Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos)"

Transcrição

1 Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos) Sistema Computacional Peopleware (usuário) Software (programas) Hardware (máquina) Hardware Corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema. É o computador propriamente dito. Software Conjunto de programas (instruções arranjadas logicamente) e sua documentação. Estrutura de um computador digital Unidade Central de Processamento Unidade Lógica e Aritmética Unidade de Controle Principal Secundária Interfaces Unidades de Entrada Unidades de Saída Periféricos 3

2 Unidades de Entrada Pen drive, fitas magnéticas, mouse, joystick, microfone, scanners, CD- ROM, sensores, etc... Unidades de Saída Vídeo, impressora, caixas de som, etc... Unidade Central de Processamento (CPU) Também chamada de microprocessador, é responsável pelo gerenciamento de todas as funções do sistema; A CPU distingue somente dois estados físicos, representados pelos números 0 e 1 dígitos binários; É dividida em: Unidade Aritmética e Lógica É encarregada de realizar operações aritméticas e lógicas elementares. Unidade de Controle É encarregada de coordenar os diversos componentes. Principal (RAM Random Access Memory) É a unidade encarregada de armazenar os dados recebidos das unidades de entrada para imediato processamento pela CPU. Um dado a ser processado pela CPU do computador pode ser colocado na memória na hora de se executar as ações de transformação. 4

3 Um resultado de uma transformação realizada pela CPU pode também ser armazenado na memória antes que passe para as unidades de saída. CPU Principal A memória é considerada um meio temporário de armazenamento de dados, que permanecem ali durante o tempo em que estiverem sendo processados. Secundária (ou Auxiliar) A memória secundária pode ser composta por vários dispositivos capazes de ampliar a capacidade de armazenamento da memória principal; Estas memórias auxiliares podem armazenar grandes quantidades de dados e programas, permitindo que sejam solicitados diretamente pela memória principal quando necessários; Exemplos mais comuns: disco rígido (ou winchester), pen drive e fitas magnéticas. A memória secundária é um tipo de memória não volátil, teoricamente permanente e mais lenta; CPU Principal Secundária 5

4 Outra função da memória secundária é oferecer uma expansão virtual da memória principal Virtual. Virtual Principal Secundária CONCEITOS IMPORTANTES Bit ( Binary DigiT dígito binário) Unidade de Informação, tem somente os valores 0 ou 1 ; Byte ( BinarY Term termo binário) Conjunto de 8 bits, com o qual pode-se representar os números, as letras, os sinais de pontuação, etc... Palavra (Word) É a quantidade de bits que a CPU processa por vez. CPU ou micro de: Palavra de: 8 bits 8 bits = 1 byte = 1 caractere 16 bits 16 bits = 2 bytes = 2 caracteres 32 bits 32 bits = 4 bytes = 4 caracteres 64 bits 64 bits = 8 bytes = 8 caracteres 128 bits 128 bits = 16 bytes = 16 caracteres 6

5 Exemplo: se a palavra (texto) PESQUISA tiver sido transferida da memória para uma CPU de: 8 bits <= este precisará de 8 operações para processá-la; 16 bits <= este precisará de 4 operações para processá-la; 32 bits <= este precisará de 2 operações para processá-la; 64 bits <= este precisará de uma operação para processá-la; Interface Representa o meio de comunicação entre duas partes do sistema. Exemplo: disco e computador, teclado e computador, computador e impressora. Existem dois tipos de interface: - serial: os dados são enviados um bit de cada vez (cabos com um único fio); - paralela: um byte de cada vez (cabos com 8 fios); Unidades de Medida (Kilo, Mega, Giga, Tera) Unidades Usual Informática Kilo (K) Mega (M) Giga (G) Tera (T) Exemplo: Qual a quantidade exata de bits que os dispositivos de memória auxiliar abaixo possuem? a-) Disquete de 1,44 MB 1,44 MB = 1,44 * 2 20 * 8 = ,52 bits 7

6 b-) Winchester de 3,1 Gb 3,1 Gb = 3,1 * 2 30 * 8 = ,2 bits Linguagens de Programação Para que um algoritmo possa ser executado pelo computador, é necessário que ele seja programado, isto é, que ele seja transcrito para uma linguagem que o computador possa entender, direta ou indiretamente. Tradutor Os computadores só podem executar diretamente os algoritmos expressos em linguagem de máquina (que é um conjunto de instruções capazes de ativar diretamente os dispositivos eletrônicos do computador). Um tradutor é um programa que traduz um algoritmo que está escrito em uma determinada linguagem de programação em linguagem de máquina. Programa Fonte Algoritmo ou programa escrito em uma determinada linguagem de programação Tradutor Programa Objeto Algoritmo ou programa traduzido para linguagem de máquina 8

7 O processo de tradução pode ser feito por: Compilação Lê, analisa e traduz todos os comandos do programa fonte, criando o programa objeto. Interpretação Traduz ou interpreta cada comando ao executá-lo. Tradutor Linguagem de Máquina Execução Linguagem de Alto Nível Programa Fonte Compilador Programa Objeto Execução de todo o programa Interpretador Executa um comando e volta A compilação é ideal para quando o programa estiver na sua forma definitiva ou for reutilizado com freqüência. É mais rápida na execução que o modo interpretado. A grande desvantagem do programa objeto é não ser possível modificá-lo. Para tal é necessário retomar o fonte, fazer as alterações e compilar tudo de novo. Ideal para comercialização de programas. A interpretação implica em mais tempo de execução. Evita, a cada alteração do fonte, traduzir tudo de novo. Ideal para a fase de desenvolvimento do programa ou uso interativo. 9

8 Sistema Operacional (SO) É um programa especial que controla e coordena todas as operações básicas de um computador. É um software básico que controla a execução de outros programas e pode proporcionar funções como: - controle de entrada e saída de dados; - alocação de memória; - gerenciamento de dados, etc... Exemplo: Quando se pressiona uma letra no teclado, o SO executa centenas de operações muito elementares, que genericamente poderiam ser: - manter a atenção no teclado; - quando for pressionada alguma tecla, calcular sua posição; - verificar se a tecla shift está apertada; - sendo uma tecla de controle, executar a operação desejada; não sendo, determinar a posição na tela onde está o cursor e ali gerar a imagem correspondente ao símbolo digitado. Os programas que compõem os SOs são, na maioria dos casos, escritos em linguagens de nível mais baixo, fazendo com que eles sejam mais rápidos e eficientes no gerenciamento de recursos do hardware. Exemplos mais comuns de SOs: DOS, Windows2007, Linux, etc. Os SOs podem ser classificados em: Monosusuário: somente um usuário pode processar dados por vez na CPU; Multiusuário: vários usuários podem acessar ao mesmo tempo a CPU de um sistema; 10

9 Monotarefa: somente um programa de cada vez é executado pela CPU. Multitarefa: vários programas podem ser executados de maneira concorrente pela CPU (eles concorrem pela mesma CPU). 11

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA Informática Aplicada 2009.2 Campus Angicos LISTA DE EXERCÍCIOS 01 Professor: Araken de Medeiros Santos INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores

Leia mais

Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO

Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO 1 Quem sou eu? Daniel Brandão Graduado em Sistemas para Internet Especialista em Tecnologia Para Aplicações Web Desenvolvedor

Leia mais

Professor: M. Sc. Cristiano Mariotti

Professor: M. Sc. Cristiano Mariotti Professor: M. Sc. Cristiano Mariotti http://www.mscmariotti.pro.br As informações processadas nos computadores são compostas por caracteres, sendo que cada caractere, representado por 0 ou 1, é chamado

Leia mais

Informática Instrumental. Prof. Ana Paula Domingos

Informática Instrumental. Prof. Ana Paula Domingos Informática Instrumental Prof. Ana Paula Domingos 2 3 Hardware Parte Física do computador. Exemplos: Monitor, teclado, mouse, caixas de som, gabinete. 4 Software São os programas do computador, parte lógica.

Leia mais

Informática Instrumental

Informática Instrumental 2 Informática Instrumental Prof. Ana Paula Domingos 3 Hardware 4 Software Parte Física do computador. Exemplos: Monitor, teclado, mouse, caixas de som, gabinete. São os programas do computador, parte lógica.

Leia mais

Hardware: Componentes Básicos. Sistema de Computador Pessoal. Anatomia de um Teclado. Estrutura do Computador. Arquitetura e Organização

Hardware: Componentes Básicos. Sistema de Computador Pessoal. Anatomia de um Teclado. Estrutura do Computador. Arquitetura e Organização Hardware: Componentes Básicos Arquitetura dos Computadores Dispositivos de Entrada Processamento Dispositivos de Saída Armazenamento Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Sistema de

Leia mais

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação COMO UM PROGRAMA ESCRITO

Leia mais

Aula 05. Fundamentos de Hardware e Software. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr.

Aula 05. Fundamentos de Hardware e Software. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. 05 Aula 05 Fundamentos de Hardware e Software Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. Site Disciplina: http://fundti.blogspot.com.br/ Fundamentos de Hardware Sistemas de Computação Sistemas de Computação Computador

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

COMPUTADORES PC 20/9/2010 CRONOGRAMA INFORMÁTICA PREF. MUNICIPAL DE JAGUARÃO - RS O COMPUTADOR, INDEPENDENTE DO TIPO: MAINFRAME NOTEBOOK PALMTOP

COMPUTADORES PC 20/9/2010 CRONOGRAMA INFORMÁTICA PREF. MUNICIPAL DE JAGUARÃO - RS O COMPUTADOR, INDEPENDENTE DO TIPO: MAINFRAME NOTEBOOK PALMTOP INFORMÁTICA PREF. MUNICIPAL DE JAGUARÃO - RS Prof.: MARCIO HOLLWEG Email: mhollweg@terra.com.br MSN: marciohollweg@hotmail.com Twitter: @mhollweg SMS: (041) 8854-3722 Site: www.marciohollweg.com.br CRONOGRAMA

Leia mais

Hardware. Componentes Básicos e Funcionamento

Hardware. Componentes Básicos e Funcionamento 1 Hardware 2 2 Componentes Básicos e Funcionamento 1 Hardware 3 Conjunto de dispositivos elétricos/eletrônicos que englobam a CPU, a memória e os dispositivos de entrada/saída de um sistema de computador

Leia mais

Unidade 1: O Computador

Unidade 1: O Computador Unidade : O Computador.3 Arquitetura básica de um computador O computador é uma máquina que processa informações. É formado por um conjunto de componentes físicos (dispositivos mecânicos, magnéticos, elétricos

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I. Introdução

PROGRAMAÇÃO I. Introdução PROGRAMAÇÃO I Introdução Introdução 2 Princípios da Solução de Problemas Problema 1 Fase de Resolução do Problema Solução na forma de Algoritmo Solução como um programa de computador 2 Fase de Implementação

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS

PROCESSAMENTO DE DADOS PROCESSAMENTO DE DADOS Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 Processamento de Dados Consiste em uma série de atividades ordenadamente

Leia mais

COMPUTADOR. Adão de Melo Neto

COMPUTADOR. Adão de Melo Neto COMPUTADOR Adão de Melo Neto 1 PROGRAMA É um conjunto de instruções LINGUAGEM BINÁRIA INTRODUÇÃO Os caracteres inteligíveis não são A, B, +, 0, etc., mas apenas zero(0) e um (1). É uma linguagem de comunicação

Leia mais

4. As condições de igualdade menor que e maior que são verificadas por a. Operações lógicas b. Subtração c. Localizações d. Operações aritméticas

4. As condições de igualdade menor que e maior que são verificadas por a. Operações lógicas b. Subtração c. Localizações d. Operações aritméticas Fundamentos da Informática Aula 05 - A unidade central de processamento: O que acontece dentro do computador Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo Múltipla escolha 1. Os circuitos elétricos

Leia mais

GFM015 Introdução à Computação

GFM015 Introdução à Computação GFM015 Introdução à Computação Noções básicas sobre os componentes de microcomputadores (cont...) - Terminologia: Sw, Hw, Programas, Bit, Byte e Códigos Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/ic

Leia mais

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Sistemas Operacionais II Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Sistemas Operacionais Livres Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Objetivos - Ter conhecimento sobre os diversos módulos que compõem um

Leia mais

Informática Sistemas Operacionais Aula 5. Cleverton Hentz

Informática Sistemas Operacionais Aula 5. Cleverton Hentz Informática Sistemas Operacionais Aula 5 Cleverton Hentz Sumário Introdução Fundamentos sobre Sistemas Operacionais Gerenciamento de Recursos Interface Com Usuário Principais Sistemas Operacionais 2 Introdução

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2)

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2) Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Sistemas Operacionais (SOP A2) Visão Geral Referências: Sistemas Operacionais Modernos. Andrew S. Tanenbaum. Editora Pearson. 3ª ed. 2010. Seção: 1.1

Leia mais

4 Sistema Computacional:

4 Sistema Computacional: 4 Sistema Computacional: Hardware: são os componentes e dispositivos eletrônicos que operando em conjunto com outros componentes ou mesmo individualmente realizam uma das funções de um sistema de computação.

Leia mais

Flávia Rodrigues. Silves, 26 de Abril de 2010

Flávia Rodrigues. Silves, 26 de Abril de 2010 Flávia Rodrigues STC5 _ Redes de Informação e Comunicação Silves, 26 de Abril de 2010 Vantagens e Desvantagens da Tecnologia Acessibilidade, quer a nível pessoal quer a nível profissional; Pode-se processar

Leia mais

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I Aula 02: Organização e Arquitetura de Computadores / Lógica Digital (Parte I) O conteúdo deste documento tem por objetivo

Leia mais

1. Como você diferencia na prática os diversos tipos de memória RAM?

1. Como você diferencia na prática os diversos tipos de memória RAM? ALUNO(A): MANUTENÇÃO BÁSICA 1º BIMESTRE DATA: / / PROFESSOR JEAN GALDINO INSTRUÇÕES: RESPONDA INDIVIDUALMENTE E ENTERGUE RESPONDIDA OBJETIVAMENTE. 1. Como você diferencia na prática os diversos tipos de

Leia mais

Algoritmos DCC 119. Introdução e Conceitos Básicos

Algoritmos DCC 119. Introdução e Conceitos Básicos Algoritmos DCC 119 Introdução e Conceitos Básicos Sumário Sistemas de Numeração Sistemas Computacionais Estrutura de um Computador Digital Sistemas Operacionais Algoritmo Introdução Formas de representação

Leia mais

Disciplina: Arquitetura de Computadores

Disciplina: Arquitetura de Computadores Disciplina: Arquitetura de Computadores Estrutura e Funcionamento da CPU Prof a. Carla Katarina de Monteiro Marques UERN Introdução Responsável por: Processamento e execução de programas armazenados na

Leia mais

Introdução à Informática. Por Edivaldo Laureano Pires Filho

Introdução à Informática. Por Edivaldo Laureano Pires Filho Introdução à Informática Por Edivaldo Laureano Pires Filho Definição de sistema Sistema é um conjunto de partes interagentes e interdependentes que, conjuntamente, formam um todo unitário com determinado

Leia mais

Componentes básicos de um sistema de computador (Capítulo 1)

Componentes básicos de um sistema de computador (Capítulo 1) Componentes básicos de um sistema de computador (Capítulo 1) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Benefícios 2. Componentes 3. Redes 4. Classificação

Leia mais

Conceitos Básicos INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES

Conceitos Básicos INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES FACULDADE DOS GUARARAPES INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES Conceitos Básicos Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com romulocesar@faculdadeguararapes.edu.br www.romulocesar.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

Fundamentos da Informática Aula 01 - Computadores: Ferramentas para a era da informação Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo

Fundamentos da Informática Aula 01 - Computadores: Ferramentas para a era da informação Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo Fundamentos da Informática Aula 01 - Computadores: Ferramentas para a era da informação Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo Múltipla escolha 1. A unidade central de processamento é um exemplo

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA COMPUTADOR QUANTO AO TIPO COMPUTADOR SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO o Analógico o Digital o Híbrido o Hardware (parte física)

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação Campus Guaíba Cursos de Informática Projeto de Inclusão Digital APOSTILA APOSTILA CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA

Curso de Sistemas de Informação Campus Guaíba Cursos de Informática Projeto de Inclusão Digital APOSTILA APOSTILA CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA Agosto, 2006 Apresentação A apostila de Conceitos Básicos de Informática tem por objetivo apresentar aos alunos os conceitos relacionados à área de tecnologia. Esquema

Leia mais

ISL - Introdução. Sistema. Binário. Introdução. Tipos de Computador. Sub title text goes here. Unused Section Space 2. Unused Section Space 1

ISL - Introdução. Sistema. Binário. Introdução. Tipos de Computador. Sub title text goes here. Unused Section Space 2. Unused Section Space 1 ISL - Introdução Sub title text goes here Introdução Tipos de Computador Sistema Computacional Processamento de Dados Arquitetura Sistema Binário Software Unused Section Space 1 Exercício Unused Section

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS

PROCESSAMENTO DE DADOS PROCESSAMENTO DE DADOS Aula 1 - Hardware Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari 2 3 HARDWARE Todos os dispositivos físicos que constituem

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Alexandre Meslin (meslin@nce.ufrj.br) Objetivo do Curso Apresentar os conceitos básicos de informática, de software e de hardware. Introduzir os conceitos relativos à representação

Leia mais

INTRODUÇÃO À ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Função e Estrutura. Introdução Organização e Arquitetura. Organização e Arquitetura

INTRODUÇÃO À ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Função e Estrutura. Introdução Organização e Arquitetura. Organização e Arquitetura Introdução Organização e Arquitetura INTRODUÇÃO À ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Eduardo Max Amaro Amaral Arquitetura são os atributos visíveis ao programador. Conjunto de instruções, número

Leia mais

O Sistema de Computação

O Sistema de Computação O Sistema de Computação Professor: Alex Sandro Forghieri alex.forghieri@ifsc.edu.br O Sistema de Computação INTRODUÇÃO Introdução Sistemas Computacionais podem ser divididos em camadas: Aplicativos Sistema

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta. CST em Redes de Computadores

Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta. CST em Redes de Computadores Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta CST em Redes de Computadores Introdução Computadores Computadores são compostos, basicamente, de CPU, memória e dispositivos de entrada e saída

Leia mais

Arquitetura e Organização dos Computadores

Arquitetura e Organização dos Computadores Faculdade Ieducare 2 º Semestre Sistemas de Informação Professor: Rhyan Ximenes 1 Objetivos de hoje Ementa; Avaliação; Iniciação Científica Revisão de Conceitos; Introdução; 2 Iniciação Científica O que

Leia mais

UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office

UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office Olá! Aqui estamos nós outras vez! Agora para dar início à unidade 2. Hardware e Software Sabemos que a área de informática é uma das que mais vivencia mudanças na

Leia mais

Aplicação. Programa Linguagem de Alto Nível. Programa em Linguagem Assembly. Programa em Linguagem Máquina

Aplicação. Programa Linguagem de Alto Nível. Programa em Linguagem Assembly. Programa em Linguagem Máquina Níveis de Abstracção Nível 5 Nível 4 Nível 3 Nível 2 Nível 1 Nível 0 Aplicação Programa de Alto Nível Programa em Assembly Programa em Máquina Micro-programa em de Transferência de Registos Sistema Digital

Leia mais

Introdução ao Processamento de Dados (I P D)

Introdução ao Processamento de Dados (I P D) Introdução ao Processamento de Dados (I P D) O ponto mais significativo da evolução dos computadores, começou na década de 40, durante a 2ª guerra mundial, onde vários equipamentos foram desenvolvidos.

Leia mais

Entrada e Saída (E/S)

Entrada e Saída (E/S) Organização e Arquitetura de Computadores Entrada e Saída (E/S) Givanaldo Rocha de Souza http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br Baseado no material do prof. Sílvio Fernandes

Leia mais

Conceitos básicos de hardware, software e peopleware e modelo de Von Neumann

Conceitos básicos de hardware, software e peopleware e modelo de Von Neumann Conceitos básicos de hardware, software e peopleware e modelo de Von Neumann Professor Wagner Gadêa Lorenz wagnerglorenz@gmail.com Disciplina: Curso de Sistemas de Informação Cachoeira do Sul, 10 de Março

Leia mais

Quando um determinado programa gera um arquivo, sua extensão é variada de acordo com cada tipo.

Quando um determinado programa gera um arquivo, sua extensão é variada de acordo com cada tipo. 1 2 ENTENDENDO Tudo que funciona em um pc, é basicamente a base de arquivos. Vamos entender o que é um arquivo: Arquivo é tudo aquilo que um determinado programa gera. Arquivos tem nome e sobrenome. Aqui

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Introdução Informática e TIC. Prof. Ivo Júnior

Introdução Informática e TIC. Prof. Ivo Júnior Introdução Informática e TIC Prof. Ivo Júnior O que é informática?? É o ramo do conhecimento que cuida dos conceitos, procedimentos e técnicas referentes ao processamento ou tratamento de conjuntos de

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Introdução à Computação EXERCÍCIOS

Leia mais

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I CURSO: ENG CIVIL PROFESSOR: ANDRÉ LUÍS DUARTE PERÍODO 1º BIMESTRE 1 1) Identifique as afirmações como verdadeira (V) ou falsa (F): a) Existem três tipos

Leia mais

Objetivos da aula. Recursos de Sistemas de Informação

Objetivos da aula. Recursos de Sistemas de Informação Recursos de Sistemas de Informação Disciplina: Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Luiz Antonio do Nascimento Anhanguera Taboão da Serra Objetivos da aula Fornecer exemplos de componentes de Sistemas

Leia mais

Buffer Trabalhos MAC Binary PS Buffer de rede Configuração x

Buffer Trabalhos MAC Binary PS Buffer de rede Configuração <de rede> x Use o para alterar as configurações da impressora que afetam os trabalhos enviados à impressora por uma porta de rede (Rede Padrão ou Opção Rede

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 3 Visão de alto nível da função e interconexão do computador slide 1 Conceito de programa Sistemas hardwired são inflexíveis.

Leia mais

Lista de Exercícios 2 Prof. Daniel Caetano Solução

Lista de Exercícios 2 Prof. Daniel Caetano Solução Unidade 4 Lista de Exercícios 2 Prof. Daniel Caetano Solução 4.1) Converta os seguintes números decimais para hexadecimal: 145, 226, 1043, 3456 91h, E2h, 413h, D80h 4.2) Sem converter as bases, faça as

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. Andrique Amorim

Sistemas Operacionais. Prof. Andrique Amorim Sistemas Operacionais Prof. Andrique Amorim A disciplina Conceitos básicos Arquitetura e organização dos computadores Evolução dos sistemas operacionais Estruturas de sistemas operacionais Gerência de

Leia mais

Prof. Dr. Charlie Antoni Miquelin BÁSICO DE COMPUTAÇÃO EM TC

Prof. Dr. Charlie Antoni Miquelin BÁSICO DE COMPUTAÇÃO EM TC BÁSICO DE COMPUTAÇÃO EM TC Definições O computador digital é uma máquina capaz de receber informações, processá-las e devolver resultados. Estes resultados podem ser mostrados em um monitor, armazenados,

Leia mais

Processamento de Dados aplicado à Geociências. AULA 1: Introdução à Arquitetura de Computadores

Processamento de Dados aplicado à Geociências. AULA 1: Introdução à Arquitetura de Computadores 1 Processamento de Dados aplicado à Geociências AULA 1: Introdução à Arquitetura de Computadores UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GEOPROCESSAMENTO

Leia mais

4.3 - DMA & Chipset. CEFET-RS Curso de Eletrônica. Profs. Roberta Nobre & Sandro Silva. e

4.3 - DMA & Chipset. CEFET-RS Curso de Eletrônica. Profs. Roberta Nobre & Sandro Silva. e CEFET-RS Curso de Eletrônica 4.3 - DMA & Chipset Profs. Roberta Nobre & Sandro Silva robertacnobre@gmail.com e sandro@cefetrs.tche.br Unidade 04.3.1 DMA Dados podem ser transferidos entre dispositivos

Leia mais

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional Arquitetura: Conjunto de elementos que perfazem um todo; estrutura, natureza, organização. Houaiss (internet) Bit- Binary Digit - Número que pode representar apenas dois valores: 0 e 1 (desligado e ligado).

Leia mais

Histórico e Evolução da Computação

Histórico e Evolução da Computação Lista de Exercícios Introdução à Informática Professor: Sérgio Salazar Histórico e Evolução da Computação O 1º computador foi o ENIAC, utilizado para montar tabelas para o cálculo de projéteis na 2ª Guerra

Leia mais

Funcionamento do computador. Conceito e definição de algoritmos. Prof. Alex Camargo

Funcionamento do computador. Conceito e definição de algoritmos. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Funcionamento do computador. Conceito e definição de algoritmos Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Funcionamento do computador

Leia mais

Sistemas Computacionais e Hardware. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais

Sistemas Computacionais e Hardware. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais Sistemas Computacionais e Hardware Disciplina: Informática Prof. Higor Morais 1 Agenda Sistema Computacional O Computador e seus componentes Hardware 2 Unidade de entrada Unidade de saída Unidade de Processamento

Leia mais

Programação de Computadores Profa Jacqueline 1

Programação de Computadores Profa Jacqueline 1 Programação de Computadores Profa Jacqueline 1 REVISÃO Construção de Algoritmos Estruturas de Controle Objetivo: Abordar as técnicas para entrada e saída de dados e as estruturas para controle do fluxo

Leia mais

27/02/2012 CEV TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CEV. Prof. OCEAN A. SANTOS. Sistema Binário; Unidades de Medidas; Hardware.

27/02/2012 CEV TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CEV. Prof. OCEAN A. SANTOS. Sistema Binário; Unidades de Medidas; Hardware. CEV 1 CEV TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. OCEAN A. SANTOS Sistema Binário; Unidades de Medidas; Hardware. 1 HARDWARE Sistema Binário Bit Byte Sistema Binário; Unidades de Medidas; Hardware: CPU Placa-Mãe

Leia mais

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética Tecnologia da Administração Computador: origem, funcionamento e componentes básicos Parte II Sumário Introdução Origem Funcionamento Componentes Básicos Referências Sistema Binário O computador identifica

Leia mais

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo Programação Básica Estrutura de um algoritmo Código-fonte Como vimos na aula anterior um algoritmo pode ser representado usando um fluxograma Um algoritmo pode também ser representado usando texto Esse

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação 1 Universidade Federal Fluminense Campus de Rio das Ostras Curso de Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Professor: Leandro Soares de Sousa e-mail: leandro.uff.puro@gmail.com site:

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Entrada e Saída Entrada e saída visão do usuário Usuários submetem dados (entrada) ao computador para obter informação (saída)

Leia mais

-CURSO DE REPARO EM IMPRESSORA EPSON LX-300

-CURSO DE REPARO EM IMPRESSORA EPSON LX-300 -CURSO DE REPARO EM IMPRESSORA EPSON LX-300 -PLACA LÓGICA FIG. 01 VISTA PARCIAL DA PL. LÓGICA. A placa lógica da impressora LX-300 é uma das mais simples que existe no mercado e ainda é uma pl. lógica

Leia mais

4 Arquitetura Adotada

4 Arquitetura Adotada 4 Arquitetura Adotada Neste trabalho foi desenvolvido um sistema para a inspeção de dutos de óleo, gás e outros fluidos. Este sistema está sendo usado em inspeções que utilizam como ferramenta de inspeção

Leia mais

Hardware. Organização Funcional de um. Computador. Arquitetura de Multiprocessadores. UCP Unidade Central de Processamento AMD. Sistema Central CPU

Hardware. Organização Funcional de um. Computador. Arquitetura de Multiprocessadores. UCP Unidade Central de Processamento AMD. Sistema Central CPU Hardware UCP Unidade Central de Processamento AMD Disciplina: Organização e Arquitetura de Computadores Prof. Luiz Antonio do Nascimento Faculdade Nossa Cidade Organização Funcional de um Computador Unidade

Leia mais

CONTEÚDO INFORMÁTICA RECEITA FEDERAL DO BRASIL * E O QUE VEM A SER FIRMWARE? MARCIO HOLLWEG

CONTEÚDO INFORMÁTICA RECEITA FEDERAL DO BRASIL * E O QUE VEM A SER FIRMWARE? MARCIO HOLLWEG INFORMÁTICA RECEITA FEDERAL DO BRASIL MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CONTEÚDO HARDWARE - 2 AULAS 3 QUESTÕES SISTEMA OPERACIONAL - 2 AULAS 3 QUESTÕES APLICATIVOS OFFICE - 3 AULAS 2 QUESTÕES INTERNET

Leia mais

Figura 1: Periféricos de entrada: scanner, webcam, teclado e mouse

Figura 1: Periféricos de entrada: scanner, webcam, teclado e mouse Capítulo 6 Os Periféricos Neste capítulo abordaremos as classes de dispositivos que integram o sistema computacional, destacando suas principais funções e características. 6.1 Periféricos Chamamos de periféricos

Leia mais

Informática CESGRANRIO

Informática CESGRANRIO Informática CESGRANRIO Todas as disciplinas 1 01. (Banco do Brasil/CESGRANRIO/2014) Informações importantes de uma pessoa que teve seu computador invadido foram coletadas e enviadas para terceiros. Um

Leia mais

Divisão do computador

Divisão do computador Divisão do computador Hardware: todo o equipamento, suas peças, isto é, tudo o que "pode ser tocado", denomina-se hardware. Alguns equipamentos, como monitor, teclado e rato são também chamados de periféricos.

Leia mais

INFORMÁTICA BÁSICA. Prof. Alex Santos. Informática Básica. alex.santos@ifrn.edu.br

INFORMÁTICA BÁSICA. Prof. Alex Santos. Informática Básica. alex.santos@ifrn.edu.br INFORMÁTICA BÁSICA Informática Básica Prof. Alex Santos C a m p u s Pa u d o s Fe r r o s D i s c i p l i n a d e I n f o rm á t i c a B á s i c a alex.santos@ifrn.edu.br INTRODUÇÃO A informática nos dias

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Profª Patricia Schiavon

Conceitos Básicos de Informática. Profª Patricia Schiavon Conceitos Básicos de Informática Profª Patricia Schiavon O QUE É INFORMÁTICA? Informática pode ser considerada como significando informação automática, ou seja, a utilização de métodos e técnicas no tratamento

Leia mais

Estrutura geral de um computador

Estrutura geral de um computador Estrutura geral de um computador Prof. Helio H. L. C. Monte-Alto Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu

Leia mais

Meg Silva Gestora de Processos Contato: / Blog: Uberlândia - MG

Meg Silva Gestora de Processos Contato: / Blog:  Uberlândia - MG FLUXOGRAMA CONCEITO Fluxograma é um tipo de diagrama, e pode ser entendido como uma representação esquemática de um processo, muitas vezes feito através de gráficos que ilustram de forma descomplicada

Leia mais

O Sistema de Computação

O Sistema de Computação Departamento de Ciência da Computação - UFF O Sistema de Computação Profa. Débora Christina Muchaluat Saade debora@midiacom.uff.br O Sistema de Computação Capítulo 2 Livro do Mário Monteiro Componentes

Leia mais

O Interior do Micro. Observe os computadores: Fonte:

O Interior do Micro. Observe os computadores: Fonte: O Interior do Micro Observe os computadores: Fonte: http://www.laercio.com.br 1 Interior do Micro O Interior do PC Componentes 1 2 3 4 - Placa mãe - Placa de vídeo - Processador Memória 5 Disco Rígido

Leia mais

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica.

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica. Técnica - Conjunto de processos que constituem uma arte ou um ofício. Aplicação prática do conhecimento científico. Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte,

Leia mais

Professores: Bruno Fontana da Silva e Maria Cláudia de Almeida Castro Data: 22/08/2014

Professores: Bruno Fontana da Silva e Maria Cláudia de Almeida Castro Data: 22/08/2014 Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Santa Catarina Campus São José Área de Telecomunicações ICO60801 Introdução à Computação Avaliação Teórica Hardware, bits e bytes

Leia mais

Aula 7: Portas Lógicas: AND, OR, NOT, XOR, NAND e NOR

Aula 7: Portas Lógicas: AND, OR, NOT, XOR, NAND e NOR Aula 7: Portas Lógicas: AND, OR, NOT, XOR, NAND e NOR Conforme discutido na última aula, cada operação lógica possui sua própria tabela verdade. A seguir será apresentado o conjunto básico de portas lógicas

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Conceitos Básicos Sistema Operacional: Um Sistema Operacional é um programa que atua como intermediário entre o usuário e o hardware de um computador. O Propósito do SO é fornecer

Leia mais

Introdução à Informática. Alexandre Meslin

Introdução à Informática. Alexandre Meslin Introdução à Informática Alexandre Meslin (meslin@nce.ufrj.br) Objetivos Dispositivos de armazenamento Sistemas de arquivos Memória ROM Memória de apenas leitura Utilizada para armazenar programas e dados

Leia mais

UNIBRATEC Ensino Superior e Técnico em Informática DHD Desenvolvimento em Hardware

UNIBRATEC Ensino Superior e Técnico em Informática DHD Desenvolvimento em Hardware UNIBRATEC Ensino Superior e Técnico em Informática DHD Desenvolvimento em Hardware 1 Francisco Fechine Borges quinta-feira, 24 de agosto de 2006 UNIBRATEC Ensino Superior e Técnico em Informática DHD Desenvolvimento

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Componentes Sistema Informação Hardware - Computadores - Periféricos Software - Sistemas Operacionais - Aplicativos - Suítes Peopleware - Analistas - Programadores - Digitadores

Leia mais

Análise de Dados em Oc. Física

Análise de Dados em Oc. Física Análise de Dados em Oc. Física Aula 1 - Introdução Paulo S. Polito, Ph.D. polito@usp.br Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo P. S. Polito (IOUSP) Análise de Dados em Oc. Física 1 / 26 Roteiro

Leia mais

Email: professorclebermarques@hotmail.com Atualizada em 29/01/2010. 1

Email: professorclebermarques@hotmail.com Atualizada em 29/01/2010. 1 1- Software: É o elemento lógico (não palpável) do sistema computacional. 1.1- Classificação do Software: 1. Básico = fundamental para o processamento. Ex: Sistema Operacional. 2. Aplicativo = auxilia

Leia mais

Introdução à Informática. Professor: Francisco Ary

Introdução à Informática. Professor: Francisco Ary Professor: Francisco Ary O que vimos na ultima aula: O que é Software? parte lógica de um sistema computacional; sequência de instruções interpretada e executada por um computador(processador); Principais

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO

PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. DESCRIÇÃO DO PAINEL 3. CONEXÃO 4. OPERAÇÃO 5. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO 5.1. Instalando o software de configuração 5.2. Iniciando

Leia mais

Software e Hardware. Software. Software Aplicativo. Software Utilitário. Existem 3 tipos:

Software e Hardware. Software. Software Aplicativo. Software Utilitário. Existem 3 tipos: Software e Hardware São os elementos necessários para compor a informação. Matéria-prima obtida de uma ou mais fontes para ser processada Conjunto de letras, números, símbolos ou combinação entre estes.

Leia mais

Aula 01 Introdução à Informática. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br www.profbrunogomes.com.br

Aula 01 Introdução à Informática. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br www.profbrunogomes.com.br Aula 01 Introdução à Informática Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br www.profbrunogomes.com.br Agenda da Aula Introdução à Informática; Dados x Informação; O Computador (Hardware); Unidades de medida.

Leia mais

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Elementos que constituem o Computador O funcionamento do computador é possível devido aos vários elementos interligados que o constituem:

Leia mais

Unidades de Medidas Computacionais

Unidades de Medidas Computacionais Unidades de Medidas Computacionais Professor: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Unidades de Medidas Computacionais QUANTIFICAÇÃO DE DADOS Dados e Informações Como nós representamos? Texto: Nome

Leia mais

Cadeira: Informática. Aulas 5, 6. M.Sc. Cláudia Jovo 2013/DMI 0

Cadeira: Informática. Aulas 5, 6. M.Sc. Cláudia Jovo 2013/DMI 0 Cadeira: Informática Aulas 5, 6 M.Sc. Cláudia Jovo 2013/DMI 0 Constituição e Funcionamento do Computador Tópicos da aula... 2. Constituição e Funcionamento do Computador O Computador; Componentes básicos

Leia mais

1. CAPÍTULO COMPUTADORES

1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1.1. Computadores Denomina-se computador uma máquina capaz de executar variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Os primeiros eram capazes

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Conceitos básicos de informática O que é informática? Informática pode ser considerada como significando informação automática, ou seja, a utilização de métodos

Leia mais