado, mouse, caixas de som, gabinete. 4 Software São os programas do computador, parte lógica.

Leia mais

Informática Instrumental

Informática Instrumental 2 Informática Instrumental Prof. Ana Paula Domingos 3 Hardware 4 Software Parte Física do computador. Exemplos: Monitor, teclado, mouse, caixas de som, gabinete. São os programas do computador, parte lógica.

Leia mais

Informática Básica. Ensino Fundamental II

Informática Básica. Ensino Fundamental II Informática Básica Ensino Fundamental II Caro(a) cursista, Estamos dando início a disciplina de informática básica, com o objetivo de auxiliá-lo nesta nova etapa produzimos e selecionamos materiais com

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores. Leslier S. Corrêa

Organização e Arquitetura de Computadores. Leslier S. Corrêa Organização e Arquitetura de Computadores Leslier S. Corrêa O nome refere-se ao matemático John Von Neumann, que foi considerado o criador dos computadores da forma como são projetados até hoje. Entretanto,

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Alexandre Meslin (meslin@nce.ufrj.br) Objetivo do Curso Apresentar os conceitos básicos de informática, de software e de hardware. Introduzir os conceitos relativos à representação

Leia mais

Primórdios da computação e histórico dos Computadores

Primórdios da computação e histórico dos Computadores Infra-Estrutura de Hardware Primórdios da computação e histórico dos Computadores Prof. Edilberto Silva www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Sumário Conceituação Histórico Computadores Mecânicos Computadores

Leia mais

Unidade Central de Processamento Organização da UCP Execução de instruções em paralelo ("pipeline") Execução de programas

Unidade Central de Processamento Organização da UCP Execução de instruções em paralelo (pipeline) Execução de programas http://www.ic.uff.br/~debora/fac! Dar noções iniciais dos componentes básicos de um sistema de computador, assim também como conceitos fundamentais necessários para a manipulação de informação dentro do

Leia mais

Hardware. Componentes Básicos e Funcionamento

Hardware. Componentes Básicos e Funcionamento 1 Hardware 2 2 Componentes Básicos e Funcionamento 1 Hardware 3 Conjunto de dispositivos elétricos/eletrônicos que englobam a CPU, a memória e os dispositivos de entrada/saída de um sistema de computador

Leia mais

Organização de Computadores I

Organização de Computadores I Departamento de Ciência da Computação - UFF Objetivos Organização de Computadores I Profa. Débora Christina Muchaluat Saade debora@midiacom.uff.br http://www.ic.uff.br/~debora/orgcomp Dar noções iniciais

Leia mais

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I Aula 02: Organização e Arquitetura de Computadores / Lógica Digital (Parte I) O conteúdo deste documento tem por objetivo

Leia mais

Histórico e Evolução da Computação

Histórico e Evolução da Computação Lista de Exercícios Introdução à Informática Professor: Sérgio Salazar Histórico e Evolução da Computação O 1º computador foi o ENIAC, utilizado para montar tabelas para o cálculo de projéteis na 2ª Guerra

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Introdução à Computação EXERCÍCIOS

Leia mais

COMPUTADOR. Adão de Melo Neto

COMPUTADOR. Adão de Melo Neto COMPUTADOR Adão de Melo Neto 1 PROGRAMA É um conjunto de instruções LINGUAGEM BINÁRIA INTRODUÇÃO Os caracteres inteligíveis não são A, B, +, 0, etc., mas apenas zero(0) e um (1). É uma linguagem de comunicação

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação 1 Universidade Federal Fluminense Campus de Rio das Ostras Curso de Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Professor: Leandro Soares de Sousa e-mail: leandro.uff.puro@gmail.com site:

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais

Fundamentos de Sistemas Operacionais Fundamentos de Sistemas Operacionais Aula 2 Princípios de Programação Prof. Belarmino Linguagem de Computadores Internamente os computadores usam instruções e armazenam os dados no formato numérico binário

Leia mais

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação COMO UM PROGRAMA ESCRITO

Leia mais

Aplicação. Programa Linguagem de Alto Nível. Programa em Linguagem Assembly. Programa em Linguagem Máquina

Aplicação. Programa Linguagem de Alto Nível. Programa em Linguagem Assembly. Programa em Linguagem Máquina Níveis de Abstracção Nível 5 Nível 4 Nível 3 Nível 2 Nível 1 Nível 0 Aplicação Programa de Alto Nível Programa em Assembly Programa em Máquina Micro-programa em de Transferência de Registos Sistema Digital

Leia mais

4. As condições de igualdade menor que e maior que são verificadas por a. Operações lógicas b. Subtração c. Localizações d. Operações aritméticas

4. As condições de igualdade menor que e maior que são verificadas por a. Operações lógicas b. Subtração c. Localizações d. Operações aritméticas Fundamentos da Informática Aula 05 - A unidade central de processamento: O que acontece dentro do computador Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo Múltipla escolha 1. Os circuitos elétricos

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA COMPUTADOR QUANTO AO TIPO COMPUTADOR SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO o Analógico o Digital o Híbrido o Hardware (parte física)

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores. Histórico. Gerações

Arquitetura e Organização de Computadores. Histórico. Gerações Histórico Gerações 00001 As gerações dos computadores Os computadores são máquinas capazes de realizar vários cálculos automaticamente, além de possuir dispositivos de armazenamento e de entrada e saída.

Leia mais

Fundamentos da Informática Aula 01 - Computadores: Ferramentas para a era da informação Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo

Fundamentos da Informática Aula 01 - Computadores: Ferramentas para a era da informação Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo Fundamentos da Informática Aula 01 - Computadores: Ferramentas para a era da informação Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo Múltipla escolha 1. A unidade central de processamento é um exemplo

Leia mais

Conceitos básicos de hardware, software e peopleware e modelo de Von Neumann

Conceitos básicos de hardware, software e peopleware e modelo de Von Neumann Conceitos básicos de hardware, software e peopleware e modelo de Von Neumann Professor Wagner Gadêa Lorenz wagnerglorenz@gmail.com Disciplina: Curso de Sistemas de Informação Cachoeira do Sul, 10 de Março

Leia mais

Sistemas de Computação

Sistemas de Computação A EVOLUÇÃO DO COMPUTADOR O ÁBACO é um calculador decimal manual. Médio Oriente. CALCULADORA MECÂNICA - Atribui-se a Blaise Pascal (1623-1662) a construção da primeira calculadora mecânica capaz de fazer

Leia mais

Introdução à Informática. Por Edivaldo Laureano Pires Filho

Introdução à Informática. Por Edivaldo Laureano Pires Filho Introdução à Informática Por Edivaldo Laureano Pires Filho Definição de sistema Sistema é um conjunto de partes interagentes e interdependentes que, conjuntamente, formam um todo unitário com determinado

Leia mais

A HISTÓRIA DA COMPUTAÇÃO

A HISTÓRIA DA COMPUTAÇÃO A HISTÓRIA DA COMPUTAÇÃO COMPUTADOR Definição 1. que computa; calculador, calculista; 2. máquina destinada ao processamento de dados; dispositivo capaz de obedecer a instruções. INTRODUÇÃO Utilização dos

Leia mais

***TITIO.INFO*** <> HARDWARE É A PARTE FÍSICA DA INFORMÁTICA SOFTWARE É A PARTE LÓGICA

***TITIO.INFO*** <<INTRODUÇÃO AO PROCESSAMENTO DE DADOS>> HARDWARE É A PARTE FÍSICA DA INFORMÁTICA SOFTWARE É A PARTE LÓGICA ***TITIO.INFO*** HARDWARE É A PARTE FÍSICA DA INFORMÁTICA SOFTWARE É A PARTE LÓGICA * O COMPUTADOR É UMA MÁQUINA CAPAZ DE ARMAZENAR, PROCESSAR E RECUPERAR DADOS.

Leia mais

Funcionamento Área Desempenho (velocidade) Potência Aula 1. Circuitos Digitais. Circuitos Digitais

Funcionamento Área Desempenho (velocidade) Potência Aula 1. Circuitos Digitais. Circuitos Digitais INF01058 Objetivo Circuitos igitais Projetar circuitos digitais: Combinacionais Sequências Testar a analisar circuitos digitais Introdução Funcionamento Área esempenho (velocidade) Potência Aula 1 Mundo

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Parte I

Introdução à Programação de Computadores Parte I Introdução à Programação de Computadores Parte I Prof. Dr. Edson Pimentel Centro de Matemática, Computação e Cognição Objetivos Compreender os componentes básicos de um programa... Objetivos Bacharelado

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação Campus Guaíba Cursos de Informática Projeto de Inclusão Digital APOSTILA APOSTILA CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA

Curso de Sistemas de Informação Campus Guaíba Cursos de Informática Projeto de Inclusão Digital APOSTILA APOSTILA CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA Agosto, 2006 Apresentação A apostila de Conceitos Básicos de Informática tem por objetivo apresentar aos alunos os conceitos relacionados à área de tecnologia. Esquema

Leia mais

ELETRONICA DIGITAL. Aula 01 Apresentação da disciplina; Representação Digital x Analógica. Prof. Franklin Alves 1

ELETRONICA DIGITAL. Aula 01 Apresentação da disciplina; Representação Digital x Analógica. Prof. Franklin Alves 1 ELETRONICA DIGITAL Aula 01 Apresentação da disciplina; Representação Digital x Analógica. Prof. Franklin Alves 1 Objetivo Entender os conceitos fundamentais de lógica digital. Estudo de Sistemas Digitais

Leia mais

Sistemas Computacionais e Hardware. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais

Sistemas Computacionais e Hardware. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais Sistemas Computacionais e Hardware Disciplina: Informática Prof. Higor Morais 1 Agenda Sistema Computacional O Computador e seus componentes Hardware 2 Unidade de entrada Unidade de saída Unidade de Processamento

Leia mais

Histórico da evolução dos. Ermeson Andrade

Histórico da evolução dos. Ermeson Andrade Histórico da evolução dos computadores Ermeson Andrade Histórico A evolução dos computadores tem sido caracterizada pelo: Aumento da velocidade dos Processadores Diminuição do Tamanho dos Componentes Aumento

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

4 Sistema Computacional:

4 Sistema Computacional: 4 Sistema Computacional: Hardware: são os componentes e dispositivos eletrônicos que operando em conjunto com outros componentes ou mesmo individualmente realizam uma das funções de um sistema de computação.

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta. CST em Redes de Computadores

Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta. CST em Redes de Computadores Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta CST em Redes de Computadores Introdução Computadores Computadores são compostos, basicamente, de CPU, memória e dispositivos de entrada e saída

Leia mais

Apresentação do Professor

Apresentação do Professor Sistemas Operacionais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação do Professor Nome: André Luís Belini de Oliveira Graduação: Bacharel

Leia mais

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética Tecnologia da Administração Computador: origem, funcionamento e componentes básicos Parte II Sumário Introdução Origem Funcionamento Componentes Básicos Referências Sistema Binário O computador identifica

Leia mais

O Computador. Evolução dos métodos de cálculo. Estrutura do Computador Digital

O Computador. Evolução dos métodos de cálculo. Estrutura do Computador Digital NOTAS DE AULA ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES 1 Introdução à Ciência da Computação Histórico da Computação A tarefa de processamento de dados consiste em: o tomar certa informação, o processá-la

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Entrada e Saída Entrada e saída visão do usuário Usuários submetem dados (entrada) ao computador para obter informação (saída)

Leia mais

05/02/2014 O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? PENSAR EM INFORMÁTICA É PENSAR EM:

05/02/2014 O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? PENSAR EM INFORMÁTICA É PENSAR EM: Apple I - 1976 1982 O Homem do ano Apple II - 1977 IBM PC - 1981 O QUE É UM COMPUTADOR? É uma máquina que tem a capacidade de realizar o PROCESSAMENTO de dados. É um dispositivo físico que recebe dados

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ 13 específica, de segunda-feira a sexta-feira e aos sábados, caso seja necessário para complementação do período letivo e/ou carga horária curricular. Cada aula tem durafao de 50min (cinquenta minutos),

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n Dois Irmãos 52171-900 Recife-PE Fone: 0xx-81-332060-40 proreitor@preg.ufrpe.br PLANO DE ENSINO

Leia mais

DOS. SW, aplicativos e SO Atividade Avaliativa 3 Profª: Patrícia Lucas. Adenice Alves, Ana Beatriz, Ana Clara, Ana Paula e Aroldo.

DOS. SW, aplicativos e SO Atividade Avaliativa 3 Profª: Patrícia Lucas. Adenice Alves, Ana Beatriz, Ana Clara, Ana Paula e Aroldo. DOS SW, aplicativos e SO Atividade Avaliativa 3 Profª: Patrícia Lucas Adenice Alves, Ana Beatriz, Ana Clara, Ana Paula e Aroldo. 1º Informática A Introdução Sobre Sistemas Operacionais: Conceito: Um sistema

Leia mais

Princípios de Informática CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA

Princípios de Informática CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA Princípios de Informática CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA Conteúdo 1. O que é informática?...3 2. O Computador...3 2.1 Conceito...3 2.2 Histórico...3 2.3 Gerações...5 3. Organização dos Computadores...6

Leia mais

-CURSO DE REPARO EM IMPRESSORA EPSON LX-300

-CURSO DE REPARO EM IMPRESSORA EPSON LX-300 -CURSO DE REPARO EM IMPRESSORA EPSON LX-300 -PLACA LÓGICA FIG. 01 VISTA PARCIAL DA PL. LÓGICA. A placa lógica da impressora LX-300 é uma das mais simples que existe no mercado e ainda é uma pl. lógica

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

Aula 7: Portas Lógicas: AND, OR, NOT, XOR, NAND e NOR

Aula 7: Portas Lógicas: AND, OR, NOT, XOR, NAND e NOR Aula 7: Portas Lógicas: AND, OR, NOT, XOR, NAND e NOR Conforme discutido na última aula, cada operação lógica possui sua própria tabela verdade. A seguir será apresentado o conjunto básico de portas lógicas

Leia mais

Lista de Exercícios 2 Prof. Daniel Caetano Solução

Lista de Exercícios 2 Prof. Daniel Caetano Solução Unidade 4 Lista de Exercícios 2 Prof. Daniel Caetano Solução 4.1) Converta os seguintes números decimais para hexadecimal: 145, 226, 1043, 3456 91h, E2h, 413h, D80h 4.2) Sem converter as bases, faça as

Leia mais

A Historia Da Informática

A Historia Da Informática A Historia Da Informática 1- A Historia Da Informática Atualmente a informática está presente em nossas vidas e utilizadas diariamente em nossos afazeres, sejam eles pessoais ou profissionais, tudo gira

Leia mais

Sistemas de numeração e conversão de bases Decimal e binário

Sistemas de numeração e conversão de bases Decimal e binário Sistemas de numeração e conversão de bases Decimal e binário Cálculo de conversão de bases para responder às questões pertinentes à execução das especificações nas configurações de sistemas, comunicação

Leia mais

INTRODUÇÃO À ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Função e Estrutura. Introdução Organização e Arquitetura. Organização e Arquitetura

INTRODUÇÃO À ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Função e Estrutura. Introdução Organização e Arquitetura. Organização e Arquitetura Introdução Organização e Arquitetura INTRODUÇÃO À ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Eduardo Max Amaro Amaral Arquitetura são os atributos visíveis ao programador. Conjunto de instruções, número

Leia mais

Gestão de Sistemas Operacionais I

Gestão de Sistemas Operacionais I Gestão de Sistemas Operacionais I Professor: Wellington Fábio de Oliveira Martins MSDOS Comandos mais utilizados Para usar o MS-DOS no Windows 98 va no menu iniciar -> executar -> digita: command No Windows

Leia mais

Divisão do computador

Divisão do computador Divisão do computador Hardware: todo o equipamento, suas peças, isto é, tudo o que "pode ser tocado", denomina-se hardware. Alguns equipamentos, como monitor, teclado e rato são também chamados de periféricos.

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores I

Organização e Arquitetura de Computadores I Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Organização e Arquitetura de Computadores I Circuitos Lógicos Sequenciais (Parte

Leia mais

Aula 03. Processadores. Prof. Ricardo Palma

Aula 03. Processadores. Prof. Ricardo Palma Aula 03 Processadores Prof. Ricardo Palma Definição O processador é a parte mais fundamental para o funcionamento de um computador. Processadores são circuitos digitais que realizam operações como: cópia

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL APLICAÇÕES DO SOFTWARE APLICAÇÕES DO SOFTWARE APLICAÇÕES DO SOFTWARE. Introdução à Computação Rosely Sanches $XOD $XOD $XOD $XOD

SISTEMA OPERACIONAL APLICAÇÕES DO SOFTWARE APLICAÇÕES DO SOFTWARE APLICAÇÕES DO SOFTWARE. Introdução à Computação Rosely Sanches $XOD $XOD $XOD $XOD $XOD $XOD $XOD $XOD SISTEMA OPERACIONAL Introdução à Computação APLICAÇÕES DO SOFTWARE SOFTWARE BÁSICO SOFTWARE DE TEMPO REAL SOFTWARE COMERCIAL SOFTWARE CIENTÍFICO E DE ENGENHARIA SOFTWARE EMBUTIDO SOFTWARE

Leia mais

Processamento de dados - Aula I

Processamento de dados - Aula I Fundamentos de computação Paulo R. S. L. Coelho paulo@facom.uuf.br Faculdade de Ciência da Computação Universidade Federal de Uberlândia Organização 1 Conceitos iniciais 2 3 Organização 1 Conceitos iniciais

Leia mais

Sistemas Operacionais. Rodrigo Rubira Branco rodrigo@kernelhacking.com rodrigo@fgp.com.br. www.fgp.com.br

Sistemas Operacionais. Rodrigo Rubira Branco rodrigo@kernelhacking.com rodrigo@fgp.com.br. www.fgp.com.br Sistemas Operacionais Rodrigo Rubira Branco rodrigo@kernelhacking.com rodrigo@fgp.com.br Tipos de Sistemas Operacionais De Sistemas Embarcados (PalmOS,WinCE,WinXPEmbbeded,Linux) Hardware simples, especifico

Leia mais

Introdução Informática e TIC. Prof. Ivo Júnior

Introdução Informática e TIC. Prof. Ivo Júnior Introdução Informática e TIC Prof. Ivo Júnior O que é informática?? É o ramo do conhecimento que cuida dos conceitos, procedimentos e técnicas referentes ao processamento ou tratamento de conjuntos de

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL PROFIJ II T2 Ano letivo 2013 / 2014

PLANIFICAÇÃO ANUAL PROFIJ II T2 Ano letivo 2013 / 2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL PROFIJ II T2 Ano letivo 2013 / 2014 CURSO: Instalação e Operação de Sistemas Informáticos ANO: 1.º DISCIPLINA: INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES DOCENTE: HORÁCIO SILVA COMPETÊNCIAS

Leia mais

Componentes básicos de um sistema de computador (Capítulo 1)

Componentes básicos de um sistema de computador (Capítulo 1) Componentes básicos de um sistema de computador (Capítulo 1) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Benefícios 2. Componentes 3. Redes 4. Classificação

Leia mais

Funcionamento do computador. Conceito e definição de algoritmos. Prof. Alex Camargo

Funcionamento do computador. Conceito e definição de algoritmos. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Funcionamento do computador. Conceito e definição de algoritmos Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Funcionamento do computador

Leia mais

Processamento de Dados

Processamento de Dados Processamento de Dados Evolução da Tecnologia 2000 a.c. -------------------------- 1621 Ábaco Réguas de Cálculo 1642 ------------------------------- 1890 Calculadora mecânica Início da Revolução Industrial

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL PROFIJ II T2 Ano letivo 2015 / 2016

PLANIFICAÇÃO ANUAL PROFIJ II T2 Ano letivo 2015 / 2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL PROFIJ II T2 Ano letivo 2015 / 2016 CURSO: Instalação e Operação de Sistemas Informáticos ANO: 1.º DISCIPLINA: INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES DOCENTE: CARLA GONÇALVES COMPETÊNCIAS

Leia mais

Periféricos. Periféricos. Periféricos. Periféricos. Periféricos. Prof. Vágner - Disciplina de ADE (1ºSemestre de 2008) Referência - AULA 04 1

Periféricos. Periféricos. Periféricos. Periféricos. Periféricos. Prof. Vágner - Disciplina de ADE (1ºSemestre de 2008) Referência - AULA 04 1 Periférico de entrada mais comum Permite entrada de textos TECLADO Tipos: Interação,Padrão, Multimídia Conexões com Fio: Din, PS2 (Mini Din) e USB; Conexões sem Fio: Bluetooth e Infravermelho. 1 2 TECLADO

Leia mais

Tecnologia da Informação. Softwares. Universidade Estadual de Goiás. Prof. Elisabete Tomomi Kowata

Tecnologia da Informação. Softwares. Universidade Estadual de Goiás. Prof. Elisabete Tomomi Kowata Universidade Estadual de Goiás Câmpus de Ciências Sócio-Econômicas e Humanas de Anápolis Curso de Administração Tecnologia da Informação Softwares Prof. Elisabete Tomomi Kowata betetk2010@gmail.com Roteiro

Leia mais