Desempenho da Indústria Catarinense

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desempenho da Indústria Catarinense"

Transcrição

1 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Desempenho da Indústria Catarinense Florianópolis, 20 de março de 2015

2 SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2015 INDICADOR SANTA CATARINA % acumulado 2014/2013 % acumulado 2015/2014 BR % acumulado 2015/2014 Produção Ind. (janeiro) -1,7-8,0-5,2 Vendas Ind. (janeiro) 9,9-12,6-8,4 IBCR (janeiro) 3,64-0,97-1,75 Exportação (jan-fev) 7,7-11,8-19,3 Importação (jan-fev) 24,5-3,1-16,6 Emprego Geral* (jan-fev) 2,4 1,3-0,2 Ind. Transformação 3,0 2,2 0,4 Constr. Civil 5,1 2,2-1,1 *Variação do início de janeiro ao final de fevereiro, não comparando com o ano anterior. Fonte: IBGE, FIESC, MDIC, CAGED, BACEN

3 SANTA CATARINA e BRASIL Índice de Atividade Econômica do Banco Central - IBCR Período SC BR Janeiro 2015 / Dezembro 2014* -0,15% -0,11% Janeiro 2015 / Janeiro ,97% -1,75% Acumulado Janeiro 2015/Janeiro ,97% -1,75% Acumulado em 12 meses/12 meses anteriores 1,70% -0,40% Ano anterior Acumulado Janeiro 2014/Janeiro 2013 FONTE: BANCO CENTRAL DO BRASIL. ELABORAÇÃO: FIESC/PEI. *COM AJUSTE SAZONAL. OBS.: CONSIDERA O COMPORTAMENTO DA AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS 3,64% 1,36%

4 Comportamento Setorial em SC Janeiro2015/Janeiro 2014 Produção Industrial: -8,0% Vendas Industriais: -12,6% -11,7-6,5 2,3 7,4 13,5 Minerais não metálicos Plástico Informática, eletrônicos e óticos 14,6 Móveis -25,0 Vendas Produção -22,7-22,9-2,4-9,9-2,7-3,6-4,6-18,2-7,2-4,7-7,2-4,4-8,1-3,8-9,1-16,7-10,3-16,3-12,9 Alimentos Celulose e Papel Madeira Veículos Automotores e Autopeças Máquinas, Apar. e Mat. Elétricos Têxtil Produtos de metal Máquinas e equipamentos Metalurgia Vestuário % Fonte: FIESC e IBGE

5 SANTA CATARINA e BRASIL Produção Industrial Desempenho por UF Janeiro 2015 / Janeiro 2014 % 20,0 15,0 18,2 10,0 5,0 6,4 5,2 3,3 0,0-5,0-2,1-3,1-3,7-5,1-5,2-5,4-10,0-8,0-15,0-11,3-12,0-12,1-12,4 ES PA MT PE GO RJ MG CE BR SP SC RS PR BA AM Fonte: IBGE

6 Comportamento do Comércio em SC e BR Vendas do Comércio Janeiro 2015 / Janeiro 2014 SUBSETOR SC BR Hipermercados e supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo -1,0 0,2 Hipermercados e supermercados -0,7 0,4 Combustíveis e lubrificantes 11,4 0,7 Tecidos, vestuário e calçados 5,7-0,7 Móveis -6,1-11,0 Eletrodomésticos 2,0 0,5 Livros, jornais, revistas e papelaria -2,0-10,4 Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos 8,3 5,0 Outros artigos de uso pessoal e doméstico 11,9 4,7 Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação 8,4 19,0 Total Comércio Varejista 2,2 0,6 Material de construção 21,5-2,8 Veículos, motocicletas, partes e peças -12,6-16,6 Total Comércio Varejista Ampliado -1,9-4,9 Fonte: IBGE

7 Comportamento do Emprego em SC Vagas abertas de janeiro a fevereiro de 2014 e Vagas totais Vagas industriais Fonte: MTE/CAGED

8 Comércio Exterior - Santa Catarina Exportações janeiro a fevereiro de 2015/2014 Exportações Jan - Fev 2015 Mil US$ FOB Jan - Fev 2014 Mil US$ FOB % 2015/2014 Brasil ,3 Santa Catarina ,8 Importações janeiro a fevereiro de 2015/2014 Importações Jan - Fev 2015 Mil US$ FOB Jan - Fev 2014 Mil US$ FOB % 2015/2014 Brasil ,6 Santa Catarina ,1 Fonte: MDIC

9 Exportações Catarinenses produtos Principais produtos exportados - janeiro a fevereiro de 2015 Tabacos não manufaturados US$ 78 milhões 7,2%* 21,9%* Blocos de cilindros US$ 62 milhões 5,7%* 5,5%* Motores e geradores elétricos US$ 59 milhões Suínos US$ 50 milhões Motocompressor hermético US$ 44 milhões Soja US$ 42 milhões Frango US$ 238 milhões Madeiras de coníferas US$ 22 milhões Móveis de madeira US$ 24 milhões Preparações e conservas de galos e galinhas US$ 40 milhões * Participação % sobre o total das exportações de SC de janeiro a fevereiro de 2015 (US$ 1,1 bilhão) Fonte: MDIC

10 Exportações Catarinenses mercados Principais mercados janeiro a fevereiro de 2015 CHINA US$ 56 milhões REINO UNIDO US$ 55 milhões PAÍSES BAIXOS US$ 54 milhões ARGENTINA US$ 64 milhões 5,1%* 5,1%* MÉXICO US$ 50 milhões 5,9%* JAPÃO US$ 49 milhões 14,3%* PARAGUAI US$ 37 milhões EUA US$ 155 milhões ALEMANHA US$ 34 milhões ARÁBIA SAUDITA US$ 33 milhões * Participação % sobre o total das exportações de SC de janeiro a fevereiro de 2015 (US$ 1,1 bilhão) Fonte: MDIC

11 Importações Catarinenses produtos Principais produtos importados janeiro a fevereiro de 2015 Catodos de cobre US$ 100 milhões Laminados de ferro e aço US$ 79 milhões 3,8%* 3,0%* Fios de fibras de poliesteres US$ 66 milhões 2,5%* Peixes US$ 54 milhões Fios texturizados de poliesteres e nailon US$ 52 milhões Polietilenos US$ 115 milhões 4,4%* Automóveis US$ 31 milhões Pneus US$ 27 milhões Polímeros de etileno US$ 36 milhões Polipropileno sem carga US$ 33 milhões * Participação % sobre o total das importações de SC de janeiro a fevereiro de 2015 (US$ 2,6 bilhões) Fonte: MDIC

12 Importações Catarinenses mercados Principais mercados janeiro a fevereiro de ,8%* ARGENTINA US$ 174 milhões 6,6%* 6,5%* EUA US$ 170 milhões 5,5%* CHILE US$ 144 milhões ALEMANHA US$ 139 milhões CHINA US$ 992 milhões INDONÉSIA US$ 55 milhões ITÁLIA US$ 55 milhões * Participação % sobre o total das importações de SC de janeiro a fevereiro de 2015 (US$ 2,6 bilhões) ÍNDIA US$ 71 milhões TAIWAN US$ 63 milhões CORÉIA DO SUL US$ 60 milhões Fonte: MDIC

13 set/11 nov/11 jan/12 mar/12 mai/12 jul/12 set/12 nov/12 jan/13 mar/13 mai/13 jul/13 set/13 nov/13 jan/14 mar/14 mai/14 jul/14 set/14 nov/14 jan/15 mar/15 Índice de confiança do industrial catarinense Setembro 2011 a março 2015 Pontos Mar 36,4 Fonte: FIESC e CNI O Índice varia no intervalo de 0 a 100. Acima de 50 pontos indica confiança e abaixo, falta de confiança na economia.

14 Projeções BACEN para Brasil (2015 e 2016) Indicadores Projeção /mar Projeção /mar Superávit Balança Comercial (US$ bi) 2,56-3,96 3,00 10,00 IPCA (%) 5,91 6,41 7,93 5,60 R$ / US$ fim do ano 2,34 2,66 3,06 3,11 PIB (% de crescimento) 2,5 0,15* -0,78 1,30 Produção Industrial (% de crescimento) 2,3-3,2-2,19 1,68 Selic fim do ano (% a.a.) 10,00 11,75 13,00 11,50 Fonte: IBGE, IPEADATA E BACEN *PIB última previsão: Boletim Focus

15 fiesc.com.br Rodovia Admar Gonzaga, 2765 Itacorubi Florianópolis, SC

Desempenho da Indústria Catarinense

Desempenho da Indústria Catarinense FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Desempenho da Indústria Catarinense Florianópolis, 21 de Agosto de 2015 SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2015 INDICADOR SANTA CATARINA

Leia mais

Desempenho da Indústria Catarinense

Desempenho da Indústria Catarinense FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Desempenho da Indústria Catarinense Florianópolis, 28 de março de 2016 SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2016 INDICADOR SANTA CATARINA

Leia mais

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2013 INDICADOR SANTA CATARINA BR % % acumulado 2013/2012 % acumulado 2012/2011 acumulado 2013/2012 Produção Ind. (jan-ago)

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1

BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1 BALANÇA COMERCIAL DE SC BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1 EXPORTAÇÕES CATARINENSES - As exportações catarinenses declinaram 7,44 no mês de agosto de 2015 em relação a julho, totalizando

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR MAIO

COMÉRCIO EXTERIOR MAIO MAIO EXPORTAÇÕES No mês de maio de 2017, as exportações catarinenses somaram US$ 802,8 milhões, o que representou um avanço de 15,8% frente a maio de 2016. Esse crescimento é o melhor para o mês desde

Leia mais

Competitividade com Sustentabilidade

Competitividade com Sustentabilidade Competitividade com Sustentabilidade Status do Programa 1 SETORES PORTADORES DE FUTURO 2 ROTAS ESTRATÉGICAS SETORIAIS 3 MASTERPLAN EM ANDAMENTO EM ANDAMENTO Setores Portadores de Futuro Agroalimentar

Leia mais

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS A INDÚSTRIA EM NÚMEROS Fevereiro/2017 1. Desempenho conjuntural da indústria Principais indicadores da indústria Variável Dez16/Nov16 (%) dessaz. Dez16/Dez15 (%) Taxa acumulada nos últimos 12 meses; até

Leia mais

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Diretoria Adjunta de Análise e Disseminação de Informações Gerência de Indicadores Econômicos Em fevereiro de 2016, no acumulado de 12 meses,

Leia mais

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS A INDÚSTRIA EM NÚMEROS Dezembro/2016 1. Desempenho conjuntural da indústria Principais indicadores da indústria Variável Out16/Set16 (%) dessaz. Out16/Out15 (%) Taxa acumulada nos últimos 12 meses; até

Leia mais

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS A INDÚSTRIA EM NÚMEROS Junho/2017 1. Desempenho conjuntural da indústria Principais indicadores da indústria Variável Abr17/Mar17 (%) dessaz. Abr17/Abr16 (%) Taxa acumulada nos últimos 12 meses; até abril

Leia mais

A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital

A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital William Figueiredo Divisão de Estudo Econômicos do Rio de Janeiro (DIERJ) Gerência de Estudos Econômicos (GEE) Rio de Janeiro, 27 de junho de 2017 Estado do

Leia mais

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE EM 2009

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE EM 2009 DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE EM 20 Em 20 a indústria catarinense enfrentou um ambiente econômico adverso, marcado por restrições de liquidez no mercado internacional e incertezas quanto ao futuro

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Setembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Setembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Setembro 2012 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM SETEMBRO Exportações A queda de 28% na comparação mensal pode ser explicada por: 1) Dois

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2012 Unidade de Estudos Econômicos PRINCIPAIS ESTADOS EXPORTADORES NO MÊS jan/11 Part(%) jan/12 Part(%) Var (%) SAO PAULO 3.328 21,9% 3.672 22,7% 10,3% 344

Leia mais

Geografia. O Comércio Exterior do Brasil. Professor Luciano Teixeira.

Geografia. O Comércio Exterior do Brasil. Professor Luciano Teixeira. Geografia O Comércio Exterior do Brasil Professor Luciano Teixeira www.acasadoconcurseiro.com.br Geografia O BRASIL NO COMÉRCIO EXTERIOR O comércio exterior é a troca de bens e serviços realizada entre

Leia mais

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%)

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) PIB 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) 7.5 7.0 5.0 3.0 1.0 4.4 1.4 3.1 1.1 5.8 3.2 4.0 6.1 5.1 3.9 1.9 3.0

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Outubro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Outubro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Outubro 2012 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM OUTUBRO Exportações A exportação de produtos básicos registrou queda de 87,3% ante outubro

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1

BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1 BALANÇA COMERCIAL DE SC BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1 EXPORTAÇÕES CATARINENSES - As exportações catarinenses declinaram 29,7 no mês de janeiro de 2016 em relação a dezembro,

Leia mais

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%)

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) PIB 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) 9.0 8.0 7.6 7.0 6.0 5.0 4.0 3.0 2.0 1.0-1.0 4.4 1.3 3.1 1.2 5.7 3.1 4.0 6.0

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Novembro de 2016

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Novembro de 2016 CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO Novembro de 2016 1 1 AMBIENTE INTERNACIONAL Fim do longo ciclo de commodities. Desaceleração moderada da China. Aumento de juros nos EUA, mas de forma gradual.

Leia mais

Coeficientes de Exportação e Importação

Coeficientes de Exportação e Importação Coeficientes de Exportação e Importação Divulgação dos Resultados da Indústria Geral e Setorial 1º Trimestre de 2011 Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior Maio de 2011 Objetivos Calcular

Leia mais

PIB BRASILEIRO (variação anual, %)

PIB BRASILEIRO (variação anual, %) PIB PIB BRASILEIRO (variação anual, %) 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 7.5 7.0 5.0 3.0 1.0 4.4 1.4 3.1 1.1 5.8 3.2 4.0 6.1 5.1 4.0 1.9 3.0

Leia mais

EM % Média : 3,8% Média : 2,7% FONTE: IBGE ELABORAÇÃO: BRADESCO

EM % Média : 3,8% Média : 2,7% FONTE: IBGE ELABORAÇÃO: BRADESCO PIB 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015* Fonte: IBGE e IPEA CRESCIMENTO Elaboração

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Agosto Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Agosto Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Agosto 2015 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM AGOSTO Exportações As exportações da indústria registraram o nível mais baixo para o mês desde

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Julho Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Julho Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Julho 2015 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JULHO Exportações As exportações da indústria atingiram o nível mais baixo desde 2006 para o

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2016 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JANEIRO Exportações O principal destaque negativo ficou por conta do impacto contracionista

Leia mais

RESULTADOS DAS PESQUISAS PIM-PF E PMC DO IBGE 1

RESULTADOS DAS PESQUISAS PIM-PF E PMC DO IBGE 1 RESULTADOS DAS PESQUISAS PIM-PF E PMC DO IBGE 1 Produção Industrial Mensal Produção Física: Março de 2012 Os indicadores da Pesquisa Industrial Mensal Produção Física PIM-PF, referentes ao mês de março

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2015 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JANEIRO Exportações Além da forte queda da indústria (-18,5%), ressalta-se o fato de que somente

Leia mais

EXPORTAÇÕES CATARINENSES - MARÇO/2016

EXPORTAÇÕES CATARINENSES - MARÇO/2016 ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES MAR/2016 EXPORTAÇÕES CATARINENSES - As exportações catarinenses cresceram 16,4 no mês de março de 2016 em relação a fevereiro, totalizando US$ 633.694.574. Obtivemos

Leia mais

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE Pesquisa mensal de comércio Junho de 212 IBGE PMC Varejo restrito e ampliado Sumário Varejo Restrito - Receita nominal - Volume de vendas (Deflação da receita bruta com o IPCA e SINAPI) Varejo Ampliado

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 O COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL CONTINUA EM QUEDA A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Janeiro de 2017

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Janeiro de 2017 CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO Janeiro de 2017 1 1 AMBIENTE INTERNACIONAL Fim do longo ciclo de commodities, com estabilização dos preços nos últimos meses. Desaceleração moderada da China.

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Julho de 2017

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Julho de 2017 CENÁRIO MACROECONÔMICO Julho de 2017 1 AMBIENTE INTERNACIONAL Riscos reduzidos de crise, com o crescimento global se sustentando em ritmo positivo, de forma generalizada. Aumento gradual de juros nos EUA.

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos BENS DE CAPITAL NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos BENS DE CAPITAL NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos BENS DE CAPITAL NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

No mês de junho em 2015 a Produção Física do setor têxtil caiu 1,1% e o vestuário apresentou recuo de 0,4%. (Comparando Jun/15 com Maio/15).

No mês de junho em 2015 a Produção Física do setor têxtil caiu 1,1% e o vestuário apresentou recuo de 0,4%. (Comparando Jun/15 com Maio/15). 1- Comércio Exterior As Importações de têxteis e confeccionados em jan-jul.15 caíram, em valor (US$), 5,93%, as exportações caíram 8,66%, enquanto a queda do déficit na Balança Comercial foi de 5,38% em

Leia mais

Projeto desenvolvido por:

Projeto desenvolvido por: Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Kennya Beatriz Siqueira - Pesquisadora Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Abril 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Abril 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Abril 2016 As exportações do Estado do Paraná, em abril de 2016, foram de US$ 1,499 bilhão. As principais contribuições foram de produtos alimentares (complexo

Leia mais

Indicadores selecionados do RS*

Indicadores selecionados do RS* 67 Indicadores selecionados do RS* Tabela 1 Taxas de crescimento da produção, da área colhida e da produtividade dos principais produtos da lavoura no Rio Grande do Sul /06 PRODUTOS / 2006/ (1) Produção

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16 set/16 out/16 dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16 set/16 out/16-490 -359-380 -436-477 -563-525 -556-412 -327-226 -113 I Resultado Out 16/Out 15: 37,7% Acum.

Leia mais

Janeiro Atualizado até 10/02/2012.

Janeiro Atualizado até 10/02/2012. Janeiro 2012 crescem acima das exportações: o saldo da balança comercial brasileira iniciou o ano com um déficit de US$ 1,3 bilhão, após consecutivos saldos superavitários desde fevereiro de 2010. Em relação

Leia mais

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICOS

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICOS INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICOS INDICADORES CONJUNTURAIS Dezembro/2011 jan/07 mar/07 mai/07 jul/07 set/07 nov/07 jan/08 mar/08 mai/08 jul/08 set/08 nov/08 jan/09 mar/09 mai/09 jul/09

Leia mais

REVISÃO DA BALANÇA COMERCIAL PARA 2012

REVISÃO DA BALANÇA COMERCIAL PARA 2012 REVISÃO DA BALANÇA COMERCIAL PARA 2012 EXPORTAÇÃO BÁSICOS 108,050 122,457-11,8 INDUSTRIALIZADOS 123,620 128,317-3,7 - Semimanufaturados 32,800 36,026-8,9 - Manufaturados 90,820 92,291-1,6 OPERAÇÕES ESPECIAIS

Leia mais

Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais.

Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Dezembro/2014 OBJETIVO Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Permitir ainda, uma análise comparativa da evolução

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012 Período Dias Úteis US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Média Média Média Média Valor Valor Valor Valor p/dia útil p/dia útil p/dia útil

Leia mais

Abril 2015 São Paulo, 19 de maio de 2015 BALANÇA COMERCIAL REGISTRA NOVO SUPERÁVIT EM ABRIL

Abril 2015 São Paulo, 19 de maio de 2015 BALANÇA COMERCIAL REGISTRA NOVO SUPERÁVIT EM ABRIL Abril 2015 São Paulo, 19 de maio de 2015 BALANÇA COMERCIAL REGISTRA NOVO SUPERÁVIT EM ABRIL A balança comercial brasileira registou superávit de pouco mais de US$ 500 milhões em abril, próximo ao resultado

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças fev/15 mar/15 mai/15 jun/15 ago/15 set/15 nov/15 dez/15 fev/15 mar/15 mai/15 jun/15 ago/15 set/15 nov/15 dez/15-748 -635-482 -548-559 -508-395 -457-386 -404-359 -113 I Resultados Mensal: -67,5% Acum. Ano:

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Dezembro de 2015 O é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho do consumo e das

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Janeiro de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Mercado de Cartões Faturamento anual: R$ bilhões

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Novembro de 2016 O é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho do consumo e das

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Dezembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Dezembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Dezembro 2013 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM 2013 Exportações A contabilização como exportação de três plataformas de petróleo e gás somou

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015 DADOS GERAIS DO ESTADO DO MATO GROSSO Total Part % Brasil Part % Região Área Total - km² 903.386 10,63% 56,24% População

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2017

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2017 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado Nov 16/Nov 15: 41,5% Acum. Ano: -10,6% Anualizado: -14,0% O, elaborado com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), registra déficit comercial de US$4,90 bilhões

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 4,0 BILHÕES NO PRIMEIRO BIMESTRE DO ANO

BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 4,0 BILHÕES NO PRIMEIRO BIMESTRE DO ANO São Paulo, 20 de março de 2016 Fevereiro 2016 BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 4,0 BILHÕES NO PRIMEIRO BIMESTRE DO ANO Em fevereiro, a corrente de comércio brasileira totalizou US$ 23,7 bilhões,

Leia mais

CRESCEM AS EXPORTAÇÕES DE MANUFATURADOS PARA OS ESTADOS UNIDOS EM 2015

CRESCEM AS EXPORTAÇÕES DE MANUFATURADOS PARA OS ESTADOS UNIDOS EM 2015 São Paulo, 30 de novembro de 2015 Outubro 2015 CRESCEM AS EXPORTAÇÕES DE MANUFATURADOS PARA OS ESTADOS UNIDOS EM 2015 Em outubro, a corrente de comércio alcançou valor de US$ 30,1 bilhões, o que significou

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças abr/14 mai/14 jul/14 ago/14 out/14 nov/14 jan/15 fev/15 abr/14 mai/14 jul/14 ago/14 out/14 nov/14 jan/15 fev/15-822 -869-928 -761-829 -678-749 -708-748 -537-482 -349 I Resultados Mensal: -31,9% Acum. Ano:

Leia mais

Vale do Aço. Fevereiro/2016

Vale do Aço. Fevereiro/2016 Fevereiro/2016 OBJETIVO Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Permitir ainda, uma análise comparativa da evolução

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças dez/13 jan/14 mar/14 abr/14 jun/14 jul/14 set/14 out/14 dez/13 jan/14 mar/14 abr/14 jun/14 jul/14 set/14 out/14-1.067-914 -822-869 -707-761 -829-928 -678-749 -708-528 I Resultados Mensal: -30,3% Acum.

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado Fev 17/Fev 16: 79,7% Acum. Ano: 46,3% Anualizado: 10,0% As exportações de autopeças no primeiro bimestre de somaram US$ 933,1 milhões, com alta de 3% em relação ao mesmo período de. As importações

Leia mais

INFORME ESTATÍSTICO DA ECONOMIA BRASILEIRA

INFORME ESTATÍSTICO DA ECONOMIA BRASILEIRA Documento Interno para discussão Nº LC/BRS/R.289/Add.8-9 Agosto-Setembro 2014 Original: Espanhol CEPAL COMISSÃO ECONÔMICA PARA A AMÉRICA LATINA E O CARIBE Escritório em Brasília INFORME ESTATÍSTICO DA

Leia mais

CIP-Brasil. Catalogação-na-publicação. Embrapa Gado de Leite

CIP-Brasil. Catalogação-na-publicação. Embrapa Gado de Leite Ano 7, n. 44 - Dezembro/2016 Embrapa Gado de Leite Rua Eugênio do Nascimento, 610 - Bairro Dom Bosco 36038-330 Juiz de Fora/MG Telefone: (32) 3311-7400 Fax: (32) 3311-7424 www.embrapa.br www.embrapa.br/fale-conosco/sac

Leia mais

Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro

Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro DESTAQUES Déficit recorde do setor de manufaturados: O Brasil fechou o ano de 2010 com o maior déficit comercial de sua história do setor manufatureiro, de US$ 70,9

Leia mais

PRIMEIRO MÊS DE 2014 MARCA DÉFICIT COMERCIAL DE US$ 4,1 BILHÕES

PRIMEIRO MÊS DE 2014 MARCA DÉFICIT COMERCIAL DE US$ 4,1 BILHÕES Janeiro 2014 São Paulo, 28 de fevereiro de 2014 PRIMEIRO MÊS DE 2014 MARCA DÉFICIT COMERCIAL DE US$ 4,1 BILHÕES O saldo da balança comercial brasileira ficou negativo em US$ 4,06 bilhões, o que significou

Leia mais

Resultados de Junho de 2014

Resultados de Junho de 2014 Junho / 2014 Resultados de Junho de 2014 - Exportação: US$ 20,5 bi, em valor, e média diária de US$ 1,023 bilhão; sobre mai-14, aumento de 3,6%, pela média diária; sobre jun-13, redução de 3,5%, pela média

Leia mais

Resultados de Maio 2017

Resultados de Maio 2017 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC Pesquisa Mensal de Comércio - PMC Resultados de o 2017 Data 12/07/2017 Objetivo Pesquisa Mensal do Comércio Produzir indicadores que permitam

Leia mais

São Paulo, 10 de janeiro de 2012.

São Paulo, 10 de janeiro de 2012. São Paulo, 10 de janeiro de 2012. Dezembro 2012 Dezembro registrou superávit comercial de US$ 2,2 bilhões: o resultado é 41% menor do que o saldo do mesmo mês de 2011. No acumulado do ano, as exportações

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASIL / MERCOSUL

BALANÇA COMERCIAL BRASIL / MERCOSUL BALANÇA COMERCIAL Tatiana Lacerda Prazeres Secretária de Comércio Exterior Indicadores Sócioeconômicos dos Países do Mercosul 2010 BRASIL ARGENTINA PARAGUAI URUGUAI PIB (US$ bi) 2.090,3 370,3 18,5 40,3

Leia mais

PAINEL DA INDÚSTRIA MINEIRA. Minas Gerais

PAINEL DA INDÚSTRIA MINEIRA. Minas Gerais PAINEL DA INDÚSTRIA MINEIRA Minas Gerais Julho/2016 Objetivo Prover informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria no Estado de Minas Gerais e nas Regionais FIEMG. Ficha Técnica Elaboração:

Leia mais

Contas Nacionais Trimestrais

Contas Nacionais Trimestrais Contas Nacionais Trimestrais Indicadores de Volume e Valores Correntes 2º Trimestre de 2013 Coordenação de Contas Nacionais 30 de agosto de 2013 Tabela Resumo Principais resultados do PIB a preços de mercado

Leia mais

PAINEL REGIONAL DA INDÚSTRIA MINEIRA REGIONAIS FIEMG. Vale do Rio Grande

PAINEL REGIONAL DA INDÚSTRIA MINEIRA REGIONAIS FIEMG. Vale do Rio Grande PAINEL REGIONAL DA INDÚSTRIA MINEIRA REGIONAIS FIEMG Vale do Rio Grande Julho/2016 Objetivo Prover informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria no Estado de Minas Gerais e nas Regionais

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado 17/ 16: 30,9% Acum. Ano: 30,9% Anualizado: 1,3% No primeiro mês de, o setor de autopeças comercializou US$ 442,7 milhões em produtos para o exterior, registrando acréscimo de 21% em relação

Leia mais

Economia brasileira: situação atual e desafios ao crescimento da indústria

Economia brasileira: situação atual e desafios ao crescimento da indústria Rede Setorial da Indústria Os desafios setoriais à competitividade da indústria brasileira Economia brasileira: situação atual e desafios ao crescimento da indústria São Paulo, 10 de setembro de 2013 ROTEIRO

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.39/Jul.2013

Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.39/Jul.2013 Segue abaixo uma breve explicação sobre os indicadores analisados neste Boletim. Produção Industrial Mensal Produção Física (PIM-PF) A dinâmica da atividade econômica de uma região pode ser aferida de

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DO COMÉRCIO EXTERIOR SOBRE A GERAÇÃO DE EMPREGO NO BRASIL - 1º. Semestre de 2011

AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DO COMÉRCIO EXTERIOR SOBRE A GERAÇÃO DE EMPREGO NO BRASIL - 1º. Semestre de 2011 AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DO COMÉRCIO EXTERIOR SOBRE A GERAÇÃO DE EMPREGO NO BRASIL - 1º. Semestre de 2011 1 AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DO COMÉRCIO EXTERIOR SOBRE A GERAÇÃO DE EMPREGO NO BRASIL - 1º. Semestre

Leia mais

INTERNA. Este documento foi classificado como confidencial pelo Depec, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos clientes do Bradesco.

INTERNA. Este documento foi classificado como confidencial pelo Depec, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos clientes do Bradesco. INTERNA Este documento foi classificado como confidencial pelo Depec, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos clientes do Bradesco. CENÁRIO MACROECONÔMICO JANEIRO DE 2016 FABIANA D ATRI Departamento

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS. Sede Nacional - SP

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS. Sede Nacional - SP ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Sede Nacional - SP Fundação: 1937 - origem em um sindicato têxtil; Possui 1.200 empresas associadas e representa 4,5 mil empresas; Sede nacional

Leia mais

Indicadores Econômicos Conjunturais. Junho 2017 versão preliminar

Indicadores Econômicos Conjunturais. Junho 2017 versão preliminar Indicadores Econômicos Conjunturais Brasil Rio Grande do Norte Junho 2017 versão preliminar Economia nacional continua reduzindo perdas PIB 1º Trimestre de 2017 e Total Indústria Variação ante o mesmo

Leia mais

Boletim da Balança Comercial do RS Dezembro de 2016

Boletim da Balança Comercial do RS Dezembro de 2016 Boletim da Balança Comercial do RS Dezembro de 2016 Tópicos 1. Exportações do Rio Grande do Sul Dezembro Setores de atividade CNAE 2.0 Principais destinos 2. Importações do Rio Grande do Sul Dezembro Setores

Leia mais

EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico

EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO 2016 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA... 3 Ilustração

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Janeiro/ 2016 Varejo inicia o ano com recuo de -1,5% O Varejo brasileiro inicia o ano de 2016 dando continuidade à tendência de queda no volume de vendas com o primeiro mês do ano

Leia mais

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2016

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2016 >> Exportações de produtos industriais Mato Grosso do Sul - Exportação de Produtos Industriais (Receita - US$) Grupos de Produtos Industriais Julho Janeiro a Julho 2015 2016 Var. % 2015 2016 Var. % Celulose

Leia mais

Março 2014 São Paulo, 30 de abril de 2014

Março 2014 São Paulo, 30 de abril de 2014 Março 2014 São Paulo, 30 de abril de 2014 BALANÇA COMERCIAL REGISTRA O PRIMEIRO SALDO POSITIVO DO ANO,, MAS RESULTADO SEGUE MODESTO A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 112 milhões

Leia mais

INFORME ESTATÍSTICO DA ECONOMIA BRASILEIRA

INFORME ESTATÍSTICO DA ECONOMIA BRASILEIRA Documento Interno para discussão Nº LC/BRS/R.289/Add.10-12 Outubro-Dezembro 2014 Original: Espanhol CEPAL COMISSÃO ECONÔMICA PARA A AMÉRICA LATINA E O CARIBE Escritório em Brasília INFORME ESTATÍSTICO

Leia mais

REGIÃO SUL FÓRUM INDUSTRIAL SUL

REGIÃO SUL FÓRUM INDUSTRIAL SUL 2 0 0 7 REGIÃO FÓRUM ÍNDICE FÓRUM 3 4 5 5 5 6 6 7 7 8 9 10 10 11 11 12 13 População das grandes regiões em 01.07.2006 estimativa Área das grandes regiões População Economicamente Ativa das grandes regiões

Leia mais

EXPECTATIVA MÉDIA ANUAL DO MERCADO PARA A ECONOMIA BRASILEIRA: PIB, JUROS, CÂMBIO E INFLAÇÃO TAXA DE JUROS SELIC

EXPECTATIVA MÉDIA ANUAL DO MERCADO PARA A ECONOMIA BRASILEIRA: PIB, JUROS, CÂMBIO E INFLAÇÃO TAXA DE JUROS SELIC Indicadores EXPECTATIVA MÉDIA ANUAL DO MERCADO PARA A ECONOMIA BRASILEIRA: PIB, JUROS, CÂMBIO E INFLAÇÃO - 2010-2014 ANO TAXA DE CRESCIMENTO DO PIB TAXA DE JUROS SELIC TAXA DE CÂMBIO R$/US$ TAXA DE INFLAÇÃO

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Dezembro 2016

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Dezembro 2016 >> Exportações de produtos industriais Mato Grosso do Sul - Exportação de Produtos Industriais (Receita - US$) Grupos de Produtos Industriais Dezembro Janeiro a Dezembro 2015 2016 Var. % 2015 2016 Var.

Leia mais

No comparativo Set.13/ Set.12 o setor têxtil apresentou crescimento de 2,47% e o vestuário apresentou queda de 8,26%.

No comparativo Set.13/ Set.12 o setor têxtil apresentou crescimento de 2,47% e o vestuário apresentou queda de 8,26%. 1- Comércio Exterior As Importações de têxteis e confeccionados em Jan-Out de 2013 cresceram, em valor (US$), 2,4%, as exportações caíram 1,7%, enquanto o crescimento do déficit na Balança Comercial foi

Leia mais

Alexsandre Lira Cavalcante *

Alexsandre Lira Cavalcante * 1. Volume de vendas do comércio varejista Alexsandre Lira Cavalcante * De acordo com dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), realizada pelo IBGE, o volume de vendas do comércio varejista comum cearense

Leia mais

Contas Nacionais Trimestrais

Contas Nacionais Trimestrais Contas Nacionais Trimestrais Indicadores de Volume e Valores Correntes 4º Trimestre de 2010 Coordenação de Contas Nacionais 03 de março de 2010 Tabela Resumo Principais resultados do PIB a preços de mercado

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2012

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2012 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2012 US$ milhões FOB Período Dias Úteis EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Média Média Média Média Valor Valor Valor Valor p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças jul/15 ago/15 out/15 nov/15 jan/16 fev/16 abr/16 mai/16 jul/15 ago/15 out/15 nov/15 jan/16 fev/16 abr/16 mai/16-559 -457-490 -395-386 -404-359 -380-436 -327-226 -113 I Resultados Mensal: -14,22% Acum.

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças set/15 out/15 dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16 set/15 out/15 dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16-457 -490-386 -404-359 -380-436 -477-412 -327-226 -113 I Resultado Mensal: -14,7% Acum. Ano:

Leia mais

Maio 2012 Superávit comercial crescente: Déficit na balança de manufaturas: Exportações brasileiras de manufaturados ganham espaço na pauta

Maio 2012 Superávit comercial crescente: Déficit na balança de manufaturas: Exportações brasileiras de manufaturados ganham espaço na pauta Maio 2012 Superávit comercial crescente: o saldo positivo da balança comercial brasileira com a China manteve trajetória de expansão, passando de US$ 1,6 bilhão em abril para US$ 2,4 bilhões em maio (alta

Leia mais

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Pesquisa Anual de Comércio PAC 2015 Sumário Objetivos da PAC Segmentos e classes de atividade Aspectos metodológicos Principais resultados Objetivos da

Leia mais

Coeficientes de Exportação e Importação da Indústria de Transformação. 2º Trimestre/2016

Coeficientes de Exportação e Importação da Indústria de Transformação. 2º Trimestre/2016 Coeficientes de Exportação e Importação da Indústria de Transformação 2º Trimestre/2016 Os Coeficientes de Exportação e de Importação tem como objetivo analisar de forma integrada a produção industrial

Leia mais

CONJUNTURA DA INDÚSTRIA TÊXTIL E DE CONFECÇÃO BRASILEIRA MARÇO DE 2013 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO 03/05/2013

CONJUNTURA DA INDÚSTRIA TÊXTIL E DE CONFECÇÃO BRASILEIRA MARÇO DE 2013 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO 03/05/2013 CONJUNTURA DA INDÚSTRIA TÊXTIL E DE CONFECÇÃO BRASILEIRA MARÇO DE 2013 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO 03/05/2013 1- Comércio Exterior As Importações de têxteis e confeccionados em Jan-Mar de 2013 cresceram, em valor

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado As exportações de autopeças até abril somaram US$ 2,1 bilhões, com alta de 2% em relação ao mesmo período de. Já as importações totalizaram US$ 4 bilhões e avançaram 13,9% na mesma base de

Leia mais

Setor Têxtil e de Confecção Brasileiro. Balanço 2009 e Perspectivas 2010

Setor Têxtil e de Confecção Brasileiro. Balanço 2009 e Perspectivas 2010 Setor Têxtil e de Confecção Brasileiro Balanço 2009 e Perspectivas 2010 Área Internacional Comércio Exterior Brasil Balança Comercial Balança Comercial Brasileira do Setor Têxtil e de Confecção (exclui

Leia mais

São Paulo, 23 de maio de 2013.

São Paulo, 23 de maio de 2013. São Paulo, 23 de maio de 2013. Abril 2013 Saldo brasileiro é o mais alto dos últimos 12 meses: o Brasil registrou superávit de US$ 1,9 bilhão em abril, o valor mais elevado desde maio de 2012. No acumulado

Leia mais