CURSO DE FOTOGRAFIA AVANÇADO 2010 Clube Millennium BCP

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO DE FOTOGRAFIA AVANÇADO 2010 Clube Millennium BCP"

Transcrição

1 CURSO DE FOTOGRAFIA AVANÇADO 2010 Clube Millennium BCP Entidade Formadora Studio8a Rua Luciano Freire, nº 8 A, Lisboa Telf // Director: Paulo Roberto Formadores Paulo Roberto/Sérgio Jacques/Catarina Costa Alves/Gastão Brito e Silva/Pedro Reis //

2 A. Curso a) Objectivos Gerais do Curso AVANÇADO Formar um conjunto de praticantes de fotografia, que tendo já adquirido formação básica, pretendem incrementar os seus conhecimentos em técnicas fotográficas avançadas. A utilização de equipamentos digitais permitirá aos formandos realizarem imagens em que a criatividade pessoal, aliada aos conhecimentos teórico práticos resultantes das aulas, sejam estética e tecnicamente reconhecidas como de alta performance fotográfica. Este curso continuará a aumentar a criatividade pessoal dos participantes e incrementar a capacidade gráfica e de design visual de cada um. Serão ministradas aulas e teóricas intercaladas com práticas, que visam proporcionar aos formandos um incremento nas áreas da fotografia still life (naturezas mortas), retrato, espectáculos e viagens (gentes e locais). No final do curso proporemos aos participantes a organização de uma exposição colectiva numa instituição de relevante reconhecimento, assim como a criação de um site galeria dos trabalhos seleccionados.

3 Programa detalhado do curso de Fotografia Avançado AULAS TEORICAS Aula nº 1 (teórica) Análise dos conhecimentos gerais em fotografia dos alunos. Revisão das matérias e técnicas anteriores. Aula nº 2 (teórica) 1. Composição Avançada A estética da fotografia enquanto veículo de comunicação. Os grandes mestres contemporâneos. Correntes e tendências da fotografia arte nas diferentes áreas. A fotografia de autor. Aula nº 3 (teórica) 2. A Fotografia Still Life O controlo da luz como base da composição. Luz dura versus luz suave. Os efeitos conseguidos com naturezas mortas, flores, objectos e outros elementos fotográficos. Trabalhar em casa, em exteriores e em estúdio.

4 Aula nº 4 (teórica) 3. A fotografia de pessoas. O retrato. Fotografar pessoas em ambientes exteriores, interiores e estúdio. Técnicas e truques fotográficos. A iluminação específica para exteriores. Uso e controle de reflectores. Luz artificial e luz natural numa mesma imagem. A iluminação em estúdio com Flash electrónico. Aula nº 5 (teórica) 4. A fotografia de pessoas II. Personagens e espectáculos. Fotografar espectáculos e suas técnicas avançadas. Fotografar on location. Técnicas e conceitos. Fotografar personagens (actores, figurante, artistas, etc.) Aula nº 6 (teórica) 5. Fotografia de interiores e arquitectura Técnicas, equipamentos, controle da luz. A exposição e sue controlo. Profundidade de campo, dupla exposição e efeitos especiais. Aula nº 7 (teórica) 6. Fotografia de viagens e aventura. Fotografia editorial. Locais, gentes, paisagens. A ideia de a Sense of a Place, conceito fundamental para a percepção da melhor eficácia deste tipo de fotografia. Como fazem os grandes fotógrafos (National Geographic, GEO, etc.). Equipamentos específicos, acessórios e gadgets mais importantes. Aula nº 8 (teórica) a 12ª (teórica) As aulas 8, 9, 10, 11 e 12 serão reservadas ao visionamento e crítica dos trabalhos realizados pelos alunos ao longo curso

5 AULAS PRÁTICAS Aula nº 1 (prática) A Fotografia Still Life. Aula de carácter prático, em que o trabalho pratico se realiza através de exercícios a realizar em estúdio e/ou exteriores. Os conceitos teóricos serão aplicados nestas aulas. Aula nº 2 (prática) A fotografia de pessoas. O retrato. A realizar em estúdio com modelos profissionais ou semi profissionais. Aula nº 3 (prática) Fotografia de interiores e arquitectura. A realizar em exteriores e em interiores de elevado interesse fotográfico. Aula nº 4 (prática) Fotografia de viagens e aventura. A realizar em exteriores tendo como base os grandes mestres de publicações como a National Geographic ou a Geo.

6 B. Aulas a) Serão ministradas 4 aulas teóricas (T) por mês de 1h30 cada, durante 3 meses (18h); b) Serão ministradas 5 aulas práticas (P), de 8h cada, durante 4meses, sendo 2 aulas num mês a determinar; c) As aulas práticas (P) serão intercaladas com as aulas teóricas (T), tendo o curso um total de 4 meses; d) As aulas práticas serão ministradas em exteriores, em locais determinados ou em estúdio (Studio8a). TEORICAS TEORICAS TEORICAS TEORICAS TEORICAS PRATICAS PRATICAS PRATICAS PRATICAS Total Aulas CURSO Horas/aula Aulas/ Aulas/mês Total meses Total Aulas/horas Horas/aula Aulas/mês Total meses Total Aulas/horas semana Total horas 2h /24h 8h 1 2 num mês a definir 3 4/32h 16 56h

7 C. Proposta/calendário Propomos para o curso uma duração global de 3 meses, com inicio em Setembro 2010 e final em Dezembro Setembro Outubro Novembro Dezembro Total horas curso 08 T 06 T 03 T 04 P 15 T 13 T 06 P 22 T 16 P 10 T 18 P 20 T 13 P 17 t 29 T 27 T 24 T 14h 14h 22H 08h 58H D. Informações complementares a) Informações sobre a entidade formadora (actividades realizadas, incluindo no âmbito do ensino da fotografia) O Studio8a é a entidade pioneira em Portugal no ensino da fotografia no formato "workshop" e cursos de curta duração. Desde 1995 já leccionámos mais de 300 formações nas várias áreas da fotografia. Mais de formandos passaram pelos nossos cursos em Portugal e Espanha. Em 2005 fomos distinguidos com o prémio "FotoÓscar FotoVendas Digital 05 de Mérito Cultural" pelo serviço prestado ao ensino da fotografia assim como à divulgação e organização de eventos relacionados com a mesma. No nosso CV contam se a organização de workshops com os mais conceituados nomes da

8 fotografia internacional, como Greg Gorman, Joyce Tenneson, Arthur Meyerson, Douglas Kirkland, Kevin Lynch assim como com Steve McCurry e David Alan Harvey. Leccionámos cursos e workshops em Faro, Porto, Lisboa, La Coruña e Vigo. Organizámos passeios fotográficos na Costa da Morte (Galiza), Irlanda, Cuba, África do Sul e Portugal. Em 2006 lançámos o formato de formação individual One to One, com enorme sucesso. Desde a nossa fundação que somos apoiados pelas maiores marcas da industria como EPSON, HP, OLYMPUS, KODAK e FUJI, assim como por instituições como os governos do Canadá, Irlanda, EUA e Portugal. Entre os nossos colaboradores formadores contam se os melhores profissionais da fotografia nacional como Gastão Brito e Silva, Ricardo Dias, Fernando Curado Matos e Pedro Reis, entre muitos outros. Leccionámos cursos de fotografia em escolas profissionais (CIVEC, MAGESTIL) e de multimedia (ETIC). Organizámos cursos para grupos de empresas e instituições como a KODAK, MINOLTA, OLYMPUS, Lojas FotoSport e Caixa Geral de Depósitos.

CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL

CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL ENTIDADE FORMADORA ENTIDADE CERTIFICADA PELO IAPMEI STUDIO8A RUA LUCIANO FREIRE, Nº 8-A, 1600-143 LISBOA TELF. 217960007 studio8a@gmail.com NOVO SITE www.cursosdefotografia.pt

Leia mais

CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1 / ZONA CENTRO

CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1 / ZONA CENTRO CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1 / ZONA CENTRO ENTIDADE FORMADORA ENTIDADE CERTIFICADA PELO IAPMEI STUDIO8A RUA LUCIANO FREIRE, Nº 8-A, 1600-143 LISBOA TELF. 217960007

Leia mais

CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1

CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1 CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1 ENTIDADE FORMADORA ENTIDADE CERTIFICADA PELO IAPMEI STUDIO8A RUA LUCIANO FREIRE, Nº 8-A, 1600-143 LISBOA TELF. 217960007 STUDIO8A@GMAIL.COM

Leia mais

CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1

CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1 CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1 ENTIDADE FORMADORA ENTIDADE CERTIFICADA PELO IAPMEI STUDIO8A RUA LUCIANO FREIRE, Nº 8-A, 1600-143 LISBOA TELF. 217960007 STUDIO8A@GMAIL.COM

Leia mais

FOTOGRAFIA NA U.PORTO

FOTOGRAFIA NA U.PORTO FOTOGRAFIA NA U.PORTO Data: entre fevereiro e abril de 2012 Concepção e monitorização dos workshops: Pedro Brum Composição dos grupos de participantes: Cada workshop deverá ter no mínimo 10 participantes.

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TÉCNICAS DE FOTOGRAFIA Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TÉCNICAS DE FOTOGRAFIA Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular TÉCNICAS DE FOTOGRAFIA Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

EM PRODUÇÃO.

EM PRODUÇÃO. ANA LÚCIA TEIXEIRA - Jornalista e fotógrafa Registro profissional número: 13.982 Jornalista com 20 anos de experiências em fotografia e editoria de publicações impressas. Publicações de livros, revistas

Leia mais

Porque há histórias que não podemos esquecer

Porque há histórias que não podemos esquecer Porque há histórias que não podemos esquecer A MAGIA DA MEMÓRIA É preciso começar a perder a memória para perceber que é esta que faz toda a nossa vida. Uma vida sem memória não seria uma vida ( ). A nossa

Leia mais

CURSO COMPLETO DE FOTOGRAFIA MANHÃ TARDE NOITE FINAL DE SEMANA BELO HORIZONTE E RIO DE JANEIRO

CURSO COMPLETO DE FOTOGRAFIA MANHÃ TARDE NOITE FINAL DE SEMANA BELO HORIZONTE E RIO DE JANEIRO CURSO COMPLETO DE FOTOGRAFIA MANHÃ TARDE NOITE FINAL DE SEMANA BELO HORIZONTE E RIO DE JANEIRO SOBRE O CURSO O Curso completo de fotografia da Escola de Imagem nasceu a partir do desejo de muitos alunos

Leia mais

ConCurso Montras natal CoMérCio

ConCurso Montras natal CoMérCio ConCurso Montras natal CoMérCio Nome do Estabelecimento Nome do Responsável Morada Telefone E-mail Declaro que tomei conhecimento das condições de participação no Concurso de Montras de Natal e que autorizo

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Prof. Dr. Paulo de Tarso Mendes Luna

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Prof. Dr. Paulo de Tarso Mendes Luna Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Resolução 12/CGRAD/2015 de 09/09/2015 Fornecer meios para formação de profissionais capazes para atuar em ambientes dinâmicos plurais, atendendo necessidades

Leia mais

CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL

CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL ENTIDADE FORMADORA ENTIDADE CERTIFICADA PELO IAPMEI STUDIO8A RUA LUCIANO FREIRE, Nº 8-A, 1600-143 LISBOA TELF. 217960007 STUDIO8A@GMAIL.COM FORMADORES PAULO ROBERTO

Leia mais

ANEXO I. QUADRO DE OFICINAS INTEGRANTES DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA DO CUCA (COM EMENTAS) Categoria I

ANEXO I. QUADRO DE OFICINAS INTEGRANTES DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA DO CUCA (COM EMENTAS) Categoria I ANEXO I QUADRO DE OFICINAS INTEGRANTES DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA DO CUCA (COM EMENTAS) Categoria I Desemho básico Desemho intermediário Desemho básico de observação Desenho de observação Fotografia

Leia mais

C on strução e De cora ç ão

C on strução e De cora ç ão C on strução e De cora ç ão Volume V De s cora ç ão um Guia de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Tecnico não pode ser reproduzido ou distribuido sem a expressa autorizacao de. 2 Índice

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA IMAGEM Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA IMAGEM Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA IMAGEM Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

O PROCESSO CRIATIVO E SEUS CAMINHOS 02, 03 e 04 de Setembro de vagas inscrições:

O PROCESSO CRIATIVO E SEUS CAMINHOS 02, 03 e 04 de Setembro de vagas inscrições: O PROCESSO CRIATIVO E SEUS CAMINHOS 02, 03 e 04 de Setembro de 2016 8 vagas inscrições: www.igobione.com/cursos CASA DE GRAVATÁ Gravatá, agreste pernambucano, é o local que nos acolherá para 2 dias e meio

Leia mais

Instrução VIP Personalizada

Instrução VIP Personalizada Instrução VIP Personalizada Professor: Yuri Fanchini Messas Currículo Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=k4421411t0 E-mail: contato@yurimessas.com.br Website: www.yurimessas.com.br

Leia mais

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015 COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015 PERFIL 3 INDICADORES CHAVE 4 VANTAGENS 5 COMPETITIVAS SETORES 6 PATRIMÓNIO CULTURAL 7 AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA 8 ARTES VISUAIS 9 ARTES

Leia mais

Miguel Soares "2048"

Miguel Soares 2048 Left exit 01, da série "2048",,, "2048" 24.06-30.07. Faz este ano quinhentos anos a primeira edição de "Utopia" de Thomas More, relato de um viajante português descrevendo uma ilha ficcionada onde pareciam

Leia mais

Workshop de Fotografia, com José Franco Angra do Heroísmo - Terceira 27 de outubro a 2 de novembro de 2016

Workshop de Fotografia, com José Franco Angra do Heroísmo - Terceira 27 de outubro a 2 de novembro de 2016 HORÁRIO/ROGRAMA Módulo Sessão rograma ipo 1 1ª Jogo de apresentação e de diagnóstico 5ª-feira 27/10/2016 Introdução Enquadramento ostura correcta de um fotógrafo Cinco Variáveis da Fotografia Velocidade

Leia mais

As próximas iniciativas do Mês da Fotografia são

As próximas iniciativas do Mês da Fotografia são As próximas iniciativas do Mês da Fotografia são CICLO DE CONFERÊNCIAS 9 novembro 14h30 às 16h30 e 17h00 às 19h00 1º Período FOTOGRAFIA DE ESPETÁCULO Mário Pires Portfolio Project e fotógrafo oficial do

Leia mais

Curso de fotografia: Canon College chega a Brasília

Curso de fotografia: Canon College chega a Brasília Curso de fotografia: Canon College chega a Brasília Enviado por DA REDAÇÃO 25-Jan-2016 PQN - O Portal da Comunicação Uma imagem eterniza momentos, saber utilizar as câmeras fotográficas deixa esses momentos

Leia mais

INSTITUTO DE ESTUDOS MEDIEVAIS INDICADORES DE PRODUTIVIDADE

INSTITUTO DE ESTUDOS MEDIEVAIS INDICADORES DE PRODUTIVIDADE INSTITUTO DE ESTUDOS MEDIEVAIS INDICADORES DE PRODUTIVIDADE INVESTIGADORES INTEGRADOS DOUTORADOS (IID) 1. PRODUÇÃO CIENTÍFICA Critérios mínimos Cada investigador integrado deve cumprir, por triénio, três

Leia mais

CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1

CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1 CLUBE MILLENNIUM BCP CURSO DE INICIAÇÃO FOTOGRAFIA DIGITAL NIVEL 1 ENTIDADE FORMADORA ENTIDADE CERTIFICADA PELO IAPMEI STUDIO8A RUA LUCIANO FREIRE, Nº 8-A, 1600-143 LISBOA TELF. 217960007 STUDIO8A@STUDIO8A.PT

Leia mais

Aplicar técnicas de computação gráfica. Aferir padrão de qualidade ao produto/projeto de comunicação Definir técnicas de acabamento. I - DEMONSTRAR CO

Aplicar técnicas de computação gráfica. Aferir padrão de qualidade ao produto/projeto de comunicação Definir técnicas de acabamento. I - DEMONSTRAR CO Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 59 aprovado pela portaria Cetec nº 746 de: 10 /09/2015 Etec TIQUTIRA Código: 208 Município: São Paulo/SP Eixo Tecnológico: Produção Cultural

Leia mais

Cauda de cometa. Oficina de light painting com celulares - fotografia e animação Orientação: Denise Agassi e Eduardo Salvino

Cauda de cometa. Oficina de light painting com celulares - fotografia e animação Orientação: Denise Agassi e Eduardo Salvino Cauda de cometa Oficina de light painting com celulares - fotografia e animação Orientação: Denise Agassi e Eduardo Salvino Light Painting ou Pintura de luz é uma técnica fotográfica que permite captar

Leia mais

COMBUSTÍVEL DO SUCESSO,

COMBUSTÍVEL DO SUCESSO, O Reitor da Universidade do oeste de Santa Catarina Unoesc, Prof. Aristides Cimadon, no uso de suas atribuições, torna público o Concurso Fotográfico denominado O COMBUSTÍVEL DO SUCESSO, evento relativo

Leia mais

Curso de Formação Para. Animadores Científicos

Curso de Formação Para. Animadores Científicos Curso de Formação Para Animadores Científicos AEFCUP - Porto Ficha Informativa Curso de Formação para Cientistas 1. A Empresa A Science4you é uma empresa 100% Nacional que teve origem em Janeiro de 2008.

Leia mais

Luis Pavão Limitada Rua Rafael Andrade, Lisboa Telefone e Fax Correio electrónico - Site:

Luis Pavão Limitada Rua Rafael Andrade, Lisboa Telefone e Fax Correio electrónico - Site: Luis Pavão Limitada Rua Rafael Andrade, 29-1150-274 Lisboa Telefone e Fax 21 812 68 45 Correio electrónico lupa@lupa.com.pt - Site: www.lupa.com.pt Plano de Acções de Formação para o ano de 2008 Local

Leia mais

CONCURSO A BOLSAS PARA RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS NA OFICINAS DO CONVENTO

CONCURSO A BOLSAS PARA RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS NA OFICINAS DO CONVENTO CONCURSO A BOLSAS PARA RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS NA OFICINAS DO CONVENTO APRESENTAÇÃO Está aberto o Concurso a Bolsas para Residências Artísticas na Oficinas do Convento Associação Cultural de Arte e Comunicação

Leia mais

Câmpus Francisco Beltrão REGULAMENTO MOSTRA DE FOTOGRAFIA O CÂMPUS EM UM CLICK

Câmpus Francisco Beltrão REGULAMENTO MOSTRA DE FOTOGRAFIA O CÂMPUS EM UM CLICK REGULAMENTO MOSTRA DE FOTOGRAFIA O CÂMPUS EM UM CLICK DO OBJETO 1. A UTFPR,, promove O Câmpus em um Click. A Mostra de Fotografia tem como objetivo retratar o dia a dia, espaço e pessoas que fazem parte

Leia mais

LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS FOTOGRAFIA

LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS FOTOGRAFIA LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS FOTOGRAFIA NORMAS REGULAMENTARES Curso do 1.º ciclo de estudos do ensino superior, de cariz universitário, conferente do grau de licenciado, adequado ao Processo de Bolonha,

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO ATELIER DE ARTES PLÁSTICAS

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO ATELIER DE ARTES PLÁSTICAS NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO ATELIER DE ARTES PLÁSTICAS O Atelier de Artes Plásticas é um serviço que se encontra ao dispor de todos os interessados, visando instruí-los e dotá-los das ferramentas básicas

Leia mais

DOSSIER DE APRESENTAÇÃO

DOSSIER DE APRESENTAÇÃO DOSSIER DE APRESENTAÇÃO O índice de desemprego jovem atinge os 34,8% em Portugal, umas das maiores taxas de desemprego jovem na União Europeia. in Tendências Globais de Emprego para a Juventude 2015, Organização

Leia mais

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 1 / 6 CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO Jovens Curadores: Galerias Municipais EGEAC 1. Enquadramento É intuito das Galerias Municipais acolher, divulgar e apoiar a produção e pensamento artístico contemporâneo

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL 2015-2017 DE FOTOGRAFIA A RECRIAR O ENSINO DA FOTOGRAFIA DESDE 1968. ipf.lisboa@ipf.pt ipf.porto@ipf.pt www.ipf.pt.

CURSO PROFISSIONAL 2015-2017 DE FOTOGRAFIA A RECRIAR O ENSINO DA FOTOGRAFIA DESDE 1968. ipf.lisboa@ipf.pt ipf.porto@ipf.pt www.ipf.pt. CURSO PROFISSIONAL DE FOTOGRAFIA 2015-2017 Carlos Guiomar A RECRIAR O ENSINO DA FOTOGRAFIA DESDE 1968 ipf.lisboa@ipf.pt ipf.porto@ipf.pt www.ipf.pt CURSO PROFISSIONAL DE FOTOGRAFIA 2015-2017 O Curso Profissional

Leia mais

Colégio Estadual Osmar Guaracy Freire Ensino Fundamental, Médio e Profissional. Curso Técnico em Eventos

Colégio Estadual Osmar Guaracy Freire Ensino Fundamental, Médio e Profissional. Curso Técnico em Eventos Colégio Estadual Osmar Guaracy Freire Ensino Fundamental, Médio e Profissional. Curso Técnico em Eventos FORMAÇÃO EM AÇÃO - SEGUNDO SEMESTRE CURSO TÉCNICO EM EVENTOS APUCARANA/2014 Colégio Estadual Osmar

Leia mais

Abra os seus olhos. Descubra lugares e coisas que ama com cada foto que faz! PLANOS DE AULAS

Abra os seus olhos. Descubra lugares e coisas que ama com cada foto que faz! PLANOS DE AULAS Abra os seus olhos. Descubra lugares e coisas que ama com cada foto que faz! PLANOS DE AULAS REFERENCIAL 01 e REFERENCIAL 02 Curso Referencial Um. Fotografia para Câmeras DSLR Curso de Fotografia em Salvador.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SERRA DA GARDUNHA C U R S O S D E E D U C A Ç Ã O E F O R M A Ç Ã O 2 0 1 1 / 2 0 1 2 Se: Nível 2 Tipo 2 Fazes 15 anos até Dezembro Tens o 6º ano de escolaridade Procuras um percurso

Leia mais

Direitos Autorais. Posição da câmera, retrato ou paisagem? Essa é uma grande dúvida para a maioria daqueles

Direitos Autorais. Posição da câmera, retrato ou paisagem? Essa é uma grande dúvida para a maioria daqueles Posição da câmera, retrato ou paisagem? Essa é uma grande dúvida para a maioria daqueles ou daquelas que pretendem registrar fotograficamente monumentos arquitetônicos durante sua viagem. Quando optar

Leia mais

MÓDULOS 1 DESENVOLVER O VERDADEIRO OLHAR FOTOGRÁFICO CRIATIVO DOMINAR A SUA CÂMERA E EXPERIMENTAR TÉCNICAS

MÓDULOS 1 DESENVOLVER O VERDADEIRO OLHAR FOTOGRÁFICO CRIATIVO DOMINAR A SUA CÂMERA E EXPERIMENTAR TÉCNICAS COM DANIEL FARJOUN MÓDULOS 1 DESENVOLVER O VERDADEIRO OLHAR FOTOGRÁFICO CRIATIVO 2 DOMINAR A SUA CÂMERA E EXPERIMENTAR TÉCNICAS 3 DOMINAR A LUZ E SER CONFIANTE EM QUALQUER SITUAÇÃO 4 TRASFORMAR IMAGENS

Leia mais

1º CONCURSO FOTOGRÁFICO NATAL DO CORAÇÃO REGULAMENTO

1º CONCURSO FOTOGRÁFICO NATAL DO CORAÇÃO REGULAMENTO 1º CONCURSO FOTOGRÁFICO NATAL DO CORAÇÃO REGULAMENTO 1 APRESENTAÇÃO: 1.1 O Concurso Fotográfico NATAL DO CORAÇÃO 2012, é uma iniciativa da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Santa Maria (CDL) e Prefeitura

Leia mais

no pátio do museu WORKSHOPS 06 PHOTOGRAPHY FESTIVAL (+351) 254 600 230 MUSEU DE LAMEGO Programa Programme museu.de.lamego www.museudelamego.

no pátio do museu WORKSHOPS 06 PHOTOGRAPHY FESTIVAL (+351) 254 600 230 MUSEU DE LAMEGO Programa Programme museu.de.lamego www.museudelamego. no pátio do museu PHOTOGRAPHY FESTIVAL Museum of Lamego Programa Programme www.museudelamego.pt museu.de.lamego Informações Further information MUSEU DE LAMEGO (+351) 254 600 230 organização organization

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO MESTRADO EM ENSINO DE EDUCAÇÃO VISUAL E TECNOLÓGICA NO ENSINO BÁSICO

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO MESTRADO EM ENSINO DE EDUCAÇÃO VISUAL E TECNOLÓGICA NO ENSINO BÁSICO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO MESTRADO EM ENSINO DE EDUCAÇÃO VISUAL E TECNOLÓGICA NO ENSINO BÁSICO FICHA CURRICULUM VITAE EXEMPLO 1. IDENTIFICAÇÃO Nome Data de Nascimento

Leia mais

OUTRO PRISMA. ARQUITECTURA, LUZ e SOMBRA 3ª EDIÇÃO. 2016

OUTRO PRISMA. ARQUITECTURA, LUZ e SOMBRA 3ª EDIÇÃO. 2016 OUTRO PRISMA ARQUITECTURA, LUZ e SOMBRA 3ª EDIÇÃO. 2016 Fotografia de Arquitectura. Todos observamos a arquitectura consoante a nossa cultura e experiência de vida. É essa cultura, experiência e vivências

Leia mais

Licenciatura em Design e Tecnologia das Artes Gráficas

Licenciatura em Design e Tecnologia das Artes Gráficas Feriado FREQUÊNCIAS 2014/2015 Avaliação Contínua até 13 de junho 00-jan 01-jun 02-jun 03-jun 04-jun 08-jun 09-jun 10-jun 11-jun 12-jun 13-jun 2ª F 2ª F 3ª F 4ª F 5ª F 2ª F 3ª F 4ª F 5ª F 6ª F SÁB Análise

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SEMIÓTICA Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SEMIÓTICA Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular SEMIÓTICA Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular SEMIÓTICA

Leia mais

realizarem curtas-metragens e de, através da transmissão televisiva dos seus filmes, poderem divulgar o seu talento.

realizarem curtas-metragens e de, através da transmissão televisiva dos seus filmes, poderem divulgar o seu talento. REGULAMENTO Fá-las Curtas! é um concurso, produzido pela Valentim de Carvalho Televisão, para a RTP 2, que acompanha equipas, compostas por um argumentista e um realizador, na sua busca pela arte cinematográfica

Leia mais

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico.

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001639 - ARTES VISUAIS-BACHARELADO EM DESIGN GRAFICO Nivel: Superior Area Profissional: 0009 - DESIGN Area de Atuacao: 0240 - ARTE PROJ.DESENHO/DESIGN

Leia mais

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 02

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 02 Oficina de fotografia e tratamento de imagem Facilitadora: Camila Silva Aula: 02 Funções automatizadas A câmera fotográfica é hoje um objeto comum utilizado tanto por hobby quanto para trabalho. Isto faz

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO LÍNGUA ESTRANGEIRA ALEMÃO Profª Lourdes Sufredini Profª Luciane Probst Unidade de Ensino I Prédio João

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GEOGRAFIA HUMANA Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GEOGRAFIA HUMANA Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular GEOGRAFIA HUMANA Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular GEOGRAFIA HUMANA

Leia mais

O projecto Potencial C inclui ainda um número limitado de actividades a decorrer fora do país. Objectivos:

O projecto Potencial C inclui ainda um número limitado de actividades a decorrer fora do país. Objectivos: O projecto Potencial C é uma iniciativa da Agência INOVA e é constituído por um conjunto integrado e abrangente de actividades que, ao longo de 24 meses, procurará estimular a criação de empresas no âmbito

Leia mais

Sensibilizar os alunos para uma abordagem à imagem fotográfica, desde o aparecimento da fotografia até à actualidade.

Sensibilizar os alunos para uma abordagem à imagem fotográfica, desde o aparecimento da fotografia até à actualidade. FOTOGRAFIA [11801] GERAL Regime: Semestre: OBJETIVOS Sensibilizar os alunos para uma abordagem à imagem fotográfica, desde o aparecimento da fotografia até à actualidade. Conhecer e explorar as relações

Leia mais

CONTIGO! é referência em premiações artísticas. Prestigia as artes cênicas e a música, assim como o talento de seus artistas, por meio dos prêmios CON

CONTIGO! é referência em premiações artísticas. Prestigia as artes cênicas e a música, assim como o talento de seus artistas, por meio dos prêmios CON CONTIGO! é referência em premiações artísticas. Prestigia as artes cênicas e a música, assim como o talento de seus artistas, por meio dos prêmios CONTIGO!, com o reconhecimento de toda a classe artística.

Leia mais

I Concurso de Fotografia Comemoração ao Dia da Árvore REGULAMENTO

I Concurso de Fotografia Comemoração ao Dia da Árvore REGULAMENTO I Concurso de Fotografia Comemoração ao Dia da Árvore REGULAMENTO 1 TEMA: Árvore: símbolo da vida, parte da minha história! 2 OBJETIVO Diante do maior desafio atual da humanidade que é a preservação do

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Forma e Design (prática laboratorial) Área Científica: Design de Produto Ciclo de Estudos: Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre: 1º ECTS:

Leia mais

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores Fundamentação Este curso apresenta de uma forma clara e recorrendo a uma metodologia teórico-prática, os conhecimentos necessários para a formação de formadores

Leia mais

Jorge Domingues Director de Recursos Humanos do E.LECLERC Caldas da Rainha

Jorge Domingues Director de Recursos Humanos do E.LECLERC Caldas da Rainha Jorge Domingues Director de Recursos Humanos do E.LECLERC Caldas da Rainha Origem do Balanço Social Estados Unidos da América (década de 60) A responsabilidade social das empresas americanas começou a

Leia mais

FOTOGRAFIA DE ESTIMAÇÃO: Técnicas para fotografia de animais domésticos

FOTOGRAFIA DE ESTIMAÇÃO: Técnicas para fotografia de animais domésticos FOTOGRAFIA DE ESTIMAÇÃO: Técnicas para fotografia de animais domésticos Ingresso Julho 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias FOTOGRAFIA DE ESTIMAÇÃO: Técnicas para fotografia de

Leia mais

a sua determinação em fazer do Museu Etnológico Português (o actual Museu Nacional de Arqueologia) uma instituição aberta ao mundo, dotada de

a sua determinação em fazer do Museu Etnológico Português (o actual Museu Nacional de Arqueologia) uma instituição aberta ao mundo, dotada de (1º texto) A grande aventura fotográfica do século XIX teve nos registos de viagens ao Próximo Oriente um dos seus mais extraordinários expoentes, iniciando-se imediatamente após a divulgação do processo

Leia mais

CONCURSO DE FOTOGRAFIA 150 Anos de Caminhos de Ferro no Barreiro NORMAS

CONCURSO DE FOTOGRAFIA 150 Anos de Caminhos de Ferro no Barreiro NORMAS CONCURSO DE FOTOGRAFIA 150 Anos de Caminhos de Ferro no Barreiro NORMAS 1 ENTIDADE PROMOTORA a) Em busca de novos valores, incentivando a produção da fotografia e proporcionando a sua apresentação pública,

Leia mais

Formação Inicial para motorista de táxi

Formação Inicial para motorista de táxi Formação Inicial para motorista de táxi PROGRAMA Duração e calendário do curso O Curso de Formação Inicial de Motorista de Táxi ministrado pela Protaxisó é constituído pela Componente Teórica e Componente

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina A - Fotojornalismo I

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina A - Fotojornalismo I Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo Ênfase Identificação Disciplina 0003020A - Fotojornalismo I Docente(s) Tássia Caroline Zanini Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

O Sonho. Intervenção pela Arte. Educação para todos. Realização de espectáculos nacionais e internacionais. Associação/ Cooperativa

O Sonho. Intervenção pela Arte. Educação para todos. Realização de espectáculos nacionais e internacionais. Associação/ Cooperativa O Sonho Intervenção pela Arte Educação para todos Realização de espectáculos nacionais e internacionais Associação/ Cooperativa Estado de Arte O que tem acontecido em Portugal ao nível do serviço educativo?

Leia mais

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM NEGOCIAÇÃO, CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM NEGOCIAÇÃO, CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM NEGOCIAÇÃO, CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM OBJECTIVO GERAL DA ACÇÃO Proporcionar uma experiência e vivência prática da resolução de conflitos, desenvolvendo competências que permitam detectar,

Leia mais

PROPOSTA DE MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE A UNYLEYA - EDUCAÇÃO EFORMAÇÃO A DISTÂNCIA, SA E O INSTITUTO NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO, I.P.

PROPOSTA DE MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE A UNYLEYA - EDUCAÇÃO EFORMAÇÃO A DISTÂNCIA, SA E O INSTITUTO NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO, I.P. , ~.> ~.) I INSTITUTO NACIONAL -l.l.í!sj DE ADMINISTRAÇÃO. I-p. PROPOSTA DE MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE A UNYLEYA - EDUCAÇÃO EFORMAÇÃO A DISTÂNCIA, SA E O INSTITUTO NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO, I.P.

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA Viver sem Dor

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA Viver sem Dor 12 Janeiro a 12 Março de 2017 Uma iniciativa da APED Associação Portuguesa para o Estudo da Dor 1. Descrição e âmbito O concurso Viver sem Dor é uma iniciativa da APED Associação Portuguesa para o Estudo

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular HISTÓRIA DA ARQUITECTURA PORTUGUESA MEDIEVAL Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular HISTÓRIA DA ARQUITECTURA PORTUGUESA MEDIEVAL Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular HISTÓRIA DA ARQUITECTURA PORTUGUESA MEDIEVAL Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade

Leia mais

ESCULTURA II MULTIMÉDIA II ESCULTURA COMPLEM. II PINTURA COMPLEMENT. II

ESCULTURA II MULTIMÉDIA II ESCULTURA COMPLEM. II PINTURA COMPLEMENT. II LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS. VARIANTES PINTURA E ESCULTURA 1.º ANO. SEMESTRE PAR. ANO LECTIVO 201213 HISTÓRIA GERAL DA ARTE II DESENHO II [ sala ST5 ] MULTIMÉDIA II ESCULTURA II Rodrigo Oliveira PINTURA

Leia mais

PORTUGUÊS: Assid. Mín [h] INGLÊS: Assid. Mín [h]

PORTUGUÊS: Assid. Mín [h] INGLÊS: Assid. Mín [h] PORTUGUÊS: Módulo 1.1.: Textos de Carácter Autobiográfico 30 27,0 Módulo 1.2.: Textos Expressivos e Criativos e Textos Poéticos 24 22,0 Módulo 1.3.: Textos dos Media I 24 22,0 Módulo 1.4.: Textos Narrativos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TÓPICOS AVANÇADOS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TÓPICOS AVANÇADOS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular TÓPICOS AVANÇADOS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão de Recursos

Leia mais

CONCURSO DE FOTOGRAFIA APDL Focando o Porto de Leixões. (5ª Edição)

CONCURSO DE FOTOGRAFIA APDL Focando o Porto de Leixões. (5ª Edição) CONCURSO DE FOTOGRAFIA APDL- 2016 Focando o Porto de Leixões (5ª Edição) I. ENQUADRAMENTO I.1. A APDL promove a 5ª edição do concurso de fotografia Focando o Porto de Leixões, com os seguintes objectivos:

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE FOTOGRAFIA Um olhar sobre a UENF Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 17 a 20 de outubro de PÚBLICO ALVO 1.

REGULAMENTO CONCURSO DE FOTOGRAFIA Um olhar sobre a UENF Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 17 a 20 de outubro de PÚBLICO ALVO 1. REGULAMENTO CONCURSO DE FOTOGRAFIA Um olhar sobre a UENF Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 17 a 20 de outubro de 2016. 1. PÚBLICO ALVO 1.1 Toda a comunidade, Alunos e servidores da UENF e público

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade ARQUITECTURA E ARTES Licenciatura ARQUITECTURA Unidade Curricular CONCEPÇÃO ESTRUTURAL Semestre: 7 Nº ECTS: 3,5 Regente Professor Doutor Artur Jorge de Oliveira

Leia mais

CALENDÁRIO. O Desafio LABi: Galeria de alunos se realizará conforme o seguinte calendário:

CALENDÁRIO. O Desafio LABi: Galeria de alunos se realizará conforme o seguinte calendário: INTRODUÇAO ~ A representação de um projeto arquitetônico é parte fundamental do trabalho dos arquitetos, por ser a forma que os mesmos traduzem seus pensamentos, intenções e concepções. Através do tempo

Leia mais

Cursos. Nível III. Vídeo. Constrói o teu Futuro Já! Profissionais. Perfil de Desempenho. Saídas Profissionais. Todos os Cursos Proporcionam

Cursos. Nível III. Vídeo. Constrói o teu Futuro Já! Profissionais. Perfil de Desempenho. Saídas Profissionais. Todos os Cursos Proporcionam Vídeo Perfil de Desempenho Produzir e realizar, na vertente técnica, produtos de diferentes géneros, representativos da realidade audiovisual actual Operar equipamentos e programas informáticos necessários

Leia mais

DESENHO E MONTAGEM DE EXPOSIÇ ÕE

DESENHO E MONTAGEM DE EXPOSIÇ ÕE Fundamentos de DESENHO E MONTAGEM DE EXPOSIÇ ÕE S Formador Bruno Filipe Soares Cabede Pág. 1 de 9 0 INDÍCE DIAGNÓSTICO PÁG. 03 JUSTIFICAÇÃO PÁG. 04 ÁREA TEMÁTICA PÁG. 04 MODALIDADES PÁG. 04 PÚBLICOS-ALVO

Leia mais

DECRETO N.º 36/X. A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea d) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Artigo 1.

DECRETO N.º 36/X. A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea d) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Artigo 1. DECRETO N.º 36/X AUTORIZA O GOVERNO A LEGISLAR EM MATÉRIA DE DIREITOS DOS CONSUMIDORES DE SERVIÇOS FINANCEIROS, COMUNICAÇÕES COMERCIAIS NÃO SOLICITADAS, ILÍCITOS DE MERA ORDENAÇÃO SOCIAL NO ÂMBITO DA COMERCIALIZAÇÃO

Leia mais

Escola Secundária de Pinheiro e Rosa. Curso Tecnológico de Desporto. Estágio 12º G

Escola Secundária de Pinheiro e Rosa. Curso Tecnológico de Desporto. Estágio 12º G 12º G Realizado por: Priscila Domingos nº 17 Professor responsável: André Ramos 2010/2011 Índice 1) Introdução... 4 2) Objectivos do... 5 2.1) Objectivos Gerais... 5 2.2) Objectivos Específicos... 5 3)

Leia mais

CURSOS ARTISTICOS ESPECIALIZADOS

CURSOS ARTISTICOS ESPECIALIZADOS CURSOS ARTISTICOS ESPECIALIZADOS Telf: 234 340 220 * Fax: 234 343 272 * info@aesbernardo.pt * www.aesbernardo.pt Página 1 de 11 OBJETIVOS Os cursos artísticos especializados têm como objetivos proporcionar

Leia mais

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO JAN 2016

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO JAN 2016 COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO JAN 2016 PERFIL 3 INDICADORES CHAVE 4 VANTAGENS 5 COMPETITIVAS SETORES 6-9 DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE 7 TELECOMUNICAÇÕES 8 SERVIÇOS,

Leia mais

EVT007 PT: AO: MZ:

EVT007  PT: AO: MZ: Seminário Como ser Idiota Positivo nas Organizações - Aplicação de Técnicas de Marketing Pessoal No mundo moderno, globalizado, e tão competitivo, a imagem pessoal e profissional que transmitimos é uma

Leia mais

Observar (lat observare) vtd 2 Estudar, examinar, olhar com atenção, pesquisar minuciosamente. Bento, Maio de 2009

Observar (lat observare) vtd 2 Estudar, examinar, olhar com atenção, pesquisar minuciosamente. Bento, Maio de 2009 OBSERVAÇÃO Observar (lat observare) vtd 2 Estudar, examinar, olhar com atenção, pesquisar minuciosamente Bento, Maio de 2009 OBSERVAÇÃO OBSERVAR é manifestar a habilidade de ver, de examinar e registar

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE OLIVAIS. Prémio Literário e de Ilustração Eça de Queiroz

JUNTA DE FREGUESIA DE OLIVAIS. Prémio Literário e de Ilustração Eça de Queiroz Prémio Literário e de Ilustração Eça de Queiroz Introdução Considerando a importância do papel das instituições públicas na promoção e apoio das artes e da cultura, nomeadamente da literatura e da ilustração

Leia mais

Concurso de Ideias para a Criação de Empresas EIBTnet

Concurso de Ideias para a Criação de Empresas EIBTnet Regulamento Concurso de Ideias para REGULAMENTO a Criação de Empresas EIBTnet 1 Concurso de Ideias para a Criação de Empresas EIBTnet Artigo 1.º Promotor/Fins/Prazo 1. A NET - Novas Empresas e Tecnologias,

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OFICINA DE ILUMINAÇÃO Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OFICINA DE ILUMINAÇÃO Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular OFICINA DE ILUMINAÇÃO Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

CONCURSO FOTOFEBASE 2016

CONCURSO FOTOFEBASE 2016 CONCURSO FOTOFEBASE 2016 Ano Novo, Novo Concurso FOTO FEBASE. Com a 6ª Edição do Concurso FOTO FEBASE chega mais uma oportunidade para os sócios dos sindicatos da FEBASE fotografarem e ganharem prémios

Leia mais

MANUAL PARA FILMAGEM DE EXPERIMENTOS

MANUAL PARA FILMAGEM DE EXPERIMENTOS 1 MANUAL PARA FILMAGEM DE EXPERIMENTOS Produto Educacional gerado a partir da dissertação de mestrado: Vídeos de Experimentos Demonstrativo-Investigativos: Um Estudo de Signos Produzidos por Alunos de

Leia mais

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES ACÇÃO TIPO: Formação Pedagógica Inicial de Formadores PÚBLICO ALVO: Futuros formadores, formadores sem formação pedagógica. DURAÇÃO: 96 Horas N.º de ACÇÕES: 1

Leia mais

Regulamento do Concurso de Fotografia. Santa Bárbara com Vida. Artigo 1º

Regulamento do Concurso de Fotografia. Santa Bárbara com Vida. Artigo 1º Regulamento do Concurso de Fotografia Artigo 1º (Enquadramento e Objetivo) 1.1 - O concurso de fotografia é um evento organizado pela e tem como objetivo a promoção e dinamização do património natural

Leia mais

Nota Prévia 7 Prefácio... 23

Nota Prévia 7 Prefácio... 23 Indice Nota Prévia 7 Prefácio................................................... 23 I PARTE - Definição, classificações e funções da Publicidade 25 O Que é Publicidade? 27 Importância e Desenvolvimento

Leia mais

Catálogo Março Carbono Doze - Catálogo

Catálogo Março Carbono Doze - Catálogo Catálogo Março 2010 Estas são algumas das nossas propostas. Não representam o todo! Apenas pretendem ilustrar o tipo de produto que a Carbono Doze propõe aos seus clientes. Ficam por mostrar os inúmeros

Leia mais

Por quê? Pergunte como cuidar da natureza

Por quê? Pergunte como cuidar da natureza Por quê? Pergunte como cuidar da natureza O primeiro livro da coleção traz um olhar sobre a natureza, a importância da reciclagem e reutilização de materiais. Neste exemplar, por ser o primeiro, trata

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CARACTERÍSTICAS E CUSTOS DE EQUIPAMENTOS MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CARACTERÍSTICAS E CUSTOS DE EQUIPAMENTOS MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular CARACTERÍSTICAS E CUSTOS DE EQUIPAMENTOS MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo

Leia mais

dois projetos, dois sonhos, um workshop...

dois projetos, dois sonhos, um workshop... dois projetos, dois sonhos, um workshop... CruaFlor Workshop: O CruaFlor surgiu da ideia de dois fotógrafos aficcionados no que fazem, cada um com o seu estilo e com projetos que estão tão distantes e

Leia mais

1. Apresentação Prêmio Foto em Pauta para Livro de Fotografia 2. Do objeto Prêmio Foto em Pauta para Livro de Fotografia 3.

1. Apresentação Prêmio Foto em Pauta para Livro de Fotografia 2. Do objeto Prêmio Foto em Pauta para Livro de Fotografia 3. 1. Apresentação Por meio do presente edital, o Festival de Fotografia de Tiradentes/Foto em Pauta, a Editora Tempo d Imagem e a Ipsis Gráfica e Editora realizam, no corrente ano de 2016, a segunda edição

Leia mais

FIL abre portas com Intercasa, LxD, Vintage Festival e SIL, com entrada livre no primeiro dia

FIL abre portas com Intercasa, LxD, Vintage Festival e SIL, com entrada livre no primeiro dia NOTA DE AGENDA Open day, amanhã, na FIL FIL abre portas com Intercasa, LxD, Vintage Festival e SIL, com entrada livre no primeiro dia Criatividade, inovação, design, movimento, desfiles de moda, música,

Leia mais

INTRODUÇÃO À FOTOGRAFIA O Equipamento Fotográfico. PROFESSOR JORGE FELZ

INTRODUÇÃO À FOTOGRAFIA O Equipamento Fotográfico. PROFESSOR JORGE FELZ INTRODUÇÃO À FOTOGRAFIA O Equipamento Fotográfico PROFESSOR JORGE FELZ jorgefelz@gmail.com textos básicos TRIGO, Thales. equipamento fotográfico. São Paulo: Senac, 2006. LANGFORD, M. Fotografia básica.

Leia mais