PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012"

Transcrição

1 PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios nomeado pela Portaria n , de 24 de abril de 2012, publicada no Diário Oficial da União, em 02 de maio de 2012, de acordo com a autorização constante do Processo n o / , torna público para conhecimento dos interessados que na data, horário e sítio abaixo indicados fará realizar licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO para REGISTRO DE PREÇOS, do tipo MENOR PREÇO (POR GRUPO), com regime de empreitada por PREÇO UNITÁRIO, conforme descrito neste Edital e seus anexos: O procedimento licitatório obedecerá, integralmente, à Lei n o , de 17 de julho de 2002, à Lei Complementar n o 123, de 14 de dezembro de 2006, ao Decreto n o 2.271, de 07 de julho de 1997, ao Decreto n o 3.555, de 8 de agosto de 2000, ao Decreto n o 3.931, de 19 de setembro de 2001, ao Decreto n o 5.450, de 31 de maio de 2005, ao Decreto n o 6.204, de 5 de setembro de 2007, à Instrução Normativa SLTI/MPOG n o 02, de 30 de abril de 2008, à Instrução Normativa SLTI/MPOG n o 03, de 15 de outubro de 2009 e, ainda, às disposições contidas na Lei n o 8.666, de 21 de junho de 1993, com as respectivas alterações posteriores, cuja sessão de abertura dar-se-á de acordo com o que segue: DATA: 06 / 06 / HORÁRIO DA ABERTURA DO CERTAME: 10:00 horas SÍTIO: FAC-SÍMILE: (61) DO OBJETO 1.1 Constitui objeto da presente licitação o Registro de Preços para a contratação de empresa especializada no fornecimento e instalação de solução de rede local sem fio (wireless), incluindo fornecimento de equipamentos, componentes, instalação, garantia, manutenção e treinamento, POR GRUPO, conforme as especificações deste Edital e seus anexos, sendo composto pelo seguinte grupo: 1/73

2 1.1.1 Grupo 1: Bens: Item 1: Ponto de Acesso; Item 2: Controlador WLAN; Item 3: Dispositivo de alimentação elétrica (PoE); Item 4: MiniGbic; Serviços: Item 5: Treinamento na solução de Rede sem Fio para 4 pessoas; Item 6: Instalação dos equipamentos; Item 7: Análise técnica (site survey) do ambiente físico; Software: Item 8: Solução de gerência WLAN centralizada. 2 - DA PARTICIPAÇÃO 2.1 Poderão participar deste Pregão entidades empresariais cujo ramo de atividade seja compatível com o objeto desta licitação, e que estejam com cadastramento regular no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, conforme disposto no 3º do artigo 8º da IN SLTI/MPOG n. 2, de Os licitantes arcarão com todos os custos decorrentes da elaboração e apresentação de suas propostas. 2.2 Somente poderão participar deste Pregão Eletrônico, na condição de proponente: Empresas em funcionamento no país, desde que desenvolvam atividade pertinente e compatível com o objeto desta licitação, comprovada por meio de Contrato Social ou documento equivalente. 2.3 Não poderão participar deste Pregão Eletrônico: Empresas em recuperação judicial, extrajudicial ou em processo de falência, sob concurso de credores, em dissolução ou em liquidação; Consórcio de empresas; Empresas suspensas pela ANEEL, impedidas de licitar e contratar com a União ou, que estejam declaradas inidôneas para licitar ou contratar com a Administração Pública; Cooperativas. 2/73

3 2.3.5 Empresas registradas no Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Ato de Improbidade Administrativa, impedidas de contratar com órgãos e entidades federais; Quaisquer interessados que se enquadrem nas vedações previstas no artigo 9 o da Lei n o 8.666, de O licitante deverá manifestar, em campo próprio do sistema eletrônico, o pleno conhecimento e atendimento às exigências de habilitação previstas no Edital (art. 21, 2 o do Decreto n o 5.450/2005). 2.5 Não será admitida a subcontratação, sob qualquer pretexto ou alegação. 3 - DA REPRESENTAÇÃO E DO CREDENCIAMENTO 3.1 O credenciamento dar-se-á pela atribuição de chave de identificação e de senha, pessoal e intransferível, para acesso ao sistema eletrônico (art. 3 o, 1 o do Decreto n o 5.450/2005), no sítio COMPRASNET (www.comprasnet.gov.br). 3.2 O credenciamento junto ao provedor do sistema implica a responsabilidade legal do licitante ou de seu representante legal e a presunção de sua capacidade técnica para realização das transações inerentes ao Pregão Eletrônico (art. 3 o, 6 o do Decreto n o 5.450/2005). 3.3 O uso da senha de acesso pelo licitante é de sua responsabilidade exclusiva, incluindo qualquer transação efetuada diretamente ou por seu representante, não cabendo ao provedor do sistema ou à ANEEL responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha, ainda que por terceiros (art. 13, inciso III do Decreto n o 5.450/2005). 3.4 O credenciamento do licitante dependerá de registro cadastral atualizado no SICAF, que também será requisito obrigatório para fins de habilitação (art. 13, inciso I do Decreto n o 5.450/2005). 3.5 Cada credenciado poderá representar apenas um licitante. 4 - DO ENVIO DAS PROPOSTAS DE PREÇOS 4.1 A participação no Pregão Eletrônico dar-se-á por meio da digitação da senha privativa do licitante e subseqüente encaminhamento da Proposta de Preços (art. 21 do Decreto n o 5.450/2005). 4.2 A Proposta de Preços deverá ser encaminhada por meio do sistema eletrônico, a partir da data de liberação do Edital no sítio COMPRASNET (www.comprasnet.gov.br) até o horário-limite para o início da sessão pública, que se dará pela abertura das propostas no dia 06/06/2012, às 10:00 hrs, horário de Brasília (art. 21 do Decreto n o 5.450/2005). 4.3 O envio da Proposta de Preços deve se dar com o preenchimento dos campos próprios apresentados pelo sistema eletrônico no sítio COMPRASNET (www.comprasnet.gov.br). 3/73

4 4.4 Os valores da Proposta de Preços deverão corresponder ao valor total para os bens e serviços, devendo englobar todas as despesas referentes ao fornecimento dos bens e prestação dos serviços, bem como todos os tributos, encargos sociais e trabalhistas e quaisquer outras despesas e insumos que incidam ou venham a incidir sobre o objeto desta licitação. 4.5 No preenchimento da Proposta de Preços, o licitante deve informar os seguintes dados: Preço de acordo com os preços praticados no mercado, em algarismo, com preenchimento em campo próprio, expresso em moeda nacional (R$), considerando o total ou parte do quantitativo constante no objeto do presente Edital, obrigatoriamente. 4.6 O prazo de validade de Proposta de Preços apresentada é de 60 (sessenta) dias a contar da data de seu recebimento (art. 6 o da Lei n o /2002, combinado com o art. 27, 4 o do Decreto n o 5.450/2005). 4.7 Até a abertura da sessão, os licitantes poderão retirar ou substituir a proposta anteriormente apresentada (art. 21, 4 o do Decreto n o 5.450/2005). 4.8 A oferta deverá ser precisa, sem alternativas de preços ou qualquer outra condição que induza o julgamento a ter mais de um resultado. 4.9 Não se considerará nenhuma oferta ou vantagem não prevista neste Edital Serão desclassificadas: As propostas que não atendam às exigências ao ato convocatório da licitação; As propostas com preços manifestamente inexeqüíveis, na forma da legislação, considerados os preços praticados no mercado; As propostas que apresentem preços com cotação no valor zero, simbólicos e/ou irrisórios, incompatíveis com os preços praticados no mercado, exceto quando se referirem a materiais e instalações de propriedade do próprio licitante, para os quais ele renuncie a parcela ou à totalidade da remuneração Por ocasião da licitação, as empresas deverão levar em conta o modelo de Proposta de Preços, conforme contido no ANEXO III e segundo as especificações legais pertinentes Para os itens 1, 2, 3, 4 e 8, deverá ser enviado juntamente com a proposta de preços, documento emitido pelo fabricante do produto contendo as especificações técnicas de cada equipamento, para fins de comprovação dos requisitos mínimos exigidos no Anexo I desse Edital De acordo com a Lei Complementar n o 123/2006, o licitante, ao apresentar a proposta, deverá declarar, em campo próprio do sistema, seu enquadramento como Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, quando for o caso e que atende aos requisitos do art. 3 o para fazer jus aos benefícios previstos na referida lei O grupo refletir-se-á na tela de proposta do fornecedor, que obrigatoriamente terá que cotar todos os itens do grupo como condição de participação; 4.14 O Sistema fará automaticamente a totalização dos valores cotados para os itens do GRUPO. 4/73

5 5 - DA ABERTURA DAS PROPOSTAS 5.1 A partir do horário previsto no preâmbulo deste Edital e, em conformidade com o subitem 4.2, terá início a sessão pública do PREGÃO ELETRÔNICO n o 05/2012, com a divulgação das Propostas de Preços recebidas conforme o Edital e de acordo com o Decreto n o 5.450/ O Pregoeiro verificará as propostas apresentadas, desclassificando aquelas que não estejam em conformidade com os requisitos estabelecidos no Edital (art. 22, 2 o do Decreto n o 5.450/2005). 5.3 A desclassificação de proposta será sempre fundamentada e, registrada no sistema, com acompanhamento em tempo real por todos os participantes (art. 22, 3 o do Decreto n o 5.450/2005). 5.4 As propostas contendo a descrição do objeto, valor e eventuais anexos estarão disponíveis na internet (art. 22, 4 o do Decreto n o 5.450/2005). 5.5 O sistema disponibilizará campo próprio para troca de mensagens entre o Pregoeiro e os licitantes (art. 22, 5 o do Decreto n o 5.450/2005). 5.6 O sistema ordenará, automaticamente, as propostas classificadas pelo Pregoeiro, sendo que somente estas participarão da fase de lance (art. 23 do Decreto n o 5.450/2005). 5.7 O pregoeiro, ao abrir os itens para análise, abrirá o grupo e procederá a análise das propostas dos itens daquele grupo A desclassificação de um único item do grupo implicará na desclassificação da proposta para todo o grupo, ou seja, a proposta somente será aceita se atender aos requisitos para todos os itens do GRUPO. 6 - DA FORMULAÇÃO DOS LANCES 6.1 Classificadas as propostas, o Pregoeiro dará início à fase competitiva, quando então os licitantes poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico, sendo o licitante imediatamente informado do seu recebimento e respectivo horário de registro e valor. 6.2 Os licitantes poderão oferecer lances sucessivos, observados o horário fixado e as regras de aceitação dos mesmos. 6.3 Somente serão aceitos os lances cujos valores forem inferiores ao último lance por ele ofertado e registrado no sistema. 6.4 Durante o transcurso da sessão pública, os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do menor lance registrado que tenha sido apresentado pelos demais licitantes, vedada a identificação do detentor do lance. 5/73

6 6.5 O encerramento da fase competitiva dar-se-á por decisão do Pregoeiro que acionará o aviso do prazo de fechamento iminente, após o que transcorrerá período determinado pelo sistema, de até 30 (trinta) minutos, findo o qual será automaticamente encerrada a recepção de lances. 6.6 No caso de desconexão do Pregoeiro, no decorrer da etapa de lances, se o sistema eletrônico permanecer acessível aos licitantes, os lances continuarão sendo recebidos, sem prejuízo dos atos realizados Quando a desconexão persistir por tempo superior a 10 (dez) minutos, a sessão do Pregão Eletrônico será suspensa e terá reinício somente após a comunicação expressa do Pregoeiro aos participantes. 6.7 Na fase de lances, muito embora a classificação final seja pelo valor global do GRUPO, a disputa será por item A cada lance ofertado (por item), o Sistema atualizará automaticamente o valor global do GRUPO sagrando-se vencedora a empresa que ofertar o menor valor global do GRUPO. 7 - DA ANÁLISE E DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS 7.1 Após o encerramento da etapa de lances, o Sistema de Pregão Eletrônico identificará em coluna própria as Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) participantes, fazendo a comparação entre os valores da primeira colocada, caso esta não seja uma ME/EPP, e das demais ME/EPP na ordem de classificação. A proposta que se encontrar na faixa até 5% (cinco por cento) acima da proposta de menor preço estará empatada com a primeira colocada e terá o direito, no prazo de 5 (cinco) minutos controlados pelo Sistema, de encaminhar uma última oferta, obrigatoriamente abaixo da primeira colocada para o desempate Para viabilizar tal procedimento, o Sistema selecionará os itens com tais características, disponibilizando-os automaticamente nas telas do pregoeiro e fornecedor, encaminhando mensagem também automática, por meio do chat, convocando a ME/EPP que se encontra em segundo lugar, a fazer sua última oferta no prazo de 5 (cinco) minutos sob pena de decair do direito concedido. Caso a ME/EPP classificada em segundo lugar desista ou não se manifeste no prazo estabelecido, o Sistema convocará as demais ME/EPP participantes na mesma condição, na ordem de classificação. Havendo êxito neste procedimento, o Sistema disponibilizará a nova classificação dos fornecedores para fins de aceitação. Não havendo êxito, ou não existindo ME/EPP participante, prevalecerá a classificação inicial; Caso sejam identificadas propostas de ME/EPP empatadas em segundo lugar, ou seja, na faixa de até os 5% (cinco por cento) acima da proposta da primeira colocada, e permanecendo o empate até o encerramento do item, o Sistema fará um sorteio eletrônico entre tais fornecedores, definindo e convocando automaticamente a vencedora para o encaminhamento da oferta final do desempate; 6/73

7 7.1.3 A negociação de preço junto ao fornecedor classificado em primeiro lugar, quando houver, será sempre após o procedimento de desempate de propostas e classificação final dos fornecedores participantes. 7.2 O Pregoeiro poderá encaminhar, pelo sistema eletrônico, contraproposta, diretamente ao licitante que tenha apresentado a melhor oferta, para que seja obtido o preço mais vantajoso, bem como decidir sobre a sua aceitação, observado o critério de julgamento, não se admitindo negociar condições diferentes daquelas previstas no Edital (art. 24, 8 o do Decreto n o 5.450/2005) A negociação será realizada por meio do sistema, podendo ser acompanhada pelos demais licitantes. 7.3 O Pregoeiro examinará a proposta classificada em primeiro lugar quanto à compatibilidade do preço do objeto em relação ao estimado para a contratação Não poderá haver desistência dos lances ofertados, sujeitando-se o proponente desistente às penalidades constantes no item 14 deste Edital. 7.4 A classificação final far-se-á pela ordem crescente dos preços Será considerada mais vantajosa para a ANEEL a oferta de menor preço, proposta e aceita, obtida na forma da condição anterior Finda a disputa, a aceitação será para o grupo, não sendo possível aceitar parte dos itens, o mesmo ocorrendo nas demais fases de habilitação, adjudicação e homologação. 7.5 O pregoeiro poderá solicitar amostras, sem ônus para a ANEEL, do objeto a ser ofertado a fim de verificar o atendimento às especificações descritas neste Edital O prazo para entrega das amostras será de 5 (cinco) dias úteis contados da solicitação feita pelo pregoeiro na sessão pública do pregão. As amostras serão entregues ao Pregoeiro; No caso de não atendimento à exigência do subitem ou no caso de a amostra não ser pela área de avaliação da ANEEL, caso não esteja de acordo com as especificações do item 2 do ANEXO I deste Edital, o pregoeiro desclassificará a proposta e convocará automaticamente a segunda colocada e assim sucessivamente; O licitante que enviar a amostra devera retirá-la no prazo de 2 (dois) dias úteis depois da divulgação pelo pregoeiro do resultado da verificação realizada pela área responsável. 7.6 Aceita a proposta de MENOR PREÇO POR GRUPO, será analisada a habilitação do licitante, para verificação do atendimento das condições fixadas no item 8 deste Edital. 7.7 Constatado o atendimento pleno às exigências editalícias, será declarado o proponente vencedor, sendo-lhe adjudicado o respectivo objeto, pelo Pregoeiro, caso não haja interposição de recursos. 7.8 Se a oferta não for aceitável ou se o proponente não atender às exigências editalícias, o Pregoeiro examinará as ofertas subseqüentes, na ordem de classificação, até a apuração de uma proposta que atenda todas as exigências, sendo o respectivo proponente declarado vencedor e a ele adjudicado o objeto correspondente a sua proposta. 7/73

8 7.8.1 Na hipótese do item anterior, o Pregoeiro poderá negociar diretamente com o proponente para que seja obtido melhor preço. 7.9 Da reunião, lavrar-se-á ata circunstanciada, na qual serão registradas as ocorrências relevantes e que, ao final, será assinada pelo Pregoeiro e pela Equipe de Apoio Será declarado vencedor, o licitante que apresentar proposta de acordo com as especificações do Edital e ofertar o MENOR PREÇO POR GRUPO para o respectivo objeto O licitante declarado vencedor se obriga a adequar sua Proposta de Preços ao valor ofertado em seu lance, no prazo de 4 (quatro) horas úteis, refazendo seus cálculos em função dos novos preços de forma que os valores assim calculados correspondam ao valor a ser efetivamente praticado O licitante vencedor se responsabiliza pelo valor de seu lance, não sendo aceito, em hipótese alguma, alegações de erros nos quantitativos, sob pena das cominações legais. 8 - DOS DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO 8.1 Declarações, exclusivamente eletrônicas, mediante o preenchimento de campos específicos no sítio COMPRASNET: Declaração de Inexistência de Fato Superveniente; Declaração de cumprimento da obrigação prevista na Lei n , de 27 de outubro de 1999; Caso a licitante seja ME/EPP, Declaração de que está apta a usufruir do tratamento diferenciado, estabelecido nos artigos 42 a 49 da Lei Complementar n. 123/2006; Declaração de que a empresa conhece e concorda com as condições estabelecidas neste Edital e que atende aos requisitos de habilitação; Declaração de Elaboração Independente de Proposta. 8.2 O Pregoeiro consultará o Sistema de Cadastro Unificado de Fornecedores SICAF, em relação à regularidade fiscal e, conforme o caso, à qualificação econômica financeira, de acordo com o disposto nos arts. 4 o, caput, 8 o, 3 o, 13 a 18 e 43 da Instrução Normativa SLTI/MPOG n. 2, de Também poderão ser consultados os sítios oficiais emissores de certidões, especialmente quando o licitante esteja com alguma documentação vencida junto ao SICAF Caso o Pregoeiro não logre êxito em obter a certidão correspondente através do sítio oficial, o licitante será convocado a encaminhar, no prazo de 4 (quatro) horas úteis, via FAC- SÍMILE, documento válido que comprove o atendimento das exigências deste Edital, sob pena de desclassificação, ressalvado o disposto quanto à comprovação da regularidade fiscal das microempresas, empresas de pequeno porte e sociedades cooperativas, conforme estatui o art. 43, 1 o da LC n. 123, de /73

9 8.3 Os licitantes que não estiverem cadastrados no Sistema de Cadastro Unificado de Fornecedores SICAF além do nível de credenciamento (com documentos atualizados e validados) exigido pela Instrução Normativa SLTI/MPOG n. 2, de 2010, deverão apresentar a seguinte documentação relativa à Habilitação Jurídica, Regularidade Fiscal e Qualificação econômico-financeira: Para Habilitação Jurídica: No caso de empresário individual: inscrição no Registro Público de Empresas Mercantis; Em se tratando de sociedades comerciais: contrato social ou estatuto em vigor, devidamente registrado; no caso de sociedades por ações, tais documentos devem estar acompanhados pelos documentos de eleição de seus administradores; Inscrição do ato constitutivo no Registro Civil das Pessoas Jurídicas, no caso de sociedades simples, acompanhada de prova de diretoria em exercício; A licitante deverá comprovar que desenvolve atividade pertinente e compatível com o objeto desta licitação, nos documentos exigidos nos subitens a ou equivalentes No caso de ser o participante sucursal, filial ou agência: inscrição no Registro Público de Empresas Mercantis onde opera, com averbação no Registro onde tem sede a matriz; A empresa estrangeira em funcionamento no país deverá apresentar também o Decreto de Autorização e o Ato de Registro ou Autorização para Funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir; Se for o caso, Documento, expedido pela Junta Comercial ou Cartório de Registro, comprovando a condição de Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, em atenção ao artigo 72 da LC n. 123/2006; Sendo a licitante optante pelo Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte SIMPLES, deverá apresentar a devida comprovação Para Qualificação Econômico-Financeira: Certidão negativa de falência, recuperação judicial, ou extrajudicial expedida pelo Cartório de Distribuição da sede do licitante, nos últimos 60 (sessenta) dias que antecedem a convocação pelo pregoeiro, quando o prazo de sua validade não estiver definido Balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, assinado por contador habilitado e pelo representante do licitante, já exigível e apresentado na forma da lei, vedada sua substituição por balancetes ou balanços provisórios, podendo ser atualizados por índices oficiais quando encerrados há mais de 3 (três) meses da data de apresentação da proposta, que permitam aferir a condição financeira da empresa; 9/73

10 Quando tratar-se de Sociedades Anônimas (S.A.) o Balanço Patrimonial deverá estar devidamente arquivado na Junta Comercial No caso de empresa constituída no exercício social vigente, admite-se a apresentação de balanço patrimonial e demonstrações contábeis referentes ao período de existência da sociedade A comprovação de boa situação financeira da licitante será aferida com base nos índices de Liquidez Geral (LG), Solvência Geral (SG) e Liquidez Corrente (LC), todos maiores que 1 (um), resultantes da aplicação das fórmulas abaixo, evidenciadas pelo próprio licitante: LG = (Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo) (Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo) SG = Ativo Total (Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo) LC = Ativo Circulante Passivo Circulante As licitantes que apresentarem resultado menor ou igual a 1 (um) em quaisquer dos índices referidos no subitem anterior, quando de suas habilitações, deverão comprovar o patrimônio líquido mínimo de R$ ,00 (cem mil reais) A qualificação econômico-financeira das licitantes com melhor proposta será verificada on-line no SICAF. As proponentes, devidamente atualizadas no SICAF, que apresentem os índices exigidos maiores a 1 ficam dispensados da apresentação dos documentos descritos no subitem Para Regularidade Fiscal e Trabalhista: Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas; Prova de regularidade com a Fazenda Nacional (certidão conjunta, emitida pela Secretaria da Receita Federal do Brasil e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, quanto aos demais tributos federais e à Divida Ativa da União, por elas administrados, conforme art. 1 o, inciso I, do Decreto n /07); Prova de regularidade com a Seguridade Social (INSS); 10/73

11 Prova de regularidade com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS); Prova de inscrição no cadastro de contribuintes municipal, relativo ao domicílio ou à sede da licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto contratual; Prova de regularidade com a Fazenda Municipal do domicílio ou da sede da licitante, relativa à atividade em cujo exercício contrata ou concorre Caso a licitante seja considerada isenta dos tributos municipais relacionados ao objeto licitatório, deverá comprovar tal condição mediante a apresentação de declaração da Fazenda Municipal do seu domicílio ou sede, ou outra equivalente, na forma da lei Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT), comprovando a inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho (http://www.tst.jus.br/certidao); Será efetuada consulta no Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Ato de Improbidade Administrativa do CNJ para verificação de existência de registro de impedimento de contratar com o Poder Público Para comprovar a regularidade fiscal das MEs/EPPs será observado o disposto no art. 4 o do Decreto n / As empresas, cadastradas ou não no SICAF além do nível de credenciamento, deverão comprovar, ainda, a qualificação técnica, por meio da apresentação de: Para Qualificação Técnica: Atestado (s) de capacidade técnica, em nome do licitante, fornecido (s) por pessoa (s) jurídica (s) de direito público ou privado, em documento timbrado, que comprove a prestação dos serviços de instalação e manutenção de rede, composta de, no mínimo, 1 (uma) controladora WLAN, 30 (trinta) Pontos de Acesso e Software de gerenciamento centralizado Termo de Vistoria, emitido pela Superintendência de Gestão Técnica da Informação SGI/ANEEL, devidamente ratificado pelo proponente, de que tomou conhecimento de todos os aspectos técnicos e condições locais para a execução dos serviços, conforme o modelo do Anexo II; As vistorias deverão ser efetuadas no prazo de até 2 (dois) dias úteis anteriores à abertura do certame licitatório, mediante agendamento pelo telefone (61) , de segunda a sexta-feira, no horário das 08:30 às 11:00 e das 14:30 às 17:00, não cabendo à licitante alegação quanto ao desconhecimento das condições dos serviços a serem contratados Compete aos licitantes fazer rigorosa vistoria às instalações para conhecer a infraestrutura da agência; 11/73

12 O representante somente poderá realizar vistoria para uma única licitante; O referido Termo de Vistoria somente será fornecido à representante credenciado da licitante, detentor de respectivo instrumento de procuração, ou à sócio/dirigente munido de documentos que comprovem tal condição; Indicar que possuirá equipe técnica qualificada, informando quais serão os profissionais que prestarão os serviços no ambiente da ANEEL Para os profissionais responsáveis pelos serviços de instalação e manutenção dos equipamentos constantes dos itens 2.1, 2.2 e 2.3 do Anexo I deste edital, deverá ser comprovada a sua aptidão, por meio de documento emitido fabricante dos produtos ofertados; A comprovação do vínculo empregatício dos profissionais com a licitante será exigida no momento da assinatura do contrato; 8.5 A inscrição cadastral regular no SICAF dispensa a apresentação dos documentos que estiverem devidamente validados e atualizados. 8.6 Após a convocação do Pregoeiro, a licitante que apresentar a melhor proposta deverá encaminhar a documentação original ou cópia autenticada, em até 2 (dois) dias úteis Os documentos necessários à habilitação deverão ser apresentados em original, ou em cópia autenticada em Cartório competente, ou publicação em órgão da imprensa oficial ou em cópias simples, desde que acompanhados dos originais, enviados à Superintendência de Licitações e Controle de Contratos e Convênios SLC/ANEEL para conferência. 8.7 Não se aceitará para a habilitação jurídica e fiscal que alguns documentos se refiram à matriz e outros à filial, exceto quando o próprio documento for aplicável para todos os estabelecimentos da empresa (matriz e filial). 8.8 Para efeito das habilitações jurídica e fiscal, o licitante que possuir mais de um estabelecimento, deve apresentar a documentação referente ao estabelecimento que for executar o serviço. 8.9 Todos os documentos legais, comerciais ou financeiros, apresentados por quaisquer licitantes, se originários de outros países, deverão estar autenticados por consulado brasileiro no país de origem e, quando escritos em idioma estrangeiro, traduzidos para a língua portuguesa por tradutor juramentado, caso seja feita no Brasil, ou por pessoa ou entidade com função equivalente, caso efetuada em outro país O conteúdo das declarações e dos atestados apresentados está sujeito às responsabilidades de natureza administrativa, civil e penal O invólucro contendo a documentação deve ser endereçado para: AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL SUPERINTENDÊNCIA DE LICITAÇÕES E CONTROLE DE CONTRATOS E CONVÊNIOS - SLC 12/73

13 PREGÃO ELETRÔNICO N. 05/2012 Processo: / ENDEREÇO: SGAN Quadra 603, Bloco J Sala 109 Asa Norte, Brasília-DF, CEP: Para fins de habilitação, a verificação em sítios oficiais de órgãos e entidades emissores de certidões constitui meio legal de prova Ao Pregoeiro ou à Autoridade Superior é assegurado o direito de solicitar ao licitante vencedor, a qualquer tempo, no curso da licitação, quaisquer esclarecimentos sobre os documentos já entregues, fixando-lhes prazo para atendimento Disposições gerais da habilitação: Não serão aceitos protocolos de entrega ou solicitação de documento em substituição aos documentos requeridos no presente Edital e seus Anexos; Se a documentação de habilitação não estiver completa e correta ou contrariar qualquer dispositivo deste Edital e seus Anexos, o Pregoeiro considerará o proponente inabilitado Quando todos os licitantes foram inabilitados, o Pregoeiro poderá, obedecida a ordem de classificação das propostas, fixar-lhes o prazo de 8 (oito) dias úteis para a apresentação de novos documentos Serão aceitas somente cópias legíveis, respeitando o item 8.6.1; Não serão aceitos documentos cujas datas estejam rasuradas; Ao Pregoeiro reserva-se o direito de solicitar o original de qualquer documento, sempre que tiver dúvida ou julgar necessário Os documentos a serem protocolados deverão ser apresentados, preferencialmente, grampeados e/ou encadernados, na ordem mencionada. 9 - DA ADJUDICAÇÃO 9.1 O objeto deste Pregão Eletrônico será adjudicado pelo Pregoeiro, se não houver interposição de recursos, depois de atendidas as condições deste Edital, cuja homologação caberá à Autoridade Superior da ANEEL. 9.2 Se houver interposição de recurso e caso seja mantida a decisão pelo Pregoeiro, caberá a Autoridade Superior a análise do recurso, bem como a adjudicação do objeto ao licitante vencedor e a homologação do certame, conforme art. 27 do Decreto n o 5.450/ DA IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO E DA SOLICITAÇÃO DE ESCLARECIMENTOS 13/73

14 10.1 Os pedidos de esclarecimentos referentes ao processo licitatório deverão ser enviados ao Pregoeiro, até 3 (três) dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública, EXCLUSIVAMENTE POR MEIO ELETRÔNICO VIA INTERNET, pelo Os esclarecimentos publicados passam a integrar as regras da licitação e seus termos devem ser obrigatoriamente considerados pelas proponentes participantes do certame Até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para abertura da sessão pública, qualquer pessoa poderá impugnar o ato convocatório de PREGÃO ELETRÔNICO (art. 18 do Decreto n o 5.450/2005) Caberá ao Pregoeiro, auxiliado pelo setor responsável, decidir sobre a petição no prazo de 24 (vinte e quatro) horas; Se o acolhimento da impugnação representar prejuízo ao prosseguimento do certame, será designada nova data para a realização da licitação A impugnação feita tempestivamente não impedirá o licitante de participar deste processo licitatório até o trânsito em julgado da decisão a ela pertinente DOS RECURSOS 11.1 A fase de recursos inicia-se após a declaração do vencedor e divide-se em dois momentos O primeiro momento é oferecido para que o licitante demonstre sua intenção de recorrer e apresente os motivos das futuras razões recursais O segundo momento se desenvolverá no caso de haver alguma intenção de recurso admitida pelo pregoeiro e se materializará com a apresentação das razões e contra-razões por escrito, além de seu julgamento final pelo pregoeiro e pela autoridade competente O sistema recursal para o pregão eletrônico também exige, nos termos da art. 4º, XVIII e XX da Lei /2002, o preenchimento de requisitos de admissibilidade do recurso, sem os quais haverá decadência do direito de recorrer e autorizará o pregoeiro a seguir com o procedimento e adjudicar o objeto ao vencedor O licitante deve se preparar e se antecipar à fase de recursos para que tenha condições de atender ao requisito de admissibilidade de apresentação dos MOTIVOS de sua irresignação Se para a apresentação dos motivos recursais o licitante entender necessário o conhecimento de qualquer documento do processo, deverá providenciar vistas e cópias antecipadamente ao início da primeira fase recursal O acompanhamento da licitação pelo sistema informatizado é de responsabilidade de cada licitante e o acesso aos autos, inclusive para atuação em recurso, deve decorrer da diligência e do interesse de cada participante. Neste sentido, deve observar o momento em que os 14/73

15 documentos de habilitação do licitante em primeira colocação forem recebidos pelo pregoeiro Não serão conhecidos recursos interpostos após os respectivos prazos legais A intenção de interposição de recurso deve ser manifestada previamente pelo licitante, no âmbito do sistema eletrônico, ao pregoeiro, imediatamente após a divulgação do vencedor, e deverá conter a indicação de seus motivos A motivação de um recurso difere de sua fundamentação e de suas razões e consiste simplesmente em indicar resumidamente os erros de uma decisão administrativa fazendo referência aos itens do edital Manifestada a intenção e preenchidos os requisitos legais de admissibilidade, o licitante dispõe do prazo de 3 (três) dias úteis para a apresentação das razões do recurso, por escrito, que ficará disponível a todos os participantes, tão logo seja encaminhado ao Pregoeiro Os demais licitantes poderão apresentar contra-razões em até 3 (três) dias úteis, contados do término do prazo do recorrente Os recursos e as contra-razões deverão ser disponibilizados pelos licitantes no sítio COMPRASNET (www.comprasnet.gov.br) É assegurada aos licitantes vista dos atos do Pregão Eletrônico, em qualquer momento do procedimento, observado apenas o tempo de organização para apresentação dos autos em balcão, assim como o cuidado para evitar o conflito do uso dos autos no mesmo horário por licitantes diversos Em processos administrativos, como o pregão eletrônico, não é admitida a retirada (carga) dos autos da repartição, pelo que as vista serão realizadas nas dependências da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL acompanhadas por um servidor público A decisão do Pregoeiro deverá ser fundamentada À autoridade competente cabe decidir os recursos contra os atos do Pregoeiro, quando este mantiver sua decisão) Qualquer recurso ou impugnação contra a decisão do Pregoeiro não terá efeito suspensivo e, se acolhido, importará invalidação apenas os atos insuscetíveis de aproveitamento DAS CONDIÇÕES PARA ASSINATURA DA ATA E DO CONTRATO 12.1 A ANEEL convocará regularmente o vencedor da licitação para assinar a Ata de Registro de Preços, dentro do prazo de até 5 (cinco) dias úteis, sob pena de decair do direito, sem prejuízo das sanções previstas no art. 81 da Lei n o 8.666/ Antes da assinatura do Termo de Contrato ou do aceite do instrumento equivalente, a Administração realizará consulta on line ao SICAF, ao Cadastro Informativo de Créditos não Quitados CADIN, ao 15/73

16 Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Ato de Improbidade Administrativa e ao sítio da Transparência Brasil, cujos resultados serão anexados aos autos do processo A assinatura da Ata de Registro de Preços e dos Contratos está condicionada à completa regularização da documentação comprobatória de regularidade fiscal, em conformidade com o inciso XIII do artigo 55 c/c os incisos III e IV do art. 29, todos da Lei n o 8.666/ A ausência de comprovação descrita no item anterior, assim como a recusa do convocado em assinar a Ata de Registro de Preços ou os Contratos no prazo fixado, caracterizará inadimplência das obrigações decorrentes desta licitação, sujeitando-se às sanções previstas neste Edital e na legislação vigente Na assinatura do Contrato, será exigida da CONTRATADA: Indicação e comprovação de vínculo de trabalho dos profissionais que prestarão os serviços no ambiente da CONTRATANTE; Poderá ser comprovado o vínculo de trabalho por meio de contrato social, se sócio; ou da Carteira de Trabalho; podendo ainda ser comprovado por contrato de trabalho ou outro contrato de prestação de serviços; Qualquer substituição do profissional somente será efetuada quando pela CONTRATANTE, por outro de igual ou superior capacidade técnica, devidamente comprovada, nos termos deste Edital DO PAGAMENTO 13.1 O pagamento será efetuado em parcela única, conforme o atendimento de cada demanda, após aceite definitivo da CONTRATANTE pela entrega do produto, obedecendo aos seguintes eventos: Apresentação da nota fiscal/fatura pela CONTRATADA à área técnica responsável (Superintendência de Gestão Técnica da Informação SGI/ANEEL), com emissão do Termo de Recebimento Provisório (TRP); Atestação da nota fiscal/fatura pela SGI/ANEEL em até 5 (cinco) dias úteis, contados do recebimento desta, com emissão do Termo de Recebimento Definitivo (TRD); Pagamento pela área financeira em até 5 (cinco) dias úteis, contados do atesto da nota fiscal/fatura Para o site survey: Toda a documentação gerada pelo site survey deverá ser consolidada em um Relatório Técnico, e entregue como parte da solução de rede sem fio O pagamento se dará após a entrega do Relatório Técnico à SGI/ANEEL, juntamente com a emissão do TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO (TRD) Para os itens de hardware: 16/73

17 O pagamento se dará após a conclusão da entrega de todos os bens e prestação de todos os serviços que compõe este Edital, com SGI/ANEEL a emissão do TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO Para o Treinamento: O treinamento será pago somente após a avaliação de treinamento, e com os valores calculados conforme as cláusulas 7.5 e 7.6 do Anexo I deste edital; 13.5 O ressarcimento financeiro decorrente de eventuais atrasos de pagamento será calculado do dia subseqüente ao vencimento da fatura até a data do efetivo pagamento, mediante a aplicação de juros moratórios de 6% (seis por cento) ao ano sobre a parcela em atraso pro rata die Não haverá, sob hipótese alguma, pagamento antecipado à CONTRATADA O pagamento somente será realizado após a comprovação da regularidade fiscal da CONTRATADA A retenção ou glosa no pagamento ocorrerá, sem o prejuízo das sanções cabíveis, quando a CONTRATADA não produzir os resultados, deixar de executar, ou não executar com a qualidade mínima exigida as atividades contratadas ou, deixar de utilizar materiais e recursos humanos exigidos para a execução do serviço ou utilizá-los com qualidade ou quantidade inferior à demandada Obriga-se a CONTRATADA a apresentar documentos de cobrança claros, com critérios transparentes, de forma a facilitar o atesto inequívoco dos serviços A CONTRATANTE poderá interromper o prazo do processamento do pagamento sem que represente qualquer ônus, quando a Nota Fiscal/Fatura estiver em desacordo com o estabelecido no contrato e/ou a contiver erros de preenchimento a cargo da CONTRATADA que comprometam a compreensão, inteleção e interpretação de toda a cobrança encaminhada Não havendo, porém, comprometimento, nos termos da cláusula , de toda a nota fiscal/fatura encaminhada, a CONTRATANTE poderá efetuar o pagamento do valor correspondente à parcela incontroversa, permanecendo interrompido o prazo para a parte da cobrança que apresenta problemas, até que a CONTRATADA, em resposta, restabeleça as condições para o atesto DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 14.1 Sem prejuízo das responsabilidades penais e civis, nos termos do art. 7 o, da Lei n o , de 17 de julho de 2002, e do art. 88 da Lei 8.666/1993, estarão sujeitos às sanções de impedimento de licitar e de contratar com a União, Estados, Distrito Federal e Municípios, pelo prazo de até 05 (cinco) anos e de declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, garantido o direito ao contraditório e à ampla defesa, o licitante que: Recusar-se a assinar o Contrato; Provocar o retardamento da execução do objeto deste certame; 17/73

18 Não mantiver a proposta; Comportar-se de modo inidôneo; Processo: / Deixar de entregar documentação, necessária para a assinatura do Contrato, com prejuízo à seqüência da contratação; Apresentar documentação falsa; Cometer fraude fiscal; e Incorrer em falsa declaração de independência de sua proposta A exclusão da responsabilidade eventualmente oposta sempre será apreciada no respectivo processo de apuração, quando serão julgadas as justificativas argüidas, considerando as circunstâncias presentes, as consequências da conduta danosa e a culpabilidade Sem prejuízo do andamento do processo de apuração da infração, o contrato consideradas a urgência da necessidade pública e a gravidade da conduta apurada - poderá ter sua vigência iniciada; finda a apuração e confirmada a hipótese de condenação administrativa, o ajuste, se vigente, estará sujeito à rescisão unilateral Sem prejuízo das sanções da cláusula 14.1, as condutas que ensejarem retardamento para a condução ou conclusão do processo licitatório, mas que, a critério da ANEEL, não prejudicarem a utilidade e o proveito das futuras prestações, estarão sujeitas ao pagamento de multa diária de, até, 1% (um por cento) do valor total do Contrato, limitada ao valor equivalente a 30% (trinta por cento) desse mesmo total Alcançado o limite acima estabelecido, tornada a prestação inútil ou antes que haja prejuízo à Administração na persistência da conduta, a ANEEL estará autorizada cumulativamente a: Presumir a desistência desmotivada da proposta; Caracterizar o descumprimento total da obrigação ( 6º, art. 43, arts. 64 e 81 Lei 8.666); Sujeitar o licitante às sanções cominadas na cláusula 14.1 do Edital; Reclamar perdas e danos verificados; e Se for o caso, provocar a iniciativa do Ministério Público, nos termos do art. 101 da Lei e art. 27 do Código de Processo Penal, para verificação da responsabilidade penal Os valores das multas de que tratam os subitens anteriores consistem em créditos da ANEEL e deverão ser recolhidos no prazo de 5 (cinco) dias úteis, a partir da notificação do devedor por ofício, prazo este que, alcançado, representará o acréscimo de juros, multa e encargos ao principal, nos termos do art. 37-A, da Lei /2002, alterada pela Lei n o /2009, observando-se ainda o seguinte: Taxa de juros equivalente à utilizada no Selic; Multa com limite de 20% (vinte por cento) do total do crédito da ANEEL; e Encargo de 20% (vinte por cento) calculado sobre o total do crédito. 18/73

19 14.6 As penalidades previstas neste Edital são independentes entre si, podendo ser aplicadas isoladas, ou cumulativamente, nos termos do 2 o, do art. 87, da Lei n o 8.666/93, sem prejuízo de outras medidas cabíveis, garantida a prévia defesa As penalidades poderão ser registradas no SICAF, e no caso de suspensão de licitar, o licitante deverá ser descredenciado por igual período O contrato decorrente da presente licitação fixará cláusula penal independente que se aplicará ao vínculo que se inicia com a vigência sem, contudo, ter a força de embaraçar o seguimento dos procedimentos das apurações de responsabilidade originadas da fase licitatória, nem impedir os efeitos de seus julgamentos DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 15.1 A Ata de Registro de Preços não obriga a ANEEL a firmar contratação na quantidade estimada, podendo ocorrer licitações específicas para o objeto, obedecida a legislação pertinente, sendo assegurada preferência ao detentor do registro, em igualdade de condições A ANEEL poderá monitorar, trimestralmente, os preços, de modo a avaliar o preço praticado no mercado, podendo rever os preços registrados, a qualquer tempo, em decorrência da redução dos preços praticados ou de fato que eleve os custos do respectivo objeto O fornecedor dos materiais e/ou serviços será liberado do compromisso assumido, caso comprove mediante requerimento fundamentado com apresentação de comprovantes que não pode cumprir as obrigações assumidas devido ao preço de mercado ter se tornado superior ao preço registrado Em qualquer hipótese, os preços decorrentes da revisão não poderão ultrapassar os praticados no mercado, mantendo-se a diferença percentual apurada entre o valor originalmente constante da proposta do fornecedor e aquele vigente no mercado à época do registro equação econômicofinanceira Será considerado preço de mercado o que for igual ou inferior à média daqueles apurados pela ANEEL para o objeto pesquisado DO CANCELAMENTO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 16.1 A Ata de Registro de Preços poderá ser cancelada de pleno direito, no todo ou em parte. 19/73

20 17 - DA VALIDADE DO REGISTRO DE PREÇOS Processo: / A validade do Registro de Preços é de 12 (doze) meses, contada a partir da homologação do PREGÃO ELETRÔNICO n o 05/ DO PREGÃO ELETRÔNICO 18.1 A critério da ANEEL, este Pregão Eletrônico poderá: Ser revogado, a juízo da ANEEL, se for considerado inoportuno ou inconveniente ao interesse público, decorrente de fato superveniente comprovado, pertinente e suficiente para justificar tal conduta; Ter sua data de abertura da sessão pública transferida, por conveniência exclusiva da ANEEL Será observado, ainda, quando ao procedimento deste Pregão Eletrônico: A anulação do procedimento licitatório por motivo de ilegalidade não gera obrigação de indenizar, ressalvado o disposto no parágrafo único do art. 59 da Lei n o 8.666/ A nulidade do procedimento licitatório induz à da nota de empenho, ressalvado, ainda, o dispositivo citado no item anterior No caso de desfazimento do processo licitatório, ficam assegurados o contraditório e a ampla defesa DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 19.1 É facultado ao Pregoeiro ou à Autoridade Superior, em qualquer fase da licitação, promover diligência destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo, sendo o procedimento formalizado por despacho fundamentado, registrado em ata e acessível a todos Os proponentes assumem todos os custos de preparação e apresentação de suas propostas e a ANEEL não será, em nenhum caso, responsável por esses custos, independentemente da condução ou do resultado do processo licitatório. Os proponentes são responsáveis pela fidelidade e legitimidade das informações e dos documentos apresentados na licitação Após aberta a sessão, não caberá desistência dos lances ofertados, salvo por motivo justo decorrente de fato superveniente e aceito pelo Pregoeiro Não havendo expediente ou ocorrendo qualquer fato superveniente que impeça a realização do certame na data marcada, a sessão será automaticamente transferida para o primeiro dia útil subseqüente, nos mesmos horários e sítio estabelecidos, desde que não haja comunicação do Pregoeiro em contrário. 20/73

21 19.5 O desatendimento de exigências formais não essenciais não implicará o afastamento do licitante, desde que seja possível a aferição da sua qualificação e a exata compreensão da sua proposta, durante a realização da sessão pública do Pregão Eletrônico Na contagem dos prazos estabelecidos neste Edital e seus Anexos, excluir-se-á o dia do início e incluirse-á o do vencimento. Só se iniciam e vencem os prazos em dias de expediente na Administração A homologação do resultado desta licitação não atribui à empresa vencedora o direito de fornecer os materiais referentes ao respectivo objeto Incumbirá ao licitante acompanhar as operações no sistema eletrônico durante a sessão pública do Pregão Eletrônico, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão (art. 13, inciso IV do Decreto n /2005) As normas que disciplinam este Pregão Eletrônico serão sempre interpretadas em favor da ampliação da disputa entre os interessados, sem comprometimento do interesse da Administração, a finalidade e a segurança da contratação DOS ANEXOS DO EDITAL 20.1 Constituem Anexos deste Edital os seguintes documentos: ANEXO I Termo de Referência; ANEXO II Modelo de Termo de Vistoria ANEXO III Modelo de Proposta de Preços; ANEXO IV Minuta da Ata de Registro de Preços; ANEXO V Minuta do Contrato; ANEXO VI Modelo de Termo de Recebimento Provisório (TRP) ANEXO VII Modelo de Termo de Recebimento Definitivo (TRD) ANEXO VIII Avaliação de Treinamento. Brasília, 24 de maio de UBIRATÃ BARTOLOMEU PICKRODT SOARES Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios 21/73

22 ANEXO I DO PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 TERMO DE REFERÊNCIA 1 - DESCRIÇÃO DO OBJETO 1.1 Compreende a contratação de empresa especializada no fornecimento e instalação de solução de rede local sem fio (wireless), incluindo fornecimento de equipamentos, componentes, instalação, garantia, manutenção e treinamento, constituída dos seguintes Bens e Serviços: Ponto de acesso, controlador WLAN, gerência WLAN centralizada, dispositivo de alimentação elétrica (PoE) e MiniGbic, bem como a instalação, manutenção, treinamento da solução. 1.2 As descrições dos materiais e softwares a serem fornecidos e dos serviços a serem prestados, as quantidades e os valores estabelecidos como máximos admitidos pela Administração (art. 40, inciso X da Lei n /93) estão descritos no QUADRO As Propostas de Preços, após a fase de lances, que apresentem valores acima dos fixados no referido quadro serão desclassificadas. 1.3 Os materiais sujeitos a prazos de validade definidos pela legislação em vigor deverão ser entregues com validade mínima de 1 (um) ano. QUADRO 1 - DESCRIÇÃO DOS MATERIAIS E SERVIÇOS, DAS QUANTIDADES E DOS VALORES MÁXIMOS ADMITIDOS PELA ADMINISTRAÇÃO. GRUPO ITEM DESCRIÇÃO QUANT/ UNID VALOR UNITÁRIO MÁXIMO (R$) VALOR TOTAL MÁXIMO (R$) 1 1 Ponto de Acesso 60 UN R$ 6.408,12 R$ ,40 2 Controlador WLAN 2 UN R$ ,88 R$ ,75 3 Dispositivo de alimentação elétrica (PoE) 60 UN R$ 709,65 R$ ,07 4 MiniGbic 60 UN R$ 1.551,65 R$ ,73 5 Treinamento na solução de Rede sem Fio para 4 pessoas 1 UN R$ ,32 R$ ,32 6 Instalação dos equipamentos 1 UN R$ ,88 R$ , Análise técnica (site survey) do ambiente físico 1 UN R$ ,22 R$ ,22 Solução de gerência WLAN centralizada. 1 UN R$ ,15 R$ ,15 TOTAL R$ ,52 22/73

23 2 - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMAS DOS EQUIPAMENTOS 2.1 PONTO DE ACESSO GERENCIADO (AP) Equipamento de Ponto de Acesso para rede local sem fio atendendo aos padrões IEEE a, IEEE b, IEEE g e IEEE n, com configuração via software; Implementar funcionamento em modo gerenciado por controlador WLAN, para configuração de seus parâmetros wireless, gerenciamento das políticas de segurança, QoS e monitoramento de RF; O AP poderá estar diretamente ou remotamente conectado ao controlador WLAN, inclusive via roteamento da camada de rede OSI; Se um controlador WLAN falhar, os AP s relacionados deverão se associar automaticamente a um controlador WLAN alternativo, não permitindo que a rede wireless se torne inoperante; Possuir mecanismo de funcionamento para trabalhar com controladores WLAN em redundância; Deve permitir simultaneamente usuários configurados nos padrões IEEE a/b/g/n; Implementar as seguintes taxas de transmissão e com fallback automático: IEEE a/g: 54, 48, 36, 24, 18, 12, 9 e 6 Mbps; IEEE b: 11; 5,5; 2 e 1 Mbps; IEEE n Draft 2.0: MSC0 MSC15 (6,5 Mbps 300 Mbps) Implementar o protocolo de enlace CSMA/CA para acesso ao meio de transmissão; Operar nas modulações DSSS, OFDM e n; Possuir capacidade de selecionar automaticamente o canal de transmissão; Permitir o ajuste dinâmico de nível de potência e canal de rádio de modo a otimizar o tamanho da célula de RF; Possuir suporte a pelo menos 16 SSIDs; Permitir habilitar e desabilitar a divulgação do SSID; Implementar diferentes tipos de combinações encriptação/autenticação por SSID; Implementar padrão WMM da Wi-Fi Alliance para priorização de tráfego, suportando aplicações em tempo real, tais como, VoIP, vídeo, dentre outras; Não deve haver licença restringindo o número de usuários por AP; 23/73

24 Possuir antenas compatíveis com as freqüências de rádio dos padrões IEEE a/n e /b/g/n com ganho de, pelo menos, 3 dbi e 5.2 dbi, com padrão de irradiação omnidirecional multi-banda dipolar, integral e Tri (3x3 MIMO com diversidade espacial) Suportar operação em 3x3 MIMO com diversidade espacial; Possuir potência máxima de transmissão de, no mínimo, 15 dbm (30mW) para IEEE a/b/g/n; Possuir sensibilidade de recepção de valor menor ou igual: a -86 dbm a 6Mbps no padrão b/g/n; e a -87 dbm a 6Mbps no padrão a/n; Implementar VLANs conforme padrão IEEE 802.1Q; Permitir a atualização remota do sistema operacional e arquivos de configuração utilizados no equipamento via interfaces ethernet ou serial (terminal assíncrono); Possuir porta de console para gerenciamento e configuração via linha de comando CLI com conector RJ-45, conector padrão RS-232 ou USB; Implementar cliente DHCP, para configuração automática de rede; Deve configurar-se automaticamente ao ser conectado na rede; Possuir LED s indicativos do estado de operação, da atividade do rádio e da interface ethernet; Possibilitar alimentação elétrica local no padrão PoE (IEEE 802.3af) e deve possuir capacidade de alimentar o AP com todos os transmissores de rádio ativos; Possuir estrutura que permita fixação do equipamento em teto e parede e devem ser fornecidos acessórios para que possa ser feita a fixação; Deve ser acompanhado de todos os acessórios necessários para operacionalização do equipamento, tais como: softwares, cabos de console, cabos de energia elétrica, documentação técnica e manuais (podendo ser em CD-ROM) que contenham informações suficientes para possibilitar a instalação, configuração e operacionalização do equipamento; Possuir trava padrão K-lock ou similar, devendo ser fornecido o dispositivo de fixação e sistema antifurto para cada AP; Implementar varredura de RF nas bandas a, b, g e n draft 2.0, para identificação de APs intrusos não autorizados (rogues) e interferências no canal habilitado ao AP e nos demais canais configurados na rede WLAN, sem impacto no seu desempenho; Permitir o bloqueio da configuração do AP via rede wireless; Implementar WEP, chaves estáticas e dinâmicas (40 bits e 128 bits); Implementar WPA com algoritmo de criptografia TKIP e MIC; 24/73

25 Implementar WPA2 com algoritmo de criptografia AES, 128/256 bits, IEEE i; Deve permitir seu uso como sensor WIPS/WIDS. 2.2 CONTROLADOR WLAN A solução (duas controladoras) deve controlar, no mínimo, 180 pontos de acesso remoto sem fio, simultaneamente, com centralização das funcionalidades de autenticação; Controlar, no mínimo, 60 pontos de acesso sem fio (LAN Connected) com o respectivo licenciamento de software, para cada controladora fornecida; Controlar os APs sensores com o respectivo licenciamento de software, para cada controladora fornecida; Permitir a conexão simultânea de, no mínimo, 1800 clientes wireless; Possuir, no mínimo, 4 interfaces 10/100/1000 BASE-T; Permitir ser montado em rack padrão de 19 (dezenove) polegadas, incluindo todos os acessórios necessários; Centralizar a manutenção e distribuição das configurações dos Pontos de Acesso Controlar a configuração dos pontos de acesso gerenciados e otimizar o desempenho e a cobertura da radiofreqüência O controlador WLAN poderá estar diretamente e/ou remotamente conectado aos Pontos de Acesso por ele gerenciados, inclusive via roteamento nível 3 da camada OSI Implementar varredura de RF contínua, programada ou sob demanda, com identificação de Pontos de Acesso ou clientes irregulares Na ocorrência de inoperância de um Ponto de Acesso, o controlador WLAN deverá ajustar automaticamente a potência dos Pontos de Acesso adjacentes, de modo a prover a cobertura da área não assistida Se um controlador WLAN falhar, os Pontos de Acesso relacionados deverão se associar a um controlador WLAN alternativo de forma automática, não permitindo que a rede wireless se torne inoperante Ajustar automaticamente os canais de modo a otimizar a cobertura de rede e mudar as condições de RF baseado em performance Detectar interferência e ajustar parâmetros de RF, evitando problemas de cobertura e controle da propagação indesejada de RF Implementar sistema de balanceamento de carga para associação de clientes entre Pontos de Acesso próximos, para otimizar a performance. 25/73

26 Detectar áreas de sombra de cobertura e efetuar os devidos ajustes para sua correção automaticamente Ajustar dinamicamente o nível de potência e canal de rádio dos Pontos de Acesso, de modo a otimizar o tamanho da célula de RF, garantindo a performance e escalabilidade Implementar padrão IEEE h Implementar, em conjunto com o Ponto de Acesso, Qualidade de Serviço com suporte a WMM Possibilitar roaming com integridade de sessão, dando suporte a aplicações em tempo real, tais como, VoWLAN e streaming de vídeo Implementar, em conjunto com o Ponto de Acesso, o fast roaming seguro para clientes de voz Deve possibilitar o seu gerenciamento através da Solução de Administração WLAN Centralizada descrita em item específico destas Especificações Básicas Implementar a agregação de links físicos Implementar 802.1Q Implementar padrão 802.1p Possibilitar a configuração de rotas estáticas Implementar DHCP relay Implementar servidor DHCP Implementar os protocolos NTP ou SNTP Permitir a atualização remota do sistema operacional e dos arquivos de configuração utilizados no equipamento Permitir a configuração e gerenciamento por meio de browser padrão (http ou https) Possuir porta de console para gerenciamento e configuração via linha de comando CLI Permitir o armazenamento de sua configuração em memória não volátil, podendo, numa queda e posterior restabelecimento da alimentação, voltar à operação normalmente na mesma configuração anterior à queda de alimentação Permitir a gravação de eventos por meio do protocolo syslog Possuir ferramentas de debug e log de eventos para depuração e gerenciamento em primeiro nível Implementar os padrões abertos de gerência de rede SNMPv2c e SNMPv3, incluindo a geração de traps Possuir suporte a MIB II, conforme a RFC /73

27 Possibilitar a obtenção da configuração do equipamento através do protocolo SNMP Possibilitar a obtenção via SNMP da taxa de atualização da CPU, memória e portas Possuir LEDs para a indicação do status e da atividade das portas Possuir fonte de alimentação com seleção automática de tensão ( VAC) Deve ser acompanhado de todos os acessórios necessários para operacionalização do equipamento, tais como: softwares, cabos de console, cabos de energia elétrica, documentação técnica e manuais que contenham informações suficientes para possibilitar a instalação, configuração e operacionalização do equipamento Possuir, em conjunto com os sensores WIPS e ferramenta de gerenciamento, mecanismos para detecção, localização e bloqueio de pontos de acesso não autorizados (rogues) Possuir capacidade, em conjunto com os sensores WIPS e ferramenta de gerenciamento, de detectar simulação (spoofing) de endereços MAC de Pontos de Acesso do sistema Implementar listas de controle de acesso Implementar localização, sob demanda, de usuários e de RFIDs ativas de forma integrada Implementar filtros de acesso baseados em protocolos e em endereços IP Implementar IEEE 802.1X, para autenticação de clientes wireless, com pelo menos os seguintes métodos EAP: EAP-FAST, PEAP-MSCHAPv2, EAP-TLS Integração com Radius Server que suporte os métodos EAP citados Implementar associação dinâmica de usuário a VLAN, com base nos parâmetros da etapa de autenticação Permitir a limitação de banda por usuário ou grupo de usuários O sistema deverá permitir que seja configurado um perfil para o qual será direcionado o usuário que não consiga se autenticar (acesso guest) Possuir a autenticação com geração dinâmica de chaves criptográficas por sessão e por usuário Implementar, em conjunto com o Ponto de Acesso, WEP, chaves estáticas e dinâmicas Implementar, em conjunto com o Ponto de Acesso, WPA com algoritmo de criptografia TKIP e MIC Implementar, em conjunto com o Ponto de Acesso, WPA2 com algoritmo de criptografia AES. 27/73

28 Fornecimento de conjunto de hardware e software para gerenciamento das funções de segurança da solução Permitir conexão entre APs sem a necessidade de conexão cabeada, implementando assim uma rede padrão mesh, utilizando o modelo dos APs ofertados na proposta; Prover fast-roaming inter-switch Deve suportar e com WMM, U-APSD e T-SPEC; Prover mecanismo que permita o rastreamento e localização de qualquer cliente wireless utilizando triangulação por rádio freqüência; Otimizar o desempenho e a cobertura da radiofreqüência; Gerenciar centralizadamente a autenticação de usuários; Implementar protocolo de autenticação para controle do acesso administrativo ao equipamento com mecanismos de AAA; Possuir base de dados de usuários interna para autenticação de usuários convidados / temporários (acesso guest); Realizar o provisionamento de usuários convidados (guests) através de interface Web por meio de um usuário administrativo com permissões mínimas, exclusivas para este fim; Permitir o tunelamento do tráfego de saída de usuários convidados (guest) diretamente para uma DMZ, totalmente separado do tráfego da rede corporativa; Possuir suporte a autenticação IEEE 802.1X, com pelo menos os seguintes métodos EAP: EAP-MD5, PEAP/EAP-MSCHAPv2, EAP-TLS com utilização de base de usuários interna ou servidor RADIUS externo; Permitir a seleção / uso de servidor Radius ou LDAP com base no SSID; Oferecer API baseada em XML o URL para utilização de Portal Captivo externo ao controlador; Permitir a autenticação (através de endereço MAC, Portal Captivo ou IEEE 802.1X) de usuários conectados à rede WLAN (wireless) ou usuários conectados às portas cabeadas do controlador. Também deverá permitir a autenticação de usuário e de máquina por meio de IEEE 802.1x; Oferecer recurso de Portal Captivo (Captive Portal) Realizar o controle de autorização baseado em perfis integrado com RADIUS; Permitir o bloqueio de comunicação entre clientes wireless L2 bridging; Implementar filtros baseados em protocolos e em endereços MAC; Implementar listas de controle de acesso (ACLs); 28/73

29 Oferecer detecção e proteção integrada de ataques de negação de serviços TCP, ICMP; Oferecer o opção de captura de pacotes em tempo real utilizando plug-in para analisador de protocolo; Permitir a aplicação de políticas de camada 4, de acordo com as características do usuário. Por exemplo um usuário que pertença ao grupo de gerentes (cadastrado no Radius ou Active Directory) terá permissão de acesso ao protocolo FTP no servidor de ERP; Permitir o controle de banda disponível (bandwith contracts) por usuário ou através de perfis de usuários; Possibilitar roaming com integridade de sessão, dando garantia a aplicações em tempo real, tais como, VoIP, VoWLAN, videoconferência, dentre outras; Permitir portais cativos externos a controladora; Permitir, opcionalmente, a reserva automática de banda na rede WLAN para controle de admissão de chamadas de voz que utilizam o protocolo SIP; Implementar segurança IEEE i; Possuir a criptografia centralizada com os seguintes protocolos: AES-CCMP, TKIP e WEP; Implementar varredura de RF nas bandas a, b, g e n para identificação de ataques e APs intrusos não autorizados (rogues); Realizar a varredura no canal de operação do AP sem impacto na performance da rede WLAN; Permitir, opcionalmente, a varredura em todos os canais possíveis de RF para detecção e contenção de ameaças na rede WLAN; Utilizar em conjunto com a ferramenta de gerencia os APs como sensores de RF para fazer a monitoração do ambiente Wireless Classificar automaticamente APs válidos, os que interferem e os não autorizados (rogues); Implementar mecanismos para detecção e contenção de APs não autorizados (rogues); Realizar, em conjunto com os sensores WIPS e a ferramenta de gerencia, o rastreamento e localização física dos APs não autorizados (rogues) utilizando triangulação de rádio frequência; Realizar, em conjunto com os sensores WIPS e ferramenta de gerenciamento, a contenção automática dos APs Rogue, simultaneamente, através da rede WLAN e da rede cabeada 29/73

30 Detectar e bloquear o bridging entre estações da rede WLAN; Processo: / Oferecer proteção contra ataques Denial Of Service (DOS) a APs e estações; Detectar e alertar, em conjunto com os sensores WIPS e ferramenta de gerenciamento, os seguintes tipos de ataques na rede WLAN: Impersonalização de AP válido; Floods de Frames; Fake ApAirjack; Broadcasts de autenticação; ASLEAP; Ataques baseados em probes; Possuir, em conjunto com os sensores WIPS e a ferramenta de gerenciamento, capacidade de gerar alarmes e executar contra-ataques se um ataque for detectado; Suportar, no mínimo, 64 VLANs; Oferecer suporte a roteamento e Switching de camadas L2 e L3 na rede sem fio wireless e nas portas cabeadas do controlador; Oferecer os recursos de mobilidade entre VLANs para roaming de camada L2; Realizar a descoberta automática dos APs na infra-estrutura wireless; Permitir o controle de todos os APs mediante a conexão através de topologia MESH (WiFi Mesh); A rede MESH deverá oferecer comportamento determinístico da topologia da rede MESH; A rede MESH deverá prover auto-redundância das camadas física (RF) e Layer 2 com comportamento determinístico; Permitir a conexão de APs de maneira remota e segura; Permitir a propagação de SSIDs de maneira segura para qualquer AP legitimamente cadastrado na controladora, independente de onde este AP esteja conectado; Permitir a autenticação do AP remoto através de certificado digital ou de usuário e senha cadastrados em servidor AD e Radius; Gerenciar o tráfego dos APs centralizadamente; Administrar a configuração dos AP s; Permitir o armazenamento de sua configuração em memória não volátil, podendo, numa queda e posterior restabelecimento da alimentação, voltar à operação normalmente na mesma configuração anterior à queda de alimentação; 30/73

31 Possuir base de dados de usuários interna ao controlador para autenticação de usuários convidados/temporários (acesso guest); A criação das contas de visitantes deve possibilitar a criação de no mínimo os seguintes parâmetros: Nome do usuário; Senha; Data de inicio e término; Horário permitido. 2.3 GERENCIAMENTO CENTRALIZADO Estar licenciado e com capacidade para gerenciar todos os pontos de acesso e sensores destas especificações básicas Permitir a configuração e gerenciamento através de browser padrão (HTTP ou https); Gerenciar todos os APs e Controladores WLAN constantes destas Especificações Básicas, incluindo os casos em que uma das controladoras se torne inoperante; Permitir que os eventos sejam gravados remotamente utilizando Syslog; Permitir a visualização de alertas da rede em tempo real; Permitir a visualização de eventuais áreas sem cobertura de RF; Monitorar o desempenho da rede wireless, consolidando informações de rede tais como: níveis de ruído, relação sinal-ruído, interferência, potência de sinal, toporede; Possuir capacidade de listagem on-line da localização de usuário, endereço IP, endereço MAC, nível de potência de recepção e dados de associação e de autenticação 802.1x; Possuir capacidade de identificação e listagem dos rádios vizinhos e respectivos SSID/BSSID que podem ser percebidos por cada AP; Possuir capacidade de configuração gráfica completa do Controlador WLAN e respectivos APs; Possuir capacidade de geração de relatórios dos seguintes tipos: Listagem de clientes Wireless; Listagem de APs; Informações de Configuração dos Controladores WLAN; Utilização da rede; Detalhes dos APs não autorizados (rogues) detectados; Possuir ferramentas de debug e log de eventos para depuração e gerenciamento em primeiro nível; Implementar os padrões abertos de gerência de rede SNMPv2c e SNMPv3, incluindo a geração de traps; Possuir suporte a MIB II, conforme RFC 1213; 31/73

32 Possibilitar a obtenção da configuração do equipamento através do protocolo SNMP; Possibilitar a obtenção via SNMP de informações das controladoras da taxa de utilização da CPU, memória e portas; Possibilitar a gerência e identificação individualizada de cada AP remoto; Permitir a administração centralizada dos APs sem a necessidade de configurar os APs individualmente; Fornecer os servidores (Hardware e Sistema Operacional) para a instalação da solução de gerência conforme a necessidade e configuração da solução; Implementar alta disponibilidade, trabalhando com, no mínimo, dois servidores físicos. As licenças necessárias para implementar esse recurso devem estar incluídas; Possibilitar a importação de plantas baixas em pelo menos um dos formatos gráficos (dwg, dxf, dxb, dwf, jpg, gif, bmp e png). 2.4 INJETOR DE PoE A contratada deverá fornecer equipamentos de alimentação elétrica dos APs via interface de rede 10/100/1000, de acordo com o padrão PoE (power over ethernet), mantendo todas as suas funcionalidades e capacidade, calculados para o desempenho máximo do AP (Todos os transmissores e receptores que compõem o AP) Para atender o subitem anterior, deve utilizar apenas uma porta ethernet do switch de distribuição; Deve possuir fonte de alimentação com seleção automática de tensão ( VAC); Deve ser acompanhado de todos os acessórios necessários para sua operacionalização; 2.5 MINIGBICS GIGABIT Para ligação do ponto de acesso ao switch deverá ser fornecido o equipamento: MGBIC - 1 Gb, 1000Base-T, IEEE Cat5, Copper Twisted Pair, 100 M, RJ 45 SFP Deverá ser do tipo Mini-Gbic; Deverá implementar o padrão 1000Base-T; Deverá permitir a sua implementação em slot SFP e possuir conector do tipo RJ-45; Deverá ser compatível com equipamentos do fabricante Enterasys da linha B-Series e C-Series; podendo ser de fabricante diferente mantendo a qualidade da comunicação. 3 - OBSERVAÇÕES RELATIVAS ÀS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS: 3.1 Os equipamentos da Solução de gerência da rede sem fio, controladores e os pontos de acesso deverão ser de um único fabricante a fim de manter a compatibilidade entre a solução, salvo as 32/73

33 MiniGbics que poderão ser de fabricante diferente, sem perda performance e mantida a qualidade de comunicação da solução. 3.2 A CONTRATANTE reserva-se ao direito de efetuar auditoria e vistoria nos serviços realizados, aplicando as penalidades previstas, caso seja constatada a prática de procedimentos marginais, técnica inadequada ou serviços não recomendados pelo fabricante. 3.3 Serão de responsabilidade da CONTRATADA todos os serviços de instalação, reinstalação, programação, reprogramação, componentes, atualizações de firmware, atualizações de softwares e acessórios que sejam necessários ao perfeito funcionamento da solução de rede local sem fio durante o prazo de garantia. 3.4 O cabeamento estruturado que ligará os pontos de acesso aos switches será de responsabilidade da CONTRATANTE. 4 - CONDIÇÕES DE ENTREGA 4.1 Os equipamentos, mídias e documentação originais dos softwares para atualização das licenças, o treinamento e eventuais intervenções presenciais da CONTRATADA deverão ser entregues/prestados na SGI/ANEEL em Brasília-DF, nos horários entre 9:00 às 11:00 e 15:00 às 18:30 horas, no endereço abaixo especificado. ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA Superintendência de Gestão Técnica da Informação SGI SGAN 603, Módulo J, Térreo, Ala Oeste CEP Brasília / DF 5 - ANÁLISE TÉCNICA DO AMBIENTE FÍSICO (SITE-SURVEY) 5.1 A CONTRATADA deverá iniciar, em até 5 (cinco) dias úteis à partir da assinatura do contrato, os serviços de análise técnica do ambiente físico (site-survey) para identificação do posicionamento adequado dos pontos de acesso, de acordo com as especificações descritas neste Edital; 5.2 O prazo para conclusão do site-survey será de até 20 (vinte) dias úteis, contados da data de assinatura do Contrato, podendo ser prorrogado por até 20 (vinte) dias úteis mediante justificativa plausível, e desde que aprovado pelo Gestor do Contrato; 5.3 Como resultado do Site-Survey, a CONTRATADA deverá apresentar o projeto da solução proposta, que será aprovado pela CONTRATANTE em até 10 dias (úteis), devendo contemplar: O melhor posicionamento dos dispositivos para a maximização da cobertura do sinal de radiofreqüência; A quantidade exata de pontos de acesso a serem instalados por andar; 33/73

34 5.3.3 Zonas de interferência; A freqüência a ser utilizada por cada ponto de acesso; Processo: / As áreas de cobertura e as taxas de transmissão ou faixas de níveis de recepção de sinal de RF em desenho colorido. 5.4 Toda a documentação gerada pela análise técnica (site survey) deverá ser consolidada em um relatório técnico e entregue como parte da solução de rede sem fio. 6 - INSTALAÇÃO 6.1 A entrega e a instalação dos materiais, equipamentos e software deverão ocorrer em até 20 (vinte) dias úteis, contados da aprovação, pela CONTRATANTE, dos serviços de análise técnica do ambiente físico (site-survey); O prazo estipulado no inciso anterior poderá ser prorrogado por igual período, mediante solicitação da CONTRATADA, com a devida justificativa, e autorização do gestor do contrato. 6.2 Após a completa instalação dos equipamentos, será iniciado o período de avaliação da solução por parte da CONTRATANTE, para ajustes finais, com duração de até 15 dias úteis, findo o qual será emitido o TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO Os ajustes que porventura sejam necessários, deverão ser executados pela CONTRATADA dentro do prazo definido no item anterior. 6.3 O não cumprimento rigoroso dos prazos estabelecidos nos subitens acima, ou ainda a entrega parcial ou entrega de configuração inferior à solicitada implicarão em rescisão do Contrato. 6.4 Entende-se por completa a instalação da solução o recebimento dos equipamentos, sua instalação e configuração, deixando-a operacional para a emissão do TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO. 6.5 Os dispositivos e softwares da solução WiFi deverão ser todos do mesmo fabricante, excluídas as MiniGbics que podem ser de fabricante distinto, mantida a qualidade requisitada. 6.6 Todos os equipamentos deverão estar aptos a trabalhar em redes elétricas de 110 e 220VAC, 50/60Hz. 6.7 A Contratada deverá providenciar os reparos em forros, divisórias, paredes e piso danificados em decorrência da atividade de instalação dos pontos de acesso, utilizando, para tal, material similar em qualidade e características técnicas. 6.8 Todos os equipamentos deverão ser novos e fornecidos com todos os cabos, conectores, manuais e quaisquer outros elementos acessórios necessários ao seu perfeito funcionamento e adequação ao ambiente já instalado. 6.9 Os equipamentos novos deverão ser entregues acondicionados adequadamente em caixas lacradas, de forma a resistir à armazenagem e permitir completa segurança durante o transporte. 34/73

35 6.10 Caso os equipamentos sejam diferentes das especificações ou apresentem defeitos, poderão ser considerados não entregues e a contagem do prazo de entrega não será interrompida devido à rejeição dos mesmos Juntamente com cada produto entregue deverão constar os respectivos manuais de instruções e demais literaturas técnicas pertinentes, licenças originais de uso permanente de software, bem como respectivas notas fiscais e/ou faturas; essa literatura técnica pode ser entregue em forma eletrônica, em mídia CD-ROM ou similar A documentação técnica preferencialmente deve ser em língua portuguesa e/ou língua inglesa Deverá ser elaborado pela CONTRATADA um As Built das instalações efetuadas, contendo um descritivo detalhado das configurações lógicas e físicas da rede, tais como e não se restringindo a: Desenho contendo todos os equipamentos instalados e suas respectivas conexões; Descrição dos recursos de hardware e software utilizados nos equipamentos; Lista de todos os elementos instalados contendo: nome e endereço IP do equipamento, local de instalação (prédio, andar), e número de série do equipamento; Listagem das configurações dos equipamentos A entrega desse documento indicado no item anterior é uma das condições para a emissão do TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO A CONTRATADA deverá disponibilizar, para efeito de instalação da solução proposta, sua garantia e prestação dos serviços, incluindo manutenção corretiva, preventiva, atendimento onsite e treinamento e de acordo com os demais itens deste Edital, uma equipe com perfil técnico adequado às atividades previstas, com técnicos treinados pelo fabricante dos equipamentos adquiridos para a operação e configuração de todos os componentes ofertados A CONTRATANTE poderá, a seu critério, em qualquer tempo, durante a fase de instalação, solicitar a substituição total ou parcial da equipe apresentada, caso venha a ser constatado pela área de redes ou segurança da Superintendência de Gestão da Informação da Agencia que a equipe disponibilizada, total ou parcialmente, não detém os conhecimentos técnicos necessários para a realização dessa instalação Para todos os itens constantes do objeto deste Edital, a CONTRATANTE se reserva o direito de, mediante comunicação formal, contestar o nível de serviço prestado e requerer substituição dos profissionais alocados no prazo máximo de 7 (sete) dias corridos, assim como nova prestação das horas contestadas. 7 - TREINAMENTO 7.1 A CONTRATADA deverá promover curso de capacitação para até 4 (quatro) técnicos que serão responsáveis por administrar o funcionamento da solução, de modo a torná-los aptos a executar 35/73

36 as atividades de administração e operação, de atualização de softwares e de configuração da solução como um todo O curso deverá ser realizado em Brasília, no período matutino, em data a ser definida em comum acordo entre a CONTRATANTE e a CONTRATADA, dentro do prazo de vigência do contrato; Caso a CONTRATADA não possa ministrar esse curso em Brasília, ela deve arcar com todos os custos de deslocamento, alimentação e hospedagem dos participantes; A data de início do curso deve ser formalizada entre as partes com antecedência mínima de15 dias úteis; Será realizada uma reunião preliminar, registrada em ata, antes do início da execução do treinamento para definição qualquer tipo de demanda que venha a ser necessária para a perfeita realização do treinamento contratado. 7.2 O curso deverá contemplar aulas teóricas e práticas, valendo-se dos equipamentos fornecidos, e abrangendo todos os requisitos solicitados nas especificações técnicas O treinamento deverá ter uma duração mínima de 40 (quarenta) horas; O instrutor responsável pelo treinamento deverá possuir certificação emitida pelo fabricante dos equipamentos ofertados Deverão ser fornecidos para todos os alunos do curso: Material didático; Certificado de Treinamento, constando a carga horária correspondente. 7.3 Todo material necessário para realização do curso será de responsabilidade da CONTRATADA. 7.4 Os recursos físicos como sala, projetor, material didático e coffee-break devem ser fornecidos pela CONTRATADA; 7.5 Ao término do treinamento, o documento de avaliação, disponibilizado no Anexo VIII do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO 05/2012, será utilizado para avaliação do treinamento. NAT = NOTA DE AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO 7.6 A nota de avaliação de treinamento (NAT) será utilizada como referência para o Acordo de Níveis de Serviço, conforme os percentuais abaixo: NAT abaixo de 50%: A CONTRATADA deverá repetir o treinamento sem ônus para a CONTRATANTE; NAT entre 50% e 80%: Neste caso, a CONTRATADA deverá repetir o treinamento, dividindo-se proporcionalmente o seu ônus entre CONTRATANTE e CONTRATADA; NAT acima de 80%: o treinamento é considerado satisfatório, não havendo necessidade de repeti-lo.. 36/73

37 7.7 A aplicação do reforço em algum dos treinamentos, pelo efeito das avaliações, não eximirá a CONTRATADA de outras sanções previstas no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO 05/2012 e seus anexos. 8 - ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA 8.1 Qualquer aplicativo como programas adicionais que sejam pré-requisitos do objeto também deverão ter suas mídias e licenças fornecidas na data de entrega da ferramenta. 8.2 É necessária a entrega de documentação contendo: as informações necessárias para a abertura dos chamados por telefone e por correio eletrônico (códigos de acesso, números de telefone, endereços de correio eletrônico, códigos de identificação do cliente); acesso à área de garantia técnica através de endereço eletrônico (web site). 8.3 Ao final da execução dos serviços e atividades de atualização tecnológica a CONTRATADA deverá encaminhar ao Gestor do Contrato o Relatório de Atividades de Atualização Tecnológica contendo: Motivo da atualização tecnológica Relação de softwares atualizados Descrição dos serviços executados 9 - GARANTIA 9.1 Garantia mínima de 36 (trinta e seis) meses, contra qualquer defeito que o produto possa apresentar, sendo exclusos apenas defeitos ocasionados por mau uso; O prazo de garantia será contado à partir da conclusão da instalação, quando da emissão do TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO; 9.2 Durante todo o período de garantia a CONTRATADA será responsável juntamente com a fabricante pelo atendimento aos chamados para assistência técnica corretiva e preventiva. 9.3 Durante o prazo de garantia, sem quaisquer ônus adicionais para a CONTRATANTE, a própria CONTRATADA, às suas expensas, por intermédio de sua matriz, filiais, escritórios ou representantes técnicos autorizados, está obrigada a: Prestar atendimento às solicitações da CONTRATANTE para manutenção corretiva de hardware dentro de um prazo máximo de 4 (quatro) horas, on-site, a contar do momento da chamada, que poderá ser efetuada das 08:00 às 18:00 horas, de segunda a sexta-feira (8x5), na sede da Agência em Brasília; Substituir quaisquer peças ou componentes defeituosos em um prazo máximo de 3 (três) dias úteis após o primeiro atendimento relativo ao chamado; 37/73

38 9.3.3 Corrigir defeitos de fabricação ou de projeto; Processo: / Fornecer novas versões e atualizações de firmware e dos softwares que acompanham a solução proposta, inclusive as atualizações; Disponibilizar um canal de atendimento telefônico, em língua portuguesa, visando garantia, esclarecimento de dúvidas, análise de eventuais problemas e a proposição de soluções, para os elementos que compõem a Solução de Rede Local sem Fio Tal serviço deverá estar disponível em regime 8x5, de segunda a sexta-feira, das 08:00 às 18:00 horas. 9.4 A substituição de equipamento, peças ou componentes defeituosos, em qualquer caso, deverá ser feita por item equivalente, assim considerando aquele que apresentar todas as características técnicas especificadas neste Edital, ou que possua características superiores a estas Os equipamentos, as peças e/ou componentes de substituição devem ser novos, não sendo aceitos itens recondicionados Correrá por conta exclusiva da CONTRATADA a responsabilidade pelo deslocamento do seu técnico ao local da instalação ou manutenção do equipamento, bem como pela retirada e entrega do mesmo e todas as despesas de transporte, frete e seguro correspondente. 9.5 Durante o prazo de garantia, sem quaisquer ônus adicionais para a CONTRATANTE, os controladores WLAN deverão manter a compatibilidade com os pontos de acesso gerenciados e permitir a inclusão de novos equipamentos; 10 - METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DA QUALIDADE 10.1 Garantia Técnico em horário comercial (Telefone, chat, ) Resultados obtidos na abertura de chamados técnicos Análise do Relatório de Atividades disponibilizado pela CONTRATADA 10.2 Serviço de manutenção em horário comercial on-site Homologação dos serviços de manutenção executados 10.3 Treinamento Análise do resultado obtido na compilação das avaliações de treinamento 10.4 Entrega e instalação de equipamentos e softwares solicitados Resultado da homologação através relatório emitido pela equipe de Redes / Segurança / Serviços Qualidade das mídias e documentação original e documentação complementar dos releases, disponibilizados pela CONTRATADA, avaliada pelo Gestor do Contrato. 38/73

39 11 - DAS AMOSTRAS 11.1 Caso seja necessário, poderão ser solicitadas amostras para os itens 1, 2, 3, 4 e 8 deste edital; Ao ser convocada, a licitante deverá entregar as amostras no Edifício Sede da ANEEL, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados da data da solicitação formal da Agência, que serão submetidos a exame pela equipe da SGI Os exemplares colocados à disposição da CONTRATANTE serão tratados como protótipos, podendo ser manuseados e desmontados pela equipe técnica responsável pela análise Os equipamentos serão devolvidos ao licitante, no estado em que se encontrarem, ao término dos testes, cabendo a ele a responsabilidade de retirada dos equipamentos A licitante deverá colocar à disposição da CONTRATANTE, todas as condições indispensáveis à realização de testes (incluindo cabos, servidores de DHCP e de autenticação, equipamentos clientes e qualquer equipamento adicional necessário) Os protótipos deverão ser entregues já configurados e funcionando A licitante deverá apresentar um plano de teste para homologação, descrevendo atividades, topologias, e as configurações necessárias para a verificação de todos os requisitos exigidos na especificação técnica Os equipamentos deverão ser novos, de primeiro uso, acondicionados adequadamente em caixas fechadas, de forma a permitir completa segurança durante o transporte Os equipamentos devem ser entregues com todos os cabos e adaptadores necessários à sua correta instalação e configuração PROPRIEDADE E SIGILO 12.1 Direitos de propriedade: Em consonância com os arts. 111 e 116, da Lei nº 8.666/1993, pertencerão exclusivamente à CONTRATANTE os direitos patrimoniais de utilização, fruição ou transferência dos projetos ou serviços técnicos Condições de manutenção de sigilo: No trato de informações classificadas como Reservadas pela CONTRATANTE, a CONTRATADA se compromete a seguir o previsto na Norma Organizacional ANEEL n 15, de 15 de julho de 2004, que regulamenta o assunto no âmbito da ANEEL A norma mencionada está disponível no endereço SGAN Quadra 603 Modulo I Brasília-DF, bem como no endereço eletrônico MECANISMOS FORMAIS DE COMUNICAÇÃO 39/73

40 13.1 O mecanismo formal de comunicação entre a CONTRATANTE e a CONTRATADA se dará mediante emissão de Ofício com os respectivos anexos que venham a ser necessários para o eficaz entendimento da comunicação e sua formalização. 40/73

41 ANEXO II DO PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 MODELO DE TERMO DE RIA Declaramos, para fins de sua participação no PREGÃO ELETRÔNICO nº 05/2012-ANEEL, que a empresa, inscrita no CNPJ sob o nº, sediada no endereço, na cidade de, por intermédio do seu preposto, Sr(a), visitou os locais onde os documentos, objeto deste Termo de Referência, encontram-se armazenados, estando perfeitamente inteirada das dimensões e das condições necessárias à execução dos serviços. Local e Data Nome e assinatura do servidor da SGI/ANEEL 41/73

42 ANEXO III DO PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 MODELO DE PROPOSTA DE PREÇOS À AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL Superintendência de Licitações e Controle de Contratos e Convênios Ref: PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 Prezados Senhores, Após examinar todas as cláusulas e condições estipuladas no Edital em referência, apresentamos nossa proposta nos termos consignados no mencionado ato convocatório e seus anexos, com os quais concordamos plenamente. Nossa proposta é válida por 60 (sessenta) dias, contados da data prevista para a entrega da mesma, sendo o preço ofertado firme e irreajustável durante o prazo de validade. Informamos que estão inclusos nos preços ofertados todos os tributos, custos e despesas diretas ou indiretas, sendo de nossa inteira responsabilidade, ainda, os que porventura venham a ser omitidos na proposta ou incorretamente cotados. O valor total do grupo da nossa proposta para o fornecimento e instalação de solução de rede local sem fio (wireless), incluindo fornecimento de equipamentos, componentes, instalação, garantia, manutenção e treinamento, conforme especificações do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n o 05/2012 e seus Anexos, é de R$ (por extenso), conforme planilha a seguir 42/73

43 I PLANILHA DE PREÇOS VALORES UNITÁRIOS E VALORES TOTAIS GRUPO ITEM DESCRIÇÃO QUANT/ UNID VALOR UNITÁRIO (R$) VALOR TOTAL (R$) 1 1 Ponto de Acesso 2 Controlador WLAN 3 Dispositivo de alimentação elétrica (PoE) 4 MiniGbic Treinamento na solução de Rede sem 5 Fio para 4 pessoas 6 Instalação dos equipamentos Análise técnica (site survey) do 7 ambiente físico Solução de gerência WLAN 8 centralizada. TOTAL (Local), de de. (Representante Legal) (CPF e RG) (Nome da Empresa) (Endereço / endereço eletrônico) (Telefone / FAC-SÍMILE / ) 43/73

44 ANEXO IV DO PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO n o / PREGÃO ELETRÔNICO n o 05/2012 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL, com sede na cidade de Brasília DF, SGAN 603, Módulo J, inscrita no CNPJ/MF sob o n o / , doravante denominada CONTRATANTE, neste ato representada pelo seu Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios,, portador da Carteira de Identidade n., e inscrito no CPF n., nomeado pela Portaria n., de, publicada no Diário Oficial da União em, de acordo com delegação de competência que lhe foi atribuída no art. da Portaria n., de, publicada no Diário Oficial da União em, e de outro lado,., doravante denominada CONTRATADA, inscrita no CNPJ/MF n o, estabelecida na, representada por, portador da Carteira de Identidade n o, e inscrito no CPF n o e, em observância ao disposto nos Decretos n o 2.271/1997, n o 5.450/2005 e n o 3.931/2001, n o 6.204/2007, nas Leis n o 8.666/93 e n o /2002, na Lei Complementar n o 123/06, na Instrução Normativa SLTI/MPOG n o 02/2008, alterações posteriores, e demais normas que regem a espécie, resolvem celebrar a presente Ata, pelas condições estabelecidas nas seguintes cláusulas: CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO 1.1 Constitui objeto da presente Ata o REGISTRO DE PREÇOS para a Contratação de empresa especializada no fornecimento e instalação de solução de rede local sem fio (wireless), incluindo 44/73

45 fornecimento de equipamentos, componentes, instalação, garantia, manutenção e treinamento, por um período de 12 (doze) meses, conforme o Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n o 05/2012 e seus anexos. GRUPO ITEM DESCRIÇÃO QUANT/ UNID VALOR UNITÁRIO (R$) VALOR TOTAL (R$) 1 1 Ponto de Acesso 2 Controlador WLAN 3 Dispositivo de alimentação elétrica (PoE) 4 MiniGbic Treinamento na solução de Rede sem 5 Fio para 4 pessoas 6 Instalação dos equipamentos Análise técnica (site survey) do 7 ambiente físico Solução de gerência WLAN 8 centralizada. TOTAL CLÁUSULA SEGUNDA DA DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR 2.1 A execução do objeto deve obedecer ao estipulado nesta Ata, bem como às disposições constantes dos documentos adiante enumerados, que integram o Processo n / Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus Anexos; Propostas e documentos firmados pela CONTRATADA; Notas de empenho emitidas. CLÁUSULA TERCEIRA DO REGIME DE EXECUÇÃO 3.1 O objeto será fornecido mediante a forma de execução indireta, sob o regime de EMPREITADA POR PREÇO UNITÁRIO, nos termos da Lei n /93. 45/73

46 CLÁUSULA QUARTA DA VIGÊNCIA 4.1 A vigência desta inicia-se em / / (data da assinatura da Ata), com término em / / (12 meses contados da homologação do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012). CLÁUSULA QUINTA DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA 5.1 Manter, durante toda a execução do Contrato/Ata de Registro de Preços, em compatibilidade com as obrigações assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/ A falta de manutenção das condições de habilitação e qualificação exigidas no Edital poderá ensejar a abertura de processos de rescisão contratual e de apuração de responsabilidade contratual. 5.2 Entregar todos os produtos e executar todos os serviços dentro dos prazos previstos no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos, discutindo e acordando com a CONTRATANTE qualquer alteração que se torne imperativa. 5.3 Realizar os trabalhos em rigorosa observância às prescrições e normas técnicas e legais aplicáveis, assumindo responsabilidade total e exclusiva pela perfeição técnica dos trabalhos, comprometendo-se, em conseqüência, a efetuar, por sua conta exclusiva e nos prazos determinados pela CONTRATANTE, as correções e retificações consideradas necessárias, para atendimento das normas técnicas e das recomendações específicas que lhe forem previamente transmitidas. 5.4 Fornecer todos os materiais/serviços necessários à instalação física, à configuração e ao perfeito funcionamento da totalidade dos equipamentos e componentes cotados. 5.5 Instalar os equipamentos da solução, bem como suas configurações, devendo ser comprovada a conectividade e a interoperabilidade da solução com a rede local do CONTRATANTE. 5.6 Elaborar e apresentar todos os produtos de acordo com normas e padrões técnicos compatíveis, claros, completos e suficientemente detalhados, a fim de permitir o seu perfeito entendimento e utilização. 5.7 Efetuar todos os pagamentos de impostos, taxas e quaisquer outros encargos fiscais, de origem federal, estadual ou municipal, bem como das contribuições sociais incidentes e dos registros exigidos para a execução dos trabalhos contratados. 5.8 Solicitar à CONTRATANTE, instruções específicas que considerar necessárias para a realização dos trabalhos A falta de instruções aqui mencionadas não diminui e nem afasta a responsabilidade total e exclusiva da CONTRATADA pela qualidade e perfeição técnica dos trabalhos. 5.9 Manter e exigir dos profissionais envolvidos no projeto sigilo sobre os trabalhos objeto do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012, ficando-lhe assegurado, entretanto, o direito de mencionar em seu 46/73

47 currículo e no de seus colaboradores o nome da CONTRATANTE e a natureza dos trabalhos realizados Elaborar os trabalhos especificados observando todas as condições especificadas no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos, sob pena de sujeitar-se a sanções Substituir, sempre que exigido pela CONTRATANTE, o empregado cuja atuação permanência ou comportamento forem julgados prejudiciais, inconvenientes ou insatisfatórios à execução dos serviços nos casos de atendimento presencial A CONTRATADA terá um prazo de 10 (dez) dias úteis para realizar a substituição, esse prazo poderá ser prorrogado por igual período mediante autorização do gestor do contrato Alocar, conforme as necessidades, os recursos técnicos e humanos necessários para a devida condução do Projeto, coordenando-os ao longo da execução Prestar as informações e os esclarecimentos que venham a ser solicitados pela CONTRATANTE Responder por quaisquer prejuízos que seus empregados ou prepostos causarem ao patrimônio da CONTRATANTE ou a terceiros decorrentes da execução dos serviços, procedendo imediatamente aos reparos ou indenizações cabíveis e assumindo o ônus decorrente Dimensionar o esforço necessário para a elaboração dos serviços, não cabendo posteriormente, acréscimos nos preços contratados por conta de eventuais desconhecimentos das condições ora previstos e do escopo do objeto contratado Garantir o correto repasse dos conteúdos dos treinamentos a serem realizados bem como participar no processo de avaliação final dos treinamentos de forma a definir pela necessidade ou não de aplicação de reforço no treinamento sem ônus para a CONTRATANTE Disponibilizar, a partir da assinatura do contrato, preposto encarregado do seu gerenciamento, e a ele competirá: Estabelecer, junto ao representante da CONTRATANTE, os detalhes operacionais dos termos e condições para realização dos serviços Gerenciar e supervisionar os aspectos administrativos da execução dos serviços contratados (e.g. assiduidade e pontualidade dos técnicos prestadores de serviços, encaminhamento de faturas, e relatórios de atividade), franqueando ao fiscal da CONTRATANTE, a qualquer tempo, o acesso a seus registros, para efeito de acompanhamento e fiscalização do serviço efetivamente executado Tratar, com a CONTRATANTE, questões relevantes à execução do contrato e providenciar a regularização de falhas ou defeitos observados Encaminhar à CONTRATANTE Nota Fiscal/Fatura dos serviços prestados, acompanhada dos comprovantes de regularidade fiscal necessários ao processamento de pagamento Providenciar a entrega de documentação, relatórios técnicos e manuais operacionais, referentes aos serviços concluídos. 47/73

48 Providenciar a entrega de documentação, relatórios técnicos e manuais operacionais, referentes aos serviços concluídos O preposto tem as seguintes responsabilidades: Representar a CONTRATADA na execução do Contrato Receber e dar andamento a todas as comunicações recebidas do Gestor do Contrato em tempo hábil Encaminhar todas as comunicações, mídias e documentações ao Gestor do Contrato em tempo hábil No trato de informações classificadas como Reservadas pela CONTRATANTE, a CONTRATADA se compromete a seguir o previsto na Norma Organizacional ANEEL n 15, de 15 de julho de 2004, que regulamenta o assunto no âmbito da CONTRATANTE Arcar com todas as despesas destinadas à cobertura dos tributos resultantes da execução do Contrato, ficando estabelecido que seus empregados não tenham nenhum vínculo trabalhista com a CONTRATANTE, nem poderá onerar o objeto do Contrato Assumir plena responsabilidade legal, administrativa e técnica pela execução e qualidade dos serviços Manter, durante toda a execução do Contrato, em compatibilidade com as obrigações por ela assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos Não transferir a outrem, no todo ou em parte, o objeto do presente Contrato. CLÁUSULA SEXTA DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE 6.1 Aprovar a Análise técnica do ambiente físico (Site-Survey), após verificar a sua conformidade com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.2 Verificar se a instalação dos softwares e equipamentos solicitados foi executada, homologada e está em conformidade com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.3 Verificar, a cada atualização de licenças de softwares internos e externos da solução de Rede de dados WI-FI, se estas foram feitas de acordo com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.4 Verificar se o treinamento na solução de instalação, manutenção e gerenciamento de redes Wi-Fi adquirida foi executado e concluído de acordo com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.5 Verificar, mensalmente, se os serviços de garantia foram executados de acordo com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 48/73

49 6.6 Prover o ambiente operacional para execução de todas as tarefas necessárias à consecução deste trabalho; 6.7 Estabelecer normas e diretrizes para a execução dos serviços bem como o provimento das informações necessárias ao desenvolvimento das atividades pela empresa CONTRATADA; 6.8 Receber e armazenar devidamente as mídias e documentação referente aos softwares internos e externos que compõem a solução de protocolo digital; 6.9 Gerir a abertura de chamados e sua finalização dentro dos prazos acordados; 6.10 Emitir o TERMO DE RECEBIMENTO PROVISÓRIO para cada um dos itens do Edital, após a entrega dos bens, prestação dos serviços e aprovação dos mesmos de acordo com as especificações do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; A CONTRATANTE notificará a CONTRATADA, após rejeitar a entrega do bem ou serviço, sempre que verificar o não cumprimento das especificações do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.11 Emitir o TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO após a conclusão da entrega de todos os bens e prestação de todos os serviços que compõe o Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.12 Efetuar os pagamentos à CONTRATADA na forma e nos prazos previstos no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos, após o cumprimento das formalidades legais e contratuais; CLÁUSULA SÉTIMA DOS PREÇOS REGISTRADOS 7.1 O preço registrado poderá ser revisto em decorrência de eventual redução daqueles praticados no mercado ou de fato que eleve o custo dos bens registrados, devendo ser promovidas negociações com os fornecedores. 7.2 Quando o preço inicialmente registrado, por motivo superveniente, tornar-se superior ao preço praticado no mercado, a CONTRATANTE deverá convocar o fornecedor, a fim de negociar a redução de seu preço, de forma a adequá-lo à média apurada. 7.3 Em qualquer hipótese, os preços decorrentes da revisão não poderão ultrapassar os praticados no mercado, mantendo-se a diferença percentual apurada entre o valor originalmente constante da proposta do fornecedor e aquele vigente no mercado à época do registro equação econômicofinanceira. 7.4 Será considerado preço de mercado, o que for igual ou inferior à média daquele apurado pela ANEEL para o item. 7.5 As alterações de preços oriundas de revisão, no caso de desequilíbrio da equação econômicofinanceira, serão publicadas trimestralmente no Diário Oficial da União. 49/73

50 CLÁUSULA OITAVA DO CANCELAMENTO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 8.1 Os preços registrados na presente Ata de Registro de Preços poderão ser cancelados de pleno direito, conforme a seguir: Por iniciativa da Administração: Quando o fornecedor der causa à rescisão administrativa da nota de empenho decorrente deste Registro de Preços, nas hipóteses previstas nos incisos de I a XII e XVII do art. 78 da Lei n /1993; Se os preços registrados estiverem superiores aos praticados no mercado Por iniciativa do fornecedor: Mediante solicitação escrita, comprovando estar o fornecedor impossibilitado de cumprir os requisitos desta Ata de Registro de Preços; Quando comprovada a ocorrência de qualquer das hipóteses contidas no art. 78, incisos XIV, XV e XVI, da Lei n / Ocorrendo cancelamento do preço registrado, o fornecedor será informado por correspondência com aviso de recebimento, a qual será juntada ao processo administrativo da presente Ata. 8.3 No caso de ser ignorado, incerto ou inacessível o endereço do fornecedor, a comunicação será feita por publicação no Diário Oficial da União, considerando-se cancelado o preço registrado. 8.4 A solicitação do fornecedor para cancelamento dos preços registrados poderá não ser aceita pela ANEEL, facultando-se a esta, neste caso, a aplicação das penalidades previstas nesta Ata. 8.5 Havendo o cancelamento do preço registrado, cessarão todas as atividades do fornecedor relativas ao respectivo registro. 8.6 Caso se abstenha de aplicar a prerrogativa de cancelar esta Ata, a ANEEL poderá, a seu exclusivo critério, suspender a sua execução ou sustar o pagamento das faturas, até que o fornecedor cumpra integralmente a condição contratual infringida. CLÁUSULA NONA DO PAGAMENTO 9.1 O pagamento será efetuado em parcela única, conforme o atendimento de cada demanda, após aceite definitivo da CONTRATANTE pela entrega do produto, obedecendo aos seguintes eventos: Apresentação da nota fiscal/fatura pela CONTRATADA à área técnica responsável (Superintendência de Gestão Técnica da Informação SGI/ANEEL), com emissão do Termo de Recebimento Provisório (TRP); Atestação da nota fiscal/fatura pela SGI/ANEEL em até 5 (cinco) dias úteis, contados do recebimento desta, com emissão do Termo de Recebimento Definitivo (TRD); 50/73

51 9.1.3 Pagamento pela área financeira em até 5 (cinco) dias úteis, contados do atesto da nota fiscal/fatura. 9.2 Para o site survey: Toda a documentação gerada pelo site survey deverá ser consolidada em um Relatório Técnico, e entregue como parte da solução de rede sem fio O pagamento se dará após a entrega do Relatório Técnico à SGI/ANEEL, juntamente com a emissão do TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO (TRD). 9.3 Para os itens de hardware: O pagamento se dará após a conclusão da entrega de todos os bens e prestação de todos os serviços que compõe este Termo de Referência, com SGI/ANEEL a emissão do TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO. 9.4 Para o Treinamento: O treinamento será pago somente após a avaliação de treinamento, e com os valores calculados conforme as cláusulas 7.5 e 7.6 do Anexo I deste edital; 9.5 O ressarcimento financeiro decorrente de eventuais atrasos de pagamento será calculado do dia subseqüente ao vencimento da fatura até a data do efetivo pagamento, mediante a aplicação de juros moratórios de 6% (seis por cento) ao ano sobre a parcela em atraso pro rata die. 9.6 Não haverá, sob hipótese alguma, pagamento antecipado à CONTRATADA. 9.7 O pagamento somente será realizado após a comprovação da regularidade fiscal da CONTRATADA. 9.8 A retenção ou glosa no pagamento ocorrerá, sem o prejuízo das sanções cabíveis, quando a CONTRATADA não produzir os resultados, deixar de executar, ou não executar com a qualidade mínima exigida as atividades contratadas ou, deixar de utilizar materiais e recursos humanos exigidos para a execução do serviço ou utilizá-los com qualidade ou quantidade inferior à demandada Obriga-se a CONTRATADA a apresentar documentos de cobrança claros, com critérios transparentes, de forma a facilitar o atesto inequívoco dos serviços A CONTRATANTE poderá interromper o prazo do processamento do pagamento sem que represente qualquer ônus, quando a Nota Fiscal/Fatura estiver em desacordo com o estabelecido no contrato e/ou a contiver erros de preenchimento a cargo da CONTRATADA que comprometam a compreensão, inteleção e interpretação de toda a cobrança encaminhada Não havendo, porém, comprometimento, nos termos da cláusula 9.7.1, de toda a nota fiscal/fatura encaminhada, a CONTRATANTE poderá efetuar o pagamento do valor correspondente à parcela incontroversa, permanecendo interrompido o prazo para a parte da cobrança que apresenta problemas, até que a CONTRATADA, em resposta, restabeleça as condições para o atesto. 51/73

52 CLÁUSULA DÉCIMA DA GESTÃO DA ATA Processo: / A Superintendência de Gestão Técnica da Informação SGI/ANEEL indicará um gestor titular e um substituto para acompanhar e fiscalizar os serviços, nos termos do disposto no art. 67 da Lei n /1993 e da Portaria ANEEL n /2011, devendo-se registrar todas as ocorrências e as deficiências verificadas em relatório, cuja cópia será encaminhada à CONTRATADA, para que providencie a imediata correção das irregularidades, sob pena de aplicação das penalidades previstas neste Instrumento, cabendo-lhe, ainda: A conferência qualitativa e quantitativa do material, recusando-o caso não esteja dentro dos limites das especificações técnicas do ANEXO I do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012; Proceder de forma criteriosa ao seu recebimento e guarda; Prestar ao fornecedor qualquer tipo de esclarecimento quanto à identificação, quantidade ou qualidade dos materiais. CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 11.1 O inadimplemento pode se dar de três formas gerais: Absoluta, quando deixa definitivamente de ser cumprido; Por mora, na hipótese do descumprimento culposo da obrigação no injustificado retardamento da execução; e Por violação positiva do contrato, verificada durante ação positiva da CONTRATADA, porém, sem satisfazer adequadamente o exigido na forma, lugar e qualidade, caracterizando o cumprimento defeituoso da obrigação As penalidades administrativas a que se sujeitam a CONTRATADA pelo inadimplemento de suas obrigações são: Advertência; Multa; Suspensão temporária, não superior a cinco anos, de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração; e Declaração de inidoneidade de licitar ou contratar com a Administração Pública A multa poderá ser aplicada em virtude de mora, de violação positiva do contrato ou de inadimplemento total Havendo mora, a multa poderá ser aplicada adotando-se o seguinte critério: 52/73

53 Multa diária de até 0,33% (trinta e três centésimos por cento) sobre o valor do fornecimento ou serviço não adimplido, limitada ao valor equivalente a 20% (vinte por cento) desse mesmo total Na hipótese de se tratar de prestação única ou de prestação sucessiva da qual dependam as demais prestações, a base de cálculo para a multa de mora deverá incluir os valores pertinentes a esses totais Alcançado o limite acima estabelecido, tornada a prestação inútil ou antes que haja prejuízo à Administração na persistência da conduta, a CONTRATANTE estará autorizada a: Avaliar a opção de rescisão do contrato; Verificar se há descumprimento total da obrigação com prejuízo à utilidade e ao proveito das futuras prestações; Sujeitar o licitante às sanções cominadas nas cláusulas ou acima; Reclamar perdas e danos verificados; e Havendo indícios de crime, provocar a iniciativa do Ministério Público, nos termos do art. 101 da Lei n e art. 27 do Código de Processo Penal, para verificação da responsabilidade penal Considerado o caso como violação positiva do contrato, a multa poderá ser aplicada nos seguintes termos: Multa de até 20% (vinte por cento) do valor do fornecimento ou serviço não adimplido, adotando-se os critérios da cláusula quanto à base de cálculo A sanção pecuniária também será dosada em consideração ao grau de lesão proporcionado pela CONTRATADA Os valores das multas deverão ser recolhidos a favor da CONTRATANTE, em conta a ser informada pela Superintendência de Administração e Finanças SAF/ANEEL, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, a partir da intimação por ofício da CONTRATADA, incidindo, após esse prazo, nos termos do art. 37-A, da Lei n /02, alterada pela Lei n /09, cumulativamente: Juros pela taxa do SELIC e multa de mora diária de 0,33% (trinta e três centésimos por cento), até o limite de 20% (vinte por cento), calculados nos termos e na forma da legislação aplicável aos tributos federais; e Encargo legal de 20% (vinte por cento), calculado nos termos e na forma da legislação aplicável à Dívida Ativa da União Na hipótese de inadimplemento total inescusável, a multa poderá ser de, até, 50% (cinquenta por cento) do valor total do contrato sem prejuízo das sanções previstas nas cláusulas e , da rescisão contratual e da cobrança de danos e encargos A suspensão temporária de participação em licitação aplica-se nos casos que reflitam o despreparo e inaptidão para a prestação dos serviços da CONTRATADA A suspensão poderá ser aplicada nos casos em que haja culpa pelo inadimplemento que: 53/73

54 Cause prejuízo à CONTRATANTE; ou Processo: / Represente a perda de confiança na relação contratual, de forma que as circunstâncias indiquem a perda da utilidade das futuras prestações e risco ao fim público visado com a contratação O impedimento de contratar com a Administração aplica-se nos casos de grave conduta O impedimento de contratar poderá ser aplicado nos casos descritos no item A declaração de inidoneidade funda-se em situação ou fato delituoso e será aplicada nos casos em que a apuração de responsabilidade conclua ter havido dolo ou má-fé da CONTRATADA, em conduta lesiva, prejudicial à CONTRATANTE ou ilícita, que recomende o seu afastamento O prazo de permanência da inidoneidade será estabelecido pela Diretoria Colegiada da CONTRATANTE, ouvida a Superintendência de Licitações e Controle de Contratos e Convênios A sanção de inidoneidade persistirá enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que haja a reabilitação por ato da Diretoria Colegiada A reabilitação não se dará antes de 2 (dois) anos da aplicação da sanção e será processada a partir de requerimento da interessada que comprove, se aplicável, o ressarcimento dos prejuízos causados As penalidades serão registradas no SICAF e, nos casos de suspensão de licitar e declaração de inidoneidade, o licitante deverá ser descredenciado por igual período Todas as averiguações de responsabilidades contratuais serão apuradas em processo específico em procedimento transparente, com decisões formalmente motivadas e assegurados os princípios do contraditório e da ampla defesa. CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA DOS ACRÉSCIMOS 12.1 A CONTRATADA fica obrigada a aceitar, nas mesmas condições contratuais, e mediante Termo Aditivo, os acréscimos que se fizerem necessários ao quantitativo dos materiais, no montante de até 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado da presente Ata, de acordo com o art. 65, 1 o da Lei n /93. CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA DA GARANTIA DE ATUALIZAÇÃO 13.1 A CONTRATADA deverá fornecer a garantia de atualização, conforme o item 9 do ANEXO I do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n o 05/2012, por um período de 36 (trinta e seis) meses. 54/73

55 CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA DA INEXECUÇÃO E DA RESCISÃO Processo: / A rescisão contratual não tem, por si só, natureza de sanção, sendo certo que representa uma consequência da impossibilidade ou inconveniência de se prosseguir com a avença O descumprimento de quaisquer das cláusulas ou condições pactuadas neste instrumento ou a sua inexecução, poderá ensejar a sua rescisão por denúncia da parte prejudicada, nos termos dos artigos 77 a 80 da Lei n /93 e suas alterações A rescisão contratual pode ocorrer sem prejuízo de sanção administrativa que eventualmente venha a ser aplicada Além dos motivos previstos em lei, poderão ensejar a rescisão do presente Contrato: A mora, sem prejuízo das multas aplicáveis, que evolui em intensidade e se resolve em inadimplemento total da obrigação; Alteração social, modificação de finalidade ou estrutura que, a juízo da CONTRATANTE, prejudique o cumprimento do Contrato; A caracterização da insolvência da CONTRATADA com envolvimento comprovado em protesto de títulos e emissão de cheques sem a suficiente provisão de fundos ou outro fato semelhante que represente risco à sua saúde financeira Na análise e julgamento dos eventos que sujeitam à rescisão contratual, considerar-se-ão os impactos decorrentes da descontinuidade do ajuste e avaliar-se-á a culpa das partes, as circunstâncias presentes, as consequências da conduta danosa - se existentes - e a utilidade residual das prestações vincendas, de forma que se possa graduar a gravidade dos fatos e formar a solução mais proporcionalmente adequada, nos termos do inciso VI, do art. 2º, da Lei n / Ressalvada a solução em juízo, a rescisão contratual em sede administrativa se formaliza: Em ato unilateral e auto-executável da CONTRATANTE nos casos dos incisos I a XI e XVIII do art. 78, da Lei n /1993 quando há culpa e inadimplemento da CONTRATADA, bem como em razão de interesse público de alta relevância e amplo conhecimento; ou Em distrato (amigável), havendo conveniência para a CONTRATANTE e anuência da CONTRATADA Não havendo culpa da CONTRATADA a rescisão poderá ser acompanhada, no que couber, do ressarcimento de prejuízos comprovadamente suportados pela CONTRATADA, da devolução da garantia, do pagamento pela execução até a rescisão e cobertura do custo de desmobilização Os casos de rescisão contratual serão formalmente motivados e serão assegurados o contraditório e a ampla defesa. 55/73

56 CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA DO RECEBIMENTO PROVISÓRIO Processo: / Após o recebimento dos materiais e serviços contratados, será firmado, em duas vias, o Termo de Recebimento Provisório TRP, conforme modelo presente no ANEXO VI do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/ Na eventualidade de se verificarem defeitos, falhas ou imperfeições, a CONTRATADA será comunicada para saná-los, no prazo máximo de 5 (cinco) dias; Decorrido o prazo estipulado para as correções do TRP, será realizada a conferência para a emissão do Termo de Recebimento Definitivo TRD O recebimento provisório dos materiais e serviços não implica sua aceitação. CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA DO RECEBIMENTO DEFINITIVO 16.1 Uma vez verificada a adequação dos materiais fornecidos, a CONTRATANTE, por meio da área técnica responsável, emitirá, em duas vias, um Termo de Recebimento Definitivo (modelo presente no ANEXO VII do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012) para correspondente Nota de Empenho, conforme o disposto no art. 73, inciso I, alínea b da Lei n /93. CLÁUSULA DÉCIMA SÉTIMA DOS CASOS OMISSOS 17.1 A execução desta Ata, bem como os casos omissos, regular-se-ão pelas suas cláusulas e pelos preceitos de direito público, aplicando-lhes, supletivamente, os princípios da teoria geral dos Contratos e as disposições de direito privado, na forma dos artigos 54 e 55, inciso XII da Lei n /93. CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA DO FORO 18.1 O Foro da Justiça Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal será competente para apreciar e dirimir quaisquer dúvidas oriundas da execução desta Ata E para firmeza e prova das condições estipuladas no presente instrumento, assinam as partes em 3 (três) vias de igual teor e forma, perante 2 (duas) testemunhas. Brasília - DF, de de. 56/73

57 CONTRATANTE: RUBRICA: Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios CONTRATADA: RUBRICA: TESTEMUNHAS: NOME: RUBRICA: CPF: NOME: RUBRICA: CPF: 57/73

58 ANEXO V DO PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 MINUTA DO CONTRATO CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL E A, PARA O FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE SOLUÇÃO DE REDE LOCAL SEM FIO (WIRELESS), INCLUINDO EQUIPAMENTOS, COMPONENTES, INSTALAÇÃO, GARANTIA, MANUTENÇÃO E TREINAMENTO. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL, com sede na cidade de Brasília DF, SGAN 603, Módulo J, inscrita no CNPJ/MF sob o n o / , doravante denominada CONTRATANTE, neste ato representada pelo seu Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios,, portador da Carteira de Identidade n., e inscrito no CPF n., nomeado pela Portaria n., de, publicada no Diário Oficial da União em, de acordo com delegação de competência que lhe foi atribuída no art. da Portaria n., de, publicada no Diário Oficial da União em, e de outro lado,., doravante denominada CONTRATADA, inscrita no CNPJ/MF n o, estabelecida na, representada por, portador da Carteira de Identidade n o, e inscrito no CPF n o e, em observância ao disposto nas Leis n o de 21 de junho de 1993 e n o , de 17 de julho de 2002, nos Decretos n o 5.450, de 31 de maio de 2005 e n o 6.204, de 5 de setembro de 2007, na Lei Complementar n o 123, de 14 de dezembro de 2006, na Instrução Normativa SLTI/MPOG n o 02, de 30 de abril de 2008, alterações posteriores, e demais normas que regem a espécie, resolvem celebrar o presente Contrato, pelas condições estabelecidas nas seguintes cláusulas: CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO 1.1 Constitui objeto do presente termo a Contratação de empresa especializada no fornecimento e instalação de solução de rede local sem fio (wireless), incluindo fornecimento de equipamentos, 58/73

59 componentes, instalação, garantia, manutenção e treinamento, conforme especificações do Edital do Pregão Eletrônico n 05/2012 e seus Anexos. CLÁUSULA SEGUNDA DA DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR 2.1 A execução do objeto deve obedecer ao estipulado neste Contrato, bem como às disposições constantes dos documentos adiante enumerados, que integram o Processo n o / : Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n o 05/2012 e seus Anexos; Propostas e documentos firmados pela CONTRATADA; Ata de Registro de Preços n o / CLÁUSULA TERCEIRA DO REGIME DE EXECUÇÃO 3.1 O objeto será fornecido mediante a forma de execução indireta, sob o regime de EMPREITADA POR PREÇO UNITÁRIO, nos termos da Lei n o 8.666/93. CLÁUSULA QUARTA DA VIGÊNCIA E DA EFICÁCIA 4.1 O período de vigência do Contrato será de 6 (seis) meses, contados do dia / / podendo ser prorrogado uma vez por igual período. CLÁUSULA QUINTA DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA 5.1 Manter, durante toda a execução do Contrato/Ata de Registro de Preços, em compatibilidade com as obrigações assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/ A falta de manutenção das condições de habilitação e qualificação exigidas no Edital poderá ensejar a abertura de processos de rescisão contratual e de apuração de responsabilidade contratual. 5.2 Entregar todos os produtos e executar todos os serviços dentro dos prazos previstos no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos, discutindo e acordando com a CONTRATANTE qualquer alteração que se torne imperativa. 5.3 Realizar os trabalhos em rigorosa observância às prescrições e normas técnicas e legais aplicáveis, assumindo responsabilidade total e exclusiva pela perfeição técnica dos trabalhos, comprometendo-se, 59/73

60 em conseqüência, a efetuar, por sua conta exclusiva e nos prazos determinados pela CONTRATANTE, as correções e retificações consideradas necessárias, para atendimento das normas técnicas e das recomendações específicas que lhe forem previamente transmitidas. 5.4 Fornecer todos os materiais/serviços necessários à instalação física, à configuração e ao perfeito funcionamento da totalidade dos equipamentos e componentes cotados. 5.5 Instalar os equipamentos da solução, bem como suas configurações, devendo ser comprovada a conectividade e a interoperabilidade da solução com a rede local do CONTRATANTE. 5.6 Elaborar e apresentar todos os produtos de acordo com normas e padrões técnicos compatíveis, claros, completos e suficientemente detalhados, a fim de permitir o seu perfeito entendimento e utilização. 5.7 Efetuar todos os pagamentos de impostos, taxas e quaisquer outros encargos fiscais, de origem federal, estadual ou municipal, bem como das contribuições sociais incidentes e dos registros exigidos para a execução dos trabalhos contratados. 5.8 Solicitar à CONTRATANTE, instruções específicas que considerar necessárias para a realização dos trabalhos A falta de instruções aqui mencionadas não diminui e nem afasta a responsabilidade total e exclusiva da CONTRATADA pela qualidade e perfeição técnica dos trabalhos. 5.9 Manter e exigir dos profissionais envolvidos no projeto sigilo sobre os trabalhos objeto do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012, ficando-lhe assegurado, entretanto, o direito de mencionar em seu currículo e no de seus colaboradores o nome da CONTRATANTE e a natureza dos trabalhos realizados Elaborar os trabalhos especificados observando todas as condições especificadas no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos, sob pena de sujeitar-se a sanções Substituir, sempre que exigido pela CONTRATANTE, o empregado cuja atuação permanência ou comportamento forem julgados prejudiciais, inconvenientes ou insatisfatórios à execução dos serviços nos casos de atendimento presencial A CONTRATADA terá um prazo de 10 (dez) dias úteis para realizar a substituição, esse prazo poderá ser prorrogado por igual período mediante autorização do gestor do contrato Alocar, conforme as necessidades, os recursos técnicos e humanos necessários para a devida condução do Projeto, coordenando-os ao longo da execução Prestar as informações e os esclarecimentos que venham a ser solicitados pela CONTRATANTE Responder por quaisquer prejuízos que seus empregados ou prepostos causarem ao patrimônio da CONTRATANTE ou a terceiros decorrentes da execução dos serviços, procedendo imediatamente aos reparos ou indenizações cabíveis e assumindo o ônus decorrente Dimensionar o esforço necessário para a elaboração dos serviços, não cabendo posteriormente, acréscimos nos preços contratados por conta de eventuais desconhecimentos das condições ora previstos e do escopo do objeto contratado. 60/73

61 5.16 Garantir o correto repasse dos conteúdos dos treinamentos a serem realizados bem como participar no processo de avaliação final dos treinamentos de forma a definir pela necessidade ou não de aplicação de reforço no treinamento sem ônus para a CONTRATANTE Disponibilizar, a partir da assinatura do contrato, preposto encarregado do seu gerenciamento, e a ele competirá: Estabelecer, junto ao representante da CONTRATANTE, os detalhes operacionais dos termos e condições para realização dos serviços Gerenciar e supervisionar os aspectos administrativos da execução dos serviços contratados (e.g. assiduidade e pontualidade dos técnicos prestadores de serviços, encaminhamento de faturas, e relatórios de atividade), franqueando ao fiscal da CONTRATANTE, a qualquer tempo, o acesso a seus registros, para efeito de acompanhamento e fiscalização do serviço efetivamente executado Tratar, com a CONTRATANTE, questões relevantes à execução do contrato e providenciar a regularização de falhas ou defeitos observados Encaminhar à CONTRATANTE Nota Fiscal/Fatura dos serviços prestados, acompanhada dos comprovantes de regularidade fiscal necessários ao processamento de pagamento Providenciar a entrega de documentação, relatórios técnicos e manuais operacionais, referentes aos serviços concluídos Providenciar a entrega de documentação, relatórios técnicos e manuais operacionais, referentes aos serviços concluídos O preposto tem as seguintes responsabilidades: Representar a CONTRATADA na execução do Contrato Receber e dar andamento a todas as comunicações recebidas do Gestor do Contrato em tempo hábil Encaminhar todas as comunicações, mídias e documentações ao Gestor do Contrato em tempo hábil No trato de informações classificadas como Reservadas pela CONTRATANTE, a CONTRATADA se compromete a seguir o previsto na Norma Organizacional ANEEL n 15, de 15 de julho de 2004, que regulamenta o assunto no âmbito da CONTRATANTE Arcar com todas as despesas destinadas à cobertura dos tributos resultantes da execução do Contrato, ficando estabelecido que seus empregados não tenham nenhum vínculo trabalhista com a CONTRATANTE, nem poderá onerar o objeto do Contrato Assumir plena responsabilidade legal, administrativa e técnica pela execução e qualidade dos serviços Manter, durante toda a execução do Contrato, em compatibilidade com as obrigações por ela assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos. 61/73

62 5.22 Não transferir a outrem, no todo ou em parte, o objeto do presente Contrato. Processo: / CLÁUSULA SEXTA DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE 6.1 Aprovar a Análise técnica do ambiente físico (Site-Survey), após verificar a sua conformidade com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.2 Verificar se a instalação dos softwares e equipamentos solicitados foi executada, homologada e está em conformidade com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.3 Verificar, a cada atualização de licenças de softwares internos e externos da solução de Rede de dados WI-FI, se estas foram feitas de acordo com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.4 Verificar se o treinamento na solução de instalação, manutenção e gerenciamento de redes Wi-Fi adquirida foi executado e concluído de acordo com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.5 Verificar, mensalmente, se os serviços de garantia foram executados de acordo com os requisitos e condições do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.6 Prover o ambiente operacional para execução de todas as tarefas necessárias à consecução deste trabalho; 6.7 Estabelecer normas e diretrizes para a execução dos serviços bem como o provimento das informações necessárias ao desenvolvimento das atividades pela empresa CONTRATADA; 6.8 Receber e armazenar devidamente as mídias e documentação referente aos softwares internos e externos que compõem a solução de protocolo digital; 6.9 Gerir a abertura de chamados e sua finalização dentro dos prazos acordados; 6.10 Emitir o TERMO DE RECEBIMENTO PROVISÓRIO para cada um dos itens do Edital, após a entrega dos bens, prestação dos serviços e aprovação dos mesmos de acordo com as especificações do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; A CONTRATANTE notificará a CONTRATADA, após rejeitar a entrega do bem ou serviço, sempre que verificar o não cumprimento das especificações do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.11 Emitir o TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO após a conclusão da entrega de todos os bens e prestação de todos os serviços que compõe o Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos; 6.12 Efetuar os pagamentos à CONTRATADA na forma e nos prazos previstos no Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012 e seus anexos, após o cumprimento das formalidades legais e contratuais; 62/73

63 CLÁUSULA SÉTIMA DA GESTÃO DO CONTRATO Processo: / A Superintendência de Gestão Técnica da Informação SGI/ANEEL indicará um gestor titular e um substituto para acompanhar e fiscalizar os serviços, nos termos do disposto no art. 67 da Lei n /1993 e da Portaria ANEEL n /2011, devendo-se registrar todas as ocorrências e as deficiências verificadas em relatório, cuja cópia será encaminhada à CONTRATADA, para que providencie a imediata correção das irregularidades, sob pena de aplicação das penalidades previstas neste Instrumento, cabendo-lhe, ainda: A conferência qualitativa e quantitativa do material, recusando-o caso não esteja dentro dos limites das especificações técnicas do ANEXO I do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/2012; Proceder de forma criteriosa ao seu recebimento e guarda; Prestar ao fornecedor qualquer tipo de esclarecimento quanto à identificação, quantidade ou qualidade dos materiais. CLÁUSULA OITAVA DOS PREÇOS 8.1 A CONTRATANTE pagará à CONTRATADA o valor total de R$ ( ), observadas as condições estabelecidas na CLÁUSULA NONA deste Instrumento. GRUPO ITEM DESCRIÇÃO QUANT/ UNID VALOR UNITÁRIO (R$) VALOR TOTAL (R$) 1 1 Ponto de Acesso 2 Controlador WLAN Dispositivo de alimentação elétrica 3 (PoE) 4 MiniGbic Treinamento na solução de Rede sem 5 Fio para 4 pessoas 6 Instalação dos equipamentos 7 8 Análise técnica (site survey) do ambiente físico Solução de gerência WLAN centralizada. TOTAL 63/73

64 CLÁUSULA NONA DO PAGAMENTO 9.1 O pagamento será efetuado em parcela única, conforme o atendimento de cada demanda, após aceite definitivo da CONTRATANTE pela entrega do produto, obedecendo aos seguintes eventos: Apresentação da nota fiscal/fatura pela CONTRATADA à área técnica responsável (Superintendência de Gestão Técnica da Informação SGI/ANEEL), com emissão do Termo de Recebimento Provisório (TRP); Atestação da nota fiscal/fatura pela SGI/ANEEL em até 5 (cinco) dias úteis, contados do recebimento desta, com emissão do Termo de Recebimento Definitivo (TRD); Pagamento pela área financeira em até 5 (cinco) dias úteis, contados do atesto da nota fiscal/fatura. 9.2 Para o site survey: Toda a documentação gerada pelo site survey deverá ser consolidada em um Relatório Técnico, e entregue como parte da solução de rede sem fio O pagamento se dará após a entrega do Relatório Técnico à SGI/ANEEL, juntamente com a emissão do TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO (TRD). 9.3 Para os itens de hardware: O pagamento se dará após a conclusão da entrega de todos os bens e prestação de todos os serviços que compõe este Termo de Referência, com SGI/ANEEL a emissão do TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO. 9.4 Para o Treinamento: O treinamento será pago somente após a avaliação de treinamento, e com os valores calculados conforme as cláusulas 7.5 e 7.6 do Anexo I deste edital; 9.5 O ressarcimento financeiro decorrente de eventuais atrasos de pagamento será calculado do dia subseqüente ao vencimento da fatura até a data do efetivo pagamento, mediante a aplicação de juros moratórios de 6% (seis por cento) ao ano sobre a parcela em atraso pro rata die. 9.6 Não haverá, sob hipótese alguma, pagamento antecipado à CONTRATADA. 9.7 O pagamento somente será realizado após a comprovação da regularidade fiscal da CONTRATADA. 9.8 A retenção ou glosa no pagamento ocorrerá, sem o prejuízo das sanções cabíveis, quando a CONTRATADA não produzir os resultados, deixar de executar, ou não executar com a qualidade mínima exigida as atividades contratadas ou, deixar de utilizar materiais e recursos humanos exigidos para a execução do serviço ou utilizá-los com qualidade ou quantidade inferior à demandada Obriga-se a CONTRATADA a apresentar documentos de cobrança claros, com critérios transparentes, de forma a facilitar o atesto inequívoco dos serviços. 64/73

65 9.9.1 A CONTRATANTE poderá interromper o prazo do processamento do pagamento sem que represente qualquer ônus, quando a Nota Fiscal/Fatura estiver em desacordo com o estabelecido no contrato e/ou a contiver erros de preenchimento a cargo da CONTRATADA que comprometam a compreensão, inteleção e interpretação de toda a cobrança encaminhada Não havendo, porém, comprometimento, nos termos da cláusula 9.7.1, de toda a nota fiscal/fatura encaminhada, a CONTRATANTE poderá efetuar o pagamento do valor correspondente à parcela incontroversa, permanecendo interrompido o prazo para a parte da cobrança que apresenta problemas, até que a CONTRATADA, em resposta, restabeleça as condições para o atesto. CLÁUSULA DÉCIMA DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA 10.1 As despesas decorrentes da execução deste Contrato correrão por conta do orçamento específico da: Agência Nacional de Energia Elétrica Programa de Trabalho: Natureza da Despesa: Fonte de Recurso: Empenho de Despesa: n o, de / / CLÁSULA DÉCIMA PRIMEIRA DOS ACRÉSCIMOS E SUPRESSÕES 11.1 A CONTRATADA fica obrigada a aceitar, nas mesmas condições contratuais, e mediante Termo Aditivo, os acréscimos ou supressões que se fizerem necessários ao quantitativo dos serviços, no montante de até 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado do presente Contrato, de acordo com o art. 65, 1 o da Lei n o 8.666/93. CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA DA GARANTIA DE ATUALIZAÇÃO 12.1 A CONTRATADA deverá fornecer a garantia de atualização, conforme o item 9 do ANEXO I do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n o 05/2012 por um período de 36 (trinta e seis) meses. 65/73

66 CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA DA INEXECUÇÃO E DA RESCISÃO Processo: / A rescisão contratual não tem, por si só, natureza de sanção, sendo certo que representa uma consequência da impossibilidade ou inconveniência de se prosseguir com a avença O descumprimento de quaisquer das cláusulas ou condições pactuadas neste instrumento ou a sua inexecução, poderá ensejar a sua rescisão por denúncia da parte prejudicada, nos termos dos artigos 77 a 80 da Lei n o 8.666/93 e suas alterações A rescisão contratual pode ocorrer sem prejuízo de sanção administrativa que eventualmente venha a ser aplicada Além dos motivos previstos em lei, poderão ensejar a rescisão do presente Contrato: A mora, sem prejuízo das multas aplicáveis, que evolui em intensidade e se resolve em inadimplemento total da obrigação; Alteração social, modificação de finalidade ou estrutura que, a juízo da CONTRATANTE, prejudique o cumprimento do Contrato; A caracterização da insolvência do CONTRATADO com envolvimento comprovado em protesto de títulos e emissão de cheques sem a suficiente provisão de fundos ou outro fato semelhante que represente risco à sua saúde financeira Na análise e julgamento dos eventos que sujeitam à rescisão contratual, considerar-se-ão os impactos decorrentes da descontinuidade do ajuste e avaliar-se-á a culpa das partes, as circunstâncias presentes, as consequências da conduta danosa - se existentes - e a utilidade residual das prestações vincendas, de forma que se possa graduar a gravidade dos fatos e formar a solução mais proporcionalmente adequada, nos termos do inciso VI, do art. 2º, da Lei n o 9.784/ Ressalvada a solução em juízo, a rescisão contratual em sede administrativa se formaliza: Em ato unilateral e auto-executável da CONTRATANTE nos casos dos incisos I a XI e XVIII do art. 78, da Lei n o 8.666/1993 quando há culpa e inadimplemento do CONTRATADO, bem como em razão de interesse público de alta relevância e amplo conhecimento; ou Em distrato (amigável), havendo conveniência para a CONTRATANTE e anuência do CONTRATADO Não havendo culpa do CONTRATADO a rescisão poderá ser acompanhada, no que couber, do ressarcimento de prejuízos comprovadamente suportados pelo CONTRATADO, da devolução da garantia, do pagamento pela execução até a rescisão e cobertura do custo de desmobilização Os casos de rescisão contratual serão formalmente motivados e serão assegurados o contraditório e a ampla defesa. 66/73

67 CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Processo: / O inadimplemento pode se dar de três formas gerais: Absoluta, quando deixa definitivamente de ser cumprido; Por mora, na hipótese do descumprimento culposo da obrigação no injustificado retardamento da execução; e Por violação positiva do contrato, verificada durante ação positiva do CONTRATADO, porém, sem satisfazer adequadamente o exigido na forma, lugar e qualidade, caracterizando o cumprimento defeituoso da obrigação As penalidades administrativas a que se sujeitam a CONTRATADA pelo inadimplemento de suas obrigações são: Advertência; Multa; Suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo não superior a 2 (dois) anos; Impedimento de licitar e de contratar com a União, pelo prazo de até 5 (cinco) anos; e Declaração de inidoneidade de licitar ou contratar com a Administração Pública A multa poderá ser aplicada em virtude de mora, de violação positiva do contrato ou de inadimplemento total Havendo mora, a multa poderá ser aplicada adotando-se o seguinte critério: Multa diária de até 0,33% (trinta e três centésimos por cento) sobre o valor do fornecimento ou serviço não adimplido, limitada ao valor equivalente a 20% (vinte por cento) desse mesmo total Na hipótese de se tratar de prestação única ou de prestação sucessiva da qual dependam as demais prestações, a base de cálculo para a multa de mora deverá incluir os valores pertinentes a esses totais Alcançado o limite acima estabelecido, tornada a prestação inútil ou antes que haja prejuízo à Administração na persistência da conduta, a CONTRATANTE estará autorizada a: Avaliar a opção de rescisão do contrato; Verificar se há descumprimento total da obrigação com prejuízo à utilidade e ao proveito das futuras prestações; Sujeitar o licitante às sanções cominadas nas cláusulas ou acima; Reclamar perdas e danos verificados; e 67/73

68 Havendo indícios de crime, provocar a iniciativa do Ministério Público, nos termos do art. 101 da Lei e art. 27 do Código de Processo Penal, para verificação da responsabilidade penal Considerado o caso como violação positiva do contrato, a multa poderá ser aplicada nos seguintes termos: Multa de até 20% (vinte por cento) do valor do fornecimento ou serviço não adimplido, adotando-se os critérios da cláusula quanto à base de cálculo A sanção pecuniária também será dosada em consideração ao grau de lesão proporcionado pelo CONTRATADO Os valores das multas deverão ser recolhidos a favor da CONTRATANTE, em conta a ser informada pela Superintendência de Administração e Finanças SAF/ANEEL, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, a partir da intimação por ofício da CONTRATADA, incidindo, após esse prazo, nos termos do art. 37-A, da Lei n o /02, alterada pela Lei n o /09, cumulativamente: Juros pela taxa do SELIC e multa de mora diária de 0,33% (trinta e três centésimos por cento), até o limite de 20% (vinte por cento), calculados nos termos e na forma da legislação aplicável aos tributos federais; e Encargo legal de 20% (vinte por cento), calculado nos termos e na forma da legislação aplicável à Dívida Ativa da União Na hipótese de inadimplemento total inescusável, a multa poderá ser de, até, 50% (cinquenta por cento) do valor total do contrato sem prejuízo das sanções previstas nas cláusulas e , da rescisão contratual e da cobrança de danos e encargos A suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração aplica-se nos casos de grave conduta ou naquelas que reflitam o despreparo e inaptidão para a prestação dos serviços à CONTRATADA A suspensão poderá ser aplicada nos casos em que haja culpa pelo inadimplemento que: Cause prejuízo à CONTRATANTE; ou Represente a perda de confiança na relação contratual de forma que as circunstâncias indiquem a perda da utilidade das futuras prestações e risco ao fim público visado com a contratação A declaração de inidoneidade funda-se em situação ou fato delituoso e será aplicada nos casos em que a apuração de responsabilidade conclua ter havido dolo ou má-fé da CONTRATADA, em conduta lesiva, prejudicial à CONTRATANTE ou ilícita, que recomende o seu afastamento O prazo de permanência da inidoneidade será estabelecido pela Diretoria Colegiada da CONTRATANTE, ouvida a Superintendência de Licitações e Controle de Contratos e Convênios A sanção de inidoneidade persistirá enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que haja a reabilitação por ato da Diretoria Colegiada. 68/73

69 A reabilitação não se dará antes de 2 (dois) anos da aplicação da sanção e será processada a partir de requerimento da interessada que comprove, se aplicável, o ressarcimento dos prejuízos causados As penalidades serão registradas no SICAF e, nos casos de suspensão de licitar e declaração de inidoneidade, o licitante deverá ser descredenciado por igual período Todas as averiguações de responsabilidades contratuais serão apuradas em processo específico em procedimento transparente, com decisões formalmente motivadas e assegurados os princípios do contraditório e da ampla defesa. CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA DO RECEBIMENTO PROVISÓRIO 15.1 Após o recebimento dos materiais resultantes dos serviços contratados, será firmado, em duas vias, o Termo de Recebimento Provisório TRP, conforme modelo presente no ANEXO VI do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n. 05/ Na eventualidade de se verificarem defeitos, falhas ou imperfeições, a CONTRATADA será comunicada para saná-los, no prazo máximo de 5 (cinco) dias; Decorrido o prazo estipulado para as correções do TRP, será realizada a conferência para a emissão do Termo de Recebimento Definitivo TRD O recebimento provisório dos materiais não implica sua aceitação. CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA DO RECEBIMENTO DEFINITIVO 16.1 Uma vez verificada a execução satisfatória dos serviços, a CONTRATANTE, por meio da área técnica responsável, emitirá, em duas vias, o Termo de Recebimento Definitivo (modelo presente no ANEXO VII do Edital do PREGÃO ELETRÔNICO n o 05/2012), conforme o disposto no art. 73, inciso I, alínea b da Lei n o 8.666/93. CLÁUSULA DÉCIMA SÉTIMA DOS CASOS OMISSOS 17.1 A execução deste Contrato, bem como os casos omissos, regular-se-ão pelas suas cláusulas e pelos preceitos de direito público, aplicando-lhes, supletivamente, os princípios da teoria geral dos Contratos e as disposições de direito privado, na forma dos artigos 54 e 55, inciso XII da Lei n o 8.666/93. CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA DO FORO 69/73

70 18.1 O Foro da Justiça Federal da Seção Judiciária de Brasília será competente para apreciar e dirimir quaisquer dúvidas oriundas da execução deste Contrato E para firmeza e prova das condições estipuladas no presente instrumento de Contrato, assinam as partes em 03 (três) vias de igual teor e forma, perante 02 (duas) testemunhas. Brasília - DF, de de. CONTRATANTE: Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios RUBRICA: CONTRATADA: RUBRICA: TESTEMUNHAS: NOME: RUBRICA: CPF: NOME: RUBRICA: CPF: 70/73

71 ANEXO VI DO PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 MODELO DE TERMO DE RECEBIMENTO PROVISÓRIO Ata de Registro de Preços n.: Contrato n.: Objeto: Fornecimento de (quantidade) (descrição do ITEM), conforme o Edital do Pregão Eletrônico n 05/2012, seus anexos e a Ata de Registro de Preços n. XX/XXXX. Processo n.: / Modalidade de Licitação: Pregão Eletrônico n 05/2012 Declaramos que os materiais fornecidos pela empresa foram recebidos provisoriamente para efeito de posterior verificação da conformidade com a especificação do Edital do Pregão Eletrônico n 05/ ANEEL, nos termos do inciso II, alínea a, do artigo 73 da Lei n /93. Brasília, de de. NOME EM MAIÚSCULAS E NEGRITO DO REPRESENTANTE DA CONTRATANTE (Cargo completo) 71/73

72 ANEXO VII DO PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 MODELO DE TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO Ata de Registro de Preços n.: Contrato n.: Objeto: Fornecimento de (quantidade) (descrição do ITEM), conforme o Edital do Pregão Eletrônico n 05/2012, seus anexos e a Ata de Registro de Preços n. XX/XXXX. Processo n.: / Modalidade de Licitação: Pregão Eletrônico n 05/2012 Declaramos que os materiais fornecidos pela empresa, apresentaram-se dentro das normas e condições estabelecidas, respeitando os padrões de qualidade exigidos, fato pelo qual declaramos encerradas as atividades pactuadas no referido instrumento, não existindo nenhuma obrigação contratual pendente, permanecendo vigente a partir desta data a garantia dos materiais, conforme item 9 do ANEXO I do Edital do Pregão Eletrônico n 05/2012 e cláusula décima terceira da Ata de Registro de Preços n.. Assim, declaramos a quitação total e o recebimento definitivo do objeto contratual, ressalvado fato superveniente conhecido após a emissão deste. Brasília, de de. GESTOR DO CONTRATO OU TITULAR DA ÁREA Cargo completo REPRESENTANTE LEGAL DA CONTRATADA Razão Social da CONTRATADA 72/73

73 ANEXO VIII DO PREGÃO ELETRÔNICO N o 05/2012 AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO 73/73

PREGÃO ELETRÔNICO N. 54/2012

PREGÃO ELETRÔNICO N. 54/2012 PREGÃO ELETRÔNICO N. 54/2012 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24 de abril de

Leia mais

Processo: 48500.004240/2013-00 PREGÃO ELETRÔNICO N. 71/2013

Processo: 48500.004240/2013-00 PREGÃO ELETRÔNICO N. 71/2013 PREGÃO ELETRÔNICO N. 71/2013 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24 de abril de

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N. 06/2014

PREGÃO ELETRÔNICO N. 06/2014 PREGÃO ELETRÔNICO N. 06/2014 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24 de abril de

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N o 02/2012

PREGÃO ELETRÔNICO N o 02/2012 PREGÃO ELETRÔNICO N o 02/2012 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24 de abril

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N. 19/2012

PREGÃO ELETRÔNICO N. 19/2012 PREGÃO ELETRÔNICO N. 19/2012 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios Substituto nomeado pela Portaria n. 1.083, de 7

Leia mais

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 A UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba,

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS O CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO MEDIO PARAIBA, mediante o Pregoeiro Flávio Macharet Barbosa, designado pela Portaria nº 004/2011, de junho

Leia mais

Processo: 48500.006617/2011-95 PREGÃO ELETRÔNICO N. 16/2012

Processo: 48500.006617/2011-95 PREGÃO ELETRÔNICO N. 16/2012 PREGÃO ELETRÔNICO N. 16/2012 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios, nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24 de abril

Leia mais

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e Página 1 de 5 PORTARIA Nº 306, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2001 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO GABINETE DO MINISTRO O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009. (publicada no DOE nº 109, de 12 de junho de 2009) Dispõe sobre a Cotação Eletrônica

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license.

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license. DECRETO Nº 5.450, DE 31 DE MAIO DE 2005 Regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N o 36/2010

PREGÃO ELETRÔNICO N o 36/2010 PREGÃO ELETRÔNICO N o 36/2010 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios, nomeado pela Portaria n o 490, de 9 de janeiro

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 53/2013

PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 53/2013 PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 53/2013 O - IFBA, por intermédio de seu Pregoeiro, designado pela Portaria nº 61 de 16 de julho de 2013, torna público que fará realizar licitação, pelo

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana Pró-Reitoria de Administração, Gestão e Infraestrutura - PROAGI

Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana Pró-Reitoria de Administração, Gestão e Infraestrutura - PROAGI MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 022/2012 pelo SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS (Processo Administrativo n. 23422.000685/2012-71) Torna-se público, para conhecimento dos interessados, que a Universidade

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N. 18/2013

PREGÃO ELETRÔNICO N. 18/2013 PREGÃO ELETRÔNICO N. 18/2013 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios, nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24 de abril

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N. 75/2011

PREGÃO ELETRÔNICO N. 75/2011 PREGÃO ELETRÔNICO N. 75/2011 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios, nomeado pela Portaria n. 490, de 9 de janeiro de

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

MODELO DE EDITAL PARA CAFÉ SUPERIOR. Logo e razão social do órgão público

MODELO DE EDITAL PARA CAFÉ SUPERIOR. Logo e razão social do órgão público MODELO DE EDITAL PARA CAFÉ SUPERIOR Logo e razão social do órgão público PREGÃO ELETRÔNICO N XXX EDITAL A , por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria xxx de data, realizará

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE PNEUS DESTINADOS AOS VEÍCULOS DA SECRETARIA MUNICIPAL SAÚDE PARA O EXERCÍCIO DE DE 2014 2014 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE/MUNICIPIO DE DOMINGOS MARTINS, com sede na Rua Bernardino

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 02/2014

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 02/2014 EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 02/2014 A União, por intermédio da CENTRAL, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão MP, representada por Pregoeiro designado mediante Portaria

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N. 3/2015

PREGÃO ELETRÔNICO N. 3/2015 PREGÃO ELETRÔNICO N. 3/2015 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios, nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24 de abril de

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 1. INTRODUÇÃO: 1.1 O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da Pregoeira Angela Ferraz Jaeger, torna público,

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

Processo: 48500.004355/2013-96 PREGÃO ELETRÔNICO N. 73/2013

Processo: 48500.004355/2013-96 PREGÃO ELETRÔNICO N. 73/2013 PREGÃO ELETRÔNICO N. 73/2013 Processo: 48500.004355/2013-96 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios nomeado pela Portaria

Leia mais

Processo: 48500.000611/2013-76 PREGÃO ELETRÔNICO N. 22/2013

Processo: 48500.000611/2013-76 PREGÃO ELETRÔNICO N. 22/2013 PREGÃO ELETRÔNICO N. 22/2013 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24 de abril de

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS LABORATÓRIO NACIONAL DE ASTROFÍSICA

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS LABORATÓRIO NACIONAL DE ASTROFÍSICA 1 EDITAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NÃO CONTÍNUOS - SRP HABILITAÇÃO SIMPLIFICADA (Art. 8º, II e III da IN SLTI/MPOG nº 2, de 11.10.10, atualizada) Lei Complementar nº 123, de 2006: exclusivo para ME/EPP/COOP.

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 2014-003 PREÂMBULO 1.Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N o 71/2008

PREGÃO ELETRÔNICO N o 71/2008 PREGÃO ELETRÔNICO N o 71/2008 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios, nomeado pela Portaria n o 490, de 9 de janeiro

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150 TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 009/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 009.003067.12.2

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 009/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 009.003067.12.2 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 009/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 009.003067.12.2 O DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE torna público para conhecimento

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº. 15414.300110/2008-40 PREGÃO ELETRÔNICO Nº

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº. 15414.300110/2008-40 PREGÃO ELETRÔNICO Nº A Superintendência de Seguros Privados SUSEP, no Estado do Rio de Janeiro, mediante Pregoeiro designado pela Portaria SUSEP n 3.053, de 14 de outubro de 2008, torna público que realizará às 14 horas, do

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e DECRETO No. 24.818 de 27 JANEIRO DE 2.005 Regulamenta a realização de pregão por meio da utilização de recursos de tecnologia da informação, denominado pregão eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 187/2013 PROCESSO Nº. 23122002392/2013-92 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI - UFSJ

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 187/2013 PROCESSO Nº. 23122002392/2013-92 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI - UFSJ PREGÃO ELETRÔNICO Nº 187/2013 PROCESSO Nº. 23122002392/2013-92 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI - UFSJ A Universidade Federal de São João Del-Rei - UFSJ, situada à Praça Frei Orlando, 170, Campus

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana Pró-Reitoria de Administração, Gestão e Infraestrutura - PROAGI

Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana Pró-Reitoria de Administração, Gestão e Infraestrutura - PROAGI EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2012 SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS (Processo Administrativo n. 23422.000974/2011-99) Torna-se público, para conhecimento dos interessados, que a Universidade Federal da

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 005/2014 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 005/2014 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 005/2014 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 55/2012

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 01/2015.

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 01/2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO, ORÇAMENTO E FINANÇAS COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DIVISÃO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO

Leia mais

Processo: 48500.006447/2007-62 PREGÃO ELETRÔNICO N. 63/2007

Processo: 48500.006447/2007-62 PREGÃO ELETRÔNICO N. 63/2007 PREGÃO ELETRÔNICO N. 63/2007 Processo: 48500.006447/2007-62 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Pregoeiro nomeado pela Portaria n. 545, de 27 de março de 2007, publicada no Diário

Leia mais

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 40/2012 PROCESSO Nº 00190.024252/2012-86 A Diretoria de Gestão Interna da Controladoria-Geral da União da Presidência

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N o 12/2008

PREGÃO ELETRÔNICO N o 12/2008 PREGÃO ELETRÔNICO N o 12/2008 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios, nomeado pela Portaria n o 490, de 9 de janeiro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS HOSPITAL DAS CLÍNICAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS HOSPITAL DAS CLÍNICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS HOSPITAL DAS CLÍNICAS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 015/2016 Processo nº 23070.012438/2015-05 O HOSPITAL

Leia mais

Processo: 48500.004451/2011-72 PREGÃO ELETRÔNICO N. 61/2011

Processo: 48500.004451/2011-72 PREGÃO ELETRÔNICO N. 61/2011 PREGÃO ELETRÔNICO N. 61/2011 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios, nomeado pela Portaria n. 490, de 9 de janeiro de

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE AQUISIÇÕES Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: TERMO DE RETIRADA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI Página 1 de 42 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI DIRETORIA DE LOGISTICA DIVISÃO DE LICITAÇÕES Campus JK - Prédio da Reitoria Rodovia MGT 367, KM 583, Nº 5000,

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N 26/2013

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N 26/2013 PROCESSO Nº 23237.000019/2013-19 EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N 26/2013 O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS CAMPUS ARAGUATINS, torna público para conhecimento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 2926- CNPJ: 13.959.466/1-6 Tel: 2732683178 Fax: 273268376 Site: Pregão Presencial Nº 6/214 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS PARA ATENDER A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE POR UM PERÍODO DE DE (6)

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N. 72/2012

PREGÃO ELETRÔNICO N. 72/2012 PREGÃO ELETRÔNICO N. 72/2012 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios Convênios nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24

Leia mais

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 PROCESSO : 50600.000884/2006-13 Tipo de Licitação:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 54/2011 Republicação Processo 7.242/03/2011-EOF

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA IFBA Campus Salvador. SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA IFBA Campus Salvador. SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Torna-se público, para conhecimento dos interessados, que o INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA IFBA CAMPUS SALVADOR, CNPJ: 10.764.307/0002-01, por intermédio do seu Pregoeiro,

Leia mais

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007 DECRETO 8.538/2015 COMPARATIVO COM DECRETO 6.204/2007 Outubro/2015 Importante: Pontos acrescidos estão destacados em verde. Pontos suprimidos estão destacados em vermelho. Decreto nº 8.538, de 6 de outubro

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO 297/2013

PREGÃO ELETRÔNICO 297/2013 PREGÃO ELETRÔNICO 297/2013 PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESAS, EMPRESAS DE PEQUENO PORTE E COOPERATIVAS DO ARTIGO 34 DA LEI N 11.488, DE 2007 COMPRAS EDITAL DE PREGÃO

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA IFBA Campus Salvador.

PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA IFBA Campus Salvador. PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA IFBA Campus Salvador. PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 52/2014 Processo n. 23279.004566/2014-50 Torna-se

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N. 29/2013

PREGÃO ELETRÔNICO N. 29/2013 PREGÃO ELETRÔNICO N. 29/2013 A Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, por meio do Superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios nomeado pela Portaria n. 2.210, de 24 de abril de

Leia mais

Processo 00003/2014 Chamada Pública 0001/2014

Processo 00003/2014 Chamada Pública 0001/2014 Página 1 de 7 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Boa Vista Energia S/A, leva ao conhecimento dos interessados - com base no Decreto nº 7246/2010 e Portarias MME nº 396 de 05/11/2013 e nº 06 de 06/01/2014, que esta

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414.

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414. MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414.004640/2012-46 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará

Leia mais

Processo 4907/2013 PREGÃO ELETRÔNICO 71/2013 Licitação 520053

Processo 4907/2013 PREGÃO ELETRÔNICO 71/2013 Licitação 520053 JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU EM MINAS GERAIS CNPJ 05.452.786/0001-00 Av. Álvares Cabral 1805, Santo Agostinho, Belo Horizonte/MG, CEP 30.170-001 Processo 4907/2013 PREGÃO ELETRÔNICO 71/2013 Licitação

Leia mais

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO.

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. IFRJ EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 03/2014 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA LICENCIAMENTO DO PARQUE COMPUTACIONAL DO IFRJ. Página 1 de 67 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET REITORIA PREGÃO ELETRÔNICO

Leia mais

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 A FUNDAÇÃO DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO PARÁ - FASEPA, inscrita no CNPJ sob o nº 84.154.186/0001-23,

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/2011 Processo 7.497/08/2011-EOF A JUSTIÇA

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA BASE AÉREA DE ANÁPOLIS PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS SERVIÇOS NÃO CONTÍNUO

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA BASE AÉREA DE ANÁPOLIS PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS SERVIÇOS NÃO CONTÍNUO 1 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA BASE AÉREA DE ANÁPOLIS PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS SERVIÇOS NÃO CONTÍNUO PROCESSO Nº 357/BAAN/2013 PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA BASE AÉREA DE ANÁPOLIS SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS BENS/SERVIÇOS COMUNS PROCESSO Nº 355/BAAN/2013

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA BASE AÉREA DE ANÁPOLIS SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS BENS/SERVIÇOS COMUNS PROCESSO Nº 355/BAAN/2013 1 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA BASE AÉREA DE ANÁPOLIS SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS BENS/SERVIÇOS COMUNS PROCESSO Nº 355/BAAN/2013 PREGÃO ELETRÔNICO N 043/2013 EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESAS,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0 PREGÃO PE - 31/2015 - SULGÁS A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - SULGÁS torna público, através de seu Pregoeiro designado, que realizará licitação por meio da utilização de recursos de

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO PROCESSO 48400.001.219/2015-34 TIPO LICITAÇÃO MENOR PREÇO DATA 10/11/2015 HORÁRIO 10:00 LOCAL www.comprasnet.gov.br (por meio do Sistema Pregão

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

MARINHA DO BRASIL ESCOLA DE APRENDIZES-MARINHEIROS DO CEARÁ EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 35/2013 PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N 31/2013

MARINHA DO BRASIL ESCOLA DE APRENDIZES-MARINHEIROS DO CEARÁ EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 35/2013 PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N 31/2013 MARINHA DO BRASIL ESCOLA DE APRENDIZES-MARINHEIROS DO CEARÁ EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 35/2013 PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N 31/2013 Processo Administrativo nº 63116.003068/2013-96 A União, por

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL, com sede no SAUS, Quadra 06, Bloco H, Edifício Ministro Sérgio Motta, na cidade de Brasília

Leia mais

PROCESSO Nº 64583.001500/2013-61 PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N 27/2013

PROCESSO Nº 64583.001500/2013-61 PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N 27/2013 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DO EXÉRCITO COMANDO MILITAR DO NORDESTE 7ª REGIÃO MILITAR / 7ª DIVISÃO DE EXÉRCITO HOSPITAL MILITAR DE ÁREA DE RECIFE (Hospital Militar de Pernambuco / 1817) PROCESSO Nº 64583.001500/2013-61

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Pregão Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 02/2010-TB Retirei da TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A.

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO 16/2014

PREGÃO ELETRÔNICO 16/2014 PREGÃO ELETRÔNICO 16/2014 A PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL - PRDF, sediada na Avenida L2 Sul, SGAS, Quadra 604, Lote 23, Brasília-DF, e este Pregoeiro, designado pela Portaria nº 185, de

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO N o 57/2014 PROCESSO N o 23067 P015349/2014-81

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO N o 57/2014 PROCESSO N o 23067 P015349/2014-81 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO N o 57/2014 PROCESSO N o 23067 P015349/2014-81 OBJETO: O PRESENTE PREGÃO TEM POR OBJETO A IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 7 07/10/2015 10:08 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.538, DE 6 DE OUTUBRO DE 2015 Vigência Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397,

Leia mais